CAPA. Vinculação de bancos de dados de acidentes do trabalho fatais dos Estados de São Paulo e Minas Gerais

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "CAPA. Vinculação de bancos de dados de acidentes do trabalho fatais dos Estados de São Paulo e Minas Gerais 2006-2008."

Transcrição

1 CAPA Vinculação de bancos de dados de acidentes do trabalho fatais dos Estados de São Paulo e Minas Gerais Outubro 2013

2 Histórico da parceria Seade/Fundacentro 1994 Acidente do Trabalho (1991/1992) 2000/2001 Estudos e Pesquisas sobre Acidentes do Trabalho e Doenças Profissionais no Estado de São Paulo (1997 a 1999) 2001/2002 Estudos e Pesquisas sobre Acidentes do Trabalho e Doenças Profissionais na RM e Colar Metropolitano de Belo Horizonte (1998 a 2000) 2012/2013 Vinculação de banco de dados de acidentes do trabalho fatais dos Estados de São Paulo e Minas Gerais ( )

3 Metodologia Método determinístico de vinculação Abrangência geográfica Estados de São Paulo e Minas Gerais Período 2006 a 2008 População-alvo População residente nos estados selecionados que foram vítimas fatais de acidentes do trabalho

4 Fonte de dados sobre acidentes do trabalho Declaração de Óbito DO Instrumento para notificar as mortes ocorridas no Brasil Sistema de Estatísticas Vitais da Fundação Seade para o Estado de São Paulo Sistema de Informação sobre Mortalidade SIM do Ministério da Saúde para o Estado de Minas Gerais Comunicação de Acidente do Trabalho - CAT Instrumento para abertura de processo no INSS Base de Comunicação de Acidente do Trabalho CAT do Ministério da Previdência

5 Tratamento das bases de dados Base de Dados de Mortalidade Fundação Seade Identificação e seleção de residentes cujo óbito ocorreu no Estado de São Paulo entre 2006 e 2008 Exclusão de óbitos de menores de 10 anos Base de Declaração de Óbito SIM Padronização do layout da base Identificação e seleção dos óbitos de residentes ocorridos no Estado de Minas Gerais entre 2006 e 2008 Exclusão de óbitos de menores de 10 anos Eliminação de registros duplicados Análise das variáveis

6 Tratamento das bases de dados Comunicação de Acidente do Trabalho - INSS Seleção de residentes acometidos de acidente do trabalho nos Estados de São Paulo e Minas Gerais entre 2006 e 2008 Eliminação de registros duplicados Levantamento do histórico acidentário do trabalhador Identificação do acidente fatal e/ou do último acidente do trabalhador

7 Total de registros presentes em cada base Estados de São Paulo e Minas Gerais Registros Estado de São Paulo INSS Seade Estado de Minas Gerais INSS SIM Total Com Óbito Com AT Fonte: Fundação Seade; Fundacentro; SIM.

8 Variáveis selecionadas Nome do segurado Nome da mãe do segurado Data de nascimento Data da ocorrência do acidente do trabalho Data do óbito Documento Classificação Internacional de Doenças CID10

9 Padronização dos campos Retirar letras duplicadas Retirar preposição Retirar caracteres diferentes de A-Z Retirar caracteres diferentes de 0-9 Converter caracteres (y por i, th por t, etc.) Tratar informações externas ao nome (falecido, viúva, naturalizada, etc.) Definir padrões de datas (ddmmaaaa) Criação de campos derivados Iniciais do nome Primeiro nome à esquerda Primeiro nome à direita

10 Seleção dos pares Igualdade quando o preenchimento dos campos comparados é idêntico nas duas bases Semelhança quando o preenchimento dos campos comparados é semelhante a um grau preestabelecido (80%)

11 Validação dos pares Visual para todos os pares selecionados por 2 pessoas Aceito o óbito era realmente da mesma pessoa e era um óbito de acidente do trabalho neste caso, foram analisados as causas de morte (DO) com o Tipo de AT (CAT) Rejeitado o óbito era realmente da mesma pessoa, mas não era de acidente do trabalho

12 RESULTADOS

13 Registros presentes na base do Estado de São Paulo Registros Estado de São Paulo INSS Seade Total Com Óbito Com AT Fonte: Fundação Seade; Fundacentro.

14 Composição da base vinculada de AT fatais constituída de acidentes identificados nas bases INSS e Seade Estado de São Paulo INSS Seade 350 Casos vinculados Fonte: Fundação Seade; Fundacentro casos Média diária: 2,5 casos

15 Registros presentes na base do Estado de São Paulo Registros Estado de São Paulo INSS Seade Total Com Óbito Com AT Fonte: Fundação Seade; Fundacentro.

16 Composição da base vinculada de AT fatais Estado de São Paulo INSS Seade Casos vinculados Fonte: Fundação Seade; Fundacentro casos Média diária: 2,9 casos

17 Registros presentes na base do Estado de Minas Gerais Registros Estado de Minas Gerais INSS SIM Total Com Óbito Com AT Fonte: Fundação Seade; Fundacentro; SIM.

18 Composição da base vinculada de AT fatais constituída de acidentes identificados nas bases INSS e SIM Estado de Minas Gerais INSS SIM 235 Casos vinculados Fonte: Fundação Seade; Fundacentro; SIM casos Média diária: 1,3 casos

19 Registros presentes na base do Estado de Minas Gerais Registros Estado de Minas Gerais INSS SIM Total Com Óbito Com AT Fonte: Fundação Seade; Fundacentro; SIM.

20 Composição da base vinculada de AT fatais Estado de Minas Gerais INSS SIM 823 Casos vinculados Fonte: Fundação Seade; Fundacentro; SIM casos Média diária: 1,4 casos

21 Considerações Finais Ampliar o universo de casos fatais de AT Enriquecer o detalhamento dos dados sobre AT Maximizar o uso de registros administrativos, integrando e racionalizando o uso das bases e sistemas já existentes Caracterizar a população trabalhadora vítima de AT como coberta e não coberta pelo INSS Ampliar o potencial de análise a partir da correção/atualização/complementação de campos armazenados em diferentes bases relacionadas

22 Monica La Porte Teixeira Rosa Maria Vieira de Freitas Bernadette Waldvogel Celso Amorim Salim

Integração das informações relacionadas à SST: desafios e possibilidades

Integração das informações relacionadas à SST: desafios e possibilidades MINISTÉRIO DO TRABALHO E EMPREGO FUNDACENTRO CENTRO REGIONAL DE MINAS GERAIS Seminário Pesquisa e Inovação para Melhores Condições de Trabalho e Emprego 19/10/2012 Integração das informações relacionadas

Leia mais

Mortalidade por Aids no Estado: redução contínua desde 1996

Mortalidade por Aids no Estado: redução contínua desde 1996 Resenha de Estatísticas Vitais do Estado de São Paulo Ano 5 nº 13 Novembro 2004 Mortalidade por Aids no Estado: redução contínua desde 1996 A quantificação dos óbitos por Aids revela que, no Estado de

Leia mais

Panorama de 25 anos da mortalidade por Aids no Estado de São Paulo

Panorama de 25 anos da mortalidade por Aids no Estado de São Paulo Resenha de Estatísticas Vitais do Estado de São Paulo Ano 12 nº 2 Maio 2012 Panorama de 25 anos da mortalidade por Aids no Estado de São Paulo As estatísticas de mortalidade produzidas pela Fundação Seade,

Leia mais

Documento apresentado para discussão. II Encontro Nacional de Produtores e Usuários de Informações Sociais, Econômicas e Territoriais

Documento apresentado para discussão. II Encontro Nacional de Produtores e Usuários de Informações Sociais, Econômicas e Territoriais Documento apresentado para discussão II Encontro Nacional de Produtores e Usuários de Informações Sociais, Econômicas e Territoriais Rio de Janeiro, 21 a 25 de agosto de 2006 Vinculando Bancos para Recuperação

Leia mais

MONITORAMENTO ACIDENTES DE TRÂNSITO

MONITORAMENTO ACIDENTES DE TRÂNSITO MONITORAMENTO ACIDENTES DE TRÂNSITO MINAS GERAIS 2013-2014 CENTRO INTEGRADO DE INFORMAÇÕES DE DEFESA SOCIAL - CINDS BELO HORIZONTE MARÇO 2015 1 GOVERNO DO ESTADO DE MINAS GERAIS SISTEMA INTEGRADO DE DEFESA

Leia mais

OS IDOSOS E AS MORTES POR ACIDENTES DO TRABALHO EM SÃO PAULO

OS IDOSOS E AS MORTES POR ACIDENTES DO TRABALHO EM SÃO PAULO OS IDOSOS E AS MORTES POR ACIDENTES DO TRABALHO EM SÃO PAULO BERNADETTE CUNHA WALDVOGEL DANIEL WALDVOGEL THOMÉ DA SILVA Trabalho a ser apresentado no XII Encontro Nacional de Estudos Populacionais Brasil

Leia mais

MORTALIDADE POR AIDS EM SÃO PAULO: DEZOITO ANOS DE HISTÓRIA

MORTALIDADE POR AIDS EM SÃO PAULO: DEZOITO ANOS DE HISTÓRIA MORTALIDADE POR AIDS EM SÃO PAULO: DEZOITO ANOS DE HISTÓRIA Bernadette Waldvogel 1 Lilian Cristina Correia Morais 1 1 INTRODUÇÃO O primeiro caso brasileiro conhecido de morte por Aids ocorreu em 1980,

Leia mais

Sistema Estadual de Meio Ambiente e Recursos Hídricos Fundação Estadual do Meio Ambiente. Inventário Estadual de Barragens do Estado de MINAS GERAIS

Sistema Estadual de Meio Ambiente e Recursos Hídricos Fundação Estadual do Meio Ambiente. Inventário Estadual de Barragens do Estado de MINAS GERAIS Sistema Estadual de Meio Ambiente e Recursos Hídricos Fundação Estadual do Meio Ambiente Inventário Estadual de Barragens do Estado de MINAS GERAIS Sistema Estadual de Meio Ambiente e Recursos Hídricos

Leia mais

A POPULAÇÃO TRABALHADORA PAULISTA E OS ACIDENTES DO TRABALHO FATAIS

A POPULAÇÃO TRABALHADORA PAULISTA E OS ACIDENTES DO TRABALHO FATAIS SÃO PAULO EM PERSPECTIVA, 17(2): 2003 42-53, 2003 A POPULAÇÃO TRABALHADORA PAULISTA E OS ACIDENTES DO TRABALHO FATAIS BERNADETTE CUNHA WALDVOGEL Resumo: Este artigo propõe uma vinculação de duas fontes

Leia mais

MANUAL Credenciamento CT-e - PASSO-A-PASSO

MANUAL Credenciamento CT-e - PASSO-A-PASSO MANUAL Credenciamento CT-e - PASSO-A-PASSO Secretaria de Estado de Fazenda de Minas Gerais Versão: Maio/2012 Página 0 Conteúdo CADASTRO EMISSOR CT-e ONLINE...2 MATERIAL DE AUXÍLIO AO CT-e:...9 SUPORTE:...9

Leia mais

AIDS EM IDOSOS: PRODUÇÃO CIENTÍFICA EM PERIÓDICOS ONLINE NO ÂMBITO DA SAÚDE

AIDS EM IDOSOS: PRODUÇÃO CIENTÍFICA EM PERIÓDICOS ONLINE NO ÂMBITO DA SAÚDE AIDS EM IDOSOS: PRODUÇÃO CIENTÍFICA EM PERIÓDICOS ONLINE NO ÂMBITO DA SAÚDE Monica Ferreira de Vasconcelos. NEPB/UFPB. vaskoncelos.vaskoncelos@hotmai.com Rebecca Buriti Matias. FACENE. rebecca_buriti_@hotmail.com

Leia mais

1) Todos os dados devem ser digitados em MAIÚSCULA;

1) Todos os dados devem ser digitados em MAIÚSCULA; 1. Iniciar o Cadastramento UNIVERSIDADE FEDERAL DE MINAS GERAIS Inicialmente, para cadastrar clicar em Observações importantes: 1) Todos os dados devem ser digitados em MAIÚSCULA; 2) Os processos devem

Leia mais

Chamada de Seleção Pública

Chamada de Seleção Pública Chamada de Seleção Pública Seleção de Candidatos ao Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Biologia Parasitária em nível de Doutorado (DINTER-IOC/UFRR) 2 semestre de 2015 (Credenciado pela CAPES com

Leia mais

PARCERIAS. Reformulação do sítio da AGEM

PARCERIAS. Reformulação do sítio da AGEM PARCERIAS Projeto Reformulação do sítio da AGEM Em execução Clientes Agência Metropolitana da Baixada Santista Início 1/9/2014 Fim 18/8/2015 Duração 12 meses Síntese Prestação de serviços técnicos especializados

Leia mais

Gerenciador de Ambiente Laboratorial - GAL Versão 1.0.7 Manual do Usuário

Gerenciador de Ambiente Laboratorial - GAL Versão 1.0.7 Manual do Usuário Ministério da Saúde Secretaria Executiva Departamento de Informática do SUS DATASUS Gerenciador de Ambiente Laboratorial GAL Versão 1.0.7 Página 1 de 70 Gerenciador de Ambiente Laboratorial - GAL Usuário

Leia mais

ILEGALIDADES E IRREGULARIDADES

ILEGALIDADES E IRREGULARIDADES Melissa Folmann melissa@vvf.adv.br INCONSTITUCIONALIDADES, ILEGALIDADES E IRREGULARIDADES DO FAP COMO PROCEDER? Melissa Folmann Breve histórico do SAT CF/88, art. 7: Art. 7º - São direitos dos trabalhadores

Leia mais

Pesquisa Nacional de Saúde Módulo de Saúde dos indivíduos com 60 anos ou mais

Pesquisa Nacional de Saúde Módulo de Saúde dos indivíduos com 60 anos ou mais Pesquisa Nacional de Saúde Módulo de Saúde dos indivíduos com 60 anos ou mais Sumário Origem dos dados... 3 Descrição das variáveis disponíveis para tabulação... 4 Variáveis de conteúdo... 4 %Idosos c/limitação

Leia mais

MUDANÇAS NA RELAÇÃO ENTRE A PME E A PED COM A NOVA METODOLOGIA DA PME

MUDANÇAS NA RELAÇÃO ENTRE A PME E A PED COM A NOVA METODOLOGIA DA PME MUDANÇAS NA RELAÇÃO ENTRE A PME E A PED COM A NOVA METODOLOGIA DA PME Maurício Cortez Reis Professor do Dept de Economia da PUC - Rio 1 INTRODUÇÃO A Pesquisa Mensal de Emprego (PME), realizada pelo IBGE

Leia mais

ACIDENTE DE TRABALHO DE FUNCIONÁRIOS DE UMA UNIVERSIDADE PRIVADA NO RIO DE JANEIRO

ACIDENTE DE TRABALHO DE FUNCIONÁRIOS DE UMA UNIVERSIDADE PRIVADA NO RIO DE JANEIRO Revista Eletrônica Novo Enfoque, ano 2012, v. 15, edição especial, p. 01 06 ACIDENTE DE TRABALHO DE FUNCIONÁRIOS DE UMA UNIVERSIDADE PRIVADA NO RIO DE JANEIRO BARBOSA, Bruno Ferreira do Serrado 1 SILVA,

Leia mais

PLANO DE INTERVENÇÃO DE INCÊNDIO

PLANO DE INTERVENÇÃO DE INCÊNDIO PLANO DE INTERVENÇÃO DE INCÊNDIO OBJETIVO Estabelece princípios gerais para: o levantamento de riscos de incêndios; a elaboração de Planos de Intervenção Incêndio; padronização das formas de intervenção

Leia mais

Desenhar. Desenhar: Retângulo. Seleção alternada. Objeto. Clique na ferramenta retângulo. Crie mais 4 retângulos em posições aleatórias

Desenhar. Desenhar: Retângulo. Seleção alternada. Objeto. Clique na ferramenta retângulo. Crie mais 4 retângulos em posições aleatórias Utilização básica PowerPoint 2003 Barra de Ferramentas de Desenho Everson Santos Araújo everson@por.com.br Todas as ferramentas seguem uma mesma forma de uso: Selecionar a ferramenta desejada com um único

Leia mais

NOTA FISCAL DE SERVIÇO ELETRÔNICA (NFS-e)

NOTA FISCAL DE SERVIÇO ELETRÔNICA (NFS-e) Manual de Exportação de NFS-e Página 2 de 16 Índice ÍNDICE... 2 1. INTRODUÇÃO... 3 2. ESPECIFICAÇÕES... 4 2.1. FORMATO DO ARQUIVO... 4 2.2. CONTEÚDO DO ARQUIVO... 4 2.3. TIPOS DE ARQUIVOS... 4 3. FORMATOS

Leia mais

Acidentes fatais com motocicleta param de crescer no Estado de São Paulo

Acidentes fatais com motocicleta param de crescer no Estado de São Paulo Resenha de Estatísticas Vitais do Estado de São Paulo Ano 11 nº 4 Maio 2011 Acidentes fatais com motocicleta param de crescer no Estado de São Paulo O número de mortes por acidentes de motocicleta manteve-se

Leia mais

Aperfeiçoamento em Técnicas para Fiscalização do uso de Álcool e outras Drogas no Trânsito Brasileiro

Aperfeiçoamento em Técnicas para Fiscalização do uso de Álcool e outras Drogas no Trânsito Brasileiro Aperfeiçoamento em Técnicas para Fiscalização do uso de Álcool e outras Drogas no Trânsito Brasileiro Ações u>lizadas no mundo para redução de AT associados ao uso de SPA Obje>vos Conhecer técnicas e ações

Leia mais

Avaliação da Mortalidade por Hepatite C no Brasil, 2002-2004: Utilização do Método de Captura-Recaptura

Avaliação da Mortalidade por Hepatite C no Brasil, 2002-2004: Utilização do Método de Captura-Recaptura Secretaria Avaliação de Vigilância da Mortalidade em Saúde por Hepatite C no Brasil, 2002-2004: Método de Captura-recaptura Departamento de Vigilância Epidemiológica Coordenação Geral de Doenças Transmissíveis

Leia mais

III SEMINÁRIO EM PROL DA EDUCAÇÃO INCLUSIVA Desafios Educacionais

III SEMINÁRIO EM PROL DA EDUCAÇÃO INCLUSIVA Desafios Educacionais III SEMINÁRIO EM PROL DA EDUCAÇÃO INCLUSIVA Desafios Educacionais DISTRIBUIÇÃO ELETRÔNICA E TABELA PERIÓDICA PARA DEFICIENTES VISUAIS COSTA CURTA, Letícia 1 PASSOS, Ligiany Rodrigues 2 SANTOS, Bruna Rafaella

Leia mais

ESTUDO EPIDEMIOLÓGICO NA ÁREA DE INFLUÊNCIA DA MINA DE URÂNIO EM CAETITÉ, LAGOA REAL E LIVRAMENTO DE NOSSA SENHORA NO ESTADO DA BAHIA

ESTUDO EPIDEMIOLÓGICO NA ÁREA DE INFLUÊNCIA DA MINA DE URÂNIO EM CAETITÉ, LAGOA REAL E LIVRAMENTO DE NOSSA SENHORA NO ESTADO DA BAHIA ESTUDO EPIDEMIOLÓGICO NA ÁREA DE INFLUÊNCIA DA MINA DE URÂNIO EM CAETITÉ, LAGOA REAL E LIVRAMENTO DE NOSSA SENHORA NO ESTADO DA BAHIA ESTUDO CONDUZIDO PELO CENTRO DE SAÚDE DO TRABALHADOR E ECOLOGIA HUMANA

Leia mais

FUNDAÇÃO DE CIÊNCIA E TECNOLOGIA GUAMÁ

FUNDAÇÃO DE CIÊNCIA E TECNOLOGIA GUAMÁ ANEXO I ATO CONVOCATÓRIO Nº 002/2012 TERMO DE REFERÊNCIA OBJETO: Contratação de Empresa para Recrutamento, Seleção e Contratação de Pessoal para Treinamento, Capacitação e Consultoria à Fundação de Ciência

Leia mais

ACESSO ALUNO (exclusivo para o Passe Escolar Gratuito)

ACESSO ALUNO (exclusivo para o Passe Escolar Gratuito) ACESSO ALUNO (exclusivo para o Passe Escolar Gratuito) Primeiro Acesso O aluno deve acessar o endereço http://s2.aesanet.net/cades e clicar no botão Cadastre-se como mostra a figura abaixo; Em seguida

Leia mais

Formulário de Solicitação das Prestações de Benefícios

Formulário de Solicitação das Prestações de Benefícios BRPT 07 Acordo de Previdência Social entre a República Federativa do e a República Portuguesa Formulário de Solicitação das Prestações de Benefícios Data da Solicitação Este formulário deve ser apresentado

Leia mais

Secretário Municipal da Saúde Abril de 2008

Secretário Municipal da Saúde Abril de 2008 A SAÚDE PÚBLICA NA CIDADE DE SÃO PAULO 1º Fórum Nossa São Paulo Propostas para uma Cidade Justa e Sustentável Januario Montone Secretário Municipal da Saúde Abril de 2008 Visão Geral de São Paulo Área:

Leia mais

Processo de Inscrição e Participação no Projeto Unimed Vida 2013

Processo de Inscrição e Participação no Projeto Unimed Vida 2013 Rev.01 Aprovação: Pg.: 1 de 4 1. OBJETIVO: O presente processo tem por finalidade selecionar 24 escolas públicas e/ou particulares 1 de Blumenau para realização de parceria com vistas à implementação do

Leia mais

CAT-Comunicado de acidente do trabalho

CAT-Comunicado de acidente do trabalho Aspectos atuais sobre Acidentes do trabalho. Responsabilidade jurídica: trabalhista, civil e criminal Prevenção de Acidentes do Trabalho: aumentando a eficiência da empresa e a saúde do trabalhador como

Leia mais

O PNE E OS DESAFIOS ATUAIS DA EDUCAÇÃO BRASILEIRA

O PNE E OS DESAFIOS ATUAIS DA EDUCAÇÃO BRASILEIRA O PNE E OS DESAFIOS ATUAIS DA EDUCAÇÃO BRASILEIRA Lívia M. Fraga Vieira Associação Nacional de Pós Graduação e Pesquisa em Educação ANPED Faculdade de Educação Universidade Federal de Minas Gerais liviafraga@globo.com

Leia mais

CONSTRUÇÃO CIVIL NO BRASIL: APOSENTADORIAS POR ACIDENTES DO TRABALHO E DOENÇAS PROFISSIONAIS NO PERÍODO 2000-2003

CONSTRUÇÃO CIVIL NO BRASIL: APOSENTADORIAS POR ACIDENTES DO TRABALHO E DOENÇAS PROFISSIONAIS NO PERÍODO 2000-2003 CONSTRUÇÃO CIVIL NO BRASIL: APOSENTADORIAS POR ACIDENTES DO TRABALHO E DOENÇAS PROFISSIONAIS NO PERÍODO 2000-2003 Celso Amorim Salim 1 Daniela Monteiro Braga 2 INTRODUÇÃO No Brasil, os registros administrativos

Leia mais

SISTEMA NACIONAL DE PESQUISA DE CUSTOS E ÍNDICES DA CONSTRUÇÃO CIVIL S I N A P I RESULTADOS DE MAIO/2013

SISTEMA NACIONAL DE PESQUISA DE CUSTOS E ÍNDICES DA CONSTRUÇÃO CIVIL S I N A P I RESULTADOS DE MAIO/2013 SISTEMA NACIONAL DE PESQUISA DE CUSTOS E ÍNDICES DA CONSTRUÇÃO CIVIL S I N A P I RESULTADOS DE MAIO/2013 COMENTÁRIOS Índice Nacional da Construção Civil varia -5,12% em Maio O Índice Nacional da Construção

Leia mais

EDITAL Nº. 041/2015 - FUnC

EDITAL Nº. 041/2015 - FUnC EDITAL Nº. 041/2015 - FUnC Dispõe sobre abertura de Processo Seletivo para contratação de Professor Substituto para o quadro de docentes da UnC. A Fundação Universidade do Contestado FUnC, TORNA PÚBLICO,

Leia mais

Legitimação dos conceitos face as práticas organizacionais; Oportunizar reflexão sobre as competências em desenvolvimento;

Legitimação dos conceitos face as práticas organizacionais; Oportunizar reflexão sobre as competências em desenvolvimento; 1 MANUAL DE ORIENTAÇÕES PARA ELABORAÇÃO DE PROJETOS INTEGRADORES CURSO SUPERIORES DE GRADUAÇÃO TECNOLÓGICA (LOGÍSTICA) SÃO PAULO 2009 2 Introdução A prática pedagógica dos Cursos Superiores de Graduação

Leia mais

REGIÃO METROPOLITANA DE SALVADOR SETEMBRO DE 2008 TAXA DE DESEMPREGO MANTÉM DECLÍNIO NA RMS

REGIÃO METROPOLITANA DE SALVADOR SETEMBRO DE 2008 TAXA DE DESEMPREGO MANTÉM DECLÍNIO NA RMS REGIÃO METROPOLITANA DE SALVADOR SETEMBRO DE 2008 E TAXA DE DESEMPREGO MANTÉM DECLÍNIO NA RMS m setembro, a Pesquisa de Emprego e Desemprego, realizada na Região Metropolitana de Salvador (RMS), apresentou

Leia mais

EDITAL 04/2016-PRPI/UFCA

EDITAL 04/2016-PRPI/UFCA EDITAL 04/2016-PRPI/UFCA A Pró-Reitoria de Pesquisa, Pós-Graduação e Inovação da Universidade Federal do Cariri (PRPI/UFCA) torna pública a abertura de inscrições e estabelece normas relativas à participação

Leia mais

Manual de Orientação de Cadastramento On-Line. Sistema Segundo Tempo - Convênios. Cadastro de Núcleo

Manual de Orientação de Cadastramento On-Line. Sistema Segundo Tempo - Convênios. Cadastro de Núcleo Manual de Orientação de Cadastramento On-Line Sistema Segundo Tempo - Convênios Cadastro de Núcleo O Cadastro de Núcleo só poderá ser efetuado mediante a senha de Coordenador-Geral. Acesso ao Sistema:

Leia mais

SAMUEL INFORMÁTICA SEAP 11-02-2015. Curso Básico de MS Office Word 2010/BrOffice Writer

SAMUEL INFORMÁTICA SEAP 11-02-2015. Curso Básico de MS Office Word 2010/BrOffice Writer SEAP 11-02-2015 SAMUEL INFORMÁTICA Curso Básico de MS Office Word 2010/BrOffice Writer O MS-Word 2010 é um grande processador de texto onde realiza grande parte de serviços de escritórios, cartas, currículos

Leia mais

ENSINO DE FÍSICA E MATEMÁTICA PARA DEFICIENTES VISUAIS: RESULTADOS PRELIMINARES

ENSINO DE FÍSICA E MATEMÁTICA PARA DEFICIENTES VISUAIS: RESULTADOS PRELIMINARES ENSINO DE FÍSICA E MATEMÁTICA PARA DEFICIENTES VISUAIS: RESULTADOS PRELIMINARES Vanderleia Baldo 1 ; Maíra Adriana HIllesheim 2 ; Marines Dias Gonçalves 3 ; Angelisa Benetti Clebsch 4 INTRODUÇÃO A partir

Leia mais

Gerenciamento de Requisitos Gerenciamento de Requisitos

Gerenciamento de Requisitos Gerenciamento de Requisitos Gerenciamento de Requisitos Objetivos da disciplina Descrever o processo de Gerenciamento e Engenharia de Requisitos para projetos Treinar alunos no Gerenciamento de Requisitos Apresentar estudos de caso

Leia mais

INSS INSTITUTO NACIONAL DO SEGURO SOCIAL DIRETORIA DE SAÚDE DO TRABALHADOR

INSS INSTITUTO NACIONAL DO SEGURO SOCIAL DIRETORIA DE SAÚDE DO TRABALHADOR SEMINÁRIO FAP - FATOR ACIDENTÁRIO DE PREVENÇÃO NTEP - NEXO TÉCNICO EPIDEMIÓLOGICO PREVIDENCIÁRIO E OS RECURSOS JUNTO AO INSS - Em 2007 foram registrados 653.090 acidentes e doenças do trabalho. - Entre

Leia mais

TREINO COGNITIVO E ENVELHECIMENTO: na busca da autonomia dos idosos

TREINO COGNITIVO E ENVELHECIMENTO: na busca da autonomia dos idosos TREINO COGNITIVO E ENVELHECIMENTO: na busca da autonomia dos idosos Samara Pereira Cabral - UFPB samarapcj@hotmail.com Monica Dias Palitot - UFPB monicadiaspt@yahoo.com.br Joseane da Silva Meireles - UFPB

Leia mais

APRESENTAÇÃO O DESIGN É HOJE UM RECURSO ESTRATÉGICO FUNDAMENTAL PARA AUMENTAR O POTENCIAL COMPETITIVO DAS MICRO E PEQUENAS EMPRESAS.

APRESENTAÇÃO O DESIGN É HOJE UM RECURSO ESTRATÉGICO FUNDAMENTAL PARA AUMENTAR O POTENCIAL COMPETITIVO DAS MICRO E PEQUENAS EMPRESAS. O QUE É DESIGN APRESENTAÇÃO O design ocupa grande parte do cotidiano das pessoas e das empresas, representado por uma infinidade de produtos e serviços. Ele é o meio que as empresas utilizam para transformar

Leia mais

Fundação SEADE. www.seade.gov.br

Fundação SEADE. www.seade.gov.br Agosto de 0 N o 0 Fecundidade continua em queda em São Paulo A taxa de fecundidade, no Estado de São Paulo, chegou a, fi lho por mulher, em 009, o que representa metade da registrada em 980 (3, fi lhos

Leia mais

SAÍDA DO MERCADO DE TRABALHO: QUAL É A IDADE?

SAÍDA DO MERCADO DE TRABALHO: QUAL É A IDADE? SAÍDA DO MERCADO DE TRABALHO: QUAL É A IDADE? Ana Amélia Camarano* Solange Kanso** Daniele Fernandes** 1 INTRODUÇÃO Assume-se que idade avançada e invalidez resultam em perda da capacidade laboral, o que

Leia mais

Roteiro para uso do banco de dados do SINAN Online Dengue para análise de completitude e inconsistências

Roteiro para uso do banco de dados do SINAN Online Dengue para análise de completitude e inconsistências Roteiro para uso do banco de dados do SINAN Online Dengue para análise de completitude e inconsistências O Sistema de Informação de Agravos de Notificação Online (SINAN Online) tem por objetivo a notificação

Leia mais

RESENHA resenha resumo resenha crítica Título: Identificação do resenhista: Referência: Dados sobre o(s) autor(es): Dados sobre a obra: Apreciação:

RESENHA resenha resumo resenha crítica Título: Identificação do resenhista: Referência: Dados sobre o(s) autor(es): Dados sobre a obra: Apreciação: RESENHA Resenha é a apreciação crítica sobre uma determinada obra (livro, artigo, texto, filme, etc.). Trata-se de um breve texto, semelhante a um resumo, que visa comentar um trabalho realizado. Será

Leia mais

Biografias Cênicas: o ensino do teatro a partir da memória com o público da terceira idade

Biografias Cênicas: o ensino do teatro a partir da memória com o público da terceira idade Biografias Cênicas: o ensino do teatro a partir da memória com o público da terceira idade Mariana de Lima e Muniz Co-autor: Ricardo Carvalho (UFMG) Bolsistas: Elaine Paiva e Iasmim Marques Programa de

Leia mais

https://top.solucaopublica.com.br/mantena/

https://top.solucaopublica.com.br/mantena/ 1) Acesso ao sistema NFS-e na WEB A comunidade terá acesso ao NFS-e através do Site da Prefeitura Municipal de Mantena. Para acessar o sistema da NFS-e, o contribuinte deverá acessar o site: https://top.solucaopublica.com.br/mantena/

Leia mais

População do Estado de São Paulo atingirá 43 milhões de residentes em maio de 2015

População do Estado de São Paulo atingirá 43 milhões de residentes em maio de 2015 Resenha de Estatísticas Vitais do Estado de São Paulo Ano 15 n o 3 Maio 2015 População do Estado de São Paulo atingirá 43 milhões de residentes em maio de 2015 Monica La Porte Teixeira Mestre em Saúde

Leia mais

Origem dos dados... 3. Descrição das variáveis disponíveis para tabulação... 4. Variáveis de conteúdo... 4

Origem dos dados... 3. Descrição das variáveis disponíveis para tabulação... 4. Variáveis de conteúdo... 4 Pesquisa Nacional de Saúde Módulo de Doenças Crônicas artrite/reumatismo, problema crônico de coluna, distúrbio osteomuscular relacionado ao trabalho (DORT), depressão e outros problemas mentais Notas

Leia mais

MANUAL DE FORMATAÇÃO DE CARIMBOS

MANUAL DE FORMATAÇÃO DE CARIMBOS MANUAL DE FORMATAÇÃO DE CARIMBOS Elaborado por Prof. Ivan Prá e Marizete Teresinha Fabris Bento Gonçalves Setembro de 2010 2 SUMÁRIO 1 INTRODUÇÃO... 3 1.1 Layout de apresentação... 3 2 SETORES... 4 2.1

Leia mais

OFICINA Perfil de Mortalidade utilizando o Sistema Business Intelligence (BI)

OFICINA Perfil de Mortalidade utilizando o Sistema Business Intelligence (BI) ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL SECRETARIA ESTADUAL DA SAÚDE OFICINA Perfil de Mortalidade utilizando o Sistema Business Intelligence (BI) INSTRUTIVO Encontro com as Coordenadorias Regionais de Saúde Novembro

Leia mais

PERFIL DOS TRABALHADORES NA CONSTRUÇÃO CIVIL NO ESTADO DA BAHIA

PERFIL DOS TRABALHADORES NA CONSTRUÇÃO CIVIL NO ESTADO DA BAHIA PERFIL DOS TRABALHADORES NA CONSTRUÇÃO CIVIL NO ESTADO DA BAHIA SETEMBRO /2012 ÍNDICE INTRODUÇÃO 3 1. Dimensão e características da ocupação no setor da construção civil no Brasil e na Bahia (2000 e 2010)...

Leia mais

ANÁLISE COMPARATIVA ENTRE A PRECIPITAÇÃO REGISTRADA NOS PLUVIÔMETROS VILLE DE PARIS E MODELO DNAEE. Alice Silva de Castilho 1

ANÁLISE COMPARATIVA ENTRE A PRECIPITAÇÃO REGISTRADA NOS PLUVIÔMETROS VILLE DE PARIS E MODELO DNAEE. Alice Silva de Castilho 1 ANÁLISE COMPARATIVA ENTRE A PRECIPITAÇÃO REGISTRADA NOS PLUVIÔMETROS VILLE DE PARIS E MODELO DNAEE Alice Silva de Castilho 1 RESUMO - Este artigo apresenta uma análise comparativa entre os totais mensais

Leia mais

Fluxo da Folha Ponto Servidores IMESF

Fluxo da Folha Ponto Servidores IMESF Fluxo da Folha Ponto Servidores IMESF Do Funcionário do IMESF: é de sua total responsabilidade o preenchimento correto e sem rasura da folha ponto a caneta. 1. Do Funcionário do IMESF: a folha ponto deverá

Leia mais

Presença da Pessoa com Deficiência Atenção e Reabilitação desde a Equipe Saúde da Família

Presença da Pessoa com Deficiência Atenção e Reabilitação desde a Equipe Saúde da Família A Intersetorialidade como estratégia ao atendimento integral à Pessoa com Deficiência, desde a Atenção Básica Coordenação de Programas de Reabilitação\SMS Rio de Janeiro Coordenação de Reabilitação e Atenção

Leia mais

ACIDENTES DE TRABALHO NO BRASIL 2013. Anuário Estatístico da Previdência Social AEPS 2013

ACIDENTES DE TRABALHO NO BRASIL 2013. Anuário Estatístico da Previdência Social AEPS 2013 ACIDENTES DE TRABALHO NO BRASIL 2013 Anuário Estatístico da Previdência Social AEPS 2013 1 Anuário Estatístico de Acidentes do Trabalho O Anuário Estatístico de Acidentes do Trabalho AEAT vem sendo publicado

Leia mais

PORTO ALEGRE E DEMAIS CAPITAIS BRASILEIRAS

PORTO ALEGRE E DEMAIS CAPITAIS BRASILEIRAS Equipe de Vigilância de Eventos Vitais, Doenças e Agravos não Transmissíveis Coordenadoria Geral de Vigilância em Saúde Secretaria Municipal da Saúde da Prefeitura Municipal de Porto Alegre PORTO ALEGRE

Leia mais

Projeto premiado com o 16 Prêmio de Excelência da Indústria Minero-metalúrgica Brasileira 13 de maio de 2014 - Hotel Ouro Minas - Belo Horizonte (MG)

Projeto premiado com o 16 Prêmio de Excelência da Indústria Minero-metalúrgica Brasileira 13 de maio de 2014 - Hotel Ouro Minas - Belo Horizonte (MG) Projeto premiado com o 16 Prêmio de Excelência da Indústria Minero-metalúrgica Brasileira 13 de maio de 2014 - Hotel Ouro Minas - Belo Horizonte (MG) o Tel. (11) 3895-8590 premiodeexcelencia@revistaminerios.com.br

Leia mais

Indicador de qualidade do mercado de trabalho da Região Metropolitana de Salvador

Indicador de qualidade do mercado de trabalho da Região Metropolitana de Salvador ÍNDICE DE qualidade DO MERCADO DE TRABALHO Nov. 2011-fev. 2012 Indicador de qualidade do mercado de trabalho da Região Metropolitana de Salvador O Índice de Qualidade do Mercado de Trabalho da Região Metropolitana

Leia mais

PROCEDIMENTO DE CONFIGURAÇÃO IMPRESSORA FISCAL PARA SAÍDA DE HORÁRIO DE VERÃO

PROCEDIMENTO DE CONFIGURAÇÃO IMPRESSORA FISCAL PARA SAÍDA DE HORÁRIO DE VERÃO PROCEDIMENTO DE CONFIGURAÇÃO IMPRESSORA FISCAL PARA SAÍDA DE HORÁRIO DE VERÃO As impressoras fiscais Bematech (modelos MP-2100 TH FI e MP-4000 TH FI) requerem a realização de um pequeno ajuste de configuração

Leia mais

O TRABALHO E OS AGRAVOS À SAÚDE DOS PROFESSORES DA REDE PRIVADA DE ENSINO DE MINAS GERAIS

O TRABALHO E OS AGRAVOS À SAÚDE DOS PROFESSORES DA REDE PRIVADA DE ENSINO DE MINAS GERAIS O TRABALHO E OS AGRAVOS À SAÚDE DOS PROFESSORES DA REDE PRIVADA DE ENSINO DE MINAS GERAIS Celso Salim Maria das Graças de Oliveira 1 Sindicato dos Professores do Estado de Minas Gerais SINPROMINAS 1. Introdução

Leia mais

O TRABALHO POR CONTA PRÓPRIA NA CONSTRUÇÃO CIVIL

O TRABALHO POR CONTA PRÓPRIA NA CONSTRUÇÃO CIVIL Nº 5 Fevereiro 2011 O TRABALHO POR CONTA PRÓPRIA NA CONSTRUÇÃO CIVIL O desenvolvimento capitalista no Brasil alcançou um impulso formidável no século passado, dotando, em curto espaço de tempo, uma economia

Leia mais

Pesquisa Nacional de Saúde Módulo de Doenças Crônicas doenças do pulmão, câncer, insuficiência renal crônica e outras doenças crônicas Notas Técnicas

Pesquisa Nacional de Saúde Módulo de Doenças Crônicas doenças do pulmão, câncer, insuficiência renal crônica e outras doenças crônicas Notas Técnicas Pesquisa Nacional de Saúde Módulo de Doenças Crônicas doenças do pulmão, câncer, insuficiência renal crônica e outras doenças crônicas Notas Técnicas Sumário Origem dos dados... 3 Descrição das variáveis

Leia mais

Administração Materiais X Distribuição Física

Administração Materiais X Distribuição Física ADMINISTRAÇÃO DE MATERIAIS AULA PARA A TURMA DE ADMINISTRAÇÃO 2010 2 Administração Materiais X Distribuição Física A é o inverso da Distribuição Física Trata do fluxo de produtos para a empresa ao invés

Leia mais

EDITAL 01/2014. SELEÇÃO EMERGENCIAL DE BOLSISTAS FAPERGS/CAPES e BOLSISTAS CAPES PROGRAMA DE BOLSAS DE MESTRADO

EDITAL 01/2014. SELEÇÃO EMERGENCIAL DE BOLSISTAS FAPERGS/CAPES e BOLSISTAS CAPES PROGRAMA DE BOLSAS DE MESTRADO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE PELOTAS - CENTRO DE ARTES PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO MESTRADO EM ARTES VISUAIS EDITAL 01/2014 SELEÇÃO EMERGENCIAL DE BOLSISTAS FAPERGS/CAPES e BOLSISTAS CAPES

Leia mais

Produto : RM TOTVS Folha de Pagamento Bibliotecas RM 11.52.61, 11.53.74, 11.82.33, 11.83.54.

Produto : RM TOTVS Folha de Pagamento Bibliotecas RM 11.52.61, 11.53.74, 11.82.33, 11.83.54. esocial Produto : RM TOTVS Folha de Pagamento Bibliotecas RM 11.52.61, 11.53.74, 11.82.33, 11.83.54. Processo : esocial Subprocesso : N/A Data da publicação : Revisão 1: 15/04/14 Importante Para que os

Leia mais

Fundação Seade. www.seade.gov.br

Fundação Seade. www.seade.gov.br Julho de 00 N o 9 Parceria Seade-Agemcamp para gerenciamento dos portais na Internet Portais web para divulgação institucional, atração de investimentos e promoção da cultura e do turismo de negócios na

Leia mais

Sistema Eletrônico de Informações - Notificação de ato de concentração ordinário 1

Sistema Eletrônico de Informações - Notificação de ato de concentração ordinário 1 Sistema Eletrônico de Informações - Notificação de ato de concentração ordinário 1 Sistema Eletrônico de Informações Guia para notificação de atos de concentração 2 Notificação Eletrônica de Ato de Concentração

Leia mais

COORDENAÇÃO DE EXTENSÃO E INTEGRAÇÃO CAMPUS EMPRESA IF-SUDESTE DE MINAS GERAIS CAMPUS MURIAÉ

COORDENAÇÃO DE EXTENSÃO E INTEGRAÇÃO CAMPUS EMPRESA IF-SUDESTE DE MINAS GERAIS CAMPUS MURIAÉ Em Busca dos 3Rs (REDUZIR, REUTILIZAR E RECICLAR) 1. EQUIPE Coordenadora: Andrea Procópio Lourenço Técnica em Assuntos Educacionais Mariana Silva de Paiva Engenheira Agrônoma Professora Ana Tereza César

Leia mais

A agenda demográfica e de políticas públicas do Estado de São Paulo

A agenda demográfica e de políticas públicas do Estado de São Paulo A agenda demográfica e de políticas públicas do Estado de São Paulo Projeções da Fundação Seade para a trajetória até 2050 indicam que o grupo populacional com mais de 60 anos será triplicado e o com mais

Leia mais

XIV Seminário Cláudio Peres de Práticas de Ensino e Geografia Aplicada: Belo Horizonte: os desafios da metrópole

XIV Seminário Cláudio Peres de Práticas de Ensino e Geografia Aplicada: Belo Horizonte: os desafios da metrópole Período de realização De 3 a 6 de maio de 2016. XIV Seminário Cláudio Peres de Práticas de Ensino e Geografia Aplicada: Belo Horizonte: os desafios da metrópole Atividades Conferência, Mesas Redondas e

Leia mais

VÃOS DESNIVELADOS, UTILIZANDO PERFIL DE PROJETO DIGITAL, SOFTWARE EM AMBIENTE VISUAL E BASE DE DADOS RELACIONAL

VÃOS DESNIVELADOS, UTILIZANDO PERFIL DE PROJETO DIGITAL, SOFTWARE EM AMBIENTE VISUAL E BASE DE DADOS RELACIONAL GLT/15 17 à 22 de outubro de 1999 Foz do Iguaçu Paraná - Brasil GRUPO III GRUPO DE ESTUDOS DE LINHAS DE TRANSMISSÃO (GLT) AVALIAÇÃO DO CARREGAMENTO ELÉTRICO DE LTs EM VÃOS DESNIVELADOS, UTILIZANDO PERFIL

Leia mais

UTILIZANDO RECURSOS E ATIVIDADES NO MOODLE

UTILIZANDO RECURSOS E ATIVIDADES NO MOODLE UTILIZANDO RECURSOS E ATIVIDADES NO MOODLE Luanna Azevedo Cruz Polyana Ribas Bernardes 2015 2015 1. INTRODUÇÃO Para utilizar as funcionalidades acesse o Moodle: http://moodle.ead.ufvjm.edu.br/ e clique

Leia mais

Conversão de Bases e Aritmética Binária

Conversão de Bases e Aritmética Binária Conversão de Bases e Aritmética Binária Prof. Glauco Amorim Sistema de Numeração Decimal Dígitos Decimais: 0 2 3 4 5 6 7 8 9 Potências de base 0 0 0 2 0 0 3 4 0 0 00 000 0 000 Sistema de Numeração Binário

Leia mais

A LER na contramão da sociedade inclusiva

A LER na contramão da sociedade inclusiva A LER na contramão da sociedade inclusiva José Newton Garcia de Araújo Professor do Instituto de Psicologia da PUC Minas, pesquisador do CNPq Entre os diversos grupos de portadores de deficiências, seria

Leia mais

Perfil comunicativo de crianças de 2 a 24 meses atendidas na atenção primária à saúde

Perfil comunicativo de crianças de 2 a 24 meses atendidas na atenção primária à saúde Perfil comunicativo de crianças de 2 a 24 meses atendidas na atenção primária à saúde Palavras-chave: atenção primária à saúde, comunicação, fonoaudiologia Introdução: A comunicação humana é um importante

Leia mais

Serviço Social na Previdência Social

Serviço Social na Previdência Social Trajetória do Serviço Social na Política Previdenciária SERVIÇO SOCIAL - legalmente instituído na Previdência em abril de 1944. Implantado gradativamente nos Institutos de Aposentadorias e Pensões. Posteriormente,

Leia mais

8º Congresso de Pós-Graduação FORMAÇÃO DE PROFESSORES- UMA ANÁLISE DA PRODUÇÃO DO GT 08: ELEMENTOS PARA REFLEXÃO

8º Congresso de Pós-Graduação FORMAÇÃO DE PROFESSORES- UMA ANÁLISE DA PRODUÇÃO DO GT 08: ELEMENTOS PARA REFLEXÃO 8º Congresso de Pós-Graduação FORMAÇÃO DE PROFESSORES- UMA ANÁLISE DA PRODUÇÃO DO GT 08: ELEMENTOS PARA REFLEXÃO Autor(es) MARIA APARECIDA VIEIRA SALOMAO Orientador(es) ROSELI PACHECO SCHNETZLER 1. Introdução

Leia mais

ACIDENTES DE TRÂNSITO: OCORRÊNCIAS E MORTALIDADE

ACIDENTES DE TRÂNSITO: OCORRÊNCIAS E MORTALIDADE ACIDENTES DE TRÂNSITO: OCORRÊNCIAS E MORTALIDADE Monitoramento da mortalidade do município de Campinas BOLETIM DE MORTALIDADE Breve Histórico O projeto de monitoramento da mortalidade de Campinas foi iniciado

Leia mais

MODELO PARA ELABORAÇÃO DE PROJETO DE PESQUISA

MODELO PARA ELABORAÇÃO DE PROJETO DE PESQUISA MODELO PARA ELABORAÇÃO DE PROJETO DE PESQUISA Araranguá MÊS /ANO 2 SUMÁRIO 1- INTRODUÇÃO...3 2- OBJETIVOS...4 3- JUSTIFICATIVA...5 4- REVISÃO TEÓRICA...6 5- METODOLOGIA...7 6- CRONOGRAMA...8 7- BIBLIOGRAFIA...9

Leia mais

DESENVOLVIMENTO E APRENDIZAGEM EM MANUAIS DIDÁTICOS DA PSICOLOGIA EDUCACIONAL

DESENVOLVIMENTO E APRENDIZAGEM EM MANUAIS DIDÁTICOS DA PSICOLOGIA EDUCACIONAL DESENVOLVIMENTO E APRENDIZAGEM EM MANUAIS DIDÁTICOS DA PSICOLOGIA EDUCACIONAL EDER AHMAD CHARAF EDDINE 2013 Eder Ahmad Charaf Eddine Direitos desta edição adquiridos pela Paco Editorial. Nenhuma parte

Leia mais

MÓDULO DELIBERAÇÃO nº 260/2013 ARQUIVOS DE IMPORTAÇÃO. (para servidores militares)

MÓDULO DELIBERAÇÃO nº 260/2013 ARQUIVOS DE IMPORTAÇÃO. (para servidores militares) TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO SISTEMA INTEGRADO DE GESTÃO FISCAL MÓDULO DELIBERAÇÃO nº 260/2013 ARQUIVOS DE IMPORTAÇÃO (para servidores militares) VERSÃO 2014 Layout para a importação

Leia mais

Mais casamentos e maior diversidade de casais no Estado de São Paulo

Mais casamentos e maior diversidade de casais no Estado de São Paulo Resenha de Estatísticas Vitais do Estado de São Paulo Ano 15 n o 2 Abril 2015 Mais casamentos e maior diversidade de casais no Estado de São Paulo Rosa Maria Vieira de Freitas Mestre em Saúde Pública e

Leia mais

PROJETO INTEGRADOR III Alunos do Final do Módulo Processual. Cartilha de Orientação

PROJETO INTEGRADOR III Alunos do Final do Módulo Processual. Cartilha de Orientação PROJETO INTEGRADOR III Alunos do Final do Módulo Processual Cartilha de Orientação SUMÁRIO 1. Apresentação 2. Informações 2.1. Requisitos Específicos do Projeto Integrador III 2.2. Roteiro para elaboração

Leia mais

Visando propiciar melhor entendimento das normas que regem as operações em Intercâmbio, é indispensável a leitura dos seguintes conceitos básicos:

Visando propiciar melhor entendimento das normas que regem as operações em Intercâmbio, é indispensável a leitura dos seguintes conceitos básicos: 1. COMUNICAÇÃO DO ACIDENTE DO TRABALHO (CAT) 1.1. RESPONSABILIDADES DA EMPRESA/ EMPREGADO Visando propiciar melhor entendimento das normas que regem as operações em Intercâmbio, é indispensável a leitura

Leia mais

Ter o controle das pastas (Prontuários) armazenadas no "SAME", utilizando-se do recurso do "Volume".

Ter o controle das pastas (Prontuários) armazenadas no SAME, utilizando-se do recurso do Volume. Page 1 of 31 184771 Módulo: AMAP - SAME PDA 184771: Controle do Arquivamento de Pastas do SAME. SOLICITAÇÃO DO CLIENTE Ter o controle das pastas (Prontuários) armazenadas no "SAME", utilizando-se do recurso

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO ACRE - Ufac PRÓ-REITORIA DE ASSUNTOS ESTUDANTIS - Proaes

UNIVERSIDADE FEDERAL DO ACRE - Ufac PRÓ-REITORIA DE ASSUNTOS ESTUDANTIS - Proaes UNIVERSIDADE FEDERAL DO ACRE - Ufac PRÓ-REITORIA DE ASSUNTOS ESTUDANTIS - Proaes EDITAL Nº 20/2016 Proaes Seleção de Bolsistas para atuarem nas Ações da Proaes desenvolvidas no Observatório de Discriminação

Leia mais

Roteiro 7: Ferramentas de trabalho Editores de texto

Roteiro 7: Ferramentas de trabalho Editores de texto Roteiro 7: Ferramentas de trabalho Editores de texto Objetivos Detalhar conceitos sobre ferramentas de edição de texto; Explorar recursos do libreoffice writer; Explorar recursos do Microsoft Word; Explorar

Leia mais

Programa de Assistência Estudantil da UFPR- PROBEM. Edital Nº 01 / 2015

Programa de Assistência Estudantil da UFPR- PROBEM. Edital Nº 01 / 2015 Programa de Assistência Estudantil da UFPR- PROBEM Edital Nº 01 / 2015 Processo Seletivo do PROBEM (Programa de Benefícios Econômicos para a Manutenção dos Estudantes de Graduação e Ensino Profissionalizante)

Leia mais

EDITAL TEMAS LIVRES E PÔSTERES

EDITAL TEMAS LIVRES E PÔSTERES EDITAL TEMAS LIVRES E PÔSTERES A Sociedade de acadêmicos de medicina de Minas Gerais (SAMMG) torna público, para conhecimento dos interessados, que está selecionando trabalhos para serem apresentados no

Leia mais

Contratação de Escola. Manual de Utilizador - Candidato

Contratação de Escola. Manual de Utilizador - Candidato - Janeiro de 2012 Índice Conteúdo 1 ENQUADRAMENTO... 5 1.1 Aspetos gerais... 5 1.2 Principais Orientações... 5 1.3 Normas Importantes de Acesso e Utilização da Aplicação... 5 1.4 Definições, Abreviaturas,

Leia mais

VIII SIMPÓSIO DE ESTUDOS JURÍDICOS DO CURSO DE DIREITO DO CENTRO UNIVERSITÁRIO BARÁO DE MAUÁ

VIII SIMPÓSIO DE ESTUDOS JURÍDICOS DO CURSO DE DIREITO DO CENTRO UNIVERSITÁRIO BARÁO DE MAUÁ VIII SIMPÓSIO DE ESTUDOS JURÍDICOS DO CURSO DE DIREITO DO CENTRO UNIVERSITÁRIO BARÁO DE MAUÁ I - Sobre o Simpósio A investigação acadêmica se manifesta pela busca do conhecimento científico, franqueando

Leia mais