PREFEITURA MUNICIPAL DE NOVA GLORIA

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "PREFEITURA MUNICIPAL DE NOVA GLORIA"

Transcrição

1 Página 1 de 28 ESTADO DE GOIÁS PÁG: 001 BALANÇO ORÇAMENTÁRIO RREO ANEXO 1 (LRF, Art. 52, inciso I, alíneas a e b do inciso II e 1º) R$ RECEITAS PREVISÃO PREVISÃO RECEITAS REALIZADAS NO BIMESTRE % ATÉ BIMESTRE % RECEITAS (I) , , ,56 10, ,83 30, ,17 RECEITAS CORRENTES , , ,56 11, ,44 32, ,56 RECEITA TRIBUTÁRIA , , ,57 9, ,37 26, ,65 Impostos , , ,17 13, ,44 34, ,58 Taxas , , ,40 5, ,93 19, ,07 Contribuição de Melhoria , , ,00 RECEITA DE CONTRIBUIÇÕES , , ,00 Contribuições Sociais Contribuições Econômicas , , ,00 RECEITA PATRIMONIAL , , ,62 1, ,49 4, ,51 Receitas Imobiliárias , , ,00 Receitas de Valores Mobiliários , , ,62 2, ,49 6, ,51 Receitas de Concessões e Permissões Compensações Financeiras Outras Receitas Patrimoniais RECEITA AGROPECUÁRIA , , ,00 Receitas da Produção Vegetal Receitas da Produção Animal e Derivados Outras Receitas Agropecuárias , , ,00 RECEITA INDUSTRIAL , , ,00 Receitas da Industria de Transformação , , ,00 Receitas da Industria de Construção Outras Receitas Insdustriais RECEITA DE SERVIÇOS , , ,00 TRANSFERÊNCIAS CORRENTES , , ,60 12, ,02 36, ,72 Transferências Intergovernamentais , , ,60 12, ,02 37, ,72 Transferências de Instituições Privadas Transferências do Exterior Transferências de Pessoas Transferências de Convênios , , ,00 9, ,00 18, ,00 Transferências para Combate a Fome OUTRAS RECEITAS CORRENTES , , ,77 0, ,56 2, ,68 Multas de Jusros de Mora , , ,05 0, ,46 1, ,04 Idenizações e Restituições , , ,77 1, ,77 1, ,23 Receitas da Dívida Ativa , , ,95 0, ,33 5, ,93 Receitas Correntes Diversas , , ,48 SALDO

2 Página 2 de 28 ESTADO DE GOIÁS PÁG: 002 BALANÇO ORÇAMENTÁRIO RREO ANEXO 1 (LRF, Art. 52, inciso I, alíneas a e b do inciso II e 1º) R$ RECEITAS PREVISÃO PREVISÃO RECEITAS REALIZADAS NO BIMESTRE % ATÉ BIMESTRE % RECEITAS DE CAPITAL , , ,00 0, ,39 11, ,61 OPERAÇÕES DE CRÉDITO Operações de Créditos Internas Operações de Créditos Externas ALIENAÇÃO DE BENS , , ,00 Alienação de Bens Móveis , , ,00 Alienação de Bens Imóveis AMORTIZAÇÃO DE EMPRÉSTIMOS TRANSFERÊNCIAS DE CAPITAL , , ,00 0, ,39 12, ,61 Transferências Intergovernamentais Transferências de Instituições Privadas Transferências do Exterior Transferências de Pessoas Transferências de Outras Inst.Publicas Transferências de Convênios , , ,00 0, ,39 12, ,61 Transferências para Combate a Fome OUTRAS RECEITAS DE CAPITAL Integralização do Capital Social Div.Atv.Prov.da Amortiz.de Emp.e Financ Receitas de Capital Diversas RECEITAS INTRAGOVERNAMENTAIS (II) SUBTOTAL DAS RECEITAS (III = I + II) , , ,56 10, ,83 30, ,17 OPERAÇÕES DE CRÉDITO / REFINANCIAMENTO (IV) Operações de Crédito Internas Mobiliária Contratual Operações de Crédito Externa Mobiliária Contratual SUBTOTAL COM REFINANCIAMENTO (V = III + IV) , , ,56 10, ,83 30, ,17 DEFICIT (VI) ,30 TOTAL (VII = V + VI) , , ,56 10, ,13 31, ,17 SALDOS DE EXERCÍCIOS ANTERIORES P/CRÉD.ADICIONAIS Superavit Financeiro Reabertura de Créditos Adicionais SALDO

3 Página 3 de 28 ESTADO DE GOIÁS PÁG: 003 BALANÇO ORÇAMENTÁRIO RREO ANEXO 1 (LRF, Art. 52, inciso I, alíneas a e b do inciso II e 1º) R$ DESPESAS DESPESAS EMPENHADAS No Bimestre Até o Bimestre SALDO DESPESAS LIQUIDADAS No Bimestre Até Bimestre SALDO DESPESAS PAGAS ATÉ O BIMESTRE DESPESAS (VIII) , , , , , , , , ,80 DESPESAS CORRENTES , , , , , , , , ,36 PESSOAL E ENCARGOS SOCIAIS , , , , , , , , ,74 JUROS E ENCARGOS DA DÍVIDA , , , ,58 OUTRAS DESPESAS CORRENTES , , , , , , , , ,62 DESPESAS DE CAPITAL , , , , , , , , ,44 INVESTIMENTOS , , , , , , , , ,80 INVERSÕES FINANCEIRAS AMORTIZAÇÃO DA DÍVIDA , , , , , , , , ,64 RESERVA DE CONTINGÊNCIA , , , ,00 RESERVA DO RPPS DESPESAS INTRAGOVERNAMENTAIS (IX) SUBTOTAL DAS DESPESAS (X = VIII + IV) , , , , , , , , ,80 AMORTIZAÇÃO DA DÍVIDA / REFINANCIAMENTO (XI) Amortização da Dívida Interna Dívida Mobiliária Outras Dívidas Amortização da Dívida Externa Dívida Mobiliária Outras Dívidas SUBTOTAL COM REFINANCIAMENTO(XII = X + XI) , , , , , , , , ,80 SUPERAVIT (XIII) TOTAL (XIV = XII + XIII) , , , , , , , , ,80 Publicado em: JOSE ANTONIO DUARTE ANIELLE MOREIRA ALVES VALDECI SILVERIO DE SOUZA CPF: CPF: CPF: PREFEITO MUNICIPAL CONTROLADORA INTERNA CONTADOR

4 Página 4 de 28

5 Página 5 de 28 ESTADO DE GOIÁS PÁG: 004 DEMONSTRATIVO DAS RECEITAS POR CATEGORIA ECONÔMICA E FONTE RREO ANEXO 1 (LRF, Art. 52, inciso I, alíneas a e b do inciso II e 1º) R$ RECEITAS PREVISÃO PREVISÃO RECEITAS REALIZADAS NO BIMESTRE % ATÉ BIMESTRE % RECEITAS (I) , , ,56 10, ,83 30, ,17 RECEITAS CORRENTES , , ,56 11, ,44 32, ,56 RECEITA TRIBUTÁRIA , , ,57 9, ,37 26, ,65 Impostos , , ,17 13, ,44 34, ,58 Taxas , , ,40 5, ,93 19, ,07 Contribuição de Melhoria , , ,00 RECEITA DE CONTRIBUIÇÕES , , ,00 Contribuições Sociais Contribuições Econômicas , , ,00 RECEITA PATRIMONIAL , , ,62 1, ,49 4, ,51 Receitas Imobiliárias , , ,00 Receitas de Valores Mobiliários , , ,62 2, ,49 6, ,51 Receitas de Concessões e Permissões Compensações Financeiras Outras Receitas Patrimoniais RECEITA AGROPECUÁRIA , , ,00 Receitas da Produção Vegetal Receitas da Produção Animal e Derivados Outras Receitas Agropecuárias , , ,00 RECEITA INDUSTRIAL , , ,00 Receitas da Industria de Transformação , , ,00 Receitas da Industria de Construção Outras Receitas Insdustriais RECEITA DE SERVIÇOS , , ,00 TRANSFERÊNCIAS CORRENTES , , ,60 12, ,02 36, ,72 Transferências Intergovernamentais , , ,60 12, ,02 37, ,72 Transferências de Instituições Privadas Transferências do Exterior Transferências de Pessoas Transferências de Convênios , , ,00 9, ,00 18, ,00 Transferências para Combate a Fome OUTRAS RECEITAS CORRENTES , , ,77 0, ,56 2, ,68 Multas de Jusros de Mora , , ,05 0, ,46 1, ,04 Idenizações e Restituições , , ,77 1, ,77 1, ,23 Receitas da Dívida Ativa , , ,95 0, ,33 5, ,93 Receitas Correntes Diversas , , ,48 SALDO

6 Página 6 de 28 ESTADO DE GOIÁS PÁG: 005 DEMONSTRATIVO DAS RECEITAS POR CATEGORIA ECONÔMICA E FONTE RREO ANEXO 1 (LRF, Art. 52, inciso I, alíneas a e b do inciso II e 1º) R$ RECEITAS PREVISÃO PREVISÃO RECEITAS REALIZADAS NO BIMESTRE % ATÉ BIMESTRE % RECEITAS DE CAPITAL , , ,00 0, ,39 11, ,61 OPERAÇÕES DE CRÉDITO Operações de Créditos Internas Operações de Créditos Externas ALIENAÇÃO DE BENS , , ,00 Alienação de Bens Móveis , , ,00 Alienação de Bens Imóveis AMORTIZAÇÃO DE EMPRÉSTIMOS TRANSFERÊNCIAS DE CAPITAL , , ,00 0, ,39 12, ,61 Transferências Intergovernamentais Transferências de Instituições Privadas Transferências do Exterior Transferências de Pessoas Transferências de Outras Inst.Publicas Transferências de Convênios , , ,00 0, ,39 12, ,61 Transferências para Combate a Fome OUTRAS RECEITAS DE CAPITAL Integralização do Capital Social Div.Atv.Prov.da Amortiz.de Emp.e Financ Receitas de Capital Diversas RECEITAS INTRAGOVERNAMENTAIS (II) SUBTOTAL DAS RECEITAS (III = I + II) , , ,56 10, ,83 30, ,17 OPERAÇÕES DE CRÉDITO / REFINANCIAMENTO (IV) Operações de Crédito Internas Mobiliária Contratual Operações de Crédito Externa Mobiliária Contratual SUBTOTAL COM REFINANCIAMENTO (V = III + IV) , , ,56 10, ,83 30, ,17 SALDO JOSE ANTONIO DUARTE ANIELLE MOREIRA ALVES VALDECI SILVERIO DE SOUZA CPF: CPF: CPF: PREFEITO MUNICIPAL CONTROLADORA INTERNA CONTADOR ESTADO DE GOIÁS PÁG: 001 DEMONSTRATIVO DA EXECUÇÃO DAS DESPESAS POR FUNÇÃO/SUBFUNÇÃO RREO Anexo 2 (LRF, Art. 52, inciso II, alínea c ) R$ FUNÇÃO/SUBFUNÇÃO LEGISLATIVA NO BIMESTRE DESPESAS EMPENHADAS BIMESTRE % SALDO NO BIMESTRE DESPESAS LIQUIDADAS BIMESTRE AÇÃO LEGISLATIVA , , , ,52 3, , , ,52 5, ,48 JUDICIÁRIA DEFESA DO INTERESSE PÚBL. NO PROC.JUDI ADMINISTRAÇÃO DEFESA DA ORDEM JURÍDICA , ,00 185,09 185, ,91 185,09 185, , , ,68 502, ,92 0, , , ,60 0, ,08 ADMINISTRAÇÃO GERAL , , , ,21 8, , , ,71 9, ,24 ADMINISTRAÇÃO FINANCEIRA , , , ,28 0, , , ,78 1, ,71 CONTROLE INTERNO , , , ,02 1, , , ,85 1, ,08 TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO , , , ,40 COMUNJICAÇÃO SOCIAL , ,45 354, ,50 0, , , ,24 0, ,21 SEGURANÇA PÚBLICA POLICIAMENTO , , , ,83 0, , , ,83 0, ,06 % SALDO

7 Página 7 de 28 ASSISTÊNCIA SOCIAL ADMINISTRAÇÃO GERAL ,00 ASSISTÊNCIA AO IDOSO , , , ,03 0, , , ,42 0, ,52 ASSISTÊNCIA AO PORTADOR DE DEFICIÊNCIA ASSISTÊNCIA A CRIANÇA E AO ADOLESCENTE ASSISTÊNCIA COMUNITÁRIA SAÚDE , , , , ,79 0, , , ,23 0, , , , , ,34 7, , , ,68 4, ,79 ADMINISTRAÇÃO GERAL , ,89 124, ,88 124, ,88 ATENÇÃO BÁSICA , , , ,34 22, , , ,30 19, ,24 ASSISTÊNCIA HOSPITALAR E AMBULATORIAL SUPORTE PROFILÁTICO E TERAPÊUTICO , , , , , , , ,03 1, , , ,40 1, ,63 VIGILÂNCIA SANITÁRIA , , , ,89 0, , , ,99 0, ,49

8 Página 8 de 28 ESTADO DE GOIÁS PÁG: 002 DEMONSTRATIVO DA EXECUÇÃO DAS DESPESAS POR FUNÇÃO/SUBFUNÇÃO RREO Anexo 2 (LRF, Art. 52, inciso II, alínea c ) R$ FUNÇÃO/SUBFUNÇÃO VIGILÂNCIA EPIDEMIOLÓGICA TRABALHO PROTEÇÃO E BENEFÍCIOS AO TRABALHADOR EDUCAÇÃO NO BIMESTRE DESPESAS EMPENHADAS BIMESTRE % SALDO NO BIMESTRE DESPESAS LIQUIDADAS BIMESTRE , , , ,82 0, , , ,93 0, , , , , ,02 0, , , ,02 0, ,98 ADMINISTRAÇÃO GERAL , , , ,60 1, , , ,80 1, ,99 ENSINO FUNDAMENTAL , , , ,64 20, , , ,34 26, ,46 ENSINO SUPERIOR , , ,85 0, , , ,60 0, ,10 EDUCAÇÃO INFANTIL , , , ,66 2, , , ,10 2, ,37 EDUCAÇÃO ESPECIAL , , , ,32 0, , , ,54 0, ,78 DIFUSÃO CULTURAL , , , ,32 0, , , ,32 0, ,68 CULTURA DIFUSÃO CULTURAL , , , ,00 URBANISMO ADMINISTRAÇÃO GERAL , , , ,38 1, , , ,77 1, ,23 INFRA-ESTRUTURA URBANA , , , ,00 0, , ,00 SERVIÇOS URBANOS , , , ,03 4, , , ,21 5, ,51 CONTROLE AMBIENTAL , , , ,50 0, , , ,50 0, ,50 HABITAÇÃO HABITAÇÃO URBANA , ,00 150, ,51 1, , , ,30 0, ,70 SEANEAMENTO SANEAMENTO BÁSICO URBANO GESTÃO AMBIENTAL PRESERVAÇÃO E CONSERVAÇÃO AMBIENTAL , , , ,93 0, , , ,93 1, , , , , ,65 0, , , ,65 0, ,35 CONTROLE AMBIENTAL , , , ,00 AGRICULTURA EXTENSÃO RURAL , , , ,55 0, , , ,55 0, ,36 % SALDO

9 Página 9 de 28 ESTADO DE GOIÁS PÁG: 003 DEMONSTRATIVO DA EXECUÇÃO DAS DESPESAS POR FUNÇÃO/SUBFUNÇÃO RREO Anexo 2 (LRF, Art. 52, inciso II, alínea c ) R$ INDÚSTRIA FUNÇÃO/SUBFUNÇÃO NO BIMESTRE DESPESAS EMPENHADAS BIMESTRE % SALDO NO BIMESTRE DESPESAS LIQUIDADAS BIMESTRE PROMOÇÃO INDUSTRIAL , , , ,17 COMÉRCIO E SERVIÇOS SERVIÇOS FINANCEIROS , , , ,33 0, , , ,13 0, ,71 TURISMO , , , ,00 ENERGIA ENERGIA ELÉTRICA , , , ,00 2, , , ,00 3, ,65 TRANSPORTE TRANSPORTE RODOVIÁRIO , , , ,31 7, , , ,56 4, ,98 DESPORTO E LAZER DESPORTO COMUNITÁRIO , , , ,77 0, , , ,77 0, ,23 LAZER , , , ,79 0, , , ,79 0, ,21 ENCARGOS ESPECIAIS OUTROS ENCARGOS ESPECIAIS RESERVA DE CONTINGÊNCIA RESERVA DE CONTINGENCIA , , , ,67 4, , , ,67 7, , , , , ,00 TOTAL GERAL , , , ,45 100, , , ,13 31, ,87 FONTE: Representa uma dotação global sem destinação especifica a determinado órgão, unididade orçamentária, programa ou categoria econômica, cujos recursos serão utilizados para abertura de créditos adicionais, não sendo portanto uma função. É apresentada nete demostrativo por contar no orçamento. Publicado em: % SALDO JOSE ANTONIO DUARTE ANIELLE MOREIRA ALVES VALDECI SILVERIO DE SOUZA CPF: CPF: CPF: PREFEITO MUNICIPAL CONTROLADORA INTERNA CONTADOR ESTADO DE GOIÁS PÁG: 001 RREO ANEXO 3 (LRF, Art. 53, inciso I) ESPECIFICAÇÃO DEMONSTRATIVO DA RECEITA CORRENTE LÍQUIDA JULHO/2014 EVOLUÇÃO DA RECEITA REALIZADA NOS ÚLTIMOS 12 MESES AGOSTO/2014 SETEMBRO/2014 OUTUBRO/2014 NOVEMBRO/2014 DEZEMBRO/2014 JANEIRO/2015 RECEITAS CORRENTES ( I ) , , , , , , ,94 Receitas Tributárias , , , , , , ,30 IPTU 7.020, , ,89 952, , ,48 953,33 ISS , , , , , , ,62 ITBI , , , , , , ,40 IRRF , , , , , , ,33 Outras Receitas Tributária 2.627, , , , , , ,62 Receita de Contribuições Receita Patrimonial 3.383, , , , , , ,05 Receita Agropecuária Receita Industrial Receita de Serviços Transferências Correntes , , , , , , ,15 Cota-Parte do FPM , , , , , , ,80 Cota-Parte do ICMS , , , , , , ,02 Cota-Parte do IPVA , , , , , , ,08 Cota-Parte do ITR 130,49 301, , , ,53 107,22 261,02 Transferências da LC 87/ ,06 538,06 538,06 538,06 538, ,12 Transferências da LC 61/1989 Transferência do FUNDEB , , , , , , ,90 Outras Transferências Correntes , , , , , , ,33 Outras Receitas Correntes 356, ,97 100,00 87,28 99,84 450, ,44 DEDUÇÕES ( II ) , , , , , , ,49 Contrib Plano Seg. Social Servidor

10 Página 10 de 28 Compensação Financ entre Regime Previd. Dedução de Receita para Formação do FUNDEB , , , , , , ,49 Outras Deduções TOTAL CORRENTE LÍQUIDA ( I -II): , , , , , , ,45

11 Página 11 de 28 ESTADO DE GOIÁS PÁG: 002 DEMONSTRATIVO DA RECEITA CORRENTE LÍQUIDA RREO ANEXO 3 (LRF, Art. 53, inciso I) ESPECIFICAÇÃO EVOLUÇÃO DA RECEITA REALIZADA NOS ÚLTIMOS 12 MESES TOTAL 12 FEVEREIRO/2015 MARCO/2015 ABRIL/2015 MAIO/2015 JUNHO/2015 MESES PREV. RECEITAS CORRENTES ( I ) , , , , , , ,76 Receitas Tributárias , , , , , , ,02 IPTU 512,11 291,98 795, , , , ,46 ISS 9.590, , , , , , ,51 ITBI ,79 871, , , , , ,51 IRRF 5.872, , , , , , ,54 Outras Receitas Tributária 8.230, , , , , , ,00 Receita de Contribuições ,00 Receita Patrimonial 2.522, , , , , , ,00 Receita Agropecuária ,00 Receita Industrial ,00 Receita de Serviços ,00 Transferências Correntes , , , , , , ,50 Cota-Parte do FPM , , , , , , ,00 Cota-Parte do ICMS , , , , , , ,00 Cota-Parte do IPVA , , , , , , ,25 Cota-Parte do ITR 104,83 147,41 610,07 531,00 452, , ,75 Transferências da LC 87/ ,96 441,74 441, , ,75 Transferências da LC 61/1989 Transferência do FUNDEB , , , , , , ,00 Outras Transferências Correntes , , , , , , ,75 Outras Receitas Correntes 4.219, ,41 990, , , , ,24 DEDUÇÕES ( II ) , , , , , , ,76 Contrib Plano Seg. Social Servidor Compensação Financ entre Regime Previd. Dedução de Receita para Formação do FUNDEB , , , , , , ,76 Outras Deduções TOTAL CORRENTE LÍQUIDA ( I -II ) : , , , , , , ,00 Publicado em: JOSE ANTONIO DUARTE ANIELLE MOREIRA ALVES VALDECI SILVERIO DE SOUZA CPF: CPF: CPF: PREFEITO MUNICIPAL CONTROLADORA INTERNA CONTADOR ESTADO DE GOIÁS PREFEITURA MUNICIPAL DE NOVA GLORIA PÁG: 001 DEMONSTRATIVO DAS RECEITAS E DESPESAS PREVIDENCIÁRIAS DO REGIME PRÓPRIO DOS SERVIDORES PÚBLICOS ORÇAMENTO DA SEGURIDADE SOCIAL RREO Anexo 4 (LRF, art. 53, inciso II) R$ RECEITAS RECEITAS PREVIDENCIÁRIAS -RPPS (I) RECEITAS CORRENTES Receitas de Contribuições dos Segurados Pessoal Civil Ativo Inativo Pensionista Pessoal Militar Ativo Inativo Pensionista Outras Receitas de Contribuições Receita Patrimonial Receita Imobiliária Receita de Valores Mobiliários PREVISÃO PREVISÃO RECEITAS REALIZADAS BIMESTRE/2015 BIMESTRE/2014

12 Página 12 de 28 Outras Receitas Patrimoniais Receitas de Serviços Outras Receitas Correntes Compensação Previdenciária RGPS p/ RPPS Demais Receitas Correntes RECEITAS DE CAPITAL Alienação de Bens Amortização de Empréstimos Outras Receitas de Capital RECEITAS PREVID.(INTRA-ORÇAMENTÁRIAS) (II) TOTAL DAS RECEITAS PREVID.RPPS (III) = (I+II)

13 Página 13 de 28 ESTADO DE GOIÁS PREFEITURA MUNICIPAL DE NOVA GLORIA PÁG: 002 DEMONSTRATIVO DAS RECEITAS E DESPESAS PREVIDENCIÁRIAS DO REGIME PRÓPRIO DOS SERVIDORES PÚBLICOS ORÇAMENTO DA SEGURIDADE SOCIAL RREO Anexo 4 (LRF, art. 53, inciso II) R$ DESPESA DESPESAS PREVID.RPPS (EXCETO INTRA-ORÇ.) (IV) ADMINISTRAÇÃO Despesas Correntes Despesas de Capital PREVIDÊNCIA Pessoal Civil Aposentadorias Pensões Outros Benefícios Previdenciários Pessoal Militar Reformas Pensões Outros Benefícios Previdenciários Outras Despesas Previdenciárias Compensação Previdenciária RPPS p/ RGPS Demais Despesas Previdenciárias DESPESAS PREVID.RPPS (INTRA-ORÇAMENTÁRIAS)(V) TOTAL DESPESAS PREVID.-RPPS (VI) = (IV + V) RESULTADO PREVIDENCIÁRIO (VII) = (III -VI) DESPESAS EMPENHADAS BIMESTRE/2015 BIMESTRE/2014 DESPESAS LIQUIDADAS BIMESTRE/2015 BIMESTRE/2014 APORTES DE RECURSOS PARA O REGIME PRÓPRIO DE PREVIDÊNCIA DO SERVIDOR TOTAL DOS APORTES P/O RGPS (PLANO FINANCEIRO) Plano Financeiro Recursos p/cobertura Insufic.Financeiras Recursos para Formação de Reserva Outros Aportes para o RPPS Plano Previdenciário Recursos p/cobertura Déficit Financeiro Recursos p/cobertura de Déficit Atuarial Outros Aportes para o RPPS APORTES REALIZADOS

14 Página 14 de 28 ESTADO DE GOIÁS PREFEITURA MUNICIPAL DE NOVA GLORIA PÁG: 003 DEMONSTRATIVO DAS RECEITAS E DESPESAS PREVIDENCIÁRIAS DO REGIME PRÓPRIO DOS SERVIDORES PÚBLICOS ORÇAMENTO DA SEGURIDADE SOCIAL RREO Anexo 4 (LRF, art. 53, inciso II) R$ RESERVA ORÇAMENTÁRIA DO RPPS VALOR PREVISAO ORÇAMENTÁRIA CAIXA BANCOS CONTA MOVIMENTO INVESTIMENTOS OUTROS BENS E DIREITOS BENS E DIREITOS DO RPPS PERÍODO DE REFERÊNCIA RECEITAS INTRA-ORÇAMENTÁRIAS -RPPS RECEITAS LIQUIDADAS BIMESTRE/2015 BIMESTRE/2014 RECEITAS CORRENTES (VIII) Receitas de Contribuições Patronal Pessoal Civil Ativo Inativo Pensionista Pessoal Militar Ativo Inativo Pensionista Para Cobertura de Déficit Atuarial Em Regime de Débitos e Parcelamentos Receita Patrimonial Receitas de Serviços Outras Receitas Correntes RECEITAS DE CAPITAL (IX) Alienação de Bens Amortização de Empréstimos Outras Receitas de Capital TOT.RECEITAS PREVID.INTRA-ORÇ.(XI)=(VIII+IX-X)

15 Página 15 de 28 ESTADO DE GOIÁS PREFEITURA MUNICIPAL DE NOVA GLORIA PÁG: 004 DEMONSTRATIVO DAS RECEITAS E DESPESAS PREVIDENCIÁRIAS DO REGIME PRÓPRIO DOS SERVIDORES PÚBLICOS ORÇAMENTO DA SEGURIDADE SOCIAL RREO Anexo 4 (LRF, art. 53, inciso II) R$ DESPESAS INTRA-ORÇAMENTÁRIAS - RPPS ADMINISTRAÇÃO (XII) Despesas Correntes Despesas de Capital TOTAL DESPESAS PREVID.INTRA-ORÇ.(XIII)=(XII) Publicado em: DESPESAS EMPENHADAS BIMESTRE/2015 BIMESTRE/2014 DESPESAS LIQUIDADAS BIMESTRE/2015 BIMESTRE/2014 JOSE ANTONIO DUARTE ANIELLE MOREIRA ALVES VALDECI SILVERIO DE SOUZA CPF: CPF: CPF: PREFEITO MUNICIPAL CONTROLADORA INTERNA CONTADOR ESTADO DE GOIÁS PÁG: 001 DEMONSTRATIVO DO RESULTADO NOMINAL RREO Anexo 5 (LRF, art 53, inciso III) R$ ESPECIFICAÇÃO SALDO Em 31/Dez/2014 Bimestre Anterior No Bimestre DÍVIDA CONSOLIDADA (I) , , ,57 DEDUÇÕES (II) , , ,76 Disponibilidade de Caixa Bruta , , ,11 Haveres Financeiros , , ,50 (-) Restos a Pagar Processados , , ,85 DÍVIDA CONSOLIDADA LÍQUIDA (III) = (I -II) , , ,81 RECEITA DE PRIVATIZAÇÕES (IV) PASSIVOS RECONHECIDOS (V) DÍVIDA FISCAL LÍQUIDA (III + IV - V) , , ,81 RESULTADO NOMINAL No Bimestre Até o Bimestre VALOR , ,22 DISCRIMINAÇÃO DA META FISCAL META DE RESULTADO NOMINAL FIXADO NO ANEXO DE METAS FISCAIS DA LDO VALOR REGIME PREVIDENCIÁRIO ESPECIFICAÇÃO SALDO Em 31/Dez/2014 Bimestre Anterior No Bimestre DÍVIDA CONSOLIDADA PREVIDENCIÁRIA(VII) Passivo Atuarial Demais Dívidas DEDUÇÕES (VIII) Disponibilidade de Caixa Bruta Investimentos Demais Haveres Financeiros (-) Restos a Pagar Processados DÍVIDA CONSOLIDADA LÍQUIDA PREVIDENCIÁRIA (IX PASSIVOS RECONHECIDOS (X) DÍVIDA FISCAL LÍQUIDA PREVIDENCIÁRIA (XI)=(IX Publicado em: file:///d:/megasoft/megaadm/publica/lrfeo html

16 Página 16 de JOSE ANTONIO DUARTE ANIELLE MOREIRA ALVES VALDECI SILVERIO DE SOUZA CPF: CPF: CPF: PREFEITO MUNICIPAL CONTROLADORA INTERNA CONTADOR ESTADO DE GOIÁS PÁG: 001 PREFEITURA MUNICIPAL DE NOVA GLORIA DEMONSTRATIVO DO RESULTADO PRIMÁRIO RREO Anexo 6 (LRF, art 53, inciso III) R$ RECEITAS PRIMÁRIAS PREVISÃO RECEITAS REALIZADAS BIMESTRE/2015 BIMESTRE/2014 RECEITAS PRIMÁRIAS CORRENTES ( I ) , , ,74 Receita Tributária , , ,21 IPTU , , ,56 ISS , , ,94 ITBI , , ,50 IRRF , , ,64 Outras Receitas Tributarias , , ,57 Receitas de Contribuições ,00 Receita Previdênciaria Outras Contribuições ,00 Receitas Patrimonial Líquida ,00 Receita Patrimonial , , ,71 (-) Aplicações Financeiras , , ,71 Transferências Correntes , , ,33 FPM , , ,17 ICMS , , ,99 Outras Transferências Correntes , , ,17 Demais Receita Correntes , , ,20 Dívida Ativa , , ,74 Diversas Receitas Correntes , , ,46 RECEITAS DE CAPITAL ( II ) , , ,23 Operações de Créditos ( III ) Amortização de Empréstimos (IV) Alienação de Bens ( V ) ,00 Transferência de Capital , , ,23 Convênios , , ,23 Outras Transferência de Capital Outras Receitas de Capital RECEITAS PRIMÁRIA DE CAPITAL (VI) = (II-III-IV-V) : , , ,23 RECEITAS PRIMÁRIA LÍQUIDAS (VII) = (I+VI) : , , ,97

17 Página 17 de 28 ESTADO DE GOIÁS PÁG: 002 PREFEITURA MUNICIPAL DE NOVA GLORIA DEMONSTRATIVO DO RESULTADO PRIMÁRIO RREO Anexo 6 (LRF, art 53, inciso III) R$ DESPESAS PRIMÁRIAS DESPESAS EMPENHADAS BIMESTRE/2015 BIMESTRE/2014 DESPESAS LIQUIDADAS BIMESTRE/2015 BIMESTRE/2014 DESPESAS CORRENTES(VII) , , , , ,95 Pessoal e Encargos Sociais , , , , ,23 Juros e Encargos da Dívida ( IX ) 5.461,58 Outras Despesas Correntes , , , , ,72 DESPESAS PRIMÁRIAS CORRENTES ( X ) = ( VIII -IX) , , , , ,95 DESPESAS DE CAPITAL ( XI ) , , , , ,32 Investimentos , , , , ,68 Inversões Financeiras Concessão de Empréstimos ( XII ) Aquisição de Tít. de Capital já Integ. (XIII) Demais Inversões Financeiras Amortização da Dívida ( XIV ) , , , , ,64 DESP. PRIMÁRIAS DE CAPITAL (XV)=(XI-XII-XIII-XIV) : , , , , ,68 RESERVA DE CONTINGÊNCIA ( XVI ): ,00 RESERVA DO RPPS (XVII): DESPESA PRIMÁRIA TOTAL (XVIII) = (X+XV+XVI+XVII): , , , , ,63 RESULTADO PRIMÁRIO ( VII -XVIII ) : , , , , ,34 SALDOS DE EXERCÍCIOS ANTERIORES : DESCRIMINAÇÃO DA META FISCAL META DE RESULTADO PRIMÁRIO FIXADA NO ANEXO DE METAS FISCAIS DO LDO PARA O EXERC. DE REFERÊNCIA 0,00 FONTE: Sistema MEGAADM -MEGASOFT INFORMÁTICA LTDA, Unidade Responsável:. Emissão:, ás 14:13:26 VALOR JOSE ANTONIO DUARTE ANIELLE MOREIRA ALVES VALDECI SILVERIO DE SOUZA CPF: CPF: CPF: PREFEITO MUNICIPAL CONTROLADORA INTERNA CONTADOR ESTADO DE GOIÁS PÁG: 001 DEMONSTRATIVO DOS RESTOS A PAGAR POR PODER E ÓRGÃO RREO Anexo 7 (LRF, art. 53, inciso V) R$ PODER / ÓRGÃO CAMARA MUNICIPAL DE NOVA GLORI PREFEITURA MUNICIPAL DE NOVA G FUNDEB FUNDO MUNICIPAL DE SAUDE FUNDO MUNICIPAL DE ASSISTENCIA RESTOS A PAGAR PROCESSADOS E NÃO PROCESSADOS LIQUIDADOS EM EXERCÍCIOS ANTERIORES Em Exercícios Anteriores Inscritos Em 31 de Dezembro de 2014 Pagos Cancelados Saldo Em Exercícios Anteriores Inscritos RESTOS A PAGAR NÃO PROCESSADOS Em 31 de Dezembro de 2014 Liquidados Pagos Cancelados Saldo Saldo Total dos Restos a Pagar , , ,98 760, , , , , ,20 130,00 910, ,54 0, , , , , , ,00

18 Página 18 de 28 FUNDO MUNICIPAL DA CRIANCA E A FUNDO MUNICIPAL DE HABITAÇÃO FMMA , , ,38 TOTAL: 130, , , , , , , , , ,08 Publicado em: JOSE ANTONIO DUARTE ANIELLE MOREIRA ALVES VALDECI SILVERIO DE SOUZA CPF: CPF: CPF: PREFEITO MUNICIPAL CONTROLADORA INTERNA CONTADOR ESTADO DE GOIÁS PÁG: 001 DEMONSTRATIVO DAS RECEITAS E DESPESAS COM MANUTENÇÃO E DESENVOLVIMENTO DO ENSINO -MDE RREO ANEXO 8 (LDB, art. 72) R$ RECEITAS DO ENSINO RECEITA BRUTA DE IMPOSTOS PREVISÃO PREVISÃO RECEITAS REALIZADAS ATÉ BIMESTRE % 1- RECEITA DE IMPOSTOS , , ,23 18, Receita Resultante do Imposto sobre a Propriedade Pre , , ,68 11, IPTU , , ,89 21, Multas, Juros de Mora e Outros Encargos do IPTU , , Dívida Ativa do IPTU , , ,33 12, Multas, Juros de Mora, Atualização Monetária e , , ,46 9, ( ) Deduções da Receita do IPTU 1.2- Receita Resultante do Imposto sobre Transmissão Inter , , ,48 25, ITBI , , ,48 51, Multas, Juros de Mora e Outros Encargos do ITBI , , Dívida Ativa do ITBI Multas, Juros de Mora, Atualização Monetária e , , ( ) Deduções da Receita do ITBI 1.3- Receita Resultante do Imposto sobre Serviços de Qualq , , ,49 14, ISS , , ,49 36, Multas, Juros de Mora e Outros Encargos do ISS , , Dívida Ativa do ISS , , Multas, Juros de Mora, Atualização Monetária e , , ( ) Deduções da Receita do ISS 1.4- Receita Resultante do Imposto de Renda Retido na Font , , ,58 28, IRRF , , ,58 28, Multas, Juros de Mora e Outros Encargos do IRRF Dívida Ativa do IRRF Multas, Juros de Mora, Atualização Monetária e ( ) Deduções da Receita do IRRF 1.5- Receita Resultante do Imposto Territorial Rural ITR ITR Multas, Juros de Mora e Outros Encargos do ITR Dívida Ativa do ITR Multas, Juros de Mora, Atualização Monetária e ( ) Deduções da Receita do ITR 2- RECEITA DE TRANSFERÊNCIAS CONSTITUCIONAIS E LEGAIS , , ,24 36, Cota-Parte FPM , , ,20 41, Parcela referente à CF, art. 159, I, alínea b , , ,20 41, Parcela referente à CF, art. 159, I, alínea d 2.2- Cota-Parte ICMS , , ,90 28, ICMS-Desoneração L.C. nº87/ , , ,44 4, Cota-Parte IPI-Exportação , , ,85 21, Cota-Parte ITR , , ,05 3, Cota-Parte IPVA , , ,80 71, Cota-Parte IOF-Ouro 3- TOTAL DA RECEITA DE IMPOSTOS (1 + 2) , , ,47 35,64 RECEITAS ADICIONAIS PARA FINANCIAMENTO DO ENSINO PREVISÃO PREVISÃO 4- RECEITA DA APLICAÇÃO FINANCEIRA DE OUTROS REC. DE IMP. VI RECEITAS REALIZADAS ATÉ BIMESTRE % 5- RECEITA DE TRANSFERÊNCIAS DO FNDE , , ,58 18, Transferências do Salário-Educação , , ,95 33, Transferências Diretas - PDDE 5.3- Transferências Diretas - PNAE , , ,00 20, Transferências Diretas -PNATE , , ,63 7, Outras Transferências do FNDE , ,00

19 Página 19 de Aplicação Financeira dos Recursos do FNDE 6-RECEITA DE TRANSFERÊNCIAS DE CONVÊNIOS , , ,39 37, Transferências de Convênios , , ,39 37, Aplicação Financeira dos Recursos de Convênios 7-RECEITA DE OPERAÇÕES DE CRÉDITO 8-OUTRAS RECEITAS PARA FINANCIAMENTO DO ENSINO 9-TOTAL DAS RECEITAS ADICIONAIS PARA FINANCIAMENTO DO ENSIN , , ,97 31,05

20 Página 20 de 28 ESTADO DE GOIÁS PÁG: 002 DEMONSTRATIVO DAS RECEITAS E DESPESAS COM MANUTENÇÃO E DESENVOLVIMENTO DO ENSINO -MDE RREO ANEXO 8 (LDB, art. 72) R$ FUNDEB RECEITAS DO FUNDEB PREVISÃO PREVISÃO RECEITAS REALIZADAS ATÉ BIMESTRE % 10- RECEITAS DESTINADAS AO FUNDEB , , ,97 29, Cota-Parte FPM Destinada ao FUNDEB (20% de 2.1.1) , , ,29 33, Cota-Parte ICMS Destinada ao FUNDEB (20% de 2.2) , , ,00 22, ICMS-Desoneração Destinada ao FUNDEB (20% de 2.3) , ,94 530,07 3, Cota-Parte IPI-Exportação Destinada ao FUNDEB (20% , , ,17 17, Cota-Parte ITR ou ITR Arrecadado Destinados ao FUNDE , ,94 421,36 3, Cota-Parte IPVA Destinada ao FUNDEB (20% de 2.6) , , ,08 172, RECEITAS RECEBIDAS DO FUNDEB , , ,11 44, Transferências de Recursos do FUNDEB , , ,42 44, Complementação da União ao FUNDEB Receita de Aplicação Financeira dos Recursos do FUND , , ,69 10, RESULTADO LÍQUIDO DAS TRANSFERÊNCIAS DO FUNDEB ( , , ,55 14,13 DESPESAS DO FUNDEB DESPESAS EMPENHADAS DESPESAS LIQUIDADAS ATÉ BIMESTRE % ATÉ BIMESTRE % 13- PAGAMENTO DOS PROFISSIONAIS DO MAGIS , , ,78 69, ,78 69, Com Educação Infantil Com Ensino Fundamental , , ,78 69, ,78 69, OUTRAS DESPESAS , , ,09 9, ,15 4, Com Educação Infantil Com Ensino Fundamental , , ,09 9, ,15 4, TOTAL DAS DESPESAS DO FUNDEB ( , , ,87 45, ,93 44,11 DEDUÇÕES PARA FINS DE LIMITE DO FUNDEB 16- RESTOS A PAGAR INSCRITOS NO EXERCÍCIO SEM DISPONIBILIDADE FINANCEIRA DE 0, FUNDEB 60% 0, FUNDEB 40% 0, DESPESAS CUSTEADAS COM O SUPERÁVIT FINANCEIRO, DO EXERCÍCIO ANTERIOR, DO 0, FUNDEB 60% 0, FUNDEB 40% 0, TOTAL DAS DEDUÇÕES CONSIDERADAS PARA FINS DE LIMITE DO FUNDEB ( ) 0,00 INDICADORES FUNDEB 19 - TOTAL DAS DESPESAS DO FUNDEB PARA FINS DE LIMITE (15-18) , Mínimo de 60% do FUNDEB na Remuneração do Magistério (13 - ( )) / (11) x 100) % 95, Máximo de 40% em Despesa com MDE, que não Remuneração do Magistério (14 - ( )) / (11) x 1 4, Máximo de 5% não Aplicado no Exercício (100 - ( )) % 0,11 CONTROLE DA UTILIZAÇÃO DE RECURSOS DO EXERCICIO SUBSEQUENTE 20 - RECURSOS RECEBIDOS DO FUNDEB EM 2014 QUE NÃO FORAM UTILIZADOS ,02 21 DESPESAS CUSTEADAS COM O SALDO DO ITEM 20 1º TRIMESTRE DE ,00 MANUTENÇÃO E DESENVOLVIMENTO DO ENSINO -DESPESAS CUSTEADAS COM RECEITAS RESULTANTES DE IMPOSTOS RECEITAS COM AÇÕES TÍPICAS DE MDE PREVISÃO PREVISÃO RECEITAS REALIZADAS ATÉ BIMESTRE % 22- IMPOSTOS E TRANSFERÊNCIAS DESTINADAS À MDE (25% de 3) , , ,12 35,64 DESPESAS COM AÇÕES TÍPICAS DE MDE DESPESAS EMPENHADAS DESPESAS LIQUIDADAS ATÉ BIMESTRE % ATÉ BIMESTRE % 23- EDUCAÇÃO INFANTIL , , ,18 25, ,14 17, Creche Despesas Custeadas com Rec Despesas Custeadas com Out Pré-escola , , ,18 25, ,14 17, Despesas Custeadas com Rec Despesas Custeadas com Out , , ,18 25, ,14 17, ENSINO FUNDAMENTAL , , ,03 43, ,47 39, Despesas Custeadas com Recursos , , ,87 45, ,93 44, Despesas Custeadas com Outros Re , , ,16 40, ,54 32, ENSINO MÉDIO 26- ENSINO SUPERIOR , , ,85 57, ,60 15, ENSINO PROFISSIONAL NÃO INTEGRADO AO 28- OUTRAS , , ,33 43, ,49 27, TOTAL DAS DESPESAS COM AÇÕES TÍPICAS , , ,39 41, ,70 32,09

21 Página 21 de 28 ESTADO DE GOIÁS PÁG: 003 DEMONSTRATIVO DAS RECEITAS E DESPESAS COM MANUTENÇÃO E DESENVOLVIMENTO DO ENSINO -MDE RREO ANEXO 8 (LDB, art. 72) R$ DEDUÇÕES CONSIDERADAS PARA FINS DE LIMITE CONSTITUCIONAL 30- RESULTADO LÍQUIDO DAS TRANSFERÊNCIAS DO FUNDEB = (12) , DESPESAS CUSTEADAS COM A COMPLEMENTAÇÃO DO FUNDEB NO EXERCÍCIO 0, RECEITA DE APLICAÇÃO FINANCEIRA DOS RECURSOS DO FUNDEB BIMESTRE = 2.676, DESPESAS CUSTEADAS COM O SUPERÁVIT FINANCEIRO, DO EXERCÍCIO ANTERIOR, DO 0, DESPESAS CUSTEADAS COM O SUPERÁVIT FINANCEIRO, DO EXERCÍCIO ANTERIOR, DE 0, RESTOS A PAGAR INSCRITOS NO EXERCÍCIO SEM DISPONIBILIDADE FINANCEIRA DE 0, CANCELAMENTO, NO EXERCÍCIO, DE RESTOS A PAGAR INSCRITOS COM DISPONIBILIDADE FINANCEIRA DE RECURSOS DE IM 0, TOTAL DAS DEDUÇÕES CONSIDERADAS PARA FINS DE LIMITE CONSTITUCIONAL ( ) , TOTAL DAS DESPESAS PARA FINS DE LIMITE (( ) (37)) , MÍNIMO DE 25% DAS RECEITAS RESULTANTES DE IMPOSTOS EM MDE ((38) / (3) x 100) % 30,54 OUTRAS DESPESAS CUSTEADAS COM RECEITA ADICIONAIS PARA FINANCIAMENTO DO ENSINO OUTRAS DESPESAS CUSTEADAS COM RECURSOS DESTINADOS À MDE 40- DESPESAS CUSTEADAS COM AAPLICAÇÃO FI 41- DESPESAS CUSTEADAS COM A CONTRIBUIÇÃ 42- DESPESAS CUSTEADAS COM OPERAÇÕES DE 43- DESPESAS CUSTEADAS COM OUTRAS RECEIT 44- TOTAL DAS OUTRAS DESPESAS CUSTEADAS DESPESAS EMPENHADAS DESPESAS LIQUIDADAS ATÉ BIMESTRE % ATÉ BIMESTRE % 45- TOTAL GERAL DAS DESPESAS COM MDE ( , , ,39 41, ,70 32,09 RESTOS A PAGAR INSCRITOS C/DISPONIB.FINANCEIRA DE REC. DE IMP. VINC.AO ENSINO SALDO BIMESTRE CANCELADO EM RESTOS A PAGAR DE DESPESAS COM MDE 0, Executadas com Recursos de Impostos Vinculados ao Ensino 0, Executadas com Recursos do FUNDEB 0,00 FLUXO FINANCEIRO DOS RECURSOS DO FUNDEB 47- SALDO FINANCEIRO EM 31 DE DEZEMBRO DE , (+) INGRESSO DE RECURSOS BIMESTRE , (-) PAGAMENTOS EFETUADOS BIMESTRE , Orçamento do Exercício , Restos a Pagar 0, (+) RECEITA DE APLICAÇÃO FINANCEIRA DOS RECURSOS BIMESTRE 2.676, (=) SALDO FINANCEIRO NO EXERCÍCIO ATUAL ,02 0,00 FONTE: ¹ Os valores referentes à parcela dos Restos a Pagar inscritos sem disponibilidade financeira vinculada à educação deverão informadas somente no RREO do último bimestre do exercício. ²Limites mínimos anuais a serem cumpridos no encerramento do exercício. Publicado em: VALOR JOSE ANTONIO DUARTE ANIELLE MOREIRA ALVES VALDECI SILVERIO DE SOUZA CPF: CPF: CPF: PREFEITO MUNICIPAL CONTROLADORA INTERNA CONTADOR ESTADO DE GOIÁS PÁG: 001 RREO ANEXO 12 (LC 141/2012, art. 35) DEMONSTRATIVO DAS RECEITAS E DESPEAS COM AÇÕES E SERVIÇOS PÚBLICOS DE SAÚDE PERÍODO DE JANEIRO A JUNHO DE 2015 RECEITAS PARA APURAÇÃO DA APLICAÇÃO ASPS PREVISÃO PREVISÃO (A) RECEITAS REALIZADAS Até o Bimestre (B) RECEITA DE IMPOSTOS LÍQUIDA (I) , , ,23 18,45 Imposto Predial e Territorial Urbano -IPTU , , ,89 21,14 Impsoto sobre Transmissão de Bens Intervivos - ITBI , , ,48 51,01 Imposto sobre Serviços de Qualquer Natureza -ISS , , ,49 36,29 Imposto de Renda Retido na Fonte - IRRF , , ,58 28,38 Imposto Territorial Rural -ITR 0,00 0,00 0,00 0,00 Multas, Juros de Mora e Outros Encargos dos Impostos , ,25 0,00 0,00 Dívida Ativa dos Impostos , , ,33 8,40 Multas, Juros de Mora e Outros Encargos da Dívida Ativa , , ,46 3,19 RECEITA DE TRANSFERÊNCIAS CONSTITUCIONAIS E LEGAIS (II) , , ,24 36,83 % (B/A) X100) %

22 Página 22 de 28 Cota -Parte FPM , , ,20 41,29 Cota -Parte ITR , , ,05 3,86 Cota -Parte IPVA , , ,80 71,96 Cota -Parte ICMS , , ,90 28,23 Cota -Parte IPI - Exportação , , ,85 21,36 Compensações Financeiras Provenientes de Impostos e Transferências Constitucionais 0,00 0,00 0,00 0,00 Desoneração ICMS (LC 87/96) , , ,44 4,85 Outras 0,00 0,00 0,00 0,00 TOTAL DAS RECEITAS PARA APURAÇÃO DA APLICAÇÃO EM AÇÕES E SERVIÇOS PÚBLICOS DE SAÚDE (III) = I + II , , ,47 35,64 RECEITAS PARA APURAÇÃO DA APLICAÇÃO ASPS PREVISÃO PREVISÃO (A) RECEITAS REALIZADAS Até o Bimestre (B) TRANSFERÊNCIA DE RECURSOS DO SISTEMA ÚNICO DE SAÚDE -SUS , , ,79 35,01 Provenientes da União , , ,42 39,59 Provenientes dos Estados , , ,94 36,25 Provenientes de Outros Municípios 0,00 0,00 0,00 0,00 Outras Receitas do SUS , , ,43 3,99 TRANSFERÊNCIAS VOLUNTÁRIAS , ,00 0,00 0,00 RECEITAS DE OPERAÇÕES DE CRÉDITO VINCULADAS À SAÚDE 0,00 0,00 0,00 0,00 OUTRAS RECEITAS PARA FINANCIAMENTO DA SAÚDE 0,00 0,00 0,00 0,00 TOTAL RECEITAS ADICIONAIS PARA FINANCIAMENTO DA SAÚDE , , ,79 31,82 % (B/A) X100) %

23 Página 23 de 28 ESTADO DE GOIÁS PÁG: 002 RREO ANEXO 12 (LC 141/2012, art. 35) DEMONSTRATIVO DAS RECEITAS E DESPEAS COM AÇÕES E SERVIÇOS PÚBLICOS DE SAÚDE PERÍODO DE JANEIRO A JUNHO DE 2015 DESPESAS COM SAÚDE (Por Grupo de Natureza da Despesa) (E) DESPESAS EMPENHADAS ) Até o Bimestre (F) % (F/E) X 100 DESPESAS LIQUIDADAS Até o Bimestre (G) DESPESAS CORRENTES , , ,09 64, ,63 35,46 Pessoal e Encargos Sociais , , ,20 62, ,20 45,86 Juros e Encargos da Dívida 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 Outras Despesas Correntes , , ,89 66, ,43 28,06 DESPESAS DE CAPITAL , , ,00 4, ,00 4,76 Investimentos , , ,00 4, ,00 4,76 Inversões Financeiras 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 Amortização da Dívida 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 TOTAL DAS DESPESAS COM SAÚDE(IV) , , ,09 61, ,63 33,89 % (G/E) X 100 DESPESAS COM SAÚDE NÃO COMPUTADAS PARA FINS DE APLURAÇÃO DO PERCENTUAL DESPESAS EMPENHADAS Até o Bimestre (H) % (H/IV) X 100 DESPESAS LIQUIDADAS Até o Bimestre (I) DESPESAS COM INATIVOS E PENSIONISTAS 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 DESPESA COM ASSISTÊNCIA À SAÚDE QUE NÃO ATENDE AO PRINCÍPIO DE ACESSO UNIVERSAL % (I/IV) X 100 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 DESPESAS CUSTEADAS COM OUTROS RECURSOS , , ,34 57, ,52 50,63 Recursos de Transferência do Sistema Único de Saúde -SUS , , ,34 57, ,52 50,63 Recursos de Operações de Crédito 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 Outros Recursos 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 OUTRAS AÇÕES E SERVIÇOS NÃO COMPUTADOS 0,00 0, ,23 0,10 973,56 0,07 RESTOS A PAGAR NÃO PROCESSADOS INSCRITOS INDEVIDAMENTE NO EXERCÍCIO SEM DISPONIB DESPESAS CUSTEADAS COM DISPONIBILIDADE DE CAIXA VINCULADA AOS RESTOS A PAGAR CAN DESPESAS CUSTEADAS COM RECURSOS VINCULADOS À PARCELA DO PERCENTUAL MÍNIMO QUE NÃ 0,00 0, ,64 15,02 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 TOTAL DAS DESPESAS COM SAÚDE NÃO COMPUTADAS (V) , , ,21 73, ,08 50,70 TOTAL DAS DESPESAS COM AÇÕES E SERVIÇOS PÚBLICOS DE SAÚDE (VI) = (IV-V) , , ,88-11, ,55-16,81 PERCENTUAL DE APLICAÇÃO EM AÇÕES E SERVIÇOS PÚBLICOS DE SAÚDE SOBRE A RECEITA DE IMPOSTOS LÍQUIDA E TRANSFERÊNCIAS CONSTITUCIONAIS E LEGAIS (VII % ) = (VIh / IIIb x 100) - LIMITE CONSTITUCIONAL 15% 13,17 VALOR REFERENTE À DIFERENÇA ENTRE O VALOR EXECUTADO E O LIMITE MÍNIMO CONSTITUCIONAL [(VII - 15)/100 x IIIb] ,19

24 Página 24 de 28 ESTADO DE GOIÁS PÁG: 003 RREO ANEXO 12 (LC 141/2012, art. 35) DEMONSTRATIVO DAS RECEITAS E DESPEAS COM AÇÕES E SERVIÇOS PÚBLICOS DE SAÚDE PERÍODO DE JANEIRO A JUNHO DE 2015 EXECUÇÃO DE RESTOS A PAGAR NÃO PROCESSADOS INSCRITOS COM DISPONIBILIDADE DE CAIXA INSCRITOS CANCEL/PRESC. PAGOS A PAGAR PARCELA CONSIDERADA NO LIMITE Inscritos em 2015> 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 Inscritos em 2014> 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 Inscritos em 2013> 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 Inscritos em 2012> 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 Inscritos em 2011> 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 Inscritos em 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 TOTAL 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 CONTROLE DE RESTOS A PAGAR CANCELADOS OU PRESCRITOS PARA FIM DE APLICAÇÃO DA DISPONIBILIDADE DE CAIXA CONFORME ARTIGO 24, 1ºE 2º RESTOS A PAGAR CANCELADOS OU PRESCRITOS SALDO DESPESAS CUSTEADAS NO EXERCICIO (J) SALDO FINAL NÃO APLICADO Restos a Pagar Cancelados ou Prescritos em <2015> 0,00 0,00 0,00 Restos a Pagar Cancelados ou Prescritos em <2014> 0,00 0,00 0,00 Restos a Pagar Cancelados ou Prescritos em <2013> 0,00 0,00 0,00 Restos a Pagar Cancelados ou Prescritos em <2012> 0,00 0,00 0,00 Restos a Pagar Cancelados ou Prescritos em <2011> 0,00 0,00 0,00 Restos a Pagar Cancelados ou Prescritos em <2010> 0,00 0,00 0,00 Restos a Pagar Cancelados ou Prescritos em 0,00 0,00 0,00 Total (VIII) 0,00 0,00 0,00 CONTROLE DO VALOR REFERENTE AO PERCENTUAL MÍNIMO NÃO CUMPRIDO EM EXERCÍCIOS ANTERIORES PARA FINS DE APLICAÇÃO DOS RECURSOS VINCULADOS CONFORME ART. 25 E 26 SALDO LIMITE NÃO CUMPRIDO DESPESAS CUSTEADAS NO EXERCICIO (J) SALDO FINAL NÃO APLICADO Diferença de limite não cumprido em <2014> 0,00 0,00 0,00 Diferença de limite não cumprido em <2013> 0,00 0,00 0,00 Diferença de limite não cumprido em <2012> 0,00 0,00 0,00 Diferença de limite não cumprido em <2011> 0,00 0,00 0,00 Diferença de limite não cumprido em <2010> 0,00 0,00 0,00 Diferença de limite não cumprido em 0,00 0,00 0,00 Total (IX) 0,00 0,00 0,00

(EXCETO INTRA-ORÇAMENTÁRIAS) (I) 19.331.000,00 19.331.000,00 1.019.712,35 5,28 12.775.069,85 66,09 6.555.930,15 RECEITAS CORRENTES

(EXCETO INTRA-ORÇAMENTÁRIAS) (I) 19.331.000,00 19.331.000,00 1.019.712,35 5,28 12.775.069,85 66,09 6.555.930,15 RECEITAS CORRENTES RELATÓRIO RESUMIDO DA EXECUÇÃO ORÇAMENTÁRIA BALANÇO ORÇAMENTÁRIO ORÇAMENTO FISCAL E DA SEGURIDADE SOCIAL JANEIRO A DEZEMBRO 2014/ BIMESTRE NOVEMBRODEZEMBRO RREO ANEXO I (LRF, Art. 52, inciso I, alíneas

Leia mais

Prefeitura Municipal de Santana

Prefeitura Municipal de Santana Segunda 30 de janeiro de 2012 Prefeitura Municipal de Santana 6 Bimestre e 3 de 2011 http://www.tribunanet.com.br/?tipo=1&gs=2&cidade=20&anos=&imagefield.x=51&imagefield.y=17 Prefeitura Municipal de Santana

Leia mais

ESTADO DE SANTA CATARINA SECRETARIA DE ESTADO DA FAZENDA PORTARIA Nº 238/GABS/SEF/SC, DE 20 DE JULHO DE 2015.

ESTADO DE SANTA CATARINA SECRETARIA DE ESTADO DA FAZENDA PORTARIA Nº 238/GABS/SEF/SC, DE 20 DE JULHO DE 2015. SECRETARIA DE ESTADO DA FAZENDA PORTARIA Nº 238/GABS/SEF/SC, DE 20 DE JULHO DE 2015. Torna público o Relatório Resumido da Execução Orçamentária da Administração Direta e Indireta, relativo aos meses de

Leia mais

Tabela 10.2 - Demonstrativo das Receitas e Despesas com Manutenção e Desenvolvimento do Ensino - MDE - MUNICÍPIOS

Tabela 10.2 - Demonstrativo das Receitas e Despesas com Manutenção e Desenvolvimento do Ensino - MDE - MUNICÍPIOS Imprimir Tabela 10.2 - Demonstrativo das Receitas e Despesas com Manutenção e Desenvolvimento do Ensino - MDE - MUNICÍPIOS Riacho da Cruz - RN Relatório Resumido da Execução Orçamentária Demonstrativo

Leia mais

Tabela 10.2 - Demonstrativo das Receitas e Despesas com Manutenção e Desenvolvimento do Ensino - MDE - MUNICÍPIOS

Tabela 10.2 - Demonstrativo das Receitas e Despesas com Manutenção e Desenvolvimento do Ensino - MDE - MUNICÍPIOS Imprimir Tabela 10.2 - Demonstrativo das Receitas e Despesas com Manutenção e Desenvolvimento do Ensino - MDE - MUNICÍPIOS Ruy Barbosa - RN Relatório Resumido da Execução Orçamentária Demonstrativo das

Leia mais

RREO - ANEXO VIII (Lei 9.394/1996, Art.72) R$ 1,00 RECEITAS DO ENSINO RECEITAS REALIZADAS

RREO - ANEXO VIII (Lei 9.394/1996, Art.72) R$ 1,00 RECEITAS DO ENSINO RECEITAS REALIZADAS Governo Municipal de Pacajá DEMONSTR. DAS RECEITAS E DESPESAS Pag.: 0001 RREO - ANEXO VIII (Lei 9.394/1996, Art.72) R$ 1,00 RECEITAS DO ENSINO RECEITA RESULTANTE DE IMPOSTOS INICIAL ATUALIZADA NO BIMESTRE

Leia mais

Segunda-feira, 13 de Abril de 2015 Edição N 385

Segunda-feira, 13 de Abril de 2015 Edição N 385 CONSÓRCIO JACUÍPE CNPJ: 16.749.050/0001-06 Rua Manoel Gonçalves, 45, Centro 44.610-000 Pintadas Bahia cdsjacuipe@yahoo.com.br AVISO DE LICITAÇÃO CONSÓRCIO DE DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL DO TERRITÓRIO BACIA

Leia mais

RREO - ANEXO VIII (Lei 9.394/1996, Art.72) R$ 1,00 RECEITAS DO ENSINO RECEITAS REALIZADAS

RREO - ANEXO VIII (Lei 9.394/1996, Art.72) R$ 1,00 RECEITAS DO ENSINO RECEITAS REALIZADAS Governo Municipal de Lagoa de Dentro DEMONSTR. DAS RECEITAS E DESPESAS Pag.: 0001 RREO - ANEXO VIII (Lei 9.394/1996, Art.72) R$ 1,00 RECEITAS DO ENSINO RECEITA RESULTANTE DE IMPOSTOS INICIAL ATUALIZADA

Leia mais

ESTADO DE SANTA CATARINA

ESTADO DE SANTA CATARINA ESTADO DE SANTA CATARINA TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO DIRETORIA DE CONTROLE DOS MUNICÍPIOS DMU PROCESSO : PCP 06/00076210 UNIDADE : Município de BALNEÁRIO CAMBORIÚ RESPONSÁVEL : Sr. RUBENS SPERNAU - Prefeito

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE JACOBINA RELATÓRIO RESUMIDO DA EXECUÇÃO ORÇAMENTÁRIA

PREFEITURA MUNICIPAL DE JACOBINA RELATÓRIO RESUMIDO DA EXECUÇÃO ORÇAMENTÁRIA BALANÇO ORÇAMENTÁRIO ORÇAMENTO FISCAL E DA SEGURIDADE SOCIAL JANEIRO ABRIL 2015/ BIMESTRE MARÇOABRIL RREO ANEXO I (LRF, Art. 52, inciso I, alíneas "a" e "b" do inciso II e 1º) R$ 1,00 RECEITAS PREVISÃO

Leia mais

É comum o recuo do pagamento à vista das compras em fevereiro; as famílias já não têm mais a renda de férias e décimo terceiro salário

É comum o recuo do pagamento à vista das compras em fevereiro; as famílias já não têm mais a renda de férias e décimo terceiro salário QUINTAFEIRA, 27 MARÇO 2014 à OPERAÇÕES FINANCEIRAS Uso do rotativo cartão crédito cresce 6,4% em fevereiro É um o recuo do pagamento à vista s pras em fevereiro; as famílias já não têm mais a ren férias

Leia mais

RECEITAS DO ENSINO PREVISÃO INICIAL

RECEITAS DO ENSINO PREVISÃO INICIAL RECEITA RESULTANTE DE IMPOSTOS (caput do art. 212 da Constituição) RECEITAS DO ENSINO 1 - RECEITA DE IMPOSTOS 666.027,96 666.027,96 543.552,01 81,61 1.1- Receitas Resultante Imposto s/ Propriedade Predial

Leia mais

Poder Executivo. Manaus, quarta-feira, 30 de maio de 2012. Ano XIII, Edição 2939 - R$ 1,00

Poder Executivo. Manaus, quarta-feira, 30 de maio de 2012. Ano XIII, Edição 2939 - R$ 1,00 Manaus, quarta-feira, 30 de maio de 2012. Ano XIII, Edição 2939 - R$ 1,00 Poder Executivo DECRETO Nº 1.647, DE 30 DE MAIO DE 2012 MODIFICA o item 42 do Anexo Único do Decreto nº 0593, de 12 de julho de

Leia mais

APLICAÇÃO NA MANUTENÇÃO E DESENVOLVIMENTO DO ENSINO ART. 212 DA CONSTITUIÇÃO FEDERAL Impostos e Transferências considerados para o Cálculo

APLICAÇÃO NA MANUTENÇÃO E DESENVOLVIMENTO DO ENSINO ART. 212 DA CONSTITUIÇÃO FEDERAL Impostos e Transferências considerados para o Cálculo RECEITA ESTIMADA E DESPESA FIXADA - EDUCAÇÃO APLICAÇÃO NA MANUTENÇÃO E DESENVOLVIMENTO DO ENSINO ART. 212 DA CONSTITUIÇÃO FEDERAL Impostos e Transferências considerados para o Cálculo IPTU 134.000,00 IRRF

Leia mais

Semana Contábil e Fiscal de Estados e Municípios - Secofem

Semana Contábil e Fiscal de Estados e Municípios - Secofem Subsecretaria de Contabilidade Coordenação-Geral de Normas de Contabilidade Aplicada à Federação Semana Contábil e Fiscal de Estados e Municípios - Secofem Módulo 10 - Resultado Primário e Resultado Nominal

Leia mais

PORTARIA Nº 492, DE 29 DE JUNHO DE 2006

PORTARIA Nº 492, DE 29 DE JUNHO DE 2006 15 REPÚBLICA F Novembro EDERATIVA DO BRASIL PORTARIA Nº 492, DE 29 DE JUNHO DE 2006 O SECRETÁRIO-ADJUNTO DO TESOURO NACIONAL, no uso das atribuições que lhe confere a Portaria nº 403, 2 zembro 2005, do

Leia mais

ESTADO DE SANTA CATARINA

ESTADO DE SANTA CATARINA ESTADO DE SANTA CATARINA TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO DIRETORIA DE CONTROLE DOS MUNICÍPIOS DMU PROCESSO PCP 08/00199278 UNIDADE Município de Joinville RESPONSÁVEL Sr. Marco Antonio Tebaldi - Prefeito Municipal

Leia mais

CAMARA MUNICIPAL DE SOBRADINHO - Poder Legislativo RELATÓRIO DE GESTÃO FISCAL

CAMARA MUNICIPAL DE SOBRADINHO - Poder Legislativo RELATÓRIO DE GESTÃO FISCAL RGF - ANEXO 1 (LRF, art. 55, inciso I, alínea 'a') CAMARA MUNICIPAL DE SOBRADINHO - Poder Legislativo DEMONSTRATIVO DA DESPESA COM PESSOAL PERÍODO DE REFERÊNCIA: Janeiro/2014 a Dezembro/2014 DESPESA COM

Leia mais

Anexo 12 - Balanço Orçamentário

Anexo 12 - Balanço Orçamentário Anexo 12 - Balanço Orçamentário BALANÇO ORÇAMENTÁRIO EXERCÍCIO: PERÍODO: MÊS DATA DE EMISSÃO: PÁGINA: PREVISÃO PREVISÃO RECEITAS SALDO RECEITAS ORÇAMENTÁRIAS INICIAL ATUALIZADA REALIZADAS (a) (b) c = (a-b)

Leia mais

Pará Governo Municipal de Marabá ORÇAMENTO PROGRAMA PARA 2015 - Consolidado Página : 001 Receitas por fonte de recurso

Pará Governo Municipal de Marabá ORÇAMENTO PROGRAMA PARA 2015 - Consolidado Página : 001 Receitas por fonte de recurso ORÇAMENTO PROGRAMA PARA 2015 - Consolidado Página : 001 1112.02.00.00.00 Imposto sobre a Propriedade Predial Territorial Urbana PMM 010100-Impostos 4.478.307,22 4.478.307,22 SDU 010100-Impostos 1.263,19

Leia mais

Prefeitura Municipal de Santa Cruz de Salinas. Exercício. Detalhamento da Receita com Destinação de Recurso

Prefeitura Municipal de Santa Cruz de Salinas. Exercício. Detalhamento da Receita com Destinação de Recurso Detalha da Receita com Destinação de Recurso 1.0.0.0.00.00 RECEITAS CORRENTES 9.720.720.00 1.1.0.0.00.00 RECEITA TRIBUTÁRIA 1.1.1.0.00.00 IMPOSTOS 122.300.00 1.1.1.2.00.00 Impostos sobre o Patrimônio e

Leia mais

RGF ANEXO I (LRF, art. 55, inciso I, alínea "a") R$ 1,00 DESPESA COM PESSOAL LIQUIDADAS

RGF ANEXO I (LRF, art. 55, inciso I, alínea a) R$ 1,00 DESPESA COM PESSOAL LIQUIDADAS DEMONSTRATIVO DA DESPESA COM PESSOAL RGF ANEXO I (LRF, art. 55, inciso I, alínea "a") R$ 1,00 DESPESAS EXECUTADAS DESPESA COM PESSOAL LIQUIDADAS (a) (Últimos 12 Meses) INSCRITAS EM RESTOS A PAGAR NÃO PROCESSADOS

Leia mais

CAPÍTULO I Da Receita

CAPÍTULO I Da Receita ESTADO DO TOCANTINS PREFEITURA MUNICIPAL DE SÃO SALVADOR DO TOCANTINS SERIEDADE E TRABALHO Adm.: 2005/2008 Av. Afonso Pena, s/n Centro CEP. 77.368-000 Fone (63) 3396-1122 São Salvador do Tocantins TO.

Leia mais

DEMONSTRATIVO DAS RECEITAS E DESPESAS COM MANUTENÇÃO E DESENVOLVIMENTO DO ENSINO - MDE ORÇAMENTOS FISCAL E DA SEGURIDADE SOCIAL RECEITAS DO ENSINO

DEMONSTRATIVO DAS RECEITAS E DESPESAS COM MANUTENÇÃO E DESENVOLVIMENTO DO ENSINO - MDE ORÇAMENTOS FISCAL E DA SEGURIDADE SOCIAL RECEITAS DO ENSINO RECEITAS DO ENSINO RECEITA RESULTANTE DE IMPOSTOS (caput do art. 212 da Constituição) INICIAL (a) No Bimestre 1. RECEITA DE IMPOSTOS 508.511.839,00 508.511.839,00 99.498.308,43 191.352.419,40 37,63 1.1-

Leia mais

PREFEITURA MUNIC DE URANIA AVENIDA BRASIL Nº

PREFEITURA MUNIC DE URANIA AVENIDA BRASIL Nº PREFEITURA MUNIC DE URANIA AVENIDA BRASIL Nº 390 46611117/0001-02 Montante da Receita Prevista para o Exercício Desdobrada por Classificação Econômica Orçamento Programa Anexo X - Exercício de 2011 Código

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE BARRA DE GUABIRABA PE Palácio Municipal Dr. Franklin Farias Neves

PREFEITURA MUNICIPAL DE BARRA DE GUABIRABA PE Palácio Municipal Dr. Franklin Farias Neves L E I N º 2 7 6 / 2 0 1 3..... ( L O A ) EMENTA: Dispõe sobre o Orçamento Fiscal do Município da Barra de Guabiraba, para o exercício financeiro de 2014 e da outras providencias. O PREFEITO CONSTITUCIONAL

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE IPIRANGA GOIAS

PREFEITURA MUNICIPAL DE IPIRANGA GOIAS Página 1 de 26 ESTADO DE GOIÁS PÁG: 001 BALANÇO ORÇAMENTÁRIO RREO ANEXO 1 (LRF, Art. 52, inciso I, alíneas a e b do inciso II e 1º) R$ RECEITAS RECEITAS REALIZADAS NO BIMESTRE ATÉ BIMESTRE RECEITAS (I)

Leia mais

Diário Oficial. Prefeitura Municipal de Ichú Ba. Ano VI - Edição Ordinária n º. 480 26 de março de 2015- Pg1/23 PREFEITURA MUNICIPAL ICHU - BAHIA

Diário Oficial. Prefeitura Municipal de Ichú Ba. Ano VI - Edição Ordinária n º. 480 26 de março de 2015- Pg1/23 PREFEITURA MUNICIPAL ICHU - BAHIA Diário Oficial Prefeitura Municipal de Ichú Ba Ano VI - Edição Ordinária n º. 480 26 de março de 2015- Pg1/23 GABINETE DO PREFEITO LEI Nº 021/2015 DE 26 DE MARÇO DE 2015. Reajusta os vencimentos dos cargos

Leia mais

Prefeitura Da Cidade do Rio de Janeiro Controladoria Geral do Município Subcontroladoria de Integração de Controles Contadoria Geral

Prefeitura Da Cidade do Rio de Janeiro Controladoria Geral do Município Subcontroladoria de Integração de Controles Contadoria Geral 1 RELATÓRIO DE DESEMPENHO DA PREFEITURA DA CIDADE DO RIO DE JANEIRO FRENTE À LEI DE RESPONSABILIDADE FISCAL NO EXERCÍCIO DE 2012 Este relatório tem por objetivo abordar, de forma resumida, alguns aspectos

Leia mais

TOTAL DA RECEITA 15.584.747,69 16.454.110,58 21.194.672,38 21.322.200,00 CÓDIGO DESCRIÇÃO 2012 2013 2014 2015

TOTAL DA RECEITA 15.584.747,69 16.454.110,58 21.194.672,38 21.322.200,00 CÓDIGO DESCRIÇÃO 2012 2013 2014 2015 CÓDIGO DESCRIÇÃO 2012 2013 2014 2015 Arrecadado Arrecadado Arrecadado Reestimado 1.0.0.0.00.00.00.00 RECEITAS CORRENTES 17.205.072,84 17.394.971,22 19.064.900,71 23.820.05 1.1.0.0.00.00.00.00 RECEITA TRIBUTARIA

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE PONTA GROSSA AUDIÊNCIA PÚBLICA AVALIAÇÃO DO CUMPRIMENTO DAS METAS 3º QUADRIMESTRE DE 2011

PREFEITURA MUNICIPAL DE PONTA GROSSA AUDIÊNCIA PÚBLICA AVALIAÇÃO DO CUMPRIMENTO DAS METAS 3º QUADRIMESTRE DE 2011 PREFEITURA MUNICIPAL DE PONTA GROSSA AUDIÊNCIA PÚBLICA AVALIAÇÃO DO CUMPRIMENTO DAS METAS 3º QUADRIMESTRE DE 2011 LEI DE RESPONSABILIDADE FISCAL DA TRANSPARÊNCIA DA GESTÃO FISCAL Art. 48. São instrumentos

Leia mais

BALANCETE ORÇAMENTÁRIO AGOSTO/2012 SALDO ATUALIZADA REALIZADAS DOTAÇÃO. (a) (b) (c )=(a-b) (d) ( e ) (f) (g) (h)=(d-e)

BALANCETE ORÇAMENTÁRIO AGOSTO/2012 SALDO ATUALIZADA REALIZADAS DOTAÇÃO. (a) (b) (c )=(a-b) (d) ( e ) (f) (g) (h)=(d-e) RECEITAS ORÇAMENTÁRIAS PREVISÃO INICIAL BALANCETE ORÇAMENTÁRIO AGOSTO/2012 Diretoria da Área Orçamentária e Financeira SALDO PREVISÃO RECEITAS DOTAÇÃO DESPESAS DESPESAS DESPESAS SALDO ATUALIZADA REALIZADAS

Leia mais

Governo do Estado de Rondônia GOVERNADORIA

Governo do Estado de Rondônia GOVERNADORIA Governo do Estado de Rondônia GOVERNADORIA DECTRETO N. 17.49 DE 17 DE JANEIRO DE 213. Estabelece o Desdobramento das Receitas Previstas para 213 em Metas Mensais e Bimestrais de Arrecadação e o Cronograma

Leia mais

Comparativo Receita Orçada / Arrecadada

Comparativo Receita Orçada / Arrecadada Comparativo Receita Orçada / 1000000000 RECEITAS CORRENTES 2.559.915.741,00 2.315.164.067,05 244.751.673,95 1100000000 RECEITA TRIBUTÁRIA 653.441.115,00 532.491.940,91 120.949.174,09 1110000000 IMPOSTOS

Leia mais

MUNICIPIO DE ARAPOTI - PODER EXECUTIVO

MUNICIPIO DE ARAPOTI - PODER EXECUTIVO RGF - ANEXO 1 (LRF, art. 55, inciso I, alínea "a") MUNICIPIO DE ARAPOTI - PODER EXECUTIVO Prefeitura Municipal de Arapoti DEMONSTRATIVO DA DESPESA COM PESSOAL JANEIRO/2015 A DEZEMBRO/2015 DESPESA COM PESSOAL

Leia mais

JADER RIEFFE JULIANELLI AFONSO Secretário de Estado de Fazenda CPF: 799.453.091-53

JADER RIEFFE JULIANELLI AFONSO Secretário de Estado de Fazenda CPF: 799.453.091-53 CONSOLIDADO DEMONSTRATIVO DA DESPESA COM PESSOAL RGF ANEXO 1 (LRF, art. 55, inciso I, alínea "a") R$ 1,00 DESPESAS EXECUTADAS (Últimos 12 Meses) DESPESA COM PESSOAL INSCRITAS EM LIQUIDADAS RESTOS A PAGAR

Leia mais

RGF ANEXO I (LRF, art. 55, inciso I, alínea "a") R$ 1,00

RGF ANEXO I (LRF, art. 55, inciso I, alínea a) R$ 1,00 DEMONSTRATIVO DA DESPESA COM PESSOAL RGF ANEXO I (LRF, art. 55, inciso I, alínea "a") R$ 1,00 DESPESA COM PESSOAL LIQUIDADAS (a) DESPESAS EXECUTADAS (Último 1 MMoMo) INSCRITAS EM RESTOS A PAGAR NÃO PROCESSADOS

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE SILVES

PREFEITURA MUNICIPAL DE SILVES 1.0.0.0.0.00.00.00.00.0000 Ativo 32.660.958,34-6.363.147,12 47.004.771,41 6.231.871,07 44.351.853,94 32.792.234,39-1.1.0.0.0.00.00.00.00.0000 Ativo Circulante 9.721.402,71-6.363.147,12 45.984.575,48 6.231.871,07

Leia mais

SECRETARIA MUNICIPAL DE FOMENTO À HABITAÇÃO

SECRETARIA MUNICIPAL DE FOMENTO À HABITAÇÃO SEMANÁRIO OFICIAL João Pessoa, 27 de julho de 212 * n 1332 ESPECIAL * Pág. 11/66 SECRETARIA MUNICIPAL DE FOMENTO À HABITAÇÃO Pág. 12/66 * n 1332 ESPECIAL * João Pessoa, 27 de julho de 212 SEMANÁRIO OFICIAL

Leia mais

Fundo Especiais. Fundos Especiais. Fundos Especiais Lei Federal nº 4.320/64. Fundo Municipal de Educação e FUNDEB

Fundo Especiais. Fundos Especiais. Fundos Especiais Lei Federal nº 4.320/64. Fundo Municipal de Educação e FUNDEB Fundo Especiais Fundo Municipal de Educação e FUNDEB Facilitador : Toribio Nogueira de Carvalho Contador, Pós-Graduado em Contabilidade Pública Fundos Especiais Organização e estrutura de mecanismo financeiro,

Leia mais

Tribunal de Contas do Estado do Rio de Janeiro

Tribunal de Contas do Estado do Rio de Janeiro RELAÇÃO DE DOCUMENTOS INTEGRANTES DA PRESTAÇÃO DE CONTAS DE ADMINISTRAÇÃO FINANCEIRA (CONTAS DE GOVERNO) EXERCÍCIO DE 2013 CONFORME OFÍCIO-CIRCULAR Nº 14/2014 PRS/GAP RESPONSABILIZAÇÃO CADASTROS do Prefeito

Leia mais

Prefeitura Municipal de Coimbra Balancete Financeiro (Consolidado) Página 2 Contabilidade Publica - Planejar Periodo: 01/09/2005 a 30/09/2005

Prefeitura Municipal de Coimbra Balancete Financeiro (Consolidado) Página 2 Contabilidade Publica - Planejar Periodo: 01/09/2005 a 30/09/2005 Prefeitura Municipal de Coimbra Balancete Financeiro (Consolidado) Página 1 Contabilidade Publica - Planejar Periodo: 01/09/2005 a 30/09/2005 31/12/2005 16:20:56 ORCAMENTARIAS 1 Receitas Correntes 437.605,02

Leia mais

GARANTIAS DE VALORES VALOR % SOBRE A RCL Total das Garantias 0,00 0,00% Limite Definido por Resolução do Senado Federal 20.474.

GARANTIAS DE VALORES VALOR % SOBRE A RCL Total das Garantias 0,00 0,00% Limite Definido por Resolução do Senado Federal 20.474. - PODER EXECUTIVO DEMONSTRATIVO DOS LIMITES LRF, art. 48 - Anexo VII R$ 1,00 DESPESA COM PESSOAL VALOR % SOBRE A RCL Despesa Total com Pessoal - TDP 54.176.826,47 58,21% Limite Máximo (incisos I, II e

Leia mais

PORTO ALEGRE DIÁRIO OFICIAL EXECUTIVO 2ª EDIÇÃO 2ª EDIÇÃO DE 29/12/06 LEIS E DECRETOS

PORTO ALEGRE DIÁRIO OFICIAL EXECUTIVO 2ª EDIÇÃO 2ª EDIÇÃO DE 29/12/06 LEIS E DECRETOS DIÁRIO OFICIAL DE PORTO ALEGRE Edição 2934 Sexta-feira, 29 de Dezembro de 2006 2ª EDIÇÃO 1 DIÁRIO OFICIAL PORTO ALEGRE de divulgação Oficial do Município Ano XI Edição 2934 Sexta-feira, 29 de Dezembro

Leia mais

Demonstrativo da Receita Líquida de Impostos e das Despesas Próprias com Educação e Saúde

Demonstrativo da Receita Líquida de Impostos e das Despesas Próprias com Educação e Saúde Demonstrativo da Receita Líquida de Impostos e das Despesas Próprias com Educação e Saúde Valores até Setembro/2015 GOVERNADOR DO ESTADO João Raimundo Colombo SECRETÁRIO DE ESTADO DA FAZENDA Antonio Marcos

Leia mais

Prefeitura Municipal de Macaíba

Prefeitura Municipal de Macaíba 1 RECEITAS CORRENTES 92.602.900 1.1 RECEITA TRIBUTÁRIA 6.727.548 1.1.1 IMPOSTOS 5.974.129 1.1.1.2 IMP. SOBRE O PATRIMÔNIO E A RENDA 3.224.960 1.1.1.2.02 IMP. S/PROP. TERR. PRED. URBANA - IPTU 1.079.975

Leia mais

Página: 1 de 8 29/01/ :52

Página: 1 de 8 29/01/ :52 Prefeitura Municipal de Vale do Sol RS Demonstrativo das Receitas e Despesas com Manutenção e Desenvolvimento do Ensino MDE Janeiro a Dezembro 2015/Bimestre NovembroDezembro Página: 1 de 8 RREO ANEXO VIII(LDB,

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE SÃO GOTARDO Rua Professora Maria Coeli Franco, 13 - CNPJ nº 18.602.037/0001-55 CEP: 38.800-000

PREFEITURA MUNICIPAL DE SÃO GOTARDO Rua Professora Maria Coeli Franco, 13 - CNPJ nº 18.602.037/0001-55 CEP: 38.800-000 PREFEITURA MUNICIPAL DE SÃO GOTARDO Rua Professora Maria Coeli Franco, 13 - CNPJ nº 18.602.037/0001-55 CEP: 38.800-000 LEI N 2.076, DE 22 DE DEZEMBRO DE 2014. ESTABELECE PROPOSTA ORÇAMENTÁRIA, ESTIMANDO

Leia mais

Anexo 10 - Lei 4320. Comparativo da Receita Orçada com a Arrecadada

Anexo 10 - Lei 4320. Comparativo da Receita Orçada com a Arrecadada Comparativo da Receita com a Página: 1 RECEITAS CORRENTES 674.366.087,90 666.554.556,93 7.811.530,97 RECEITA TRIBUTARIA 500.00 1.034.446,27 534.446,27 TAXAS 500.00 1.034.446,27 534.446,27 TAXA PELA PRESTAÇÃO

Leia mais

Diário Oficial ÓRGÃO OFICIAL DA PREFEITURA MUNICIPAL DE NOVA FRIBURGO

Diário Oficial ÓRGÃO OFICIAL DA PREFEITURA MUNICIPAL DE NOVA FRIBURGO Diário Oficial R$ 0,50 ÓRGÃO OFICIAL DA PREFEITURA MUNICIPAL DE NOVA FRIBURGO PUBLICAÇÃO DA SUBSECRETARIA DE COMUNICAÇÃO SOCIAL ANO IV - EDIÇÃO N. 116-2 de abril de 2014 www.pmnf.rj.gov.br Saúde Bucal

Leia mais

Outras Despesas de Pessoal decorrentes de Contratos de Terceirização ( 1º do art. 18 da LRF)

Outras Despesas de Pessoal decorrentes de Contratos de Terceirização ( 1º do art. 18 da LRF) DEMONSTRATIVO DA DESPESA COM PESSOAL Período de referência: SETEMBRO DE 2008 A AGOSTO DE 2009 RGF - ANEXO I (LRF, art. 55, Inciso I, alínea "a") R$ 1,00 DESPESA COM PESSOAL DESPESAS EXECUTADAS LIQUIDADAS

Leia mais

Prefeitura Municipal de Iaçu-BA

Prefeitura Municipal de Iaçu-BA ANO. 2015 Prefeitura Municipal de IaçuBA DO MUNICÍPIO DE IAÇU BAHIA ANO.V EDIÇÃO Nº 00450 A Prefeitura Municipal de Iaçu, Estado Da Bahia, Visando a Transparência dos Seus Atos Vem PUBLICAR. 1 Este documento

Leia mais

Prefeitura Municipal de Santana de Cataguases Balancete Financeiro (Consolidado) Página 2 Contabilidade Publica - Planejar Periodo: 01/03/2005 a

Prefeitura Municipal de Santana de Cataguases Balancete Financeiro (Consolidado) Página 2 Contabilidade Publica - Planejar Periodo: 01/03/2005 a Prefeitura Municipal de Santana de Cataguases Balancete Financeiro (Consolidado) Página 1 Contabilidade Publica - Planejar Periodo: 01/03/2005 a 31/03/2005 31/12/2005 10:44:16 ORCAMENTARIAS 1 Receitas

Leia mais

EXERCÍCIO. Elaboração dos Demonstrativos Contábeis

EXERCÍCIO. Elaboração dos Demonstrativos Contábeis EXERCÍCIO Elaboração dos Demonstrativos Contábeis Considerando a Lei Orçamentária Aprovada para a Prefeitura de Belo Jardim para o exercício de X1, e os fatos contábeis ocorridos, lance os valores nos

Leia mais

A - Codificação e discriminação da aplicação e fonte de recursos

A - Codificação e discriminação da aplicação e fonte de recursos A - Codificação e discriminação da aplicação e fonte de recursos APLICAÇÕES DA RECEITA DESCRIÇÃO 01 Pessoal e Encargos Sociais 03 Outras Despesas Correntes 04 Despesas de Capital 08 Orçamento Participativo

Leia mais

Estado de Mato Grosso do Sul

Estado de Mato Grosso do Sul 24/05/13 1 1000.00.00 RECEITAS CORRENTES 21.194.95 1.529.041,57 5.634.996,55 15.559.953,45 1100.00.00 RECEITA TRIBUTÁRIA 620.00 25.976,03 122.642,49 497.357,51 1110.00.00 IMPOSTOS 590.00 25.976,03 113.194,62

Leia mais

DIÁRIO OFICIAL DO MUNICIPIO DE BAIA DA TRAIÇÃO

DIÁRIO OFICIAL DO MUNICIPIO DE BAIA DA TRAIÇÃO RECEITA RESULTANTE DE IMPOSTOS (caput do art. 212 da CF) RECEITAS DO ENSINO Continua (1/5) 1 - RECEITAS DE IMPOSTOS 360.720,00 360.720,00 202.602,88 56,17 1.1 - Receita Resultante do Imposto sobre a Propriedade

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE SILVES

PREFEITURA MUNICIPAL DE SILVES 1.0.0.0.0.00.00.00.00.0000 Ativo 31.860.792,47-9.144.432,41 40.641.624,29 8.344.266,54 38.119.982,87 32.660.958,34-1.1.0.0.0.00.00.00.00.0000 Ativo Circulante 9.306.135,84-8.759.533,41 39.621.428,36 8.344.266,54

Leia mais

Art. 1º - Fica aprovado o Regimento Interno da Central do Sistema de Controle Interno, anexo ao presente Decreto.

Art. 1º - Fica aprovado o Regimento Interno da Central do Sistema de Controle Interno, anexo ao presente Decreto. DECRETO N.º 961/08 De 01 de julho de 2008. APROVA O REGIMENTO INTERNO DA CENTRAL DO SISTEMA DE CONTROLE INTERNO, E DÁ OUTRAS PROVIDÊNCIAS. A PREFEITA MUNICIPAL DE VALE DO SOL, no uso de suas atribuições

Leia mais

Índice do diário. GABINETE DA PREFEITA MUNICIPAL DE RIBEIRA DO AMPARO, em 16 de abril de 2014. TETIANA DE PAULA FONTES CEDRO BRITTO.

Índice do diário. GABINETE DA PREFEITA MUNICIPAL DE RIBEIRA DO AMPARO, em 16 de abril de 2014. TETIANA DE PAULA FONTES CEDRO BRITTO. Diário Oficial Ano: 2 Edição: 231 Páginas: 40 Atos Oficiais Decreto - Nº 0532/2014 Portaria - Nº 0054/2014 Contas Públicas Balanço Orçamentário - BALANÇO Índice do diário Atos Oficiais Decreto Nº 0532/2014

Leia mais

AUDIÊNCIA PÚBLICA...para Demonstrar e Avaliar o Cumprimento das Metas Fiscais referentes ao terceiro quadrimestre do exercício de 2012

AUDIÊNCIA PÚBLICA...para Demonstrar e Avaliar o Cumprimento das Metas Fiscais referentes ao terceiro quadrimestre do exercício de 2012 AUDIÊNCIA PÚBLICA...para Demonstrar e Avaliar o Cumprimento das Metas Fiscais referentes ao terceiro quadrimestre do exercício de 2012 PREFEITURA DE SÃO JOSÉ SECRETARIA DE FINANÇAS EDITAL DE CONVOCAÇÃO

Leia mais

MUNICÍPIOS COM POPULAÇÃO INFERIOR A 50.000 HABITANTES QUE OPTARAM PELA DIVULGAÇÃO SEMESTRAL DOS ANEXOS DOS ARTS. 53, 54 E 55 DA LRF

MUNICÍPIOS COM POPULAÇÃO INFERIOR A 50.000 HABITANTES QUE OPTARAM PELA DIVULGAÇÃO SEMESTRAL DOS ANEXOS DOS ARTS. 53, 54 E 55 DA LRF MUNICÍPIOS COM POPULAÇÃO INFERIOR A 50.000 HABITANTES QUE OPTARAM PELA DIVULGAÇÃO SEMESTRAL DOS ANEXOS DOS ARTS. 53, 54 E 55 DA LRF MODELO / SUGESTÃO PARA O RELATÓRIO DE AVALIAÇÃO DAS METAS DO TERCEIRO

Leia mais

Diário Oficial DO MUNICÍPIO DE JI-PARANÁ

Diário Oficial DO MUNICÍPIO DE JI-PARANÁ Diário Oficial DO MUNICÍPIO DE JI-PARANÁ Publicação dos atos ofi ciais da Prefeitura Municipal de Ji-Paraná, de acordo com a Lei Municipal n.º 070, de 02/07/200 0 ANO IX - DIÁRIO OFICIAL NÚMERO 856 Ji-Paraná

Leia mais

Tabela 1 - Balanço Orçamentário

Tabela 1 - Balanço Orçamentário Tabela 1 Balanço Orçamentário PREFEITURA MUNICIPAL DE VITORIA DA CONQUISTA BALANÇO ORÇAMENTÁRIO SETEMBRO/OUTUBRODE 2012 RREO Anexo I (LRF, Art. 52, inciso I, alíneas "a" e "b" do inciso II e 1º) R$ 1,00

Leia mais

Betha Sistemas. Exercício de 2008. Diferenças Para Menos. Títulos Orçada Arrecadada Para mais

Betha Sistemas. Exercício de 2008. Diferenças Para Menos. Títulos Orçada Arrecadada Para mais RECEITAS 7.755.352,00 9.068.424,29 1.699.148,82 386.076,53 RECEITAS CORRENTES 7.046.205,00 7.954.527,74 1.088.160,33 179.837,59 RECEITA TRIBUTARIA 439.958,00 838.479,87 410.757,10 12.235,23 IMPOSTOS 367.368,00

Leia mais

Adendo III - Portaria S0F nº 008 - Anexo 2 - Receita - Lei 4.320/64 - Orçamento - Programa (Consolidado) Pág. 1

Adendo III - Portaria S0F nº 008 - Anexo 2 - Receita - Lei 4.320/64 - Orçamento - Programa (Consolidado) Pág. 1 Pág. 1 1 Receitas Correntes 9. 072. 858, 00 1.1 Receita Tributária 80. 891, 00 1.1.1 Impostos 76. 203, 00 1.1.1.2 Impostos s/ Patrimônio e Renda 70. 722, 00 1.1.1.2.02 I.P.T.U. 8. 279, 00 1.1.1.2.02.00

Leia mais

SERRA NEGRA Imprensa Oficial da Estância Hidromineral de Serra Negra

SERRA NEGRA Imprensa Oficial da Estância Hidromineral de Serra Negra Imprensa Oficial da Estância Hidromineral de Serra Negra DISTRIBUIÇÃO GRATUITA Sexta-feira, 8 de março de 2013 - Ano VI - n.º 327 SENAI conta com vagas em cursos O Centro de Treinamento do Senai Serra

Leia mais

ANEXO X - DEMONSTRATIVO II RECEITA E DESPESA DO PODER LEGISLATIVO MUNICÍPIO DE PETRÓPOLIS ORÇAMENTO 2011 CÂMARA MUNICIPAL DE PETRÓPOLIS

ANEXO X - DEMONSTRATIVO II RECEITA E DESPESA DO PODER LEGISLATIVO MUNICÍPIO DE PETRÓPOLIS ORÇAMENTO 2011 CÂMARA MUNICIPAL DE PETRÓPOLIS ANEXO X - DEMONSTRATIVO II RECEITA E DESPESA DO PODER LEGISLATIVO CÂMARA MUNICIPAL DE PETRÓPOLIS 1000.00.00.00 RECEITAS CORRENTES... 0,00 Despesa Corrente 13.758.004,00 Pessoal e Encargos... 8.830.977,00

Leia mais

As mensagens de erro são representadas por um código seguido da descrição do erro encontrado. Abaixo segue a estrutura do código de erro:

As mensagens de erro são representadas por um código seguido da descrição do erro encontrado. Abaixo segue a estrutura do código de erro: Anexo I - Regras de Validação - RREO O presente anexo possui o objetivo de apresentar a estrutura das mensagens de erros emitidas quando o sistema encontra alguma inconsistência na validação das fórmulas

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE CASTELO - ES CONSOLIDADO ESPÍRITO SANTO 27.165.638/0001-39 ANEXO II - RESUMO GERAL DA RECEITA BALANÇO - EXERCÍCIO DE 2007

PREFEITURA MUNICIPAL DE CASTELO - ES CONSOLIDADO ESPÍRITO SANTO 27.165.638/0001-39 ANEXO II - RESUMO GERAL DA RECEITA BALANÇO - EXERCÍCIO DE 2007 410000000000 RECEITAS CORRENTES 43.842.239,37 411000000000 RECEITA TRIBUTÁRIA 3.735.656,71 411100000000 IMPOSTOS 2.210.207,53 411120000000 IMPOSTOS SOBRE O PATRIMÔNIO E A RENDA 1.019.173,13 411120200000

Leia mais

DIÁRIO OFICIAL DE CONTAGEM - MG

DIÁRIO OFICIAL DE CONTAGEM - MG Diário Oficial de Contagem-Ano 25 Edição 3795 Contagem, 1 de fevereiro de 2016 Página 1 de 122 Atos do Executivo DECRETO nº 637, de 28 de janeiro de 2016. Regulamenta a Lei nº 3.506, de 10 de janeiro de

Leia mais

DIÁRIO OFICIAL SECRETARIAS DE ESTADO ESTADO DA PARAÍBA. Preço: R$ 2,00. Nº 15.942 João Pessoa - Domingo, 27 de Setembro de 2015. Secretaria de Estado

DIÁRIO OFICIAL SECRETARIAS DE ESTADO ESTADO DA PARAÍBA. Preço: R$ 2,00. Nº 15.942 João Pessoa - Domingo, 27 de Setembro de 2015. Secretaria de Estado DIÁRIO OFICIAL ESTADO DA PARAÍBA Nº 15.942 João Pessoa Domingo, 27 de Setembro de 215 Preço: R$ 2, SECRETARIAS DE ESTADO Secretaria de Estado da Administração Penitenciária Portaria nº 546/GS/SEAP/15 Em

Leia mais

CÂMARA DOS DEPUTADOS Consultoria de Orçamento e Fiscalização Financeira

CÂMARA DOS DEPUTADOS Consultoria de Orçamento e Fiscalização Financeira Estudo Técnico n.º 17/2013 CÂMARA DOS DEPUTADOS OBRIGATORIEDADE DE APLICAÇÃO DO EXCESSO DE ARRECADAÇÃO DOS RECURSOS QUE COMPÕEM O FUNDEB E DAQUELES DESTINADOS À MANUTENÇÃO E DESENVOLVIMENTO DO ENSINO.

Leia mais

Prefeitura do Município de Três Pontas - MG TERRA DO PADRE VICTOR

Prefeitura do Município de Três Pontas - MG TERRA DO PADRE VICTOR Prefeitura do Município de Três Pontas - MG TERRA DO PADRE VICTOR LEI Nº 3.409, DE 19 DE JULHO DE 2013 Dispõe sobre as diretrizes para a elaboração da lei orçamentária de 2014 e dá outras providências.

Leia mais

SIOPS. Sistema de Informações sobre Orçamentos Públicos em Saúde. Orçamento e Contabilidade aplicável ao SIOPS

SIOPS. Sistema de Informações sobre Orçamentos Públicos em Saúde. Orçamento e Contabilidade aplicável ao SIOPS SIOPS Sistema de Informações sobre Orçamentos Públicos em Saúde Orçamento e Contabilidade aplicável ao SIOPS Departamento de Economia da Saúde e Desenvolvimento Secretaria Executiva / Ministério da Saúde

Leia mais

Financiamento da Saúde

Financiamento da Saúde Financiamento da Saúde Goiânia, 18 de junho de 2015. BASE LEGAL Constituição Federal Lei 8080 / 8142 Lei Complementar n. 141 (Regulamentação EC 29) EC 86 1 Linha do tempo do financiamento do SUS EC Nº

Leia mais

Atos Financeiros. PREFEITURA DE OUROLÂNDIA/BA www.sitiosoficiais.org/ba/prefeitura/ourolandia. PREFEITURA MUNICIPAL DE OUROLÂNDIA Orçamento 2013

Atos Financeiros. PREFEITURA DE OUROLÂNDIA/BA www.sitiosoficiais.org/ba/prefeitura/ourolandia. PREFEITURA MUNICIPAL DE OUROLÂNDIA Orçamento 2013 4 03 DE SETEMBRO DE 2013 Atos Financeiros Anexo III - Demonstrativo da Receita Segundo sua Natureza e Fonte de Recursos (Anexo 02, Lei Nº 4.320/64) CÓDIGO ESPECIFICAÇÃO FNT OPTATIVO SUBALÍNEA ALÍNEA RUBRICA

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE RIOLANDIA

PREFEITURA MUNICIPAL DE RIOLANDIA PREFEITURA MUNICIPAL DE RIOLANDIA Praca Antonio Levino, 470 45162864/0001-48 Montante da Receita Prevista para o Exercício Desdobrada por Classificação Econômica Orçamento Programa Anexo X - Exercício

Leia mais

Anexo 12 - Balanço Orçamentário

Anexo 12 - Balanço Orçamentário Anexo 12 - Balanço Orçamentário BALANÇO ORÇAMENTÁRIO EXERCÍCIO: PERÍODO (MÊS) : DATA DE EMISSÃO: PÁGINA: PREVISÃO PREVISÃO RECEITAS SALDO RECEITAS ORÇAMENTÁRIAS INICIAL ATUALIZADA REALIZADAS (a) (b) c

Leia mais

MUNICÍPIO DE CASTELO CONSOLIDADO ESPÍRITO SANTO 27.165

MUNICÍPIO DE CASTELO CONSOLIDADO ESPÍRITO SANTO 27.165 001 - CÂMARA MUNICIPAL DE CASTELO 001 - CÂMARA MUNICIPAL DE CASTELO 01 Legislativa 1.776.613,21 1.776.613,21 01031 Ação Legislativa 1.776.613,21 1.776.613,21 010310001 APOIO ADMINISTRATIVO DA CÂMARA MUNICIPAL

Leia mais

Agosto/2006 a Agosto/2006 ANEXO 2, DA LEI 4.320/64 RECEITA SEGUNDO AS CATEGORIAS ECONÔMICAS - EXERCÍCIO DE 2006

Agosto/2006 a Agosto/2006 ANEXO 2, DA LEI 4.320/64 RECEITA SEGUNDO AS CATEGORIAS ECONÔMICAS - EXERCÍCIO DE 2006 Página 1 de 6 RECEITA SEGUNDO AS S S - EXERCÍCIO DE 2006 1.0.0.0.00.00.00.00.00 CORRENTES 1.1.0.0.00.00.00.00.00 RECEITA TRIBUTARIA 1.1.1.0.00.00.00.00.00 IMPOSTOS 1.1.1.2.00.00.00.00.00 IMPOSTOS SOBRE

Leia mais

Prestação de Contas. Prefeitura Municipal. Monte Santo de Minas. com. Saúde Pública. Janeiro a Dezembro de 2012

Prestação de Contas. Prefeitura Municipal. Monte Santo de Minas. com. Saúde Pública. Janeiro a Dezembro de 2012 Prestação de Contas da Prefeitura Municipal de Monte Santo de Minas com Saúde Pública... Janeiro a Dezembro de 2012 1 DEMONSTRATIVO DAS RECEITAS ARRECADADAS VALORES GERAIS ACUMULADOS DEMONSTRATIVOS DAS

Leia mais

CONTROLADORIA GERAL DO ESTADO GOIÂNIA / MAIO / 2011

CONTROLADORIA GERAL DO ESTADO GOIÂNIA / MAIO / 2011 GOIÂNIA / MAIO / 2011 MARCONI FERREIRA PERILLO JÚNIOR Governador do Estado JOSÉ CARLOS SIQUEIRA Secretário de Estado-Chefe da Controladoria Geral SIMÃO CIRINEU DIAS Secretário de Estado da Fazenda ANDRÉ

Leia mais

LRF, Art.52, inciso I, alíneas "a" e "b" - Anexo I PREVISÃO P/ O EXERCÍCIO

LRF, Art.52, inciso I, alíneas a e b - Anexo I PREVISÃO P/ O EXERCÍCIO LRF, Art.52, inciso I, alíneas "a" e "b" - Anexo I RECEITAS PREVISÃO P/ O RECEITAS REALIZADAS ATÉ O MÊS SALDO R$1,00 RECEITAS CORRENTES 30,118,600 14,711,229 15,407,371 Receita Tributária 1,075,000 438,954

Leia mais

Demonstrações Contábeis Aplicadas ao Setor Público

Demonstrações Contábeis Aplicadas ao Setor Público Demonstrações Contábeis Aplicadas ao Setor Público Coordenação Geral de Normas de Contabilidade Aplicadas à Federação STN/CCONF Última Atualização: 28/02/2012 Novas Demonstrações Contábeis do Setor Público

Leia mais

Modelo de Projeto de Lei (Origem Poder Executivo) Dispõe sobre as diretrizes para a elaboração da lei orçamentária de 2011.

Modelo de Projeto de Lei (Origem Poder Executivo) Dispõe sobre as diretrizes para a elaboração da lei orçamentária de 2011. Modelo de Projeto de Lei (Origem Poder Executivo) Dispõe sobre as diretrizes para a elaboração da lei orçamentária de 2011. CAPÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES Art. 1 o São estabelecidas, em cumprimento

Leia mais

Estado do Rio de Janeiro PREFEITURA MUNICIPAL DE CANTAGALO Secretaria Municipal de Governo e Planejamento

Estado do Rio de Janeiro PREFEITURA MUNICIPAL DE CANTAGALO Secretaria Municipal de Governo e Planejamento 1 LEI DE RESPONSABILIDADE FISCAL GUIA PRÁTICO PARA O CIDADÃO O que é a LRF? A Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF), ou Lei Complementar nº 101, é o principal instrumento regulador das contas públicas no

Leia mais

CONSOLIDAÇÃO ORÇAMENTÁRIA

CONSOLIDAÇÃO ORÇAMENTÁRIA CAPITULO III CONSOLIDAÇÃO ORÇAMENTÁRIA ADMINISTRAÇÃO DIRETA 31 3 CONSOLIDAÇÃO ORÇAMENTÁRIA - ADMINISTRAÇÃO DIRETA 3.1 DOS BALANÇOS 3.1.1 - Resultado Financeiro do Exercício Considerando que a receita arrecadada

Leia mais

Pessoal Inativo e Pensionistas 159.580.361,44 - 9.915.970,42 DESPESA TOTAL COM PESSOAL (IV) = (III a + III b)

Pessoal Inativo e Pensionistas 159.580.361,44 - 9.915.970,42 DESPESA TOTAL COM PESSOAL (IV) = (III a + III b) Prefeitura de São Luís (MA) Relatório de Gestão Fiscal Demonstrativo da Despesa de Pessoal Poder Executivo Orçamentos Fiscal e da Seguridade Social Publicação: Diário Oficial do Município nº 21 Referência:

Leia mais

Prefeitura Municipal de Divinésia Balancete Financeiro (Consolidado) Página 1 Período: 01/05/2008 a 31/05/2008 16/03/2009 10:06:54

Prefeitura Municipal de Divinésia Balancete Financeiro (Consolidado) Página 1 Período: 01/05/2008 a 31/05/2008 16/03/2009 10:06:54 Prefeitura Municipal de Divinésia Balancete Financeiro (Consolidado) Página 1 ORCAMENTARIAS 1 Receitas Correntes 588.534,39 2.898.882,62 11 Receita Tributária 7.837,79 33.154,82 111 Impostos 7.837,79 30.983,62

Leia mais

ANEXO DE RISCOS FISCAIS TABELA 1 - DEMONSTRATIVO DE RISCOS FISCAIS E PROVIDÊNCIAS 2013 ARF (LRF, art. 4º, 3º) PASSIVOS CONTINGENTES PROVIDÊNCIAS Descrição Valor Descrição Valor Abertura de créditos adicionais

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE SANTANA

PREFEITURA MUNICIPAL DE SANTANA RREO - ANEXO 1 (LRF, Art 52, inciso I, alíneas "a" e "b" do inciso II e 1º) RECEITAS RELATÓRIO RESUMIDO DA EXECUÇÃO ORÇAMENTÁRIA BALANÇO ORÇAMENTÁRIO JANEIRO A DEZEMBRO 2016 / BIMESTRE NOVEMBRO - DEZEMBRO

Leia mais

Desafios dos Novos Gestores Eleitos 2013/2016

Desafios dos Novos Gestores Eleitos 2013/2016 Desafios dos Novos Gestores Eleitos 2013/2016 Orçamento e Lei de Responsabilidade Fiscal Patrícia Sibely D Avelar Secretária Municipal de Fazenda de Lagoa Santa FORMAÇÃO Graduada em Ciência Contábeis.

Leia mais

LEI Nº 1047/2012. O Prefeito do Município de Pinhalão, Estado do Paraná. Faço saber que a Câmara Municipal decreta, e eu, sanciono a seguinte Lei:

LEI Nº 1047/2012. O Prefeito do Município de Pinhalão, Estado do Paraná. Faço saber que a Câmara Municipal decreta, e eu, sanciono a seguinte Lei: LEI Nº 1047/2012 O Prefeito do Município de Pinhalão,. SÚMULA: Dispõe sobre as Diretrizes Orçamentárias para o exercício de 2013 e dá outras providências. Faço saber que a Câmara Municipal decreta, e eu,

Leia mais

Módulo: Orçamento Público Elaboração, Controle e Monitoramento

Módulo: Orçamento Público Elaboração, Controle e Monitoramento Módulo: Orçamento Público Elaboração, Controle e Monitoramento Agosto de 2007 1. O que é orçamento? O orçamento é uma forma de planejar e executar despesas que tanto os indivíduos quanto as instituições

Leia mais

As mensagens de erro são representadas por um código seguido da descrição do erro encontrado. Abaixo segue a estrutura do código de erro:

As mensagens de erro são representadas por um código seguido da descrição do erro encontrado. Abaixo segue a estrutura do código de erro: Anexo I - Regras de Validação DCA 2014 O presente anexo possui o objetivo de apresentar a estrutura das mensagens de erros emitidas quando o sistema encontra alguma inconsistência na validação das fórmulas

Leia mais

Prefeitura Municipal de Rio Preto Balancete Financeiro (Consolidado) Página 2 Contabilidade Publica - Planejar Periodo: 01/09/2005 a 30/09/2005

Prefeitura Municipal de Rio Preto Balancete Financeiro (Consolidado) Página 2 Contabilidade Publica - Planejar Periodo: 01/09/2005 a 30/09/2005 Prefeitura Municipal de Rio Preto Balancete Financeiro (Consolidado) Página 1 Contabilidade Publica - Planejar Periodo: 01/09/2005 a 30/09/2005 31/12/2005 16:45:38 ORCAMENTARIAS 1 Receitas Correntes 384.742,29

Leia mais

Total... 10.413.694,13

Total... 10.413.694,13 Orcamentos Anuais (Art. 2o, Inciso X) - Despesa Fixada por Unidade Orcamentaria 01.01 CAMARA MUNICIPAL 370.336,14 02.01 GABINETE DO PREFEITO 308.200,00 03.01 SECRETARIA MUNICIPAL DE ADMINISTRACAO 608.400,00

Leia mais

PARECER DA UNIDADE DE CONTROLE INTERNO SOBRE AS CONTAS ANUAIS DE GOVERNO DO EXERCICIO 2012

PARECER DA UNIDADE DE CONTROLE INTERNO SOBRE AS CONTAS ANUAIS DE GOVERNO DO EXERCICIO 2012 PARECER DA UNIDADE DE CONTROLE INTERNO SOBRE AS CONTAS ANUAIS DE GOVERNO DO EXERCICIO 2012 ÓRGÃO : PREFEITURA MUNICIPAL PORTO ALEGRE DO NORTE/ MT CNPJ : 03.238.672/0001-28 ASSUNTO : CONTAS ANUAIS DE GESTÃO

Leia mais

ESTADO DE SANTA CATARINA

ESTADO DE SANTA CATARINA PROJETO DE LEI Nº 261/2014 Estima a receita e fixa a despesa do Estado para o exercício financeiro de 2015. O PRESIDENTE DO TRIBUNAL DE JUSTIÇA, NO EXERCÍCIO DO CARGO DE GOVERNADOR DO ESTADO DE SANTA CATARINA,

Leia mais