Índice. Fichas de actividades para a Alcateia Região Açores Oriental

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Índice. Fichas de actividades para a Alcateia Região Açores Oriental"

Transcrição

1 Fichas de Atividades Associação dos Escoteiros de Portugal Região dos Açores Oriental Instituição de utilidade Pública Apartado Ponta Delgada Site: Tel/Fax: (+351) Telemóvel:

2 Índice Introdução... 3 Fichas de actividades A Flor Vermelha... 4 Sardinha... 5 Mina... 6 Par... 7 Estendal... 8 Dar de comer ao cego... 9 Bandarlog Fuga de sapatos Lobito Secreto Agarrados Foge do Bandarlog Xer Cane Corvos e Corujas Tartaruga Ninja Desenho Mágico Captura Nocturna Balão Mensageiro Caça Bolas Estrela

3 Introdução O jogo é uma característica do comportamento infantil em que a criança dedica a maior parte de seu tempo a ele. Através do jogo a criança: Libera e canaliza suas energias; Propicia condições de liberação da fantasia; Tem uma grande fonte de prazer; Aprende a aceitar regras, esperar sua vez, aceitar o resultado, lidar com frustrações e elevar o nível de motivação; Elabora hipóteses para a resolução de seus problemas e toma atitudes além do comportamento habitual da sua idade, pois busca alternativas para transformar a realidade; Os seus sonhos e desejos, na brincadeira podem ser realizados facilmente, quantas vezes o desejar, criando e recriando as situações que ajudam a satisfazer alguma necessidade presente em seu interior. 3

4 A FLOR VERMELHA Sem tempo previsto Local: Exterior e interior Material: GIZ Tipologia: Interacção / dinâmica Descrição do jogo Neste Jogo, os participantes formam um círculo e colocam as mãos atrás das costas. Um deles, que será o mogli, receberá do Velho Lobo a flor vermelha (giz vermelho). O velho lobo gritará FOGO e o mogli procurará queimar algum dos outros participantes. Aquele que for queimado deverá responder a uma pergunta feita pelo velho Lobo, se não acertar na pergunta, fica de fora do jogo, se acertar, passa a ser o mogli, saindo o outro jogador e, assim, sucessivamente. Ganha aquele que for o último Mogli. Variantes: Em vez de giz pode ser qualquer outro objecto 4

5 SARDINA Duração Sem tempo previsto Local: Exterior e interior Material: Nenhum Tipologia: Interacção / dinâmica Descrição do jogo Todos os elementos se sentam no chão (em círculo) e um dos elementos inicia este jogo, cantando a música da sardinha e assim sucessivamente, passando por todos os elementos do grupo. Una sardina Duas sardinas Três sardinas E um gato Se disputaram Te tal maneira Que se meteram Num sapato A, tchi, tchi, tchi, tchi, tchi, tchi, ua, ua A ua, ua, ua, ua, ua, ua, tchi, tchi Que lo repita La(o) Lobita(o) (ex Tartaruga) 5

6 MINA 5 minutos Local: Exterior e interior Participantes: 20 Material: Fio de Nylon e balões Tipologia: Diversão / dinâmica / contacto Descrição do jogo Este é um jogo em que todos os elementos têm de ter o máximo de cuidado com a sua mina. Neste jogo cada um tem uma mina (balão) atada ao seu tornozelo com um fio de nylon. Todos os elementos formam um círculo. Quando o velho lobo der a partida, então todos terão de tentar rebentar as minas dos adversários e defender a sua. Se um dos participantes ficar com a sua mina explodida, terá de sair do jogo. Ganha o que ficar com a sua mina inteira. 6

7 PAR 5 Minutos Local: Exterior e interior Participantes: 20 Material: 10 pares de imagens Tipologia: Interacção No princípio do jogo cada um receberá uma imagem desenhada num pedaço de papel. Os pares que possuírem a mesma imagem terão de se juntar para finalizar a prova. O objectivo do jogo será encontrar o par sem comunicação oral, mas através da linguagem gestual. Ganham os participantes que encontrarem o seu par primeiro. Nota: Este jogo também serve para formar bandos / equipas 7

8 ESTENDAL 15 Minutos Material: Venda, cordel e molas de roupa de várias cores Participantes: + de 8 Local: Exterior e interior Tipologia: Interacção Variantes: em vez de ser só molas pode ser figuras de frutos presas, figuras de animais, etc. Observações: ter cuidado com o cordel para ninguém se magoar, de preferência pôr o cordel ao nível do peito. Combinar os sons, porque se torna mais fácil para o Lobito que está a ser conduzido. Neste jogo os Lobitos estão formados em pares. Um de cada par será vendado. Os Lobitos que estão vendados irão ser conduzidos pelos respectivos pares, estes terão de fazer com que o seu par chegue mais depressa e coloque as molas que lhe foram fornecidas, pelo velho lobo, no cordel. O conduzido só poderá colocar uma mola de cada vez. Depois desta prova feita, trocam-se os papéis, o que estava a conduzir passa a ser conduzido, ou seja, terá de ir ao cordel, mas desta vez não irá pôr, mas sim retirar as molas, uma de cada vez. Ganha o par que chegar primeiro com tudo completo. 8

9 DAR DE COMER AO CEGO Duração 15 Minutos Material: por lobito: iogurte, colher de sobremesa, venda e cadeira Variantes: em vez de sentados numa cadeira podem fazer sentados no chão ou mesmo de pé. Observações: o iogurte não pode ser líquido. Local: Interior Tipologia: Contacto, dinâmica e diversão Os lobitos juntam-se aos pares e sentam-se nas suas cadeiras, à frente um do outro e vendam-se. Os lobitos já com o iogurte e colheres nas mãos, ao sinal do velho lobo têm de dar comer ao colega da frente, ao terminarem, invertem de posição, quem dava de comer, passa a receber. Ganha o par que estiver mais limpo. 9

10 BANDARLOG Duração Ilimitado dos 7 anos Material: Nenhum Local: Interior e exterior Tipologia: Diversão/dinâmica Os lobitos estão sentados em círculo e um deles, que será o Mogli ficará de fora. Os restantes combinam quem irá ser o bandarlog. Este irá começar a fazer um gesto (Ex. bater palmas, coçar o cabelo, roer as unhas, etc.). Quando o mogli for chamado, o bandarlog começa a elaborar o gesto e os outros têm de repetir, até o mogli adivinhar quem é o bandarlog. Quando descobrir quem é, o bandarlog passa a ser o mogli e escolhem um novo bandarlog. 10

11 FUGA DE SAPATOS 5 Minutos Local: Interior e exterior Material: Sapatos dos lobitos Tipologia: dinâmica/interacção O jogo tem como objectivo pôr os lobitos a fazer exercício logo ao acordar. Depois de tantas horas de sono os lobitos ao despertar irão deparar-se com os seus sapatos todos amarrados uns aos outros e terão um tempo para tentar desamarrá-los e calçá-los. Ganhará o primeiro bando a ficar pronto. 11

12 LOBITO SECRETO Duração 1 Semana Local: Interior e exterior Material: 1 caixa de sapato por cada lobito, sendo esta decorada pelo próprio. Tipologia: dinâmica/interacção Observações: este jogo é ideal para se fazer em acampamentos de longa duração Toda a Alcateia, incluindo os velhos lobos, retira um papel com o nome do amigo secreto (por ser secreto não se pode dizer a ninguém). Todos os dias terão de colocar uma oferta feita por eles na caixa de sapatos do amigo secreto sem que ele veja. No final do tempo determinado pelo velho lobo, cada um tentará descobrir quem era o seu amigo secreto. Nota: Jogo ideal para se fazer durante um acampamento grande 12

13 AGARRADOS 15 Minutos Local: Exterior e interior Material: arcos, bolas, vendas e tiras de fazenda Tipologia: contacto/dinâmica Variantes: em vez de fazenda, pode ser uma corda. Os lobitos deverão colocar-se por bandos e amarrar um bocadinho de fazenda nos joelhos uns dos outros, formando um círculo. O velho lobo dá o sinal de partida e os bandos terão de arranjar maneira de trazer a bola que se encontra no arco, no fim da sala ou no local da actividade. O primeiro bando a concluir a tarefa dá o grito de bando. O grau de dificuldade do jogo deverá complicar-se fase a fase, por ex., na segunda volta também pode ser com as mãos atrás das costas. 13

14 FOGE DO BANDARLOG 10 Minutos Local: exterior Material: giz Tipologia: Dinâmica Interacção Diversão O velho lobo desenha no mínimo 4 quadrados no chão, deixando um corredor entre eles. Um dos bandos representa os Bândarlougues e os outros os Lobitos. Os Bândarlougues apenas podem andar nos corredores, e os Lobitos só podem saltar de quadrado em quadrado. O objectivo dos Bândarlougues é eliminar os Lobitos, tocando-os. O objectivo dos Lobitos é atravessar o campo para um lado e depois para o outro, acabando no lado em que começaram. Quando um lobito acaba o jogo grita Alcateia, ganhando assim o jogo. O bando do lobito que ganhou passa a ser os Bândarlougues e estes passam a ser Lobitos. Quem pisar os riscos sai do jogo. 14

15 XER CANE Duração 10 Minutos dos 7 anos Local: Exterior Material: Giz Tipologia: Contacto Dinâmica Diversão O velho lobo desenha um campo com 2 linhas, formando um corredor. Escolhe-se um Lobito para ficar no corredor do meio. Este é o Xer Cane. O resto da Alcateia está num dos lados do campo e, ao sinal do Áquêlá, tenta passar para o outro lado do campo sem ser apanhado pelo Xer Cane. Os Lobitos que forem apanhados ficam a ajudar o Xer Cane, representam o Tábaqui. Ganha o Lobito que não for apanhado. 15

16 CORVOS E CORUJAS 10 Minutos Local: Exterior Material: nenhum Tipologia Interacção A Alcateia é dividida em 2 equipas, as corujas e os corvos. Cada equipa forma uma linha, em frente uma da outra. (1 m de distância). Cada equipa tem uma "base segura" 4-5m atrás deles. O Velho Lobo faz uma afirmação. Se a afirmação for verdadeira, as corujas correm para capturar os corvos. Se a afirmação for falsa, os corvos correm atrás das corujas. Quem for pego antes de alcançar a base segura passa para a outra equipa. Ganha a que ficar com mais lobitos. 16

17 TARTARUGA NINJA Ilimitado Material: Nenhum Local: Exterior Tipologia: Diversão/dinâmica Os lobitos devem ficar dispersos pelo campo (delimitado). Será escolhido um para ser o perseguidor. Ao sinal do chefe, o perseguidor tenta pegar uma tartaruga, que por sua vez tentará não ser pega, jogando-se no chão com os braços e pernas para o alto, balançando. Quem foi pego passa também a ser perseguidor. O jogo termina quando não houver mais tartarugas. Regras do jogo: o perseguidor não poderá ficar parado perto das tartarugas que estiverem com os braços e pés para cima, deverá estar sempre circulando. As tartarugas não podem ficar muito tempo deitadas. Se o perseguidor tocar na tartaruga em pé, ela não pode mais se deitar. 17

18 DESENHO MÁGICO Duração 15 Minutos Local: Exterior e interior Tipologia: criatividade velocidade Material: lápis e papel por bando Jogo de revezamento. O velho lobo dá aos bandos um tema. Um lobito de cada bando deverá correr até ao local onde está o velho lobo e inicia um desenho, ao apito do velho lobo, retorna para o bando, quando então outro irá continuar o desenho a partir de onde o último elemento parou. Após todos participarem, o chefe encerra o jogo e a avaliação do melhor e mais criativo desenho é feita pelos velhos lobos. 18

19 CAPTURA NOCTURNA 25 Minutos Local: Exterior Tipologia: dinâmica Interacção Material: fitas das cores dos bandos. Observações: Este jogo é ideal para fazer a noite. A Alcateia é dividida em bandos. Um será os polícias e os outros os ladrões. Estes terão 2 minutos para se esconderem. Os polícias deverão encontrar os ladrões. Quando um ladrão é encontrado, ele precisa ser tocado para ser capturado. Todo lobito capturado é colocado num lugar chamado Prisão (que será escolhido no início do jogo). Uma vez na prisão, o lobito não poderá sair, a não ser que outro elemento do bando, ainda livre, corra até a cadeia e toque nos lobitos capturados. O jogo termina quando todos forem capturados. 19

20 BALÃO MENSAGEIRO 15 Minutos Local: Exterior e interior Participantes: ilimitado Material: balões, papel, lápis, música Tipologia: Reflexão No princípio do jogo, cada lobito receberá um papel, um lápis e um balão onde deverão escrever uma pequena mensagem, oração, pensamento, etc. e colocá-la no balão. De seguida, cada um enche o seu balão e amarra. Depois que todos encheram seus balões, coloca-se uma música para tocar e todos vão jogar/brincar com os balões, tendo em mente a ideia de que estão trocando as mensagens uns com os outros. Quando a música parar cada lobito rebenta um balão e fica com a mensagem que está dentro. Todos se sentam em círculo e as mensagens serão lidas em voz alta para todos. No fim, cada um leva para casa a mensagem que recebeu. Observações: A mensagem pode ou não estar identificada com o nome de quem escreveu, mas é aconselhável combinar previamente com os lobitos se haverá ou não identificação. É um jogo ideal para fazer em avaliações das actividades. 20

21 CAÇA BOLAS 5 Minutos dos 7 anos Local: Exterior Tipologia: Velocidade Dinâmica Diversão Material: 15 bolas de papel por bando Marca-se no campo de jogo o círculo de cada bando e entre os círculos colocam-se as bolas. Marca-se também um grande círculo, que consiga abranger os bandos todos. Explica-se aos lobitos que todos deverão correr no sentido horário. O jogo consiste em que cada lobito, correndo no sentido horário, apanhe uma bola em cada mão, e coloque no seu bando, percorrendo o círculo todo. Vencerá o bando que, ao final de determinado tempo, tiver o maior número de bolas em seu círculo. Quando for dado o sinal de encerramento do jogo, os lobitos que tiverem bolas em suas mãos deverão levá-las para o seu bando. 21

22 ESTRELAS 20 Minutos Local: exterior/ nocturno Material: 20 estrelas de cartolina de várias cores por bando Tipologia: dinâmica/interacção Observações: o local do jogo deverá ter pouca iluminação. Os lobitos não podem usar lanterna Os velhos lobos espalham pelo campo da actividade várias estrelas pelo chão. Os lobitos terão de apanhar as estrelas e escondê-las num local seguro, escolhido pelo bando. Os velhos lobos estarão pelo campo a tentar apanhar lobitos com estrelas, estes se forem apanhados terão de entregar todas as estrelas que estiverem com eles. Se os bandos descobrirem o esconderijo uns dos outros poderão roubar as estrelas, que lá se encontram sem serem vistos. Ganha o bando que conseguir mais estrelas. 22

Blog Cantinho do Saber

Blog Cantinho do Saber Blog Cantinho do Saber BRINCADEIRAS PARA A VOLTA ÀS AULAS 1) Onça Dorminhoca Educação infantil Formar com os alunos uma grande roda. Cada criança fica dentro de um pequeno círculo desenhado sob os pés,

Leia mais

JOGOS LÚDICOS PARA AULAS DE EDUCAÇÃO FÍSICA

JOGOS LÚDICOS PARA AULAS DE EDUCAÇÃO FÍSICA JOGOS LÚDICOS PARA AULAS DE EDUCAÇÃO FÍSICA VOLUME 2 1 NOME DO JOGO: JOGOS DOS DEZ PASSES CONTEÚDOS: Passe ESPECIFICIDADE EM: Andebol; Basquetebol; Corfebol. MATERIAL NECESSÁRIO: Bolas; coletes OBJECTIVO

Leia mais

Cartilha das Brincadeiras

Cartilha das Brincadeiras Cartilha das Brincadeiras Amarelinha (academia, escada, macaca, sapata) Primeiro desenhe no chão um diagrama como este aí ao lado. Quem for jogar fica no inferno e lança uma pedra, mirando no número 1.

Leia mais

LITUÂNIA Candle (Vela)

LITUÂNIA Candle (Vela) LITUÂNIA Candle (Vela) Materiais: - 1 Bola Jogadores o maior número possível Regras - Escolhem-se duas pessoas que ficarão nas pontas e o resto vai para o meio do campo. Os jogadores que estão nas pontas

Leia mais

ENSINAR E APRENDER A JOGAR MINIBASQUETE. Carlos Bio. Adaptação Luís Laureano

ENSINAR E APRENDER A JOGAR MINIBASQUETE. Carlos Bio. Adaptação Luís Laureano ENSINAR E APRENDER A JOGAR MINIBASQUETE Carlos Bio Adaptação Luís Laureano 2 METODOLOGIA DE ENSINO Para ensinarmos o Minibasquete vamos seguir uma Metodologia, que nos parece indicada para o trabalho com

Leia mais

Secretaria Regional de Educação e Recursos Humanos Direcção Regional e Educação Direção de Serviços do desporto Escolar

Secretaria Regional de Educação e Recursos Humanos Direcção Regional e Educação Direção de Serviços do desporto Escolar Secretaria Regional de Educação e Recursos Humanos Direcção Regional e Educação Direção de Serviços do desporto Escolar Documento de Apoio Site: http://dre.madeira-edu.pt/gcde Setembro 2012 Índice: Introdução.

Leia mais

LIVRO DE BRINCADEIRAS DA TURMA DO VAMPIRO

LIVRO DE BRINCADEIRAS DA TURMA DO VAMPIRO LIVRO DE BRINCADEIRAS DA TURMA DO VAMPIRO 1º ANO A 2011 BRINCADEIRAS ALERTA AMARELINHA BARRA-MANTEIGA BATATA-QUENTE CABRA-CEGA CORRE-LENÇO MAMÃE DA RUA PARLENDA: COPO DE VENENO PEGA-PEGA GELO PIQUE-BANDEIRA

Leia mais

Sentido de número e visualização no pré escolar e primeiros anos

Sentido de número e visualização no pré escolar e primeiros anos no pré escolar e primeiros anos Cenfores 2009 As relações mais, menos e o mesmo que Estes conceitos são as relações mais básicas para o conceito de número no seu aspecto mais global e a criança começa

Leia mais

verdenovo ESTUDOS ATIVIDADES PRÁTICAS PARA AULAS DE EDUCAÇÃO FÍSICA

verdenovo ESTUDOS ATIVIDADES PRÁTICAS PARA AULAS DE EDUCAÇÃO FÍSICA verdenovo ESTUDOS ATIVIDADES PRÁTICAS PARA AULAS DE EDUCAÇÃO FÍSICA BRUXINHA E AS BRANCAS DE NEVE Faixa etária: 2 a 6 anos Materiais: Chapéu de bruxa Desenvolvimento: Uma criança será escolhida para ser

Leia mais

Regulamento Individual de cada Jogo JOGO LOUCO

Regulamento Individual de cada Jogo JOGO LOUCO Regulamento Individual de cada Jogo JOGO LOUCO OBJECTIVO: Efetuar um percurso de ida e volta, num total de cerca de 40 metros, no menor tempo possível. PARTICIPANTES: 6 elementos de cada Equipa. DESENVOLVIMENTO:

Leia mais

ÁREA DA AUTONOMIA. Objectivos

ÁREA DA AUTONOMIA. Objectivos ÁREA DA AUTONOMIA Ser autónomo ao nível da alimentação Preparar o seu lanche: barrar fatias de pão Descascar fruto: banana Esmagar a banana Comer o iogurte sem apoio ACTIVIDADE 1: Quais são os frutos iguais?

Leia mais

Escola Superior de Desporto de Rio Maior. Treino com Jovens - Jogos Lúdicos

Escola Superior de Desporto de Rio Maior. Treino com Jovens - Jogos Lúdicos Escola Superior de Desporto de Rio Maior Treino com Jovens - Jogos Lúdicos Docentes: António Graça Paulo Paixão Miguel Discentes: Turma 1 e 2 da UC de Teoria e Metodologia do Treino Rio Maior, 2009_10

Leia mais

AS REGRAS DO VOLEIBOL

AS REGRAS DO VOLEIBOL AS REGRAS DO VOLEIBOL NÚMERO DE JOGADORES Cada equipa é composta, no máximo, por 12 jogadores inscritos no boletim de jogo. Apenas 6 jogadores ocupam o terreno de jogo ( 6 efectivos e 6 suplentes ). O

Leia mais

CASA DE FAMÍLIA intervenção dos Vira-Latas sob o signo do sangue a ser realizada na Praça da Matriz / Largo da Freguesia do Ó

CASA DE FAMÍLIA intervenção dos Vira-Latas sob o signo do sangue a ser realizada na Praça da Matriz / Largo da Freguesia do Ó CASA DE FAMÍLIA intervenção dos Vira-Latas sob o signo do sangue a ser realizada na Praça da Matriz / Largo da Freguesia do Ó Uma sala de jantar de uma casa. A mesa está coberta com toalha vermelha. Cadeiras,

Leia mais

ATIVIDADES MOTORAS CONSTRUINDO PETECAS 01 OBJETIVOS ATIVIDADE

ATIVIDADES MOTORAS CONSTRUINDO PETECAS 01 OBJETIVOS ATIVIDADE S MOTORAS CONSTRUINDO PETECAS 01 Desenvolver coordenação fina manual e criatividade. NOME: Construindo Petecas. MATERIAL: Jornal e barbante. FORMAÇÃO: Livre. DESENVOLVIMENTO: O coordenador da atividade

Leia mais

EXERCÍCIOS TEATRAIS E BRINCADEIRAS MODELAR

EXERCÍCIOS TEATRAIS E BRINCADEIRAS MODELAR EXERCÍCIOS TEATRAIS E BRINCADEIRAS MODELAR Dois círculos, um interno, outro externo. Os integrantes do círculo interno ficarão com os olhos fechados, os do círculo externo irão "modelar" o corpo dos colegas,

Leia mais

L0NGE, atrás em monte, sol cair e céu ficar em fogo. Fraco, Eu

L0NGE, atrás em monte, sol cair e céu ficar em fogo. Fraco, Eu 5 L0NGE, atrás em monte, sol cair e céu ficar em fogo. Fraco, Eu subir monte, pés d Eu molhados em erva fria. Não haver erva em cima em monte. Só haver terra, em volta, monte como cabeça de homem sem cabelo.

Leia mais

Anexo 1: Jogos da dramatização e exercícios

Anexo 1: Jogos da dramatização e exercícios Anexo 1: Jogos da dramatização e exercícios Charadas Charadas é um jogo relativamente famoso em alguns lugares. Pode ser jogado de forma sentação de um tema por um indivíduo ou por um grupo. jogo. Eles

Leia mais

Objetivos desta atividade:

Objetivos desta atividade: Com o aumento da violência e avanço das tecnologias cada vez menos vemos crianças brincando na rua de bola, de corda, de pique esconde, de pega-pega... Nos dias atuais as crianças dedicam parte do seu

Leia mais

Atividades psicomotoras

Atividades psicomotoras Atividades psicomotoras ANDAR Andar de lado (passos laterais) Andar de lado (passos cruzados) Correr com as mãos na cabeça Correr com as mãos nos quadris Correr com as mão nas costas Saltitar com 2 pés

Leia mais

APÊNDICE A - Músicas

APÊNDICE A - Músicas APÊNDICE A - Músicas Músicas 1 GUT GUT SEM PARAR Adaptação ao meio líquido Bebeu a água da piscina toda Fui ver quem era, era o João Ele bebia a água da piscina Ele fazia gut gut gut gut gut sem parar

Leia mais

Aprender brincando e brincar aprendendo: pré-escola

Aprender brincando e brincar aprendendo: pré-escola Aprender brincando e brincar aprendendo: pré-escola As brincadeiras são peças fundamentais na engrenagem da Educação Infantil. Não se trata de apenas distrair as crianças. Brincar contribui para o desenvolvimento

Leia mais

b a l õ e s E x e r c í c i o s j o g o s c o m Escola Superior de Educação de Bragança Educação Física no Jardim de Infância

b a l õ e s E x e r c í c i o s j o g o s c o m Escola Superior de Educação de Bragança Educação Física no Jardim de Infância Escola Superior de Educação de Bragança Educação Física no Jardim de Infância E x e r c í c i o s e j o g o s c o m b a l õ e s José Bragada Prof. Adjunto da Área de Educação Física Junho de 2000 Introdução

Leia mais

Caderno de Postura. Prof. Luiz Mello

Caderno de Postura. Prof. Luiz Mello Caderno de Postura Prof. Luiz Mello CADERNO DE POSTURA Este caderno de postura tem como objetivo demonstrar os principais pontos relacionados a maneira de como tocar violão e guitarra de uma maneira saudável,

Leia mais

XV JOGOS ARI DE SÁ. Ensino Fundamental I 2015 REGULAMENTO

XV JOGOS ARI DE SÁ. Ensino Fundamental I 2015 REGULAMENTO XV JOGOS ARI DE SÁ Ensino Fundamental I 2015 REGULAMENTO ABERTURA 1. DIA: 26/09/2015 ( Sábado ) 9h 2. LOCAL: Manhã Ginásio 2.1 - Concentração Manhã: galeria do Ensino Fundamental I 2.2 - Desfile de abertura

Leia mais

METAS DE APRENDIZAGEM (4 anos)

METAS DE APRENDIZAGEM (4 anos) METAS DE APRENDIZAGEM (4 anos) 1. CONHECIMENTO DO MUNDO Expressar curiosidade e desejo de saber; Reconhecer aspetos do mundo exterior mais próximo; Perceber a utilidade de usar os materiais do seu quotidiano;

Leia mais

Plano de Aula: Ginástica circense.

Plano de Aula: Ginástica circense. UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANA ESCOLA ESTADUAL ERNANI VIDAL PIBID/CAPES/UFPR 1º ano: 1º Aula: Plano de Aula: Ginástica circense. Pega-pega com nome: Será um pega-pega tradicional, porém quando o pegador

Leia mais

Celebração projeto Sombra e Água Fresca - 15 anos ORGANIZAÇÃO DE UM PROGRAMA RECREATIVO

Celebração projeto Sombra e Água Fresca - 15 anos ORGANIZAÇÃO DE UM PROGRAMA RECREATIVO Celebração projeto Sombra e Água Fresca - 15 anos ORGANIZAÇÃO DE UM PROGRAMA RECREATIVO Esporte e Recreação no Projeto Sombra e Água Fresca Introdução Pensar atividade física dentro de nossa comunidade

Leia mais

CURSO: ARTE E LITERATURA ESPÍRITA INFANTIL

CURSO: ARTE E LITERATURA ESPÍRITA INFANTIL CURSO: ARTE E LITERATURA ESPÍRITA INFANTIL Curso: ARTE E LITERATURA NA EVANGELIZAÇÃO PLANO DE AULA Objetivo: Compreender a importância da Arte e Literatura Espírita Infantil como fonte de auxílio na melhoria

Leia mais

REDAÇÃO EM CORRENTE. Curso ISO 10015 Diretrizes para Treinamento

REDAÇÃO EM CORRENTE. Curso ISO 10015 Diretrizes para Treinamento Acesse: http:// REDAÇÃO EM CORRENTE Objetivos: Percepção, sintonia, expectativas, interação, criatividade, descontração, sensibilização, comprometimento, avaliação, motivação, conhecimentos teóricos, análise

Leia mais

> Atividades Motivação 1

> Atividades Motivação 1 > Atividades Motivação 1 MAPA DE SONS Mapeamento dos tipos de sons que são ouvidos na mata. aguçar a percepção auditiva individual e tranqüila de 2 a 30 pessoas a partir de 10 anos aproximadamente 15 minutos

Leia mais

COLÉGIO TERESIANO BRAGA Ano Letivo 2011-2012 Educação Física 1º Período 7º Ano 1. ATLETISMO

COLÉGIO TERESIANO BRAGA Ano Letivo 2011-2012 Educação Física 1º Período 7º Ano 1. ATLETISMO COLÉGIO TERESIANO BRAGA Ano Letivo 2011-2012 Educação Física 1º Período 7º Ano 1. ATLETISMO Corridas Especialidades Velocidade Meio-Fundo Fundo Barreiras Estafetas Provas 60m, 100m, 200m, 400m 800m, 1500m,

Leia mais

Puzzle de Investigação

Puzzle de Investigação Atividades: Puzzle de Investigação Nivel de ensino: 9º, 10º, 11º e 12º Duração: 30 min de preparação + 30 minutos de atividade Objetivos: Figura 1- Esquema acerca do processo de investigação Compreender

Leia mais

1 JOGOS ESCOLARES DE INTEGRAÇÃO DA EMDAR 9 a 14 de julho de 2012 PROGRAMAÇÃO

1 JOGOS ESCOLARES DE INTEGRAÇÃO DA EMDAR 9 a 14 de julho de 2012 PROGRAMAÇÃO 1 Ministério da Educação Universidade Federal de Viçosa Campus Florestal Educação Física (Licenciatura) Prefeitura Municipal de Florestal Secretaria Municipal de Educação Escola Municipal Derci Alves Ribeiro

Leia mais

PIBID/FSDB. Autoras: Bolsistas ID da Educação Infantil

PIBID/FSDB. Autoras: Bolsistas ID da Educação Infantil PIBID/FSDB Autoras: Bolsistas ID da Educação Infantil PROJETO DIDÁTICO: BRINCANDO COM FORMAS E CORES Turma: Berçário II, Maternal I e II, Jardim I e II Duração: 2 meses. Objetivo Compartilhado: Aprofundar

Leia mais

Mestrado em Educação Pré-escolar

Mestrado em Educação Pré-escolar Apêndice 10 Exemplo de planificação diária cooperada em jardim-de-infância Dia: 09-05-14 Mestrado em Educação Pré-escolar Prática de Ensino Supervisionada em Jardim-de- Infância 2013/2014 Planificação

Leia mais

A escola começa. Eu tenho sumo diz Sadie e uma maçã. Eu também tenho sumo diz Sam e uma laranja...e

A escola começa. Eu tenho sumo diz Sadie e uma maçã. Eu também tenho sumo diz Sam e uma laranja...e A escola começa No PRIMEIRO dia de escola, Sadie e a mãe encontram Sam e o pai. Estou entusiasmada! diz Sadie, aos saltos para cima e para baixo. Eu estou nervoso diz Sam, apertando com força a mão do

Leia mais

MATERIAL DE APOIO ED. FÍSICA PROFª. THAÍS LUCENA ALUNO(A): Nº RECIFE, DE DE 2012.

MATERIAL DE APOIO ED. FÍSICA PROFª. THAÍS LUCENA ALUNO(A): Nº RECIFE, DE DE 2012. DO INFANTIL ENSINO AO COMPLETO VESTIBULAR MATERIAL DE APOIO ED. FÍSICA PROFª. THAÍS LUCENA ALUNO(A): Nº RECIFE, DE DE 2012. 1. O sorteio do jogo - O sorteio é efetuado na presença dos dois capitães de

Leia mais

Duração: Aproximadamente um mês. O tempo é flexível diante do perfil de cada turma.

Duração: Aproximadamente um mês. O tempo é flexível diante do perfil de cada turma. Projeto Nome Próprio http://pixabay.com/pt/cubo-de-madeira-letras-abc-cubo-491720/ Público alvo: Educação Infantil 2 e 3 anos Disciplina: Linguagem oral e escrita Duração: Aproximadamente um mês. O tempo

Leia mais

Colégio Sagrado Coração de Maria - Rio. Eu me remexo muito. E onde eu chego?

Colégio Sagrado Coração de Maria - Rio. Eu me remexo muito. E onde eu chego? Colégio Sagrado Coração de Maria - Rio Rua Tonelero, 56 Copacabana RJ site:www.redesagradorj.com.br / e-mail:cscm@redesagradorj.com.br Eu me remexo muito. E onde eu chego? Turma: Maternal II A Professora

Leia mais

1. História do Voleibol. 2. Caracterização do Voleibol. 2. Regras do Voleibol. Documento de Apoio de Voleibol VOLEIBOL

1. História do Voleibol. 2. Caracterização do Voleibol. 2. Regras do Voleibol. Documento de Apoio de Voleibol VOLEIBOL VOLEIBOL 1. História do Voleibol O Voleibol foi criado em 1885, em Massachussets, por William G. Morgan, responsável pela Educação Física no Colégio de Holyoke, no Estado de Massachussets, nos Estados

Leia mais

Objetivo do Jogo: COMPONENTES. 4 cartas de REGRA 40 cartas de SINAL 10 cartas de BOLA

Objetivo do Jogo: COMPONENTES. 4 cartas de REGRA 40 cartas de SINAL 10 cartas de BOLA COMPONENTES 4 cartas de REGRA 40 cartas de SINAL 10 cartas de BOLA Objetivo do Jogo: Criar uma corrente de sinais contínua (feita com as mãos), dentro de um ritmo criado por todos os jogadores, sem errar.

Leia mais

AS REGRAS DO BASQUETEBOL

AS REGRAS DO BASQUETEBOL AS REGRAS DO BASQUETEBOL A BOLA A bola é esférica, de cabedal, borracha ou material sintéctico. O peso situa-se entre 600 g e 650g e a circunferência deve estar compreendida entre 75 cm e 78 cm. CESTOS

Leia mais

Segurança, Equipamentos e Investigação Científica

Segurança, Equipamentos e Investigação Científica Segurança, Equipamentos e Investigação Científica Folha do Professor Resumo: O professor fará uma demonstração do que não se deve fazer no laboratório e os alunos tentarão adivinhar os erros. Em seguida,

Leia mais

JOGOS 02 - DO 13 AO 49 13- A ESTÓRIA DO SR. NICOLAU

JOGOS 02 - DO 13 AO 49 13- A ESTÓRIA DO SR. NICOLAU JOGOS 02 - DO 13 AO 49 13- A ESTÓRIA DO SR. NICOLAU O monitor deve solicitar ao grupo que disponha as cadeiras em círculo,no qual deve se incluir. Feito isto, deve esclarecer que contará uma estória que

Leia mais

SOBRE ESTE LIVRO BOM TRABALHO PARA TODOS!

SOBRE ESTE LIVRO BOM TRABALHO PARA TODOS! As pistas e propostas de trabalho que se seguem são apenas isso mesmo: propostas e pistas, pontos de partida, sugestões, pontapés de saída... Não são lições nem fichas de trabalho, não procuram respostas

Leia mais

Centro de Desenvolvimento Infantil Estimulopraxis

Centro de Desenvolvimento Infantil Estimulopraxis Centro de Desenvolvimento Infantil Estimulopraxis Janeiro de 2013 Este documento tem como objectivo ajudar as pessoas mais próximas do GB a complementar o trabalho executado ao longo das sessões de Reabilitação

Leia mais

Dicas de Festa. Disney. disney.pt

Dicas de Festa. Disney. disney.pt Dicas de Festa Pede aos teus amigos para se vestirem de piratas para a festa! Assim poderás dar prémios à melhor máscara de pirata! Faz um rolo com o convite que imprimiste neste site e amarra com uma

Leia mais

9 Dinâmicas de Grupo para o início das Aulas Atividades Lúdicas

9 Dinâmicas de Grupo para o início das Aulas Atividades Lúdicas Disponível no site Esoterikha.com: http://bit.ly/dinamicasparaprimeirodiadeaula 9 Dinâmicas de Grupo para o início das Aulas Atividades Lúdicas Apresentamos o especial do site Esoterikha.com e Redemotivacao.com.br

Leia mais

REGULAMENTO GERAL CAPÍTULO I

REGULAMENTO GERAL CAPÍTULO I I MACEIÓ-AL, 2015 REGULAMENTO GERAL CAPÍTULO I DA FINALIDADE DO EVENTO Art. 1º - O esporte é considerado um fenômeno cultural da humanidade capaz de propiciar inúmeros benefícios aos seus praticantes.

Leia mais

Atividade física adaptada

Atividade física adaptada Atividade Física Adaptada e Saúde para Todos Perspectivas Holística, Política, de Desenvolvimento e de Diversidade Atividade física adaptada Grupo alvo: portadores de deficiência mental Objetivos As atividades

Leia mais

HEMOAÇÃO JOGANDO E APRENDENDO SOBRE HEMOFILIA

HEMOAÇÃO JOGANDO E APRENDENDO SOBRE HEMOFILIA HEMOAÇÃO JOGANDO E APRENDENDO SOBRE HEMOFILIA Publicado pela Federação Mundial de Hemofilia (WFH) Frederica Cassis e a Federação Mundial de Hemofilia 2009 Desenvolvido por Frederica Cassis, Psicologa do

Leia mais

OLÁ QUERIDA FAMÍLIA BEIJOCAS COM GOSTINHO DE SAUDADES! PDF created with pdffactory Pro trial version www.pdffactory.com

OLÁ QUERIDA FAMÍLIA BEIJOCAS COM GOSTINHO DE SAUDADES! PDF created with pdffactory Pro trial version www.pdffactory.com OLÁ QUERIDA FAMÍLIA ESTAMOS EM TEMPO DE REFLEXÃO, DE MUDANÇAS DE ATITUDES, TALVEZ AGORA SEJA TEMPO DE INTENSIFICARMOS NOSSOS LAÇOS FAMILIARES E NOSSA ESPIRITUALIDADE.. TEMPO DE CUIDADOS, DE PROTEGER-SE,

Leia mais

ACOMPANHE O DESENVOLVIMENTO DA CRIANÇA

ACOMPANHE O DESENVOLVIMENTO DA CRIANÇA ACOMPANHE O DESENVOLVIMENTO DA CRIANÇA 1 Mês: Sucção vigorosa Levanta a cabeça e rasteja as pernas, se deitado de frente Sustenta a cabeça momentaneamente Preensão de objetos que vão à mão Aquieta-se com

Leia mais

Em algum lugar de mim

Em algum lugar de mim Em algum lugar de mim (Drama em ato único) Autor: Mailson Soares A - Eu vi um homem... C - Homem? Que homem? A - Um viajante... C - Ele te viu? A - Não, ia muito longe! B - Do que vocês estão falando?

Leia mais

Diversão de antigamente que ainda hoje encanta

Diversão de antigamente que ainda hoje encanta BRINCADEIRAS DE RUA Diversão de antigamente que ainda hoje encanta AMARELINHA, CABRA-CEGA, BARRA-MANTEIGA... BRINCADEIRAS QUE DIVERTIAM VOCÊ, SEUS PAIS E AVÓS HOJE SÃO PARTE DA CULTURA POPULAR. QUE TAL

Leia mais

1) 2) 3) CD 4 Faixas: 80 80.

1) 2) 3) CD 4 Faixas: 80 80. 1ª Aula a) Cumprimentar cada criança cantando seu nome e dando um beijinho com fantoche. Nas primeiras aulas use sempre um fantoche na hora do cumprimento para ganhar a aproximação do aluno. Depois pode

Leia mais

53 BRINCADEIRAS E DINÂMICAS INFANTIS

53 BRINCADEIRAS E DINÂMICAS INFANTIS 53 BRINCADEIRAS E DINÂMICAS INFANTIS NOME: CACHORRO E GATO CEGO IDADE: 7 anos OBJ. ESP.: Audição, atenção MATERIAL: Lenços LOCAL: Sala, quadra, pátio s Organização: alunos em círculos que irão dois para

Leia mais

ESCOLA: 1º CEB de Mouriscas ATIVIDADE: Atividade Físico-Desportiva ANO:1º/2º ANO LETIVO 2013/2014

ESCOLA: 1º CEB de Mouriscas ATIVIDADE: Atividade Físico-Desportiva ANO:1º/2º ANO LETIVO 2013/2014 ATIVIDADES DE ENRIQUECIMENTO CURRICULAR Entidade Promotora: Câmara Municipal de Abrantes Entidade Parceira: Associação de Pais e Encarregados de Educação da Escola de Mouriscas ESCOLA: 1º CEB de Mouriscas

Leia mais

Jogos Lúdicos como Aquecimento na Aula de Ed. Física

Jogos Lúdicos como Aquecimento na Aula de Ed. Física JOGOS LÚDICOS PARA AULAS DE EDUCAÇÃO FÍSICA 5.1. JOGOS LÚDICOS SEM BOLA GAVIÃO Andebol, Futebol, Corfebol, Rugby. Aquecimento Não Específico: Atletismo, Ginástica, Voleibol. Material: 4 Cones, para delinear

Leia mais

União dos Escoteiros do Brasil G.E. Ipê Amarelo (14/SC) Alcateia Mohwa

União dos Escoteiros do Brasil G.E. Ipê Amarelo (14/SC) Alcateia Mohwa União dos Escoteiros do Brasil G.E. Ipê Amarelo (14/SC) Alcateia Mohwa FICHA DE PROGRAMAÇÃO SEMANAL Data: 6 de setembro de 2.014 Local: Sede Tema: Nossa comunidade Objetivo da Reunião da Sessão: despertar

Leia mais

Caracterização. Objetivo

Caracterização. Objetivo VOLEIBOL Caracterização O voleibol é um jogo desportivo coletivo praticado por duas equipas, cada uma composta por seis jogadores efetivos e, no máximo, seis suplentes, podendo um ou dois destes jogadores

Leia mais

Como Começar a Usar o PECS

Como Começar a Usar o PECS Como Começar a Usar o PECS PASSO 1 - As instruções que me foram dadas pela professora com treinamento no Teacch e pela fonoaudióloga da primeira escola que meu filho freqüentou são as seguintes: Eu deveria

Leia mais

Brincadeiras Para Pré-Primários

Brincadeiras Para Pré-Primários Brincadeiras Para Pré-Primários 1. Fazendo o Ninho Novelo grande de lã (de preferência marrom ou amarelo) Giz e quadro negro ou papel cartaz e canetinha Fita adesiva ou tachinhas Escreva o versículo no

Leia mais

O Espaço do Treinador

O Espaço do Treinador O Espaço do Treinador Autor: Carlos Bio Boletim nº 8 Mês de Maio Ano 2011 O BASQUETEBOL QUE VI DURANTE OS ESTÁGIOS Esta foto é para mim o momento mais alto da minha carreira, depois de já ter treinado

Leia mais

COLONIA DE FÉRIAS CEI 2015

COLONIA DE FÉRIAS CEI 2015 COLONIA DE FÉRIAS CEI 2015 Todos os anos no mês de janeiro, realizamos a nossa colônia de férias! E como férias é sinônimo de diversão, segue a nossa programação. PROGRAMAÇÃO DE 05/01 À 30/01/2015 05/01,

Leia mais

SER CRIANÇA É MUITO BOM

SER CRIANÇA É MUITO BOM SER CRIANÇA É MUITO BOM Débora Rodrigues Elen Liedke UNIDADEæ1 Educação infantil LIVRO DO PROFESSOR NOME: DATA: ESTA É A TURMA DO NOSSO AMIGUINHO. ELES QUEREM DIZER PRA VOCÊ QUE SER CRIANÇA É MUITO BOM.

Leia mais

ESCOLA SECUNDÁRIA DE ANADIA

ESCOLA SECUNDÁRIA DE ANADIA ESCOLA SECUNDÁRIA DE ANADIA Bateria de Exercícios Voleibol NÚCLEO DE ESTÁGIO DE EDUCAÇÃO FÍSICA 2000.2001 VOLEIBOL BATERIA DE EXERCÍCIOS Este documento pretende acima de tudo fornecer ao professor uma

Leia mais

Primeiros socorros Material a ter na caixa de primeiros socorros:

Primeiros socorros Material a ter na caixa de primeiros socorros: Primeiros socorros Os primeiros socorros é o tratamento inicial dado a alguém que se magoou ou sofreu um acidente. Se o acidente for grave, não deves mexer na pessoa lesionada e chamar o 112, explicando-lhe

Leia mais

BRINCADEIRAS DE RUA. BRINCA QUEM TEM RUA!

BRINCADEIRAS DE RUA. BRINCA QUEM TEM RUA! BRINCADEIRAS DE RUA. BRINCA QUEM TEM RUA! Mirian corrêa kobb fernando A criança na educação infantil encontra-se na fase do jogo simbólico e faz largo uso de seus sentidos para enriquecer suas experiências.

Leia mais

DICA PEDAGÓGICA EDUCAÇÃO INFANTIL

DICA PEDAGÓGICA EDUCAÇÃO INFANTIL DICA PEDAGÓGICA EDUCAÇÃO INFANTIL 1. TÍTULO DO PROGRAMA Balinha e Dentinho 2. EPISÓDIO TRABALHADO Situação delicada 3. SINOPSE DO EPISÓDIO ESPECÍFICO O episódio Situação delicada faz parte da série Balinha

Leia mais

Aprender brincando e brincar aprendendo: zero a três anos

Aprender brincando e brincar aprendendo: zero a três anos Aprender brincando e brincar aprendendo: zero a três anos Brincadeiras são peças fundamentais na engrenagem da Educação Infantil. Não se trata de apenas distrair as crianças. Brincar contribui para o desenvolvimento

Leia mais

A Cigarra e a Formiga (versão Carla Flores)

A Cigarra e a Formiga (versão Carla Flores) A Cigarra e a Formiga (versão Carla Flores) CRÉDITO: Carla Cavichiolo Flores/Positivo Informática O verão terminava, e as folhas das árvores já começavam a amarelar, anunciando a chegada do outono. E lá

Leia mais

Como fazer um jogo usando o editor de apresentação

Como fazer um jogo usando o editor de apresentação Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Sergipe IFS Campus Glória Curso Integrado em Agropecuária Professora: Jamille Silva Madureira Disciplina: Informática Como fazer um jogo usando o editor

Leia mais

Programa para promover as competências numéricas

Programa para promover as competências numéricas Programa para promover as competências numéricas Luísa Cotrim, Teresa Condeço ACTIVIDADES PARA PROMOVER A LINGUAGEM E O AMBIENTE MATEMÁTICO EM IDADE PRECOCE A experiência do numérico nas actividades quotidianas

Leia mais

Sala: 3 meses aos 12 meses (Berçário 1 e 2) Educadora: Rita Gomes

Sala: 3 meses aos 12 meses (Berçário 1 e 2) Educadora: Rita Gomes Sala: 3 meses aos 12 meses (Berçário 1 e 2) Educadora: Rita Gomes SETEMBRO Adaptação A escola e o grupo Outono Observar o meio envolvente Adaptar-se ao espaço e ao grupo Explorar o meio envolvente Criar

Leia mais

Jogo ProvocAção. ProvocAção 5.-

Jogo ProvocAção. ProvocAção 5.- Jogo ProvocAção Aprender brincando! Este foi o objetivo do desenvolvimento desse jogo. É um importante instrumento de aprendizagem, possuiu múltiplos usos e garante muita diversão e conhecimento para crianças,

Leia mais

Laranja-fogo. Cor-de-céu

Laranja-fogo. Cor-de-céu Laranja-fogo. Cor-de-céu Talita Baldin Eu. Você. Não. Quero. Ter. Nome. Voz. Quero ter voz. Não. Não quero ter voz. Correram pela escada. Correram pelo corredor. Espiando na porta. Olho de vidro para quem

Leia mais

DADOS DE IDENTIFICAÇÃO

DADOS DE IDENTIFICAÇÃO Escola Municipal de Ensino Fundamental David Canabarro Florianópolis, 3892 Mathias Velho/Canoas Fone: 34561876/emef.davidcanabarro@gmail.com DADOS DE IDENTIFICAÇÃO Nome: Stefani do Prado Guimarães Ano

Leia mais

Garapa Parte 6. Imagem. Áudio. Som Ambiente. Primeiro plano em plongê: Menina comendo em uma peneira. Som Ambiente.

Garapa Parte 6. Imagem. Áudio. Som Ambiente. Primeiro plano em plongê: Menina comendo em uma peneira. Som Ambiente. Garapa Parte 6 Imagem Primeiro plano em plongê: Menina comendo em uma peneira Primeiro Plano em plongê: Menina sente arrepios Primeiro Plano em contra-plongê: Menina comendo. Plano americano da mulher

Leia mais

Nome: Turma : N.º. Grupo 1 (24 %) Basquetebol (Cada questão 3%)

Nome: Turma : N.º. Grupo 1 (24 %) Basquetebol (Cada questão 3%) Teste Escrito 1 Educação Física 3º CEB 1.º Período 2011/2012 Nome: Turma : N.º O Professor Encarregado de Educação Avaliação Lê atentamente as afirmações e as opções de resposta. De seguida, assinala na

Leia mais

6 Dinâmicas de Grupo para o Dia das Mães

6 Dinâmicas de Grupo para o Dia das Mães Disponível no site Esoterikha.com: http://bit.ly/dinamicasdiadasmaes 6 Dinâmicas de Grupo para o Dia das Mães Apresentamos uma seleção com 6 dinâmicas de grupo para o Dia das Mães, são atividades que podem

Leia mais

Planificação Anual 1º Ano AEC Expressão Musical 2014/2015

Planificação Anual 1º Ano AEC Expressão Musical 2014/2015 Planificação Anual 1º Ano AEC Expressão Musical 2014/2015 Unidades Conteúdos Competências Actividades Recursos/Materiais Unidade 1 Unidade 2 Primeira Abordagem lúdica de Sensibilização e exploração do

Leia mais

Desenvolvimento Eixo movimento - crianças de 4 a 8 meses. Objetivos Dimensões Atividades Material Indicador. Reconhecimento progressivo de segmentos

Desenvolvimento Eixo movimento - crianças de 4 a 8 meses. Objetivos Dimensões Atividades Material Indicador. Reconhecimento progressivo de segmentos Desenvolvimento Eixo movimento - de 4 a 8 meses. Objetivos Dimensões Atividades Material Indicador. Reconhecimento progressivo de segmentos Papel laminado. Espelho de parede. e elementos do próprio Almofadas.

Leia mais

Programa de Formação Esportiva Escolar COMPETIÇÕES DE ATLETISMO. Fase escolar

Programa de Formação Esportiva Escolar COMPETIÇÕES DE ATLETISMO. Fase escolar Programa de Formação Esportiva Escolar COMPETIÇÕES DE ATLETISMO Fase escolar Introdução O Programa de Formação Esportiva Escolar tem como premissas a democratização do acesso ao esporte, o incentivo da

Leia mais

EDUCAÇÃO INFANTIL e 1 o ANO

EDUCAÇÃO INFANTIL e 1 o ANO EDUCAÇÃO INFANTIL e 1 o ANO (Materiais Complementares) SUGESTÕES DE ATIVIDADES PARA A CONSTRUÇÃO DA BASE ALFABÉTICA 1. Jogo do correio: as crianças escrevem mensagens e as colocam num envelope com o nome

Leia mais

Educação Pré-escolar: Expressão e Educação Físico Motora

Educação Pré-escolar: Expressão e Educação Físico Motora Educação Pré-escolar: Expressão e Educação Físico Motora O corpo que a criança vai progressivamente dominando desde o nascimento e de cujas potencialidades vai tomando consciência, constitui o instrumento

Leia mais

ENSINO FUNDAMENTAL COORDENADORA SANDRA MARA KUCHNIR

ENSINO FUNDAMENTAL COORDENADORA SANDRA MARA KUCHNIR ENSINO FUNDAMENTAL COORDENADORA SANDRA MARA KUCHNIR 2014 EDUCAÇÃO FÍSICA EDUCAÇÃO FÍSICA PRODUÇÃO CULTURAL DA SOCIEDADE EXPRESSADA ATRAVÉS DO MOVIMENTO EDUCAÇÃO FÍSICA CONTEÚDOS EDUCAÇÃO FÍSICA EIXOS ESPORTE

Leia mais

JUSTIFICATIVA: OBJETIVOS:

JUSTIFICATIVA: OBJETIVOS: JUSTIFICATIVA: O projeto Páscoa tem a finalidade de apresentar as principais características desta festividade, como manifestação cultural, por meio do trabalho educativo com diferentes linguagens artística,

Leia mais

Conheça outras Gincanas Bíblicas para Jovens www.gincabiblica.com.br www.ideiasjovemcristao.com.br

Conheça outras Gincanas Bíblicas para Jovens www.gincabiblica.com.br www.ideiasjovemcristao.com.br COMO ORGANIZAR A GINCANA BÍBLICA CAÇADA AO TESOURO PARA JOVENS E ADOLESCENTES de Maneira Criativa e Divertida www.ideiasparajovens.com.br Olá Líder de Jovens. Introdução Além de uma vida de oração, consagração

Leia mais

1) ADVINHAÇÃO RIMADA: - (CALMO)

1) ADVINHAÇÃO RIMADA: - (CALMO) 1) ADVINHAÇÃO RIMADA: - (CALMO) Preparação: Crianças sentadas em roda sendo sorteada para começar. Desenvolvimento: O jogador inicia a brincadeira dizendo Estou pensando numa palavra que rima com cadeia,

Leia mais

João 15,14-17 Isto vos mando:amai-vos uns aos outros. 5 anos ou mais.

João 15,14-17 Isto vos mando:amai-vos uns aos outros. 5 anos ou mais. VAMOS BRINCAR? BRINCADEIRA 1 - JESUS MANDOU TEXTO BÍBLICO João 15,14-17 Isto vos mando:amai-vos uns aos outros 1João 5,2 Nisto reconhecemos que amamos os filhos de Deus, se amamos a Deus cumprimos os seus

Leia mais

Quem mora na Zona Norte na Zona Sul é quem tem mais din-dim. Na Zona Su na Zona Norte é quem tem menos recursos.

Quem mora na Zona Norte na Zona Sul é quem tem mais din-dim. Na Zona Su na Zona Norte é quem tem menos recursos. Rio, de norte a sul Aproximando o foco: atividades RESPOSTAS Moradores da Zona Norte e da Zona Sul O din-dim 1. Ouça Kedma e complete as lacunas: Quem mora na Zona Norte na Zona Sul é quem tem mais din-dim.

Leia mais

Montagem de Kit Loja de Bolos Passo a Passo

Montagem de Kit Loja de Bolos Passo a Passo Montagem de Kit Loja de Bolos Passo a Passo (o kit pode ser adquirido na www.pequenasartes.com.br) O kit é bem completo e vem com praticamente tudo o que você vai precisar para montar, inclusive cola e

Leia mais

Conteúdo de prova 2ª etapa 6º ano Fundamental

Conteúdo de prova 2ª etapa 6º ano Fundamental Conteúdo de prova 2ª etapa 6º ano Fundamental Jogos Populares Os jogos populares buscam resgatar jogos culturais e tradicionais de várias regiões do mundo. Vários costumes e acontecimentos na antiguidade

Leia mais

O essencial sobre Autor: Francisco Cubal

O essencial sobre Autor: Francisco Cubal O essencial sobre Autor: Francisco Cubal 1 Qual a história do Voleibol? Em 1895 o professor de Educação Física G. Morgan, nos Estados Unidos, criou uma modalidade desportiva que, devido ao seu toque no

Leia mais

NOVE SEGREDOS SOBRE A MANHÃ

NOVE SEGREDOS SOBRE A MANHÃ NOVE SEGREDOS SOBRE A MANHÃ 1 Prefácio A página está em branco e não é página digna do nome que lhe dou. É vidro. Écran. Tem luz baça e fere os olhos pretos. Eu tenho demasiado sono para escrever papel.

Leia mais

Programa de Incentivo à Leitura Infantil Revista EBD Aprender+ 3º Tri 2015: Reis de Israel

Programa de Incentivo à Leitura Infantil Revista EBD Aprender+ 3º Tri 2015: Reis de Israel O PIL KIDS foi desenvolvido para ajudar na fixação das lições das revistas EBD infantil da Editora Betel de forma lúdica e contém várias atividades semanais elaboradas dentro de uma perspectiva e linguagem

Leia mais