Departamento de Informática..:Engenharia Informática:. revisão para adequação ao processo de Bolonha

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Departamento de Informática..:Engenharia Informática:. revisão para adequação ao processo de Bolonha"

Transcrição

1 Departamento de Informática.:Engenharia Informática:. revisão para adequação ao processo de Bolonha 1

2 Cursos 1 ciclo em Engenharia Informática 2 perfis 2 ciclo em Engenharia Informática 1 perfil 1 ciclo em C. da Informação e Documentação 2 ciclo em Informática e Gestão 2

3 Organização Perfil científico Ligação ao 2 ciclo Acreditação por ordens profissionais Perfil profissional Empregabilidade Melhorar estatísticas de rendimento 3

4 Estrutura Perfil científico Área científica Sigla Créditos Obrigatórios Optativos Informática Matemática MAT 37 - Física FIS 12 - Linguas e Literaturas LIT 2 - Outras áreas OUT - 12 TOTAL

5 Plano curricular Semestre 1 Análise Matemática I Álgebra Linear e Geometria Física Geral I Inglês I (*) Programação I Sistemas Digitais MAT MAT FIS LIT 5

6 Plano curricular Semestre 2 Análise Matemática II MAT Introdução à Probabilidade e Estatística MAT Física Geral II FIS Programação II Arquitectura de Sistemas e Computadores I 6

7 Plano curricular Semestre 3 Matemática Discreta Gestão Estruturas de Dados e Algoritmos I Arquitectura de Sistemas e Computadores II Bases de Dados Projecto Integrado I MAT GES 7

8 Plano curricular Semestre 4 Lógica Computacional Estruturas de Dados e Algoritmos II Computação Gráfica Sistemas Operativos I Metodologias e Desenvolvimento de Software MAT 8

9 Plano curricular Semestre 5 Linguagens Formais e Autómatos Programação Declarativa Teoria da Informação Redes de Computadores Opção do quadro 11.7 (*) OUT 9

10 Plano curricular Semestre 6 Sistemas Operativos II Linguagens de Programação Inteligência Artificial Compiladores Opção do quadro 11.8 (*) OUT 10

11 Estrutura Perfil profissional Créditos Área científica Sigla Obrigatórios Optativos Informática Matemática MAT 25 - Física FIS 6 - Linguas e Literaturas LIT 2 - Outras áreas OUT - 37 (2) TOTAL

12 Plano curricular (perfil Pro) Semestre 1 Análise Matemática I Álgebra Linear e Geometria Física Geral I Inglês I (*) Programação I Sistemas Digitais MAT MAT FIS LIT 12

13 Plano curricular (perfil Pro) Semestre 2 Análise Matemática II MAT Introdução à Probabilidade e Estatística MAT Física Geral II FIS Programação II Arquitectura de Sistemas e Computadores I 13

14 Plano curricular (perfil Pro) Semestre 3 Matemática Discreta Gestão Estruturas de Dados e Algoritmos I Arquitectura de Sistemas e Computadores II Bases de Dados Projecto Integrado I MAT GES 14

15 Plano curricular (perfil Pro) Semestre 4 Lógica Computacional Estruturas de Dados e Algoritmos II Computação Gráfica Sistemas Operativos I Metodologias e Desenvolvimento de Software MAT 15

16 Plano curricular (perfil Pro) Semestre 5 Linguagens Formais e Autómatos Programação Declarativa Teoria da Informação Redes de Computadores Projecto Integrado II (12 ECTS) 16

17 Plano curricular (perfil Pro) Semestre 6 Sistemas Operativos II Linguagens de Programação Inteligência Artificial Compiladores TFC (24 ECTS) 17

18 Mestrado em Engenharia Informática 3 áreas científicas Inteligência Artificial Sistemas de Informação Sistemas Distribuídos e Multimédia 18

19 MEI - estrutura 1º Semestre Inteligência Artificial Aplicada Tópicos Avançados de Sistemas Distribuídos Sistemas Computacionais de Apoio à Decisão Tópicos Avançados de Compilação 1a disciplina de opção das áreas de especialização de acordo com a organização semestral 19

20 MEI - estrutura 2º Semestre Gestão de Projectos Interfaces Pessoa-Máquina Tópicos Avançados de Bases de Dados 2as disciplinas de opção das áreas de especialização de acordo com a organização semestral 20

21 MEI - estrutura 3º Semestre Seminários de Informática 1a disciplina de opção das áreas de especialização de acordo com a organização semestral Dissertação 1 (18 ECTS) 21

22 MEI - estrutura 4º Semestre Dissertação 2 (30 ECTS) 22

23 MEI - Inteligência Artificial Implementação de Linguagens Declarativas Sistemas de processamento de Língua natural Representacão do Conhecimento e Raciocinio Recuperação de Informação em Bases de Texto Processamento digital de sinais Tópicos Avançados de Processamento Digital Sistemas de Decisão e Controlo por Computador Mineração de dados Aprendizagem 23

24 MEI - Sistemas de Informação Sistemas de Informação Declarativos Armazenamento de Dados Gestão de Sistemas de Informação Sistemas de Informação Distribuídos/Integração de Sistemas (m) Criptografia 24

25 MEI - Sistemas Distribuidos e Multimédia Sistemas de Informação Multimédia Computação Ubíqua Serviços baseados em Localização Desenho de Jogos Sistemas Multimodais Engenharia de Software Sistemas Embutidos 25

Mestrado em Aeronáutica Militar, especialidade de Engenharia Electrotécnica

Mestrado em Aeronáutica Militar, especialidade de Engenharia Electrotécnica Áreas científicas e créditos que devem ser reunidos para a obtenção do grau ou diploma: () Mestrado Obrigatórios Optativos Área científica Sigla Ciências Militares Aeronáuticas Ciências Militares CMIL

Leia mais

Sistema de Controle Acadêmico. Grade Curricular. Curso : CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO. CRÉDITOS Obrigatórios: 172 Optativos: 8.

Sistema de Controle Acadêmico. Grade Curricular. Curso : CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO. CRÉDITOS Obrigatórios: 172 Optativos: 8. Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro Pró-reitoria de Graduação - DAARG DRA - Divisão de Registros Acadêmicos Sistema de Controle Acadêmico Grade Curricular 30/01/2014-13:38:00 Curso : CIÊNCIA DA

Leia mais

Mestrado em Aeronáutica Militar, especialidade de Engenharia Electrotécnica

Mestrado em Aeronáutica Militar, especialidade de Engenharia Electrotécnica Áreas científicas e créditos que devem ser reunidos para a obtenção do grau ou diploma: (Ramo de Telecomunicações e Electrónica) Obrigatórios Mestrado Optativos Área científica Sigla Ciências Militares

Leia mais

ÁREA DISCIPLINAR DE CIÊNCIA E TECNOLOGIA DA PROGRAMAÇÃO. Tem sob a sua responsabilidade as seguintes unidades curriculares:

ÁREA DISCIPLINAR DE CIÊNCIA E TECNOLOGIA DA PROGRAMAÇÃO. Tem sob a sua responsabilidade as seguintes unidades curriculares: ÁREA DISCIPLINAR DE CIÊNCIA E TECNOLOGIA DA PROGRAMAÇÃO Engenharia em Desenvolvimento de Jogos Digitais Inteligência Artificial Aplicada a Jogos, com 6 Paradigmas de Programação I, com 9 Paradigmas de

Leia mais

Departamento de Ciências e Tecnologias

Departamento de Ciências e Tecnologias Futuro Departamento de Ciências e Tecnologias Licenciatura em Engenharia Informática Missão Dotar os alunos de uma sólida formação teórica e experimental que garanta aos futuros licenciados a capacidade

Leia mais

Instituto de Estudos Superiores da Amazônia IESAM Curso de Engenharia de Computação Turmas: X1MA e X1MB PROVA DE 2ª CHAMADA 1º BIMESTRE

Instituto de Estudos Superiores da Amazônia IESAM Curso de Engenharia de Computação Turmas: X1MA e X1MB PROVA DE 2ª CHAMADA 1º BIMESTRE Curso de Engenharia de Computação Turmas: X1MA e X1MB PROVA DE 2ª CHAMADA 1º BIMESTRE 8:00 às 11:40h Álgebra Linear Introdução a Eng. de Computação Cálculo 1 Probabilidade e Estatística Física 1 Algoritmo

Leia mais

HORÁRIO DE PROVAS 1º semestre 2012

HORÁRIO DE PROVAS 1º semestre 2012 1º PERÍODO 1ª Bimestrais 26/03 Cálculo Diferencial e Integral I 28/03 Comunicação e Expressão 29/03 Lógica para Computação 30/03 Introdução à Computação 02/04 Geometria Analítica e Vetores 03/04 Física

Leia mais

Universidade Estadual da Paraíba UEPB - Campus I Campina Grande Curso de Graduação em Computação Bacharelado

Universidade Estadual da Paraíba UEPB - Campus I Campina Grande Curso de Graduação em Computação Bacharelado COMPOSIÇÃO CURRICULAR Turno Diurno PRIMEIRO SEMESTRE Matemática Discreta I 4 60h O Algoritmos 4 60h O Metodologia Científica 4 60h O Introdução a Computação 4 60h O Ética em Computação 2 30h O Lógica para

Leia mais

Currículos dos Cursos do CCE UFV CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO. COORDENADOR DO CURSO DE CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO Jugurta Lisboa Filho jugurta@dpi.ufv.

Currículos dos Cursos do CCE UFV CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO. COORDENADOR DO CURSO DE CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO Jugurta Lisboa Filho jugurta@dpi.ufv. 132 CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO COORDENADOR DO CURSO DE CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO Jugurta Lisboa Filho jugurta@dpi.ufv.br UFV Catálogo de Graduação 2002 133 Bacharel ATUAÇÃO A Ciência da Computação se caracteriza

Leia mais

Aprovado no CONGRAD: 10.08.10 Vigência: ingressos a partir de 2011/1

Aprovado no CONGRAD: 10.08.10 Vigência: ingressos a partir de 2011/1 Aprovado no CONGRAD: 10.08.10 Vigência: ingressos a partir de 2011/1 CÓD. 207 - CURSO DE CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO Noite - Currículo nº 06 CÓD. 2509 - CURSO DE CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO Manhã e Noite - Currículo

Leia mais

RESOLUÇÃO CA Nº 007/2006

RESOLUÇÃO CA Nº 007/2006 RESOLUÇÃO CA Nº 007/2006 Aprova o Projeto Pedagógico do Curso de Bacharelado em Engenharia da Computação, da Faculdade Independente do Nordeste, com alteração curricular adequada às Diretrizes Curriculares

Leia mais

Semanais. Disciplina. Codigo Disciplina. 1º Semestre

Semanais. Disciplina. Codigo Disciplina. 1º Semestre Licenciatura em Informática com habilitação em Engenharia de Desenvolvimento de Sistemas/ Engenharia de Redes/Ensino de Informática/ Design e Multimédia Primeiro Ano (Major) Codigo Disciplina Disciplina

Leia mais

DGES DIRECÇÃO GERAL DO ENSINO SUPERIOR MINISTÉRIO DA CIÊNCIA, TECNOLOGIA E ENSINO SUPERIOR

DGES DIRECÇÃO GERAL DO ENSINO SUPERIOR MINISTÉRIO DA CIÊNCIA, TECNOLOGIA E ENSINO SUPERIOR 11. Plano de estudos: «1º Ano / 1º semestre» QUADRO N.º 2 Arquitecturas e Sistemas de Computadores CE Semestral 160 TP: 40 PL: 40 6 Algoritmos e Estruturas de Dados CE Semestral 186 TP: 46 PL: 46 7 Análise

Leia mais

Entre os elementos desejados no perfil dos egressos podem ser citados:

Entre os elementos desejados no perfil dos egressos podem ser citados: COMPETÊNCIAS E HABILIDADES Apesar do foco do curso de Engenharia de Computação da UCDB está na área de software, o profissional formado pelo curso de Engenharia da Computação deve adquirir as seguintes

Leia mais

Regulamento do Curso de. Mestrado Integrado em Engenharia Informática

Regulamento do Curso de. Mestrado Integrado em Engenharia Informática Regulamento do Curso de Mestrado Integrado em Engenharia Informática (Ciclo integrado de estudos superiores) (Registado na DGES através do n.º R/A-Cr 21/2013) Artigo 1.º Regulamento geral aplicável O Curso

Leia mais

Sistema de Controle Acadêmico. Grade Curricular. Curso : MATEMÁTICA. CRÉDITOS Obrigatórios: 138 Optativos: 36. 1º Semestre

Sistema de Controle Acadêmico. Grade Curricular. Curso : MATEMÁTICA. CRÉDITOS Obrigatórios: 138 Optativos: 36. 1º Semestre Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro Pró-reitoria de Graduação - DAARG DRA - Divisão de Registros Acadêmicos Sistema de Controle Acadêmico Grade Curricular 30/01/2014-13:16:06 Curso : MATEMÁTICA

Leia mais

RESOLUÇÃO CONSUN nº 023/2013

RESOLUÇÃO CONSUN nº 023/2013 RESOLUÇÃO CONSUN nº 023/2013 Aprova a reestruturação curricular do Curso de Engenharia de Sistemas Digitais, incluindo a alteração da sua nomenclatura para Engenharia de Computação. O CONSELHO SUPERIOR

Leia mais

Habilitação. Informática Integrado ao Ensino Médio. Componente Curricular : Técnicas de Programação para Internet I TITULAÇÃO

Habilitação. Informática Integrado ao Ensino Médio. Componente Curricular : Técnicas de Programação para Internet I TITULAÇÃO Habilitação Informática Integrado ao Ensino Médio Componente Curricular : Técnicas de Programação para Internet I TITULAÇÃO Administração de Sistemas de Informação Análise de Sistemas Análise de Sistemas

Leia mais

Proposta de Adequação de LESI- Ramo de Sistemas em Mestrado Integrado em Engenharia Electrónica e Telecomunicações. Versão 6.0

Proposta de Adequação de LESI- Ramo de Sistemas em Mestrado Integrado em Engenharia Electrónica e Telecomunicações. Versão 6.0 Proposta de Adequação de LESI- Ramo de Sistemas em Mestrado Integrado em Engenharia Electrónica e Telecomunicações Versão 6.0 Preâmbulo LESI (Ramo de Informática) LI LEI (3 anos) MEI (2 anos) LESI (Ramo

Leia mais

B Descrição da estrutura curricular e do plano de estudos

B Descrição da estrutura curricular e do plano de estudos B Descrição da estrutura curricular e do plano de estudos 1. Estabelecimento de ensino: 2. Unidade orgânica (faculdade, escola, instituto, etc,): 3. Curso: Construção Metálica e Mista 4. Grau ou diploma:

Leia mais

Mestrado em Aeronáutica Militar, na especialidade de Engenharia Aeronáutica

Mestrado em Aeronáutica Militar, na especialidade de Engenharia Aeronáutica Áreas científicas e créditos que devem ser reunidos para a obtenção do grau ou diploma: Obrigatórios Mestrado Optativos Área científica Ciências Militares Aeronáuticas Ciências Militares CMIL 30 Comando

Leia mais

DGES DIRECÇÃO GERAL DO ENSINO SUPERIOR MINISTÉRIO DA CIÊNCIA, TECNOLOGIA E ENSINO SUPERIOR

DGES DIRECÇÃO GERAL DO ENSINO SUPERIOR MINISTÉRIO DA CIÊNCIA, TECNOLOGIA E ENSINO SUPERIOR 11. Plano de estudos: 1º semestre curricular (1º ano/1º semestre) QUADRO N.º 2 CRÉD ITOS Álgebra Linear A CB semestral 140 T:30, TP: 30 5 Cálculo I CB semestral 140 T:30, TP:30 5 Tópicos de Matemática

Leia mais

Sistema de Controle Acadêmico. Grade Curricular. Curso : MATEMÁTICA. CRÉDITOS Obrigatórios: 128 Optativos: 20. 1º Semestre

Sistema de Controle Acadêmico. Grade Curricular. Curso : MATEMÁTICA. CRÉDITOS Obrigatórios: 128 Optativos: 20. 1º Semestre Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro Pró-reitoria de Graduação - DAARG DRA - Divisão de Registros Acadêmicos Sistema de Controle Acadêmico Grade Curricular 30/01/2014-13:15:29 Curso : MATEMÁTICA

Leia mais

1.2. Ramo de especialização: Automação Industrial Créditos (ECTS)

1.2. Ramo de especialização: Automação Industrial Créditos (ECTS) 1. Áreas científicas e créditos para a obtenção do grau: 1.1. Ramo de especialização: Eletrónica e Instrumentação Área Científica Sigla (ECTS) Obrigatórios Optativos (1) Matemática Mat 36 0 Física Fis

Leia mais

UNIVERSIDADE SÃO JUDAS TADEU

UNIVERSIDADE SÃO JUDAS TADEU CURSO DE ENGENHARIA DE CONTROLE E AUTOMAÇÃO CURRÍCULO PLENO BACHARELADO 1 CICLO/MÓDULO A Ciências Exatas I Cálculo Diferencial 06 0 06 120 Desenho Técnico 0 02 02 40 Física I Mecânica da Partícula 04 02

Leia mais

Bacharelado - Diurno - Formação Livre Versão curricular: D-20131 Identificador do Percurso: 01-01

Bacharelado - Diurno - Formação Livre Versão curricular: D-20131 Identificador do Percurso: 01-01 Bacharelado - Diurno - Formação Livre Versão curricular: D-20131 Identificador do Percurso: 01-01 Conclusão do curso em semestres: mínimo: 6 padrão: 8 máximo: 14 Carga horária mínima de matrícula por semestre:

Leia mais

UNOESTE - Universidade do Oeste Paulista F I P P - Faculdade de Informática de Presidente Prudente

UNOESTE - Universidade do Oeste Paulista F I P P - Faculdade de Informática de Presidente Prudente 1º TERMO NOTURNO - 2013 23/09/13 2ª feira 08:20 h B1 (DP) ALGORITMOS E TÉCNICAS DE PROGRAMAÇÃO I 23/09/13 2ª feira 19:00 h A1 ALGORITMOS E TÉCNICAS DE PROGRAMAÇÃO I 24/09/13 3ª feira 19:00 h A COMUNICAÇÃO

Leia mais

UNOESTE - Universidade do Oeste Paulista F I P P - Faculdade de Informática de Presidente Prudente

UNOESTE - Universidade do Oeste Paulista F I P P - Faculdade de Informática de Presidente Prudente 1º TERMO NOTURNO - 2009 31/03/09 3ª feira 20:50 h A ADMINISTRAÇÃO 01/04/09 4ª feira 19:00 h A1/A2 INTRODUÇÃO A COMPUTAÇÃO 02/04/09 5ª feira 19:00 h A1 LABORATÓRIO DE INFORMÁTICA I 02/04/09 5ª feira 20:50

Leia mais

ENGENHARIA DE COMPUTAÇÃO

ENGENHARIA DE COMPUTAÇÃO ENGENHARIA DE COMPUTAÇÃO 2009 1 Resumo do Curso Disciplinas N. de Créditos Carga horária Disciplinas Obrigatórias Disciplinas do CB/CTC 74 1.200 Obrigatórias da Engenharia 35 765 Obrigatórias do Curso

Leia mais

Grade Curricular - Engenharia de Computação

Grade Curricular - Engenharia de Computação Grade Curricular - Engenharia de Computação SEMESTRE 1 - Obrigatórias FCM0101 Física I 6 0 6 FFI0180 Laboratório de Física Geral I 2 0 2 SAP0678 Desenho 2 0 2 SAP0679 Humanidades e Ciências Sociais 2 0

Leia mais

Instituto de Estudos Superiores da Amazônia IESAM Curso de Bacharelado em Engenharia de Computação Turma: X1MA PROVA DE 2ª CHAMADA 1º BIMESTRE

Instituto de Estudos Superiores da Amazônia IESAM Curso de Bacharelado em Engenharia de Computação Turma: X1MA PROVA DE 2ª CHAMADA 1º BIMESTRE Curso de Bacharelado em Engenharia de Computação Turma: X1MA PROVA DE 2ª CHAMADA 1º BIMESTRE 8h às 11h40min Álgebra Linear Introdução a Eng. de Computação Cálculo 1 Probabilidade e Estatística Física 1

Leia mais

Resolução nº 015, de 03 de março de 2015.

Resolução nº 015, de 03 de março de 2015. SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL Ministério da Educação Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul Conselho Superior Resolução nº

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO RESOLUÇÃO N. 4.061, DE 30 DE SETEMBRO DE 2010

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO RESOLUÇÃO N. 4.061, DE 30 DE SETEMBRO DE 2010 SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E ETENSÃO RESOLUÇÃO N. 4.061, DE 30 DE SETEMBRO DE 2010 Aprova o Projeto Pedagógico do Curso de Bacharelado em

Leia mais

SISTEMA DE INFORMAÇÃO. COORDENADORA Iris Fabiana de Barcelos Tronto irisbarcelos@ufv.br

SISTEMA DE INFORMAÇÃO. COORDENADORA Iris Fabiana de Barcelos Tronto irisbarcelos@ufv.br SISTEMA DE INFORMAÇÃO COORDENADORA Iris Fabiana de Barcelos Tronto irisbarcelos@ufv.br UFV Catálogo de Graduação 2010 89 Bacharelado ATUAÇÃO Sistemas de Informação é um curso da área de Informática voltado

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO - PRÓ-REITORIA PARA ASSUNTOS ACADÊMICOS CURRÍCULO DO CURSO DE GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA DA COMPUTAÇÃO PERFIL

UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO - PRÓ-REITORIA PARA ASSUNTOS ACADÊMICOS CURRÍCULO DO CURSO DE GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA DA COMPUTAÇÃO PERFIL PERFIL 3001 - Válido para os alunos ingressos a partir de 2002.1 Disciplinas Obrigatórias Ciclo Geral Prát IF668 Introdução à Computação 1 2 2 45 MA530 Cálculo para Computação 5 0 5 75 MA531 Álgebra Vetorial

Leia mais

HORÁRIO DE PROVAS 2º semestre 2013

HORÁRIO DE PROVAS 2º semestre 2013 1º PERÍODO 1ª Bimestrais 11/09 Cálculo Diferencial e Integral I 27/09 Física Experimental I 30/09 Física Geral I 2ª Bimestrais 23/10 Cálculo Diferencial e Integral I 25/10 Física Experimental I 31/10 Física

Leia mais

1º PERÍODO. 07/03 2h/a Comunicação e Expressão 7h às 8h40m Geometria A. Vetores 8h40min às 10h40m. Lógica para Computação 8h40min às 10h40m

1º PERÍODO. 07/03 2h/a Comunicação e Expressão 7h às 8h40m Geometria A. Vetores 8h40min às 10h40m. Lógica para Computação 8h40min às 10h40m 1º PERÍODO semana a de carga horária Lógica para Computação Comunicação e Expressão Geometria A. Vetores in Cálculo Dif. e Integral I Física Experimental I - A Física Experimental I - B 28/03 2h/a Cálculo

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO PAULO DEPARTAMENTO DE CIÊNCIA E TECNOLOGIA - DCT. CURSO: BCT (Disciplinas Obrigatórias)

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO PAULO DEPARTAMENTO DE CIÊNCIA E TECNOLOGIA - DCT. CURSO: BCT (Disciplinas Obrigatórias) UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO PAULO DEPARTAMENTO DE CIÊNCIA E TECNOLOGIA - DCT CURSO: BCT (Disciplinas Obrigatórias) Cálculo em Várias Variáveis FUV ou Calculo I Algoritmos e Estrutura de Dados Lógica de

Leia mais

GRADE HORÁRIA 2º SEMESTRE DE 2015

GRADE HORÁRIA 2º SEMESTRE DE 2015 1 º PERÍODO - 2 º SEMESTRE TURNO:Noite SALA: N º DE ALUNOS: Introdução à Química Geral Geometria Analítica e Álgebra Linear Química Geral Geometria Analítica e Álgebra Linear PROFESSOR Introdução à Química

Leia mais

UNIVERSIDADE ESTADUAL DO CENTRO-OESTE UNICENTRO Campus CEDETEG ENSALAMENTO DOS CURSOS DE GRADUAÇÃO. Setor de Exatas e de Tecnologia - SEET

UNIVERSIDADE ESTADUAL DO CENTRO-OESTE UNICENTRO Campus CEDETEG ENSALAMENTO DOS CURSOS DE GRADUAÇÃO. Setor de Exatas e de Tecnologia - SEET CURSO DE CIÊNCIA DA COMPUÇÃO 03 ª SÉRIE º SEMESTRE MANHÃ 07h30min Vetores - Sala 7 Bloco Vetores - Sala Bloco 08h0min Vetores - Sala 7 Bloco Vetores - Sala Bloco 09h0min Vetores - Sala 7 Bloco Vetores

Leia mais

Profa. Adriana de Souza Guimarães Coordenadora do Curso de Engenharia da Computação

Profa. Adriana de Souza Guimarães Coordenadora do Curso de Engenharia da Computação 1º PERÍODO 17/03 Física Geral I 26/05 Física Geral I 18/03 Física Geral I - Dependente 27/05 Física Geral I - Dependente 18/03 Geometria Analítica e Vetores -A 27/05 Geometria Analítica e Vetores -A 19/03

Leia mais

Projeto Pedagógico do Bacharelado em Ciência da Computação. Comissão de Curso e NDE do BCC

Projeto Pedagógico do Bacharelado em Ciência da Computação. Comissão de Curso e NDE do BCC Projeto Pedagógico do Bacharelado em Ciência da Computação Comissão de Curso e NDE do BCC Fevereiro de 2015 Situação Legal do Curso Criação: Resolução CONSU no. 43, de 04/07/2007. Autorização: Portaria

Leia mais

Prof. Dr. Reinaldo Gonçalves Nogueira Escola de Engenharia Elétrica, Mecânica e de Computação Diretor

Prof. Dr. Reinaldo Gonçalves Nogueira Escola de Engenharia Elétrica, Mecânica e de Computação Diretor À PROGRAD: Prof.ª Sandramara Matias Chaves Goiânia, 22 de Novembro de 2013 Em reunião no dia 22 de Novembro de 2013, o Conselho Diretor da EMC, aprovou a alteração do Anexo 1 da Resolução CEPEC 765/2005,

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO CIÊNCIAS E TECNOLOGIA CAMPUS Bambuí

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO CIÊNCIAS E TECNOLOGIA CAMPUS Bambuí 45 APÊNDICE B - MATRIZ CURRICULAR 1º Período Sigla Disciplina CHT 1 CHP 2 CH Total Pré-requisitos AED1 Algoritmos e Estruturas de Dados I 40 40 80 - CALC1 Cálculo I 80-80 - FC Fundamentos da Computação

Leia mais

SÍNTESE PROJETO PEDAGÓGICO. Curso: CST em ANÁLISE E DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS. Missão. Objetivo Geral. Objetivos Específicos

SÍNTESE PROJETO PEDAGÓGICO. Curso: CST em ANÁLISE E DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS. Missão. Objetivo Geral. Objetivos Específicos SÍNTESE PROJETO PEDAGÓGICO Curso: CST em ANÁLISE E DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS Missão Formar profissionais na área de Análise e Desenvolvimento de Sistemas cônscios de sua responsabilidade social, ética

Leia mais

Técnico em Informática

Técnico em Informática Técnico em Informática Desenvolvimento de Software, I e II Administração de Administrativos em Processamento de Análise de Científica Design Digital Engenharia da Engenharia de Física - Opção Informática

Leia mais

ESTRUTURA CURRICULAR DO CURSO DE ENGENHARIA ELÉTRICA DO TURNO NOTURNO PARA TURMAS A PARTIR DE JULHO DE 2013

ESTRUTURA CURRICULAR DO CURSO DE ENGENHARIA ELÉTRICA DO TURNO NOTURNO PARA TURMAS A PARTIR DE JULHO DE 2013 ESTRUTURA CURRICULAR DO CURSO DE ENGENHARIA ELÉTRICA DO TURNO NOTURNO PARA TURMAS A PARTIR DE JULHO DE 2013 Curso de Bacharelado em Engenharia Elétrica Vagas no Vestibular: 40 (quarenta) regime semestral

Leia mais

UNIVERSIDADE PRESBITERIANA MACKENZIE

UNIVERSIDADE PRESBITERIANA MACKENZIE UNIVERSIDADE PRESBITERIANA MACKENZIE FACULDADE DE COMPUTAÇÃO E INFORMÁTICA PROVAS FINAIS CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO º Semestre de 20 TRONCO COMUM CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO, SISTEMAS DE INFORMAÇÃO E TECNOLOGIA EM

Leia mais

3ª ETAPA - TURMAS Y DIAS 24/09/12 25/09/12 26/09/12 27/09/12 28/09/12 01/10/12 02/10/12 03/10/12 04/10/12 05/10/12

3ª ETAPA - TURMAS Y DIAS 24/09/12 25/09/12 26/09/12 27/09/12 28/09/12 01/10/12 02/10/12 03/10/12 04/10/12 05/10/12 1ª ETAPA - TURMA E CÁLCULO DIFERENCIAL E INTEGRAL I PAIE 3 CIÊNCIAS DO AMBIENTE PAIE 3 ÉTICA E CIDADANIA I PAIE 3 FÍSICA GERAL I PAIE 3 GEOMETR ANALITICA E VETORES PAIE 3 COMPUTAÇÃO, ALGORITMOS E PROGRAMAÇÃO

Leia mais

Curso: ENGENHARIA AMBIENTAL E SANITÁRIA Curriculo: 0002-B DISCIPLINAS EM OFERTA 1º Semestre de 2016 - NOT

Curso: ENGENHARIA AMBIENTAL E SANITÁRIA Curriculo: 0002-B DISCIPLINAS EM OFERTA 1º Semestre de 2016 - NOT GR02149 GR02152 GR02161 GR02173 GR02177 SEMESTRE 1 Carga Horária Docentes Algoritmos Computacionais 72.00 Não ofertada no 1º semestre de 2016 Cálculo Fundamental 72.00 Não ofertada no 1º semestre de 2016

Leia mais

UNIVERSIDADE ESTADUAL DO RIO GRANDE DO SUL - UERGS RESOLUÇÃO CONEPE nº 007/2013

UNIVERSIDADE ESTADUAL DO RIO GRANDE DO SUL - UERGS RESOLUÇÃO CONEPE nº 007/2013 RESOLUÇÃO CONEPE nº 007/2013 Aprova o Projeto Pedagógico do Curso de Engenharia de Computação e dá outras providências. O Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão da Universidade Estadual do Rio Grande

Leia mais

FACULDADE METROPLITANA DA AMAZÔNIA-FAMAZ COORDENAÇÃO DE ENGENHARIA CIVIL CALENDÁRIO DE PROVAS DA 1ª AVALIAÇÃO CURSO: ENGENHARIA CIVIL

FACULDADE METROPLITANA DA AMAZÔNIA-FAMAZ COORDENAÇÃO DE ENGENHARIA CIVIL CALENDÁRIO DE PROVAS DA 1ª AVALIAÇÃO CURSO: ENGENHARIA CIVIL CALENDÁRIO DE PROVAS DA 1ª AVALIAÇÃO TURMA: 450116 - SALA: 102 Bloco I TURNO: VESPERTINO 1º PERÍODO (1º semestre/2014) 1ª Avaliação Regimental Fundamentos da Engenharia 20.03.2014 14:00 às 17:30 Comportamento

Leia mais

Curso : Curso de Especialização Tecnológica em Projectos e Instalação de Redes Locais de Computadores Codigo:7178

Curso : Curso de Especialização Tecnológica em Projectos e Instalação de Redes Locais de Computadores Codigo:7178 Curso : Curso de Especialização Tecnológica - Banca e Seguros Codigo:7103 1 Anual 301519 Inglês Empresarial 1 Anual 301520 Tecnologias de Informação 1 Anual 301521 Atendimento de Qualidade 1 Anual 301522

Leia mais

REGIME DE TRANSIÇÃO DO CURSO DE LICENCIATURA EM MATEMÁTICA APLICADA PARA O CURSO DE LICENCIATURA EM ESTATÍSTICA E APLICAÇÕES

REGIME DE TRANSIÇÃO DO CURSO DE LICENCIATURA EM MATEMÁTICA APLICADA PARA O CURSO DE LICENCIATURA EM ESTATÍSTICA E APLICAÇÕES REGIME DE TRANSIÇÃO DO CURSO DE LICENCIATURA EM MATEMÁTICA APLICADA PARA O CURSO DE LICENCIATURA EM ESTATÍSTICA E APLICAÇÕES Normas regulamentares Artigo 1º Objecto O presente documento apresenta as normas

Leia mais

Reestruturação do MEIC e ano lec9vo de 2015/16

Reestruturação do MEIC e ano lec9vo de 2015/16 Reestruturação do MEIC e ano lec9vo de 2015/16 6 de Junho de 2015 Material disponível no Fénix Reestruturação MEIC resumo ( Anúncios, 21 Jan.) explicação sobre a reestruturação, novas especializações,

Leia mais

COERÊNCIA DO CURRÍCULO DO CURSO DE ENGENHARIA DE COMPUTAÇÃO EM FACE DAS DIRETRIZES CURRICULARES NACIONAIS

COERÊNCIA DO CURRÍCULO DO CURSO DE ENGENHARIA DE COMPUTAÇÃO EM FACE DAS DIRETRIZES CURRICULARES NACIONAIS COERÊNCIA DO CURRÍCULO DO CURSO DE ENGENHARIA DE COMPUTAÇÃO EM FACE DAS DIRETRIZES CURRICULARES NACIONAIS O documento que serviu de base para a análise a seguir é o denominado "Diretrizes Curriculares

Leia mais

ÁREA DISCIPLINAR DE CIÊNCIA E TECNOLOGIA DA PROGRAMAÇÃO. Tem sob a sua responsabilidade as seguintes unidades curriculares:

ÁREA DISCIPLINAR DE CIÊNCIA E TECNOLOGIA DA PROGRAMAÇÃO. Tem sob a sua responsabilidade as seguintes unidades curriculares: ÁREA DISCIPLINAR DE CIÊNCIA E TECNOLOGIA DA PROGRAMAÇÃO e Inteligência Artificial Aplicada a Jogos, com 6 Paradigmas de Programação I, com 9 Paradigmas de Programação II, com 9 Algoritmos e Estrutura de

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE JUIZ DE FORA

UNIVERSIDADE FEDERAL DE JUIZ DE FORA UNIVERSIDADE FEDERAL DE JUIZ DE FORA Curso de Graduação em Engenharia Ambiental e Sanitária Matriz Curricular válida a partir de 2016_3 Reestruturação Aprovada em janeiro de 2016 Natureza Horas-aula Disciplinas

Leia mais

Curso de Engenharia Formação Geral 1º e 2º anos

Curso de Engenharia Formação Geral 1º e 2º anos Curso de Engenharia Formação Geral 1º e 2º anos DISCIPLINA 1º Bimestre Introdução à Engenharia 40 Informática 40 Matemática 80 Produção de Textos 40 2º Bimestre Cálculo I 80 Física I 80 Inglês 20 Metodologia

Leia mais

Curso de Engenharia. Formação Geral 1º e 2º anos

Curso de Engenharia. Formação Geral 1º e 2º anos Curso de Engenharia Formação Geral 1º e 2º anos DISCIPLINA 1º Bimestre Introdução à Engenharia Informática Matemática Produção de Textos 2º Bimestre Cálculo I Física I Inglês Metodologia Científica 3º

Leia mais

UNIVERSIDADE DE CAXIAS DO SUL

UNIVERSIDADE DE CAXIAS DO SUL ENGENHARIA DE CONTROLE E AUTOMAÇÃO (147G) - Equivalências entre disciplinas Observações: A tabela a seguir contém disciplinas que são consideradas equivalentes (na coluna à direita) às disciplinas do currículo

Leia mais

UNIVERSIDADE TÉCNICA DE MOÇAMBIQUE UDM DIRECÇÃO ACADÉMICA ÁREA DE FORMAÇÃO EM CIÊNCIAS TECNOLÓGICAS CURRÍCULO DO CURSO

UNIVERSIDADE TÉCNICA DE MOÇAMBIQUE UDM DIRECÇÃO ACADÉMICA ÁREA DE FORMAÇÃO EM CIÊNCIAS TECNOLÓGICAS CURRÍCULO DO CURSO UNIVERSIDADE TÉCNICA DE MOÇAMBIQUE UDM DIRECÇÃO ACADÉMICA ÁREA DE FORMAÇÃO EM CIÊNCIAS TECNOLÓGICAS CURRÍCULO DO CURSO LICENCIATURA EM ENGENHARIA E GESTÃO DE TECNOLOGIA DE INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO ( T

Leia mais

Ramos de especialização

Ramos de especialização Ramos de especialização Curso de Engenharia Informática Que ramo escolho? Coordenação de Curso de Engenharia Informática Apoio: Núcleo de Eng. Informática http://tr.im/einformaticacurso de Engenharia Informática

Leia mais

EXAMES - 2º Semestre Ano lectivo 2011/2012 CURSO: ARTE E MULTIMÉDIA

EXAMES - 2º Semestre Ano lectivo 2011/2012 CURSO: ARTE E MULTIMÉDIA CURSO: ARTE E MULTIMÉDIA Estética das Artes Visuais Práticas Cerâmicas Projecto Multimédia II / Portofólio História das Artes e do Design em Portugal 10 28 3 3+4 Laboratório Multimédia II 28 Desenho/Laboratório

Leia mais

HORÁRIO SEGUNDA TERÇA QUARTA QUINTA SEXTA

HORÁRIO SEGUNDA TERÇA QUARTA QUINTA SEXTA 1º A 2016 Noturno Central 1S/2016 Introdução à Engenharia de Controle à Automação Lógica e Matemática Discreta Física Geral Física Geral Fundamentos de Cálculo Lógica e Matemática Discreta Algoritmos e

Leia mais

A Reestruturação da Licenciatura em Engenharia Informática de 2013. Junho de 2013

A Reestruturação da Licenciatura em Engenharia Informática de 2013. Junho de 2013 A Reestruturação da Licenciatura em Engenharia Informática de 2013 Junho de 2013 1. Introdução Como todas as grandes licenciaturas do IST, a Licenciatura em Engenharia Informática e de Computadores (LEIC)

Leia mais

EXAMES - 2º Semestre Ano lectivo 2013/2014 CURSO: ARTE E MULTIMÉDIA (1º Ciclo)

EXAMES - 2º Semestre Ano lectivo 2013/2014 CURSO: ARTE E MULTIMÉDIA (1º Ciclo) CURSO: ARTE E MULTIMÉDIA (1º Ciclo) Antropologia Cultural Estética das Artes Visuais Práticas Cerâmicas História das Artes e do Design Contemporâneos 1 3 1 A1 Laboratório Multimédia II Sociologia da Cultura,

Leia mais

Judith Abi Rached Cruz Judith Abi Rached Cruz Ivanildo Alyrio Cardoso Filho Alyrio Cardoso Filho Alexandre Berndt

Judith Abi Rached Cruz Judith Abi Rached Cruz Ivanildo Alyrio Cardoso Filho Alyrio Cardoso Filho Alexandre Berndt Estado de Mato Grosso Secretaria de Estado de Ciência, Tecnologia e Educação Superior Universidade do Estado de Mato Grosso Campus Universitário de Barra do Bugres Faculdade de Ciências Exatas e Tecnológicas

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO Resolução n 70/ 2011 Aprova o Projeto Pedagógico do Curso de Matemática Computacional, Bacharelado

Leia mais

CURSO DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO

CURSO DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO 1 CURSO DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO EMENTÁRIO DAS DISCIPLINAS 2009.1A Atualizado em 10 de junho BRUSQUE de 2013 pela Assessoria (SC) de Desenvolvimento 2013 2 SUMÁRIO 1ª FASE... 4 01 ADMINISTRAÇÃO GERAL...

Leia mais

DGES DIRECÇÃO GERAL DO ENSINO SUPERIOR MINISTÉRIO DA CIÊNCIA, TECNOLOGIA E ENSINO SUPERIOR

DGES DIRECÇÃO GERAL DO ENSINO SUPERIOR MINISTÉRIO DA CIÊNCIA, TECNOLOGIA E ENSINO SUPERIOR B ESTRUTURA CURRICULAR E PLANO DE ESTUDOS 1. Estabelecimento de ensino: 2. Unidade orgânica (faculdade, escola, instituto, etc.):. Curso: Engenharia e Tecnologia de Materiais 4. Grau ou diploma: Licenciatura

Leia mais

1ª ETAPA - TURMA E e F

1ª ETAPA - TURMA E e F Atualizado em: 20/05/2013 1/7 CÁLCULO DIFERENCIAL E INTEGRAL I PF 3 CIÊNCIAS DO AMBIENTE PF 3 ÉTICA E CIDADANIA I PF 3 FÍSICA GERAL I PF 3 GEOMETRIA ANALITICA E VETORES PF 3 COMPUTAÇÃO, ALGORITMOS E PROGRAMAÇÃO

Leia mais

Europass-Curriculum Vitae

Europass-Curriculum Vitae Europass-Curriculum Vitae Informação pessoal Apelido(s) / Nome(s) próprio(s) Armindo Lopez Gomez Morada(s) Rua Estado da Índia, Nº 702, 2º Esq., Bloco A, 4430-094 VILA NOVA DE GAIA, PORTUGAL Telefone(s)

Leia mais

CURSO DE LICENCIATURA EM COMPUTAÇÃO

CURSO DE LICENCIATURA EM COMPUTAÇÃO SERVIÇO PÚBLIO FERAL MINISTÉRIO DA UAÇÃO INSTITUTO FERAL DE UAÇÃO, IÊNIA E TENOLOGIA SERTÃO PERNAMBUANO DIREÇÃO DE ENSINO DEPARTAMENTO DE ENSINO SUPERIOR URSO DE LIENIATURA EM OMPUTAÇÃO. Perfil do urso

Leia mais

Ementas Disciplinas Eletivas

Ementas Disciplinas Eletivas Ementas Disciplinas Eletivas INFORMÁTICA Administração de Redes CH: 60 h Créditos: 2.1.0 Pré-requisito(s): Redes de Computadores II Conceitos e políticas de administração de redes. Gerência de redes e

Leia mais

Curso: Bacharelado em Informática. Instituto de Ciências Matemáticas e de Computação

Curso: Bacharelado em Informática. Instituto de Ciências Matemáticas e de Computação Curso: Bacharelado em Informática Instituto de Ciências Matemáticas e de Computação Informações Básicas do Currículo Duração Ideal 8 semestres Mínima 6 semestres Máxima 14 semestres Carga Horária Aula

Leia mais

Sistema de Controle Acadêmico. Grade Curricular. Curso : ENGENHARIA DE MATERIAIS. CRÉDITOS Obrigatórios: 204 Optativos: 15.

Sistema de Controle Acadêmico. Grade Curricular. Curso : ENGENHARIA DE MATERIAIS. CRÉDITOS Obrigatórios: 204 Optativos: 15. Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro Pró-reitoria de Graduação - DAARG DRA - Divisão de Registros Acadêmicos Sistema de Controle Acadêmico Grade Curricular 30/01/2014-13:25:50 Curso : ENGENHARIA

Leia mais

ENGENHARIA DA COMPUTAÇÃO

ENGENHARIA DA COMPUTAÇÃO ENGENHARIA DA COMPUTAÇÃO SOBRE O CURSO Com a revolução tecnológica, não é só o mundo que muda, mas a área de tecnologia também. O Engenheiro de Computação é um profissional fundamental para que essa evolução

Leia mais

Fundação Comunitária de Ensino Superior de Itabira Grade Curricular. Faculdade de Ciências Administrativas e Contábeis de Itabira

Fundação Comunitária de Ensino Superior de Itabira Grade Curricular. Faculdade de Ciências Administrativas e Contábeis de Itabira Renovação de Reconhecimento - Portaria Nº 653 de 02/06/10 - DOU: 04/06/10. Emissão: 08/07/15 :34 Página: 1/5 0 GSI0 Libras () 0 GSI067 Gestão de Serviços () 0 GSI068 Jogos Empresariais () 0 GSI069 Administração

Leia mais

DELIBERAÇÃO CONSEP Nº 144/2012

DELIBERAÇÃO CONSEP Nº 144/2012 DELIBERAÇÃO CONSEP Nº 144/2012 Altera o Currículo do Curso de Engenharia Civil para regime seriado semestral. O CONSELHO DE ENSINO E PESQUISA, na conformidade do Processo nº CIV- 574/2012, aprovou e eu

Leia mais

Mestrado em Aeronáutica Militar, na especialidade de Engenharia de Aeródromos

Mestrado em Aeronáutica Militar, na especialidade de Engenharia de Aeródromos Áreas científicas e créditos que devem ser reunidos para a obtenção do grau ou diploma: Obrigatórios Mestrado Optativos Área científica Sigla Ciências Militares Aeronáuticas Ciências Militares CMIL 30

Leia mais

DELIBERAÇÃO CONSEP Nº 145/2012

DELIBERAÇÃO CONSEP Nº 145/2012 DELIBERAÇÃO CONSEP Nº 145/2012 Altera o Currículo do Curso de Engenharia Ambiental e Sanitária para regime seriado semestral. O CONSELHO DE ENSINO E PESQUISA, na conformidade do Processo nº CIV- 575/2012,

Leia mais

Universidade Federal de Juiz de Fora - UFJF Centro de Gestão do Conhecimento Organizacional - CGCO Sistema Integrado de Gestão Acadêmica - SIGA

Universidade Federal de Juiz de Fora - UFJF Centro de Gestão do Conhecimento Organizacional - CGCO Sistema Integrado de Gestão Acadêmica - SIGA 1 ALGORITMOS 1 DCC009 E 2 MAT154 CÁLCULO I 1 MAT113 MAT154E 3 MAT155 GEOMETRIA ANALÍTICA E SISTEMAS LINEARES 1 MAT111 MAT155E 4 CEL064 INTRODUÇÃO À ENGENHARIA ELÉTRICA 1 CEL047 5 LABORATÓRIO DE PROGRAMAÇÃO

Leia mais

PERÍODO DISCIPLINA CH PRÉ-REQUISITO

PERÍODO DISCIPLINA CH PRÉ-REQUISITO MATRIZ CURRICULAR DO CURSO DE LICENCIATURA EM FÍSICA PERÍODO DISCIPLINA CH PRÉ-REQUISITO Psicologia da Educação 60 Integral I 90 Vetorial e Geometria Analítica 60 1 o. Semestre Português Instrumental 60

Leia mais

Curso Superior de Tecnologia em Análise e Desevolvimento de Sistemas CÂMPUS GASPAR

Curso Superior de Tecnologia em Análise e Desevolvimento de Sistemas CÂMPUS GASPAR Curso Superior de Tecnologia em Análise e Desevolvimento de Sistemas CÂMPUS GASPAR MATRIZ CURRICULAR Módulo/Semestre 1 Carga horária total: 400h Unidade Curricular C/H Semestral Pré-Requisito Matemática

Leia mais

SELEÇÃO DE TUTORES A DISTÂNCIA 2016.2 ANEXO I DISCIPLINA/PERFIL DO CANDIDATO/NÚMERO DE VAGAS/ CR VAGA= Vaga imediata CR = Cadastro de Reserva

SELEÇÃO DE TUTORES A DISTÂNCIA 2016.2 ANEXO I DISCIPLINA/PERFIL DO CANDIDATO/NÚMERO DE VAGAS/ CR VAGA= Vaga imediata CR = Cadastro de Reserva SELEÇÃO DE TUTORES A DISTÂNCIA 26.2 ANEXO I Grupo : Geometria e Números Complexos Construções Geométricas Geometria Plana Geometria Espacial Números Complexos Grupo 2: Matemática Financeira Matemática

Leia mais

Universidade Federal de São Paulo Campus São José dos Campos LISTA DE DISCIPLINAS DA GRADUAÇÃO

Universidade Federal de São Paulo Campus São José dos Campos LISTA DE DISCIPLINAS DA GRADUAÇÃO A B C Álgebra Linear Álgebra Linear Computacional Álgebra Linear II Algoritmos e Estrutura de Dados I Algoritmos e Estrutura de Dados II Algoritmos em Bioinformática Alteridade e Diversidade no Brasil

Leia mais

SUPLEMENTO II SÉRIE ÍNDICE PARTE E. Terça-feira, 14 de Agosto de 2007 Número 156. Escola Superior de Hotelaria e Turismo do Estoril

SUPLEMENTO II SÉRIE ÍNDICE PARTE E. Terça-feira, 14 de Agosto de 2007 Número 156. Escola Superior de Hotelaria e Turismo do Estoril II SÉRIE DIÁRIO DA REPÚBLICA Terça-feira, 14 de Agosto de 2007 Número 156 ÍNDICE PARTE E SUPLEMENTO Escola Superior de Hotelaria e Turismo do Estoril Despacho n.º 18 161-A/2007: Adequação do curso de Informação

Leia mais

Aprovado no CONGRAD: 11.09.07 Vigência: ingressos a partir de 2008/1. CÓD. 483 CURSO DE ENGENHARIA DE PRODUÇÃO Currículo nº 02

Aprovado no CONGRAD: 11.09.07 Vigência: ingressos a partir de 2008/1. CÓD. 483 CURSO DE ENGENHARIA DE PRODUÇÃO Currículo nº 02 Aprovado no CONGRAD: 11.09.07 Vigência: ingressos a partir de 2008/1 CÓD. 483 CURSO DE ENGENHARIA DE PRODUÇÃO Currículo nº 02 DISCIPLINAS E PRÁTICAS DO CURRÍCULO PLENO I- NÚCLEO DOS CONTEÚDOS BÁSICOS Matemática

Leia mais

O NOVO CURRÍCULO DO BACHARELADO EM MATEMÁTICA ÊNFASE APLICADA E COMPUTACIONAL

O NOVO CURRÍCULO DO BACHARELADO EM MATEMÁTICA ÊNFASE APLICADA E COMPUTACIONAL O NOVO CURRÍCULO DO BACHARELADO EM MATEMÁTICA ÊNFASE APLICADA E COMPUTACIONAL As alterações curriculares presentes neste currículo, ora propostas pela COMGRAD da Matemática, foram originalmente sugeridas

Leia mais

CURSO DE ENGENHARIA CIVIL. CÓD. 1551 Tarde/Noite - Currículo nº 03 CÓD. 3655 Manhã - Currículo nº 02 MATRIZ CURRICULAR

CURSO DE ENGENHARIA CIVIL. CÓD. 1551 Tarde/Noite - Currículo nº 03 CÓD. 3655 Manhã - Currículo nº 02 MATRIZ CURRICULAR Aprovado no CONGRAD de 26.08.14 Vigência: ingressos a partir de 2015/1 CURSO DE ENGENHARIA CIVIL CÓD. 1551 Tarde/Noite - Currículo nº 03 CÓD. 3655 Manhã - Currículo nº 02 MATRIZ CURRICULAR CÓD. DISCIPLINAS

Leia mais

DELIBERAÇÃO CONSEP Nº 148/2012

DELIBERAÇÃO CONSEP Nº 148/2012 DELIBERAÇÃO CONSEP Nº 148/2012 Altera o Currículo do Curso de Engenharia Aeronáutica para regime seriado semestral. O CONSELHO DE ENSINO E PESQUISA, na conformidade do Processo nº MEC-480/2012, aprovou

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO CEARÁ PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO CAMPUS DE SOBRAL

UNIVERSIDADE FEDERAL DO CEARÁ PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO CAMPUS DE SOBRAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO CEARÁ PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO CAMPUS DE SOBRAL INTEGRALIZAÇÃO CURRICULAR (Currículo 2006.2) Agosto de 2010 Hodiernamente não mais se concebe que a formação do futuro profissional

Leia mais

4.2 - Instruções Específicas de Matrícula no Curso

4.2 - Instruções Específicas de Matrícula no Curso 1 4 - Seu Curso 4.1 - Informações Específicas sobre o Curso 4.1.1 - Objetivos Sólida formação nos conceitos da eng. mecânica, eletro-eletrônica, informática e controle; Preparo técnico e psicológico dos

Leia mais

DELIBERAÇÃO CONSEP Nº 149/2012

DELIBERAÇÃO CONSEP Nº 149/2012 DELIBERAÇÃO CONSEP Nº 149/2012 Altera o Currículo do Curso de Engenharia de Controle e Automação para regime seriado semestral. O CONSELHO DE ENSINO E PESQUISA, na conformidade do Processo nº MEC-481/2012,

Leia mais

CATÁLOGO DO CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM GESTÃO DA TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO

CATÁLOGO DO CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM GESTÃO DA TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO CATÁLOGO DO CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM GESTÃO DA TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO ATOS LEGAIS DO CURSO: Nome do Curso: Curso Superior de Tecnologia em Gestão da Tecnologia da Informação Nome da Mantida: Centro

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO Habilitação: Bacharel em Sistemas de Informação Cálculo I - 90 6 Lógica - Programação I - 90 6 1º. Fundamentos de Sistemas de Informação - Metodologia da Pesquisa - 30 2 Comunicação Empresarial - 30 2

Leia mais

Gaspar Manuel Rocha Brogueira. Desenvolvimento de Software

Gaspar Manuel Rocha Brogueira. Desenvolvimento de Software Curriculum Vitae INFORMAÇÃO PESSOAL Gaspar Manuel Rocha Brogueira Rua de São Martinho, N.º 15, 2150-153 Golegã (Portugal) 912505559 gasparmrb@gmail.com http://gasparbrogueira.web44.net Sexo Masculino Data

Leia mais

Curso: Engenharia de Produção Mecânica. Escola de Engenharia de São Carlos

Curso: Engenharia de Produção Mecânica. Escola de Engenharia de São Carlos Curso: Engenharia de Mecânica Escola de Engenharia de São Carlos Informações Básicas do Currículo Duração Ideal - 10 semestres Mínima - 8 semestres Máxima - 18 semestres Carga Horária Aula Trabalho Subtotal

Leia mais

Ementas Disciplinas Obrigatórias

Ementas Disciplinas Obrigatórias Ementas Disciplinas Obrigatórias INFORMÁTICA Algoritmos I Resolução de problemas e desenvolvimento de algoritmos: análise do problema, estratégias de solução e representação. Estruturação e modularização.

Leia mais