EDP - Uma empresa global, humana e dinâmica, com foco na inovação e sustentabilidade. Regulamento

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "EDP - Uma empresa global, humana e dinâmica, com foco na inovação e sustentabilidade. Regulamento"

Transcrição

1 EDP - Uma empresa global, humana e dinâmica, com foco na inovação e sustentabilidade Regulamento 6ª Edição

2 Artigo 1º Objetivo do prêmio 1. O EDP University Challenge 2015 é uma iniciativa da EDP, cujo objetivo é contribuir para o desenvolvimento da excelência na formação acadêmica complementar de estudantes dos cursos de Graduação e Pós-Graduação. 2. O objetivo do projeto é premiar as vertentes acadêmicas e científicas dos trabalhos apresentados pelos grupos que participarem nesta iniciativa, promovendo uma maior interligação entre as universidades e o mundo empresarial. Artigo 2º Regulamentação do prêmio 1. O EDP University Challenge 2015 rege-se pelo presente regulamento, sendo a Comissão de Acompanhamento e o Júri de atribuição do prêmio, soberanos na sua interpretação, aplicação e resolução das cláusulas. 2. Os critérios de selecção e fundamentos de decisão, incluindo o de atribuição do prêmio aos distinguidos, são da exclusiva competência e conhecimento dos promotores da iniciativa, não podendo as decisões da Comissão de Acompanhamento e do Júri serem objecto de reclamação ou recurso, sendo sempre e em qualquer circunstância inquestionáveis e definitivas. 3. Os promotores do EDP University Challenge 2015 reservam-se o direito de não atribuírem o Prêmio, se concluírem pela inexistência, nesse ano, de projetos que não preencham minimamente os requisitos de distinção fixados. 1

3 Artigo 3º Natureza do prêmio 1. O EDP University Challenge 2015 é um prêmio universitário que irá atribuir ao grupo vencedor, um prêmio monetário com isenssão de impostos, sendo um valor líquido de R$ , Se o grupo vencedor desenvolver o seu trabalho/projeto com o acompanhamento de um docente, este terá direito à um prêmio monetário com isenssão de impostos, sendo um valor líquido de R$ 8.000, O EDP University Challenge 2015 irá atribuir ao grupo que ficar em segundo colocado, um prêmio monetário com isenssão de impostos, sendo um valor líquido de R$ 8.000, Se o grupo que ficar em segundo colocado desenvolver o seu trabalho/projeto com o acompanhamento de um docente, este terá direito à um prêmio monetário com isenssão de impostos, sendo um valor líquido de R$ 4.000,00. Artigo 4º Duração do prêmio e data de entrega dos trabalhos/projetos 1. O EDP University Challenge 2015 decorrerá durante os dois semestres do ano letivo de Para cada semestre existirá um correspondente período de desenvolvimento de trabalhos. Cada período de desenvolvimento de trabalhos terá um prazo de cerca de 2 meses após a data limite para as inscrições. 2. O primeiro período (semestre) de desenvolvimento de trabalhos corresponde ao primeiro semestre do ano letivo de A data limite para as inscrições dos elementos de candidatura deste primeiro período será o dia 22 de Abril de A data limite de entrega dos trabalhos/projetos será o dia 23 de Junho de

4 3. O segundo período (semestre) de desenvolvimento de trabalhos corresponde ao segundo semestre do ano letivo de A data limite para entrega dos elementos de candidatura do segundo período é o dia 24 de Agosto de A data limite para entrega dos trabalhos/projetos será o dia 10 de Novembro de Artigo 5º Âmbito 1. Os projetos desenvolvidos devem estar alinhados ao mote: EDP - Uma empresa global, humana e dinâmica, com foco na inovação e sustentabilidade. 2. Para o desenvolvimento dos trabalhos, Os alunos deverão criar propostas para desenvolver e promover ações de marketing/comunicação, através da escolha de um dos dois temas propostos: Tema 1 - Consumo consciente de energia eléctrica; Tema 2 - Cuidado e satisfação do atendimento ao cliente. Caso o grupo decida pelo tema 2, deverá escolher somente um dos Estados de concessão aqui apresentados (São Paulo ou Espírito Santo) para o desenvolvimento do trabalho. Para um maior conhecimento dos temas aqui apresentados, os grupos deverão ler o briefing disponível no site oficial do Prêmio em Artigo 6º Apresentação do prêmio nos estabelecimentos de ensino 1. Em Março/Abril de 2015, e em Agosto/Setembro de 2015 será efetuada a divulgação oficial nos estabelecimentos de ensino participantes do prêmio. Esta apresentação 3

5 servirá para melhor esclarecer o âmbito e objetivos do EDP University Challenge Artigo 7º Requisitos de candidatura 1. Podem candidatar-se à atribuição do prêmio todos os interessados que preencham à data da candidatura, os seguintes requisitos: a. Frequência de cursos no Brasil ao nível de Graduação ou Pós-Graduação cujos programas contemplem conteúdos de administração, estratégia, marketing, comunicação e design ou outro cujos conteúdos curriculares permitam elaborar um projeto no âmbito do concurso; 2. Poderão ser aceites candidatos que não cumpram o previsto no número anterior em relação aos conteúdos de administração, estratégia, marketing, comunicação e design, mas que mostrem provas de conhecimentos suficientes no âmbito da área que este prêmio focaliza a energia ou sustentabilidade ambiental. 3. Estarem organizados em grupos com um mínimo de dois e máximo de cinco elementos; 4. Os elementos do grupo poderão frequentar ou não o mesmo estabelecimento de ensino; 5. Preferencialmente os grupos deverão ser acompanhados por um docente. A não verificação deste aspecto não constitui, no entanto, impedimento à participação no Prêmio. 4

6 Artigo 8º Procedimentos de candidatura 1. As candidaturas que reúnam as condições exigidas no artigo anterior deverão ser formalizadas através do preenchimento completo do formulário de inscrição disponível on-line em até às respectivas datas limite indicadas no site. 2. Conjuntamente com o formulário de candidatura deverão ser facultados os seguintes elementos: a. Cópia da Cédula de Identidade dos candidatos (scaneado); b. Cópia do cartão de estudante do presente ano letivo ou outro comprovativo de matrícula (scaneado); 3. Caso o grupo tenha dificuldade em fazer o upload dos documentos acima referidos, poderá fazer alternativamente o envio para o endereço de do concurso identificando o próprio grupo com os nomes dos participantes; 4. A formalização da candidatura significa a aceitação sem reservas nem condições pelos interessados dos termos e regulamento deste Prêmio, bem como autorização expressa para verificação da autenticidade das respetivas declarações. Artigo 9º Procedimentos de entrega dos trabalhos/projetos 1. Os trabalhos/projetos candidatos deverão ser entregues sob a forma de relatório escrito em Word ou Powerpoint em língua portuguesa ou inglesa. Sugere-se como linha de orientação que os trabalhos entregues em Word não excedam 50 páginas e os entregues em Powerpoint não excedam 120 páginas (em ambos os casos o número de páginas não inclui o anexos). 5

7 2. O relatório deverá ter um abstract escrito em língua portuguesa ou inglesa devendo este situar-se entre a caracteres com espaços. 3. O relatório escrito e outros elementos que os grupos desejem adicionar, deverão ser enviado por para o endereço: 4. O envio dos trabalhos por deverá ser efetuado até às 24:00 do dia do respetivo prazo limite para entrega dos projetos (23 de junho e 10 de novembro, dependendo do semestre de participação). Artigo 10º Propriedade intelectual dos trabalhos/projetos candidatos 1. A atribuição do prêmio do concurso implica a transmissão para a EDP, com exclusão de qualquer terceiro, do conteúdo patrimonial de todos os direitos de propriedade intelectual inerentes ao trabalho distinguido, sem prejuízo do respeito devido pelos direitos de autor de natureza pessoal. 2. Os relatórios contendo os trabalhos submetidos a concurso não serão restituídos aos candidatos, podendo a EDP dar-lhes a divulgação que entender conveniente. Artigo 11º Júri de avaliação preliminar e Júri de atribuição do prêmio 1. O júri de avaliação preliminar dos trabalhos/projetos será composto por consultores da PremiValor Consulting com ampla experiência na área de administração, estratégia e marketing. 2. Aos elementos do júri de avaliação preliminar competirá avaliar a totalidade dos trabalhos candidatos para selecionar os 15 melhores que passam à fase de avaliação final na cerimônia de premiação. 6

8 3. A atribuição do prêmio EDP University Challenge 2015 é exclusivamente competente ao Júri de Atribuição, que deliberará soberanamente, durante a sessão de elevator pitch, na cerimônia de premiação, por critérios que considere os mais adequados aos objetivos deste Prêmio e que em traços gerais se expõem no artigo 13º. 4. O Júri de Atribuição será o responsável pela decisão final do prêmio e será composto pelos membros do júri de avaliação preliminar aos quais se juntam pelo menos mais dois membros sendo um dos novos elementos quadro na EDP ligado à área da administração, estratégia e marketing. Artigo 12º Cerimônia de premiação e Elevator Pitch 1. A Cerimônia de premiação é a avaliação final dos 15 melhores trabalhos classificados e consiste num evento no qual serão conhecidos os vencedores do EDP University Challenge Os grupos classificados terão a possibilidade de participar numa sessão de Elevator Pitch. 2. No Elevator Pitch os grupos terão a oportunidade de apresentar os seus projetos ao Juri e plateia presente na cerimônia, tipicamente constituída por representantes da EDP e da PremiValor Consulting, docentes e alunos das diversas universidades nacionais, convidados oriundos de outras empresas, investidores, jornalistas, entidades financeiras, sociedades de Private Equity, Business Angels, etc. 3. Todos os grupos participantes serão convidados para estarem presentes na Cerimônia de premiação, sendo as apresentações de Elevator Pitch limitadas aos grupos classificados. 7

9 4. As apresentações de Elevator Pitch deverão ser realizadas em Powerpoint ou outro formato projetável, por exemplo Prezi. As apresentações de Elevator Pitch terão uma duração máxima de 2 minutos. 5. Após a sessão de Elevator Pitch, de 2 minutos, serão classificados os 5 melhores grupos para uma sessão final de Elevator Pitch, de duração máxima de 7 minutos. Após essa ultima sessão, os 5 grupos classificados poderão ser interrogados por representantes do Júri, antes de anunciarem oficialmente os grupos vencedores. 6. Na sessão de Elevator Pitch, obrigatoriamente, cada grupo deverá estar representado por pelo menos um aluno. A não representação implicará a desclassificação automática do prêmio EDP University Challenge. 7. As informações relativas à participação na Cerimônia de premiação serão enviadas aos grupos com a devida antecedência para que possam preparar as respetivas apresentações. 8. Os candidatos e professores que participarem da cerimônia de premiação do EDP University Challenge comprometem-se expressamente e como condição de participação no prêmio, a autorizar que a sua imagem e informações sejam divulgadas, com vista à promoção do Prêmio, dos próprios participantes, das suas Instituições Acadêmicas de origem e dos Promotores do evento. Artigo 13º Critérios de avaliação dos trabalhos/projetos 1. A avaliação dos trabalhos/projetos terá por base nomeadamente os seguintes aspetos: Definição do problema / objetivos do projeto; Metodologia de abordagem; Definição estratégica - Targeting, Positioning, Segmenting, (caso aplicável); 8

10 Definição do marketing Mix (caso aplicável); Criatividade; Inovação; Plano de implementação (caso aplicável); Sustentabilidade do projeto; Adequação do projeto à realidade da EDP; Apresentação do projeto (relatório formal); 2. Note-se, no entanto, que em face do tipo de projeto apresentado alguns dos critérios de avaliação anteriormente referidos poderão não ser aplicáveis. Artigo 14º Comissão de Acompanhamento 1. Todo o processo de lançamento, tramitação, interpretação do regulamento, atribuição e execução do Prêmio será responsabilidade da Comissão de Acompanhamento, composta por dois representantes da EDP e dois elementos da PremiValor Consulting. Artigo 15º Direito ao Prêmio 1. Pela decisão do Júri de Atribuição, o grupo vencedor terá direito ao prêmio que consiste num prêmio monetário com isenssão de impostos, sendo um valor líquido de R$ , Caso exista um docente acompanhando o grupo vencedor este terá direito a um prêmio monetário com isenssão de impostos, sendo um valor líquido de R$ 8.000,00. 9

11 3. Pela decisão do Júri de Atribuição, o grupo segundo colocado terá direito ao prêmio que consiste num prêmio monetário com isenssão de impostos, sendo um valor líquido de R$ 8.000, Caso exista um docente acompanhando o grupo segundo colocado, este terá direito a um prêmio monetário com isenssão de impostos, sendo um valor líquido de R$ 4.000, O valor do prêmio será depositado numa conta de um representante a ser indicado pelos elementos do grupo, mediante assinatura de termo de aceitação das condições de transferência por todos os elementos do grupo. O valor será debitado na conta indicada em até 30 dias após a nomeação dos grupos vencedores. 6. O valor do prêmio do professor orientador também será debitado, mas na conta indicada pelo mesmo em até 30 dias após a nomeação das equipes vencedoras. 7. O direito ao prêmio extingue-se automático e definitivamente e sem necessidade de qualquer formalismo específico, salvo se verificar alguma das seguintes situações: a. Concluir-se existir alguma irregularidade na candidatura do grupo premiado; b. Existirem indícios do trabalho/projeto ter sido efetuado por outros elementos que não os membros do grupo premiado; c. Se o Prêmio não for reclamado no prazo máximo de um ano contado da data da sua atribuição; d. Se na pendência do benefício do Prêmio, os premiados forem objeto de qualquer procedimento criminal instaurado pelo Estado ou procedimento disciplinar instaurado pela Instituição de Ensino de frequência do curso, ou ainda, caso os Premiados assumam comportamentos perante os promotores patrocinadores ou terceiros que, pela sua gravidade, determinem lesão da imagem e honorabilidade dos participantes ou desprestígio e lesão para as entidades envolvidas ou para os próprios. 10

12 Artigo 16º Alterações aos prazos e datas constantes deste Regulamento 1. Os prazos e datas constantes deste Regulamento poderão ser alterados por decisão dos Promotores do EDP University Challenge 2015, que disso darão publicamente conta. Artigo 17º Participação na cerimónia de entrega de prêmios 1. Para os grupos fora do estado de São Paulo que se encontrem entre os finalistas a EDP pagará a deslocação e alojamento do representante do grupo e do respectivo docente orientador (caso o grupo seja orientado). 11

1/11 REGULAMENTO. A EDP no contexto do mercado liberalizado de energia. Prémio Anual de Estratégia, Marketing e Comunicação

1/11 REGULAMENTO. A EDP no contexto do mercado liberalizado de energia. Prémio Anual de Estratégia, Marketing e Comunicação 1/11 REGULAMENTO A EDP no contexto do mercado liberalizado de energia Prémio Anual de Estratégia, Marketing e Comunicação 7.ª Edição 2013 2/11 Regulamento EDP University Challenge 2013 Artigo 1º Objetivo

Leia mais

Regulamento EDP University Challenge 2010. Plano de Marketing e Comunicação da marca EDP enquanto player global. 4.ª Edição

Regulamento EDP University Challenge 2010. Plano de Marketing e Comunicação da marca EDP enquanto player global. 4.ª Edição 1/12 Regulamento EDP University Challenge 2010 Plano de Marketing e Comunicação da marca EDP enquanto player global 4.ª Edição Outubro 2009 2/12 Regulamento EDP University Challenge 2010 Artigo 1º Objectivo

Leia mais

Regulamento do EDP University Challenge 2011. EDP como empresa global de energia, líder em criação de valor, inovação e sustentabilidade.

Regulamento do EDP University Challenge 2011. EDP como empresa global de energia, líder em criação de valor, inovação e sustentabilidade. Regulamento do EDP University Challenge 2011 EDP como empresa global de energia, líder em criação de valor, inovação e sustentabilidade 2ª Edição Artigo 1º Objectivo do prémio 1. O EDP University Challenge

Leia mais

Regulamento EDP University Challenge 2009. A EDP e as energias renováveis: um futuro lado a lado. 3.ª Edição

Regulamento EDP University Challenge 2009. A EDP e as energias renováveis: um futuro lado a lado. 3.ª Edição 1/12 Regulamento EDP University Challenge 2009 A EDP e as energias renováveis: um futuro lado a lado 3.ª Edição Outubro 2008 2/12 Regulamento EDP University Challenge 2009 Artigo 1º Objectivo do prémio

Leia mais

REGULAMENTO. Prémio EDP University Challenge 2014. 8.ª Edição 2014. Com o apoio de:

REGULAMENTO. Prémio EDP University Challenge 2014. 8.ª Edição 2014. Com o apoio de: REGULAMENTO Prémio EDP University Challenge 2014 8.ª Edição 2014 Com o apoio de: 1 Artigo 1º Objectivo do Concurso 1. O Prémio EDP University Challenge 2014 (Prémio) é uma iniciativa da EDP Energias de

Leia mais

Regulamento Angelini University Award 2009/2010. Novos Produtos/Serviços para doentes com Demências / Alzheimer / Envelhecimento Cerebral. 1.

Regulamento Angelini University Award 2009/2010. Novos Produtos/Serviços para doentes com Demências / Alzheimer / Envelhecimento Cerebral. 1. 1/12 Regulamento Angelini University Award 2009/2010 Novos Produtos/Serviços para doentes com Demências / Alzheimer / Envelhecimento Cerebral 1.ª Edição 2009/2010 2/12 Regulamento Angelini University Award

Leia mais

1/12 REGULAMENTO. EDP e a Eficiência Energética. Prémio Anual de Estratégia, Marketing e Comunicação

1/12 REGULAMENTO. EDP e a Eficiência Energética. Prémio Anual de Estratégia, Marketing e Comunicação 1/12 REGULAMENTO EDP e a Eficiência Energética Prémio Anual de Estratégia, Marketing e Comunicação 6.ª Edição 2012 2/12 Regulamento EDP University Challenge 2012 Artigo 1º Objetivo do prémio 1. O EDP University

Leia mais

1/12 REGULAMENTO. EDP e a Eficiência Energética. Prémio Anual de Estratégia, Marketing e Comunicação

1/12 REGULAMENTO. EDP e a Eficiência Energética. Prémio Anual de Estratégia, Marketing e Comunicação 1/12 REGULAMENTO EDP e a Eficiência Energética Prémio Anual de Estratégia, Marketing e Comunicação 6.ª Edição 2012 2/12 Regulamento EDP University Challenge 2012 Artigo 1º Objetivo do prémio 1. O EDP University

Leia mais

Regulamento ERP Eco Sustainability Award 13 2ª Edição - Regulamento -

Regulamento ERP Eco Sustainability Award 13 2ª Edição - Regulamento - Regulamento ERP Eco Sustainability Award 13 2ª Edição - Regulamento - Página 2 de 10 Índice Artigo 1º Designação do Concurso... 3 Artigo 2º Objetivo do Concurso... 3 Artigo 3º Regulamentação do Concurso...

Leia mais

Cultiva o teu futuro. Regulamento Prémio Anual Universitário CAP Cultiva o teu futuro Inovação no Sector do Azeite

Cultiva o teu futuro. Regulamento Prémio Anual Universitário CAP Cultiva o teu futuro Inovação no Sector do Azeite Cultiva o teu futuro Regulamento Prémio Anual Universitário CAP Cultiva o teu futuro Inovação no Sector do Azeite Cultiva o teu futuro 2/10 Artigo 1º Objectivo do prémio 1. O Prémio Anual Universitário

Leia mais

Bolsas Universitárias Casa da América Latina/Santander Totta

Bolsas Universitárias Casa da América Latina/Santander Totta Bolsas Universitárias Casa da América Latina/Santander Totta REGULAMENTO 1. Natureza das Bolsas 1.1. O Banco Santander Totta e a Casa da América Latina decidiram atribuir duas Bolsas Universitárias, cujo

Leia mais

A iniciativa visa: A realização de projetos o mais próximo possível da realidade empresarial;

A iniciativa visa: A realização de projetos o mais próximo possível da realidade empresarial; O EDP University Challenge 2013 pretende atribuir um prêmio ao melhor trabalho nas áreas de: administração, estratégia, marketing, comunicação e design apresentado pelos alunos universitários de todo o

Leia mais

REGULAMENTO TWIST 2014 2015. 4.ª Edição

REGULAMENTO TWIST 2014 2015. 4.ª Edição REGULAMENTO TWIST 2014 2015 4.ª Edição 1 Artigo 1º Objectivo do Concurso 1. O TWIST, A tua energia faz a diferença (Concurso) é uma iniciativa da EDP Serviço Universal (EDP) no âmbito do PPEC Plano para

Leia mais

Inovação no Sector do Leite e Laticínios 2015-2016

Inovação no Sector do Leite e Laticínios 2015-2016 Inovação no Sector do Leite e Laticínios 2015-2016 1.º ARTIGO OBJETO DO REGULAMENTO O presente Regulamento do Concurso Universitário CAP Cultiva o teu futuro, doravante designado somente por Regulamento,

Leia mais

A iniciativa visa: Permitir aos estudantes universitários a realização de projetos o mais próximo possível da realidade empresarial;

A iniciativa visa: Permitir aos estudantes universitários a realização de projetos o mais próximo possível da realidade empresarial; O EDP University Challenge 2011 tem por finalidade atribuir um prêmio ao melhor trabalho nas áreas de administração, estratégia, marketing e comunicação, apresentado pelos alunos universitários das principais

Leia mais

Novos Produtos /Serviços para doentes com Demências/Alzheimer/Envelhecimento Cerebral

Novos Produtos /Serviços para doentes com Demências/Alzheimer/Envelhecimento Cerebral Novos Produtos /Serviços para doentes com Demências/Alzheimer/Envelhecimento Cerebral Objectivos Objectivos Objectivos O Angelini University Award 2010/2011 tem por finalidade atribuir um prémio ao melhor

Leia mais

Regulamento Prémio Primus Inter Pares 2015/2016 Versão integral

Regulamento Prémio Primus Inter Pares 2015/2016 Versão integral Regulamento Prémio Primus Inter Pares 2015/2016 Versão integral Artigo 1º Objectivo do Prémio 1. O Prémio Primus Inter Pares é uma iniciativa conjunta do Banco Santander Totta e da Sojornal Jornal Expresso,

Leia mais

PRÉMIO A SUA ENERGIA LIMPA O MELHOR TRABALHO DE FIM DE CURSO

PRÉMIO A SUA ENERGIA LIMPA O MELHOR TRABALHO DE FIM DE CURSO PRÉMIO A SUA ENERGIA LIMPA O MELHOR TRABALHO DE FIM DE CURSO A Cabeólica promove a realização de um concurso que pretende distinguir os melhores trabalhos de fim de curso nas áreas de engenharia e arquitetura

Leia mais

GSI ACCELERATORS STARTUP CHALLENGE A OBJECTIVOS E ORGANIZAÇÃO. Artº 1. Definição e âmbito

GSI ACCELERATORS STARTUP CHALLENGE A OBJECTIVOS E ORGANIZAÇÃO. Artº 1. Definição e âmbito GSI ACCELERATORS STARTUP CHALLENGE A OBJECTIVOS E ORGANIZAÇÃO Artº 1 Definição e âmbito 1. O GSI Accelerators Startup Challenge é uma iniciativa promovida pela Leadership Business Consulting que visa seleccionar

Leia mais

Prémio Anual de Estratégia e Marketing. 25 de Outubro de 2010

Prémio Anual de Estratégia e Marketing. 25 de Outubro de 2010 PREMIVALOR Prémio Anual de Estratégia e Marketing 25 de Outubro de 2010 PREMIVALOR Objectivos Objectivos Objectivos Objectivos O EDP University Challenge 2011 tem por finalidade atribuir um prémio ao melhor

Leia mais

Concurso de Ideias Empreende +

Concurso de Ideias Empreende + Concurso de Ideias Empreende + REGULAMENTO Preâmbulo A Universidade de Aveiro, através da sua Unidade de Transferência de Tecnologia (UATEC), a seguir denominada Organização, promove o «Concurso de Ideias

Leia mais

Prémio Santander Totta / Universidade Nova de Lisboa, de Jornalismo Económico. Regulamento

Prémio Santander Totta / Universidade Nova de Lisboa, de Jornalismo Económico. Regulamento Prémio Santander Totta / Universidade Nova de Lisboa, de Jornalismo Económico Regulamento Considerando que se mostra da maior relevância: a) Reconhecer e premiar a excelência de trabalhos jornalísticos

Leia mais

Apoio. Programa NOVOS EXPORTADORES

Apoio. Programa NOVOS EXPORTADORES Programa NOVOS EXPORTADORES Artº 1º Definição e Âmbito 1. A Agência para o Investimento e Comércio Externo de Portugal, E.P.E., adiante designada por AICEP, está a promover o Programa NOVOS EXPORTADORES.

Leia mais

iup25k Concurso de Ideias de Negócio da Universidade do Porto

iup25k Concurso de Ideias de Negócio da Universidade do Porto iup25k Concurso de Ideias de Negócio da Universidade do Porto REGULAMENTO Preâmbulo A Universidade do Porto tem vindo a desenvolver esforços para fomentar o empreendedorismo, criando para tal estruturas

Leia mais

Concurso Inovação CVMóvel

Concurso Inovação CVMóvel Concurso Inovação CVMóvel REGULAMENTO Edição 204 REGULAMENTO Preâmbulo O Concurso Inovação CVMóvel é uma iniciativa promovida pela CVMóvel, implementada anualmente no âmbito do seu Plano de Contributos

Leia mais

Regulamento do concurso Fora da Caixa

Regulamento do concurso Fora da Caixa Regulamento do concurso Fora da Caixa Artigo 1 - Enquadramento O Concurso de Ideias de Negócio denominado Fora da Caixa é uma iniciativa do Ministério da Ciência e Tecnologia da República de Moçambique

Leia mais

Prémio: Tâmega e Sousa Empreendedor - Onde as ideias se concretizam [Regulamento do Concurso de Fotografia: Tâmega e Sousa Único]

Prémio: Tâmega e Sousa Empreendedor - Onde as ideias se concretizam [Regulamento do Concurso de Fotografia: Tâmega e Sousa Único] Prémio: Tâmega e Sousa Empreendedor - Onde as ideias se concretizam [Regulamento do Concurso de Fotografia: Tâmega e Sousa Único] PREÂMBULO O Prémio Tâmega e Sousa Empreendedor é uma iniciativa da Comunidade

Leia mais

Regulamento. Prémios de Jornalismo Jornal do Fundão

Regulamento. Prémios de Jornalismo Jornal do Fundão Regulamento Prémios de Jornalismo Jornal do Fundão 2015 Preâmbulo Considerando que se mostra da maior relevância: a) Reconhecer e premiar a excelência de trabalhos jornalísticos desenvolvidos por jornalistas

Leia mais

Objetivos. Reconhecer e premiar um projeto académico, que se destaque no âmbito da inovação na áreas de Saúde e Desporto.

Objetivos. Reconhecer e premiar um projeto académico, que se destaque no âmbito da inovação na áreas de Saúde e Desporto. Objetivos O AUA!13/14 tem por finalidade incentivar alunos e docentes do ensino superior a dedicarem o seu esforço no desenvolvimento de projetos nas áreas de Saúde e Desporto, ao mesmo tempo que promove

Leia mais

REGULAMENTO NOVA Idea Competition 2015

REGULAMENTO NOVA Idea Competition 2015 REGULAMENTO NOVA Idea Competition 2015 Preâmbulo O NOVA IDEA COMPETITION é uma iniciativa anual do Gabinete de Empreendedorismo da Reitoria da NOVA que pretende proporcionar aos alunos da Universidade

Leia mais

2 XII CONGRESSO NACIONAL DE PSICO-ONCOLOGIA 6 A 9 DE OUTUBRO DE 2015 #INTRODUÇÃO

2 XII CONGRESSO NACIONAL DE PSICO-ONCOLOGIA 6 A 9 DE OUTUBRO DE 2015 #INTRODUÇÃO organização SECRETARIADO 2 XII CONGRESSO NACIONAL DE PSICO-ONCOLOGIA 6 A 9 DE OUTUBRO DE 2015 #INTRODUÇÃO A apresentação de trabalhos científicos no XII Congresso Nacional de Psico-Oncologia visa propor

Leia mais

REGULAMENTO PROJETO 80. Introdução

REGULAMENTO PROJETO 80. Introdução REGULAMENTO PROJETO 80 Introdução A Agência Portuguesa do Ambiente (APA), a Direção-Geral da Educação (DGE), a Direção-Geral dos Estabelecimentos Escolares (DGEstE), o Instituto Português do Desporto e

Leia mais

Bolsa de Inovação da Secção Regional de Lisboa DA ORDEM DOS FARMACÊUTICOS REGRAS DE ATRIBUIÇÃO

Bolsa de Inovação da Secção Regional de Lisboa DA ORDEM DOS FARMACÊUTICOS REGRAS DE ATRIBUIÇÃO A Direcção da Secção Regional de Lisboa da Ordem dos Farmacêuticos, reunida em sessão de 18 de Julho de 2012, deliberou instituir uma Bolsa, destinada a apoiar projectos de investigação e projectos profissionais

Leia mais

REGULAMENTO DO PRÉMIO INOVAÇÃO EDP RICHARD BRANSON

REGULAMENTO DO PRÉMIO INOVAÇÃO EDP RICHARD BRANSON REGULAMENTO DO PRÉMIO INOVAÇÃO EDP RICHARD BRANSON Fevereiro 2009 REGULAMENTO DO PRÉMIO INOVAÇÃO EDP RICHARD BRANSON Artigo 1.º Âmbito, Objectivo e Descrição do Prémio 1. As alterações climáticas constituem

Leia mais

REGULAMENTO PROJETO 80. Introdução

REGULAMENTO PROJETO 80. Introdução REGULAMENTO PROJETO 80 Introdução A Agência Portuguesa do Ambiente (APA), a Direção-Geral da Educação (DGE), a Direção-Geral dos Estabelecimentos Escolares (DGEstE), o Instituto Português do Desporto e

Leia mais

Preâmbulo. Artigo 1º Objetivos. São objetivos do concurso SpinUM:

Preâmbulo. Artigo 1º Objetivos. São objetivos do concurso SpinUM: Regulamento Preâmbulo A TecMinho Associação Universidade-Empresa para o Desenvolvimento, em parceria com a Associação Spinpark Incubadora de Empresas de Base Tecnológica, doravante designados por Organização,

Leia mais

Prémio Melhor Tese de Inovação e Empreendedorismo 1.ª Edição 2016

Prémio Melhor Tese de Inovação e Empreendedorismo 1.ª Edição 2016 REGULAMENTO ARTIGO 1.º - PROMOTOR Por iniciativa da COTEC Portugal, em parceria com a EVERIS, é instituído o Prémio "Melhor Dissertação de Mestrado nos temas da inovação e do empreendedorismo", doravante

Leia mais

I Prémio Jovens Talentos. Regulamento

I Prémio Jovens Talentos. Regulamento 1 I Prémio Jovens Talentos Regulamento 1. Introdução O presente concurso tem como objectivo estimular o aparecimento e divulgação de novos talentos, no domínio cultural e artístico, dos jovens Bracarenses

Leia mais

PRÉMIO DE EMPREENDEDORISMO FCSH/NOVA/SANTANDER TOTTA. Melhores Planos de Negócio

PRÉMIO DE EMPREENDEDORISMO FCSH/NOVA/SANTANDER TOTTA. Melhores Planos de Negócio PRÉMIO DE EMPREENDEDORISMO FCSH/NOVA/SANTANDER TOTTA Melhores Planos de Negócio 2014 REGULAMENTO Preâmbulo Consciente dos novos cenários económicos, que se observam à escala global, e atenta ao papel que

Leia mais

REGULAMENTO POOL DE TALENTOS FEP 2015

REGULAMENTO POOL DE TALENTOS FEP 2015 A POOL DE TALENTOS FEP 2015 é uma iniciativa da Faculdade de Economia da Universidade do Porto (FEP), em colaboração com as empresas parceiras (BPI, Hay Group, Mckinsey & Company, PwC e Sonae) que visa

Leia mais

Artigo 2º. Objetivos. Artigo 3º. Fases de Atuação

Artigo 2º. Objetivos. Artigo 3º. Fases de Atuação REGULAMENTO A TecMinho Associação Universidade-Empresa para o Desenvolvimento, em parceria com o Departamento de Produção e Sistemas da Universidade do Minho, promove o IdeaLab Laboratório de Ideias de

Leia mais

REGULAMENTO PROJETO 80. Introdução

REGULAMENTO PROJETO 80. Introdução REGULAMENTO PROJETO 80 Introdução A Agência Portuguesa do Ambiente (APA), a Direção Geral de Educação (DGE), o Instituto Português do Desporto e Juventude (IPDJ), a Quercus, e o Green Project Awards (GPA),

Leia mais

Prémio Banco de Portugal CLAD

Prémio Banco de Portugal CLAD Prémio Banco de Portugal CLAD Regulamento Artigo 1º (Objetivo) 1. O prémio Banco de Portugal CLAD (designado genericamente como Prémio) é promovido por uma parceria entre o Banco de Portugal e a CLAD Associação

Leia mais

Artigo 1º Âmbito. Artigo 2º Objetivos

Artigo 1º Âmbito. Artigo 2º Objetivos Artigo 1º Âmbito O WANTED BUSINESS IDEAS é uma iniciativa de captação de novas ideias e negócios promovido e organizado pela Rede Regional de Empreendedorismo Viseu Dão Lafões, sob a coordenação da Comunidade

Leia mais

CONCURSO ENFERMAGEM PRIMEIRO - CIÊNCIA & ARTE

CONCURSO ENFERMAGEM PRIMEIRO - CIÊNCIA & ARTE CONCURSO ENFERMAGEM PRIMEIRO - CIÊNCIA & ARTE O Concurso Enfermagem Primeiro - Ciência & Arte é uma iniciativa do Conselho de Enfermagem Regional da REGULAMENTO DO CONCURSO SECÇÃO I - CIÊNCIA Artigo 1.

Leia mais

NORMAS DO CONCURSO DE IDEIAS EMPREENDE JÁ!

NORMAS DO CONCURSO DE IDEIAS EMPREENDE JÁ! NORMAS DO CONCURSO DE IDEIAS EMPREENDE JÁ! PREÂMBULO A Câmara Municipal de Águeda, através do Plano de Promoção Empresarial e Investimento / Realização de Ações de Capacitação e Promoção do Parque Empresarial

Leia mais

StartMeUp - Powered by U.S. Embassy Portugal Prémio Nacional de Empreendedorismo 2012 (STARTMEUP) Regulamento do Prémio

StartMeUp - Powered by U.S. Embassy Portugal Prémio Nacional de Empreendedorismo 2012 (STARTMEUP) Regulamento do Prémio StartMeUp - Powered by U.S. Embassy Portugal Prémio Nacional de Empreendedorismo 2012 (STARTMEUP) Regulamento do Prémio Artigo 1.º Organização e objectivos 1. O Prémio STARTMEUP é uma iniciativa organizada

Leia mais

Artigo 2º. Objetivos. Artigo 3º. Fases de Atuação

Artigo 2º. Objetivos. Artigo 3º. Fases de Atuação REGULAMENTO A TecMinho Associação Universidade-Empresa para o Desenvolvimento, em parceria com o Departamento de Produção e Sistemas da Universidade do Minho, promove o IdeaLab Laboratório de Ideias de

Leia mais

regulamento Inovação no Sector da Floresta

regulamento Inovação no Sector da Floresta regulamento Inovação no Sector da Floresta 2014-2015 Regulamento Concurso Universitário CAP Cultiva o teu futuro 4.ª Edição CAP - Confederação dos Agricultores de Portugal Mais do que imaginas 4 regulamento

Leia mais

REGULAMENTO ACADÉMICO. III. Disposições específicas para licenciaturas REG-001/V00

REGULAMENTO ACADÉMICO. III. Disposições específicas para licenciaturas REG-001/V00 III. Disposições específicas para licenciaturas Artigo 1º Concessão do Grau 1. O grau de licenciado é conferido aos que, através da aprovação em todas as unidades curriculares obrigatórias e optativas

Leia mais

REGULAMENTO DO CONCURSO DE FOTOGRAFIA E VÍDEO DA ÁGUAS DO ALGARVE, S.A.

REGULAMENTO DO CONCURSO DE FOTOGRAFIA E VÍDEO DA ÁGUAS DO ALGARVE, S.A. REGULAMENTO DO CONCURSO DE FOTOGRAFIA E VÍDEO DA ÁGUAS DO ALGARVE, S.A. A ÁGUA PELOS MEUS OLHOS Mil Imagens, uma Região, um Futuro Cláusula 1 - Organização O Concurso de Fotografia e Vídeo A Água pelos

Leia mais

INSTITUTO CIÊNCIAS DA SAÚDE DA UNIVERSIDADE CATÓLICA PORTUGUESA

INSTITUTO CIÊNCIAS DA SAÚDE DA UNIVERSIDADE CATÓLICA PORTUGUESA INSTITUTO CIÊNCIAS DA SAÚDE DA UNIVERSIDADE CATÓLICA PORTUGUESA Mobilidade Internacional para Estudos REGULAMENTO CAPÍTULO I Disposições Gerais Artigo 1º (Objeto) O presente regulamento rege a mobilidade

Leia mais

Regulamento. ARTIGO 1 (Objecto) O NUTRITION AWARDS, tem os seguintes objectivos:

Regulamento. ARTIGO 1 (Objecto) O NUTRITION AWARDS, tem os seguintes objectivos: Regulamento A Associação Portuguesa dos Nutricionistas e o Grupo GCI Gestores de Comunicação Integrada, com o apoio institucional do Ministério da Saúde e do Ministério da Educação, em parceria com a Direcção-Geral

Leia mais

Grupo Educacional UNIS - MG Núcleo de Empreendedorismo do UNIS - NEUNIS

Grupo Educacional UNIS - MG Núcleo de Empreendedorismo do UNIS - NEUNIS 2º CONCURSO UNIVERSITÁRIO DE PLANOS DE NEGÓCIO DO UNIS 2015 REALIZAÇÃO: UNIS/MG REGULAMENTO CAPÍTULO 1 DOS OBJETIVOS Art. 1º O 2º Concurso Universitário de Planos de Negócio do Unis-MG é uma iniciativa

Leia mais

Regulamento de Atribuição de Bolsas de Estudo aos Estudantes dos Cursos do Primeiro Ciclo da Escola Superior de Saúde do Alcoitão

Regulamento de Atribuição de Bolsas de Estudo aos Estudantes dos Cursos do Primeiro Ciclo da Escola Superior de Saúde do Alcoitão Regulamento de Atribuição de Bolsas de Estudo aos Estudantes dos Cursos do Primeiro Ciclo da Escola Superior de Saúde do Alcoitão (Aprovado por Deliberação de Mesa nº466/14, de 22 de Abril, com as alterações

Leia mais

EMPREENDA! 6ª Edição - DÚVIDAS FREQUENTES

EMPREENDA! 6ª Edição - DÚVIDAS FREQUENTES EMPREENDA! 6ª Edição - DÚVIDAS FREQUENTES O que é o EMPREENDA? É uma competição de empreendedorismo e inovação, que em 2013 chega a sua 6ª edição, voltada para todos os alunos de cursos Técnicos, do Programa

Leia mais

CAPÍTULO I REGULAMENTO, OBJETIVOS E ORGANIZAÇÃO. O objecto do presente Regulamento é estabelecer as regras do startweb Madeira Caça Talentos 2013.

CAPÍTULO I REGULAMENTO, OBJETIVOS E ORGANIZAÇÃO. O objecto do presente Regulamento é estabelecer as regras do startweb Madeira Caça Talentos 2013. Preâmbulo. O startweb é um programa de caça talentos na Madeira nas áreas da programação, design, informática, gestão, mas também destinado a todos os empreendedores que ambicionam novos desafios. CAPÍTULO

Leia mais

REGULAMENTO CONCURSO DE IDEIAS

REGULAMENTO CONCURSO DE IDEIAS REGULAMENTO CONCURSO DE IDEIAS Artigos: 1º OBJECTIVOS São objectivos do Concurso : a) Estimular o empreendedorismo qualificado e inovador junto da comunidade empresarial e académica da região Norte, Centro

Leia mais

Artigo 4º - Categorias de Prémios

Artigo 4º - Categorias de Prémios 0 Artigo 1º - Prémios Inovação Design na Fileira do Calçado Os PRÉMIOS INOVAÇÃO DESIGN NA FILEIRA DO CALÇADO-2014 são uma iniciativa conjunta do INPI Instituto Nacional da Propriedade Industrial, a APICCAPS

Leia mais

Prémio Tâmega e Sousa Empreendedor: Onde as ideias se concretizam [Regulamento do Concurso Projetos Empresariais ]

Prémio Tâmega e Sousa Empreendedor: Onde as ideias se concretizam [Regulamento do Concurso Projetos Empresariais ] Prémio Tâmega e Sousa Empreendedor: Onde as ideias se concretizam [Regulamento do Concurso Projetos Empresariais ] Preâmbulo O Prémio Tâmega e Sousa Empreendedor é uma iniciativa da Comunidade Intermunicipal

Leia mais

I PREMIO BRASILEIRO DE FOTOGEOGRAFIA Tema: Paisagens Brasileiras Edição 2015 REGULAMENTO RETIFICADO

I PREMIO BRASILEIRO DE FOTOGEOGRAFIA Tema: Paisagens Brasileiras Edição 2015 REGULAMENTO RETIFICADO I PREMIO BRASILEIRO DE FOTOGEOGRAFIA Tema: Paisagens Brasileiras Edição 2015 DISPOSIÇÕES INICIAIS REGULAMENTO RETIFICADO O PREMIO BRASILEIRO DE FOTOGEOGRAFIA, é uma iniciativa do Laboratório de Geoiconografia

Leia mais

Grupo Educacional UNIS - MG

Grupo Educacional UNIS - MG 1º CONCURSO NEUNIS DE PLANOS DE NEGÓCIO PARA UNIVERSITÁRIOS 2014 1 REALIZAÇÃO: UNIS/MG REGULAMENTO CAPÍTULO 1 DOS OBJETIVOS Art. 1º O Concurso NEUNIS de Planos de Negócio para Universitários é uma iniciativa

Leia mais

35º Prêmio Ser Humano ABRH-RJ - Edição 2015

35º Prêmio Ser Humano ABRH-RJ - Edição 2015 35º Prêmio Ser Humano ABRH-RJ - Edição 2015 O que é? O Prêmio Ser Humano ABRH-RJ é um reconhecimento aos profissionais que atuam na atividade de gestão com pessoas, às organizações do setor privado e do

Leia mais

Regulamento do Concurso VIP Vamos Investigar as Plantas Ano Lectivo 2012/2013

Regulamento do Concurso VIP Vamos Investigar as Plantas Ano Lectivo 2012/2013 Regulamento do Concurso VIP Vamos Investigar as Plantas Ano Lectivo 2012/2013 1 - Introdução A Sociedade Portuguesa de Fisiologia Vegetal irá organizar o Congresso Ibérico de Fisiologia Vegetal em Julho

Leia mais

REGULAMENTO DO IV CONCURSO DE IDEIAS DE NEGÓCIO DO CONCELHO DE CASCAIS REGULAMENTO DO CINC CASCAIS

REGULAMENTO DO IV CONCURSO DE IDEIAS DE NEGÓCIO DO CONCELHO DE CASCAIS REGULAMENTO DO CINC CASCAIS REGULAMENTO DO CINC CASCAIS IV CONCURSO DE IDEIAS DE NEGÓCIO DO CONCELHO DE CASCAIS Preâmbulo O CINC CASCAIS - IV Concurso de Ideias de Negócio do Concelho de Cascais é uma iniciativa de captação de ideias

Leia mais

Regulamento POPs, Projetos Originais Portugueses

Regulamento POPs, Projetos Originais Portugueses Regulamento POPs, Projetos Originais Portugueses 1. Enquadramento e Objetivos A Fundação de Serralves é uma instituição de utilidade pública que tem como missão sensibilizar o público para a Arte Contemporânea

Leia mais

I Prêmio Novo Nordisk de Sustentabilidade

I Prêmio Novo Nordisk de Sustentabilidade I Prêmio Novo Nordisk de Sustentabilidade Apresentação Para a Novo Nordisk, responsabilidade social vai além do cuidado com as pessoas e com o meio ambiente. Nosso objetivo é propiciar um ambiente sustentável

Leia mais

ANEXO I REGRAS CONCURSAIS DO PRÉMIO MUNICIPAL DE VOLUNTARIADO DA CIDADE DE LISBOA

ANEXO I REGRAS CONCURSAIS DO PRÉMIO MUNICIPAL DE VOLUNTARIADO DA CIDADE DE LISBOA ANEXO I REGRAS CONCURSAIS DO PRÉMIO MUNICIPAL DE VOLUNTARIADO DA CIDADE DE LISBOA Nota Introdutória A progressiva implementação de boas práticas e o reconhecimento do impacto do voluntariado na sociedade

Leia mais

Concurso de Ideias. Congresso Ibérico de Jovens Engenheiros

Concurso de Ideias. Congresso Ibérico de Jovens Engenheiros Congresso Ibérico de Jovens Engenheiros Braga, Maio 2012 REGULAMENTO O Prémio rege-se pelo presente regulamento, sendo o Júri soberano na sua interpretação, aplicação, e resolução de eventuais lacunas.

Leia mais

Instituto de Ensino Superior de Goiás Faculdades IESGO Edital do 2º Processo Seletivo de 2015

Instituto de Ensino Superior de Goiás Faculdades IESGO Edital do 2º Processo Seletivo de 2015 Instituto de Ensino Superior de Goiás Faculdades IESGO Edital do 2º Processo Seletivo de 2015 O Diretor Geral do Instituto de Ensino Superior de Goiás, mantido pela Sociedade de Ensino Superior Fênix Ltda,

Leia mais

Concurso de Ideias e Planos de Negócio «Start-Up Universitário!»

Concurso de Ideias e Planos de Negócio «Start-Up Universitário!» Concurso de Ideias e Planos de Negócio «Start-Up Universitário!» REGULAMENTO Preâmbulo A capacitação da força laboral com formação avançada e a criação de um sector privado forte, adequando-os aos desafios

Leia mais

Faculdade de Teologia da Universidade Católica Portuguesa

Faculdade de Teologia da Universidade Católica Portuguesa Faculdade de Teologia da Universidade Católica Portuguesa MOBILIDADE INTERNACIONAL PARA ESTUDOS REGULAMENTO CAPÍTULO I Disposições Gerais Artigo 1º (Objeto) O presente regulamento rege a mobilidade internacional

Leia mais

PRÉMIO EDP INOVAÇÃO 2013 Versão SITE

PRÉMIO EDP INOVAÇÃO 2013 Versão SITE PRÉMIO EDP INOVAÇÃO 2013 Versão SITE Roadshow De 18 de Fevereiro a 15 de Abril Data entrega candidaturas 13 de Maio 1ª Reunião Comité de Avaliação e Seleção 20 de Maio Divulgação das candidaturas pré-seleccionadas

Leia mais

REGULAMENTO DO PRÉMIO INOVAÇÃO EDP RICHARD BRANSON

REGULAMENTO DO PRÉMIO INOVAÇÃO EDP RICHARD BRANSON REGULAMENTO DO PRÉMIO INOVAÇÃO EDP RICHARD BRANSON Artigo 1.º Âmbito, Objectivo e Descrição do Prémio 1. As alterações climáticas constituem o maior desafio à sustentabilidade do nosso tempo. Tecnologias

Leia mais

REGULAMENTO DO CONCURSO DISPOSIÇÕES GERAIS

REGULAMENTO DO CONCURSO DISPOSIÇÕES GERAIS REGULAMENTO DO CONCURSO DISPOSIÇÕES GERAIS 1. Objectivo 1.1 O concurso Glassberries Design Awards, instituído pela BA Vidro, pretende promover a participação de jovens designers, na área de design de produto,

Leia mais

PROGRAMA RESPONSABILIDADE SOCIAL EDUCAÇÃO. Regulamento do Programa de Bolsas de Educação. Introdução

PROGRAMA RESPONSABILIDADE SOCIAL EDUCAÇÃO. Regulamento do Programa de Bolsas de Educação. Introdução PROGRAMA RESPONSABILIDADE SOCIAL EDUCAÇÃO Regulamento do Programa de Bolsas de Educação Introdução Considerando a importância e oportunidade do Programa de Responsabilidade Social do Comité Olímpico de

Leia mais

Prémio de Jornalismo Hospital Veterinário Montenegro. Regulamento

Prémio de Jornalismo Hospital Veterinário Montenegro. Regulamento Prémio de Jornalismo Hospital Veterinário Montenegro Regulamento 2ª Edição, Novembro de 2011 Prémio de Jornalismo Hospital Veterinário Montenegro 2ª Edição Novembro de 2011 Regulamento Artigo 1º Objectivo

Leia mais

Normas Regulamentares do Mestrado em Educação Pré-Escolar e em Ensino do 1º Ciclo do Ensino Básico

Normas Regulamentares do Mestrado em Educação Pré-Escolar e em Ensino do 1º Ciclo do Ensino Básico Normas Regulamentares do Mestrado em Educação Pré-Escolar e em Ensino do 1º Ciclo do Ensino Básico Artigo 1.º Da admissão ao ciclo de estudos 1. À matrícula no mestrado em Educação Pré-Escolar e em Ensino

Leia mais

TROFÉU CALL CENTER 2014

TROFÉU CALL CENTER 2014 TROFÉU CALL CENTER 2014 REGULAMENTO GERAL O Troféu Call Center 2014 é uma iniciativa da IFE e da Call Center Magazine Online. O objetivo é galardoar anualmente os Serviços de Atendimento ao Cliente - SAC

Leia mais

REGULAMENTO GERAL DO PROGRAMA BOLSAS IBERO-AMERICANAS. JOVENS PROFESSORES E INVESTIGADORES CONVOCATÓRIA 2015

REGULAMENTO GERAL DO PROGRAMA BOLSAS IBERO-AMERICANAS. JOVENS PROFESSORES E INVESTIGADORES CONVOCATÓRIA 2015 REGULAMENTO GERAL DO PROGRAMA BOLSAS IBERO-AMERICANAS. JOVENS PROFESSORES E INVESTIGADORES CONVOCATÓRIA 2015 A promoção da investigação através de programas que contribuam de maneria eficaz para a criação

Leia mais

Regulamento do Green Project Awards

Regulamento do Green Project Awards Regulamento do Green Project Awards A GCI em parceria com a Agência Portuguesa do Ambiente e a Quercus Associação Nacional de Conservação da Natureza, institui um Prémio de reconhecimento de boas práticas

Leia mais

DESAFIO FSG REGULAMENTO 2015/02 ÁREA DE CIÊNCIAS JURÍDICAS E SOCIAIS

DESAFIO FSG REGULAMENTO 2015/02 ÁREA DE CIÊNCIAS JURÍDICAS E SOCIAIS DESAFIO FSG REGULAMENTO 2015/02 ÁREA DE CIÊNCIAS JURÍDICAS E SOCIAIS A Coordenação da Área de Ciências Jurídicas e Sociais, composta pelos Cursos de Direito, Relações Internacionais e Ciência Política,

Leia mais

EMPREENDA! 7ª Edição - DÚVIDAS FREQUENTES

EMPREENDA! 7ª Edição - DÚVIDAS FREQUENTES EMPREENDA! 7ª Edição - DÚVIDAS FREQUENTES O que é o EMPREENDA? É uma competição de empreendedorismo e inovação, que em 2014 chega a sua 7ª edição, voltada para todos os alunos de cursos Técnicos, do Programa

Leia mais

Regulamento. 1ª Edição - 2013

Regulamento. 1ª Edição - 2013 Regulamento 1ª Edição - 2013 1/11 Artº 1º Definição e Âmbito 1. O Start Up Challenge Moçambique tem por objectivo promover os esforços de empreendedorismo em Moçambique, promovendo os empreendedores, trazendo

Leia mais

REGULAMENTO DAS BOLSAS CENTRO CIENTÍFICO E CULTURAL DE MACAU. CAPITULO I Disposições Gerais. Artigo 1º Âmbito

REGULAMENTO DAS BOLSAS CENTRO CIENTÍFICO E CULTURAL DE MACAU. CAPITULO I Disposições Gerais. Artigo 1º Âmbito REGULAMENTO DAS BOLSAS CENTRO CIENTÍFICO E CULTURAL DE MACAU CAPITULO I Disposições Gerais Artigo 1º Âmbito O presente Regulamento, aprovado pela Fundação para a Ciência e a Tecnologia ao abrigo da Lei

Leia mais

Regulamento PAPSummer 2015

Regulamento PAPSummer 2015 Regulamento PAPSummer 2015 Artigo 1º Objectivos do programa, montante e designação das bolsas 1. O programa PAPSummer pretende dar a oportunidade a estudantes portugueses (Estudante) de desenvolver um

Leia mais

REGULAMENTO DO CONCURSO DE FOTOGRAFIA E VÍDEO DA ÁGUAS DO ALGARVE, S.A.

REGULAMENTO DO CONCURSO DE FOTOGRAFIA E VÍDEO DA ÁGUAS DO ALGARVE, S.A. REGULAMENTO DO CONCURSO DE FOTOGRAFIA E VÍDEO DA ÁGUAS DO ALGARVE, S.A. A ÁGUA PELOS MEUS OLHOS Mil Imagens, uma Região, um Futuro Cláusula 1 - Organização O Concurso de Fotografia e Vídeo A Água pelos

Leia mais

REGULAMENTO GERAL COMISSÃO ORGANIZADORA PATROCINADOR DE OURO CO-FINANCIAMENTO PATROCINADOR DE PRATA

REGULAMENTO GERAL COMISSÃO ORGANIZADORA PATROCINADOR DE OURO CO-FINANCIAMENTO PATROCINADOR DE PRATA REGULAMENTO GERAL COMISSÃO ORGANIZADORA PATROCINADOR DE OURO CO-FINANCIAMENTO PATROCINADOR DE PRATA PNAM REGULAMENTO GERAL VALORES E NORMAS REGULAMENTARES GERAIS DO 1. ORIGEM, OBJETIVOS E PERIODICIDADE

Leia mais

ANEXO. Regulamento do Prémio Jerónimo Martins/GPA Investigação e Desenvolvimento Sustentável

ANEXO. Regulamento do Prémio Jerónimo Martins/GPA Investigação e Desenvolvimento Sustentável ANEXO Regulamento do Prémio Jerónimo Martins/GPA Investigação e Desenvolvimento Sustentável Preâmbulo A GCI, Agência Portuguesa do Ambiente (APA) e a Quercus (Associação Nacional de Conservação da Natureza),

Leia mais

REGULAMENTO CAMPANHA - NATAL PREMIADO ACIC DISTRIBUIÇÃO GRATUÍTA

REGULAMENTO CAMPANHA - NATAL PREMIADO ACIC DISTRIBUIÇÃO GRATUÍTA REGULAMENTO CAMPANHA - NATAL PREMIADO ACIC DISTRIBUIÇÃO GRATUÍTA Artigo 1 Objeto da Campanha A Campanha NATAL PREMIADO ACIC é uma iniciativa da ASSOCIAÇÃO COMERCIAL E INDUSTRIAL DE CAPIVARI, SEDIADA A

Leia mais

Escola Superior de Educação João de Deus. Regulamento dos Regimes de Mudança de Curso, Transferência e Reingresso no Ensino Superior

Escola Superior de Educação João de Deus. Regulamento dos Regimes de Mudança de Curso, Transferência e Reingresso no Ensino Superior Regulamento dos Regimes de Mudança de Curso, Transferência e Reingresso no Ensino Superior 1 Artigo 1º Objeto e âmbito O disposto no presente regulamento aplica-se aos ciclos de estudos conducentes ao

Leia mais

REGULAMENTO DO MESTRADO EM DESPORTO

REGULAMENTO DO MESTRADO EM DESPORTO Instituto Politécnico de Santarém Escola Superior de Desporto de Rio Maior REGULAMENTO DO MESTRADO EM DESPORTO O presente regulamento decorre do Regulamento dos Segundos Ciclos de Estudos do Instituto

Leia mais

FACULDADE DE EDUCAÇÃO E PSICOLOGIA

FACULDADE DE EDUCAÇÃO E PSICOLOGIA FACULDADE DE EDUCAÇÃO E PSICOLOGIA MOBILIDADE INTERNACIONAL PARA ESTUDOS REGULAMENTO CAPÍTULO I Disposições Gerais Artigo 1º (Objeto) O presente regulamento rege a mobilidade internacional para estudos

Leia mais

Regulamento do Concurso

Regulamento do Concurso Regulamento do Concurso Preâmbulo Considerando que, constituem objectivos do CRÉDITO AGRÍCOLA, enquanto Entidade Promotora: - Promover iniciativas empresariais inovadoras e conciliadoras com sinergias

Leia mais

2.1 Fazer um justo reconhecimento a todos os alunos e professores que contribuem no empenho em ações que resultem em um mundo melhor;

2.1 Fazer um justo reconhecimento a todos os alunos e professores que contribuem no empenho em ações que resultem em um mundo melhor; REGULAMENTO 3º Prêmio UniBH de Sustentabilidade 1 CARACTERIZAÇÃO 1.1 O Prêmio UniBH de Sustentabilidade tem o propósito de identificar, reconhecer, valorizar e premiar os esforços dos alunos e dos professores

Leia mais

CONCURSO DE IDEIAS PARA A CRIAÇÃO DE EMPRESAS INOVADORAS REGULAMENTO

CONCURSO DE IDEIAS PARA A CRIAÇÃO DE EMPRESAS INOVADORAS REGULAMENTO REGULAMENTO Artigo 1.º - Enquadramento O Concurso de Ideias para a Criação de Empresas Inovadoras é uma iniciativa do BICMINHO no âmbito da execução da operação n.º NORTE-07-0364-FEDER-000006 Apoio à Criação

Leia mais

Empreenda! 8ª Edição Dúvidas Frequentes

Empreenda! 8ª Edição Dúvidas Frequentes Empreenda! 8ª Edição Dúvidas Frequentes O que é o Empreenda? É uma competição de empreendedorismo e inovação, que em 2015 chega a sua 8ª edição, voltada para todos os alunos de cursos Técnicos, do Programa

Leia mais

da Universidade Católica Portuguesa

da Universidade Católica Portuguesa Escola do Porto da Faculdade de Direito da Universidade Católica Portuguesa MOBILIDADE INTERNACIONAL PARA ESTUDOS REGULAMENTO Aprovado no Conselho Científico de 2 de julho de 2014 CAPÍTULO I Disposições

Leia mais