1 Revista LIBERDADE e CIDADANIA Ano IV n. 13 julho / setembro, 2011

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "1 Revista LIBERDADE e CIDADANIA Ano IV n. 13 julho / setembro, 2011 www.flc.org.br"

Transcrição

1 1 Revista LIBERDADE e CIDADANIA Ano IV n. 13 julho / setembro, RESENHA Barack Obama A AUDÁCIA DA ESPERANÇA: reflexões sobre a conquista do sonho americano (2006). Por João Paulo Peixoto * São Paulo, 2007 Yes, we can. Com essa frase que se transformou em bordão de campanha, Barack Hussein Obama venceu as eleições norteamericanas de 2008, tornando-se o 44º presidente dos Estados Unidos da América e o primeiro afroamericano. Este livro foi uma das peças de campanha destinadas a passar ao público uma mensagem de esperança em meio ao desalento dos últimos anos do governo Bush. Marcados, embora não causados por ele, por uma profunda recessão econômica resultante da crise financeira provocada pelos abusos praticados por Wall Street. Ironicamente, ocorreu o mesmo fenômeno daquele verificado na eleição presidencial de 1980, quando Ronald Reagan, o candidato republicano, derrotou o democrata Jimmy Carter com uma campanha alicerçada justamente no otimismo, idealismo e na esperança do povo norte-americano ainda abalado pela recessão e a renúncia de Nixon, no rescaldo da derrota na guerra do Vietnã. O fenômeno viria se repetir décadas depois, porém com sinais trocados. Ao declarar que o tempo de mudança havia chegado para a América ( Change has come to America ), Obama acenou com uma era de júbilo e novas

2 2 Revista LIBERDADE e CIDADANIA Ano IV n. 13 julho / setembro, expectativas para os americanos. Todos os americanos. Uma vez que uma estratégica importante da sua campanha foi evitar sempre, a sua condição racial como fator diferenciador na disputa. Ao contrário, colocou-se sempre como um americano a serviço dos americanos de todas as raças e classes sociais. Tal postura motivou especialmente o eleitorado jovem que depositou nele todo o seu idealismo e desejo de mudança. Por isso, Obama não venceu exclusivamente por conta da cor de sua pele e nem por causa dela. Uma campanha, aliás, extremamente bem planejada, com uso intensivo das novas tecnologias, e pacientemente executada pelo candidato, reforçada por sua extraordinária oratória e acentuado carisma. Uma campanha que inaugurou a prática de captação massiva de recursos via internet. Frases perfeitas e repetidas sempre que possível, do tipo: Eu não estou fazendo história, vocês estão ( I m not the one making history. You are ); ou ainda: Este é o nosso tempo ( This is our time ), funcionaram como verdadeiros motores a turbinar a imaginação popular. Ou seja, a combinação certa de uma mensagem certa pelo mensageiro certo, na hora certa fez Barack Obama presidente dos Estados Unidos da América. O livro, escrito logo após sua eleição em 2004 começa com lembranças de detalhes do Senado e suas particularidades. Uma breve descrição da rotina diária dos senadores e algumas considerações sobre o papel do senador e do Senado norte-americano. Ali, como aqui, se destaca muito mais o trabalho de bastidores em prejuízo da presença em plenário. Esta reservada naturalmente às votações e eventuais discursos para um salão quase sempre vazio, segundo o relato do próprio autor. Mais adiante lança farpas contra os partidos republicano e democrata nas suas performances governativas afastadas do verdadeiro pensamento popular. Fenômeno, aliás, recorrente em várias polis onde as elites governantes tendem a desenvolver um isolamento envolto pelo poder e pela burocracia. Para ultrapassar esta disfunção, Obama propõe o retorno às origens da constituição norte-

3 3 Revista LIBERDADE e CIDADANIA Ano IV n. 13 julho / setembro, americana. Eivada de idealismo e patriotismo que transcendem as atuações partidárias, conferindo à manifestação popular o verdadeiro peso no exercício da democracia e do governo representativo. A partir desta visão já se poderia imaginar a tônica do que viria ser sua plataforma de campanha presidencial anos depois. Nela, o candidato buscaria uma conexão direta com o povo americano baseando sua fala exatamente naqueles princípios consagrados na Constituição de Dois capítulos são dedicados as sensíveis questões relativas à fé e a raça. Neles o autor discorre sobre suas posições nestes temas de profunda intimidade para os eleitores e suas famílias, sem omitir sua opinião clara sobre temas sensíveis. Quanto à questão racial o referido capítulo lembra um trecho do discurso proferido na Convenção Nacional Democrata de 2004 que, segundo suas palavras, parece ter causado comoção: Não existem os Estados Unidos dos negros, os Estados Unidos dos brancos, os Estados Unidos dos descendentes de latinos ou os Estados Unidos dos descendentes de asiáticos existem apenas os Estados Unidos da América. No capítulo 8 são lançadas pistas para o que viria a ser a política externa dos EUA segundo sua visão de mundo. Desde que lhe fosse possível chegar à presidência da república em No último capítulo defende a importância e a perenidade da instituição familiar a partir de sua própria experiência. Encarrega-se também de manifestar ceticismo quanto ao catastrofismo liberal ou conservador que é eventualmente lançado sobre a família em razão das novas realidades a ela impostas pela sociedade industrial. Por fim cabe lembrar as palavras de Robert Kennedy, ao afirmar que a nação avançava tão rapidamente na questão das relações raciais que um negro poderia ser presidente em 30 ou 40 anos. Feita em 1961 esta previsão demorou um pouco mais para se tornar realidade.

4 4 Revista LIBERDADE e CIDADANIA Ano IV n. 13 julho / setembro, Não deixa de ser significativo o fato de em menos de 5 décadas os Estados Unidos terem evoluído de uma situação de segregação racial onde escolas e ônibus não eram compartilhados por brancos e negros, para uma época em que um afro-americano pudesse ser eleito presidente da república. Como gostavam de repetir patrioticamente americanos de todos os lados no dia da vitória: somente na América isso seria possível. Para Barack Obama o sonho americano começava a ser resgatado com audácia e esperança. Seja como plataforma eleitoral, seja como difusor de um pensamento político, a leitura do livro em questão constitui-se em peça importante para todos que desejem mergulhar na filosofia política e nos mais caros valores que regem os princípios e fundamentos estruturantes da nação norte-americana. Agora revividos e discutidos por alguém que se propõe a recuperá-los e renová-los com coragem e determinação. Boa leitura. Em tempo, o governo Obama, no entanto, é outra história. * João Paulo M. Peixoto João Paulo M. Peixoto, Professor de Ciência Política e Administração Pública da Universidade de Brasília, é professor associado internacional do VILLA Victoria University of Wellington, New Zealand. Seu livro mais recente (Org.) é Governando o Governo: modernização da administração pública no Brasil. Ex-Assessor Parlamentar dos Ministérios da Fazenda e Educação no Brasil, também serviu como servidor público internacional das Nações Unidas (DESA) junto ao Governo de Angola, e como consultor do Banco Mundial para assuntos de reforma do setor público. Foi visiting scholar nas universidades de Columbia e Georgetown (EUA) e bolsista do Woodrow Wilson Center (Brazil Programe).

5 5 Revista LIBERDADE e CIDADANIA Ano IV n. 13 julho / setembro, Fonte Revista LIBERDADE e CIDADANIA Senado Federal Anexo I 26º andar Brasília DF Telefone: (55) xx

Reformas Políticas: aperfeiçoando e ampliando a Democracia

Reformas Políticas: aperfeiçoando e ampliando a Democracia Reformas Políticas: aperfeiçoando e ampliando a Democracia Pedro Pontual Pesquisador da Equipe de Participação Cidadã/Observatório dos Direitos do Cidadão do Instituto Pólis Apresentação O Observatório

Leia mais

A perspectiva de reforma política no Governo Dilma Rousseff

A perspectiva de reforma política no Governo Dilma Rousseff A perspectiva de reforma política no Governo Dilma Rousseff Homero de Oliveira Costa Revista Jurídica Consulex, Ano XV n. 335, 01/Janeiro/2011 Brasília DF A reforma política, entendida como o conjunto

Leia mais

Como o Scup pode ajudar consultores políticos durante o período eleitoral

Como o Scup pode ajudar consultores políticos durante o período eleitoral Como o Scup pode ajudar consultores políticos durante o período eleitoral Primeiros passos no mundo da política Em 1992, o paulista Gilberto Musto iniciou a sua consultoria política na cidade de Fernandópolis.

Leia mais

Democracia Burguesa e Apatia Política. Se, como apontou Marx, existe uma relação entre o nível de participação

Democracia Burguesa e Apatia Política. Se, como apontou Marx, existe uma relação entre o nível de participação Democracia Burguesa e Apatia Política Luciano Cavini Martorano 1 Se, como apontou Marx, existe uma relação entre o nível de participação popular e a plenitude da transformação social, o socialismo deveria

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Coordenação de Biblioteca A Revolução de 1930 e o 10 de novembro

Leia mais

Conferência. Os Estados Unidos e a Ordem Internacional. 30 Setembro a 01 Outubro 2004. Auditório da FLAD, Lisboa

Conferência. Os Estados Unidos e a Ordem Internacional. 30 Setembro a 01 Outubro 2004. Auditório da FLAD, Lisboa Conferência Os Estados Unidos e a Ordem Internacional 30 Setembro a 01 Outubro 2004 Auditório da FLAD, Lisboa Os Limites da Esperança: Kerry e a Política Externa dos Estados Unidos João Marques de Almeida

Leia mais

not. esp. varied. entret. vídeos not. esp. varied. entret. vídeos Para uma melhor visualização do site atualize-o ou escolha outro navegador.

not. esp. varied. entret. vídeos not. esp. varied. entret. vídeos Para uma melhor visualização do site atualize-o ou escolha outro navegador. not. esp. varied. entret. vídeos ENTRE not. esp. varied. entret. vídeos ENTRE Internet Seu Firefox Explorer está desatualizado. Para uma melhor visualização do site atualize-o ou escolha outro navegador.

Leia mais

Jornalista: O senhor se arrepende de ter dito que crise chegaria ao Brasil como uma marolinha?

Jornalista: O senhor se arrepende de ter dito que crise chegaria ao Brasil como uma marolinha? Entrevista exclusiva concedida por escrito pelo Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, ao jornal Gazeta do Povo, do Paraná Publicada em 08 de fevereiro de 2009 Jornalista: O Brasil ainda tem

Leia mais

05/12/2006. Discurso do Presidente da República

05/12/2006. Discurso do Presidente da República , Luiz Inácio Lula da Silva, no encerramento da 20ª Reunião Ordinária do Pleno Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social Palácio do Planalto, 05 de dezembro de 2006 Eu acho que não cabe discurso aqui,

Leia mais

1 Revista LIBERDADE e CIDADANIA Ano III n. 10 outubro/dezembro, 2010 www.flc.org.br

1 Revista LIBERDADE e CIDADANIA Ano III n. 10 outubro/dezembro, 2010 www.flc.org.br 1 Revista LIBERDADE e CIDADANIA Ano III n. 10 outubro/dezembro, 2010 RESENHA George W. Bush -DECISION POINTS. New York: Crown Publishers, 2010 Por João Paulo M. Peixoto* Dedicando apenas dois dos quatorze

Leia mais

Pronunciamento do Excelentíssimo Senhor Ministro de Estado Chefe da Casa Civil da Presidência da República, Antonio Palocci Filho

Pronunciamento do Excelentíssimo Senhor Ministro de Estado Chefe da Casa Civil da Presidência da República, Antonio Palocci Filho Pronunciamento do Excelentíssimo Senhor Ministro de Estado Chefe da Casa Civil da Presidência da República, Antonio Palocci Filho Brasília, 02/01/2011 (Saudações e agradecimentos)... Senhoras e senhores,

Leia mais

Objetivos. Como conduzir meu voto de maneira consciente? Como funciona o cenário político?

Objetivos. Como conduzir meu voto de maneira consciente? Como funciona o cenário político? Objetivos Como conduzir meu voto de maneira consciente? Como funciona o cenário político? Como desenvolver a consciência de que fazemos parte do sistema político? 1. O que eu tenho a ver com isso? O que

Leia mais

Fórum Social Mundial Memória FSM memoriafsm.org

Fórum Social Mundial Memória FSM memoriafsm.org Este documento faz parte do Repositório Institucional do Fórum Social Mundial Memória FSM memoriafsm.org CLIPPING FSM 2009 AMAZÔNIA Jornal: CARTA MAIOR Data: 31/01/09 http://www.cartamaior.com.br/templates/materiamostrar.cfm?materia_id=15558

Leia mais

presidente Brasil Por Nízea Coelho

presidente Brasil Por Nízea Coelho a PRIMEIRA presidente do Brasil Por Nízea Coelho 1 Lula é um fenômeno no mundo Historiador, mestre e futuro doutor. Este é Leandro Pereira Gonçalves, professor de História do Centro de Ensino Superior

Leia mais

Sumário. Introdução - O novo hábito... 1. Capítulo 1 - Pra que serve tudo isso?... 3. Sobre o vocabulário... 4. Benefícios... 7

Sumário. Introdução - O novo hábito... 1. Capítulo 1 - Pra que serve tudo isso?... 3. Sobre o vocabulário... 4. Benefícios... 7 Sumário Introdução - O novo hábito... 1 Capítulo 1 - Pra que serve tudo isso?... 3 Sobre o vocabulário... 4 Benefícios... 7 Perguntas Frequentes sobre o Orçamento Doméstico... 10 Capítulo 2 - Partindo

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Coordenação de Biblioteca 21 Discurso na cerimónia de instalação

Leia mais

Sebastião Salgado atribui culpa a EUA e Europa por atual crise dos refugiados

Sebastião Salgado atribui culpa a EUA e Europa por atual crise dos refugiados Sebastião Salgado atribui culpa a EUA e Europa por atual crise dos refugiados POR ENTRETEMPOS, JORNAL FOLHA DE SÃO PAULO, 04.10.2015 Tião, como é chamado pelos amigos, não toma café. Ainda assim, motivado

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Coordenação de Biblioteca 48 Discurso na cerimónia de posse

Leia mais

HISTÓRICO DE REFORMAS A QUE SE REFERE A EXPRESSÃO

HISTÓRICO DE REFORMAS A QUE SE REFERE A EXPRESSÃO HISTÓRICO DE REFORMAS A QUE SE REFERE A EXPRESSÃO REFORMA POLÍTICA NAS DISCUSSÕES EM CURSO NO CONGRESSO NACIONAL MÁRCIO NUNO RABAT Consultor Legislativo da Área XIX Ciência Política, Sociologia Política,

Leia mais

Curso de Formação de Conselheiros em Direitos Humanos Abril Julho/2006

Curso de Formação de Conselheiros em Direitos Humanos Abril Julho/2006 Curso de Formação de Conselheiros em Direitos Humanos Abril Julho/2006 Realização: Ágere Cooperação em Advocacy Apoio: Secretaria Especial dos Direitos Humanos/PR Módulo II: Conselhos dos Direitos no Brasil

Leia mais

Trabalho de história 3º tri Integrantes Frederico Strasser Nº:15 Diogo Amorim Nº:12 Guilherme Hasslocher Nº:19 Lucas Fuss Nº:28 Mateus Peres Nº:34

Trabalho de história 3º tri Integrantes Frederico Strasser Nº:15 Diogo Amorim Nº:12 Guilherme Hasslocher Nº:19 Lucas Fuss Nº:28 Mateus Peres Nº:34 Trabalho de história 3º tri Integrantes Frederico Strasser Nº:15 Diogo Amorim Nº:12 Guilherme Hasslocher Nº:19 Lucas Fuss Nº:28 Mateus Peres Nº:34 -Enquanto Buenos Aires se tornava mais poderosa, os lideres

Leia mais

MÓDULO 5 O SENSO COMUM

MÓDULO 5 O SENSO COMUM MÓDULO 5 O SENSO COMUM Uma das principais metas de alguém que quer escrever boas redações é fugir do senso comum. Basicamente, o senso comum é um julgamento feito com base em ideias simples, ingênuas e,

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Coordenação de Biblioteca 23 Discurso na cerimónia de assinatura

Leia mais

Pesquisa de Opinião Pública Tema geral: Como o eleitor escolheu seus candidatos em 2010

Pesquisa de Opinião Pública Tema geral: Como o eleitor escolheu seus candidatos em 2010 Pesquisa de Opinião Pública Tema geral: Como o eleitor escolheu seus candidatos em 2010 Apresentação: Somos pesquisadores da Universidade Federal do Ceará e gostaríamos de saber como as pessoas votaram

Leia mais

O cotidiano da gestão educacional e a gestão do cotidiano escolar

O cotidiano da gestão educacional e a gestão do cotidiano escolar 5 CAPÍTULO 5 ESTÁGIO SUPERVISIONADO I: GESTÃO EDUCACIONAL O cotidiano da gestão educacional e a gestão do cotidiano escolar Introdução A compreensão deste capítulo está diretamente relacionada ao entendimento

Leia mais

Eleições presidenciais no Brasil em 2010: o perfil dos candidatos e de suas alianças

Eleições presidenciais no Brasil em 2010: o perfil dos candidatos e de suas alianças Eleições presidenciais no Brasil em 2010: o perfil dos candidatos e de suas alianças Aline Bruno Soares Rio de Janeiro, julho de 2010. Desde seu início, o ano de 2010 tem se mostrado marcante em relação

Leia mais

Estudo dirigido capítulo 3 e 5 Aluno: Nº

Estudo dirigido capítulo 3 e 5 Aluno: Nº O Ensino Fundamental Ano: 8º HISTÓRIA- 1ª ETAPA/2016 Professora: Renata Turma: Estudo dirigido capítulo 3 e 5 Aluno: Nº Data: / /2016 1-Explique como as ideias iluministas contribuíram para a efetivação

Leia mais

DIRETORIA LEGISLATIVA CONSULTORIA LEGISLATIVA. TIPO DE TRABALHO: ESTUDO TÉCNICO ESPECÍFICO ASSUNTO: Financiamento de campanhas nos Estados Unidos

DIRETORIA LEGISLATIVA CONSULTORIA LEGISLATIVA. TIPO DE TRABALHO: ESTUDO TÉCNICO ESPECÍFICO ASSUNTO: Financiamento de campanhas nos Estados Unidos DIRETORIA LEGISLATIVA CONSULTORIA LEGISLATIVA TIPO DE TRABALHO: ESTUDO TÉCNICO ESPECÍFICO ASSUNTO: Financiamento de campanhas nos Estados Unidos CONSULTORA: ANA LUIZA BACKES DATA: 21/09/2005 2 Neste trabalho,

Leia mais

O MENSALÃO E A PERDA DE MANDATO ELETIVO

O MENSALÃO E A PERDA DE MANDATO ELETIVO O MENSALÃO E A PERDA DE MANDATO ELETIVO José Afonso da Silva 1. A controvérsia 1. A condenação, pelo Supremo Tribunal Federal, na Ação Penal 470, de alguns deputados federais tem suscitado dúvidas relativamente

Leia mais

Reforma Política Democrática Eleições Limpas 13 de janeiro de 2015

Reforma Política Democrática Eleições Limpas 13 de janeiro de 2015 Reforma Política Democrática Eleições Limpas 13 de janeiro de 2015 A Coalizão é uma articulação da sociedade brasileira visando a uma Reforma Política Democrática. Ela é composta atualmente por 101 entidades,

Leia mais

coleção Conversas #15 - NOVEMBRO 2014 - eg o. m r e é r q Respostas perguntas para algumas que podem estar passando pela sua cabeça.

coleção Conversas #15 - NOVEMBRO 2014 - eg o. m r e é r q Respostas perguntas para algumas que podem estar passando pela sua cabeça. o coleção Conversas #15 - NOVEMBRO 2014 - Sou d advoga Será a que e é nã p o r consigo e q u e sou n m pr eg r eg o a?. Respostas perguntas para algumas que podem estar passando pela sua cabeça. A Coleção

Leia mais

Curso: Estudos Sociais Habilitação em História. Ementas das disciplinas: 1º Semestre

Curso: Estudos Sociais Habilitação em História. Ementas das disciplinas: 1º Semestre Curso: Estudos Sociais Habilitação em História Ementas das disciplinas: 1º Semestre Disciplina: Introdução aos estudos históricos Carga horária semestral: 80 h Ementa: O conceito de História, seus objetivos

Leia mais

Palavras do autor. Escrever para jovens é uma grande alegria e, por que não dizer, uma gostosa aventura.

Palavras do autor. Escrever para jovens é uma grande alegria e, por que não dizer, uma gostosa aventura. Palavras do autor Escrever para jovens é uma grande alegria e, por que não dizer, uma gostosa aventura. Durante três anos, tornei-me um leitor voraz de histórias juvenis da literatura nacional, mergulhei

Leia mais

30/09/2008. Entrevista do Presidente da República

30/09/2008. Entrevista do Presidente da República Entrevista coletiva concedida pelo Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, em conjunto com o presidente da Venezuela, Hugo Chávez, com perguntas respondidas pelo presidente Lula Manaus-AM,

Leia mais

Proposta de Reforma Política

Proposta de Reforma Política Proposta de Reforma Política Proposta de Reforma Política - 2 de 7 Senhores Parlamentares, agradecemos a cordialidade em nos receber e a oportunidades para que falemos nesta casa sobre um tema crucial

Leia mais

Manifeste Seus Sonhos

Manifeste Seus Sonhos Manifeste Seus Sonhos Índice Introdução... 2 Isso Funciona?... 3 A Força do Pensamento Positivo... 4 A Lei da Atração... 7 Elimine a Negatividade... 11 Afirmações... 13 Manifeste Seus Sonhos Pág. 1 Introdução

Leia mais

O maior desafio do Sistema Único de Saúde hoje, no Brasil, é político

O maior desafio do Sistema Único de Saúde hoje, no Brasil, é político O maior desafio do Sistema Único de Saúde hoje, no Brasil, é político Jairnilson Paim - define o SUS como um sistema que tem como característica básica o fato de ter sido criado a partir de um movimento

Leia mais

Aulas 1 e 2 de Direito Eleitoral Professor: Will

Aulas 1 e 2 de Direito Eleitoral Professor: Will Aulas 1 e 2 de Direito Eleitoral Professor: Will 1) Mudanças que se sujeitam ao princípio da anualidade: a) mudança na lei partidária (filiação, convenção, coligações, número de candidatos etc). b) mudança

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Coordenação de Biblioteca 11 Discurso na cerimónia de assinatura

Leia mais

Análise do Discurso da Campanha Publicitária de Barack Obama nas eleições norte-americanas

Análise do Discurso da Campanha Publicitária de Barack Obama nas eleições norte-americanas Análise do Discurso da Campanha Publicitária de Barack Obama nas eleições norte-americanas Héber Araújo Brandão, Patricia Dantas Dias Universidade Federal de Pernambuco Índice 1. Introdução 1 2. Fundamentação

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Coordenação de Biblioteca Lançamento da Campanha Contra a Poliomielite

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Coordenação de Biblioteca 44 Discurso no jantar oferecido ao

Leia mais

Apontamentos das obras LeYa em relação ao Currículo de Referência da Rede Estadual de Educação de GOIÁs. História Oficina de História

Apontamentos das obras LeYa em relação ao Currículo de Referência da Rede Estadual de Educação de GOIÁs. História Oficina de História Apontamentos das obras LeYa em relação ao Currículo de Referência da Rede Estadual de Educação de GOIÁs História Oficina de História 2 Caro professor, Este guia foi desenvolvido para ser uma ferramenta

Leia mais

Estado da Paraíba PREFEITURA MUNICIPAL DE TAVARES GABINETE DO PREFEITO

Estado da Paraíba PREFEITURA MUNICIPAL DE TAVARES GABINETE DO PREFEITO LEI Nº 704/2013 DISPÕE SOBRE A CRIAÇÃO DO CONSELHO MUNICIPAL DE PROMOÇÃO DA IGUALDADE RACIAL COMPIR E DÁ OUTRAS PROVIDÊNCIAS. O PREFEITO CONSTITUCIONAL DO MUNICÍPIO DE TAVARES, Estado da Paraíba, usando

Leia mais

54616 Sábado 17 DIÁRIO DO SENADO FEDERAL Dezembro de 2011

54616 Sábado 17 DIÁRIO DO SENADO FEDERAL Dezembro de 2011 54616 Sábado 17 DIÁRIO DO SENADO FEDERAL Dezembro de 2011 RO) Voltamos à lista de oradores. Pela ordem de inscrição, Senadora Ana Amélia, pela Liderança do PP. RO) A Presidência recebeu da Câmara dos Deputados

Leia mais

FORMANDO PEDAGOGOS PARA ENSINAR CIÊNCIAS NAS SÉRIES INICIAIS DO ENSINO FUNDAMENTAL

FORMANDO PEDAGOGOS PARA ENSINAR CIÊNCIAS NAS SÉRIES INICIAIS DO ENSINO FUNDAMENTAL FORMANDO PEDAGOGOS PARA ENSINAR CIÊNCIAS NAS SÉRIES INICIAIS DO ENSINO FUNDAMENTAL Erika Zimmermann 1 Universidade de Brasília Faculdade de Educação Departamento de Métodos e Técnicas de Ensino Paula Cristina

Leia mais

Política de cotas para mulheres na política tem 75% de aprovação

Política de cotas para mulheres na política tem 75% de aprovação Política de cotas para mulheres na política tem 75% de aprovação População conhece pouco a atual lei de cotas, mas acha que os partidos que não cumprem a lei deveriam ser punidos A maioria da população

Leia mais

REGISTROS REUNIÃO DO PROGRAMA ENERGIA SOCIAL NA E.E SALVADOR MORENO MUNHOZ. TEORODO SAMPAIO - SP

REGISTROS REUNIÃO DO PROGRAMA ENERGIA SOCIAL NA E.E SALVADOR MORENO MUNHOZ. TEORODO SAMPAIO - SP 1 REGISTROS REUNIÃO DO PROGRAMA ENERGIA SOCIAL NA E.E SALVADOR MORENO MUNHOZ. TEORODO SAMPAIO - SP Data: 01/09/2012 Horário: 18h às 20h. Munhoz Município: Teodoro Sampaio Carneiro da Silva Gonçalves Número

Leia mais

GOVERNO DO ESTADO DO PARA

GOVERNO DO ESTADO DO PARA MENSAGEM N 035/2011 -GG Belém, 31 de agosto de 2011 Excelentíssimo Senhor Deputado MANOEL PIONEIRO Presidente da Assembleia Legislativa do Estado Local Senhoras e Senhores Deputados, É com muita honra

Leia mais

RESUMO RESENHA DO LIVRO OS BESTIALIZADOS: O RIO DE JANEIRO E A REPÚBLICA QUE NÃO FOI, DE JOSÉ MURILO DE CARVALHO

RESUMO RESENHA DO LIVRO OS BESTIALIZADOS: O RIO DE JANEIRO E A REPÚBLICA QUE NÃO FOI, DE JOSÉ MURILO DE CARVALHO RESUMO RESENHA DO LIVRO OS BESTIALIZADOS: O RIO DE JANEIRO E A REPÚBLICA QUE NÃO FOI, DE JOSÉ MURILO DE CARVALHO Resenha do livro de José Murilo de Carvalho, Os bestializados: o Rio de Janeiro e a República

Leia mais

Governabilidade, Participação Política e Sistemas Eleitorais

Governabilidade, Participação Política e Sistemas Eleitorais Seminário Internacional sobre Governabilidade Democrática e Igualdade de Gênero CEPAL - Santiago do Chile 1-2 de dezembro de 2004 Governabilidade, Participação Política e Sistemas Eleitorais Gostaria inicialmente

Leia mais

BPC Policy Brief. Monitor: O caminho para Nova Déli? A reforma do FMI, a sucessão no Banco Mundial e o banco do BRICS

BPC Policy Brief. Monitor: O caminho para Nova Déli? A reforma do FMI, a sucessão no Banco Mundial e o banco do BRICS Junho, 2012 BPC Policy Brief - V. 2 N. 46 BPC Policy Brief Monitor: O caminho para Nova Déli? A reforma do FMI, a sucessão no Banco Mundial e o banco do BRICS Diego Santos Vieira de Jesus Sobre o BRICS

Leia mais

UNIVERSIDADE DO ESTADO DO PARÁ PROCESSO SELETIVO DE TRANSFERÊNCIAS INTERNAS E EXTERNAS LICENCIATURA EM CIÊNCIAS NATURAIS - QUÍMICA

UNIVERSIDADE DO ESTADO DO PARÁ PROCESSO SELETIVO DE TRANSFERÊNCIAS INTERNAS E EXTERNAS LICENCIATURA EM CIÊNCIAS NATURAIS - QUÍMICA UNIVERSIDADE DO ESTADO DO PARÁ PROCESSO SELETIVO DE TRANSFERÊNCIAS INTERNAS E EXTERNAS LICENCIATURA EM CIÊNCIAS NATURAIS - QUÍMICA BOLETIM DE QUESTÕES N LEIA, COM ATENÇÃO, AS SEGUINTES INSTRUÇÕES 1. Este

Leia mais

Século XXI. Sobre a cultura islâmica após os atentados de 11 de setembro. Palavras amáveis não custam nada e conseguem muito.

Século XXI. Sobre a cultura islâmica após os atentados de 11 de setembro. Palavras amáveis não custam nada e conseguem muito. Século XXI Oficialmente, o século XXI, inicia-se cronologicamente no final do ano 2000. Historicamente podemos destacar que os eventos que aconteceram um ano após a entrada do novo milênio marcam a chegada

Leia mais

Leia a íntegra do pronunciamento da presidente eleita Dilma Rousseff

Leia a íntegra do pronunciamento da presidente eleita Dilma Rousseff 31/10/2010 23h56 - Atualizado em 01/11/2010 11h24 Leia a íntegra do pronunciamento da presidente eleita Dilma Rousseff Em Brasília, ela fez primeiro discurso após anúncio do resultado da eleição. Ela afirmou

Leia mais

Resolução TSE n. 23.404 (27-02-2014) Capítulo VII artigos 33 a 48

Resolução TSE n. 23.404 (27-02-2014) Capítulo VII artigos 33 a 48 HORÁRIO ELEITORAL 2014 RESOLUÇÃO TSE 23404 Resolução TSE n. 23.404 (27-02-2014) Capítulo VII artigos 33 a 48 Capítulo VII Da Propaganda Eleitoral Gratuita no Rádio e na Televisão Art. 33 A propaganda eleitoral

Leia mais

PARECER DO RELATOR * RELATÓRIO *

PARECER DO RELATOR * RELATÓRIO * PARECER DO RELATOR (Sr. Rodrigo Maia) * RELATÓRIO * Em síntese, as propostas constitucionais ora em análise têm por escopo alterar o sistema político-eleitoral em vigor, de modo a ajustar o sistema eleitoral

Leia mais

PROGRAMA DA CHAPA PARTIDO E GOVERNO COM O POVO PARA O PT CONTINUAR LIDERARANDO UM NOVO CICLO DE TRANSFORMAÇÕES NO BRASIL E EM GUARULHOS

PROGRAMA DA CHAPA PARTIDO E GOVERNO COM O POVO PARA O PT CONTINUAR LIDERARANDO UM NOVO CICLO DE TRANSFORMAÇÕES NO BRASIL E EM GUARULHOS PROGRAMA DA CHAPA PARTIDO E GOVERNO COM O POVO PARA O PT CONTINUAR LIDERARANDO UM NOVO CICLO DE TRANSFORMAÇÕES NO BRASIL E EM GUARULHOS "As manifestações são parte indissociável do nosso processo de ascensão

Leia mais

Dilma: https://www.youtube.com/watch?v=9mi2fx7evra

Dilma: https://www.youtube.com/watch?v=9mi2fx7evra Dilma: https://www.youtube.com/watch?v=9mi2fx7evra Governo novo, ideias novas. Hoje, dia do médico, nossa saudação a todos os profissionais que exercem a nobre missão de cuidar da vida do próximo. É por

Leia mais

Itália - Família italiana descobre tesouro arqueológico durante reforma de banheiro

Itália - Família italiana descobre tesouro arqueológico durante reforma de banheiro Itália - Família italiana descobre tesouro arqueológico durante reforma de banheiro Em Lecce, aqui no sul da Itália, em qualquer lugar que você escava, pode encontrar um pedaço de história. Faggiano encontrou

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Coordenação de Biblioteca 64 Discurso na cerimónia de lançamento

Leia mais

MANUAL DE OFICINA VOTO CONSCIENTE - VOTO VAI ALÉM Metodologias & Informações extras

MANUAL DE OFICINA VOTO CONSCIENTE - VOTO VAI ALÉM Metodologias & Informações extras MANUAL DE OFICINA VOTO CONSCIENTE - VOTO VAI ALÉM Metodologias & Informações extras INTRODUÇÃO & OBJETIVOS 1. O QUE EU TENHO A VER COM ISSO? CONTEÚDOS: O QUE É POLÍTICA? Enfatizar a presença da política

Leia mais

Maurício Piragino /Xixo Escola de Governo de São Paulo. mauxixo.piragino@uol.com.br

Maurício Piragino /Xixo Escola de Governo de São Paulo. mauxixo.piragino@uol.com.br Democracia Participativa e Direta: conselhos temáticos e territoriais (Conselhos Participativos nas Subprefeituras); Iniciativa Popular, Plebiscitos e Referendo" Maurício Piragino /Xixo Escola de Governo

Leia mais

QUARTA CONSTITUIÇÃO (A CONSTITUIÇÃO DO ESTADO NOVO)

QUARTA CONSTITUIÇÃO (A CONSTITUIÇÃO DO ESTADO NOVO) QUARTA CONSTITUIÇÃO (A CONSTITUIÇÃO DO ESTADO NOVO) NOME...Constituição dos Estados Unidos do Brasil DATA...10 de Novembro de 1937 ORIGEM...Outorgada DURAÇÃO...9 anos PREÂMBULO O Presidente da República

Leia mais

VEREADORA DRA. CRISTINA LOPES AFONSO

VEREADORA DRA. CRISTINA LOPES AFONSO A P E N A S Q U A N D O S O M O S I N S T R U Í D O S P E L A R E A L I D A D E É Q U E P O D E M O S M U D Á - L A B E R T O L T B R E C H T VEREADORA DRA. CRISTINA LOPES AFONSO 1 Eu sou aquela mulher

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Coordenação de Biblioteca 52 Discurso por ocasião da inauguração

Leia mais

Paradoxos eleitorais

Paradoxos eleitorais Paradoxos eleitorais o voto é uma das grandes conquistas da humanidade. Ainda nada melhor foi inventado para conseguir um sistema de governo que garanta a liberdade e o progresso. E será possível inventá-lo?

Leia mais

RELATÓRIO SÍNTESE DO IV SIMPÓSIO NACIONAL DO CEBES

RELATÓRIO SÍNTESE DO IV SIMPÓSIO NACIONAL DO CEBES RELATÓRIO SÍNTESE DO IV SIMPÓSIO NACIONAL DO CEBES O IV Simpósio Nacional do (Cebes), realizado no dia 31 de outubro de 2015, no Instituto de Arquitetos do Brasil (IAB), no Rio de Janeiro, teve como objetivo

Leia mais

Discurso do Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, durante cerimônia de assinatura de atos e declaração à imprensa

Discurso do Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, durante cerimônia de assinatura de atos e declaração à imprensa , Luiz Inácio Lula da Silva, durante cerimônia de assinatura de atos e declaração à imprensa Porto Príncipe-Haiti, 28 de maio de 2008 Meu caro amigo, presidente René Préval, presidente da República do

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Coordenação de Biblioteca PROGRAMA DO MUTIRÃO HABITACIONAL

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Coordenação de Biblioteca 101 Discurso na cerimónia de inauguração

Leia mais

A medicina da família e a humanização do atendimento ao paciente

A medicina da família e a humanização do atendimento ao paciente A medicina da família e a humanização do atendimento ao paciente por Denise Marson Apesar da implantação do programa Saúde da família, a formação de profissionais especializados na área de medicina da

Leia mais

Psicologia das multidões

Psicologia das multidões 1 Psicologia das multidões O estudo da Psicologia das multidões ou das Psicologia das massas foi feito pela primeira vez pelo sociólogo francês Gustave Le Bon em 1886. Os fatores que determinam as opiniões

Leia mais

UNIVERSIDADE ESTADUAL DO CEARÁ CURSO PRÉ-VESTIBULAR UECEVEST PROPOSTAS DE REDAÇÃO IV MARÇO 2016 PROFESSORAS ELABORADORAS: LORENA MARIA E LÚCIA HELENA

UNIVERSIDADE ESTADUAL DO CEARÁ CURSO PRÉ-VESTIBULAR UECEVEST PROPOSTAS DE REDAÇÃO IV MARÇO 2016 PROFESSORAS ELABORADORAS: LORENA MARIA E LÚCIA HELENA UNIVERSIDADE ESTADUAL DO CEARÁ CURSO PRÉ-VESTIBULAR UECEVEST PROPOSTAS DE REDAÇÃO IV MARÇO 2016 PROFESSORAS ELABORADORAS: LORENA MARIA E LÚCIA HELENA PROPOSTA 01 A partir da leitura dos textos motivadores

Leia mais

O que é protagonismo juvenil?

O que é protagonismo juvenil? O que é protagonismo juvenil? Branca Sylvia Brener * Índice Protagonismo Juvenil Por que a participação social dos jovens? O papel do educador Bibliografia Protagonismo Juvenil A palavra protagonismo vem

Leia mais

PROJETO DE LEI DO SENADO Nº 286, DE 2014

PROJETO DE LEI DO SENADO Nº 286, DE 2014 PROJETO DE LEI DO SENADO Nº 286, DE 2014 Acrescenta o art. 63-A à Lei nº 8.213, de 24 de julho de 1991, que dispõe sobre os Planos de Benefícios da Previdência Social e dá outras providências, para instituir

Leia mais

Dicas de Administração do Tempo. Dicas. Administração do Tempo. 2006 Reisner Consultores Associados

Dicas de Administração do Tempo. Dicas. Administração do Tempo. 2006 Reisner Consultores Associados Dicas Administração do Tempo 1 rev 23/08/06 O tempo é um bem limitado e não recuperável: pode-se fazer qualquer coisa, no entanto, cada dia continuará a ter somente 24 horas o dia de ontem não voltará

Leia mais

O IMPÉRIO DO BRASIL: PRIMEIRO REINADO 1822-1831. Professor Eric Assis Colégio Pedro II

O IMPÉRIO DO BRASIL: PRIMEIRO REINADO 1822-1831. Professor Eric Assis Colégio Pedro II O IMPÉRIO DO BRASIL: PRIMEIRO REINADO 1822-1831 Professor Eric Assis Colégio Pedro II OS DESAFIOS APÓS A INDEPENDÊNCIA I- Manter a unidade territorial do Brasil. II- Construir o Estado Nacional Brasileiro.

Leia mais

Grande crise do liberalismo econômico. Profª Karoline Rebouças

Grande crise do liberalismo econômico. Profª Karoline Rebouças Grande crise do liberalismo econômico Profª Karoline Rebouças Antes da Crise Fim da 1ª Guerra Mundial (1918) Europa arrasada Economia desestruturada Diminuição da mão-de-obra EUA patrocinam a reconstrução

Leia mais

SENHORAS E SENHORES RERESENTANTES DOS DIFERENTES ÓRGAOS E ENTIDADES. SENHORAS E SENHORES TRABALHADORES DE EDUCAÇÃO DESTE CENTRO.

SENHORAS E SENHORES RERESENTANTES DOS DIFERENTES ÓRGAOS E ENTIDADES. SENHORAS E SENHORES TRABALHADORES DE EDUCAÇÃO DESTE CENTRO. SENHORAS AUTORIDADES PRESENTES NESTE ATO DE POSSE. SENHORAS E SENHORES RERESENTANTES DOS DIFERENTES ÓRGAOS E ENTIDADES. SENHORAS E SENHORES TRABALHADORES DE EDUCAÇÃO DESTE CENTRO. CAROS ESTUDANTES E DEMAIS

Leia mais

09/09/2004. Discurso do Presidente da República

09/09/2004. Discurso do Presidente da República , Luiz Inácio Lula da Silva, na solenidade de recepção da delegação brasileira que participou das Olimpíadas de Atenas Palácio do Planalto, 09 de setembro de 2004 Meu caro Grael, Meu querido René Simões,

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Coordenação de Biblioteca 97 Discurso no banquete oferece/do

Leia mais

rogério santos e gonçalo pereira *

rogério santos e gonçalo pereira * Comunicação & Cultura, n.º 5, 2008, pp. 173-179 Entrevista a Michael Schudson rogério santos e gonçalo pereira * Michael Schudson é professor de comunicação nas Universidades da Califórnia (San Diego)

Leia mais

Discurso do Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, na cerimônia de inauguração do Centro de Especialidades Odontológicas de Campo Limpo

Discurso do Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, na cerimônia de inauguração do Centro de Especialidades Odontológicas de Campo Limpo , Luiz Inácio Lula da Silva, na cerimônia de inauguração do Centro de Especialidades Odontológicas de Campo Limpo São Paulo-SP, 20 de outubro de 2004 Meus queridos companheiros e minhas queridas companheiras

Leia mais

12:00 Palestra: Jesus confia nos Jovens -Por isso entrega sua mãe - Telmo

12:00 Palestra: Jesus confia nos Jovens -Por isso entrega sua mãe - Telmo 2:00 Palestra: Jesus confia nos Jovens -Por isso entrega sua mãe - Telmo Amados de Deus, a paz de Jesus... Orei e pensei muito para que Jesus me usasse para poder neste dia iniciar esta pregação com a

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Coordenação de Biblioteca Pronunciamento na primeira reunião

Leia mais

II Conferência «Brasileiros no Mundo»

II Conferência «Brasileiros no Mundo» II Conferência «Brasileiros no Mundo» (Rio de Janeiro, dia 15 e 16 de Outubro de 2009) Contribuição da comunidade brasileira na França Introdução: Esta contribuição, elaborada por, para a segunda Conferência

Leia mais

Estado do Rio Grande do Norte Câmara Municipal do Natal Palácio Padre Miguelinho GABINETE DA VEREADORA PROFESSORA ELEIKA BEZERRA GUERREIRO

Estado do Rio Grande do Norte Câmara Municipal do Natal Palácio Padre Miguelinho GABINETE DA VEREADORA PROFESSORA ELEIKA BEZERRA GUERREIRO Estado do Rio Grande do Norte Câmara Municipal do Natal Palácio Padre Miguelinho GABINETE DA VEREADORA PROFESSORA ELEIKA BEZERRA GUERREIRO Projeto de Decreto Legislativo nº 15 /2014 Institui a Comenda

Leia mais

São Paulo, Ano I, n. 01, jan./abr. de 2014 ISSN 2358-0224. Podemos falar de ética nas práticas de consumo?

São Paulo, Ano I, n. 01, jan./abr. de 2014 ISSN 2358-0224. Podemos falar de ética nas práticas de consumo? São Paulo, Ano I, n. 01, jan./abr. de 2014 ISSN 2358-0224 9 772358 022003 Podemos falar de ética nas práticas de consumo? Corrupção e rotatividade em organizações governamentais Sérgio Praça 1 A estabilidade

Leia mais

INICIATIVA POPULAR. 1 Benevides, Maria Vitoria de Mesquita A Cidadania Ativa Referendo, Plebiscito e Iniciativa Poipular,

INICIATIVA POPULAR. 1 Benevides, Maria Vitoria de Mesquita A Cidadania Ativa Referendo, Plebiscito e Iniciativa Poipular, INICIATIVA POPULAR Iniciativa popular designa, em termos genéricos, diferente maneiras de participação popular no exercício dos poderes legislativo e executivo incluindo o plebiscito, referendo, conselhos

Leia mais

A POLÍTICA NO SEGUNDO REINADO Aula: 33 Pág. 14. PROFª: CLEIDIVAINE / 8º Ano

A POLÍTICA NO SEGUNDO REINADO Aula: 33 Pág. 14. PROFª: CLEIDIVAINE / 8º Ano A POLÍTICA NO SEGUNDO REINADO Aula: 33 Pág. 14 PROFª: CLEIDIVAINE / 8º Ano 1 D. PDRO II, O NOVO IMPERADOR Após agitações D. Pedro II assume o trono de 1840 a 1889: foi deposto 1º momento tranquilidade

Leia mais

O PT e a lenda do Boto cor de rosa

O PT e a lenda do Boto cor de rosa O PT e a lenda do Boto cor de rosa De: Francisco Uribam Xavier de Holanda O PT e a lenda do Boto cor de rosa. Fortaleza: Expressão Gráfica e Editora, 2013. Por: André Haguette Ph.D. Professor Titular em

Leia mais

Estudo de Caso. Cliente: Rafael Marques. Coach: Rodrigo Santiago. Duração do processo: 12 meses

Estudo de Caso. Cliente: Rafael Marques. Coach: Rodrigo Santiago. Duração do processo: 12 meses Estudo de Caso Cliente: Rafael Marques Duração do processo: 12 meses Coach: Rodrigo Santiago Minha idéia inicial de coaching era a de uma pessoa que me ajudaria a me organizar e me trazer idéias novas,

Leia mais

ESPERAMOS QUE SEJA DESTA VEZ...

ESPERAMOS QUE SEJA DESTA VEZ... ESPERAMOS QUE SEJA DESTA VEZ... Na reunião do Conselho Universitário (COU) no último dia 27 de junho, em votação, não foi acatado o pedido de paridade conclamado pelos discentes, técnicos, alguns professores

Leia mais

TANZÂNIA: SOBRE O CONSENSO ATRAVÉS DO CÓDIGO DE CONDUTA. Por R.R. KIRAVU DIRECTOR DAS ELEIÇÕES COMISSÃO ELEITORAL NACIONAL TANZÂNIA

TANZÂNIA: SOBRE O CONSENSO ATRAVÉS DO CÓDIGO DE CONDUTA. Por R.R. KIRAVU DIRECTOR DAS ELEIÇÕES COMISSÃO ELEITORAL NACIONAL TANZÂNIA TANZÂNIA: SOBRE O CONSENSO ATRAVÉS DO CÓDIGO DE CONDUTA Por R.R. KIRAVU DIRECTOR DAS ELEIÇÕES COMISSÃO ELEITORAL NACIONAL TANZÂNIA 1.0 INTRODUÇÃO 1.1 As eleições multipartidárias são essenciais para a

Leia mais

Opinião ABC Brasil 475 24/06/2016

Opinião ABC Brasil 475 24/06/2016 24/06/2016 Como ressaltado no Opinião da semana passada, o resultado do plebiscito sobre a permanência ou não do Reino Unido na União Europeia (UE), teria componentes além da simples discussão econômica.

Leia mais