Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto. Licenciatura em Engenharia Electrotécnica e de Computadores

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto. Licenciatura em Engenharia Electrotécnica e de Computadores"

Transcrição

1 Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto Licenciatura em Engenharia Electrotécnica e de Computadores 4º Ano, 2º Semestre Planeamento e Controlo da Produção /2001 Relatório do trabalho Prático AVALIAÇÃO João Bilber, Álvaro Magalhães Trabalho concluído em: 19 / 06/ 1999 Docente: Engº Américo Azevedo

2 INTRODUÇÃO NESTE TRABALHO PRETENDE-SE APRESENTAR UMA AVALIAÇÃO PROMENORIZADA DE UM SISTEMA DE INFORMAÇÃO EMPRESARIAL, DE UMA EMPRESA NORTE-AMERICANA DE NOME PEOPLESOFT. ESSA AVALIAÇÃO SERÁ FEITA BASEADA PRIMEIRAMENTE NUMA AUTO-AVALIAÇÃO FEITA PELA PRÓPRIA EMPRESA, ATRAVÉS DO SEU SITE DE INTERNET, E QUE VAI ESTAR SUJEITA À NOSSA PRÓPRIA CRITICA. EM SEGUIDA FAREMOS UMA BREVE INCURSÃO PELOS DIVERSOS MÓDULOS QUE CONSTITUEM O SOFTWARE DA PEOPLESOFT TENTANDO DEPOIS DE UM FORMA CRÍTICA AVALIAR OS SEUS CONTEÚDOS, E MAIS TARDE ENCONTRAR AVALIAÇÕES FEITAS POR OUTRAS ENTIDADES, A ESTE SOFTWARE. ESCOLHA DO SISTEMA DE INFORMAÇÃO EMPRESARIAL TENDO EM CONTA A EVOLUÇÃO DESTE TIPO DE SISTEMAS, DÍFICILMENTE SE ENCONTRAM NO MERCADO ACTUAL, SOLUÇÕES DO TRADICIONAL ERP, EXISTINDO ACTUALMENTE DE UMA FORMA PARALELA, O CHAMADO SISTEMA SUPPLY CHAIN MANAGEMENT. NA PRÓPRIA PEOPLESOFT FOI ISSO MESMO QUE CONSTATÁMOS, JÁ QUE ELES FAZEM MUITO POUCAS REFERÊNCIAS A ESTA SOLUÇÃO DE SOFTWARE(ERP). FOI ENTÃO NO SISTEMA SCM QUE BASEAMOS A NOSSA AVALIAÇÃO, TENDO A PEOPLESOFT SIDO A EMPRESA ESCOLHIDA. 2

3 PEOPLESOFT O QUE É? O QUE FAZ? PEOPLESOFT NASCE EM 1987, DESENVOLVENDO E DESENHANDO APLICAÇÕES DE GESTÃO EMPRESARIAL BASEADAS NUMA INOVADORA TECNOLOGIA PARA A ALTURA. DESENVOLVE SOLUÇÕES DE COMÉRCIO ELECTRÓNICO PARA O CRM, GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS, ÁREA FINANCEIRA, DISTRIBUIÇÃO, PRODUÇÃO E GESTÃO. AS APLICAÇÕES DA PEOPLESOFT SUPÕE UMA GRANDE FLEXIBILIDADE E RAPIDEZ DE ADAPTAÇÃO E IMPLANTAÇÃO DE NOVAS SITUAÇÕES DE NEGÓCIO, SOBRE DIVERSOS SISTEMAS OPERATIVOS E GESTORES DE BASES DE DADOS; O SEU SOFTWARE APOIA-SE NUM COMPLETO PROGRAMA DE CONSULTORIA, FORMAÇÃO E SUPORTE E SUPORTE TÉCNICO; O SEU OBJECTIVO FUNDAMENTAL É PÔR AO ALCANCE DOS SEUS CLIENTES, AS MELHORES FERRAMENTAS E SOLUÇÕES DE GESTÃO EMPRESARIAL, COM UM ESFORÇADO SERVIÇO DE ATENÇÃO AO CLIENTE, COLABORANDO PARA ISSO COM AS PRINCIPAIS EMPRESAS DE SERVIÇOS E TECNOLOGIA. OUTRO DOS OBJECTIVOS É O DE PREVER UMA SOLUÇÃO GLOBAL, QUE PERMITA UMA CONTÍNUA ADEQUAÇÃO A NOVAS SITUAÇÕES ( com a flexibilidade de implementar uma única aplicação ou uma solução completa e integrada ); SOFTWARE DENTRO DAS SOLUÇÕES DE GESTÃO DE PROCESSOS, O SOFTWARE COMPREENDE SOLUÇÕES A NÍVEL DE RECURSOS HUMANOS ( administração de pessoal, contratações, gestão de carreiras, salários, formação,etc...), SOLUÇÕES A NÍVEL DE GESTÃO DE TRESOURARIA ( gastos, contas, cobranças ), GESTÃO DE PROJECTOS ( máxima rentabilidade de um projecto,etc...) E GESTÃO DE RENDIMENTO; OS SISTEMAS DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS COMBINAM A TECNOLOGIA MAIS AVANÇADA COM A EXPERIÊNCIA EMPRESARIAL. 3

4 O SEU SOFTWARE PERMITE ATRAVÉS, DA CHAMADA ANALITICA DE RECURSOS, GERIR SALÁRIOS, BENEFÍCIOS, PROPOSTAS DE TRABALHO E FUTURAS OPORTUNIDADES PARA AJUDAR A CONTRATAR OS MELHORES PROFISSIONAIS. SERVIÇOS A PEOPLESOFT GABA-SE PRINCIPALMENTE, DO SEU SERVIÇO AO CLIENTE, SENDO ESSE O SEU MAIOR SLOGAN!!! A SUA ATENÇÃO É COMPLETAMENTE DIRECIONADA AO CLIENTE ( dizem eles!!! ), PENSANDO ELES QUE ESSA ATENÇÃO E O SEU COMPROMISSO E VOCAÇÃO DE SERVIÇO NÃO TEM COMPARAÇÃO NA INDUSTRIA DE SOFTWARE!!?? A SUA GRANDE PREOCUPAÇÃO É SOLUCIONAR PEQUENOS OU GRANDES PROBLEMAS ESPECIFICOS DE CADA CLIENTE, PRESTANDO-LHES SERVIÇOS DE GRANDE QUALIDADE. TODO O SEU SERVIÇO É APOIADO PELAS ESTREITAS RELAÇÕES QUE TÊM DESENVOLVIDO COM OS PRINCIPAIS FABRICANTES DE HARDWARE, BASES DE DADOS E SOFTWARE EM GERAL; TODA ESTA INTERAJUDA EXISTENTE VAI TORNANDO A EMPRESA MAIS FORTE. UM DOS PROBLEMAS TÍPICO DOS SEUS CLIENTES, É A ADAPTAÇÃO DE SISTEMAS ANTIQUADOS, QUE JÁ NÃO COBREM AS SUAS NECESSIDADES A SOLUÇÕES FLEXÍVEIS, PREPARADAS PARA SE ADAPTAR ÀS ALTERAÇÕES ESTRUTURAIS DA ACTUALIDADE. PARA CONCLUSÃO DESTE CAPÍTULO, TRANSCREVE-SE AGORA UMA FRASE ENCONTRADA NO SITE OFICIAL DA EMPRESA, QUE DEMONSTRA ATRAVÉS DO TIPO DE DISCURSO TUDO O QUE FOI DITO ANTERIORMENTE DANDO MAIS UMA VEZ ENFÂSE AO SEU MAIOR SLOGAN : 4

5 SOMOS UM RECONHECIDO LÍDER DA INDUSTRIA, PELA NOSSA FIRME DETERMINAÇÃO EM CUMPRIR OS REQUESITOS DE NEGÓCIO DOS NOSSOS CLIENTES, OFERECENDO-LHES A FUNCIONALIDADE E FLEXIBILIDADE NECESSÁRIOS. PENSAMOS QUE ESTA AFIRMAÇÃO DIZ TUDO ACERCA DOS PROPÓSITOS DA EMPRESA; AGORA O QUE DEVEMOS REALÇAR È QUE ESTE DISCURSO É MUITO BONITO MAS É NECESSÁRIO VÊ-LO EM PRÁCTICA, E NESSE ASPECTO TALVEZ NOS SURJAM ALGUMAS DÚVIDAS, JÁ QUE AS POTENCIALIDADES QUE A EMPRESA DEMONSTRA TER A ESTE NÍVEL DE GESTÃO, PARECEM SÓ DAR FRUTOS NO SEU PAÍS DE ORIGEM ( o que já nem é mau!! ) NÃO EXISTINDO AINDA UMA PROFUNDA INFLUÊNCIA, NO MERCADO EUROPEU, ISTO APESAR DE SEREM VICE-LIDERES NO MERCADO DOS SISTEMAS DE INFORMAÇÃO. É NOTÓRIA A SUA PREOCUPAÇÃO EM IREM AO ENCONTRO DO CLIENTE, TENTANDO ENCONTRAR EM CADA CLIENTE, UMA SITUAÇÃO PARTICULAR (PERSONALIZAÇÃO); A NOSSA AVALIAÇÃO DE UMA SOLUÇÃO DE SOFTWARE, FICARÁ SEMPRE MUITO LIMITADA AO FACTO, DE QUE NÃO TIVEMOS DISPONIBILIZADO O SOFTWARE EM SI, PARA UMA AVALIAÇÃO DIRECTA FEITA MEDIANTE A NOSSA OBSERVAÇÃO DESSE SOFTWARE!! O SITE OFICIAL DA EMPRESA, NÃO AJUDA MUITO NESSE ASPECTO, E MESMO QUANDO TENTÁMOS PESQUISAR NOUTROS SITES, ALGUMA CRÍTICA(POSITIVA OU NEGATIVA), ESBARRAMOS SEMPRE COM O FACTO QUE AS REFERENCIAS À EMPRESA NUNCA SÃO PARA ANALIZAR AS SUAS SOLUÇÕES OU PRODUTOS, MAS SIM PARA FINS COMERCIAIS(CONSULTADORIA); 5

6 AVALIAÇÃO APRESENTÁMOS EM SEGUIDA UMA BREVE DESCRIÇÃO DOS DIVERSOS MÓDULOS QUE CONSTITUEM O SCM, TENTANDO SER OBJECTIVOS NA EXPLICAÇÃO DA SUA FUNÇÃO: SUPPLY CHAIN MANAGEMENT ESTA SOLUÇÃO DA PEOPLESOFT AJUDA A FOCALIZAR O SEU TEMPO E OS SEUS TALENTOS EM ACTIVIDADES DE VALOR ACRESCENTADO COMO A GERÊNCIA EM CONJUNTO DE PRODUTOS COM FORNECEDORES E CLIENTES. ESTAS SOLUÇÕES PERMITIRÃO TAMBÉM QUE SE USE RECURSOS DO SUPPLY CHAIN PARA BARRAR A ENTRADA AO COMPETIDOR, NOS SEUS MERCADOS. UM EXEMPLO DISSO É A NOVA SOLUÇÃO PROMOTIONS MANAGEMENT QUE PERMITE A OPTIMIZAÇÃO COMPLETA DA DESPESA DO COMÉRCIO DE FUNDO. EM SEGUIDA FAREMOS UMA BREVE ANÁLISE DOS CONTEÚDOS DOS DIVERSOS MÓDULOS, QUE COMPÕEM ESTE SOFTWARE: After Sales Service ESTA SOLUÇÃO PERMITE COMPREENDER MELHOR O SEU CLIENTE, DÁ- LHE O FEEDBACK DAS SUAS EXPECTATIVAS, E AJUDA A RESOLVER-LHE OS PROBLEMAS, CULMINANDO EM RELACIONAMENTOS POSITIVOS A LONGO PRAZO. VER-SE-Á TAMBÉM OS IMPACTOS DA INTRODUÇÃO DE NOVO PRODUTO, DAS MUDANÇAS DO PRODUTO, E DA SUA ACEITAÇÃO. PODE-SE EXATAMENTE MEDIR O CUSTO E O IMPACTO DAS MUDANÇAS COM A SUA BASE INSTALADA DO PRODUTO. Customer Account Management OS FUNCIONÁRIOS DAS VENDAS PRECISAM DESTE MÓDULO PARA O ACESSO FÁCIL À INFORMAÇÃO EXACTA, EM TEMPO REAL, QUE CUBRA O CICLO DE VIDA DO CLIENTE E O CONTACTO INICIAL, COM A AQUISIÇÃO, ON-GOING, MERCHANDISING E SUPORTE. TAMBÉM TERÃO ANÁLISES QUE PERFILA OS MELHORES PROSPECTOS DE CLIENTES E MEDEM A EFICÁCIA 6

7 DE TODOS OS PROGRAMAS QUE VENDEM E LHES PRESTA SERVIÇOS DE MANUTENÇÃO. Customer Contact Management MANTER A CONTINUIDADE É ESSENCIAL PARA EXCEDER AS EXPECTATIVAS DO CLIENTE. COM ESTE MÓDULO PODE-SE ALCANÇAR TODAS AS TRANSAÇÕES DE NEGÓCIOS E SUPORTAR PROCESSOS QUE SE NECESSITA PARA LEVAR OS CLIENTES A UMA EXPERIÊNCIA POSITIVA EM CADA ITERAÇÃO - PROMOÇÕES, O PAGAMENTO DA CONTA, E SERVIÇO PÓS- VENDA. NÃO HÁ NENHUM LIMITE ENTRE A GESTÃO DO CONTATO DO CLIENTE E A CADEIA DE FORNECIMENTO QUE SUPORTA A TRANSAÇÃO. Customer Fulfillment solution NEGOCIANDO A QUANTIDADE E FIXANDO O PREÇO PARA UMA ORDEM, ORDEM DE CONFIGURAÇÃO, A COLHEITA E A DISTRIBUIÇÃO, A RECEPÇÃO E O PAGAMENTO DA ORDEM, O CLIENTE E O FORNECEDOR DEVEM NEGOCIAR UMA SÉRIE COMPLEXA DE INTERACÇÕES QUE REQUEREM UMA VIGILÂNCIA A CADA ETAPA. A SOLUÇÃO CUSTOMER FULFILLMENT SOLUTION REMOVE OS ATRASOS INERENTES A TODO O PROCESSO, INCORPORA AS EXIGÊNCIAS ORIGINAIS DOS CLIENTES, E FORNECE A VISIBILIDADE GLOBAL EM ORDENS, EM INVENTÁRIO E EM PRODUÇÃO. CONFIGURA CADA APLICAÇÃO PARA MODALIDADES MÚLTIPLAS DE NEGÓCIO E CANAIS DE DISTRIBUIÇÃO, PARA ACOMODAR EXIGÊNCIAS E TESTES PADRÕES DE CRESCIMENTO E MUDANÇA. Customer Self-service ESTE MÓDULO PROCESSA COMUNICAÇÕES DO CLIENTE EM TEMPO REAL PARA ORDENS, PEDIDOS DO SERVIÇO, RETORNOS E MESMO QUEIXAS. COM ESTA SOLUÇÃO OS SEUS CLIENTES PODEM FAZER O NEGÓCIO À SUA CONVENIÊNCIA. POR SUA VEZ, PODE-SE ATRAIR CLIENTES NOVOS E 7

8 SOLIDIFICAR OS RELACIONAMENTOS EXISTENTES DO CLIENTE. GANHA-SE O ACESSO BARATO AOS MERCADOS NOVOS. REDUZ-SE CUSTOS INTEGRANDO OS SISTEMAS, BASES DE DADOS, E CANAIS DE COMUNICAÇÕES. Materials Management ESTE MÓDULO ALINHA NA OBTENÇÃO DE PROCESSOS E POLÍTICAS DO INVENTÁRIO COM AS OPERAÇÕES DOS SEUS FORNECEDORES E CLIENTES CHAVE. O SISTEMA INTEGRA AS SUAS ORGANIZAÇÕES DA FONTE INTERNA E DA ENTREGA, A ORGANIZAÇÕES PARA AJUDAR A CONVERTER O CLIENTE EM ACÇÕES DO FORNECIMENTO -- DAR FORMA A UMA COMUNICAÇÃO NA INTERNET PARA TODAS SUAS TRANSAÇÕES DA FONTE. COMEÇAR-SE-À POR FAZER OPÇÕES PARA A ENTRADA NO EBUSINESS SUPPLY-SIDE INCLUINDO O PEOPLESOFT EPROCUREMENT E PEOPLESOFT MARKETPLACE. Product life cycle Management A ARQUITETURA FLEXÍVEL DESTE MÓDULO, AJUDA A AUMENTAR A VELOCIDADE PARA O MERCADO MELHORANDO A COLABORAÇÃO E MUDANDO O AJUSTE ATRAVÉS DA EMPRESA. ESTA APLICAÇÃO DÁ A UM NOVO PRODUTO, A ESTRUTURA, O WORKFLOW E A VISIBILIDADE À PARTE DO MERCADO, E CONTROLA O SEU CICLO DE VIDA. A COLABORAÇÃO E A COMUNICAÇÃO COM OS FORNECEDORES E OS SUBCONTRATANTES SÃO ACELERADAS E FACILITADAS, AJUDANDO A MELHORAR A POSIÇÃO DO NOVO PRODUTO, NÃO SOMENTE COMO O PRIMEIRO NO MERCADO MAS TAMBÉM COMO PRIMEIRO VOLUME. Production management NO AMBIENTE DE PRODUÇÃO DOS DIAS DE HOJE, AS COMPANHIAS DEVEM ALCANÇAR A FLEXIBILIDADE MELHORANDO A EXATIDÃO PREVISTA. COM ESTE MÓDULO RESPONDE-SE ÀS MUDANÇAS DE VONTADE DO CLIENTE, 8

9 DE MODO QUE SE POSSA PROJECTAR MAIS FLEXIBILIDADE NOS PRODUTOS E OS JUNTAR ÀS ORDENS DO CLIENTE. ESTA SOLUÇÃO DE GESTÃO DA PRODUÇÃO PERMITE ÀS COMPANHIAS DESENVOLVER VERDADEIRAS OPERAÇÕES DE PRODUÇÃO DO TIPO DISCRETO, REPETITIVO, FLUTUANTE OU AMBIENTES HÍBRIDOS, ASSIM QUE SE POSSA GERIR E CONTROLAR AS SUAS OPERAÇÕES, UNIFORMENTE DURANTE TODO OS PROGRAMAS DE MELHORIA. Supplier Relatioship Management O SRM É UMA SOLUÇÃO DETALHADA QUE TRÁS VANTAGENS COMPETITIVAS PERMITINDO UTILIZAR A SUA BASE DA FONTE PARA QUE SE RESPONDA MAIS EFICAZMENTE À ENTREGA AO CLIENTE. USANDO AS APLICAÇÕES QUE LHE AJUDAM A DEFINIR E CONTROLAR OS SEUS RELACIONAMENTOS COM O FORNECEDOR, PODE-SE FACILMENTE COMPARTILHAR INFORMAÇÃO E ADICIONAR MUTUAMENTE BENEFICIOS NO NEGÓCIO, INCLUINDO O PROJECTO DO PRODUTO, O SOURCING, A OBTENÇÃO, E A GESTÃO DA CADEIA DE FORNECIMENTO. A PLATAFORMA PEOPLESOFT'S COLLABORATIVE COMMERCE PLATFORM FORNECE A ESTRUTURA PARA A INTERACÇÃO DINÂMICA COM SEUS FORNECEDORES -- PERMITINDO QUE SE AUMENTE A SUA AGILIDADE, E USA A SUA BASE DE FORNECIMENTO PARA ENTREGAR O VALOR ACRESCENTADO AO ACCIONISTA. Supply Chain Planning ESTE MÓDULO PROMOVE A COLABORAÇÃO COM SEUS CANAIS DE ENTREGA E FORNECEDORES, ENCORAJANDO OS CLIENTES E MEMBROS DA EQUIPA A CONTRIBUIR PARA O DESENVOLVIMENTO PREVISTO. RESPONDER RAPIDAMENTE AOS EVENTOS E ÀS MUDANÇAS NA SUA CADEIA DE FORNECIMENTO, USANDO O TEMPO REAL PARA CONTROLO DAS PRIORIDADES FUTURAS. O ALOCAMENTO DA PARTE CORRESPONDENTE PERMITE-O DESENVOLVER UM SISTEMA RULE-BASED PRIORITIZATION SYSTEM PARA DISTRIBUIR A CADEIA PARA ENTREGA; AS FERRAMENTAS 9

10 DE SIMULAÇÃO E A ANÁLISE AJUDAM A AVALIAR CENÁRIOS E POLÍTICAS DIFERENTES. EProcurement Solutions ESTE MÓDULO FORNECE UMA RELAÇÃO WEB-BASED INTERFACE PARA MILHARES DE UTILIZADORES DENTRO DA SUA EMPRESA PARA CONTROLAR BENS E PRESTAR BONS SERVIÇOS DE FORNECIMENTO, AUTORIZAÇÕES, COMPRA E RETORNO. FORNECENDO O ACESSO AOS CATÁLOGOS EM LINHA, AUTORIZAÇÃO AOS WORKFLOWS AUTOMATIZADOS, E AOS MOLDES EASY-TO-USE, ESTE MÓDULO TAMBÉM GUIA OS EMPREGADOS PARA O PROCESSO DE COMPRA. BREVE ANÁLISE* *nossa análise UM SCM DE UM MODO GERAL PRETENDE SER, UMA SOLUÇÃO INFORMÁTICA, QUE CUBRA TODA A CADEIA DE FORNECIMENTO, PERMITINDO UMA GESTÃO EFICAZ DE TODOS PARAMETROS DOS QUAIS ESSA CADEIA DEPENDE, ISTO É, QUE CONTENHA POR EXEMPLO MÓDULOS DE PLANEAMENTO DA PROCURA, GERAÇÃO DE PROPOSTAS E NEGOCIAÇÃO DE ENCOMENDAS, OPTIMIZAÇÃO E DESENHO DE REDES, E-COMMERCE, GESTÃO DE TRANSPORTES, PRODUÇÃO, GESTÃO DISTRIBUIÇÃO, ANÁLISE DE CENÁRIOS WHAT IF. ORA O QUE NOS FOI DADO OBSERVAR POR ESTA DESCRIÇÃO, É QUE DE FACTO ESTE PRODUTO DA PEOPLESOFT PARECE CUMPRIR, À PARTIDA, OS REQUESITOS MÍNIMOS QUE SE PODE EXIGIR NESTE SISTEMA. DE FACTO A RELAÇÃO CLIENTE-FORNECEDOR ESTÁ SEMPRE MUITO BEM VINCADA EM QUASE TODOS OS MÓDULOS, QUE SÃO POSTOS À DISPOSIÇÃO, NESTE SOFTWARE, NOTANDO-SE UM ESFORÇO ACRESCIDO PARA FACILITAR TODO O TIPO DE RELAÇÕES E ACÇÕES ENTRE O UTILIZADOR E TODA A CADEIA DE FORNECIMENTO. PENSAMOS QUE ESTE SISTEMA DE INFORMAÇÃO COBRIRÁ MINIMAMENTE QUASE TODOS OS ASPECTOS IMPORTANTES NESTA ÁREA DA GESTÃO EMPRESARIAL. É DE SALIENTAR O FACTO DE QUE 10

11 NÃO ENCONTRÁMOS INDÍCIOS DE MÓDULOS PARA ANÁLISE DE CENÁRIOS WHAT IF E TAMBÉM A GESTÃO DE TRANSPORTES. USÁMOS COMO REFERÊNCIA PARA COMPARAÇÃO, UM SOFTWARE IDÊNTICO, CRIADO POR UMA DAS EMPRESAS LIDERES DESTE MERCADO DE SOLUÇÕES INFORMÁTICAS(SCM) QUE FOI A EMPRESA I2 TECHNOLOGY. ESTA EMPRESA POSSUÍ MÓDULOS DE CAPACIDADE, LOGISTICA, FINANCEIRO, MÓDULOS PARA DETERMINAR COMO PLANEAR EM TEMPO REAL, MÓDULOS PARA EXECUTAR E ENTREGAR REDES, ENQUANTO EXECUTA A ORDEM COM EXACTIDÃO. ELES TÊM ALGUMAS DIFERENÇAS CHAVE QUE OS DISTINGUEM, COMO POR EXEMPLO SOLUÇÕES DE PLANEAMENTO E EXECUÇÃO MAXIMIZANDO A VELOCIDADE DA CADEIA DE PRODUÇÃO, FORNECENDO A VISIBILIDADE PARA TER UMA ELEVADA OPTIMIZAÇÃO NO PLANO E EXECUÇÃO DAS ENTREGAS, FORNECIMENTO, EXECUÇÃO E SERVIÇOS ATRAVÉS DE MÚLTIPLAS EMPRESAS DISTRIBUIDAS. O GRANDE SLOGAN DA PEOPLESOFT (ORIENTAÇÃO AO CLIENTE), ESTÁ BEM VINCADO E PRESENTE EM QUASE TODOS OS MÓDULOS DO SOFTWARE(É PENA QUE NÃO PUDÉSSEMOS TER ACESSO AO SOFTWARE PARA PODER CONFIRMAR ISSO), E ESSA PRESENÇA ATÉ TALVES SEJA DEMASIADA, HAVENDO UM DESPREZO EM RELAÇÃO A OUTROS ASPECTOS DESTE TIPO DE SISTEMAS QUE TAMBÉM SÃO IMPORTANTES. MAS ESTA SITUAÇÃO É NORMAL HOJE EM DIA, JÁ QUE TEM QUE SER AS EMPRESAS DESTE TIPO DE SOFTWARE A IR DE ENCONTRO DE NOVOS CLIENTES, PELO QUE SÓ SE TEM UM CONHECIMENTO EXACTO DUM TIPO DE SOFTWARE, DEPOIS DE VER A APRESENTAÇÃO DO SOFTWARE POR PARTE DO VENDEDOR. CONCLUSÕES FOI MUITO DIFÍCIL FAZER ESTE TRABALHO, PORQUE USÁMOS COMO NOSSA ÚNICA FONTE DE INFORMAÇÃO A INTERNET, E PESQUISÁMOS IMENSAS PÁGINAS QUE FALÁSSEM DE ASSUNTOS RELACIONADOS COM O SCM, MAS O QUE ENCONTRÁMOS FOI MUITO POUCO. TAMBÉM 11

12 PESQUISÁMOS VENDEDORES E CONSULTORES, MAS A INFORMAÇÃO POR ELES FORNECIDA FOI MUITO POUCA. TENTÁMOS TAMBÉM ENCONTRAR COMENTÁRIOS EM REVISTAS ESPECIALIZADAS EM SOFTWARE DE GESTÃO MAS O RESULTADO TAMBÉM FOI FRACO. 12

Qualidade em e-serviços multicanal

Qualidade em e-serviços multicanal Qualidade em e-serviços multicanal Em anos recentes temos assistido a um grande crescimento dos serviços prestados pela internet (e-serviços). Ao longo deste percurso, os e-serviços têm também adquirido

Leia mais

Sistemas Integrados ASI - II

Sistemas Integrados ASI - II Sistemas Integrados ASI - II SISTEMAS INTEGRADOS Uma organização de grande porte tem muitos tipos diferentes de Sistemas de Informação que apóiam diferentes funções, níveis organizacionais e processos

Leia mais

Apresentação de Solução

Apresentação de Solução Apresentação de Solução Solução: Gestão de Altas Hospitalares Unidade de negócio da C3im: a) Consultoria e desenvolvimento de de Projectos b) Unidade de Desenvolvimento Área da Saúde Rua dos Arneiros,

Leia mais

Unidade IV MERCADOLOGIA. Profº. Roberto Almeida

Unidade IV MERCADOLOGIA. Profº. Roberto Almeida Unidade IV MERCADOLOGIA Profº. Roberto Almeida Conteúdo Aula 4: Marketing de Relacionamento A Evolução do Marketing E-marketing A Internet como ferramenta As novas regras de Mercado A Nova Era da Economia

Leia mais

SPEKTRUM SOLUÇÕES DE GRANDE PORTE PARA PEQUENAS E MÉDIAS EMPRESAS SPEKTRUM SAP Partner 1

SPEKTRUM SOLUÇÕES DE GRANDE PORTE PARA PEQUENAS E MÉDIAS EMPRESAS SPEKTRUM SAP Partner 1 SPEKTRUM SOLUÇÕES DE GRANDE PORTE PARA PEQUENAS E MÉDIAS EMPRESAS SPEKTRUM SAP Partner 1 PROSPERE NA NOVA ECONOMIA A SPEKTRUM SUPORTA A EXECUÇÃO DA SUA ESTRATÉGIA Para as empresas que buscam crescimento

Leia mais

Objetivos. Universo. Transformação. Administração 10/10/2012. Entender as definições de e-business e e- commerce;

Objetivos. Universo. Transformação. Administração 10/10/2012. Entender as definições de e-business e e- commerce; Objetivos Administração Profª Natacha Pouget Módulo: Gestão de Inovação e Ativos Intangíveis Tema da Aula: E-Business e Tecnologia da Informação I Entender as definições de e-business e e- commerce; Conhecer

Leia mais

FUND DE SI SISTEMAS INTEGRADOS ERP SCM CRM

FUND DE SI SISTEMAS INTEGRADOS ERP SCM CRM FUND DE SI SISTEMAS INTEGRADOS ERP SCM CRM 5/5/2013 1 ERP ENTERPRISE RESOURCE PLANNING 5/5/2013 2 1 Os SI nas organizações 5/5/2013 3 Histórico Os Softwares de SI surgiram nos anos 60 para controlar estoque

Leia mais

ISO 9000:2000 Sistemas de Gestão da Qualidade Fundamentos e Vocabulário. As Normas da família ISO 9000. As Normas da família ISO 9000

ISO 9000:2000 Sistemas de Gestão da Qualidade Fundamentos e Vocabulário. As Normas da família ISO 9000. As Normas da família ISO 9000 ISO 9000:2000 Sistemas de Gestão da Qualidade Fundamentos e Vocabulário Gestão da Qualidade 2005 1 As Normas da família ISO 9000 ISO 9000 descreve os fundamentos de sistemas de gestão da qualidade e especifica

Leia mais

PHC Workflow CS. O controlo e a automatização de processos internos

PHC Workflow CS. O controlo e a automatização de processos internos PHC Workflow CS O controlo e a automatização de processos internos A solução que permite que um conjunto de acções a executar siga uma ordem pré-definida, de acordo com as normas da empresa, aumentando

Leia mais

Elementos das Organizações

Elementos das Organizações Elementos das Organizações > Teoria das Organizações > Teoria dos Sistemas (TGS) > Componentes das Organizações / Ambiente Recursos Estratégia Objectivos Estrutura Processos Regras Cultura Politica Pessoas

Leia mais

Aumente o potencial da força de vendas da empresa ao fornecer-lhe o acesso em local remoto à informação comercial necessária á à sua actividade.

Aumente o potencial da força de vendas da empresa ao fornecer-lhe o acesso em local remoto à informação comercial necessária á à sua actividade. Descritivo completo PHC dcrm Aumente o potencial da força de vendas da empresa ao fornecer-lhe o acesso em local remoto à informação comercial necessária á à sua actividade. Benefícios Acesso aos contactos

Leia mais

ERP. Enterprise Resource Planning. Planejamento de recursos empresariais

ERP. Enterprise Resource Planning. Planejamento de recursos empresariais ERP Enterprise Resource Planning Planejamento de recursos empresariais O que é ERP Os ERPs em termos gerais, são uma plataforma de software desenvolvida para integrar os diversos departamentos de uma empresa,

Leia mais

Avaliação de Investimentos Logísticos e. Outsourcing Logístico

Avaliação de Investimentos Logísticos e. Outsourcing Logístico APLOG Centro do Conhecimento Logístico Avaliação de Investimentos Logísticos e Outsourcing Logístico Guilherme Loureiro Cadeia de Abastecimento- Integração dos processos de gestão Operador Logístico vs

Leia mais

O SECTOR A SOLUÇÃO Y.make Num mundo cada vez mais exigente, cada vez mais rápido e cada vez mais competitivo, o papel dos sistemas de informação deixa de ser de obrigação para passar a ser de prioridade.

Leia mais

Banco Popular, Espanha

Banco Popular, Espanha Banco Popular, Espanha Tecnologia avançada de automação do posto de caixa para melhorar a eficiência e beneficiar a saúde e segurança dos funcionários O recirculador de notas Vertera contribuiu para impulsionar

Leia mais

Tecnologia e Sistemas de Informações ERP e CRM

Tecnologia e Sistemas de Informações ERP e CRM Universidade Federal do Vale do São Francisco Tecnologia e Sistemas de Informações ERP e CRM Prof. Ricardo Argenton Ramos Aula 6 ERP Enterprise Resource Planning Sistemas Integrados de Gestão Empresarial

Leia mais

XI Mestrado em Gestão do Desporto

XI Mestrado em Gestão do Desporto 2 7 Recursos Humanos XI Mestrado em Gestão do Desporto Gestão das Organizações Desportivas Módulo de Gestão de Recursos Rui Claudino FEVEREIRO, 28 2 8 INDÍCE DOCUMENTO ORIENTADOR Âmbito Objectivos Organização

Leia mais

PÚBLICA, PRIVADA OU HÍBRIDA: QUAL É A MELHOR CLOUD PARA AS SUAS APLICAÇÕES?

PÚBLICA, PRIVADA OU HÍBRIDA: QUAL É A MELHOR CLOUD PARA AS SUAS APLICAÇÕES? PÚBLICA, PRIVADA OU HÍBRIDA: QUAL É A MELHOR CLOUD PARA AS SUAS APLICAÇÕES? As ofertas de cloud pública proliferaram e a cloud privada popularizou-se. Agora, é uma questão de como aproveitar o potencial

Leia mais

Tecnologia da Informação

Tecnologia da Informação Tecnologia da Informação Gestão Organizacional da Logística CONCEITOS O nome Supply Chain, cujo termo têm sido utilizado em nosso país como Cadeia de Suprimentos, vem sendo erroneamente considerado como

Leia mais

Sistemas Integrados de Gestão Empresarial

Sistemas Integrados de Gestão Empresarial Universidade Federal do Vale do São Francisco Curso de Administração Tecnologia e Sistemas de Informação - 05 Prof. Jorge Cavalcanti jorge.cavalcanti@univasf.edu.br www.univasf.edu.br/~jorge.cavalcanti

Leia mais

ERP. Planejamento de recursos empresariais

ERP. Planejamento de recursos empresariais ERP Enterprise Resource Planning Planejamento de recursos empresariais ERP Enterprise Resource Planning -Sistema de Gestão Empresarial -Surgimento por volta dos anos 90 -Existência de uma base de dados

Leia mais

Oracle Financing: A Maneira Mais Rápida e Acessível de Adquirir Soluções de TI

Oracle Financing: A Maneira Mais Rápida e Acessível de Adquirir Soluções de TI Oracle Financing: A Maneira Mais Rápida e Acessível de Adquirir Soluções de TI Para competir com eficácia, as empresas da atualidade precisam se adaptar a um ambiente tecnológico que sofre rápidas mudanças.

Leia mais

Em início de nova fase, forumb2b.com alarga a oferta

Em início de nova fase, forumb2b.com alarga a oferta Em início de nova fase, alarga a oferta Com o objectivo de ajudar as empresas a controlar e reduzir custos relacionados com transacções de bens e serviços, o adicionou à sua oferta um conjunto de aplicações

Leia mais

Guia de recomendações para implementação de PLM em PME s

Guia de recomendações para implementação de PLM em PME s 1 Guia de recomendações para implementação de PLM em PME s RESUMO EXECUTIVO Este documento visa informar, de uma forma simples e prática, sobre o que é a gestão do ciclo de vida do Produto (PLM) e quais

Leia mais

Conceito. As empresas como ecossistemas de relações dinâmicas

Conceito. As empresas como ecossistemas de relações dinâmicas Conceito As empresas como ecossistemas de relações dinâmicas PÁG 02 Actualmente, face à crescente necessidade de integração dos processos de negócio, as empresas enfrentam o desafio de inovar e expandir

Leia mais

AUDITORIAS DE VALOR FN-HOTELARIA, S.A.

AUDITORIAS DE VALOR FN-HOTELARIA, S.A. AUDITORIAS DE VALOR FN-HOTELARIA, S.A. Empresa especializada na concepção, instalação e manutenção de equipamentos para a indústria hoteleira, restauração e similares. Primeira empresa do sector a nível

Leia mais

Departamento Comercial e Marketing. Escola Secundaria de Paços de Ferreira 2009/2010. Técnicas de Secretariado

Departamento Comercial e Marketing. Escola Secundaria de Paços de Ferreira 2009/2010. Técnicas de Secretariado Escola Secundaria de Paços de Ferreira 2009/2010 Técnicas de Secretariado Departamento Comercial e Marketing Módulo 23- Departamento Comercial e Marketing Trabalho realizado por: Tânia Leão Departamento

Leia mais

SISTEMAS DE NEGÓCIOS. a) SISTEMAS DE APOIO EMPRESARIAIS

SISTEMAS DE NEGÓCIOS. a) SISTEMAS DE APOIO EMPRESARIAIS 1 SISTEMAS DE NEGÓCIOS a) SISTEMAS DE APOIO EMPRESARIAIS 1. COLABORAÇÃO NAS EMPRESAS Os sistemas colaborativos nas empresas nos oferecem ferramentas para nos ajudar a colaborar, comunicando idéias, compartilhando

Leia mais

Implemente a sua solução de Gestão de Marketing, Vendas e Serviço de Clientes, em menos de 7 dias.

Implemente a sua solução de Gestão de Marketing, Vendas e Serviço de Clientes, em menos de 7 dias. GoldMine QuickStart Implemente a sua solução de Gestão de Marketing, Vendas e Serviço de Clientes, em menos de 7 dias. O GoldMine é uma ferramenta de gestão da relação com os clientes (CRM-Costumer Relationship

Leia mais

O GRUPO AITEC. Breve Apresentação

O GRUPO AITEC. Breve Apresentação O GRUPO AITEC Breve Apresentação Missão Antecipar tendências, identificando, criando e desenvolvendo empresas e ofertas criadoras de valor no mercado mundial das Tecnologias de Informação e Comunicação

Leia mais

Objetivo da Aula. Enterprise Resource Planning - ERP. Descrever os sistemas ERP, seus módulos e possíveis aplicações e tendências 23/4/2010

Objetivo da Aula. Enterprise Resource Planning - ERP. Descrever os sistemas ERP, seus módulos e possíveis aplicações e tendências 23/4/2010 Enterprise Resource Planning - ERP Objetivo da Aula Descrever os sistemas ERP, seus módulos e possíveis aplicações e tendências 2 1 Sumário Informação & TI Sistemas Legados ERP Classificação Módulos Medidas

Leia mais

Organização e a Terceirização da área de TI. Profa. Reane Franco Goulart

Organização e a Terceirização da área de TI. Profa. Reane Franco Goulart Organização e a Terceirização da área de TI Profa. Reane Franco Goulart Como surgiu? A terceirização é uma ideia consolidada logo após a Segunda Guerra Mundial, com as indústrias bélicas americanas, as

Leia mais

Tecnologia da Informação

Tecnologia da Informação Tecnologia da Informação Gestão Organizacional da Logística Sistemas de Informação Sistemas de informação ERP - CRM O que é ERP Os ERPs em termos gerais, são uma plataforma de software desenvolvida para

Leia mais

Pesquisa sobre: Panorama da Gestão de Estoques

Pesquisa sobre: Panorama da Gestão de Estoques Pesquisa sobre: Panorama da Gestão de Estoques Uma boa gestão de estoques comprova sua importância independente do segmento em questão. Seja ele comércio, indústria ou serviços, o profissional que gerencia

Leia mais

PHC Workflow. Informatize de forma eficaz todos os circuitos e processos de trabalho usados na sua empresa

PHC Workflow. Informatize de forma eficaz todos os circuitos e processos de trabalho usados na sua empresa PHCWorkflow DESCRITIVO O PHC Workflow permite que o conjunto de acções a executar, sigam uma ordem pré- -definida de acordo com as normas da empresa, aumentando a agilidade e produtividade dos colaboradores.

Leia mais

Data de adopção. Referência Título / Campo de Aplicação Emissor. Observações

Data de adopção. Referência Título / Campo de Aplicação Emissor. Observações NP ISO 10001:2008 Gestão da qualidade. Satisfação do cliente. Linhas de orientação relativas aos códigos de conduta das organizações CT 80 2008 NP ISO 10002:2007 Gestão da qualidade. Satisfação dos clientes.

Leia mais

Globalweb otimiza oferta e entrega de serviços a clientes com CA AppLogic

Globalweb otimiza oferta e entrega de serviços a clientes com CA AppLogic CUSTOMER SUCCESS STORY Globalweb otimiza oferta e entrega de serviços a clientes com CA AppLogic PERFIL DO CLIENTE Indústria: Serviços de TI Companhia: Globalweb Outsourcing Empregados: 600 EMPRESA A Globalweb

Leia mais

Sistemas Integrados de Gestão Empresarial. Prof. Dr. Adilson de Oliveira Computer Engineering Ph.D Project Management Professional (PMP)

Sistemas Integrados de Gestão Empresarial. Prof. Dr. Adilson de Oliveira Computer Engineering Ph.D Project Management Professional (PMP) Sistemas Integrados de Gestão Empresarial Prof. Dr. Adilson de Oliveira Computer Engineering Ph.D Project Management Professional (PMP) Evolução da TI nas Organizações Estágios de Evolução da TI nas Organizações

Leia mais

SISTEMAS DEGESTÃO EMPRESARIAL

SISTEMAS DEGESTÃO EMPRESARIAL SISTEMAS DEGESTÃO EMPRESARIAL Imagine um mundo onde a sua Empresa se desenvolve facilmente, onde a cooperação entre os seus funcionários, as suas filiais e o seu ambiente de negócio é simples e em que

Leia mais

Unidade II GERENCIAMENTO DE SISTEMAS. Prof. Roberto Marcello

Unidade II GERENCIAMENTO DE SISTEMAS. Prof. Roberto Marcello Unidade II GERENCIAMENTO DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO Prof. Roberto Marcello SI Sistemas de gestão A Gestão dos Sistemas Integrados é uma forma organizada e sistemática de buscar a melhoria de resultados.

Leia mais

adaptados às características e expectativas dos nossos Clientes, de modo a oferecer soluções adequadas às suas necessidades.

adaptados às características e expectativas dos nossos Clientes, de modo a oferecer soluções adequadas às suas necessidades. A Protteja Seguros surge da vontade de contribuir para o crescimento do mercado segurador nacional, através da inovação, da melhoria da qualidade de serviço e de uma política de crescimento sustentável.

Leia mais

A solução ideal para criar um site público e dinâmico â com um visual profissional, sem necessidade de conhecimentos em HTML.

A solução ideal para criar um site público e dinâmico â com um visual profissional, sem necessidade de conhecimentos em HTML. Descritivo completo PHC dportal A solução ideal para criar um site público e dinâmico â com um visual profissional, sem necessidade de conhecimentos em HTML. Benefícios Actualização e manutenção simples

Leia mais

A ARTSOFT é uma empresa especializada no desenvolvimento e comercialização de soluções tecnológicas de apoio à gestão empresarial.

A ARTSOFT é uma empresa especializada no desenvolvimento e comercialização de soluções tecnológicas de apoio à gestão empresarial. POWERING BUSINESS QUEM SOMOS A ARTSOFT é uma empresa especializada no desenvolvimento e comercialização de soluções tecnológicas de apoio à gestão empresarial. Desde 1987 que desenvolvemos um trabalho

Leia mais

5.7.6 Internet/Intranet 176 5.7.7 Gestão logística 177 CAPÍTULO 6. DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS DE WORKFLOW 181 6.1 Métodos de Desenvolvimento 181

5.7.6 Internet/Intranet 176 5.7.7 Gestão logística 177 CAPÍTULO 6. DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS DE WORKFLOW 181 6.1 Métodos de Desenvolvimento 181 SUMÁRIO SUMÁRIO PREFÁCIO AGRADECIMENTOS VII XI XIII INTRODUÇÃO CAPÍTULO 1. ORGANIZAR WORKFLOWS 1 1.1 Ontologia da gestão de workflows 1.2 Trabalho 1 1 1.3 Processos de Negócio 3 1.4 Distribuir e Aceitar

Leia mais

Sobre Nós. NossaVisão

Sobre Nós. NossaVisão 2015 Sobre Nós 1 ArtsSec foi fundada por um grupo de profissionais dedicados à segurança da informação a fim de proporcionar soluções criativas e de alto valor aos seus clientes. A empresa surgiu em 2012,

Leia mais

Apresentação da Solução. Divisão Área Saúde. Solução: Gestão de Camas

Apresentação da Solução. Divisão Área Saúde. Solução: Gestão de Camas Apresentação da Solução Solução: Gestão de Camas Unidade de negócio da C3im: a) Consultoria e desenvolvimento de de Projectos b) Unidade de Desenvolvimento Área da Saúde Rua dos Arneiros, 82-A, 1500-060

Leia mais

Rede. Rede. Informação. Infraestrutura. Gerenciamento. Controle. Visão. Ação. Confiabilidade. Informação. Expertise. Rede. Visão. Rede.

Rede. Rede. Informação. Infraestrutura. Gerenciamento. Controle. Visão. Ação. Confiabilidade. Informação. Expertise. Rede. Visão. Rede. Gerenciamento Expertise Expertise Expertise Expertise A OpServices é uma empresa focada no desenvolvimento de soluções de governança de TI, monitoração de processos de negócios e de infraestrutura de TI.

Leia mais

Corporativo. Transformar dados em informações claras e objetivas que. Star Soft. www.starsoft.com.br

Corporativo. Transformar dados em informações claras e objetivas que. Star Soft. www.starsoft.com.br Corporativo Transformar dados em informações claras e objetivas que possibilitem às empresas tomarem decisões em direção ao sucesso. Com essa filosofia a Star Soft Indústria de Software e Soluções vem

Leia mais

APLICATIVOS CORPORATIVOS

APLICATIVOS CORPORATIVOS Sistema de Informação e Tecnologia FEQ 0411 Prof Luciel Henrique de Oliveira luciel@uol.com.br Capítulo 3 APLICATIVOS CORPORATIVOS PRADO, Edmir P.V.; SOUZA, Cesar A. de. (org). Fundamentos de Sistemas

Leia mais

ISO/IEC 20000 DOIS CASOS DE SUCESSO DE CLIENTES QUALIWORK

ISO/IEC 20000 DOIS CASOS DE SUCESSO DE CLIENTES QUALIWORK ISO/IEC 20000 DOIS CASOS DE SUCESSO DE CLIENTES QUALIWORK A Norma ISO/IEC 20000:2011 Information technology Service management Part 1: Service management system requirements é uma Norma de Qualidade que

Leia mais

Plataforma de Gestão de Actualizações de Software Descrição do Problema

Plataforma de Gestão de Actualizações de Software Descrição do Problema Plataforma de Gestão de Actualizações de Software Descrição do Problema Pedro Miguel Barros Morgado Índice Introdução... 3 Ponto.C... 4 Descrição do Problema... 5 Bibliografia... 7 2 Introdução No mundo

Leia mais

Colaboração nas Empresas SPT SIG Aplicações Empresariais

Colaboração nas Empresas SPT SIG Aplicações Empresariais Capítulo 3: Sistemas de Apoio Gerenciais Colaboração nas Empresas SPT SIG Aplicações Empresariais Objetivos do Capítulo Explicar como os SI empresariais podem apoiar as necessidades de informação de executivos,

Leia mais

O aumento da força de vendas da empresa

O aumento da força de vendas da empresa PHC dcrm O aumento da força de vendas da empresa O enfoque total na actividade do cliente, através do acesso remoto à informação comercial, aumentando assim a capacidade de resposta aos potenciais negócios

Leia mais

Sistemas Empresariais. Capítulo 3: Sistemas de Negócios. Colaboração SPT SIG

Sistemas Empresariais. Capítulo 3: Sistemas de Negócios. Colaboração SPT SIG Capítulo 3: Sistemas de Negócios Colaboração SPT SIG Objetivos do Capítulo Explicar como os SI empresariais podem apoiar as necessidades de informação de executivos, gerentes e profissionais de empresas.

Leia mais

Copyright 2003, SAS Institute Inc. All rights reserved. 15. Copyright 2003, SAS Institute Inc. All rights reserved. 17

Copyright 2003, SAS Institute Inc. All rights reserved. 15. Copyright 2003, SAS Institute Inc. All rights reserved. 17 Copyright 2003, SAS Institute Inc. All rights reserved. Agenda Supplier Relationship Management Ana Rita Cunha Janeiro de 2004 Definição do conceito Problemas no relacionamento com fornecedores Como é

Leia mais

CEA439 - Gestão da Tecnologia da Informação

CEA439 - Gestão da Tecnologia da Informação CEA439 - Gestão da Tecnologia da Informação Janniele Aparecida Como uma empresa consegue administrar toda a informação presente nesses sistemas? Não fica caro manter tantos sistemas diferentes? Como os

Leia mais

PHC dcrm. Aumente o potencial da força de vendas da sua empresa ao aceder remotamente à informação comercial necessária à sua actividade

PHC dcrm. Aumente o potencial da força de vendas da sua empresa ao aceder remotamente à informação comercial necessária à sua actividade PHC dcrm DESCRITIVO O módulo PHC dcrm permite aos comerciais da sua empresa focalizar toda a actividade no cliente, aumentando a capacidade de resposta aos potenciais negócios da empresa. PHC dcrm Aumente

Leia mais

A PHC atingiu recentemente os 400 clientes Licença Garantida. No mercado há pouco mais de um ano, a modalidade que permite os clientes PHC renovarem a licença do seu software por três anos já representa

Leia mais

Excelência operacional

Excelência operacional Excelência operacional o pilar para obter um crescimento lucrativo na Colômbia POR: DAVID MONROY E ROBERTO PALACIOS, SINTEC Siga-nos: @Perspectiva Sintec @Sintec_ @PerspectivaSintec Introdução Toda empresa

Leia mais

1 Descrição sumária. Varajão, Trigo e Barroso, O Gestor de Sistemas de Informação nas grandes empresas portuguesas, Computerworld, 2011.

1 Descrição sumária. Varajão, Trigo e Barroso, O Gestor de Sistemas de Informação nas grandes empresas portuguesas, Computerworld, 2011. O Gestor de Sistemas de Informação nas grandes empresas portuguesas João Varajão 1, António Trigo 2, João Barroso 1 1 Escola de Ciências e Tecnologia, Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro 2 Instituto

Leia mais

A Gestão de Configurações suporte dos Sistemas de Informação

A Gestão de Configurações suporte dos Sistemas de Informação A Gestão de Configurações suporte dos Sistemas de Informação O funcionamento dos sistemas e tecnologias de informação e comunicação têm nas organizações um papel cada vez mais crítico na medida em que

Leia mais

Uma nova perspectiva sobre a experiência digital do cliente

Uma nova perspectiva sobre a experiência digital do cliente Uma nova perspectiva sobre a experiência digital do cliente Redesenhando a forma como empresas operam e envolvem seus clientes e colaboradores no mundo digital. Comece > Você pode construir de fato uma

Leia mais

A solução para consultar e introduzir documentos, imagens e outros ficheiros a partir de um local com acesso à Internet.

A solução para consultar e introduzir documentos, imagens e outros ficheiros a partir de um local com acesso à Internet. dcontroldoc Interno e Externo Descritivo completo A solução para consultar e introduzir documentos, imagens e outros ficheiros a partir de um local com acesso à Internet. Benefícios Facilidade em pesquisar

Leia mais

T&E Tendências & Estratégia

T&E Tendências & Estratégia FUTURE TRENDS T&E Tendências & Estratégia Newsletter número 1 Março 2003 TEMA deste número: Desenvolvimento e Gestão de Competências EDITORIAL A newsletter Tendências & Estratégia pretende ser um veículo

Leia mais

PHC dcrm. Aumente o potencial da força de vendas da sua empresa, ao aceder remotamente à informação comercial necessária à sua actividade

PHC dcrm. Aumente o potencial da força de vendas da sua empresa, ao aceder remotamente à informação comercial necessária à sua actividade O módulo PHC dcrm permite aos comerciais da sua empresa focalizar toda a actividade no cliente, aumentando a capacidade de resposta aos potenciais negócios da empresa. PHC dcrm Aumente o potencial da força

Leia mais

YET - Your Electronic Transactions. Soluções globais de transações eletrónicas

YET - Your Electronic Transactions. Soluções globais de transações eletrónicas YET - Your Electronic Transactions Soluções globais de transações eletrónicas Conhecimento e experiência na desmaterialização de processos A YET Your Electronic Transactions é uma empresa especializada

Leia mais

E- Marketing - Estratégia e Plano

E- Marketing - Estratégia e Plano E- Marketing - Estratégia e Plano dossier 2 http://negocios.maiadigital.pt Indíce 1 E-MARKETING ESTRATÉGIA E PLANO 2 VANTAGENS DE UM PLANO DE MARKETING 3 FASES DO PLANO DE E-MARKETING 4 ESTRATÉGIAS DE

Leia mais

Escritórios de Barcelona: 143 Sobreático 08011 Barcelona - Espanha Telefone +34 937 247 477

Escritórios de Barcelona: 143 Sobreático 08011 Barcelona - Espanha Telefone +34 937 247 477 Perfil Corporativo Configuração, Implementação e Integração de Sistemas Aplicacionais de Negócio: Fundada em 1989 Presença directa em Portugal e Espanha +100 Clientes de média/grande dimensão, em vários

Leia mais

Manual de administração

Manual de administração Manual de administração Como fazer outsourcing dos sistemas de informação Índice Introdução Passo 1 - Definir o enquadramento Passo 2 - Analisar os recursos e serviços internos Passo 3 - Analisar os recursos

Leia mais

SISTEMAS DE GESTÃO São Paulo, Janeiro de 2005

SISTEMAS DE GESTÃO São Paulo, Janeiro de 2005 SISTEMAS DE GESTÃO São Paulo, Janeiro de 2005 ÍNDICE Introdução...3 A Necessidade do Gerenciamento e Controle das Informações...3 Benefícios de um Sistema de Gestão da Albi Informática...4 A Ferramenta...5

Leia mais

E-Business. Parte 2. Prof. Marcílio Oliveira marcilio.oliveira@gmail.com

E-Business. Parte 2. Prof. Marcílio Oliveira marcilio.oliveira@gmail.com Parte 2 Prof. Marcílio Oliveira marcilio.oliveira@gmail.com As dimensões do E-Commerce (Comércio Eletrônico). SCM - Supply Chain Management (Gerenciamento de Cadeia de Fornecimento) ERP - Enterprise Resourse

Leia mais

Sistemas de Apoio. Prof.: Luiz Mandelli Neto. Sistemas de Apoio. ERP (Enterprise Resource Planning) PLANEJAMENTO DE RECURSOS EMPRESARIAIS

Sistemas de Apoio. Prof.: Luiz Mandelli Neto. Sistemas de Apoio. ERP (Enterprise Resource Planning) PLANEJAMENTO DE RECURSOS EMPRESARIAIS Sistemas de Apoio Prof.: Luiz Mandelli Neto Sistemas de Apoio ERP (Enterprise Resource Planning) PLANEJAMENTO DE RECURSOS EMPRESARIAIS Mapa de TI da cadeia de suprimentos Estratégia Planejamento Operação

Leia mais

A solução Business-to-Business que permite aumentar a qualidade e eficiência das suas vendas bem como a satisfação dos seus clientes.

A solução Business-to-Business que permite aumentar a qualidade e eficiência das suas vendas bem como a satisfação dos seus clientes. Descritivo completo PHC dfront A solução Business-to-Business que permite aumentar a qualidade e eficiência das suas vendas bem como a satisfação dos seus clientes. Benefícios Aumento da qualidade e eficiência

Leia mais

SISTEMA INTEGRADO DE GESTÃO. Prof. Esp. Lucas Cruz

SISTEMA INTEGRADO DE GESTÃO. Prof. Esp. Lucas Cruz SISTEMA INTEGRADO DE GESTÃO Prof. Esp. Lucas Cruz SISTEMA INTEGRADO DE GESTÃO Os SIs têm o objetivo de automatizar os diversos processos empresariais, visando aumentar o controle e a produtividade, bem

Leia mais

DESENVOLVER E GERIR COMPETÊNCIAS EM CONTEXTO DE MUDANÇA (Publicado na Revista Hotéis de Portugal Julho/Agosto 2004)

DESENVOLVER E GERIR COMPETÊNCIAS EM CONTEXTO DE MUDANÇA (Publicado na Revista Hotéis de Portugal Julho/Agosto 2004) DESENVOLVER E GERIR COMPETÊNCIAS EM CONTEXTO DE MUDANÇA (Publicado na Revista Hotéis de Portugal Julho/Agosto 2004) por Mónica Montenegro, Coordenadora da área de Recursos Humanos do MBA em Hotelaria e

Leia mais

Informática. Conceitos Básicos. Informação e Sistemas de Informação. Aula 3. Introdução aos Sistemas

Informática. Conceitos Básicos. Informação e Sistemas de Informação. Aula 3. Introdução aos Sistemas Informática Aula 3 Conceitos Básicos. Informação e Sistemas de Informação Comunicação Empresarial 2º Ano Ano lectivo 2003-2004 Introdução aos Sistemas A Teoria dos Sistemas proporciona um meio poderoso

Leia mais

NeoGrid & Ciclo Desenvolvimento

NeoGrid & Ciclo Desenvolvimento Inteligência e Colaboração na Cadeia de Suprimentos e Demanda NeoGrid & Ciclo Desenvolvimento Paulo Viola paulo.viola@neogrid.com Introdução Tema: Inteligência e Colaboração na Cadeia de Suprimentos e

Leia mais

PÚBLICA, PRIVADA OU HÍBRIDA: QUAL É A MELHOR NUVEM PARA SEUS APLICATIVOS?

PÚBLICA, PRIVADA OU HÍBRIDA: QUAL É A MELHOR NUVEM PARA SEUS APLICATIVOS? PÚBLICA, PRIVADA OU HÍBRIDA: QUAL É A MELHOR NUVEM PARA SEUS APLICATIVOS? As ofertas de nuvem pública proliferaram, e a nuvem privada se popularizou. Agora, é uma questão de como aproveitar o potencial

Leia mais

PORQUÊ A META4? UMA NOVA EXPERIÊNCIA DE RH

PORQUÊ A META4? UMA NOVA EXPERIÊNCIA DE RH PORQUÊ A META4? UMA NOVA EXPERIÊNCIA DE RH Orientados para o cliente Na Meta4 temos um objetivo claro: a satisfação dos nossos clientes. Para isso, dedicamos todos nossos esforços para oferecer um apoio

Leia mais

Laudon K., Laudon J., Sistemas de Informações gerencias, editora Pearson, 2010. Laudon K., Laudon J., Sistemas de Informação, editora LTC, 1999

Laudon K., Laudon J., Sistemas de Informações gerencias, editora Pearson, 2010. Laudon K., Laudon J., Sistemas de Informação, editora LTC, 1999 FSI capítulo 2 Referências bibliográficas: Laudon K., Laudon J., Sistemas de Informações gerencias, editora Pearson, 2010 Laudon K., Laudon J., Sistemas de Informação, editora LTC, 1999 Porter M., Competitive

Leia mais

Premier. Quando os últimos são os Primeiros

Premier. Quando os últimos são os Primeiros Premier Quando os últimos são os Primeiros Fundada em 1997 Especializada no desenvolvimento de soluções informáticas de apoio à Gestão e consultoria em Tecnologias de Informação. C3im tem como principais

Leia mais

Por existir diferentes níveis em uma organização, existem diferentes tipos de sistemas servindo cada nível organizacional

Por existir diferentes níveis em uma organização, existem diferentes tipos de sistemas servindo cada nível organizacional Por existir diferentes níveis em uma organização, existem diferentes tipos de sistemas servindo cada nível organizacional Fonte: Tipos de Sistemas de Informação (Laudon, 2003). Fonte: Tipos de Sistemas

Leia mais

Índice. Beneficiar com a mudança. Produção - White Paper. Este documento descreve como um mercado. Beneficiar com a mudança 1

Índice. Beneficiar com a mudança. Produção - White Paper. Este documento descreve como um mercado. Beneficiar com a mudança 1 Produção - White Paper Este documento descreve como um mercado dinâmico pode ser aproveitado para conseguir uma posição vantajosa. Tópicos: Como se responde à necessidade de efectuar mudanças à última

Leia mais

Sobre a PNMsoft. Fundada em 1996 - Especialista em BPM e Workflow. Sede em Inglaterra, com escritórios e parceiros em todo o mundo

Sobre a PNMsoft. Fundada em 1996 - Especialista em BPM e Workflow. Sede em Inglaterra, com escritórios e parceiros em todo o mundo Sobre a PNMsoft Fundada em 1996 - Especialista em BPM e Workflow Sede em Inglaterra, com escritórios e parceiros em todo o mundo Escritório em Portugal. Reditus como principal Parceiro SEQUENCE: Plataforma

Leia mais

LOGÍSTICA Professor: Dr. Edwin B. Mitacc Meza

LOGÍSTICA Professor: Dr. Edwin B. Mitacc Meza LOGÍSTICA Professor: Dr. Edwin B. Mitacc Meza edwin@engenharia-puro.com.br www.engenharia-puro.com.br/edwin Gerenciamento da Cadeia de Suprimentos ... lembrando Uma cadeia de suprimentos consiste em todas

Leia mais

Ementários. Disciplina: Gestão Estratégica

Ementários. Disciplina: Gestão Estratégica Ementários Disciplina: Gestão Estratégica Ementa: Os níveis e tipos de estratégias e sua formulação. O planejamento estratégico e a competitividade empresarial. Métodos de análise estratégica do ambiente

Leia mais

O projecto de sistemas de informação para as empresas de "Facility Services" e sua rede de parceiros

O projecto de sistemas de informação para as empresas de Facility Services e sua rede de parceiros PREMIVALOR O projecto de sistemas de informação para as empresas de "Facility Services" e sua rede de parceiros Rita Oliveira SEIDOR roliveira@seidor.es Telef.: +351 210 001 686 Lisboa, 6 Dezembro 2007

Leia mais

gesacad GESTÃO ACADÊMIDA DE ESCOLAS

gesacad GESTÃO ACADÊMIDA DE ESCOLAS gesacad GESTÃO ACADÊMIDA DE ESCOLAS Mais de uma década de experiência e evolução é o que dá ao sistema uma vasta gama de funcionalidades. Esse conhecimento que faz total diferença para sua empresa. xp+

Leia mais

O Poder da Especialização. Crédito & Cobrança Treinamentos e Consultoria

O Poder da Especialização. Crédito & Cobrança Treinamentos e Consultoria O Poder da Especialização Crédito & Cobrança Treinamentos e Consultoria CMS Credit Management Solutions S.A. é uma empresa nova e ousada composta por profissionais de grande prestígio. Nosso principal

Leia mais

Missão da AproCS. Apoiar o Desenvolvimento do Profissional de Customer Service e/ou Contact Center

Missão da AproCS. Apoiar o Desenvolvimento do Profissional de Customer Service e/ou Contact Center Missão da AproCS Apoiar o Desenvolvimento do Profissional de Customer Service e/ou Contact Center Valores e Princípios isenta e apartidária sem fins lucrativos promotora da excelência e qualidade coloca

Leia mais

Os Sistemas de Informação nas PME s. José Pinto

Os Sistemas de Informação nas PME s. José Pinto Os Sistemas de Informação nas PME s José Pinto José Ângelo Costa Pinto Licenciado em Gestão Empresas Pós-Graduação em Sistemas de Informação (PM) Pós Graduação em Economia e Gestão Mestre em Sistemas de

Leia mais

O CONTEXTO ECONÓMICO, CULTURAL E TECNOLÓGICO QUE CONDICIONA A VIDA DAS ORGANIZAÇÕES 23

O CONTEXTO ECONÓMICO, CULTURAL E TECNOLÓGICO QUE CONDICIONA A VIDA DAS ORGANIZAÇÕES 23 INTRODUÇÃO 5 ÍNDICE PREFÁCIO Carlos Zorrinho 11 PREFÁCIO Jorge Rocha de Matos 15 INTRODUÇÃO 17 CAPÍTULO 1 O CONTEXTO ECONÓMICO, CULTURAL E TECNOLÓGICO QUE CONDICIONA A VIDA DAS ORGANIZAÇÕES 23 CAPÍTULO

Leia mais

Sistema de Informação Gerencial (SIG)

Sistema de Informação Gerencial (SIG) Sistema de Informação Gerencial (SIG) Os Sistemas de Informação Gerencial (SIG) são sistemas ou processos que fornecem as informações necessárias para gerenciar com eficácia as organizações. Um SIG gera

Leia mais

A sua operação de mina faz uso de uma solução de software de planejamento integrado ou utiliza aplicações de software isoladas?

A sua operação de mina faz uso de uma solução de software de planejamento integrado ou utiliza aplicações de software isoladas? XACT FOR ENTERPRISE A ênfase na produtividade é fundamental na mineração à medida que as minas se tornam mais profundas, as operações se tornam cada vez mais complexas. Empresas de reconhecimento mundial

Leia mais

Sistemas de Informações Gerenciais

Sistemas de Informações Gerenciais Conteúdo Gerenciais Direcionadores de Arquitetura de TI Tipologia dos sistemas da informação Prof. Ms. Maria C. Lage marialage.prof@gmail.com As preocupações corporativas Gerenciar Mudanças Crescimento

Leia mais

GESTÃO DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO. Profa.: Me. Christiane Zim Zapelini. E-mail: christianezapelini@nwk.edu.br

GESTÃO DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO. Profa.: Me. Christiane Zim Zapelini. E-mail: christianezapelini@nwk.edu.br GESTÃO DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO Profa.: Me. Christiane Zim Zapelini E-mail: christianezapelini@nwk.edu.br GESTÃO DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO ERP 2 ERP Planejamento dos Recursos da Empresa 3 CONCEITO DE

Leia mais

TENDÊNCIAS DE PROJECTOS DE IT EM PORTUGAL

TENDÊNCIAS DE PROJECTOS DE IT EM PORTUGAL TENDÊNCIAS DE PROJECTOS DE IT EM PORTUGAL Estudo Infosistema 4º trimestre de 2014 OBJECTIVO DO ESTUDO Objectivo: Analisar as tendências de projectos de IT em Portugal Período em análise: 4º Trimestre de

Leia mais

Estudo de Viabilidade

Estudo de Viabilidade Estudo de Viabilidade PGE: Plastic Gestor Empresarial Especificação de Requisitos e Validação de Sistemas Recife, janeiro de 2013 Sumário 1. Motivação... 1 2. Introdução: O Problema Indentificado... 2

Leia mais

PRIMAVERA BUSINESS SOFTWARE SOLUTIONS, SA

PRIMAVERA BUSINESS SOFTWARE SOLUTIONS, SA PRIMAVERA BUSINESS SOFTWARE SOLUTIONS, SA Introdução Nesta edição do Catálogo de Serviços apresentamos os vários tipos de serviços que compõe a actual oferta da Primavera na área dos serviços de consultoria.

Leia mais

A QUEM PODE DAR ORDENS PARA INVESTIMENTO COMO E ONDE SÃO EXECUTADAS

A QUEM PODE DAR ORDENS PARA INVESTIMENTO COMO E ONDE SÃO EXECUTADAS COMISSÃO DO MERCADO DE VALORES MOBILIÁRIOS COMISSÃO DO MERCADO DE VALORES MOBILIÁRIOS A QUEM PODE DAR ORDENS PARA INVESTIMENTO COMO E ONDE SÃO EXECUTADAS NOVEMBRO DE 2007 CMVM A 1 de Novembro de 2007 o

Leia mais