12º Seminário de Extensão O HOMEM E SUA SAÚDE: AÇÕES INICIAIS DE CUIDADOS COM A SAÚDE MASCULINA

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "12º Seminário de Extensão O HOMEM E SUA SAÚDE: AÇÕES INICIAIS DE CUIDADOS COM A SAÚDE MASCULINA"

Transcrição

1 12º Seminário de Extensão O HOMEM E SUA SAÚDE: AÇÕES INICIAIS DE CUIDADOS COM A SAÚDE MASCULINA Autor(es) RAFAEL PEETZ BONACHELLI Co-Autor(es) IVONÉSIO LEITE DE SOUZA Orientador(es) FÁBIO ROGÉRIO DOS SANTOS 1. Introdução Segundo Mendes (2010), o homem não se cuida, pois ainda existe a ideia machista na sociedade de que o ser humano do sexo masculino é forte, não fica doente e é tido como saudável quando não visita o médico. Diante disso, estatísticas publicadas no site Brasilwiki (2010) demonstram que os homens vivem em média 7 anos a menos que as mulheres e que a cada 3 mortes de pessoas adultas 2 são de homens. Pois, até recentemente a saúde do homem no Brasil não contava com uma política que visasse a divulgação de cuidados e serviços aos homens brasileiros. Isso teve uma mudança em 5/08/2010, quando o Governo do Presidente Luis Inácio Lula da Silva assinou um decreto de lei que visava a inclusão da Política de Saúde do Homem na LDO (Lei de Diretrizes Orçamentárias), o que significa que a partir dessa lei o poder público deverá direcionar verbas para o desenvolvimento ações visando o cuidado da saúde masculina. Visando a aplicação desta lei, a Secretária Municipal de Saúde de Piracicaba que tem um convênio público firmado com o Núcleo de Estudos e Programas em Educação Popular NEPEP da Universidade Metodista de Piracicaba UNIMEP, pelo qual foi criado o projeto de Comunicação e Educação Popular, e informou que faz parte do movimento pró-saúde masculina. Diante disso, encaminhou a solicitação de desenvolvimento de um material informativo com conteúdo abordando os cuidados com a saúde masculina à equipe do projeto do NEPEP/ UNIMEP. Com isso, a equipe do projeto teve a oportunidade de explorar os conhecimentos em publicidade e propaganda e a metodologia da educação popular para criar propostas deste material. No intento de desenvolver materiais comunicativos modernos tendo seus conteúdos pautados na comunicação e na educação popular, houve a necessidade de ação interdisciplinar numa parceria entre professores e alunos de diferentes áreas de conhecimento, como: Jornalismo, Publicidade e Propaganda, Rádio e TV, juntamente com a Educação, para colocar em prática os princípios da Educação Popular.

2 2. Objetivos Este trabalho tem por objetivo divulgar a experiência educacional extensionista pela equipe do projeto na construção de material educativo abordando a saúde do homem para conscientização da população de que o homem também tem a obrigação de cuidar da própria saúde. 3. Desenvolvimento No desenvolvimento desse trabalho extensionista, tem sido essencial o convênio entre a Secretaria Municipal de Saúde de Piracicaba e o NEPEP/ UNIMEP em parceria com a Faculdade de Comunicação - FACOM, que conta com alunos e professores dos cursos de comunicação, de educadores do NEPEP, ambos participantes do projeto Saucom e representantes do Centro de Doenças Infectocontagiosas - CEDIC, responsável também pela área da saúde do homem em Piracicaba. Na busca de que a população masculina piracicabana entenda os procedimentos corretos e seguros em relação à sua própria saúde e saiba que o Município de Piracicaba tem prestado atenção e oferece atendimento à saúde da população masculina é a Secretaria de Saúde está construindo materiais orientadores. As atividades de elaboração desses materiais tiveram inicialmente a metodologia de Brainstorn para seu desenvolvimento durante a organização de reuniões entre representantes do CEDIC e da equipe, que, nas quais foram debatidos textos que subsidiaram a construção do conteúdo dos materiais sobre saúde do homem. Durante esses encontros, a equipe do CEDIC deu orientações sobre como abordar o tema da saúde masculina e a equipe do projeto selecionou o conteúdo a ser trabalhado, e escolheu o formato que deveria ser o criado, que foram: um folder nas medidas 21 cm por 29,7cm com duas dobras e um cartaz na medida 44 cm por 64 cm. Atualmente a equipe trabalha na elaboração dos textos fornecidos pela equipe do CEDIC para concluir a confecção do folder e do cartaz que já tem as artes das capas desenvolvidas e que foram diagramadas conforme figuras 1, 2 e 3 e busca a finalização do material. 4. Resultado e Discussão Após o pedido de elaboração de um folder e de um cartaz sobre saúde do homem e a disponibilização de textos para isso, feito em reunião entre a equipe do CEDIC da Secretaria de Saúde para a equipe Saucom, seus membros puderam sentar e iniciar um Brainstorm para criação das propostas. Diversos caminhos para se trabalhar surgiram durante o processo de exposição de ideias, conforme o exposto, a princípio a capa seria um corpo masculino saudável e malhado, a idéia foi descartada, pois debatido que nesta proposta não deixaria clara a idéia de que o material deveria abordar diversas faixas etárias como, de jovens, de adultos e de idosos. A segunda idéia foi colocar fotos de vários homens diferentes, com diferentes roupas e profissões mostrando a clara diversidade masculina, ideia negada por aplicação do conceito de poluição visual. A terceira sugestão do grupo foi trabalhar com as roupas representando os homens e a diversidade. Nessa proposta houve um conflito, pois seria colocada a imagem de um homem usando roupa de um jogador de futebol, o que poderia acarretar em uma interpretação machista sobre a mensagem da capa, e isso não deveria acontecer, visto que mulheres também jogam futebol. A solução para o problema foi colocar a imagem de um homem sem rosto, vestindo um terno que destaca a forma física do homem e no topo um cabelo de corte comum masculino. Todo o processo de desenvolvimento das artes foi feito no programa Adobe Photoshop CS4 e parte das artes vetoriais foram feitas no programa Adobe Illustrator CS4. Definido o modelo que comporia a capa, foi pensado na representação de três modelos que retratassem as faixas etárias distintas da vida humana, sendo jovem, adulta e idosa, abaixo a

3 explicação das três propostas de capas desenvolvidas. Proposta 1: Homem de Terno com chão verde/amarelo em arte vetorial com a imagem de uma cidade ao fundo. Essa proposta foi criada com um conceito nacionalista, o chão verde amarelo representando o solo do Brasil, utilizando uma arte vetorial para um design mais moderno. Ao fundo uma cidade para reforçar a idéia de que o verde e amarelo é o solo e não só uma arte. Em primeiro plano tem-se a imagem de um homem sem rosto de terno, no lugar do rosto vê-se o escrito VOCÊ Homem para identificar que o público alvo da mensagem é direcionada ao homem leitor. Proposta 2: Homem de terno com arte vetorial ao fundo. Nessa proposta a equipe procurou criar uma capa mais básica sem muita informação, somente com uma arte ao fundo. O mesmo conceito da imagem de um homem em primeiro plano com o mesmo escrito no rosto conforme a proposta 1 foi aplicado. Proposta 3: Três homens sem rosto, cada um com uma roupa. Paisagem ao fundo. E um escrito impactante SE CUIDE, as roupas representam as faixas etárias diferenciadas das imagens dos três homens, estes voltados ao centro horizontal da arte como se olhassem para o leitor. Ao fundo uma paisagem com três caminhos de estrada que se juntam no fim vertical da arte. Os três caminhos se dirigem ao leitor, cada caminho com um homem e a mensagem SE CUIDE em cima das três imagens, ou seja, as três homens se referem ao leitor, se o leitor for jovem verá que tem que cuidar de sua saúde como jovem e continuar a se cuidar quando se tornar adulto e futuramente quando se tornar idoso. Se o leitor for adulto, a mensagem é de que ele deveria ter se cuidado antes quando jovem e deve se cuidar como adulto e como jovem. Para o idoso é uma retrospectiva do que poderia ter evitado se tivesse se cuidado e assim passar a se cuidar. As 3 propostas serão apresentadas e explicadas suas intenções em futura reunião com representantes do CEDIC, para que seja decidido se uma proposta será aprovada, se modificações deverão ser feitas, ou se novas propostas deverão ser criadas. 5. Considerações Finais O resultado da criação de um material prático e explicativo sobre os cuidados que o homem deve ter em relação à sua saúde, que foi concebido a partir da relação comunicação, educação popular e saúde que será reproduzido e distribuído a toda a população masculina piracicabana. Ainda, a construção deste material foi um grande incentivo e oportunidade de aprendizado para os integrantes do projeto NEPEP, pois proporcionou a estes trabalhar com um conceito novo, que não havia sido trabalhado em Piracicaba ainda, e do qual não havia ainda nenhum material prévio desenvolvido. Esse processo deu total liberdade criativa aos integrantes do projeto, que foi um dos primeiros do Brasil a trabalhar com esse material. Outra vantagem identificada foi a de que os homens da equipe do projeto envolvidos na elaboração deste material ao terem contato com as implicações sobre a saúde do homem, passaram a se cuidar em alguns aspectos e a informar outros homens. Também, as reuniões para definição do projeto foram importantes para como lidar com clientes e expor de forma sutil que algumas idéias sugeridas pelo cliente não se adequariam ao material, não teriam o impacto esperado ou que poluiriam ao invés de informar. Referências Bibliográficas MENDES. D. Presidente da Sociedade Brasileira de Urologia DF, Movimento pela Saúde Masculina. O Homem se cuida? SIM!. Disponível em:. Acesso em 08 ago de BERTAZZONI, C. Site Brasilwiki. A saúde do homem: como fugir de uma péssima estatística. Disponível em:. Acesso em 08 ago de 2010

4 Anexos

5

ENXERGUE O DEFICIENTE VISUAL

ENXERGUE O DEFICIENTE VISUAL ENXERGUE O DEFICIENTE VISUAL Rafael SOARES Emílio MANSUETO Filipe BAXTER Rafael STANGHERLIN Paulo FALABELLA (professor orientador) Centro Universitário de Belo Horizonte Uni-BH, Belo Horizonte, MG Resumo:

Leia mais

EDITAL PROEXT Nº 05, DE 27 DE MAIO DE 2013.

EDITAL PROEXT Nº 05, DE 27 DE MAIO DE 2013. EDITAL PROEXT Nº 05, DE 27 DE MAIO DE 2013. Seleção de Projetos ou Programas para concessão de bolsas do Programa de Bolsa de Extensão da Universidade Federal de Ciências da Saúde de Porto Alegre (PROBEXT-UFCSPA)

Leia mais

Drogas Enganam 1. PALAVRAS-CHAVE: Prevendroga; cartaz; curiosidade; ilusão de óptica; engano.

Drogas Enganam 1. PALAVRAS-CHAVE: Prevendroga; cartaz; curiosidade; ilusão de óptica; engano. Drogas Enganam 1 Eduardo Freitas ASSUNÇÃO 2 Erick Frederico Corrêa CASTRO 3 Gabriela REMPEL 4 Pâmela Fabíola TODESCHINI 5 Profª. Msª Juliana PETERMANN 6 Universidade Federal de Santa Maria, Santa Maria,

Leia mais

7 o Prêmio Jovem Jornalista

7 o Prêmio Jovem Jornalista 7 o Prêmio Jovem Jornalista Fernando Pacheco Jordão Regulamento 2015 1. Sobre o Prêmio 1.1 O Prêmio Jovem Jornalista Fernando Pacheco Jordão tem por objetivo incentivar jovens estudantes de Jornalismo

Leia mais

EXPERIÊNCIAS NA FORMAÇÃO DOCENTE

EXPERIÊNCIAS NA FORMAÇÃO DOCENTE EXPERIÊNCIAS NA FORMAÇÃO DOCENTE Stella Maris Pissaia 1 Giseli Dionize Bobato 2 RESUMO: Neste resumo apresentamos uma descrição compreensiva das experiências vivenciadas a partir do contato teórico durante

Leia mais

Desenvolvimento de jogo digital para ensino de português e matemática para crianças do ensino básico. 1. Introdução

Desenvolvimento de jogo digital para ensino de português e matemática para crianças do ensino básico. 1. Introdução Desenvolvimento de jogo digital para ensino de português e matemática para crianças do ensino básico Danilo Raniery Alves Coutinho (Bolsista) José Raul Brito Andrade (Voluntário) Ana Liz Souto Oliveira

Leia mais

BRINCANDO DE MATEMÁTICO

BRINCANDO DE MATEMÁTICO BRINCANDO DE MATEMÁTICO Carlos Alberto Rezende de Carvalho Junior Universidade Federal do Paraná (UFPR) carloscarvalhoj@gmail.com Janio de Jesus Cardoso Universidade Federal do Paraná (UFPR) ijanio_pt@yahoo.com.br

Leia mais

NORMAS DE PUBLICAÇÃO DA REVISTA ELETRÔNICA SALA DE AULA EM FOCO

NORMAS DE PUBLICAÇÃO DA REVISTA ELETRÔNICA SALA DE AULA EM FOCO 1 NORMAS DE PUBLICAÇÃO DA REVISTA ELETRÔNICA SALA DE AULA EM FOCO Sumário 1. POLÍTICA EDITORIAL... 1 1.1. FOCO E ESCOPO... 1 1.2. PÚBLICO ALVO... 2 1.3. SUBMISSÃO DOS ARTIGOS... 2 1.4. AVALIAÇÃO POR PARES...

Leia mais

REFLEXÕES PEDAGÓGICAS

REFLEXÕES PEDAGÓGICAS REFLEXÕES PEDAGÓGICAS A forma como trabalhamos, colaboramos e nos comunicamos está evoluindo à medida que as fronteiras entre os povos se tornam mais diluídas e a globalização aumenta. Essa tendência está

Leia mais

ORIENTAÇÕES PARA REALIZAÇÃO DA CONFERÊNCIA DO MEIO AMBIENTE EM SUA ESCOLA

ORIENTAÇÕES PARA REALIZAÇÃO DA CONFERÊNCIA DO MEIO AMBIENTE EM SUA ESCOLA ORIENTAÇÕES PARA REALIZAÇÃO DA CONFERÊNCIA DO MEIO AMBIENTE EM SUA ESCOLA 1 Objetivos da Conferência do Meio Ambiente na Escola - Ouvir a voz dos adolescentes. Milhões de estudantes têm o direito de participar,

Leia mais

TEXTO RETIRADO DO REGIMENTO INTERNO DA ESCOLA APAE DE PASSOS:

TEXTO RETIRADO DO REGIMENTO INTERNO DA ESCOLA APAE DE PASSOS: TEXTO RETIRADO DO REGIMENTO INTERNO DA ESCOLA APAE DE PASSOS: Art. 3º - A Escola oferece os seguintes níveis de ensino: I. Educação Infantil: de 0 a 05 anos de idade. Educação Precoce de 0 a 03 anos Educação

Leia mais

Programa de Pós Graduação em Educação da FCT/UNESP, Presidente Prudente, SP. depenna05@yahoo.com.br

Programa de Pós Graduação em Educação da FCT/UNESP, Presidente Prudente, SP. depenna05@yahoo.com.br Encontro de Ensino, Pesquisa e Extensão, Presidente Prudente, 18 a 22 de outubro, 2010 799 INTERVENÇÃO EM ARTE COM O AUXÍLIO DO SOFTWARE PHOTOSHOP Denise Penna Quintanilha Programa de Pós Graduação em

Leia mais

MANUAL DE ESTÁGIO CURRICULAR SUPERVISIONADO ADMINISTRAÇÃO

MANUAL DE ESTÁGIO CURRICULAR SUPERVISIONADO ADMINISTRAÇÃO MANUAL DE ESTÁGIO CURRICULAR SUPERVISIONADO ADMINISTRAÇÃO 1 SUMÁRIO Lista de Anexos... 3 1. APRESENTAÇÃO... 4 2. FUNDAMENTAÇÃO LEGAL... 5 3. DEFINIÇÕES... 5 4. OBJETIVOS... 6 5. PLANEJAMENTO E COMPETÊNCIAS...

Leia mais

Alternativa berço a berço

Alternativa berço a berço Alternativa berço a berço Nível de Ensino/Faixa Etária: Ensino Fundamental Final Áreas Conexas: Ciências, Língua Portuguesa Consultor: Robson Castro RESUMO Sobre o que trata a série? O documentário traz

Leia mais

Desnaturalização e estranhamento: experiência do PIBID em Sociologia. Anabelly Brederodes Cássio Tavares

Desnaturalização e estranhamento: experiência do PIBID em Sociologia. Anabelly Brederodes Cássio Tavares Desnaturalização e estranhamento: experiência do PIBID em Sociologia Anabelly Brederodes Cássio Tavares Resumo O trabalho tem como objetivo refletir sobre a prática de ensino e aprendizagem, como um processo

Leia mais

Daniel Chaves Santos Matrícula: 072.997.003. Rio de Janeiro, 28 de maio de 2008.

Daniel Chaves Santos Matrícula: 072.997.003. Rio de Janeiro, 28 de maio de 2008. Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro Departamento de Artes & Design Curso de especialização O Lugar do Design na Leitura Disciplina: Estratégia RPG Daniel Chaves Santos Matrícula: 072.997.003

Leia mais

Acesso Público. Programa de apoio a iniciativas culturais, educativas e sociais da REDE MINAS

Acesso Público. Programa de apoio a iniciativas culturais, educativas e sociais da REDE MINAS Acesso Público Programa de apoio a iniciativas culturais, educativas e sociais da REDE MINAS Sumário Definição e objetivos 4 Comitê 5 Política de aprovação 7 Premissas para seleção 8 Critérios de avaliação

Leia mais

Com Álcool Não se Brinca 1

Com Álcool Não se Brinca 1 Com Álcool Não se Brinca 1 Weslene de Sousa MOTA 2 Steffany Verônica de Sousa DIAS 3 Elizangela Luiza Barbosa LUIZ 4 Franck H. Oliveira Durgo GOMES 5 Cláudio de Oliveira BRANDÃO 6 Instituto Cuiabá de Ensino

Leia mais

*Doutora em Lingüística (UNICAMP), Professora da Universidade Federal de Viçosa (UFV).

*Doutora em Lingüística (UNICAMP), Professora da Universidade Federal de Viçosa (UFV). PRÁTICAS DE LEITURA EM SALA DE AULA: O USO DE FILMES E DEMAIS PRODUÇÕES CINEMATOGRÁFICAS EM AULAS DE LÍNGUA - PORTUGUESA 52 - Adriana da Silva* adria.silva@ufv.br Alex Caldas Simões** axbr1@yahoo.com.br

Leia mais

3. DA MODALIDADE O gênero escolhido é o texto dissertativo. 4. DO TEMA O tema a ser desenvolvido nesta edição é:

3. DA MODALIDADE O gênero escolhido é o texto dissertativo. 4. DO TEMA O tema a ser desenvolvido nesta edição é: 1. DISPOSIÇÕES INICIAIS O presente regulamento dispõe sobre as regras fundamentais válidas para o Concurso de Redação Vinicius de Moraes, a ser realizado e organizado anualmente pela Escola Legislativa

Leia mais

PROJETO DE EXTENSÃO UNIVERSITÁRIA DE FORMAÇÃO CONTINUADA PARA EDUCADORES DE JOVENS E ADULTOS

PROJETO DE EXTENSÃO UNIVERSITÁRIA DE FORMAÇÃO CONTINUADA PARA EDUCADORES DE JOVENS E ADULTOS PROJETO DE EXTENSÃO UNIVERSITÁRIA DE FORMAÇÃO CONTINUADA PARA EDUCADORES DE JOVENS E ADULTOS 1 Justificativa A proposta que ora apresentamos para formação específica de educadores de Jovens e Adultos (EJA)

Leia mais

Palavras-chave: Educação Física. Ensino Fundamental. Prática Pedagógica.

Palavras-chave: Educação Física. Ensino Fundamental. Prática Pedagógica. EDUCAÇÃO FÍSICA ESCOLAR: ANÁLISE DAS PRÁTICAS CORPORAIS NOS ANOS INICIAIS DO ENSINO FUNDAMENTAL NAS ESCOLAS PÚBLICAS MUNICIPAIS DE ALAGOA GRANDE - PARAÍBA Waldilson Duarte Cavalcante de Barros Professor

Leia mais

AÇÃO INTEGRADA NA EDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS A PARTIR DE UM PROJETO DE SAÚDE. Adriana Noviski Manso - PUCPR

AÇÃO INTEGRADA NA EDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS A PARTIR DE UM PROJETO DE SAÚDE. Adriana Noviski Manso - PUCPR AÇÃO INTEGRADA NA EDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS A PARTIR DE UM PROJETO DE SAÚDE Adriana Noviski Manso - PUCPR Beatriz Ferreira da Rocha - PUCPR Romilda Teodora Ens - PUCSP/PUCPR Resumo O presente relato

Leia mais

Casa do Bom Menino. Informativo. Capsula do Tempo estimula reflexão. casadobommeninopiracicaba.org.br

Casa do Bom Menino. Informativo. Capsula do Tempo estimula reflexão. casadobommeninopiracicaba.org.br Informativo Casa do Bom Menino Edição 04 - Maio/ Junho 2015 2015 Capsula do Tempo estimula reflexão No dia 08/05 as crianças e adolescentes da Casa do Bom Menino enterraram a capsula do tempo no quintal

Leia mais

PROCESSO DE TRABALHO DO AGENTE COMUNITÁRIO DE SAÚDE ENQUANTO MORADOR E TRABALHADOR DE SAÚDE INSERIDO NO MESMO TERRITÓRIO

PROCESSO DE TRABALHO DO AGENTE COMUNITÁRIO DE SAÚDE ENQUANTO MORADOR E TRABALHADOR DE SAÚDE INSERIDO NO MESMO TERRITÓRIO 1322 PROCESSO DE TRABALHO DO AGENTE COMUNITÁRIO DE SAÚDE ENQUANTO MORADOR E TRABALHADOR DE SAÚDE INSERIDO NO MESMO TERRITÓRIO Janyelle Silva Mendes¹;Juliana Alves Leite Leal² 1. Graduanda do Curso de Enfermagem,

Leia mais

O XADREZ COMO FERRAMENTA MULDISCIPLINAR

O XADREZ COMO FERRAMENTA MULDISCIPLINAR O XADREZ COMO FERRAMENTA MULDISCIPLINAR Lindsay Franciane da Costa Melo Reis * RESUMO O presente projeto busca proporcionar uma ação multidisciplinar através do xadrez na Escola de ensino Fundamental Santa

Leia mais

1. INTRODUÇÃO. e Alexsandro da Silva. 1 Andréa Carla Agnes e Silva é dinamizadora do Programa "Escola Aberta", sob orientação de Telma Ferraz Leal

1. INTRODUÇÃO. e Alexsandro da Silva. 1 Andréa Carla Agnes e Silva é dinamizadora do Programa Escola Aberta, sob orientação de Telma Ferraz Leal TÍTULO: OFICINA DE LEITURA: UMA PROPOSTA DINÂMICA PARA FORMAÇÃO DE LEITORES AUTORA: Andréa Carla Agnes e Silva 1 INSTITUIÇÃO: Universidade Federal de Pernambuco Escola Aberta ÁREA TEMÁTICA: Educação 1.

Leia mais

NATAL SUSTENTÁVEL: UMA PROPOSTA PRÁTICA DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL REALIZADA PELO PROEJA EDIFICAÇÕES.

NATAL SUSTENTÁVEL: UMA PROPOSTA PRÁTICA DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL REALIZADA PELO PROEJA EDIFICAÇÕES. 1 NATAL SUSTENTÁVEL: UMA PROPOSTA PRÁTICA DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL REALIZADA PELO PROEJA EDIFICAÇÕES. FREITAS, Samylla Tassia Ferreira de¹; SILVA, Thariny Alves²; SOUSA, Leticia Ferreira de³; OLIVEIRA, Sandra

Leia mais

Magic Games Um Mundo de Possibilidades 1

Magic Games Um Mundo de Possibilidades 1 Magic Games Um Mundo de Possibilidades 1 Cibelle Israel De Souza MACÊDO 2 Eryckson De Lima SANTANA 3 Fernando Antonio Teixeira LIBERATO 4 Gilberto De Barros Lins NETO 5 Marcella Rosseline Travassos Amorim

Leia mais

EVENTOS COMO FORMA DE MEMÓRIA

EVENTOS COMO FORMA DE MEMÓRIA 1 ÁREA TEMÁTICA: ( ) COMUNICAÇÃO ( x ) CULTURA ( ) DIREITOS HUMANOS E JUSTIÇA ( ) EDUCAÇÃO ( ) MEIO AMBIENTE ( ) SAÚDE ( ) TRABALHO ( ) TECNOLOGIA EVENTOS COMO FORMA DE MEMÓRIA Apresentador 1 Merylin Ricieli

Leia mais

MARKETING PROMOCIONAL COMO FERRAMENTA PARA A ELABORAÇÃO DE AÇÕES REALIZADAS NA DIVULGAÇÃO DO 41º FESTIVAL NACIONAL DE TEATRO

MARKETING PROMOCIONAL COMO FERRAMENTA PARA A ELABORAÇÃO DE AÇÕES REALIZADAS NA DIVULGAÇÃO DO 41º FESTIVAL NACIONAL DE TEATRO MARKETING PROMOCIONAL COMO FERRAMENTA PARA A ELABORAÇÃO DE AÇÕES REALIZADAS NA DIVULGAÇÃO DO 41º FESTIVAL NACIONAL DE TEATRO Andressa Stefany Telles Carlos Alberto Maio Márcia Maria Dropa RESUMO: O presente

Leia mais

Universidade Federal do Ceará

Universidade Federal do Ceará Universidade Federal do Ceará EDUCAÇÃO ESPECIAL: PRODUÇÃO DE MATERIAL PARA AUXILIO NA DETECÇÃO DE ALUNOS COM ALTAS HABILIDADES EM GEOGRAFIA Autores: Ivna Carolinne Bezerra Machado (e-mail - ivna_machado@hotmail.com)

Leia mais

AGENDA ADUNIMEP 2016 MEMÓRIAS & DESTINOS

AGENDA ADUNIMEP 2016 MEMÓRIAS & DESTINOS AGENDA ADUNIMEP 2016 MEMÓRIAS & DESTINOS Período de inscrição: de 15 abril a 23 de junho de 2015, na Adunimep (Bloco 4 Campus Taquaral). Comissão de Seleção: Diretoria Executiva da Adunimep. Premiação:

Leia mais

Campanha de Conscientização sobre a Lei Antifumo 1. Tuane Vigo NOYA 2 Renata ALCALDE 3 Universidade Santa Cecília, Santos, SP

Campanha de Conscientização sobre a Lei Antifumo 1. Tuane Vigo NOYA 2 Renata ALCALDE 3 Universidade Santa Cecília, Santos, SP Campanha de Conscientização sobre a Lei Antifumo 1 Tuane Vigo NOYA 2 Renata ALCALDE 3 Universidade Santa Cecília, Santos, SP RESUMO Este trabalho foi resultado de uma solicitação por parte da Reitoria

Leia mais

Dia Nacional de Combate ao Câncer. 27 de novembro

Dia Nacional de Combate ao Câncer. 27 de novembro Dia Nacional de Combate ao Câncer 27 de novembro Anúncio horizontal Anúncio vertical Banner Busdoor Camiseta Cartaz Folder Email Marketing Estático Email Marketing Animado 1) O banner funciona como um

Leia mais

PROJETO DE LEI Nº, DE 2013. (Do Sr. JOSÉ STÉDILE)

PROJETO DE LEI Nº, DE 2013. (Do Sr. JOSÉ STÉDILE) PROJETO DE LEI Nº, DE 2013 (Do Sr. JOSÉ STÉDILE) Determina que empresas de direito público, no âmbito federal, ao patrocinarem clubes de futebol, destinem 5% do valor do patrocínio para ser utilizado em

Leia mais

plataformas CANAIS revista newsletter redes sociais eventos tv educação Clube Educação

plataformas CANAIS revista newsletter redes sociais eventos tv educação Clube Educação MÍDIA KIT 2016 plataformas CANAIS revista newsletter redes sociais tv educação site Clube Educação eventos a revista Há 19 anos a revista Educação é uma referência no setor educacional por promover uma

Leia mais

Arquivos de Áudio (Podcasts) para divulgação de Ciência no Ensino Médio

Arquivos de Áudio (Podcasts) para divulgação de Ciência no Ensino Médio RESUMO Arquivos de Áudio (Podcasts) para divulgação de Ciência no Ensino Médio Adriana Oliveira Bernardes Mestranda em Ciências Físicas LCFIS (Laboratório de Ciências Físicas) Uenf (Universidade Estadual

Leia mais

PALAVRAS CHAVE: Formação de Professores, Políticas Públicas, PIBID, Ensino de Física. Girona, 9-12 de septiembre de 2013 COMUNICACIÓN

PALAVRAS CHAVE: Formação de Professores, Políticas Públicas, PIBID, Ensino de Física. Girona, 9-12 de septiembre de 2013 COMUNICACIÓN IX CONGRESO INTERNACIONAL SOBRE INVESTIGACIÓN EN DIDÁCTICA DE LAS CIENCIAS Girona, 9-12 de septiembre de 2013 COMUNICACIÓN POLÍTICAS PÚBLICAS PARA A EDUCAÇÃO: A IMPORTÂNCIA DO PIBID 1 NA FORMAÇÃO INICIAL

Leia mais

PALAVRAS CHAVE: Jornalismo. Projeto de Extensão. Programa Ade!. Interatividade.

PALAVRAS CHAVE: Jornalismo. Projeto de Extensão. Programa Ade!. Interatividade. 13. CONEX Apresentação Oral Resumo Expandido 1 ISSN 2238-9113 ÁREA TEMÁTICA: ( x ) COMUNICAÇÃO ( ) CULTURA ( ) DIREITOS HUMANOS E JUSTIÇA ( ) EDUCAÇÃO ( ) MEIO AMBIENTE ( ) SAÚDE ( ) TRABALHO ( ) TECNOLOGIA

Leia mais

ARTES VISUAIS EDUCAÇÃO INFANTIL MATERNAL II DATA: PERÍODO:

ARTES VISUAIS EDUCAÇÃO INFANTIL MATERNAL II DATA: PERÍODO: ARTES VISUAIS EDUCAÇÃO INFANTIL MATERNAL II DATA: PERÍODO: Prática Social: VIVÊNCIA do conteúdo: CONTEÚDO: Obra: Gustavo Rosa. Cooper em família. 2003. Óleo sobre tela, 160 x 250 cm. Coleção Particular

Leia mais

Art. 6º A inscrição deverá ser realizada de acordo com a ficha constante no anexo I, desta Lei.

Art. 6º A inscrição deverá ser realizada de acordo com a ficha constante no anexo I, desta Lei. LEI Nº 1.947, DE 13 DE OUTUBRO DE 2015. Autoriza o Poder Executivo a premiar os Profissionais da Educação Básica, na categoria de Gestor e Professor, da Rede Municipal de Ensino, que obtiverem experiências

Leia mais

III PROMOÇÃO LITERÁRIA CONTAGEM DAS LETRAS

III PROMOÇÃO LITERÁRIA CONTAGEM DAS LETRAS EDUCAÇÃO APRESENTA: REGULAMENTO III PROMOÇÃO LITERÁRIA CONTAGEM DAS LETRAS DE MARÇO A DEZEMBRO DE 2015 REGULAMENTO III PROMOÇÃO LITERÁRIA CONTAGEM DAS LETRAS 1. DO OBJETO A Secretaria de Educação de Contagem,

Leia mais

ESTA ESCOLA É O BICHO E ME ADOTA

ESTA ESCOLA É O BICHO E ME ADOTA mascotes ESTA ESCOLA É O BICHO E ME ADOTA me adota? Secretaria Especial dos Direitos Animais Ação educativa 2016-2º ciclo (final), 3º ciclo e Ensino Médio: MASCOTES ESTA ESCOLA É O BICHO E ME ADOTA Organizadora:

Leia mais

12º Seminário de Extensão FERRAMENTAS DE COMUNICAÇÃO E EDUCAÇÃO POPULAR PARA A CRIAÇÃO DE MEDIDAS DE PROTEÇÃO E RECUPARAÇÃO DA SAÚDE DO TRABALHADOR

12º Seminário de Extensão FERRAMENTAS DE COMUNICAÇÃO E EDUCAÇÃO POPULAR PARA A CRIAÇÃO DE MEDIDAS DE PROTEÇÃO E RECUPARAÇÃO DA SAÚDE DO TRABALHADOR 12º Seminário de Extensão FERRAMENTAS DE COMUNICAÇÃO E EDUCAÇÃO POPULAR PARA A CRIAÇÃO DE MEDIDAS DE PROTEÇÃO E RECUPARAÇÃO DA SAÚDE DO TRABALHADOR Autor(es) MARINA IZABEL PEREIRA CAMPOS Orientador(es)

Leia mais

TÍTULO: AMBIENTE VIRTUAL PARA O ENSINO DE LÓGICA EM PORTADORES DE TDAH

TÍTULO: AMBIENTE VIRTUAL PARA O ENSINO DE LÓGICA EM PORTADORES DE TDAH TÍTULO: AMBIENTE VIRTUAL PARA O ENSINO DE LÓGICA EM PORTADORES DE TDAH CATEGORIA: EM ANDAMENTO ÁREA: CIÊNCIAS EXATAS E DA TERRA SUBÁREA: COMPUTAÇÃO E INFORMÁTICA INSTITUIÇÃO: FACULDADE ANHANGUERA DE GUARULHOS

Leia mais

Prefeitura Municipal de Santos

Prefeitura Municipal de Santos Prefeitura Municipal de Santos Estância Balneária SECRETARIA DE EDUCAÇÃO DEPARTAMENTO PEDAGÓGICO Seção de Suplência/ SESUPLE Parceiros do Saber Projeto de alfabetização de Jovens e Adultos Justificativa

Leia mais

Outdoor de lançamento do carro Touch 1. Renan MACHADO 2 Bruno ALEIXO 3 Guilherme CARVALHO 4 Centro Universitário Uninter, Curitiba, PR

Outdoor de lançamento do carro Touch 1. Renan MACHADO 2 Bruno ALEIXO 3 Guilherme CARVALHO 4 Centro Universitário Uninter, Curitiba, PR Outdoor de lançamento do carro Touch 1 Renan MACHADO 2 Bruno ALEIXO 3 Guilherme CARVALHO 4 Centro Universitário Uninter, Curitiba, PR RESUMO Para o desenvolvimento deste projeto, foi criada uma empresa

Leia mais

O USO DE PROJETOS PARA O ENSINO DE CIÊNCIAS

O USO DE PROJETOS PARA O ENSINO DE CIÊNCIAS O USO DE PROJETOS PARA O ENSINO DE CIÊNCIAS Andreza Olivieri Lopes Carmignolli1 UNESP Eva Poliana Carlindo2 UNESP Grupo de Trabalho Didática: Teorias, Metodologias e Práticas Agência Financiadora: não

Leia mais

Não Aceite Ser Tratada Como Objeto. Exija Respeito 1

Não Aceite Ser Tratada Como Objeto. Exija Respeito 1 Não Aceite Ser Tratada Como Objeto. Exija Respeito 1 Najara Magali KREUSCH 2 Fernando Rodrigues DAMACENO 3 Adriane Rodrigues DAMACENO 4 Aline Beatriz da SILVA 5 Bruna de Oliveira CARVALHO 6 Anderson SACHETTI

Leia mais

EDUCAÇÃO AMBIENTAL NO ENSINO BÁSICO: PROJETO AMBIENTE LIMPO

EDUCAÇÃO AMBIENTAL NO ENSINO BÁSICO: PROJETO AMBIENTE LIMPO EDUCAÇÃO AMBIENTAL NO ENSINO BÁSICO: PROJETO AMBIENTE LIMPO Autor: Dassayanne dos Santos Vasconcelos¹, Co-autores:Carlos de Oliveira Bispo¹; Jonathan Alisson dos Santos Souza¹; Prof. Marcos Lopes de Sant

Leia mais

EDUCAÇÃO PATRIMONIAL A PARTIR DE JOGOS DIDÁTICOS: UMA EXPERIÊNCIA EXTENSIONISTA NO MUNICÍPIO DE RESTINGA SÊCA/RS/Brasil

EDUCAÇÃO PATRIMONIAL A PARTIR DE JOGOS DIDÁTICOS: UMA EXPERIÊNCIA EXTENSIONISTA NO MUNICÍPIO DE RESTINGA SÊCA/RS/Brasil EDUCAÇÃO PATRIMONIAL A PARTIR DE JOGOS DIDÁTICOS: UMA EXPERIÊNCIA EXTENSIONISTA NO MUNICÍPIO DE RESTINGA SÊCA/RS/Brasil Heliana de Moraes Alves Graduanda em Geografia Bacharelado da Universidade Federal

Leia mais

FASCÍCULO INTRODUTÓRIO PROGRAMA ELEITOR DO FUTURO FORMAÇÃO PARA A EDUCAÇÃO POLÍTICA

FASCÍCULO INTRODUTÓRIO PROGRAMA ELEITOR DO FUTURO FORMAÇÃO PARA A EDUCAÇÃO POLÍTICA FASCÍCULO INTRODUTÓRIO PROGRAMA ELEITOR DO FUTURO FORMAÇÃO PARA A EDUCAÇÃO POLÍTICA Introdução A Escola e outros espaços educativos, como ONGs, movimentos sociais, pastorais e sindicatos vêm, através de

Leia mais

ESCOLA ESPECIAL RENASCER- APAE PROFESSORA: JULIANA ULIANA DA SILVA

ESCOLA ESPECIAL RENASCER- APAE PROFESSORA: JULIANA ULIANA DA SILVA ESCOLA ESPECIAL RENASCER- APAE PROFESSORA: JULIANA ULIANA DA SILVA PROJETO: ARTES NA EDUCAÇÃO ESPECIAL O CORPO E A MENTE EM AÇÃO LUCAS DO RIO VERDE 2009 APRESENTAÇÃO Em primeiro lugar é preciso compreender

Leia mais

PROFESSOR PEDAGOGO. ( ) Pedagogia Histórico-Crítica. ( ) Pedagogia Tecnicista. ( ) Pedagogia Tradicional. ( ) Pedagogia Nova.

PROFESSOR PEDAGOGO. ( ) Pedagogia Histórico-Crítica. ( ) Pedagogia Tecnicista. ( ) Pedagogia Tradicional. ( ) Pedagogia Nova. PROFESSOR PEDAGOGO 41 - Identifique como V (verdadeira) ou F (falsa) as afirmativas abaixo, que tratam da atuação do professor pedagogo. ( ) Os professores pedagogos devem orientar, acompanhar e avaliar

Leia mais

PROCESSO SELETIVO PARA O PROGRAMA PETROBRAS JOVEM APRENDIZ

PROCESSO SELETIVO PARA O PROGRAMA PETROBRAS JOVEM APRENDIZ PROCESSO SELETIVO PARA O PROGRAMA PETROBRAS JOVEM APRENDIZ A Sociedade de Estudos Múltiplos, Ecológica e de Artes Sociedade Semear, entidade privada sem fins lucrativos, inscrita no Cadastro Nacional de

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO Superintendência de Cultura e Comunicação

UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO Superintendência de Cultura e Comunicação CHAMADA DE PROJETOS PARA O PLANO DE CULTURA DA UFES PREVISTO NO EDITAL MAIS CULTURA NAS UNIVERSIDADES A da Universidade Federal do Espírito Santo (UFES), em parceria com a Pró-Reitoria de Extensão, convida

Leia mais

HISTÓRIA ORAL NO ENSINO FUNDAMENTAL: O REGIME MILITAR NO EX- TERRITÓRIO DE RORAIMA

HISTÓRIA ORAL NO ENSINO FUNDAMENTAL: O REGIME MILITAR NO EX- TERRITÓRIO DE RORAIMA HISTÓRIA ORAL NO ENSINO FUNDAMENTAL: O REGIME MILITAR NO EX- TERRITÓRIO DE RORAIMA LYSNE NÔZENIR DE LIMA LIRA, 1 HSTÉFFANY PEREIRA MUNIZ 2 1. Introdução Este trabalho foi criado a partir da experiência

Leia mais

TÍTULO: ONG ANIMAIS TEM VOZ CATEGORIA: CONCLUÍDO ÁREA: CIÊNCIAS SOCIAIS APLICADAS SUBÁREA: COMUNICAÇÃO SOCIAL

TÍTULO: ONG ANIMAIS TEM VOZ CATEGORIA: CONCLUÍDO ÁREA: CIÊNCIAS SOCIAIS APLICADAS SUBÁREA: COMUNICAÇÃO SOCIAL TÍTULO: ONG ANIMAIS TEM VOZ CATEGORIA: CONCLUÍDO ÁREA: CIÊNCIAS SOCIAIS APLICADAS SUBÁREA: COMUNICAÇÃO SOCIAL INSTITUIÇÃO: FACULDADE ANHANGUERA DE SANTA BÁRBARA AUTOR(ES): CARLOS VALÉRIO SANTOS, RAFAELA

Leia mais

O EMPREENDEDORISMO NA EDUCAÇÃO BÁSICA PÚBLICA

O EMPREENDEDORISMO NA EDUCAÇÃO BÁSICA PÚBLICA O EMPREENDEDORISMO NA EDUCAÇÃO BÁSICA PÚBLICA Genilson José da Silva Universidade Federal da Paraíba genilsonjos27@gmail.com Maria das Graças de Almeida Baptista Universidade Federal da Paraíba - mgabaptista2@yahoo.com.br

Leia mais

Energético Burn 1. PALAVRAS CHAVE: Fotografia; Fotografia Publicitária, Energético.

Energético Burn 1. PALAVRAS CHAVE: Fotografia; Fotografia Publicitária, Energético. Energético Burn 1 Humberto Leopoldo P. CARDOSO FILHO 2 Tainá Claudino dos SANTOS 3 Anamaria TELES 4 Universidade Regional de Blumenau, FURB, Blumenau, SC RESUMO A fotografia aqui apresentada foi concebida

Leia mais

Curso: Diagnóstico Comunitário Participativo.

Curso: Diagnóstico Comunitário Participativo. Curso: Diagnóstico Comunitário Participativo. Material referente ao texto do Módulo 3: Ações Básicas de Mobilização. O conhecimento da realidade é a base fundamental ao desenvolvimento social, que visa

Leia mais

Fundo de Apoio a Projetos do Escravo, nem pensar!

Fundo de Apoio a Projetos do Escravo, nem pensar! Fundo de Apoio a Projetos do Escravo, nem pensar! Caros(as) participantes, O programa Escravo, nem pensar! da ONG Repórter Brasil abre as inscrições para a 8ª edição do Fundo de Apoio a Projetos do Escravo,

Leia mais

XI FESTIVAL DE TEATRO NA ESCOLA Ano 2012 NORMAS DE PARTICIPAÇÃO

XI FESTIVAL DE TEATRO NA ESCOLA Ano 2012 NORMAS DE PARTICIPAÇÃO XI FESTIVAL DE TEATRO NA ESCOLA Ano 2012 NORMAS DE PARTICIPAÇÃO 1. SOBRE A INSTITUIÇÃO REALIZADORA A Fundação Athos Bulcão foi criada em 1992 e atua na promoção, documentação, pesquisa e difusão da obra

Leia mais

125 inserções de 45 com 5 de assinatura do patrocinador.

125 inserções de 45 com 5 de assinatura do patrocinador. APRESENTAÇÃO A primeira edição da Copa TV Verdes Mares de Futsal foi um verdadeiro golaço. E em 2014 a TV Verdes Mares, juntamente com a Federação Cearense de Futebol, irá repetir esse grande sucesso.

Leia mais

As músicas do meu Brasil : o trabalho com atividades de apreciação musical significativa em sala de aula

As músicas do meu Brasil : o trabalho com atividades de apreciação musical significativa em sala de aula As músicas do meu Brasil : o trabalho com atividades de apreciação musical significativa em sala de aula Laís Coutinho de Souza e-mail: lais.coutinho@outlook.com Lucas D Alessandro Ribeiro e-mail: lucdaless@live.com

Leia mais

Mídia Kit 2016. Você é nosso convidado a mudar a forma como se relaciona com os seus clientes

Mídia Kit 2016. Você é nosso convidado a mudar a forma como se relaciona com os seus clientes Mídia Kit 2016 Você é nosso convidado a mudar a forma como se relaciona com os seus clientes Conceito Muito prazer, somos a Revista Viva Minas! Nos autodefinimos como um veículo de comunicação para leitores

Leia mais

INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO GRANDE DO NORTE CAMPUS CAICÓ

INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO GRANDE DO NORTE CAMPUS CAICÓ INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO GRANDE DO NORTE CAMPUS CAICÓ CLUBE DE FÍSICA, MINI ESPAÇO CIÊNCIA E FEIRA DE CIÊNCIA: PROPOSTAS DO PIBID IFRN CAMPUS CAICÓ PARTICIPANTES: ERIJACKSON

Leia mais

EDITAL 012/2015 - Perfil Pesquisa Avaliativa dos Projetos Educacionais da SAIAT/SPM

EDITAL 012/2015 - Perfil Pesquisa Avaliativa dos Projetos Educacionais da SAIAT/SPM EDITAL 012/2015 - Perfil Pesquisa Avaliativa dos Projetos Educacionais da SAIAT/SPM PROJETO DE COOPERAÇÃO TÉCNICA INTERNACIONAL PROCESSO SELETIVO PARA CONTRATAÇÃO DE CONSULTOR PESSOA FÍSICA TERMO DE REFERÊNCIA

Leia mais

1 EDUCAÇÃO INFANTIL NATUREZA E SOCIEDADE O TEMPO PASSA... Guia Didático do Objeto Educacional Digital

1 EDUCAÇÃO INFANTIL NATUREZA E SOCIEDADE O TEMPO PASSA... Guia Didático do Objeto Educacional Digital Guia Didático do Objeto Educacional Digital NATUREZA E SOCIEDADE 1 EDUCAÇÃO INFANTIL O TEMPO PASSA... Este Objeto Educacional Digital (OED) está relacionado ao tema da Unidade 4 do Livro do Aluno. NATUREZA

Leia mais

PRODUTO FINAL ASSOCIADA A DISSERTAÇÃO DE MESTRADO

PRODUTO FINAL ASSOCIADA A DISSERTAÇÃO DE MESTRADO PRODUTO FINAL ASSOCIADA A DISSERTAÇÃO DE MESTRADO Programa de Pós Graduação em Ensino de Ciências Universidade Federal de Itajubá Título da dissertação: OS MANUAIS DOS PROFESSORES DOS LIVROS DIDÁTICOS

Leia mais

Carta Influência do Clima no Cotidiano Juvenil. Prezados representantes brasileiros da Conferencia Juvenil de Copenhague,

Carta Influência do Clima no Cotidiano Juvenil. Prezados representantes brasileiros da Conferencia Juvenil de Copenhague, Rio de Janeiro 03 de dezembro de 2009 Carta Influência do Clima no Cotidiano Juvenil Prezados representantes brasileiros da Conferencia Juvenil de Copenhague, Tendo em vista a confecção coletiva de uma

Leia mais

Ela tem vergonha de falar. Você não pode ter 1.

Ela tem vergonha de falar. Você não pode ter 1. Ela tem vergonha de falar. Você não pode ter 1. Malú Mariana Pessota da SILVA 2 Ariani Samara da Cruz PAULIN 3 Eduardo Perotto BIAGI 4 Universidade de Católica Dom Bosco, Campo Grande, MS RESUMO: O trabalho

Leia mais

REGULAMENTO DO DESAFIO ESCOLAR ESCOLA SOLIDÁRIA DO TRANSFORMA

REGULAMENTO DO DESAFIO ESCOLAR ESCOLA SOLIDÁRIA DO TRANSFORMA REGULAMENTO DO DESAFIO ESCOLAR ESCOLA SOLIDÁRIA DO TRANSFORMA Promovido pelo Comitê Organizador dos Jogos Olímpicos Rio 2016, associação civil, de natureza desportiva, com sede na Rua Ulysses Guimarães

Leia mais

ORIENTAÇÕES GERAIS PARA ESTÁGIO DE PEDAGOGIA

ORIENTAÇÕES GERAIS PARA ESTÁGIO DE PEDAGOGIA ORIENTAÇÕES GERAIS PARA ESTÁGIO DE PEDAGOGIA INTRODUÇÃO Os Estágios Supervisionados constam de atividades de prática pré-profissional, exercidas em situações reais de trabalho, sem vínculo empregatício,

Leia mais

Apêndice F-21C Relatório das Atividades de Dezembro do projeto de educação ambiental PPA para AJA Minas Gerais, Brasil

Apêndice F-21C Relatório das Atividades de Dezembro do projeto de educação ambiental PPA para AJA Minas Gerais, Brasil Apêndice F-21C Relatório das Atividades de Dezembro do projeto de educação ambiental PPA para AJA Minas Gerais, Brasil Groupo AJ na demonstração do modelo de bacia hidrográfica. Preparado para: Susan Kurbis,

Leia mais

VIOLÊNCIA CONTRA CRIANÇAS E ADOLESCENTES: ESTUDO EXPLORATÓRIO E REFLEXIVO NO CREAS DO MUNICÍPIO DE PRESIDENTE PRUDENTE SP

VIOLÊNCIA CONTRA CRIANÇAS E ADOLESCENTES: ESTUDO EXPLORATÓRIO E REFLEXIVO NO CREAS DO MUNICÍPIO DE PRESIDENTE PRUDENTE SP Encontro de Ensino, Pesquisa e Extensão, Presidente Prudente, 22 a 25 de outubro, 2012 385 VIOLÊNCIA CONTRA CRIANÇAS E ADOLESCENTES: ESTUDO EXPLORATÓRIO E REFLEXIVO NO CREAS DO MUNICÍPIO DE PRESIDENTE

Leia mais

OFICINA DE JOGOS APOSTILA DO PROFESSOR

OFICINA DE JOGOS APOSTILA DO PROFESSOR OFICINA DE JOGOS APOSTILA DO PROFESSOR APRESENTAÇÃO Olá professor, Essa apostila apresenta jogos matemáticos que foram doados a uma escola de Blumenau como parte de uma ação do Movimento Nós Podemos Blumenau.

Leia mais

REVISTA INOVAÇÃO EM PAUTA

REVISTA INOVAÇÃO EM PAUTA II Simpósio Nacional de Jornalismo Científico Universidade Estadual do Norte Fluminense Darcy Ribeiro (UENF) Campos dos Goytacazes RJ 28 e 29/11/2012 REVISTA INOVAÇÃO EM PAUTA Resumo A revista Inovação

Leia mais

CONHECIMENTOS E CAPACIDADES ENVOLVIDOS NO PROCESSO DE ALFABETIZAÇÃO E LETRAMENTO 1

CONHECIMENTOS E CAPACIDADES ENVOLVIDOS NO PROCESSO DE ALFABETIZAÇÃO E LETRAMENTO 1 . PREFEITURA MUNICIPAL DO SALVADOR Secretaria Municipal de Educação e Cultura SMEC Coordenadoria de Ensino e Apoio Pedagógico CENAP CONHECIMENTOS E CAPACIDADES ENVOLVIDOS NO PROCESSO DE ALFABETIZAÇÃO E

Leia mais

Fotonovela: As aventuras de Jeremias Um porquinho bom de conta¹

Fotonovela: As aventuras de Jeremias Um porquinho bom de conta¹ Fotonovela: As aventuras de Jeremias Um porquinho bom de conta¹ Isabelle Lourenço de Sousa² Carolina Cunha Lima Domingos³ Nathália Maria Galdino Carrilho Silvia Caroline de Correia Medeiros Itamar de Morais

Leia mais

APONTAMENTOS SOBRE AS POLÍTICAS PÚBLICAS PARA FORMAÇÃO DE PROFESSORES NA MODALIDADE A DISTÂNCIA

APONTAMENTOS SOBRE AS POLÍTICAS PÚBLICAS PARA FORMAÇÃO DE PROFESSORES NA MODALIDADE A DISTÂNCIA APONTAMENTOS SOBRE AS POLÍTICAS PÚBLICAS PARA FORMAÇÃO DE PROFESSORES NA MODALIDADE A DISTÂNCIA Ana Claudia da Silva Rodrigues; Lílian Maria Paes de Carvalho Ramos (Orientadora) Universidade Federal Rural

Leia mais

Instruções para preenchimento do formulário Plano de Ação do Projeto. Secretaria - Escreva o nome da secretaria coordenadora do projeto.

Instruções para preenchimento do formulário Plano de Ação do Projeto. Secretaria - Escreva o nome da secretaria coordenadora do projeto. Capa Secretaria - Escreva o nome da secretaria coordenadora do projeto. Órgão / Empresa - Escreva o nome do órgão ou empresa coordenadora do projeto. Plano de Ação do Projeto Escreva o nome do projeto.

Leia mais

por aram barra Em memória de Nasr Rami, que em sua juventude esforçou-se para entender a política de drogas

por aram barra Em memória de Nasr Rami, que em sua juventude esforçou-se para entender a política de drogas por aram barra Esta edição das Diretrizes para Debate tem como objetivo ajudar a definir o que é política de drogas e fornecer orientações para eventuais desafios nos projeto e impactos, a partir de uma

Leia mais

AGROTÓXICOS: EDUCAÇÃO NO CAMPO EM PROL DA SAÚDE DE POPULAÇÕES RURAIS

AGROTÓXICOS: EDUCAÇÃO NO CAMPO EM PROL DA SAÚDE DE POPULAÇÕES RURAIS Secretaria de Estado da Saúde Gerência Estratégica em Vigilância em Saúde Núcleo Especial de Vigilância Ambiental Núcleo Especial de Vigilância em Saúde do Trabalhador AGROTÓXICOS: EDUCAÇÃO NO CAMPO EM

Leia mais

FORMAÇÃO CONTINUADA DE PROFESSORES 1

FORMAÇÃO CONTINUADA DE PROFESSORES 1 FORMAÇÃO CONTINUADA DE PROFESSORES 1 A LDB, no Titulo VI, trata dos Profissionais da Educação, considerando sob essa categoria não só os professores, que são responsáveis pela gestão da sala de aula, mas

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA FARROUPILHA PRÓ-REITORIA DE EXTENSÃO

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA FARROUPILHA PRÓ-REITORIA DE EXTENSÃO SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA FARROUPILHA PRÓ-REITORIA DE EXTENSÃO ANEXO I. PROJETO DE CURTA DURAÇÃO 1. IDENTIFICAÇÃO 1.1 Título do

Leia mais

PROGRAMA DE BOLSA ACADÊMICA DE EXTENSÃO PBAEX / EDIÇÃO 2016 CAMPUS BOA VISTA/ CENTRO ANEXO III

PROGRAMA DE BOLSA ACADÊMICA DE EXTENSÃO PBAEX / EDIÇÃO 2016 CAMPUS BOA VISTA/ CENTRO ANEXO III PROGRAMA DE BOLSA ACADÊMICA DE ETENSÃO PBAE / EDIÇÃO 2016 CAMPUS BOA VISTA/ CENTRO ANEO III FORMULÁRIO DA VERSÃO ELETRÔNICA DO PROJETO / DA ATIVIDADE DE ETENSÃO PBAE 2016 01. Título do Projeto (Re) Educação

Leia mais

PROPOSTA DE TRABALHO ENSINO MÉDIO 2010. Pais e Alunos

PROPOSTA DE TRABALHO ENSINO MÉDIO 2010. Pais e Alunos PROPOSTA DE TRABALHO ENSINO MÉDIO 2010 Pais e Alunos Proposta de Trabalho Ensino Médio 2010 A partir de 2010 o nosso projeto pedagógico do Ensino Médio estará ainda mais comprometido com a formação integral

Leia mais

R0BÓTICA EDUCACIONAL. Curso Extracurricular de Robótica educacional

R0BÓTICA EDUCACIONAL. Curso Extracurricular de Robótica educacional R0BÓTICA EDUCACIONAL Curso Extracurricular de Robótica educacional Robótica na educação: Curso extracurricular Com o avanço da tecnologia, criou se um mundo de possibilidades que geram escolhas e responsabilidades.

Leia mais

www.dceigt.webnode.com.br dceiguatu@hotmail.com PROJETO: CINE CLUBE

www.dceigt.webnode.com.br dceiguatu@hotmail.com PROJETO: CINE CLUBE Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Campus Iguatu Diretório Central dos Estudantes Unidade Representativa de Iguatu Cooperativa Escola do Alunos do IF Campus Iguatu www.dceigt.webnode.com.br

Leia mais

REGULAMENTO EXPOTEC 2015

REGULAMENTO EXPOTEC 2015 REGULAMENTO EXPOTEC 2015 A Exposição de Tecnologia de Ciência de Camaragibe EXPOTEC se caracteriza como a exposição de ciências do Município de Camaragibe/PE que tem como principal objetivo fomentar o

Leia mais

Estatística à Distância: uma experiência

Estatística à Distância: uma experiência Estatística à Distância: uma experiência Luciana Neves Nunes 1 Departamento de Estatística UFRGS Programa de Pós Graduação em Ensino de Matemática Introdução A disciplina de Estatística Básica oferecida

Leia mais

ESTATÍSTICA BÁSICA NO CURSO DE TÉCNICO INTEGRADO DE SEGURANÇA DO TRABALHO

ESTATÍSTICA BÁSICA NO CURSO DE TÉCNICO INTEGRADO DE SEGURANÇA DO TRABALHO ESTATÍSTICA BÁSICA NO CURSO DE TÉCNICO INTEGRADO DE SEGURANÇA DO TRABALHO Fabíola Nascimento dos Santos Paes Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Pernambuco fabiola.paes@gmail.com Dorghisllany

Leia mais

UMA LEITURA SOBRE A PARTICIPAÇÃO DO JOVEM NO PROGRAMA ESCOLA DA FAMÍLIA

UMA LEITURA SOBRE A PARTICIPAÇÃO DO JOVEM NO PROGRAMA ESCOLA DA FAMÍLIA UMA LEITURA SOBRE A PARTICIPAÇÃO DO JOVEM NO PROGRAMA ESCOLA DA FAMÍLIA Gina Sanchez, Instituto de Ensino Superior de Bauru IESB PREVE; Leila Maria Ferreira Salles, UNESP/IB - Rio Claro. A participação

Leia mais

A CONSTRUÇÃO DE SISTEMAS NUMÉRICOS BÁSICOS NÃO DECIMAIS E OS SEUS MANEJOS NAS OPERAÇÕES FUNDAMENTAIS

A CONSTRUÇÃO DE SISTEMAS NUMÉRICOS BÁSICOS NÃO DECIMAIS E OS SEUS MANEJOS NAS OPERAÇÕES FUNDAMENTAIS 1 A CONSTRUÇÃO DE SISTEMAS NUMÉRICOS BÁSICOS NÃO DECIMAIS E OS SEUS MANEJOS NAS OPERAÇÕES FUNDAMENTAIS Carlos Lima Campos SEEDF abacada.nada@gmail.com Resumo: O presente trabalho apresenta um modelo de

Leia mais

Projeto. Pedagógico QUEM MEXEU NA MINHA FLORESTA?

Projeto. Pedagógico QUEM MEXEU NA MINHA FLORESTA? Projeto Pedagógico QUEM MEXEU NA MINHA FLORESTA? 1 Projeto Pedagógico Por Beatriz Tavares de Souza* Apresentação O livro tem como tema o meio ambiente em que mostra o homem e a destruição da natureza,

Leia mais

Regulamento da 1ª Edição do StartupGov: o Desafio do Serviço Público

Regulamento da 1ª Edição do StartupGov: o Desafio do Serviço Público Regulamento da 1ª Edição do StartupGov: o Desafio do Serviço Público 1. SOBRE O STARTUPGOV: O StartupGov: O Desafio do Serviço Público é um espaço para debate com o objetivo de aproximar o governo de especialistas

Leia mais

Cartaz: A Culinária Mexicana 1. Paulo Henrique Paro 2 William Wendel 3 Marcelo Prada 4 Fábio Dias 5 Cristiane Peixoto Nabarretti 6

Cartaz: A Culinária Mexicana 1. Paulo Henrique Paro 2 William Wendel 3 Marcelo Prada 4 Fábio Dias 5 Cristiane Peixoto Nabarretti 6 Cartaz: A Culinária Mexicana 1 Paulo Henrique Paro 2 William Wendel 3 Marcelo Prada 4 Fábio Dias 5 Cristiane Peixoto Nabarretti 6 Faculdade Anhanguera de Santa Bárbara d Oeste, São Paulo Resumo O trabalho

Leia mais