WEB DESIGN ELEMENTOS GRÁFICOS

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "WEB DESIGN ELEMENTOS GRÁFICOS"

Transcrição

1 ELEMENTOS GRÁFICOS Parte 4 José Manuel Russo 2005

2 24 A Imagem Bitmap (Raster) As imagens digitais ou Bitmap (Raster image do inglês) são desenhadas por um conjunto de pontos quadrangulares Pixel alinhados na horizontal e na vertical em quadrícula, como se pode observar na ampliação de um pormenor da imagem abaixo. Este tipo de imagem é ideal para a reprodução de fotografias, pinturas ou desenhos digitalizados, por conseguirem com grande rigor expor as mais ténues variações cromáticas e texturas ao contrário das imagens Vectoriais, que se baseiam em fórmulas matemáticas ou curvas de Bézier, mais adequadas ao desenho técnico e 3D, sendo o cromatismo mais linear (com algo de metálico) e incapaz de reproduzir texturas. Os Bitmap têm a grande vantagem de serem facilmente importáveis (inseridos) num documento de texto, bases de dados, folhas de cálculo ou páginas html, entre outros; têm três propriedades fundamentais: 1 RESOLUÇÃO corresponde ao número de pixels por polegada (DPI Dots per Inch), como: 72 dpi, 100 dpi, 300 dpi, etc. 2 PROFUNDIDADE DE COR corresponde ao número de cores que a imagem pode conter, estando escalonadas em sistemas de 2 cores (1 bit), 4 cores (2 bits), 16 cores (4 bits), 256 cores (8 bits), 16,7 milhões de cores (24 bits) ou 2 biliões de cores (32 bits); 3 DIMENSÃO corresponde à dimensão em comprimento e altura da imagem (um Bitmap é sempre um rectângulo, mesmo que exiba uma imagem circular sobre fundo branco) numa escala Métrica (mm, cm, polegadas, etc.) ou em Pixels (640x800, por exemplo). Quanto maior for qualquer um destes valores, maior será a qualidade da imagem, mas também maior será o ficheiro respectivo. Assim, para a Internet será conveniente encontrar um compromisso entre qualidade e tamanho do ficheiro, aconselhando-se uma Resolução de 72 dpi (porque na prática é a resolução do sistema VGA dos monitores), uma Profundidade de Cor de 24 bits ou 8 bits (conforme o nº de cores existentes na imagem) e uma Dimensão real (igual à a aplicar na página, usando o pixel como unidade). O Formato JPEG Outra forma de reduzir o tamanho dos ficheiros é através da sua compressão. É o caso dos ficheiros de imagem do tipo JPEG (Joint Photographic Expert Group ) que, utilizando um algoritmo de elevada taxa de compressão (variável), consegue produzir pequeníssimos ficheiros comparados com o tipo TIF, mesmo aplicados as imagens de 24 bits (aliás, mesmo a redução para 8 bits não traz qualquer benefício neste formato). A compressão de dados tem uma consequência a redução da qualidade, com introdução de ruídos

3 25 (como se pode observar a imagem ao lado). Daí que, durante a fase de desenvolvimento de um trabalho, não se utilize este formato para evitar a degradação da imagem cada vez que se guarda e se abre o ficheiro. No entanto, o tamanho dos ficheiros tem vantagem na sua utilização em páginas Web ou em fotografia digital (onde se consegue armazenar centenas de fotos num cartão de 64 Mb). Criar um Banner (em formato JPEG) Como vimos, o Banner é um elemento gráfico existente na zona superior das páginas Web, permitindo a fácil identificação do Site consultado é como um Cartão de Visita. Agora vamos criar um numa linguagem gráfica comum no Web Design actual, a partir de uma imagem existente (obtida por fotografia digital ou por digitalização num Scanner): Execute o PhotoPaint; Abra o ficheiro que contém a imagem (File Open); Redimensione a imagem à largura de 775 pixels (note que estamos a utilizar uma resolução de écran de 800x600) a partir do menu Image Resample indique o valor 775 (verifique se a unidade é pixel) em Image size Width; Aplique a ferramenta Crop, reduzindo a altura para, por exemplo, 100 pixels de altura; Seleccione o menu Image Color Mode Grayscale para converter a imagem numa foto a preto e branco; Seleccione o menu Image Color Mode RGB Color (24 bits) para converter a imagem numa foto a cores;(nota: a imagem mantém-se monocromática, no entanto, vai poder acrescentar cor posteriormente) Acrescente uma tonalidade à imagem: seleccione o menu Image Adjust Color Balance;

4 26 na janela Color Balance, altere os valores dos Canais de cor até conseguir a tonalidade que mais se adequa ao seu Site; clique em OK; Corrija o brilho da imagem, se for necessário, no menu Image Adjust Brightness and Contrast Brightness/Contrast; Acrescente um título ao banner com a Text Tool; se necessitar de Editar o texto terá de seleccionar a ferramenta de Texto, e clicar sobre ele para alterar o seu conteúdo, ou arrastar os puxadores para o diminuir ou aumentar; posicione o Texto no sítio adequado seleccione a Selection Tool e arraste o objecto; Adicione, finalmente, o Logotipo à imagem: abra o ficheiro que contém o Logotipo (não feche a janela do banner); faça Copy (CTRL+C) do Símbolo; seleccione a janela do banner e cole o símbolo (CTRL+V), e posicioneo com a ferramenta Selection Tool; poderá acrescentar um efeito de sombra: tendo o objecto activo, seleccionar a ferramenta Drop Shadow e arrastar do objecto para a direcção pretendida; configure os valores adequados na Barra de Propriedades.

5 27 Nota: neste exemplo, apenas se copiou a forma que contém o Logotipo (sem o fundo) para isso, é necessário criar uma máscara (Mask): seleccione a Magic Wand Tool e clique na zona envolvente (esta terá de ser uniforme); inverta a selecção em Selections Invert (CTRL+SHIFT+I); copie a selecção pelo processo explicado no ponto anterior. Guarde previamente o trabalho no formato nativo CPT, com o nome banner_cor.cpt; Guarde o trabalho no formato JPEG, com o nome banner_cor.jpg (use a opção File Save As ou File Export). Criar um Padrão de Fundo Em diversos Sites é possível observar que as páginas, em vez de apresentarem um fundo de cor uniforme, têm um Padrão que se repete até aos limites da página. Os Padrões são constituídos por um ficheiro de imagem modular este Módulo deve ser construído de forma a que o lado direito se ligue correctamente com lado esquerdo e o superior com o inferior. Antes de mais, é importante que um Padrão nunca interfira com a leitura do texto ou das imagens devendo, por isso, ser desenhado com tonalidades muito próximas, caso contrário, será preferível optar por um fundo uniforme. Seleccionada uma ideia para um Módulo, execute os seguintes passos: Execute o Corel PhotoPaint; Inicie um ficheiro novo (File New); Na janela Create a New Image indique: as Dimensões da Imagem: 77x77 pixels; (procure que as dimensões sejam múltiplas da largura resolução do site, neste caso 800 menos a barra de rolamento) a Resolução: 72 dpi (Pixels/Inch); Cor de Papel (clique no quadrado amostra em Color): seleccione a cor escolhida no conjunto de cores para o fundo; clique em OK. No centro da área de trabalho desenhe ou importe a imagem que pretende aplicar (esta é a forma mais simples de criar um Módulo-Padrão); Poderá também arranjar um elemento a colocar parcialmente nos lados opostos deverá ter, neste caso, o cuidado de alinhar perfeitamente os elementos para que eles colem ao serem repetidos na horizontal e na vertical

6 28 Guarde previamente o trabalho no formato nativo CPT, com o nome padrao.cpt; Guarde o trabalho no formato JPEG, com o nome padrao.jpg (use a opção File Save As). Poderá, em alternativa, guardar no formato GIF que resultará num ficheiro ligeiramente mais pequeno.

WEB DESIGN ELEMENTOS GRÁFICOS

WEB DESIGN ELEMENTOS GRÁFICOS ELEMENTOS GRÁFICOS Parte 6 José Manuel Russo 2005 35 Introdução Uma das formas como criar os elementos gráficos para a Web, é utilizar o Corel Draw para produzir os diversos objectos em formato Vectorial

Leia mais

COREL PHOTO-PAINT 10. Editar uma imagem digitalizada. Rodar ou Cortar uma imagem. Corrigir a Luminosidade e o Contraste de uma imagem

COREL PHOTO-PAINT 10. Editar uma imagem digitalizada. Rodar ou Cortar uma imagem. Corrigir a Luminosidade e o Contraste de uma imagem 10 Editar uma imagem digitalizada Após a digitalização de uma imagem pode-se fazer uma série de correcções no Photo-Paint rodar ou cortar a imagem, trabalhar a luz ou a cor, converter para outro formato,

Leia mais

A cor e o computador. Teoria e Tecnologia da Cor. Unidade VII Pág. 1 /5

A cor e o computador. Teoria e Tecnologia da Cor. Unidade VII Pág. 1 /5 A cor e o computador Introdução A formação da imagem num Computador depende de dois factores: do Hardware, componentes físicas que processam a imagem e nos permitem vê-la, e do Software, aplicações que

Leia mais

ferramentas da imagem digital

ferramentas da imagem digital ferramentas da imagem digital illustrator X photoshop aplicativo ilustração vetorial aplicativo imagem digital 02. 16 imagem vetorial X imagem de rastreio imagem vetorial traduz a imagem recorrendo a instrumentos

Leia mais

Imagem digital 2. Resolução x dimensão da imagem

Imagem digital 2. Resolução x dimensão da imagem Uma imagem bitmapeada é formada por um conjunto de pixels. gerados no momento da digitalização da imagem (através do scanner ou câmera digital). PRODUÇÃO GRÁFICA 2 Imagem digital 2 Resolução x dimensão

Leia mais

Fotografia Digital. Aula 1

Fotografia Digital. Aula 1 Fotografia Digital Aula 1 FOTOGRAFIA DIGITAL Tema da aula: A Fotografia 2 A FOTOGRAFIA A palavra Fotografia vem do grego φως [fós] ("luz"), e γραφις [grafis] ("estilo", "pincel") ou γραφη grafê, e significa

Leia mais

TUTORIAIS ESCALDANTES

TUTORIAIS ESCALDANTES Como o Clone Stamp copia pixels de uma área para a outra sem qualquer modificação, é preciso escolher áreas de origem e destino que possuam aproximadamente a mesma cor e luminosidade, para não haver discrepância.

Leia mais

Desenho e Apresentação de Imagens por Computador

Desenho e Apresentação de Imagens por Computador Desenho e Apresentação de Imagens por Computador Conteúdo s: Aspetos genéricos sobre o trabalho com imagens computacionais. Imagens computacionais e programas que criam ou manipulam esse tipo de imagens.

Leia mais

Pág 31. UC Introdução a Informática Docente: André Luiz Silva de Moraes 1º sem Redes de Computadores. 5 Introdução ao uso do BrOffice Impress

Pág 31. UC Introdução a Informática Docente: André Luiz Silva de Moraes 1º sem Redes de Computadores. 5 Introdução ao uso do BrOffice Impress 5 Introdução ao uso do BrOffice Impress O pacote BrOffice é um pacote de escritório muito similar ao já conhecido Microsoft Office e ao longo do tempo vem evoluindo e cada vez mais ampliando as possibilidades

Leia mais

Tamanho e resolução da imagem

Tamanho e resolução da imagem Tamanho e resolução da imagem Para se produzir imagens de alta qualidade, é importante compreender como é que os dados dos pixels da imagem são medidos e mostrados. Dimensões dos pixels O número de pixels

Leia mais

ATENÇÃO: * Arquivos com tamanho superior a 500 KB NÃO SERÃO ACEITOS * SOMENTE serão aceitos documentos do formato: PDF

ATENÇÃO: * Arquivos com tamanho superior a 500 KB NÃO SERÃO ACEITOS * SOMENTE serão aceitos documentos do formato: PDF TUTORIAL DE DIGITALIZAÇÃO DIRIGIDO AO USO DO PROCESSO ELETRÔNICO Adaptado do tutorial elaborado pelo colega MAICON FALCÃO, operador de computador da subseção judiciária de Rio Grande. Introdução Este tutorial

Leia mais

Quatro para três (4:3): vou virar freguês!

Quatro para três (4:3): vou virar freguês! Uma breve introdução ao Photoshop. Embora várias ferramentas de manipulação de imagens sejam mais baratas e um pouco mais fáceis de utilizar, o Photoshop é a ferramenta mais importante de manipulação de

Leia mais

Figura 1: Formato matricial de uma imagem retangular. Figura 2: Ampliação dos pixels de uma imagem

Figura 1: Formato matricial de uma imagem retangular. Figura 2: Ampliação dos pixels de uma imagem Universidade Federal de Santa Maria - UFSM Departamento de Eletrônica e Computação - DELC Introdução à Informática Prof. Cesar Tadeu Pozzer Julho de 2006 Imagens Uma imagem é representada por uma matriz

Leia mais

MANUAL DO UTILIZADOR DO SCANNER

MANUAL DO UTILIZADOR DO SCANNER MANUAL DO UTILIZADOR DO SCANNER Capítulo 1: Iniciação da digitalização Capítulo 2: A caixa de diálogo TWAIN Apêndices Índice 2 Iniciação da digitalização Get (Acquire) and Use the Scan Dialog Box... 3

Leia mais

7 Introdução ao uso do LibreOffice Impress

7 Introdução ao uso do LibreOffice Impress Introdução a Informática - 1º semestre AULA 04 Prof. André Moraes Objetivos desta aula: Criar apresentações básicas com uso do LibreOffice Impress; o Manipular a estrutura de tópicos para a digitação de

Leia mais

WEB DESIGN LAYOUT DE PÁGINA

WEB DESIGN LAYOUT DE PÁGINA LAYOUT DE PÁGINA Parte 3 José Manuel Russo 2005 17 Introdução A Cor é um factor importante em qualquer Web Site não só reforça a identificação de uma Empresa como o ambiente psicológico pretendido (calma,

Leia mais

ETI - Edição e tratamento de imagens digitais

ETI - Edição e tratamento de imagens digitais Curso Técnico em Multimídia ETI - Edição e tratamento de imagens digitais 2 Fundamentos "Conserva o modelo das sãs palavras que de mim tens ouvido, na fé e no amor que há em Cristo Jesus." 2 Timóteo 1:13

Leia mais

Bitmap X Vetorial OS DOIS PRINCIPAIS TIPOS DE ARQUIVOS NA COMPUTAÇÃO GRÁFICA

Bitmap X Vetorial OS DOIS PRINCIPAIS TIPOS DE ARQUIVOS NA COMPUTAÇÃO GRÁFICA OS DOIS PRINCIPAIS TIPOS DE ARQUIVOS NA COMPUTAÇÃO GRÁFICA Editores vetoriais são frequentemente contrastadas com editores de bitmap, e as suas capacidades se complementam. Eles são melhores para leiaute

Leia mais

FUNDAMENTOS SOBRE IMAGENS PARA A WEB

FUNDAMENTOS SOBRE IMAGENS PARA A WEB FUNDAMENTOS SOBRE IMAGENS PARA A WEB Bons web sites necessitam de uma correta integração entre textos e imagens. Este artigo contém o mínimo que você precisa saber sobre imagens para a web. Introdução

Leia mais

O TUX VAI À ESCOLA: UMA INTRODUÇÃO À EDIÇÃO DE IMAGEM COM O GIMP

O TUX VAI À ESCOLA: UMA INTRODUÇÃO À EDIÇÃO DE IMAGEM COM O GIMP O TUX VAI À ESCOLA: UMA INTRODUÇÃO À EDIÇÃO DE IMAGEM COM O GIMP O GIMP (GNU Image Manipulation Program) (http://www.gimp.org/) é uma aplicação de Software Livre para desenho e edição de imagem digital.

Leia mais

CorelDRAW 11 1. UM PROGRAMA DE DESIGN

CorelDRAW 11 1. UM PROGRAMA DE DESIGN CorelDRAW 11 1. UM PROGRAMA DE DESIGN Com o Corel você vai trabalhar com um dos aplicativos mais usados no campo do design e da auto-edição, já que permite operar com dois tipos de gráficos (vetoriais

Leia mais

E ainda uma terceira com as opções deste último exemplo, em que a cor de fundo deve ser verdeescuro.

E ainda uma terceira com as opções deste último exemplo, em que a cor de fundo deve ser verdeescuro. E ainda uma terceira com as opções deste último exemplo, em que a cor de fundo deve ser verdeescuro. Atenção a cor de fundo deve estar definida no antes de criar a nova imagem. Comprovação do trabalho

Leia mais

Instituto Politécnico de Setúbal Escola Superior de Educação de Setúbal. Formação Contínua 1999/2000. Filomena Izidro

Instituto Politécnico de Setúbal Escola Superior de Educação de Setúbal. Formação Contínua 1999/2000. Filomena Izidro Instituto Politécnico de Setúbal Formação Contínua 1999/2000 Filomena Izidro Setúbal 2000 1. APRESENTAÇÃO DO PROGRAMA PAINT SHOP PRO 5 O PSP 5 é um programa que permite o tratamento de imagens. Nome do

Leia mais

PHOTOSHOP. Menus. Caixa de Ferramentas:

PHOTOSHOP. Menus. Caixa de Ferramentas: PHOTOSHOP Universidade de Caxias do Sul O Photoshop 5.0 é um programa grande e complexo, é o mais usado e preferido pelos especialistas em editoração e computação gráfica para linha PC. Outros programas

Leia mais

Informática Básica para o PIBID

Informática Básica para o PIBID Universidade Federal Rural do Semi Árido Programa Institucional de Iniciação à Docência Informática Básica para o PIBID Prof. Dr. Sílvio Fernandes Roteiro O Tamanho e Resolução de imagens O Compactação

Leia mais

TRATAMENTO DE IMAGENS. Elisa Maria Pivetta

TRATAMENTO DE IMAGENS. Elisa Maria Pivetta TRATAMENTO DE IMAGENS Elisa Maria Pivetta CATEGORIAS DE IMAGENS Distinguem-se geralmente duas grandes: Bitmap (ou raster) - trata-se de imagens "pixelizadas", ou seja, um conjunto de pontos (pixéis) contidos

Leia mais

Aplicações de Escritório Electrónico

Aplicações de Escritório Electrónico Universidade de Aveiro Escola Superior de Tecnologia e Gestão de Águeda Curso de Especialização Tecnológica em Práticas Administrativas e Tradução Aplicações de Escritório Electrónico Folha de trabalho

Leia mais

Tratamento fotográfico básico

Tratamento fotográfico básico Tratamento fotográfico básico Vamos começar com um trato na luz e na cor na imagem. Algumas imagens, por sub-exposição, principalmente, precisam ter alterados, alguns parâmetros. Nível: O primeiro deles

Leia mais

AvCapture. Manual do Usuário. Avision Inc.

AvCapture. Manual do Usuário. Avision Inc. AvCapture Manual do Usuário Avision Inc. Copyright 2002 Avision Todos os direitos reservados. Nenhuma parte deste documento pode ser reproduzida de nenhuma forma e por nenhum meio sem prévio consentimento

Leia mais

Sistemas e Conteúdos Multimédia. 4.1. Imagem. Nuno Miguel Gil Fonseca nuno.fonseca@estgoh.ipc.pt

Sistemas e Conteúdos Multimédia. 4.1. Imagem. Nuno Miguel Gil Fonseca nuno.fonseca@estgoh.ipc.pt Sistemas e Conteúdos Multimédia 4.1. Imagem Nuno Miguel Gil Fonseca nuno.fonseca@estgoh.ipc.pt Cores O que é a cor? Distribuição espectral do sinal de excitação. Função da reflectância e da iluminação

Leia mais

Imagem digital - 1. A natureza da imagem fotográfica. A natureza da imagem fotográfica

Imagem digital - 1. A natureza da imagem fotográfica. A natureza da imagem fotográfica A natureza da imagem fotográfica PRODUÇÃO GRÁFICA 2 Imagem digital - 1 Antes do desenvolvimento das câmeras digitais, tínhamos a fotografia convencional, registrada em papel ou filme, através de um processo

Leia mais

Como enviar fotos de câmeras digitais

Como enviar fotos de câmeras digitais Como enviar fotos de câmeras digitais Se as fotos que você deseja enviar para o Geo-Obras foram capturadas com uma câmera digital, será necessário copiá-las para o computador. A maioria dos modelos utiliza

Leia mais

Fluxo de trabalho no Picasa

Fluxo de trabalho no Picasa Fluxo de trabalho no Picasa Neste bloco serão abordados: Download e Instalação Aquisição de imagens Tratamento básico de imagem digital fotográfica Opções de impressão Tratamento para envio para a web

Leia mais

Índice Apresentando o software Programa aberto Criando nova animação Trabalhando as animações Ferramentas Abrir uma figura como animação

Índice Apresentando o software Programa aberto Criando nova animação Trabalhando as animações Ferramentas Abrir uma figura como animação Apostila Índice Apresentando o software...o que são GIF s animadas Programa aberto 2 Criando nova animação 3 Trabalhando as animações 3 Ferramentas 4 Abrir uma figura como animação 5 Barras de ferramentas

Leia mais

Bem-vindo ao CorelDRAW, um programa abrangente de desenho e design gráfico baseado em vetor para o profissional gráfico.

Bem-vindo ao CorelDRAW, um programa abrangente de desenho e design gráfico baseado em vetor para o profissional gráfico. Vetorizar imagens Bem-vindo ao CorelDRAW, um programa abrangente de desenho e design gráfico baseado em vetor para o profissional gráfico. Neste tutorial, você irá vetorizar uma imagem de bitmap para convertê-la

Leia mais

[CURSO DE FÉRIAS FIREWORKS] JULHO / 2011

[CURSO DE FÉRIAS FIREWORKS] JULHO / 2011 Conteúdo 1. OBJETIVO DO FIREWORKS... 2 1.1 - Diferença entre imagem Vetorial e Bitmap... 2 1.2 - Formato de Arquivos... 3 2. AMBIENTE DO FIREWORKS... 3 2.1 - INICIANDO UM PROJETO... 4 3. DESENHANDO NO

Leia mais

No nosso exemplo, utilizámos apenas um braço e uma perna, que

No nosso exemplo, utilizámos apenas um braço e uma perna, que 1. Seleccione agora cada uma das camadas na janela Layers; 2. Escolha a Move Tool na barra de ferramentas e, com ela, posicione cada parte do alienígena, até ter algo como o visto na figura 4.56. Fig.

Leia mais

MANUAL DO UTILIZADOR DO SCANNER

MANUAL DO UTILIZADOR DO SCANNER MANUAL DO UTILIZADOR DO SCANNER Capítulo 1: Iniciação da digitalização Capítulo 2: A caixa de diálogo TWAIN Apêndices 2 Índice Iniciação da digitalização Get (Acquire) and Use the Scan Dialog Box... 3

Leia mais

EDITORES GRÁFICOS CAPÍTULO 7. Definição

EDITORES GRÁFICOS CAPÍTULO 7. Definição CAPÍTULO 7 EDITORES GRÁFICOS Definição É um programa destinado a editar imagens digitalizadas usando o computador. Sua função básica é permitir editar os pontos da imagem, alterando cor, contraste, resolução,

Leia mais

Oficina de Construção de Páginas Web

Oficina de Construção de Páginas Web COMPETÊNCIAS BÁSICAS EM TIC NAS EB1 Oficina de Construção de Páginas Web Criação e Publicação Guião Páginas WWW com o editor do Microsoft Office Word 2003 1. Introdução. 2. Abrir uma página Web. 3. Guardar

Leia mais

MICROSOFT POWERPOINT

MICROSOFT POWERPOINT MICROSOFT POWERPOINT CRIAÇÃO DE APRESENTAÇÕES. O QUE É O POWERPOINT? O Microsoft PowerPoint é uma aplicação que permite a criação de slides de ecrã, com cores, imagens, e objectos de outras aplicações,

Leia mais

INFORMAÇÕES SOBRE O MATERIAL UTILIZADO NA OBTENÇÃO E NA ANÁLISE DOS VÍDEOS

INFORMAÇÕES SOBRE O MATERIAL UTILIZADO NA OBTENÇÃO E NA ANÁLISE DOS VÍDEOS INFORMAÇÕES SOBRE O MATERIAL UTILIZADO NA OBTENÇÃO E NA ANÁLISE DOS VÍDEOS 1 Material utilizado 1.1 Tracker: um programa de análise de imagens Para a execução da proposta foi utilizado o programa livre

Leia mais

Sumário. 1. Instalando a Chave de Proteção 3. 2. Novas características da versão 1.3.8 3. 3. Instalando o PhotoFacil Álbum 4

Sumário. 1. Instalando a Chave de Proteção 3. 2. Novas características da versão 1.3.8 3. 3. Instalando o PhotoFacil Álbum 4 1 Sumário 1. Instalando a Chave de Proteção 3 2. Novas características da versão 1.3.8 3 3. Instalando o PhotoFacil Álbum 4 4. Executando o PhotoFacil Álbum 9 3.1. Verificação da Chave 9 3.1.1. Erro 0001-7

Leia mais

Sistemas Multimédia. Ano lectivo 2006-2007. Aula 9 Representações de dados para gráficos e imagens

Sistemas Multimédia. Ano lectivo 2006-2007. Aula 9 Representações de dados para gráficos e imagens Sistemas Multimédia Ano lectivo 2006-2007 Aula 9 Representações de dados para gráficos e imagens Sumário Gráficos e imagens bitmap Tipos de dados para gráficos e imagens Imagens de 1-bit Imagens de gray-level

Leia mais

DESENHO BITMAP EM COMPUTADOR COREL PHOTO-PAINT! 10

DESENHO BITMAP EM COMPUTADOR COREL PHOTO-PAINT! 10 DESENHO BITMAP EM COMPUTADOR COREL PHOTO-PAINT! 10 Textos de José Manuel Russo Escola Secundária Padre Alberto Neto 2002 2 Introdução e princípios básicos O Corel Photo-Paint 7 (integrado numa Suite gráfica)

Leia mais

CRIAR UMA ANIMAÇÃO BÁSICA NO FLASH MX

CRIAR UMA ANIMAÇÃO BÁSICA NO FLASH MX CRIAR UMA ANIMAÇÃO BÁSICA NO FLASH MX Introdução Este tutorial vai-te ajudar a compreender os princípios básicos do Flash MX - tal como layers, tweens, cores, texto, linhas e formas. No final deste tutorial

Leia mais

Imagem digital. Unidade 3

Imagem digital. Unidade 3 Imagem digital Unidade 3 Objectivos Reconhecer o potencial comunicativo/ expressivo das imagens; Reconhecer as potencialidades narrativas de uma imagem; A criação de sentido nas associações de imagens

Leia mais

Scanners. série i900. Guia de configuração de digitalização para aplicativos ISIS. A-61734_pt-br

Scanners. série i900. Guia de configuração de digitalização para aplicativos ISIS. A-61734_pt-br Scanners série i900 Guia de configuração de digitalização para aplicativos ISIS A-61734_pt-br Guia de configuração de digitalização para o driver ISIS Sumário Caixa de diálogo Ferramenta de validação de

Leia mais

INTRODUÇÃO AO MIRASCAN... 5 FAZER UMA DIGITALIZAÇÃO... 9

INTRODUÇÃO AO MIRASCAN... 5 FAZER UMA DIGITALIZAÇÃO... 9 Tabela de conteúdos INTRODUÇÃO AO MIRASCAN................................................ 5 1.1 MIRASCAN............................................................. 5 1.2 MODOS DE FUNCIONAMENTO DO MIRASCAN......................................

Leia mais

Thales Trigo. Formatos de arquivos digitais

Thales Trigo. Formatos de arquivos digitais Esse artigo sobre Formatos de Arquivos Digitais é parte da Tese de Doutoramento do autor apresentada para a obtenção do titulo de Doutor em Engenharia Elétrica pela Escola Politécnica da USP. Thales Trigo

Leia mais

Usando o NVU Parte 2: Inserindo imagens

Usando o NVU Parte 2: Inserindo imagens Usando o NVU Parte 2: Inserindo imagens Simão Pedro P. Marinho Para uso exclusivo por alunos da PUC Minas Inserindo uma imagem que está no seu computador Inserindo uma imagem que já está na Internet Inserindo

Leia mais

Aula 2 Aquisição de Imagens

Aula 2 Aquisição de Imagens Processamento Digital de Imagens Aula 2 Aquisição de Imagens Prof. Dr. Marcelo Andrade da Costa Vieira mvieira@sc.usp.br EESC/USP Fundamentos de Imagens Digitais Ocorre a formação de uma imagem quando

Leia mais

EXAME NACIONAL DO ENSINO SECUNDÁRIO

EXAME NACIONAL DO ENSINO SECUNDÁRIO EXAME NACIONAL DO ENSINO SECUNDÁRIO 11.º/12.º Anos de Escolaridade (Decreto-Lei n.º 74/2004, de 26 de Março) PROVA 703/7 Págs. Duração da prova: 120 minutos 2007 1.ª FASE PROVA PRÁTICA DE APLICAÇÕES INFORMÁTICAS

Leia mais

COFFEE BREAK!!: CRIAÇÃO DE UM CARTAZ COM INKSCAPE

COFFEE BREAK!!: CRIAÇÃO DE UM CARTAZ COM INKSCAPE COFFEE BREAK!!: CRIAÇÃO DE UM CARTAZ COM INKSCAPE O Inkscape (http://www.inkscape.org/) é uma aplicação de Software Livre para desenho e edição electrónica de imagem vectorial. É uma ferramenta para edição

Leia mais

Manual do Utilizador do BearPaw 1200F/2400

Manual do Utilizador do BearPaw 1200F/2400 Manual do Utilizador do BearPaw 1200F/2400 A caixa de diálogo TWAIN Apêndices Métodos de digitalização: São disponibilizadas duas ferramentas de software para digitalização. O Painel do BearPaw é ideal

Leia mais

Retocar imagens. O que você aprenderá

Retocar imagens. O que você aprenderá Retocar imagens Bem-vindo ao Corel PHOTO-PAINT, um poderoso programa de edição de imagens bitmap que permite o retoque de fotos existentes ou a criação de gráficos originais. Neste tutorial, você aprenderá

Leia mais

Animação na Timeline do Flash

Animação na Timeline do Flash Animação na Timeline do Flash Quando falamos em animação com o Flash podemos estar a referir vários tipos de animação. Globalmente, podemos aceitar a animação como uma série de elementos gráficos distribuídos

Leia mais

Seleção Retangular Esta é uma das ferramentas mais usadas. A seleção será indicada pelas linhas tracejadas que fazem a figura de um retângulo.

Seleção Retangular Esta é uma das ferramentas mais usadas. A seleção será indicada pelas linhas tracejadas que fazem a figura de um retângulo. O que é o Gimp? O GIMP é um editor de imagens e fotografias. Seus usos incluem criar gráficos e logotipos, redimensionar fotos, alterar cores, combinar imagens utilizando o paradigma de camadas, remover

Leia mais

TEORIA DA COR E DA IMAGEM COM PHOTOSHOP

TEORIA DA COR E DA IMAGEM COM PHOTOSHOP TEORIA DA COR E DA IMAGEM COM PHOTOSHOP Docente: Bruno Duarte Fev 2010 O que é uma imagem digital? Uma imagem diz-se digital quando existe um ficheiro em computador que guarda a informação gráfica desta

Leia mais

ÍNDICE. Tela de Configuração...03. Dados de Etiqueta...04. Configuração da Impressora...05. Configuração do Papel...06. Itens para Inserção...

ÍNDICE. Tela de Configuração...03. Dados de Etiqueta...04. Configuração da Impressora...05. Configuração do Papel...06. Itens para Inserção... Layout de Etiquetas ÍNDICE Tela de Configuração...03 Dados de Etiqueta...04 Configuração da Impressora...05 Configuração do Papel...06 Itens para Inserção...07 Recursos...08 Configurações dos Itens Selecionados...09

Leia mais

19/11/2015. Um pouco de história antes... A FOTOGRAFIA. James Clerk Maxwell (1831 1879) Escócia (Reino Unido) físico, filósofo e matemático.

19/11/2015. Um pouco de história antes... A FOTOGRAFIA. James Clerk Maxwell (1831 1879) Escócia (Reino Unido) físico, filósofo e matemático. Prof. Reginaldo Brito Um pouco de história antes... A FOTOGRAFIA Joseph-Nicéphore Niepce * França, (1765-1833) James Clerk Maxwell (1831 1879) Escócia (Reino Unido) físico, filósofo e matemático. 1826,

Leia mais

Manual do Utilizador do Scanner

Manual do Utilizador do Scanner Manual do Utilizador do Scanner A caixa de diálogo TWAIN Apêndices Índice 2 A caixa de diálogo TWAIN... 3 Obter (Adquirir) e utilizar a caixa de diálogo TWAIN... 4 Desempenhar uma digitalização simples...

Leia mais

Fotografia Digital Obtenção da Imagem e Impressão

Fotografia Digital Obtenção da Imagem e Impressão Fotografia Digital Obtenção da Imagem e Impressão 1 Diferenças entre o CCD e o Filme: O filme como já vimos, é uma película de poliéster, coberta em um dos lados por uma gelatina de origem animal com partículas

Leia mais

APLICATIVOS GRÁFICOS (AULA 4)

APLICATIVOS GRÁFICOS (AULA 4) Prof. Breno Leonardo G. de M. Araújo brenod123@gmail.com http://blog.brenoleonardo.com.br APLICATIVOS GRÁFICOS (AULA 4) 1 Classificação da imagem Em relação à sua origem pode-se classificar uma imagem,

Leia mais

Introdução à Tecnologia Web HTML HyperText Markup Language XHTML extensible HyperText Markup Language Formatos de Imagens

Introdução à Tecnologia Web HTML HyperText Markup Language XHTML extensible HyperText Markup Language Formatos de Imagens IntroduçãoàTecnologiaWeb HTML HyperTextMarkupLanguage XHTML extensiblehypertextmarkuplanguage FormatosdeImagens ProfªMSc.ElizabeteMunzlinger ProfªMSc.ElizabeteMunzlinger FormatosdeImagens Índice 1 FORMATOS

Leia mais

Guia de Estudo Criação de Apresentações Microsoft PowerPoint

Guia de Estudo Criação de Apresentações Microsoft PowerPoint Tecnologias da Informação e Comunicação Guia de Estudo Criação de Apresentações Microsoft PowerPoint Aspectos genéricos sobre o trabalho com imagens computacionais Imagens computacionais e programas que

Leia mais

Apresentação do Projeto Gráfico

Apresentação do Projeto Gráfico Arte-final Arquivo feito no computador utilizando softwares específicos que permitem a produção de um fotolito para impressão gráfica. Programas Utilizados para a Produção de Arte-final. Dependendo das

Leia mais

Aprendendo Corel Draw 2

Aprendendo Corel Draw 2 ÍNDICE Introdução Ferramentas do Trabalhando com cores Trabalhando com objetos Transformando objetos desenhados Clonagem de objetos Formatando objetos Preenchimentos e Contornos Preenchimento Gradiente

Leia mais

GUIA PADRONIZAÇÃO DE IMAGENS NO INDICADOR CRM

GUIA PADRONIZAÇÃO DE IMAGENS NO INDICADOR CRM GUIA PADRONIZAÇÃO DE IMAGENS NO INDICADOR CRM ÍNDICE ITEM Página 1. Objetivo... 3 2. Padrões de Proporção... 3 3. Qualidade das Imagens... 6 4. Fotos Panorâmicas... 7 5. Youtube... 8 Página 2 de 9 1. Objetivo

Leia mais

Utilização do Sistema Multimédia. 2. Formatos de ficheiros 2.1. Compressão 2.2. Formatos mais comuns 2.3 Captura de imagens. 2. Formatos de ficheiros

Utilização do Sistema Multimédia. 2. Formatos de ficheiros 2.1. Compressão 2.2. Formatos mais comuns 2.3 Captura de imagens. 2. Formatos de ficheiros Utilização do Sistema Multimédia 2.1. Compressão 2.2. Formatos mais comuns 2.3 Captura de imagens 2.1. Compressão Formatos com e sem compressão Técnicas de compressão (reduzem tamanho) de 2 tipos: Compressão

Leia mais

Redimensionamento de Imagens no Catálogo de Produtos

Redimensionamento de Imagens no Catálogo de Produtos REDIMENSIONAMENTO DE IMAGENS NO PORTAL DE OPERAÇÕES DO CARTÃO BNDES Redimensionamento de Imagens no Catálogo de Produtos Atualizado em 15/05/14 Pág.: 1/14 Introdução Este manual destina-se a orientar os

Leia mais

OBJECTIVO Alterar o fundo de uma foto

OBJECTIVO Alterar o fundo de uma foto ICHA OBJECTIVO Alterar o fundo de uma foto O objectivo principal deste exercício consiste em alterar o fundo de uma foto. No final deste exercício o utilizador deverá estar apto a realizar as seguintes

Leia mais

Apostila para uso do Power Point

Apostila para uso do Power Point Apostila para uso do Power Point Introdução O Power Point, é um aplicativo da MicroSoft desenvolvido para a elaboração de apresentações. Possui recursos de hipertexto e multimídia como som, imagem, animação,

Leia mais

Publisher. Publisher. versão 2012.2

Publisher. Publisher. versão 2012.2 versão 2012.2 Publisher Publisher Para diagramar, vamos utilizar o Publisher, do pacote de programas Microsoft Office. As instruções valem para as versões 2003, 2007 e 2010 do pacote. Vamos aprender através

Leia mais

Imagens Digitais Tratamento de Imagens

Imagens Digitais Tratamento de Imagens Imagens Digitais Imagens de Bitmap Bitmap = Mapa de Bits ou Imagens Raster São as imagens formadas por pixels em oposição às imagens vetoriais. Imagens de Bitmap Imagem de bitmap Imagem vetorial Imagens

Leia mais

Sumário INTRODUÇÃO 3 TELA DE APRESENTAÇÃO 3 DESENHANDO E TRANSFORMANDO 29 FERRAMENTA FORMA 29 PREENCHIMENTOS E CONTORNOS 36

Sumário INTRODUÇÃO 3 TELA DE APRESENTAÇÃO 3 DESENHANDO E TRANSFORMANDO 29 FERRAMENTA FORMA 29 PREENCHIMENTOS E CONTORNOS 36 Sumário Todos os direitos reservados e protegidos pela Lei 5.988 de 14/12/73. Nenhuma parte deste livro, sem prévia autorização por escrito de Celta Informática, poderá ser reproduzida total ou parcialmente,

Leia mais

Publisher. Publisher. versão 2012.2

Publisher. Publisher. versão 2012.2 versão 2012.2 Publisher Publisher Para diagramar, vamos utilizar o Publisher, do pacote de programas Microsoft Office. As instruções valem para as versões 2003, 2007 e 2010 do pacote. Vamos aprender através

Leia mais

AULA 5 Manipulando Dados Matriciais: Grades e Imagens. 5.1 Importando Grades e Imagens Interface Simplificada

AULA 5 Manipulando Dados Matriciais: Grades e Imagens. 5.1 Importando Grades e Imagens Interface Simplificada 5.1 AULA 5 Manipulando Dados Matriciais: Grades e Imagens Nessa aula serão apresentadas algumas funcionalidades do TerraView relativas a manipulação de dados matriciais. Como dados matriciais são entendidas

Leia mais

Imagens - Formatos. GIF (Graphics Interchange Format) JPEG (ou JPG) (Joint Pictures Experts Graphis)

Imagens - Formatos. GIF (Graphics Interchange Format) JPEG (ou JPG) (Joint Pictures Experts Graphis) Imagens - Formatos GIF (Graphics Interchange Format) - Muito popular na web. - Permite ter um máximo de 256 cores. - Indicado para cartoons, logos, imagens com áreas transparentes e animações. JPEG (ou

Leia mais

Manual do Intermediário: Módulo 3 Digitalização

Manual do Intermediário: Módulo 3 Digitalização Manual do Intermediário Módulo 3 Digitalização Leonel Morgado Jacinta Vilela Isabel Bastos Abril de 2002 1 Índice geral O que é a digitalização?... 3 Como funciona o scâner... 3 Como digitalizar uma imagem...

Leia mais

http://rsbweb.nih.gov/ij/index.html Introdução ao ImageJ Abra a imagem "A4 dapi 1.tif" da pasta "01 opening images".

http://rsbweb.nih.gov/ij/index.html Introdução ao ImageJ Abra a imagem A4 dapi 1.tif da pasta 01 opening images. ImageJ http://rsbweb.nih.gov/ij/index.html Introdução ao ImageJ A janela de entrada do programa ImageJ consiste de 3 partes: 1. Menu Bar (Barra de Menu), 2. Toolbar (Barra de Ferramenta) e 3. Status Bar

Leia mais

Como Converter Arquivos.DOC em PDF

Como Converter Arquivos.DOC em PDF Como Converter Arquivos.DOC em PDF Conceito de Arquivo PDF O formato PDF (Portable Document Format), nativo do Adobe Acrobat, é considerado o sucessor do arquivo, chamado fechado (PRN, PS ou EPS). No Brasil

Leia mais

Adobe Photoshop CS5. Aula 5

Adobe Photoshop CS5. Aula 5 Adobe Photoshop CS5 Aula 5 Tema da aula: Mudando a cor dos olhos Assuntos tratados nesta aula: Criar nova camada Renomear camada Ferramenta Zoom Ferramenta Pincel Definindo Cor do Primeiro Plano Regulagem

Leia mais

Os elementos básicos do Word

Os elementos básicos do Word Os elementos básicos do Word 1 Barra de Menus: Permite aceder aos diferentes menus. Barra de ferramentas-padrão As ferramentas de acesso a Ficheiros: Ficheiro novo, Abertura de um documento existente e

Leia mais

Manual PowerPoint 2000

Manual PowerPoint 2000 Manual PowerPoint 2000 Índice 1. INTRODUÇÃO 1 2. DIRECTRIZES PARA APRESENTAÇÕES DE DIAPOSITIVOS 1 3. ECRÃ INICIAL 2 4. TIPOS DE ESQUEMA 2 5. ÁREA DE TRABALHO 3 5.1. ALTERAR O ESQUEMA AUTOMÁTICO 4 6. MODOS

Leia mais

COMPUTAÇÃO GRÁFICA RESOLUÇÃO

COMPUTAÇÃO GRÁFICA RESOLUÇÃO COMPUTAÇÃO GRÁFICA RESOLUÇÃO Curso: Tecnológico em Análise e Desenvolvimento de Sistemas Disciplina: COMPUTAÇÃO GRÁFICA 4º Semestre Prof. AFONSO MADEIRA RESOLUÇÃO Associada à quantidade e a qualidade de

Leia mais

Menú Iniciar -> Programas -> Internet Explorer Entre no site da uarte: http://www.uarte.mct.pt/ajuda/manuais/

Menú Iniciar -> Programas -> Internet Explorer Entre no site da uarte: http://www.uarte.mct.pt/ajuda/manuais/ Crie uma pasta (0) no ambiente de trabalho com o seu nome. Inicie o Internet Explorer através do: W O R K S H O P Menú Iniciar -> Programas -> Internet Explorer Entre no site da uarte: http://www.uarte.mct.pt/ajuda/manuais/

Leia mais

Planificação Anual 2015/2016

Planificação Anual 2015/2016 Planificação Anual 015/01 CURSO: PROFISSIONAL TÉCNICO DE MULTIMÉDIA DISCIPLINA: TÉCNICAS DE MULTIMÉDIA (TM) ANO: 10.º TURMA: I 1º Período º Período 3º Período Set Out Nov Dez Jan Fev Mar Abr Mai Jun 3ª

Leia mais

1. Criem um novo documento no Flash MX 2004. Atribuam as dimensões do filme, Width e Height para 300 e 200.

1. Criem um novo documento no Flash MX 2004. Atribuam as dimensões do filme, Width e Height para 300 e 200. Timeline Effects Uma das evoluções que se denotam logo à partida no Flash MX 2004, são os efeitos da timeline. Os efeitos da timeline são uma colecção de efeitos especiais que podem ser personalizados

Leia mais

Retocar imagens. Você aprenderá a

Retocar imagens. Você aprenderá a Retocar imagens Bem-vindo ao Corel PHOTO-PAINT, um sofisticado programa de edição de imagens de bitmap que permite o retoque de fotos existentes ou a criação de gráficos originais Neste tutorial, você

Leia mais

O Stage onde estão os gráficos, videos, botões etc que irão aparecer durante o play back.

O Stage onde estão os gráficos, videos, botões etc que irão aparecer durante o play back. O que é o Flash? Copyright 2006/2007 Jorge Mota- Multimédia I/ISTEC O flash é uma ferramenta autor, que pode ser usada por designers, editores de conteúdos, engenheiros multimédia e programadores para

Leia mais

TUTORIAL SCRIBUS 1.4.2

TUTORIAL SCRIBUS 1.4.2 1 TUTORIAL SCRIBUS 1.4.2 Marinez Siveris asiveris@via-rs.net O que é o Scribus? O Scribus é um excelente programa livre para a produção de revistas, propagandas, jornais, enfim, qualquer documento que

Leia mais

AULA 5 Manipulando Dados Matriciais: Grades e Imagens. 5.1 Importando Grades e Imagens Interface Simplificada

AULA 5 Manipulando Dados Matriciais: Grades e Imagens. 5.1 Importando Grades e Imagens Interface Simplificada 5.1 AULA 5 Manipulando Dados Matriciais: Grades e Imagens Nessa aula serão apresentadas algumas funcionalidades do TerraView relativas à manipulação de dados matriciais. Como dados matriciais são entendidas

Leia mais

» Manual para criação de epub

» Manual para criação de epub » Manual para criação de epub Antes de acessar a este manual registre-se em www.escrytos.com.br Antes de iniciar o processo de criação do seu livro em epub saiba que: 1) Este manual foi elaborado para

Leia mais

Continuação. 32. Inserir uma imagem da GALERIA CLIP-ART

Continuação. 32. Inserir uma imagem da GALERIA CLIP-ART Continuação 32. Inserir uma imagem da GALERIA CLIP-ART a) Vá para o primeiro slide da apresentação salva no item 31. b) Na guia PÁGINA INICIAL, clique no botão LAYOUT e selecione (clique) na opção TÍTULO

Leia mais

Manual do. Peticionamento Eletrônico

Manual do. Peticionamento Eletrônico Manual do Peticionamento Eletrônico Este documento contém orientações sobre como gerar documentos para o serviço de Peticionamento Eletrônico no Portal e-saj Tribunal de Justiça de São Paulo. Resumo Os

Leia mais

Criando Gif no GIMP com várias fotos sobrepostas e lado a lado

Criando Gif no GIMP com várias fotos sobrepostas e lado a lado Criando Gif no GIMP com várias fotos sobrepostas e lado a lado As fotos devem estar redimensionadas do mesmo tamanho (vamos trabalhar com as dimensões 200 x 150 pixels). Para isso antes de iniciar os trabalhos

Leia mais

Portal da Prefeitura de São Paulo SECOM. MANUAL DO WARAM v. 1.5 Secretarias

Portal da Prefeitura de São Paulo SECOM. MANUAL DO WARAM v. 1.5 Secretarias SECOM MANUAL DO WARAM v. 1.5 Secretarias WARAM 1.5 Ferramenta de atualização do Portal da Prefeitura de São Paulo. Use preferencialmente o navegador Internet Explorer superior ou igual a 7.0. No campo

Leia mais