1. Substâncias Inorgânicas: Água e Sais Minerais. 2. Substâncias Orgânicas: Lipídeos, Carboidratos, Proteínas, Vitaminas e Ácidos Nucléicos.

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "1. Substâncias Inorgânicas: Água e Sais Minerais. 2. Substâncias Orgânicas: Lipídeos, Carboidratos, Proteínas, Vitaminas e Ácidos Nucléicos."

Transcrição

1 A QUÍMICA DA CÉLULA: C 1. Substâncias Inorgânicas: Água e Sais Minerais. 2. Substâncias Orgânicas: Lipídeos, Carboidratos, Proteínas, Vitaminas e Ácidos Nucléicos. Água(H2O): Substância polar; Substância mais abundante nos seres vivos(70% ou 75%); Regula a temperatura corporal; Dissolve a maioria das substâncias químicas encontrada em nosso corpo, transportando as substância nela dissolvida; Exerce ação a lubrificante nas articulações; participa da fotossíntese; O teor de água varia de acordo com: espécie, idade(quanto mais velho menor é o teor de água,quanto mais novo mais água), atividade metabólica(quanto maior a atividade metabólica mais água,quanto menor atividade metabólica menos água);

2 Propriedades da Água: Solvente Universal; Coesão - é a capacidade que água possui de liga-se a outras moléculas de água.(alta tensão superficial). Adesão- a molécula de água tende a se unir a outras moléculas polares. Capilaridade -é a capacidade da água desloca-se se em tubos finos; Alto calor específico; Alto calor de vaporização ão-equilibrio térmico(suor); t Ponto de solidificação; Sais Minerais (1%): Função: são substâncias reguladoras.

3 MACROMINERAIS POTÁSSIO MAGNÉSIO MICROMINERAIS OU OLIGOELEMENT OS FERRO FLÚOR CÁLCIO FÓSFORO SÓDIO CLORO FUNÇÕES Participa da formação e manutenção de ossos e dentes;participa da coagulação sanguínea nea e da contração muscular. Faz parte da molécula dos ácidos nucléicos e participa da formação e manutenção dos dentes. Participa da contração muscular e dos processos de condução do impulso nervoso.participa da síntese s do glicogênio. Regulação do equilíbrio hídrico h e participa da condução do impulso nervoso. Manutenção do equilíbrio hídrico. h Componente da molécula de clorofila, atua nos processos de fotossíntese. Componente da hemoglobina, mioglobulina Atua na cadeia respiratória. ria. Manutenção da estrutura dos ossos do esmalte dos dentes. FONTES ALIMENTARES Leite e derivados,vegetais verde-escuros. escuros. Leite e derivados,carnes,peixes. Verduras,frutas,leguminos as. Sal comum de cozinha. Sal comum de cozinha. Cereais,vegetais e frutas. Carnes,fígado,leguminosas e vegetais verde-escuros. escuros. Água fluorada.

4 IODO Componente dos hormônios da glândula tireóide ide que regulam o metabolismo. Peixes,frutos do mar e sal iodado. COBRE Componente das enzimas que participam do metabolismo da hemoglobina junto ao ferro. Fígado,mariscos,nozes e leguminosas. ZINCO Atuante nos processos de cicatrização e componente das enzimas envolvidas na digestão. Carnes,fígado,ovos,marisco s e cereais.

5 SUBSTÂNCIAS ORGÂNICAS: 1.LIP LIPÍDIOS(2%): Características Gerais: São insolúvel em água e solúvel em solventes orgânicos(éter,benzeno, ter,benzeno,álcool,querosene,clorofórmio). rmio). Os lipídios são ésteres: steres:ácido graxo(ácido carboxílico) +Glicerol(álcool). lcool). Funções:estrutural,reserva energética,isolante e hormonal. CLASSIFICAÇÃO : Triglicérides:Gorduras(saturadas) rides:gorduras(saturadas) e Óleos(insaturados). Ácidos graxos essenciais- são os que não podem ser sintetizados pelo organismo e devem provir diariamente da dieta.eles pertencem a famf amília ômega 6 e ômega 3. Fosfolipídios:são formados por duas cadeias de ácidos graxos ligadas a uma de glicerol.estão presente na membrana plasmática.

6 Esteróide:correspondem a um grupo particular de lipídios. Os mais abundantes nos tecidos dos animais é o colesterol(presente l(presente na membrana plasmática e precursor dos hormônios sexuais masculino e feminino). LDL(baixa densidade)- mau colesterol: : fornece colesterol aos tecidos. HDL(alta densidade)-bom colesterol:remove o excesso de colesterol da célula. c Observação: plantas e fungos não produzem colesterol,mas sintetizam outros Esteróide ide- o Ergosterol(precursor da vitamina D). 2. CARBOIDRATOS(3%): Sinônimos: açúa çúcares,hidratos de carbonos,glicídios,gluc dios,glucídios. dios. Definição:são açúa çúcares de origem vegetal com exceção do mel,possuindo na sua composição carbono,hidrogênio,oxigênio,podem apresentar também m em sua estrutura nitrogênio e fósforo,mas f não são muito estáveis.

7 CLASSIFICAÇÃO : Monossacarídeos deos:são açucares a que não sofrem hidrólise. Fórmula Geral: CnH2nOn, onde n fica é maior ou igual 3 e menor ou igual a 7. Exemplos: Triose,Pentose,Ribose,Glicose,Frutose,Galactose e Desoxirribose. Aldose: : são carboidratos que possuem o grupo funcional dos aldeídos. dos. Cetose: : são carboidratos que possuem o grupo funcional das cetonas. Dissacarídeo ou Oligossacarídeo:são açucares formados pela união(através s da ligação glicosídica) de 2 até 10 monossacarídeos. deos.é uma reação de desidratação, pois háh perda de moléculas de água. Fórmula Geral: CnH2n-2On 2On-1, onde é maior ou igual a 6 e menor ou igual a 14. Exemplos: Sacarose=Glicose + Frutose Lactose= Glicose + Galactose Maltose= Glicose+ Glicose

8 Polissacarídeos:são açúa çúcares insolúveis em água. Estruturais: Celulose-presente na parede celular dos vegetais. Quitina-presente nas estruturas celulares dos animais. Reserva: Amido (vegetal) Quitina(animal) PROTEÍNAS NAS(15%): São macromoléculas(pol culas(polímeros),formadas pela união de vários v aminoácidos(monômeros)atrav cidos(monômeros)através s da ligação peptídica;com perda de moléculas de água, ou seja, é uma reação por desidratação. Existem 20 tipos de aminoácidos(aa) que diferem entre si pelo radical; Aminoácidos essenciais(08)-são são os que o homem não produz; Aminoácidos naturais(12)- são os que o homem produz;

9 Aminoácidos: Fórmula Geral:

10 Ligação Peptídica: Nº de Ligações= Nº N de Aminoácidos cidos- 1

11 Funções das Proteínas nas: Estrutural; defesa(anticorpo); catalisadores(enzimas); transporte e de ases(hemoglobina) e hormonal. Diferenças entre 02 ou + Proteínas nas: Nº de (AA); Tipos de (AA); Seqüência de (AA); Estrutura da Proteína na: Primária ria- linear Secundária ria- espiral Terciária ria- novelo(globular) Quaternária ria- formada por parte protéica+parte não protéica;ex.hemoglobina. Desnaturação Protéica ica:é a modificação da estrutura da proteína. Fatores que causam desnaturação:

12 PH- a proteína tem um ph ótimo. C.R PH Temperatura- a proteína tem sua temperatura ótima. C.R Temperatura Concentração do Substrato: C.R C.S

13 As Vitaminas(1%): São substâncias orgânicas necessárias em pequenas quantidades. Avitaminose- corresponde a ausência de vitaminas. Hipervitaminose- corresponde ao excesso de vitaminas. Função: regulação. Vitaminas Hidrossolúveis veis- A,D,E,K Vitaminas Lipossolúveis veis- vitaminas do complexo B e vitamina C.

14 VITAMINAS A (Retinol) D (Calciferol) E (Tocoferol) K (Filoquinona) B1 (Tiamina) B2 (Riboflavina) B3 (Niacina) B6 (Piridoxina) B12(Cobalami na) C (Ácido( ascórbico) FONTES Vegetais verdes e amarelos;frutas amarelas;fígado;leite;gema de ovo. Gema de ovo;vegetais rico em óleo. Cereais integrais;vegetais folhosos;óleos leos vegetais e gema de ovo. Vegetais;chá;produzido ;produzido pela bactéria da flora intestinal. Carnes,legumes,cereais integrais e verduras. Laticínios,carnes,cereais;gema;f nios,carnes,cereais;gema;fígado; gado; leite. Nozes;carnes;cereais integrais e fígado. f Carnes;verduras;leite;fígado;peixe. Carnes;ovos e laticínios. Frutas cítricas;verduras c e legumes. DEFICIÊNCIA Problemas de visão;cegueira noturna;pele seca. Raquitismo e enfraquecimento de ossos e dentes. Provavelmente anemia e esterilidade. Ausência ou dificuldade de coagulação. Beribéri(inflama ri(inflamação e degeneração dos nervos);insuficiência cardíaca. aca. Fissuras na pele;rachaduras no canto da boca(queilose);inflamação da língua(glossite). Pelagra(lesões na pele,diarréia e distúrbios nervosos.) Irritabilidade;anemia;convulsões e contrações musculares involuntária. Anemia perniciosa;hemácias cias mal formadas. Escorbuto(sangramento das gengivas). H(Biotina) Legumes;carnes e verduras. Distúrbios neuromusculares e inflamação na pele.

15 ACIDOS NUCLÉICOS: Tipos de Ácidos Nucléicos: Ácido desoxirribonucléico(dna ico(dna OU ADN); Ácido ribonucléico(rna). ico(rna). DNA OU ADN (Cadeia Dupla): é formado por várias v unidades de nucleotídeo(polinucleot deo(polinucleotídeo).cada deo).cada nucleotídeo é formado por: fosfato, açúa çúcar e base nitrogenada. Base nitrogenada: Púricas P ou purinas - Adenina (A);Guanina(G). Pirimidínicas ou pirimidinas-timina(t); Citosina( C ). RNA(Cadeia Simples): é formado por várias v unidades de nucleotídeo (polinucleotídeo).cada nucleotídeo é formado por: fosfato;açú çúcar e base nitrogenada. Base nitrogenada: Púricas P ou purinas - Adenina (A);Guanina(G). Pirimidínicas ou pirimidinas-uracila ( U ) ; Citosina( C )

16

ALIMENTOS, NUTRIENTES E SAÚDE. Profª MSc Monyke Lucena

ALIMENTOS, NUTRIENTES E SAÚDE. Profª MSc Monyke Lucena ALIMENTOS, NUTRIENTES E SAÚDE Profª MSc Monyke Lucena Para podermos praticar esportes, estudar ou realizar qualquer outra atividade, devemos ter energia no nosso organismo; Essa energia é fornecida pelos

Leia mais

MICRONUTRIENTES: Vitaminas e Minerais

MICRONUTRIENTES: Vitaminas e Minerais Projeto de Extensão Saúde da Família e o Papel da Escola MICRONUTRIENTES: Vitaminas e Minerais Danielle Mayumi Tamazato Maiara Jaloretto Barreiro O que são vitaminas? Vitaminas são micronutrientes essenciais

Leia mais

www.aliancaprevestibular.com

www.aliancaprevestibular.com Professor Juliana Villa-Verde Disciplina Bio I Lista nº Assuntos Texto I Intodução à Citologia CITOLOGIA É o ramo da biologia que estuda a célula, unidade básica dos seres vivos. Hans e Zacarias Jensen

Leia mais

23/03/2015. Moléculas orgânicas - Carboidratos

23/03/2015. Moléculas orgânicas - Carboidratos Moléculas orgânicas - Carboidratos São formados por C, H, O. São Conhecidos como: Hidratos de Carbono Glucídios Glicídios Açúcares Sacarídeos Funções: Energética (glicose); Glicogênio : reserva energética

Leia mais

COMPOSIÇÃO QUÍMICA CELULAR COMPOSTOS INORGÂNICOS: ÁGUA- SAIS MINERAIS COMPOSTOS ORGÂNICOS: CARBOIDRATOS

COMPOSIÇÃO QUÍMICA CELULAR COMPOSTOS INORGÂNICOS: ÁGUA- SAIS MINERAIS COMPOSTOS ORGÂNICOS: CARBOIDRATOS COMPOSIÇÃO QUÍMICA CELULAR COMPOSTOS INORGÂNICOS: ÁGUA- SAIS MINERAIS COMPOSTOS ORGÂNICOS: CARBOIDRATOS COMPOSTOS INORGÂNICOS Não apresentam Carbono em sua estrutura DOIS TIPOS: Água e Sais Minerais ÁGUA:

Leia mais

Como nosso corpo está organizado

Como nosso corpo está organizado A celulose é um carboidrato que forma a parte dos vegetais conhecida como fibra alimentar. FABIO YOSHIHITO MATSUURA/ARQUIVO DA EDITORA Alguns alimentos ricos em fibras: verduras,frutas e legumes. As fibras

Leia mais

CARBOIDRATOS. INTRODUÇÃO -Biomoléculas mais abundantes -Base da nutrição animal

CARBOIDRATOS. INTRODUÇÃO -Biomoléculas mais abundantes -Base da nutrição animal INTRODUÇÃO -Biomoléculas mais abundantes -Base da nutrição animal CARBOIDRATOS *Os animais não são capazes de sintetizar carboidratos a partir de substratos simples não energéticos, precisando obtê-los

Leia mais

QUÍMICA CELULAR NUTRIÇÃO TIPOS DE NUTRIENTES NUTRIENTES ENERGÉTICOS 4/3/2011 FUNDAMENTOS QUÍMICOS DA VIDA

QUÍMICA CELULAR NUTRIÇÃO TIPOS DE NUTRIENTES NUTRIENTES ENERGÉTICOS 4/3/2011 FUNDAMENTOS QUÍMICOS DA VIDA NUTRIÇÃO QUÍMICA CELULAR PROFESSOR CLERSON CLERSONC@HOTMAIL.COM CIESC MADRE CLÉLIA CONCEITO CONJUNTO DE PROCESSOS INGESTÃO, DIGESTÃO E ABSORÇÃO SUBSTÂNCIAS ÚTEIS AO ORGANISMO ESPÉCIE HUMANA: DIGESTÃO ONÍVORA

Leia mais

O QUE SÃO SUBSTÂNCIAS INORGÂNICAS? QUAL A FUNÇÃO BIOLÓGICA DE CADA UMA?

O QUE SÃO SUBSTÂNCIAS INORGÂNICAS? QUAL A FUNÇÃO BIOLÓGICA DE CADA UMA? O QUE SÃO SUBSTÂNCIAS ORGÂNICAS? O QUE SÃO SUBSTÂNCIAS INORGÂNICAS? QUAL A FUNÇÃO BIOLÓGICA DE CADA UMA? SUBSTÂNCIAS ORGÂNICAS: CARBONO, HIDROGÊNIO, OXIGÊNIO E NITROGÊNIO FORMAM CADEIAS LONGAS E COMPLEXAS

Leia mais

Nutrientes. E suas funções no organismo humano

Nutrientes. E suas funções no organismo humano Nutrientes E suas funções no organismo humano O corpo humano necessita de uma série de substâncias básicas indispensáveis para a formação de tecidos, para obtenção de energia, para a realização de atividades

Leia mais

CURSO U.V.V. / EMESCAM. BIOLOGIA - parte 01 EDUCANDO PARA SEMPRE

CURSO U.V.V. / EMESCAM. BIOLOGIA - parte 01 EDUCANDO PARA SEMPRE CURSO U.V.V. / EMESCAM BIOLOGIA - parte 01 EDUCANDO PARA SEMPRE 2014 - APOSTILA - TURMA EMESCAM /U.V.V. BIOLOGIA Prof. Flávio AULA 1 CARACTERÍSTICAS DOS SERES VIVOS 1. Composição química complexa: Os

Leia mais

EMEF TI MOACYR AVIDOS DISCIPLINA ELETIVA: COZINHANDO COM OS NÚMEROS

EMEF TI MOACYR AVIDOS DISCIPLINA ELETIVA: COZINHANDO COM OS NÚMEROS EMEF TI MOACYR AVIDOS DISCIPLINA ELETIVA: COZINHANDO COM OS NÚMEROS (ALUNOS) Público Alvo: 6ºs E 7ºs ANOS (DISCIPLINA) Área de Conhecimento: MATEMÁTICA e LÍNGUA PORTUGUESA PROFESSORES: JANAINA ROSEMBERG

Leia mais

NUTRIÇÃO DE GATOS. DUTRA, Lara S. 1 ; CENTENARO, Vanessa B. 2 ; ARALDI, Daniele Furian 3. Palavras-chave: Nutrição. Gatos. Alimentação.

NUTRIÇÃO DE GATOS. DUTRA, Lara S. 1 ; CENTENARO, Vanessa B. 2 ; ARALDI, Daniele Furian 3. Palavras-chave: Nutrição. Gatos. Alimentação. NUTRIÇÃO DE GATOS DUTRA, Lara S. 1 ; CENTENARO, Vanessa B. 2 ; ARALDI, Daniele Furian 3 Palavras-chave: Nutrição. Gatos. Alimentação. Introdução Nutrição veterinária é a ciência que tem por objetivo descobrir

Leia mais

UNIDADE II UNIDADE III

UNIDADE II UNIDADE III MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO Universidade Federal de Alfenas. UNIFAL-MG Rua Gabriel Monteiro da Silva, 700. Alfenas/MG. CEP 37130-000 Fone: (35) 3299-1000. Fax: (35) 3299-1063 P R O G R A M A D E E N S I N O

Leia mais

A RODA DOS ALIMENTOS E OS NOVOS VALORES NUTRICIONAIS Mafra, 14 de Março de 2008. Ana Leonor DataPerdigão Nutricionista

A RODA DOS ALIMENTOS E OS NOVOS VALORES NUTRICIONAIS Mafra, 14 de Março de 2008. Ana Leonor DataPerdigão Nutricionista A RODA DOS ALIMENTOS E OS NOVOS VALORES NUTRICIONAIS Mafra, 14 de Março de 2008 Ana Leonor DataPerdigão Nutricionista A ALIMENTAÇÃO SAUDÁVEL É Completa Fornece energia e todos os nutrientes essenciais

Leia mais

CIÊNCIAS PROVA 2º BIMESTRE 8º ANO PROJETO CIENTISTAS DO AMANHÃ

CIÊNCIAS PROVA 2º BIMESTRE 8º ANO PROJETO CIENTISTAS DO AMANHÃ PREFEITURA DA CIDADE DO RIO DE JANEIRO SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO SUBSECRETARIA DE ENSINO COORDENADORIA DE EDUCAÇÃO CIÊNCIAS PROVA 2º BIMESTRE 8º ANO PROJETO CIENTISTAS DO AMANHÃ Prova elaborada

Leia mais

AS QUESTÕES OBRIGATORIAMENTE DEVEM SER ENTREGUES EM UMA FOLHA À PARTE COM ESTA EM ANEXO.

AS QUESTÕES OBRIGATORIAMENTE DEVEM SER ENTREGUES EM UMA FOLHA À PARTE COM ESTA EM ANEXO. ENSINO MÉDIO Conteúdos da 1ª Série 1º/2º Bimestre 2015 Trabalho de Dependência Nome: N. o : Turma: Professor(a): Roberta/Marco Data: / /2015 Unidade: Cascadura Mananciais Méier Taquara Biologia Resultado

Leia mais

Os lipídeos se encontram distribuídos em todos os tecidos, principalmente nas membranas celulares.

Os lipídeos se encontram distribuídos em todos os tecidos, principalmente nas membranas celulares. LIPÍDEOS Os lipídeos se encontram distribuídos em todos os tecidos, principalmente nas membranas celulares. Por convenção (Congresso Internacional de Bioquímica em 1922) ésteres de ácidos graxos, ou seja,

Leia mais

Eliane Petean Arena Nutricionista - CRN 3257. Rua Conselheiro Antônio Prado 9-29 Higienópolis Bauru - SP Telefone : (14) 3243-7840

Eliane Petean Arena Nutricionista - CRN 3257. Rua Conselheiro Antônio Prado 9-29 Higienópolis Bauru - SP Telefone : (14) 3243-7840 Músculos Ok Eliane Petean Arena Nutricionista - CRN 3257 Rua Conselheiro Antônio Prado 9-29 Higienópolis Bauru - SP Telefone : (14) 3243-7840 Conhecendo seu corpo e seus músculos Proteínas e o ganho de

Leia mais

Sais minerais. Capítulo 5

Sais minerais. Capítulo 5 Sais minerais Os sais minerais são elementos químicos presentes na natureza, embora nós não sejamos capazes de sintetizá-los ou produzi-los em nosso corpo. Portanto, precisamos ingeri-los para que o corpo

Leia mais

Função orgânica nossa de cada dia. Profa. Kátia Aquino

Função orgânica nossa de cada dia. Profa. Kátia Aquino Função orgânica nossa de cada dia Profa. Kátia Aquino Vamos analisar! Funções Carboidratros (ou Glicídios) Energética: eles são os maiores fornecedores de energia para os seres vivos, principalmente a

Leia mais

Resoluções de Atividades

Resoluções de Atividades Resoluções de Atividades Sumário Aula 1 Seres vivos e seus níveis de organização...1 Aula 2 Constituintes inorgânicos da célula Água...2 Aula 3 Constituintes inorgânicos da célula Sais minerais... 3 Aula

Leia mais

NUTRIÇÃO. Prof. Marta E. Malavassi

NUTRIÇÃO. Prof. Marta E. Malavassi Prof. Marta E. Malavassi Conceito: processo orgânico que envolve ingestão, digestão, absorção, transporte e eliminação das substâncias alimentares para a manutenção de funções, a formação e regeneração

Leia mais

SUPLEMENTOS ALIMENTARES

SUPLEMENTOS ALIMENTARES SUPLEMENTOS ALIMENTARES O NOSSO OBJETIVO É O SEU BEM-ESTAR! Num mundo cada vez mais agitado e exigente Num meio ambiente cada vez mais prejudicial ao nosso organismo e à nossa vida saudável Torna-se necessário

Leia mais

COMPOSIÇÃO QUÍMICA DA CARNE. Profª Sandra Carvalho

COMPOSIÇÃO QUÍMICA DA CARNE. Profª Sandra Carvalho COMPOSIÇÃO QUÍMICA DA CARNE Profª Sandra Carvalho A carne magra: 75% de água 21 a 22% de proteína 1 a 2% de gordura 1% de minerais menos de 1% de carboidratos A carne magra dos diferentes animais de abate

Leia mais

Criança nutrida & criança Vitaminada

Criança nutrida & criança Vitaminada Criança nutrida & criança Vitaminada IMC INFANTIL Muitos pais se preocupam com o peso e a estatura de seu filho. Questionam-se se a massa corporal da criança está de acordo com a idade, se a alimentação

Leia mais

Principais propriedades físicas da água.

Principais propriedades físicas da água. BIOQUÍMICA CELULAR Principais propriedades físicas da água. Muitas substâncias se dissolvem na água e ela é comumente chamada "solvente universal". Por isso, a água na natureza e em uso raramente é pura,

Leia mais

(2) converter as moléculas dos nutrientes em unidades fundamentais precursoras das macromoléculas celulares;

(2) converter as moléculas dos nutrientes em unidades fundamentais precursoras das macromoléculas celulares; INTRODUÇÃO AO METABOLISMO Metabolismo é o conjunto das reações químicas que ocorrem num organismo vivo com o fim de promover a satisfação de necessidades estruturais e energéticas. O metabolismo tem quatro

Leia mais

Aula 7 Ácidos nucléicos

Aula 7 Ácidos nucléicos Aula 7 Ácidos nucléicos Os ácidos nucléicos DNA (ácido desoxirribonucléico) e o RNA (ácido ribonucléico) são substâncias essenciais para os seres vivos, pois mantêm a informação genética que controla a

Leia mais

PROVA DE BIOLOGIA. Observe o esquema, que representa o transporte de lipoproteína LDL para dentro da célula. Receptores de LDL.

PROVA DE BIOLOGIA. Observe o esquema, que representa o transporte de lipoproteína LDL para dentro da célula. Receptores de LDL. 11 PROVA DE BIOLOGIA Q U E S T Ã O 1 6 Observe o esquema, que representa o transporte de lipoproteína LDL para dentro da célula. Partícula de LDL (Lipoproteína de baixa densidade) Receptores de LDL Endossomo

Leia mais

A base molecular da vida Constituintes da matéria-viva

A base molecular da vida Constituintes da matéria-viva A base molecular da vida Constituintes da matéria-viva Principais elementos químicos dos seres vivos Quando se analisa a matéria-viva que constitui os seres vivos, encontram-se principalmente os seguintes

Leia mais

SOCIEDADE GAÚCHA DE APERFEIÇOAMENTO BIOMÉDICO E CIÊNCIAS DA SAÚDE

SOCIEDADE GAÚCHA DE APERFEIÇOAMENTO BIOMÉDICO E CIÊNCIAS DA SAÚDE Apostila de Biologia Celular Organização Geral Do Corpo Humano: O ser humano possui uma organização estrutural complexa, que inicia no nível químico e termina no nível sistêmico. 1º nível (Químico): Inclui

Leia mais

A bioquímica celular é o ramo da biologia que estuda a composição e as propriedades químicas dos seres vivos.

A bioquímica celular é o ramo da biologia que estuda a composição e as propriedades químicas dos seres vivos. 1) Introdução A bioquímica celular é o ramo da biologia que estuda a composição e as propriedades químicas dos seres vivos. 2) Elementos químicos da matéria viva Existem 96 elementos químicos que ocorrem

Leia mais

REVISÃO EMESCAM. Continuação. BIOLOGIA - parte 01 EDUCANDO PARA SEMPRE

REVISÃO EMESCAM. Continuação. BIOLOGIA - parte 01 EDUCANDO PARA SEMPRE REVISÃO EMESCAM Continuação BIOLOGIA - parte 01 EDUCANDO PARA SEMPRE BIOLOGIA Prof. Flávio 1. Composição química complexa: AULA 1 CARACTERÍSTICAS DOS SERES VIVOS Os principais elementos constituintes

Leia mais

BIOLOGIA Nutrição e digestão

BIOLOGIA Nutrição e digestão Módulo 29 Página 29 à 41 MORFOFISIOLOGIA É o estudo da estrutura e do funcionamento do corpo humano Sobre os sistemas dos animais: Finalidade Importância Sobre os filos: As adaptações Aspectos gerais da

Leia mais

Deficiência de nutrientes e seus sinais clínicos

Deficiência de nutrientes e seus sinais clínicos 16/11/2010 Faculdades Integradas Metropolitanas de Campinas METROCAMP Curso de Nutrição Introdução Deficiência de nutrientes e seus sinais clínicos Macronutrientes (Proteínas) Vitaminas Minerais MÁ NUTRIÇÃO

Leia mais

PROVA DE CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS NUTRICIONISTA / NUTRICIONISTA ESCOLAR

PROVA DE CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS NUTRICIONISTA / NUTRICIONISTA ESCOLAR 12 PROVA DE CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS NUTRICIONISTA / NUTRICIONISTA ESCOLAR QUESTÃO 21 São sintomas apresentados por pacientes com a síndrome da imunodeficiência adquirida, EXCETO: a) aumento de células

Leia mais

BIOQUÍMICA 1º TRIMESTRE 1º ANO BIO I

BIOQUÍMICA 1º TRIMESTRE 1º ANO BIO I BIOQUÍMICA 1º TRIMESTRE 1º ANO BIO I INTRODUÇÃO A vida se organiza de maneira hierárquica, onde os elementos mais simples se agrupam para formar outros mais complexos. Assim, existem níveis de organização

Leia mais

CITOQUÍMICA ou MOLECULAR

CITOQUÍMICA ou MOLECULAR CITOQUÍMICA ou BIOLOGIA MOLECULAR Composição química da célula Os principais elementos encontrados nas células são: carbono (C), hidrogênio (H), oxigênio (O), nitrogênio (N), fósforo (P) e enxofre (S)=

Leia mais

27/08/2014. Carboidratos. Monossacarídeos. Introdução. Classificação (quanto ao número de monômeros) Carboidratos

27/08/2014. Carboidratos. Monossacarídeos. Introdução. Classificação (quanto ao número de monômeros) Carboidratos Introdução CARBOIDRATOS Outras denominações: - Hidratos de carbono - Glicídios, glícides ou glucídios - Açúcares. Ocorrência e funções gerais: São amplamente distribuídos nas plantas e nos animais, onde

Leia mais

IDENTIFICAÇÃO DE AÇÚCARES

IDENTIFICAÇÃO DE AÇÚCARES Escola Secundária do Padre António Martins Oliveira de Lagoa Técnicas Laboratoriais de Química IDENTIFICAÇÃO DE AÇÚCARES Pedro Pinto Nº 14 11ºA 29/04/2004 Índice Objectivo do Trabalho... 2 Fundamentos

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ INSTITUTO DE CIÊNCIAS DA SAÚDE FACULDADE DE ENFERMAGEM

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ INSTITUTO DE CIÊNCIAS DA SAÚDE FACULDADE DE ENFERMAGEM UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ INSTITUTO DE CIÊNCIAS DA SAÚDE FACULDADE DE ENFERMAGEM IDENTIFICAÇÃO Atividade Curricular: CIÊNCIAS MORFOFISIOLÓGICAS Código: CS16031 Carga Horária: 238 horas Teórica: 119

Leia mais

( ) Falta de vitamina D. Dificuldades em absorver o cálcio, provocando problemas para a calcificação dos ossos.

( ) Falta de vitamina D. Dificuldades em absorver o cálcio, provocando problemas para a calcificação dos ossos. NOME: ANO: 8º ENSINO: FUNDAMENTAL I TURMA: DATA: / / PROF(ª).:Sandra Medeiros ATIVIDADE DIAGNÓSTICA DE CIÊNCIAS 1. Questão Estabeleça relação entre as colunas. (a) Beribéri ( ) Falta de vitamina D. Dificuldades

Leia mais

Valores diários recomendados de nutrientes, vitaminas e minerais.

Valores diários recomendados de nutrientes, vitaminas e minerais. Conteúdo Valores diários recomendados de nutrientes, vitaminas e minerais.... 2 Como ler os rótulos dos alimentos... 5 Dose de produto... 7 Calorias... 7 Quantidade de nutrientes... 8 Explicação da quantificação

Leia mais

O esquema representa uma provável filogenia dos Deuterostomados. Assinale a opção que apresenta CORRETAMENTE as características I, II, III e IV.

O esquema representa uma provável filogenia dos Deuterostomados. Assinale a opção que apresenta CORRETAMENTE as características I, II, III e IV. 1 PROVA DE BIOLOGIA I QUESTÃO 31 O esquema representa uma provável filogenia dos Deuterostomados. Assinale a opção que apresenta CORRETAMENTE as características I, II, III e IV. I II III IV a) Coluna vertebral

Leia mais

Composição química. Profª Maristela. da célula

Composição química. Profª Maristela. da célula Composição química Profª Maristela da célula Compostos inorgânicos Água Sais minerais Compostos orgânicos Carboidratos Lipídios Proteínas Ácidos nucleicos Vitaminas Água Solvente universal Atua no transporte

Leia mais

Quiche de palmito. levíssima massa recheada com palmito fresco temperado com cúrcuma.

Quiche de palmito. levíssima massa recheada com palmito fresco temperado com cúrcuma. CARDÁPIO DETOX Quiche de palmito levíssima massa recheada com palmito fresco temperado com cúrcuma. Quiche de Espinafre levíssima massa recheada com creme de espinafre finamente temperado e harmonizado

Leia mais

GABARITO DEFINITIVO DA IX OBB (1ª FASE)

GABARITO DEFINITIVO DA IX OBB (1ª FASE) (1/5) Resolução Comentada OBB IX Fase 1 GABARITO DEFINITIVO DA IX OBB (1ª FASE) 1 A B C D E 11 A B C D E 21 A B C D E 2 A B C D E 12 A B C D E 22 A B C D E 3 A B C D E 13 A B C D E 23 A B C D E 4 A B C

Leia mais

Profa. Joyce Silva Moraes

Profa. Joyce Silva Moraes Alimentação e Saúde Profa. Joyce Silva Moraes saciar a fome Para que serve o alimento? combustível para viver, proporcionando o bem-estarestar e a disposição para realizar todas as atividades. demonstrar

Leia mais

A Importância dos Alimentos. Prof.: Andrey Oliveira Colégio Sete de Setembro Disciplina: Educação Física

A Importância dos Alimentos. Prof.: Andrey Oliveira Colégio Sete de Setembro Disciplina: Educação Física A Importância dos Alimentos Prof.: Andrey Oliveira Colégio Sete de Setembro Disciplina: Educação Física saciar a fome Para que serve o alimento? combustível para viver, proporcionando o bem-estar e a

Leia mais

Vida saudável. Dicas e possibilidades nos dias de hoje.

Vida saudável. Dicas e possibilidades nos dias de hoje. CENTRO UNIVERSITÁRIO ASSUNÇÃO- Vida saudável. Dicas e possibilidades nos dias de hoje. Profa. Dra. Valéria Batista O que é vida saudável? O que é vida saudável? Saúde é o estado de complexo bem-estar físico,

Leia mais

Transporte através da Membrana Plasmática. Biofísica

Transporte através da Membrana Plasmática. Biofísica Transporte através da Membrana Plasmática Biofísica Estruturas das células Basicamente uma célula é formada por três partes básicas: Membrana: capa que envolve a célula; Citoplasma: região que fica entre

Leia mais

9º ANO Ensino Fundamental

9º ANO Ensino Fundamental E n s in o F o r t e e d e R e s u l t a do s Estudante: Centro Educacio nal Juscelino K ub itschek G uar á / Valp ar a íso Exercícios Rec. Semestral 2º Bimestre B I O L O G I A 9º ANO Ensino Fundamental

Leia mais

Biologia Molecular - I. Prof. Fernando Belan - Classe A

Biologia Molecular - I. Prof. Fernando Belan - Classe A Biologia Molecular - I Prof. Fernando Belan - Classe A Introdução CHONPS Carbono, Hidrogênio, Oxigênio, Nitrogênio, Fósforo e Enxofre. Moléculas Orgânicas > Proteínas e Ácidos Nucleicos; Carboidratos,

Leia mais

3ºano-lista de exercícios-introdução à fisiologia animal

3ºano-lista de exercícios-introdução à fisiologia animal 1. (Udesc) Os hormônios são substâncias químicas produzidas pelas glândulas endócrinas que atuam sobre órgãos-alvo à distância. A ação hormonal pode provocar o estímulo ou a inibição das funções orgânicas.

Leia mais

UNIVERSIDADE COMUNITÁRIA DA REGIÃO DE CHAPECÓ ÁREA DE CIÊNCIAS DA SAÚDE CURSO DE FISIOTERAPIA CIÊNCIAS MORFOLÓGICAS II

UNIVERSIDADE COMUNITÁRIA DA REGIÃO DE CHAPECÓ ÁREA DE CIÊNCIAS DA SAÚDE CURSO DE FISIOTERAPIA CIÊNCIAS MORFOLÓGICAS II UNIVERSIDADE COMUNITÁRIA DA REGIÃO DE CHAPECÓ ÁREA DE CIÊNCIAS DA SAÚDE CURSO DE FISIOTERAPIA CIÊNCIAS MORFOLÓGICAS II Respiração Celular 1º estágio: GLICÓLISE 2º estágio: CK Ciclo de Krebs 3º estágio:

Leia mais

DIGESTÃO HUMANA. Sistema Digestório. Professor: Fernando Stuchi. Enzimas Caminho da digestão Etapas da digestão

DIGESTÃO HUMANA. Sistema Digestório. Professor: Fernando Stuchi. Enzimas Caminho da digestão Etapas da digestão DIGESTÃO HUMANA 1. 2. 3. Enzimas Caminho da digestão Etapas da digestão Sistema Digestório Professor: Fernando Stuchi Dúvidas sobre Digestão Afinal o que é digestão? Conjunto de transformações físico-químicas

Leia mais

Dr. Marcos Sandoval Medeiros de Freitas VITAMINAS

Dr. Marcos Sandoval Medeiros de Freitas VITAMINAS X VITAMINAS Vitaminas são substâncias químicas orgânicas complexas, naturalmente encontradas nos alimentos, e que sempre fizeram parte da nossa dieta primordial e natural. São essenciais para o equilíbrio

Leia mais

Água Potável na Amazônia IV: Água Preta e Húmus

Água Potável na Amazônia IV: Água Preta e Húmus PESQUISA Água Potável na Amazônia IV: Água Preta e Húmus Whei OH Lin, * Izabel Souto Ferreira da Silva ** e Phelippe Maximo de Jesus Borges ** Palavras-chave Água preta; fonte de água; húmus. Áreas do

Leia mais

Atividade de Biologia 1 série

Atividade de Biologia 1 série Atividade de Biologia 1 série Nome: 1. (Fuvest 2013) Louis Pasteur realizou experimentos pioneiros em Microbiologia. Para tornar estéril um meio de cultura, o qual poderia estar contaminado com agentes

Leia mais

Aluno (a): Turma: Data: / / Lista de exercícios de Ciências 8º ano

Aluno (a): Turma: Data: / / Lista de exercícios de Ciências 8º ano Aluno (a): Turma: Data: / / Lista de exercícios de Ciências 8º ano 1. Na pirâmide alimentar, que alimentos precisam ser consumidos em maior quantidade? a) Carboidratos complexos, como alimentos integrais

Leia mais

CITOLOGIA organelas e núcleo

CITOLOGIA organelas e núcleo Biologia CITOLOGIA organelas e núcleo Professor: Fernando Stuchi Níveis de Organização do Corpo Humano Conceitos Fundamentais População - Conjunto formado pelos organismos de determinada espécie, que vivem

Leia mais

Stresstabs 600 com zinco polivitamínico e polimineral

Stresstabs 600 com zinco polivitamínico e polimineral Stresstabs 600 com zinco polivitamínico e polimineral Nome comercial: Stresstabs 600 com zinco Nome genérico: polivitamínico e polimineral Forma farmacêutica e apresentação referente a esta bula: Stresstabs

Leia mais

95% de água, 3% de substâncias orgânicas e 2% de sais minerais. uma secreção serosa outra secreção mucosa

95% de água, 3% de substâncias orgânicas e 2% de sais minerais. uma secreção serosa outra secreção mucosa SISTEMA DIGESTÓRIO SALIVA A saliva é um líquido claro, viscoso, alcalino (ph entre 6 e 7), que contém em sua composição: 95% de água, 3% de substâncias orgânicas e 2% de sais minerais. Além disso, também

Leia mais

AquaVitro for Plant DESENCADEIE O CRESCIMENTO DAS PLANTAS

AquaVitro for Plant DESENCADEIE O CRESCIMENTO DAS PLANTAS AquaVitro for Plant DESENCADEIE O CRESCIMENTO DAS PLANTAS Premier Condicionador especialmente destinado para aquários plantados Remove Cloro e Cloraminas Aumenta o Potássio Premier é um condicionador de

Leia mais

COMPOSIÇÃO QUÍMICA DA CÉLULA. Prof.(a):Monyke Lucena

COMPOSIÇÃO QUÍMICA DA CÉLULA. Prof.(a):Monyke Lucena COMPOSIÇÃO QUÍMICA DA CÉLULA Prof.(a):Monyke Lucena Composição Química da Célula Substâncias Inorgânicas Substâncias Orgânicas Água Sais Minerais Carboidratos Lipídios Proteínas Ácidos Nucléicos Composição

Leia mais

Como nosso corpo está organizado

Como nosso corpo está organizado Tecido muscular esquelético estriado: Encontrado em todo o corpo e associado aos ossos. movimentos voluntários. Tecido muscular não estriado (liso): Encontrado no tubo digestório, na bexiga, nas artérias

Leia mais

METABOLISMO ENERGÉTICO RESPIRAÇÃO CELULAR FERMENTAÇÃO FOTOSSÍNTESE QUIMIOSSÍNTESE

METABOLISMO ENERGÉTICO RESPIRAÇÃO CELULAR FERMENTAÇÃO FOTOSSÍNTESE QUIMIOSSÍNTESE METABOLISMO ENERGÉTICO RESPIRAÇÃO CELULAR FERMENTAÇÃO FOTOSSÍNTESE QUIMIOSSÍNTESE RESPIRAÇÃO CELULAR Processo de produção de energia a partir da degradação completa de compostos orgânicos energéticos (ex.:

Leia mais

PROVA DE BIOLOGIA 2 o BIMESTRE 2012

PROVA DE BIOLOGIA 2 o BIMESTRE 2012 PROVA DE BIOLOGIA 2 o BIMESTRE 2012 PROFª. VERA NOME N o 1 a SÉRIE A compreensão do enunciado faz parte da questão. Não faça perguntas ao examinador. A prova deve ser feita com caneta azul ou preta. É

Leia mais

A ENERGIA NO CENTRO DAS ATENÇÕES

A ENERGIA NO CENTRO DAS ATENÇÕES A ENERGIA NO CENTRO DAS ATENÇÕES A Responde às perguntas com a informação que consta nas páginas 2-3. Porque ingerimos alimentos? Qual é a unidade de energia utilizada em nutrição? Quando emagrecemos?

Leia mais

Prof. Hércules Freitas Biologia AULAS BASES MOLECULARES DA VIDA

Prof. Hércules Freitas Biologia AULAS BASES MOLECULARES DA VIDA Prof. Hércules Freitas Biologia AULAS BASES MOLECULARES DA VIDA Composição química da vida Água corporal durante a vida Dinâmica da água no corpo Respiração: ~0,4 L Urina: ~1,2 L Transpiração: ~0,6 L Evacuação:

Leia mais

Questão 1. Questão 3. Questão 2 1ª PARTE: QUESTÕES OBJETIVAS. alternativa E. alternativa B. A, B e C pertenceriam, respectivamente, a organismos

Questão 1. Questão 3. Questão 2 1ª PARTE: QUESTÕES OBJETIVAS. alternativa E. alternativa B. A, B e C pertenceriam, respectivamente, a organismos 1ª PARTE: QUESTÕES OBJETIVAS Questão 1 O exame de um epitélio e do tecido nervoso de um mesmo animal revelou que suas células apresentam diferentes características. Isso ocorre porque a) as moléculas de

Leia mais

Na aula de hoje continuaremos a estudar as vitaminas. Acompanhe!

Na aula de hoje continuaremos a estudar as vitaminas. Acompanhe! Aula: 32 Temática: Vitaminas parte II Na aula de hoje continuaremos a estudar as vitaminas. Acompanhe! Vitaminas lipossolúveis As vitaminas solúveis em gorduras são absorvidas no intestino humano com a

Leia mais

Metabolismo de Lipídios PEDRO LEONARDO DE PAULA REZENDE

Metabolismo de Lipídios PEDRO LEONARDO DE PAULA REZENDE Universidade Federal de Goiás Escola de Veterinária Depto. De Produção Animal Pós-Graduação em Ciência Animal Metabolismo de Lipídios PEDRO LEONARDO DE PAULA REZENDE Zootecnista Especialista em Produção

Leia mais

Na aula de hoje, iremos ampliar nossos conhecimentos sobre as funções das proteínas. Acompanhe!

Na aula de hoje, iremos ampliar nossos conhecimentos sobre as funções das proteínas. Acompanhe! Aula: 21 Temática: Funções bioquímicas das proteínas parte III Na aula de hoje, iremos ampliar nossos conhecimentos sobre as funções das proteínas. Acompanhe! 1) Função Estrutural (Arquitetônica): Os materiais

Leia mais

BIOQUÍMICA. Profª Renata 9º ano / 2018

BIOQUÍMICA. Profª Renata 9º ano / 2018 BIOQUÍMICA Profª Renata 9º ano / 2018 Sais minerais Proteínas Estão presentes em pequenas quantidades nas células. Substâncias inorgânicas. São essenciais para o metabolismo. A carência de sais minerais

Leia mais

/belan.biologia. /fbelan. Carboidratos. Prof. Fernando Belan - CMCG

/belan.biologia. /fbelan. Carboidratos. Prof. Fernando Belan - CMCG /belan.biologia /fbelan Carboidratos Prof. Fernando Belan - CMCG Carboidratos Também chamados de glicídios, glucídios, açúcares e hidratos de carbono. São compostos por carbono (C), hidrogênio (H) e oxigênio

Leia mais

TÍTULO: SCREENING PARA GLICOGÊNIO MUSCULAR EM AMOSTRA DE CARNES EM ARMAZENAMENTO FRIGORÍFICO CATEGORIA: EM ANDAMENTO ÁREA: CIÊNCIAS BIOLÓGICAS E SAÚDE

TÍTULO: SCREENING PARA GLICOGÊNIO MUSCULAR EM AMOSTRA DE CARNES EM ARMAZENAMENTO FRIGORÍFICO CATEGORIA: EM ANDAMENTO ÁREA: CIÊNCIAS BIOLÓGICAS E SAÚDE TÍTULO: SCREENING PARA GLICOGÊNIO MUSCULAR EM AMOSTRA DE CARNES EM ARMAZENAMENTO FRIGORÍFICO CATEGORIA: EM ANDAMENTO ÁREA: CIÊNCIAS BIOLÓGICAS E SAÚDE SUBÁREA: BIOMEDICINA INSTITUIÇÃO: UNIVERSIDADE ANHEMBI

Leia mais

METABOLISMO ENERGÉTICO RESPIRAÇÃO CELULAR FERMENTAÇÃO FOTOSSÍNTESE QUIMIOSSÍNTESE

METABOLISMO ENERGÉTICO RESPIRAÇÃO CELULAR FERMENTAÇÃO FOTOSSÍNTESE QUIMIOSSÍNTESE METABOLISMO ENERGÉTICO RESPIRAÇÃO CELULAR FERMENTAÇÃO FOTOSSÍNTESE QUIMIOSSÍNTESE RESPIRAÇÃO CELULAR Processo de produção de energia a partir da degradação completa de compostos orgânicos energéticos (ex.:

Leia mais

Para que serve o alimento?

Para que serve o alimento? Alimentação e Saúde saciar a fome Para que serve o alimento? combustível para viver, proporcionando o bem-estar e a disposição para realizar todas as atividades. demonstrar afeto, carinho e aceitação Uma

Leia mais

São catalisadores biológicos de alta especificidade. Catalisar uma reação química é alterar a sua

São catalisadores biológicos de alta especificidade. Catalisar uma reação química é alterar a sua Profa Alessandra Barone Enzimas São catalisadores biológicos de alta especificidade. Catalisar uma reação química é alterar a sua velocidade, ou seja, a quantidade de massa de reagentes (S) transformada

Leia mais

Professor Fernando Stuchi M ETABOLISMO DE C ONSTRUÇÃO

Professor Fernando Stuchi M ETABOLISMO DE C ONSTRUÇÃO M ETABOLISMO DE C ONSTRUÇÃO P ROTEÍNAS P ROPRIEDADE BÁSICA São grandes moléculas (macromoléculas) constituídas por aminoácidos, através de ligações peptídicas. É o composto orgânico mais abundante no corpo

Leia mais

JUSTIFICATIVA OBJETIV OS:

JUSTIFICATIVA OBJETIV OS: JUSTIFICATIVA Para termos um corpo e uma mente saudável, devemos ter uma alimentação rica em frutas, verduras, legumes, carnes, cereais, vitaminas e proteínas. Sendo a escola um espaço para a promoção

Leia mais

BIOQUÍMICA - composição química das células

BIOQUÍMICA - composição química das células BIOQUÍMICA - composição química das células I) Substâncias inorgânicas: água e sais minerais II) Substâncias orgânicas: carboidratos, lipídios, proteínas, ácidos nucléicos,... Substâncias mais presentes

Leia mais

SISTEMA DIGESTÓRIO. Quitéria Paravidino

SISTEMA DIGESTÓRIO. Quitéria Paravidino SISTEMA DIGESTÓRIO Quitéria Paravidino PROCESSOS DIGESTÓRIOS Ingestão:captar alimento pela boca; Mistura e movimentação do alimento:contrações musculares misturam o alimento e as secreções e movimentam

Leia mais

Aula 9 Sistema digestório

Aula 9 Sistema digestório Aula 9 Sistema digestório Os alimentos fornecem nutrientes para construção de estruturas celulares e, ainda, liberação de energia para as atividades celulares. A função da digestão é converter os alimentos

Leia mais

Disciplina: Fisiologia Vegetal

Disciplina: Fisiologia Vegetal Universidade Federal Rural da Amazônia Instituto de Ciências Agrárias (ICA) Disciplina: Fisiologia Vegetal FISIOLOGIA DA SEMENTE Professor: Dr. Roberto Cezar Lobo da Costa Belém Pará 2012 GERMINAÇÃO Fonte:

Leia mais

ORIGEM EMBRIONÁRIA. A zigoto; B clivagem; C mórula; D blástula; E corte de blástula; F gástrula inicial; G - gástrula

ORIGEM EMBRIONÁRIA. A zigoto; B clivagem; C mórula; D blástula; E corte de blástula; F gástrula inicial; G - gástrula ORIGEM EMBRIONÁRIA A zigoto; B clivagem; C mórula; D blástula; E corte de blástula; F gástrula inicial; G - gástrula A- Radiata Mesoderme se forma a partir de células invasoras da endoderme (Equinodermatas)

Leia mais

EXAME DE BIOLOGIA Prova de Acesso - Maiores 23 Anos (21 de Abril de 2009)

EXAME DE BIOLOGIA Prova de Acesso - Maiores 23 Anos (21 de Abril de 2009) INSTITUTO POLITÉCNICO DE BEJA EXAME DE BIOLOGIA Prova de Acesso - Maiores 23 Anos (21 de Abril de 2009) Nome do Candidato Classificação Leia as seguintes informações com atenção. 1. O exame é constituído

Leia mais

CONTROLE E INTEGRAÇÂO

CONTROLE E INTEGRAÇÂO CONTROLE E INTEGRAÇÂO A homeostase é atingida através de uma série de mecanismos reguladores que envolve todos os órgãos do corpo. Dois sistemas, entretanto, são destinados exclusivamente para a regulação

Leia mais

Características da Carne de Frango

Características da Carne de Frango Características da Carne de Frango Katiani Silva Venturini 1 (e-mail: katiani_sv@hotmail.com) Miryelle Freire Sarcinelli 1 (e-mail: miryelle@hotmail.com) Luís César da Silva 2 (website: www.agais.com)

Leia mais

COLÉGIO SHALOM Ensino Fundamental 8 Ano Prof.ª: Nize C.Pavinato - Disciplina: Ciências Aluno(a):

COLÉGIO SHALOM Ensino Fundamental 8 Ano Prof.ª: Nize C.Pavinato - Disciplina: Ciências Aluno(a): COLÉGIO SHALOM Ensino Fundamental 8 Ano Prof.ª: Nize C.Pavinato - Disciplina: Ciências Aluno(a): Trabalho de Recuperação Data: / /15 1. O sistema endócrino é formado por glândulas endócrinas e de secreção

Leia mais

NUTRIÇÃO E ALIMENTAÇÃO ANIMAL 1. HISTÓRICO E IMPORTANCIA DOS ESTUDOS COM NUTRIÇÃO E ALIMENTAÇÃO:

NUTRIÇÃO E ALIMENTAÇÃO ANIMAL 1. HISTÓRICO E IMPORTANCIA DOS ESTUDOS COM NUTRIÇÃO E ALIMENTAÇÃO: NUTRIÇÃO E ALIMENTAÇÃO ANIMAL 1. HISTÓRICO E IMPORTANCIA DOS ESTUDOS COM NUTRIÇÃO E ALIMENTAÇÃO: 1750 Europa com o início do processo da Revolução Industrial houve aumento da população nas cidades, com

Leia mais

Sintomas de Deficiência. Escorbuto (hemorragias. articulares); gengivite; Anemia (diminuição. vermelhos no sangue).

Sintomas de Deficiência. Escorbuto (hemorragias. articulares); gengivite; Anemia (diminuição. vermelhos no sangue). Biologia 4 Módulo 1 1. A vitamina K (filoquinona) atua na coagulação sanguínea e previne hemorragias. Encontrada em vegetais verdes, tomate e castanha. 2. O iodo é um dos componentes dos hormônios da tireoide

Leia mais

Elementos essenciais a vida: Zn, Mo e o Co. - Água; - Macronutrientes: C, H, O, N e o P mais importantes, mas também S, Cl, K, Na, Ca, Mg e Fe;

Elementos essenciais a vida: Zn, Mo e o Co. - Água; - Macronutrientes: C, H, O, N e o P mais importantes, mas também S, Cl, K, Na, Ca, Mg e Fe; Elementos essenciais a vida: - Água; - Macronutrientes: C, H, O, N e o P mais importantes, mas também S, Cl, K, Na, Ca, Mg e Fe; - Micronutrientes principais: Al, Bo, Cr, Zn, Mo e o Co. Bio organismos

Leia mais