Resumo. Sentença Declaratória pode ser executada quando houver o reconhecimento de uma obrigação.

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Resumo. Sentença Declaratória pode ser executada quando houver o reconhecimento de uma obrigação."

Transcrição

1 1. Execução Resumo A Lei /05 colocou fim à autonomia do Processo de Execução dos Títulos Judiciais, adotando o processo sincrético (a fusão dos processos de conhecimento e executivo a fim de trazer maior efetividade à Tutela Jurisdicional). Antes havia a necessidade de citação do Devedor. Exceções - Continuidade do processo de Execução Autônomo: 1) Títulos Extrajudiciais 2) Execução contra a Fazenda Pública 3) Execução de Alimentos Cumprimento de sentença de acordo com a obrigação: a) Fazer, Não fazer art. 461 do CPC b) Obrigação de entrega de coisa art. 461-A, CPC c) Obrigação de pagar quantia certa (Títulos Executivos Judiciais e Extrajudiciais) art. 475 J, CPC. Sentença Declaratória pode ser executada quando houver o reconhecimento de uma obrigação. Títulos Para-judiciais: São os que não provêem do Processo Civil Todo título deve ser líquido, certo e exigível. É líquido quando estiver determinado a extensão da obrigação Títulos Extrajudiciais estão elencados no art. 585, CPC. Única mudança, no inciso III, agora não mais estão presentes os seguros de acidentes pessoais. Liquidação agora é uma fase do processo, é incidental, antes era uma ação autônoma. Há hipóteses em que a liquidação será autônoma, por exemplo nos títulos para-judiciais, como a sentença penal condenatória. A competência para a Liquidação será onde correu o processo (no caso de liquidação incidental) e se liquidação for autônoma, no lugar onde o juiz seria o competente, art. 475-P, CPC. O parágrafo único deste artigo não se estende à liquidação, porque o que se quer nele é expropriar os bens, na liquidação apenas se pretende determinar a extensão dos danos. A natureza jurídica da decisão de liquidação é de Decisão Interlocutória, sendo cabível o Recurso de Agravo de Instrumento (art. 475-H, CPC). No entanto, essa sentença se aproxima muito da Sentença de Mérito e fará Coisa Julgada Material. Liquidação por: a) Arbitramento: Imprecisão de grau médio. b) Artigos: Imprecisão de grau máximo Arbitramento: Perícia, em colaboração com as partes e o Juiz, para se chegar ao valor da obrigação. Artigos: Provar o fato novo. - 1

2 Fase Executiva: Com a decisão se inicia o cumprimento da Sentença se passando a fase Executiva. Aplica se aos Juizados (Enunciado do FONAJE). Título: Devedor tem 15 dias para cumprir a obrigação. Se não cumprir espontaneamente sofrerá multa de 10%. Essa multa tem natureza coercitiva. E então se dará a expedição do mandado de penhora e avaliação. Penhora: Oficial de Justiça, como regra, fará a avaliação do bem. Então, se dará a intimação do Executado no prazo de 15 dias para apresentar Impugnação, que em regra não terão efeito suspensivo. O efeito suspensivo na impugnação exigirá, se o exeqüente requerer o prosseguimento na Execução, que ele preste caução idônea e suficiente. As matérias que podem ser alegadas na Impugnação estão contidas no art. 475-L, CPC. Da decisão da Impugnação caberá Agravo de Instrumento. Execução de Título Extrajudicial: Também caberá execução provisória, quando pendente Apelação da Sentença de improcedência dos Embargos aos quais se conferiu efeito Suspensivo. O art. 614 determina que o Exeqüente deverá apresentar o Título Extrajudicial e o Cálculo Demonstrativo de Débito. O art. 615-A, do CPC é uma das novidades e diz que o Exeqüente poderá, no ato da distribuição, obter certidão comprobatória do ajuizamento da execução, para fins de averbação no registro de imóveis, de veículos ou de outros bens sujeitos à penhora ou arresto. Com essa averbação, a alienação do bem presume Fraude à Execução. O juiz fixa aos Honorários advocatícios, porém, se o executado pagar no início, haverá redução pela metade. Agora, cita-se o Devedor para, no prazo de 3 dias e não mais em 24 horas, cumprir a obrigação. Os embargos terão o prazo de 15 dias e não haverá a necessidade de prévia penhora, com isso muitos afirmam que foi sepultado o instituto da Objeção de Pré-executividade, outros, no entanto, entendem serem ainda cabíveis as alegações de Pré-executividade por que as matérias dos embargos são matérias de ordem pública. Característica dos Embargos: Cabe apelação na sentença dos Embargos. O art. 520, V, do CPC, diz só serem eles recebidos no efeito devolutivo quando julgá-los improcedentes. Da juntada do Mandado de Citação aos autos é que começa a correr o prazo para a interposição dos Embargos. - 2

3 As matérias que podem ser alegadas são nos embargos são todas as matérias de defesa e outras que o CPC faz menção. O art. 738 traz em seus parágrafos regras importantes: Que quando houver mais de um executado, o prazo para cada um interpor seus embargos será da respectiva juntada do mandado citatório, salvo se tratar-se de cônjuges. Nas execuções por carta precatória, o prazo conta-se a partir da juntada da simples comunicação do juízo deprecado da citação nele feita ao juízo deprecante. Não se aplica o artigo 191 do CPC. Fase de Expropriação: Formas: Adjudicação Alienação Particular Alienação Judicial Usufruto do Bem Adjudicação: Hoje não há mais o instituto da Remissão, tendo o mesmo direito à adjudicação além do credor, outros credores concorrentes que hajam penhorado o mesmo bem, o cônjuge, os descendentes ou os ascendentes do executado (art. 685-A). Será lavrado imediatamente o Auto de Adjudicação com a expedição de futura carta de Adjudicação (art. 685-B, CPC). Alienação Particular: pelo próprio credor ou por corretor credenciado (art. 685-C, CPC). O juiz fixará o preço mínimo e o prazo para a efetivação da alienação. Esta alienação será formalizada com a expedição de Carta de Alienação. Tem-se procurado evitar a Alienação Judicial. Esta deve ser precedida de publicidade, por Edital. Esse edital pode ser em certos casos dispensado (686, 3º, CPC). No primeiro leilão ou praça deve-se observar o valor da avaliação. No segundo, pode ser abaixo do valor de avaliação, desde que não seja preço vil. O art. 690, 1º do CPC traz novidades, ao permitir no caso de bem imóvel que o interessado em adquiri-lo, possa ofertar 30% à vista e o restante em parcelas, garantida com hipoteca sobre o próprio imóvel. Nos embargos à Execução o executado pode alegar as matérias constantes no art. 745 do CPC. O art. 745-A, diz que no prazo desses embargos se o executado reconhecer o crédito do exeqüente e comprovando o depósito de 30% do valor em execução, inclusive custas e honorários, poderá requerer que seja admitido a pagar o restante em até 6 vezes mensais, acrescidos de correção monetária e juros de 1% ao mês. 2. Súmulas Vinculantes e Repercussão Geral. Súmula é a síntese ou enunciado de um entendimento jurisprudencial extraída de reiteradas decisões no mesmo sentido. - 3

4 Após a EC 45/04, há duas espécies de Sumulas: a) Vinculantes art. 103-A, CF, reguladas pela lei /06. b) Não Vinculantes As Súmulas Não Vinculantes serão impeditivas de recursos quando editadas pelo STJ ou STF. As Súmulas Vinculantes só podem ser editadas pelo STF. A edição, revisão e cancelamento caberão ao STF e aos legitimados do art. 3º da lei /06. Se dará por quorum qualificado de 2/3 dos Ministros e terá como objeto a validade, interpretação e eficácia de normas determinadas, sobre controvérsia atual e relevante entre Órgãos do Judiciário ou entre órgãos deste e os da Administração. Será vinculante seu sentido e os fundamentos invocados para a sua aprovação. Terá vigência a partir da sua publicação, porém seus efeitos podem ser modulados, restritos, por votação de 2/3 dos Ministros para à partir de certo momento diferente daquele, em razão de motivos de Segurança Jurídica ou Excepcional Interesse Público. Vincula os órgãos do Poder Judiciário e Administrativo. Ao Legislativo só quando no exercício de funções atípicas. Tem como características principais: A Imperatividade: impõe determinado sentido normativo que deve ser acolhido de forma obrigatória. A Coercibilidade: que se não acatada, ensejará a Reclamação Constitucional (sem prejuízo dos demais recursos cabíveis). Se julgada procedente a Reclamação esta cassará a decisão contrária a Súmula. As Súmulas Não Vinculantes têm intuito de uniformizar a Jurisprudência. O art. 518, 1º do CPC, preceitua que o Juiz não receberá o recurso de Apelação se a Sentença estiver de acordo com Súmula do STJ ou do STF. Dessa decisão caberá Agravo de Instrumento. Dinamarco diz serem o STJ e o STF órgãos que ao lado de suas competências originárias e recursais, têm também competência de Superposição. Superposição é o poder de rever decisões dos órgãos mais elevados dos outros órgãos Judiciais (outros tribunais). E o STJ e o STF o fazem por meio de Recursos Especiais e Extraordinários, respectivamente. Requisitos de Admissibilidade do Recurso Extraordinário: Além dos elencados nas alíneas do art. 102, III, (há também a Repercussão Geral, prevista em seu 3º). A Repercussão Geral envolve questões que ultrapassam os limites subjetivos da Causa (questões relevantes do ponto de vista econômico, político, jurídico e social). O STF pode rejeitar a alegação de Repercussão Geral por voto de 2/3 dos Ministros. - 4

5 O art. 543-B, 1º, do CPC preceitua que caberá ao Tribunal de origem selecionar os recursos representativos da controvérsia e encaminhá-los ao STF, sobrestando os demais até o pronunciamento definitivo da Corte. Lei do Processo Eletrônico Lei Aspectos mais relevantes Possível no Processo Penal. Disciplina tanto o Processo quanto os Atos. Não pode citação eletrônica nos Atos Infracionais e no Processo Criminal. Os prazos de intimação por meio eletrônico têm como data da publicação o primeiro dia útil seguinte ao da publicação da informação no Diário da Justiça eletrônico (art. 4º, 3º desta lei). 3. Ação de Despejo Locação é uma modalidade pela qual uma pessoa dá a outra, temporariamente, o uso e gozo de coisa mediante pagamento de alugueres. Código civil e leis especiais: Bens móveis, vagas autônomas de garagem, espaços publicitários, apartamento em hotéis (art.1º lei 8.245/91). Imóvel rural arrendado é regulado pelo Decreto /66. Lei de Locações, Lei 8.245/91, regula locação dos imóveis urbanos. Ação de Despejo: Juizados especiais, só para uso próprio. Legitimidade ativa é do Locador (que nem sempre é o proprietário, pode ser o usufrutuário, etc.) No pólo passivo estará o locatário ou quem o sucedeu. A Competência será do lugar da situação do imóvel, admitindo-se, no entanto, eleição de foro. É relativa, admitindo-se prorrogação. O Procedimento é o do rito comum com modificações da Lei 8.245/91. A petição inicial varia de acordo com o fundamento do despejo. A natureza da sentença varia conforme a natureza do despejo: executiva, desconstitutiva da relação locatícia, condenatória ao pagamento de alugueres atrasados. O valor da causa será de 12 vezes o valor do aluguel. Se estiver acima poderá haver o incidente de impugnação ao valor da causa, que tem natureza de decisão interlocutória. A Citação se dará preferencialmente pelo Correio. O prazo para resposta é de 15 dias. No Juizado Especial será na Audiência de Instrução. Cabe Reconvenção quando o sujeito passivo quiser indenização com fundamento na própria locação. A Contestação dependerá do argumento do despejo, se Denúncia Vazia será meramente processual. - 5

6 A retenção por benfeitorias pode ser pedida na Reconvenção, mas não necessariamente, pois pode ser pedida na própria contestação (quase como um pedido contraposto). São indenizáveis as benfeitorias úteis, desde que tenham sido autorizadas e as necessárias. O reconhecimento jurídico do pedido também é uma resposta do Réu e beneficiam o locatário, que se exercido no prazo da Contestação poderá pedir a purgação da mora como o depósito em juízo do valor correspondente. Os honorários advocatícios serão de 10%, se não pactuou-se disposição diversa. Na denúncia vazia com retomada para uso próprio ou de ascendente, descendente, ou demolição, com o reconhecimento do pedido o locatário terá 6 meses para desocupar o imóvel. Prazo para desocupação do imóvel é de 30 dias. Há hipótese de 15 dias quando se tem um lapso de mais de quatro meses entre a citação e a sentença nos casos de infração contratual ou falta de pagamento de aluguel e encargos. O recurso da Sentença será o de Apelação, só sendo esta recebida no efeito devolutivo. Cabe, tem se admitido a Consignação em pagamento extrajudicial embora não haja previsão específica, usando-se as regras do CPC. A legitimidade ativa será do locatário, de terceiro interessado e também de terceiro não interessado que faça o pagamento em nome do locatário. Pode ser exercida até enquanto não ajuizada ação de despejo. O juízo competente é também o da situação do imóvel. Além de contestar pode o réu Reconvir, pedindo o despejo e a cobrança dos valores objeto da consignatória ou da diferença do depósito inicial, na hipótese de ter sido alegado não ser o mesmo integral (art. 67, VI, Lei 8.245/91). - 6

PONTO 1: Execução Trabalhista. Fase de Liquidação de Sentença Trabalhista é uma fase preparatória da execução trabalhista art. 879 da CLT.

PONTO 1: Execução Trabalhista. Fase de Liquidação de Sentença Trabalhista é uma fase preparatória da execução trabalhista art. 879 da CLT. 1 DIREITO PROCESSUAL DO TRABALHO PONTO 1: Execução Trabalhista 1. EXECUÇÃO TRABALHISTA: ART. 876 ART. 892 da CLT Fase de Liquidação de Sentença Trabalhista é uma fase preparatória da execução trabalhista

Leia mais

ESTUDO DIRIGIDO 9 RESPOSTAS. 1. Princípios que Regem a Execução Trabalhista. 2. Ação Rescisória na Justiça do Trabalho.

ESTUDO DIRIGIDO 9 RESPOSTAS. 1. Princípios que Regem a Execução Trabalhista. 2. Ação Rescisória na Justiça do Trabalho. ESTUDO DIRIGIDO 9 RESPOSTAS 1. Princípios que Regem a Execução Trabalhista. 2. Ação Rescisória na Justiça do Trabalho. 1. Princípios que Regem a Execução Trabalhista: 1.1. Quais os princípios que regem

Leia mais

Questões Extras Direito Tributário Profº Ricardo Alexandre www.lfg.com.br/ www.cursoparaconcursos.com.br

Questões Extras Direito Tributário Profº Ricardo Alexandre www.lfg.com.br/ www.cursoparaconcursos.com.br TRIBUTO - CONCEITO 1. (ESAF/GEFAZ-MG/2005) Na atividade de cobrança do tributo a autoridade administrativa pode, em determinadas circunstâncias, deixar de aplicar a lei. 2. (ESAF/GEFAZ-MG/2005) Segundo

Leia mais

ORDEM DOS ADVOGADOS DO BRASIL OAB XIII EXAME DE ORDEM C006 DIREITO TRIBUTÁRIO

ORDEM DOS ADVOGADOS DO BRASIL OAB XIII EXAME DE ORDEM C006 DIREITO TRIBUTÁRIO C006 DIREITO TRIBUTÁRIO PEÇA PRÁTICO-PROFISSIONAL C006042 Responsabilidade Tributária. Exceção de pré-executividade. Determinada pessoa jurídica declarou, em formulário próprio estadual, débito de ICMS.

Leia mais

A execução incide somente sobre o patrimônio do executado. É sempre real.

A execução incide somente sobre o patrimônio do executado. É sempre real. PRINCÍPIOS DA EXECUÇÃO - Princípio da Patrimonialidade A execução incide somente sobre o patrimônio do executado. É sempre real. Art. 591. O devedor responde, para o cumprimento de suas obrigações, com

Leia mais

Juizados Especiais. Aula 3 (05.03.13) Vinicius Pedrosa Santos (magistrado e professor) e-mail: vinipedrosa@uol.com.br.

Juizados Especiais. Aula 3 (05.03.13) Vinicius Pedrosa Santos (magistrado e professor) e-mail: vinipedrosa@uol.com.br. Juizados Especiais Aula 3 (05.03.13) Vinicius Pedrosa Santos (magistrado e professor) e-mail: vinipedrosa@uol.com.br Ementa da aula Competência em razão do objeto Competência territorial Competência de

Leia mais

14/06/2013. Andréa Baêta Santos

14/06/2013. Andréa Baêta Santos Tema: DIREITO REGISTRAL IMOBILIÁRIO Questões de Registro de Imóveis 14/06/2013 1. Na certidão em relatório Oficial deve sempre se ater ao quesito requerente? formulado o pelo Não, pois sempre que houver

Leia mais

Execução por Quantia Certa fundada em Título Extrajudicial. Prof. Murillo Sapia Gutier

Execução por Quantia Certa fundada em Título Extrajudicial. Prof. Murillo Sapia Gutier Execução por Quantia Certa fundada em Título Extrajudicial Prof. Murillo Sapia Gutier Da Penhora e do Depósito Art. 659. A penhora deverá incidir em tantos bens quantos bastem para o pagamento: (a) do

Leia mais

Analista Judiciário TRT/RS

Analista Judiciário TRT/RS 8. EXECUÇÃO A execução é fase diferenciada do processo, visando o cumprimento da sentença ou do acordo firmado entre as partes. Regra geral, é deflagrada de ofício pelo juiz (embora possa ser deflagrada

Leia mais

COMISSÃO DE TRABALHO, DE ADMINISTRAÇÃO E SERVIÇO PÚBLICO - CTASP PROJETO DE LEI Nº 7920, DE 2014.

COMISSÃO DE TRABALHO, DE ADMINISTRAÇÃO E SERVIÇO PÚBLICO - CTASP PROJETO DE LEI Nº 7920, DE 2014. COMISSÃO DE TRABALHO, DE ADMINISTRAÇÃO E SERVIÇO PÚBLICO - CTASP PROJETO DE LEI Nº 7920, DE 2014. (Do Supremo Tribunal Federal) Acrescenta o inciso I ao 1º do artigo 4º da Lei nº 11.416, de 15 de dezembro

Leia mais

ORDEM DOS ADVOGADOS DO BRASIL XVII EXAME DE ORDEM UNIFICADO

ORDEM DOS ADVOGADOS DO BRASIL XVII EXAME DE ORDEM UNIFICADO PADRÃO DE RESPOSTA - PEÇA PROFISSIONAL A sociedade empresária XYZ Ltda., citada em execução fiscal promovida pelo município para a cobrança de crédito tributário de ISSQN, realizou depósito integral e

Leia mais

SUMÁRIO. I - Introdução ao Direito Processual do Trabalho, 1

SUMÁRIO. I - Introdução ao Direito Processual do Trabalho, 1 SUMÁRIO I - Introdução ao Direito Processual do Trabalho, 1 1 Fontes do direito processual do trabalho, 2 1.1 Fontes materiais, 2 1.2 Fontes formais, 3 1.2.1 Fontes formais diretas, 3 1.2.2 Fontes formais

Leia mais

A Necessidade da Racionalização da Execução Fiscal

A Necessidade da Racionalização da Execução Fiscal A Necessidade da Racionalização da Execução Fiscal Luís Inácio Lucena Adams Advogado-Geral da União São Paulo Maio/2015 Análise do Cenário Estudo do IPEA em parceria com o CNJ (2011) demonstra que o tempo

Leia mais

AGILIZAÇÃO DOS PROCEDIMENTOS DE PENHORA

AGILIZAÇÃO DOS PROCEDIMENTOS DE PENHORA AGILIZAÇÃO DOS PROCEDIMENTOS DE PENHORA Carla Mascarenhas 16 de Abril de 2009 A fase de penhora PROGRAMA Consultas e diligências prévias Ordem da realização da penhora Procedimento da penhora de bens Imóveis

Leia mais

Direito Processual do Trabalho Profa. Dra. Adriana Goulart de Sena Orsini EXECUÇÃO

Direito Processual do Trabalho Profa. Dra. Adriana Goulart de Sena Orsini EXECUÇÃO Direito Processual do Trabalho Profa. Dra. Adriana Goulart de Sena Orsini EXECUÇÃO Execução Características ( ação ) Títulos executivos judiciais (fase) e extrajudiciais Art. 876, CLT Cumprimento da decisão:

Leia mais

VI FÓRUM ESTADUAL DOS JUIZADOS ESPECIAIS e VII ENCONTRO ESTADUAL DE TURMAS RECURSAIS

VI FÓRUM ESTADUAL DOS JUIZADOS ESPECIAIS e VII ENCONTRO ESTADUAL DE TURMAS RECURSAIS VI FÓRUM ESTADUAL DOS JUIZADOS ESPECIAIS e VII ENCONTRO ESTADUAL DE TURMAS RECURSAIS CONTEÚDO PROGRAMÁTICO / PROGRAMAÇÃO DATA: 05 E 06 DE NOVEMBRO DE 2009 LOCAL: AUDITÓRIO DA ASSOCIAÇÃO DOS MAGISTRADOS

Leia mais

UNIVERSIDADE CATÓLICA DE GOIÁS Pró-Reitoria de Graduação ORGANIZAÇÃO BÁSICA DAS DISCIPLINAS CURRICULARES

UNIVERSIDADE CATÓLICA DE GOIÁS Pró-Reitoria de Graduação ORGANIZAÇÃO BÁSICA DAS DISCIPLINAS CURRICULARES 2007/1 UNIVERSIDADE CATÓLICA DE GOIÁS Pró-Reitoria de Graduação ORGANIZAÇÃO BÁSICA DAS DISCIPLINAS CURRICULARES Disciplina: DIREITO PROCESSUAL CIVIL III Curso: DIREITO Código CR PER Co-Requisito Pré-Requisito

Leia mais

CASO ABRAPP X FND, BNDES, UF PROCEDIMENTOS PARA COBRANÇA JUDICIAL

CASO ABRAPP X FND, BNDES, UF PROCEDIMENTOS PARA COBRANÇA JUDICIAL CASO ABRAPP X FND, BNDES, UF PROCEDIMENTOS PARA COBRANÇA JUDICIAL STATUS ATÉ DEZEMBRO DE 2010 - O Devedor FND é uma autarquia federal, criada pelo Decreto Lei nº 2.288 e que, pela atividade privada que

Leia mais

GOVERNO DO ESTADO DE RONDÔNIA GOVERNADORIA LEI N. 3.177, DE 11 DE SETEMBRO DE 2013. PUBLICADO NO DOE Nº 2297, DE 11.09.13

GOVERNO DO ESTADO DE RONDÔNIA GOVERNADORIA LEI N. 3.177, DE 11 DE SETEMBRO DE 2013. PUBLICADO NO DOE Nº 2297, DE 11.09.13 LEI N. 3.177, DE 11 DE SETEMBRO DE 2013. PUBLICADO NO DOE Nº 2297, DE 11.09.13 Consolidada, alterada pela Lei nº: 3250, de 19.11.13 DOE n. 2343, de 19.11.13 Autoriza o Poder Executivo a realizar a compensação

Leia mais

AS RESTRIÇÕES JUDICIAIS FACE ÀS TRANSMISSÕES DA PROPRIEDADE IMOBILIÁRIA. Telma Lúcia Sarsur Outubro de 2011

AS RESTRIÇÕES JUDICIAIS FACE ÀS TRANSMISSÕES DA PROPRIEDADE IMOBILIÁRIA. Telma Lúcia Sarsur Outubro de 2011 AS RESTRIÇÕES JUDICIAIS FACE ÀS TRANSMISSÕES DA PROPRIEDADE IMOBILIÁRIA Telma Lúcia Sarsur Outubro de 2011 Para conceituarmos restrição judicial, há de se definir restrição, que é limitação imposta ao

Leia mais

MANUAL DOS PRAZOS PROCESSUAIS: A CONTAGEM DOS PRAZOS NO NOVO CPC 1. MUDANÇAS GERAIS APLICÁVEIS A TODOS OS PRAZOS PROCESSUAIS:

MANUAL DOS PRAZOS PROCESSUAIS: A CONTAGEM DOS PRAZOS NO NOVO CPC 1. MUDANÇAS GERAIS APLICÁVEIS A TODOS OS PRAZOS PROCESSUAIS: MANUAL DOS PRAZOS PROCESSUAIS: A CONTAGEM DOS PRAZOS NO NOVO CPC 1. MUDANÇAS GERAIS APLICÁVEIS A TODOS OS PRAZOS PROCESSUAIS: Mudança no modo de contagem dos prazos: A partir do novo CPC, os prazos processuais

Leia mais

Conteúdo: Intervenção de Terceiros: Conceitos, Classificação e Espécies.

Conteúdo: Intervenção de Terceiros: Conceitos, Classificação e Espécies. Turma e Ano: Flex A (2014) Matéria / Aula: Processo Civil / Aula 12 Professor: Edward Carlyle Conteúdo: Intervenção de Terceiros: Conceitos, Classificação e Espécies. Litisconsórcio (cont.) Litisconsortes

Leia mais

Legislação e tributação comercial

Legislação e tributação comercial 6. CRÉDITO TRIBUTÁRIO 6.1 Conceito Na terminologia adotada pelo CTN, crédito tributário e obrigação tributária não se confundem. O crédito decorre da obrigação e tem a mesma natureza desta (CTN, 139).

Leia mais

MANUAL TEÓRICO DAS TABELAS PROCESSUAIS UNIFICADAS DO CONSELHO NACIONAL DE JUSTIÇA. Diretoria de Modernização Judiciária

MANUAL TEÓRICO DAS TABELAS PROCESSUAIS UNIFICADAS DO CONSELHO NACIONAL DE JUSTIÇA. Diretoria de Modernização Judiciária MANUAL TEÓRICO DAS TABELAS PROCESSUAIS UNIFICADAS DO CONSELHO NACIONAL DE JUSTIÇA Diretoria de Modernização Judiciária Aracaju, 29 de agosto de 2008 1 1 APRESENTAÇÃO Este Manual tem por escopo apresentar

Leia mais

AÇÃO DE CONSIGNAÇÃO EM PAGAMENTO

AÇÃO DE CONSIGNAÇÃO EM PAGAMENTO AÇÃO DE CONSIGNAÇÃO EM PAGAMENTO E AÇÃO DE DEPÓSITO 1 Parte I AÇÃO DE CONSIGNAÇÃO EM PAGAMENTO 2 1) O DIREITO MATERIAL DE PAGAMENTO POR CONSIGNAÇÃO a) Significado da palavra consignação b) A consignação

Leia mais

DESCONSIDERAÇÃO DA PERSONALIDADE JURÍDICA E BAIXA DE SOCIEDADE

DESCONSIDERAÇÃO DA PERSONALIDADE JURÍDICA E BAIXA DE SOCIEDADE DESCONSIDERAÇÃO DA PERSONALIDADE JURÍDICA E BAIXA DE SOCIEDADE É sabido - e isso está a dispensar considerações complementares - que a pessoa jurídica tem vida distinta da dos seus sócios e administradores.

Leia mais

CONTRATO DE EMPRÉSTIMO PESSOAL. Empresa: Matrícula: Telefone: ( ) Renegociação? ( ) NÃO ( ) SIM Novo Contrato:

CONTRATO DE EMPRÉSTIMO PESSOAL. Empresa: Matrícula: Telefone: ( ) Renegociação? ( ) NÃO ( ) SIM Novo Contrato: CONTRATO DE EMPRÉSTIMO PESSOAL Nome do Participante/Assistido: Empresa: Matrícula: Telefone: ( ) Valor do Empréstimo: Quantidade de Prestações: Renegociação? ( ) NÃO ( ) SIM Novo Contrato: Valor liquido

Leia mais

Condições de Venda em Hasta Pública Unificada

Condições de Venda em Hasta Pública Unificada Condições de Venda em Hasta Pública Unificada ORIENTAÇÕES DO PREGÃO JUDICIAL Última atualização em Terça, 26 Agosto 2014 01. Para todas as Varas do Trabalho deste Regional, a Hasta Pública Unificada realizada,

Leia mais

SUMÁRIO. Parte I. Recomendações Iniciais, Relatório, Fundamentação e Dispositivo

SUMÁRIO. Parte I. Recomendações Iniciais, Relatório, Fundamentação e Dispositivo SUMÁRIO Parte I Recomendações Iniciais, Relatório, Fundamentação e Dispositivo 1. CONCEITO E RECOMENDAÇÕES INICIAIS 1.1 Rascunho 1.2 Apresentação do texto 1.3 Tempo de prova, simulação e prática 1.4 Redação

Leia mais

SEMINÁRIO - O PODER JUDICIÁRIO E O NOVO CÓDIGO DE PROCESSO CIVIL ENUNCIADOS APROVADOS

SEMINÁRIO - O PODER JUDICIÁRIO E O NOVO CÓDIGO DE PROCESSO CIVIL ENUNCIADOS APROVADOS 1) Entende-se por fundamento referido no art. 10 do CPC/2015 o substrato fático que orienta o pedido, e não o enquadramento jurídico atribuído pelas partes. 2) Não ofende a regra do contraditório do art.

Leia mais

2 A COMPETÊNCIA DA JUSTIÇA DO TRABALHO

2 A COMPETÊNCIA DA JUSTIÇA DO TRABALHO 121 EXECUÇÃO FISCAL. QUESTÕES RELEVANTES SOBRE AS AÇÕES RELATIVAS ÀS PENALIDADES ADMINISTRATIVAS IMPOSTAS AOS EMPREGADORES PELOS ÓRGÃOS DE FISCALIZAÇÃO DO MINISTÉRIO DO TRABALHO SUMÁRIO Lucilde D Ajuda

Leia mais

Estado do Acre DECRETO Nº 4.971 DE 20 DE DEZEMBRO DE 2012

Estado do Acre DECRETO Nº 4.971 DE 20 DE DEZEMBRO DE 2012 DECRETO Nº 4.971 DE 20 DE DEZEMBRO DE 2012. Publicado no DOE nº 10.952 de 21-12-2012.. Alterado pelos Decretos nºs 5.089/2013, 6.287/2013, 7.299, 8.251/2014, 1.490/2015, 2.301/2015, 2.884/2015 e 3.472/2015..

Leia mais

FUNDAMENTAÇÃO LEGAL OBRIGATORIEDADE

FUNDAMENTAÇÃO LEGAL OBRIGATORIEDADE FUNDAMENTAÇÃO LEGAL Os artigos 578 e 579 da CLT preveem que as contribuições devidas aos sindicatos, pelos que participem das categorias econômicas ou profissionais ou das profissões liberais representadas

Leia mais

ORDEM DOS ADVOGADOS DO BRASIL VIII EXAME DE ORDEM UNIFICADO

ORDEM DOS ADVOGADOS DO BRASIL VIII EXAME DE ORDEM UNIFICADO PADRÃO DE RESPOSTA - PEÇA PROFISSIONAL A Construtora Segura Ltda. está sendo executada pela Fazenda Pública Municipal. Entretanto, a empresa havia proposto uma ação de consignação em pagamento, com relação

Leia mais

TOMADA DE CONTAS ESPECIAL

TOMADA DE CONTAS ESPECIAL TOMADA DE CONTAS ESPECIAL COMPARATIVO ENTRE A IN TCU Nº 13/1996 E A IN TCU Nº 56/2007 IN TCU Nº 13/1996 IN TCU Nº 56/2007 Art. 1º Diante da omissão no dever de prestar contas, da não comprovação da Aplicação

Leia mais

A extinção da personalidade ocorre com a morte, que pode ser natural, acidental ou presumida.

A extinção da personalidade ocorre com a morte, que pode ser natural, acidental ou presumida. Turma e Ano: Turma Regular Master A Matéria / Aula: Direito Civil Aula 04 Professor: Rafael da Mota Mendonça Monitora: Fernanda Manso de Carvalho Silva Personalidade (continuação) 3. Extinção da personalidade:

Leia mais

Superior Tribunal de Justiça

Superior Tribunal de Justiça RECURSO ESPECIAL Nº 1.409.688 - SP (2013/0336707-5) RELATOR : MINISTRO HERMAN BENJAMIN RECORRENTE : FAZENDA NACIONAL ADVOGADO : PROCURADORIA-GERAL DA FAZENDA NACIONAL RECORRIDO : EDS ELECTRONIC DATA SYSTEMS

Leia mais

PADRÃO DE RESPOSTA PEÇA PROFISSIONAL

PADRÃO DE RESPOSTA PEÇA PROFISSIONAL PEÇA PROFISSIONAL Deve-se propor ação renovatória, com fulcro no art. 51 e ss. da Lei n.º 8.245/1991. Foro competente: Vara Cível de Goianésia GO, conforme dispõe o art. 58, II, da Lei n.º 8.245/1991:

Leia mais

TRT Comentário da Prova de Analista

TRT Comentário da Prova de Analista TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 9a REGIÃO Direito Processual Civil Glauka Archangelo Pessoal. A prova de processo civil, não trouxe nenhuma surpresa, o edital foi respeitado e não há nenhuma questão passível

Leia mais

Novo Código de Processo Civil e a antiga Medida Cautelar de Antecipação de Garantia

Novo Código de Processo Civil e a antiga Medida Cautelar de Antecipação de Garantia Novo Código de Processo Civil e a antiga Medida Cautelar de Antecipação de Garantia Por Vinicius Jucá Alves e Christiane Alves Alvarenga, respectivamente, sócio e associada de TozziniFreire Advogados Em

Leia mais

DECRETO-LEI Nº 05, DE 15 DE MARÇO DE 1975. (Redação atual) INSTITUI O CÓDIGO TRIBUTÁRIO DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO E DÁ OUTRAS PROVIDÊNCIAS.

DECRETO-LEI Nº 05, DE 15 DE MARÇO DE 1975. (Redação atual) INSTITUI O CÓDIGO TRIBUTÁRIO DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO E DÁ OUTRAS PROVIDÊNCIAS. DECRETO-LEI Nº 05, DE 15 DE MARÇO DE 1975. (Redação atual) INSTITUI O CÓDIGO TRIBUTÁRIO DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO E DÁ OUTRAS PROVIDÊNCIAS. O GOVERNADOR DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO, no uso das atribuições

Leia mais

A CÂMARA MUNICIPAL DE GOIÂNIA APROVA E EU SANCIONO A SEGUINTE LEI:

A CÂMARA MUNICIPAL DE GOIÂNIA APROVA E EU SANCIONO A SEGUINTE LEI: 1 Gabinete do Prefeito LEI Nº 9416, DE 14 DE MAIO DE 2014. Institui o Programa de Parcelamento Incentivado - PPI e dá outras providências. A CÂMARA MUNICIPAL DE GOIÂNIA APROVA E EU SANCIONO A SEGUINTE

Leia mais

Corregedoria Geral da Justiça

Corregedoria Geral da Justiça ,,* Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo Página 1 de 7 r Corregedoria Geral da Justiça Provimento CG. N 33/97 Regulamenta a informatização dos Ofícios de Justiça que passam a utilizar o Sistema de

Leia mais

Recuperação Extrajudicial, Judicial e Falência. Profª. MSc. Maria Bernadete Miranda

Recuperação Extrajudicial, Judicial e Falência. Profª. MSc. Maria Bernadete Miranda Recuperação Extrajudicial, Judicial e Falência Recuperação Extrajudicial, Judicial e Falência Decreto-lei nº 7.661, de 21 de junho de 1945 Lei de Falências revogado. Lei nº 11.101, de 09 de fevereiro de

Leia mais

O Processo Trabalhista

O Processo Trabalhista Curso Superior de Tecnologia em Gestão de Recursos Humanos Profa. Barbara Mourão O Processo Trabalhista Princípios gerais do processo Constituição Federal de 1988; Código de Processo Civil (CPC). Princípios

Leia mais

APELAÇÃO SEM REVISÃO Nº 863.771-0/2 Mogi das Cruzes Apelante: Maurício Guina Pires Apelado: Arnaldo Rufino Lopes Parte: Wagner Alves da Silva

APELAÇÃO SEM REVISÃO Nº 863.771-0/2 Mogi das Cruzes Apelante: Maurício Guina Pires Apelado: Arnaldo Rufino Lopes Parte: Wagner Alves da Silva APELAÇÃO SEM REVISÃO Nº 863.771-0/2 Mogi das Cruzes Apelante: Maurício Guina Pires Apelado: Arnaldo Rufino Lopes Parte: Wagner Alves da Silva EMBARGOS À EXECUÇÃO. AÇÃO DE DESPEJO POR FALTA DE PAGAMENTO

Leia mais

TUTELAS PROVISÓRIAS: TUTELA DE URGÊNCIA E TUTELA DA EVIDÊNCIA.

TUTELAS PROVISÓRIAS: TUTELA DE URGÊNCIA E TUTELA DA EVIDÊNCIA. PALESTRA TUTELAS PROVISÓRIAS: TUTELA DE URGÊNCIA E TUTELA DA EVIDÊNCIA. Professor: Dr. Francisco Ferreira Jorge Neto Desembargador do Tribunal Regional do Trabalho da 2ª Região. Professor Universitário

Leia mais

Este Plano de Curso poderá sofrer alterações a critério do professor e / ou da Coordenação.

Este Plano de Curso poderá sofrer alterações a critério do professor e / ou da Coordenação. PLANO DE CURSO 2014/02 Este Plano de Curso poderá sofrer alterações a critério do professor e / ou da Coordenação. DISCIPLINA: DIREITO PROCESSUAL CIVIL IV EXECUÇÃO CIVIL PROFESSOR: LUIZ GUSTAVO TARDIN

Leia mais

Suspensão da Exigibilidade do Crédito Tributário

Suspensão da Exigibilidade do Crédito Tributário Faculdades Integradas IPEP Campinas/SP Disciplina: Legislação Tributária Administração de Empresas Apostila 02 Professor: Rodrigo Tomas Dal Fabbro Suspensão da Exigibilidade do Crédito Tributário Muitas

Leia mais

Usucapião. É a aquisição do domínio ou outro direito real pela posse prolongada. Tem como fundamento a função social da propriedade

Usucapião. É a aquisição do domínio ou outro direito real pela posse prolongada. Tem como fundamento a função social da propriedade Usucapião É a aquisição do domínio ou outro direito real pela posse prolongada Tem como fundamento a função social da propriedade!1 Requisitos da posse ad usucapionem Posse com intenção de dono (animus

Leia mais

Data da Autuação Nº Tipo Lei-Artigo Requerente Requerido Da Descrição Da Sentença. Pessoa Jurídica Brasileiro; lavrador; casado.

Data da Autuação Nº Tipo Lei-Artigo Requerente Requerido Da Descrição Da Sentença. Pessoa Jurídica Brasileiro; lavrador; casado. 03/02/1961 28/61 Executiva Art. 298 do lavrador; O requerente pede ao requerido a importância de Cr$ 264.000,00. 30/08/1967 03/02/1961 29/61 Executiva Art. 298 do Casado lavrador; O requerente pede ao

Leia mais

O MENSALÃO E A PERDA DE MANDATO ELETIVO

O MENSALÃO E A PERDA DE MANDATO ELETIVO O MENSALÃO E A PERDA DE MANDATO ELETIVO José Afonso da Silva 1. A controvérsia 1. A condenação, pelo Supremo Tribunal Federal, na Ação Penal 470, de alguns deputados federais tem suscitado dúvidas relativamente

Leia mais

CÂMARA DOS DEPUTADOS PROJETO DE LEI N.º, DE 2015 (Do Senhor CARLOS MANATO) O CONGRESSO NACIONAL decreta:

CÂMARA DOS DEPUTADOS PROJETO DE LEI N.º, DE 2015 (Do Senhor CARLOS MANATO) O CONGRESSO NACIONAL decreta: CÂMARA DOS DEPUTADOS PROJETO DE LEI N.º, DE 2015 (Do Senhor CARLOS MANATO) Disciplina o juízo prévio de admissibilidade dos recursos extraordinário e especial; altera a Lei n.º 13.105, de 16 de março de

Leia mais

1. CABIMENTO DAS PEÇAS.

1. CABIMENTO DAS PEÇAS. 1. CABIMENTO DAS PEÇAS. Após o Nascimento do Tributo, mas antes do lançamento: Ação Declaratória de Inexistência da relação jurídica tributária; Mandado de Segurança Preventivo. Após a notificação do contribuinte

Leia mais

PROVA ESCRITA E PRÁTICA

PROVA ESCRITA E PRÁTICA PROVA ESCRITA E PRÁTICA Nesta prova, faça o que se pede, usando, caso deseje, os espaços para rascunho indicados no presente caderno. Em seguida, transcreva os textos para o CADERNO DE TEXTOS DEFINITIVOS

Leia mais

Art. 2º Este Ato Normativo entra em vigor na data de sua publicação, revogadas as disposições em contrário.

Art. 2º Este Ato Normativo entra em vigor na data de sua publicação, revogadas as disposições em contrário. ATO NORMATIVO Nº 92 13 de agosto de 2007 Aprova o Regulamento do Sistema de Registro de Preços previsto no art. 15 da Lei nº 8.666, de 21 de junho de 1993, e dá outras providências. O Presidente do TRIBUNAL

Leia mais

Processo Administrativo Fiscal PAF

Processo Administrativo Fiscal PAF Processo Administrativo Fiscal PAF Ivan Luís Bertevello www.macedosoaresebertevello.adv.br OBJETIVO O Processo Administrativo Fiscal (PAF) objetiva solucionar os conflitos surgidos entre os contribuintes

Leia mais

Ordem dos Advogados do Brasil - Seção de Goiás Casa do Advogado Jorge Jungmann

Ordem dos Advogados do Brasil - Seção de Goiás Casa do Advogado Jorge Jungmann 1. AÇÕES DE JURISDIÇÃO CONTENCIOSA PERCENTUAL MÍNIMO VALOR MÍNIMO APROVADO 15/04/2009 Salvo disposição em contrário, em todas as ações contenciosas ou que assumam esse caráter, deverá ser cobrado o percentual

Leia mais

Prefácio, xxv Nota à 8ª edição, xxvii Introdução, 1

Prefácio, xxv Nota à 8ª edição, xxvii Introdução, 1 Prefácio, xxv Nota à 8ª edição, xxvii Introdução, 1 16 MEDIDAS DE URGÊNCIA - ANTECIPAÇÃO DE TUTELA E AÇÃO CAUTELAR, 5 16.1 Medidas de urgência - considerações gerais, 6 16.2 Diferenças ontológicas entre

Leia mais

Superior Tribunal de Justiça

Superior Tribunal de Justiça AGRAVO EM RECURSO ESPECIAL Nº 202.733 - PR (2012/0144391-7) RELATOR AGRAVANTE ADVOGADOS AGRAVADO AGRAVADO AGRAVADO ADVOGADO : MINISTRO SIDNEI BENETI : BANCO BRADESCO S/A : MATILDE DUARTE GONÇALVES DANIEL

Leia mais

PONTO 1: Litisconsórcio na Seara Laboral PONTO 2: Sucessão Trabalhista PONTO 3: Terceirização 1. LITISCONSÓRCIO NA SEARA LABORAL

PONTO 1: Litisconsórcio na Seara Laboral PONTO 2: Sucessão Trabalhista PONTO 3: Terceirização 1. LITISCONSÓRCIO NA SEARA LABORAL 1 DIREITO DO TRABALHO PONTO 1: Litisconsórcio na Seara Laboral PONTO 2: Sucessão Trabalhista PONTO 3: Terceirização 1. LITISCONSÓRCIO NA SEARA LABORAL 1.1 FORMAÇÃO DE LITISCONSÓRCIO PASSIVO FACULTATIVO

Leia mais

GRUPO III ESPELHO DE CORREÇÃO CRITÉRIO GERAL:

GRUPO III ESPELHO DE CORREÇÃO CRITÉRIO GERAL: GRUPO III ESPELHO DE CORREÇÃO CRITÉRIO GERAL: Nos termos do art. 20 do Regulamento do Concurso para Ingresso na Carreira do Ministério Público, na correção da prova escrita levar-se-á em conta o saber

Leia mais

Autor: SINDICATO DOS TRABALHADORES EM HOTÉIS, APART HOTÉIS, MOTÉIS, FLATS, RESTAURANTES, BARES, LANCHONETES E SIMILARES DE SÃO PAULO E REGIÃO,

Autor: SINDICATO DOS TRABALHADORES EM HOTÉIS, APART HOTÉIS, MOTÉIS, FLATS, RESTAURANTES, BARES, LANCHONETES E SIMILARES DE SÃO PAULO E REGIÃO, ATENÇÃO - Texto meramente informativo, sem caráter intimatório, citatório ou notificatório para fins legais. PODER JUDICIÁRIO FEDERAL Justiça do Trabalho - 2ª Região Número Único: 01497003320065020075

Leia mais

AULA 07. Herança Jacente = herança sem herdeiros notoriamente conhecidos (arts. 1819 e ss. do CC).

AULA 07. Herança Jacente = herança sem herdeiros notoriamente conhecidos (arts. 1819 e ss. do CC). 01 Profª Helisia Góes Disciplina: DIREITO CIVIL VI SUCESSÕES Turmas: 8ºDIV, 8ºDIN-1 e 8º DIN-2 Data: 21/08/12 AULA 07 II - SUCESSÃO EM GERAL (Cont...) 11. Herança Jacente e Vacante (arts. 1.819 a 1.823,

Leia mais

ESTADO DO PIAUÍ PODER JUDICIÁRIO COMARCA DE PAULISTANA

ESTADO DO PIAUÍ PODER JUDICIÁRIO COMARCA DE PAULISTANA ESTADO DO PIAUÍ PODER JUDICIÁRIO COMARCA DE PAULISTANA AÇÃO CIVIL PÚBLICA PROCESSO Nº 00000064-20.2012.8.18.000064 AUTOR: MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DO PIAUI RÉUS: MUNICÍPIO DE PAULISTANA/PI e OUTRO

Leia mais

ESCOLA DE DIREITO DA UNIVERSIDADE DO MINIJO CURSO DE DIREITO CADEIRA OPCIONAL RECURSOS E PROCESSOS ESPECIAIS ANO LECTIVO 2005-2006 5º ANO 2º SEMESTRE

ESCOLA DE DIREITO DA UNIVERSIDADE DO MINIJO CURSO DE DIREITO CADEIRA OPCIONAL RECURSOS E PROCESSOS ESPECIAIS ANO LECTIVO 2005-2006 5º ANO 2º SEMESTRE ESCOLA DE DIREITO DA UNIVERSIDADE DO MINIJO CURSO DE DIREITO CADEIRA OPCIONAL RECURSOS E PROCESSOS ESPECIAIS ANO LECTIVO 2005-2006 5º ANO 2º SEMESTRE 6 de Junho de 2006 Nome: N.º Leia atentamente as questões

Leia mais

PARCELAMENTO ORDINÁRIO DE TRIBUTOS FEDERAIS

PARCELAMENTO ORDINÁRIO DE TRIBUTOS FEDERAIS PARCELAMENTO ORDINÁRIO DE TRIBUTOS FEDERAIS PARCELAMENTO ORDINÁRIO DE TRIBUTOS FEDERAIS 1 Os débitos de qualquer natureza para com a Fazenda Nacional podem ser parcelados em até 60 (sessenta) prestações

Leia mais

ACORDO PARA A PROMOÇÃO E A PROTEÇÃO RECÍPROCA DE INVESTIMENTOS ENTRE O GOVERNO DA REPÚBLICA FEDERATIVA DO BRASIL E O GOVERNO DA REPÚBLICA DA CORÉIA

ACORDO PARA A PROMOÇÃO E A PROTEÇÃO RECÍPROCA DE INVESTIMENTOS ENTRE O GOVERNO DA REPÚBLICA FEDERATIVA DO BRASIL E O GOVERNO DA REPÚBLICA DA CORÉIA ACORDO PARA A PROMOÇÃO E A PROTEÇÃO RECÍPROCA DE INVESTIMENTOS ENTRE O GOVERNO DA REPÚBLICA FEDERATIVA DO BRASIL E O GOVERNO DA REPÚBLICA DA CORÉIA O Governo da República Federativa do Brasil e o Governo

Leia mais

DIREITO EMPRESARIAL. Falência e Recuperação de Empresas

DIREITO EMPRESARIAL. Falência e Recuperação de Empresas Falência e Recuperação de Empresas 1. Considere as afirmativas a respeito das manifestações processuais nos processos de falência e de recuperação judicial de empresas, nos termos da Lei 11.101/05: I.

Leia mais

Curso Resultado. Jurisprudência ordenada por matérias e assuntos Processo Civil

Curso Resultado. Jurisprudência ordenada por matérias e assuntos Processo Civil Curso Resultado Jurisprudência ordenada por matérias e assuntos Processo Civil Atualizado em 18 de dezembro de 2015 Sumário Ação coletiva / civil pública Ação contra seguradora Ação de adjudicação compulsória

Leia mais

PROCESSO PENAL COMNENTÁRIOS RECURSOS PREZADOS, SEGUEM OS COMENTÁRIOS E RAZÕES PARA RECURSOS DAS QUESTÕES DE PROCESSO PENAL.

PROCESSO PENAL COMNENTÁRIOS RECURSOS PREZADOS, SEGUEM OS COMENTÁRIOS E RAZÕES PARA RECURSOS DAS QUESTÕES DE PROCESSO PENAL. PROCESSO PENAL COMNENTÁRIOS RECURSOS PREZADOS, SEGUEM OS COMENTÁRIOS E RAZÕES PARA RECURSOS DAS QUESTÕES DE PROCESSO PENAL. A PROVA FOI MUITO BEM ELABORADA EXIGINDO DO CANDIDATO UM CONHECIMENTO APURADO

Leia mais

A LEI DO,INQUILINATO COMENTADA

A LEI DO,INQUILINATO COMENTADA SVLVIO CAPANEMA DE SOUZA A LEI DO,INQUILINATO COMENTADA Artigo por artigo ga edição Revista, atualizada e ampliada *** ~ FORENSE ~ RIO DE JANEIRO A EDITORA FORENSE se responsabiliza pelos vicios do produto

Leia mais

Projeto de Decreto-Lei de regulamentação do Balção Nacional do Arrendamento. Preâmbulo

Projeto de Decreto-Lei de regulamentação do Balção Nacional do Arrendamento. Preâmbulo Projeto de Decreto-Lei de regulamentação do Balção Nacional do Arrendamento Preâmbulo A Lei n.º 31/2012, de 27 de fevereiro aprovou medidas destinadas a dinamizar o mercado de arrendamento urbano, alterando

Leia mais

2ª FASE OAB CIVIL Direito Processual Civil Prof. Renato Montans Aula online. EMBARGOS INFRINGENTES (Art. 530 534 do CPC)

2ª FASE OAB CIVIL Direito Processual Civil Prof. Renato Montans Aula online. EMBARGOS INFRINGENTES (Art. 530 534 do CPC) 2ª FASE OAB CIVIL Direito Processual Civil Prof. Renato Montans Aula online EMBARGOS INFRINGENTES (Art. 530 534 do CPC) Cabe de acórdão não unânime por 2x1 3 modalidades: a) Julgamento da apelação b) Julgamento

Leia mais

Coordenação-Geral de Tributação

Coordenação-Geral de Tributação Fls. 1 0 Coordenação-Geral de Tributação Solução de Consulta nº 152 - Data 17 de junho de 2015 Processo Interessado CNPJ/CPF ASSUNTO: CONTRIBUIÇÕES SOCIAIS PREVIDENCIÁRIAS CONTRIBUIÇÃO PREVIDENCIÁRIA.

Leia mais

EMBARGOS DECLARATÓRIOS - EDCL.

EMBARGOS DECLARATÓRIOS - EDCL. 1. Conceito EMBARGOS DECLARATÓRIOS - EDCL. Os embargos de declaração ou embargos declaratórios, doravante denominados EDcl., visam aperfeiçoar as decisões judiciais, propiciando uma tutela jurisdicional

Leia mais

PONTO 1: União estável PONTO 2: Alimentos. 1. União estável:

PONTO 1: União estável PONTO 2: Alimentos. 1. União estável: 1 PONTO 1: União estável PONTO 2: Alimentos 1. União estável: - Leis 8971/94 e 9278/96. - Lei 10.406/2002 e art. 1723 e seguintes. - Art. 226, 3 1, CF. União entre homem e mulher pública (notoriedade),

Leia mais

Ação Monitória. Ana Carolina Fucks Anderson Palheiro 1

Ação Monitória. Ana Carolina Fucks Anderson Palheiro 1 16 Série Aperfeiçoamento de Magistrados 10 Curso: Processo Civil - Procedimentos Especiais Ação Monitória Ana Carolina Fucks Anderson Palheiro 1 A ação monitória foi introduzida no CPC no final do título

Leia mais

Direito Constitucional Peças e Práticas

Direito Constitucional Peças e Práticas PETIÇÃO INICIAL RECLAMAÇÃO CONSTITUCIONAL ASPECTOS JURÍDICOS E PROCESSUAIS DA RECLAMAÇÃO Trata-se de verdadeira AÇÃO CONSTITUCIONAL, a despeito da jurisprudência do STF a classificar como direito de petição

Leia mais

OAB EXTENSIVO FINAL DE SEMANA Disciplina: Direito Empresarial Prof.ª Elisabete Vido Data: 05.12.2009 Aula nº. 05

OAB EXTENSIVO FINAL DE SEMANA Disciplina: Direito Empresarial Prof.ª Elisabete Vido Data: 05.12.2009 Aula nº. 05 OAB EXTENSIVO FINAL DE SEMANA Disciplina: Direito Empresarial Prof.ª Elisabete Vido Data: 05.12.2009 Aula nº. 05 TEMAS TRATADOS EM AULA I FALÊNCIA (Lei 11.101/05) 1) Legitimidade Passiva (Art. 1º e 2º

Leia mais

NEGÓCIO JURÍDICO Conceito MANIFESTAÇÃO DE VONTADE + FINALIDADE NEGOCIAL (aquisição, conservação, modificação e extinção de direitos)

NEGÓCIO JURÍDICO Conceito MANIFESTAÇÃO DE VONTADE + FINALIDADE NEGOCIAL (aquisição, conservação, modificação e extinção de direitos) NEGÓCIO JURÍDICO Conceito MANIFESTAÇÃO DE VONTADE + FINALIDADE NEGOCIAL (aquisição, conservação, modificação e extinção de direitos) INTERPRETAÇÃO Boa-fé e usos do lugar CC113 Os negócios jurídicos devem

Leia mais

PADRÃO DE RESPOSTA PEÇA PROFISSIONAL

PADRÃO DE RESPOSTA PEÇA PROFISSIONAL PEÇA PROFISSIONAL Deve-se propor ação anulatória de débito fiscal, em nome da empresa, contra o município de Rio do Sul SC, ao argumento de decadência do período (competência) compreendido entre janeiro

Leia mais

APELAÇÃO CÍVEL nº 458566/AL (2006.80.00.003230-6)

APELAÇÃO CÍVEL nº 458566/AL (2006.80.00.003230-6) APTE : UFAL - UNIVERSIDADE FEDERAL DE ALAGOAS REPTE : PROCURADORIA REPRESENTANTE DA ENTIDADE APDO : ROBSON ANTÔNIO AMORIM CARNEIRO ADV/PROC : FELIPE REBELO DE LIMA ORIGEM : 4ª VARA FEDERAL DE ALAGOAS (COMPETENTE

Leia mais

RELAÇÕES DE PARENTESCO DA FILIAÇÃO

RELAÇÕES DE PARENTESCO DA FILIAÇÃO Cód. barras: STJ00095806 (2012) SUMÁRIO RELAÇÕES DE PARENTESCO DA FILIAÇÃO Definição... 1 Filhos concebidos na constância do casamento. Presunção... 1 Prova da impotência. Adultério da mulher... 2 Direito

Leia mais

A Cobrança de Demurrage e o Projeto de Código Comercial. Rua Amador Bueno, nº. 59 Cj 95 Centro Santos SP

A Cobrança de Demurrage e o Projeto de Código Comercial. Rua Amador Bueno, nº. 59 Cj 95 Centro Santos SP A Cobrança de Demurrage e o Projeto de Código Comercial I. Demurrage. Conceito. Natureza Jurídica. II. A cobrança de Demurrage e o Projeto de CCom. III. Principais Inovações. PL 1572/2011 Câmara dos Deputados.

Leia mais

UNIVERSIDADE PRESBITERIANA MACKENZIE Faculdade de Direito

UNIVERSIDADE PRESBITERIANA MACKENZIE Faculdade de Direito (A) - o afastamento do menor autorizado a se casar contra a vontade dos pais é medida que tem natureza acautelatória. (B) - o protesto contra alienação de bens destina-se a obstar a alienação imaginada

Leia mais

LEI DE LOCAÇÕES - ALTERAÇÕES LEGISLATIVAS

LEI DE LOCAÇÕES - ALTERAÇÕES LEGISLATIVAS LEI DE LOCAÇÕES - ALTERAÇÕES LEGISLATIVAS Diogo L. Machado de Melo Nathália Annette Vaz de Lima NORMA ANTERIOR (LEI 8245/91) ALTERAÇÃO TRAZIDA PELA LEI 12.112/09 (COM JUSTIFICATIVAS DE VETOS) (EM VIGOR

Leia mais

TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO DÉCIMA SÉTIMA CÂMARA CÍVEL

TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO DÉCIMA SÉTIMA CÂMARA CÍVEL TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO DÉCIMA SÉTIMA CÂMARA CÍVEL Agravo de Instrumento nº 0010478-77.2014.8.19.0000 Agravante: Othelo Fernando Schaefer Agravado: Levinda Fernandes de Souza Pinto

Leia mais

O MM. Juiz passou a decidir o litígio nos termos seguintes:

O MM. Juiz passou a decidir o litígio nos termos seguintes: ATA DE AUDIÊNCIA PROCESSO: 801-15.2014.5.10.0003 RECLAMANTE: MIRACI BARBOSA DOS SANTOS RECLAMADO: ELIAS HANNA MOKDISSI Aos 24 dias do mês de fevereiro do ano de 2015, às 17h10, a 3ª Vara do Trabalho de

Leia mais

OAB XIV EXAME PROVA BRANCA. Comentário às questões de Direito Empresarial. A prova foi bem elaborada e não ofereceu maiores dificuldades.

OAB XIV EXAME PROVA BRANCA. Comentário às questões de Direito Empresarial. A prova foi bem elaborada e não ofereceu maiores dificuldades. OAB XIV EXAME PROVA BRANCA Comentário às questões de Direito Empresarial A prova foi bem elaborada e não ofereceu maiores dificuldades. QUESTÃO 48 Paulo, casado no regime de comunhão parcial com Jacobina,

Leia mais

Falência e Recuperação Judicial e Extrajudicial da Sociedade Empresária

Falência e Recuperação Judicial e Extrajudicial da Sociedade Empresária Falência e Recuperação Judicial e Extrajudicial da Sociedade Empresária Palestrantes: José Augusto S. Figueira Miguel Manente março de 2016 Falência e Recuperação Judicial e Extrajudicial da Sociedade

Leia mais

ADITIVO AO EDITAL DE CONCURSO PÚBLICO N 001/2007

ADITIVO AO EDITAL DE CONCURSO PÚBLICO N 001/2007 ADITIVO AO EDITAL DE CONCURSO PÚBLICO N 001/2007 O Presidente da Fundação de Apoio à Universidade Federal de São João del-rei FAUF e o Prefeito Municipal de Ibirité, Antonio Pinheiro Júnior, faz saber

Leia mais

RECURSO ORDINÁRIO: O artigo 895 parece ser taxativo, em suas alíneas a) e b) ao afirmarem que é cabível o recurso de revista quando:

RECURSO ORDINÁRIO: O artigo 895 parece ser taxativo, em suas alíneas a) e b) ao afirmarem que é cabível o recurso de revista quando: RECURSO ORDINÁRIO: Está previsto no artigo 893 da Consolidação das Leis do trabalho e é disciplinado no artigo 895 da mesma lei. Pode ser interposto, no prazo de 8 dias, tanto das sentenças terminativas,

Leia mais

LEGALE RESPONDE DIREITO DO TRABALHO. Aula 2

LEGALE RESPONDE DIREITO DO TRABALHO. Aula 2 LEGALE RESPONDE DIREITO DO TRABALHO Aula 2 Mais que um curso prático, uma nova ferramenta que surge para auxiliar o operador do Direito! É o LEGALE mais uma vez preocupado com seu SUCESSO PROFISSIONAL!!

Leia mais

2ª fase- Direito Administrativo. 02/2007 - CESPE

2ª fase- Direito Administrativo. 02/2007 - CESPE 2ª fase- Direito Administrativo. 02/2007 - CESPE Foi noticiado em jornal de grande circulação que O secretário de transportes de determinado estado, e certa empresa de transportes coletivos, pessoa jurídica

Leia mais

A RESPONSABILIDADE TRIBUTÁRIA NA PRÁTICA

A RESPONSABILIDADE TRIBUTÁRIA NA PRÁTICA A RESPONSABILIDADE TRIBUTÁRIA NA PRÁTICA CONSIDERAÇÕES INICIAIS A RESPONSABILIDADE TRIBUTÁRIA É UMA DAS MODALIDADES DE SUJEIÇÃO PASSIVA TRIBUTÁRIA; ANÁLISE DAS HIPÓTESES DE RESPONSABILIDADE TRIBUTÁRIA

Leia mais

1. PETIÇÃO INICIAL RECLAMAÇÃO TRABALHISTA.

1. PETIÇÃO INICIAL RECLAMAÇÃO TRABALHISTA. 1. PETIÇÃO INICIAL RECLAMAÇÃO TRABALHISTA. Fundamento legal: Art. 840 CLT Subsidiariamente: 282 do CPC. Partes: Reclamante (autor), Reclamada (ré). Excelentíssimo Senhor Doutor Juiz do Trabalho da ª Vara

Leia mais