42º Congresso Bras. de Medicina Veterinária e 1º Congresso Sul-Brasileiro da ANCLIVEPA - 31/10 a 02/11 de Curitiba - PR 1

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "42º Congresso Bras. de Medicina Veterinária e 1º Congresso Sul-Brasileiro da ANCLIVEPA - 31/10 a 02/11 de 2015 - Curitiba - PR 1"

Transcrição

1 1 MELANOMA MALIGNO AMELANÓTICO OSTEOCARTILAGINOSO NA CAVIDADE ORAL COM METÁSTASE PULMONAR EM UM CÃO: RELATO DE CASO. MALIGNANT AMELANOTIC OSTEOCARTILAGINOUS MELANOMA IN THE ORAL CAVITY WITH PULMONARY METASTASIS IN A DOG: CASE REPORT. WANESSA TEIXEIRA GOMES BARRETO 1 ; GISELE BRAZILIANO DE ANDRADE 1, JOÃO BOSCO VILELA CAMPOS 1 ; ALANDERSON RODRIGUES DA SILVA 1 ; GABRIEL CARVALHO DE MACEDO 1 ; HEITOR MIRAGLIA HERRERA 1 ;. 1 Universidade Católica dom Bosco Resumo Melanomas são neoplasias tipicamente malignas comuns em cavidade oral de cães. Alguns fatores fazem com que ocorra uma diferenciação divergente nas células neoplásicas, o que altera a apresentação clássica do melanoma e, consequentemente, dificulta o diagnóstico definitivo. Esse trabalho relata o caso de um cão com uma massa neoplásica localizada entre os dentes incisivos superiores. O neoplasma foi removido e o material analisado histologicamente. Esse processo foi realizado cinco vezes, já que ocorreram recidivas pouco tempo depois da remoção cirúrgica. Após 11 meses da primeira biópsia o animal veio a óbito e a necropsia foi realizada. Observou-se múltiplas massas no pulmão e pleura parietal, indicando metástase pulmonar. A cada biópsia o padrão histológico foi diferente, o que levou ao diagnóstico presuntivo de melanoma amelanótico com diferenciação osteocartilaginosa. Palavras-chave: canídeo; neoplasmas amelanóticos; diagnóstico histopatológico. 1892

2 2 Abstract Melanomas are typically malignant neoplasms common in the oral cavity of dogs. Some factors lead to a divergent differentiation in neoplastic cells, which changes the classic presentation of melanoma and therefore makes it difficult to diagnosis definitively. This work reports the case of a dog with a neoplastic mass located between the upper incisors. The neoplasm was removed and the material was histologically analyzed. This process was performed five times, since recurrences occurred shortly after surgical removal. After 11 months of the first biopsy the animal died and the necropsy was conducted. Multiple masses were observed in the lung and the parietal pleura, indicating lung metastasis. At each biopsy the histological pattern was different, which led to the presumptive diagnosis of amelanotic melanoma with osteocartilaginous differentiation. Key words: canid; amelanotic neoplasms; histopathological diagnosis. Introdução Neoplasmas melanocíticos são as mais frequentes neoplasias diagnosticadas em cavidade oral de cães, com um pico de incidência entre nove e treze anos de idade. Geralmente são malignos com crescimento rápido, localmente invasivos, metastáticos e, frequentemente, ocorrem recidivas após a excisão cirúrgica (Bergman, 2007; Spangler e Kass, 2006). Em alguns casos, o diagnóstico definitivo é dificultado em função da diferenciação divergente dos melanomas, caracterizada pelo desenvolvimento de tecidos amelanóticos e pleomorfismo celular (Banerjee e Eyden, 2008). Este trabalho relata um caso de melanoma maligno amelanótico com diferenciação osteocartilaginosa na cavidade oral com metástase pulmonar em um cão. 1893

3 3 Descrição do Caso Foi atendido no Hospital Veterinário da Universidade Católica Dom Bosco (UCDB) um cão da raça Pastor Alemão, macho, 10 anos, apresentando hemorragia em cavidade oral. Ao exame clínico observouse uma massa firme de coloração avermelhada e superfície lisa, medindo um centímetro, localizada na gengiva e projetada entre os dentes incisivos superiores. O tumor apresentava recidivas onde a massa tumoral apresentava aspecto diferente e aumento de volume, sendo então realizadas cinco biópsias em um intervalo de oito meses. A evolução clínica e histopatológica pode ser observada na Figura 1. Na 1ª biópsia, histologicamente observou-se feixes entrelaçados de tecido conjuntivo fibroblástico e neovascularização, sugerindo-se o diagnóstico de epúlide fibro-acantomatoso. Na segunda biópsia, a análise histopatológica indicou modificações morfológicas, com formação de tecido mixóide, poucas áreas de tecido cartilaginoso e características de malignidade. Na terceira biópsia, a histopatologia revelou presença de tecido mixóide, cartilaginoso e ósseo, observado também na quarta biópsia. Na quinta biópsia observou-se predominância de tecido cartilaginoso e áreas de tecido ósseo entremeado. Decorridos três meses da última biópsia não havia nenhum tecido proliferativo na cavidade oral, entretanto, o animal encontrava-se dispnéico, sendo evidenciado efusão pleural na imagem radiográfica. Em duas semanas o animal veio a óbito e a necropsia foi realizada, na qual observou-se hidrotórax e, no pulmão, múltiplas massas que variavam de três a sete centímetros de diâmetro que ocupavam 80% do órgão, algumas aderidas também à pleura parietal. Ao corte, algumas massas apresentavam-se esbranquiçadas e com consistência firme, entremeadas por áreas avermelhadas e macias. A histopatologia revelou predominância de tecido cartilaginoso. 1894

4 4 Ao avaliar os resultados das análises histopatológicas juntamente com os resultados da necropsia foi possível chegar ao diagnóstico sugestivo de melanoma amelanótico com diferenciação osteocartilaginosa. Figura 1. Evolução macroscópica (superior) e microscópica (inferior) de tumor em cavidade oral de um cão. Discussão A diferenciação osteocartilaginosa em melanoma maligno é um fenômeno raro detectado principalmente nas mucosas e região subungueal (Banerjee et al., 1998; Cachia e Kedziora, 1999; Banerjee e Eyden, 2008). Como visto no caso descrito, o diagnóstico é dificultado quando processo de diferenciação origina populações celulares inesperadas. Alguns autores associam esse fenômeno à mutações nas células tronco da camada basal da epiderme, acarretando, além da atividade proliferativa descontrolada, novas diferenciações (Grichnik et al., 2006; Banerjee e Eyden, 2008). Ainda, tem sido relatado que fatores do ambiente tecidual ligam-se a receptores da superfície celular, induzindo eventos moleculares que conduzem à transcrição do gene e formação de novas proteínas e organelas, resultando em novos fenótipos, 1895

5 5 processo esse que tem sido definido como neo-diferenciação (Fidler e Hart, 1982; Pytel et al., 2005;). Conclusão O diagnóstico de melanoma na cavidade oral torna-se extremamente difícil quando a apresentação clínica e histopatológica diferem dos casos clássicos de melanoma. Assim, para que um diagnóstico definitivo seja estabelecido de forma clara e precisa, o uso de técnicas auxiliares de diagnóstico, como a imunohistoquímica, se tornam imprescindíveis. Referências BANERJEE, S. S.; COYNE, J. D., MENASCE, L. P. et al. Diagnostic lessons of mucosal melanoma with osteocartilaginous differentiation. Histopathology, 33, , BANERJEE, S. S.; EYDEN, B. Divergent differentiation in malignant melanomas: a review. Histopathology, 52, , BERGMAN, P. J. Canine oral melanoma. Clin Tech Small Anim Pract, v. 22, n. 2, p , CACHIA, A. R.; KEDZIORA, A. M. Subungual malignant melanoma with cartilaginous differentiation. Am. J. Dermatopathol, v.21, p , FIDLER, I. J.; HART, I. R. Biological diversity in metastatic neoplasms: origins and implications. Science, v. 217, p , GRICHNIK, J. M.; BURCH, J. A.; SCHULTEIS, R. D. et al. Melanoma, a tumor based on a mutant stem cell? J. Invest. Dermatol, v.126, p , PYTEL, P.; TAXY, J. B.; KRAUSZ, T. Divergent differentiation in malignant soft tissue neoplasms; the paradigm of liposarcoma and malignant peripheral nerve sheath tumor. Int. J. Surg. Pathol, v.13, p.19 28, SPANGLER, W. L.; KASS, P. H. The histologic and epidemiologic bases for prognostic considerations in canine melanocytic neoplasia. Vet Pathol, v.43, p ,

42º Congresso Bras. de Medicina Veterinária e 1º Congresso Sul-Brasileiro da ANCLIVEPA - 31/10 a 02/11 de 2015 - Curitiba - PR 1

42º Congresso Bras. de Medicina Veterinária e 1º Congresso Sul-Brasileiro da ANCLIVEPA - 31/10 a 02/11 de 2015 - Curitiba - PR 1 1 ESTUDO RETROSPECTIVO DE NEOPLASIAS DE PELE EM CÃES, NA REGIÃO METROPOLITANA DE BELÉM-PA, NO PERÍODO DE 2013 A 2014. RENZO BRITO LOBATO¹, ADRIANA MACIEL DE CASTRO CARDOSO¹, BRENO COSTA DE MACEDO¹, KARINA

Leia mais

HEMANGIOSSARCOMA CAVITÁRIO EM CÃO RELATO DE CASO

HEMANGIOSSARCOMA CAVITÁRIO EM CÃO RELATO DE CASO 1 HEMANGIOSSARCOMA CAVITÁRIO EM CÃO RELATO DE CASO CYNTHIA PIRIZZOTTO SCARAMUCCI¹, VANESSA YURIKA MURAKAMI¹, ANALY RAMOS MENDES², GISELE FABRÍCIA MARTINS DOS REIS 3, PRISCILLA MACEDO DE SOUZA 4, RAQUEL

Leia mais

RLN (regional lymphnode linfonodo regional) 53-74%(tamanho não esta alterado). Pacientes com Mandubulectomia e Maxilectomia o MST é acima de um ano.

RLN (regional lymphnode linfonodo regional) 53-74%(tamanho não esta alterado). Pacientes com Mandubulectomia e Maxilectomia o MST é acima de um ano. Cirur.: Cirugia RLN:Regional Lynphonode/ Limfonodo regional Neoplasias Orais MST: Mean survive time/tempo médio de sobrevivência Leonel Rocha, DVM, MV DentalPet@gmail.com Melanoma maligno É o tumor oral

Leia mais

FIBROLEIOMIOMA EM UMA CADELA DA RAÇA PASTOR ALEMÃO - RELATO DE CASO FIBROLEIOMYOMAS IN ONE BITCH OF GERMAN SHEPHERD BREED CASE REPORT

FIBROLEIOMIOMA EM UMA CADELA DA RAÇA PASTOR ALEMÃO - RELATO DE CASO FIBROLEIOMYOMAS IN ONE BITCH OF GERMAN SHEPHERD BREED CASE REPORT 1 FIBROLEIOMIOMA EM UMA CADELA DA RAÇA PASTOR ALEMÃO - RELATO DE CASO FIBROLEIOMYOMAS IN ONE BITCH OF GERMAN SHEPHERD BREED CASE REPORT ¹JÉSSICA DO ROCIO RIBAS MACHADO, ¹KELLI CRISTINA GRACIANO, ¹CAROLINA

Leia mais

ESTUDO RETROSPECTIVO DAS NEOPLASIAS CANINAS DIAGNOSTICADAS EM UM HOSPITAL UNIVERSITÁRIO NO PERÍODO DE 2009 A 2010

ESTUDO RETROSPECTIVO DAS NEOPLASIAS CANINAS DIAGNOSTICADAS EM UM HOSPITAL UNIVERSITÁRIO NO PERÍODO DE 2009 A 2010 1 ESTUDO RETROSPECTIVO DAS NEOPLASIAS CANINAS DIAGNOSTICADAS EM UM HOSPITAL UNIVERSITÁRIO NO PERÍODO DE 2009 A 2010 CAIO FERNANDO GIMENEZ 1, TATIANE MORENO FERRARIAS 1, EDUARDO FERNANDES BONDAN 1 1 Universidade

Leia mais

CARCINOMA DE CÉLULAS ESCAMOSAS EM PREPUCIO DE EQUINO RELATO DE CASO SQUAMOUS CELL CARCINOMA IN EQUINE FORESKINS CASE REPORT

CARCINOMA DE CÉLULAS ESCAMOSAS EM PREPUCIO DE EQUINO RELATO DE CASO SQUAMOUS CELL CARCINOMA IN EQUINE FORESKINS CASE REPORT CARCINOMA DE CÉLULAS ESCAMOSAS EM PREPUCIO DE EQUINO RELATO DE CASO SQUAMOUS CELL CARCINOMA IN EQUINE FORESKINS CASE REPORT BATAIER, Miguel Neto ALVES, Rafael Massei ZANATTA, Julio Cesar BORALLI, Igor

Leia mais

PUBVET, Publicações em Medicina Veterinária e Zootecnia. Neoplasias de glândulas perianais em cães

PUBVET, Publicações em Medicina Veterinária e Zootecnia. Neoplasias de glândulas perianais em cães PUBVET, Publicações em Medicina Veterinária e Zootecnia. Neoplasias de glândulas perianais em cães Ciro José Sousa de Carvalho 1, Sâmmya Roberta Barbosa 2, Francisco Assis Lima Costa 3, Silvana Maria Medeiros

Leia mais

ESTUDO RETROSPECTIVO DOS TUMORES MAMÁRIOS EM CANINOS E FELINOS ATENDIDOS NO HOSPITAL VETERINÁRIO DA FAMED ENTRE 2003 A 2007.

ESTUDO RETROSPECTIVO DOS TUMORES MAMÁRIOS EM CANINOS E FELINOS ATENDIDOS NO HOSPITAL VETERINÁRIO DA FAMED ENTRE 2003 A 2007. REVISTA CIENTÍFICA ELETRÔNICA DE MEDICINA VETERINÁRIA - ISSN 1679-7353 PUBLICAÇÃO CI ENTÍFICA DA FACULDADE DE MEDICINA VETERINÁRIA E ZOOTECNIA DE GARÇA/FAMED ANO IV, NÚMERO, 08, JANEIRO DE 2007. PERIODICIDADE:

Leia mais

TRATAMENTO DE MELANOMA ORAL COM VISCUM ALBUM E SOLUÇÃO AQUOSA DE LÁTEX DE JANAÚBA (HIMATANTHUS DRASTICUS): RELATO DE CASO

TRATAMENTO DE MELANOMA ORAL COM VISCUM ALBUM E SOLUÇÃO AQUOSA DE LÁTEX DE JANAÚBA (HIMATANTHUS DRASTICUS): RELATO DE CASO 1 TRATAMENTO DE MELANOMA ORAL COM VISCUM ALBUM E SOLUÇÃO AQUOSA DE LÁTEX DE JANAÚBA (HIMATANTHUS DRASTICUS): RELATO DE CASO MARIA APARECIDA DE ALCÂNTARA¹, IOLANDA MARIA SARTORI OFENBOCK NASCIMENTO²; THIERRY

Leia mais

42º Congresso Bras. de Medicina Veterinária e 1º Congresso Sul-Brasileiro da ANCLIVEPA - 31/10 a 02/11 de 2015 - Curitiba - PR

42º Congresso Bras. de Medicina Veterinária e 1º Congresso Sul-Brasileiro da ANCLIVEPA - 31/10 a 02/11 de 2015 - Curitiba - PR 1 MARCELA BENEVENTE [1], LUCIANA MOURA CAMPOS PARDINI [2], ADRIANA CAMARGO FERRASI [1,3], MARIA INES DE MOURA CAMPOS PARDINI [3], ALINE FARIA GALVANI [3], JOSE JOAQUIM TITTON RANZANI [2] 1. Instituto de

Leia mais

CARCINOMA MAMÁRIO COM METÁSTASE PULMONAR EM FELINO RELATO DE CASO

CARCINOMA MAMÁRIO COM METÁSTASE PULMONAR EM FELINO RELATO DE CASO CARCINOMA MAMÁRIO COM METÁSTASE PULMONAR EM FELINO RELATO DE CASO HOFFMANN, Martina L. 1 ; MARTINS, Danieli B. 2 ; FETT, Rochana R. 3 Palavras-chave: Carcinoma. Felino. Quimioterápico. Introdução O tumor

Leia mais

Metástase Cutânea de Carcinoma de Células Claras Renais: Relato de Caso Aichinger, L.A. 1, Kool, R. 1, Mauro, F.H.O. 1, Preti, V.

Metástase Cutânea de Carcinoma de Células Claras Renais: Relato de Caso Aichinger, L.A. 1, Kool, R. 1, Mauro, F.H.O. 1, Preti, V. Metástase Cutânea de Carcinoma de Células Claras Renais: Relato de Caso Aichinger, L.A. 1, Kool, R. 1, Mauro, F.H.O. 1, Preti, V. 1 1 Hospital Erasto Gaertner, Curitiba, Paraná. Introdução e Objetivo O

Leia mais

Seminário Metástases Pulmonares

Seminário Metástases Pulmonares Seminário Metástases Pulmonares Tatiane Cardoso Motta 09/02/2011 CASO CLÍNICO Paciente do sexo feminino, 52 anos, refere que realizou RX de tórax de rotina que evidenciou nódulos pulmonares bilaterais.

Leia mais

UNIVERSIDADE CASTELO BRANCO ATUALIZA ASSOCIAÇÃO CULTURAL ESPECIALIZAÇÃO EM BIOLOGIA MOLECULAR E CITOGENÉTICA HUMANA JOANA MARIA SANTANA SANTOS

UNIVERSIDADE CASTELO BRANCO ATUALIZA ASSOCIAÇÃO CULTURAL ESPECIALIZAÇÃO EM BIOLOGIA MOLECULAR E CITOGENÉTICA HUMANA JOANA MARIA SANTANA SANTOS UNIVERSIDADE CASTELO BRANCO ATUALIZA ASSOCIAÇÃO CULTURAL ESPECIALIZAÇÃO EM BIOLOGIA MOLECULAR E CITOGENÉTICA HUMANA JOANA MARIA SANTANA SANTOS CITOGENÉTICA NO DIAGNÓSTICO E TRATAMENTO DA LEUCEMIA MIELÓIDE

Leia mais

ADENOMA PLEOMÓRFICO: ASPECTOS CLÍNICOS, HISTOLÓGICOS E CIRÚRGICOS RELATO DE CASO. PLEOMORPHIC ADHENOMA: CLINICAL, HISTOLOGICAL AND SURGICAL ASPECTS.

ADENOMA PLEOMÓRFICO: ASPECTOS CLÍNICOS, HISTOLÓGICOS E CIRÚRGICOS RELATO DE CASO. PLEOMORPHIC ADHENOMA: CLINICAL, HISTOLOGICAL AND SURGICAL ASPECTS. ADENOMA PLEOMÓRFICO: ASPECTOS CLÍNICOS, HISTOLÓGICOS E CIRÚRGICOS RELATO DE CASO. PLEOMORPHIC ADHENOMA: CLINICAL, HISTOLOGICAL AND SURGICAL ASPECTS. MARCELLO GAIETA VANNUCCI, Especializando em CTBMF e

Leia mais

ENFERMAGEM EM ONCOLOGIA. Renata Loretti Ribeiro Enfermeira COREn/SP 42883

ENFERMAGEM EM ONCOLOGIA. Renata Loretti Ribeiro Enfermeira COREn/SP 42883 ENFERMAGEM EM ONCOLOGIA Renata Loretti Ribeiro Enfermeira COREn/SP 42883 Fisiopatologia do Processo Maligno As células são conhecidas desde o século XVII, quando foram observadas com microscópios muito

Leia mais

LESÃO PERIFÉRICA DE CÉLULAS GIGANTES - RELATO DE CASO

LESÃO PERIFÉRICA DE CÉLULAS GIGANTES - RELATO DE CASO LESÃO PERIFÉRICA DE CÉLULAS GIGANTES - RELATO DE CASO Ana Lúcia Alvares Capelozza 1 Luís Antônio de Assis Taveira 2 Otávio Pagin 3 1 Professora Associada do Departamento de Estomatologia da FOB-USP 2 Professor

Leia mais

16/03/12 TUMORES DE GLÂNDULAS SALIVARES TUMORES DE GLÂNDULAS SALIVARES TUMORES DE GLÂNDULAS SALIVARES TUMORES DE GLÂNDULAS SALIVARES

16/03/12 TUMORES DE GLÂNDULAS SALIVARES TUMORES DE GLÂNDULAS SALIVARES TUMORES DE GLÂNDULAS SALIVARES TUMORES DE GLÂNDULAS SALIVARES Universidade Federal de Goiás Faculdade de Odontologia Programa de Pós-Graduação Disciplina de Biologia Oral Conhecimento da Anatomia das Glândulas Salivares MESTRANDOS ÉRIKA MARIA CARVALHO BITENCOURT

Leia mais

ASPECTOS CLÍNICOS E FATORES PROGNÓSTICOS DO MELANOMA ORAL DE QUATRO CÃES (Clinical aspects and prognostic factors of the oral melanoma of four dogs)

ASPECTOS CLÍNICOS E FATORES PROGNÓSTICOS DO MELANOMA ORAL DE QUATRO CÃES (Clinical aspects and prognostic factors of the oral melanoma of four dogs) ASPECTOS CLÍNICOS E FATORES PROGNÓSTICOS DO MELANOMA ORAL DE QUATRO CÃES (Clinical aspects and prognostic factors of the oral melanoma of four dogs) Cristina Rauen RIBAS 1* ; Antonia Maria B. PRADO 1 ;

Leia mais

GRANULOMA PIOGÊNICO: RELATO DE CASO CLÍNICO PYOGENIC GRANULOMA: CASE REPORT

GRANULOMA PIOGÊNICO: RELATO DE CASO CLÍNICO PYOGENIC GRANULOMA: CASE REPORT 12 GRANULOMA PIOGÊNICO: RELATO DE CASO CLÍNICO PYOGENIC GRANULOMA: CASE REPORT RESUMO Sérgio Herrero MORAES 1 Gabriela F. MORAES 2 Júlia DURSKI 3 Flávio Luiz VIERO 4 Débora D. da Silva MEIRA 5 Maria Eugênia

Leia mais

INTRODUÇÃO À PATOLOGIA Profª. Thais de A. Almeida

INTRODUÇÃO À PATOLOGIA Profª. Thais de A. Almeida INTRODUÇÃO À PATOLOGIA Profª. Thais de A. Almeida DEFINIÇÃO: Pathos: doença Logos: estudo Estudo das alterações estruturais, bioquímicas e funcionais nas células, tecidos e órgãos visando explicar os mecanismos

Leia mais

Organismo. Sistemas. Órgãos. Tecidos. Células

Organismo. Sistemas. Órgãos. Tecidos. Células Organismo Sistemas Órgãos Tecidos Células Histologia animal O ramo da ciência que estuda os tecidos é a Histologia (histo= tecido; logia=estudo). A célula-ovo contém toda a informação genética do futuro

Leia mais

PROCESSOS PROLIFERATIVOS NÃO NEOPLÁSICOS

PROCESSOS PROLIFERATIVOS NÃO NEOPLÁSICOS DISCIPLINA DE PATOLOGIA ORAL E MAXILOFACIAL Graduação em Odontologia - 5º Período PROCESSOS PROLIFERATIVOS NÃO NEOPLÁSICOS http://lucinei.wikispaces.com Prof.Dr. Lucinei Roberto de Oliveira 2012 GRANULOMA

Leia mais

Rabdomioma Extra-cardíaco do Adulto Acometendo a Musculatura Extrínseca da Laringe

Rabdomioma Extra-cardíaco do Adulto Acometendo a Musculatura Extrínseca da Laringe Relato de Caso Rabdomioma Extra-cardíaco do Adulto Acometendo a Musculatura Extrínseca da Laringe Adult Extracardiac Rhabdomyoma Compromising the Extrinsic Laryngeal Muscles Gilberto Guanaes Formigoni*,

Leia mais

Gomes,Gustavo V.; Abreu,Daniel D.G.; Magalhães,Gustavo S.C.; Calapodopulos,George H.;

Gomes,Gustavo V.; Abreu,Daniel D.G.; Magalhães,Gustavo S.C.; Calapodopulos,George H.; VALOR DO 99m Tc-SESTAMIBI EM PACIENTES COM MELANOMA MALIGNO Gomes,Gustavo V.; Abreu,Daniel D.G.; Magalhães,Gustavo S.C.; Calapodopulos,George H.; Braga, Helton M.; Moraes, Renata F.; Rezende,Marta O.;

Leia mais

Gráficos: experimento clássico de Gause, 1934 (Princípio de Gause ou princípio da exclusão competitiva).

Gráficos: experimento clássico de Gause, 1934 (Princípio de Gause ou princípio da exclusão competitiva). 1 Gráficos: experimento clássico de Gause, 1934 (Princípio de Gause ou princípio da exclusão competitiva). 2 O câncer surge de uma única célula que sofreu mutação, multiplicou-se por mitoses e suas descendentes

Leia mais

APESP 246 Caso Botucatu. Dra. Viviane Hellmeister Camolese Martins - R2

APESP 246 Caso Botucatu. Dra. Viviane Hellmeister Camolese Martins - R2 APESP 246 Caso Botucatu Dra. Viviane Hellmeister Camolese Martins - R2 História Clínica LP, 55 anos, homem, branco, pedreiro, hipertenso Massa palpável em flanco E TC = massa de 8 cm no pólo superior renal

Leia mais

PUBVET, Publicações em Medicina Veterinária e Zootecnia. Metástase de tumor venéreo transmissivo disseminado na pele de um cão: Relato de caso

PUBVET, Publicações em Medicina Veterinária e Zootecnia. Metástase de tumor venéreo transmissivo disseminado na pele de um cão: Relato de caso PUBVET, Publicações em Medicina Veterinária e Zootecnia. Metástase de tumor venéreo transmissivo disseminado na pele de um cão: Relato de caso Catarina Rafaela Alves da Silva 1 ; Francisco Lima Silva 2

Leia mais

NEOPLASIA MAXILAR EM UM CÃO AVALIACÃO RADIOGRÁFICA FRENTE AO DIAGNÓSTICO CLÍNICO DE PERIODONTOPATIA

NEOPLASIA MAXILAR EM UM CÃO AVALIACÃO RADIOGRÁFICA FRENTE AO DIAGNÓSTICO CLÍNICO DE PERIODONTOPATIA Revista Eletrônica Novo Enfoque, ano 2010, v. 09, n. 09, p. 01 06 NEOPLASIA MAXILAR EM UM CÃO AVALIACÃO RADIOGRÁFICA FRENTE AO DIAGNÓSTICO CLÍNICO DE PERIODONTOPATIA GOMES, F. S. C. 1 ; GALVES, M. S. 1

Leia mais

SECRETARIA DE SEGURANÇA PÚBLICA/SECRETARIA DE EDUCAÇÃO POLÍCIA MILITAR DO ESTADO DE GOIÁS COMANDO DE ENSINO POLICIAL MILITAR

SECRETARIA DE SEGURANÇA PÚBLICA/SECRETARIA DE EDUCAÇÃO POLÍCIA MILITAR DO ESTADO DE GOIÁS COMANDO DE ENSINO POLICIAL MILITAR SECRETARIA DE SEGURANÇA PÚBLICA/SECRETARIA DE EDUCAÇÃO POLÍCIA MILITAR DO ESTADO DE GOIÁS COMANDO DE ENSINO POLICIAL MILITAR COLÉGIO DA POLÍCIA MILITAR SARGENTO NADER ALVES DOS SANTOS SÉRIE/ANO: 1ª TURMA(S):

Leia mais

PUBVET, Publicações em Medicina Veterinária e Zootecnia. Mixomatose em coelho doméstico criado como animal de estimação em Mato Grosso

PUBVET, Publicações em Medicina Veterinária e Zootecnia. Mixomatose em coelho doméstico criado como animal de estimação em Mato Grosso PUBVET, Publicações em Medicina Veterinária e Zootecnia. Mixomatose em coelho doméstico criado como animal de estimação em Mato Grosso Jaqueline Bruning Azevedo¹, Glaucenyra Cecília Pinheiro Silva², Adriana

Leia mais

Alunos: Frank Holbach, João Felipe Brum e Luiz Lendengues FICHA TERMINOLÓGICA MULTILÍNGUE PROJETO: DERMATOLOGIA PARA TRADUTORES Semestre 2013/2

Alunos: Frank Holbach, João Felipe Brum e Luiz Lendengues FICHA TERMINOLÓGICA MULTILÍNGUE PROJETO: DERMATOLOGIA PARA TRADUTORES Semestre 2013/2 Alunos: Frank Holbach, João Felipe Brum e Luiz Lendengues FICHA TERMINOLÓGICA MULTILÍNGUE PROJETO: DERMATOLOGIA PARA TRADUTORES Semestre 2013/2 nevos melanocíticos [PT-BR] melanocytic naevi [EN-UK] Área:

Leia mais

NEOPLASIAS. MSc. Isabela Brcko

NEOPLASIAS. MSc. Isabela Brcko NEOPLASIAS MSc. Isabela Brcko Proliferações locais de clones celulares cuja reprodução foge ao controle normal, e que tendem para um tipo de crescimento autônomo e progressivo, e para a perda de diferenciação

Leia mais

TRATAMENTO CONSERVATIVO E CIRÚRGICO DE HÉRNIA DE DISCO (TIPO I) TORACOLOMBAR GRAU V EM CÃO RELATO DE CASO

TRATAMENTO CONSERVATIVO E CIRÚRGICO DE HÉRNIA DE DISCO (TIPO I) TORACOLOMBAR GRAU V EM CÃO RELATO DE CASO 1 TRATAMENTO CONSERVATIVO E CIRÚRGICO DE HÉRNIA DE DISCO (TIPO I) TORACOLOMBAR GRAU V EM CÃO RELATO DE CASO LYS DE BARROS FOGAGNOLI 1, MILTON MIKIO MORISHIN FILHO 2. 1- Graduanda Medicina Veterinária Universidade

Leia mais

HIPERADRENOCORTICISMO EM CÃES

HIPERADRENOCORTICISMO EM CÃES 25 a 28 de Outubro de 2011 ISBN 978-85-8084-055-1 HIPERADRENOCORTICISMO EM CÃES Veruska Martins da Rosa 1, Caio Henrique de Oliveira Carniato 2, Geovana Campanerutti Cavalaro 3 RESUMO: O hiperadrenocorticismo

Leia mais

Com Ciência - Células-tronco: a promessa da medicina regenerativa

Com Ciência - Células-tronco: a promessa da medicina regenerativa Página 1 de 5 Editorial A esperança celular Carlos Vogt Reportagens Pesquisa brasileira em CT já apresenta resultados Em meio à discussão ética, a pesquisa avança em todo o mundo Faltam leis, sobra polêmica

Leia mais

Proliferação osteocondral periostal bizarra ou lesão de Nora

Proliferação osteocondral periostal bizarra ou lesão de Nora Rev Port Ortop Traum 21(1): 51-56, 2013 Caso Clínico Proliferação osteocondral periostal bizarra ou lesão de Nora Manuel Carvalho, Joana Freitas, André Rodrigues Pinho, Francisco Serdoura, Vitorino Veludo,

Leia mais

Neoplasias Cutâneas de Cães Diagnosticadas no Laboratório de Histopatologia da Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro de 1995 a 2005

Neoplasias Cutâneas de Cães Diagnosticadas no Laboratório de Histopatologia da Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro de 1995 a 2005 Neoplasias Cutâneas de Cães Diagnosticadas no Laboratório de Histopatologia da Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro de 1995 a 2005 Tônia da Rocha e Silva 1 Ticiana do Nascimento França 2 Bernardo

Leia mais

Massa de mediastino posterior em paciente HIV positivo. Bernardo Maranhão 1. Carla Cristina de Almeida 2. Giovani Antonio Marsico 3

Massa de mediastino posterior em paciente HIV positivo. Bernardo Maranhão 1. Carla Cristina de Almeida 2. Giovani Antonio Marsico 3 Massa de mediastino posterior em paciente HIV positivo Bernardo Maranhão 1 Carla Cristina de Almeida 2 Giovani Antonio Marsico 3 Gustavo Modesto Leal 4 Heitor Paiva 5 1. TE SBPT, Coordenador Comissão de

Leia mais

42º Congresso Bras. de Medicina Veterinária e 1º Congresso Sul-Brasileiro da ANCLIVEPA - 31/10 a 02/11 de 2015 - Curitiba - PR 1

42º Congresso Bras. de Medicina Veterinária e 1º Congresso Sul-Brasileiro da ANCLIVEPA - 31/10 a 02/11 de 2015 - Curitiba - PR 1 1 AGRAVOS POR MORDEDURAS DE CÃES EM CAMPUS UNIVERSITÁRIO, CURITIBA-PR INJURIES BY BITING DOGS IN UNIVERSITY CAMPUS, CURITIBA CITY, BRAZIL MAYSA PELLIZZARO 1, GRAZIELA RIBEIRO DA CUNHA 2, ANA CAROLINA YAMAKAWA

Leia mais

Simulação da evolução da idade dos eqüinos através da cronometria dentária. Adalgiza Souza Carneiro de Rezende Silvio Leite Monteiro da Silva

Simulação da evolução da idade dos eqüinos através da cronometria dentária. Adalgiza Souza Carneiro de Rezende Silvio Leite Monteiro da Silva Simulação da evolução da idade dos eqüinos através da cronometria dentária Adalgiza Souza Carneiro de Rezende Silvio Leite Monteiro da Silva Introdução A idade aproximada de um eqüino pode ser avaliada

Leia mais

MELANOMA PRIMÁRIO DE PALATO: RELATO DE CASO. Primary Melanoma of the Palate: a case report

MELANOMA PRIMÁRIO DE PALATO: RELATO DE CASO. Primary Melanoma of the Palate: a case report MELANOMA PRIMÁRIO DE PALATO: RELATO DE CASO Recebido em 10/2004 Aprovado em 12/2004 Primary Melanoma of the Palate: a case report Éricka Janine Dantas da Silveira * Gustavo Pina Godoy * Maria de Lourdes

Leia mais

Perda da uniformidade nas células e desarranjo estrutural tecidual

Perda da uniformidade nas células e desarranjo estrutural tecidual .Leucoplasia: (grego: leuco = branco - plasis = formação) Transformação metaplásica do epitélio escamoso estratificado não ceratinizado consistindo em aumento das camadas de ceratina. Exemplos: mucosa

Leia mais

Tumores Odontogênicos. Humberto Brito R3 CCP

Tumores Odontogênicos. Humberto Brito R3 CCP Tumores Odontogênicos Humberto Brito R3 CCP Avelar, 2008; Rodrigues, 2010 INTRODUÇÃO Neoplasias que afetam a maxila e a mandíbula A maioria acomete a mandíbula 2/3 (principalmente a região posterior) Grupo

Leia mais

Carcinoma espinocelular bucal de grande extensão protocolo diagnóstico. Oral squamous cell carcinoma of great extent - protocol diagnosis

Carcinoma espinocelular bucal de grande extensão protocolo diagnóstico. Oral squamous cell carcinoma of great extent - protocol diagnosis relato de caso Carcinoma espinocelular bucal de grande extensão protocolo diagnóstico Oral squamous cell carcinoma of great extent - protocol diagnosis RESUMO Introdução e revisão da literatura: o carcinoma

Leia mais

DERMATOPATOLOGIA. Cesar de Souza Bastos Junior 1 Fernando Manuel Belles de Moraes 3 Juan Manuel Piñeiro-Maceira 2

DERMATOPATOLOGIA. Cesar de Souza Bastos Junior 1 Fernando Manuel Belles de Moraes 3 Juan Manuel Piñeiro-Maceira 2 DERMATOPATOLOGIA 413 Melanoma desmoplásico associado a lesão lentiginosa intraepidérmica, com evolução de 10 anos: relato de caso e revisão bibliográfica * Desmoplastic melanoma associated with an intraepidermal

Leia mais

PUBVET, Publicações em Medicina Veterinária e Zootecnia.

PUBVET, Publicações em Medicina Veterinária e Zootecnia. PUBVET, Publicações em Medicina Veterinária e Zootecnia. Ocorrência de melanoma em equinos abatidos em matadouro frigorífico exportador de Minas Gerais Silvia Ferreira dos Santos 1*, Mariana Assunção de

Leia mais

QUIMIOTERAPIA ANTINEOPLÁSICA NO TRATAMENTO DE MASTOCITOMA DE BOLSA ESCROTAL EM BOXER -RELATO DE CASO

QUIMIOTERAPIA ANTINEOPLÁSICA NO TRATAMENTO DE MASTOCITOMA DE BOLSA ESCROTAL EM BOXER -RELATO DE CASO REVISTA CIENTÍFICA ELETRÔNICA DE MEDICINA VETERINÁRIA ISSN: 1679-7353 QUIMIOTERAPIA ANTINEOPLÁSICA NO TRATAMENTO DE MASTOCITOMA DE BOLSA ESCROTAL EM BOXER -RELATO DE CASO SANTOS, Luana Maria ROCHA, Jessé

Leia mais

Revista Portuguesa de. irurgia. II Série N. 28 Março 2014. Órgão Oficial da Sociedade Portuguesa de Cirurgia ISSN 1646-6918

Revista Portuguesa de. irurgia. II Série N. 28 Março 2014. Órgão Oficial da Sociedade Portuguesa de Cirurgia ISSN 1646-6918 Revista Portuguesa de irurgia II Série N. 28 Março 2014 ISSN 1646-6918 Órgão Oficial da Sociedade Portuguesa de Cirurgia CASO CLÍNICO Biópsia hepática percutânea em doentes oncológicos a propósito de um

Leia mais

TEMA: Tratamento com Sunitinibe (Sutent ) do Carcinoma de Células Renais metastático (do tipo carcinoma de células claras).

TEMA: Tratamento com Sunitinibe (Sutent ) do Carcinoma de Células Renais metastático (do tipo carcinoma de células claras). Nota Técnica 37/2012 Data: 04/12/2012 Solicitante: Dra. Vanessa Verdolim Hudson Andrade Desembargadora 1ª Câmara Cível - TJMG Medicamento Material Procedimento Cobertura x Número do processo: 1.0035.12.013771-2/001

Leia mais

Perfil epidemiológico da neoplasia mamária canina em Araçatuba: uma abordagem estatística

Perfil epidemiológico da neoplasia mamária canina em Araçatuba: uma abordagem estatística Perfil epidemiológico da neoplasia mamária canina em Araçatuba: uma abordagem estatística Walter Bertequini Nagata 1 Sílvia Helena Venturoli Perri 2 Flávia de Rezende Eugênio 3 Maria Gisela Laranjeira

Leia mais

Agentes... Célula Normal. Causa... Divisão Celular. Célula Neoplásica. Divisão Celular. Físicos Químicos Biológicos. Fatores Reguladores.

Agentes... Célula Normal. Causa... Divisão Celular. Célula Neoplásica. Divisão Celular. Físicos Químicos Biológicos. Fatores Reguladores. Célula Normal Ciclo Celular G 0 /G 1 /S/G 2 /M Divisão Celular Neoplasias Fatores Reguladores Controlada Estimuladores Inibidores Homeostase Célula Neoplásica Divisão Celular Ciclo Celular G 0 /G 1 /S/G

Leia mais

TUMOR VENÉREO TRANSMISSÍVEL (TVT) - REVISÃO DE LITERATURA TRANSMISSIBLE VENERAL TUMOR (TVT) REVIEW

TUMOR VENÉREO TRANSMISSÍVEL (TVT) - REVISÃO DE LITERATURA TRANSMISSIBLE VENERAL TUMOR (TVT) REVIEW TUMOR VENÉREO TRANSMISSÍVEL (TVT) - REVISÃO DE LITERATURA TRANSMISSIBLE VENERAL TUMOR (TVT) REVIEW SANTOS, Mariana Soares Pereira dos Acadêmica do curso de Medicina Veterinária da Faculdade de Medicina

Leia mais

Patologia Buco Dental Prof. Dr. Renato Rossi Jr. www.professorrossi.com

Patologia Buco Dental Prof. Dr. Renato Rossi Jr. www.professorrossi.com TUMORES BENIGNOS PAPILOMA: Papiloma é uma neoplasia benigna de origem epitelial. Clinicamente apresenta-se como lesão exofítica, de superfície irregular ou verrucosa com aspecto de couve-flor, assintomático,

Leia mais

Victor Silvano Resende. Estabilidade da margem gengival após cirurgia para recuperação do espaço biológico - avaliação clínica

Victor Silvano Resende. Estabilidade da margem gengival após cirurgia para recuperação do espaço biológico - avaliação clínica Victor Silvano Resende Estabilidade da margem gengival após cirurgia para recuperação do espaço biológico - avaliação clínica Brasília 2014 Victor Silvano Resende Estabilidade da margem gengival após cirurgia

Leia mais

CURSO DE ODONTOLOGIA Autorizado pela Portaria no 131, de 13/01/11, publicada no DOU no 11, de17/01/11, seção 1, pág.14

CURSO DE ODONTOLOGIA Autorizado pela Portaria no 131, de 13/01/11, publicada no DOU no 11, de17/01/11, seção 1, pág.14 CURSO DE ODONTOLOGIA Autorizado pela Portaria no 131, de 13/01/11, publicada no DOU no 11, de17/01/11, seção 1, pág.14 Componente Curricular: Patologia Geral Código: ODO-010 Pré-requisito: - Período Letivo:

Leia mais

Embriogênese (parte II) Histologia animal (parte I) Natália A. Paludetto nataliaapaludetto@gmail.com

Embriogênese (parte II) Histologia animal (parte I) Natália A. Paludetto nataliaapaludetto@gmail.com Embriogênese (parte II) Histologia animal (parte I) Natália A. Paludetto nataliaapaludetto@gmail.com Anteriormente... Zigoto Mórula Blástula Gástrula Neurula Organogênese Anexos embrionários Gêmeos Dos

Leia mais

Tamponamento Cardíacodefinição. Pericárdio. Pericárdio. Pericárdio. Pericárdio 6/1/2014 TAMPONAMENTO CARDÍACO- COMO DIAGNOSTICAR E TRATAR

Tamponamento Cardíacodefinição. Pericárdio. Pericárdio. Pericárdio. Pericárdio 6/1/2014 TAMPONAMENTO CARDÍACO- COMO DIAGNOSTICAR E TRATAR TAMPONAMENTO CARDÍACO- COMO DIAGNOSTICAR E TRATAR Lilian Caram Petrus, MV, Msc Equipe Pet Cor de Cardiologia Doutoranda FMVZ-USP Vice-presidente da Sociedade Brasileira de Cardiologia Veterinária Tamponamento

Leia mais

ORIGEM EMBRIONÁRIA. A zigoto; B clivagem; C mórula; D blástula; E corte de blástula; F gástrula inicial; G - gástrula

ORIGEM EMBRIONÁRIA. A zigoto; B clivagem; C mórula; D blástula; E corte de blástula; F gástrula inicial; G - gástrula ORIGEM EMBRIONÁRIA A zigoto; B clivagem; C mórula; D blástula; E corte de blástula; F gástrula inicial; G - gástrula A- Radiata Mesoderme se forma a partir de células invasoras da endoderme (Equinodermatas)

Leia mais

tumores tegumentares eram malignos e de origem mesenquimal. Palavras-chave: Cães; Pele; Neoplasias cutâneas Abstract

tumores tegumentares eram malignos e de origem mesenquimal. Palavras-chave: Cães; Pele; Neoplasias cutâneas Abstract Rev Inst Ciênc Saúde 2006 jul-set; 24(3):169-73 Estudo crítico de neoplasias cutâneas em cães Critical study of cutaneous neoplasias in dogs Lucia Maria Guedes Silveira* Fernando Malagutti Cunha** Thomas

Leia mais

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular ANATOMOFISIOLOGIA I Ano Lectivo 2015/2016

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular ANATOMOFISIOLOGIA I Ano Lectivo 2015/2016 Programa da Unidade Curricular ANATOMOFISIOLOGIA I Ano Lectivo 2015/2016 1. Unidade Orgânica Ciências Humanas e Sociais (1º Ciclo) 2. Curso Motricidade Humana 3. Ciclo de Estudos 1º 4. Unidade Curricular

Leia mais

Introdução 50.000 novos casos por ano DNA microarray imuno-histoquímica (IHQ) tissue microarray (TMA) técnicas alternativas de construção de TMA

Introdução 50.000 novos casos por ano DNA microarray imuno-histoquímica (IHQ) tissue microarray (TMA) técnicas alternativas de construção de TMA Introdução No Brasil o câncer de mama é a neoplasia maligna mais freqüente, com cerca de 50.000 novos casos por ano. Na última década, avanços na área da patologia molecular permitiram o reconhecimento

Leia mais

TRATAMENTO DOS TUMORES CEREBRAIS PELA RADIOTERAPIA MARGARET TODD *

TRATAMENTO DOS TUMORES CEREBRAIS PELA RADIOTERAPIA MARGARET TODD * TRATAMENTO DOS TUMORES CEREBRAIS PELA RADIOTERAPIA MARGARET TODD * No tratamento dos tumores do sistema nervoso central, a radioterapia, com a conhecida exceção do meduloblastoma, é associada à cirurgia.

Leia mais

CARCINOMA DE CÉLULAS ESCAMOSAS EM CÃES - RELATO DE CASO.

CARCINOMA DE CÉLULAS ESCAMOSAS EM CÃES - RELATO DE CASO. REVISTA CIENTÍFICA ELETRÔNICA DE MEDICINA VETERINÁRIA ISSN: 1679-7353 CARCINOMA DE CÉLULAS ESCAMOSAS EM CÃES - RELATO DE CASO. ROCHA, Jessé Ribeiro SANTOS, Luana Maria TRENTIN, Thays de Campos ROCHA, Fabio

Leia mais

Resposta Imune contra o Câncer

Resposta Imune contra o Câncer Câncer é um termo genérico, que compreende em torno de 200 doenças, cujas células causadoras partilham algumas características em comum: Mutações genéticas; Crescimento descontrolado; Capacidade de migração

Leia mais

Iniciação. Angiogênese. Metástase

Iniciação. Angiogênese. Metástase Imunidade contra tumores Câncer Cancro, tumor, neoplasia, carcinoma Características: Capacidade de proliferação Capacidade de invasão dos tecidos Capacidade de evasão da resposta imune Câncer Transformação

Leia mais

42º Congresso Bras. de Medicina Veterinária e 1º Congresso Sul-Brasileiro da ANCLIVEPA - 31/10 a 02/11 de 2015 - Curitiba - PR 1

42º Congresso Bras. de Medicina Veterinária e 1º Congresso Sul-Brasileiro da ANCLIVEPA - 31/10 a 02/11 de 2015 - Curitiba - PR 1 1 HIPERPLASIA MAMÁRIA FELINA: CASOS ATENDIDOS NO HOSPITAL VETERINÁRIO DE UBERABA DE 2005 A 1015 DEBORAH VIEIRA DE SOUSA ROSIM 1, ENDRIGO GABELLINI LEONEL ALVES 1, IAN MARTIN 1 ; LARYSSA COSTA REZENDE 1

Leia mais

Revista da SPDV 70(2) 2012; Joana Parente, Joana Gomes, Isabel Viana, Esmeralda Vale; Variantes raras de melanoma maligno.

Revista da SPDV 70(2) 2012; Joana Parente, Joana Gomes, Isabel Viana, Esmeralda Vale; Variantes raras de melanoma maligno. VARIANTES RARAS DE MELANOMA MALIGNO UM DESAFIO CLÍNICO E HISTOPATOLÓGICO Joana Parente 1, Joana Gomes 2, Isabel Viana 3, Esmeralda Vale 4 1 Interna do Internato Complementar de Dermatovenereologia, Serviço

Leia mais

Vaginal Metastasis from Colorectal Adenocarcinoma: Diagnosis in Cervicovaginal Cytology

Vaginal Metastasis from Colorectal Adenocarcinoma: Diagnosis in Cervicovaginal Cytology Vaginal Metastasis from Colorectal Adenocarcinoma: Diagnosis in Cervicovaginal Cytology Oliveira B 1 Ɨ, Cunha C 1 Ɨ, Mendes M 1 * Ɨ, Coimbra N 2, Duarte A 2, Babo A 2, Martins C 2, Monteiro P 2 1 School

Leia mais

DOENÇAS AUTO-IMUNES EM CÃES

DOENÇAS AUTO-IMUNES EM CÃES DOENÇAS AUTO-IMUNES EM CÃES Acadêmicas da Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia de Garça FAMED/ ACEG TRENTIN, Thays de Campos CAMPOS, Daniele Ferrari DABUS, Daniela Marques Maciel LÉO, Vivian Fazolaro

Leia mais

HEMATOMAS INTRACEREBRAIS EM TUMORES METASTATICOS

HEMATOMAS INTRACEREBRAIS EM TUMORES METASTATICOS HEMATOMAS INTRACEREBRAIS EM TUMORES METASTATICOS REGISTRO DE 11 CASOS NUΒOR ORLANDO FACURE * JOSÉ JORGE FACURE** A maioria dos hematomas intracerebrais são provocados por róturas vasculares em pacientes

Leia mais

Fundamentos de oncologia. Você sabe o que é o câncer e como ele se desenvolve em nosso corpo?

Fundamentos de oncologia. Você sabe o que é o câncer e como ele se desenvolve em nosso corpo? BIOLOGIA Cláudio Góes Fundamentos de oncologia 1. Introdução Você sabe o que é o câncer e como ele se desenvolve em nosso corpo? Nesta unidade, você verá que o termo câncer refere-se a uma variedade de

Leia mais

Casuística de Carcinoma Epidermóide Cutâneo em bovinos do Campus Palotina da UFPR

Casuística de Carcinoma Epidermóide Cutâneo em bovinos do Campus Palotina da UFPR Palotina da UPR. Acta Scientiae Veterinariae. 36(2): 155-159. Acta Scientiae Veterinarie. 36(2): 155-159, 2008. SHORT COMMUNICATION Pub. 779 ISSN 1678-0345 (Print) ISSN 1679-9216 (Online) Casuística de

Leia mais

LIPOSSARCOMA MIXÓIDE DE MEMBRO INFERIOR - RELATO DE CASO * Myxoid Liposarcoma of the Thigh - Case Report

LIPOSSARCOMA MIXÓIDE DE MEMBRO INFERIOR - RELATO DE CASO * Myxoid Liposarcoma of the Thigh - Case Report ARTIGOS / ARTICLES LIPOSSARCOMA MIXÓIDE DE MEMBRO INFERIOR - RELATO DE CASO * Myxoid Liposarcoma of the Thigh - Case Report Orlando Jorge Martins Torres¹, Roberta Casanovas Tavares², Camila Cristina Bastos

Leia mais

CASTRAÇÃO DE ANIMAIS DE COMPANHIA: MITOS E VERDADES

CASTRAÇÃO DE ANIMAIS DE COMPANHIA: MITOS E VERDADES 12. CONEX Apresentação Oral Resumo Expandido 1 ÁREA TEMÁTICA: ( ) COMUNICAÇÃO ( ) CULTURA ( ) DIREITOS HUMANOS E JUSTIÇA ( X ) EDUCAÇÃO ( ) MEIO AMBIENTE ( ) SAÚDE ( ) TRABALHO ( ) TECNOLOGIA CASTRAÇÃO

Leia mais

CISTOS DA RETE OVARII EM CADELAS E GATAS SUBMETIDAS A CASTRAÇÃO ELETIVA CYSTS OF RETE OVARII IN DOGS AND CATS UNDERGOING ELECTIVE CASTRATION

CISTOS DA RETE OVARII EM CADELAS E GATAS SUBMETIDAS A CASTRAÇÃO ELETIVA CYSTS OF RETE OVARII IN DOGS AND CATS UNDERGOING ELECTIVE CASTRATION 1 CISTOS DA RETE OVARII EM CADELAS E GATAS SUBMETIDAS A CASTRAÇÃO ELETIVA CYSTS OF RETE OVARII IN DOGS AND CATS UNDERGOING ELECTIVE CASTRATION LUCIEN ROBERTA VALENTE MIRANDA DE AGUIRRA, RENZO BRITO LOBATO,

Leia mais

Aparelho Respiratório

Aparelho Respiratório Função Permite que o oxigénio do ar entre para o sangue nos pulmões; Permite a passagem do dióxido de carbono do sangue para o ar. Associação Trabalha em conjunto com o Sistema Cardiovascular Fornecer

Leia mais

Disciplina: Patologia Oral 4 e 5º períodos CÂNCER BUCAL. http://lucinei.wikispaces.com. Prof.Dr. Lucinei Roberto de Oliveira

Disciplina: Patologia Oral 4 e 5º períodos CÂNCER BUCAL. http://lucinei.wikispaces.com. Prof.Dr. Lucinei Roberto de Oliveira Disciplina: Patologia Oral 4 e 5º períodos CÂNCER BUCAL http://lucinei.wikispaces.com Prof.Dr. Lucinei Roberto de Oliveira 2012 Sigmund Freud ( 1856-1939, 83 anos ) durante 59 anos, mais de 20 charutos/dia

Leia mais

Matrilisinas e correlação com metástase em carcinoma de células escamosas de língual

Matrilisinas e correlação com metástase em carcinoma de células escamosas de língual Matrilisinas e correlação com metástase em carcinoma de células escamosas de língual Thaís Gomes Benevenuto* Rivadávio F.B. de Amorim M. Cristina Cavalari Eduardo Augusto Rosa Sérgio Bruzadelli Brasília,

Leia mais

Cursos de Enfermagem e Obstetrícia, Medicina e Nutrição Disciplina Mecanismos Básicos de Saúde e Doença MCW 240 Estudo Dirigido P2 / Parte II 2012/1

Cursos de Enfermagem e Obstetrícia, Medicina e Nutrição Disciplina Mecanismos Básicos de Saúde e Doença MCW 240 Estudo Dirigido P2 / Parte II 2012/1 Cursos de Enfermagem e Obstetrícia, Medicina e Nutrição Disciplina Mecanismos Básicos de Saúde e Doença MCW 240 Estudo Dirigido P2 / Parte II 2012/1 1. Um homem de 42 anos sabe que está com HIV/AIDS. Qual

Leia mais

REMOÇÃO DE CORPO ESTRANHO POR ENDOSCOPIA EM Helicops carinicaudus

REMOÇÃO DE CORPO ESTRANHO POR ENDOSCOPIA EM Helicops carinicaudus 1 REMOÇÃO DE CORPO ESTRANHO POR ENDOSCOPIA EM Helicops carinicaudus ANDREISE COSTA PRZYDZIMIRSKI ¹, KEVILY TASHI PEDROSO SABINO¹, TATIANE BRESSAN MOREIRA¹, GIOVANA PALADINO¹, PETERSON TRICHES DORNBUSH²

Leia mais

BIOLOGIA HISTOLOGIA ANIMAL

BIOLOGIA HISTOLOGIA ANIMAL ANIMAL Módulo 12 Página 15 à 36 FECUNDAÇÃO -Mórula = células iguais (células tronco) DIFERENCIAÇÃO TECIDOS FECUNDAÇÃO -Mórula = células iguais (células tronco) DIFERENCIAÇÃO TECIDOS TECIDOS = Conjunto

Leia mais

CITOLOGIA ONCÓTICA CÂNCER

CITOLOGIA ONCÓTICA CÂNCER CITOLOGIA ONCÓTICA Neoplasia: crescimento desordenado de células, originando um tumor (massa de células) Tumor benigno: massa localizada de células que se multiplicam vagarosamente e se assemelham ao seu

Leia mais

Interface entre DPOC e Câncer de Pulmão

Interface entre DPOC e Câncer de Pulmão Interface entre DPOC e Câncer de Pulmão Ilka Lopes Santoro Unifesp-EPM 17/04/2015 Conflitos de interesse em potencial Sem conflitos de interesse a declarar Objetivos Introdução Ligações patogênicas clinicamente

Leia mais

14/11/2013. Clonagem

14/11/2013. Clonagem Clonagem No processo, os indivíduos resultantes são gerados de outro pré existente, e portanto terão as mesmas características genéticas cromossômicas do doador. Em seres humanos, isso só acontece no caso

Leia mais

CAPÍTULO 2 CÂNCER DE MAMA: AVALIAÇÃO INICIAL E ACOMPANHAMENTO. Ana Flavia Damasceno Luiz Gonzaga Porto. Introdução

CAPÍTULO 2 CÂNCER DE MAMA: AVALIAÇÃO INICIAL E ACOMPANHAMENTO. Ana Flavia Damasceno Luiz Gonzaga Porto. Introdução CAPÍTULO 2 CÂNCER DE MAMA: AVALIAÇÃO INICIAL E ACOMPANHAMENTO Ana Flavia Damasceno Luiz Gonzaga Porto Introdução É realizada a avaliação de um grupo de pacientes com relação a sua doença. E através dele

Leia mais

HEMANGIOSSARCOMA EM CÃO

HEMANGIOSSARCOMA EM CÃO 50 HEMANGIOSSARCOMA EM CÃO -Relato de casos- LUDMILA RODRIGUES MOROZ; AUGUSTO SCHWEIGERT Faculdade Integrado de Campo Mourão, Campus, Rodovia Br 158, km 207. Campo Mourão, PR, 87-300-970. e- mail: ludmila.moroz@grupointegrado.br

Leia mais

QUANDO PEDIR SEGUNDA OPINIÃO OU REPETIR IHQ? QUAL O MÍNIMO DE INFORMAÇÕES QUE O ONCOLOGISTA DEVE DEMANDAR? Dr. Carlos E. Bacchi Patologia 1

QUANDO PEDIR SEGUNDA OPINIÃO OU REPETIR IHQ? QUAL O MÍNIMO DE INFORMAÇÕES QUE O ONCOLOGISTA DEVE DEMANDAR? Dr. Carlos E. Bacchi Patologia 1 QUANDO PEDIR SEGUNDA OPINIÃO OU REPETIR IHQ? QUAL O MÍNIMO DE INFORMAÇÕES QUE O ONCOLOGISTA DEVE DEMANDAR? Dr. Carlos E. Bacchi Patologia 1 QUANDO PEDIR SEGUNDA Dr. Ira Bleiweiss of Mount Sinai OPINIÃO

Leia mais

TUMOR MALIGNO DA BAINHA NEURAL PERIFÉRICA COM DIFERENCIAÇÃO RABDOMIOBLÁSTICA (TUMOR DE TRITON MALIGNO) PÓS-RADIOTERAPIA

TUMOR MALIGNO DA BAINHA NEURAL PERIFÉRICA COM DIFERENCIAÇÃO RABDOMIOBLÁSTICA (TUMOR DE TRITON MALIGNO) PÓS-RADIOTERAPIA TUMOR DE TRITON MALIGNO 547 RELATO DE CASO TUMOR MALIGNO DA BAINHA NEURAL PERIFÉRICA COM DIFERENCIAÇÃO RABDOMIOBLÁSTICA (TUMOR DE TRITON MALIGNO) PÓS-RADIOTERAPIA MALIGNANT PERIPHERAL NERVE SHEATH TUMOR

Leia mais

BRAQUITERAPIA DECABEÇA E PESCOÇO?

BRAQUITERAPIA DECABEÇA E PESCOÇO? HÁ ESPAÇO PARA HÁ ESPAÇO PARA BRAQUITERAPIA DE CABEÇA E PESCOÇO? BRAQUITERAPIA DECABEÇA E PESCOÇO? Dra. Anne Karina S. Kiister R3 - Hospital do Servidor Público Estadual (HSPE-SP) Braquiterapia Da palavra

Leia mais

PENECTOMIA PARCIAL EM CÃO SRD DEVIDO A ESTENOSE URETRAL: RELATO DE CASO

PENECTOMIA PARCIAL EM CÃO SRD DEVIDO A ESTENOSE URETRAL: RELATO DE CASO 1 PENECTOMIA PARCIAL EM CÃO SRD DEVIDO A ESTENOSE URETRAL: RELATO DE CASO LETÍCIA MELO OLIVEIRA 1, THAMIZA CARLA COSTA DOS SANTOS 1, IAGO MARTINS OLIVEIRA 1, LÉO LINDSAY SOUSA GALVÃO 1, THAYANNE CAROLINA

Leia mais

REVISTA CIENTÍFICA ELETRÔNICA DE MEDICINA VETERINÁRIA ISSN: Ano IX Número 18 Janeiro de 2012 Periódicos Semestral

REVISTA CIENTÍFICA ELETRÔNICA DE MEDICINA VETERINÁRIA ISSN: Ano IX Número 18 Janeiro de 2012 Periódicos Semestral ESTUDO RETROSPECTIVO DA APLICAÇÃO DO DIAGNÓSTICO CITOPATOLÓGICO E AVALIAÇÃO DA SOBREVIDA DAS NEOPLASIAS MAMÁRIAS DE CADELAS ATENDIDAS HOSPITAL VETERINÁRIO DA UNIVERSIDADE ESTADUAL DO NORTE DO PARANÁ UENP-CLM

Leia mais

EDITORIAL / EDITORIAL CÉLULA-TRONCO. discreta de células-tronco adultas fazem a reposição. laboratório, determinar suas propriedades

EDITORIAL / EDITORIAL CÉLULA-TRONCO. discreta de células-tronco adultas fazem a reposição. laboratório, determinar suas propriedades EDITORIAL / EDITORIAL CÉLULA-TRONCO José Carlos Rossini Iglézias* As células-tronco são importantes para os organismos vivos por várias razões. No embrião, na fase do terceiro ao quinto dia de idade -

Leia mais

SARCOMA DO ESTOMAGO EM CÃO. Rubens Escobar Pires

SARCOMA DO ESTOMAGO EM CÃO. Rubens Escobar Pires Vol. 3 Fase. 3 Dezembro de 1946 Departamento de Anatom ia Patológica Diretor: Prof. Dr. Altino A. A. Antunes SARCOMA DO ESTOMAGO EM CÃO Antonio Ferri (SA R C O M A O F T H E STOM A C H IN DOG) Rubens Escobar

Leia mais

Título: Mastocitoma atípico na pálpebra superior de um felino jovem Relato de caso

Título: Mastocitoma atípico na pálpebra superior de um felino jovem Relato de caso Relato de Caso Título: Mastocitoma atípico na pálpebra superior de um felino jovem Relato de caso Atypical mastocytoma on the upper eyelid of a young feline - Case report Escritores e qualificações Eriane

Leia mais

DOENÇA PERIODONTAL EM CÃES

DOENÇA PERIODONTAL EM CÃES DOENÇA PERIODONTAL EM CÃES GARCIA, Claudia Zeferino JÚNIOR, José Maria Fernandes ALMEIDA, Marcio Fernando SIMAS, Rafael de Carvalho GIMENEZ, Tiago Favaro BERMEJO, Vanessa Justiniano Discentes do curso

Leia mais

Qual é o objeto de estudo da Fisiologia Humana? Por que a Fisiologia Humana é ensinada em um curso de licenciatura em Educação Física?

Qual é o objeto de estudo da Fisiologia Humana? Por que a Fisiologia Humana é ensinada em um curso de licenciatura em Educação Física? Fisiologia Humana QUESTÕES INICIAIS 1 2 3 Qual é o objeto de estudo da Fisiologia Humana? Por que a Fisiologia Humana é ensinada em um curso de licenciatura em Educação Física? Qual a importância dos conhecimentos

Leia mais

Autópsia-Carcinoma de Reto

Autópsia-Carcinoma de Reto Autópsia-Carcinoma de Reto RESULTADO DE EXAME ANATOMOPATOLÓGICO N.º PG 163 NOME: PCQ RESID.: CIDADE: São Paulo - SP FONE: ( ) SEXO M IDADE 31 COR P PROFISSÃO: PEDIDO pelo Dr Clínica Cirúrgica TEL. ( )

Leia mais

Características epidemiológicas de sarcomas de tecidos moles caninos e felinos: levantamento de 30 anos

Características epidemiológicas de sarcomas de tecidos moles caninos e felinos: levantamento de 30 anos [T] Características epidemiológicas de sarcomas de tecidos moles caninos e felinos: levantamento de 30 anos [I] Epidemiological characteristics from canine and feline soft tissue sarcomas during a 30 year

Leia mais

Rastreamento do câncer de pulmão

Rastreamento do câncer de pulmão Rastreamento do câncer de pulmão Arthur Soares Souza Jr. Professor livre docente da FAMERP Membro do Ultra X Diagnóstico por Imagem São José do Rio Preto - SP Rastreamento do câncer de pulmão Estamos familiarizados

Leia mais