QGIS 2.2 Modo de Edição: Edição de Feições de Polígono

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "QGIS 2.2 Modo de Edição: Edição de Feições de Polígono"

Transcrição

1 QGIS 2.2 Modo de Edição: Edição de Feições de Polígono Jorge Santos 2014

2 Conteúdo Sumário Capítulo Material de Apoio Cartografia de Referência Base Cartográfica Vetorial de Referência Base Cartográfica Vetorial do Brasil (SIRGAS 2000 ) Download da Base Cartográfica SIRGAS Base Cartográfica Vetorial do Mundo (WGS 1984) Download da Base do Mundo em WGS Localização do Projeto Navegação e Zoom Dados complementares... 4 Capítulo QGIS 2.2: Modo de Edição de Feições Dados Vetoriais Geometrias Derivadas QGIS 2.2: Modo de Edição de Feições Adicionar uma Nova Camada Vetorial de Polígono A Barra de ferramentas Digitalizar Modo de Edição: Opções de Ajuste (Snapping) Modo de Edição: Desenhando o Polígono [VIDEO] Modo de Edição: Edição de Feições...14 Capítulo Contatos Autoria deste artigo Processamento Digital Geotecnologias e Software Livre...15 Competências

3 Capítulo 1 Material de Apoio 1.1 Cartografia de Referência Toda produção cartográfica presente nos acervos digitais foi produzida por instituições formais que lidam com dados cartográficos no Brasil e no exterior. Em projetos de SIG, para trabalhar corretamente com mapas, habitue-se a utilizar bases cartográficas de referência e utilize dados geridos por organizações que produzem mapeamento cartográfico em escala nacional ou local. 1.2 Base Cartográfica Vetorial de Referência Base Cartográfica Vetorial do Brasil (SIRGAS 2000 ) Esta é uma base cartográfica do Brasil. Ela contém camadas vetoriais de Estados e Municípios na Escala 1: , além de uma Folha Articulada na Escala do Milionésimo (1: ) que fornece a indicação de todos os Fusos do Brasil útil para trabalhos no Sistema de Coordenadas Planas UTM. Procure armazenar numa pasta todos os arquivos shapefile de Estados, bairros ou distritos, municípios e folhas articuladas. Este é um passo importante para qualquer projeto Download da Base Cartográfica SIRGAS Figura 01. Sistema de Informação Geográfica QGIS 2.2 com a Base Cartográfica de Referência. 3

4 1.2.3 Base Cartográfica Vetorial do Mundo (WGS 1984) Faça o download do shapefile dos continentes, linhas internacionais, paralelos, meridianos e da articulação vetorial UTM Zone que contém a numeração de todos os fusos ou zonas do planeta Download da Base do Mundo em WGS Figura 2. Sistema de Informação Geográfica QGIS 2.2 com a Base Cartográfica do Mundo. 1.3 Localização do Projeto Abra o aplicativo SIG e carregue sua Base Cartográfica de Referência. Localize o estado ou província do seu interesse. Aqui, vamos trabalhar sobre o município de Serra dos Navios, situado no Amapá (AP). Com a base cartográfica no aplicativo SIG, identificar e localizar qualquer região da superfície terrestre é uma tarefa fácil e eficiente Navegação e Zoom Com o projeto aberto, aproxime-se da sua região de interesse através das ferramentas para movimentação e zoom que, por sua natureza, são autoexplicativas. Figura 3. Sistema de Informação Geográfica QGIS 2.2. Ferramentas para Movimentação e Zoom Dados complementares Temos uma planilha do Excel transformada em planilha espacial onde cada registro ou linha da planilha foi associado a um par de coordenadas XY. Após a formatação, essa planilha foi transformada em shapefile de pontos. Para conhecer os procedimentos para criação de um arquivo shapefile de pontos a partir de uma localização XY, recomendo assistir este videotutorial: QGIS 2.2: Criação de Shapefile de Pontos a partir de uma Localização XY 4

5 Figura 4. Estado do Amapá. Localização da Área de Interesse. Com os dados adicionados no mapa, podemos prosseguir para a etapa de edição de feições. 5

6 Capítulo 2 QGIS 2.2: Modo de Edição de Feições 2.1 Dados Vetoriais São estruturas para representação discreta de feições do espaço geográfico. Os desenhos vetoriais são utilizados na correlação entre os objetos do mapa e seus correspondentes na natureza, levando em consideração a forma geométrica desses objetos. Neste tipo de representação, as fronteiras ou limites dos objetos podem ser conhecidas ou não. No SIG, uma geometria de ponto é um objeto vetorial que pode ser utilizado para definir uma localização única, como por exemplo, uma marcação no mapa de um ponto de ônibus. Se o desenho retrata um rio simples, o técnico ou analista deve utilizar uma geometria de linha para representar esse córrego. Logo, a escolha do tipo de geometria tem relação direta com o elemento observado em campo. Um analista pode utilizar uma geometria de área para representar um lago, pois esta é uma feição natural de água cercada por terra (cabe aqui conceito de fronteiras). Para representar feições, podemos utilizar três tipos de geometrias distintas: Geometria do Tipo Ponto ; Geometria do Tipo Linha; Geometria do Tipo Área (ou Polígono). No presente tutorial, vamos iniciar o exercício de edição de feições no QGIS tendo como referência as geometrias de ponto e polígono. Os polígonos serão os objetos dessa edição. Figura 5. Pontos sobre o mapa: referências para a criação de linhas ou polígonos. 6

7 2.2 Geometrias Derivadas O ponto é o tipo de geometria inicial. Linhas e polígonos são geometrias derivadas de pontos. O vértice é a estrutura pontual presente nas geometrias de linhas/polígonos. Figura 6. Geometrias derivadas. A tarefa de edição deve respeitar as características de cada geometria. Não custa lembrar que linhas podem ser fechadas ou abertas e polígonos são sempre geometrias fechadas. Por isso, não podemos determinar o cálculo de uma área geográfica sobre feições de linhas, somente sobre polígonos. Para linhas, calcula-se o comprimento (length) do traçado. 2.3 QGIS 2.2: Modo de Edição de Feições Adicionar uma Nova Camada Vetorial de Polígono Para criar um novo arquivo shapefile vazio (sem geometrias e atributos), clique no menu Camada Nova Camada do Tipo Shape : Figura 7. QGIS 2.2 Valmiera: Adicionar uma Nova Camada Vetorial do Tipo Shapefile. O recurso para adicionar um novo arquivo shapefile também está presente principal. Ele está posicionado nos últimos ícones da barra lateral. no painel Figura 8. Atalho para o recurso Adicionar uma Nova Camada Vetorial do Tipo Shapefile. 7

8 No campo Tipo de Geometria, selecione Polígono e clique no botão OK (não é necessário alterar o Sistema de Coordenadas, pois faremos isso em outro exercício). Na tela seguinte, selecione um local do computador para salvar o novo arquivo shapefile e clique na opção Gravar. Figuras 9 e 10. Criação de uma nova camada vetorial do tipo polígono e armazenamento do arquivo no computador. Após a criação, o novo arquivo shapefile de polígono será adicionado no projeto do QGIS. Agora temos dois tipos de geometria no mesmo projeto: uma geometria de ponto e quatro geometrias do tipo polígono: Figura 11. Camadas Vetoriais no projeto. Geometrias do tipo ponto e polígono. 8

9 2.3.2 A Barra de ferramentas Digitalizar Figura 12. Modo de Edição de Feições: Barra de Ferramentas Digitalizar. 1 Ferramenta Edições Atuais 6 Ferramenta de Nós 2 Ferramenta Alternar Edição 7 Ferramenta Excluir Selecionados 3 Ferramenta Salvar Edições da Camada 8 Ferramenta Recortar Feições 4 Ferramenta Adicionar Feição 9 Ferramenta Copiar Feições 5 Ferramenta Mover Feição 10 Ferramenta Colar Feições Tabela 1. Modo de Edição de Feições: Descrição das Ferramentas da barra Digitalizar Modo de Edição: Opções de Ajuste (Snapping) A edição que vamos fazer é um tipo de edição com alta precisão, orientada por pontos espacializados. Em outras palavras: temos uma posição espacial confirmada pelos pontos e vamos efetuar a digitalização do desenho com base nesses objetos. Para executar esse processo com êxito, precisamos configurar o ajuste, um recurso conhecido no AutoCAD como Snapping. Primeiro, vamos iniciar a tarefa de edição. Certifique-se que a camada alvo está marcada pela seleção no painel Camadas (o novo polígono). Depois, clique na ferramenta Alternar Edição para acionar as ferramentas para edição da camada de interesse: Figura 13. Modo de Edição de Feições: Ferramenta Alternar Edição. Para ajustar o Snapping, clique no menu Configurações Opções de Ajuste. Figura 14. Modo de Edição de Feições: Opções de Ajuste. 9

10 No campo Camada, marque a caixa que representa o dado de referência. Em nosso caso, vamos marcar o objeto que representa os pontos (SerraDoNavio_BBox_pts). No campo Modo, troque o ajuste para ao Vértice. Em Tolerância, insira o valor 15 troque as Unidades para Pixels. Clique no botão OK: Figura 15. Modo de Edição de Feições: Opções de Ajuste. Após ajustar essas opções, dependendo da proximidade, o desenho do traço no mapa será automaticamente agarrado pelos pontos. Com isso, podemos dar prosseguimento à tarefa de edição e iniciar o desenho da polígono fechado Modo de Edição: Desenhando o Polígono Clique na ferramenta Adicionar Feição: Figura 16. Modo de Edição de Feições: Ferramenta Adicionar Feição. Após pressionar a ferramenta Adicionar Feição, aponte para o primeiro ponto. Ao passar o mouse sobre ele, repara que o cursor será atraído para o ponto. Este é o efeito da função Ajuste ou Snapping: Clique sobre o primeiro ponto para marcá-lo. Figura 17. Modo de Edição de Feições: Marcação do primeiro ponto. 10

11 Em seguida, estique o traçado para o próximo ponto e faça a segunda marcação: Figura 18. Modo de Edição de Feições: Marcação do segundo ponto. Partindo do segundo ponto, estique o traçado em direção Sul e faça a terceira marcação: Figura 19. Modo de Edição de Feições: Marcação do terceiro ponto. O polígono começa a tomar forma. Estique o traço em direção Oeste e faça a marcação no quarto ponto. Em seguida, clique com o botão direito do mouse para finalizar a etapa de desenho (para polígonos regulares, clicar em quatro pontos é suficiente para determinar o desenho). 11

12 Figura 20. Modo de Edição de Feições: completando o polígono. Todos tarefas de edição foram concluídas e você deve ter acesso a uma janela. Essa janela indica a entrada de atributos cadastrais para desenho criado. Digite um valor numérico para o campo ID e clique no botão OK para confirmar: Figura 21. Modo de Edição de Feições: Final da Edição: inserindo atributos. 12

13 Figura 22. Modo de Edição de Feições: Desenho de uma poligonal baseada em pontos (alta precisão). Este foi um exemplo de edição de feições do tipo polígono através da aproximação automática da ferramenta de desenho com os pontos através da ferramenta Ajuste. Use a ferramenta Salvar Edições da Camada para gravar as mudanças e encerre a tarefa de Edição pressionando o ícone Alternar Edição: Figura 23 e 24. Modo de Edição de Feições: Opções Salvar Edições e Alternar Edição. Durante a edição, se o desenho da poligonal não foi realizado de forma precisa, você pode utilizar a Ferramenta de Nós para selecionar cada um dos vértices e ajustá-los para a posição correta. Pressione uma vez com o botão esquerdo do mouse para que o vértice possa ficar vermelho. Então, pressione novamente para que o vértice fique azul e você possa movê-lo. Figura 25. A Ferramenta de Nós. 13

14 As ferramentas para desenho vetorial no QGIS são precisas e cumprem o serviço. Abaixo temos o Retângulo Envolvente desenhado sobre o município de Serra dos Navios-AP: Figura 26. Feição de Polígono desenhada sobre o município de Serra dos Navios-AP. 2.4 [VIDEO] Modo de Edição: Edição de Feições Acompanhe todo o procedimento através dos vídeos que demonstram as técnicas acima. QGIS 2.2: Modo de Edição Edição de Feições de Linha QGIS 2.2: Modo de Edição Edição de Feições de Polígono 14

15 Capítulo 3 Contatos Autoria deste artigo Jorge Santos Lattes: Skype: jorgepsantos2002 Processamento Digital Geotecnologias e Software Livre Endereço: Twitter: Facebook: LinkedIn: Competências Consultoria em SIG/PDI; Treinamento em Geotecnologias / Processamento Digital de Imagens; Gerência de Projetos. 15

QGIS 2.4 Recorte de Raster em Lote (Clip Raster in Batch Mode)

QGIS 2.4 Recorte de Raster em Lote (Clip Raster in Batch Mode) QGIS 2.4 Recorte de Raster em Lote (Clip Raster in Batch Mode) Jorge Santos 2014 Conteúdo Sumário Capítulo 1... 3 Informações Complementares... 3 1.1 Camada Máscara (Vetor)... 3 1.2 Referência Espacial...

Leia mais

QGIS 2.2 Modo de Edição: Edição de Feições de Linha

QGIS 2.2 Modo de Edição: Edição de Feições de Linha QGIS 2.2 Modo de Edição: Edição de Feições de Linha Jorge Santos 2014 Conteúdo Sumário Capítulo 1... 3 Material de Apoio... 3 1.1 Cartografia de Referência... 3 1.2 Base Cartográfica Vetorial de Referência...

Leia mais

QGIS 2.4 Estatísticas de Grupo Somatório de Áreas

QGIS 2.4 Estatísticas de Grupo Somatório de Áreas QGIS 2.4 Estatísticas de Grupo Somatório de Áreas Jorge Santos 2014 Conteúdo Sumário Capítulo 1... 3 Introdução... 3 1.1 Demanda... 3 1.2 O Complemento Group Stats...3 1.3 Instalação do Complemento Group

Leia mais

LibreOffice Calc Conversão de Coordenadas em Graus, Minutos e Segundos para Graus Decimais em Lote

LibreOffice Calc Conversão de Coordenadas em Graus, Minutos e Segundos para Graus Decimais em Lote LibreOffice Calc Conversão de Coordenadas em Graus, Minutos e Segundos para Graus Decimais em Lote Jorge Santos 2014 Conteúdo Sumário Capítulo 1... 3 Introdução... 3 1.1 Demanda... 3 1.2 Formatos das Coordenadas

Leia mais

Por que Geoprocessamento?

Por que Geoprocessamento? Um pouco sobre a NOSSA VISÃO Processamento Digital é um endereço da Web criado pelo geógrafo Jorge Santos com objetivo de compartilhar dicas sobre Geoprocessamento e Software Livre. A idéia surgiu no ano

Leia mais

QGIS 2.8 Rampa de Cores para Representação Topográfica do Modelo Digital de Elevação (MDE)

QGIS 2.8 Rampa de Cores para Representação Topográfica do Modelo Digital de Elevação (MDE) QGIS 2.8 Rampa de Cores para Representação Topográfica do Modelo Digital de Elevação (MDE) Jorge Santos 2015 QGIS 2.8: Novas Rampas de Cores Conteúdo Sumário Capítulo 1... 3 Download e Processos no MDE...

Leia mais

TUTORIAL PARA MÓDULO CAR SISTEMA POSIÇÃO

TUTORIAL PARA MÓDULO CAR SISTEMA POSIÇÃO TUTORIAL PARA MÓDULO CAR SISTEMA POSIÇÃO Página 1/20 1. Visão Geral do Módulo CAR O módulo CAR foi desenvolvido para auxiliar o usuário na criação das geometrias (áreas, linhas e pontos) que serão utilizadas

Leia mais

AULA 2 Planos, Vistas e Temas

AULA 2 Planos, Vistas e Temas 2.1 AULA 2 Planos, Vistas e Temas Essa aula apresenta os conceitos de Plano de Informação, Vista e Tema e suas manipulações no TerraView. Para isso será usado o banco de dados criado na AULA 1. Abra o

Leia mais

QGIS 2.4 Sistemas de Referência de Coordenadas (SRC)

QGIS 2.4 Sistemas de Referência de Coordenadas (SRC) QGIS 2.4 Sistemas de Referência de Coordenadas (SRC) Jorge Santos 2014 Conteúdo Sumário Capítulo 1... 3 Introdução... 3 1.1 Referência Espacial... 3 1.2 Sistema de Referência de Coordenadas (SRC)...3 1.3

Leia mais

AULA 14 Plugin TerraEdit

AULA 14 Plugin TerraEdit 14.1 AULA 14 Plugin TerraEdit Nessa aula são apresentadas as funcionalidades do plugin de edição de dados vetoriais denominado TerraEdit. Juntamente com a edição vetorial, ele permite a edição dos atributos

Leia mais

Conectar diferentes pesquisas na internet por um menu

Conectar diferentes pesquisas na internet por um menu Conectar diferentes pesquisas na internet por um menu Pré requisitos: Elaboração de questionário Formulário multimídia Publicação na internet Uso de senhas na Web Visualização condicionada ao perfil A

Leia mais

Manual de operação do sistema Desenhador Geográfico. 05/2012 Versão 2.2.14.1

Manual de operação do sistema Desenhador Geográfico. 05/2012 Versão 2.2.14.1 Manual de operação do sistema Desenhador Geográfico 05/2012 Versão 2.2.14.1 Conteúdo Ferramentas de Edição... 3 1) Barra de ferramentas de edição... 3 2) Inserir uma geometria... 4 2) Ferramenta Snap...

Leia mais

Sistema topograph 98. Tutorial Módulo Fundiário

Sistema topograph 98. Tutorial Módulo Fundiário Sistema topograph 98 Tutorial Módulo Fundiário Preparando o desenho para o Módulo Fundiário _ 1. Na área de trabalho do Windows, procure o ícone do topograph e dê um duplo clique sobre ele para carregar

Leia mais

Por que Geoprocessamento?

Por que Geoprocessamento? Um pouco sobre a NOSSA VISÃO Processamento Digital é um endereço da Web criado pelo geógrafo Jorge Santos com objetivo de compartilhar dicas sobre Geoprocessamento e Software Livre. A idéia surgiu no ano

Leia mais

SOLID EDGE ST3 TUTORIAL 2 CRIANDO UM DESENHO NO AMBIENTE DRAFT

SOLID EDGE ST3 TUTORIAL 2 CRIANDO UM DESENHO NO AMBIENTE DRAFT SOLID EDGE ST3 TUTORIAL 2 CRIANDO UM DESENHO NO AMBIENTE DRAFT Esse tutorial traz passo a passo instruções para criação de um desenho no ambiente Draft. Na criação dos desenhos você aprenderá as técnicas

Leia mais

AULA 2 Planos, Vistas e Temas

AULA 2 Planos, Vistas e Temas 2.1 AULA 2 Planos, Vistas e Temas Essa aula apresenta os conceitos de Plano de Informação, Vista e Tema e suas manipulações no TerraView. Para isso será usado o banco de dados criado na AULA 1. Abra o

Leia mais

WEBGIS Sistema Informativo Territorial

WEBGIS Sistema Informativo Territorial PREFEITURA MUNICIPAL DE PONTA GROSSA WEBGIS Sistema Informativo Territorial MANUAL DE UTILIZAÇÃO Autor: Rony Camargo de Brito Primeira edição: 20-06-2008 Atualizado: 08-10-2008 Todos os Direitos Reservados

Leia mais

Av. Paulo VI, 1952- Sumaré. 01262-010 São Paulo S.P.- Brasil Fone: (11) 3868-0822 Fax: (11)3673-0702 http://www.hezolinem.

Av. Paulo VI, 1952- Sumaré. 01262-010 São Paulo S.P.- Brasil Fone: (11) 3868-0822 Fax: (11)3673-0702 http://www.hezolinem. ÍNDICE 1 - INTERFACE/TECLAS... 3 2 - LIGANDO O EQUIPAMENTO... 4 3 - CRIANDO UM WAYPOINT... 4 4 - CRIANDO UMA TRILHA... 7 4.1 Apagando traçados... 7 4.2 Criando Trilhas... 8 - Posicione-se no ponto de partida

Leia mais

TRANSFORMAÇÃO ENTRE SISTEMAS (ROTAÇÃO E TRANSLAÇÃO)

TRANSFORMAÇÃO ENTRE SISTEMAS (ROTAÇÃO E TRANSLAÇÃO) GUIA PRÁTICO DataGeosis Versão 2.3 TRANSFORMAÇÃO ENTRE SISTEMAS (ROTAÇÃO E TRANSLAÇÃO) Paulo Augusto Ferreira Borges Engenheiro Agrimensor Treinamento e Suporte Técnico 1. INTRODUÇÃO Transformação entre

Leia mais

O EDITOR DE APRESENTAÇÕES POWER POINT

O EDITOR DE APRESENTAÇÕES POWER POINT O EDITOR DE APRESENTAÇÕES POWER POINT O Power Point é um poderoso editor de apresentações muito utilizado quando for preciso fazer a exibição de trabalhos, projetos, aulas e afins em slides coloridos e

Leia mais

Sumário. 1. Instalando a Chave de Proteção 3. 2. Novas características da versão 1.3.8 3. 3. Instalando o PhotoFacil Álbum 4

Sumário. 1. Instalando a Chave de Proteção 3. 2. Novas características da versão 1.3.8 3. 3. Instalando o PhotoFacil Álbum 4 1 Sumário 1. Instalando a Chave de Proteção 3 2. Novas características da versão 1.3.8 3 3. Instalando o PhotoFacil Álbum 4 4. Executando o PhotoFacil Álbum 9 3.1. Verificação da Chave 9 3.1.1. Erro 0001-7

Leia mais

16 - SCARTA. 1. Abrir o SCARTA clicando no ícone que se encontra na área de trabalho (Fig.1). Fig.1- Ícone do SCARTA

16 - SCARTA. 1. Abrir o SCARTA clicando no ícone que se encontra na área de trabalho (Fig.1). Fig.1- Ícone do SCARTA 16 - SCARTA Módulo do SPRING que permite editar uma carta e gerar arquivo para impressão, permitindo a apresentação na forma de um documento cartográfico. 1. Abrir o SCARTA clicando no ícone que se encontra

Leia mais

DATAGEOSIS EDUCACIONAL 2005

DATAGEOSIS EDUCACIONAL 2005 DATAGEOSIS EDUCACIONAL 2005 GUIA DE USO Aula 2 1. Abra o aplicativo clicando no atalho na área de trabalho. 2. Clique no botão Novo projeto ou clique o comando - (ctrl + N). 3. NA janela DADOS DO PROJETO,

Leia mais

ArcGIS 10: Parcel Editor: Divisão de Shapefile em Partes Iguais

ArcGIS 10: Parcel Editor: Divisão de Shapefile em Partes Iguais ArcGIS 10: Parcel Editor: Divisão de Shapefile em Partes Iguais A Edição de Parcelas de Fábrica é um poderoso recurso de edição do ArcGIS 10. Essa ferramenta é fundamental para divisão de arquivos shapefile

Leia mais

Compositor de Impressão do QGIS

Compositor de Impressão do QGIS Compositor de Impressão do QGIS 1. Introdução O Compositor de Impressão é uma ferramenta oferecida pelo QGIS para elaborar a versão final dos mapas que serão impressos. Permite a definição de escala e

Leia mais

Projeto Agenda Cidadã Exercício Prático - Criação e Consulta de Registros Vicon SAGA

Projeto Agenda Cidadã Exercício Prático - Criação e Consulta de Registros Vicon SAGA Exercício Objetivo Aplicativo Criação e consulta de registros - Vicon SAGA Exercício para ambientação com Sistemas de Informação e Bancos de Dados. O usuário criará formulários, realizará cadastros de

Leia mais

Por que Geoprocessamento?

Por que Geoprocessamento? Um pouco sobre a NOSSA VISÃO Processamento Digital é um endereço da Web criado pelo geógrafo Jorge Santos com objetivo de compartilhar dicas sobre Geoprocessamento e Software Livre. A idéia surgiu no ano

Leia mais

Cobrança Bancária. Contas / Manutenção.

Cobrança Bancária. Contas / Manutenção. Cobrança Bancária Este tutorial objetiva auxiliar os usuários na configuração do sistema para que a emissão de cobrança bancária dos títulos a receber seja feita. Os processos a seguir consistem na geração

Leia mais

Para criar uma nova apresentação: 1.Escolha a opção Apresentação em Branco Clique no botão Ok

Para criar uma nova apresentação: 1.Escolha a opção Apresentação em Branco Clique no botão Ok Microsoft P ow erp oint Apresentação Microsoft PowerPoint é utilizado para desenvolver apresentações. Os trabalhos desenvolvidos com este aplicativo normalmente são apresentados com o auxílio de um data

Leia mais

Sistemas Operacionais. Curso Técnico Integrado Profa: Michelle Nery

Sistemas Operacionais. Curso Técnico Integrado Profa: Michelle Nery Sistemas Operacionais Curso Técnico Integrado Profa: Michelle Nery Conteúdo Programático CONTAS DE E GRUPOS DE O Microsoft Management Console - MMC Permissões de Segurança de um Console Contas de Usuários

Leia mais

MANUAL DO PROFESSOR. Suporte: SISTEMA DE GESTÃO EDUCACIONAL VIRTUALCLASS. EMAIL: suporte@virtualclass.com.br Skype: suportetisoebras

MANUAL DO PROFESSOR. Suporte: SISTEMA DE GESTÃO EDUCACIONAL VIRTUALCLASS. EMAIL: suporte@virtualclass.com.br Skype: suportetisoebras SISTEMA DE GESTÃO EDUCACIONAL VIRTUALCLASS MANUAL DO PROFESSOR Suporte: EMAIL: suporte@virtualclass.com.br Skype: suportetisoebras Nas unidades: Departamento de Tecnologia e Informação DTI Responsáveis

Leia mais

Curso destinado à preparação para Concursos Públicos e Aprimoramento Profissional via INTERNET www.concursosecursos.com.br INFORMÁTICA AULA 11

Curso destinado à preparação para Concursos Públicos e Aprimoramento Profissional via INTERNET www.concursosecursos.com.br INFORMÁTICA AULA 11 INFORMÁTICA AULA 11 INTERNET (CONTINUAÇÃO) Outlook EXPRESS A janela principal do Outlook Express pode ser divida basicamente em: Área de Comando (superior) - Contém a barra de botões e a barra de menus.

Leia mais

Fluxo de trabalho do Capture Pro Software: Indexação de código de barras e separação de documentos

Fluxo de trabalho do Capture Pro Software: Indexação de código de barras e separação de documentos Este procedimento corresponde ao fluxo de trabalho de Indexação de código de barras e de separação de documentos no programa de treinamento do Capture Pro Software. As etapas do procedimento encontram-se

Leia mais

Figura 1: tela inicial do BlueControl COMO COLOCAR A SALA DE INFORMÁTICA EM FUNCIONAMENTO?

Figura 1: tela inicial do BlueControl COMO COLOCAR A SALA DE INFORMÁTICA EM FUNCIONAMENTO? Índice BlueControl... 3 1 - Efetuando o logon no Windows... 4 2 - Efetuando o login no BlueControl... 5 3 - A grade de horários... 9 3.1 - Trabalhando com o calendário... 9 3.2 - Cancelando uma atividade

Leia mais

MANUAL DO PEP ATUALIZADO EM 13-08-2014 PROPOSTA ELETRÔNICA DE PREÇOS REFERENTE A VERSÃO DO PEP: 2.0.0.25

MANUAL DO PEP ATUALIZADO EM 13-08-2014 PROPOSTA ELETRÔNICA DE PREÇOS REFERENTE A VERSÃO DO PEP: 2.0.0.25 MANUAL DO PEP ATUALIZADO EM 13-08-2014 PROPOSTA ELETRÔNICA DE PREÇOS REFERENTE A VERSÃO DO PEP: 2.0.0.25 1 Sumário 1.Objetivo...03 2.Suporte...03 3.Como instalar...03 4.Usando o PEP...09 2 1. Objetivo:

Leia mais

LASERTECK SOFTECK FC MANUAL DO USUÁRIO

LASERTECK SOFTECK FC MANUAL DO USUÁRIO LASERTECK SOFTECK FC MANUAL DO USUÁRIO 2015 SUMÁRIO 1 INTRODUÇÃO... 3 2 REQUISITOS DO SISTEMA... 3 3 INSTALAÇÃO... 3 4 O QUE MUDOU... 3 5 COMO COMEÇAR... 4 6 FORMULÁRIOS DE CADASTRO... 5 7 CADASTRO DE

Leia mais

O Windows também é um programa de computador, mas ele faz parte de um grupo de programas especiais: os Sistemas Operacionais.

O Windows também é um programa de computador, mas ele faz parte de um grupo de programas especiais: os Sistemas Operacionais. MICROSOFT WINDOWS O Windows também é um programa de computador, mas ele faz parte de um grupo de programas especiais: os Sistemas Operacionais. Apresentaremos a seguir o Windows 7 (uma das versões do Windows)

Leia mais

Treinamento - Union Web

Treinamento - Union Web Inserindo formulário de acesso ao sistema no seu site: Para que seus condôminos tenham acesso ao sistema será necessária a inserção do formulário de entrada no seu site, veja com o programador do seu site

Leia mais

12 - MAPA DE DISTÂNCIA

12 - MAPA DE DISTÂNCIA 12 - MAPA DE DISTÂNCIA Para fazer uso da ferramenta Mapa de Distancia do SPRING, a titulo de exemplo, vamos considerar a Área de Preservação Permanente APP de um rio. Desta forma, é importante conhecer

Leia mais

MAPA GEOIDAL DE CAMPINAS

MAPA GEOIDAL DE CAMPINAS MAPA GEOIDAL DE CAMPINAS MANUAL DE UTILIZAÇÃO TERMO DE USO E COMPROMISSO As informações contidas neste aplicativo Mapa Geoidal, são fornecidas com o entendimento de que não há garantia de serem exatas,

Leia mais

AULA 1 Iniciando o uso do TerraView

AULA 1 Iniciando o uso do TerraView 1.1 AULA 1 Iniciando o uso do TerraView Essa aula apresenta a interface principal do TerraView e sua utilização básica. Todos os arquivos de dados mencionados nesse documento são disponibilizados junto

Leia mais

1 ACESSO PARA SECRETÁRIA... 4 2 - CONFIGURAR HORÁRIOS DE ATENDIMENTO... 4 2.1 BLOQUEANDO E HABILITANDO HORÁRIOS... 5 3 PRÉ-DEFININDO PARÂMETROS DE

1 ACESSO PARA SECRETÁRIA... 4 2 - CONFIGURAR HORÁRIOS DE ATENDIMENTO... 4 2.1 BLOQUEANDO E HABILITANDO HORÁRIOS... 5 3 PRÉ-DEFININDO PARÂMETROS DE 2 1 ACESSO PARA SECRETÁRIA... 4 2 - CONFIGURAR HORÁRIOS DE ATENDIMENTO... 4 2.1 BLOQUEANDO E HABILITANDO HORÁRIOS... 5 3 PRÉ-DEFININDO PARÂMETROS DE ATENDIMENTO... 6 4 - A TELA AGENDA... 7 4.1 - TIPOS

Leia mais

O QUE É A CENTRAL DE JOGOS?

O QUE É A CENTRAL DE JOGOS? O QUE É A CENTRAL? A Central de Jogos consiste de duas partes: Um site na Internet e um programa de computador (Central) que deve ser instalado em sua máquina. No site www.centraldejogos.com.br, você pode

Leia mais

G-Bar. Módulo Básico Versão 4.0

G-Bar. Módulo Básico Versão 4.0 G-Bar Software para Gerenciamento de Centrais de Corte e Dobra de Aço Módulo Básico Versão 4.0 Relatórios Manual do Usuário 1 As informações contidas neste documento, incluindo links, telas e funcionamento

Leia mais

Superintendência Regional de Ensino de Ubá - MG Núcleo de Tecnologia Educacional NTE/Ubá. LibreOffice Impress Editor de Apresentação

Superintendência Regional de Ensino de Ubá - MG Núcleo de Tecnologia Educacional NTE/Ubá. LibreOffice Impress Editor de Apresentação Superintendência Regional de Ensino de Ubá - MG Núcleo de Tecnologia Educacional NTE/Ubá LibreOffice Impress Editor de Apresentação Iniciando o Impress no Linux Educacional 4 1. Clique no botão 'LE' no

Leia mais

Sumário. 1. Propósito 1 2. Tabela de Ferragem 1 3. Criar Tabela de Ferragem 1 4. Conector de Ferragens 7

Sumário. 1. Propósito 1 2. Tabela de Ferragem 1 3. Criar Tabela de Ferragem 1 4. Conector de Ferragens 7 Ferragens Sumário 1. Propósito 1 2. Tabela de Ferragem 1 3. Criar Tabela de Ferragem 1 4. Conector de Ferragens 7 1. Propósito Para definirmos todos os materiais que devem compor uma estrutura de ferragem,

Leia mais

TUTORIAL: DESCARREGAR DADOS GPS DE NAVEGAÇÃO

TUTORIAL: DESCARREGAR DADOS GPS DE NAVEGAÇÃO TUTORIAL: DESCARREGAR DADOS GPS DE NAVEGAÇÃO Desenvolvido por: Eng a Giana Grupioni Rezende Av. Paulo VI, n 184 / Bairro Sumaré / CEP 01262-010 / São Paulo SP / Fone: (11) 3868-0822 / Fax: (11) 3673-0702

Leia mais

TUTORIAL PARA PREPARAÇÃO E IMPORTAÇÃO DE DADOS PARA. Os dados de suas coletas devem ser organizados em uma planilha eletrônica, de modo

TUTORIAL PARA PREPARAÇÃO E IMPORTAÇÃO DE DADOS PARA. Os dados de suas coletas devem ser organizados em uma planilha eletrônica, de modo TUTORIAL PARA PREPARAÇÃO E IMPORTAÇÃO DE DADOS PARA ESTIMATIVAS DE RIQUEZA DE ESPÉCIES Softwares utilizados: Excel, EstimateS e Statistica. Preparação dos dados Os dados de suas coletas devem ser organizados

Leia mais

Manual do Usuário CMS WordPress Versão atual: 3.0

Manual do Usuário CMS WordPress Versão atual: 3.0 Manual do Usuário CMS WordPress Versão atual: 3.0 1 - Introdução O Centro de Gestão do Conhecimento Organizacional, CGCO, criou, em março de 2008, uma equipe para atender à demanda de criação de novos

Leia mais

Com Pedido de Compra Sem Pedido de Compra ou Entrada Manual Importando XML enviado do Fornecedor

Com Pedido de Compra Sem Pedido de Compra ou Entrada Manual Importando XML enviado do Fornecedor Movimentos - Entrada de Nota Fiscal Para realizar a entrada de nota fiscal no sistema, verifica-se primeiro as opções, existem vários meios para dar entrada em uma Nota Fiscal: Com Pedido de Compra é quando

Leia mais

FEMA Fundação Educacional Machado de Assis INFORMÁTICA Técnico em Segurança do Trabalho P OW ERPOI NT. Escola Técnica Machado de Assis Imprensa

FEMA Fundação Educacional Machado de Assis INFORMÁTICA Técnico em Segurança do Trabalho P OW ERPOI NT. Escola Técnica Machado de Assis Imprensa P OW ERPOI NT 1 INTRODUÇÃO... 3 1. Iniciando o PowerPoint... 3 2. Assistente de AutoConteúdo... 4 3. Modelo... 5 4. Iniciar uma apresentação em branco... 6 5. Modo de Exibição... 6 6. Slide Mestre... 7

Leia mais

Por que Geoprocessamento?

Por que Geoprocessamento? Um pouco sobre a NOSSA VISÃO Processamento Digital é um endereço da Web criado pelo geógrafo Jorge Santos com objetivo de compartilhar dicas sobre Geoprocessamento e Software Livre. A idéia surgiu no ano

Leia mais

Dialux evo Cálculo de Iluminação artificial para ambientes

Dialux evo Cálculo de Iluminação artificial para ambientes Dialux evo Cálculo de Iluminação artificial para ambientes Esse guia de prático de acompanhamento e consulta visa balizar as aulas apresentadas através das vídeo aulas. É fundamental que você assista em

Leia mais

Instalação do TauDEM para Delimitação de Bacias Hidrográficas

Instalação do TauDEM para Delimitação de Bacias Hidrográficas Instalação do TauDEM para Delimitação de Bacias Hidrográficas Jorge Santos 2015 Conteúdo Sumário Capítulo 1... 3 Download do TauDEM 5.1.2... 3 1.1. Sobre o TauDEM... 3 1.2. Site Oficial do TauDEM... 3

Leia mais

Diagrama de fluxo de dados na Plataforma Vicon SAGA. Terminologias de bancos de dados: Banco de Dados, Tabela, Campos, Registros

Diagrama de fluxo de dados na Plataforma Vicon SAGA. Terminologias de bancos de dados: Banco de Dados, Tabela, Campos, Registros Exercício Objetivo Aplicativo Exercício para ambientação com Sistemas de Informação e Bancos de Dados. O usuário criará modelará um banco de dados aplicado ao contexto de desastres; realizará cadastros

Leia mais

FAQ. Erros, e dúvidas frequentes

FAQ. Erros, e dúvidas frequentes FAQ Erros, e dúvidas frequentes Sumário ERROS CONHECIDOS... 2 1. Botões da tela principal desabilitados... 2 2. Erro de cadastro... 3 3. Região Nordeste não encontrada no cadastro de obras;... 3 4. Célula

Leia mais

Treinamento em BrOffice.org Writer

Treinamento em BrOffice.org Writer Treinamento em BrOffice.org Writer 1 Índice I. INTRODUÇÃO...3 II. BARRA DE FERRAMENTAS...3 III. CONFIGURAR PÁGINA...4 1. Tamanho, Margens e Orientação...5 2. Cabeçalhos...6 3. Rodapés...6 4. Numerando

Leia mais

SIE - SISTEMA DE INFORMAÇÕES PARA O ENSINO CADASTRO DE FUNCIONÁRIOS

SIE - SISTEMA DE INFORMAÇÕES PARA O ENSINO CADASTRO DE FUNCIONÁRIOS SIE - SISTEMA DE INFORMAÇÕES PARA O ENSINO CADASTRO DE FUNCIONÁRIOS SANTA MARIA FATECIENS 2008 Este manual tem por finalidade apresentar as especificações detalhadas da aplicação de Cadastro de Funcionários,

Leia mais

Informática básica Telecentro/Infocentro Acessa-SP

Informática básica Telecentro/Infocentro Acessa-SP Informática básica Telecentro/Infocentro Acessa-SP Aula de hoje: Verificando data e hora, desligando o computador, janelas, copiar colar, excluindo um arquivo. Prof: Lucas Aureo Guidastre Verificando data

Leia mais

Manual do Usuário Visitante

Manual do Usuário Visitante Manual do Usuário Visitante Este manual descreve as funcionalidades da Biblioteca GeoEspacial Digital, cuja principal características é ser um Gerenciador de Metadados de Arquivos de Geoinformação. Esta

Leia mais

Usando o Conference Manager do Microsoft Outlook

Usando o Conference Manager do Microsoft Outlook Usando o Conference Manager do Microsoft Outlook Maio de 2012 Conteúdo Capítulo 1: Usando o Conference Manager do Microsoft Outlook... 5 Introdução ao Conference Manager do Microsoft Outlook... 5 Instalando

Leia mais

Passo a Passo do Cadastro Funcionários no SIGLA Digital

Passo a Passo do Cadastro Funcionários no SIGLA Digital Passo a Passo do Cadastro Funcionários no SIGLA Digital Funcionários Página 1 de 12 O cadastro de funcionários permite cadastrar o usuário que vai utilizar o SIGLA Digital e também seus dados pessoais.

Leia mais

GUIA DE CONFIGURAÇÃO BALANÇA TOPMAX S & URANO INTEGRA

GUIA DE CONFIGURAÇÃO BALANÇA TOPMAX S & URANO INTEGRA GUIA DE CONFIGURAÇÃO BALANÇA TOPMAX S & URANO INTEGRA Abaixo seguem os passos necessários para que você possa cadastrar um Equipamento do tipo Balança Topmax S no Software Urano Integra. Passo 1: Acessar

Leia mais

EXPORTAÇÃO E IMPRESSÃO DE DADOS NO DATAGEOSIS 2.3

EXPORTAÇÃO E IMPRESSÃO DE DADOS NO DATAGEOSIS 2.3 GUIA PRÁTICO DataGeosis Versão 2.3 EXPORTAÇÃO E IMPRESSÃO DE DADOS NO DATAGEOSIS 2.3 Paulo Augusto Ferreira Borges Engenheiro Agrimensor Treinamento e Suporte Técnico ÍNDICE: 1. INTRODUÇÃO... 3 2. EXPORTAÇÃO

Leia mais

... MANUAL DO MODERADOR SERVIÇOS DE WEB

... MANUAL DO MODERADOR SERVIÇOS DE WEB ... MANUAL DO MODERADOR SERVIÇOS DE WEB ÍNDICE 1. IMPLEMENTAÇÃO 4 1.1 PAINEL DE CONTROLE 4 1.2 SENHA 4 1.3 INSTALAÇÃO 4 1.3.1 INSTALAÇÃO PARA MODERADOR 4 1.3.2 INSTALAÇÃO PARA PARTICIPANTES 8 1.3.2.1 PELO

Leia mais

OFICINA DE POWER POINT

OFICINA DE POWER POINT OFICINA DE POWER POINT Barra de Ferramentas Padrão Barra de Ferramentas Formatação Barra de Menus Modos de Visualização Painéis de Tarefas Barra de Ferramentas Desenho Profª. Maria Adelina Raupp Sganzerla

Leia mais

Portaria Express 2.0

Portaria Express 2.0 Portaria Express 2.0 A portaria do seu condomínio mais segura e eficiente. Com a preocupação cada vez mais necessária de segurança nos condomínio e empresas, investe-se muito em segurança. Câmeras, cercas,

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE JARDINÓPOLIS - SÃO PAULO. Departamento de Licitações. Introdução

PREFEITURA MUNICIPAL DE JARDINÓPOLIS - SÃO PAULO. Departamento de Licitações. Introdução Prefeitura Municipal de Jardinópolis/SP Tutorial sobre o Programa Betha AutoCotação Instalação, Utilização e Gravação em CD Página 2 Introdução Para dar maior agilidade a alguns processos licitatórios

Leia mais

Criação da etiqueta para os cartões

Criação da etiqueta para os cartões Criação da etiqueta para os cartões O sistema Fidelizar! oferece um recurso para criação de etiquetas que poderão ser impressas e coladas nos cartões a serem entregues aos clientes. Assim, os cartões poderão

Leia mais

MANUAL DE EMISSÃO E INSTALAÇÃO DO CERTIFICADO TIPO A1 (GOOGLE CHROME)

MANUAL DE EMISSÃO E INSTALAÇÃO DO CERTIFICADO TIPO A1 (GOOGLE CHROME) MANUAL DE EMISSÃO E INSTALAÇÃO DO CERTIFICADO TIPO A1 (GOOGLE CHROME) VERSÃO 10 Atualizado em 30/12/2015 Página 1 de 30 A renovação online do certificado somente poderá ser feita uma única vez (e-cpf)

Leia mais

IMPORTANDO ARQUIVOS SHAPEFILE PARA O POSTGIS VIA PROMPT DO DOS

IMPORTANDO ARQUIVOS SHAPEFILE PARA O POSTGIS VIA PROMPT DO DOS IMPORTANDO ARQUIVOS SHAPEFILE PARA O POSTGIS VIA PROMPT DO DOS INTRODUÇÃO Neste tutorial iremos tratar de uma situação comum durante os trabalhos de geoprocessamento que envolvam banco de dados geográficos,

Leia mais

Manual do KGeography. Anne-Marie Mahfouf Kushal Das Tradução: Luiz Fernando Ranghetti

Manual do KGeography. Anne-Marie Mahfouf Kushal Das Tradução: Luiz Fernando Ranghetti Anne-Marie Mahfouf Kushal Das Tradução: Luiz Fernando Ranghetti 2 Conteúdo 1 Introdução 5 2 Início rápido do KGeography 6 3 Usando o KGeography 12 3.1 Mais recursos do KGeography..............................

Leia mais

TUTORIAL CANON IMAGE GATEWAY

TUTORIAL CANON IMAGE GATEWAY TUTORIAL CANON IMAGE GATEWAY Registrar Adicionar uma câmera comum Config. Serviços Web em Câmeras PowerShot Config. Serviços Web em Câmeras PowerShot Configurar Serviços Web em Câmeras EOS Configurar Serviços

Leia mais

BR DOT COM SISPON: MANUAL DO USUÁRIO

BR DOT COM SISPON: MANUAL DO USUÁRIO BR DOT COM SISPON: MANUAL DO USUÁRIO BAURU 2015 2 BR DOT COM SISPON: MANUAL DO USUÁRIO Manual do usuário apresentado para auxiliar no uso do sistema SisPon. BAURU 2015 3 SUMÁRIO 1 Instalação... 5 1.1 Sispon...

Leia mais

Medical Office 2015 Instruções de Instalação e Configuração

Medical Office 2015 Instruções de Instalação e Configuração Medical Office 2015 Instruções de Instalação e Configuração 1) Faça o download do Medica Office através do nosso site www.medicaloffice.com.br opção do Download; 2) Após realizado o download do arquivo

Leia mais

TUTORIAL PARA PROFESSORES

TUTORIAL PARA PROFESSORES TUTORIAL PARA PROFESSORES MONTAGEM DE DISCIPLINA NA PLATAFORMA MOODLE ALEXANDRE PEREIRA DE VASCONCELLOS MATEUS GERWING KOCHEM ÍNDICE: 1 CONFIGURAÇÕES BÁSICAS DA DISCIPLINA... 02 2 INSERINDO RÓTULOS...

Leia mais

TUTORIAL DO EMBRAPEC

TUTORIAL DO EMBRAPEC TUTORIAL DO EMBRAPEC I Instalação 1 Instalale o Java (JRE) versão 5 a partir do site da Sun Microsystem http://java.sun.com/javase/downloads/index_jdk5.jsp. Selecione a opção Java Runtime Environment (JRE)

Leia mais

SIGA-CEIVAP MANUAL DO USUÁRIO 1

SIGA-CEIVAP MANUAL DO USUÁRIO 1 SIGA-CEIVAP MANUAL DO USUÁRIO 1 SIGA-CEIVAP MANUAL DO USUÁRIO 2 SUMÁRIO 1. APRESENTAÇÃO... 3 1.1 SIGA-CEIVAP... 3 2. FUNCIONALIDADES COMUNS AOS USUÁRIOS... 3 2.1 ACESSO AO SISTEMA... 3 2.1.1 ACESSANDO

Leia mais

Professor: Macêdo Firmino Disciplina: Sistemas Operacionais de Rede

Professor: Macêdo Firmino Disciplina: Sistemas Operacionais de Rede Professor: Macêdo Firmino Disciplina: Sistemas Operacionais de Rede O servidor de arquivos fornece um ponto centralizado na rede para armazenamento e compartilhamento de arquivos entre os usuários. Quando

Leia mais

REGISTRO DE PROJETOS

REGISTRO DE PROJETOS REGISTRO DE PROJETOS 1. REGISTRO DE PROJETOS Esta aplicação tem o objetivo de realizar o Registro de Projetos da Instituição. É possível, incluir, alterar ou excluir essas informações. 1.1. Acessando a

Leia mais

MAPA DESCRITIVO TEC Plus

MAPA DESCRITIVO TEC Plus Este manual irá orientá-lo na utilização do Legicex System Plus versão Desktop. Em caso de duvidas, consulte nosso suporte técnico via e-mail (stul@legicex.com.br), ou por telefone. MAPA DESCRITIVO TEC

Leia mais

Manual de Utilização do PDV Klavix

Manual de Utilização do PDV Klavix Manual de Utilização do PDV Klavix Página 1/20 Instalando a partir do CD Se você recebeu um CD de instalação, rode o programa Instalador que se encontra no raiz do seu CD. Ele vai criar a pasta c:\loureiro

Leia mais

Fluxo de trabalho do Capture Pro Software: Indexação de OCR e separação de documentos de código de correção

Fluxo de trabalho do Capture Pro Software: Indexação de OCR e separação de documentos de código de correção Este procedimento corresponde ao fluxo de trabalho de Indexação de OCR com separação de código de correção no programa de treinamento do Capture Pro Software. As etapas do procedimento encontram-se na

Leia mais

SECRETARIA DE ESTADO DA EDUCAÇÃO DE SANTA CATARINA PONTO SECULLUM 4 SISTEMA DE CONTROLE DE PONTO MANUAL PARA A GERÊNCIA DE GESTÃO DE PESSOAS

SECRETARIA DE ESTADO DA EDUCAÇÃO DE SANTA CATARINA PONTO SECULLUM 4 SISTEMA DE CONTROLE DE PONTO MANUAL PARA A GERÊNCIA DE GESTÃO DE PESSOAS SECRETARIA DE ESTADO DA EDUCAÇÃO DE SANTA CATARINA PONTO SECULLUM 4 SISTEMA DE CONTROLE DE PONTO MANUAL PARA A GERÊNCIA DE GESTÃO DE PESSOAS SUMÁRIO 1 ABRINDO O SISTEMA... 3 1.1 ÍCONE DO PROGRAMA NA VERSÃO

Leia mais

CADERNOS DE INFORMÁTICA Nº 1. Fundamentos de Informática I - Word 2010. Sumário

CADERNOS DE INFORMÁTICA Nº 1. Fundamentos de Informática I - Word 2010. Sumário CADERNO DE INFORMÁTICA FACITA Faculdade de Itápolis Aplicativos Editores de Texto WORD 2007/2010 Sumário Editor de texto... 3 Iniciando Microsoft Word... 4 Fichários:... 4 Atalhos... 5 Área de Trabalho:

Leia mais

TUTORIAL PMS CARD. Acesse o site: www.pmscard.com.br

TUTORIAL PMS CARD. Acesse o site: www.pmscard.com.br TUTORIAL PMS CARD Acesse o site: www.pmscard.com.br FAÇA O LOGIN Para fazer o login digite o seu e-mail e senha e clique em entrar. SELECIONE A EMPRESA Selecione a empresa na qual deseja utilizar clicando

Leia mais

MANUAL DIPAM A Versão de 10/05/2012

MANUAL DIPAM A Versão de 10/05/2012 MANUAL DA DIPAM A Versão de 10/05/2012 1 Índice Geral... 3 Configuração Mínima... 3 Instalação... 4 Procedimento pós-instalação para sistemas com Vista ou Windows 7... 8 Uso do Programa DIPAM-A... 10 DIPAM

Leia mais

PREPARAÇÃO DE BASES EM SIG

PREPARAÇÃO DE BASES EM SIG UNIVERSIDADE ESTADUAL DE CAMPINAS Instituto de Geociências Departamento de Geologia e Recursos Naturais (DGRN) GE 804 Sistema de Informações Georreferenciadas Prof. Carlos Roberto de Souza Filho PREPARAÇÃO

Leia mais

Amostra OpenOffice.org 2.0 Writer SUMÁRIO

Amostra OpenOffice.org 2.0 Writer SUMÁRIO Amostra OpenOffice.org 2.0 Writer SUMÁRIO 1. INTRODUÇÃO 2. INSERIR TEXTO 3. SALVAR UM DOCUMENTO 4. FECHAR UM DOCUMENTO 5. INICIAR UM NOVO DOCUMENTO 6. ABRIR UM DOCUMENTO 7. SELECIONAR TEXTO 8. RECORTAR,

Leia mais

PANDION MANUAL DO USUÁRIO (versão 1.0)

PANDION MANUAL DO USUÁRIO (versão 1.0) Secretaria de Tecnologia da Informação Coordenadoria de Suporte Técnico aos Usuários PANDION MANUAL DO USUÁRIO (versão 1.0) SUMÁRIO 1. INTRODUÇÃO... 3 2. CADASTRAMENTO NECESSÁRIO PARA UTILIZAR O PANDION...

Leia mais

Composição de Layout no Spring

Composição de Layout no Spring UNIVERSIDADE FEDERAL DE MINAS GERAIS INSTITUTO DE GEOCIÊNCIAS DEPARTAMENTO DE CARTOGRAFIA Laboratório de Geoprocessamento Grazielle Anjos Carvalho Vladimir Diniz Vieira Ramos Belo Horizonte, 2007 CRIAÇÃO

Leia mais

CARTOSOFT GUIA PRÁTICO PROCART SISTEMAS

CARTOSOFT GUIA PRÁTICO PROCART SISTEMAS CARTOSOFT GUIA PRÁTICO PROCART SISTEMAS INSTALAÇÃO DO SISTEMA E CONFIGURAÇÃO PARA USO EM REDE Versão 1.1 Instalação Programa Cartosoft 1 INICIANDO 1.1 Instalando o Programa Clique no programa InstaladorCartosoft.exe.

Leia mais

Manual Administrador - Mídia System

Manual Administrador - Mídia System Manual Administrador - Mídia System Logo após cadastrarmos sua Empresa em nosso sistema, será enviado um e-mail confirmando as informações de acesso do Administrador do sistema. Obs: Caso não tenha recebido

Leia mais

Guia do Usuário. idocs Content Server v.2.0-1 -

Guia do Usuário. idocs Content Server v.2.0-1 - Guia do Usuário idocs Content Server v.2.0-1 - 2013 BBPaper_Ds - 2 - Sumário Introdução... 4 Inicializando a aplicação... 6 Ambiente... 7 Alterando o ambiente... 8 Senhas... 10 Alterando senhas... 10 Elementos

Leia mais

Vamos criar uma nova Página chamada Serviços. Clique em Adicionar Nova.

Vamos criar uma nova Página chamada Serviços. Clique em Adicionar Nova. 6.2.1.5 Páginas: Ao clicar em Páginas, são exibidas todas as páginas criadas para o Blog. No nosso exemplo já existirá uma página com o Título Página de Exemplo, criada quando o WorPress foi instalado.

Leia mais

LGTi Tecnologia. Manual - Outlook Web App. Soluções Inteligentes. Siner Engenharia

LGTi Tecnologia. Manual - Outlook Web App. Soluções Inteligentes. Siner Engenharia LGTi Tecnologia Soluções Inteligentes Manual - Outlook Web App Siner Engenharia Sumário Acessando o Outlook Web App (Webmail)... 3 Email no Outlook Web App... 5 Criar uma nova mensagem... 6 Trabalhando

Leia mais

Software Planejamento Tributário

Software Planejamento Tributário Software Planejamento Tributário Bem vindo ao segundo manual de instalação do software de Planejamento Tributário, este irá lhe mostrar os passos para o término da instalação e configuração do software

Leia mais

MAPEAMENTO DIGITAL DA REDE DE ARTICULAÇÃO INTERSETORIAL PARA PROMOÇÃO DA SAÚDE PARTE 2 MOOTIRO MAPS

MAPEAMENTO DIGITAL DA REDE DE ARTICULAÇÃO INTERSETORIAL PARA PROMOÇÃO DA SAÚDE PARTE 2 MOOTIRO MAPS MAPEAMENTO DIGITAL DA REDE DE ARTICULAÇÃO INTERSETORIAL PARA PROMOÇÃO DA SAÚDE PARTE 2 MOOTIRO MAPS maps.mootiro.org O que é o MootiroMaps? MootiroMaps é uma aplicação livre para promover o desenvolvimento

Leia mais

WINDOWS EXPLORER. O organizador

WINDOWS EXPLORER. O organizador O organizador No Windows XP, tudo o que há dentro do computador como programas, documentos, arquivos de dados e unidades de disco, torna-se acessível em: Windows Explorer (Iniciar / Todos os Programas

Leia mais

Manual de Instalação SIM/SINASC

Manual de Instalação SIM/SINASC Manual de Instalação SIM/SINASC Agosto/2009 Versão 2.2 Índice CAPÍTULO 01 INTRODUÇÃO... 4 CAPÍTULO 02 - PERFIL DO HARDWARE... 5 CAPÍTULO 03 INSTALADOR SIM SINASC 2.2... 6 CAPÍTULO 04 - MODO DE INSTALAÇÃO...

Leia mais