relatório da avaliação das condições de acessibilidade

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "relatório da avaliação das condições de acessibilidade"

Transcrição

1 relatório da avaliação das condições de acessibilidade identificação do cliente nome e descrição da atividade principal (a certificar) outras atividades relevantes /complementares Câmara Municipal de iseu Atendimento Único Salão Nobre Presidência e ereação data da visita 6 de dezembro de 2012

2 ÍNDICE DADOS DA AALIAÇÃO NO LOCAL 1 DESCRIÇÃO SUMÁRIA 2 RESULTADO DA AALIAÇÃO 2 ANÁLISE DAS CONDIÇÕES DE ACESSIBILIDADE RESUMO 3 ANEXOS 5

3 DADOS DA AALIAÇÃO NO LOCAL Peritos Nome Nome Data da visita Maria Paula Trigueiros Cunha Daniel Ricardo de Babo Geada Alves 6 de dezembro de ª visita Dados do cliente e das instalações a certificar Identificação do Cliente Nome/ NIF Responsável Contactos telefone/telemóvel / Caracterização da atividade Nome e descrição da atividade principal (a certificar) Outras atividades relevantes /complementares Câmara Municipal de iseu Dr. Guilherme Almeida Atendimento Único Salão Nobre Presidência e ereação Localização Morada (da instalação a certificar) Dependências / secções Praça da República iseu Página Web/ Facebook ou outra localização de informação online Outras formas publicitação de serviços/produtos? Envolvente (espaços/equipamentos públicos) Centro urbano / periferia/ área rural Transportes públicos Espaço público acessível Equipamentos /instituições nas imediações Centro Urbano Sim Sim Saúde/cultura/desporto/turismo Tem Plano de acessibilidade? Observações: Farmácia Não 1

4 DESCRIÇÃO SUMÁRIA Descrição das condições gerais oferecidas para desempenho das atividades principais A Câmara Municipal de iseu, está instalada num edifício antigo que pela sua natureza coloca vários obstáculos à implementação das condições de acessibilidade. No entanto foram realizadas algumas intervenções que permitem o acesso dos munícipes a quase todos os locais de atendimento ou de participação pública, como o Salão Nobre, os gabinetes dos vereadores e do Presidente da Câmara. Porém, para tratar da maior parte dos assuntos, perto da entrada, existe um espaço de atendimento aos munícipes que permite que sejam os técnicos que se desloquem em vez do contrário facilitando bastante o serviço aos cidadãos. Acessos e exterior: A entrada deste serviço está voltada para uma praça com jardim central, muito cuidada e equipada com um sistema de guias de referenciação táctil no pavimento, conduzindo até à sua porta principal. A porta principal tem duas folhas com mola e dimensão imponente, que pode ser usada com a ajuda de um funcionário/segurança que se encontra no átrio. Circulação interior: A entrada para o Balcão de Atendimento faz-se pela porta principal do edifício através do mesmo átrio central. Este tem um piso em granito, trabalhado com nervuras desadequadas para a circulação acessível. Daqui para o espaço de atendimento existe uma escada, dotada de plataforma elevatória regulamentar. O acesso às restantes áreas de atendimento no interior do edifício faz-se com acompanhamento, por corredores e com elevador para os que se situam num piso superior (gabinetes e salão nobre) e inferior (sala multiusos / formação). Este locais, em geral, não estão sinalizados mas têm pelo menos ao nível funcional, condições mínimas de acesso a cadeiras de rodas. Espaços funcionais: Atendimento O espaço destinado ao atendimento está situado numa sala ampla com área para circulação e piso regular. O atendimento é realizado sentado, em secretárias simples com algum espaço compatível com cadeiras de rodas. Existe um sistema automático e intuitivo de gestão da sequência de atendimento. Gabinetes do executivo Foram visitados dois gabinetes cuja porta e organização do espaço interior, garantem as condições mínimas de acessibilidade. Gabinete do Presidente Tem porta de duas folhas de abrir - para dar acesso a cadeira de rodas, terão de ser ambas abertas (não foi visitado o seu interior) Salão Nobre Tem portas de duas folhas de abrir, que, para dar acesso a cadeira de rodas, terão de ser ambas abertas (não foi visitado o seu interior). Sala Multiusos/Formação No piso subterrâneo existe uma sala, com acesso por elevador, onde funcionam algumas atividades que podem receber munícipes. Está equipada com cadeiras amovíveis logo de organização versátil e facilmente adaptável. Instalações sanitárias As instalações existentes no espaço do Serviço de Atendimento Único são adequadas e conforme legislação em vigor. Condições oferecidas para outras atividades disponíveis /complementares Os serviços técnicos e outras valências da Sede do Município estão instalados por todo o edifício e não foram visitadas. Síntese Pontos fortes - Estão garantidas as condições mínimas de acesso dos munícipes aos pontos mais relevantes do edifício, mesmo que seja necessária alguma ajuda em certos pontos. - As instalações do Serviço de Atendimento Único estão, em geral, bem preparadas para a utilização por pessoas com mobilidade reduzida, proporcionando acesso generalizado, confortável e equitativo dos munícipes aos serviços de atendimento. Aspetos a melhorar ou corrigir em prol da acessibilidade - A circulação interior pode ser melhorada, proporcionando um piso mais regular no átrio. - Falta de sinalética no interior do edifício, exigindo ajuda na orientação. RESULTADO DA AALIAÇÃO Em resultado da análise realizada, o ICM - Instituto de Cidades e ilas com Mobilidade atribuiu ao Serviço de Atendimento Único da Câmara Municipal de iseu Certificado de acessibilidade FUNCIONAL (nível 1) 2

5 ANÁLISE DAS CONDIÇÕES DE ACESSIBILIDADE - RESUMO 1 INSTALAÇÕES isitado Ref. FOTOS /Observações 1.1 EXTERIOR Acesso automóvel Estacionamento Circulação pedonal Foto 1/2/3 Escadas Sinalética Jardim/Zona de estar Esplanada/pérgula/miradouro Mobiliário urbano Outros 1.2 ACESSOS Portas Foto 4/7/16 Passagens/outra situação 1.3 CIRCULAÇÃO Átrio/hall Corredor Foto 6/13 Escada Rampas Circulação Mecânica Elevador Foto 14 Plataforma elevatória Foto 8 Cadeira mecânica Escada rolante Passadeira rolante 1.4 ÁREAS FUNCIONAIS Atendimento Foto 5/10 Sala (geral) Gabinete (trabalho) Sanitários comuns Foto 19 Sanitário completo Quartos (nº de unidades visitadas ) Alojamento Cozinha / kitchenette Refeições/bar Espera/Lounge Foto 15 Convívio /atividades - Lazer/jogos/leitura) endas Exposição /visita cultural Recintos Escolares/Formação Desporto Espetáculo/Cinema Auditório/Sala Multiusos Foto 20 aranda/terraço Outros (1) Salão Nobre Outros (2) * aspetos a melhorar ou corrigir em prol da acessibilidade 3

6 1.5 EQUIPAMENTO Equipamento urbano Torniquetes acesso automóvel Máquina de venda /Multibanco Parcómetro TPA / pagamento automático Outros (1) Outros (2) 2 INFORMAÇÃO (Plus) Documentos Página Web Acessível (nível básico) Orientação/informação afixada no local Foto 11/12 Avisos/horário/outros Foto 9 Sinalética Espaços/dependências Foto 17/18 Pisos Mapas Saídas de emergência 3 SERIÇOS (Plus) 3.1 APOIO Disponibilização de equipamento de apoio Outras facilidades 3.2 TRANSPORTE 3.3 OUTROS ITENS ALORIZÁEIS Formação específica de funcionários/colaboradores Parcerias relevantes 4 CONDIÇÕES DE EMPREGABILIDADE (Excelência) Tarefas compatíveis com pessoas com incapacidade Incap. motoras (membro sup. / inf.) Mobilidade reduzida Incap. visuais Expressão/ comunicação Locais com condições (acesso/manobra em CR) Equipamento existente/ passível de adaptação Outros dados relevantes 4.1 POSTO DE TRABALHO ACESSÍEL (já existente) Motora Sensorial Comunicação/expressão/fala Intelectual / outra Funções Adaptações do Posto de trabalho Aspetos relevantes na adaptação do Posto de Trabalho à pessoa com incapacidade * aspetos a melhorar ou corrigir em prol da acessibilidade 4

7 ANEXO

8 Análise das condições de acessibilidade - FOTOS 1. Acesso pedonal/zona de estar 2. Acesso pedonal 3. Passadeira 4. Porta de entrada 5. Posto de atendimento Segurança 6. Pavimento do átrio 7. Porta 8. Plataforma elevatória de escada 9. Senhas de Atendimento 10. Atendimento único 11. Informação digital 12. Informação afixada 13. Corredor 14. Elevador 15. Zona de espera Presidência / ereação

9 16. Porta ereação 17. Sinalética 18. Sinalética Instalação Sanitária 19. Instalação Sanitária 20. Sala Multiusos

relatório da avaliação das condições de acessibilidade

relatório da avaliação das condições de acessibilidade relatório da avaliação das condições de acessibilidade identificação do cliente nome e descrição da atividade principal (a certificar) outras atividades relevantes /complementares Bessa Hotel Alojamento

Leia mais

relatório da avaliação das condições de acessibilidade

relatório da avaliação das condições de acessibilidade relatório da avaliação das condições de acessibilidade identificação do cliente nome e descrição da atividade principal (a certificar) outras atividades relevantes /complementares Câmara Municipal de Almada

Leia mais

relatório da avaliação das condições de acessibilidade

relatório da avaliação das condições de acessibilidade relatório da avaliação das condições de acessibilidade identificação do cliente nome e descrição da atividade principal (a certificar) outras atividades relevantes /complementares Museu de Portimão Museu

Leia mais

relatório da avaliação das condições de acessibilidade

relatório da avaliação das condições de acessibilidade relatório da avaliação das condições de acessibilidade identificação nome e descrição da atividade principal (a certificar) outras atividades relevantes /complementares Fórum Romeu Correia Biblioteca Municipal

Leia mais

relatório da avaliação das condições de acessibilidade identificação do cliente Centro Cultural Vila Flor Sala de Exposições e Auditórios.

relatório da avaliação das condições de acessibilidade identificação do cliente Centro Cultural Vila Flor Sala de Exposições e Auditórios. relatório da avaliação das condições de acessibilidade identificação do cliente nome e descrição da atividade principal (a certificar) outras atividades relevantes /complementares data da visita Centro

Leia mais

relatório da avaliação das condições de acessibilidade identificação do cliente Pousada de Viseu Alojamento Restaurante SPA

relatório da avaliação das condições de acessibilidade identificação do cliente Pousada de Viseu Alojamento Restaurante SPA relatório da avaliação das condições de acessibilidade identificação do cliente nome e descrição da atividade principal (a certificar) outras atividades relevantes /complementares Pousada de iseu Alojamento

Leia mais

relatório da avaliação das condições de acessibilidade

relatório da avaliação das condições de acessibilidade relatório da avaliação das condições de acessibilidade identificação do cliente nome e descrição da atividade principal (a certificar) outras atividades relevantes /complementares data da visita Casa da

Leia mais

relatório da avaliação das condições de acessibilidade

relatório da avaliação das condições de acessibilidade relatório da avaliação das condições de acessibilidade identificação do cliente nome e descrição da atividade principal (a certificar) outras atividades relevantes /complementares Câmara Municipal de iseu

Leia mais

relatório da avaliação das condições de acessibilidade

relatório da avaliação das condições de acessibilidade relatório da avaliação das condições de acessibilidade identificação do cliente nome e descrição da atividade principal (a certificar) outras atividades relevantes /complementares Câmara Municipal de São

Leia mais

relatório da avaliação das condições de acessibilidade

relatório da avaliação das condições de acessibilidade relatório da avaliação das condições de acessibilidade identificação do cliente nome e descrição da atividade principal (a certificar) outras atividades relevantes /complementares data da visita Camélia

Leia mais

relatório da avaliação das condições de acessibilidade

relatório da avaliação das condições de acessibilidade relatório da avaliação das condições de acessibilidade identificação do cliente nome e descrição da atividade principal (a certificar) outras atividades relevantes /complementares Biblioteca Municipal

Leia mais

relatório da avaliação das condições de acessibilidade

relatório da avaliação das condições de acessibilidade relatório da avaliação das condições de acessibilidade identificação do cliente nome e descrição da atividade principal (a certificar) outras atividades relevantes /complementares Câmara Municipal de São

Leia mais

relatório da avaliação das condições de acessibilidade

relatório da avaliação das condições de acessibilidade relatório da avaliação das condições de acessibilidade identificação do cliente nome e descrição da atividade principal (a certificar) outras atividades relevantes /complementares data da visita Centro

Leia mais

relatório da avaliação das condições de acessibilidade

relatório da avaliação das condições de acessibilidade relatório da avaliação das condições de acessibilidade identificação do cliente nome e descrição da atividade principal (a certificar) outras atividades relevantes /complementares Praia Centro de Santa

Leia mais

relatório da avaliação das condições de acessibilidade

relatório da avaliação das condições de acessibilidade relatório da avaliação das condições de acessibilidade identificação do cliente nome e descrição da atividade principal (a certificar) outras atividades relevantes /complementares data da visita Centro

Leia mais

relatório da avaliação das condições de acessibilidade

relatório da avaliação das condições de acessibilidade relatório da avaliação das condições de acessibilidade identificação do cliente nome e descrição da atividade principal (a certificar) data da visita Câmara Municipal de Beja Percurso Turístico Acessível

Leia mais

REFERENCIAL DE ACESSIBILIDADE E DE SERVIÇO INCLUSIVO BRENDAIT 2016 CARACTERIZAÇÃO GERAL DO POSTO DE INFORMAÇÃO TURÍSTICA

REFERENCIAL DE ACESSIBILIDADE E DE SERVIÇO INCLUSIVO BRENDAIT 2016 CARACTERIZAÇÃO GERAL DO POSTO DE INFORMAÇÃO TURÍSTICA REFERENCIAL DE ACESSIBILIDADE E DE SERVIÇO INCLUSIVO BRENDAIT 2016 GRELHA : POSTOS DE INFORMAÇÃO TURÍSTICA - Ficha de Requisitos CARACTERIZAÇÃO GERAL DO POSTO DE INFORMAÇÃO TURÍSTICA NOME: ENDEREÇO: WEBSITE:

Leia mais

3.3. Edificado Saúde. Capítulo III Propostas de Intervenção. Plano Municipal de Acessibilidade Para Todos Município da Maia - Entrega Final

3.3. Edificado Saúde. Capítulo III Propostas de Intervenção. Plano Municipal de Acessibilidade Para Todos Município da Maia - Entrega Final - 3.3. Edificado 3.3.8. Saúde Março 2010 Identificação Designação: Centro de Saúde de Águas Santas Localização: Rua Nova da Corga Lugar dos Moutidos Descrição, Função ou Uso do Edifício: Local onde se

Leia mais

3. Edificado 3.2. Comércio. Capítulo II Levantamento e Diagnóstico. Plano Municipal de Acessibilidade Para Todos Município da Maia - Entrega Final

3. Edificado 3.2. Comércio. Capítulo II Levantamento e Diagnóstico. Plano Municipal de Acessibilidade Para Todos Município da Maia - Entrega Final - 3. Edificado 3.2. Comércio Março 2010 3.2.1. Mercado da Maia Identificação Mercado da Maia Localização Avenida Visconde Barreiros e Rua Nova do Souto Descrição função e uso do edifício Comércio de produtos

Leia mais

relatório da avaliação das condições de acessibilidade

relatório da avaliação das condições de acessibilidade relatório da avaliação das condições de acessibilidade identificação do cliente nome e descrição da atividade principal (a certificar) data da visita Câmara Municipal de Évora Percurso Turístico Acessível

Leia mais

2. COMO DEVEMOS PENSAR OS TRANSPORTES AMIGOS DAS PESSOAS IDOSAS?

2. COMO DEVEMOS PENSAR OS TRANSPORTES AMIGOS DAS PESSOAS IDOSAS? 1. O QUE QUESTIONAMOS QUANDO FALAMOS EM EDIFÍCIOS PÚBLICOS, AMBIENTES EXTERIORES E PAISAGENS URBANAS QUE CONTRIBUEM PARA QUE UMA CIDADE SEJA MAIS AMIGAS DAS PESSOAS IDOSAS? Falamos de cidades limpas, sem

Leia mais

3.3. Edificado Comércio. Capítulo III Propostas de Intervenção. Plano Municipal de Acessibilidade Para Todos Município da Maia - Entrega Final

3.3. Edificado Comércio. Capítulo III Propostas de Intervenção. Plano Municipal de Acessibilidade Para Todos Município da Maia - Entrega Final - 3.3. Edificado 3.3.2.Comércio Março 2010 Identificação Designação: Mercado da Maia Localização: Avenida Visconde Barreiros e Rua Nova do Souto Descrição, Função ou Uso do Edifício: Comércio de produtos

Leia mais

NBR 9050:2004 Acessibilidade a edificações, mobiliário, espaços e equipamentos urbanos

NBR 9050:2004 Acessibilidade a edificações, mobiliário, espaços e equipamentos urbanos Versões: NBR 9050:2004 Acessibilidade a edificações, mobiliário, espaços e equipamentos urbanos NBR 9050:2015 (Vigente) Acessibilidade a edificações, mobiliário, espaços e equipamentos urbanos Descrição:

Leia mais

relatório da avaliação das condições de acessibilidade

relatório da avaliação das condições de acessibilidade relatório da avaliação das condições de acessibilidade identificação do cliente nome e descrição da atividade principal (a certificar) data da visita Câmara Municipal de Tomar Percurso Turístico Acessível

Leia mais

Acção formação 2ª Parte. guia. mobilidade e acessibilidade para todos

Acção formação 2ª Parte. guia. mobilidade e acessibilidade para todos Acção formação 2ª Parte guia mobilidade e acessibilidade para todos 2010 2. DESCODIFICAÇÃO DAS NORMAS TÉCNICAS APRESENTADAS NO DL N.º 163/2006 2.1. Descodificação Desenhada das Normas Técnicas Percurso

Leia mais

relatório da avaliação das condições de acessibilidade

relatório da avaliação das condições de acessibilidade relatório da avaliação das condições de acessibilidade identificação do cliente nome e descrição da atividade principal (a certificar) data da visita Câmara Municipal de Funchal Percurso Turístico Acessível

Leia mais

REFERENCIAL DE ACESSIBILIDADE E DE SERVIÇO INCLUSIVO BRENDAIT 2016 CARACTERIZAÇÃO GERAL DO MUSEU OU MONUMENTO

REFERENCIAL DE ACESSIBILIDADE E DE SERVIÇO INCLUSIVO BRENDAIT 2016 CARACTERIZAÇÃO GERAL DO MUSEU OU MONUMENTO REFERENCIAL DE ACESSIBILIDADE E DE SERVIÇO INCLUSIVO BRENDAIT 2016 GRELHA : MUSEUS E MONUMENTOS - Ficha de Requisitos CARACTERIZAÇÃO GERAL DO NOME: ENDEREÇO: WEBSITE: SERVIÇOS: PESSOA DE CONTACTO projeto

Leia mais

Palácio de S.Bento. O Parlamento e os Cidadãos As acessibilidades do Parlamento. Arqtª. Maria Susana Veiga Simão

Palácio de S.Bento. O Parlamento e os Cidadãos As acessibilidades do Parlamento. Arqtª. Maria Susana Veiga Simão O Parlamento e os Cidadãos As acessibilidades do Parlamento O Parlamento e os Cidadãos As acessibilidades do Parlamento Sobre as questões que vamos abordar neste Curso de Formação, Acessibilidades do Parlamento,

Leia mais

3. Edificado 3.8. Saúde. Capítulo II Levantamento e Diagnóstico. Plano Municipal de Acessibilidade Para Todos Município da Maia - Entrega Final

3. Edificado 3.8. Saúde. Capítulo II Levantamento e Diagnóstico. Plano Municipal de Acessibilidade Para Todos Município da Maia - Entrega Final - 3. Edificado 3.8. Saúde Março 2010 3.8.1. Centro de Saúde de Águas Santas Levantamento fotográfico Diagnóstico do Edifício Orientações de Resolução Identificação Centro de Saúde Localização Rua Nova

Leia mais

ALTA TECNOLOGIA VISANDO PRATICIDADE E CONFORTO

ALTA TECNOLOGIA VISANDO PRATICIDADE E CONFORTO LINHA DE PRODUTOS ALTA TECNOLOGIA VISANDO PRATICIDADE E CONFORTO Equipamento instalado na cidade de Bauru, produzido por Elevadores Consiste. ELEVADORES Residenciais Equipamento com design diferenciado

Leia mais

ANEXO 2 Exemplos de boas práticas de acessibilidade

ANEXO 2 Exemplos de boas práticas de acessibilidade ANEXO 2 Exemplos de boas práticas de acessibilidade Lista de verificação Algumas soluções implementadas em praias acessíveis, que poderão inspirar soluções a implementar nas zonas balneares Ponto 1 Chegada

Leia mais

REFERENCIAL DE ACESSIBILIDADE E DE SERVIÇO INCLUSIVO BRENDAIT 2016 CARACTERIZAÇÃO GERAL DA ENTIDADE DE ALOJAMENTO

REFERENCIAL DE ACESSIBILIDADE E DE SERVIÇO INCLUSIVO BRENDAIT 2016 CARACTERIZAÇÃO GERAL DA ENTIDADE DE ALOJAMENTO REFERENCIAL DE ACESSIBILIDADE E DE SERVIÇO INCLUSIVO BRENDAIT 2016 GRELHA AL: JAMENTO - Ficha de Requisitos (Empreendimentos turísticos e alojamento local) Decreto-Lei nº 39/2008 Os empreendimentos turísticos

Leia mais

3.3. Edificado Cultura. Capítulo III Propostas de Intervenção. Plano Municipal de Acessibilidade Para Todos Município da Maia Entrega Final

3.3. Edificado Cultura. Capítulo III Propostas de Intervenção. Plano Municipal de Acessibilidade Para Todos Município da Maia Entrega Final 3.3. Edificado 3.3.3. Cultura Março 2010 Identificação Designação: Biblioteca da Maia Localização: Praça Dr. Vieira de Carvalho Descrição, Função ou Uso do Edifício: Espaço onde possibilita a requisição

Leia mais

LEI Nº , DE 19 DE DEZEMBRO DE O PRESIDENTE DA REPÚBLICA Faço saber que o Congresso Nacional decreta e eu sanciono a seguinte Lei:

LEI Nº , DE 19 DE DEZEMBRO DE O PRESIDENTE DA REPÚBLICA Faço saber que o Congresso Nacional decreta e eu sanciono a seguinte Lei: LEI Nº 10.098, DE 19 DE DEZEMBRO DE 2000 Estabelece normas gerais e critérios básicos para a promoção da acessibilidade das pessoas portadoras de deficiência ou com mobilidade reduzida, e dá outras providências.

Leia mais

CARAVANA DA INCLUSÃO, ACESSIBILIDADE E CIDADANIA

CARAVANA DA INCLUSÃO, ACESSIBILIDADE E CIDADANIA CARAVANA DA INCLUSÃO, ACESSIBILIDADE E CIDADANIA GUIA DE ACESSIBILIDADE EM LOCAIS DOS EVENTOS UVESP União de Vereadores do Estado de São Paulo Luiz Baggio Neto Este guia prático de Acessibilidade foi preparado

Leia mais

3. Edificado 3.7. Religioso. Capítulo II Levantamento e Diagnóstico. Plano Municipal de Acessibilidade Para Todos Município da Maia - Entrega Final

3. Edificado 3.7. Religioso. Capítulo II Levantamento e Diagnóstico. Plano Municipal de Acessibilidade Para Todos Município da Maia - Entrega Final - 3. Edificado 3.7. Religioso Março 2010 3.7.1. Cemitério e espaço público envolvente de Águas Santas Identificação Cemitério de Águas Santas Localização Rua do Mosteiro Descrição função e uso do edifício

Leia mais

REABILITAÇÃO/AMPLIAÇÃO DAS ESCOLAS BÁSICAS DO 1º CICLO E PRÉ-ESCOLAR DE PORTO DE MÓS PARA CENTRO ESCOLAR

REABILITAÇÃO/AMPLIAÇÃO DAS ESCOLAS BÁSICAS DO 1º CICLO E PRÉ-ESCOLAR DE PORTO DE MÓS PARA CENTRO ESCOLAR REABILITAÇÃO/AMPLIAÇÃO DAS ESCOLAS BÁSICAS DO 1º CICLO E PRÉ-ESCOLAR DE PORTO DE MÓS PARA CENTRO ESCOLAR Localização do Projeto: Rua da Saudade, 2480 Porto de Mós Requerente: Câmara Municipal de Porto

Leia mais

PESSOAS COM DEFICIÊNCIA E COM MOBILIDADE CONDICIONADA: CONDIÇÕES DE ACESSIBILIDADE DO METROPOLITANO DE LISBOA

PESSOAS COM DEFICIÊNCIA E COM MOBILIDADE CONDICIONADA: CONDIÇÕES DE ACESSIBILIDADE DO METROPOLITANO DE LISBOA PESSOAS COM DEFICIÊNCIA E COM MOBILIDADE CONDICIONADA: CONDIÇÕES DE ACESSIBILIDADE DO METROPOLITANO DE LISBOA DOCUMENTO SÍNTESE A Constituição da República dispõe que os cidadãos portadores de deficiência

Leia mais

Instituto de Emprego e Formação Profissional

Instituto de Emprego e Formação Profissional Acessibilidades Instituto de Emprego e Formação Profissional 2 Introdução I.E.F.P Instituto de Emprego e Formação Profissional Pólo de Formação de Silves. Esta instituição remonta ao ano de 2001, no Concelho

Leia mais

SEMESTRE VI DOCUMENTAÇÃO DE APOIO REGULAMENTAÇÃO E BOAS PRÁTICAS, SERVIÇO DE INCÊNDIOS E ACESSIBILIDADES

SEMESTRE VI DOCUMENTAÇÃO DE APOIO REGULAMENTAÇÃO E BOAS PRÁTICAS, SERVIÇO DE INCÊNDIOS E ACESSIBILIDADES AS VIAS HORIZONTAIS DE EVACUAÇÃO DEVEM CONDUZIR, DIRECTAMENTE OU ATRAVÉS DE CÂMARAS CORTA-FOGO, A VIAS VERTICAIS DE EVACUAÇÃO OU AO EXTERIOR DO EDIFÍCIO A DISTÂNCIA MÁXIMA A PERCORRER DE QUALQUER PONTO

Leia mais

INQUÉRITO ACESSIBILIDADE NOS ESTABELECIMENTOS DE ENSINO

INQUÉRITO ACESSIBILIDADE NOS ESTABELECIMENTOS DE ENSINO SECRETARIA REGIONAL DE EDUCAÇÃO E CULTURA DIRECÇÃO REGIONAL DE EDUCAÇÃO ESPECIAL E REABILITAÇÃO DIRECÇÃO DE SERVIÇOS DE FORMAÇÃO E ADAPTAÇÕES TECNOLÓGICAS DIVISÃO DE ADAPTAÇÃO ÀS NOVAS TECNOLOGIAS DE INFORMAÇÃO

Leia mais

QUALIDADE : Mar de oportunidades. Ponta Delgada 12 Novembro 2010

QUALIDADE : Mar de oportunidades. Ponta Delgada 12 Novembro 2010 QUALIDADE : Mar de oportunidades Ponta Delgada 12 Novembro 2010 Percentagem da população mundial com 60 anos ou mais - 1999 ONU Percentagem da população mundial com 60 anos ou mais - 2050 ONU População

Leia mais

ESTATUTO DA PESSOA COM DEFICIÊNCIA

ESTATUTO DA PESSOA COM DEFICIÊNCIA ESTATUTO DA PESSOA COM DEFICIÊNCIA Leis Federais nº 10.048 de 2000 e 10.098 de 2000, Decreto Federal nº 5.296 de 2004 Acessibilidade e Atendimento Prioritário Prof. Caio Silva de Sousa - (Lei Federal nº

Leia mais

Bernardo Silva Catarina Teixeira Eduardo Almeida João Dias Pedro Almeida Tiago Portela

Bernardo Silva Catarina Teixeira Eduardo Almeida João Dias Pedro Almeida Tiago Portela UNIDADE CURRICULAR: Projecto FEUP SUPERVISOR: Professor Jorge Martins de Carvalho MONITOR: André Miranda Carqueja Bernardo Silva 100503016 Catarina Teixeira 100503139 Eduardo Almeida 100503136 João Dias

Leia mais

PROJETO DE INTERVENÇÃO ACESSIBILIDADES E INFORMAÇÃO NO PROMONTÓRIO DE SAGRES

PROJETO DE INTERVENÇÃO ACESSIBILIDADES E INFORMAÇÃO NO PROMONTÓRIO DE SAGRES PROJETO DE INTERVENÇÃO ACESSIBILIDADES E INFORMAÇÃO NO PROMONTÓRIO DE SAGRES COMPETÊNCIAS DA DIREÇÃO REGIONAL DE CULTURA DO ALGARVE Gerir os monumentos, conjuntos e sítios que lhe forem afetos e assegurar

Leia mais

ACESSIBILIDADE PARA DEFICIENTES FÍSICOS NAS PRINCIPAIS PRAÇAS DE IJUÍ- RS 1 ACCESSIBILITY FOR PHYSICAL DISABILITIES IN IJUÍ S MAIN PREMISES

ACESSIBILIDADE PARA DEFICIENTES FÍSICOS NAS PRINCIPAIS PRAÇAS DE IJUÍ- RS 1 ACCESSIBILITY FOR PHYSICAL DISABILITIES IN IJUÍ S MAIN PREMISES ACESSIBILIDADE PARA DEFICIENTES FÍSICOS NAS PRINCIPAIS PRAÇAS DE IJUÍ- RS 1 ACCESSIBILITY FOR PHYSICAL DISABILITIES IN IJUÍ S MAIN PREMISES Renata Rodrigues De Almeida 2, Kaiolani Schmitt Bittencourt 3,

Leia mais

FATEC - SP Faculdade de Tecnologia de São Paulo. ACESSOS DE EDIFÍCIOS E CIRCULAÇÕES VERTICAIS - escadas. Prof. Manuel Vitor Curso - Edifícios

FATEC - SP Faculdade de Tecnologia de São Paulo. ACESSOS DE EDIFÍCIOS E CIRCULAÇÕES VERTICAIS - escadas. Prof. Manuel Vitor Curso - Edifícios FATEC - SP Faculdade de Tecnologia de São Paulo ACESSOS DE EDIFÍCIOS E CIRCULAÇÕES VERTICAIS - escadas Prof. Manuel Vitor Curso - Edifícios Normas pertinentes - NBR 9077/1993-2001 (Saídas de Emergência

Leia mais

- A sinalização com piso tátil não seguia o Projeto de Padronização de Calçadas da Prefeitura de Belo Horizonte, o que deve ser regularizado;

- A sinalização com piso tátil não seguia o Projeto de Padronização de Calçadas da Prefeitura de Belo Horizonte, o que deve ser regularizado; LAUDO DE 3 DE JULHO DE 2013 1. CALÇADAS Não havia sinalização com piso tátil de alerta junto às entradas de alguns dos estacionamentos, em desacordo com a NBR 9050, bem como não havia sinalização sonora

Leia mais

CADERNO DE ACESSIBILIDADE FÍSICA NA UFRN

CADERNO DE ACESSIBILIDADE FÍSICA NA UFRN 29a Reunião Brasileira de Antropologia - Caderno de Acessibilidade na UFRN Agosto/2014 UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO NORTE - UFRN CENTRO DE CIÊNCIAS HUMANAS, LETRAS E ARTES - CCHLA DEPARTAMENTO

Leia mais

Casa Rua de Gondarém e Avª Brasil Foz

Casa Rua de Gondarém e Avª Brasil Foz Casa Rua de Gondarém e Avª Brasil Foz Projecto Aprovado para Hotel de 4 Estrelas N/Refª 3388-H Índice 1 Localização e Envolvente 3 2 Descrição 5 3 Fotografias do existente 7 4 Projecto aprovado para Hotel

Leia mais

Recomendações: Participação política das pessoas com deficiência 1

Recomendações: Participação política das pessoas com deficiência 1 Recomendações: Participação política das pessoas com deficiência 1 1 Documento elaborado pelo Observatório da Deficiência e Direitos Humanos (ODDH) tendo por base recomendações propostas pela APD (Associação

Leia mais

PARQUE DE ESTACIONAMENTO RUA MÁRIO BOTAS

PARQUE DE ESTACIONAMENTO RUA MÁRIO BOTAS PARQUE DE ESTACIONAMENTO RUA MÁRIO BOTAS Estudo ÍNDICE 1 Introdução... 3 2 Localização... 4 2.1 Implantação... 4 2.2 Acessos... 5 3 Aspetos Funcionais... 6 4 Arranjos Exteriores... 8 Folha 2/8 1 Introdução

Leia mais

CENTRO UNIVERSITÁRIO CATÓLICO SALESIANO AUXILIUM MISSÃO SALESIANA DE MATO GROSSO MANTENEDORA

CENTRO UNIVERSITÁRIO CATÓLICO SALESIANO AUXILIUM MISSÃO SALESIANA DE MATO GROSSO MANTENEDORA INFRAESTRUTURA DA INSTITUIÇÃO DE EDUCAÇÃO SUPERIOR LABORATÓRIO DE ADMINISTRAÇÃO: Destinado à realização de aulas práticas. Sua infraestrutura está composta com 33 computadores interligados em redes com

Leia mais

CENTRO UNIVERSITÁRIO CATÓLICO SALESIANO AUXILIUM MISSÃO SALESIANA DE MATO GROSSO MANTENEDORA

CENTRO UNIVERSITÁRIO CATÓLICO SALESIANO AUXILIUM MISSÃO SALESIANA DE MATO GROSSO MANTENEDORA INFRAESTRUTURA DA INSTITUIÇÃO DE EDUCAÇÃO SUPERIOR LABORATÓRIO DE CONTABILIDADE: Destinado à realização de aulas práticas. Sua infraestrutura está composta com 32 computadores interligados em redes com

Leia mais

ALL FOR ALL PROGRAM portuguese tourism

ALL FOR ALL PROGRAM portuguese tourism ALL FOR ALL PROGRAM portuguese tourism ESTRATÉGIA TURISMO 2027 Promover o turismo para todos, numa ótica inclusiva: Sensibilização e capacitação das empresas e entidades para o turismo para todos ; Projetos

Leia mais

ANÚNCIO DIRECÇÃO DE SERVIÇOS DE INSTALAÇÕES E EQUIPAMENTOS. Classificação: Segurança: P ú b l i c a

ANÚNCIO DIRECÇÃO DE SERVIÇOS DE INSTALAÇÕES E EQUIPAMENTOS. Classificação: Segurança: P ú b l i c a MOD. 4.3 Classificação: 0 9 0. 2 0. 0 4 ANÚNCIO 1. Para a reinstalação de Serviços Públicos, o Estado pretende arrendar novas instalações para a Delegação Aduaneira de Elvas, nesta cidade, com as seguintes

Leia mais

Acessibilidade & Mobilidade para todos! Acessibilidade em edificações e mobilidade urbana, uma questão mais que social.

Acessibilidade & Mobilidade para todos! Acessibilidade em edificações e mobilidade urbana, uma questão mais que social. ETEC VASCO ANTONIO VENCHIARUTTI MEIO AMBIENTE/SANEAMENTO/EDIFICAÇÕES Acessibilidade & Mobilidade para todos! Acessibilidade em edificações e mobilidade urbana, uma questão mais que social. lamaripalma@hotmail.com

Leia mais

REQUALIFICAÇÃO E MODERNIZAÇÃO DA ESCOLA BÁSICA E SECUNDÁRIA DE MOIMENTA DA BEIRA

REQUALIFICAÇÃO E MODERNIZAÇÃO DA ESCOLA BÁSICA E SECUNDÁRIA DE MOIMENTA DA BEIRA REQUALIFICAÇÃO E MODERNIZAÇÃO DA ESCOLA BÁSICA E SECUNDÁRIA DE MOIMENTA DA BEIRA 01 02 Objetivo - Complexo escolar cumpra as exigências curriculares do ensino básico e secundário; Constitua uma referência

Leia mais

Mobilidade Urbana: Vantagens do VLT e a sua integração nas nossas cidades

Mobilidade Urbana: Vantagens do VLT e a sua integração nas nossas cidades Mobilidade Urbana: Vantagens do VLT e a sua integração nas nossas cidades Mobilidade Urbana: Vantagens do VLT e sua integração nas nossas cidades Introdução 1 O Transporte é um Setor Estratégico 2 É necessário

Leia mais

UI3. Requalificação da Praça Velha Rua Jornal do Fundão Rua 25 de Abril. Acção 2. Rua Jornal do Fundão Rua 25 de Abril

UI3. Requalificação da Praça Velha Rua Jornal do Fundão Rua 25 de Abril. Acção 2. Rua Jornal do Fundão Rua 25 de Abril UI3 Requalificação da Praça Velha Rua Jornal do Fundão Rua 25 de Abril Acção 2. Rua Jornal do Fundão Rua 25 de Abril requerente Câmara Municipal do Fundão projecto de arquitectura Março 2010 ÍNDICE GERAL

Leia mais

NEGÓCIOS. CULTURA. EXPERIÊNCIAS.

NEGÓCIOS. CULTURA. EXPERIÊNCIAS. NEGÓCIOS. CULTURA. EXPERIÊNCIAS. Forum Braga Inspirado na herança romana da capital do Minho, o Forum Braga é um novo centro incontornável da região norte e do país, com condições únicas e de excelência

Leia mais

CENTRO INTERGERACIONAL DE CAMPOLIDE ESTIMATIVA ORÇAMENTAL

CENTRO INTERGERACIONAL DE CAMPOLIDE ESTIMATIVA ORÇAMENTAL 1 CENTRO INTERGERACIONAL DE CAMPOLIDE ESTIMATIVA ORÇAMENTAL 1. Espaço Multiusos Área Bruta 500 m² Valor Estimado para a Empreitada: 100.000,00 a) Âmbito da intervenção:.promoção da acessibilidade universal,

Leia mais

Acessibilidade e Desenho Universal

Acessibilidade e Desenho Universal Acessibilidade e Desenho Universal DESENHO UNIVERSAL De acordo com as definições de Ron Mace (1991), É a criação de ambientes e produtos que podem ser usados por todas as pessoas na sua máxima extensão

Leia mais

Recomendações sobre Acessibilidade em Instalações Portuárias

Recomendações sobre Acessibilidade em Instalações Portuárias Recomendações sobre Acessibilidade em Instalações Portuárias Agência Nacional de Transportes Aquaviários ANTAQ GTT Náutico, 12 de novembro de 2014 Marco Legal de Acessibilidade Lei 10.048 Lei 10.098 Decreto

Leia mais

BRAGA. Altice Forum Braga. Localização Estratégica BRAGA BRAGA VIGO VIANA DO CASTELO PORTO MADRID LISBOA

BRAGA. Altice Forum Braga. Localização Estratégica BRAGA BRAGA VIGO VIANA DO CASTELO PORTO MADRID LISBOA Altice Forum Braga Inspirado na herança romana da capital do Minho, o Altice Forum Braga é um novo centro incontornável da região norte e do país, com condições únicas e de excelência para a realização

Leia mais

Legislação Portuguesa sobre Acessibilidade

Legislação Portuguesa sobre Acessibilidade Legislação Portuguesa sobre Acessibilidade João Branco Pedro Laboratório Nacional de Engenharia Civil V Congresso Português de Osteoporose Sociedade Portuguesa de Osteoporose e Doenças Ósseas Metabólicas

Leia mais

Acessibilidade de edifício Percurso acessível Funcionamento de elevador Centro Paroquial

Acessibilidade de edifício Percurso acessível Funcionamento de elevador Centro Paroquial Ofício N.º DSAJAL 199/17 Data 6 de fevereiro de 2017 Autor Ricardo da Veiga Ferrão Temáticas abordadas Acessibilidade de edifício Percurso acessível Funcionamento de elevador Centro Paroquial Notas 1 5

Leia mais

DESENHO UNIVERSAL 7 PRINCÍPIOS PARA PROJETAR RENATA MELLO ARQUITETA DA DIVERSIDADE

DESENHO UNIVERSAL 7 PRINCÍPIOS PARA PROJETAR RENATA MELLO ARQUITETA DA DIVERSIDADE DESENHO UNIVERSAL 7 PRINCÍPIOS PARA PROJETAR ARQUITETA DA DIVERSIDADE REFLEXÃO USUÁRIOS COMO SENTEM A ARQUITETURA DE HOJE? COMO SENTEM A ARQUITETURA DE HOJE? 1.CONFORTÁVEL??? ELEMENTO: LONGO PERCURSO LAVATÓRIO

Leia mais

orçamento participativo de lisboa o largo das belas-artes

orçamento participativo de lisboa o largo das belas-artes orçamento participativo de lisboa 2017 o largo das belas-artes o largo das belas-artes proposta de remodelação do largo da academia nacional de belas-artes A presente proposta visa melhorar as características

Leia mais

FORMULÁRIO DE CANDIDATURA AO PRÉMIO PRAIA + ACESSÍVEL 2018

FORMULÁRIO DE CANDIDATURA AO PRÉMIO PRAIA + ACESSÍVEL 2018 FORMULÁRIO DE CANDIDATURA AO PRÉMIO PRAIA + ACESSÍVEL 2018 Designação do Município: Responsável pela candidatura: Nome: Morada: E-mail: Fax: Telefone: 1. Qual a Zona Balnear que pretende candidatar a Praia

Leia mais

Ambientes. Acessibilidade ao edifício

Ambientes. Acessibilidade ao edifício Acessibilidade ao edifício PROGRAMA ARQUITETÔNICO MÓDULO BÁSICO DATA Ciclo I - Ciclo II - Ensino Médio M1 - M2 - M3 - M4 - M5 - M6 Outubro/ 2008 Ambientes DIRETRIZES DE PROJETO Os aspectos de acessibilidade

Leia mais

Arquiteta Silvana Cambiaghi

Arquiteta Silvana Cambiaghi Novo ambiente regulatório nos projetos de arquitetura Revisão da NBR 9050:2015 Lei Brasileira da Inclusão nº. 13.146/2015 Arquiteta Silvana Cambiaghi ACESSIBILIDADE Possibilidade e condição de alcance,

Leia mais

Projeto realizado em disciplina no curso de Engenharia Civil da Unijuí. 2

Projeto realizado em disciplina no curso de Engenharia Civil da Unijuí. 2 ANÁLISE DA ACESSIBILIDADE EM CALÇADAS E PASSEIOS NO MUNICÍPIO DE BOA VISTA DO BURICÁ 1 ANALYSIS OF ACCESSIBILITY IN FOOTWEAR AND TOURS IN THE MUNICIPALITY OF BOA VISTA DO BURICÁ Carla Letícia Hunhoff 2,

Leia mais

formação 163º mobilidade e acessibilidade para todos

formação 163º mobilidade e acessibilidade para todos formação 163º mobilidade e acessibilidade para todos 2010 1 Estrutura 1. Introdução Conceitos 1.1 O conceito de Acessibilidade e Mobilidade para Todos 1.2 As Barreiras Tipologias e Problemas 1.3 O Design

Leia mais

REFERENCIAL DE ACESSIBILIDADE E DE SERVIÇO INCLUSIVO BRENDAIT 2016 CARACTERIZAÇÃO GERAL DA ATIVIDADE DE ANIMAÇÃO TURÍSTICA

REFERENCIAL DE ACESSIBILIDADE E DE SERVIÇO INCLUSIVO BRENDAIT 2016 CARACTERIZAÇÃO GERAL DA ATIVIDADE DE ANIMAÇÃO TURÍSTICA REFERENCIAL DE ACESSIBILIDADE E DE SERVIÇO INCLUSIVO BRENDAIT 2016 GRELHA AT: - Ficha de Requisitos CARACTERIZAÇÃO GERAL DA ATIVIDADE DE ANIMAÇÃO TURÍSTICA NOME: ENDEREÇO: WEBSITE: ATIVIDADE: PESSOA DE

Leia mais

3. Edificado 3.6. Recreio. Capítulo II Levantamento e Diagnóstico. Plano Municipal de Acessibilidade Para Todos Município da Maia - Entrega Final

3. Edificado 3.6. Recreio. Capítulo II Levantamento e Diagnóstico. Plano Municipal de Acessibilidade Para Todos Município da Maia - Entrega Final - 3. Edificado 3.6. Recreio Março 2010 Paula Teles Unipessoal Lda. Rua de Monsanto, nº 512, 2º H 4250-288 Porto tel/fax: 228 314 142 / 228 328 116 tlm 969 122 227 www.paulateles.pt m.pt@paulateles.pt Levantamento

Leia mais

CENTRO DE EVENTOS FIERGS

CENTRO DE EVENTOS FIERGS CENTRO DE EVENTOS FIERGS CENTRO DE EVENTOS FIERGS Av. Assis Brasil, 8787-91140-001 - Porto Alegre - RS - Fone: (55) 51.3347 8636 Site: www.centrodeeventosfiergs.com.br E-mail: centrodeeventos@fiergs.org.br

Leia mais

RESULTADOS RELATIVOS A ALFÂNDEGA DA FÉ INDICADORES DO «CIDADES» (N = 314)

RESULTADOS RELATIVOS A ALFÂNDEGA DA FÉ INDICADORES DO «CIDADES» (N = 314) RESULTADOS RELATIVOS A ALFÂNDEGA DA FÉ INDICADORES DO «CIDADES» (N = 314) INDICADORES N % do total Os espaços públicos estão limpos? 240 77,92% Os espaços públicos são agradáveis? 256 83,12% Os espaços

Leia mais

TURISMO DE PORTUGAL. Paula Simões JUNHO

TURISMO DE PORTUGAL. Paula Simões JUNHO TURISMO DE PORTUGAL 24 JUNHO 2019 Paula Simões paula.simoes@tapadademafra.pt www.tapadademafra.pt Cansado da rotina? ENQUADRAMENTO E JUSTIFICAÇÃO: A Tapada Nacional de Mafra (TNM) tem uma área visitável

Leia mais

ERGONOMIA PRINCÍPIOS DO DESENHO UNIVERSAL

ERGONOMIA PRINCÍPIOS DO DESENHO UNIVERSAL ERGONOMIA PRINCÍPIOS DO DESENHO UNIVERSAL Conceito de Desenho Universal O Desenho Universal é um modo de concepção de espaços e produtos visando sua utilização pelo mais amplo espectro de usuários, incluindo

Leia mais

INFRA ESTRUTURA URBANA. Acessibilidade Urbana

INFRA ESTRUTURA URBANA. Acessibilidade Urbana INFRA ESTRUTURA URBANA Acessibilidade Urbana acessibilidade definição Acessibilidade: possibilidade e condição de alcance, para a utilização com segurança e autonomia, de edificações, espaços, mobiliário

Leia mais

BEPA 2016;13(156):31-38

BEPA 2016;13(156):31-38 Nesta edição Nº 20 Acessibilidade de pessoas com deficiência e mobilidade reduzida nos Serviços de Saúde da Secretaria de Estado da Saúde Accessibility to the people with disabilities and reduced mobility

Leia mais

Gabinete do Vereador Floriano Pesaro

Gabinete do Vereador Floriano Pesaro PROJETO DE LEI Nº 265/2012 Estabelece diretrizes para a Política Municipal sobre a utilização da Língua Brasileira de Sinais - LIBRAS e dá outras providências. A Câmara Municipal de São Paulo D E C R E

Leia mais

ANEXO REGULAMENTO DELEGADO DA COMISSÃO

ANEXO REGULAMENTO DELEGADO DA COMISSÃO COMISSÃO EUROPEIA Bruxelas, 31.5.2017 C(2017) 3574 final ANNEX 1 ANEXO do REGULAMENTO DELEGADO DA COMISSÃO que complementa a Diretiva 2010/40/UE do Parlamento Europeu e do Conselho no que diz respeito

Leia mais

TELEMAX LDA APRESENTAÇÃO DE PRODUTOS INTERCOMUNICADORES IP VIDEOPORTEIROS IP VIDEOTELEFONES IP

TELEMAX LDA APRESENTAÇÃO DE PRODUTOS INTERCOMUNICADORES IP VIDEOPORTEIROS IP VIDEOTELEFONES IP TELEMAX LDA APRESENTAÇÃO DE PRODUTOS INTERCOMUNICADORES IP VIDEOPORTEIROS IP VIDEOTELEFONES IP A Telemax Soluções Referências A TELEMAX - MISSÃO A Telemax é um fornecedor de soluções de segurança, líder

Leia mais

NORMAS ELEVADORES E DE ACESSIBILIDADE

NORMAS ELEVADORES E DE ACESSIBILIDADE ELEVADORES E S DE ACESSIBILIDADE Arquitetos e profissionais da construção civil tendem a começar suas pesquisas sobre acessibilidade buscando informações na 9050 ABNT NBR 9050:2015 Acessibilidade a edificações,

Leia mais

CASA DA ARQUITECTURA CENTRO PORTUGUÊS DE ARQUITECTURA

CASA DA ARQUITECTURA CENTRO PORTUGUÊS DE ARQUITECTURA CASA DA ARQUITECTURA CENTRO PORTUGUÊS DE ARQUITECTURA Localizada no centro da cidade de Matosinhos, a dois passos da linha da praia, a Casa da Arquitectura é uma estrutura que combina a excelência das

Leia mais

CINGLda. Construimos INOVAÇÃO

CINGLda. Construimos INOVAÇÃO CINGLda. Construimos INOVAÇÃO 1 CINGLda. Conteúdo Construimos INOVAÇÃO Apresentação 5 Prestações 7 Complexo industrial 9 Condomínio Empresarial de Requião Simplicidade e inovação 11 Plantas 17 Acessibilidades

Leia mais

Resultados dos inquéritos à população das cidades de Bragança, Chaves e Viana do Castelo:

Resultados dos inquéritos à população das cidades de Bragança, Chaves e Viana do Castelo: Resultados dos inquéritos à população das cidades de Bragança, Chaves e Viana do Castelo: Classificação dos inquiridos por sexo e nível de escolaridade - Bragança 12 1 8 6 4 F M 2 Ensino Básico Ensino

Leia mais

LAUDO ACESSIBILIDADE IFC CAMPUS CAMBORIÚ

LAUDO ACESSIBILIDADE IFC CAMPUS CAMBORIÚ LAUDO ACESSIBILIDADE IFC CAMPUS CAMBORIÚ CONSIDERAÇÕES INICIAIS Trata-se de um campus do IFC com edificações antigas, sendo que algumas delas passaram por reformas que ainda não contemplavam os critérios

Leia mais

Memória Descritiva e Justificativa Calendarização da Obra Fotografias

Memória Descritiva e Justificativa Calendarização da Obra Fotografias CÂMARA MUNICIPAL DE CARREGAL DO SAL 560 REMODELAÇÃO DAS FUTURAS INSTALAÇÕES DA LOJA DO CIDADÃO DE CARREGAL DO SAL RUA FRANCISCO SÁ CARNEIRO CARREGAL DO SAL PROJECTO DE ARQUITECTURA Memória Descritiva e

Leia mais

Rampas. Fabrícia Mitiko Ikuta e Verônica de Freitas

Rampas. Fabrícia Mitiko Ikuta e Verônica de Freitas Rampas Fabrícia Mitiko Ikuta e Verônica de Freitas RAMPAS: conceito De acordo com a Pontifícia Universidade Católica (2009), as rampas, diferentemente das escadas, podem se constituir meios de circulação

Leia mais

HOSPITAL DAS FORÇAS ARMADAS (HFAR)

HOSPITAL DAS FORÇAS ARMADAS (HFAR) HOSPITAL DAS FORÇAS ARMADAS (HFAR) O Hospital das Forças Armadas (HFAR), na dependência do Chefe do Estado-Maior- General das Forças Armadas desde maio de 2014, é um estabelecimento hospitalar militar,

Leia mais

Localização. pag. 01

Localização. pag. 01 Localização pag. 01 Localização pag. 02 HOTEL cais das pedras 108 unidades de alojamento 7428.00 m² área de construção de hotel 1100.00 m² área Health Club 124.00 m² área Comércio PISO +04 (0826.00m²)

Leia mais

PRIDE IPIRANGA RELATÓRIO DE ANDAMENTO DAS OBRAS PERÍODO MARÇO A MAIO DE 2017

PRIDE IPIRANGA RELATÓRIO DE ANDAMENTO DAS OBRAS PERÍODO MARÇO A MAIO DE 2017 PERÍODO MARÇO A MAIO DE 2017 Andamento das Obras Serviços concluídos até 31/05/2017 Fachadas Instalações hidráulicas, elétricas, interfones, alarme de incêndio, sistema de monitoramento e controle de acesso;

Leia mais

Rampas. Fabrícia Mitiko Ikuta e Verônica de Freitas

Rampas. Fabrícia Mitiko Ikuta e Verônica de Freitas Rampas Fabrícia Mitiko Ikuta e Verônica de Freitas RAMPAS: CONCEITO De acordo com a Pontifícia Universidade Católica (2009), as rampas, diferentemente das escadas, podem se constituir meios de circulação

Leia mais

Centro de Acolhimento de Crianças Fundação Cecília Zino

Centro de Acolhimento de Crianças Fundação Cecília Zino Centro de Acolhimento de Crianças Fundação Cecília Zino PROGRAMA encomenda.oasrs.org Índice 1. Preâmbulo 2 2. Objetivos 3 3. Área de intervenção 4 4. Programa de intervenção 6 5. Considerações 7 6. Estimativa

Leia mais

RESULTADOS RELATIVOS A GONDOMAR INDICADORES DO «CIDADES»

RESULTADOS RELATIVOS A GONDOMAR INDICADORES DO «CIDADES» RESULTADOS RELATIVOS A GONDOMAR INDICADORES DO «CIDADES» INDICADOR TOTAL QUE ASSINALA O ITEM (N) % NO TOTAL DE INQUIRIDOS Os espaços públicos estão limpos? 28 46% Os espaços públicos são agradáveis? 31

Leia mais

REQUALIFICAÇÃO DO MERCADO MUNICIPAL DA CRUZ DE PAU - AMORA REQUALIFICAÇÃO DO MERCADO MUNICIPAL DA CRUZ DE PAU

REQUALIFICAÇÃO DO MERCADO MUNICIPAL DA CRUZ DE PAU - AMORA REQUALIFICAÇÃO DO MERCADO MUNICIPAL DA CRUZ DE PAU REQUALIFICAÇÃO DO MERCADO MUNICIPAL DA CRUZ DE PAU LOCALIZAÇÃO O Mercado Municipal da Cruz de Pau localiza-se na Praça do Douro, no interior de um quarteirão com acessos a partir da Rua Foros de Amora

Leia mais

Plano de Acessibilidade Plano de promoção de acessibilidade e atendimento às pessoas

Plano de Acessibilidade Plano de promoção de acessibilidade e atendimento às pessoas MANTIDA INSTITUIÇÃO PAULISTA DE ENSINO E CULTURA - IPEC Plano de Acessibilidade Plano de promoção de acessibilidade e atendimento às pessoas com deficiência O Decreto no. 914, de 6 de setembro de 1993

Leia mais