DRAP Norte - Direção Regional de Agricultura e Pescas do Norte

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "DRAP Norte - Direção Regional de Agricultura e Pescas do Norte"

Transcrição

1 DRAP Norte - Direção Regional de Agricultura e Pescas do Norte

2 DRAP Norte - Direção Regional de Agricultura e Pescas do Norte Produção de Pequenos Frutos na Região Norte Em Portugal, à exceção do morango, não existia a tradição da cultura de espécies designadas por pequenos frutos: Amoras Framboesas Groselhas Mirtilos

3 DRAP Norte - Direção Regional de Agricultura e Pescas do Norte Produção de Pequenos Frutos na Região Norte Serra do Gerês Mirtilos espontâneos Início dos anos 80 Experimentação no Vidago DRATM Quinta do Tojal, Vila Verde Há cerca de 30 anos Em 1994 plantações experimentais com agricultores de Sever do Vouga e Tarouca

4 DRAP Norte - Direção Regional de Agricultura e Pescas do Norte Produção de Pequenos Frutos na Região Norte 2009: A espécie mais cultivada era a framboesa que ocupava 78% da área total de pequenos frutos na região A área ocupada por mirtilos era de 2,4 ha que correspondia a 12 % da área total de pequenos frutos

5 DRAP Norte - Direção Regional de Agricultura e Pescas do Norte Produção de Pequenos Frutos na Região Norte 2009: REPARTIÇÃO DA ÁREA DE PEQUENOS FRUTOS POR ESPÉCIES (2009) 12% 7% 3% AMORAS FRAMBOESAS GROSELHAS MIRTILOS 78%

6 DRAP Norte - Direção Regional de Agricultura e Pescas do Norte Produção de Pequenos Frutos na Região Norte 2009: A área total de mirtilos na região norte era de 2,44 ha As NUT s com maior área eram o entre douro e vouga e o douro, com um valor que era inferior a 1 ha em cada uma delas Nas NUT s do alto trás os montes e grande porto não havia plantações de mirtilos

7 DRAP Norte - Direção Regional de Agricultura e Pescas do Norte Produção de Pequenos Frutos na Região Norte REPARTIÇÃO DA ÁREA DE MIRTILO POR NUTIII DOURO 0,66 ha A. TRÁS OS MONTES 0 MINHO LIMA 0,63 ha CÁVADO 0,15 ha E. DOURO E VOUGA 0,66 ha TÂMEGA GRANDE PORTO AVE 0,32 ha

8 DRAP Norte - Direção Regional de Agricultura e Pescas do Norte Produção de Pequenos Frutos na Região Norte 2009: A área total de pequenos frutos no continente era de 237 ha, dos quais apenas 8,74% se situavam na região norte. Os 2,44 ha de mirtilos cultivados na região norte correspondiam a pouco mais de 5% do total nacional.

9 DRAP Norte - Direção Regional de Agricultura e Pescas do Norte Produção de Pequenos Frutos na Região Norte 2009:

10 Candidaturas Mirtilos Pequenos Frutos

11 Candidaturas (*) Mirtilos Pequenos Frutos (*) Candidaturas entradas até Fevereiro de 2013

12 AÇÃO Nº de Agricultores Valor de Investimento Pedidos de Apoio APROVADOS Subsidio Prémio REALIZADO Despesa Pública (Subsídio + Prémio) % Jovens Agricultores , , , ,11 43% Modernização e Capacitação das Empresas (Ação 111) Investimentos de Pequena Dimensão (Ação 112) , , ,30 5% , , ,04 52% , , , ,45 43%

13 AÇÃO Nº de Agricultores MIRTILO (ha) FRAMBOESA (ha) GROSELHA (ha) AMORA (ha) Jovens Agricultores ,79 90,06 40,80 22,21 Modernização e Capacitação das Empresas (Ação 111) Investimentos de Pequena Dimensão (Ação 112) 6 6,67 0,26 0,00 0,22 9 2,03 1,65 0,00 0, ,49 91,97 40,80 22,91

14 DELEGAÇÃO / CONCELHO Nº Nº Nº DELEGAÇÃO / CONCELHO DELEGAÇÃO / CONCELHO Agricultores Agricultores Agricultores ALTO MINHO 151 CÁVADO - VOUGA 122 DOURO 73 Amares 22 Barcelos 9 Alijó 2 Arcos de Valdevez 14 Braga 9 Armamar 1 Caminha 0 Espinho 0 Carrazeda de Ansiães 0 Melgaço 1 Esposende 0 Freixo de Espada à Cinta 0 Monção 4 Fafe 2 Lamego 29 Paredes de Coura 1 Gondomar 2 Mesão Frio 0 Ponte da Barca 17 Guimarães 21 Moimenta da Beira 4 Ponte de Lima 9 Maia 0 Murça 0 Terras de Bouro 22 Matosinhos 0 Penedono 6 Valença 1 Oliveira de Azeméis 5 Peso da Régua 0 Viana do Castelo 5 Porto 0 Sabrosa 1 Vieira do Minho 6 Póvoa de Lanhoso 11 Santa Marta de Penaguião 0 Vila Nova de Cerveira 4 Póvoa de Varzim 1 São João da Pesqueira 2 Vila Verde 45 Santa Maria da Feira 11 Sernancelhe 4 Santo Tirso 7 Tabuaço 1 BASTO - DOURO 202 São João da Madeira 0 Tarouca 10 Amarante 12 Trofa 1 Torre de Moncorvo 2 Arouca 20 Vale de Cambra 19 Vila Flor 4 Baião 32 Valongo 0 Vila Nova de Foz Côa 3 Cabeceiras de Basto 9 Vila do Conde 2 Vila Real 4 Castelo de Paiva 9 Vila Nova de Famalicão 12 Celorico de Basto 11 Vila Nova de Gaia 7 NORDESTE TRANSMONTANO 17 Cinfães 27 Vizela 3 Alfândega da Fé 2 Felgueiras 4 Bragança 6 Lousada 1 ALTO TRÁS-OS-MONTES 28 Macedo de Cavaleiros 7 Marco de Canaveses 18 Boticas 0 Miranda do Douro 0 Mondim de Basto 3 Chaves 8 Mogadouro 2 Paços de Ferreira 2 Mirandela 9 Vimioso 0 Paredes 5 Montalegre 0 Vinhais 0 Penafiel 15 Valpaços 6 Resende 33 Vila Pouca de Aguiar 5 Ribeira de Pena AGRICULTORES com plantação de Pequenos Frutos

15 Nº de Agricultores 0 > 0 a 5 > 5 a 10 > 10 a 20 > 20 a 30 > 30

16 DELEGAÇÃO / CONCELHO Áreas (ha) DELEGAÇÃO / CONCELHO Áreas (ha) DELEGAÇÃO / CONCELHO Áreas (ha) ALTO MINHO 155,71 CÁVADO - VOUGA 138,66 DOURO 71,53 Amares 25,39 Barcelos 5,25 Alijó 1,00 Arcos de Valdevez 10,46 Braga 11,35 Armamar 0,00 Caminha 0,00 Espinho 0,00 Carrazeda de Ansiães 0,00 Melgaço 0,10 Esposende 0,00 Freixo de Espada à Cinta 0,00 Monção 5,46 Fafe 2,46 Lamego 26,18 Paredes de Coura 0,76 Gondomar 2,67 Mesão Frio 0,00 Ponte da Barca 16,61 Guimarães 28,70 Moimenta da Beira 5,46 Ponte de Lima 9,86 Maia 0,00 Murça 0,00 Terras de Bouro 26,00 Matosinhos 0,00 Penedono 14,38 Valença 1,60 Oliveira de Azeméis 5,27 Peso da Régua 0,00 Viana do Castelo 4,18 Porto 0,00 Sabrosa 0,00 Vieira do Minho 6,92 Póvoa de Lanhoso 14,75 Santa Marta de Penaguião 0,00 Vila Nova de Cerveira 2,13 Póvoa de Varzim 0,00 São João da Pesqueira 2,75 Vila Verde 46,24 Santa Maria da Feira 13,15 Sernancelhe 4,21 Santo Tirso 8,47 Tabuaço 0,50 BASTO - DOURO 239,60 São João da Madeira 0,00 Tarouca 6,48 Amarante 10,86 Trofa 0,00 Torre de Moncorvo 2,98 Arouca 16,62 Vale de Cambra 16,88 Vila Flor 3,91 Baião 40,75 Valongo 0,00 Vila Nova de Foz Côa 1,00 Cabeceiras de Basto 6,10 Vila do Conde 1,50 Vila Real 2,68 Castelo de Paiva 14,45 Vila Nova de Famalicão 14,22 Celorico de Basto 15,64 Vila Nova de Gaia 9,88 NORDESTE TRANSMONTANO 22,70 Cinfães 37,96 Vizela 4,11 Alfândega da Fé 2,59 Felgueiras 4,95 Bragança 8,84 Lousada 0,77 ALTO TRÁS-OS-MONTES 25,29 Macedo de Cavaleiros 10,97 Marco de Canaveses 20,85 Boticas 0,00 Miranda do Douro 0,00 Mondim de Basto 3,83 Chaves 5,57 Mogadouro 0,30 Paços de Ferreira 1,35 Mirandela 9,20 Vimioso 0,00 Paredes 2,00 Montalegre 0,00 Vinhais 0,00 Penafiel 10,39 Valpaços 6,31 Resende 53,08 Vila Pouca de Aguiar 4,21 Ribeira de Pena 0,00 653,49 Hectares de Plantação de Mirtilos

17 Áreas (ha) 0 > 0 a 10 > 10 a 20 > 20 a 30 > 30 a 40 > 40

18 Nº Jovens Agricultores 9º Ano ao 12º Ano Bacharelato, Licenciatura, Mestrado, Doutoramento, Curso de especialização tecnológica, Técnico de nível 3, 4 e 5 Agrícola Não Agrícola Agrícola Não Agrícola 593 1% 44% 6% 49% 45% 55% Nº Jovens Agricultores Curso de Empresário Agrícola Homologado pelo MAMAOT 593 3,20%

19 Nº de EXPLORAÇÕES AGRÍCOLAS Variação Portugal % Continente % EDM % TM % Região Norte % DIMENSÃO MÉDIA DAS EXPLORAÇÕES Superfície Agrícola Útil (Hectares) Variação Portugal 9,3 12 Continente 9,8 12,7 30% EDM 3,2 4,3 35% TM 6,5 7 7% Fonte: RGA/1999 e RGA/2009 Fonte: RGA/1999 e RGA/2009 MIRTILO Área Média da Exploração Países / Regiões ha / exploração Argentina Norte 20 Argentina (B. Aires) 10 Uruguai 3 Astúrias 1,60 Região Centro 1,24 Região Norte 1,07

20 Alternativa em região de minifúndio Apoios ao Investimento e Prémio de 1ª Instalação Elevado número de agricultores (jovens) sujeitos à mesma obrigatoriedade de cumprimento das METAS, físicas e financeiras, do Plano Empresarial e dos respetivos compromissos assumidos Atividade em grande expansão e com procura crescente

21 Dimensão da atividade Experiência/formação do empresário agrícola e os compromissos assumidos Organizações de Produtores de Frutos e Produtos Hortícolas (existência e reconhecimento) Capacidade de processamento pós-colheita e das infra - estruturas de transformação

22 Intensificação de uma cultura silvestre e autóctone: Introdução de variedades importadas Ocorrência de pragas e doenças oportunistas

23 CONTROLO DE INFESTANTES PONTOS FRACOS AMEAÇAS

24 Armillaria PONTOS FRACOS AMEAÇAS

25 Phytophthora spp PONTOS FRACOS AMEAÇAS

26 Fusarium spp. PONTOS FRACOS AMEAÇAS

27 Drosophila suzuki PONTOS FRACOS AMEAÇAS

28 Drosophila suzuki PONTOS FRACOS AMEAÇAS

29 Muito obrigado Direção Regional de Agricultura e Pescas do Norte Direção de Serviços de Investimento E Divisão de Apoio ao Setor Agro Alimentar

a eficiência do ramo da educação pré-escolar no norte de portugal uma análise da última década 1

a eficiência do ramo da educação pré-escolar no norte de portugal uma análise da última década 1 a eficiência do ramo da educação pré-escolar no norte de portugal uma análise da última década 1 Paulo Reis Mourão Daniela Gaspar Resumo: Palavras-chave Portugal Códigos JEL Abstract: Keywords JEL Codes

Leia mais

ACES com programação completa cobertura total ACES com programação parcial - cobertura ainda incompleta

ACES com programação completa cobertura total ACES com programação parcial - cobertura ainda incompleta ACES Início Conclusão 00 0 0 Nov Dez Jan Fev Mar Abr Mai Jun Jul Ago Set Nov Dez Jan Fev Mar Abr Mai Jun Jul Ago Set Nov Dez Alto Minho -0-00 -0-0 Alto Tâmega e Barroso 8-06-00-07-0 Aveiro Norte 0-09-00-0-0

Leia mais

1712 Diário da República, 1.ª série N.º 54 18 de Março de 2009

1712 Diário da República, 1.ª série N.º 54 18 de Março de 2009 1712 Diário da República, 1.ª série N.º 54 18 de Março de 2009 Portaria n.º 273/2009 de 18 de Março O Programa do XVII Governo Constitucional define que «o sistema [de saúde] deve ser reorganizado a todos

Leia mais

VII JORNADAS DA ESCOLA SUPERIOR DE GESTÃO

VII JORNADAS DA ESCOLA SUPERIOR DE GESTÃO VII JORNADAS DA ESCOLA SUPERIOR DE GESTÃO E AMBIENTE: DESAFIOS PARA A GESTÃO PÚPLICA E PRIVADA BARCELOS, 24 DE NOVEMBRO DE 2006 EM QUE AMBIENTE VIVE A GESTÃO DO 1 O Contexto Territorial 2 O Contexto Temporal

Leia mais

Plataformas Supraconcelhias Norte Atualizado em:

Plataformas Supraconcelhias Norte Atualizado em: SEGURANÇA SOCIAL Plataformas Supraconcelhias Norte Atualizado em: 17-11-2014 Plataformas Supraconcelhias As Plataformas Territoriais, como órgão da Rede Social, foram criadas com o objetivo de reforçar

Leia mais

Política de Cidades Parcerias para a Regeneração Urbana

Política de Cidades Parcerias para a Regeneração Urbana Política de Cidades Parcerias para a Regeneração Urbana Aviso de Abertura de Concurso para Apresentação de Candidaturas de Operações Isoladas PRU/1/2008 Política de Cidades Parcerias para a Regeneração

Leia mais

Nome Concelho Distrito DRE Telefone Email. Escola Secundária de Maximinos, Braga Braga Braga Norte 253606540 direccao@esec-maximinus.rcts.

Nome Concelho Distrito DRE Telefone Email. Escola Secundária de Maximinos, Braga Braga Braga Norte 253606540 direccao@esec-maximinus.rcts. Escola Secundária de Maximinos, Braga Braga Braga Norte 253606540 direccao@esec-maximinus.rcts.pt Escola Básica de Vila Caiz, Amarante Amarante Porto Norte 255739614 info@eb23-vila-caiz.rcts.pt Escola

Leia mais

DESAGREGAÇÃO DE ASSOCIADOS 1 ASSOCIADOS POR ESPECIALIDADE E CONSELHO REGIONAL

DESAGREGAÇÃO DE ASSOCIADOS 1 ASSOCIADOS POR ESPECIALIDADE E CONSELHO REGIONAL DESAGREGAÇÃO DE ASSOCIADOS Notas: 1 O conselho geral deliberou, em reunião de 15 de outubro, nos termos do n.º 2 do artigo 11.º do EOSAE, agregar as delegações distritais de Beja, Évora e Portalegre numa

Leia mais

ANEXO II. Página 1 ORDEM TIPO DE C. CLASSE CONCELHO TEM SISTEMA?

ANEXO II. Página 1 ORDEM TIPO DE C. CLASSE CONCELHO TEM SISTEMA? ORDEM TIPO DE C. CLASSE CONCELHO TEM SISTEMA? 2 C. Predial 1 VISEU NÃO 0 C. Predial/Comercial 1 BRAGANÇA NÃO 0 C. Civil/Predial/Comercial 2 VILA NOVA DE CERVEIRA NÃO 0 C. Predial/Comercial 1 VIANA DO CASTELO

Leia mais

Serviços disponibilizados pelas autarquias através do Balcão do Empreendedor Informação atualizada no dia 18 de junho 2012 Grupo Entidade Formalidade

Serviços disponibilizados pelas autarquias através do Balcão do Empreendedor Informação atualizada no dia 18 de junho 2012 Grupo Entidade Formalidade Serviços disponibilizados pelas autarquias através do Balcão do Empreendedor Informação atualizada no dia 18 de junho 2012 Grupo Entidade Formalidade Acampamento ocasional Câmara Municipal de Braga Acampamento

Leia mais

DISTRITO CONCELHO DIA HORA Localidade LOCAL Morada VIANA DO CASTELO BRAGA PORTO VILA REAL BRAGANÇA

DISTRITO CONCELHO DIA HORA Localidade LOCAL Morada VIANA DO CASTELO BRAGA PORTO VILA REAL BRAGANÇA DISTRITO CONCELHO DIA HORA Localidade LOCAL Morada BRAGANÇA VILA REAL PORTO BRAGA VIANA DO CASTELO ARCOS DE VALDEVEZ 10 de Maio de 2003 14h e 30m Braga Casa dos Crivos Orfeão de Braga CAMINHA 10 de Maio

Leia mais

CURSOS PROFISSIONAIS OFERTA FORMATIVA 2013/2014 - DSRN

CURSOS PROFISSIONAIS OFERTA FORMATIVA 2013/2014 - DSRN CURSOS PROFISSIONAIS OFERTA FORMATIVA 203/204 - DSRN GRANDE PORTO Espinho AE Dr. Manuel Gomes de Almeida GRANDE PORTO Espinho AE Dr. Manuel Gomes de Almeida GRANDE PORTO Espinho AE Dr. Manuel Gomes de

Leia mais

URBACT III: Sessão de Apresentação Participação das Cidades da Região do Norte

URBACT III: Sessão de Apresentação Participação das Cidades da Região do Norte URBACT III: Sessão de Apresentação Participação das Cidades da Região do Norte Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Norte Famalicão, 2 de junho de 2015 Estrutura da apresentação Introdução

Leia mais

Rui Monteiro Diretor de Serviços de Desenvolvimento Regional da Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Norte

Rui Monteiro Diretor de Serviços de Desenvolvimento Regional da Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Norte Desenvolvimento e Competitividade Económica: o Papel do Poder Local O Papel do Poder Local nas Políticas de Desenvolvimento Económico e Competitividade: Enquadramento no Contexto do Norte 2020 Rui Monteiro

Leia mais

ALOJAMENTOS OFICIAIS PARA ANIMAIS DE COMPANHIA - CENTROS DE RECOLHA OFICIAIS (CRO) AUTORIZADOS

ALOJAMENTOS OFICIAIS PARA ANIMAIS DE COMPANHIA - CENTROS DE RECOLHA OFICIAIS (CRO) AUTORIZADOS 1 ABRANTES LVT INTERMUNICIPAL S PT 05 002 CGM in situ 2 ÁGUEDA C MUNICIPAL PT 03 004 CGM 3 AGUIAR DA BEIRA C INTERMUNICIPAL PT 03 005 CGM SÁTÃO 4 ALCANENA LVT INTERMUNICIPAL PT 05 005 CGM TORRES NOVAS

Leia mais

Global Map of Irrigation Areas PORTUGAL

Global Map of Irrigation Areas PORTUGAL NUTS3-region NUTS2-region irrigation Area actually (ha) irrigated (ha) Alentejo Central Alentejo 42 675 22 287 Alentejo Litoral Alentejo 40 289 14 427 Alto Alentejo Alentejo 39 974 20 993 Baixo Alentejo

Leia mais

Decreto-Lei n.º 78/84, de 8 de Março Estabelece a Classificação dos Municípios do Continente e das Regiões Autónomas

Decreto-Lei n.º 78/84, de 8 de Março Estabelece a Classificação dos Municípios do Continente e das Regiões Autónomas Decreto-Lei n.º 78/84, de 8 de Março Estabelece a Classificação dos Municípios do Continente e das Regiões Autónomas Por expressa determinação do Código Administrativo, no seu artigo 6.º, a classificação

Leia mais

Eixo Prioritário I Competitividade, Inovação e Conhecimento Energia Eficiência Energética na Iluminação Pública

Eixo Prioritário I Competitividade, Inovação e Conhecimento Energia Eficiência Energética na Iluminação Pública Eixo Prioritário I Competitividade, Inovação e Conhecimento Energia Eficiência Energética na Iluminação Pública Aviso de Abertura de Concurso para apresentação de Candidaturas - E EEIP/1/2011 - Energia

Leia mais

PRESIDÊNCIA DO CONSELHO DE MINISTROS

PRESIDÊNCIA DO CONSELHO DE MINISTROS Diário da República, 1.ª série N.º 73 14 de Abril de 2008 2193 PRESIDÊNCIA DO CONSELHO DE MINISTROS Decreto-Lei n.º 68/2008 de 14 de Abril Nos termos do Programa do XVII Governo Constitucional considera

Leia mais

AS INTERVENÇÕES PARA FECHO DE SISTEMAS DE SANEAMENTO. 8 de maio Convento de S. Francisco, Coimbra

AS INTERVENÇÕES PARA FECHO DE SISTEMAS DE SANEAMENTO. 8 de maio Convento de S. Francisco, Coimbra AS INTERVENÇÕES PARA FECHO DE SISTEMAS DE SANEAMENTO 8 de maio Convento de S. Francisco, Coimbra Águas do Norte, SA Sistema Multimunicipal A Águas do Norte, S.A. foi constituída pelo Decreto-Lei n.º 93/2015,

Leia mais

Lei n.º 144/2015, de 8 de setembro

Lei n.º 144/2015, de 8 de setembro Lei n.º 144/2015, de 8 de setembro Artigo 18.º - Obrigações dos operadores económicos - Informação aos consumidores sobre as entidades de Resolução Alternativa de Litígios de Consumo SOU UMA EMPRESA OU

Leia mais

AS INTERVENÇÕES PARA FECHO DE SISTEMAS DE SANEAMENTO. 8 de maio Convento de S. Francisco, Coimbra

AS INTERVENÇÕES PARA FECHO DE SISTEMAS DE SANEAMENTO. 8 de maio Convento de S. Francisco, Coimbra AS INTERVENÇÕES PARA FECHO DE SISTEMAS DE SANEAMENTO 8 de maio Convento de S. Francisco, Coimbra Águas do Norte, SA Sistema Multimunicipal A Águas do Norte, S.A. foi constituída pelo Decreto-Lei n.º 93/2015,

Leia mais

PARTE C PRESIDÊNCIA DO CONSELHO DE MINISTROS. 26092-(2) Diário da República, 2.ª série N.º 175 8 de setembro de 2015

PARTE C PRESIDÊNCIA DO CONSELHO DE MINISTROS. 26092-(2) Diário da República, 2.ª série N.º 175 8 de setembro de 2015 26092-(2) Diário da República, 2.ª série N.º 175 8 de setembro de 2015 PARTE C PRESIDÊNCIA DO CONSELHO DE MINISTROS Gabinete do Secretário de Estado da Administração Local Despacho n.º 10123-A/2015 Considerando

Leia mais

Lei n.º 144/2015, de 8 de setembro

Lei n.º 144/2015, de 8 de setembro Lei n.º 144/2015, de 8 de setembro Documento explicativo sobre o artigo 18.º que estabelece as obrigações dos operadores económicos - Informação aos consumidores sobre as entidades de Resolução Alternativa

Leia mais

ORIENTAÇÕES. VITIS 2016/2017 Período excecional de candidaturas

ORIENTAÇÕES. VITIS 2016/2017 Período excecional de candidaturas ORIENTAÇÕES VITIS 2016/2017 Período excecional de candidaturas Na sequência da publicação da Portaria n.º 71/2016 de 5 de abril, que estabelece para a campanha de 2016/2017 um período excecional de candidaturas

Leia mais

INSTRUÇÕES PARA O PREENCHIMENTO DO

INSTRUÇÕES PARA O PREENCHIMENTO DO INSTRUÇÕES PARA O PREENCHIMENTO DO FORMULÁRIO PEDIDO DE HABITAÇÃO O presente documento pretende apoiá-lo/a no preenchimento do formulário Pedido de Habitação, informando que os campos identificados com

Leia mais

Ponto de situação na Região Norte. da Flavescência dourada da videira. e do vector Scaphoideus titanus Ball

Ponto de situação na Região Norte. da Flavescência dourada da videira. e do vector Scaphoideus titanus Ball Ponto situação na Região Norte da Flavescência urada da viira e vector Scaphoius titanus Ball Junho 2009 SCAPHOIDEUS TITANUS Originário norte s Estas Unis da América; Na Europa, algumas referências apontam

Leia mais

Concurso Nacional de Leitura 2010/2011. Nome Agrupamento Concelho Distrito DRE. ANCORENSIS - "Cooperativa de Ensino" Caminha Viana do Castelo Norte

Concurso Nacional de Leitura 2010/2011. Nome Agrupamento Concelho Distrito DRE. ANCORENSIS - Cooperativa de Ensino Caminha Viana do Castelo Norte ANCORENSIS - "Cooperativa de Ensino" Caminha Viana do Castelo Norte Colégio "Casa Mãe" Paredes Porto Norte Colégio dos Órfãos do Porto Porto Porto Norte Colégio Liceal de Santa Maria de Lamas Santa Maria

Leia mais

Memorando apresentado pelo ME sobre "recrutamento e colocação de professores"

Memorando apresentado pelo ME sobre recrutamento e colocação de professores Federação Nacional dos Professores www.fenprof.pt Memorando apresentado pelo ME sobre "recrutamento e colocação de professores" 0. QUESTÃO PRÉVIA SOBRE A NEGOCIAÇÃO Em primeiro lugar, a FENPROF pretende

Leia mais

Declaração. Fundamento Data Finalidade Município/Freguesia beneficiario

Declaração. Fundamento Data Finalidade Município/Freguesia beneficiario Direcção-Geral do Orçamento Ministério das Finanças e da Administração Pública Declaração Em cumprimento do disposto no número 7 do art.º 8 da lei 2/2007 de 15 de Janeiro que aprova a Lei das Finanças

Leia mais

TIC, World Wide Web e infraestrutura digital: análise dos sítios Internet das empresas no Noroeste de Portugal

TIC, World Wide Web e infraestrutura digital: análise dos sítios Internet das empresas no Noroeste de Portugal TIC, World Wide Web e infraestrutura digital: análise dos sítios Internet das empresas no Noroeste de Portugal Ricardo Fernandes 1, Rui Gama 2, Cristina Barros 3 1) Departamento de Geografia da Faculdade

Leia mais

Imóveis. ID_Imovel NInventario Designacao Distrito. Braga

Imóveis. ID_Imovel NInventario Designacao Distrito. Braga ID_Imovel NInventario Designacao Distrito 4 2298 Paço dos Duques de Bragança 5 2223 Igreja e Mosteiro de S. Martinho de Tibães 6 2051 Mosteiro de S. Paulo de Arouca Braga Braga Aveiro Page 1 of 48 02/01/2016

Leia mais

Listagem de delegações da IGAC por ordem alfabética

Listagem de delegações da IGAC por ordem alfabética ÁGUEDA AGUIAR DA BEIRA ALBERGARIA-A-VELHA ALBUFEIRA ALCÁCER DO SAL ALCANENA ALCOBAÇA ALCOCHETE ALCOUTIM ALENQUER ALFÂNDEGA DA FÉ ALJEZUR ALJUSTREL ALMADA ALMEIDA ALMEIRIM ALMODÔVAR ALTER DO CHÃO AMADORA

Leia mais

PARA OS RESIDENTES DOS CONCELHOS DE. Presidente Dr. João Manuel Barros Figueiredo Cruz.

PARA OS RESIDENTES DOS CONCELHOS DE. Presidente Dr. João Manuel Barros Figueiredo Cruz. Juntas Médicas de Avaliação do Grau de Incapacidade de Deficientes Civis de Braga, Esposende, Barcelos, V. N. de Famalicão, Guimarães, Vizela, Fafe, Cabeceiras de Basto, Celorico de Basto, Vieira do Minho,

Leia mais

Publicação Periódica sobre o Número de Utentes Inscritos nos Cuidados de Saúde Primários

Publicação Periódica sobre o Número de Utentes Inscritos nos Cuidados de Saúde Primários Publicação Periódica sobre o nos Cuidados de Saúde Primários Outubro de 2015 ACSS RELATÓRIO: 1. inscritos 2. Listas de utentes por de Família Produzido por Ministério da Saúde, ACSS, DPS, Núcleo CSP e

Leia mais

NATALIDADE, MORTALIDADE INFANTIL E COMPONENTES REGIÃO NORTE

NATALIDADE, MORTALIDADE INFANTIL E COMPONENTES REGIÃO NORTE NATALIDADE, MORTALIDADE INFANTIL E COMPONENTES REGIÃO NORTE - ABRIL Ficha Técnica Título Natalidade, Mortalidade Infantil e Componentes, - Editor Administração Regional da Saúde do Norte, I.P. Rua Santa

Leia mais

QZP-10 Z1 BRAGA (03) VIANA DO CASTELO (16) PORTO (13) TÂMEGA (22) Z2 DOURO SUL (20) VILA REAL (17) BRAGANÇA (04)

QZP-10 Z1 BRAGA (03) VIANA DO CASTELO (16) PORTO (13) TÂMEGA (22) Z2 DOURO SUL (20) VILA REAL (17) BRAGANÇA (04) QZP-10 Z1 BRAGA (03) VIANA DO CASTELO (16) PORTO (13) TÂMEGA (22) Z2 DOURO SUL (20) VILA REAL (17) BRAGANÇA (04) Z3 ENTRE DOURO E VOUGA (21) AVEIRO (01) VISEU (18) Z4 COIMBRA (06) LEIRIA (10) Z5 CASTELO

Leia mais

Entidades Intermunicipais. Entidade Intermunicipal Designação Munícipios População. Comunidade Intermunicipal do Alto Minho

Entidades Intermunicipais. Entidade Intermunicipal Designação Munícipios População. Comunidade Intermunicipal do Alto Minho Intermunicipal Intermunicipal Intermunicipal Área Metropolitana Intermunicipal Intermunicipal do Alto Minho Intermunicipal do Cávado Área Metropolitana do Porto Intermunicipal do Ave Intermunicipal do

Leia mais

Âmbito de Aplicação... 3 Promotores... 3 Enquadramento Territorial... 3

Âmbito de Aplicação... 3 Promotores... 3 Enquadramento Territorial... 3 Linha de Apoio I Território, Destinos e Produtos Ficha Informativa - Junho 2007 Índice Âmbito de Aplicação... 3 Promotores... 3 Enquadramento Territorial... 3 Desenvolvimento de Pólos Turísticos... 3 Desenvolvimento

Leia mais

Protocolos firmados no âmbito das Autarquias: Igualdade de Oportunidades entre Mulheres e Homens

Protocolos firmados no âmbito das Autarquias: Igualdade de Oportunidades entre Mulheres e Homens 1 Abrantes Santarém 2 Águeda Aveiro 3 Albufeira Faro 4 Alcanena Santarém 5 Alcobaça Leiria 6 Alcoutim Faro 7 Alenquer Lisboa 8 Alfândega da Fé Bragança 9 Aljustrel Beja 10 Almada Setúbal 11 Almodôvar Beja

Leia mais

TIPO MUNICÍPIOS COM SERVIÇOS CRO OBSERVAÇÃO - OUTRAS AUTORIZAÇÕES. ABRANTES LVT INTERMUNICIPAL S PT CGM in situ

TIPO MUNICÍPIOS COM SERVIÇOS CRO OBSERVAÇÃO - OUTRAS AUTORIZAÇÕES. ABRANTES LVT INTERMUNICIPAL S PT CGM in situ ABRANTES LVT INTERMUNICIPAL S PT 05 002 CGM in situ ÁGUEDA C MUNICIPAL PT 03 004 CGM AGUIAR DA BEIRA C INTERMUNICIPAL PT 03 005 CGM SÁTÃO ALCANENA LVT INTERMUNICIPAL PT 05 005 CGM TORRES NOVAS ALCOBAÇA

Leia mais

RESÍDUOS DE EXPLORAÇÕES AGRÍCOLAS

RESÍDUOS DE EXPLORAÇÕES AGRÍCOLAS Ministério da A g r i c u l t u r a, do Desenvolvimento Rural e das Pescas ficha técnica DRAEDM Direcção Regional de Agricultura de Entre-Douro e Minho 105 Autores Paula Cunha - Eng.ª Ambiente Fernando

Leia mais

NÍVEL EDUCACIONAL NA REGIÃO DO NORTE

NÍVEL EDUCACIONAL NA REGIÃO DO NORTE Nível Educacional na Região do Norte NÍVEL EDUCACIONAL NA REGIÃO DO NORTE CARLA MELO* Tendo por referência os resultados Pré-Definitivos do Recenseamento da População de 1991, e comparando-os com os dados

Leia mais

Plano de Prevenção de Resíduos Urbanos

Plano de Prevenção de Resíduos Urbanos Plano de Prevenção de Resíduos Urbanos SISTEMAS MULTIMUNICIPAIS DE VALORIZAÇÃO E TRATAMENTO DE RESÍDUOS URBANOS Setembro, 2010 Situação Actual 1. Universo de Intervenção O Sistema Multimunicipal de Valorização

Leia mais

Escola Secundária Prof. Doutor F. Pinto Resende Marta Sofia Pereira Amaral Patrícia Ferreira Almeida Espinho

Escola Secundária Prof. Doutor F. Pinto Resende Marta Sofia Pereira Amaral Patrícia Ferreira Almeida Espinho Prémio de Mérito Ministério da Educação - 2010 Lista dos premiados - Direcção Regional de Educação do Norte Escolas Públicas Concelho Estabelecimento de Ensino Curso Científico-Humanístico Curso Profissional

Leia mais

Parque Automóvel Seguro 2000-2001 INSTITUTO DE SEGUROS DE PORTUGAL

Parque Automóvel Seguro 2000-2001 INSTITUTO DE SEGUROS DE PORTUGAL 2000-2001 INSTITUTO DE SEGUROS DE PORTUGAL Autoridade de Supervisão da Actividade Seguradora e de Fundos de Pensões Autorité de Contrôle des Assurances et des Fonds de Pensions du Portugal Portuguese Insurance

Leia mais

Barreiro 0,00% Fafe 0,25% Meda 0,25% Penalva do Castelo 0,25% São Vicente 0,00% Vila Nova de Foz Côa 0,00% Batalha 0,25% Faro 0,25% Melgaço 0,00%

Barreiro 0,00% Fafe 0,25% Meda 0,25% Penalva do Castelo 0,25% São Vicente 0,00% Vila Nova de Foz Côa 0,00% Batalha 0,25% Faro 0,25% Melgaço 0,00% Município Taxa Município Taxa Município Taxa Município Taxa Município Taxa Município Taxa Município Taxa Abrantes 0,25% Boticas 0,25% Figueiró dos Vinhos 0,00% Mirandela 0,25% Pombal 0,25% Sertã 0,25%

Leia mais

https://www.portaldasfinancas.gov.pt/pt/main.jsp

https://www.portaldasfinancas.gov.pt/pt/main.jsp DISTRITO ANGRA DO HEROISMO 1901 ANGRA DO HEROISMO 0,500 % 0,300 % 0,80 % 1902 CALHETA (AÇORES) 0,800 % 0,500 % 0,80 % 1903 SANTA CRUZ DA GRACIOSA 0,500 % 0,300 % 0,80 % 1904 VELAS 0,500 % 0,300 % 0,80

Leia mais

Itinerários Complementares

Itinerários Complementares Itinerários Complementares Viana do Castelo IC28 Bragança IC14 Braga Trofa Vila do Conde Santo Tirso Paços de Ferreira IC25 Matosinhos IC1 IC23 IC2 Espinho Paredes Valongo Porto IC24 Gondomar IC29 Porto

Leia mais

Códigos de Agrupamentos e Escolas não agrupadas

Códigos de Agrupamentos e Escolas não agrupadas Códigos de Agrupamentos e Escolas não agrupadas DRE QZP Concelho Agrupamento ou Escola não agrupada Escola Sede Telefone Observações DREN Braga (03) Amares (0301) 150459 - Agrupamento de Escolas de Amares

Leia mais

ALOJAMENTOS OFICIAIS PARA ANIMAIS DE COMPANHIA - CENTROS DE RECOLHA OFICIAIS (CRO) AUTORIZADOS

ALOJAMENTOS OFICIAIS PARA ANIMAIS DE COMPANHIA - CENTROS DE RECOLHA OFICIAIS (CRO) AUTORIZADOS ABRANTES LVT INTERMUNICIPAL S PT 05 002 CGM in situ ÁGUEDA C MUNICIPAL PT 03 004 CGM AGUIAR DA BEIRA C INTERMUNICIPAL PT 03 005 CGM SÁTÃO ALCANENA LVT INTERMUNICIPAL PT 05 005 CGM TORRES NOVAS ALCOBAÇA

Leia mais

QUADRO I. LISTA DO PRAZO MÉDIO DE PAGAMENTO REGISTADO POR MUNICÍPIO EM DEZEMBRO DE 2013

QUADRO I. LISTA DO PRAZO MÉDIO DE PAGAMENTO REGISTADO POR MUNICÍPIO EM DEZEMBRO DE 2013 VILA REAL DE SANTO ANTÓNIO 317 303 716 996 1.601 RIBEIRA BRAVA 127 127 125 123 1.558 PORTIMÃO 1.088 1.140 797 780 1.057 SANTA CRUZ 518 515 566 595 1.049 ALIJÓ 202 208 206 203 827 ÉVORA 541 623 867 843

Leia mais

Information on the videoconferencing equipment in the courts of Portugal

Information on the videoconferencing equipment in the courts of Portugal Information on the videoconferencing equipment in the courts Portugal No Court name & city Equipment type and make 1 Abrantes Tribunal Judicial 3 2 Abrantes Tribunal do Trabalho 1 3 Águeda Juízo de Instrução

Leia mais

Amarante. Armamar Agrupamento de Escolas de Gomes Teixeira, Armamar Escola Básica e Secundária Gomes Teixeira, Armamar

Amarante. Armamar Agrupamento de Escolas de Gomes Teixeira, Armamar Escola Básica e Secundária Gomes Teixeira, Armamar Unidades de Apoio Especializado para a Educação de Alunos com Multideficiência e Surdocegueira Congénita (Artigo 26.º do Decreto-Lei n.º3/2008) Região Norte Ano Letivo 2016/2017 Concelho Unidade Orgânica

Leia mais

RENDA MÁXIMA ADMITIDA PARA O ANO DE 2015 DE ACORDO COM A PORTARIA N.º 1190/2010, DE 18 DE NOVEMBRO (ORDENADA POR MUNICÍPIO)

RENDA MÁXIMA ADMITIDA PARA O ANO DE 2015 DE ACORDO COM A PORTARIA N.º 1190/2010, DE 18 DE NOVEMBRO (ORDENADA POR MUNICÍPIO) ABRANTES MÉDIO TEJO 334,00 468,00 589,00 AGUEDA BAIXO VOUGA 368,00 501,00 645,00 AGUIAR DA BEIRA DÃO LAFÕES 334,00 468,00 589,00 ALANDROAL ALENTEJO CENTRAL 368,00 501,00 645,00 ALBERGARIA-A-VELHA BAIXO

Leia mais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS BÁSICA E SECUNDÁRIA DR. VIEIRA DE CARVALHO SERVIÇO DE PSICOLOGIA E ORIENTAÇÃO

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS BÁSICA E SECUNDÁRIA DR. VIEIRA DE CARVALHO SERVIÇO DE PSICOLOGIA E ORIENTAÇÃO AGRUPAMENTO DE ESCOLAS BÁSICA E SECUNDÁRIA DR. VIEIRA DE CARVALHO DISTRITO DE AVEIRO Escola Profissional de Espinho Rua 30, nº 611, 579, 603 - Apartado 443 4500 Espinho Web: http://espe-m.ccems.pt E-mail:

Leia mais

O DESENVOLVIMENTO DAS UNIDADES HOSPITALARES NA REGIÃO NORTE

O DESENVOLVIMENTO DAS UNIDADES HOSPITALARES NA REGIÃO NORTE O DESENVOLVIMENTO DAS UNIDADES HOSPITALARES NA REGIÃO NORTE Fernando Araújo, Mário Abreu Fernandes Administração Regional de Saúde do Norte, IP - Maio, 2009 Hospitais da ARSN Viana do Castelo 1. Centro

Leia mais

Top 10 Necessárias 930 novas igrejas:

Top 10 Necessárias 930 novas igrejas: Blocos prioritários por distrito MG 2015 Top 10 Necessárias 930 novas igrejas: 1. BRAGA: São necessárias 186 novas igrejas, sendo 35 destas nos blocos prioritários a seguir: Briteiros (1248 hab.), Caldas

Leia mais

Código - Designação Serviço Finanças

Código - Designação Serviço Finanças 01-AVEIRO 19-AGUEDA 4 01-AVEIRO 27-ALBERGARIA-A-VELHA 2 01-AVEIRO 35-ANADIA 3 01-AVEIRO 43-AROUCA 3 01-AVEIRO 51-AVEIRO-1. 1 01-AVEIRO 60-CASTELO DE PAIVA 1 01-AVEIRO 78-ESPINHO 1 01-AVEIRO 86-ESTARREJA

Leia mais

ESTUDO SOBRE O PODER DE COMPRA CONCELHIO Análise Sumária dos Resultados para a Região Norte

ESTUDO SOBRE O PODER DE COMPRA CONCELHIO Análise Sumária dos Resultados para a Região Norte ESTUDO SOBRE O PODER DE COMPRA CONCELHIO Análise Sumária dos Resultados para a Região Norte ANTÓNIO EDUARDO PEREIRA* Sendo a terceira região do país com maior nível de poder de compra per capita, o Norte

Leia mais

Rede de oferta formativa Cursos Profissionais 2012/2013

Rede de oferta formativa Cursos Profissionais 2012/2013 Distrito Concelho Escola Cursos Turmas 1º Ano Turmas 2º Ano Turmas 3º Ano Total turmas Aveiro Arouca ES de Arouca Animador Sociocultural 1 1 Aveiro Oliveira de Azeméis EBS Ferreira de Castro, Oliveira

Leia mais

Semana da FORMAÇÃO FINANCEIRA

Semana da FORMAÇÃO FINANCEIRA Semana da FORMAÇÃO FINANCEIRA 30out-3nov2017 www.todoscontam.pt Na Formação Financeira Programa Todos Contam! NA FORMAÇÃO FINANCEIRA TODOS CONTAM Semana da Formação Financeira 2017 O Plano Nacional de

Leia mais

PMP (n.º dias) a 31-12-2007

PMP (n.º dias) a 31-12-2007 (N.º 20 - Resolução de Conselho de Ministros n.º 34/, publicada no DR n.º 38, 1.ª série, de 22 de Fevereiro) Ordenado por ordem decrescente do PMP em 31-12- a 30-09- a 31-12- VILA FRANCA DO CAMPO 158 182

Leia mais

ANEXOS 79. As doenças são referidas e ordenadas pelos respectivos códigos da CID-10.

ANEXOS 79. As doenças são referidas e ordenadas pelos respectivos códigos da CID-10. ANEXOS 79 O Anexo 1 é constituído por quadros que apresentam as taxas de incidência, por 100 000 habitantes, das doenças de declaração obrigatória com casos notificados em 2000, por Regiões de Saúde e

Leia mais

Eixo Prioritário I Competitividade, Inovação e Conhecimento

Eixo Prioritário I Competitividade, Inovação e Conhecimento Eixo Prioritário I Competitividade, Inovação e Conhecimento Redução da Factura Energética na Rede de Iluminação Pública Instalação de Reguladores de Fluxo Luminoso Aviso Apresentação de Candidaturas -

Leia mais

Arcos de Valdevez Arcos de Valdevez Associação Comercial e Industrial de Escola Secundária com 3º Ciclo de CENFIM - Centro de Formação Profissional da Indústria Metalúrgica e Metalomecânica EPRALIMA -

Leia mais

Portugal Mapas e Números

Portugal Mapas e Números Plano Anual de Atividades 2011-12 Portugal Mapas e Números Código da atividade ogf3 Destinatários Toda a comunidade educativa da ESSM Intervenientes Responsáveis Prof. Augusto Cebola e Prof. Jorge Damásio

Leia mais

312179 Escola Básica de Pedome, Vila Nova de Famalicão O Fio Dourado: uma experiência inovadora no préescolar.

312179 Escola Básica de Pedome, Vila Nova de Famalicão O Fio Dourado: uma experiência inovadora no préescolar. ESCALÃO DSR CONCELHO DGEEC ESCOLA PROJETO 1 NORTE Santa Maria da 109531 Escola Particular e Cooperativa Externato Infantil e Primário Paraíso dos Pequeninos A Essência das Plantas das Terras de Santa Maria

Leia mais

Director Presidente do Conselho de Administração C. Corrêa Gago

Director Presidente do Conselho de Administração C. Corrêa Gago ENTRE DOURO E MINHO Catalogação recomendada INSTITUTO NACIONAL DE ESTATÍSTICA Recenseamento geral da agricultura : 999 : Entre Douro e Minho : principais resultados / Instituto Nacional de Estatística.

Leia mais

(Primeira Verificação e Verificação Periódica) Distribuição de Instrumentos e Sistemas de Medição por Zonas Geográficas

(Primeira Verificação e Verificação Periódica) Distribuição de Instrumentos e Sistemas de Medição por Zonas Geográficas ORGANISMOS DE VERIFICAÇÃO METROLÓGICA QUALIFICADOS PARA REALIZAÇÃO DE OPERAÇÕES DE CONTROLO METROLÓGICO LEGAL (Primeira Verificação e Verificação Periódica) Distribuição de Instrumentos e Sistemas de Medição

Leia mais

Ofício-Circulado 20007, de 19/03/1999 - Direcção de Serviços do IRC

Ofício-Circulado 20007, de 19/03/1999 - Direcção de Serviços do IRC Ofício-Circulado 0, de //99 - Direcção de Serviços do IRC Taxas de Derrama lançada para cobrança em 99 (Exercício de 98) Ofício-Circulado 0, de //99 - Direcção de Serviços do IRC Taxas de Derrama lançada

Leia mais

Seminário AGRICULTURA FAMILIAR E SUSTENTABILIDADE DOS TERRITÓRIOS RURAIS. Isabel Rodrigo

Seminário AGRICULTURA FAMILIAR E SUSTENTABILIDADE DOS TERRITÓRIOS RURAIS. Isabel Rodrigo Seminário AGRICULTURA FAMILIAR E SUSTENTABILIDADE DOS TERRITÓRIOS RURAIS Agricultura Familiar no Rural Baixa Densidade Sul: uma síntese Isabel Rodrigo Instituto Superior de Agronomia (ISA/UL) Sociedade

Leia mais

Reabilitação de Coberturas em Tribunais

Reabilitação de Coberturas em Tribunais Gouveia (Seia / Coimbra) Grândola (Santiago do Cacém / Évora) Inaugurado em 10/10/1982 Guarda (Guarda / Coimbra) Inaugurado em 27/04/1953 Guimarães (Guimarães / Porto) Arq. Luís Benavente Inaugurado em

Leia mais

A Nova Organização Judiciária

A Nova Organização Judiciária A Nova Organização Judiciária Lei n.º 62/2013, de 26/8 (LOSJ) Decreto-lei n.º 49/2014, de 27/3 (ROFTJ) PAULO PIMENTA Conselho Distrital do Porto da Ordem dos Advogados 15 de Julho de 2014 1 Lei n.º 3/99,

Leia mais

Postos de Atendimento ao Cidadão (PAC)

Postos de Atendimento ao Cidadão (PAC) Postos de Atendimento ao Cidadão (PAC) Serviços Prestados : Alteração de Elementos da Carta de Condução Revalidação da Carta de Condução Posto de Atendimento ao Cidadão - PAC Abrantes Praça Raimundo Soares,

Leia mais

Sistema Integrado de Gestão de Resíduos de Equipamentos Eléctricos e Electrónicos -Amb3E - Victor Sousa Uva Amb3E

Sistema Integrado de Gestão de Resíduos de Equipamentos Eléctricos e Electrónicos -Amb3E - Victor Sousa Uva Amb3E Sistema Integrado de Gestão de Resíduos de Equipamentos Eléctricos e Electrónicos -Amb3E - Victor Sousa Uva Amb3E Vila Real, 21 de Fevereiro de 2007 Agenda 1. Enquadramento Legal 2. Amb3E 3. Centros de

Leia mais

REGIÃO HIDROGRÁFICA DO DOURO (RH3)

REGIÃO HIDROGRÁFICA DO DOURO (RH3) REGIÃO HIDROGRÁFICA DO DOURO (RH3) Maio 2016 Índice Anexo III Fichas de massa de água subterrânea... 5 Código: PTA0x1RH3... 7 Código: PTA1... 13 Código: PTO01RH3... 19 Anexo III Fichas de massa de água

Leia mais

Itinerários Principais

Itinerários Principais Itinerários Principais Bragança Viana do Castelo Braga IP9 Vila Real IP4 Porto Aveiro IP3 Viseu IP5 Guarda Coimbra Leiria Castelo Branco IP6 Santarém IP2 Portalegre IP1 Lisboa Setúbal IP7 Évora IP8 Beja

Leia mais

Centros de Recursos. Profissional de Vila Real TORRE DE MONCORVO. Centro de Emprego de Barcelos BARCELOS APACI

Centros de Recursos. Profissional de Vila Real TORRE DE MONCORVO. Centro de Emprego de Barcelos BARCELOS APACI DELEGAÇÃO REGIONAL DO NORTE Profissional de Vila Real VILA REAL TORRE DE MONCORVO A2000 ARDAD Centro de Emprego do Baixo Ave VILA NOVA DE FAMALICÃO ACIP SANTO TIRSO Centro de Emprego de Barcelos BARCELOS

Leia mais

COMPOSIÇÃO DO GRUPO CRÉDITO AGRÍCOLA

COMPOSIÇÃO DO GRUPO CRÉDITO AGRÍCOLA COMPOSIÇÃO DO GRUPO CRÉDITO AGRÍCOLA 133 1. Caixa Central e Empresas do Grupo CAIXA CENTRAL DE CRÉDITO AGRÍCOLA MÚTUO, C.R.L. Tel.: 213 809 900 Fax: 213 8 861 CRÉDITO AGRÍCOLA INFORMÁTICA - SISTEMAS DE

Leia mais

Resultado do Processo de candidatura a apoio financeiro 2015/2016 a conceder no âmbito do Contrato de Patrocínio Lista Provisória Área da Música

Resultado do Processo de candidatura a apoio financeiro 2015/2016 a conceder no âmbito do Contrato de Patrocínio Lista Provisória Área da Música com AMVP - Academia de Música de Vilar do Paraíso 89,5 44 86 0 287 1 8 0 14 1.857.320,00 b) Cávado Escola de Música de Esposende Academia de Música de Espinho Conservatório Regional de Gaia Conservatório

Leia mais

INFORMAÇÃO TÉCNICA N.º 16/2013. Taxas de derrama a cobrar em 2013 Oficio Circulado n.º 20165

INFORMAÇÃO TÉCNICA N.º 16/2013. Taxas de derrama a cobrar em 2013 Oficio Circulado n.º 20165 INFORMAÇÃO TÉCNICA N.º 16/2013 Taxas de derrama a cobrar em 2013 Oficio Circulado n.º 20165 Com a publicação do Ofício Circulado n.º 20165, do passado dia 5 de Março, foram divulgadas a relação dos municípios

Leia mais

DGAE DIRECÇÃO-GERAL DA ADMINISTRAÇÃO ESCOLAR

DGAE DIRECÇÃO-GERAL DA ADMINISTRAÇÃO ESCOLAR DGAE DIRECÇÃO-GERAL DA ADMINISTRAÇÃO ESCOLAR Códigos de Agrupamentos e Escolas não agrupadas Mobilidade por Doença 2013/2014 QZP Concelho Agrupamento ou Escola não agrupada Escola sede QZP 1 Amarante (1301)

Leia mais

Propostas da Cáritas no âmbito da Pobreza Infantil

Propostas da Cáritas no âmbito da Pobreza Infantil Propostas da Cáritas no âmbito da Pobreza Infantil 1. UNICEF - {Integrar) Criar uma Estratégia Nacional para a Erradicação da Pobreza Infantil centrada nos direitos da criança, que adopte uma abordagem

Leia mais

DGAE DIRECÇÃO-GERAL DA ADMINISTRAÇÃO ESCOLAR Códigos de Agrupamentos e Escolas não agrupadas

DGAE DIRECÇÃO-GERAL DA ADMINISTRAÇÃO ESCOLAR Códigos de Agrupamentos e Escolas não agrupadas DGAE DIRECÇÃO-GERAL DA ADMINISTRAÇÃO ESCOLAR Códigos de Agrupamentos e Escolas não agrupadas DRE QZP Concelho Agrupamento ou Escola não agrupada DREN BRAGA (03) Amares (0301) 150459 - Agrupamento de Escolas

Leia mais

Lista das Entidades de Resolução Alternativa de Litígios de Consumo

Lista das Entidades de Resolução Alternativa de Litígios de Consumo Lista das Entidades de Resolução Alternativa de Litígios de Consumo (ao abrigo da Lei n.º 144/2015, de 8 de setembro) - CENTROS DE ARBITRAGEM DE COMPETÊNCIA GENÉRICA Centro Nacional de Informação e Arbitragem

Leia mais

MINISTÉRIO DA SEGURANÇA SOCIAL DO TRABALHO INSTITUTO DE GESTÃO DO FUNDO SOCIAL EUROPEU

MINISTÉRIO DA SEGURANÇA SOCIAL DO TRABALHO INSTITUTO DE GESTÃO DO FUNDO SOCIAL EUROPEU MINISTÉRIO DA SEGURANÇA SOCIAL DO TRABALHO INSTITUTO DE GESTÃO DO FUNDO SOCIAL EUROPEU Listagem n.º 168/2004 Nos termos do disposto no n.º 4, do artigo 19º, da Portaria n.º 799-B/2000, de 20 de Setembro,

Leia mais

RELATÓRIO PRELIMINAR Lista das propostas de candidaturas a autorizar por NUT III

RELATÓRIO PRELIMINAR Lista das propostas de candidaturas a autorizar por NUT III www.arlindovsky.net RELATÓRIO PRELIMINAR Lista das propostas de candidaturas a autorizar por NUT III NUT III (do CQEP) Designação da Entidade Promotora Pontuação Final Alentejo Central Centro de Emprego

Leia mais

COBERTURA TDT POR CONCELHO

COBERTURA TDT POR CONCELHO COBERTURA TDT POR CONCELHO Percentagem (%) de população coberta, estimada para cada concelho, da rede implementada pela PT Comunicações, relativa ao primeiro trimestre de 2012. Cobertura Televisão Digital

Leia mais

Lojas CTT com Espaços Cidadão. agosto 2015

Lojas CTT com Espaços Cidadão. agosto 2015 Lojas CTT com Espaços Cidadão agosto 2015 Lojas CTT com Espaços do Cidadão até final de agosto Distrito Concelho Freguesia- designação atual Loja Lisboa Lisboa Alvalade ALVALADE (LISBOA) Lisboa Amadora

Leia mais

1.1 Municípios por NUTS III, distrito/ra e CCR/RA (2001, Municípios por ordenação alfabética)

1.1 Municípios por NUTS III, distrito/ra e CCR/RA (2001, Municípios por ordenação alfabética) 1.1 Municípios por NUTS III, distrito/ra e CCR/RA ABRANTES Médio Tejo Santarém Lisboa e Vale do Tejo Continente ÁGUEDA Baixo Vouga Aveiro Centro Continente AGUIAR DA BEIRA Dão-Lafões Guarda Centro Continente

Leia mais

CAPELANIAS HOSPITALARES estimativa de despesas (mensais e anuais) do Estado com vencimentos dos capelães

CAPELANIAS HOSPITALARES estimativa de despesas (mensais e anuais) do Estado com vencimentos dos capelães Estimativa (por aproximação grosseira e por defeito) do custo mensal para o Estado de cada capelão em funções nos estabelecimentos de saúde civis (nota: capelães coordenadores auferem vencimentos mais

Leia mais

DGAE DIRECÇÃO-GERAL DA ADMINISTRAÇÃO ESCOLAR

DGAE DIRECÇÃO-GERAL DA ADMINISTRAÇÃO ESCOLAR DGAE DIRECÇÃO-GERAL DA ADMINISTRAÇÃO ESCOLAR Códigos de Agrupamentos e Escolas não agrupadas para efeitos de Manifestação de Preferências QZP Concelho Agrupamento ou Escola não agrupada Escola sede QZP

Leia mais

< 5 4,28 5,57 5,86 6,41 20,48 5 a 10 4,65 6,05 6,14 6,98 28,79

< 5 4,28 5,57 5,86 6,41 20,48 5 a 10 4,65 6,05 6,14 6,98 28,79 Serviço Standard Serviço Especial Peso (Kg) 1 2 3 4 5 Entrega até às 18:00H GRUPOL10H GRUPOL13H GRUPOLSAB GRUPOLMA Entrega até às 10:00H do dia seguinte Entrega até às 13:00H do dia seguinte Entrega ao

Leia mais

DGAE DIRECÇÃO-GERAL DA ADMINISTRAÇÃO ESCOLAR

DGAE DIRECÇÃO-GERAL DA ADMINISTRAÇÃO ESCOLAR DGAE DIRECÇÃO-GERAL DA ADMINISTRAÇÃO ESCOLAR Códigos de Agrupamentos e Escolas não agrupadas Manifestação de Preferências para Necessidades Temporárias QZP Concelho Agrupamento ou Escola não agrupada Observações

Leia mais

Códigos de Agrupamentos e Escolas não agrupadas

Códigos de Agrupamentos e Escolas não agrupadas Códigos de Agrupamentos e Escolas não agrupadas DRE QZP Concelho Unidade Orgânica Sede Localidade Telefone Braga (03) Amares (0301) 150459 - Agrupamento de Escolas de Amares Escola Básica de Amares FERREIROS

Leia mais

PLANOS MUNICIPAIS DE DEFESA DA FLORESTA CONTRA INCÊNDIOS Quadro das aprovações

PLANOS MUNICIPAIS DE DEFESA DA FLORESTA CONTRA INCÊNDIOS Quadro das aprovações Aveiro Águeda 05-03-2007 29-04-2015 Aveiro Albergaria-a-Velha 05-03-2007 14-12-2015 Aveiro Anadia 05-03-2007 07-06-2013 Aveiro Arouca 11-08-2008 15-07-2015 Aveiro Aveiro 15-12-2008 Aveiro Castelo de Paiva

Leia mais

Mapa de Sensibilidade Ambiental dos Concelhos de Portugal Continental

Mapa de Sensibilidade Ambiental dos Concelhos de Portugal Continental Mapa de Sensibilidade Ambiental dos Concelhos de Portugal Continental 233 234 238 240 235 231 232 59 236 237 246 46 242 34 44 252 42 39 37 36 35 41 191 58 52 54 53 249 247 38 47 181 245 48 192 187 183

Leia mais

Listas. Listas de escolas com crédito (Aplicação do Despacho Normativo n.º 6/2014, de 26 de maio)

Listas. Listas de escolas com crédito (Aplicação do Despacho Normativo n.º 6/2014, de 26 de maio) Listas Listas de escolas com crédito (Aplicação do Despacho Normativo n.º 6/2014, de 26 de maio) Os Agrupamentos de Escolas / Escolas não agrupadas (que aqui serão designados, simplesmente, por Escolas

Leia mais

PROGRAMA HIDROPAS EXEMPLO DE MEMÓRIA DESCRITIVA

PROGRAMA HIDROPAS EXEMPLO DE MEMÓRIA DESCRITIVA Anexo D PROGRAMA HIDROPAS EXEMPLO DE MEMÓRIA DESCRITIVA 2 Programa HIDROPAS. Exemplo de memória descritiva ======================================== DIMENSIONAMENTO DE PASSAGENS HIDRÁULICAS ========================================

Leia mais