Introdução. Introdução. Objetivos da Aula. Bases Computacionais da Ciência(BC-0005)

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Introdução. Introdução. Objetivos da Aula. Bases Computacionais da Ciência(BC-0005)"

Transcrição

1 1 Bases Computacionais da Ciência(BC-0005) Lógica de Programação: Estruturas Condicionais Maria das Graças Bruno Marietto Centro de Matemática, Computação e Cognição(CMCC) Universidade Federal do ABC (UFABC) Em um computador, um conjunto de instruções pode compreender: Operações aritméticas que encontramos em uma calculadora simples: Soma Multiplicação Divisão Subtração Até instruções utilizadas para tomar decisões Ler dadosa partir do teclado Gravaresses dados no disco, etc Introdução 2 Aprender a programar não é uma tarefa trivial: Introdução Pois envolve manipularuma representação abstratado mundo real, criada dentro do computador: Aprender as questõesrelativas à linguagemque está sendo usada para criar os programas, e a lógica de programação em si 3 Objetivos da Aula Objetivos desta aula: Apresentaremos um conceito mais elaborado: As estruturas condicionais 4 No capítulo anterior: Vimos os primeiros conceitos de Lógica de Programação: Instrução e sequência de instruções

2 Estruturas Estruturas de controle permitem o controle do fluxo de execução dos comandos Temos três estruturas básicas de controle: Seqüencial Condicional ou Desvio Repetição 5 Estrutura de Controle Seqüencial Estrutura Seqüencial Épadrãoem toda a forma de algoritmo: Seqüência onde o computador irá ler os comandos de cima para baixo, e da esquerda para direita Uma estrutura seqüencial é um conjunto de comandos que serão executados em uma seqüência linear, de cima para baixo Os comandos serão executados na mesma ordem em que foram escritos C1 C2... Cn Tomando Decisões Estruturas Condicionais Estrutura Condicional: É também conhecida como estrutura de decisão ou seleção Um desvio condicional é usado para escolher entre cursos alternativos de ação em um programa Tomando Decisões Estruturas Condicionais O nosso cotidianoé repleto de tomadas de decisões: Você deve decidirentre ir à universidadede carroou bicicleta Estudar para a disciplina de Bases Computacionais ou ir à festa Para cada decisão, há conseqüências específicas Estrutura Condicional: É caracterizadapor executar determinados códigos de programação que dependem da veracidade de uma condição Estrutura Condicional: Esta estrutura se subdivide em outras duas estruturas: Estrutura/desvio condicional simples (se-então) Estrutura/desvio condicional composta(o) (se-entãosenão)

3 Tomando Decisões: Estrutura Condicional Simples No desvio condicional simplesuma condição é avaliadae, se o resultado for verdadeiro, um conjunto de instruções é executado Acondição irá determinar a execução, ou não, de um determinado comando Exemplo: Descrição narrativa: SEfizer sol ENTÃOvou à praia Fluxograma: Linguagem Algorítmica SE tempo = Sol ENTÃO Vou à Praia 9 Tomando Decisões: Estrutura Condicional Composta No desvio condicional composto, a condição irá determinar qual comando será executado dentre dois listados Senão Então Na estrutura composta temos: Se...Então...Senão Tomando Decisões: Estrutura Condicional Composta Exemplo: Então Descrição Narrativa: SEfizer sol ENTÃO vou à praia SENÃO jogarei cartas Fluxograma: Senão Linguagem Algorítmica SE tempo = sol ENTÃO Vou à praia SENÃO Jogarei cartas RoboMind

4 Mapas no RoboMind Para maiores detalhes de como montar um mapa no RoboMindveja em: Os elementos que podem ser colocados no mapa são: Ladrilhos/Obstáculos Balizas/Objetos Robô Espaços em branco Linha branca ou preta 13 Mapas no RoboMind Ladrilhos: os ladrilhos são representados por letras maiúsculas Os ladrilhos existentes são: 14 mapateste2.map Mapas no RoboMind 15 Espaço: para inserir espaços em branco basta deixar um espaço livro no arquivo *.map Objeto/Baliza: o caracter* (asterisco) insere um objeto/baliza no arquivo mapa Início do robô: utilize o (arroba) Mapas no RoboMind 16

5 Mapas no RoboMind Traços (Pintar) : Traços podem ser adicionados ao mapa escrevendo uma lista com os seguintes pares: (cor, tipo, x, y) cor = A cor da pintura Pode ser somente w ou b, respectivamente branco e preto tipo = A forma da linha. = um ponto = uma linha horizontal para a direita = uma linha vertical para baixo x = a posição horizontal onde a linha começa y = a posição vertical onde a linha começa 17 Mapas no RoboMind Linhas horizontais e verticais ocupam exatamente dois blocos Um ponto ocupa um bloco No exemplo duas linhas são definidas: (w, -, 2, 2,), (b,., 2, 3) uma linha horizontal em x = 2, y = 2, e um ponto preto em x = 2, y = 3 O canto superior esquerdo da tela é x = 0 e y = 0 A direção x é da esquerda para a direita, a direção y é de cima para baixo 18 Comando Exibir-> Acompanhar Robô Seguir o Robô ou Não? Caso esta opção tenha sido selecionada, a execução da simulação irá focar no movimento do robô. Sendo assim, não será possível analisar uma outra área do mapa onde o robô não esteja. Você pode tentar arrastar o mapa para tal posição, mas ele voltará para o local onde está o robô Sem a opção de rastreamento o sistema mostra qualquer local do mapa, mesmo naqueles onde o robô não está 19 Estrutura Condicionais com o RoboMind O RoboMindtem comandospara observar o ambiente, para que os seus programas possam tomar decisões baseando-se no estado do ambiente O robô pode observar as células da: Esquerda Direita Frente As observações podem ser de cinco tipos diferentes: Existe um obstáculo na célula? (ladrilho) A célula está vazia? Tem um objetona célula? (baliza) A célula está pintada de branco? A célula está pintada de preto? 20

6 Estrutura Condicional com o RoboMind Resumo dos comandos para testar as observações: 21 Estrutura Condicional com o RoboMind Comandos de observação do ambiente podem ser usadosem combinaçãocom estruturas de decisão, para que o robô tome decisões baseando-se no estado do mundo: 22 se (condição) comandos Comandos são executados somente se a CONDIÇÃO for VERDADEIRA Estrutura Condicional com o RoboMind O que faz o programa a seguir? Observa a célula da esquerda e, se ela estiver pintada de branco, repinta a célula de preto, voltando a sua posição Digite estescomandos no RoboMinde salve-o com o nome testeesquerda.irobo Abra o mapa mapateste2.map e executeo programa testeesquerda.irobo Diminua a velocidade de execução e dê um zoom para ver o robô mais de perto 23 Estrutura Condicional com o RoboMind Se você tentar executar esse programa e a célula da esquerda não estiver pintada de branco? Como resolver esta situação?? Nada acontece pois o bloco de código será executado apenas se aquela célula estiver pintada de branco 24

7 Estrutura Condicional com o RoboMind Você pode usar uma variaçãodessa estrutura de controle para instruir o robô a realizar uma atividade alternativa, caso a condiçãonãoseja verdadeira: se (condição) comandos senão comandos Nesse caso, caso SE a célula esteja pintada de branco, o robô irá pintá-la de preto e voltar a sua posição anterior. CASO CONTRÁRIO, o robô irá andar três posições para a frente eparar Observe que apenas UM dos blocos de comandos é executado 25 Expressões Lógicas No arquivo mapateste2.mapaltere a posição do robô para um local onde não haja marca branca na sua direita Insira no script testeesquerda.irobotos comandos a seguir: senão andarfrente(3) 26 Expressões Lógicas A condiçãodo comando SEé, na verdade, uma expressão lógica que pode assumir os valores VERDADEIROou FALSO, dependendo do estado do cenário Expressões lógicas: Também podem envolver combinaçãode expressões simples através do uso de conectivos lógicos 27 Expressões Lógicas O conectivo Ecompara duas expressões lógicas e o resultado é VERDADEIRO apenas se as DUAS forem VERDADEIRAS O conectivo OUcompara duas expressões e o resultado da expressão é VERDADEIRO se qualqueruma das DUAS, ou AMBAS, forem VERDADEIRAS 28 O RoboMinddispõe de três conectivos lógicos: Não E Ou

8 29 Exercício das Caixas I 30 Exercícios Ocaminhoaserpercorridopelorobôparaessemapapodeservistona figura abaixo A princípio poderíamos usar uma estratégia parecida com a da aula passada, e programar o caminho na mão, e passando pelos pontos que contornam a caixa Entretanto, essa abordagem não é muito flexível, pois se mudarmos a caixa de posição, o programa perde a utilidade Exercício das Caixas I Oprogramaaseguirtentafazercomque orobôatravesseocenárioda esquerda para a direita 31 CaixaI.irobo Exercício das Caixas I 32 virardireita() repetir(12) andarleste(1) mapacaixasi.map Esse programa funcionaria se não houvesse as CAIXAS no cenário Mas se você executar esse programa nesse cenário, o seu programa ficará parado em frente à primeira caixa Vamos alterar este programa, para que possamos contornar as caixas

9 Exercício das Caixas I CaixaI.irobo Neste novo programa o robô dáumpassodecadavez e se houver um obstáculo à frente, ele contorna a caixa dando um passo para o norte, dois para o leste, e um paraosul Esse programa funciona para qualquer lugar que você colocar acaixanocaminhodorobô Isto porque a posição da caixa não está codificada diretamente no código, mas ela é encontrada testando-se se há um obstáculo a frente 33 Exercício das Caixas II Usando sortear() 34 Altere o programa do Exercício das Caixas I para que, quando o robô encontrar uma caixa: O robô utilize o comando sortear() para gerar um valor verdadeiro ou falso o Caso seja verdadeiro, então o robô deve contornar a caixaporcima.ouseja,andarparaosul o Caso seja falso, então o robô deve contornar a caixa por baixo.ouseja,andarparaonorte Exercício das Caixas II Usando sortear() 35 CaixaII_Sortear.irobo Exercício Desenhando no Chão 36 Abra o mapa openarea.map Desenvolvaumprograma noqualorobôcomeceapintarembranco e depois decida em qual das quatro direções vai andar (com probabilidades iguais) Sempre quando ele se deparar com uma linha na frente, ele vai pintar na cor oposta Por exemplo, quando o robô está diante de uma linha branca, vai começarapintarempreto,eviceversa

10 37

Programação em papel quadriculado

Programação em papel quadriculado 4 NOME DA AULA: Programação em papel quadriculado Tempo de aula: 45 60 minutos Tempo de preparação: 10 minutos Objetivo principal: ajudar os alunos a entender como a codificação funciona. RESUMO Ao "programar"

Leia mais

Sumário. 1. Instalando a Chave de Proteção 3. 2. Novas características da versão 1.3.8 3. 3. Instalando o PhotoFacil Álbum 4

Sumário. 1. Instalando a Chave de Proteção 3. 2. Novas características da versão 1.3.8 3. 3. Instalando o PhotoFacil Álbum 4 1 Sumário 1. Instalando a Chave de Proteção 3 2. Novas características da versão 1.3.8 3 3. Instalando o PhotoFacil Álbum 4 4. Executando o PhotoFacil Álbum 9 3.1. Verificação da Chave 9 3.1.1. Erro 0001-7

Leia mais

MATERIAL DE APRESENTAÇÃO DO SCRATCH

MATERIAL DE APRESENTAÇÃO DO SCRATCH MATERIAL DE APRESENTAÇÃO DO SCRATCH 1 Scratch é uma nova linguagem de programação que permite a criação de histórias, animações, jogos e outras produções. Tudo pode ser feito a partir de comandos prontos

Leia mais

Informática básica Telecentro/Infocentro Acessa-SP

Informática básica Telecentro/Infocentro Acessa-SP Informática básica Telecentro/Infocentro Acessa-SP Aula de hoje: Verificando data e hora, desligando o computador, janelas, copiar colar, excluindo um arquivo. Prof: Lucas Aureo Guidastre Verificando data

Leia mais

FEMA Fundação Educacional Machado de Assis INFORMÁTICA Técnico em Segurança do Trabalho P OW ERPOI NT. Escola Técnica Machado de Assis Imprensa

FEMA Fundação Educacional Machado de Assis INFORMÁTICA Técnico em Segurança do Trabalho P OW ERPOI NT. Escola Técnica Machado de Assis Imprensa P OW ERPOI NT 1 INTRODUÇÃO... 3 1. Iniciando o PowerPoint... 3 2. Assistente de AutoConteúdo... 4 3. Modelo... 5 4. Iniciar uma apresentação em branco... 6 5. Modo de Exibição... 6 6. Slide Mestre... 7

Leia mais

Desenhando no Flash. Comece um novo arquivo novo, de tamanho 500 X 300 pixels.

Desenhando no Flash. Comece um novo arquivo novo, de tamanho 500 X 300 pixels. Desenhando no Flash Os arquivos criados no Flash guardam e apresentam as informações gráficas vetorialmente. Isto significa que as imagens são entendidas como formas e preenchimentos e o que é armazenado

Leia mais

O Windows também é um programa de computador, mas ele faz parte de um grupo de programas especiais: os Sistemas Operacionais.

O Windows também é um programa de computador, mas ele faz parte de um grupo de programas especiais: os Sistemas Operacionais. MICROSOFT WINDOWS O Windows também é um programa de computador, mas ele faz parte de um grupo de programas especiais: os Sistemas Operacionais. Apresentaremos a seguir o Windows 7 (uma das versões do Windows)

Leia mais

Manual do Usuário ipedidos MILI S.A. - D.T.I.

Manual do Usuário ipedidos MILI S.A. - D.T.I. Manual do Usuário ipedidos MILI S.A. - D.T.I. MILI S.A. - D.T.I. Índice 1 ACESSANDO O PORTAL IPEDIDOS... 3 1.1 Login...5 1.2 Tela Principal, Mensagens e Atendimento On-line...6 2 CADASTRAR... 10 2.1 Pedido...10

Leia mais

SUMÁRIO. Introdução 1

SUMÁRIO. Introdução 1 SUMÁRIO Introdução 1 Tela de Apresentação 1 Criando Figuras Simples 2 Linhas Curvas 3 Figuras Geométricas 4 Ferramenta Seleção 4 Desfazer e Repetir 4 Colorindo os Objetos 5 Ferramenta Zoom 5 Gravando,

Leia mais

Arte em ASCII. Introdução: Python

Arte em ASCII. Introdução: Python Python 1 Arte em ASCII All Code Clubs must be registered. Registered clubs appear on the map at codeclubworld.org - if your club is not on the map then visit jumpto.cc/ccwreg to register your club. Introdução:

Leia mais

Aula 8 POWER POINT. Patrícia Soares de Lima. META Aprender a utilizar o Power Point como ferramenta pedagógica nas aulas de Química.

Aula 8 POWER POINT. Patrícia Soares de Lima. META Aprender a utilizar o Power Point como ferramenta pedagógica nas aulas de Química. Aula 8 POWER POINT META Aprender a utilizar o Power Point como ferramenta pedagógica nas aulas de Química. OBJETIVOS Ao final desta aula, o aluno deverá: Discutir, de forma breve, a utilização deste software

Leia mais

SOLID EDGE ST3 TUTORIAL 2 CRIANDO UM DESENHO NO AMBIENTE DRAFT

SOLID EDGE ST3 TUTORIAL 2 CRIANDO UM DESENHO NO AMBIENTE DRAFT SOLID EDGE ST3 TUTORIAL 2 CRIANDO UM DESENHO NO AMBIENTE DRAFT Esse tutorial traz passo a passo instruções para criação de um desenho no ambiente Draft. Na criação dos desenhos você aprenderá as técnicas

Leia mais

O QUE É A CENTRAL DE JOGOS?

O QUE É A CENTRAL DE JOGOS? O QUE É A CENTRAL? A Central de Jogos consiste de duas partes: Um site na Internet e um programa de computador (Central) que deve ser instalado em sua máquina. No site www.centraldejogos.com.br, você pode

Leia mais

OpenOffice Calc Aula 4

OpenOffice Calc Aula 4 OpenOffice Calc Aula 4 Objetivos: Apresentar a criação de um gráfico no CALC, a partir dos dados em uma planilha Apresentar os diversos tipos de gráficos e suas aplicações (gráfico de coluna, de linha,

Leia mais

,QWURGXomRDR(GLWRUGH $SUHVHQWDo}HV3RZHU3RLQW

,QWURGXomRDR(GLWRUGH $SUHVHQWDo}HV3RZHU3RLQW Universidade Federal de Viçosa Departamento de Informática,QWURGXomRDR(GLWRUGH $SUHVHQWDo}HV3RZHU3RLQW Flaviano Aguiar Liziane Santos Soares Jugurta Lisboa Filho (Orientador) PROJETO UNESC@LA Setembro

Leia mais

INTRODUÇÃO À INFORMÁTICA GRUPO DE PESQUISA LEITURA NA TELA

INTRODUÇÃO À INFORMÁTICA GRUPO DE PESQUISA LEITURA NA TELA INTRODUÇÃO À INFORMÁTICA GRUPO DE PESQUISA LEITURA NA TELA Núcleo de Educação a Distância UniEvangélica 2 ÍNDICE 1 Introdução à Informática... 3 1. O Computador... 3 Teclado... 3 Mouse... 5 Monitor...

Leia mais

1. Introdução a Microsoft Excel

1. Introdução a Microsoft Excel Introdução a Microsoft Excel 1. Introdução a Microsoft Excel 1.1. O que é Microsoft Excel Microsoft Excel é um software de planilha eletrônica produzido pela Microsoft Corporation, para o sistema operacional

Leia mais

MICROSOFT OFFICE WORD2000 INTERMEDIÁRIO

MICROSOFT OFFICE WORD2000 INTERMEDIÁRIO MICROSOFT OFFICE WORD2000 INTERMEDIÁRIO Atualização 01/10/2001 2 Objetivo Este treinamento é dirigido a pessoas que desejam aprender como aplicar e criar estilos; criar e formatar tabelas; adicionar formatações

Leia mais

Para o OpenOffice Impress, assim como para vários softwares de apresentação, uma apresentação é um conjunto de slides.

Para o OpenOffice Impress, assim como para vários softwares de apresentação, uma apresentação é um conjunto de slides. OPENOFFICE IMPRESS 1. O QUE É UMA APRESENTAÇÃO Para o OpenOffice Impress, assim como para vários softwares de apresentação, uma apresentação é um conjunto de slides. Em cada slide podemos ter vários elementos

Leia mais

Manual do Usuário Nokia Mapas

Manual do Usuário Nokia Mapas Manual do Usuário Nokia Mapas Edição 1 2 Conteúdo Conteúdo Sobre o Nokia Mapas 3 Ver sua localização e navegar no mapa 3 Encontrar um local 4 Descobrir lugares nas proximidades 5 Adicionar uma foto a um

Leia mais

TRANSIÇÕES, ZOOMS E PANORÂMICAS, TEXTO, MÚSICA

TRANSIÇÕES, ZOOMS E PANORÂMICAS, TEXTO, MÚSICA TRANSIÇÕES, ZOOMS E PANORÂMICAS, TEXTO, MÚSICA 1) TRANSIÇÕES Após ter colocado todos os objetos visuais no Vídeo 1A, volte à linha do tempo e arraste cada uma das imagens no Vídeo 1A para o Vídeo 1B. Quando

Leia mais

Papel de Parede Secreto

Papel de Parede Secreto USO DO WINDOWS o Windows XP finalmente está perdendo forças no mercado de sistemas operacionais. Na pesquisa mais recente feita pelo StatsCounter, com dados de novembro de 2014, a versão foi ultrapassada

Leia mais

Sumário INTRODUÇÃO 3 TELA DE APRESENTAÇÃO 3 DESENHANDO E TRANSFORMANDO 29 FERRAMENTA FORMA 29 PREENCHIMENTOS E CONTORNOS 36

Sumário INTRODUÇÃO 3 TELA DE APRESENTAÇÃO 3 DESENHANDO E TRANSFORMANDO 29 FERRAMENTA FORMA 29 PREENCHIMENTOS E CONTORNOS 36 Sumário Todos os direitos reservados e protegidos pela Lei 5.988 de 14/12/73. Nenhuma parte deste livro, sem prévia autorização por escrito de Celta Informática, poderá ser reproduzida total ou parcialmente,

Leia mais

ROBERTO OLIVEIRA CUNHA

ROBERTO OLIVEIRA CUNHA LEIAME APRESENTAÇÃO Nenhuma informação do TUTORIAL DO MICRO- SOFT OFFICE WORD 2003 poderá ser copiada, movida ou modificada sem autorização prévia e escrita do Programador Roberto Oliveira Cunha. Programador:

Leia mais

6. Enumere de acordo com a primeira: A. Minimizar diminui o aplicativo, deixando-o na Barra de Tarefas.

6. Enumere de acordo com a primeira: A. Minimizar diminui o aplicativo, deixando-o na Barra de Tarefas. LINUX EDUCACIONAL -Assinale a alternativa correta. 1. Para criar uma pasta devemos: Clicar no menu Exibir-Modo de Exibição Clicar com o botão direito onde gostaríamos de criá-la e em seguida Criar Novo

Leia mais

Programação I. Departamento de Engenharia Rural Centro de Ciências Agrárias

Programação I. Departamento de Engenharia Rural Centro de Ciências Agrárias Departamento de Engenharia Rural Centro de Ciências Agrárias Programação I Prof. Bruno Vilela Oliveira bruno@cca.ufes.br http://www.brunovilela.webnode.com.br Aulas 2-3-4-5-6-7-8 Lógica Algoritmos Portugol

Leia mais

Criando campanhas e gerando pedidos de venda com o Telemarketing

Criando campanhas e gerando pedidos de venda com o Telemarketing Criando campanhas e gerando pedidos de venda com o Telemarketing Escrito por: Paulo Antônio Leandro Florentino de Carvalho Sumário Criando uma nova campanha Adicionando novo cliente à campanha Excluindo

Leia mais

Aprendendo Corel Draw 2

Aprendendo Corel Draw 2 ÍNDICE Introdução Ferramentas do Trabalhando com cores Trabalhando com objetos Transformando objetos desenhados Clonagem de objetos Formatando objetos Preenchimentos e Contornos Preenchimento Gradiente

Leia mais

ALGORITMOS E FLUXOGRAMAS

ALGORITMOS E FLUXOGRAMAS ALGORITMOS E FLUXOGRAMAS Prof. André Backes INTRODUÇÃO Computadores = cérebros eletrônicos? Computadores são máquinas e, por si sós, não podem ser inteligentes. Alguém as projetou e deu a ela todas as

Leia mais

Microsoft PowerPoint XP. Módulo I I

Microsoft PowerPoint XP. Módulo I I FUNCICI MG ESCOLA TÉCNICA DE FORMAÇÃO GERENCIAL DE CONTAGEM CURSO TÉCNICO AMBIENTAL E DE SEGURANÇA APOSTILA BÁSICA: Microsoft PowerPoint XP Módulo I I Elaborada por: Walter Santos 2007 2 S U M Á R I O

Leia mais

Como produzir um texto no computador.

Como produzir um texto no computador. Como produzir um texto no computador. Antes de aprender como produzir um texto no computador e algumas das funcionalidades básicas que o processador de texto oferece, deve ler os seguintes tutoriais: Conhecer

Leia mais

Professor Paulo Lorini Najar

Professor Paulo Lorini Najar Microsoft PowerPoint O Microsoft PowerPoint é uma ferramenta ou gerador de apresentações, palestras, workshops, campanhas publicitárias, utilizados por vários profissionais, entre eles executivos, publicitários,

Leia mais

R O B Ó T I C A. Sensor Smart. Ultrassom. Versão Hardware: 1.0 Versão Firmware: 1.0 REVISÃO 1211.13. www.robouno.com.br

R O B Ó T I C A. Sensor Smart. Ultrassom. Versão Hardware: 1.0 Versão Firmware: 1.0 REVISÃO 1211.13. www.robouno.com.br R O B Ó T I C A Sensor Smart Ultrassom Versão Hardware: 1.0 Versão Firmware: 1.0 REVISÃO 1211.13 Sensor Smart Ultrassom 1. Introdução Os sensores de ultrassom ou ultrassônicos são sensores que detectam

Leia mais

Tutorial SCRATCH Blocos: Rotações: Bandeira verde:

Tutorial SCRATCH Blocos: Rotações: Bandeira verde: Tutorial O SCRATCH é uma linguagem de programação desenvolvida pelo MIT e que possibilita a criação de histórias interativas, animações, jogos, música e arte. Tudo isso pode, inclusive, ser compartilhado

Leia mais

MANUAL DO TSMS ILIMITADO

MANUAL DO TSMS ILIMITADO MANUAL DO TSMS ILIMITADO TSMS Ilimitado é um Software para envio de SMS em Massa, ele utiliza além do programa instalado no computador um modem 3G como este da imagem abaixo. Não são todos modens que mandam

Leia mais

Apresentar uma ideia ou um material didático. É importante notar que quando se faz uma apresentação o conteúdo deve ser o foco central de atenção.

Apresentar uma ideia ou um material didático. É importante notar que quando se faz uma apresentação o conteúdo deve ser o foco central de atenção. Introdução O PowerPoint é um programa componente da suíte Office da Microsoft. Permite a criação e exibição de apresentações cujo objetivo é informar sobre um determinado tema, serviço ou produto, possibilitando

Leia mais

Brainloop Secure Dataroom versão 8.30 App QR Code Scanner para ios e Android Guia rápido

Brainloop Secure Dataroom versão 8.30 App QR Code Scanner para ios e Android Guia rápido Guia rápido Brainloop Secure Dataroom Versão 8.30 Direitos autorais Brainloop AG, 2004-2016. Todos os direitos reservados. Versão do documento 1.3. Todas as marcas registradas, citadas neste documento

Leia mais

Escalas. Antes de representar objetos, modelos, peças, A U L A. Nossa aula. O que é escala

Escalas. Antes de representar objetos, modelos, peças, A U L A. Nossa aula. O que é escala Escalas Introdução Antes de representar objetos, modelos, peças, etc. deve-se estudar o seu tamanho real. Tamanho real é a grandeza que as coisas têm na realidade. Existem coisas que podem ser representadas

Leia mais

Noções de Informática

Noções de Informática Noções de Informática Caderno 2 CONTEÚDO MS-Excel 2010: estrutura básica das planilhas, conceitos de células, linhas, colunas, pastas e gráficos, elaboração de tabelas e gráficos, uso de fórmulas, funções

Leia mais

1º PASSO: CRIE NO SEU COMPUTADOR UMA PASTA PARA O SEU PROJETO 2º PASSO: CONHEÇA O MOVIE MAKER

1º PASSO: CRIE NO SEU COMPUTADOR UMA PASTA PARA O SEU PROJETO 2º PASSO: CONHEÇA O MOVIE MAKER 1º PASSO: CRIE NO SEU COMPUTADOR UMA PASTA PARA O SEU PROJETO Vá até a pasta MEUS VÍDEOS; Clique com o botão direito e escolha a opção NOVO / PASTA; Escreva como nome da pasta o nome do seu Projeto; Abra

Leia mais

Vinte dicas para o Word 2007

Vinte dicas para o Word 2007 Vinte dicas para o Word 2007 Introdução O Microsoft Word é um dos editores de textos mais utilizados do mundo. Trata-se de uma ferramenta repleta de recursos e funcionalidades, o que a torna apta à elaboração

Leia mais

Apostilas OBJETIVA Atendente Comercial / Carteiro / Op. Triagem e Transbordo CORREIOS - Concurso Público 2015 2º CADERNO. Índice

Apostilas OBJETIVA Atendente Comercial / Carteiro / Op. Triagem e Transbordo CORREIOS - Concurso Público 2015 2º CADERNO. Índice 2º CADERNO Índice Pg. Microsoft Office: Excel 2010... Exercícios pertinentes... 02 63 Microsoft Office: Power Point 2010... Exercícios pertinentes... 104 146 Internet e Intranet. Conceitos básicos, navegadores

Leia mais

MICROSOFT EXCEL - AULA NÚMERO 05

MICROSOFT EXCEL - AULA NÚMERO 05 Modificando seus Gráficos MICROSOFT EXCEL - AULA NÚMERO 05 Quando você coloca seus dados num gráfico, nem sempre ele fica como você imaginou. Você pode mudar o estilo de seu gráfico a qualquer momento.

Leia mais

Manual do usuário. SIM 5 Lite Versão 1.0 - Português

Manual do usuário. SIM 5 Lite Versão 1.0 - Português Manual do usuário SIM 5 Lite Versão 1.0 - Português Parabéns, você acaba de adquirir um produto com a qualidade e segurança Intelbras. Este manual serve como referência para a sua instalação e operação

Leia mais

MICROSOFT EXCEL - AULA NÚMERO 06

MICROSOFT EXCEL - AULA NÚMERO 06 MICROSOFT EXCEL - AULA NÚMERO 06 IMPRIMINDO PLANILHAS E GRÁFICOS Até este ponto, você viu como introduzir dados e criar formulas, formatar texto e criar gráficos. Agora você vai apresentar os dados ou

Leia mais

Para o PowerPoint, assim como para vários softwares de apresentação, uma apresentação é um conjunto de slides.

Para o PowerPoint, assim como para vários softwares de apresentação, uma apresentação é um conjunto de slides. POWERPOINT 1. O QUE É UMA APRESENTAÇÃO Para o PowerPoint, assim como para vários softwares de apresentação, uma apresentação é um conjunto de slides. Em cada slide podemos ter vários elementos ou objetos

Leia mais

Empurra e puxa. Domingo, Gaspar reúne a família para uma. A força é um vetor

Empurra e puxa. Domingo, Gaspar reúne a família para uma. A força é um vetor A U A UL LA Empurra e puxa Domingo, Gaspar reúne a família para uma voltinha de carro. Ele senta ao volante e dá a partida. Nada. Tenta outra vez e nada consegue. Diz então para todos: O carro não quer

Leia mais

Tutorial Google SkecthUp

Tutorial Google SkecthUp Tutorial Google SkecthUp Grupo de Educação Tutorial da Engenharia Computacional Cursos de Mídias Digitais 6 de junho, 2012 GET da Engenharia Computacional Tutorial Google SketchUp 1/32 Resumo do tutorial

Leia mais

4o Ano. Aula 1 Prof. Sidnéia Valero Egido

4o Ano. Aula 1 Prof. Sidnéia Valero Egido 4o Ano Aula 1 Prof. Sidnéia Valero Egido Introdução Scratch é uma linguagem de programação desenvolvida por uma conceituada universidade norte-americana (MIT). Através de um sistema inovador que introduz

Leia mais

Aula 3. Word Administrativo. Solicitamos que guarde seus arquivos, para o projeto final do módulo

Aula 3. Word Administrativo. Solicitamos que guarde seus arquivos, para o projeto final do módulo Aula 3 Solicitamos que guarde seus arquivos, para o projeto final do módulo Microsoft Word Tema da aula: Criando um Papel Timbrado Características do Papel Timbrado 1. Nome da empresa no cabeçalho 2. Design

Leia mais

NO ESTUDO DE FUNÇÕES

NO ESTUDO DE FUNÇÕES 1 UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSAS DE INICIAÇÃO À DOCÊNCIA SEMANA DA MATEMÁTICA 2014 UTILIZAÇÃO DE SOFTWARES GRÁFICOS NO ESTUDO DE FUNÇÕES PIBID MATEMÁTICA 2009 CURITIBA

Leia mais

Criação de Formulários através do Access. Como criar formulários no Access para uma tabela do Banco de Dados:

Criação de Formulários através do Access. Como criar formulários no Access para uma tabela do Banco de Dados: Criação de Formulários através do Access Como criar formulários no Access para uma tabela do Banco de Dados: 1. Inicie o Microsoft Access e abra o banco de dados o qual deseja efetuar a construção do formulário.

Leia mais

Introdução ao OneDrive

Introdução ao OneDrive Introdução ao OneDrive Tudo em um só lugar na sua vida No Windows 8.1 e no Windows RT 8.1, você pode facilmente salvar seus arquivos no OneDrive e acessá-los de qualquer dispositivo, como computador, tablet

Leia mais

GUIA DE CONFIGURAÇÃO BALANÇA TOPMAX S & URANO INTEGRA

GUIA DE CONFIGURAÇÃO BALANÇA TOPMAX S & URANO INTEGRA GUIA DE CONFIGURAÇÃO BALANÇA TOPMAX S & URANO INTEGRA Abaixo seguem os passos necessários para que você possa cadastrar um Equipamento do tipo Balança Topmax S no Software Urano Integra. Passo 1: Acessar

Leia mais

MAPEAMENTO DIGITAL DA REDE DE ARTICULAÇÃO INTERSETORIAL PARA PROMOÇÃO DA SAÚDE PARTE 2 MOOTIRO MAPS

MAPEAMENTO DIGITAL DA REDE DE ARTICULAÇÃO INTERSETORIAL PARA PROMOÇÃO DA SAÚDE PARTE 2 MOOTIRO MAPS MAPEAMENTO DIGITAL DA REDE DE ARTICULAÇÃO INTERSETORIAL PARA PROMOÇÃO DA SAÚDE PARTE 2 MOOTIRO MAPS maps.mootiro.org O que é o MootiroMaps? MootiroMaps é uma aplicação livre para promover o desenvolvimento

Leia mais

APOSTILA DE INFORMÁTICA MICROSOFT WORD 2012

APOSTILA DE INFORMÁTICA MICROSOFT WORD 2012 APOSTILA DE INFORMÁTICA MICROSOFT WORD 2012 Profa Responsável Fabiana P. Masson Caravieri SUMÁRIO 1. MICROSOFT WORD 2010.... 3 1.1 INICIANDO O WORD 2010.... 3 2. Pagina Inicial.... 6 2.1 Aba arquivo...

Leia mais

Unidade III 1. APRESENTANDO PLANILHAS ELETRÔNICAS. 1.1) Conceito de Planilha Eletrônica. 1.2) Inicializando o Excel e o Calc

Unidade III 1. APRESENTANDO PLANILHAS ELETRÔNICAS. 1.1) Conceito de Planilha Eletrônica. 1.2) Inicializando o Excel e o Calc Unidade III 1. APRESENTANDO PLANILHAS ELETRÔNICAS 1.1) Conceito de Planilha Eletrônica Em certa época, a planilha era um pedaço de papel que os contadores e planejadores de empresas utilizavam para colocar

Leia mais

Estatística no EXCEL

Estatística no EXCEL Estatística no EXCEL Prof. Ms. Osorio Moreira Couto Junior 1. Ferramentas... 2 2. Planilha de dados... 3 2.1. Introdução... 3 2.2. Formatação de células... 4 2.3. Inserir ou Excluir Linhas e Colunas...

Leia mais

Lógica para a Programação - 1º semestre AULA 01 Prof. André Moraes

Lógica para a Programação - 1º semestre AULA 01 Prof. André Moraes Pág 4 Lógica para a Programação - 1º semestre AULA 01 Prof. André Moraes 1 APRESENTAÇÃO DA UNIDADE CURRICULAR A unidade curricular de Lógica para a programação tem como objetivo promover o estudo dos principais

Leia mais

CURSO DE ENGENHARIA CIVIL Disciplina: EXPRESSÕES GRÁFICAS Professor: Valdir R. Santos Eng. Civil - Crea: BA67342/D

CURSO DE ENGENHARIA CIVIL Disciplina: EXPRESSÕES GRÁFICAS Professor: Valdir R. Santos Eng. Civil - Crea: BA67342/D FACULDADE DE TECNOLOGIA E CIÊNCIAS ITABUNA - BA CURSO DE ENGENHARIA CIVIL Disciplina: EXPRESSÕES GRÁFICAS Professor: Valdir R. Santos Eng. Civil - Crea: BA67342/D AUTOCAD ATIVIDADE DE DESENHO DA UNIDADE

Leia mais

Aula 01 Conceitos Iniciais sobre Excel 2010

Aula 01 Conceitos Iniciais sobre Excel 2010 Aula 01 Conceitos Iniciais sobre Excel 2010 Professor: Bruno Gomes Disciplina: Informática Básica Curso: Gestão de Turismo Sumário da aula: 1. Abrindo o Excel; 2. Conhecendo a Tela do Excel. 3. Inserindo

Leia mais

1 ACESSO PARA SECRETÁRIA... 4 2 - CONFIGURAR HORÁRIOS DE ATENDIMENTO... 4 2.1 BLOQUEANDO E HABILITANDO HORÁRIOS... 5 3 PRÉ-DEFININDO PARÂMETROS DE

1 ACESSO PARA SECRETÁRIA... 4 2 - CONFIGURAR HORÁRIOS DE ATENDIMENTO... 4 2.1 BLOQUEANDO E HABILITANDO HORÁRIOS... 5 3 PRÉ-DEFININDO PARÂMETROS DE 2 1 ACESSO PARA SECRETÁRIA... 4 2 - CONFIGURAR HORÁRIOS DE ATENDIMENTO... 4 2.1 BLOQUEANDO E HABILITANDO HORÁRIOS... 5 3 PRÉ-DEFININDO PARÂMETROS DE ATENDIMENTO... 6 4 - A TELA AGENDA... 7 4.1 - TIPOS

Leia mais

Aula 4 Conceitos Básicos de Estatística. Aula 4 Conceitos básicos de estatística

Aula 4 Conceitos Básicos de Estatística. Aula 4 Conceitos básicos de estatística Aula 4 Conceitos Básicos de Estatística Aula 4 Conceitos básicos de estatística A Estatística é a ciência de aprendizagem a partir de dados. Trata-se de uma disciplina estratégica, que coleta, analisa

Leia mais

Tecnologia da Informação Prof. Mário Henrique de Souza Pardo Resumo Aula 4

Tecnologia da Informação Prof. Mário Henrique de Souza Pardo Resumo Aula 4 Tecnologia da Informação Prof. Mário Henrique de Souza Pardo Resumo Aula 4 1 MS-Excel Aplicando funções às suas fórmulas de Excel (continuação) Serão vistas, nesta aula as funções de busca e referência

Leia mais

CADERNOS DE INFORMÁTICA Nº 1. Fundamentos de Informática I - Word 2010. Sumário

CADERNOS DE INFORMÁTICA Nº 1. Fundamentos de Informática I - Word 2010. Sumário CADERNO DE INFORMÁTICA FACITA Faculdade de Itápolis Aplicativos Editores de Texto WORD 2007/2010 Sumário Editor de texto... 3 Iniciando Microsoft Word... 4 Fichários:... 4 Atalhos... 5 Área de Trabalho:

Leia mais

Algoritmos e Programação Parte Teórica

Algoritmos e Programação Parte Teórica Universidade Federal do Vale do São Francisco Curso de Engenharia da Produção / Elétrica Algoritmos e Programação Parte Teórica Prof. Jorge Cavalcanti jorge.cavalcanti@univasf.edu.br www.univasf.edu.br/~jorge.cavalcanti

Leia mais

Tabelas vista de estrutura

Tabelas vista de estrutura Tabelas vista de estrutura A vista de estrutura permite definir a configuração dos dados Vamos adicionar os restantes campos à tabela carros, de acordo com o modelo de dados feito no papel 47 Tabelas vista

Leia mais

GUIA DE ACESSO E NAVEGAÇÃO NO AMBIENTE VIRTUAL DE APRENDIZAGEM

GUIA DE ACESSO E NAVEGAÇÃO NO AMBIENTE VIRTUAL DE APRENDIZAGEM GUIA DE ACESSO E NAVEGAÇÃO NO AMBIENTE VIRTUAL DE APRENDIZAGEM BOAS VINDAS! Prezado (a) aluno (a), seja bem vindo (a) aos cursos na modalidade a distância. É com muita satisfação que o (a) recebemos neste

Leia mais

Compreendendo o espaço

Compreendendo o espaço Módulo 1 Unidade 2 Compreendendo o espaço Para início de conversa... A forma como você se locomove na cidade para ir de um lugar a outro tem a ver com as direções que você toma e com o sentido para o qual

Leia mais

DRIVER DA TELA SENSÍVEL AO TOQUE MANUAL DE OPERAÇÃO

DRIVER DA TELA SENSÍVEL AO TOQUE MANUAL DE OPERAÇÃO MONITOR LCD DRIVER DA TELA SENSÍVEL AO TOQUE MANUAL DE OPERAÇÃO para Mac Versão 1.0 Modelos aplicáveis PN-L802B/PN-L702B/PN-L602B Conteúdo Introdução...3 Requisitos do sistema...3 Configuração do computador...4

Leia mais

Simulado Informática Concurso Correios - IDEAL INFO

Simulado Informática Concurso Correios - IDEAL INFO Simulado Informática Concurso Correios - IDEAL INFO Esta prova de informática é composta por 20 (vinte) questões de múltipla escolha seguindo o molde adotado pela UnB/CESPE. O tempo para a realização deste

Leia mais

MICROSOFT EXCEL - AULA NÚMERO 02

MICROSOFT EXCEL - AULA NÚMERO 02 MICROSOFT EXCEL - AULA NÚMERO 02 Escrevendo Fórmulas Você pode executar cálculos com seus dados usando fórmulas, que são formatadas por operadores de dados e quase sempre por funções. Você vai aprender

Leia mais

Sistema topograph 98. Tutorial Módulo Fundiário

Sistema topograph 98. Tutorial Módulo Fundiário Sistema topograph 98 Tutorial Módulo Fundiário Preparando o desenho para o Módulo Fundiário _ 1. Na área de trabalho do Windows, procure o ícone do topograph e dê um duplo clique sobre ele para carregar

Leia mais

Capítulo 1. Guia de Início Rápido. Você vai aprender a programar a sua primeira reunião em 5 passos fáceis.

Capítulo 1. Guia de Início Rápido. Você vai aprender a programar a sua primeira reunião em 5 passos fáceis. Capítulo 1 Guia de Início Rápido Você vai aprender a programar a sua primeira reunião em 5 passos fáceis. PRIMEIRO PASSO: Entrando no ClaireMeeting Use o seu navegador e acesse: http://www.clairemeeting4.com.br

Leia mais

MEU DICIONÁRIO Sua coleção de palavras

MEU DICIONÁRIO Sua coleção de palavras 1 a a 4 a Séries Ensino Fundamental Software Necessário: Microsoft Word 2000 MEU DICIONÁRIO Sua coleção de palavras Áreas: LP Guia do professor RESUMO Para dominar a arte da leitura, as crianças devem

Leia mais

Compartilhando Arquivos com o Grupo Doméstico

Compartilhando Arquivos com o Grupo Doméstico com o Grupo Doméstico Novo no Windows 7? Mesmo que ele tenha muito em comum com a versão do Windows que você usava antes, você ainda pode precisar de uma ajuda para fazer tudo direitinho. Este guia contém

Leia mais

29 de abril de 2014. Fiery Driver para Mac OS

29 de abril de 2014. Fiery Driver para Mac OS 29 de abril de 2014 Fiery Driver para Mac OS 2014 Electronics For Imaging. As informações nesta publicação estão cobertas pelos termos dos Avisos de caráter legal deste produto. Conteúdo 3 Conteúdo...5

Leia mais

TODOS OS DIREITOS RESERVADOS. ESSE MATERIAL NÃO PODE SER DISTRIBUÍDO SEM A DEVIDA AUTORIZAÇÃO DO GAPE SOB PENA DE PAGAMENTO DE MULTA.

TODOS OS DIREITOS RESERVADOS. ESSE MATERIAL NÃO PODE SER DISTRIBUÍDO SEM A DEVIDA AUTORIZAÇÃO DO GAPE SOB PENA DE PAGAMENTO DE MULTA. EXCEL PARA TODOS 1 AULA 01 OPERAÇÕES BÁSICAS E RÉGUA DE FORMATAÇÃO 1. Operações Básicas Muitas dessas operações você já faz e utiliza normalmente, tanto nas suas tarefas diárias quanto com o uso do Excel.

Leia mais

Apostila 1. (Make Directory AMY - Fazer pasta AMY) C:>CD AMY

Apostila 1. (Make Directory AMY - Fazer pasta AMY) C:>CD AMY Pré-Escola Apostila 1 1º encontro software:.shareware AMY (contido no CD-ROM que acompanha este material) objetivo:.exploração do teclado: uso das flechas.trabalhar noções espaciais, quantidades e sequência

Leia mais

RESOLUÇÃO DAS QUESTÕES DE RACIOCÍNIO LÓGICO-MATEMÁTICO

RESOLUÇÃO DAS QUESTÕES DE RACIOCÍNIO LÓGICO-MATEMÁTICO RESOLUÇÃO DAS QUESTÕES DE RACIOCÍNIO LÓGICO-MATEMÁTICO Caro aluno, Disponibilizo abaixo a resolução resumida das questões de Raciocínio Lógico-Matemático da prova de Técnico de Atividade Judiciária do

Leia mais

IMPRESSÃO DE DADOS VARIÁVEIS usando Adobe InDesign e OpenOffice.org

IMPRESSÃO DE DADOS VARIÁVEIS usando Adobe InDesign e OpenOffice.org IMPRESSÃO DE DADOS VARIÁVEIS usando Adobe InDesign e OpenOffice.org Neste documento, será mostrado como usar o Adobe InDesign para imprimir dados variáveis gerados/modificados numa planilha da suíte de

Leia mais

Descrição do Produto. Altus S. A. 1

Descrição do Produto. Altus S. A. 1 Descrição do Produto O software MasterTool IEC é um ambiente completo de desenvolvimento de aplicações para os controladores programáveis da Série Duo. Esta ferramenta permite a programação e a configuração

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE RORAIMA CENTRO DE EDUCAÇÃO CEDUC COLÉGIO DE APLICAÇÃO LABORATÓRIO DE INFORMÁTICA CURSO DE LINUX:

UNIVERSIDADE FEDERAL DE RORAIMA CENTRO DE EDUCAÇÃO CEDUC COLÉGIO DE APLICAÇÃO LABORATÓRIO DE INFORMÁTICA CURSO DE LINUX: UNIVERSIDADE FEDERAL DE RORAIMA CENTRO DE EDUCAÇÃO CEDUC COLÉGIO DE APLICAÇÃO LABORATÓRIO DE INFORMÁTICA CURSO DE LINUX: * Nível Básico para Professores* *Impress* APRESENTAÇÃO Teresa Kátia Alves de Albuquerque

Leia mais

Banner Flutuante. Dreamweaver

Banner Flutuante. Dreamweaver Banner Flutuante Dreamweaver Começamos com um arquivo em branco no Dreamweaver MX. Para que o banner apareça sobre a página, precisamos inserir uma camada a mais no arquivo HTML. Selecione o menu Inserir

Leia mais

Início Rápido para Fotos e Histórias do FamilySearch

Início Rápido para Fotos e Histórias do FamilySearch Início Rápido para Fotos e Histórias do FamilySearch Você pode adicionar fotos e histórias da família aos registros dos seus antepassados na Árvore Familiar. Com o novo recurso Adicionar Fotos e Histórias,

Leia mais

Lync Acessando o Lync Web App

Lync Acessando o Lync Web App Lync Acessando o Lync Web App Saiba como ingressar em uma reunião, quais são os recursos disponíveis, as configurações e conheça o layout do Lync Web App. Sumário Lync Web App... 1 Ingressar em uma Reunião

Leia mais

Manual de operação do sistema Desenhador Geográfico. 05/2012 Versão 2.2.14.1

Manual de operação do sistema Desenhador Geográfico. 05/2012 Versão 2.2.14.1 Manual de operação do sistema Desenhador Geográfico 05/2012 Versão 2.2.14.1 Conteúdo Ferramentas de Edição... 3 1) Barra de ferramentas de edição... 3 2) Inserir uma geometria... 4 2) Ferramenta Snap...

Leia mais

LGTi Tecnologia. Manual - Outlook Web App. Soluções Inteligentes. Siner Engenharia

LGTi Tecnologia. Manual - Outlook Web App. Soluções Inteligentes. Siner Engenharia LGTi Tecnologia Soluções Inteligentes Manual - Outlook Web App Siner Engenharia Sumário Acessando o Outlook Web App (Webmail)... 3 Email no Outlook Web App... 5 Criar uma nova mensagem... 6 Trabalhando

Leia mais

Conceitos básicos da linguagem C

Conceitos básicos da linguagem C Conceitos básicos da linguagem C 2 Em 1969 Ken Thompson cria o Unix. O C nasceu logo depois, na década de 70. Dennis Ritchie, implementou-o pela primeira vez usando o sistema operacional UNIX criado por

Leia mais

Oficina de produção de tutoriais. TUTORIAL Muan - Pixilation

Oficina de produção de tutoriais. TUTORIAL Muan - Pixilation Prefeitura de Volta Redonda Secretaria Municipal de Educação Implementação de Informática Aplicada à Educação Oficina de produção de tutoriais TUTORIAL Muan - Pixilation Oficina de produção de tutoriais

Leia mais

Informática no Ensino de Matemática Prof. José Carlos de Souza Junior

Informática no Ensino de Matemática Prof. José Carlos de Souza Junior Informática no Ensino de Matemática Prof. José Carlos de Souza Junior http://www.unifal-mg.edu.br/matematica/?q=disc jc Aula 07 ATIVIDADE 01 Na aula anterior, vimos como rastrear pontos. Abra o arquivo

Leia mais

Painel de Mensagens TXT 010556 TXT 010764 TXT 020764. Manual do Usuário

Painel de Mensagens TXT 010556 TXT 010764 TXT 020764. Manual do Usuário Painel de Mensagens TXT 010556 TXT 010764 TXT 020764 Manual do Usuário A GPTRONICS está capacitada a fabricar produtos de excelente qualidade e oferecer todo o suporte técnico necessário, tendo como objetivo

Leia mais

OFICINA DE JOGOS APOSTILA DO PROFESSOR

OFICINA DE JOGOS APOSTILA DO PROFESSOR OFICINA DE JOGOS APOSTILA DO PROFESSOR APRESENTAÇÃO Olá professor, Essa apostila apresenta jogos matemáticos que foram doados a uma escola de Blumenau como parte de uma ação do Movimento Nós Podemos Blumenau.

Leia mais

6.5. Renomeando Arquivos ou Pastas

6.5. Renomeando Arquivos ou Pastas 50 II. Para mover um arquivo, pasta, objeto dentro do Windows: 1) Clique com o mouse sobre a pasta, arquivo a serem movidos; 2) Mantenha o botão esquerdo do mouse pressionado; 3) Arraste o objeto para

Leia mais

SISTEMA DE GESTÃO DO PROGRAMA BOLSA FAMÍLIA

SISTEMA DE GESTÃO DO PROGRAMA BOLSA FAMÍLIA SISTEMA DE GESTÃO DO PROGRAMA BOLSA FAMÍLIA GUIA DE NAVEGAÇÃO APLICATIVO DE SOLICITAÇÃO DE FORMULÁRIOS (SASF) USUÁRIOS MUNICIPAIS VERSÃO 1.1 BRASÍLIA DF Agosto/2015 2011 Ministério do Desenvolvimento Social

Leia mais

Explorando a Interface Flash

Explorando a Interface Flash CAPÍTULO UM Explorando a Interface Flash Se essa é sua primeira vez utilizando o Flash, pode levar algum tempo até que você se acostume com a abordagem idiossincrática do programa em relação aos desenhos

Leia mais

INSTRUÇÕES DE INSTALAÇÃO

INSTRUÇÕES DE INSTALAÇÃO INSTRUÇÕES DE INSTALAÇÃO RMCCI Versão 4.0 1 28/11/2005 Para instalar o RMCCI Versão 4.0 monousuário Você precisará ter o CD-ROM ou os arquivos de instalação originais desta versão. I - REQUISITOS DE SISTEMA

Leia mais

Programação: Estruturas de seleção

Programação: Estruturas de seleção Programação de Computadores I Aula 07 Programação: Estruturas de seleção José Romildo Malaquias Departamento de Computação Universidade Federal de Ouro Preto 2011-1 1/53 Valores booleanos Os valores booleanos

Leia mais