Página 1 de 5. I. Defensivos Agrícolas. Representante ANDEF. (10 minutos)

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Página 1 de 5. I. Defensivos Agrícolas. Representante ANDEF. (10 minutos)"

Transcrição

1 Dados da Reunião Câmara: Câmara Temática de Insumos Agropecuários Título: Reunião Ordinária N. 73 Local: ASBAC - Setor de Clube Sul, Trecho 2, Conjunto 31 Data da reunião: 27/05/2014 Hora de início: 10:00 Hora de encerramento: 17:00 Pauta da Reunião 10:00 - Abertura da Reunião. Presidente e Secretário da CTIA. 10:15 - Aprovação da Ata da Reunião Anterior e Informes da Secretaria. 10:20 - Cadastro Ambiental Rural. Representante do Ministério do Meio Ambiente. 11:00 - Informações sobre a Consulta Pública da Instrução Normativa de Fertilizantes Minerais. Representante do DFIA/SDA/MAPA. 11:30 - CONJUNTURA. I. Defensivos Agrícolas. Representante ANDEF. (10 minutos) II. Fertilizantes. Representante ANDA. (10 minutos) III. Sementes. Representante da ABRASEM. (10 minutos) IV. Mercado PET. (10 minutos) V. Saúde Animal. Representante do SINDAN. (10 minutos) VI. Rações. Representante SINDIRAÇÕES. (10 minutos) VII. Suplementos Minerais. Representante ASBRAM. (10 minutos) VIII. Distribuição de Insumos Agropecuários. Representante ANDAV (10 minutos) 12:00 - Almoço. 14:00 - Regulamentação dos artigos 5º a 11º da Lei , de 02 de abril de 2013, que instituiu o Regime Especial de Incentivo ao Desenvolvimento da Infraestrutura da Indústria de Fertilizantes (informações). 14:30 - Semana dos Alimentos Orgânicos Representante da ANDEF. 15:00 - Assuntos Gerais. 16:00 - Encerramento. Lista de Participantes Nome Entidade Frq Assinatura 1 Luiz Antonio Pinazza ABAG PR 2 OSCAR AFONSO DA SILVA JUNIOR PR 3 SAMARONE FORTUNATO MARINS ARITA CGAC/SE/MAPA PR 4 ARI GITZ ABC Bio PR 5 Clorialdo Roberto Levrero ABISOLO PR 6 Roberto Carsalade Queiroga ACEBRA PR 7 Tulio Teixeira de Oliveira AENDA PR 8 Henrique Mazotini ANDAV PR 9 Marcio Braga de Rezende ANDAV PR 10 Eduardo Daher ANDEF PR 11 Solon Cordeiro de Araujo ANPII PR 12 Elizabeth Chagas ASBRAM PR Página 1 de 5

2 13 Carlos Henreique Facciolli BB PR 14 Alécio Marósrica CNA PR 15 Asdrúbal de Carvalho Jacobina CONAB PR 16 Diego Kyochi Katayama de Souza FAEP PR 17 Vitor Ludvig Bumbieris MF PR 18 Fabiano Chaves da Silva MPOG PR 19 Pedro Rodrigues Alves Silveira OCB PR 20 Paulo Henrique Pedroza e Silva SINDAN PR 21 Carlos Alberto Pereira de Albuquerque SINDIRAÇÕES PR 22 Silvia de Toledo Fagnani Ligabó SINDIVEG PR Desenvolvimento Ocorreu a leitura da ata: Desenvolvimento Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento Sim PR - presente / CO - convidado 1. Abertura (Presidente, Secretário-Executivo e Consultor da CTIA); Às dez horas, do dia 27 de maio de 2014, no auditório da Sede da ASBAC - Associação dos Servidores do Banco Central, em Brasília DF, foi aberta a septuagésima terceira Reunião Ordinária da Câmara Temática da Cadeia Produtiva de Insumos Agropecuários, pelo Presidente da Câmara Luiz Antonio Pinazza. 2. Leitura e Aprovação da Ata da Reunião Anterior; A ata foi aprovada por unanimidade. 3. Informes da Secretaria. A pedido do Presidente Luiz Antonio Pinazza, Eduardo Daher, representante da ANDEF, comentou sobre o decorrer da Consulta Pública 02, feita pela ANVISA, em Explicou que o Presidente da Agência, Dirceu Barbano, firmou compromisso de que a CP não sairá de forma intempestiva. Ressaltou a todos que o pleito da indústria de defensivos agrícolas é para que haja agilidade no processo de avaliação e registro de produtos e que uma flexibilização do sistema regulatório não é de interesse do setor. A principal sugestão é de que o marco regulatório brasileiro siga os modelos dos países produtores de alimentos, e não de países importadores. Luiz Pinazza informou sobre o documento que será entregue aos presidenciáveis onde são listados cinco pontos considerados de maior importância para o desenvolvimento do agronegócio do país. Destacou que o avanço do modelo sustentável do agro depende de pesquisa, inovação e de um novo marco regulatório. Elizabeth Chagas, da ASBRAM, sugeriu que seja incluído no documento a necessidade de o Brasil avaliar e cuidar do que é divulgado sobre o país no exterior, a fim de dar publicidade à produção rural que é referência mundial e um modelo a ser seguido. 3. Cadastro Ambiental Rural. Leonardo Zandonadi Moura, representante do Ministério do Meio Ambiente, apresentou a estratégia de implantação do CAR. Sinalizou que ainda há trabalho a fazer até que se alcance Página 2 de 5

3 a padronização do sistema e que a regularização ambiental deve ser finalizada em Questionado por Roberto Queiroga, da ACEBRA, sobre de que forma as entidades poderiam contribuir para o processo, o representante do MMA explicou que pode ser feito um termo de cooperação técnica, que visa, principalmente, a divulgação e capacitação. Leonardo informou que a meta é formar 30 mil pessoas, em um ano, em parceria com a Universidade de Lavras (MG). O Presidente Pinazza convidou o representante do MMA a participar das reuniões da CTIA, Câmara da qual o Ministério já é membro, e informou que o tema regularização das propriedades estará na pauta da próxima reunião ordinária, pois interfere diretamente na questão do crédito rural. 4. Conjuntura. - Mercado PET André Ferreira, representante da ABINPET, informou que o Brasil é o segundo maior mercado do mundo na indústria PET, sendo que PET food representa 65,7% de todo o mercado brasileiro. Em 2013, o setor chegou a R$ 15,2 bilhões; se incluir os criadouros, alcança o total de R$ 18,7 bilhões. A exportação cresceu 25,8% de 2012 para 2013 e a expectativa é de crescimento de 7% em Suplementos Minerais Elizabeth Chagas informou que a previsão é de alta em 2014, mas ainda como recuperação da crise dos últimos anos. O setor ainda não foi contemplado com a isenção do PIS/COFINS. O volume do rebanho suplementado ainda é pequeno e o pecuarista precisa se conscientizar sobre a necessidade de se tecnificar. Em 2014, o setor pode recuperar o nível de Fertilizantes Mato Grosso, São Paulo e Paraná continuam na liderança em relação à entrega de fertilizantes no período de janeiro a abril deste ano, mas a região conhecida por MAPITOBA vem apresentando índices exponenciais. A produção nacional está recuando e a importação crescendo, o que significa que está havendo uma desindustrialização por conta, principalmente, do câmbio. De janeiro a abril o crescimento foi de 8,11%. - Rações O representante do SINDA comentou sobre o documento que foi entregue ao Ministro Neri Geller e que trata de diversos temas como defensivos agrícolas, seguro rural, CAR, entre outros. Informou que em 23 de julho próxima completará 10 anos da medida que beneficia o setor agropecuário. - Distribuição de Insumos Agropecuários Henrique Mazotini fez uma apresentação sobre a entidade e um mapeamento do setor de distribuição de insumos agrícolas e veterinários a fim de traçar estratégias conjuntas com os demais setores da Câmara. Informou que os canais de distribuição estão mais distribuídos pelos estados do centro-oeste, sul e sudeste. Disse que 50% da receita de algumas revendas está em fertilizantes e que sementes e nutrição estão crescendo fortemente. Por fim, Página 3 de 5

4 comentou que 81% da comercialização de insumos é feita pelas revendas e 19% feita através de cooperativas. 5. Semana dos Alimentos Orgânicos Antonio Carlos Moreira, representante da ANDEF, alertou os membros representantes das entidades que compõem a CTIA sobre a Campanha Brasil Orgânico e Sustentável, organizada por órgãos de governo. Ele externou a preocupação do setor de defensivos agrícolas sobre a narrativa de o projeto optar por um discurso que contraponha o modelo de agricultura orgânica em detrimento da agricultura convencional, visto que o Ministério da Agricultura contempla todos os modelos de produção e deve fortalecer cada um deles. Apresentou a evolução científica dos produtos químicos e a preocupação do setor de defensivos agrícolas em promover o uso correto dos produtos. Pediu apoio ao membros da Câmara a fim de monitorar a campanha e o discurso que será adotado. 6. Informações sobre a Consulta Pública da Instrução Normativa de Fertilizantes Minerais. Hideraldo José Coelho informou que a Consulta Pública está dentro de uma revisão que começou em 2011 e que, no ano passado, foi publicado um Decreto e uma Instrução Normativa que detalham o projeto. Segundo Hideraldo, a CP já foi discutida com o setor e a decisão de tornar o documento público é para que países exportadores tenham conhecimento sobre o tema. Explicou que o controle de qualidade levou o DFIA/SDA a buscar uma diminuição das fórmulas para chegar a um padrão. O objetivo é diminuir o número de registros e agilizar o marco regulatório. Diversas contribuições já foram enviadas, como, por exemplo, a sugestão de que sejam inseridos na relação fórmulas que não obedecem ao critério estabelecido, mas que são amplamente utilizadas no campo. A CP deve ser encerrada em, no máximo, 60 dias. Já a IN depende da correção do Decreto que ainda está em análise no MAPA. Elizabeth Chagas, da ASBRAM, pediu ao Presidente da Câmara que convide membros da SDA/MAPA para falar sobre nutrição animal. Preposições Item Item da reunião Ações Item Ação Responsável Dt. prevista Dados da próxima reunião Local: Data da reunião: Pauta da Reunião Hora de início: Anexos Página 4 de 5

5 Arquivo Descrição Página 5 de 5

Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento Ata de reunião Dados da Reunião Lista de Participantes

Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento Ata de reunião Dados da Reunião Lista de Participantes Dados da Reunião Câmara: Câmara Temática de Insumos Agropecuários Título: Reunião Ordinária N. 79 Local: Auditório Maior, Sobreloja do Ed. Sede do MAPA, Brasília/DF Data da reunião: 22/06/2015 Hora de

Leia mais

Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento Ata de reunião Dados da Reunião Lista de Participantes

Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento Ata de reunião Dados da Reunião Lista de Participantes Dados da Reunião Câmara: Câmara Temática de Insumos Agropecuários Título: Reunião Ordinária N. 80 Local: Auditório Maior, Sobreloja do Ed. Sede do MAPA, Brasília/DF Data da reunião: 17/08/2015 Hora de

Leia mais

Haverá a participação do Secretário de Política Agrícola André Nassar.

Haverá a participação do Secretário de Política Agrícola André Nassar. Dados da Reunião Câmara: Câmara Temática de Insumos Agropecuários Título: Reunião Ordinária N. 78 Local: Auditório Maior, Sobreloja do Ed. Sede do MAPA, Brasília/DF Data da reunião: 04/05/2015 Hora de

Leia mais

5. 15:15 hs Tendências de mercado do trigo safra 2015/16 Paulo Magno Rabelo - Conab

5. 15:15 hs Tendências de mercado do trigo safra 2015/16 Paulo Magno Rabelo - Conab Dados da Reunião Câmara: Câmara Setorial da Cadeia Produtiva de Culturas de Inverno Título: Reunião Ordinária N. 46 Local: Sala de reuniões do 4ª andar - Edifício Sede - MAPA - Brasília - DF Data da reunião:

Leia mais

Hora de 23/04/2014. 17:00 Pauta da Reunião

Hora de 23/04/2014. 17:00 Pauta da Reunião Dados da Reunião Câmara: Câmara Temática de Cooperativismo Agropecuário Título: Reunião Ordinária N. 7 Local: Sala de Reuniões do CNPA. Térreo do Ed. Sede do MAPA, Brasília/DF Data da Hora de Hora de 23/04/2014

Leia mais

Pauta da Reunião 1. 09:00 Abertura da Reunião e Aprovação da Ata da 28ª Reunião Ordinária

Pauta da Reunião 1. 09:00 Abertura da Reunião e Aprovação da Ata da 28ª Reunião Ordinária Dados da Reunião Câmara Câmara Setorial da Cadeia Produtiva da Cachaça Título Reunião Ordinária N: 29 Local Sala de Reuniões do CNPA - MAPA Data da reunião 25/04/2012 Hora de início 09:00 Hora de encerramento

Leia mais

14:30h Zoneamento Agrícola e Risco Climático para o cultivo de Seringueira em Goiás DEGER/SPA Coordenadora técnica do Zoneamento, Raíssa Papa

14:30h Zoneamento Agrícola e Risco Climático para o cultivo de Seringueira em Goiás DEGER/SPA Coordenadora técnica do Zoneamento, Raíssa Papa Dados da Reunião Câmara: Câmara Setorial da Cadeia Produtiva da Borracha Natural Título: Reunião Ordinária N. 32 Local: Auditório Menor, Sobreloja do Ed. Sede do MAPA, Brasília/DF Data da reunião: 02/07/2015

Leia mais

Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento Ata de reunião Dados da Reunião Lista de Participantes Desenvolvimento

Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento Ata de reunião Dados da Reunião Lista de Participantes Desenvolvimento Dados da Reunião Câmara: Câmara Setorial da Cadeia Produtiva de Carne Bovina Título: Reunião Ordinária N. 37 Local: Auditório Maior, Sobreloja do Ed. Sede do MAPA, Brasília/DF Data da reunião: 09/12/2013

Leia mais

Anexo. Regimento Interno do Conselho Deliberativo do Fundo Soberano do Brasil

Anexo. Regimento Interno do Conselho Deliberativo do Fundo Soberano do Brasil RESOLUÇÃO Nº 1 Aprova o Regimento Interno do Conselho Deliberativo do Fundo Soberano do Brasil, ao qual se refere o inciso XI do art. 3º do Decreto n 7.113, de 19 de fevereiro de 2009. Tendo em vista a

Leia mais

Gestão de crédito: como estamos cuidando da nossa saúde financeira? 1

Gestão de crédito: como estamos cuidando da nossa saúde financeira? 1 Gestão de crédito: como estamos cuidando da nossa saúde financeira? 1 *Matheus Alberto Consoli *Luciano Thomé Castro *Lucas Sciencia do Prado *Marcelo Henrique Consoli A gestão de crédito nas empresas

Leia mais

7ª Reunião da Câmara Temática de Seguros do Agronegócio. Sala de Reunião da CNPA MAPA Brasília - DF 04 de março de 2013

7ª Reunião da Câmara Temática de Seguros do Agronegócio. Sala de Reunião da CNPA MAPA Brasília - DF 04 de março de 2013 7ª Reunião da Câmara Temática de Seguros do Agronegócio Sala de Reunião da CNPA MAPA Brasília - DF 04 de março de 2013 Item 1 Avisos e Informações Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento. Reuniões

Leia mais

Proposta para que o PAA possa apoiar a regularização ambiental

Proposta para que o PAA possa apoiar a regularização ambiental Proposta para que o PAA possa apoiar a regularização ambiental Considerando a Diretriz 2 do Plano Nacional de Segurança Alimentar: Promoção do abastecimento e estruturação de sistemas descentralizados,

Leia mais

Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil - CNA Quadra 601 Bloco K, Brasília, DF Data da

Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil - CNA Quadra 601 Bloco K, Brasília, DF Data da Dados da Reunião Câmara: Câmara Setorial de Florestas Plantadas Título: Reunião Ordinária N. 26 Local: Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil - CNA Quadra 601 Bloco K, Brasília, DF Data da Hora

Leia mais

SECRETARIA DE ESTADO DA MICROEMPRESA E DA EMPRESA DE PEQUENO PORTE

SECRETARIA DE ESTADO DA MICROEMPRESA E DA EMPRESA DE PEQUENO PORTE SECRETARIA DE ESTADO DA MICROEMPRESA E DA EMPRESA DE PEQUENO PORTE Fórum Permanente das Microempresas e Empresas de Pequeno Porte do Distrito Federal s/nº Ata da Reunião de Convocação para a primeira Reunião

Leia mais

Programa Mato-grossense de Municípios Sustentáveis Registro de Experiências municipais 1

Programa Mato-grossense de Municípios Sustentáveis Registro de Experiências municipais 1 Programa Mato-grossense de Municípios Sustentáveis Registro de Experiências municipais 1 Conceito de Tecnologia Social aplicada a Municípios Sustentáveis: "Compreende técnicas, metodologias e experiências

Leia mais

Políticas Públicas para Operacionalizar o CAR

Políticas Públicas para Operacionalizar o CAR Políticas Públicas para Operacionalizar o CAR O QUE É O CAR O Cadastro Ambiental Rural - CAR, é o registro público eletrônico de O Cadastro Ambiental Rural - CAR, é o registro público eletrônico de âmbito

Leia mais

MANUAL DE NORMAS Ato: Resolução Nº 012/2011- CONSUP

MANUAL DE NORMAS Ato: Resolução Nº 012/2011- CONSUP Pág. 1 de 8 CAPÍTULO I DO NÚCLEO DE INOVAÇÃO TECNOLÓGICA E SEUS FINS Art. 1º O Núcleo de Inovação Tecnológica do Instituto Federal do Piauí (IFPI), criado pela Resolução nº 012, de 12 de agosto de 2011,

Leia mais

Ata da Sexta Reunião Ordinária da Comissão Nacional de Biodiversidade CONABIO

Ata da Sexta Reunião Ordinária da Comissão Nacional de Biodiversidade CONABIO Fls. 1/6 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31 32 33 Aos cinco e seis de maio de 2004, na sala de reuniões do Departamento de Patrimônio Genético - DPG, SCEN

Leia mais

RELATÓRIO DE PRODUTOS COMERCIALIZADOS Secretarias de Agricultura dos Estados

RELATÓRIO DE PRODUTOS COMERCIALIZADOS Secretarias de Agricultura dos Estados RELATÓRIO DE PRODUTOS COMERCIALIZADOS Secretarias de Agricultura dos Estados Com base nas informações disponíveis, a ANDAV fez um levantamento nas Legislações Estaduais referente à necessidade de entrega

Leia mais

Local da Reunião: Hotel Golden Plaza Porto Velho/RO, durante o XII Congresso Internacional do Leite

Local da Reunião: Hotel Golden Plaza Porto Velho/RO, durante o XII Congresso Internacional do Leite Dados da Reunião Câmara: Câmara Setorial da Cadeia Produtiva de Leite e Derivados Título: Reunião Ordinária N. 37 Local: Porto Velho - RO Data da reunião: 05/11/2013 Hora de início: 14:00 Hora de encerramento:

Leia mais

Fóruns Regionais de VISA: Política e práticas em vigilância sanitária

Fóruns Regionais de VISA: Política e práticas em vigilância sanitária Fóruns Regionais de VISA: Política e práticas em vigilância sanitária Brasília, 2010. Presidente da República Luís Inácio Lula da Silva Ministro da Saúde José Gomes Temporão Diretor Presidente da Anvisa

Leia mais

INFORMAÇOES SOBRE CADASTRO AMBIENTAL RURAL CAR/PR

INFORMAÇOES SOBRE CADASTRO AMBIENTAL RURAL CAR/PR INFORMAÇOES SOBRE CADASTRO AMBIENTAL RURAL CAR/PR SISTEMA DE CADASTRO AMBIENTAL RURAL-SICAR/PR PROGRAMA DE REGULARIZAÇÃO AMBIENTAL- PRA CURITIBA 06 DE SETEMBRO DE 2013 1. READEQUAÇÃO NO IAP PARA A GESTÃO

Leia mais

SECRETARIA DE DESENVOLVIMENTO AGROPECUÁRIO E COOPERATIVISMO SDC. Agricultura do Século XXI Agropecuária, Meio Ambiente, Sustentabilidade e Inovação.

SECRETARIA DE DESENVOLVIMENTO AGROPECUÁRIO E COOPERATIVISMO SDC. Agricultura do Século XXI Agropecuária, Meio Ambiente, Sustentabilidade e Inovação. SECRETARIA DE DESENVOLVIMENTO AGROPECUÁRIO E COOPERATIVISMO SDC Agricultura do Século XXI Agropecuária, Meio Ambiente, Sustentabilidade e Inovação. Avanços da Agricultura Brasileira. Passou de importador

Leia mais

ATA DA 22ª REUNIÃO DA CÂMARA TÉCNICA INSTITUCIONAL DO COMITÊ DA

ATA DA 22ª REUNIÃO DA CÂMARA TÉCNICA INSTITUCIONAL DO COMITÊ DA 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31 32 33 34 35 36 37 38 ATA DA 22ª REUNIÃO DA CÂMARA TÉCNICA INSTITUCIONAL DO COMITÊ DA BACIA HIDROGRÁFICA DO RIO PIABANHA

Leia mais

Hora de 29/03/2016. 16:36 Pauta da Reunião

Hora de 29/03/2016. 16:36 Pauta da Reunião Dados da Reunião Câmara: Câmara Setorial da Cadeia Produtiva de Flores e Plantas Ornamentais Título: Reunião Ordinária N. 49 Local: MAPA, Ed Sede, Sala de Reuniões do 2º Andar, nº 250 Data da Hora de Hora

Leia mais

ATA DA ASSEMBLEIA GERAL EXTRAORDINÁRIA ASIBAMA-DF IBAMA-SEDE 08/04/2015

ATA DA ASSEMBLEIA GERAL EXTRAORDINÁRIA ASIBAMA-DF IBAMA-SEDE 08/04/2015 ATA DA ASSEMBLEIA GERAL EXTRAORDINÁRIA ASIBAMA-DF IBAMA-SEDE 08/04/2015 A Assembleia Geral Extraordinária da ASIBAMA-DF foi iniciada às 09h40min, do dia oito de abril de dois mil e quinze, no Auditório

Leia mais

Márcio Santos Diretor Estratégia & Produtos Brasilia/DF, 08/08/2013

Márcio Santos Diretor Estratégia & Produtos Brasilia/DF, 08/08/2013 Márcio Santos Diretor Estratégia & Produtos Brasilia/DF, 08/08/2013 A Evolução do Mercado de Soja no Brasil Avanços da genética, mais e melhores opções de insumos (sementes, máquinas, fertilizantes e defensivos)

Leia mais

LOGÍSTICA REVERSA DAS EMBALAGENS VAZIAS DE AGROTÓXICO

LOGÍSTICA REVERSA DAS EMBALAGENS VAZIAS DE AGROTÓXICO LOGÍSTICA REVERSA DAS EMBALAGENS VAZIAS DE AGROTÓXICO O INPEV INSTITUTO NACIONAL DE PROCESSAMENTO DE EMBALAGENS VAZIAS ENTIDADE SEM FINS LUCRATIVOS CRIADA EM 2001 DESTINAÇÃO FINAL ADEQUADA DAS EMBALAGENS

Leia mais

Esta versão não substitui a publicada no DOU INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 02, DE 30 DE SETEMBRO DE 2005

Esta versão não substitui a publicada no DOU INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 02, DE 30 DE SETEMBRO DE 2005 Esta versão não substitui a publicada no DOU INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 02, DE 30 DE SETEMBRO DE 2005 Dispõe sobre os critérios e procedimentos relativos ao enquadramento de projetos de produção de biodiesel

Leia mais

Proposta de revisão da Resolução CONAMA nº 334/03. CT Controle Ambiental - 2014

Proposta de revisão da Resolução CONAMA nº 334/03. CT Controle Ambiental - 2014 Proposta de revisão da Resolução CONAMA nº 334/03 CT Controle Ambiental - 2014 Pauta O problema e a solução. A experiência comprovada do inpev. O funcionamento do Sistema Campo Limpo. Motivação da revisão

Leia mais

ATA DA 141ª REUNIÃO ORDINÁRIA DO CONSELHO DE CONSUMIDORES DA AMPLA

ATA DA 141ª REUNIÃO ORDINÁRIA DO CONSELHO DE CONSUMIDORES DA AMPLA ATA DA 141ª REUNIÃO ORDINÁRIA DO CONSELHO DE CONSUMIDORES DA AMPLA Local: Sala do Conselho de Consumidores da Ampla, Edifício Sede da Ampla, Praça Leoni Ramos nº 1 bl. 02/4º andar - São Domingos Niterói,

Leia mais

FEDERACITE Local & Data Data: Local: Reunião: 06 Participantes - DIRETORIA Participantes Entidades Parceiras Participantes - Convidados Agenda

FEDERACITE Local & Data Data: Local: Reunião: 06 Participantes - DIRETORIA Participantes Entidades Parceiras Participantes - Convidados Agenda Local & Data Data: 28 de fevereiro de 2011 Local: Parque de Exposições Assis Brasil Reunião: 06 Participantes - DIRETORIA X Carlos Roberto Simm X Rogério Auler Aurélio Marcantônio João Carlos Machado X

Leia mais

Esfera: 10 Função: 20 - Agricultura Subfunção: 122 - Administração Geral UO: 22101 - Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento

Esfera: 10 Função: 20 - Agricultura Subfunção: 122 - Administração Geral UO: 22101 - Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento Programa 0360 Gestão da Política Agropecuária Numero de Ações 11 Ações Orçamentárias 10HD Implantação do Projeto de Melhoria da Infra-estrutura da Sede do MAPA Produto: Projeto implantado Unidade de Medida:

Leia mais

ALGODÃO EM MATO GROSSO JULHO/15

ALGODÃO EM MATO GROSSO JULHO/15 ALGODÃO EM MATO GROSSO JULHO/15 CONJUNTURA MENSAL ANO 1. Nº 3 O 11º Levantamento de Grãos da Conab, divulgado em 11 de agosto de 2015, manteve suas estimativas para a safra 2014/15, de algodão em pluma

Leia mais

POR QUE FAZER O PROGRAMA EMPREENDEDOR RURAL NO CEARÁ?

POR QUE FAZER O PROGRAMA EMPREENDEDOR RURAL NO CEARÁ? POR QUE FAZER O PROGRAMA EMPREENDEDOR RURAL NO CEARÁ? 1 1. Necessidade de modernização das propriedades rurais; 2. Necessidades de novas lideranças; 3. Necessidade de visão empresarial; 4. Baixa auto-estima

Leia mais

REGIMENTO INTERNO DO CENTRO DE ESTUDOS EM EDUCAÇÃO E LINGUAGEM (CEEL)

REGIMENTO INTERNO DO CENTRO DE ESTUDOS EM EDUCAÇÃO E LINGUAGEM (CEEL) REGIMENTO INTERNO DO CENTRO DE ESTUDOS EM EDUCAÇÃO E LINGUAGEM (CEEL) TÍTULO 1 Da Instituição e seus Fins Art. 1 0 O Centro de Estudos em Educação e Linguagem (CEEL), criado em 2004, para integrar uma

Leia mais

Sistema Agropecuário de Produção Integrada de Milho

Sistema Agropecuário de Produção Integrada de Milho Sistema Agropecuário de Produção Integrada de Milho José Carlos Cruz 1, Israel Alexandre Pereira Filho 1, João Carlos Garcia 1, Jason de Oliveira Duarte 1, João Herbert Moreira Viana 1, Ivan Cruz 1, Rodrigo

Leia mais

INSTITUTO BRASILEIRO DE GOVERNANÇA CORPORATIVA CNPJ nº 01.082.331/0001-80

INSTITUTO BRASILEIRO DE GOVERNANÇA CORPORATIVA CNPJ nº 01.082.331/0001-80 INSTITUTO BRASILEIRO DE GOVERNANÇA CORPORATIVA CNPJ nº 01.082.331/0001-80 ATA DE REUNIÃO DO CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO REALIZADA EM 03 DE SETEMBRO DE 2013 DATA, HORÁRIO e LOCAL: 03 de setembro de 2013,

Leia mais

48º Congresso Brasileiro de Olericultura

48º Congresso Brasileiro de Olericultura Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento 48º Congresso Brasileiro de Olericultura Lei dos agrotóxicos e implicações em minor crops Dr. Débora Maria Rodrigues Cruz Maringá, 29 de julho de 2008

Leia mais

Propostas IPA/FPA para o Plano-Safra 2015/2016

Propostas IPA/FPA para o Plano-Safra 2015/2016 Propostas IPA/FPA para o Plano-Safra 2015/2016 1. Crédito a Juros Controlados Elevar o volume de crédito rural (custeio, comercialização e investimento) para R$ 220 milhões, sendo R$ 190 milhões para a

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO INTERESSADO:

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO INTERESSADO: PARECER HOMOLOGADO (*) (*) Despacho do Ministro, publicado no Diário Oficial da União de 04/12/2007. (*) Portaria / MEC n 1.154, publicada no Diário Oficial da União de 04/12/2007. MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO

Leia mais

EDITAL N O 01/2012 1. DISPOSIÇÕES PRELIMINARES. A proposta de Acordo Setorial a ser apresentada deverá obedecer aos seguintes.

EDITAL N O 01/2012 1. DISPOSIÇÕES PRELIMINARES. A proposta de Acordo Setorial a ser apresentada deverá obedecer aos seguintes. CHAMAMENTO PARA A ELABORAÇÃO DE ACORDO SETORIAL PARA A IMPLEMENTAÇÃO DE SISTEMA DE LOGÍSTICA REVERSA DE LÂMPADAS FLUORESCENTES, DE VAPOR DE SÓDIO E MERCÚRIO E DE LUZ MISTA. EDITAL N O 01/2012 O MINISTÉRIO

Leia mais

Data: 24/02/2010 Horário: 8h30 às 11h Local: Sala de Treinamentos da Gerência Executiva do INSS em São José dos Campos.

Data: 24/02/2010 Horário: 8h30 às 11h Local: Sala de Treinamentos da Gerência Executiva do INSS em São José dos Campos. INSTITUTO NACIONAL DO SEGURO SOCIAL ATA DA 33º REUNIÃO ORDINÁRIA DO ANO DE 2010 DO CONSELHO DE PREVIDÊNCIA SOCIAL DA GERÊNCIA EXECUTIVA DO INSS EM SÃO JOSÉ DOS CAMPOS Data: 24/02/2010 Horário: 8h30 às

Leia mais

MINISTÉRIO DA INTEGRAÇÃO NACIONAL SECRETARIA DE DESENVOLVIMENTO REGIONAL ROTAS DE INTEGRAÇÃO NACIONAL

MINISTÉRIO DA INTEGRAÇÃO NACIONAL SECRETARIA DE DESENVOLVIMENTO REGIONAL ROTAS DE INTEGRAÇÃO NACIONAL MINISTÉRIO DA INTEGRAÇÃO NACIONAL SECRETARIA DE DESENVOLVIMENTO REGIONAL ORIENTAÇÕES PARA ELABORAÇÃO DE PROJETOS DE INCLUSÃO PRODUTIVA ROTAS DE INTEGRAÇÃO NACIONAL O presente documento tem por objetivo

Leia mais

PADRONIZAÇÃO & CLASSIFICAÇÃO VEGETAL

PADRONIZAÇÃO & CLASSIFICAÇÃO VEGETAL PADRONIZAÇÃO & CLASSIFICAÇÃO VEGETAL Osmário Zan Matias Fiscal Agropecuário SFA/GO Engenheiro Agrônomo CREA/GO - 2.899/D osmario.zan@agricultura.gov.br Lei nº 9.972 de 25 de maio de 2000 Institui a classificação

Leia mais

Desvio de Finalidade Papel Imune

Desvio de Finalidade Papel Imune Desvio de Finalidade Papel Imune Compliance com as Leis de Defesa da Concorrência ALERTA: Evitar quaisquer discussões ou conversações sobre temas sensíveis à livre competição entre as empresas associadas,

Leia mais

Ata da Reunião de 18 de maio 2012

Ata da Reunião de 18 de maio 2012 Ata da Reunião de 18 de maio 2012 Reunião de 18 de maio 2012 Local: Sede do NIC.br São Paulo/SP 0. Abertura A reunião é dirigida pelo Conselheiro Delfino Natal de Souza, tendo a participação dos seguintes

Leia mais

PLANO ESTRATÉGICO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO 2013/2018

PLANO ESTRATÉGICO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO 2013/2018 1 PLANO ESTRATÉGICO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO 2013/2018 1. Introdução A Secretaria de Tecnologias da Informação e da Comunicação (STI) foi criada a partir da Resolução do Conselho Diretor n.º 44, de

Leia mais

pdc_me_05_versao2 Página 1 de 21 Versão: 2 Início de Vigência: 23.02.2010 Instrumento de Aprovação: Despacho ANEEL nº 391, de 22 de fevereiro de 2010

pdc_me_05_versao2 Página 1 de 21 Versão: 2 Início de Vigência: 23.02.2010 Instrumento de Aprovação: Despacho ANEEL nº 391, de 22 de fevereiro de 2010 pdc_me_05_versao2 Página 1 de 21 Procedimento de Comercialização Versão: 2 Início de Vigência: Instrumento de Aprovação: Despacho ANEEL nº 391, de 22 de fevereiro de 2010 CÓDIGO ÍNDICE 1. APROVAÇÃO...

Leia mais

RESOLUÇÃO CONJUNTA SAD/SEPROTUR n.2, DE 22 DE JULHO DE 2014.

RESOLUÇÃO CONJUNTA SAD/SEPROTUR n.2, DE 22 DE JULHO DE 2014. RESOLUÇÃO CONJUNTA SAD/SEPROTUR n.2, DE 22 DE JULHO DE 2014. APROVA O PLANO DE CLASSIFICAÇÃO DE DOCUMENTOS E A TABELA DE TEMPORALIDADE DE DOCUMENTOS DAS ATIVIDADES-FIM DA SECRETARIA DE ESTADO DE DESENVOLVIMENTO

Leia mais

Passivos Ambientais Mineração. Marcelo Jorge Medeiros Secretaria de Recursos Hídricos e Ambiente Urbano

Passivos Ambientais Mineração. Marcelo Jorge Medeiros Secretaria de Recursos Hídricos e Ambiente Urbano Passivos Ambientais Mineração Marcelo Jorge Medeiros Secretaria de Recursos Hídricos e Ambiente Urbano ATIVIDADE DE MINERAÇÃO A mineração está sempre entre as atividades para as quais, em quase todos os

Leia mais

MARGENS ESTREITAS PARA O PRODUTOR DE ALGODÃO

MARGENS ESTREITAS PARA O PRODUTOR DE ALGODÃO MARGENS ESTREITAS PARA O PRODUTOR DE ALGODÃO Custos Algodão A produção de algodão no Brasil está crescendo de forma expressiva, devido à boa competitividade dessa cultura frente a outras concorrentes em

Leia mais

PROPOSTA DE LEI SANITÁRIA PARA MUNICÍPIOS A PARTIR DA CONSTITUIÇÃO DO SUASA

PROPOSTA DE LEI SANITÁRIA PARA MUNICÍPIOS A PARTIR DA CONSTITUIÇÃO DO SUASA PROPOSTA DE LEI SANITÁRIA PARA MUNICÍPIOS A PARTIR DA CONSTITUIÇÃO DO SUASA Sugestão elaborada pela equipe do Programa de Agroindústria do MDA: José Adelmar Batista Leomar Luiz Prezotto João Batista da

Leia mais

Comitê de Articulação e Monitoramento do Plano Nacional de Políticas para as Mulheres PNPM Ajuda-Memória 35ª Reunião Ordinária

Comitê de Articulação e Monitoramento do Plano Nacional de Políticas para as Mulheres PNPM Ajuda-Memória 35ª Reunião Ordinária PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA SECRETARIA DE POLÍTICAS PARA AS MULHERES Via N1 Leste s/n, Pavilhão das Metas, Praça dos Três Poderes Zona Cívica Administrativa CEP: 70.150-900 Telefones: (061) 3411.4246 / 3411.4330

Leia mais

BOLETIM INFORMATIVO Nº 02/2014 ANO XI (08 de janeiro de 2014)

BOLETIM INFORMATIVO Nº 02/2014 ANO XI (08 de janeiro de 2014) BOLETIM INFORMATIVO Nº 02/2014 ANO XI (08 de janeiro de 2014) 01. CIRCULAR DA CEF APROVA LEIAUTE DO esocial CIRCULAR Nº 642, DE 6 DE JANEIRO DE 2014 Aprova e divulga o leiaute do Sistema de Escrituração

Leia mais

SECRETARIA DE ESTADO DE PLANEJAMENTO E GESTÃO SEPLAG. GOVERNADOR DO ESTADO DE MINAS GERAIS Alberto Pinto Coelho

SECRETARIA DE ESTADO DE PLANEJAMENTO E GESTÃO SEPLAG. GOVERNADOR DO ESTADO DE MINAS GERAIS Alberto Pinto Coelho SECRETARIA DE ESTADO DE PLANEJAMENTO E GESTÃO SEPLAG GOVERNADOR DO ESTADO DE MINAS GERAIS Alberto Pinto Coelho SECRETÁRIA DE ESTADO DE PLANEJAMENTO E GESTÃO Renata Maria Paes de Vilhena SUBSECRETÁRIA DE

Leia mais

Plano Anual de Aplicação Regionalizada

Plano Anual de Aplicação Regionalizada Plano Anual de Aplicação Regionalizada PAAR - 2015 MINISTÉRIO DO MEIO AMBIENTE SERVIÇO FLORESTAL BRASILEIRO FUNDO NACIONAL DE DESENVOLVIMENTO FLORESTAL Introdução PLANO ANUAL DE APLICAÇÃO REGIONALIZADA

Leia mais

Nome do questionário (ID): Levantamento de Governança de TI na Administração Pública Federal - Ciclo 2016 (322491)

Nome do questionário (ID): Levantamento de Governança de TI na Administração Pública Federal - Ciclo 2016 (322491) Nome do questionário (ID): Levantamento de Governança de TI na Administração Pública Federal - Ciclo 2016 (322491) Pergunta: Sua resposta Data de envio: 24/05/2016 12:51:35 Endereço IP: 187.4.152.90 Designação

Leia mais

É prato cheio de saúde

É prato cheio de saúde SECRETARIA ESPECIAL DE AQÜICULTURA E PESCA SEAP/PR Esplanada dos Ministérios Bloco D 4º andar CEP: 70.043-900 Brasília DF Telefones: (61) 3218-3714/3812 FAX:(61) 3218-3732 É prato cheio de saúde 1. Apresentação

Leia mais

Política Nacional de Plantas Medicinais e Fitoterápicos. III EnFarMed São Paulo Setembro_2009

Política Nacional de Plantas Medicinais e Fitoterápicos. III EnFarMed São Paulo Setembro_2009 Política Nacional de Plantas Medicinais e Fitoterápicos III EnFarMed São Paulo Setembro_2009 Políticas Públicas para Plantas Medicinais e Fitoterápicos Política Nacional de Práticas Integrativas e Complementares

Leia mais

RESOLUÇÃO-RDC Nº 28, DE 9 DE AGOSTO DE 2010. Regulamento Técnico para o Ingrediente Ativo Endossulfam em decorrência da Reavaliação Toxicológica.

RESOLUÇÃO-RDC Nº 28, DE 9 DE AGOSTO DE 2010. Regulamento Técnico para o Ingrediente Ativo Endossulfam em decorrência da Reavaliação Toxicológica. RESOLUÇÃO-RDC Nº 28, DE 9 DE AGOSTO DE 2010 Regulamento Técnico para o Ingrediente Ativo Endossulfam em decorrência da Reavaliação Toxicológica. A Diretoria Colegiada da Agência Nacional de Vigilância

Leia mais

TERMOS DE REFERÊNCIA PARA CONTRATAÇÃO DE CONSULTORIA INDIVIDUAL: ELABORAÇÃO DOS PLANOS DE NEGÓCIOS DOS SUBPROJETOS DE ACESSO AO MERCADO

TERMOS DE REFERÊNCIA PARA CONTRATAÇÃO DE CONSULTORIA INDIVIDUAL: ELABORAÇÃO DOS PLANOS DE NEGÓCIOS DOS SUBPROJETOS DE ACESSO AO MERCADO TERMOS DE REFERÊNCIA PARA CONTRATAÇÃO DE CONSULTORIA INDIVIDUAL: ELABORAÇÃO DOS PLANOS DE NEGÓCIOS DOS SUBPROJETOS DE ACESSO AO MERCADO Salvador Maio 2016 Sumário 1. OBJETO... 4 2. OBJETIVO... 4 3. CONTEXTUALIZAÇÃO...

Leia mais

Ministério do Trabalho assina portaria que reconhece categoria da agricultura familiar

Ministério do Trabalho assina portaria que reconhece categoria da agricultura familiar Porto Alegre. 21 de maio de 2015. Edição 008 Ministério do Trabalho assina portaria que reconhece categoria da agricultura familiar Dia 20 de maio de 2015 vai ficar marcado de maneira muito positiva para

Leia mais

I - Gratificação de Desempenho de Atividade Técnica de Fiscalização Agropecuária (GDATFA),

I - Gratificação de Desempenho de Atividade Técnica de Fiscalização Agropecuária (GDATFA), MINISTÉRIO DA AGRICULTURA, PECUÁRIA E ABASTECIMENTO GABINETE DO MINISTRO PORTARIA Nº 499, DE 6 DE JUNHO DE 2012 Fixar os critérios e procedimentos específicos da avaliação de desempenho institucional e

Leia mais

Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro Programa de Pós-graduação de Ciências Sociais em Desenvolvimento, Agricultura e Sociedade (CPDA)

Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro Programa de Pós-graduação de Ciências Sociais em Desenvolvimento, Agricultura e Sociedade (CPDA) Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro Programa de Pós-graduação de Ciências Sociais em Desenvolvimento, Agricultura e Sociedade (CPDA) Relatório com as principais notícias divulgadas pela mídia

Leia mais

MEMÓRIA: 11ª. Reunião do Comitê de Comércio Exterior

MEMÓRIA: 11ª. Reunião do Comitê de Comércio Exterior Assunto: MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO, INDÚSTRIA E COMÉRCIO EXTERIOR Fórum Permanente de Microempresas e Empresas de Pequeno Porte MEMÓRIA: 11ª. Reunião do Comitê de Comércio Exterior 11ª. Reunião do

Leia mais

PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA SECRETARIA DE AVIAÇÃO CIVIL 13ª REUNIÃO DA COMISSÃO NACIONAL DE AUTORIDADES AEROPORTUÁRIAS (CONAERO) 2014

PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA SECRETARIA DE AVIAÇÃO CIVIL 13ª REUNIÃO DA COMISSÃO NACIONAL DE AUTORIDADES AEROPORTUÁRIAS (CONAERO) 2014 PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA SECRETARIA DE AVIAÇÃO CIVIL 13ª REUNIÃO DA COMISSÃO NACIONAL DE AUTORIDADES AEROPORTUÁRIAS (CONAERO) 2014 Local: Secretaria de Aviação Civil (Setor Comercial Sul, Quadra 09, Lote

Leia mais

Informação DDA n.º 03 Brasília, 27 de fevereiro de 2003.

Informação DDA n.º 03 Brasília, 27 de fevereiro de 2003. Serviço Público Federal Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento Secretaria de Defesa Agropecuária DEPARTAMENTO DE DEFESA ANIMAL Informação DDA n.º 03 Brasília, 27 de fevereiro de 2003. Interessados:

Leia mais

Políticas Públicas para Operacionalizar o CAR Câmara temática de Insumos Agropecuários Brasília, 27 de maio de 2014

Políticas Públicas para Operacionalizar o CAR Câmara temática de Insumos Agropecuários Brasília, 27 de maio de 2014 Políticas Públicas para Operacionalizar o CAR Câmara temática de Insumos Agropecuários Brasília, 27 de maio de 2014 O QUE É O CAR O Cadastro Ambiental Rural - CAR, é o registro público eletrônico de âmbito

Leia mais

VALORIZAÇÃO DO BEZERRO ATRAI ATENÇÃO PARA A CRIA

VALORIZAÇÃO DO BEZERRO ATRAI ATENÇÃO PARA A CRIA Ano 6 - Edição 25 Agosto 2014 VALORIZAÇÃO DO BEZERRO ATRAI ATENÇÃO PARA A CRIA Por Prof. Dr. Sergio De Zen, Pesquisador; Equipe Pecuária de Corte As cotações praticadas em todos os elos da cadeia pecuária

Leia mais

2012 RELATÓRIO DE ATIVIDADES

2012 RELATÓRIO DE ATIVIDADES 2012 RELATÓRIO DE ATIVIDADES Instituto Lojas Renner Instituto Lojas Renner Inserção de mulheres no mercado de trabalho, desenvolvimento da comunidade e formação de jovens fazem parte da história do Instituto.

Leia mais

ATA DA 41ª REUNIÃO ORDINÁRIA DO CONSELHO DA PREVIDÊNCIA SOCIAL EM MANAUS

ATA DA 41ª REUNIÃO ORDINÁRIA DO CONSELHO DA PREVIDÊNCIA SOCIAL EM MANAUS ATA DA 41ª REUNIÃO ORDINÁRIA DO CONSELHO DA PREVIDÊNCIA SOCIAL EM MANAUS DATA: 28.08.2013 HORA: 15h00 LOCAL: Sala de Reuniões do Gabinete da Gerência-Executiva do INSS/AM I. PRESENÇAS/AUSÊNCIAS Presentes

Leia mais

REGIMENTO INTERNO DO COMITÊ GESTOR DO PROGRAMA MUNICÍPIOS VERDES PMV COGES CAPÍTULO I DAS FINALIDADES

REGIMENTO INTERNO DO COMITÊ GESTOR DO PROGRAMA MUNICÍPIOS VERDES PMV COGES CAPÍTULO I DAS FINALIDADES REGIMENTO INTERNO DO COMITÊ GESTOR DO PROGRAMA MUNICÍPIOS VERDES PMV COGES O COMITÉ GESTOR DO PROGRAMA MUNICÍPIOS VERDES PMV COGES, tendo em conta o Decreto Estadual nº 54 de 29 de março de 2011, posteriormente

Leia mais

Rentabilidade das propriedades de recria-engorda de MT cai em 2015

Rentabilidade das propriedades de recria-engorda de MT cai em 2015 Rentabilidade das propriedades de recria-engorda de MT cai em 2015 Por Prof. Dr. Sergio De Zen e Graziela Correr; Equipe Pecuária de Corte A rentabilidade em propriedades típicas de recria-engorda do estado

Leia mais

Demonstrações Contábeis Referentes ao Período Findo em 31 de Dezembro de 2004 e Parecer dos Auditores Independentes

Demonstrações Contábeis Referentes ao Período Findo em 31 de Dezembro de 2004 e Parecer dos Auditores Independentes Insol Intertrading do Brasil Ind. e Com. S.A. Demonstrações Contábeis Referentes ao Período Findo em 31 de Dezembro de 2004 e Parecer dos Auditores Independentes ÍNDICE 1. Relatório da Administração...1

Leia mais

AGUARDANDO HOMOLOGAÇÃO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO

AGUARDANDO HOMOLOGAÇÃO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO AGUARDANDO HOMOLOGAÇÃO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO INTERESSADO: Conselho Nacional de Educação/Câmara de Educação Superior UF: DF ASSUNTO: Reexame do Parecer CNE/CES nº 162/2010,

Leia mais

REGIMENTO INTERNO DO PROGRAMA NACIONAL PARA ERRADICAÇÃO DO COMÉRCIO IRREGULAR DE GLP NO MERCADO BRASILEIRO PROGRAMA GÁS LEGAL.

REGIMENTO INTERNO DO PROGRAMA NACIONAL PARA ERRADICAÇÃO DO COMÉRCIO IRREGULAR DE GLP NO MERCADO BRASILEIRO PROGRAMA GÁS LEGAL. REGIMENTO INTERNO DO PROGRAMA NACIONAL PARA ERRADICAÇÃO DO COMÉRCIO IRREGULAR DE GLP NO MERCADO BRASILEIRO PROGRAMA GÁS LEGAL. O Programa Nacional para Erradicação do Comércio Irregular de GLP, doravante

Leia mais

CONSELHO ACADÊMICO DO ENSINO DE GRADUAÇÃO ATA DA 26ª REUNIÃO

CONSELHO ACADÊMICO DO ENSINO DE GRADUAÇÃO ATA DA 26ª REUNIÃO Aos dezessete dias do mês de maio de dois mil e doze, às oito horas e trinta minutos, na sala de 5 10 15 20 25 reuniões da Reitoria, teve início a 26ª Reunião do Conselho Acadêmico de Ensino de Graduação

Leia mais

PLANO DE AÇÃO PARA EXECUÇÃO DO ACORDO DE COOPERAÇÃO TÉCNICA MAPA x ABRAS

PLANO DE AÇÃO PARA EXECUÇÃO DO ACORDO DE COOPERAÇÃO TÉCNICA MAPA x ABRAS PLANO DE AÇÃO PARA EXECUÇÃO DO ACORDO DE COOPERAÇÃO TÉCNICA MAPA x ABRAS Rosilene Ferreira Souto Luzia Souza Setembro 2014 Parceria Institucional com foco na rastreabilidade Acordo de Cooperação entre

Leia mais

Na mesma reunião foram realizadas as seguintes considerações que envolvem a Helicoverpa armigera:

Na mesma reunião foram realizadas as seguintes considerações que envolvem a Helicoverpa armigera: NOTA DE ESCLARECIMENTO - DTE/FAEP 19/11/13 A EMBRAPA e a ADAPAR com apoio do Sistema FAEP/SENAR estão realizando o Projeto de Monitoramento e identificação da Helicoverpa armigera Paraná safra 2013/2014.

Leia mais

LISTA DE DUPLICATAS INSTITUCIONAL 5 / 2015. Marque o código de seu interesse no gabarito acima e, envie para selma.castro@sudam.gov.

LISTA DE DUPLICATAS INSTITUCIONAL 5 / 2015. Marque o código de seu interesse no gabarito acima e, envie para selma.castro@sudam.gov. MINISTÉRIO DA INTEGRAÇÃO NACIONAL SUPERINTENDÊNCIA DE DESENVOLVIMENTO DA AMAZÔNIA BIBLIOTECA PROFº INOCÊNCIO MACHADO COELHO Tv. Antônio Baena, Marco CEP 66.09-08 Belém - Pará - Brasil Tel. (9) 4008-56

Leia mais

PROGRAMA DE BOLSAS DE DOUTORADO FORA DO ESTADO EDITAL N 07/2015

PROGRAMA DE BOLSAS DE DOUTORADO FORA DO ESTADO EDITAL N 07/2015 PROGRAMA DE BOLSAS DE DOUTORADO FORA DO ESTADO EDITAL N 07/2015 O Presidente da Fundação Cearense de Apoio ao Desenvolvimento Científico e Tecnológico FUNCAP, Prof. Francisco César de Sá Barreto, no uso

Leia mais

MPR MPR/SIA-805-R03 APROVAÇÃO DO PROGRAMA DE SEGURANÇA DE OPERADOR AÉREO

MPR MPR/SIA-805-R03 APROVAÇÃO DO PROGRAMA DE SEGURANÇA DE OPERADOR AÉREO MPR MPR/SIA-805-R03 APROVAÇÃO DO PROGRAMA DE SEGURANÇA DE OPERADOR AÉREO 07/2015 PÁGINA INTENCIONALMENTE EM BRANCO 2 06 de julho de 2015. Aprovado, Leonardo Boszczowski Fabio Faizi Rahnemay Rabbani 3 PÁGINA

Leia mais

MINISTÉRIO DO MEIO AMBIENTE

MINISTÉRIO DO MEIO AMBIENTE MINISTÉRIO DO MEIO AMBIENTE RESÍDUOS SÓLIDOS: UM PROBLEMA DE CARÁTER SOCIAL, AMBIENTAL E ECONÔMICO MODELO TECNOLÓGICO COM AÇÕES PARA A REDUÇÃO DA DISPOSIÇÃO FINAL DE RESÍDUOS Construção de Galpões de Triagem

Leia mais

CAR Cadastro Ambiental Rural

CAR Cadastro Ambiental Rural Secretaria de Meio Ambiente CAR Cadastro Ambiental Rural E SUA IMPORTÂNCIA PARA O PRODUTOR RURAL C R I S T I N A A Z E V E D O C O O R D E N A D O R A D E B I O D I V E R S I D A D E E R E C U R S O S

Leia mais

Linhas de Financiamento

Linhas de Financiamento A história do cooperativismo no País está relacionada ao crescimento da agricultura brasileira. E o Banco do Brasil, como principal responsável pelo impulso do nosso agronegócio, é também o banco do cooperativismo.

Leia mais

Número 25 Junho 2006 NOTA TÉCNICA INCENTIVO À FORMALIZAÇÃO DO EMPREGO DOMÉSTICO

Número 25 Junho 2006 NOTA TÉCNICA INCENTIVO À FORMALIZAÇÃO DO EMPREGO DOMÉSTICO Número 25 Junho 2006 NOTA TÉCNICA INCENTIVO À FORMALIZAÇÃO DO EMPREGO DOMÉSTICO Incentivo à formalização do emprego doméstico No Brasil, no ano de 2004, 6,5 milhões de pessoas trabalhavam com empregados

Leia mais

ASSEMBLEIA GERAL EXTRAORDINÁRIA

ASSEMBLEIA GERAL EXTRAORDINÁRIA ASSEMBLEIA GERAL EXTRAORDINÁRIA No dia 13 de novembro de 2013, em Assembleia Geral Extraordinária, reuniram-se na sede da Asibama DF, as 09h50min horas em segunda chamada, os assinantes da lista de presença

Leia mais

questão. O referido professor informou sobre o evento, que ocorrerá em Natal, financiado pelo ME, que trata da visibilidade dos impactos de

questão. O referido professor informou sobre o evento, que ocorrerá em Natal, financiado pelo ME, que trata da visibilidade dos impactos de Ata da reunião realizada durante o V Fórum de Pós-Graduação em Educação Física no auditório da Universidade Federal do Espírito Santo, no dia 01 de agosto de 2014, em Vitória, com a seguinte pauta: - relato

Leia mais

PARECER. Recurso contra decisão denegatória ao pedido de acesso à informação.

PARECER. Recurso contra decisão denegatória ao pedido de acesso à informação. Referência: 21900.000086/2015-91 Assunto: Restrição de acesso: Ementa: Órgão ou entidade recorrido (a): Recorrente: K. G. A. B. Controladoria-Geral da União Ouvidoria-Geral da União PARECER Recurso contra

Leia mais

agricultura familiar

agricultura familiar saúde A importância da agricultura familiar na merenda escolar Iniciativas em Santa Rosa do Viterbo são exemplos de sucesso Por Danielle Lautenschlaeger Inúmeras famílias brasileiras ainda obtêm sua renda

Leia mais

Políticas Públicas para Operacionalizar o CAR

Políticas Públicas para Operacionalizar o CAR Políticas Públicas para Operacionalizar o CAR O QUE ÉO CAR O Cadastro Ambiental Rural - CAR, é o registro público eletrônico de âmbito nacional, obrigatório para todos os imóveis rurais, com a finalidade

Leia mais

I Reunião Ordinária da Comissão Interinstitucional para o Controle dos Distúrbios por Deficiência de Iodo

I Reunião Ordinária da Comissão Interinstitucional para o Controle dos Distúrbios por Deficiência de Iodo SECRETARIA DE POLÍTICAS DE SAÚDE MINISTÉRIO DA SAÚDE I Reunião Ordinária da Comissão Interinstitucional para o Controle dos Distúrbios por Deficiência de Iodo Brasília, 16 de Dezembro de 1999 Resumo Executivo

Leia mais

EMPRESA DE PESQUISA AGROPECUÁRIA DE MINAS GERAIS - EPAMIG C L I P P I N G 14/04/2009. Produção ASCOM

EMPRESA DE PESQUISA AGROPECUÁRIA DE MINAS GERAIS - EPAMIG C L I P P I N G 14/04/2009. Produção ASCOM EMPRESA DE PESQUISA AGROPECUÁRIA DE MINAS GERAIS - EPAMIG C L I P P I N G 14/04/2009 Produção ASCOM MGTV 1ª edição 13/04/2009 TV Panorama Juiz de Fora Expominas não atrai o número de eventos esperado Empreendimento

Leia mais

DOCUMENTO DE INFORMAÇÃO DE PROJETO (DIP) ESTÁGIO CONCEITUAL Relatório n o : PIDC859

DOCUMENTO DE INFORMAÇÃO DE PROJETO (DIP) ESTÁGIO CONCEITUAL Relatório n o : PIDC859 DOCUMENTO DE INFORMAÇÃO DE PROJETO (DIP) ESTÁGIO CONCEITUAL Relatório n o : PIDC859 Nome do Projeto Região País Setor(es) Tema(s) Instrumento de Empréstimo ID do Projeto Mutuário(s) Agência Implementadora

Leia mais

Portal - Acesso do Fornecedor

Portal - Acesso do Fornecedor Portal - Acesso do Fornecedor Créditos Criação, Formatação e Desenvolvimento: Marcos Soares Colaboração: Sergio Priori Dados técnicos: Número de revisões: V1 Número de páginas: 15 Pré-Requisitos Navegação

Leia mais

GABINETE DO PREFEITO

GABINETE DO PREFEITO Autor: Poder Executivo. LEI N 1.328/2016. CRIA O CONSELHO E FUNDO MUNICIPAL E POLÍTICAS SOBRE DROGAS DO MUNICÍPIO DE ARIPUANÃ E DÁ OUTRAS PROVIDÊNCIAS. EDNILSON LUIZ FAITTA, Prefeito Municipal de Aripuanã,

Leia mais

COMISSÃO DE TRABALHO, DE ADMINISTRAÇÃO E SERVIÇO PÚBLICO

COMISSÃO DE TRABALHO, DE ADMINISTRAÇÃO E SERVIÇO PÚBLICO COMISSÃO DE TRABALHO, DE ADMINISTRAÇÃO E SERVIÇO PÚBLICO PROJETO DE LEI N o 3.605, DE 2008 Acrescenta 1º ao art. 10 da Lei nº 7.998, de 11 de janeiro de 1990, que Regula o Programa de Seguro- Desemprego,

Leia mais

Responsáveis Técnicos: SILVIO ISOPO PORTO AROLDO ANTONIO DE OLIVEIRA NETO FRANCISCO OLAVO BATISTA DE SOUSA

Responsáveis Técnicos: SILVIO ISOPO PORTO AROLDO ANTONIO DE OLIVEIRA NETO FRANCISCO OLAVO BATISTA DE SOUSA Safra 2013/2014 Segundo Levantamento Agosto/2013 1 Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento Secretaria de Produção e Agroenergia SPAE Departamento de CanadeAçúcar e Agroenergia DCAA Companhia

Leia mais