CÂMARA MUNICIPAL DE LISBOA

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "CÂMARA MUNICIPAL DE LISBOA"

Transcrição

1 CÂMARA MUNICIPAL DE LISBOA DIRECÇÃO MUNICIPAL DE CULTURA GRUPO DE TRABALHO PARA AS COMEMORAÇÕES MUNICIPAIS DO CENTENÁRIO DA REPÚBLICA PLANO DE ACTIVIDADES (2010) Lisboa, Dezembro de

2 Comemorações Municipais do Centenário da República ( ) Programa Geral I. INTRODUÇÃO No quadro do Centenário da Implantação da República, a Câmara Municipal de Lisboa promove um programa de comemorações para assinalar esta efeméride, a desenvolver no triénio , duma forma aberta e plural, com a participação activa dos equipamentos e serviços municipais, da comunidade cultural e da sociedade civil, tendo como objectivo geral a valorização da identidade histórica, cultural e patrimonial da cidade. II. OBJECTIVOS ESPECÍFICOS Os objectivos específicos que norteiam à acção da CML nas Comemorações Municipais do Centenário da Implantação da República são: 1. Evocar efemérides históricas indissociáveis da memória e identidade cultural da cidade de Lisboa, nomeadamente: i) A vitória do Partido Republicano Português nas eleições municipais de Lisboa de 1 de Novembro de 1908, que transformou a cidade numa das primeiras capitais republicanas da Europa e foi um dos acontecimentos que assinalaram o caminho para a instauração da República a nível nacional; ii) O congresso municipalista de 1909, realizado por iniciativa da CML, nos Paços do Concelho, e que tinha como propósito a defesa da autonomia municipal; iii) A implantação da República em 5 de Outubro de 1910, acontecimento nacional que teve em Lisboa o seu epicentro estratégico, tanto no que respeita à preparação da revolução, como aos seus combates decisivos, como ainda à consagração simbólica e efectiva da vitória republicana (a República foi proclamada na varanda dos Paços do Concelho de Lisboa); 2. Tratar e divulgar os fundos e colecções patrimoniais dos equipamentos municipais culturais relacionados com a temática da I República e do Republicanismo; 3. Valorizar o legado republicano de liberdade, igualdade, democracia participativa, cidadania, emancipação pela educação, inclusão social, descentralização e autonomia municipal; 4. Promover as bibliotecas, os arquivos, os museus e demais equipamentos culturais da CML enquanto espaços privilegiados de 2

3 exercício do direito à informação, à educação e à cultura, preservação da memória histórica e divulgação do conhecimento; 5. Enriquecer a oferta cultural da cidade com uma programação de qualidade, diversificada, que contribua efectivamente para a promoção cultural e turística de Lisboa, valorizando a sua identidade histórica e patrimonial, sem deixar de estabelecer pontes com a contemporaneidade cultural. III. EFEMÉRIDES & PROJECTOS O programa foi iniciado em 2008 com a comemoração do Centenário da Eleição da Primeira Vereação Republicana de Lisboa, através da realização da exposição À Urna pela Lista Republicana de Lisboa! Foi assim há 100 anos, na Galeria de Exposições Temporárias dos Paços do Concelho (1 de Novembro de de Março de 2009), do colóquio nacional Lisboa e a República (Salão Nobre dos Paços do Concelho, 21 e 22 de Novembro de 2008), entre outros eventos culturais e pedagógicos. Em 2009, o programa prossegue com a comemoração, do Centenário do Congresso Municipalista, realizado em Lisboa, em Abril de 1909, e com a exposição LISBOA REPUBLICANA Roteiro Patrimonial, inaugurada a 5 de Outubro, e patente na Galeria de Exposições dos Paços do Concelho até 31 de Março de O ano de 2010 será inteiramente dedicado à celebração do Centenário da Implantação da República ( ), com a realização de várias iniciativas culturais, pedagógicas e educativas (cf. programa), de âmbito institucional e transversal. Estes são os projectos estruturantes do programa geral das comemorações municipais. Além destas iniciativas de âmbito transversal, o programa das comemorações incluirá os projectos que decorrem da programação específica dos departamentos, divisões e equipamentos municipais, desde que relacionados com o tema da I República e de Republicanismo, e de forma articulada com a programação institucional. IV. ARTICULAÇÃO COM DMC E RESTANTES SERVIÇOS DA CML À semelhança do que foi feito no âmbito do projecto do Centenário da Eleição da Primeira Vereação Republicana de Lisboa, o programa das comemorações deverá ser assegurado de uma forma integrada com a DMC e restantes serviços da CML, de modo: > a evitar a dispersão de iniciativas relacionadas com as efemérides e os projectos acima referidos; 3

4 > a assegurar a colaboração dos equipamentos culturais e serviços municipais no programa das comemorações, nas seguintes tarefas: empréstimo temporário de documentos, na realização de pesquisas, de projectos de arquitectura de exposições e de adaptações dos espaços, na comunicação, divulgação e imagem dos projectos, no design gráfico (exposições e catálogos), na utilização de audiovisuais, dos serviços eléctricos e mecânicos, na digitalização e impressão de materiais, fotografia, restauro, protocolo, entre outros tarefas necessários à boa concretização do programa das comemorações. A colaboração efectiva dos equipamentos e serviços municipais permitirá assegurar a execução de um número considerável de tarefas, reduzindo assim substancialmente a contratação de serviços ao exterior. A despesa identificada circunscreve-se aos produtos e serviços que a CML não consegue suprir com os seus recursos internos. Os serviços educativos da DGB e da DGA deverão assegurar quer o programa de visitas guiadas às exposições temporárias e aos percursos históricos quer os ateliers que vão ser criados a partir das exposições para públicos diversos. V. ARTICULAÇÃO COM COMISSÃO NACIONAL DAS COMEMORAÇÕES DO CENTENÁRIO DA REPÚBLICA A programação municipal será devidamente articulada com as iniciativas nacionais promovidas pela Comissão Nacional para as Comemorações do Centenário da República. VI. PLANO DE ACTIVIDADES 1. PROGRAMAÇÃO INSTITUCIONAL 2010 EXPOSIÇÕES > DESENHO HUMORÍSTICO E CARICATURA POLÍTICA NA I REPÚBLICA Sinopse: incursão pelo desenho humorístico e pela caricatura política publicada em Portugal durante a I República com base nas importantes colecções existentes nos equipamentos culturais da CML. Revisitam-se assim os principais movimentos artísticos da época ( os Fantasistas, O Grupo de Coimbra e o Modernismo, com especial ênfase no Modernismo de Lisboa), os Salões dos Humoristas, como palcos da actuação pública dos artistas, a obra dos principais desenhadores humorísticos e caricaturistas políticos, como Leal da Câmara, Manuel Monterroso, Francisco Valença, Cristiano de Carvalho, Stuart Carvalhais, Cottinelli Telmo, Bernardo Marques, Luís Filipe, Correias Dias, Cristiano Cruz, Almada Negreiros, Jorge Barradas, António Soares, Emmérico Nunes, entre outros, e, naturalmente, os jornais e as revistas que 4

5 deram eco aos seus trabalhos, independentemente da sua orientação doutrinária, político ou plástica. Local: Galeria de Exposições dos Paços do Concelho da CML Data: 3 de Maio 30 de Setembro de 2010 Actividades paralelas: Visitas guiadas à exposição para o público adulto e para o público escolar; ateliers para o público infantil e juvenil (escolas, bibliotecas da rede municipal e arquivos); mala pedagógica; mostras bibliográficas em todas as bibliotecas e arquivos da rede; montra temática sobre o tema na Livraria Municipal. Comissão Executiva: Grupo de Trabalho para as Comemorações Municipais do Centenário da República. Output: Catálogo; disponibilização de bibliografia temática e conteúdos informativos nos sítios Fora de Portas, Hemeroteca Digital, GEO, Revelar LX e Arquivo Municipal de Lisboa. > LISBOA E A PROCLAMAÇÃO DA REPÚBLICA Sinopse: A implantação da República em 5 de Outubro de 1910, acontecimento nacional que teve em Lisboa o seu epicentro estratégico, tanto no que respeita à preparação da revolução, como aos seus combates decisivos, como ainda à consagração simbólica e efectiva da vitória republicana (a República foi proclamada na varanda dos Paços do Concelho de Lisboa) será aqui revisitada, numa exposição que poderá funcionar como um núcleo da grande Exposição do Centenário da República, a ocorrer em Lisboa, como referido no Programa Nacional das Comemorações do Centenário da República. Local: Galeria de Exposições dos Paços do Concelho da CML Data: 5 de Outubro de de Outubro de 1911 Actividades paralelas: Visitas guiadas à exposição e aos Paços do Concelho (interior e varandas) para o público adulto e para o público escolar; recriação histórica da proclamação da República nas varandas dos Paços do Concelho (05/10) com os alunos das Escolas do Ensino Básico; roteiro / percurso histórico pelos espaços da sublevação republicana; ateliers para o público infantil e juvenil (escolas, bibliotecas da rede municipal e arquivo); mala pedagógica; mostras bibliográficas em todas as bibliotecas e arquivos da rede; montra temática sobre o 5 de Outubro de na Livraria Municipal. 5

6 Comissão Executiva: Grupo de Trabalho para as Comemorações Municipais do Centenário da República e CNCCR. Output: Catálogo bilingue; disponibilização das Actas das Sessões da CML (1910) na Hemeroteca Digital; disponibilização de bibliografia temática e conteúdos informativos nos sítios Fora de Portas, Hemeroteca Digital, GEO, Revelar LX e Arquivo Municipal de Lisboa; Guião para o percurso histórico. Parceria estratégica: CNCCR. COLÓQUIOS E CONFERÊNCIAS > A Vida Cultural na Lisboa Republicana ( ) Objectivo: apresentação de novos contributos históricos e sociológicos sobre a vida cultural lisboeta na I República, nas suas diferentes manifestações; divulgação pública. Local: Salão Nobre dos Paços do Concelho Data: Abril (dias a definir) Público-alvo: estudantes, investigadores, professores de História; público em geral; olisipógrafos. Comissão Executiva: Grupo de Trabalho para as Comemorações Municipais do Centenário da República. Output: Actas. > Lisboa Revolucionária ou As Revoluções Republicanas de Lisboa ( ) Objectivo: estudo e comparação histórica das revoluções ou golpes revolucionários que tiveram como palco estratégico Lisboa, desde o 5 de Outubro de 1910 até à primeira grande revolta contra a Ditadura Militar, de 7 de Fevereiro de Local: Salão Nobre dos Paços do Concelho Data: 5 e 6 de Outubro Público-alvo: estudantes, investigadores, professores de História; público em geral; olisipógrafos. Comissão Executiva: Grupo de Trabalho para as Comemorações Municipais do Centenário da República. 6

7 Output: Actas. EDIÇÕES > Abecedário Ilustrado de Rafael Bordalo Pinheiro (Out 2010); > Relatórios sobre a Revolução de 5 de Outubro (Out 2010); > Guia das Fontes Municipais de Lisboa para a História da I República Portuguesa (Out 2010) COLÓQUIOS E CONFERÊNCIAS > Comportamentos Eleitorais na Lisboa da I República Objectivo: a pretexto do centenário das eleições para a Constituinte, a 28 de Maio de 1911, pretende-se uma abordagem histórico e sociológica às eleições legislativas e autárquicas realizadas em Lisboa entre 1910 e 1926, com ênfase nas últimas, bem como a apresentação de trabalhos inéditos sobre a acção da CML durante este período. Local: Salão Nobre dos Paços do Concelho Data: 2.º quinzena de Outubro (dias a definir) Público-alvo: estudantes, investigadores, professores de História; público em geral; olisipógrafos. Comissão Executiva: Grupo de Trabalho para as Comemorações Municipais do Centenário da República Output: Actas. Fora de Portas, Portal do AML; Hemeroteca 7

8 2. PROGRAMAÇÃO DOS EQUIPAMENTOS MUNICIPAIS 2010 EXPOSIÇÕES > O 5 DE OUTUBRO AOS QUADRADINHOS Sinopse: a pretexto do centenário da implantação da República em Portugal, pretende-se uma incursão pelo tema através da banda desenhada, num registo similar aos trabalhos de Filipe Abranches sobre a História de Portugal e de Lisboa, com textos de A. H. de Oliveira Marques. A novidade aqui reside no trabalho colectivo, pois o que se pretende é uma história do 5 de Outubro aos quadradinhos contada pelos contributos de vários autores de BD. As pranchas originais serão exibidas numa exposição, e do catálogo resultará a tal história da implantação da República em Portugal em banda desenhada. Local: Bedeteca de Lisboa Data: 5 de Outubro de de Fevereiro de 2011 Actividades paralelas: Visitas guiadas à exposição para o público adulto e para o público escolar; atelier de banda desenhada para o público infantil e juvenil (escolas, bibliotecas da rede municipal e arquivo). Comissão Executiva: equipa da Bedeteca de Lisboa. Output: Catálogo. Divulgação interna: Agenda Cultural; Sítios da CML, GEO, Fora de Portas, Bedeteca de Lisboa, Revelar LX; Intranet da CML; Portal do AML; Hemeroteca Digital; etc. > LEAL DA CÂMARA CARICATURISTA DA REPÚBLICA Sinopse: no seguimento de uma política que tem por objectivo o levantamento sistemático da obra gráfica dos principais ilustradores portugueses existente na colecção da Hemeroteca Municipal de Lisboa, esta biblioteca propõe-se desenvolver um projecto em torno da vasta colaboração plástica de Leal da Câmara em jornais e revistas da época. Entre outras actividades, será realizada uma exposição na Hemeroteca Municipal de Lisboa. Local: Hemeroteca Municipal de Lisboa Data: 5 de Outubro de de Janeiro de 2011 Actividades paralelas: i) Organização de um ciclo de conferências, com comunicações sobre a actividade de LC como ilustrador, caricaturista e 8

9 desenhador humorístico; ii) Produção de 1 catálogo da mostra, que ficará como registo e memória deste projecto; iii) Digitalização e disponibilização em linha, através Hemeroteca Digital, de alguns desenhos, caricaturas e ilustrações de LC, caídos em domínio público, publicados em revistas e jornais provenientes da colecção da HML; iv) Elaboração de um destaque dedicado ao a LC, na Hemeroteca Digital (secção das efemérides), com a disponibilização de conteúdos informativos sobre o tema (verbete biográfico e bibliográfico, ligações às obras de e sobre LC existentes no Catálogo das BLX, programação cultural, e organização e a difusão dos recursos disponíveis na Internet), e, posteriormente, com a divulgação das recensões e/ou das actas das comunicações apresentadas no ciclo de conferências; v) Organização de atelier de ilustração, em parceria com a Bedeteca de Lisboa. Comissão Executiva: equipa da Hemeroteca Municipal de Lisboa. Output: Catálogo. Parcerias: Museu Leal da Câmara Divulgação interna: Agenda Cultural; Sítios da CML, do GEO, do Fora de Portas, da Bedeteca de Lisboa, do Revelar LX; Intranet da CML; Fora de Portas, Portal do AML; Hemeroteca Digital; etc. > PERCURSOS, CONQUISTAS E DERROTAS DAS MULHERES NA I REPÚBLICA Sinopse: pretende-se assinalar uma das vertentes da vida republicana no ano do centenário da I República, e promover o conhecimento da história do movimento feminino no período da I República, elaborando uma exposição itinerante. Para o efeito, será realizada uma parceria com Faces de Eva. Centro de Estudos sobre a Mulher, que é uma unidade de investigação criada na Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa. Local: Biblioteca Museu República e Resistência Espaço Cidade Universitária Data: 5 de Outubro de de Dezembro de 2010 Actividades paralelas: visitas guiadas à exposição e conferências sobre o tema. Comissão Executiva: equipa da Biblioteca Museu República e Resistência. Output: Catálogo. Parcerias: Faces de Eva. Centro de Estudos sobre a Mulher. Divulgação interna: Agenda Cultural; Sítios da CML, do GEO, do Fora de Portas, da Bedeteca de Lisboa, do Revelar LX; Intranet da CML; Fora de Portas, Portal do AML; Hemeroteca Digital; etc. 9

10 > SILVA MONTEIRO Um Caricaturista Esquecido da I República Sinopse: Abordagem da obra gráfica de Silva Monteiro, bom cartoonista e pouco conhecido, através dos originais inéditos da colecção de Ricón Peres, e de jornais e revistas da colecção da Hemeroteca Municipal. O artista (activo ) deixou obra diversa publicada em periódicos, Papagaio Real, Diário de Lisboa, A Voz, salientando-se as primeiras páginas d Os Ridículos, nos anos 10, e a BD infantil no jornal A Época, no início dos anos 20. Trabalho desenvolvido em colaboração com a Hemeroteca Municipal (comissariado, investigação, produção de textos e edição do respectivo catálogo). Local: Museu Rafael Bordalo Pinheiro Data: Maio a Julho Actividades paralelas: Visitas guiadas à exposição para o público adulto e para o público escolar; atelier de ilustração para o público infantil e juvenil (escolas, museus, arquivos, bibliotecas da rede municipal, etc.). Comissão Executiva: equipa conjunta da HML e do MRBP. Output: Catálogo. Parcerias: Museu da Presidência da República. Divulgação interna: Agenda Cultural; Sítios da CML, GEO, Fora de Portas, Bedeteca de Lisboa, Revelar LX; Intranet da CML; Portal do AML; Hemeroteca Digital; etc. > O 5 DE OUTUBRO NO FOTOJORNALISMO Local: Arquivo Fotográfico Data: 5 de Outubro a 31 de Dezembro de 2010 Actividades paralelas: Visitas guiadas à exposição para o público adulto e para o público escolar; recurso pedagógico. Comissão Executiva: equipa do Arquivo Fotográfico. Output: Catálogo bilingue. 10

11 2011 EXPOSIÇÕES > A REVOLUÇÃO DAS IMAGENS NA I REPÚBLICA Local: Arquivo Fotográfico Data: Janeiro a 31 de Março de 2011 Actividades paralelas: Visitas guiadas à exposição para o público adulto e para o público escolar; recurso pedagógico. Output: Catálogo bilingue. Comissão Executiva: equipa do Arquivo Fotográfico. VII. GRUPO DE TRABALHO PARA AS COMEMORAÇÕES MUNICIPAIS DO CENTENÁRIO DA REPÚBLICA - Comissário Científico: Prof. Dr. António Reis (FCSH/UNL) - Coordenação Geral: Álvaro Costa de Matos (DMC/HML) - Comissão Executiva: Ana Homem de Melo (DMC/GEO) Cecília Barros (DMC/BMRR) João Carlos Oliveira (DMC/CFP) Jorge Mangorrinha (DMC/DGA) Jorge Trigo (DMC/HML) Pedro Bebiano Braga (DMC/MRBP) Pedro Mesquita (DMC/BMRR) Rita Correia (DMC/HML) - Arquitectura de Exposições e Design Gráfico: André Maranha (DMC/DPC); João Rodrigues (DMC/GEO). Documento elaborado por: Álvaro Costa de Matos. Lisboa, 15 de Dezembro de

HEMEROTECA MUNICIPAL DE LISBOA. História e Património. HEMEROTECA MUNICIPAL DE LISBOA Serviço de Actividades Culturais e Educativas

HEMEROTECA MUNICIPAL DE LISBOA. História e Património. HEMEROTECA MUNICIPAL DE LISBOA Serviço de Actividades Culturais e Educativas HEMEROTECA MUNICIPAL DE LISBOA Serviço de Actividades Culturais e Educativas HEMEROTECA MUNICIPAL DE LISBOA História e Património Mostra Documental e Patrimonial Guião Lisboa, 5 de Julho a 31 de Agosto

Leia mais

PROPOSTA DE REVISÃO CURRICULAR APRESENTADA PELO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO E CIÊNCIA POSIÇÃO DA AMNISTIA INTERNACIONAL PORTUGAL

PROPOSTA DE REVISÃO CURRICULAR APRESENTADA PELO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO E CIÊNCIA POSIÇÃO DA AMNISTIA INTERNACIONAL PORTUGAL PROPOSTA DE REVISÃO CURRICULAR APRESENTADA PELO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO E CIÊNCIA POSIÇÃO DA AMNISTIA INTERNACIONAL PORTUGAL A Amnistia Internacional Portugal defende a manutenção Formação Cívica nos 2.º

Leia mais

CURRICULUM VITAE. - Licenciada em História pela Universidade Lusíada no ano lectivo de 1989/90, com a classificação de catorze valores

CURRICULUM VITAE. - Licenciada em História pela Universidade Lusíada no ano lectivo de 1989/90, com a classificação de catorze valores CURRICULUM VITAE 1. DADOS PESSOAIS Lucinda Maria Correia Lucas dos Santos Lopes Data de Nascimento: 20.07.1963 2. HABILITAÇÕES LITERÁRIAS - Licenciada em História pela Universidade Lusíada no ano lectivo

Leia mais

Câmara Municipal de Lisboa

Câmara Municipal de Lisboa Câmara Municipal de Lisboa Direcção Municipal de Cultura Divisão de Gestão de Bibliotecas O REGICÍDIO, 100 ANOS DEPOIS (1908-2008) PROGRAMAÇÃO HEMEROTECA MUNICIPAL DE LISBOA BIBLIOTECA MUSEU REPÚBLICA

Leia mais

Bibliotecas Públicas e Formação de Utilizadores

Bibliotecas Públicas e Formação de Utilizadores Bibliotecas Públicas e Formação de Utilizadores Experiência da Biblioteca Municipal de Armando Correia Janeiro 8 CÂMARA MUNICIPAL DE ALMADA Direcção Municipal de Desenvolvimento Social Departamento de

Leia mais

DGEstE Direção de Serviços da Região Centro

DGEstE Direção de Serviços da Região Centro DGEstE Direção de Serviços da Região Centro Bibliotecas Escolares - Plano Anual de Atividades (PAA) Ano letivo 2014/2015 Este PAA encontra-se estruturado em 4 domínios (seguindo as orientações da RBE)

Leia mais

Todos os eventos são de entrada livre excepto em espectáculos de sala

Todos os eventos são de entrada livre excepto em espectáculos de sala Todos os eventos são de entrada livre excepto em espectáculos de sala 29 de Setembro Desfraldar da Bandeira Nacional Praça do Comércio, Arco da Rua Augusta O Balão da República Passeio inaugural Decoração

Leia mais

Centro de Informação Europeia Jacques Delors. Oferta formativa

Centro de Informação Europeia Jacques Delors. Oferta formativa Oferta formativa 2009/2010 Centro de Informação Europeia Jacques Delors DGAE / Ministério dos Negócios Estrangeiros Curso de Formação «A Cidadania Europeia e a Dimensão Europeia na Educação» Formação acreditada,

Leia mais

O Arquivo Municipal de Lisboa: modelos em prática Inês Morais Viegas

O Arquivo Municipal de Lisboa: modelos em prática Inês Morais Viegas O Arquivo unicipal de Lisboa: modelos em prática Inês orais Viegas I ntrodução: Os Arquivos constituem a memória de uma organização, qualquer que seja a sociedade, empresa ou instituição, a fim de suportar

Leia mais

Arquitecto João Santa-Rita, adiante designado por Ordem dos Arquitectos;

Arquitecto João Santa-Rita, adiante designado por Ordem dos Arquitectos; Entre CONTRATO Ordem dos Arquitectos, pessoa colectiva nº 500802025, com sede em Lisboa, na Travessa do Carvalho, nº 23, representada neste acto pelo Presidente do Conselho Directivo Nacional, Arquitecto

Leia mais

A Direção Municipal da Cultura dispõe de um conjunto de exposições e de apresentações multimédia, sobre diversos temas, que poderá disponibilizar

A Direção Municipal da Cultura dispõe de um conjunto de exposições e de apresentações multimédia, sobre diversos temas, que poderá disponibilizar A Direção Municipal da Cultura dispõe de um conjunto de exposições e de apresentações multimédia, sobre diversos temas, que poderá disponibilizar através de empréstimo, a instituições, nomeadamente, de

Leia mais

fundação Vitor e Graça Carmona e Costa RELATÓRIO DE ACTIVIDADES

fundação Vitor e Graça Carmona e Costa RELATÓRIO DE ACTIVIDADES RELATÓRIO DE ACTIVIDADES EXERCÍCIO DE 2011 ACTIVIDADE DESENVOLVIDA EXERCÍCIO DE 2011 Este exercício de 2011 é o décimo quinto ano de actividade da Fundação Carmona e Costa, que continuou o seu trabalho

Leia mais

Ficha de Proposta de Exposição

Ficha de Proposta de Exposição Ficha de Proposta de Exposição (Sff. preencher com letra legível ou dactilografar) 1. PROPOSTA DE EXPOSIÇÃO (* O preenchimento de todos os campos é obrigatório, excepto quando informado no próprio campo

Leia mais

RevelarLx O Espaço e O Tempo

RevelarLx O Espaço e O Tempo RevelarLx O Espaço e O Tempo Mónica Queiroz E-mail: monica.marques.cm-lisboa.pt Marta Marques E-mail: marta.marques.cm-lisboa.pt Departamento de Bibliotecas e Arquivos Câmara Municipal de Lisboa Palácio

Leia mais

Projeto de Intervenção

Projeto de Intervenção Agrupamento de Escolas Carlos Amarante, Braga Projeto de Intervenção 2014/2018 Hortense Lopes dos Santos candidatura a diretora do Agrupamento de Escolas Carlos Amarante, Braga Braga, 17 abril de 2014

Leia mais

MUSEU MUNICIPAL DR. JOSÉ FORMOSINHO

MUSEU MUNICIPAL DR. JOSÉ FORMOSINHO Câmara Municipal de Lagos Departamento de Educação, Cultura e Acção Social Serviço de Património Histórico e Museológico MUSEU MUNICIPAL DR. JOSÉ FORMOSINHO PLANO DE ACTIVIDADES PARA AS ESCOLAS DO CONCELHO

Leia mais

GESTÃO CURRICULAR Educação Pré-Escolar e 1.º Ciclo do Ensino Básico

GESTÃO CURRICULAR Educação Pré-Escolar e 1.º Ciclo do Ensino Básico INSPECÇÃO-GERAL DA EDUCAÇÃO GESTÃO CURRICULAR Educação Pré-Escolar e 1.º Ciclo do Ensino Básico Relatório 008-009 Colecção Relatórios FICHA TÉCNICA Título Gestão Curricular na Educação Pré-Escolar e no

Leia mais

Índice. 1. Elementos de Identificação. p.2. 2. Formação Académica. pp. 2. 3. Formação Complementar p.2

Índice. 1. Elementos de Identificação. p.2. 2. Formação Académica. pp. 2. 3. Formação Complementar p.2 Índice 1. Elementos de Identificação. p.2 2. Formação Académica. pp. 2 3. Formação Complementar p.2 4. Experiência Pedagógica e de Investigação p.3-5 4.1 Actividade Docente. p.3 4.1.1 Instituto Politécnico

Leia mais

SOMOS. Programa Municipal de. Educação para a Cidadania Democrática. e Direitos Humanos. Câmara Municipal de Lisboa

SOMOS. Programa Municipal de. Educação para a Cidadania Democrática. e Direitos Humanos. Câmara Municipal de Lisboa SOMOS Programa Municipal de Educação para a Cidadania Democrática e Direitos Humanos Câmara Municipal de Lisboa Ficha Técnica Presidente da CML: Fernando Medina Vereador dos Direitos Sociais: João Carlos

Leia mais

Projecto Anual com Escolas Ano lectivo 2010/2011

Projecto Anual com Escolas Ano lectivo 2010/2011 Projecto Anual com Escolas Ano lectivo 2010/2011 1. Enquadramento O Serviço Educativo da Casa das Histórias Paula Rego é entendido como um sector de programação que visa uma mediação significativa entre

Leia mais

Centenário sobre a implantação da República Câmara Municipal de Sesimbra. Fevereiro

Centenário sobre a implantação da República Câmara Municipal de Sesimbra. Fevereiro Centenário sobre a implantação da República Câmara Municipal de Sesimbra Fevereiro Dia 19 sex 21.00 Conferências da Liga. Centenário da República Os últimos anos da monarquia em Portugal Da transição da

Leia mais

Breve Historial do Portal CienciaPT

Breve Historial do Portal CienciaPT Breve Historial do Portal CienciaPT O Portal CienciaPT, lançado oficialmente em Novembro de 2003, durante a semana da Ciência & Tecnologia da U. de Aveiro, está presente em mais de 50 Universidades e Institutos

Leia mais

PROJECTO ESCOLA ACTIVA

PROJECTO ESCOLA ACTIVA PROJECTO ESCOLA ACTIVA INTRODUÇÃO A obesidade infantil tornou-se, desde os princípios dos anos 80 a doença nutricional pediátrica mais prevalente a nível mundial, não atingindo apenas os países desenvolvidos

Leia mais

Inovação, Cultura, Ambiente e Biodiversidade

Inovação, Cultura, Ambiente e Biodiversidade Inovação, Cultura, Ambiente e Biodiversidade O projecto SONS DO ARCO RIBEIRINHO SUL acompanha o OUT.FEST Festival Internacional de Música Exploratória do Barreiro, e procura, através de uma abordagem artística

Leia mais

Plano Municipal de Melhoria e Eficácia da Escola 2013/1014. Uma estratégia para O Projeto Educativo Local

Plano Municipal de Melhoria e Eficácia da Escola 2013/1014. Uma estratégia para O Projeto Educativo Local Plano Municipal de Melhoria e Eficácia da Escola 2013/1014 Uma estratégia para O Projeto Educativo Local O que é um PMMEE? O Plano Municipal de Melhoria e Eficácia da Escola consiste num conjunto de objetivos

Leia mais

A República Portuguesa e a República Democrática e Popular da Argélia, doravante designadas «as Partes»:

A República Portuguesa e a República Democrática e Popular da Argélia, doravante designadas «as Partes»: Decreto n.º 3/2006 Aprova o Acordo de Cooperação entre a República Portuguesa e a República Democrática e Popular da Argélia nas Áreas da Educação, do Ensino Superior e da Investigação Científica, da Cultura,

Leia mais

joaocarlosssoliveira@gmail.com

joaocarlosssoliveira@gmail.com CURRICULUM VITAE INFORMAÇÃO PESSOAL Nome Morada OLIVEIRA, JOÃO CARLOS SALVADOR DA SILVA DE LARGO DO CORPO SANTO, Nº28, 4º ESQ 1200-129 LISBOA PORTUGAL Correio electrónico joaocarlosssoliveira@gmail.com

Leia mais

REGULAMENTO DO CRC GAIA SUL

REGULAMENTO DO CRC GAIA SUL REGULAMENTO DO CRC GAIA SUL I - Natureza e funções do Centro de Recursos em Conhecimento Gaia Sul 1. O Centro de Recursos em Conhecimento Gaia Sul (CRC Gaia Sul), é uma unidade organizacional da responsabilidade

Leia mais

Proposta de Actividades de Animação e de Educação Patrimonial

Proposta de Actividades de Animação e de Educação Patrimonial Proposta de Actividades de Animação e de Educação Patrimonial A presente proposta integra a programação de actividades culturais, didácticas e pedagógicas, a desenvolver pelo Museu de Mértola e Campo Arqueológico

Leia mais

CONCLUSÕES GT CIDADÃOS COM DEFICIÊNCIA

CONCLUSÕES GT CIDADÃOS COM DEFICIÊNCIA CONCLUSÕES GT CIDADÃOS COM DEFICIÊNCIA Fiscalizar os prazos para adaptações previstas no Decreto lei 163 e aplicação de coimas. Campanha de sensibilização para comerciantes, etc. Publicação quais os seus

Leia mais

PROJETO DE RESOLUÇÃO Nº 422/XII/1ª

PROJETO DE RESOLUÇÃO Nº 422/XII/1ª PARTIDO COMUNISTA PORTUGUÊS Grupo Parlamentar PROJETO DE RESOLUÇÃO Nº 422/XII/1ª Determina a tomada de medidas que garantam a manutenção dos projetos das ONG financiados pelo QREN e estabelece medidas

Leia mais

PROPOSTA DE PROGRAMA DE ACÇÃO PEDAGÓGICA SOBRE ARQUITECTURA, CIDADE E TERRITÓRIO PARA CRIANÇAS ANDREIA SALAVESSA

PROPOSTA DE PROGRAMA DE ACÇÃO PEDAGÓGICA SOBRE ARQUITECTURA, CIDADE E TERRITÓRIO PARA CRIANÇAS ANDREIA SALAVESSA PROPOSTA DE PROGRAMA DE ACÇÃO PEDAGÓGICA SOBRE ARQUITECTURA, CIDADE E TERRITÓRIO PARA CRIANÇAS ANDREIA SALAVESSA OLHAR PARA VER OBJECTIVOS O desafio passa por analisar o meio construído segundo as suas

Leia mais

Questionário sobre a aplicação da Recomendação do Parlamento Europeu. 1. Quadro 1 instituições que gerem o património cinematográfico

Questionário sobre a aplicação da Recomendação do Parlamento Europeu. 1. Quadro 1 instituições que gerem o património cinematográfico Ref. Ares(2014)21497-08/01/2014 Questionário sobre a aplicação da Recomendação do Parlamento Europeu Cinemateca Portuguesa-Museu do Cinema, I.P. (CP-MC) 1. Quadro 1 instituições que gerem o património

Leia mais

Um projecto voltado para o futuro

Um projecto voltado para o futuro Enriquecimento Curricular Évora, 8 de Maio de 2009 Um projecto voltado para o futuro Educação para a Cidadania Projecto pioneiro Câmara Municipal de Évora entidade promotora do Programa de Actividades

Leia mais

Levantamento dos Temas Prioritários 2006 nos Programas de Trabalho dos Centros Europe Direct

Levantamento dos Temas Prioritários 2006 nos Programas de Trabalho dos Centros Europe Direct Levantamento dos Temas Prioritários 2006 nos Programas de Trabalho dos Centros Europe Direct CENTROS Europe Direct 9 de Maio 20 anos de adesão Primavera da Europa Estratégia de Lisboa (Crescimento & Emprego)

Leia mais

MEDIATECA PLANO DE ACTIVIDADES 2009/2010

MEDIATECA PLANO DE ACTIVIDADES 2009/2010 Mediateca Plano de Actividades 2009/2010 pág. 1/6 Introdução MEDIATECA PLANO DE ACTIVIDADES 2009/2010 A Mediateca estrutura-se como um sector essencial do desenvolvimento do currículo escolar e as suas

Leia mais

DOCUMENTO DE CONSULTA PÚBLICA. Projecto de Norma Regulamentar - Financiamento de Planos de Benefícios de Saúde através de Fundos de Pensões

DOCUMENTO DE CONSULTA PÚBLICA. Projecto de Norma Regulamentar - Financiamento de Planos de Benefícios de Saúde através de Fundos de Pensões DOCUMENTO DE CONSULTA PÚBLICA N.º 4/2010 Projecto de Norma Regulamentar - Financiamento de Planos de Benefícios de Saúde através de Fundos de Pensões 26 de Maio de 2010 1. INTRODUÇÃO E ENQUADRAMENTO O

Leia mais

Delegação Regional do Norte. - Relatório de Actividades -

Delegação Regional do Norte. - Relatório de Actividades - Delegação Regional do Norte - Relatório de Actividades - 2006 SUMÁRIO Nota Introdutória 1. Participação no Conselho Directivo Nacional da BAD 2. Promoção dos profissionais 2.1. Formação Profissional 2.1.1.

Leia mais

Nº 13 AEC - Papel e Acção na Escola. e-revista ISSN 1645-9180

Nº 13 AEC - Papel e Acção na Escola. e-revista ISSN 1645-9180 1 A Escola a Tempo Inteiro em Matosinhos: dos desafios estruturais à aposta na formação dos professores das AEC Actividades de Enriquecimento Curricular Correia Pinto (*) antonio.correia.pinto@cm-matosinhos.pt

Leia mais

PLANO DE ACTIVIDADES 2009

PLANO DE ACTIVIDADES 2009 PLANO DE ACTIVIDADES 2009 Ao longo do último ano, a Direcção da Associação ILGA Portugal alcançou vários objectivos importantes, incluindo: o registo definitivo da Associação enquanto Instituição Particular

Leia mais

Projecto de criação de uma escola de Gestão das Artes. Algumas considerações estratégicas

Projecto de criação de uma escola de Gestão das Artes. Algumas considerações estratégicas Projecto de criação de uma escola de Gestão das Artes Algumas considerações estratégicas António Jorge Monteiro Abril de 1992 2 I. A História II. O Mercado III. Os Cursos IV. Os Professores V. Os Alunos

Leia mais

Mostra de Projetos Inovadores em Educação e Formação

Mostra de Projetos Inovadores em Educação e Formação Mostra de Projetos Inovadores em Educação e Formação Regulamento para Apresentação de Projetos Artigo 1º Enquadramento A Mostra de Projetos Inovadores em Educação e Formação insere-se no âmbito do Programa

Leia mais

A RELEVÂNCIA DAS COMPETÊNCIAS DE PRODUÇÃO, EDIÇÃO E DIVULGAÇÃO/VENDAS NUM SERVIÇO DE INFORMAÇÃO E DOCUMENTAÇÃO: ESTUDO DE CASO

A RELEVÂNCIA DAS COMPETÊNCIAS DE PRODUÇÃO, EDIÇÃO E DIVULGAÇÃO/VENDAS NUM SERVIÇO DE INFORMAÇÃO E DOCUMENTAÇÃO: ESTUDO DE CASO A RELEVÂNCIA DAS COMPETÊNCIAS DE PRODUÇÃO, EDIÇÃO E DIVULGAÇÃO/VENDAS NUM SERVIÇO DE INFORMAÇÃO E DOCUMENTAÇÃO: ESTUDO DE CASO Júlia Maria Maia Costa, Açucena Olivença Cotrim, Cristina Cabaço da Mata,

Leia mais

PLANO DESENVOLVIMENTO SOCIAL MAFRA 2013-2015

PLANO DESENVOLVIMENTO SOCIAL MAFRA 2013-2015 PLANO DESENVOLVIMENTO SOCIAL MAFRA 2013-2015 APROVADO EM SESSÃO PLENÁRIA DO CLAS 21 DE MAIO DE 2013 1 NOTA INTRODUTÓRIA O Diagnóstico Social constituiu a base de trabalho da ação dos Parceiros Locais.

Leia mais

A dinamização da Rede Social, constitui uma das preocupações/ dificuldades sentidas a nível local. Tendo em conta os vários princípios da acção

A dinamização da Rede Social, constitui uma das preocupações/ dificuldades sentidas a nível local. Tendo em conta os vários princípios da acção A dinamização da Rede Social, constitui uma das preocupações/ dificuldades sentidas a nível local. Tendo em conta os vários princípios da acção previstos na Rede Social (Subsidiariedade, Integração, Articulação,

Leia mais

Serviços de Informação e Documentação Avenida das Forças Armadas 1649-026 Lisboa Tel: 217903024 Fax: 217903025 URL: http://biblioteca.iscte.

Serviços de Informação e Documentação Avenida das Forças Armadas 1649-026 Lisboa Tel: 217903024 Fax: 217903025 URL: http://biblioteca.iscte. Serviços de Informação e Documentação Avenida das Forças Armadas 1649-026 Lisboa Tel: 217903024 Fax: 217903025 URL: http://biblioteca.iscte.pt E-mail: biblioteca@iscte.pt Com a actividade Arte na Biblioteca

Leia mais

Gabinete da Juventude (separador do site da CMPM)

Gabinete da Juventude (separador do site da CMPM) IV. Contactos: * morada * e-mail * página FB * horário * telefone EJ I. * descrição geral * destinatários * objectivos Gabinete da Juventude (separador do site da CMPM) II. * valências * áreas de acção

Leia mais

Normas de Participação no Concurso Jovens Talentos - «Almada, Cidade Educadora»

Normas de Participação no Concurso Jovens Talentos - «Almada, Cidade Educadora» Normas de Participação no Concurso Jovens Talentos - «Almada, Cidade Educadora» 1. Disposições Gerais A Câmara Municipal de Almada promove o «Concurso Jovens Talentos 2012 - Almada, Cidade Educadora» com

Leia mais

6 Plano de Acção 2005/2006

6 Plano de Acção 2005/2006 1 6 Plano de Acção 2005/ A Rede social iniciou actividades efectivas em em 2003, tendo sido realizado, até 2004 o Pré-Diagnóstico, o Diagnóstico Social, o Plano de Desenvolvimento Social e o Plano de Acção

Leia mais

Metas de Aprendizagem 1.º Ciclo Expressões Artísticas. Introdução

Metas de Aprendizagem 1.º Ciclo Expressões Artísticas. Introdução Metas de Aprendizagem 1.º Ciclo Expressões Artísticas Introdução A Educação Artística no Ensino Básico desenvolve-se em quatro grandes áreas (Expressão Plástica e Educação Visual; Expressão e Educação

Leia mais

CURRICULUM VITAE. Manuel Joaquim Flores Fernandes NOME

CURRICULUM VITAE. Manuel Joaquim Flores Fernandes NOME CURRICULUM VITAE NOME Manuel Joaquim Flores Fernandes Naturalidade: Rossas - Vieira do Minho Data de Nascimento: 31 de Outubro de 1969 Bilhete de Identidade Nº 8423421 - emitido em 04/07/2007 pelo Arquivo

Leia mais

ANO INTERNACIONAL DA JUVENTUDE

ANO INTERNACIONAL DA JUVENTUDE Os Jovens merecem um grande compromisso da nossa parte: acesso pleno à educação, atenção adequada na saúde, oportunidades de emprego e participação plena na vida pública. Ban Ki-moon Secretário Geral das

Leia mais

Departamento de Ciências da Educação Licenciatura em Educação de Infância 3º Ano

Departamento de Ciências da Educação Licenciatura em Educação de Infância 3º Ano Departamento de Ciências da Educação Licenciatura em Educação de Infância 3º Ano Programa da disciplina de Oficina de Materiais Educativos Ano lectivo 2008/2009 3 horas semanais Docente: Prof. Doutor Paulo

Leia mais

Universidade Aberta. Mestrado em Supervisão Pedagógica 2007/2009. Projecto de Dissertação de Mestrado

Universidade Aberta. Mestrado em Supervisão Pedagógica 2007/2009. Projecto de Dissertação de Mestrado Universidade Aberta Mestrado em Supervisão Pedagógica 2007/2009 Projecto de Dissertação de Mestrado Aprender a «viver juntos»: Que significado curricular no 1º. Ano? 30 de Setembro de 2008 Projecto de

Leia mais

LittleShadow. InShadow Festival Internacional de Vídeo, Performance e Tecnologias. Vo Arte

LittleShadow. InShadow Festival Internacional de Vídeo, Performance e Tecnologias. Vo Arte LittleShadow InShadow Festival Internacional de Vídeo, Performance e Tecnologias Organização Vo Arte Co-produção São Luiz Teatro Municipal www.voarte.com/pt/festvoarte/inshadow Vo Arte O Festival InShadow

Leia mais

Politicas Municipais de Apoio à Criança

Politicas Municipais de Apoio à Criança Politicas Municipais de Apoio à Criança MUNICIPIO DA MOITA DASC / Divisão de Assuntos Sociais Projectos Dirigidos à Comunidade em Geral Bibliotecas - Biblioteca Fora d Horas - Pé Direito Juventude - Férias

Leia mais

Sobre o sentido das deliberações adoptadas cabe informar:

Sobre o sentido das deliberações adoptadas cabe informar: Nota Informativa do da 3/2016 Reunião de 7 de Abril de 2016 Aos sete dias do mês de Abril do ano de 2016, pelas 09.30 horas, na sala 1037 do Edifício da Escola de Direito, reuniu, com carácter ordinário,

Leia mais

3 - Local de trabalho Jardim de Infância de Salsas, Concelho de Bragança - Departamento de Educação Social e Cultural, do Município de Bragança.

3 - Local de trabalho Jardim de Infância de Salsas, Concelho de Bragança - Departamento de Educação Social e Cultural, do Município de Bragança. Publique-se no Diário da Republica, O Presidente da Câmara AVISO N.º 9/2011 PROCEDIMENTO CONCURSAL COMUM PARA CONTRATACÃO EM REGIME DE CONTRATO DE TRABALHO EM FUNCÕES PÚBLICAS POR TEMPO DETERMINADO/ TERMO

Leia mais

SPORT LISBOA E BENFICA PRESERVAÇÃO DO PATRIMÓNIO

SPORT LISBOA E BENFICA PRESERVAÇÃO DO PATRIMÓNIO SPORT LISBOA E BENFICA PRESERVAÇÃO DO PATRIMÓNIO Basto, M. 1 ; Mata, I. 2 ; Costa, R. 3 1 ARGO Arte, Património & Cultura Rua Ernesto da Silva, 50 R/C 1495-055 Algés, Portugal geral@argo-cr.com 2 Sport

Leia mais

COMUNICAÇÃO DA ACÇÃO DE FORMAÇÃO

COMUNICAÇÃO DA ACÇÃO DE FORMAÇÃO Data 13 de Maio a 25 de Junho de 2015 COMUNICAÇÃO DA ACÇÃO DE FORMAÇÃO Ação de formação Área temática Cód. Ref. Formadores Horário INTRODUÇÃO ÀS TÉCNICAS DOCUMENTAIS Organização e Recuperação da Informação

Leia mais

Aula 18 EDUCANDO PARA O PATRIMÔNIO. Verônica Maria Meneses Nunes Luís Eduardo Pina Lima

Aula 18 EDUCANDO PARA O PATRIMÔNIO. Verônica Maria Meneses Nunes Luís Eduardo Pina Lima Aula 18 EDUCANDO PARA O PATRIMÔNIO META Apresentar a Educação Patrimonial como possibilidade para o uso educativo do patrimônio. OBJETIVOS Ao final desta aula, o aluno deverá: compreender a educação patrimonial

Leia mais

Ciências / TIC na Escola Dimensões de Cidadania. Adelina Machado João Carlos Sousa

Ciências / TIC na Escola Dimensões de Cidadania. Adelina Machado João Carlos Sousa Ciências / TIC na Escola Dimensões de Cidadania Adelina Machado João Carlos Sousa Ser cidadão hoje... é algo de complexo... integra na construção da sua identidade duas dimensões: uma referente às pertenças

Leia mais

JORNAL OFICIAL. Sumário REGIÃO AUTÓNOMA DA MADEIRA. Quarta-feira, 18 de maio de 2016. Série. Número 89

JORNAL OFICIAL. Sumário REGIÃO AUTÓNOMA DA MADEIRA. Quarta-feira, 18 de maio de 2016. Série. Número 89 REGIÃO AUTÓNOMA DA MADEIRA JORNAL OFICIAL Quarta-feira, 18 de maio de 2016 Série Sumário SECRETARIAS REGIONAIS DAS FINANÇAS E DA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA E DE EDUCAÇÃO Portaria n.º 211/2016 Primeira alteração

Leia mais

4 de novembro Museu de Cerâmica de Sacavém JORNADAS SIPA 2011 João Paulo Martins martins@fa.utl.pt MÓVEIS MODERNOS

4 de novembro Museu de Cerâmica de Sacavém JORNADAS SIPA 2011 João Paulo Martins martins@fa.utl.pt MÓVEIS MODERNOS 4 de novembro Museu de Cerâmica de Sacavém JORNADAS SIPA 2011 João Paulo Martins martins@fa.utl.pt MÓVEIS MODERNOS A ACTIVIDADE DA COMISSÃO PARA AQUISIÇÃO DE MOBILIÁRIO NO ÂMBITO DA DIRECÇÃO-GERAL DOS

Leia mais

Candidatura de. António Dourado Pereira Correia. a Director da FCTUC. Programa de acção do Director da FCTUC

Candidatura de. António Dourado Pereira Correia. a Director da FCTUC. Programa de acção do Director da FCTUC Candidatura de António Dourado Pereira Correia a Director da FCTUC Programa de acção do Director da FCTUC No momento em que as regras de gestão da nossa Faculdade se alteram tão profundamente, centrando-a

Leia mais

PROJECTO DE REALIZAÇÃO

PROJECTO DE REALIZAÇÃO APPEUC Associação de Professores de Português dos Estados Unidos e Canadá MONTREAL 2007 13, 14 e 15 de Abril de 2007 no Hotel Auberge Universel em Montreal PROJECTO DE REALIZAÇÃO Comissão Organizadora:

Leia mais

RELATÓRIO DE AVALIAÇÃO

RELATÓRIO DE AVALIAÇÃO RELATÓRIO DE AVALIAÇÃO ACÇÕES CONJUNTAS INSTITUIÇÕES PARTICULARES DE SOLIDARIEDADE SOCIAL DO SEIXAL NA ÁREA DA INFÂNCIA 2009 Elaborado por: Isabel Rosinha Seixal, 28 de Setembro de 2009 Página 1 de 19

Leia mais

Regulamento de Apoio à Mobilidade e Intercâmbio Cultural

Regulamento de Apoio à Mobilidade e Intercâmbio Cultural Regulamento de Apoio à Mobilidade e Intercâmbio Cultural Preâmbulo A Câmara Municipal de Nordeste tem vindo a apoiar ao longo dos anos de forma directa e organizada toda a actividade cultural no concelho

Leia mais

Dissertações de Doutoramento

Dissertações de Doutoramento Revista Portuguesa de Educação, 2006, 19(1), pp. 187-198 2006, CIEd - Universidade do Minho Dissertações de Doutoramento Marlène Fernandes da Silva e Silva (2005). A Pragmática Lexicultural em Educação

Leia mais

MODERNIZAR E MELHORAR AS ESCOLAS ATRAVÉS DAS TIC

MODERNIZAR E MELHORAR AS ESCOLAS ATRAVÉS DAS TIC 30 Dossier Tic Tac Tic Tac MODERNIZAR E MELHORAR AS ESCOLAS ATRAVÉS DAS TIC Texto de Elsa de Barros Ilustração de Luís Lázaro Contribuir para o aumento do sucesso escolar dos alunos, equipando as escolas

Leia mais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE AVEIRO

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE AVEIRO AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE AVEIRO Direção-Geral dos Estabelecimentos Escolares OFERTA COMPLEMENTAR 1º e 2º anos de escolaridade Ano letivo 2015/2016 l -Introdução No presente ano letivo a Oferta Complementar

Leia mais

DE QUALIDADE E EXCELÊNCIA

DE QUALIDADE E EXCELÊNCIA PLANO DE AÇÃO ESTRATÉGICO 2015/2016 PLANO DE AÇÃO ESTRATÉGICO 2015-2016 POR UM AGRUPAMENTO DE QUALIDADE E EXCELÊNCIA JI Fojo EB 1/JI Major David Neto EB 2,3 Prof. José Buísel E.S. Manuel Teixeira Gomes

Leia mais

CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO RESOLUÇÃO CNE/CP 1, DE 18 DE FEVEREIRO DE 2002 (*)

CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO RESOLUÇÃO CNE/CP 1, DE 18 DE FEVEREIRO DE 2002 (*) CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO RESOLUÇÃO CNE/CP 1, DE 18 DE FEVEREIRO DE 2002 (*) Institui Diretrizes Curriculares Nacionais para a Formação de Professores da Educação Básica, em nível superior, curso de

Leia mais

ESCOLA SECUNDÁRIA MANUEL TEIXEIRA GOMES

ESCOLA SECUNDÁRIA MANUEL TEIXEIRA GOMES Inovação e Qualidade Plano de Ação Estratégico - 2012/2013 ESCOLA SECUNDÁRIA MANUEL TEIXEIRA GOMES PROJECTO DE INTERVENÇÃO PLANO DE ACÇÃO ESTRATÉGICO 2012/2013 Escola de Oportunidades e de Futuro Telmo

Leia mais

NCE/14/01786 Relatório final da CAE - Novo ciclo de estudos

NCE/14/01786 Relatório final da CAE - Novo ciclo de estudos NCE/14/01786 Relatório final da CAE - Novo ciclo de estudos Caracterização do pedido Perguntas A.1 a A.10 A.1. Instituição de Ensino Superior / Entidade Instituidora: Universidade De Évora A.1.a. Outra(s)

Leia mais

Educação Financeira em Angola, um projecto do Banco Nacional de Angola. WORKSHOP SOBRE INCLUSÃO E FORMAÇÃO FINANCEIRA Lisboa, 11 de Julho de 2013

Educação Financeira em Angola, um projecto do Banco Nacional de Angola. WORKSHOP SOBRE INCLUSÃO E FORMAÇÃO FINANCEIRA Lisboa, 11 de Julho de 2013 001 WORKSHOP SOBRE INCLUSÃO E FORMAÇÃO FINANCEIRA Lisboa, 11 de Julho de 2013 002 ÍNDICE 1. Programa de Educação Financeira Objectivos Metas 2. Estratégias de actuação 3. Resultados obtidos 4. Perspectivas

Leia mais

Escola do 1º Ciclo com Pré-Escolar do Lombo de São João [Ribeira Brava] Projeto Educativo de Escola 2012-2015

Escola do 1º Ciclo com Pré-Escolar do Lombo de São João [Ribeira Brava] Projeto Educativo de Escola 2012-2015 Escola do 1º Ciclo com Pré-Escolar do Lombo de São João [Ribeira Brava] Projeto Educativo de Escola 2012-2015 Escola Básica do 1º Ciclo com Pré- Escolar do Lombo de São João - Ribeira Brava 1 Índice Introdução...

Leia mais

Escola Secundária Dr. Joaquim de Carvalho, Figueira da Foz

Escola Secundária Dr. Joaquim de Carvalho, Figueira da Foz PLANO ANUAL DE TRABALHO 205/206 9ºAno Código 40470 Educação para a Cidadania 9º Ano Ano Letivo: 205/ 206 Plano Anual Competências a desenvolver Conteúdos Temas/Domínios Objetivos Atividades / Materiais

Leia mais

Câmara Municipal da Golegã Instituto Politécnico de Tomar PROTOCOLO. Como Primeiro Outorgante: INSTITUTO POLITÉCNICO DE TOMAR (IPT), com sede na

Câmara Municipal da Golegã Instituto Politécnico de Tomar PROTOCOLO. Como Primeiro Outorgante: INSTITUTO POLITÉCNICO DE TOMAR (IPT), com sede na Câmara Municipal da Golegã Instituto Politécnico de Tomar PROTOCOLO Entre: Como Primeiro Outorgante: INSTITUTO POLITÉCNICO DE TOMAR (IPT), com sede na Estrada da Serra, Quinta do Contador em Tomar, NIPC

Leia mais

ATELIER-MUSEU JÚLIO POMAR. Em Torno do Acervo Abril a Setembro 2013 Serviço Educativo. coordenação / documentação Teresa Santos

ATELIER-MUSEU JÚLIO POMAR. Em Torno do Acervo Abril a Setembro 2013 Serviço Educativo. coordenação / documentação Teresa Santos ATELIER-MUSEU JÚLIO POMAR Em Torno do Acervo Abril a Setembro 2013 Serviço Educativo coordenação / documentação Teresa Santos O Atelier-Museu Júlio Pomar é um espaço dedicado à conservação, ao estudo e

Leia mais

Orientações Curriculares Nacionais para a Educação Infantil

Orientações Curriculares Nacionais para a Educação Infantil Orientações Curriculares Nacionais para a Educação Infantil Secretaria de Educação Básica Ministério da Educação Processo de revisão DCNEI Encontros Nacionais Reuniões Seminários Audiências Parcerias Perspectivas

Leia mais

2 Grupos com Necessidades Especiais Programa de actividades criadas para grupos com necessidades educativas especiais. 3 Passaporte Escolar

2 Grupos com Necessidades Especiais Programa de actividades criadas para grupos com necessidades educativas especiais. 3 Passaporte Escolar ACTIVIDADES 2014-2015 Público Escolar de Actividades 2014-2015 Actividades de Ano Lectivo de actividades desenvolvidas de acordo com os objectivos preconizados nos programas escolares em vigor para cada

Leia mais

PROJECTO DE DELIBERAÇÃO N.º 15/IX ADOPTA MEDIDAS PARA A NÃO DISCRIMINAÇÃO DE CIDADÃOS COM DEFICIÊNCIA OU INCAPACIDADE

PROJECTO DE DELIBERAÇÃO N.º 15/IX ADOPTA MEDIDAS PARA A NÃO DISCRIMINAÇÃO DE CIDADÃOS COM DEFICIÊNCIA OU INCAPACIDADE PROJECTO DE DELIBERAÇÃO N.º 15/IX ADOPTA MEDIDAS PARA A NÃO DISCRIMINAÇÃO DE CIDADÃOS COM DEFICIÊNCIA OU INCAPACIDADE A igualdade dos cidadãos é um direito fundamental que a Constituição da República Portuguesa

Leia mais

Disponibilizar acesso a livros, revistas ou sítios na Internet, de acordo com os gostos e perfis dos adultos:

Disponibilizar acesso a livros, revistas ou sítios na Internet, de acordo com os gostos e perfis dos adultos: LER + COMPENSA No final do mês de Setembro de 2009, surgiu a oportunidade de nos candidatarmos ao projecto Novas Oportunidades a Ler +, no âmbito do Plano Nacional de Leitura, o que fizemos sem quaisquer

Leia mais

Exposição patente na Casa da Cultura de Santannna, ao Sitio do Barreiro, até ao dia 14 de Janeiro de 2011.

Exposição patente na Casa da Cultura de Santannna, ao Sitio do Barreiro, até ao dia 14 de Janeiro de 2011. Exposição patente na Casa da Cultura de Santannna, ao Sitio do Barreiro, até ao dia 14 de Janeiro de 2011. ALICE SOUSA DALILA CUNHA GRAÇA ALMADA MARCO SOUSA A exposição colectiva COMPOSIÇÕES é a concretização

Leia mais

INFORMAÇÃO -PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA DO ENSINO BÁSICO- 3º CEB

INFORMAÇÃO -PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA DO ENSINO BÁSICO- 3º CEB 1. INTRODUÇÃO HISTÓRIA Prova 19 O presente documento visa divulgar as características da prova de equivalência à frequência do ensino básico, a realizar em 2015 pelos alunos que se encontram abrangidos

Leia mais

Plano de Comunicação e Educação para a Sustentabilidade

Plano de Comunicação e Educação para a Sustentabilidade Plano de Comunicação e Educação para a Sustentabilidade Versão 2.0 de 4 de Junho de 2007 Promotores: Co-financiamento: Introdução A Agenda 21 do Vale do Minho é um processo de envolvimento dos cidadãos

Leia mais

CAPÍTULO I. Denominação, Natureza, Âmbito, Duração, Sede e Objecto

CAPÍTULO I. Denominação, Natureza, Âmbito, Duração, Sede e Objecto REGULAMENTO DO CENTRO DE INVESTIGAÇÃO CAPÍTULO I Denominação, Natureza, Âmbito, Duração, Sede e Objecto Artigo 1º (Denominação, natureza e âmbito) 1. O Instituto Superior de Ciências Educativas e o Instituto

Leia mais

Proposta para a construção de um Projecto Curricular de Turma*

Proposta para a construção de um Projecto Curricular de Turma* Proposta para a construção de um Projecto Curricular de Turma* Glória Macedo, PQND do 4º Grupo do 2º Ciclo do EB e Formadora do CFAE Calvet de Magalhães, Lisboa A Reorganização Curricular do Ensino Básico

Leia mais

Informação Escrita do Presidente á Assembleia de Freguesia. Exmº Sr. Presidente da Assembleia de Freguesia. Exmºs Srs. Membros da Assembleia

Informação Escrita do Presidente á Assembleia de Freguesia. Exmº Sr. Presidente da Assembleia de Freguesia. Exmºs Srs. Membros da Assembleia Pág. 1 Exmº Sr. Presidente da Assembleia de Freguesia Exmºs Srs. Membros da Assembleia Em cumprimento da alínea o), do nº1 do art. 17º da Lei 169/199, de 18 de Setembro, com as alterações introduzidas

Leia mais

Ferramentas Web, Web 2.0 e Software Livre em EVT

Ferramentas Web, Web 2.0 e Software Livre em EVT Estudo sobre a integração de ferramentas digitais no currículo da disciplina de Educação Visual e Tecnológica Museu de Olaria Manual e Guia de exploração do Museu de Olaria para utilização em contexto

Leia mais

PROJECTO EDUCAÇÃO PARA A SAÚDE

PROJECTO EDUCAÇÃO PARA A SAÚDE PROJECTO EDUCAÇÃO PARA A SAÚDE 2009/2010 Índice ÍNDICE... 1 1. IDENTIFICAÇÃO... 2 2. FUNDAMENTAÇÃO... 2 3. FINALIDADES/OBJECTIVOS... 3 4. ESTRATÉGIA OPERATIVA/METODOLOGIA... 3 4.1. PÚBLICO-ALVO... 3 4.2.

Leia mais

Regulamento dos Prémios APOM

Regulamento dos Prémios APOM Regulamento dos Prémios APOM A Associação Portuguesa de Museologia (APOM), designada abreviadamente por APOM, com sede em Lisboa, tem por finalidade: a) Agrupar os profissionais de museologia ou instituições

Leia mais

O Ecomuseu Municipal do Seixal como sistema de recursos patrimoniais e museais descentralizados no território

O Ecomuseu Municipal do Seixal como sistema de recursos patrimoniais e museais descentralizados no território O Ecomuseu Municipal do Seixal como sistema de recursos patrimoniais e museais descentralizados no território Graça Filipe Modelos de redes de museus I Encontro de Museus do Douro Vila Real 24 Setembro

Leia mais

AGRUPAMENTO VERTICAL DE ESCOLAS PROFESSOR JOÃO DE MEIRA CONCURSO: CRESCER SAUDÁVEL

AGRUPAMENTO VERTICAL DE ESCOLAS PROFESSOR JOÃO DE MEIRA CONCURSO: CRESCER SAUDÁVEL AGRUPAMENTO VERTICAL DE ESCOLAS PROFESSOR JOÃO DE MEIRA CONCURSO: CRESCER SAUDÁVEL INTRODUÇÃO: O concurso Crescer Saudável pretende premiar trabalhos desenvolvidos pelos alunos do agrupamento na área de

Leia mais

PROJECTO DE LEI N.º 468/XI/2ª CRIA A REDE NACIONAL DE BIBLIOTECAS PÚBLICAS

PROJECTO DE LEI N.º 468/XI/2ª CRIA A REDE NACIONAL DE BIBLIOTECAS PÚBLICAS Grupo Parlamentar PROJECTO DE LEI N.º 468/XI/2ª CRIA A REDE NACIONAL DE BIBLIOTECAS PÚBLICAS Exposição de motivos A importância das Bibliotecas Públicas As Bibliotecas Públicas são um serviço público essencial

Leia mais

De mãos dadas ESCOLA NO MUSEU

De mãos dadas ESCOLA NO MUSEU De mãos dadas ESCOLA NO MUSEU Empenhado no desenvolvimento cultural da população que serve directamente, o Museu do Trajo considera prioritário o investimento na formação pessoal do escalão etário correspondente

Leia mais

xposição Pintura "outras formas de olhar" outubro2008 galeria municipal exposição colectiva Câmara Municipal de Sobral de Monte Agraço

xposição Pintura outras formas de olhar outubro2008 galeria municipal exposição colectiva Câmara Municipal de Sobral de Monte Agraço exposição colectiva "outras formas de olhar" Maria Emília Milheiro Teresa Rodarte xposição Pintura Lucinda Barrinha Manuela Reis outubro2008 galeria municipal Câmara Municipal de Sobral de Monte Agraço

Leia mais

ESTRATÉGIA LOCAL DE DESENVOLVIMENTO

ESTRATÉGIA LOCAL DE DESENVOLVIMENTO COOPERATIVA DE FORMAÇÃO, EDUCAÇÃO E DESENVOLVIMENTO DO BAIXO TÂMEGA ESTRATÉGIA LOCAL DE DESENVOLVIMENTO AS PAISAGENS MILENARES COMO FACTOR IDENTITÁRIO DO TERRITÓRIO "DOURO-VERDE" "PROMOVER O DESENVOLVIMENTO

Leia mais

AGENDA DE FEVEREIRO 2013

AGENDA DE FEVEREIRO 2013 AGENDA DE FEVEREIRO 2013 Exposições temporárias 08 fevereiro a 08 março Exposição Walking all alone de Almerinda Pereira Walking all alone insere-se na série vermelha da artista e caracteriza-se pelo recurso

Leia mais