ENFERMAGEM PROGRAMA DE APRENDIZAGEM

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "ENFERMAGEM PROGRAMA DE APRENDIZAGEM"

Transcrição

1 ENFERMAGEM 1º PERÍODO DISCIPLINA: Bioquímica B º 60 O programa relaciona os seguintes assuntos: Princípios de Química Orgânica, Introdução a Bioquímica, Princípios da Regulação do Metabolismo, Enzimologia, Metabolismo de Carboidratos, Metabolismo de Lipídios, Metabolismo de Aminoácidos, Metabolismo de Proteínas, oferecendo subsídios para a compreensão dos fenômenos Bioquímicos que estão associados à manutenção vital. DISCIPLINA: Biologia Celular B º 60 Aspectos da evolução, morfologia e função das diferentes estruturas celulares em procariotos e eucariotos. Participação das organelas nos processos metabólicos das células. Área de Ciências Humanas e Sociais Aplicadas DISCIPLINA: Práticas Investigativas I H º 60

2 Introdução e ensaio da prática investigativa. Procedimentos metodológicos na execução de atividades de iniciação científica. DISCIPLINA: Biofísica B º 40 Conhecimento básico acerca dos fenômenos biológicos, através das leis e princípios da física, bem como estudo da biofísica água, das membranas semipermeáveis animais, biofísica dos sistemas cardiorrespiratório e renal, introdução aos fundamentos das principais técnicas e métodos de análise instrumental usados na Biofísica e, funcionamento dos seguintes sistemas sensoriais: visão, audição e noções de radiobiologia e radioproteção. DISCIPLINA: Psicologia da Saúde B º 40 Análise da evolução da Psicologia, buscando compreender a função, campos de atuação e sua aplicação em diferentes contextos sociais. Psicologia da Saúde e o desenvolvimento dos aspectos psicológicos e humanizados relacionado à atuação dos profissionais de saúde e o desenvolvimento psicossocial do indivíduo dentro do processo saúde-doença. DISCIPLINA: Processo Histórico da Enfermagem B º 40

3 Conceitos de Enfermagem. Desenvolvimento histórico das práticas de saúde. A evolução da enfermagem no Brasil e no mundo. O contexto institucional na origem da enfermagem no Brasil. As instituições de saúde no Brasil. Política Nacional de Saúde. O processo do cuidar e a base fundamental das teorias de enfermagem. Processo de trabalho em Enfermagem. Entidades de classe da enfermagem. Categorias profissionais da Enfermagem. Áreas de atuação da Enfermagem. Perspectivas da Enfermagem brasileira. DISCIPLINA: Anatomia Humana I B º 80 Estudo das principais estruturas anatômicas, com especial atenção ao reconhecimento da nomenclatura e posição anatômica; planos, eixos e conceitos sobre a construção geral do corpo humano e os diversos sistemas relacionados, explorando fundamentalmente as noções de forma e relações entre a teoria e a prática, as estruturas aplicadas às situações em decorrência do processo saúde-doença para o desenvolvimento da prática assistencial do profissional da enfermagem.

4 Área de Ciências Humanas e Sociais Aplicadas DISCIPLINA: Metodologia Científica H º 80 Finalidade da metodologia científica. Importância da metodologia no âmbito das ciências. Metodologia de estudos. O conhecimento e suas formas. Os métodos científicos. A pesquisa enquanto instrumento de ação reflexiva, crítica e ética. Tipos, níveis, etapas e planejamento da pesquisa científica. Procedimentos materiais e técnicos da pesquisa científica. Diretrizes básicas para elaboração de trabalhos didáticos, acadêmicos e científicos. Normas técnicas da ABNT para referências, citações e notas de rodapé. Projeto de Pesquisa. 2º PERÍODO DISCIPLINA: Anatomia Humana II B º 80 A disciplina de Anatomia Humana II trata das principais estruturas anatômicas, com especial atenção ao reconhecimento da nomenclatura e posição anatômica; planos, eixos e conceitos sobre a construção geral do corpo humano e os diversos sistemas relacionados, explorando fundamentalmente as noções de forma e relações entre a teoria e a prática, as estruturas aplicadas às situações em decorrência do processo saúde-doença para o desenvolvimento da prática assistencial do profissional da enfermagem.

5 DISCIPLINA: Imunologia B º 40 Componentes do sistema imunitário. Antígenos e anticorpos. Dinâmica do sistema imunitário. Mecanismos efetores da resposta imunitária. O sistema imunitário na saúde e na doença. DISCIPLINA: Microbiologia B º 80 Estudo dos microrganismos: bactérias, fungos, algas e vírus. Este estudo compreende o conceito, ecologia, morfologia, citologia e fisiologia, reprodução e bases para a identificação. DISCIPLINA: Histologia e Embriologia B º 80 Introdução à histologia. Estudo e relações histológicas e histofisiológicas dos tecidos epitelial, conjuntivo, adiposo, cartilaginoso, ósseo, muscular e nervoso. Inter-relações morfofuncionais e princípios gerais de interdependência tecidual. Noções do desenvolvimento embrionário humano desde a formação dos gametas até a organogênese.

6 Área de Ciências Humanas e Sociais Aplicadas DISCIPLINA: Fundamentos Antropológicos e Sociológicos H º 80 O surgimento da Antropologia e da Sociologia como Ciências. Seus idealizadores e principais teóricos. Análise antropológica e sociológica do processo identitário do homem cultural e social. O homem e a organização da sociedade. A perspectiva da Antropologia e da Sociologia na contemporaneidade mundial e brasileira. Saberes e fazeres antropológicos e sociológicos nas distintas áreas de atuação. DISCIPLINA: Fisiologia Humana B º 100 Fisiologia dos órgãos e sistemas do corpo humano: nervoso, muscular, cardiocirculatório, respiratório, renal, gastrointestinal e hormonal. Temperatura corporal e implicações na fisiologia do exercício. Princípios bioquímico e biofísico aplicados à fisiologia humana.

7 Área de Ciências Humanas e Sociais Aplicadas DISCIPLINA: Práticas Extensionistas I H º 60 Contextualização da extensão. Conhecimentos para compreensão de temáticas relevantes sobre a história e o papel da extensão universitária. Desenvolvimento de ações extensionistas. 3º PERÍODO Área de Ciências Humanas e Sociais Aplicadas DISCIPLINA: Práticas Investigativas II H º 60 Introdução e ensaio de iniciação científica por meio da articulação do conhecimento teórico e prático. Procedimentos metodológicos na execução de atividades de iniciação científica. DISCIPLINA: Parasitologia Humana B º Agregar conhecimentos a cerca da sistemática, biologia, transmissão, patogenia, sintomatologia, diagnóstico, epidemiologia, profilaxia e tratamento dos principais parasitas e respectivos vetores de importância em saúde

8 para o homem no Brasil. DISCIPLINA: Processos Patológicos B o Mecanismos etiopatogenéticos e alterações histomorfológicas. Diagnóstico e evolução das doenças em geral. Formação dos cânceres. DISCIPLINA: Farmacologia B º Estudo Farmacocinética. Farmacodinâmica. Farmacologia clínica de drogas que agem em diversos sistemas orgânicos. Agentes quimioterápicos. Interações medicamentosas. Cálculos de doses e Diluição de drogas. Fundamentos farmacológicosbásicos para a prática da assistência de Enfermagem. DISCIPLINA: Bioética e Legislação Profissional. B º 40 1.

9 Estudar a Ética. Bioética e seus princípios. A enfermagem e o atendimento ao cidadão no campo da saúde. Responsabilidade ética e legal do profissional. Instrumentos legais no âmbito da enfermagem. Lei do exercício profissional. Código de Ética dos Profissionais da Enfermagem. Aspectos bioéticossem pesquisa. Dilemasbioéticos e ético-legais. DISCIPLINA: Semiologia da Enfermagem CÓDIGO CR B Noções básicas sobre a implantação do Processo de Enfermagem para a prática da Sistematização da Assistência de Enfermagem. Abrangência da utilização dos instrumentos básicos na caracterização de situações que envolvem o processo saúde-doença. Levantamento de campo para detectar a implantação a sistematização dos cuidados de Enfermagem. Prática no Laboratório de Enfermagem para desenvolvimento do exame físico integrado. Área de Ciências Humanas e Sociais Aplicadas DISCIPLINA: Filosofia e Cidadania H º 80 Evolução do Conhecimento: conhecimento filosófico, grandeza do conhecimento, as relações homemmundo, o homem cidadão. Filosofia, ideologia e educação: processo de ideologização, escola e sociedade, ciência e valores, educação e transformação; Ética e cidadania: ética e moral, compromisso ético, a construção da cidadania, pluradimensionalidade humana; Ação educativa e cidadania: ética e labor, ética e trabalho, ética e ação, integralidade do homem na sociedade.

10 4º PERÍODO DISCIPLINA: Farmacologia Aplicada à Enfermagem B º 40 A Farmacologia na Prática de Enfermagem. Monitoramento da terapia medicamentosa e da educação do paciente. Aspectos gerais da farmacocinética, farmacologia clínica, usos terapêuticos, efeitos colaterais, estocagem, preparo, cálculo de dosagem, administração, controle dos efeitos terapêuticos de medicamentos. Estudo da relação medicamento, paciente e família. Conhecimento das vias de administração para as formas farmacêuticas. Advoga a administração de medicamentos com segurança e precisão, observando também fatores fisiológicos importantes. DISCIPLINA: Semiotécnica de Enfermagem B º 220 Conhecimentos científicos, desempenho das técnicas de enfermagem e utilização dos instrumentos básicos de Enfermagem. Assistência individualizada e coletiva às pessoas, suas famílias e à comunidade em geral nos diferentes tipos de atendimento ambulatorial, hospitalar, ocupacional e domiciliar. Assistência de enfermagem para manutenção, prevenção e recuperação os estados de saúde dos indivíduos. Fundamentação técnica-científica da enfermagem para o decorrer das demais disciplinas do curso, que envolvem o atendimento integral ao ser humano em todo o seu ciclo vital, desde a saúde da criança, adolescente, adulto e idoso.

11 Área de Ciências Humanas e Sociais Aplicadas DISCIPLINA: Práticas Extensionistas II H º 60 Estudo sistemático que congrega os marcos conceituais e diretrizes para a extensão universitária, desenvolvimento de práticas extensionistas no contexto interdisciplinar. DISCIPLINA: Genética e Biologia Molecular B º 40 Princípios básicos da Citogenética base para o estudo da genética mendeliana, principais aspectos da genética molecular, que envolve o dogma central da biologia (replicação, transcrição, tradução do código genético, controle de expressão dos genes e mutação), técnicas modernas de manipulação do material genético. DISCIPLINA: Nutrição e Dietética B º 40 Apresentar um panorama das ações de nutrição que envolve o processo saúde-doença, desde os principais

12 cuidados de nutrição desenvolvidos, até o planejamento de intervenções que dizem respeito à nutrição e à enfermagem. Princípios de dietoterapia. Higiene e toxicologia dos alimentos. Nutrição no processo de desenvolvimento físico, metal e social do indivíduo. Metabolismo e dinâmica corporal dos nutrientes essenciais. Estado de carência alimentar. Indicadores de estado da comunidade. Educação alimentar. DISCIPLINA: Enfermagem Comunitária I B º 40 Noções de Saúde Comunitária e epidemiologia. História das políticas públicas de Saúde no Brasil. Criação e regulamentação do Sistema Único de Saúde. O Controle Social. Os Níveis de Atenção à saúde. As Bases de dados nacionais. 5º PERÍODO DISCIPLINA: Enfermagem Comunitária II B º 80h A tríade ecológica. Política Nacional de Imunização (Doenças Imunopreviníveis, sala de vacina, vacinação para criança, adolescente, adulto e idoso e campanhas de vacinação). Assistência de enfermagem nas doenças transmissíveis (Tuberculose, Hanseníase, Dengue, Esquistossomose e Hepatite A), com ênfase na determinação social do processo saúde-doença, no controle das fontes de infecção e na vigilância epidemiológica das doenças transmissíveis, sob a forma de ensino teórico e prático voltados à Atenção Básica.

13 DISCIPLINA: Enfermagem na Saúde do Idoso B º 60 O Processo de Enfermagem aplicado como instrumento para compreensão e avaliação das alterações bio-psicosociais que ocorrem no processo normal do envelhecimento. Diagnóstico e as intervenções de Enfermagem nos principais problemas fisiológicos relacionados Gerontologia egeriatria. Medidas Assistenciais nos níveis de atenção à saúde. DISCIPLINA: Saude Sexual e Reprodutiva B º 80 Condições de vida, saúde e doença da mulher brasileira. A evolução histórica das políticas de assistência à saúde da mulher no Brasil: Política Nacional de Atenção Integral à Saúde da Mulher (PNAISM). O conceito de integralidade na construção do modelo assistencial para a operacionalização do PAISM: biológico/social, determinantes/resultados, individual/coletivo. A categoria gênero na construção da identidade feminina, a violência e a vulnerabilidade à AIDS: fenômenos que expressam a dimensão coletiva do processo de saúdedoença das mulheres. A intervenção de Enfermagem em Saúde Comunitária frente à saúde.

14 DISCIPLINA: Enfermagem na Saúde do Escolar B º 60 A criança e o adolescente sadios no processo de crescimento e desenvolvimento; o estudo de sua família no contexto da atual conjuntura socioeconômica, incluindo visitas a várias instituições como complementação teórica e ensino clínico em unidade especializada. DISCIPLINA:Enfermagem na Saúde do Adulto I B º 140 A Enfermagem na Saúde do Adulto engloba a assistência ao paciente clinico e cirúrgiconos distúrbios dos diferentes sistemas do organismo humano. Métodos Dialíticos, assistência de enfermagem ao paciente em uso de ventilador mecânico e pressão venosa central. Noções básicas sobre Quimioterapia e Radioterapia. O cuidado pré-operatório, trans e pós-operatório. Aspectos Físicos e Organizacionais do Bloco Cirúrgico. Processamento de Artigos Hospitalares. Classificação do instrumental, Fios de sutura. Cuidados no Processo Anestésico cirúrgico. Infecção do sítio cirúrgico. Bem como análise e introdução á interpretação de exames clínicos e laboratoriais.

15 DISCIPLINA: Sistematização da Assistência de Enfermagem B º 60 : Estudo da Sistematização da Assistência de Enfermagem SAE está centrado na compreensão do indivíduo, família e comunidade, em sua integralidade. Estudo do cuidado de enfermagem, desenvolvido a partir dos raciocínios: crítico, clínico e investigativo, pautados nos preceitos éticos que norteiam a profissão Enfermagem. Coleta de dados; estudo dos procedimentos e técnicas para elaboração dos diagnósticos de enfermagem; planejamento de enfermagem; implementação; avaliação de enfermagem; cuidar/cuidado e consulta de enfermagem. 6º PERÍODO DISCIPLINA: Interpretação de Exames Diagnósticos B º 40 Estudo das formas diagnósticas de exames complementares. Aspectos gerais de interpretação de imagem, laboratoriais e eletrocardiográficas. Compreender os resultados de exames que interferem na saúde do indivíduo.

16 DISCIPLINA: Enfermagem na Saúde da Criança Hospitalizada B º 80 Trata o atendimento humanizado de Enfermagem à criança e ao adolescente no processo de crescimento e desenvolvimento afetado pelas patologias mais comuns na infância, do atendimento personalizado a família, incluindo orientações preventivas, educação em saúde, a utilização da recreação e do preparo da criança para situações traumatizantes como forma de amenizar as alterações emocionais decorrentes da hospitalização. Inclui visitas a diversas instituições de atendimento a criança e visitas aos setores pediátricos e ensino clínico. DISCIPLINA: Enfermagem Comunitária III B º 80 Os espaços de negociação e pactuação do SUS. Instrumentos de Gestão. Política Nacional de Atenção Básica, da Promoção da Saúde e de Humanização. Sistemas de Informação em Saúde. O Pacto pela Saúde. Financiamento e Planejamento em Saúde.

17 DISCIPLINA: Enfermagem em Saúde do Adulto II B º 140 Assistência de enfermagem a clientes que requerem atendimento de alta complexidade nas unidades de classificação de risco, pronto socorro e centro de trauma. Estruturas organizacionais e funcionais de unidades de alta complexidade. Aplicação de metodologia da assistência de enfermagem a clientes portadores de situação de risco iminente e morte. Urgências e emergências clínicas e traumáticas. DISCIPLINA: Educação em Saúde B º 40 Histórico da educação em saúde. Políticas públicas e educação em saúde. Promoção e educação em saúde. As múltiplas pedagogias e sua aplicação no ensino da educação em saúde. Métodos e técnicas de abordagens. Práticas e ações educativas nos diversos níveis de atenção à saúde. Planejamento e execução de ações educativas.

18 DISCIPLINA: Bioestatística B º 40 Estudo da aplicabilidade da bioestatística na enfermagem; Conceitos básicos da bioestatística; Levantamento estatístico; Medidas de tendência central e relação entre elas; Distribuição de frequências; Apresentação tabular e gráfica de dados; Aplicação de métodos estatísticos de Enfermagem. 7º PERÍODO DISCIPLINA: Enfermagem em Gestão Hospitalar B º 160 Modelos Administrativos e a Organização dos Serviços de Saúde/Enfermagem. Processo de Trabalho em Saúde/Enfermagem. Processo de Trabalho em Saúde/Enfermagem. Gerenciamento de Recursos Materiais. Gerenciamento de Custos nos Serviços de Enfermagem. Gerenciamento de Recursos Físicos e Ambientais. Gerenciamento de Resíduos Sólidos dos Serviços de Saúde. Auditoria em Enfermagem Gerenciamento de Capital Humano/Pessoas. Supervisão de Enfermagem. Tomada de Decisões Gerenciais. Sistemas de Informação em Saúde. Educação Continuada. Qualidade Total. Acreditação Hospitalar.

19 DISCIPLINA: Epidemiologia e Vigilância a Saúde B º 40 Evolução conceitual e perspectiva histórica da epidemiologia; modelos explicativos do processo saúde/doença na população; aplicabilidade no planejamento, execução e avaliação das ações de saúde; epidemiologia das doenças transmissíveis; epidemiologia das doenças não transmissíveis e de outros agravos à saúde; vigilância em saúde: epidemiológica, sanitária e ambiental. Avaliação do estado de saúde da população. DISCIPLINA: Enfermagem Obstétrica e Neonatológica B º 120. Estudar o ciclo gravídico- puerperal. As implicações normais e patológicas específicas do período gestatório. Assistência integral ao binômio mãe-recém nascido na sala de parto e alojamento conjunto.

20 8º PERÍODO DISCIPLINA: Enfermagem em Saúde Mental B º 60 A história da psiquiatria no mundo/brasil: bases históricas e conceituais. A reforma psiquiátrica no Brasil e o processo de desinstitucionalização. Equipamentos terapêuticos: hospitalar, ambulatório, hospital dia, CAPS, residência terapêutica e Comunidade terapêutica. Conceito, princípios e medidas para a manutenção da saúde mental. Instrumentos terapêuticos. Os fatores predisponentes e desencadeantes da doença mental. Ambientoterapia, millieu terapêutico; medidas de proteção e de segurança. Psicofarmocoterapia. Comunicação terapêutica; conceitos e técnicas de comunicação terapêuticas. Semiologia dos transtornos mentais: aspectos clínicos, epidemiologicos e terapêuticos. Intervenções de enfermagem ao paciente esquizofrênico, deprimido, com distúrbio de ansiedade, dependente quimico. Cuidados de enfermagem ao paciente com TOC. Emergências Psiquiátricas. DISCIPLINA: Enfermagem na Gestão da Atenção Primária B º 40 Gerenciamento de enfermagem; aportes teóricos da estrutura organizacional das instituições de saúde coletiva; sistemas de informações; Prática de planejamento e organização do serviço; Planejamento, organização e avaliação da assistência de enfermagem e do desempenho do pessoal; gerenciamento de recursos humanos; supervisão de enfermagem; educação continuada; gerenciamento de recursos físicos.

21 DISCIPLINA: Enfermagem Baseada em Evidências B º 40 Evolução do pensamento científico e o estatuto da ciência. A pesquisa como instrumento de intervenção na realidade, classificação geral das linhas epistemológicas e procedimentos de pesquisa nas ciências naturais e sociais. Bases metodológicas da pesquisa qualitativa e da pesquisa quantitativa em enfermagem e em saúde. DISCIPLINA: Enfermagem na Atenção a Saúde da Família B º 40 Conceito de família. Avaliação e intervenção na família pelo método CALGARY. Planejamento e administração do cuidado a nível domiciliar. Home care. Educação em saúde. Programas de atenção à saúde na família.

22 DISCIPLINA: Didática e Ensino em Enfermagem B º 40h A História da Educação no Brasil. Planejamento didático. Elementos básicos do processo de ensino/aprendizagem. Métodos e recursos de ensino. Práticas educativas em sala de aula. O enfermeiro como educador de elementos da equipe de enfermagem, indivíduo, família, comunidade e grupos/clientes. Introdução à criatividade: conceitos, utilização em educação, desenvolvimento da criatividade. 9º PERÍODO DISCIPLINA: Estágio Curricular Supervisionado I B º 500 Gestão do Cuidado. Gestão de serviços. Atividades assistenciais e gerenciais em unidades hospitalares. Protocolos. Ferramentas de Gestão. Gestão da Qualidade. Governança corporativa.

23 DISCIPLINA: Trabalho de Conclusão de Curso I (TCC) Enfermagem B º 40 Discussão teórico-prática para a produção científica na área da Enfermagem; o processo de disciplinarização e de especialização científica da modernidade. O conceito de cotidiano numa abordagem dialética, incorporando a totalidade do pensar e do fazer científico no campo educacional formal. Escolha e formulação do Problema, Justificativa, Objetivos e Método de pesquisa a ser adotado. Construção do projeto final da Pesquisa e defesa do TCC. 10º PERÍODO DISCIPLINA: Estágio Curricular Supervisionado II B º 9440 O Estagio Curricular Supervisionado II tem como foco a experiência profissional no âmbito do estado de saúde da população, isto é, condição de saúde de grupos populacionais especifícos e tendências gerais do ponto de vista epidemiológico, demográfico, socioeconômico e cultural. Aborda a interdisciplinariedade composta pela epidemiologia, gerenciamento, administração e planejamento em saúde com enfoque transdisciplinar. Processo de trabalho em saúde com ênfase na promoção da saúde e prevenção de doenças.

24 DISCIPLINA: Trabalho de Conclusão de Curso II (TCC) B º 40 Consiste na execução do projeto do trabalho de conclusão do curso, identificado com a área de enfermagem: básica: levantamento, análise e documentação dos dados, relatório final do trabalho. O conhecimento através da produção científica e efetivação da participação acadêmico-profissional. OPTTATIVAS DISCIPLINA: Biossegurança B ºoptativa 80 Precauções universais adotadas pelos profissionais da saúde envolvidos na assistência aos pacientes independente da doença diagnosticada. Conjunto de ações que visa prevenir, minimizar ou eliminar riscos inerentes às atividades do trabalho em saúde para os profissionais e meio ambiente, sem comprometer a qualidade do trabalho a ser desenvolvido e respeitando os princípios humanísticos e éticos. Orientações para o manuseio de sangue, líquidos e fluidos corporais.

25 DISCIPLINA: Terapias Alternativas B optativa 80 Estudo dos princípios científicos que norteiam a pesquisa, desenvolvimento, mecanismo de ação e prescrição de medicamentos fitoterápicos. Formulações e controle de qualidade. Farmacologia e estruturas químicas dos fitoterápicos que atuam no sistema nervoso central, sistema cardiovascular, sistema respiratório, sistema digestivo, trato geniturinário, processo inflamatório e doloroso e imunoestimulantes. DISCIPLINA: Dor e Cuidados Paliativos B º optativa 80 Epidemiologia e história da dor no Brasil e no mundo, aspectos biopsicossociais do paciente com dor. Anatomia e neurofisiologia das vias nociceptivas. Avaliação clínica, laboratorial e de imagem do paciente com dor: pósoperatória, neuropáticas centrais e periféricas. Cefaleias e algias craniofaciais. Dor em pacientes oncológicos, idosos, neonato e crianças. Dores músculo-esqueléticas-cervicalgias, lombalgias, fibromialgia, síndrome miofacial. DOR /LERT. Dor pélvica crônica. Acupuntura e dor. Tratamentos neurocirúrgicos para dor crônica. Cuidados Paliativos. Projetos Hospital sem Dor - 5º sinal vital. Dor e cuidados paliativos baseado em Evidencia. Prática assistencial qualificada voltada ao paciente com dor e portador de doenças ativas, progressiva e ameaçadora de vida.

26 DISCIPLINA: Bioinformática B optativa 80 Tecnologia da informação. O computador como elemento de suporte da Informática. Aplicações gerais do microcomputador. Informática em saúde. Aplicações e impactos da Informática na enfermagem. DISCIPLINA: Saúde e Ambiente B º optativa 80 Conhecimentos dos conceitos de saúde, ambiente e saneamento, relacionando as interferências causadas pelo homem no ambiente que possam resultar na degradação ambiental e em riscos à saúde humana, visando à reflexão crítica do homem no planeta Terra. DISCIPLINA: Enfermagem em Estomaterapia B º 80 Estomas, incontinência anal, urinárias e feridas. Cuidados e materiais específicos utilizados na assistência. Ciência de conhecimentos técnicos e princípios da relação de ajuda e autonomia.

27 DISCIPLINA: Enfermagem do Trabalho B º optativa 80 Aspectos históricos da saúde ocupacional no Brasil. Análise crítica à luz das teorias de educação, dos programas, estratégias e ações de educação em saúde do trabalhador, desenvolvida com vistas à promoção da saúde, prevenção de doenças e recuperação da saúde. Construção histórica do modelo de assistência à saúde do trabalhador no mundo e no Brasil. Trabalho e ambiente mediante a discussão de aspectos epistemológicos, conceituais e metodológicos considerados fundamentais tendo como base o Sistema único de saúde e questões relativas à perspectiva interdisciplinar inerente ao campo, com destaque para os seguintes aspectos: diagnóstico da saúde do trabalhador no Brasil. A centralidade da relação processo de trabalho e saúde, estratégias de articulação entre as várias áreas de conhecimento e profissões envolvidas em torno de objetos-problemas, a integração de abordagens técnicas e sociais. DISCIPLINA: Atendimento Pré-Hospitalar B º optativa 80 Assistência de enfermagem a clientes que requerem atendimento de alta complexidade nas unidades de classificação de risco, pronto socorro e centro de trauma. Apresenta as estruturas organizacionais e funcionais de unidades de alta complexidade. Promove também a aplicação de metodologia da assistência de enfermagem a clientes portadores de situação de risco iminente e morte. Urgências e emergências clínicas e traumáticas.

28 DISCILINA: Enfermagem Oncológica CÓDIGO B CRÉDITOS Estudo da assistência de enfermagem em oncologia clínica, cirúrgica e cuidados paliativos, centrada na compreensão do indivíduo, família e comunidade, em sua integralidade. Estudo do cuidado de enfermagem, desenvolvido a partir dos raciocínios: crítico, clínico e investigativo, pautados nos preceitos éticos que norteiam a profissão Enfermagem, embasando a compreensão dos princípios básicos da fisiopatologia, prevenção e tratamento do câncer, bem como, a análise de conceitos básicos do cuidado de enfermagem a pacientes oncológicos. As áreas de unidade clínica oncológica, ambulatório de quimioterapia/ radioterapia e transplante de medula óssea e o desenvolvimento de habilidades afetivas no relacionamento psicossocial enfermeiro paciente e família. DISCIPLINA: Enfermagem em Unidade de Terapia Intensiva B º optativa 80 Enfermagem em Unidade de Terapia Intensiva. Cuidado ao paciente crítico em situações cirúrgica e clínica. Processos assistenciais especificos e individualizados. Gerenciamento do serviço de Enfermagem nas Unidades de Terapia Intensiva Adulto e Especializada.

29 Área de Ciências Humanas e Sociais Aplicadas DISCIPLINA: Libras H º optativa 80 Fundamentos históricos, socioculturais e definições referentes a língua de sinais. Legislação e conceitos sobre língua e linguagem. Entendimentos dos conhecimentos necessários para a inclusão dos surdos quanto aos aspectos Biológicos, Pedagógicos e Psicossociais.

Curso: Biomedicina PROGRAMA DE APRENDIZAGEM

Curso: Biomedicina PROGRAMA DE APRENDIZAGEM Curso: Biomedicina 1º. Semestre: DISCIPLINA: Anatomia Humana I SUPERINTEDÊNCIA B108508 04 1º 80 Estruturas anatômicas. Posição anatômica: planos, eixos e conceitos. Estruturas aplicadas às situações em

Leia mais

EMENTÁRIO DAS DISCIPLINAS DO CURSO DE ENFERMAGEM (Currículo iniciado em 2010)

EMENTÁRIO DAS DISCIPLINAS DO CURSO DE ENFERMAGEM (Currículo iniciado em 2010) EMENTÁRIO DAS DISCIPLINAS DO CURSO DE ENFERMAGEM (Currículo iniciado em 2010) ANATOMIA HUMANA CH 102 (2372) Estudo morfológico dos órgãos e sistemas que constituem o organismo humano, com ênfase para os

Leia mais

ASPECTOS SÓCIO POLÍTICO DA SAÚDE Noções básicas de políticas sociais, com ênfase nas do setor saúde.

ASPECTOS SÓCIO POLÍTICO DA SAÚDE Noções básicas de políticas sociais, com ênfase nas do setor saúde. 1º PERÍODO ANATOMIA HUMANA Unidade I - Anatomia sistemática-generalidades - Nomenclatura anatômica. Sistema ósseo. Articular. Muscular. Sistema nervoso. Sistema circulatório. Sistema digestivo. Sistema

Leia mais

MATRIZ CURRICULAR CURRÍCULO PLENO/2014 1.ª SÉRIE 2.ª SÉRIE

MATRIZ CURRICULAR CURRÍCULO PLENO/2014 1.ª SÉRIE 2.ª SÉRIE MATRIZ CURRICULAR Curso: Graduação: Regime: Duração: ENFERMAGEM BACHARELADO SERIADO ANUAL - NOTURNO 5 (CINCO) ANOS LETIVOS Integralização: A) TEMPO TOTAL - MÍNIMO = 05 (CINCO) ANOS LETIVOS - MÁXIMO = 08

Leia mais

MATRIZ CURRICULAR ENFERMAGEM 4860 HORAS h/a 50 minutos 4050 HORAS h/a 60 minutos

MATRIZ CURRICULAR ENFERMAGEM 4860 HORAS h/a 50 minutos 4050 HORAS h/a 60 minutos MATRIZ CURRICULAR ENFERMAGEM 4860 HORAS h/a 50 minutos 4050 HORAS h/a 60 minutos PRIMEIRO PERÍODO - PRIMEIRO ANO Sociologia, Antropologia e Filosofia 40 33,33 Iniciação à Pesquisa em Enfermagem 80 66,67

Leia mais

EDUCAÇÃO FÍSICA LICENCIATURA 1º PERÍODO

EDUCAÇÃO FÍSICA LICENCIATURA 1º PERÍODO EDUCAÇÃO FÍSICA LICENCIATURA 1º PERÍODO DISCIPLINA: Anatomia Humana Aplicada à Educação Física B108168 04 1º 80 Introdução ao estudo da Anatomia. Nomenclatura anatômica, estudo descritivo dos sistemas

Leia mais

Semestre: 1 Quantidade de Módulos:9 Unidade de Ensino:Núcleo de Saúde

Semestre: 1 Quantidade de Módulos:9 Unidade de Ensino:Núcleo de Saúde 212 Módulo: 9º período e Mês Início do Módulo:216/1 Numero da Página: 1 Impresso em:14/12/215 16:4:29 da Disciplina Variação TEO PRA LAB TEO PRA LAB Quantidade de Disciplinas neste Módulo: Total CH H/A:

Leia mais

CARGA HORÁRIA. Anatomia Humana I 72 36 36 - Biologia Celular e Genética 72 36 36 - Introdução à Enfermagem 36 36 - Introdução á Filosofia 36 36 -

CARGA HORÁRIA. Anatomia Humana I 72 36 36 - Biologia Celular e Genética 72 36 36 - Introdução à Enfermagem 36 36 - Introdução á Filosofia 36 36 - MATRIZ CURRICULAR DO CURSO DE ENFERMAGEM 2012.2 1º SEMESTRE Anatomia Humana I 72 36 36 - Biologia Celular e Genética 72 36 36 - Introdução à 36 36 - Fundamentos Sócio-antropológicos: Cultura e Relações

Leia mais

Apresentação do novo currículo do Curso de Graduação em Enfermagem. Implantação a partir de 2010

Apresentação do novo currículo do Curso de Graduação em Enfermagem. Implantação a partir de 2010 Apresentação do novo currículo do Curso de Graduação em Enfermagem Implantação a partir de 2010 Matriz Curricular Currículo Novo 1º SEMESTRE Créditos Anatomia Humana I Citologia 02 Embriologia, Genética

Leia mais

DIVISÃO DE REGISTROS ACADÊMICOS Registros Acadêmicos da Graduação. Ementas por Currículo 07/02/2012 19:50

DIVISÃO DE REGISTROS ACADÊMICOS Registros Acadêmicos da Graduação. Ementas por Currículo 07/02/2012 19:50 7//1 19:5 Centro de Ciências da Saúde Curso: 151 Enfermagem (Matutino) Currículo: 11/1 1 CNA.5.1- Ser Humano e Saúde I Ementa: Organelas celulares. Tecidos básicos. A histologia e anatomia dos sistemas:

Leia mais

DINÂMICA CURRICULAR DO CURSO DE ENFERMAGEM 2006

DINÂMICA CURRICULAR DO CURSO DE ENFERMAGEM 2006 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO Universidade Federal de Alfenas. UNIFAL-MG Rua Gabriel Monteiro da Silva, 700. Alfenas/MG. CEP 37130-000 Fone: (35) 3299-1000. Fax: (35) 3299-1063 DINÂMICA CURRICULAR DO CURSO DE

Leia mais

EMENTAS DAS DISCIPLINAS DO CURSO DE GRADUAÇÃO EM TERAPIA OCUPACIONAL 1 º PERÍODO

EMENTAS DAS DISCIPLINAS DO CURSO DE GRADUAÇÃO EM TERAPIA OCUPACIONAL 1 º PERÍODO EMENTAS DAS DISCIPLINAS DO CURSO DE GRADUAÇÃO EM TERAPIA OCUPACIONAL 1 º PERÍODO 1) História da Terapia Ocupacional (30 hs) EMENTA: Marcos históricos que antecederam o surgimento formal da profissão de

Leia mais

Coordenadores: Rogéria Maria Silva do Nascimento Campus I Rosimeire dos Santos Campus V. Matriz Curricular

Coordenadores: Rogéria Maria Silva do Nascimento Campus I Rosimeire dos Santos Campus V. Matriz Curricular Coordenadores: Rogéria Maria Silva do Nascimento Campus I Rosimeire dos Santos Campus V Matriz Curricular Período Disciplina Carga Horária Teoria Prática Total 1º EDUCAÇÃO FÍSICA I 040 1º ANATOMIA HUMANA

Leia mais

EMENTÁRIO DAS DISCIPLINAS DO CURSO DE NUTRIÇÃO GRADE (2009).

EMENTÁRIO DAS DISCIPLINAS DO CURSO DE NUTRIÇÃO GRADE (2009). EMENTÁRIO DAS DISCIPLINAS DO CURSO DE NUTRIÇÃO GRADE (2009). ABASTECIMENTO E CUSTOS EM NUTRIÇÃO 1593 C/H 68 Conceito, processo e classificação de custos. Custos de mão-de-obra. Custos diversos. Política,

Leia mais

EMENTÁRIO DAS DISCIPLINAS DO CURSO DE EDUCAÇÃO FÍSICA BACHAELADO (Currículo de início em 2015)

EMENTÁRIO DAS DISCIPLINAS DO CURSO DE EDUCAÇÃO FÍSICA BACHAELADO (Currículo de início em 2015) EMENTÁRIO DAS DISCIPLINAS DO CURSO DE EDUCAÇÃO FÍSICA BACHAELADO (Currículo de início em 2015) ANATOMIA HUMANA C/H 102 Estudo da estrutura e função dos órgãos em seus respectivos sistemas no corpo humano,

Leia mais

Curso de Psicologia CÓDIGO B108478 PROGRAMA

Curso de Psicologia CÓDIGO B108478 PROGRAMA Curso de Psicologia 1º período DISCIPLINA: ELEMENTOS DE ANATOMIA B108478 EMENTA: - Estudo de todos os órgãos e sistemas do organismo humano, destacando as funções pertinentes a cada estrutura. DISCIPLINA:

Leia mais

CURSO: ENFERMAGEM MATRIZ CURRICULAR

CURSO: ENFERMAGEM MATRIZ CURRICULAR 1º PERÍODO 2012/1 CURSO: ENFERMAGEM MATRIZ CURRICULAR Metodologia Científica Português Anatomia Humana 6 120 100.00 Introdução a Citologia Projeto Integrador Atividades Complementares - 40 33.20 () 20

Leia mais

Currículo do Curso de Enfermagem

Currículo do Curso de Enfermagem ENFERMAGEM 142 Currículos dos Cursos do CCB UFV Bacharelado ATUAÇÃO O Curso de Graduação em Enfermagem da UFV apresenta como perfil do formando egresso/profissional o enfermeiro, com formação generalista,

Leia mais

CURSO DE ENFERMAGEM MOSSORÓ

CURSO DE ENFERMAGEM MOSSORÓ ANEXO Conteúdo para EXIN 2015.1 - campus MOSSORÓ CURSO DE ENFERMAGEM MOSSORÓ 3ª Série DISCIPLINAS ÉTICA E PROFISSIONALISMO MECANISMOS DE AGRESSÃO E DEFESA SEMIOLOGIA E SEMIOTÉCNICA I SISTEMAS CORPORAIS

Leia mais

A Câmara Superior de Ensino da Universidade Federal de Campina Grande, no uso de suas atribuições,

A Câmara Superior de Ensino da Universidade Federal de Campina Grande, no uso de suas atribuições, SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE CAMPINA GRANDE CONSELHO UNIVERSITÁRIO CÂMARA SUPERIOR DE ENSINO RESOLUÇÃO Nº 07/2009 Aprova a estrutura curricular do Curso de do Centro de Educação e Saúde

Leia mais

CENTRO UNIVERSITÁRIO CATÓLICA DE SANTA CATARINA EM JOINVILLE PRÓ-REITORIA ACADÊMICA CURSO DE BIOMEDICINA. Matriz Curricular vigente a partir de 2012/1

CENTRO UNIVERSITÁRIO CATÓLICA DE SANTA CATARINA EM JOINVILLE PRÓ-REITORIA ACADÊMICA CURSO DE BIOMEDICINA. Matriz Curricular vigente a partir de 2012/1 CENTRO UNIVERSITÁRIO CATÓLICA DE SANTA CATARINA EM JOINVILLE PRÓ-REITORIA ACADÊMICA CURSO DE BIOMEDICINA Matriz Curricular vigente a partir de 2012/1 Fase Cod. Disciplina P.R Carga Horária Teórica Prática

Leia mais

EMENTÁRIO DAS DISCIPLINAS DO CURSO DE LICENCIATURA EM CIÊNCIAS BIOLÓGICAS EAD (Currículo 2015)

EMENTÁRIO DAS DISCIPLINAS DO CURSO DE LICENCIATURA EM CIÊNCIAS BIOLÓGICAS EAD (Currículo 2015) EMENTÁRIO DAS DISCIPLINAS DO CURSO DE LICENCIATURA EM CIÊNCIAS BIOLÓGICAS EAD (Currículo 2015) ANATOMIA E FISIOLOGIA HUMANA C/H 105 D0232 Estudo anatômico e fisiológico dos sistemas: digestório, circulatório,

Leia mais

ANEXO I DEMOSTRATIVO DE VAGAS POR CARGO, ÁREA DE ATUAÇÃO, PERFIL, ESCOLARIDADE EXIGIDA E LOCALIZAÇÃO.

ANEXO I DEMOSTRATIVO DE VAGAS POR CARGO, ÁREA DE ATUAÇÃO, PERFIL, ESCOLARIDADE EXIGIDA E LOCALIZAÇÃO. ANEXO I DEMOSTRATIVO DE VAGAS POR CARGO, ÁREA DE ATUAÇÃO, PERFIL, ESCOLARIDADE EXIGIDA E LOCALIZAÇÃO. CARGO: ASSISTENTE DE PESQUISA Cód. ÁREA DE ATUAÇÃO N O DE VAGAS POR ÁREA PERFIL 212 Antropologia 2

Leia mais

CURSO DE EDUCAÇÃO FÍSICA

CURSO DE EDUCAÇÃO FÍSICA 1 CURSO DE EDUCAÇÃO FÍSICA LICENCIATURA EMENTÁRIO DAS DISCIPLINAS 2012.2 BRUSQUE (SC) 2012 2 SUMÁRIO 1ª FASE... 4 01 HISTÓRIA DA EDUCAÇÃO FÍSICA... 4 02 BIOLOGIA HUMANA... 4 03 NATAÇÃO... 4 04 ESPORTE

Leia mais

Informações do PPC que constarão na página eletrônica do Curso. Missão

Informações do PPC que constarão na página eletrônica do Curso. Missão Informações do PPC que constarão na página eletrônica do Curso CURSO: Biomedicina Missão O Curso de Biomedicina tem como missão a formação de um profissional generalista, humanista, crítico e reflexivo

Leia mais

EMENTÁRIO DAS DISICIPLINAS DO CURSO DE FISIOTERAPIA (Currículo iniciado em 2010)

EMENTÁRIO DAS DISICIPLINAS DO CURSO DE FISIOTERAPIA (Currículo iniciado em 2010) EMENTÁRIO DAS DISICIPLINAS DO CURSO DE FISIOTERAPIA (Currículo iniciado em 2010) ADMINISTRAÇÃO EM FISIOTERAPIA C/H 68 (2435) Introdução, princípios, bases legais e elementos da administração. Atuação da

Leia mais

Matriz Curricular. 1º Período Nome da disciplina

Matriz Curricular. 1º Período Nome da disciplina Matriz Curricular A grade curricular proposta para o Curso de Farmácia abrange três modalidades de disciplinas: disciplinas básicas, que serão comuns aos cursos de Bioquímica, Enfermagem e Medicina, disciplinas

Leia mais

Matriz Curricular do Curso de Enfermagem

Matriz Curricular do Curso de Enfermagem Matriz Curricular do Curso 1º 2º e da Saú e da Saú 1. Anatomia Humana I s em s em 1. Anatomia 02/40 02/40 Humana II 2. Biologia Humana 02/40 II 3. Fisiologia 02/40 02/40 Humana I 4. Promoção da Saú 5.

Leia mais

ESPECIALIZAÇÃO EM CIÊNCIAS DA ATIVIDADE FÍSICA E SAÚDE

ESPECIALIZAÇÃO EM CIÊNCIAS DA ATIVIDADE FÍSICA E SAÚDE ESPECIALIZAÇÃO EM CIÊNCIAS DA ATIVIDADE FÍSICA E SAÚDE Objetiva ampliar os estudos científicos acerca da Atividade Física e do Exercício Físico, da Saúde Pública e da Saúde Coletiva, instrumentalizando

Leia mais

ANEXO III CONTEÚDO PROGRAMÁTICO

ANEXO III CONTEÚDO PROGRAMÁTICO ANEXO III CONTEÚDO PROGRAMÁTICO CONTEÚDO COMUM PARA TODAS AS CATEGORIAS PROFISSIONAIS SAÚDE PÚBLICA E SAÚDE COLETIVA SISTEMA ÚNICO DE SAÚDE SUS 1. História do sistema de saúde no Brasil; 2. A saúde na

Leia mais

CURSO SUPERIOR DE GRADUAÇÃO EM ENFERMAGEM GRADE DETALHADA DO CURSO COM AS EMENTAS DAS DISCIPLINAS 1º PERÍODO

CURSO SUPERIOR DE GRADUAÇÃO EM ENFERMAGEM GRADE DETALHADA DO CURSO COM AS EMENTAS DAS DISCIPLINAS 1º PERÍODO CURSO SUPERIOR DE GRADUAÇÃO EM ENFERMAGEM GRADE DETALHADA DO CURSO COM AS EMENTAS DAS DISCIPLINAS 1º PERÍODO Biologia Geral, Citologia e Genética Estudo da célula, seus componentes e relação com as funções

Leia mais

MATRIZ CURRICULAR Página 1/3 CURSO: FARMÁCIA - GRADUAÇÃO - BACHAREL GRADE: INGRESSANTES 2015/1

MATRIZ CURRICULAR Página 1/3 CURSO: FARMÁCIA - GRADUAÇÃO - BACHAREL GRADE: INGRESSANTES 2015/1 Página 1/3 Período: 1 ANATOMIA HUMANA I 72 BIOLOGIA CELULAR 36 BIOSSEGURANÇA 36 CIÊNCIAS SOCIAIS 36 ENADE INGRESSANTE 0 GENÉTICA HUMANA 72 PSICOLOGIA APLICADA A SAÚDE 36 QUÍMICA GERAL E ORGÂNICA 72 Período:

Leia mais

FACULDADE METROPLITANA DA AMAZÔNIA-FAMAZ COORDENAÇÃO DO CURSO DE ENFERMAGEM. 1ª Avaliação regimental Data da Prova Horário da prova

FACULDADE METROPLITANA DA AMAZÔNIA-FAMAZ COORDENAÇÃO DO CURSO DE ENFERMAGEM. 1ª Avaliação regimental Data da Prova Horário da prova - TURMA: 270101 - TURNO: Matutino - SALA: 104-1º PERÍODO (2014/1) 1ª Avaliação regimental Introdução a filosofia 20/03/2014 08:00 às 09:40 Citologia e Embriologia 21/03/2014 08:50 as 11:40 Histologia Básica

Leia mais

MATRIZ ENFERMAGEM TEMPO DE DURAÇÃO: 10 PERÍODOS ESTRUTURA CURRICULAR ENFERMAGEM - GRADUAÇÃO - 213

MATRIZ ENFERMAGEM TEMPO DE DURAÇÃO: 10 PERÍODOS ESTRUTURA CURRICULAR ENFERMAGEM - GRADUAÇÃO - 213 MATRIZ ENFERMAGEM TEMPO DE DURAÇÃO: 1 PERÍODOS ESTRUTURA CURRICULAR ENFERMAGEM - GRADUAÇÃO - 213 1º PERÍODO Carga Horária ANÁLISE TEXTUAL OBRIGATÓRIA 36 HISTÓRIA DA ENFERMAGEM OBRIGATÓRIA 36 ANATOMIA SISTÊMICA

Leia mais

Matriz 2007... 02. Matriz 2010... 04. Matriz 2013... 07

Matriz 2007... 02. Matriz 2010... 04. Matriz 2013... 07 Página 1 Sumário Matriz 2007... 02 Matriz 2010... 04 Matriz 2013... 07 Página 2 MATRIZ CURRICULAR 2007 1º Período 2º Período 3º Período Biologia Celular 54 Química Geral 54 Zoologia de Invertebrados I

Leia mais

Matriz Curricular do curso de FARMÁCIA da Faculdade Santa Rita - FaSaR

Matriz Curricular do curso de FARMÁCIA da Faculdade Santa Rita - FaSaR 1º Período SEMANAL Introdução às Ciências Farmacêuticas 02-02 40 Anatomia Humana I 02 02 04 80 Citologia e Histologia 02 02 04 80 Química Geral e Inorgânica 02 02 04 80 Física Aplicada à Farmácia 02-02

Leia mais

EMENTÁRIO DAS DISCIPLINAS DO CURSO DE EDUCAÇÃO FÍSICA BACHARELADO (Currículo de início em 2015)

EMENTÁRIO DAS DISCIPLINAS DO CURSO DE EDUCAÇÃO FÍSICA BACHARELADO (Currículo de início em 2015) EMENTÁRIO DAS DISCIPLINAS DO CURSO DE EDUCAÇÃO FÍSICA BACHARELADO (Currículo de início em 2015) ANATOMIA HUMANA C/H 102 3248 Estudo da estrutura e função dos órgãos em seus respectivos sistemas no corpo

Leia mais

Currículos dos Cursos UFV ENFERMAGEM. COORDENADOR Pedro Paulo do Prado Júnior pedro.prado@ufv.br

Currículos dos Cursos UFV ENFERMAGEM. COORDENADOR Pedro Paulo do Prado Júnior pedro.prado@ufv.br 114 ENFERMAGEM COORDENADOR Pedro Paulo do Prado Júnior pedro.prado@ufv.br UFV Catálogo de Graduação 2013 115 Currículo do Curso de Bacharelado ATUAÇÃO O Curso de Graduação em da UFV apresenta como perfil

Leia mais

EMENTAS DE DISCIPLINAS - BACHARELADO NÍVEL I

EMENTAS DE DISCIPLINAS - BACHARELADO NÍVEL I EMENTAS DE DISCIPLINAS - BACHARELADO 31157-04 Anatomia Humana NÍVEL I Estudo sobre a estruturação do organismo humano com ênfase nas características morfológicas dos sistemas anatômicos respiratório, cardiovascular,

Leia mais

CURSO DE EDUCAÇÃO FÍSICA LICENCIATURA

CURSO DE EDUCAÇÃO FÍSICA LICENCIATURA 1 CURSO DE EDUCAÇÃO FÍSICA LICENCIATURA EMENTÁRIO DAS DISCIPLINAS 2015.1 BRUSQUE (SC) Atualizado em 15 de janeiro de 2015 pela 2014 Assessoria de Desenvolvimento, conforme Parecer 2 SUMÁRIO 1ª FASE...

Leia mais

Currículos dos Cursos do CCB UFV ENFERMAGEM. COORDENADORA Rita de Cássia Lanes Ribeiro rribeiro@ufv.br

Currículos dos Cursos do CCB UFV ENFERMAGEM. COORDENADORA Rita de Cássia Lanes Ribeiro rribeiro@ufv.br 146 Currículos dos Cursos do CCB UFV ENFERMAGEM COORDENADORA Rita de Cássia Lanes Ribeiro rribeiro@ufv.br UFV Catálogo de Graduação 2011 147 Bacharelado ATUAÇÃO O Curso de Graduação em da UFV apresenta

Leia mais

INSTITUTO SUPERIOR DE TEOLOGIA APLICADA INTA ESTRUTURA CURRICULAR DO CURSO DE BACHARELADO EM BIOMEDICINA 1º SEMESTRE

INSTITUTO SUPERIOR DE TEOLOGIA APLICADA INTA ESTRUTURA CURRICULAR DO CURSO DE BACHARELADO EM BIOMEDICINA 1º SEMESTRE 1º SEMESTRE 1.1 Anatomia Humana I 30 15 45 03-1.2 Antropologia Teológica 30-30 02-1.3 Biologia Celular e Molecular 45 15 60 04-1.4 Biossegurança 30-30 02-1.5 Ética, Bioética e Legislação 30-30 02-1.6 Informática

Leia mais

SERVIÇO NACIONAL DE SELEÇÃO PÚBLICA S/C LTDA

SERVIÇO NACIONAL DE SELEÇÃO PÚBLICA S/C LTDA CURSO ENFERMAGEM PRIMEIRO SEMESTRE BASES HISTÓRICAS DA ENFERMAGEM A D D A C A A A A C BIOLOGIA GERAL A A B B A E C B D E HISTOLOGIA E EMBRIOLOGIA C A D D B D B C B D LEITURA E PRODUÇÃO DE TEXTO B A B E

Leia mais

PROJETO PEDAGÓGICO DO CURSO DE TERAPIA OCUPACIONAL DA UNESP CAMPUS DE MARÍLIA

PROJETO PEDAGÓGICO DO CURSO DE TERAPIA OCUPACIONAL DA UNESP CAMPUS DE MARÍLIA PROJETO PEDAGÓGICO DO CURSO DE TERAPIA OCUPACIONAL DA UNESP CAMPUS DE MARÍLIA Objetivos do Curso Curso da área da saúde, centrado nos aspectos ergonômicos e sociais da atividade humana. Visa à formação

Leia mais

CURSO: ENFERMAGEM. Objetivos Específicos 1- Estudar a evolução histórica do cuidado e a inserção da Enfermagem quanto às

CURSO: ENFERMAGEM. Objetivos Específicos 1- Estudar a evolução histórica do cuidado e a inserção da Enfermagem quanto às CURSO: ENFERMAGEM Missão Formar para atuar em Enfermeiros qualificados todos os níveis de complexidade da assistência ao ser humano em sua integralidade, no contexto do Sistema Único de Saúde e do sistema

Leia mais

MATRIZ CURRICULAR DO CURSO DE ENFERMAGEM

MATRIZ CURRICULAR DO CURSO DE ENFERMAGEM MATRIZ CURRICULAR DO CURSO DE ENFERMAGEM DISCIPLINA 1. Saúde Coletiva Enfermagem -- 3 2 45 15 60 Específico Obrigatória 2. Introdução à Enfermagem Enfermagem -- 4 2 60 30 90 Específico Obrigatória 3. Atendimento

Leia mais

1ª Série. 5EST222 ESTÁGIO INTEGRATIVO DE BIOMEDICINA I Atividades práticas e de pesquisa nas várias disciplinas da área de biomedicina.

1ª Série. 5EST222 ESTÁGIO INTEGRATIVO DE BIOMEDICINA I Atividades práticas e de pesquisa nas várias disciplinas da área de biomedicina. 1ª Série 5MOR018 ANATOMIA DOS ANIMAIS DE LABORATÓRIO Estudo da anatomia de alguns animais utilizados em laboratório e considerados de grande importância para o futuro profissional biomédico, utilizando-se,

Leia mais

Colegiado do Curso de Biomedicina Matriz Curricular 2012.1 2015.2

Colegiado do Curso de Biomedicina Matriz Curricular 2012.1 2015.2 Colegiado do Curso de Biomedicina Matriz Curricular 2012.1 2015.2 1 o SEMESTRE Química Geral e Inorgânica 3 1 4 80 ---- Citologia e Genética 3 1 4 80 ---- Fundamentos de Biomedicina e Ética Profissional

Leia mais

CURSO DE MEDICINA - MATRIZ CURRICULAR 2013

CURSO DE MEDICINA - MATRIZ CURRICULAR 2013 CURSO DE MEDICINA - MATRIZ CURRICULAR 2013 Eixos longitudinais, conteúdos e objetivos cognitivos psicomotores Eixos transversais, objetivos Per. 1º Ano eixo integrador: O CORPO HUMANO CH INT. COMUM. HAB.

Leia mais

3.ª SÉRIE MODALIDADE DE OFERTA 00-8658-02 PESQUISA EM PSICOLOGIA 80 0 080 00-8664-03 PROCESSOS GRUPAIS 80 40 120 00-9675-03

3.ª SÉRIE MODALIDADE DE OFERTA 00-8658-02 PESQUISA EM PSICOLOGIA 80 0 080 00-8664-03 PROCESSOS GRUPAIS 80 40 120 00-9675-03 Curso: Graduação: Ênfase: Regime: Duração: PSICOLOGIA MATRIZ CURRICULAR BACHARELADO / FORMAÇÃO DE PSICÓLOGO I PSICOLOGIA E PROCESSOS PSICOSSOCIAIS II PSICOLOGIA E PROCESSOS CLÍNICOS SERIADO ANUAL - NOTURNO

Leia mais

A Câmara Superior de Ensino da Universidade Federal de Campina Grande, no uso de suas atribuições,

A Câmara Superior de Ensino da Universidade Federal de Campina Grande, no uso de suas atribuições, SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE CAMPINA GRANDE CONSELHO UNIVERSITÁRIO CÂMARA SUPERIOR DE ENSINO RESOLUÇÃO Nº 08/2009 Aprova a estrutura curricular do Curso de do Centro de Educação e Saúde

Leia mais

Matriz 2007... 02. Matriz 2010... 04. Matriz 2012... 07

Matriz 2007... 02. Matriz 2010... 04. Matriz 2012... 07 Página 1 Sumário Matriz 2007... 02 Matriz 2010... 04 Matriz 2012... 07 Página 2 MATRIZ CURRICULAR 2007 1º Período Anatomia I 80 Biofísica I 40 Biologia Geral 60 Bioquímica 80 História e Fundamentos da

Leia mais

ANEXOS PPC Estruturas Curriculares Licenciatura em Biologia

ANEXOS PPC Estruturas Curriculares Licenciatura em Biologia ANEXOS PPC Estruturas Curriculares Licenciatura em Biologia Anexo 1. Currículo do Curso de Licenciatura em Biologia, iniciado em agosto de 2002. Licenciatura - 1º. Ano - Disciplina Hora Aula Hora Relógio

Leia mais

BACHARELADO EM ENFERMAGEM 2016.1

BACHARELADO EM ENFERMAGEM 2016.1 3º PATOLOGIA GERAL E DOS SISTEMAS 120 6 4ª AB-CD 3ª CD - 26192 SOCIOLOGIA E ANTROPOLOGIA DA SAÚDE E DA DOENÇA 40 2 3ª AB - FUNDAMENTOS JURÍDICOS EM SAÚDE E 40 2 5ª CD - SUPORTE BÁSICO Á VIDA: PRIMEIROS

Leia mais

MATRIZ CURRICULAR 2015.2 MEDICINA

MATRIZ CURRICULAR 2015.2 MEDICINA Pró-Reitoria de Ensino de Graduação Coordenadoria de Ensino de Graduação Centro de Ciências da Saúde MATRIZ CURRICULAR 2015.2 MEDICINA PRIMEIRO PERÍODO MORFOLOGIA BIOLOGIA CELULAR, TECIDUAL E DO DESENVOLVIMENTO

Leia mais

FLUXOGRAMA DO CURSO DE ENFERMAGEM DAS FACULDADES INTA

FLUXOGRAMA DO CURSO DE ENFERMAGEM DAS FACULDADES INTA FLUXOGRAMA DO CURSO DE ENFERMAGEM DAS FACULDADES INTA 1º SEMESTRE 1. Anatomia Humana 90 60 30 06 2. Biologia (Citologia/Genética) 60 45 15 04 3. Educação em Saúde 30 20 10 02 4. Introdução a Enfermagem

Leia mais

PRÉ REQUISITOS* DA MATRIZ CURRICULAR DO CURSO DE ENFERMAGEM. 1º Semestre Pré requisito. Estar regularmente matriculado no curso de bacharelado em

PRÉ REQUISITOS* DA MATRIZ CURRICULAR DO CURSO DE ENFERMAGEM. 1º Semestre Pré requisito. Estar regularmente matriculado no curso de bacharelado em PRÉ REQUISITOS* DA MATRIZ CURRICULAR DO CURSO DE ENFERMAGEM 1º Semestre Pré requisito bacharelado em Metodologia da Pesquisa aplicada à Saúde Embriologia Humana Biologia Celular Psicologia Sociologia Produção

Leia mais

EMENTAS DAS DISCIPLINAS DO CURSO DE GRADUAÇÃO EM PSICOLOGIA

EMENTAS DAS DISCIPLINAS DO CURSO DE GRADUAÇÃO EM PSICOLOGIA ANEXO II DA RESOLUÇÃO CEPEC Nº 952 EMENTAS DAS DISCIPLINAS DO CURSO DE GRADUAÇÃO EM PSICOLOGIA NÚCLEO COMUM Análise do comportamento O método experimental na análise das relações comportamentais complexas:

Leia mais

DEFINIÇÃO DOS PRÉ-REQUISITOS DAS DISCIPLINAS Aprovada em reunião de Núcleo Docente Estruturante da Enfermagem em 02 de junho de 2014.

DEFINIÇÃO DOS PRÉ-REQUISITOS DAS DISCIPLINAS Aprovada em reunião de Núcleo Docente Estruturante da Enfermagem em 02 de junho de 2014. DEFINIÇÃO DOS PRÉ-REQUISITOS DAS DISCIPLINAS Aprovada em reunião de Núcleo Docente Estruturante da Enfermagem em 02 de junho de 2014. DISCIPLINA C.H. TOTAL DISCIPLINAS PRÉ-REQUISITOS 1º SEMESTRE 80 Bioética

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE CAMPINA GRANDE CONSELHO UNIVERSITÁRIO CÂMARA SUPERIOR DE ENSINO

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE CAMPINA GRANDE CONSELHO UNIVERSITÁRIO CÂMARA SUPERIOR DE ENSINO RESOLUÇÃO Nº 01/2011 SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE CAMPINA GRANDE CONSELHO UNIVERSITÁRIO CÂMARA SUPERIOR DE ENSINO Aprova a estrutura curricular do Curso de, na modalidade bacharelado,

Leia mais

Ementas das disciplinas do Núcleo Comum

Ementas das disciplinas do Núcleo Comum Ementas das disciplinas do Núcleo Comum Análise Experimental do Comportamento O método experimental na análise das relações comportamentais complexas: comportamentos consciente, memória, pensamento e linguagem.

Leia mais

EMENTÁRIO DAS DISCIPLINAS DO CURSO DE PEDAGOGIA: DOCÊNCIA E GESTÃO EDUCACIONAL (Currículo iniciado em 2009)

EMENTÁRIO DAS DISCIPLINAS DO CURSO DE PEDAGOGIA: DOCÊNCIA E GESTÃO EDUCACIONAL (Currículo iniciado em 2009) EMENTÁRIO DAS DISCIPLINAS DO CURSO DE PEDAGOGIA: DOCÊNCIA E GESTÃO EDUCACIONAL (Currículo iniciado em 2009) CURRÍCULO DA EDUCAÇÃO BÁSICA 2171 C/H 102 Fundamentos e concepções sobre a organização curricular

Leia mais

UNIVERSIDADE IGUAÇU FACULDADE DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS E DA SAÚDE CURSO DE FISIOTERAPIA. Estrutura curricular ou matriz curricular

UNIVERSIDADE IGUAÇU FACULDADE DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS E DA SAÚDE CURSO DE FISIOTERAPIA. Estrutura curricular ou matriz curricular UNIVERSIDADE IGUAÇU FACULDADE DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS E DA SAÚDE CURSO DE FISIOTERAPIA Estrutura curricular ou matriz curricular O curso foi estruturado com base nas Diretrizes Curriculares para Fisioterapia

Leia mais

Governo do Estado do Rio de Janeiro Secretaria de Estado de Ciência e Tecnologia Fundação Centro Universitário Estadual da Zona Oeste

Governo do Estado do Rio de Janeiro Secretaria de Estado de Ciência e Tecnologia Fundação Centro Universitário Estadual da Zona Oeste CURSO DE FARMÁCIA 1 Biossegurança FAR1201 2 40 Cálculo Aplicado FAR1202 3 60 Química Geral Teórica FAR1203 3 60 Química Geral Experimental FAR1204 3 60 Anatomia FAR1205 5 100 Biologia Celular FAR1206 3

Leia mais

MATRIZ CURRICULAR BACHARELADO EM NUTRIÇÃO

MATRIZ CURRICULAR BACHARELADO EM NUTRIÇÃO MATRIZ CURRICULAR BACHARELADO EM PRIMEIRO PERÍODO / 1 O ANO CIÊNCIAS SOCIAIS, HUMANAS E CIÊNCIAS BIOLÓGICAS E DA SAÚDE Sociologia, Antropologia e Filosofia 2-40 Iniciação à Pesquisa em Nutrição 2-40 Leitura

Leia mais

Estrutura Curricular - Vigência a partir do 2º semestre de 2006 (Alteração homologada pela Resolução nº 36 CONSEPE, de 12/12/2008).

Estrutura Curricular - Vigência a partir do 2º semestre de 2006 (Alteração homologada pela Resolução nº 36 CONSEPE, de 12/12/2008). MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DOS VALES DO JEQUITINHONHA E MUCURI FACULDADE DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS E DA SAÚDE CURSO DE GRADUAÇÃO EM FARMÁCIA Estrutura Curricular - Vigência a partir do 2º

Leia mais

Universidade Estadual do Centro-Oeste Reconhecida pelo Decreto Estadual nº 3.444, de 8 de agosto de 1997

Universidade Estadual do Centro-Oeste Reconhecida pelo Decreto Estadual nº 3.444, de 8 de agosto de 1997 RESOLUÇÃO Nº 93-CEPE/UNICENTRO, DE 26 DE NOVEMBRO DE 2009. Aprova o Curso de Especialização em Saúde Pública com Ênfase em Doenças Infecciosas e Parasitárias, modalidade regular, a ser ministrado no Campus

Leia mais

CATÁLOGO DO CURSO DE BIOMEDICINA

CATÁLOGO DO CURSO DE BIOMEDICINA CATÁLOGO DO CURSO DE BIOMEDICINA ATOS LEGAIS DO CURSO: Nome do Curso: Biomedicina Nome da Mantida: Centro Universitário de Rio Preto Endereço de Funcionamento do Curso: Rua Yvette Gabriel Atique, 45 Bairro

Leia mais

ÁREAS DE CONCENTRAÇÃO/LINHAS DE PESQUISA

ÁREAS DE CONCENTRAÇÃO/LINHAS DE PESQUISA ÁREAS DE CONCENTRAÇÃO/LINHAS DE PESQUISA Áreas de concentração: O presente programa está organizado em duas áreas de concentração, cada uma das quais contemplando três linhas de pesquisa nas quais se distribuem

Leia mais

FACULDADES INTEGRADAS PADRE ALBINO. Catálogo 2015 do Curso de Bacharelado em Educação Física

FACULDADES INTEGRADAS PADRE ALBINO. Catálogo 2015 do Curso de Bacharelado em Educação Física EMENTÁRIO Disciplina: Introdução à Educação Física EMENTA: Disciplina que estuda as diferentes concepções de Educação Física, assim como suas perspectivas no campo da ciência em relação à intervenção profissional.

Leia mais

MATRIZ CURRICULAR Página 1/3 CURSO: BIOMEDICINA - GRADUAÇÃO - BACHAREL GRADE: INGRESSANTES 2015/1

MATRIZ CURRICULAR Página 1/3 CURSO: BIOMEDICINA - GRADUAÇÃO - BACHAREL GRADE: INGRESSANTES 2015/1 Página 1/3 Período: 1 ANATOMIA HUMANA I 72 BIOLOGIA CELULAR 36 BIOSSEGURANÇA 36 CIÊNCIAS SOCIAIS 36 ENADE INGRESSANTE 0 GENÉTICA HUMANA 72 PSICOLOGIA APLICADA A SAÚDE 36 QUÍMICA GERAL E ORGÂNICA 72 Total

Leia mais

EMENTAS DAS DISCIPLINAS CURSO DE GRADUAÇÃO DE SERVIÇO SOCIAL

EMENTAS DAS DISCIPLINAS CURSO DE GRADUAÇÃO DE SERVIÇO SOCIAL EMENTAS DAS DISCIPLINAS CURSO DE GRADUAÇÃO DE SERVIÇO SOCIAL Nome da disciplina: Introdução Ao Serviço Social Descrição: A prática profissional no Serviço Social na atualidade: o espaço sócioocupacional

Leia mais

FACULDADES INTEGRADAS PADRE ALBINO. Catálogo 2015 do Curso de Educação Física - Licenciatura

FACULDADES INTEGRADAS PADRE ALBINO. Catálogo 2015 do Curso de Educação Física - Licenciatura EMENTÁRIO ANATOMIA I Ementa:. Estudo da forma, estrutura, função e localização de órgãos que compõem os sistemas que formam o aparelho locomotor: sistema esquelético, sistema articular, sistema muscular

Leia mais

1º SEMESTRE 30 30-02 2º SEMESTRE CARGA HORÁRIA TOTAL TEORIA PRÁTICA

1º SEMESTRE 30 30-02 2º SEMESTRE CARGA HORÁRIA TOTAL TEORIA PRÁTICA 1º SEMESTRE Introdução a 90 60 30 06 Anatomia Humana 90 60 30 06 Biologia Celular e Molecular Embriologia e Histologia Humana Antropologia da Saúde Educação em Saúde Relações Étnico-Raciais Metodologia

Leia mais

QUADRO DE EQUIVALÊNCIAS, CONTIDAS E SUBSTITUTAS FACULDADE DE FISIOTERAPIA

QUADRO DE EQUIVALÊNCIAS, CONTIDAS E SUBSTITUTAS FACULDADE DE FISIOTERAPIA QUADRO DE EQUIVALÊNCIA, CONTIDA E UBTITUTA FACULDADE DE FIIOTERAPIA Disciplina Currículo Atual Disciplina Currículo Extinto Código Disciplina C/H Curso Disciplina C/H Código Curso Ano do Currículo 01746

Leia mais

MATRIZ CURRICULAR CURRÍCULO PLENO/2013 1.ª SÉRIE

MATRIZ CURRICULAR CURRÍCULO PLENO/2013 1.ª SÉRIE MATRIZ CURRICULAR Curso: Graduação: Regime: Duração: CIÊNCIAS BIOLÓGICAS LICENCIATURA PLENA SERIADO ANUAL NOTURNO 3 (TRÊS) ANOS LETIVOS Integralização: A) TEMPO TOTAL - MÍNIMO = 03 (TRÊS) ANOS LETIVOS

Leia mais

1º período. Carga Horária. Nome da Disciplina. créditos. Ementa

1º período. Carga Horária. Nome da Disciplina. créditos. Ementa 1º período EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA 60 4T Análise das tendências atuais da educação a distância contextualizando-as. Aspectos históricos da Educação a Distância (EAD) no Brasil. A operacionalização da EAD.

Leia mais

Curso de Pedagogia Ementário da Matriz Curricular 2010.2

Curso de Pedagogia Ementário da Matriz Curricular 2010.2 1ª FASE 01 BIOLOGIA EDUCACIONAL A Biologia educacional e os fundamentos da educação. As bases biológicas do crescimento e desenvolvimento humano. A dimensão neurológica nos processos básicos: os sentidos

Leia mais

GABARITO - AVALIAÇÃO MULTIDISCIPLINAR CURSO PSICOLOGIA 1º SEMESTRE NOTURNO

GABARITO - AVALIAÇÃO MULTIDISCIPLINAR CURSO PSICOLOGIA 1º SEMESTRE NOTURNO CURSO PSICOLOGIA 1º SEMESTRE NOTURNO PSICOLOGIA CIENCIA E PROFISSÃO A A B C D E A B C D LEITURA E PRODUÇÃO DE TEXTOS C D A C B A B D E E PERCEPÇÃO DA CONSCIENCIA E A C B E C A A C D PSICOLOGIA GERAL C

Leia mais

Currículo 1/307 (noite) e 1/308 (tarde e noite)

Currículo 1/307 (noite) e 1/308 (tarde e noite) Currículo 1/307 (noite) e 1/308 (tarde e noite) Nível I - 26 créditos Fundamentos Epistemológicos e História da Psicologia Ementa: Caracterização dos diferentes paradigmas de ciência e suas repercussões

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº. 170, DE 14 DE DEZEMBRO DE 2011

RESOLUÇÃO Nº. 170, DE 14 DE DEZEMBRO DE 2011 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DA GRANDE DOURADOS RESOLUÇÃO Nº. 170, DE 14 DE DEZEMBRO DE 2011 O CONSELHO DE ENSINO, PESQUISA, EXTENSÃO E CULTURA DA FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL

Leia mais

SISTEMAS DE INFORMAÇÃO ingressantes 2008 Semestre 1 Semestre 2

SISTEMAS DE INFORMAÇÃO ingressantes 2008 Semestre 1 Semestre 2 SISTEMAS DE INFORMAÇÃO ingressantes 2008 Cálculo I 40 Cálculo II 40 Princípios Desenvolvimento de Algoritmos I 80 Princípios Desenvolvimento de Algoritmos II 80 Matemática 40 Lógica Matemática 40 Probabilidade

Leia mais

DISCIPLINAS OBRIGATÓRIAS

DISCIPLINAS OBRIGATÓRIAS 31 ANEXO VI EMENTÁRIO EMENTAS: DISCIPLINAS POR PERÍODO RECOMENDADO DISCIPLINAS OBRIGATÓRIAS PRIMEIRO PERÍODO HDI0123 HFC0065 HFC0067 HFE0068 HFE0051 HFE0054 INTRODUÇÃO AOS ESTUDOS CIENTÍFICOS EM EDUCAÇÃO

Leia mais

Curso Disciplina Tipo Cargo Formação Titulação Requisitos Horário. Administração / Psicologia. Especialização. Especialização

Curso Disciplina Tipo Cargo Formação Titulação Requisitos Horário. Administração / Psicologia. Especialização. Especialização Curso Disciplina Tipo Cargo Formação Titulação Requisitos Horário Comunicação Empresarial Psicologia Conhecimento em comunicação empresarial e comunicação oral e escrita. 3º e 4º feiras das 19h20 Ciências

Leia mais

Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul FACULDADE DE EDUCAÇÃO

Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul FACULDADE DE EDUCAÇÃO EMENTAS DAS DISCIPLINAS DA DISCIPLINA: EDUCAÇÃO EM ESPAÇOS NÃO FORMAIS: PESQUISA E PRÁTICA CODICRED: 142AU-04 EMENTA: Caracterização, organização e gestão dos espaços não-formais na promoção da aprendizagem

Leia mais

Doutorado em Ciências da saúde, ciências biológicas ou áreas afins e portadores do título de graduação em curso da área da saúde ou biológicas.

Doutorado em Ciências da saúde, ciências biológicas ou áreas afins e portadores do título de graduação em curso da área da saúde ou biológicas. Anexo I - Edital nº 94/20 Concurso Docente Lotação: Instituto de Ciências da Saúde, Regime de Trabalho de Dedicação Exclusiva.- e 1 vaga em regime de 40 horas Tema do Nº de Pontos das Provas Escrita e

Leia mais

TABELA DE EQUIVALÊNCIA Curso de Odontologia

TABELA DE EQUIVALÊNCIA Curso de Odontologia TABELA DE EQUIVALÊNCIA Curso de Odontologia Disciplina A Disciplina B Código Disciplina C/H Curso Disciplina C/H Código Curso Ano do Currículo 64823 MICROBIOLOGIA GERAL 17/34 ODONTOLOGIA MICROBIOLOGIA

Leia mais

CURSOS DE GRADUAÇÃO 17

CURSOS DE GRADUAÇÃO 17 CURSOS DE GRADUAÇÃO 17 CURSO SUPERIOR EM GESTÃO COMERCIAL TECNÓLOGO Prérequisitos Cr. C.H. 1 11 Fundamentos do Processo Administrativo 1 1135 Português 1 1135 Filosofia e Ética Empresarial 1 11353 Direito

Leia mais

EMENTÁRIO DAS DISCIPLINAS DO CURSO DE EDUCAÇÃO FÍSICA - Bacharelado (Currículo iniciado 2012)

EMENTÁRIO DAS DISCIPLINAS DO CURSO DE EDUCAÇÃO FÍSICA - Bacharelado (Currículo iniciado 2012) EMENTÁRIO DAS DISCIPLINAS DO CURSO DE EDUCAÇÃO FÍSICA - Bacharelado (Currículo iniciado 2012) ANÁLISE BIOMECÂNICA DO MOVIMENTO (1504) C/H 68 Análise anátomo-funcional do movimento humano com ênfase no

Leia mais

RESUMO DO PROJETO PEDAGÓGICO DO CURSO DE NUTRIÇÃO. Coordenação do Curso de Nutrição Coordenadora: Profa. Ms. Angelica Rocha de Freitas

RESUMO DO PROJETO PEDAGÓGICO DO CURSO DE NUTRIÇÃO. Coordenação do Curso de Nutrição Coordenadora: Profa. Ms. Angelica Rocha de Freitas RESUMO DO PROJETO PEDAGÓGICO DO CURSO DE NUTRIÇÃO Coordenação do Curso de Nutrição Coordenadora: Profa. Ms. Angelica Rocha de Freitas 2012 FACULDADE CAMPO REAL CURSO DE NUTRIÇÃO PROJETO PEDAGÓGICO DO CURSO

Leia mais

EMENTAS DAS DISCIPLINAS

EMENTAS DAS DISCIPLINAS EMENTAS DAS DISCIPLINAS CURSO DE GRADUAÇÃO DE PSICOLOGIA MORFOFISIOLOGIA E COMPORTAMENTO HUMANO Estudo anátomo-funcional de estruturas orgânicas na relação com manifestações emocionais. HISTÓRIA E SISTEMAS

Leia mais

MATRIZ CURRICULAR BACHARELADO/FORMAÇÃO DE PSICÓLOGO

MATRIZ CURRICULAR BACHARELADO/FORMAÇÃO DE PSICÓLOGO MATRIZ CURRICULAR Curso: Graduação: Regime: Duração: PSICOLOGIA BACHARELADO/FORMAÇÃO DE PSICÓLOGO SERIADO ANUAL - NOTURNO 5 (CINCO) ANOS LETIVOS Integralização: A) TEMPO TOTAL - MÍNIMO = 05 (CINCO) ANOS

Leia mais

ENSINO MÉDIO excelência UNICAMP, preparando também para o Vestibular!

ENSINO MÉDIO excelência UNICAMP, preparando também para o Vestibular! ENSINO MÉDIO excelência UNICAMP, preparando também para o Vestibular! 1º lugar no ENEM nos últimos 10 anos em Limeira O nosso curso atende os Parâmetros Curriculares Nacionais: busca dar significado ao

Leia mais

MATRIZ CURRICULAR CURRÍCULO PLENO 1.ª SÉRIE CÓDIGO DISCIPLINAS TEOR PRAT CHA PRÉ-REQUISITO PSICOLOGIA DA EDUCAÇÃO I ( INFÂNCIA E ADOLESCÊNCIA)

MATRIZ CURRICULAR CURRÍCULO PLENO 1.ª SÉRIE CÓDIGO DISCIPLINAS TEOR PRAT CHA PRÉ-REQUISITO PSICOLOGIA DA EDUCAÇÃO I ( INFÂNCIA E ADOLESCÊNCIA) Curso: Graduação: Habilitação: Regime: Duração: PEDAGOGIA LICENCIATURA MATRIZ CURRICULAR FORMAÇÃO PARA O MAGISTÉRIO NAS QUATRO PRIMEIRAS SÉRIES DO ENSINO FUNDAMENTAL SERIADO ANUAL - NOTURNO 04 (QUATRO)

Leia mais

ANEXO II CONTEÚDO PROGRAMÁTICO. Ortografia (escrita correta das palavras). Divisão silábica. Pontuação. Acentuação Gráfica. Flexão do substantivo

ANEXO II CONTEÚDO PROGRAMÁTICO. Ortografia (escrita correta das palavras). Divisão silábica. Pontuação. Acentuação Gráfica. Flexão do substantivo ANEXO II CONTEÚDO PROGRAMÁTICO EMPREGO: AGENTE COMUNITÁRIO DE SAÚDE Ortografia (escrita correta das palavras). Divisão silábica. Pontuação. Acentuação Gráfica. Flexão do substantivo (gênero masculino e

Leia mais

Ementário de Disciplinas por Semestre. 1º Semestre

Ementário de Disciplinas por Semestre. 1º Semestre Ementário de Disciplinas por Semestre 1º Semestre Código: PS 010 Disciplina: História da Psicologia Ementa: Bases epistemológicas da Psicologia, gênese, desenvolvimento e aplicabilidade das teorias psicológicas.

Leia mais

1º SEMESTRE CARGA HORÁRIA TEORICA PRATICA TOTAL. 1. Anatomia Humana 45 45 90 06-2. Antropologia Teológica 30-30 02 -

1º SEMESTRE CARGA HORÁRIA TEORICA PRATICA TOTAL. 1. Anatomia Humana 45 45 90 06-2. Antropologia Teológica 30-30 02 - ESTRUTURA CURRICULAR DO CURSO DE BACHARELADO EM FISIOTERAPIA 1º SEMESTRE 1. Anatomia Humana 45 45 90 06-2. Antropologia Teológica 30-30 02-3. Biologia Celular e Molecular 45 15 60 04-4. Estatística e Informática

Leia mais

MATRIZ CURRICULAR Curso Medicina Semestres Área Temática Módulo Sem CH CH Semestre Introdução ao Estudo da Epidemiologia Geral 4 40

MATRIZ CURRICULAR Curso Medicina Semestres Área Temática Módulo Sem CH CH Semestre Introdução ao Estudo da Epidemiologia Geral 4 40 MATRIZ CURRICULAR Curso Medicina Semestres Área Temática Módulo Sem CH CH Semestre Introdução ao Estudo da Epidemiologia Geral 4 40 Medicina I Anatomia Sistêmica Aplicada 8 80 Semiologia Médica 6 60 Ética

Leia mais