Transtornos de Personalidade e Implicações Forenses. Personalidade. Personalidade 26/09/2015. PUC Goiás Prof.ª Otília Loth

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Transtornos de Personalidade e Implicações Forenses. Personalidade. Personalidade 26/09/2015. PUC Goiás Prof.ª Otília Loth"

Transcrição

1 Transtornos de Personalidade e Implicações Forenses PUC Goiás Prof.ª Otília Loth Personalidade Personalidade é uma totalidade relativamente estável e previsível de traços emocionais e comportamentais que caracterizam a pessoa em sua vida cotidiana. A personalidade se configura em função das necessidades do sujeito e das exigências do ambiente, estando assim, em constante modificação. Personalidade O modelo psicobiológico de Personalidade de Cloninger estrutura a personalidade da seguinte forma: Temperamento + Caráter = Personalidade (biológico) (social) 1

2 Personalidade Desta forma, a estruturação do caráter determinará uma adequada ou inadequada adaptação dos traços hereditários do indivíduo diante dos vários eventos ambientais ao longo de sua vida. Normas Sociais Agressivid ade Agres sivida de Normas Sociais Transtornos de Personalidade Um padrão duradouro de comportamento e experiências internas que desviam de forma marcante das expectativas da cultura do indivíduo, é pervasivo e inflexível, tem início ainda na adolescência ou no adulto jovem, é estável no tempo, e leva ao desconforto ou prejuízo. Critérios diagnósticos A. Um padrão persistente de vivência íntima ou comportamento que se desvia acentuadamente das expectativas da cultura do indivíduo. Este padrão manifesta-se em duas (ou mais) das seguintes áreas: 1. Cognição (isto é, modo de perceber e interpretar a si mesmo, outras pessoas e eventos); 2. Afetividade (isto é, variação, intensidade, labilidade e adequação da resposta emocional); 3. Funcionamento interpessoal; 4. Controle dos impulsos 2

3 Critérios diagnósticos B. O padrão persistente é inflexível e abrange uma ampla faixa de situações pessoais e sociais. C. O padrão persistente provoca sofrimento clinicamente significativo ou prejuízo no funcionamento social, ocupacional ou em outras áreas importantes da vida do indivíduo. D. O padrão é estável e de longa duração, podendo seu início remontar à adolescência ou começo da idade adulta. Critérios Diagnósticos E. O padrão persistente não é melhor explicado como uma manifestação ou conseqüência de outro transtorno mental. F. O padrão persistente não é decorrente dos efeitos fisiológicos diretos de uma substância (por ex., droga de abuso, medicamento) ou de uma condição médica geral (por ex., traumatismo craniano). Transtornos de Personalidade Um aspecto de destaque em sujeitos com TP é que eles apresentam maior vulnerabilidade a manifestarem outras perturbações psiquiátrica, como depressão, ansiedade e quadros delirantes, assim como se envolverem em condutas delituosas. A falta de regulação dos impulsos, modulação afetiva e controle da ansiedade são as principais causas. 3

4 CLASSIFICAÇÃO DSM - IV AGRUPAMENTO A (bizarros, excêntricos) Paranóide Esquizóide Esquizotípico AGRUPAMENTO B (dramáticos, emotivos, erráticos) Anti-social Limítrofe - Borderline Histriônico Narcisista AGRUPAMENTO C (ansiosos, medrosos) Evitante Dependente Obsessivo-compulsivo Transtorno da Personalidade Paranóide Prevalência: 0,5-2,5% na população geral, 10-30% em contextos de internação psiquiátrica e 2-10% em ambulatórios de saúde mental. Mais frequente em homens. Complicações: psicose reativa breve frente a situações estressantes, evolução para transtorno delirante persistente (paranoia e outros); Comorbidades: risco aumentado para depressão, TOC, agorafobia e abuso ou dependência de substâncias. Transtorno da Personalidade Paranóide Para o individuo com este transtorno o mundo é um lugar perigoso e as pessoas têm sempre intenções malévolas em seus atos, o que produz uma postura hiper-vigilante. O sentimento exarcebado de desconfiança sem fundamento leva essas pessoas a distorcerem as situações, ocasionando muitas vezes a transposição da fantasia para uma ameaça real, que pode se traduzir de uma hostilidade verbal a um comportamento violento, como o homicídio. 4

5 Transtorno da Personalidade Paranóide Nos casos de homicídios cometidos por pessoas com este transtorno, costuma-se considerar o artigo 26 do Código Penal: Quando o sujeito tem a capacidade de entendimento ou de autodeterminação presente, mas prejudicada. Assim, costuma-se aplicar a semiimputabilidade. Transtorno da Personalidade Esquizoide Transtorno da Personalidade Esquizóide Distanciamento social, preferência por atividades solitárias, ausência de desejo ou prazer em amizades ou atividades sexuais; Indiferença a opinião alheia; Afeto frio, achatado ou indiferente; Sem amigos próximos ou confidentes, exceto familiares; Passividade em situações adversas e ausência de habilidades sociais freqüentes. 5

6 Transtorno da Personalidade Esquizóide Mais comum em homens; Relatos esparsos de prevalência aumentada em familiares de portadores de esquizofrenia e transtorno esquizotípico; Complicações: psicose reativa breve em resposta a estresse; Pode ocorrer como antecedente pré-mórbido de esquizofrenia ou transtorno delirante. Transtorno da Personalidade Esquizóide O aspecto central deste transtorno é um padrão de distanciamento de relacionamentos sociais e uma faixa restrita de expressão emocional em contextos interpessoais. Não é comum indivíduos acometidos por este transtorno terem problema com a justiça. No entanto, o sujeito pode reagir de forma agressiva a tentativas insistentes de aproximação. Transtorno da Personalidade Esquizóide Por terem um comportamento estereotipado desde a adolescência, é comum que sejam vítimas de bullying, o que já foi motivou muitos jovens esquizóides a cometerem crimes bárbaros, como os casos de atiradores de massa nos EUA e Europa. 6

7 TRANSTORNO DE PERSONALIDADE ESQUIZOTÍPICA A. Um padrão invasivo de déficits sociais e interpessoais, marcado por desconforto agudo e reduzida capacidade para relacionamentos íntimos, além de distorções cognitivas ou perceptivas e comportamento excêntrico, que começa no início da idade adulta e está presente em uma variedade de contextos, como indicado por pelo menos cinco dos seguintes critérios: TRANSTORNO DE PERSONALIDADE ESQUIZOTÍPICA 1. Idéias de referência (excluindo delírios de referência); 2. Crenças bizarras ou pensamento mágico que influenciam o comportamento e são inconsistentes com as normas da subcultura do indivíduo (por ex., superstições, crença em clarividência, telepatia ou "sexto sentido"; em crianças e adolescentes, fantasias e preocupações bizarras); 3. Experiências perceptivas incomuns, incluindo ilusões somáticas; 4. Pensamento e discurso bizarros (por ex., vago, circunstancial, metafórico, super elaborado ou estereotipado) TRANSTORNO DE PERSONALIDADE ESQUIZOTÍPICA 5. Desconfiança ou ideação paranóide; 6. Afeto inadequado ou constrito; 7. Aparência ou comportamento esquisito, peculiar ou excêntrico; 8. Não tem amigos íntimos ou confidentes, exceto parentes em primeiro grau; 9. Ansiedade social excessiva que não diminui com a familiaridade e tende a estar associada com temores paranóides, ao invés de julgamentos negativos acerca de si próprio. 7

8 PREVALÊNCIA Prevalência de 2 a 6% na população geral, distribuição entre os sexos desconhecida; Evidência de prevalência aumentada em familiares de portadores de esquizofrenia e vice-versa, além de agregação familiar do próprio transtorno. Complicações: episódios psicóticos transitórios e evolução para esquizofrenia; Comorbidades: depressão em 30-50%. CLASSIFICAÇÃO DSM - IV AGRUPAMENTO A (bizarros, excêntricos) Paranóide Esquizóide Esquizotípico AGRUPAMENTO B (dramáticos, emotivos, erráticos) Anti-social Borderline Histriônico Narcisista AGRUPAMENTO C (ansiosos, medrosos) Evitativo Dependente Obsessivo-compulsivo Antissocial Padrão constante de desrespeito e violação dos direitos dos outros e das normas sociais desde juventude; Comportamento e discurso sedutor e mentiroso, freqüentemente coagindo por interesse ou prazer próprio; Impulsividade ou dificuldade de planejamento futuro; Irritabilidade e agressividade; Irresponsabilidade e imprudência; Ausência de remorso e indiferença ou racionalização ao sofrimento alheio; Pode ocorrer promiscuidade, ausência de empatia, cinismo, arrogância, e abuso dirigido a crianças. 8

9 Antissocial Prevalência de 3% em homens e 1% em mulheres; Estudos de agregação familiar e adoção revelam contribuição de componentes genéticos e ambientais para este transtorno; Complicações: alterações do humor, problemas legais e morte prematura; Comorbidades: Eixo I: depressão maior, transtornos ansiosos e de somatização, abuso e dependência de substâncias, transtornos do controle de impulsos, roubo patológico. Eixo II: personalidades narcisista, histriônica e borderline. Narcisista Sentimento de grandiosidade (importante e especial), necessidade de admiração, falta de empatia e inveja crônica; Fantasias de sucesso, poder, brilhantismo e beleza ilimitados, ou amor ideal; Tirar vantagem de outros para benefício próprio; Atitude arrogante; Podem acompanhar o quadro: auto-estima frágil, com hipersensibilidade a criticas; intenso sentimento de vergonha e humilhação; exibicionismo; medo de ter suas imperfeições reveladas. Narcisista Prevalência menor que 1% na população em geral, mais comum em homens; Pais narcísicos constituem fatores predisponentes por criarem um senso irreal de grandiosidade. Além disso, muitas pessoas narcísicas são realmente talentosas, bonitas e inteligentes. Comorbidades: Eixo I: depressão maior, abuso e dependência de substâncias; Eixo II: borderline, anti-social, histriônica e paranóide. 9

10 Histriônica Excessiva teatralidade, emocionalidade e busca por atenção; Comportamento sedutor ou provocativo; Necessidade de ser o centro das atenções; Superficialidade emocional; Sugestionabilidade; Aparência física chamativa; Crença de que as relações sociais são mais intimas do que são realmente; Podem ocorrer: dificuldade em alcançar intimidade nos relacionamentos; necessidade de excitação e estimulação; promiscuidade ou aversão sexual. Prevalência de 2 a 3% na população geral, mais freqüente em mulheres; Complicações: comportamento suicida ou hipocondríaco freqüente; relacionamentos interpessoais instáveis, superficiais e geralmente não gratificantes; problemas conjugais. Comorbidades: depressão maior, transtornos conversivo e de somatização. Histriônica Borderline Características centrais: instabilidade afetiva, impulsividade, instabilidade nos relacionamentos interpessoais e cognição alterada. Esforços para evitar abandono real ou imaginário; Relacionamentos interpessoais intensos e instáveis, alternando idealização e desvalorização; Auto-imagem e sentimento do eu persistentemente alterado; Impulsividade em 2 áreas potencialmente auto-lesivas; Comportamento auto-destrutivo recorrente (suicídio, ameaças, automutilação); Sentimento crônico de vazio; Raiva intensa e inapropriada, difícil de controlar; Ideação paranóide ou sintomas dissociativos transitórios, relacionados a estresse. 10

11 Borderline Prevalência de 2% na população em geral, mais comum em mulheres (75% dos casos); Fatores predisponentes: trauma (abuso físico ou sexual, hostilidade) na infância, perda parental precoce, temperamento vulnerável. Complicações: sintomas psicóticos relacionados em resposta a estresse, morte prematura ou seqüelas de comportamento suicida / auto-destrutivo. Comorbidades: depressão maior, abuso e dependência de substâncias, transtornos alimentares (principalmente bulimia nervosa). CLASSIFICAÇÃO DSM - IV AGRUPAMENTO A (bizarros, excêntricos) Paranóide Esquizóide Esquizotípico AGRUPAMENTO B (dramáticos, emotivos, erráticos) Anti-social Limítrofe Histriônico Narcisista AGRUPAMENTO C (ansiosos, medrosos) Evitativo Dependente Obsessivo-compulsivo Obsessivo Compulsivo Preocupações com detalhes, regras, organização, listas ou agenda de forma que o objetivo principal é perdido; Perfeccionismo que interfere com o término da tarefa; Dedicação excessiva ao trabalho e produtividade X atividade de lazer e amizade; Hipercrítica, excesso de escrúpulos, inflexibilidade moral e ética; Relutância em delegar tarefas a não ser que esteja submisso ao seu jeito; Dificuldade em jogar fora objetos sem valor ou utilidade; Rigidez e teimosia. 11

12 Obsessivo Compulsivo Prevalência de 1% na população geral, sendo 2 vezes mais comum nos homens; Associação com o Espectro Obsessivo-compulsivo ; Complicações: estresse e dificuldades frente a novas situações que demandam flexibilidade; Comorbidade: Transtornos ansiosos e depressão. Evitativa Hipersensibilidade a avaliações negativas, inibição social e sentimentos de inadequação; Preocupações e medo de críticas, rejeição e desaprovação em situações sociais, com evitação associada; Indisposição de se envolver com outros exceto quando há certeza de aprovação, restrição a relacionamentos íntimos, relutância em assumir riscos ou se engajar em novas atividades; Inibição em novas situações sociais por sentimento de inadequação; Idéias de inaptidão social, ser desinteressante ou inferior. Evitativa Prevalência de 0,5 a 1% na população geral, com distribuição igual entre os sexos; Comorbidade: Transtornos ansiosos, principalmente fobia social, e depressão. 12

13 Dependente Necessidade excessiva de ser cuidado, levando a passividade, submissão, medo de separação e dependência interpessoal. Dificuldade de tomar decisões sem o reasseguramento e conselho de outros; Necessidade de que outros assumam a responsabilidade por grandes áreas de sua vida; Dificuldade em expressão desaprovação por medo de perda de suporte; Falta de iniciativa; Medo exagerado de ser incapaz de cuidar de si, com desconforto quando sozinho e preocupações com abandono; Busca urgente por um outro relacionamento após o término de um relacionamento íntimo Baixa auto-estima; Dependente O transtorno de personalidade mais freqüente (DSM-IV), não há diferença na distribuição entre os sexos; Comorbidade: depressão maior, transtornos ansiosos e de ajustamento. Cluster A isolamento, baixa dependencia de gratificação Tipos: - Paranóide: desconfiança - Esquizóide: isolamento, indiferença afetiva - Esquizotípica: excentricidade, crenças estranhas 13

14 Cluster B Impulsividade, comportamentos excêntricos Tipos: - Anti-social: desrespeito ao outro, falta de remorso - Histriônica: teatralidade, sedução - Narcisista: arrogância, baixa auto-estima - Borderline: ambivalência afetiva, auto-destrutividade Cluster C Ansiedade, apreensão, alta esquiva ao dano Tipos: - Obsessivo-compulsiva: meticuloso, escrupulosidade - Evitativa: esquiva fóbica - Dependente: preocupações com o abandono DIAGNÓSTICO Clínico-descritivo: história de vida 14

15 Tratamento Psicoterapia Tratar as comorbidades Prevenção de complicações Terapia farmacológica específica visando reduzir: - Instabilidade afetiva - Impulsividade Obrigada! 15

Dr. Eduardo Henrique Teixeira

Dr. Eduardo Henrique Teixeira Dr. Eduardo Henrique Teixeira CONCEITO Personalidade normal: Maneira (única) de cada indivíduo de reagir e de se relacionar com outros e com o ambiente. CONCEITO Personalidade anormal: Disposição, inata,

Leia mais

Traços de personalidades no ambiente de trabalho. Curitiba Set. 2014

Traços de personalidades no ambiente de trabalho. Curitiba Set. 2014 Traços de personalidades no ambiente de trabalho Curitiba Set. 2014 MD. GABRIEL MONICH JORGE Formação médica na FEPAR Formação residência psiquiatria HC-UFPR Psiquiatra assistente da UNIICA. Atuação em

Leia mais

BuscaLegis.ccj.ufsc.br

BuscaLegis.ccj.ufsc.br BuscaLegis.ccj.ufsc.br A figura do delinquente / transtornos da personalidade Vania Carmen de Vasconcelos Gonçalves* 1. INTRODUÇÃO Atualmente é comum nos depararmos diariamente com casos e relatos de violência,

Leia mais

TRANSTORNOS PSIQUIÁTRICOS E DA PERSONALIDADE

TRANSTORNOS PSIQUIÁTRICOS E DA PERSONALIDADE 1 TRANSTORNOS PSIQUIÁTRICOS E DA PERSONALIDADE José Henrique Volpi A idéia de buscar fora da pessoa os elementos que explicassem seu comportamento e sua desenvoltura vivencial teve ênfase com as teorias

Leia mais

TRANSTORNOS DE PERSONALIDADE ( personalidades psicopáticas )

TRANSTORNOS DE PERSONALIDADE ( personalidades psicopáticas ) 1 TRANSTORNOS DE PERSONALIDADE ( personalidades psicopáticas ) I) DEFINIÇÃO A personalidade é a totalidade relativamente estável e previsível dos traços emocionais e comportamentais que caracterizam a

Leia mais

Sumário 1 Diagnóstico Diferencial Passo a Passo...1 2 Diagnóstico Diferencial por Meio de Algoritmos...17

Sumário 1 Diagnóstico Diferencial Passo a Passo...1 2 Diagnóstico Diferencial por Meio de Algoritmos...17 Sumário 1 Diagnóstico Diferencial Passo a Passo...1 2 Diagnóstico Diferencial por Meio de Algoritmos...17 2.1 Algoritmo de Decisão para Baixo Desempenho Escolar... 22 2.2 Algoritmo de Decisão para Problemas

Leia mais

A Psiquiatria e seu olhar Marcus André Vieira Material preparado com auxílio de Cristiana Maranhão e Luisa Ferreira

A Psiquiatria e seu olhar Marcus André Vieira Material preparado com auxílio de Cristiana Maranhão e Luisa Ferreira A Psiquiatria e seu olhar Marcus André Vieira Material preparado com auxílio de Cristiana Maranhão e Luisa Ferreira Transtornos de Personalidade Comportamento que se desvia das expectativas da cultura

Leia mais

Ética e Psicopatologia. Concurso INSS 2012

Ética e Psicopatologia. Concurso INSS 2012 Ética e Psicopatologia Concurso INSS 2012 Ética Éticaé a parte dafilosofiadedicada aos estudos dos valores morais e princípios ideais do comportamento humano.a palavra "ética" é derivada dogrego, e significa

Leia mais

2ª. PARTE CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS

2ª. PARTE CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS 2ª. PARTE CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS PSIQUIATRIA 21. Quatro pacientes diferentes foram atendidos no ambulatório, apresentando na consulta um conjunto de características colhidas durante o histórico feito

Leia mais

Esta categoria global inclui as variedades comuns de esquizofrenia, juntamente com

Esta categoria global inclui as variedades comuns de esquizofrenia, juntamente com F20.0 Esquizofrenia Esta categoria global inclui as variedades comuns de esquizofrenia, juntamente com algumas variedades menos comuns e transtornos intimamente relacionados. F20.0 F20.3 Critérios gerais

Leia mais

Edson Vizzoni Psicólogo Especialista em TCC IBH Julho de 2014

Edson Vizzoni Psicólogo Especialista em TCC IBH Julho de 2014 Edson Vizzoni Psicólogo Especialista em TCC IBH Julho de 2014 "Personalidade é a organização dinâmica dos traços no interior do eu, formados a partir dos genes particulares que herdamos, das existências

Leia mais

Suicídio nos pacientes com Transtorno de Personalidade Borderline.

Suicídio nos pacientes com Transtorno de Personalidade Borderline. Suicídio nos pacientes com Transtorno de Personalidade Borderline. Instituto José Frota Messiano Ladislau Nogueira de Sousa Médico Psiquiatra - Formação no Hospital das Clínicas ( HUWC Fortaleza ) Maio

Leia mais

Faculdade de Medicina UFRGS Departamento de Psiquiatria e Medicina Legal

Faculdade de Medicina UFRGS Departamento de Psiquiatria e Medicina Legal Faculdade de Medicina UFRGS Departamento de Psiquiatria e Medicina Legal Disciplina: Med 8834 - Psiquiatria Roteiro de Estudo de Caso Prof. Aristides Volpato Cordioli 1. DADOS DA IDENTIDADE DO PACIENTE

Leia mais

Transtorno de personalidade histriônico. Dra Adriana Justi apjusti@gmail.com 980146154/22631326

Transtorno de personalidade histriônico. Dra Adriana Justi apjusti@gmail.com 980146154/22631326 Transtorno de personalidade histriônico Dra Adriana Justi apjusti@gmail.com 980146154/22631326 A característica essencial do Transtorno da Personalidade Histriônica consiste de um padrão invasivo de emocionalidade

Leia mais

Como Usar este Livro 1

Como Usar este Livro 1 Sumário CAPÍTULO 1 Como Usar este Livro 1 PÚBLICO 1 ORGANIZAÇÃO DO LIVRO 2 CONTENDO O EXCESSO DE DIAGNÓSTICOS E EVITANDO MODISMOS 5 PROBLEMAS COM O DSM-5 5 Cuidado!: 6 A ENTREVISTA DE DIAGNÓSTICO 7 DIAGNÓSTICO

Leia mais

A Influência da(s) Personalidade(s) no Turismo e Hotelaria:

A Influência da(s) Personalidade(s) no Turismo e Hotelaria: A Influência da(s) Personalidade(s) no Turismo e Hotelaria: O que podemos saber sobre as pessoas? Como lidar com os diferentes tipos de personalidade em nossa prática profissional? Neuroses Seria uma alteração

Leia mais

o intuito de resolver problemas ligados à aprendizagem / estimulação. AVALIAÇÃO DO PERFIL E DESENVOLVIMENTO PSICOMOTOR:

o intuito de resolver problemas ligados à aprendizagem / estimulação. AVALIAÇÃO DO PERFIL E DESENVOLVIMENTO PSICOMOTOR: Glossário ALUCINAÇÕES: Experiências perceptivas (sensações) tomadas por reais na ausência de estímulo externo correspondente. Para o doente é impossível distinguir as alucinações das verdadeiras percepções.

Leia mais

TRANSTORNOS DE PERSONALIDADE. Prof.: Andrea Macedo

TRANSTORNOS DE PERSONALIDADE. Prof.: Andrea Macedo TRANSTORNOS DE PERSONALIDADE Prof.: Andrea Macedo PERSONALIDADE Totalidade de traços emocionais e comportamentais. Jeitão de ser: modo de pensar, sentir e agir. Formada a partir de: - Genes - Experiências

Leia mais

TRANSTORNOS DE PERSONALIDADE

TRANSTORNOS DE PERSONALIDADE UNIVERSIDADE CATÓLICA DE PERNAMBUCO DEPARTAMENTO DE CIÊNCIAS JURÍDICAS MEDICINA LEGAL TRANSTORNOS DE PERSONALIDADE Alunos: Evaldo Rodrigues, Felipe Chateaubriand, Ivo Arruda, Laise Farias, Laryssa Lapa

Leia mais

A Psiquiatria e seu olhar Marcus André Vieira Material preparado com auxílio de Cristiana Maranhão e Luisa Ferreira

A Psiquiatria e seu olhar Marcus André Vieira Material preparado com auxílio de Cristiana Maranhão e Luisa Ferreira A Psiquiatria e seu olhar Marcus André Vieira Material preparado com auxílio de Cristiana Maranhão e Luisa Ferreira Transtornos Neuróticos Aspectos históricos A distinção neuroses e psicoses foi, durante

Leia mais

Psicopatia e suas Repercussões Legais

Psicopatia e suas Repercussões Legais Psicopatia e suas Repercussões Legais Quirino Cordeiro Professor Assistente do Departamento de Psiquiatria e Psicologia Médica da Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo Membro do Conselho

Leia mais

Legado evolutivo vital que leva um organismo a evitar ameaças, tendo um valor óbvio na sobrevivência.

Legado evolutivo vital que leva um organismo a evitar ameaças, tendo um valor óbvio na sobrevivência. ANSIEDADE E TRANSTORNOS DE ANSIEDADE MEDO E ANSIEDADE MEDO Legado evolutivo vital que leva um organismo a evitar ameaças, tendo um valor óbvio na sobrevivência. É uma emoção produzida pela percepção de

Leia mais

PSICÓLOGO - 40H. A. Paranoide. B. Esquizoide. C. Dependente. D. De esquiva. E. Histriônica.

PSICÓLOGO - 40H. A. Paranoide. B. Esquizoide. C. Dependente. D. De esquiva. E. Histriônica. QUESTÃO 01 O suicídio representa hoje um importante problema de saúde pública no Brasil e seus índices vêm crescendo a cada ano. A respeito do suicídio pode-se afirmar que: A. Programas dirigidos para

Leia mais

IBH Transtorno de personalidade dependente. Dra. Lislie Schoenstatt

IBH Transtorno de personalidade dependente. Dra. Lislie Schoenstatt IBH Transtorno de personalidade dependente Dra. Lislie Schoenstatt Transtorno de Personalidade Dependente - TPD É uma necessidade invasiva e excessiva de ser cuidado, que leva a um comportamento submisso

Leia mais

Perturbações da Personalidade: Perturbação da Personalidade Borderline e Perturbação da Personalidade Evitante. Joana Gonçalves

Perturbações da Personalidade: Perturbação da Personalidade Borderline e Perturbação da Personalidade Evitante. Joana Gonçalves Perturbações da Personalidade: Perturbação da Personalidade Borderline e Perturbação da Personalidade Evitante Joana Gonçalves Perturbação da Personalidade Borderline Provavelmente a perturbação de personalidade

Leia mais

22ª JORNADA DA AMINT NOVEMBRO/2008 DEPRESSÃO E TRABALHO. MARIA CRISTINA PALHARES MACHADO PSIQUIATRA MÉDICA DO TRABALHO mcris1989@hotmail.

22ª JORNADA DA AMINT NOVEMBRO/2008 DEPRESSÃO E TRABALHO. MARIA CRISTINA PALHARES MACHADO PSIQUIATRA MÉDICA DO TRABALHO mcris1989@hotmail. 22ª JORNADA DA AMINT NOVEMBRO/2008 DEPRESSÃO E TRABALHO MARIA CRISTINA PALHARES MACHADO PSIQUIATRA MÉDICA DO TRABALHO mcris1989@hotmail.com DEPRESSÃO 1. Afeta pelo menos 12% das mulheres e 8% dos homens

Leia mais

TRANSTORNO DE PERSONALIDADE DEPENDENTE características Necessidade global e excessiva de ser cuidado, que leva a um comportamento submisso e aderente e ao medo da separação. características Grande dificuldade

Leia mais

Fundada em 1986. Gestão Comportamental. Educação para a saúde Gestão de crise

Fundada em 1986. Gestão Comportamental. Educação para a saúde Gestão de crise MISSÃO Educar para a prevenção e condução de crises, visando a saúde emocional individual, da família e da organização. Gestão Comportamental Fundada em 1986 PAP - Programa de Apoio Pessoal Atuações em

Leia mais

TRANSTORNOS ANSIOSOS. Prof. Humberto Müller Saúde Mental

TRANSTORNOS ANSIOSOS. Prof. Humberto Müller Saúde Mental TRANSTORNOS ANSIOSOS Prof. Humberto Müller Saúde Mental Porque nos tornamos ansiosos? Seleção natural da espécie Ansiedade e medo... na medida certa, ajuda! Transtornos de Ansiedade SINTOMAS: Reação exagerada

Leia mais

02/03/2011 PERSPECTIVA SINDRÔMICA

02/03/2011 PERSPECTIVA SINDRÔMICA PSICOPATOLOGIA CLASSIFICAÇÕES DIAGNÓSTICAS COMPREENSÃO DAS SÍNDROMES Profa. Dra. Marilene Zimmer Psicologia - FURG 2 Embora a psicopatologia psiquiátrica contemporânea tenda, cada vez mais, a priorizar

Leia mais

KratsPsiquê. A depressão está muito ligada ao suicídio. Índices avaliados: níveis de tristeza, insatisfação, culpa, insônia, punição, etc.

KratsPsiquê. A depressão está muito ligada ao suicídio. Índices avaliados: níveis de tristeza, insatisfação, culpa, insônia, punição, etc. DEPRESSÃO A depressão está muito ligada ao suicídio. Índices avaliados: níveis de tristeza, insatisfação, culpa, insônia, punição, etc. BDI- Inventário de Depressão Beck: a medição é feita por escores

Leia mais

1 - Noção de comportamento aditivo

1 - Noção de comportamento aditivo Módulo Nº 4 COMPORTAMENTOS ADITIVOS 1 - Noção de comportamento aditivo Entende-se por comportamento aditivo ou dependência, qualquer atividade, substância, objeto ou comportamento que se tornou o centro

Leia mais

INTERATIVIDADE FINAL EDUCAÇÃO FÍSICA CONTEÚDO E HABILIDADES DINÂMICA LOCAL INTERATIVA AULA. Conteúdo: Atividade física e prevenção às drogas.

INTERATIVIDADE FINAL EDUCAÇÃO FÍSICA CONTEÚDO E HABILIDADES DINÂMICA LOCAL INTERATIVA AULA. Conteúdo: Atividade física e prevenção às drogas. Conteúdo: Atividade física e prevenção às drogas. Habilidades: Perceber a alienação das drogas e alcoolismo como destruidores da convivência e dignidade humana. Drogas O que são drogas? São substâncias,

Leia mais

SÍNDROMES ANSIOSAS E NEURÓTICAS. Profª Melissa Rodrigues de Almeida Psicopatologia II DEPSI-UFPR

SÍNDROMES ANSIOSAS E NEURÓTICAS. Profª Melissa Rodrigues de Almeida Psicopatologia II DEPSI-UFPR SÍNDROMES ANSIOSAS E NEURÓTICAS Profª Melissa Rodrigues de Almeida Psicopatologia II DEPSI-UFPR Referências Psicopatologia e Semiologia dos Transtornos Mentais (Capítulos 26 e 29) Paulo Dalgalarrondo Manual

Leia mais

Riscos Psicossociais Associados à Violência nos Locais de Trabalho

Riscos Psicossociais Associados à Violência nos Locais de Trabalho Riscos Psicossociais Associados à Violência nos Locais de Trabalho Catarina Paulos 6 de Março de 2012 Auditório do IEFP VIOLÊNCIA NO LOCAL DE TRABALHO Uso intencional de poder contra uma pessoa ou um grupo,

Leia mais

Transtorno de Personalidade Esquizoide

Transtorno de Personalidade Esquizoide IBH - Simpósio de Transtorno de Personalidade Transtorno de Personalidade Esquizoide GIL GOMES Transtorno da Personalidade Esquizoide É um padrão invasivo de distanciamento de relacionamentos sociais e

Leia mais

CONHECENDO A PSICOTERAPIA

CONHECENDO A PSICOTERAPIA CONHECENDO A PSICOTERAPIA Psicólogo Emilson Lúcio da Silva CRP 12/11028 2015 INTRODUÇÃO Em algum momento da vida você já se sentiu incapaz de lidar com seus problemas? Se a resposta é sim, então você não

Leia mais

Transtornos do Comportamento da Criança

Transtornos do Comportamento da Criança Transtornos do Comportamento da Criança 01 ... Para aquele que não sabe como controlar seu íntimo, inventar-se-á controle Goethe 02 Definição Comportamento é o conjunto de atitudes e reações do indivíduo

Leia mais

Saúde Mental do Trabalhador. Grazieli Barbier Barros Terapeuta Ocupacional Especialista em Saúde Pública e da família.

Saúde Mental do Trabalhador. Grazieli Barbier Barros Terapeuta Ocupacional Especialista em Saúde Pública e da família. Saúde Mental do Trabalhador Grazieli Barbier Barros Terapeuta Ocupacional Especialista em Saúde Pública e da família. Definição Para a OMS: Saúde é um estado de completo bem-estar físico mental e social,

Leia mais

Assédio Moral e Violência no Trabalho SINDSEP CAROLINA GRANDO, PSICÓLOGA - CRP 06/114283

Assédio Moral e Violência no Trabalho SINDSEP CAROLINA GRANDO, PSICÓLOGA - CRP 06/114283 Assédio Moral e Violência no Trabalho SINDSEP CAROLINA GRANDO, PSICÓLOGA - CRP 06/114283 O que você sempre quis saber sobre saúde mental relacionada ao trabalho e nunca teve a quem perguntar? Dividam-se

Leia mais

Imagem Corporal em Cirurgia Plástica

Imagem Corporal em Cirurgia Plástica Imagem Corporal em Cirurgia Plástica Dr. Gabriel Zeitoune - gabrielzeitoune@hotmail.com Cirurgião Plástico Membro Especialista da SBCP Slide show da Aula do Curso de Extensão em Distúrbios Alimentares

Leia mais

IBH. PROF. Me. JEFFERSON CABRAL AZEVEDO

IBH. PROF. Me. JEFFERSON CABRAL AZEVEDO IBH PROF. Me. JEFFERSON CABRAL AZEVEDO ANSIEDADE De acordo com o DSM-IV(2009) a ansiedade pode ser entendida como uma emoção de desconforto que os seres humanos experienciam em resposta a um perigo presente

Leia mais

SITUAÇÃO E VISÃO DE ENFERMAGEM SOBRE OS TEMAS ESTUPRO,PEDOFILIA E VIOLÊNCIA MORAL. Thaís Delabarba Valéria Pignaton Luz Wena Dantas Marcarini

SITUAÇÃO E VISÃO DE ENFERMAGEM SOBRE OS TEMAS ESTUPRO,PEDOFILIA E VIOLÊNCIA MORAL. Thaís Delabarba Valéria Pignaton Luz Wena Dantas Marcarini SITUAÇÃO E VISÃO DE ENFERMAGEM SOBRE OS TEMAS ESTUPRO,PEDOFILIA E VIOLÊNCIA MORAL Thaís Delabarba Valéria Pignaton Luz Wena Dantas Marcarini VIOLÊNCIA MORAL Violência Moral VIOLÊNCIA MORAL, mais conhecido

Leia mais

TERAPIA COMPORTAMENTAL DIALÉTICA NO TRANSTORNO DE PERSONALIDADE BORDERLINE

TERAPIA COMPORTAMENTAL DIALÉTICA NO TRANSTORNO DE PERSONALIDADE BORDERLINE TERAPIA COMPORTAMENTAL DIALÉTICA NO TRANSTORNO DE PERSONALIDADE BORDERLINE Priscila Sardi Cerutti Acadêmica do VIII nível do Curso de Psicologia e Bolsista Desempenho da Faculdade Meridional IMED priscilacerutti@yahoo.com.br

Leia mais

DIRETRIZES SOBRE COMORBIDADES PSIQUIÁTRICAS EM DEPENDÊNCIA AO ÁLCOOL E OUTRAS DROGAS ABEAD/2002 TÓPICO 6.

DIRETRIZES SOBRE COMORBIDADES PSIQUIÁTRICAS EM DEPENDÊNCIA AO ÁLCOOL E OUTRAS DROGAS ABEAD/2002 TÓPICO 6. DIRETRIZES SOBRE COMORBIDADES PSIQUIÁTRICAS EM DEPENDÊNCIA AO ÁLCOOL E OUTRAS DROGAS ABEAD/2002 TÓPICO 6. DEPENDÊNCIA AO ÁLCOOL E OUTRAS DROGAS E TRANSTORNOS DA PERSONALIDADE Apresentação: Dr. Marcos Zaleski

Leia mais

7 A Entrevista Psiquiátrica

7 A Entrevista Psiquiátrica 1 A anamnese psicopatológica 2 3 4 Avaliação psicopatológica Entrevista Observação cuidadosa do paciente Principais aspectos da avaliação psicopatológica: Anamnese Exame psíquico Fazem parte da avaliação

Leia mais

HOSPITAL DE CLÍNICAS DE PORTO ALEGRE EDITAL N.º 01/2015 DE PROCESSOS SELETIVOS GABARITO APÓS RECURSOS

HOSPITAL DE CLÍNICAS DE PORTO ALEGRE EDITAL N.º 01/2015 DE PROCESSOS SELETIVOS GABARITO APÓS RECURSOS HOSPITAL DE CLÍNICAS DE PORTO ALEGRE EDITAL N.º 01/2015 DE PROCESSOS SELETIVOS GABARITO APÓS RECURSOS PROCESSO SELETIVO 07 TÉCNICO DE ENFERMAGEM (Saúde Mental e Psiquiatria) 01. C 11. E 21. D 02. E 12.

Leia mais

Enfrentamento ao Crack e Outras Drogas. Carmen Lúcia de A. santos

Enfrentamento ao Crack e Outras Drogas. Carmen Lúcia de A. santos Enfrentamento ao Crack e Outras Drogas Carmen Lúcia de A. santos 2011 Nosologia e Psicopatologia "Psico-pato-logia" "psychê" = "psíquico", "alma" "pathos" = "sofrimento, "patológico" "logos" "lógica",

Leia mais

TRANSTORNOS DE ANSIEDADE NA INFÂNCIA E ADOLESCÊNCIA

TRANSTORNOS DE ANSIEDADE NA INFÂNCIA E ADOLESCÊNCIA TRANSTORNOS DE ANSIEDADE NA INFÂNCIA E ADOLESCÊNCIA II curso Transtornos Afetivos ao Longo da Vida GETA TRANSTORNOS DE ANSIEDADE NA INFÂNCIA E ADOLESCÊNCIA Após os transtornos de déficit de atenção/hiperatividade

Leia mais

Pediatria do Desenvolvimento e do Comportamento. Faculdade de Ciências Médicas Prof. Orlando A. Pereira Unifenas

Pediatria do Desenvolvimento e do Comportamento. Faculdade de Ciências Médicas Prof. Orlando A. Pereira Unifenas Pediatria do Desenvolvimento e do Comportamento Faculdade de Ciências Médicas Prof. Orlando A. Pereira Unifenas Genética e Ambiente A combinação de fatores ambientais e genéticos é que determina o produto

Leia mais

LEITURA CORPORAL DO COMPORTAMENTO AGRESSIVO E SUAS CONSEQUÊNCIAS

LEITURA CORPORAL DO COMPORTAMENTO AGRESSIVO E SUAS CONSEQUÊNCIAS LEITURA CORPORAL DO COMPORTAMENTO AGRESSIVO E SUAS CONSEQUÊNCIAS Resumo Márcia Maria Rovani A proposta deste trabalho é entender o comportamento agressivo através de estudos na abordagem da psicologia

Leia mais

Como é o Tratamento das Disfunções Sexuais na Terapia Cognitivo- Comportamental?

Como é o Tratamento das Disfunções Sexuais na Terapia Cognitivo- Comportamental? Como é o Tratamento das Disfunções Sexuais na Terapia Cognitivo- Comportamental? Ana Carolina Schmidt de Oliveira Psicóloga CRP 06/99198 Especialista em Dependência Química Pós-Graduação Pós-Graduação

Leia mais

OS RELACIONAMENTOS AFETIVOS DE MULHERES COM TRANSTORNO DE PERSONALIDADE BORDERLINE

OS RELACIONAMENTOS AFETIVOS DE MULHERES COM TRANSTORNO DE PERSONALIDADE BORDERLINE OS RELACIONAMENTOS AFETIVOS DE MULHERES COM TRANSTORNO DE PERSONALIDADE BORDERLINE Élide Dezoti Valdanha, Fernanda Kimie Tavares Mishima e Valéria Barbieri. INTRODUÇÃO De acordo com o DSM-IV-TR - Manual

Leia mais

DEPRESSÃO CONHECENDO SEU INIMIGO

DEPRESSÃO CONHECENDO SEU INIMIGO DEPRESSÃO CONHECENDO SEU INIMIGO E- BOOK GRATUITO Olá amigo (a), A depressão é um tema bem complexo, mas que vêm sendo melhor esclarecido à cada dia sobre seu tratamento e alívio. Quase todos os dias novas

Leia mais

I - Desenvolvimento Humano

I - Desenvolvimento Humano I - Desenvolvimento Humano 1.1. Conceito O desenvolvimento humano se estabelece através da interação do indivíduo com o ambiente físico e social. Se caracteriza pelo desenvolvimento mental e pelo crescimento

Leia mais

PSICOLOGO PORTUGUÊS em que você vença na vida externar lhe chegou por um amor insano

PSICOLOGO PORTUGUÊS em que você vença na vida externar lhe chegou por um amor insano PSICOLOGO PORTUGUÊS 01. Seus amigos realmente confiam em que você vença na vida?. Sintaticamente a oração em destaque classifica-se como: a.( ) Oração subordinada substantiva subjetiva b.( ) Oração subordinada

Leia mais

Psicologia do Esporte

Psicologia do Esporte Psicologia do Esporte Luana Pilon Jürgensen Bacharel em Educação Física Unesp/Rio Claro (2010) LEPESPE (2008-2010) 2 Termo Nutrição UNIFESP/Baixada Santista (2011) Formação Graduação em Psicologia privilegia

Leia mais

UNIVERSIDADE CANDIDO MENDES PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU PROJETO A VEZ DO MESTRE OS TRANSTORNOS DE PERSONALIDADE INFLUENCIANDO NA DINÂMICA FAMILIAR

UNIVERSIDADE CANDIDO MENDES PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU PROJETO A VEZ DO MESTRE OS TRANSTORNOS DE PERSONALIDADE INFLUENCIANDO NA DINÂMICA FAMILIAR 1 UNIVERSIDADE CANDIDO MENDES PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU PROJETO A VEZ DO MESTRE OS TRANSTORNOS DE PERSONALIDADE INFLUENCIANDO NA DINÂMICA FAMILIAR Por: Laila de Souza Guedes Orientador Prof. Ms. Nilson

Leia mais

PREFEITURA DO MUNICÍPIO DE LONDRINA AUTARQUIA MUNICIPAL DE SAÚDE ESTADO DO PARANÁ

PREFEITURA DO MUNICÍPIO DE LONDRINA AUTARQUIA MUNICIPAL DE SAÚDE ESTADO DO PARANÁ PREFEITURA DO MUNICÍPIO DE LONDRINA AUTARQUIA MUNICIPAL DE SAÚDE ESTADO DO PARANÁ EDITAL 082/2013 - GPQS/DGTES/AMS CONCURSO PÚBLICO PARA PROVIMENTO DO CARGO DE PROMOTOR DE SAÚDE PÚBLICA NA FUNÇÃO DE SERVIÇO

Leia mais

Comorbidade em Dependencia Quimica: Transtorno de. UDQ Hospital Mãe de Deus

Comorbidade em Dependencia Quimica: Transtorno de. UDQ Hospital Mãe de Deus Comorbidade em Dependencia Quimica: Transtorno de Personalidade Guilherme Galant Vollmer UDQ Hospital Mãe de Deus Introdução As comorbidades psiquiátricas vem sendo um crescente campo de pesquisa, cujo

Leia mais

Perturbação Obsessivo-Compulsiva

Perturbação Obsessivo-Compulsiva Perturbação Obsessivo-Compulsiva - Epidemiologia - - A prevalência da POC na população geral é desconhecida - 0,05% (Rudin, 1953) - aprox. 2% (Karno e Golding, 1991; Weissman, 1993) - Epidemiologia - -

Leia mais

CENTRO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS DEPARTAMENTO DE PSICOLOGIA GERAL E ANÁLISE DO COMPORTAMENTO PSICOLOGIA CLÍNICA NA ANÁLISE DO COMPORTAMENTO

CENTRO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS DEPARTAMENTO DE PSICOLOGIA GERAL E ANÁLISE DO COMPORTAMENTO PSICOLOGIA CLÍNICA NA ANÁLISE DO COMPORTAMENTO 1 CENTRO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS DEPARTAMENTO DE PSICOLOGIA GERAL E ANÁLISE DO COMPORTAMENTO PSICOLOGIA CLÍNICA NA ANÁLISE DO COMPORTAMENTO VIOLÊNCIA DOMÉSTICA Gracielly Oliveira, Hans Alves e Lucia Politi

Leia mais

O que é Distúrbio Bipolar Bipolar Disorder Source - NIMH

O que é Distúrbio Bipolar Bipolar Disorder Source - NIMH O que é Distúrbio Bipolar Bipolar Disorder Source - NIMH Distúrbio Bipolar, também conhecido como mania e depressão, é uma desordem do cérebro que causa mudanças não previstas no estado mental da pessoa,

Leia mais

Abuso e dependência ao álcool e outras drogas e sua relação com o suicídio

Abuso e dependência ao álcool e outras drogas e sua relação com o suicídio Abuso e dependência ao álcool e outras drogas e sua relação com o suicídio Messiano Ladislau Nogueira de Sousa Médico Psiquiatra com aperfeiçoamento em terapia psicanalítica Abril, 2014 Sumário Conceitos

Leia mais

CRIANÇAS COM TRANSTORNO DE ANSIEDADE E SUAS POSSIBILIDADES DE APRENDIZAGEM NA ESCOLA POR MEIO DA DESCENTRAÇÃO

CRIANÇAS COM TRANSTORNO DE ANSIEDADE E SUAS POSSIBILIDADES DE APRENDIZAGEM NA ESCOLA POR MEIO DA DESCENTRAÇÃO CRIANÇAS COM TRANSTORNO DE ANSIEDADE E SUAS POSSIBILIDADES DE APRENDIZAGEM NA ESCOLA POR MEIO DA DESCENTRAÇÃO Geiva Carolina Calsa (DTP/UEM) Telma Cristina Amaral (PG/UEM) Mariana Costa do Nascimento (G/UEM)

Leia mais

Doenças do Comportamento Alimentar. Filipe Pinheiro de Campos

Doenças do Comportamento Alimentar. Filipe Pinheiro de Campos NUTRIÇÃO e PATOLOGIAS ASSOCIADAS Doenças do Comportamento Alimentar Saúde e Bem Estar ATITUDES AMBIENTE FISIOLOGIA SAÚDE HEREDITARIEDADE ECONOMIA CULTURA ALIMENTAÇÃO 2 Implicações Clínicas Doenças por

Leia mais

Transtornos Mentais diagnosticados na infância ou na adolescência

Transtornos Mentais diagnosticados na infância ou na adolescência Pediatria do Desenvolvimento e do Comportamento Transtornos Mentais diagnosticados na infância ou na adolescência Faculdade de Ciências Médicas Prof. Orlando A. Pereira Unifenas Transtorno de Deficiência

Leia mais

Processos Borderline: confiança que se estende ao ambiente. Me. Fernanda Kimie Tavares Mishima 1. Roberta Cury de Paula 2

Processos Borderline: confiança que se estende ao ambiente. Me. Fernanda Kimie Tavares Mishima 1. Roberta Cury de Paula 2 Processos Borderline: confiança que se estende ao ambiente Me. Fernanda Kimie Tavares Mishima 1 Roberta Cury de Paula 2 Profa. Dra. Valéria Barbieri 3 Resumo Apesar do amplo estudo dos aspectos biológicos

Leia mais

Maria Regina Rocha Ramos

Maria Regina Rocha Ramos CONSIDERAÇÕES ACERCA DA SEMI- IMPUTABILIDADE E DA INIMPUTABILIDADE PENAIS RESULTANTES DE TRANSTORNOS MENTAIS E DE COMPORTAMENTO ASSOCIADOS AO USO DE SUBSTÂNCIAS PSICOATIVAS Maria Regina Rocha Ramos Sumário:

Leia mais

A introdução do conceito de estados-limítrofes em psicanálise: o artigo de A. Stern sobre the borderline group of neuroses

A introdução do conceito de estados-limítrofes em psicanálise: o artigo de A. Stern sobre the borderline group of neuroses CLÁSSICOS DA PSICOPATOLOGIA Rev. Latinoam. Psicopat. Fund., II, 2, 153-158 A introdução do conceito de estados-limítrofes em psicanálise: o artigo de A. Stern sobre the borderline group of neuroses Mário

Leia mais

Terapia Cognitivo-Comportamental dos Transtornos Alimentares Psicologia- Ulbra/Guaíba

Terapia Cognitivo-Comportamental dos Transtornos Alimentares Psicologia- Ulbra/Guaíba Terapia Cognitivo-Comportamental dos Transtornos Alimentares Psicologia- Ulbra/Guaíba Profa. Mestre Cláudia Galvão Mazzoni Fabiana Lima Rosinski Lisiane Botelho Ferreira Patrícia dos Santos Silveira Resumo:

Leia mais

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS Com relação ao transtorno depressivo, julgue os itens a seguir. 58 O conceito de comportamento operante desenvolvido por Skinner um dos pensadores da terapia comportamental 51

Leia mais

TRAUMA PSÍQUICO ORIENTAÇÕES GERAIS AOS MÉDICOS NÚCLEO DE ESTUDOS E TRATAMENTO DO TRAUMA (NET TRAUMA)

TRAUMA PSÍQUICO ORIENTAÇÕES GERAIS AOS MÉDICOS NÚCLEO DE ESTUDOS E TRATAMENTO DO TRAUMA (NET TRAUMA) TRAUMA PSÍQUICO ORIENTAÇÕES GERAIS AOS MÉDICOS NÚCLEO DE ESTUDOS E TRATAMENTO DO TRAUMA (NET TRAUMA) SERVIÇO DE PSIQUIATRIA HOSPITAL DE CLÍNICAS DE PORTO ALEGRE (HCPA) DEPARTAMENTO DE PSIQUIATRIA UNIVERSIDADE

Leia mais

Professor: Tiago Luiz Pereira

Professor: Tiago Luiz Pereira Professor: Tiago Luiz Pereira Ansiedade: inquietação, agonia, aflição, préocupação, expectativa de um acontecimento inesperado e perigoso diante do qual a pessoa sente-se indefesa ou impotente. Dividem-se

Leia mais

SÍNDROME DE ASPERGER

SÍNDROME DE ASPERGER Philipe Machado Diniz de Souza Lima CRM 52.84340-7 Psiquiatra Clínico Psiquiatra da Infância e Adolescência Atuação: CAPSI Maurício de Sousa Matriciador em Saúde Mental AP3.3 SÍNDROME DE ASPERGER Síndrome

Leia mais

CENTRO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS DEPARTAMENTO DE PSICOLOGIA GERAL E ANÁLISE DO COMPORTAMENTO PSICOLOGIA CLÍNICA NA ANÁLISE DO COMPORTAMENTO ANSIEDADE

CENTRO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS DEPARTAMENTO DE PSICOLOGIA GERAL E ANÁLISE DO COMPORTAMENTO PSICOLOGIA CLÍNICA NA ANÁLISE DO COMPORTAMENTO ANSIEDADE CENTRO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS DEPARTAMENTO DE PSICOLOGIA GERAL E ANÁLISE DO COMPORTAMENTO PSICOLOGIA CLÍNICA NA ANÁLISE DO COMPORTAMENTO ANSIEDADE Gabriele Gris Kelly Cristina da Silva Cardoso Luciana

Leia mais

SAUDE MENTAL DA MULHER NOS CICLOS DE VIDA

SAUDE MENTAL DA MULHER NOS CICLOS DE VIDA SAUDE MENTAL DA MULHER NOS CICLOS DE VIDA ENCONTRO MULHER DE ATITUDE Campanha de Prevenção do Câncer Cérvico C Uterino Março o 2013 Maristela C Sousa - Médica Psiquiatra DVSAM/DACC/SAS/SESA Dados Epidemiológicos

Leia mais

A seguir enumeramos algumas caracteristicas do TBH:

A seguir enumeramos algumas caracteristicas do TBH: OQUEÉOTRANSTORNOBIPOLARDO HUMOR(TBH)? O transtorno bipolar do humor (também conhecido como psicose ou doença maníaco-depressiva) é uma doença psiquiátrica caracterizada por oscilações ou mudanças de humor

Leia mais

Dr. João Paulo C. Solano Equipe de Controle da Dor Divisão de Anestesia ICHC - FMUSP

Dr. João Paulo C. Solano Equipe de Controle da Dor Divisão de Anestesia ICHC - FMUSP Programa de Educação Continuada em Fisiopatologia e Terapêutica da Dor - 2015 Dr. João Paulo C. Solano Equipe de Controle da Dor Divisão de Anestesia ICHC - FMUSP Quando indicar avaliação Pq? Suspeita

Leia mais

ESTRUTURA CEREBRAL 1. SISTEMA LÍMBICO PROBLEMAS DO SISTEMA LÍMBICO PROFUNDO

ESTRUTURA CEREBRAL 1. SISTEMA LÍMBICO PROBLEMAS DO SISTEMA LÍMBICO PROFUNDO ESTRUTURA CEREBRAL As informações de atividade cerebral aqui comentadas estão baseadas no SPECT - tomografia computadorizada de emissão de fóton único. É um estudo de medicina nuclear que olha diretamente

Leia mais

Breve Histórico do Uso da Maconha no Brasil

Breve Histórico do Uso da Maconha no Brasil O que é maconha? Maconha é o nome popular de uma planta chamada Cannabis Sativa, que tem sido usada há séculos por diferentes culturas, e em diferentes momentos da História, com fins médicos e industriais.

Leia mais

Psicoterapia e Psicofarmacologia. Como optar ou associá-las? Hewdy Lobo Ribeiro Psiquiatra Forense e Psicogeriatra AMBULIM e ProMulher IPq - USP

Psicoterapia e Psicofarmacologia. Como optar ou associá-las? Hewdy Lobo Ribeiro Psiquiatra Forense e Psicogeriatra AMBULIM e ProMulher IPq - USP e Psicofarmacologia. Como optar ou associá-las? Hewdy Lobo Ribeiro Psiquiatra Forense e Psicogeriatra AMBULIM e ProMulher IPq - USP Estudo da forma e função dos Psicofármacos Psicofármacos / Psicotrópicos

Leia mais

Obesidade e Transtornos Alimentares

Obesidade e Transtornos Alimentares Obesidade e Transtornos Alimentares Psicóloga Ms Cristina Di Benedetto NECPAR Maringá 26 e 27 de Julho de 2013 diibenedetto@yahoo.com.br OBESIDADE E OBESIDADE MÓRBIDA PRAZER X DESAFIO PROFISSIONAL Prática

Leia mais

Stress. Saúde Mental. ão.

Stress. Saúde Mental. ão. Saúde Mental Stress Se dura o tempo necessário para proteger o organismo de uma situação de risco, é saudável. Quando passa dias e dias sem controle, vira doença. O Stress, além de ser ele próprio e a

Leia mais

Transtornos da Ansiedade e Alimentares

Transtornos da Ansiedade e Alimentares Cartilha de Prevenção 1 ANS - nº31763-2 Transtornos da Ansiedade e Alimentares Janeiro/2014 Apresentação Mais uma vez a Amafresp traz aos filiados informações de suma importância para a saúde de todos.

Leia mais

Bullying - A Agressividade Entre Pares. A Agressividade Entre Pares

Bullying - A Agressividade Entre Pares. A Agressividade Entre Pares Bullying - A Agressividade Entre Pares A Agressividade Entre Pares Conceito de Bullying Dan Olweus (1991), definiu o conceito de Bullying afirmando que um aluno está a ser provocado/vitimado quando ele

Leia mais

Claudio C. Conti www.ccconti.com. Transtorno do Pânico e Fobias

Claudio C. Conti www.ccconti.com. Transtorno do Pânico e Fobias Claudio C. Conti www.ccconti.com Transtorno do Pânico e Fobias Transtorno do pânico definição CID-10: F41.0 [ansiedade paroxística episódica] A característica essencial deste transtorno são os ataques

Leia mais

apropriados para uma relação terapeuta e cliente possa ser segura.

apropriados para uma relação terapeuta e cliente possa ser segura. QUESTÕES ÉTICAS EM PSICOTERAPIA Dilemas éticos para o século XXI Roberto Faustino de Paula ÉTICA O termo ética vem do grego ethos (caráter, modo de ser de uma pessoa), significando um conjunto de valores

Leia mais

V A codependência. 1 Histórico e apresentação

V A codependência. 1 Histórico e apresentação V A codependência 1 Histórico e apresentação Consideramos importante definir o conceito de codependência, em virtude de ele ter alcançado um grande peso no campo dos tratamentos das compulsões. Esse conceito

Leia mais

Tratamento do TCAP. Psicologia: como os processos mentais interferem na vida do sujeito. História individual, singularidade.

Tratamento do TCAP. Psicologia: como os processos mentais interferem na vida do sujeito. História individual, singularidade. Tratamento do TCAP Psicologia: como os processos mentais interferem na vida do sujeito História individual, singularidade Psicoterapia: Tratamento: multidisciplinar Equipe coesa Importância de entender

Leia mais

ANSIEDADE E ASSISTÊNCIA DE ENFERMAGEM: UMA REVISÃO BIBLIOGRÁFICA. Introdução: A ansiedade configura um sentimento que participa da vivência do ser

ANSIEDADE E ASSISTÊNCIA DE ENFERMAGEM: UMA REVISÃO BIBLIOGRÁFICA. Introdução: A ansiedade configura um sentimento que participa da vivência do ser ANSIEDADE E ASSISTÊNCIA DE ENFERMAGEM: UMA REVISÃO BIBLIOGRÁFICA Ana Caroline F. Landim 1 Daniel do Nascimento Tavares 2 Fernanda M. Pinheiro 3 Fernanda S. Pessanha 4 Juliana C. P. Gonçalves 5 Linda Nice

Leia mais

TDAH. Rosania Morales Morroni. Rosana Talarico Pereira. Cintia Souza Borges de Carvalho. http://itaquainclusao.blogspot.com

TDAH. Rosania Morales Morroni. Rosana Talarico Pereira. Cintia Souza Borges de Carvalho. http://itaquainclusao.blogspot.com TDAH Rosania Morales Morroni DIRIGENTE REGIONAL DE ENSINO Rosana Talarico Pereira SUPERVISOR DE ENSINO Cintia Souza Borges de Carvalho PCOP EDUCAÇÃO ESPECIAL http://itaquainclusao.blogspot.com Rede de

Leia mais

Casa de Apoio Médico e Psicológico

Casa de Apoio Médico e Psicológico ÍNDICE INTRODUÇÃO 02 I CONCEITO 03 II FASES DE PROGRESSÃO DA DEPENDÊNCIA 04 QUÍMICA III TRATAMENTO 05 IV PROCESSO DE RECUPERAÇÃO 06 V RECAÍDA 08 VI CO-DEPENDÊNCIA 11 1 A Dependência Química (DQ) é uma

Leia mais

A Saúde mental é componente chave de uma vida saudável.

A Saúde mental é componente chave de uma vida saudável. Transtornos mentais: Desafiando os Preconceitos Durante séculos as pessoas com sofrimento mental foram afastadas do resto da sociedade, algumas vezes encarcerados, em condições precárias, sem direito a

Leia mais

O que você deve saber sobre

O que você deve saber sobre O que você deve saber sobre TOC Transtorno Obsessivo Compulsivo Fênix Associação Pró-Saúde Mental 1. O que é TOC? O Transtorno Obsessivo Compulsivo é uma doença mental crônica (transtorno psiquiátrico),

Leia mais

EM BUSCA DO CORPO PERFEITO: UM ESTUDO DO NARCISISMO

EM BUSCA DO CORPO PERFEITO: UM ESTUDO DO NARCISISMO 1 EM BUSCA DO CORPO PERFEITO: UM ESTUDO DO NARCISISMO Shirlaine Nascimento de Azevedo Resumo A incessante busca pelo corpo perfeito é um sintoma contemporâneo que aponta para desejos e questões da atualidade.

Leia mais

Psicose pós-parto. A psicose pós-parto é um quadro de depressão pós-parto mais grave e mais acentuado, pois na psicose pós-parto existe o

Psicose pós-parto. A psicose pós-parto é um quadro de depressão pós-parto mais grave e mais acentuado, pois na psicose pós-parto existe o Psicose pós-parto Pode ir desde uma leve tristeza que desaparece com o passar dos dias até um grau mais grave de depressão onde é necessária uma rápida intervenção médica. Este estágio é chamado de psicose

Leia mais