VARONIS WHITEPAPER 11 Coisas Que A TI Deveria Estar Fazendo (Mas Não Está)

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "VARONIS WHITEPAPER 11 Coisas Que A TI Deveria Estar Fazendo (Mas Não Está)"

Transcrição

1 VARONIS WHITEPAPER 11 Coisas Que A TI Deveria Estar Fazendo (Mas Não Está)

2 CONTEÚDO DESTE INFORME TÉCNICO VISÃO GERAL 4 TOP 11 DO QUE A TI DEVE FAZER 6 Auditoria de Acesso de Dados 6 Inventarie Permissões e Dirija Objetos de Serviços de Grupo 6 Priorize Qual Dado Deverá ser Endereçado 6 Remova o Acesso Global de Grupos das Listas de Controle de _Acesso (ACLs) - como todos - especialmente onde os dados sensíveis estão localizados 6 Identifique os Donos dos Dados 6 Realize Titularidade de Dados Regulares (ACL) Revise e Revogue Permissões Não Usadas e Sem Garantia 6 Alinhe Grupos de Segurança aos Dados 7 Audite Permissões e Alterações de Associações de Grupos 7 Trancar, Deletar ou Arquivar Dados Obsoletos ou Não utilizados 7 Limpe o Legado de Grupos e Artefatos de Controle de Acesso 7 Mais Uma Coisa: Controle os Servidores de Nuvens Públicas 7 2

3 11 COISAS QUE A TI DEVE FAZER? NÃO HÁ PROBLEMA COM A VARONIS 8 SOBRE O VARONIS METADATA FRAMEWORK 9 VARONIS DATA GOVERNANCE SUITE 10 Varonis DatAdvantage para Windows 10 Varonis DatAdvantage para UNIX/Linux 10 Varonis DatAdvantage para SharePoint 10 Varonis DatAdvantage para Exchange 10 Varonis DatAdvantage para Directory Services 10 VARONIS DATAPRIVILEGE 12 VARONIS IDU CLASSIFICATION FRAMEWORK 13 VARONIS DATA TRANSPORT ENGINE 15 VARONIS DATANYWHERE 16 3

4 11 COISAS QUE A TI DEVRIA ESTAR FAZENDO (MAS NÃO ESTÁ) VISÃO GERAL Quando se trata de proteger planilhas, documentos, imagens e outros dados em servidores de arquivos, em sites SharePoint, em caixas de do Exchange e pastas públicas, a maioria das organizações facilmente admitem que os seus processos atuais e perfis de risco estão abaixo do que seria ideal. Infelizmente, o pessoal de TI em vez das pessoas que possuem os dados é o que toma a maioria das decisões sobre permissões, uso aceitável e revisão de acesso. Uma vez que o pessoal de TI não tenha o conceito de negócio por trás do crescente volume de dados não estruturados e semiestruturados, eles somente serão capazes de dar um palpite para um melhor esforço de como gerenciar e proteger cada conjunto de dados. Até que as organizações comecem a alterar tomada de decisão e fazer-se responsável pelos donos de negócios de dados, a TI, apesar dos seus melhores esforços, continuará a lutar para manter corretas as permissões de arquivos atuais enquanto os dados aumentam e as funções dos usuários mudam. 4

5 O principal do mínimo privilégio é uma diretriz de boa aceitação para gerenciar os controles de acesso em outras palavras, somente aqueles que têm uma necessidade organizacional para acessar informação deverão ser permitidos para fazê-lo. Entretanto, para a maioria das organizações, alcançar um modelo de privilégio mínimo é quase impossível porque os dados são gerados mais rapidamente e as mudanças de pessoal são numerosas. Até nas pequenas organizações, o passo de mudanças organizacionais geralmente excede a habilidade do departamento de TI para manter-se com as listas de controle de acesso e associação de grupos. Idealmente, todas as organizações deveriam automatizar as tarefas de gerenciamento descritas abaixo para que assim, os processos de controle de acesso deles possam escalar as necessidades das organizações, e podendo ser conduzido como parte da rotina de gerenciamento diária. Não obstante, aqui estão 11 coisas que devem ser feitas para maximizar a proteção de dados não estruturados e semiestruturados. 5

6 TOP 11 DO QUE A TI DEVE FAZER 1. AUDITORIA DE ACESSO DE DADOS A gestão efetiva de qualquer conjunto de dados é impossível sem um registro de acesso. A menos que a equipe de TI possa monitorar com segurança o uso de dados, eles não podem identificar o não uso, mau uso ou até o abuso. Sem um registro de uso de dados, é difícil responder a questões críticas desde as mais básicas, como quem deletou meus arquivos?, qual dado essa pessoa ou essas pessoas usam? e qual dado não foi usado?, até as mais complexas como quem é o dono do conjunto de dados?, quais conjuntos de dados suportam essa unidade de negócio? e como eu posso bloquear dados sem perturbar os fluxos de trabalho?. 2.INVENTARIE PERMISSÕES E DIRIJA OBJETOS DE SERVIÇOS DE GRUPO A gestão efetiva de qualquer conjunto de dados também é impossível sem entender quem tem acesso a eles. Listas de controles de acesso e grupos (em Active Directory, LDAP, etc.) é um mecanismo fundamental para um controle protegido para todas as plataformas de dados não estruturados e semiestruturados, ainda que muitas vezes, a TI não pode responder facilmente a questões fundamentais de proteção de dados, como quem tem acesso ao conjunto de dados? e a quais conjuntos de dados um usuário ou um grupo tem acesso?. As respostas para essas perguntas devem ser assertivas e acessíveis para a que a proteção de dados e gestão de projetos possa acontecer. 3. PRIORIZE QUAL DADO DEVERÁ SER ENDEREÇADO Todos os dados, claro, devem ser protegidos. Mas, para uma rápida vitória, a TI deve focar inicialmente no que deve ser considerado como dados sensíveis. Alguns conjuntos de dados têm donos bem conhecidos e processos bem definidos, e controle para a proteção deles, mas muitos outros são pouco entendidos. Com uma trilha de auditoria, tecnologia de classificação de dados e informação de controle de acesso, as organizações podem identificar dados ativos e obsoletos, dados que serão considerados sensíveis, confidenciais ou internos, e os dados que são acessíveis a muitas pessoas. Esses conjuntos de dados deveriam ser primeiramente revisados e endereçados para reduzir o risco. A automação que movimenta e deleta dados baseados em conteúdo, atividade, permissões e outros metadados devem ser considerados. 4. REMOVA O ACESSO GLOBAL DE GRUPOS DAS LISTAS DE CONTROLE DE ACESSO (ACLS) - COMO TODOS - ESPECIALMENTE ONDE OS DADOS SENSÍVEIS ESTÃO LOCALIZADOS Isso não é incomum que pastas em compartilhamento de arquivos tenha permissões de controle de acesso permitindo a todos, ou todos os usuários do domínio (quase todos) a acessar os dados contidos aí. SharePoint tem o mesmo problema (com usuários autenticados). O Exchange tem desses, mais conhecidos como acesso de Usuários Anônimos. Isso cria um risco significativo de segurança: definições frouxas de diretório de acesso significa que qualquer dado colocado numa pasta também irá herdar essas permissões expostas por omissão. Quando o dado sensível, como o PII, informação de cartão de crédito, propriedade intelectual ou informação de HR estão nessas pastas, as obrigações das companhias podem vir a ser muito significativas. O acesso global a pastas, sites de SharePoint e caixas de deve ser removido e substituído com regras que dão acesso ao grupo explícito que necessita disso. 5. IDENTIFIQUE OS DONOS DOS DADOS A TI deve manter uma lista atual dos donos do negócio de dados, as pastas e os sites de SharePoint sob sua responsabilidade. Tendo essa lista no ponto, a TI pode acelerar o número de tarefas previamente identificadas, incluindo a verificação de permissões e revisão, e identificando dados para arquivamento. O efeito da rede é um aumento marcado na exatidão da titularidade de permissões de dados e, portanto, de proteção de dados. 6. REALIZE TITULARIDADE DE DADOS REGULARES (ACL) REVISE E REVOGUE PERMISSÕES NÃO USADAS E SEM GARANTIA Todo arquivo e pasta no sistema de arquivos em Windows ou Unix, todo site SharePoint e toda a caixa de e pasta pública tem controle de acesso atribuído que determina quais usuários podem acessar os dados e como (em outras palavras, ler, escrever, executar, listar). Esses controles necessitam ser revisados regularmente e as definições documentadas, para que eles possam ser verificados precisamente pelos donos do negócio de dados e auditores de política de segurança. 6

7 Usuários com acesso a dados que não são materiais de seus trabalhos constituem um risco de segurança para organizações. A maioria dos usuários precisa de acesso a uma pequena fração dos dados que reside nos servidores de arquivos. É importante revisar e depois remover ou revogar permissões que não estão sendo usadas. 7. ALINHE GRUPOS DE SEGURANÇA AOS DADOS Sempre que alguém é colocado num grupo, este tem acesso do sistema a todas as pastas que listam o grupo neste ACL. Infelizmente, organizações perderam completamente o rumo do que cada pasta de dados contém qual Active Directory, LDAP, SharePoint ou grupo NIS. Isso inseguramente prejudica qualquer revisão de projeto de controle de acesso, qualquer iniciativa de Role Based Access Control (RBAC). Na metodologia do RBAC, cada função tem uma lista de grupos associados, nos quais o usuário é colocado quando uma função está atribuída a ele. É impossível alinhar a função com o dado certo se a organização não pode verificar a qual dado o grupo fornece o acesso. 8. AUDITE PERMISSÕES E ALTERAÇÕES DE ASSOCIAÇÕES DE GRUPOS Listas de Controle de Acesso (ACLs) é o fundamento do mecanismo preventivo de controle no lugar de proteger dados de perdas, adulteração e exposição. A TI necessita de habilidade para capturar e reportar alterações no controle de acesso para os dados especialmente para pastas de alta sensibilidade. Se o acesso é atribuído incorretamente ou alterado para um estado mais permissivo sem uma boa razão de negócio, a TI e o dono do negócio de dados devem ser rapidamente alertados a fim de executar uma reparação. Directory Groups são as primeiras entidades nas Listas de Controle de Acesso (Active Directory, LDAP, NIS, etc.). Servidores também têm seus grupos locais que devem ser auditados. Usuários são adicionados diariamente a grupos existentes e recém-criados. Sem uma trilha de auditoria de quem está sendo adicionado e removido desses grupos, fazendo cumprir os processos de controle de acesso, faz-se impossível. Idealmente uma associação de um grupo deve ser autorizada e revisada pelo dono dos dados ou ser recurso para o grupo que fornece o acesso. 9. TRANCAR, DELETAR OU ARQUIVAR DADOS OBSOLETOS OU NÃO UTILIZADOS A maioria dos dados contidos em plataformas não estruturadas ou semiestruturadas é velha. Ao arquivar dados velhos ou não utilizados em memórias offline ou deletando-os, a TI reduz o risco de que dados obsoletos sejam acessados por partes inapropriadas, e fará com que o trabalho de gestão do restante fique mais fácil e simples, enquanto libera recursos caros. 10. LIMPE O LEGADO DE GRUPOS E ARTEFATOS DE CONTROLE DE ACESSO A complexidade desnecessária retarda o desempenho e o mais provável é que acarreta em erros. Organizações geralmente criam mais grupos do que usuários, deixando muitos grupos que estão vazios, sem uso ou em excesso. Alguns grupos contêm outros grupos, que contém outros grupos, com tantos níveis de aninhamento (que às vezes eles criam uma referência circular quando eles contêm um grupo que já contém ele mesmo). As listas de controle de acesso frequentemente contêm referências a usuários ou grupos previamente detelados (também conhecidos como SIDS órfãos ). Esse legado de grupos e má configuração de objetos de controle de acesso devem ser identificados e remediados. 11. MAIS UMA COISA: CONTROLE OS SERVIDORES DE NUVENS PÚBLICAS Com milhões de usuários atualmente utilizando Dropbox e outras nuvens públicas de serviços de colaboração para trabalhar, as organizações não podem somente ter dados armazenados em memórias sem controles ou vigilância, eles correm o rico de perder inteiramente seus dados. Usuários demandam sincronização de arquivos com seus laptops e estações de trabalho, suporte para dispositivos móveis e uma maneira fácil de compartilhar arquivos com terceiros. As organizações tanto necessitam escolher um serviço em nuvem sancionado, privado que alie complacência organizacional e requerimentos de segurança, ou estender sua infraestrutura já existente para fornecer a experiência de nuvem pública, assim, os usuários não são mais tentados a ignorar as políticas e infraestrutura da área de TI, e continua a colaborar usando a infraestrutura controlada da sua organização. 7

8 11 COISAS QUE A TI DEVE FAZER? NÃO HÁ PROBLEMA COM A VARONIS Varonis DatAdvantage automatiza as 11 coisas que a TI deve fazer. DatAdvantage entrega a visibilidade e auditoria automatizada que você precisa para determinar quem pode acessar seus dados não estruturados, quem está acessando-os, quem deve ter acesso e o que é suscetível a ser sensível. Continuamente, informações atualizadas tiradas diretamente do seu ambiente (sem impacto de desempenho para seus servidores) mostram a você cada usuário e os grupos que fazem parte, cada pasta no seu servidor de arquivos e de SharePoint, todas as caixas de e pastas públicas nos seus servidores de Exchange, e cada acesso de dados abrir, deletar, renomear, enviado e recebido, etc. para cada usuário. Todas as permissões e alterações de grupos são registradas e podem ser enviadas ao dono dos dados para aprovação inicial e/ou revisão. Clique numa pasta, site ou caixa de para ver exatamente quem tem acesso a eles, que tipo de acesso eles têm ler, escrever, executar, etc., e de onde vieram as permissões deles. Varonis DatAdvantage mostra a você o comportamento detalhado de acesso de dados e faz recomendações sobre a quem o acesso pode ser negado com segurança. Uma vez que o dono é identificado usando a atividade de acesso e análise em DatAdvantage, o dono pode ser automaticamente envolvido em decisões de autorização e revisões via DataPrivilege 8

9 SOBRE O VARONIS METADATA FRAMEWORK Atualmente, a proteção e gestão de dados escalável requer tecnologia desenhada para dar conta de todo o volume crescente e complexidade um Metadata Framework. Quatro tipos de metadados são críticos para a gestão de dados: Informações de Usuários e Grupos do Active Directory, LDAP, NIS, SharePoint, etc. Informações de Permissões sabendo quem pode ter acesso e qual dado em quais localidades. Atividade de Acesso sabendo quais usuários realmente acessam a qual dado, quando e o que eles têm feito. Indicadores de Conteúdo Sensível sabendo quais arquivos contêm itens de importância e sensibilidade e onde eles residem. O Varonis Metadata Framework, de uma maneira não intrusiva, coleta esses metadados críticos, gera metadados onde há falta deles (por exemplo, nos seus filtros de sistemas de arquivos e tecnologias de inspeção de conteúdo), pré processa-os, normaliza-os, analisa-os, arquiva-os e apresenta-os para os administradores de TI numa interface interativa e dinâmica. Uma vez que os donos dos dados são identificados, eles são propulsores para fazer uma informada manutenção de autorizações e permissões através de uma interface configurável baseada em web que depois são executadas sem gastos gerais com TI ou processos de manuais back-end. O Varonis Data Governance Suite escalará a presentes e futuros requerimentos usando uma infraestrutura padrão de computação, até o número de relações funcionais entre entidades de metadados crescer exponencialmente. Como novas plataformas e fluxos de metadados emergem, eles serão, sem problemas, assimilados dentro do framework Varonis e às metodologias produtivas que ele dispõe para proteção e gestão de dados. 9

10 VARONIS DATA GOVERNANCE SUITE A Varonis fornece um completo framework de metadados e um conjunto de produtos integrados para o gerenciamento de dados não estruturados em servidores, dispositivos NAS e servidores (semiestruturados) de SharePoint. O Varonis DatAdvantage, o DataPrivilege, e o IDU Classification Framework fornecem às organizações a habilidade de gerenciar efetivamente os dados de negócio através de uma inteligência acionável, automatização de tarefas complexas de TI e administração de sofisticados fluxos de trabalho. VARONIS DATADVANTAGE PARA WINDOWS VARONIS DATADVANTAGE PARA UNIX/LINUX VARONIS DATADVANTAGE PARA SHAREPOINT VARONIS DATADVANTAGE PARA EXCHANGE VARONIS DATADVANTAGE PARA DIRECTORY SERVICES DatAdvantage fornece uma interface única através da qual os administradores podem realizar atividades de gestão de dados. VISIBILIDADE Uma visão completa e bidirecional sobre a estrutura de permissões de arquivos não estruturados e semiestruturados de sistemas: Apresenta dados acessíveis a qualquer usuário ou grupo, e Usuários e grupos com permissões a qualquer pasta ou site. Informações de usuário e grupo de serviços de gestão são associadas diretamente com o controle de acesso de dados de arquivos e pastas. TRILHA DE AUDITORIA COMPLETA Trilha de auditoria utilizável para cada toque de cada arquivo em servidores monitorados. Informações detalhadas em cada evento de arquivo numa base de dados normalizada que é pesquisável e classificável. Coleção de dados realizada com um mínimo impacto no servidor de arquivos sem requerer auditoria nativa para Windows ou Unix. 10

11 RECOMENDAÇÕES E MODELAGEM Inteligência acionável onde o excesso de permissões de arquivos e a associação de grupos podem ser removidos com segurança sem afetar o processo de negócio. Modele alterações de permissões sem afetar os ambientes de produção. IDENTIFICAÇÃO DE PROPRIEDADE DE DADOS Análise estatística para atividade de usuários identifica efetivamente os donos de negócios de dados. Relatórios automatizados envolvem os donos de dados nos processos de gestão de dados. Facilita idas e voltas do envolvimento do dono de dados via DataPrivilege 11

12 VARONIS DATAPRIVILEGE DataPrivilege automatiza a governança de dados fornecendo um framework para usuário e donos de dados fazendo que estes sejam diretamente envolvidos na revisão de acesso e autorização de fluxos de trabalho. Uma interface tipo web configurável para donos de dados, usuários corporativos e administradores de TI, automatiza as solicitações de acesso de dados, alterações do dono e da área de TI, revisões automatizadas de titularidade e automação de política de dados de negócio (as barreiras éticas, por exemplo). Uma trilha de auditoria completa garante que as políticas de gestão de dados estejam sendo cumpridas e nos seus devidos lugares. REVISÕES AUTOMATIZADAS DE TITULARIDADE Os donos dos dados fornecem um programa de revisões de titularidade com recomendações para a remoção de acesso (gerado por DatAdvantage). Revisões podem ser programadas, baseadas na política de negócio. CONTROLE DE ACESSO DE FLUXO DE TRABALHO Usuários podem solicitar diretamente acesso a dados e a recursos de grupos, fornecendo uma explicação e duração. Donos de dados e outros interessados são envolvidos automaticamente no processo de autorização. Alterações de permissões são realizadas automaticamente uma vez que os requisitos de aprovação são atendidos dentro do vencimento atribuído. IMPLEMENTAÇÃO DE POLÍTICA DE NEGÓCIO Níveis múltiplos de autorização fornecem uma implementação automatizada de negócio e política de gestão de dados de TI. A funcionalidade de barreira ética reforça as políticas de acesso de dados. PORTAL COMPLETO DE AUTOATENDIMENTO Donos de dados podem visualizar e gerenciar permissões nos seus dados e grupos sem requerer altos privilégios de acesso, se desejado. Donos de dados podem visualizar a atividade de acesso e estatísticas de seus dados, se desejado. TRILHA DE AUDITORIA COMPLETA E REPORTE Todos os eventos de fluxo de trabalho são gravados para auditoria e reportados o que pode provar o cumprimento das práticas de gestão. Autorizações, revisões de titularidades e outros relatórios de gestão fornecem evidência à fidelidade do processo. 12

13 VARONIS IDU CLASSIFICATION FRAMEWORK O Varonis IDU Classification Framework oferece às organizações visibilidade dentro do conteúdo de dados, fornecendo inteligência onde residem os dados sensíveis através de seus sistemas de arquivos. Ao integrar informação de classificação de arquivo desde o mecanismo de classificação já incluído ou de uma classificação de produtos feita por terceiros ao lado do metadados restantes Varonis na interface do DatAdvantage, o IDU Framework permite uma inteligência acionável para a gestão de dados, incluindo um relatório priorizado daquelas pastas com o maior número de permissões expostas E contendo a maior parte de dados sensíveis. INTELIGÊNCIA ACIONÁVEL Classificação de Informação fornece visibilidade dentro do conteúdo crítico de negócio de dentro do Varonis IDU. Organizações podem ver onde seus dados mais sensíveis estão superexpostos junto com recomendações acionáveis sobre onde este acesso pode ser reduzido. ARQUITETURA EXTENSÍVEL O mecanismo de classificação de dados fornecido oferece um método poderoso e flexível para classificar dados sensíveis através de expressões usuais e buscas em dicionário. O IDU Classification Framework também pode integrar classificação de dados de conteúdo de classificação por terceiros e produtos DPL, estendendo a habilidade de ambos. Inteligente, rápido. Uma verdadeira varredura incremental é alcançada com o conhecimento em tempo real do DatAdvantage de todas as criações e modificações de arquivos somente novos dados são classificados. Produz um resultado valioso em um rápido tempo com um trajeto claro de remediação ou, então, ao próximo passo. Produz resultados dramaticamente mais rápido do que as abordagens tradicionais. 13

14 APROVEITA A INFRAESTRUTURA EXISTENTE Pode usar tanto seu próprio mecanismo de classificação já construído ou naqueles já implantados Usa uma camada única de metadados criada pelo Varonis Intelligent Data Use (IDU) Framework Constrói sobre o fundamento do Varonis IDU Framework, sem precisar de servidores ou memórias adicionais Resultados fluem dentro do Varonis DatAdvantage e do Varonis DataPrivilege (futuro) FÁCIL, REGRAS PODEROSAS DE CLASSIFICAÇÃO Regras encontram uma combinação de conteúdo E condições de metadados (criador, usuário de acesso, conjunto de permissões, por exemplo). Priorização baseada em metadados Varonis (ex.: escanear primeiro as pastas mais expostas). Arquivos são procurados por palavras-chave, frases e/ou padrões de expressões comuns. Dicionário dinâmico e automaticamente atualizado combinando capacidades. 14

15 VARONIS DATA TRANSPORT ENGINE Com uma escolha entre processos manuais e utilitários primitivos, a migração e o arquivamento de dados tem sido um pesadelo de consumo de tempo para a área de TI. Nós sempre fomos capazes de descrever com certa clareza o que nós queremos que aconteça durante uma migração, mas assegurar o que queremos que aconteça para que realmente aconteça sempre exigiu planos massivos, testes, ajustes, verificações e dedos cruzados. Pelo sistema de aproveitamento de arquivo, permissões, atividades de acesso e metadados de conteúdo através de UNIX e arquivos de compartilhamento de Windows, SharePoint, caixas de de Exchange e pastas públicas, o Varonis Metadata Framework fornece um inteligência crítica que faz com que a migração de dados seja mais eficiente e mais segura, também como qual dado está ativo ou parado, qual conteúdo pode ser sensível ou regular, e quais permissões podem ser excessivas ou inutilizáveis. Agora, com uma máquina de regras inteligentes e mecanismo de agendamento, o Varonis Data Transport Engine (DTE) permite que o pessoal de TI possa configurar um critério dinâmico de dados para identificar o dado que deve ser movido, onde ele deve parar, quando ele deve ser movido, ou onde as permissões podem efetivamente permanecerem as mesmas ou serem alteradas (para melhor), depois executar a migração automática de ponta a ponta. O Varonis Data Transport Engine automatiza todo o trabalho pesado: copiando dados e metadados enquanto adere a janelas de manutenção e outros limites de programação, automaticamente sincronizando a fonte e destino com cópias incrementais mesmo se a fonte dos dados ainda vive, traduzindo permissões através de plataformas e domínios, e reportando durante o progresso cada passo dado. O DTE é construído no topo do framework de metadados Varonis, por esse motivo, você poderá ter certeza de que todos os dados são gerenciados e protegidos, onde somente as pessoas certas tem acesso, todos os usuários são monitorados e o abuso é sinalizado antes e depois de um movimento. Você saberá quais usuários estão felizes usando seu novo servidor ou plataforma para colaborar com os dados deles, e quais nem leram o memo. Com o Varonis Data Transport Engine, a área de TI finalmente tem um sistema inteligente que pode dizer como se parece uma migração ideal, e tomará conta de todos os detalhes assustadores para você. Diga adeus aos turnos de fim de semana e às longas madrugadas somente descreva sua migração ideal, simule-a antes de executá-la, e a automação fará acontecer rapidamente e de forma segura. 15

16 VARONIS DATANYWHERE Varonis DatAnywhere estende a infraestrutura corporativa, dessa forma, funcionários podem acessar recursos de LAN tradicional com a mesma experiência robusta fornecida pelos serviços baseados em nuvem de sincronização. Com o DatAnywhere, os funcionários podem: Sincronizar automaticamente e com segurança arquivos de compartilhamento de arquivos corporativos de e para seus laptops (futuro: Smartphones e tablets). Autenticar com serviços corporativos de gestão (ex.: Active Directory). Compartilhar arquivos com segurança com outros funcionários e parceiros externos de negócio. Varonis DatAnywhere representa e dinamiza o acesso a infraestruturas corporativas já existentes, traduzindo o legado de protocolos baseados em LAN (ex.: CIFS) em um protocolo otimizado para os funcionários remotos atuais, alavancando comunicações seguras em HTTPS e perfeitamente integrando, junto a serviços corporativos de gestão, controles de acessos, proteção de dados e processos de gerenciamento. As organizações podem fornecer sua experiência em nuvem sem mover seus dados de servidores já existentes, sem reconfigurar os grupos e listas de controle de acesso, e sem novos custos e dores de cabeça de gerenciamento com uma infraestrutura separada e incompatível. Quando combinados com o restante do Varonis Data Governance Suite, as organizações têm uma solução completa para otimizar automaticamente os controles de acesso envolvendo os donos corretos de dados, auditar todas as atividades e sinalizar atividade suspeita através de todos os dados não estruturados, se está sendo usado por funcionários da casa dentro da LAN ou por funcionários remotos usando serviços tipo nuvem. Onde quer que resida, o conteúdo regular ou sensível pode ser identificado e bloqueado com segurança. 16

17 SOBRE A VARONIS A Varonis é líder em software de governança de dados semiestruturados e não estruturados. Baseado em uma tecnologia patenteada e uma plataforma de análise de alta precisão, as soluções Varonis oferecem às organizações visibilidade total e controle sobre seus dados, o que garante que somente os usuários adequados tenham acesso aos dados corretos em todos os momentos. A Varonis torna a colaboração digital algo seguro, fácil e eficiente, o que deixa as pessoas mais livres para trabalhar, criar e compartilhar conteúdo de forma mais fácil com quem precisa, de modo que as organizações tenham certeza de que seu conteúdo gerado por pessoas está protegido e gerenciado de forma eficiente. Avaliação grátis de 30 dias: DENTRO DE HORAS APÓS A INSTALAÇÃO Você pode auditar as permissões existentes e gerar relatórios sobre as suas permissões e relações entre usuários e grupos. DIAS APÓS A INSTALAÇÃO O Varonis DatAdvantage irá te mostrar quais usuários acessam seus dados e como 3 SEMANAS APÓS A INSTALAÇÃO O Varonis DatAdvantage fará recomendações confiáveis sobre quais permissões podem ser removidas ou reduzidas apenas para que os usuários corretos tenham acesso a seus dados. BRASIL Carlos Rodrigues T E 17

VARONIS WHITEPAPER Obtenha O Controle Dos Seus Arquivos Em Nuvem

VARONIS WHITEPAPER Obtenha O Controle Dos Seus Arquivos Em Nuvem VARONIS WHITEPAPER Obtenha O Controle Dos Seus Arquivos Em Nuvem CONTEÚDO DESTA NOTA TÉCNICA INTRODUÇÃO 3 QUAIS SÃO OS SERVIÇOS DE SINCRONIZAÇÃO DE ARQUIVO? 4 PROBLEMAS COM AS ATUAIS SOLUÇÕES EM NUVEM

Leia mais

Requisito Controle CobIT Descrição Funcionalidade Varonis. autorizado a usá-los.

Requisito Controle CobIT Descrição Funcionalidade Varonis. autorizado a usá-los. Requisito Controle CobIT Descrição Funcionalidade Varonis As seções 302 e 404 salientam O Varonis DatAdfvantage que o CEO e o CFO são monitora e armazena, em Avaliação de riscos Avaliação de riscos diretamente

Leia mais

Otimização do Gerenciamento de Datacenters com o Microsoft System Center

Otimização do Gerenciamento de Datacenters com o Microsoft System Center Otimização do Gerenciamento de Datacenters com o Microsoft System Center Aviso de Isenção de Responsabilidade e Direitos Autorais As informações contidas neste documento representam a visão atual da Microsoft

Leia mais

RESUMO DA SOLUÇÃO Gerenciamento de acesso orientado a conteúdo da CA para SharePoint

RESUMO DA SOLUÇÃO Gerenciamento de acesso orientado a conteúdo da CA para SharePoint RESUMO DA SOLUÇÃO Gerenciamento de acesso orientado a conteúdo da CA para SharePoint Posso possibilitar o negócio e, ao mesmo tempo, proteger o conteúdo confidencial com o Microsoft SharePoint? agility

Leia mais

SAM GERENCIAMENTO DE ATIVOS DE SOFTWARE

SAM GERENCIAMENTO DE ATIVOS DE SOFTWARE SAM GERENCIAMENTO DE ATIVOS DE SOFTWARE Modelo de Otimização de SAM Controle, otimize, cresça Em um mercado internacional em constante mudança, as empresas buscam oportunidades de ganhar vantagem competitiva

Leia mais

UTILIZAÇÃO DA COMPETÊNCIA DE TI ATRAVÉS DE UM ABRANGENTE PLANEJAMENTO DE CAPACIDADE E MODELAGEM DE CARGAS DE TRABALHO

UTILIZAÇÃO DA COMPETÊNCIA DE TI ATRAVÉS DE UM ABRANGENTE PLANEJAMENTO DE CAPACIDADE E MODELAGEM DE CARGAS DE TRABALHO S Y S T E M S ASG-PERFMAN 2020 UTILIZAÇÃO DA COMPETÊNCIA DE TI ATRAVÉS DE UM ABRANGENTE PLANEJAMENTO DE CAPACIDADE E MODELAGEM DE CARGAS DE TRABALHO ASG ASG-PERFMAN 2020: Visão Global A sua capacidade

Leia mais

Segurança + Conformidade. Dentro do Prazo e Orçamento Previsto Sob Demanda

Segurança + Conformidade. Dentro do Prazo e Orçamento Previsto Sob Demanda Segurança + Conformidade Dentro do Prazo e Orçamento Previsto Sob Demanda Segurança e Conformidade via Software-as-a-Service (SaaS) Hoje em dia, é essencial para as empresas administrarem riscos de segurança

Leia mais

Gestão da Tecnologia da Informação

Gestão da Tecnologia da Informação TLCne-051027-P0 Gestão da Tecnologia da Informação Disciplina: Governança de TI São Paulo, Outubro de 2012 0 Sumário TLCne-051027-P1 Conteúdo desta Aula Abordar o domínio Adquirir e Implementar e todos

Leia mais

Glossário Apresenta a definição dos termos, siglas e abreviações utilizadas no contexto do projeto Citsmart.

Glossário Apresenta a definição dos termos, siglas e abreviações utilizadas no contexto do projeto Citsmart. Apresenta a definição dos termos, siglas e abreviações utilizadas no contexto do projeto Citsmart. Versão 1.6 15/08/2013 Visão Resumida Data Criação 15/08/2013 Versão Documento 1.6 Projeto Responsáveis

Leia mais

Gerenciador de Mudanças automatizadas

Gerenciador de Mudanças automatizadas Benefícios para os Negócios Minimizando a dependência em processos manuais e reduzindo risco de erro humano Reduz o tempo, esforço e risco de erro humano que existem ao mudar a configuração em dispositivos

Leia mais

Um White Paper da Websense Web Security Gateway: A Web 2.0 Protegida e Simplificada

Um White Paper da Websense Web Security Gateway: A Web 2.0 Protegida e Simplificada Um White Paper da Websense Web Security Gateway: A Web 2.0 Protegida e Simplificada Visão Geral do Mercado Embora o uso dos produtos da Web 2.0 esteja crescendo rapidamente, seu impacto integral sobre

Leia mais

Estratégias para avaliação da segurança da computação em nuvens

Estratégias para avaliação da segurança da computação em nuvens Academia de Tecnologia da IBM White paper de liderança de pensamento Novembro de 2010 Estratégias para avaliação da segurança da computação em nuvens 2 Proteção da nuvem: do desenvolvimento da estratégia

Leia mais

Eficiência na manutenção de dados mestres referentes a clientes, fornecedores, materiais e preços

Eficiência na manutenção de dados mestres referentes a clientes, fornecedores, materiais e preços da solução SAP SAP ERP SAP Data Maintenance for ERP by Vistex Objetivos Eficiência na manutenção de dados mestres referentes a clientes, fornecedores, materiais e preços Entregar a manutenção de dados

Leia mais

Introdução a listas - Windows SharePoint Services - Microsoft Office Online

Introdução a listas - Windows SharePoint Services - Microsoft Office Online Page 1 of 5 Windows SharePoint Services Introdução a listas Ocultar tudo Uma lista é um conjunto de informações que você compartilha com membros da equipe. Por exemplo, você pode criar uma folha de inscrição

Leia mais

Gerenciador de portas de Switch (es)

Gerenciador de portas de Switch (es) Benefícios para os Negócios Controle Automatizado de Acesso a Portas de Switch(es) de Rede e Hosts Finais A capacidade de planejamento ao acompanhar portas livres, em uso e definidas por usuário. Encontre

Leia mais

POLÍTICA DE SEGURANÇA DA INFORMAÇÃO

POLÍTICA DE SEGURANÇA DA INFORMAÇÃO POLÍTICA DE SEGURANÇA DA INFORMAÇÃO BASEADO NA NORMA ABNT 21:204.01-010 A Política de segurança da informação, na empresa Agiliza Promotora de Vendas, aplica-se a todos os funcionários, prestadores de

Leia mais

SIMULADO: Simulado 3 - ITIL Foundation v3-40 Perguntas em Português

SIMULADO: Simulado 3 - ITIL Foundation v3-40 Perguntas em Português 1 de 7 28/10/2012 16:47 SIMULADO: Simulado 3 - ITIL Foundation v3-40 Perguntas em Português RESULTADO DO SIMULADO Total de questões: 40 Pontos: 0 Score: 0 % Tempo restante: 55:07 min Resultado: Você precisa

Leia mais

Forefront Server Security Management Console: Gerenciamento Simplificado da Segurança para Mensagens e Colaboração White Paper

Forefront Server Security Management Console: Gerenciamento Simplificado da Segurança para Mensagens e Colaboração White Paper Forefront Server Security Management Console: Gerenciamento Simplificado da Segurança para Mensagens e Colaboração White Paper Outubro de 2007 Resumo Este white paper explica a função do Forefront Server

Leia mais

NetMRI. Reduzir riscos e melhorar a eficiência da área de TI através de Configuração de rede automática e Gestão de mudança(s)

NetMRI. Reduzir riscos e melhorar a eficiência da área de TI através de Configuração de rede automática e Gestão de mudança(s) Benefícios para os Negócios Detecte e automatize mudanças de rede, e veja quem mudou o que, quando e onde, e monitore qual o impacto na condição e estabilidade da rede. Reduza as suposições com total descoberta,

Leia mais

10 DICAS DE TECNOLOGIA PARA AUMENTAR SUA PRODUTIVIDADE NO TRABALHO

10 DICAS DE TECNOLOGIA PARA AUMENTAR SUA PRODUTIVIDADE NO TRABALHO 10 DICAS DE TECNOLOGIA PARA AUMENTAR SUA PRODUTIVIDADE NO TRABALHO UMA DAS GRANDES FUNÇÕES DA TECNOLOGIA É A DE FACILITAR A VIDA DO HOMEM, SEJA NA VIDA PESSOAL OU CORPORATIVA. ATRAVÉS DELA, ELE CONSEGUE

Leia mais

Tableau Online Segurança na nuvem

Tableau Online Segurança na nuvem Tableau Online Segurança na nuvem Autor(a): Ellie Fields Diretora Sênior de Marketing de Produtos, Tableau Software Junho de 2013 p2 A Tableau Software entende que os dados são um dos ativos mais estratégicos

Leia mais

Consolidação inteligente de servidores com o System Center

Consolidação inteligente de servidores com o System Center Consolidação de servidores por meio da virtualização Determinação do local dos sistemas convidados: a necessidade de determinar o melhor host de virtualização que possa lidar com os requisitos do sistema

Leia mais

Universo Online S.A 1

Universo Online S.A 1 Universo Online S.A 1 1. Sobre o UOL HOST O UOL HOST é uma empresa de hospedagem e serviços web do Grupo UOL e conta com a experiência de mais de 15 anos da marca sinônimo de internet no Brasil. Criado

Leia mais

GERENCIAMENTO CENTRALIZADO DELL POWERVAULT DL 2000 BASEADO EM TECNOLOGIA SYMANTEC

GERENCIAMENTO CENTRALIZADO DELL POWERVAULT DL 2000 BASEADO EM TECNOLOGIA SYMANTEC GERENCIAMENTO CENTRALIZADO DELL POWERVAULT DL 2000 BASEADO EM TECNOLOGIA SYMANTEC RESUMO EXECUTIVO O PowerVault DL2000, baseado na tecnologia Symantec Backup Exec, oferece a única solução de backup em

Leia mais

ADMINISTRAÇÃO DE SISTEMAS OPERACIONAIS SERVIÇOS IMPRESSÃO. Professor Carlos Muniz

ADMINISTRAÇÃO DE SISTEMAS OPERACIONAIS SERVIÇOS IMPRESSÃO. Professor Carlos Muniz ADMINISTRAÇÃO DE SISTEMAS OPERACIONAIS SERVIÇOS IMPRESSÃO Serviços de impressão Os serviços de impressão permitem compartilhar impressoras em uma rede, bem como centralizar as tarefas de gerenciamento

Leia mais

CONECTIVIDADE INOVADORA. MULTI-SITE E MULTI-FORNECEDORES. UMA ÚNICA LISTA DE TRABALHO GLOBAL. Vue Connect. Enterprise IMAGE/ARTWORK AREA

CONECTIVIDADE INOVADORA. MULTI-SITE E MULTI-FORNECEDORES. UMA ÚNICA LISTA DE TRABALHO GLOBAL. Vue Connect. Enterprise IMAGE/ARTWORK AREA Vue Connect Enterprise Workflow MULTI-SITE E MULTI-FORNECEDORES. UMA ÚNICA LISTA DE TRABALHO GLOBAL. Para empresas que possuem diversas unidades, uma ampla gama de instalações, fluxo de trabalho departamental

Leia mais

Segurança do SharePoint em ação: melhores práticas orientam a colaboração segura. agility made possible

Segurança do SharePoint em ação: melhores práticas orientam a colaboração segura. agility made possible Segurança do SharePoint em ação: melhores práticas orientam a colaboração segura agility made possible Um dos aplicativos mais amplamente implantados em uso atualmente, o Microsoft SharePoint Server, conquistou

Leia mais

http://aurelio.net/vim/vim-basico.txt Entrar neste site/arquivo e estudar esse aplicativo Prof. Ricardo César de Carvalho

http://aurelio.net/vim/vim-basico.txt Entrar neste site/arquivo e estudar esse aplicativo Prof. Ricardo César de Carvalho vi http://aurelio.net/vim/vim-basico.txt Entrar neste site/arquivo e estudar esse aplicativo Administração de Redes de Computadores Resumo de Serviços em Rede Linux Controlador de Domínio Servidor DNS

Leia mais

Como usar a nuvem para continuidade dos negócios e recuperação de desastres

Como usar a nuvem para continuidade dos negócios e recuperação de desastres Como usar a nuvem para continuidade dos negócios e recuperação de desastres Há diversos motivos para as empresas de hoje enxergarem o valor de um serviço de nuvem, seja uma nuvem privada oferecida por

Leia mais

GOVERNANÇA DE ACESSO E IDENTIDADE ORIENTADA AOS NEGÓCIOS: A IMPORTÂNCIA DE UMA NOVA ABORDAGEM

GOVERNANÇA DE ACESSO E IDENTIDADE ORIENTADA AOS NEGÓCIOS: A IMPORTÂNCIA DE UMA NOVA ABORDAGEM GOVERNANÇA DE ACESSO E IDENTIDADE ORIENTADA AOS NEGÓCIOS: A IMPORTÂNCIA DE UMA NOVA ABORDAGEM RESUMO Há anos, os gerentes de segurança das informações e de linhas de negócios sabem, intuitivamente, que

Leia mais

O poder da colaboração e da comunicação baseadas na Nuvem

O poder da colaboração e da comunicação baseadas na Nuvem O poder da colaboração e da comunicação baseadas na Nuvem O Microsoft Office 365 é a suíte de Produtividade da Microsoft, que oferece as vantagens da Nuvem a empresas de todos os tamanhos, ajudando-as

Leia mais

Implementando e Gerenciando Diretivas de Grupo

Implementando e Gerenciando Diretivas de Grupo Implementando e Gerenciando Diretivas de João Medeiros (joao.fatern@gmail.com) 1 / 37 Introdução a diretivas de grupo - GPO Introdução a diretivas de grupo - GPO Introdução a diretivas de grupo Criando

Leia mais

Visão geral híbrida de Serviços Corporativos de Conectividade do SharePoint 2013

Visão geral híbrida de Serviços Corporativos de Conectividade do SharePoint 2013 Visão geral híbrida de Serviços Corporativos de Conectividade do SharePoint 2013 Christopher J Fox Microsoft Corporation Novembro de 2012 Aplica-se a: SharePoint 2013, SharePoint Online Resumo: Um ambiente

Leia mais

EXIN Cloud Computing Fundamentos

EXIN Cloud Computing Fundamentos Exame Simulado EXIN Cloud Computing Fundamentos Edição Maio 2013 Copyright 2013 EXIN Todos os direitos reservados. Nenhuma parte desta publicação pode ser publicado, reproduzido, copiado ou armazenada

Leia mais

Gerencie a força de trabalho móvel, sem a complexidade e o custo de uma instalação on-premise

Gerencie a força de trabalho móvel, sem a complexidade e o custo de uma instalação on-premise de Soluções SAP SAP Afaria, edição para nuvem Objetivos Gerencie a força de trabalho móvel, sem a complexidade e o custo de uma instalação on-premise 2013 SAP AG ou empresa afiliada da SAP. Investimentos

Leia mais

CA Protection Suites Proteção Total de Dados

CA Protection Suites Proteção Total de Dados CA Protection Suites Proteção Total de Dados CA. Líder mundial em software para Gestão Integrada de TI. CA Protection Suites Antivírus Anti-spyware Backup Migração de dados Os CA Protection Suites oferecem

Leia mais

Requisitos de business intelligence para TI: O que todo gerente de TI deve saber sobre as necessidades reais de usuários comerciais para BI

Requisitos de business intelligence para TI: O que todo gerente de TI deve saber sobre as necessidades reais de usuários comerciais para BI Requisitos de business intelligence para TI: O que todo gerente de TI deve saber sobre as necessidades reais de usuários comerciais para BI Janeiro de 2011 p2 Usuários comerciais e organizações precisam

Leia mais

Access Professional Edition O sistema de controle de acesso flexível que cresce com o seu negócio

Access Professional Edition O sistema de controle de acesso flexível que cresce com o seu negócio Access Professional Edition O sistema de controle de acesso flexível que cresce com o seu negócio 2 Access Professional Edition: a solução de controle de acesso ideal para empresas de pequeno e médio porte

Leia mais

BlackBerry Mobile Voice System

BlackBerry Mobile Voice System BlackBerry Mobile Voice System BlackBerry Mobile Voice System Comunicações móveis unificadas O Mobile Voice System ( MVS) foi projetado para unificar os recursos do telefone fixo aos smartphones e às redes

Leia mais

Sincronização do Catálogo de Endereços no MDaemon 6.x com o uso do ComAgent, LDAP, MAPI e WAB

Sincronização do Catálogo de Endereços no MDaemon 6.x com o uso do ComAgent, LDAP, MAPI e WAB Sincronização do Catálogo de Endereços no MDaemon 6.x com o uso do ComAgent, LDAP, MAPI e WAB Alt-N Technologies, Ltd 1179 Corporate Drive West, #103 Arlington, TX 76006 Tel: (817) 652-0204 2002 Alt-N

Leia mais

Seu dia é mais inteligente

Seu dia é mais inteligente Seu dia é mais inteligente O 2007 Microsoft Office system é uma plataforma de soluções inteligentes para tarefas operacionais, estratégicas e organizacionais. O conjunto de aplicativos e servidores e a

Leia mais

Manual de Operações Básicas. Thiago Passamani

Manual de Operações Básicas. Thiago Passamani Manual de Operações Básicas Thiago Passamani 1 - Entrando e saindo do sistema O Zimbra Suíte de Colaboração é um software de correio eletrônico open source com suporte para e-mail, contatos, calendário

Leia mais

Como posso permitir um acesso conveniente e seguro ao Microsoft SharePoint?

Como posso permitir um acesso conveniente e seguro ao Microsoft SharePoint? RESUMO DA SOLUÇÃO Solução de segurança do SharePoint da CA Technologies Como posso permitir um acesso conveniente e seguro ao Microsoft SharePoint? agility made possible A solução de segurança do SharePoint

Leia mais

Resumo da solução SAP SAP Technology SAP Afaria. Gestão da mobilidade empresarial como vantagem competitiva

Resumo da solução SAP SAP Technology SAP Afaria. Gestão da mobilidade empresarial como vantagem competitiva da solução SAP SAP Technology SAP Afaria Objetivos Gestão da mobilidade empresarial como vantagem competitiva Simplifique a gestão de dispositivos e aplicativos Simplifique a gestão de dispositivos e aplicativos

Leia mais

SolarWinds Kiwi Syslog Server

SolarWinds Kiwi Syslog Server SolarWinds Kiwi Syslog Server Monitoramento de syslog fácil de usar e econômico O Kiwi Syslog Server oferece aos administradores de TI o software de gerenciamento mais econômico do setor. Fácil de instalar

Leia mais

Guia de Atualização PROJURIS WEB 4.5. Manual do Técnico Atualização - ProJuris Web 4.5. Manual do Técnico Atualização - ProJuris Web 4.

Guia de Atualização PROJURIS WEB 4.5. Manual do Técnico Atualização - ProJuris Web 4.5. Manual do Técnico Atualização - ProJuris Web 4. Guia de Atualização PROJURIS WEB 4.5 Por: Fabio Pozzebon Soares Página 1 de 11 Sistema ProJuris é um conjunto de componentes 100% Web, nativamente integrados, e que possuem interface com vários idiomas,

Leia mais

RESUMO DA SOLUÇÃO CA ERwin Modeling. Como eu posso gerenciar a complexidade dos dados e aumentar a agilidade dos negócios?

RESUMO DA SOLUÇÃO CA ERwin Modeling. Como eu posso gerenciar a complexidade dos dados e aumentar a agilidade dos negócios? RESUMO DA SOLUÇÃO CA ERwin Modeling Como eu posso gerenciar a complexidade dos dados e aumentar a agilidade dos negócios? O CA ERwin Modeling fornece uma visão centralizada das principais definições de

Leia mais

CONSULTORIA E SERVIÇOS DE INFORMÁTICA

CONSULTORIA E SERVIÇOS DE INFORMÁTICA CONSULTORIA E SERVIÇOS DE INFORMÁTICA Quem Somos A Vital T.I surgiu com apenas um propósito: atender com dedicação nossos clientes. Para nós, cada cliente é especial e procuramos entender toda a dinâmica

Leia mais

Aumente o valor do ciclo de vida de cada cliente

Aumente o valor do ciclo de vida de cada cliente Engajamento com o Cliente Gerenciamento de Ciclo de Vida do Cliente Informativo Torne cada interação relevante e envolvente Aumente o valor do ciclo de vida de cada cliente Gerenciamento do ciclo de vida

Leia mais

Google Drive. Passos. Configurando o Google Drive

Google Drive. Passos. Configurando o Google Drive Google Drive um sistema de armazenagem de arquivos ligado à sua conta Google e acessível via Internet, desta forma você pode acessar seus arquivos a partir de qualquer dispositivo que tenha acesso à Internet.

Leia mais

Manual do Usuário ZKPatrol1.0

Manual do Usuário ZKPatrol1.0 Manual do Usuário ZKPatrol1.0 SOFTWARE Sumário 1 Introdução de Funções... 3 1.2 Operação Básica... 4 1.3 Seleção de idioma... 4 2 Gerenciamento do Sistema... 5 2.1 Entrar no sistema... 5 2.2 Sair do Sistema...

Leia mais

Relatório sobre Segurança da Informação nas Empresas RESULTADOS DA AMÉRICA LATINA

Relatório sobre Segurança da Informação nas Empresas RESULTADOS DA AMÉRICA LATINA 2011 Relatório sobre Segurança da Informação nas Empresas RESULTADOS DA AMÉRICA LATINA SUMÁRIO Introdução... 4 Metodologia... 6 Resultado 1: Cibersegurança é importante para os negócios... 8 Resultado

Leia mais

Access Professional Edition O sistema de controle de acesso flexível que cresce com o seu negócio

Access Professional Edition O sistema de controle de acesso flexível que cresce com o seu negócio Access Professional Edition O sistema de controle de acesso flexível que cresce com o seu negócio 2 Access Professional Edition: a solução de controle de acesso ideal para empresas de pequeno e médio porte

Leia mais

NUVEM HÍBRIDA: DEIXE AS PREOCUPAÇÕES COM SEGURANÇA NO PASSADO.

NUVEM HÍBRIDA: DEIXE AS PREOCUPAÇÕES COM SEGURANÇA NO PASSADO. NUVEM HÍBRIDA: DEIXE AS PREOCUPAÇÕES COM SEGURANÇA NO PASSADO. Muitas empresas brasileiras estão interessadas nas vantagens proporcionadas pela computação em nuvem, como flexibilidade, agilidade e escalabilidade,

Leia mais

Qual servidor é o mais adequado para você?

Qual servidor é o mais adequado para você? Qual servidor é o mais adequado para você? Proteção de dados Tenho medo de perder dados se e o meu computador travar Preciso proteger dados confidenciais Preciso de acesso restrito a dados Acesso a dados

Leia mais

PÚBLICA, PRIVADA OU HÍBRIDA: QUAL É A MELHOR NUVEM PARA SEUS APLICATIVOS?

PÚBLICA, PRIVADA OU HÍBRIDA: QUAL É A MELHOR NUVEM PARA SEUS APLICATIVOS? PÚBLICA, PRIVADA OU HÍBRIDA: QUAL É A MELHOR NUVEM PARA SEUS APLICATIVOS? As ofertas de nuvem pública proliferaram, e a nuvem privada se popularizou. Agora, é uma questão de como aproveitar o potencial

Leia mais

Planejando uma política de segurança da informação

Planejando uma política de segurança da informação Planejando uma política de segurança da informação Para que se possa planejar uma política de segurança da informação em uma empresa é necessário levantar os Riscos, as Ameaças e as Vulnerabilidades de

Leia mais

Especificações da oferta Gerenciamento de dispositivos distribuídos: Gerenciamento de ativos

Especificações da oferta Gerenciamento de dispositivos distribuídos: Gerenciamento de ativos Visão geral do Serviço Especificações da oferta Gerenciamento de dispositivos distribuídos: Gerenciamento de ativos Os Serviços de gerenciamento de dispositivos distribuídos ajudam você a controlar ativos

Leia mais

Manual Vivo Sync. Manual do Usuário. Versão 1.0.0. Copyright Vivo 2013. http://vivosync.com.br

Manual Vivo Sync. Manual do Usuário. Versão 1.0.0. Copyright Vivo 2013. http://vivosync.com.br Manual do Usuário Versão 1.0.0 Copyright Vivo 2013 http://vivosync.com.br 1 1 Índice 1 Índice... 2 2 Vivo Sync... 4 3 Vivo Sync Web... 5 3.1 Página Inicial... 5 3.1.1 Novo Contato... 6 3.1.2 Editar Contato...

Leia mais

Controle e Monitoramento Inteligente dos processos e regras de negócios utilizando a Plataforma Zabbix

Controle e Monitoramento Inteligente dos processos e regras de negócios utilizando a Plataforma Zabbix 1/7 Controle e Monitoramento Inteligente dos processos e regras de negócios utilizando a Plataforma Zabbix Navegue: 1/7 > www.alertasecurity.com.br +55 11 3105.8655 2/7 PERFIL ALERTA SECURITY SOLUTIONS

Leia mais

O futuro da produtividade

O futuro da produtividade O futuro da produtividade Ambiente cada vez mais exigente CONSUMO DO PRODUTO 11% de profissionais da informação visitam sites de rede social para o trabalho FORÇA DE TRABALHO MULTIGERAÇÃO 4milhões de jovens

Leia mais

Rational Quality Manager. Nome: Raphael Castellano Campus: AKXE Matrícula: 200601124831

Rational Quality Manager. Nome: Raphael Castellano Campus: AKXE Matrícula: 200601124831 Rational Quality Manager Nome: Raphael Castellano Campus: AKXE Matrícula: 200601124831 1 Informações Gerais Informações Gerais sobre o RQM http://www-01.ibm.com/software/awdtools/rqm/ Link para o RQM https://rqmtreina.mvrec.local:9443/jazz/web/console

Leia mais

Soluções de Gerenciamento de Clientes e de Impressão Universal

Soluções de Gerenciamento de Clientes e de Impressão Universal Soluções de Gerenciamento de Clientes e de Impressão Universal Guia do Usuário Copyright 2007 Hewlett-Packard Development Company, L.P. Windows é uma marca registrada nos Estados Unidos da Microsoft Corporation.

Leia mais

Manual Vivo Sync. Manual do Usuário. Versão 1.0.0. Copyright Vivo 2013. http://vivosync.com.br

Manual Vivo Sync. Manual do Usuário. Versão 1.0.0. Copyright Vivo 2013. http://vivosync.com.br Manual do Usuário Versão 1.0.0 Copyright Vivo 2013 http://vivosync.com.br 1 1 Índice 1 Índice... 2 2 Vivo Sync... 5 3 Vivo Sync Web... 6 3.1 Página Inicial... 6 3.1.1 Novo Contato... 7 3.1.2 Editar Contato...

Leia mais

www.lanuniversity.com.br MCTS SHAREPOINT 2010, CONFIGURING Um exame para obter a Certificação completa

www.lanuniversity.com.br MCTS SHAREPOINT 2010, CONFIGURING Um exame para obter a Certificação completa www.lanuniversity.com.br MCTS SHAREPOINT 2010, CONFIGURING Um exame para obter a Certificação completa 10174B - Configuring and Administering Microsoft SharePoint 2010 Exame 70-667 Módulo 1: Introdução

Leia mais

Proteção de ambientes Citrix XenServer com Arcserve

Proteção de ambientes Citrix XenServer com Arcserve Proteção de ambientes Citrix XenServer com Arcserve Desafios do cliente Hoje em dia, você enfrenta desafios como acordos de nível de serviço exigentes e limitações de equipe e orçamento. Você procura maneiras

Leia mais

BlackBerry Mobile Voice System

BlackBerry Mobile Voice System BlackBerry Mobile Voice System Comunicações móveis unificadas O BlackBerry Mobile Voice System (BlackBerry MVS) leva os recursos do telefone do escritório aos smartphones BlackBerry. Você pode trabalhar

Leia mais

Planejando o aplicativo

Planejando o aplicativo Um aplicativo do Visual FoxPro geralmente inclui um ou mais bancos de dados, um programa principal que configura o ambiente de sistema do aplicativo, além de uma interface com os usuários composta por

Leia mais

Sistemas de Informação I

Sistemas de Informação I + Sistemas de Informação I Dimensões de análise dos SI Ricardo de Sousa Britto rbritto@ufpi.edu.br + Introdução n Os sistemas de informação são combinações das formas de trabalho, informações, pessoas

Leia mais

CONCORRÊNCIA AA Nº 05/2009 BNDES ANEXO X PROJETO BÁSICO: DESCRIÇÃO DOS PROCESSOS DE TI

CONCORRÊNCIA AA Nº 05/2009 BNDES ANEXO X PROJETO BÁSICO: DESCRIÇÃO DOS PROCESSOS DE TI CONCORRÊNCIA AA Nº 05/2009 BNDES ANEXO X PROJETO BÁSICO: DESCRIÇÃO DOS PROCESSOS DE TI 1. PI06 TI 1.1. Processos a serem Atendidos pelos APLICATIVOS DESENVOLVIDOS Os seguintes processos do MACROPROCESSO

Leia mais

ArcGIS for Server: Administração e Configuração do Site (10.2)

ArcGIS for Server: Administração e Configuração do Site (10.2) ArcGIS for Server: Administração e Configuração do Site (10.2) Duração: 3 dias (24 horas) Versão do ArcGIS: 10.2 Material didático: Inglês Descrição Projetado para administradores, este curso ensina como

Leia mais

Forneça a próxima onda de inovações empresariais com o Open Network Environment

Forneça a próxima onda de inovações empresariais com o Open Network Environment Visão geral da solução Forneça a próxima onda de inovações empresariais com o Open Network Environment Visão geral À medida que tecnologias como nuvem, mobilidade, mídias sociais e vídeo assumem papéis

Leia mais

Estratégia da VMware: O modelo corporativo definido por software e o desafio de simplificar a TI. Anderson Ferreira Bruno Amaral 22 Ago 2014

Estratégia da VMware: O modelo corporativo definido por software e o desafio de simplificar a TI. Anderson Ferreira Bruno Amaral 22 Ago 2014 Estratégia da VMware: O modelo corporativo definido por software e o desafio de simplificar a TI Anderson Ferreira Bruno Amaral 22 Ago 2014 Desafios de TI Arquitetura da VMware Estratégia da VMware Sucesso

Leia mais

Sobre Nós. NossaVisão

Sobre Nós. NossaVisão 2015 Sobre Nós 1 ArtsSec foi fundada por um grupo de profissionais dedicados à segurança da informação a fim de proporcionar soluções criativas e de alto valor aos seus clientes. A empresa surgiu em 2012,

Leia mais

C O B I T. Gerenciamento dos Riscos Mitigação. Aceitação. Transferência. Evitar/Eliminar.

C O B I T. Gerenciamento dos Riscos Mitigação. Aceitação. Transferência. Evitar/Eliminar. C O B I T Evolução Estratégica A) Provedor de Tecnologia Gerenciamento de Infra-estrutura de TI (ITIM) B) Provedor de Serviços Gerenciamento de Serviços de TI (ITSM) C) Parceiro Estratégico Governança

Leia mais

O TRAFip é uma poderosa ferramenta de coleta e caracterização de tráfego de rede IP, que vem resolver esse problema de forma definitiva.

O TRAFip é uma poderosa ferramenta de coleta e caracterização de tráfego de rede IP, que vem resolver esse problema de forma definitiva. Não há dúvida de que o ambiente de rede está cada vez mais complexo e que sua gestão é um grande desafio. Nesse cenário, saber o que está passando por essa importante infraestrutura é um ponto crítico

Leia mais

Segurança da Informação

Segurança da Informação Em parceria com: Segurança da Informação Sua organização se preocupa em proteger as informações? Informação X Segurança DO QUE proteger as informações? ENTENDENDO A AMEAÇA Existem mais de 26.000 produtos

Leia mais

Inicialização Rápida do Aplicativo de Desktop Novell Filr 1.2 para Windows

Inicialização Rápida do Aplicativo de Desktop Novell Filr 1.2 para Windows Inicialização Rápida do Aplicativo de Desktop Novell Filr 1.2 para Windows Abril de 2015 Inicialização rápida O Novell Filr permite que você acesse facilmente todos os seus arquivos e pastas do desktop,

Leia mais

ENDEREÇOS DE REDE PRIVADOS. 10.0.0.0 até 10.255.255.255 172.16.0.0 até 172.31.255.255 192.168.0.0 até 192.168.255.255. Kernel

ENDEREÇOS DE REDE PRIVADOS. 10.0.0.0 até 10.255.255.255 172.16.0.0 até 172.31.255.255 192.168.0.0 até 192.168.255.255. Kernel ENDEREÇOS DE REDE PRIVADOS Foram reservados intervalos de endereços IP para serem utilizados exclusivamente em redes privadas, como é o caso das redes locais e Intranets. Esses endereços não devem ser

Leia mais

FERRAMENTAS DE COLABORAÇÃO CORPORATIVA

FERRAMENTAS DE COLABORAÇÃO CORPORATIVA FERRAMENTAS DE COLABORAÇÃO CORPORATIVA Manual de Utilização Google Grupos Sumário (Clique sobre a opção desejada para ir direto à página correspondente) Utilização do Google Grupos Introdução... 3 Página

Leia mais

MDaemon GroupWare. Versão 1 Manual do Usuário. plugin para o Microsoft Outlook. Trabalhe em Equipe Usando o Outlook e o MDaemon

MDaemon GroupWare. Versão 1 Manual do Usuário. plugin para o Microsoft Outlook. Trabalhe em Equipe Usando o Outlook e o MDaemon MDaemon GroupWare plugin para o Microsoft Outlook Trabalhe em Equipe Usando o Outlook e o MDaemon Versão 1 Manual do Usuário MDaemon GroupWare Plugin for Microsoft Outlook Conteúdo 2003 Alt-N Technologies.

Leia mais

Fundamentos de Gestão de TI

Fundamentos de Gestão de TI Fundamentos de Gestão de TI Tópico V Transição de Serviço (ITIL V3) José Teixeira de Carvalho Neto transição de serviço transição de serviço Objetivo: orientar e coordenar o desenvolvimento e a implantação

Leia mais

Introdução ao Active Directory AD

Introdução ao Active Directory AD Introdução ao Active Directory AD Curso Técnico em Redes de Computadores SENAC - DF Professor Airton Ribeiro O Active Directory, ou simplesmente AD como é usualmente conhecido, é um serviço de diretórios

Leia mais

Transferindo a carga da autenticação remota dos servidores

Transferindo a carga da autenticação remota dos servidores Transferindo a carga da autenticação remota dos servidores Visão Geral Há três etapas usadas pela maioria dos computadores para proteger o acesso a operações, aplicativos e dados sensíveis: A identificação

Leia mais

Bloqueie ameaças avançadas e proteja dados confidenciais para usuários em roaming

Bloqueie ameaças avançadas e proteja dados confidenciais para usuários em roaming TRITON AP-ENDPOINT Bloqueie ameaças avançadas e proteja dados confidenciais para usuários em roaming Desde danos a reputações até multas e penalidades de agências reguladoras, uma violação de dados pode

Leia mais

Convergência TIC e Projetos TIC

Convergência TIC e Projetos TIC TLCne-051027-P1 Convergência TIC e Projetos TIC 1 Introdução Você responde essas perguntas com facilidade? Quais os Projetos TIC mais frequentes? Qual a importância de BI para a venda de soluções TIC (TI

Leia mais

Eficiência operacional no setor público. Dez recomendações para cortar custos

Eficiência operacional no setor público. Dez recomendações para cortar custos Eficiência operacional no setor público Dez recomendações para cortar custos 2 de 8 Introdução Com grandes cortes no orçamento e uma pressão reguladora cada vez maior, o setor público agora precisa aumentar

Leia mais

UM NOVO CONCEITO EM HOSPEDAGEM DE DOMÍNIO

UM NOVO CONCEITO EM HOSPEDAGEM DE DOMÍNIO www.origy.com.br UM NOVO CONCEITO EM HOSPEDAGEM DE DOMÍNIO CARACTERÍSTICAS: E-MAIL IMAP * Acesso simultâneo e centralizado, via aplicativo, webmail e celular/smartphone * Alta capacidade de armazenamento

Leia mais

Manual de Utilização do Sistema GRServer Cam on-line (Gerenciamento de Câmeras On-line)

Manual de Utilização do Sistema GRServer Cam on-line (Gerenciamento de Câmeras On-line) Manual de Utilização do Sistema GRServer Cam on-line (Gerenciamento de Câmeras On-line) Criamos, desenvolvemos e aperfeiçoamos ferramentas que tragam a nossos parceiros e clientes grandes oportunidades

Leia mais

Integração do Teamcenter com o Catia V5

Integração do Teamcenter com o Catia V5 Integração com o Catia V5 Benefícios Menos tempo gasto por sua equipe técnica tentando encontrar as revisões corretas de dados do Catia Processos consistentes de trabalho seguidos em todos os formatos

Leia mais

A sua operação de mina faz uso de uma solução de software de planejamento integrado ou utiliza aplicações de software isoladas?

A sua operação de mina faz uso de uma solução de software de planejamento integrado ou utiliza aplicações de software isoladas? XACT FOR ENTERPRISE A ênfase na produtividade é fundamental na mineração à medida que as minas se tornam mais profundas, as operações se tornam cada vez mais complexas. Empresas de reconhecimento mundial

Leia mais

Módulo 4. Visão geral dos controles do COBIT aplicáveis para implantação da Sarbanes, o papel de TI, a importância dos softwares e exercícios

Módulo 4. Visão geral dos controles do COBIT aplicáveis para implantação da Sarbanes, o papel de TI, a importância dos softwares e exercícios Módulo 4 Visão geral dos controles do COBIT aplicáveis para implantação da Sarbanes, o papel de TI, a importância dos softwares e exercícios Estruturas e Metodologias de controle adotadas na Sarbanes COBIT

Leia mais

1. Quem somos nós? A AGI Soluções nasceu em Belo Horizonte (BH), com a simples missão de entregar serviços de TI de forma rápida e com alta qualidade.

1. Quem somos nós? A AGI Soluções nasceu em Belo Horizonte (BH), com a simples missão de entregar serviços de TI de forma rápida e com alta qualidade. 1. Quem somos nós? A AGI Soluções nasceu em Belo Horizonte (BH), com a simples missão de entregar serviços de TI de forma rápida e com alta qualidade. Todos nós da AGI Soluções trabalhamos durante anos

Leia mais

Case de Sucesso. Integrando CIOs, gerando conhecimento.

Case de Sucesso. Integrando CIOs, gerando conhecimento. Case de Sucesso Integrando CIOs, gerando conhecimento. AO IMPLANTAR FERRAMENTA UNIFICADA DE COMUNICAÇÃO CORPORATIVA, FRIMESA DEFINE POLÍTICAS DE SEGURANÇA MÓVEIS E RECURSOS DE GERENCIAMENTO EM CONTAS DE

Leia mais

Serviços de produtividade de nuvem hospedados pela Microsoft Ferramentas de qualidade empresarial a um preço acessível Sempre atualizado Office,

Serviços de produtividade de nuvem hospedados pela Microsoft Ferramentas de qualidade empresarial a um preço acessível Sempre atualizado Office, Serviços de produtividade de nuvem hospedados pela Microsoft Ferramentas de qualidade empresarial a um preço acessível Sempre atualizado Office, email, compartilhamento de documentos, videoconferência

Leia mais

Consumerização de TI. Paula Nobre. Presented by. Copyright 2011 OSIsoft, LLC

Consumerização de TI. Paula Nobre. Presented by. Copyright 2011 OSIsoft, LLC Consumerização de TI Presented by Paula Nobre Copyright 2011 OSIsoft, LLC ANTES AGORA NO ESCRITÓRIO EM QUALQUER LUGAR DURANTE AS HORAS DE TRABALHO A QUALQUER HORA COMPUTADOR ATRIBUÍDO DISPOSITIVOS E MEU

Leia mais

Problema. Controle de Acesso Lógico e Físico. Controle de Acesso Físico. Definição. Localização do CPD. Localização do CPD

Problema. Controle de Acesso Lógico e Físico. Controle de Acesso Físico. Definição. Localização do CPD. Localização do CPD Problema Controle de Acesso Lógico e Físico Prof. Alexandre Beletti Ferreira Com as informações armazenadas em computadores interligados com outros computadores no mundo todo surgi a necessidade de uma

Leia mais

Instruções de Instalação do IBM SPSS Modeler (Licença de Usuário Autorizado)

Instruções de Instalação do IBM SPSS Modeler (Licença de Usuário Autorizado) Instruções de Instalação do IBM SPSS Modeler (Licença de Usuário Autorizado) Índice Instruções de Instalação....... 1 Requisitos do sistema........... 1 Código de autorização.......... 1 Instalando...............

Leia mais