XVIII CONGRESSO DE PÓS-GRADUAÇÃO DA UFLA 19 a 23 de outubro de 2009

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "XVIII CONGRESSO DE PÓS-GRADUAÇÃO DA UFLA 19 a 23 de outubro de 2009"

Transcrição

1 AVALIAÇÃO DO CONHECIMENTO SOBRE NUTRIÇÃO E SUPLEMENTAÇÃO DE INSTRUTORES QUE ATUAM EM ACADEMIAS WILSON CÉSAR DE ABREU 1, ALESSANDRA BOUERI LAZARINI 2, CARLA MICHELLE FERREIRA DE ABREU 3 RESUMO: O presente estudo teve o objetivo de avaliar os conhecimentos sobre nutrição básica e suplementação esportiva de profissionais de Educação Física. Participaram do estudo 72 indivíduos de ambos os sexos que atuam como instrutores de alguma atividade física oferecida pelas academias de ginástica das cidades de Lavras e Nepomuceno. Para avaliar os conhecimentos sobre a nutrição básica e aplicada ao esporte dos instrutores, foi utilizado um questionário auto-aplicado com questões sobre conhecimentos de nutrição básica e aplicada ao exercício. A maioria dos participantes responderam corretamente quais são as boas fontes de macro e micronutrientes. A maioria dos participantes deste estudo (87,5%) relatou incentivar a ingestão de água durante o exercício físico. Apenas 51,4% dos entrevistados responderam que o acréscimo de carboidratos e eletrólitos as bebidas favorecem a hidratação, sendo a proporção de acertos significativamente maior entre as mulheres (p<0,05). A maioria (80,6%) indicou corretamente qual dever ser a composição da refeição pré-treino. Ao todo 47,2% dos participantes responderam que deve-se utilizar carboidratos e proteínas na refeição póstreino, sendo significativamente maior entre as mulheres (P<0,05). Apenas 37,5% dos participantes indicaram corretamente os alimentos com alto índice glicêmico. Parte significante do grupo (15,3%), acredita que qualquer suplemento pode ser utilizado sem preocupação, porque o excesso é simplesmente eliminado. Em geral o percentual de acertos foi maior entre as mulheres. Apesar dos participantes apresentarem um conhecimento razoável sobre nutrição, há ainda muitos conceitos equivocados que favorecem a pratica de orientações inadequadas para os alunos de academias. Palavras-chaves: Nutrição esportiva, academia, Esportista, suplementação. INTRODUÇÃO Nesta última década a busca pelo melhor condicionamento físico, qualidade de vida, treinamento para competições e o forte apelo da forma física têm levado pessoas de todas as idades à prática de várias modalidades de exercícios físicos em academias(hirschbruch e CARVALHO, 2002). Além das recomendações dietéticas gerais para uma alimentação saudável que evite deficiências, os indivíduos que praticam atividade física precisam de orientações específicas para satisfazer suas necessidades nutricionais de acordo com o tipo de atividade que praticam, sua intensidade, freqüência e duração (VIVIANE e GARCIA, 2003). A utilização de suplementos por praticantes de atividades físicas é cada vez mais comum. Aliada a divulgação da mídia, o mercado de alimentos e suplementos conta também com a influência dos professores de educação física sobre seus alunos. Cerca de 30 a 40% dos freqüentadores de academias consomem suplementos e boa parte dos usuários (31%) toma suplementação por indicação de instrutores, professores ou treinadores (PEREIRA et al., 2003). Entretanto, para orientar um indivíduo quanto à utilização de suplementos e/ou ingestão alimentar é necessário ter conhecimento adequado sobre o assunto. Desta forma, o objetivo deste trabalho foi avaliar os conhecimentos sobre nutrição básica e aplicada de profissionais de Educação Física, que muitas vezes transmitem orientações sobre dietas e suplementos aos freqüentadores de academias. Desta forma, verificou-se a capacitação destes profissionais quanto à orientação dos alunos de academias. MATERIAL E MÉTODOS 1 UFLA, DCA, 2 UNILAVRAS, NUTRIÇÃO, 3 UNIFOR, ICS,

2 Foi realizado um estudo transversal para avaliar o conhecimento sobre nutrição de 72 instrutores de ambos os sexos que trabalham com atividade física oferecida por academias de ginástica das cidades de Lavras e Nepomuceno - MG. O presente estudo foi aprovado pelo Comitê de Ética do UNILAVRAS em Agosto de Os instrutores responderam o questionário mediante assinatura do Termo de Consentimento Livre e Esclarecido, sendo informados sob a possibilidade de abandonar a pesquisa a qualquer momento, mesmo após ter assinado o termo de consentimento livre e esclarecido sem penalidade ou prejuízo algum a eles. A coleta de dados foi realizada nas academias, onde cada participante foi orientado a preencher o questionário logo após o recebimento e sem fazer qualquer tipo de consulta. Para avaliar os conhecimentos sobre a nutrição básica e aplicada ao esporte dos instrutores, foi utilizado um questionário auto-aplicado com questões sobre a formação acadêmica (cursos realizados na área de nutrição, realização de pós-graduação, etc.), conhecimentos sobre nutrição básica (fontes alimentares dos diversos nutrientes) e aplicada ao exercício (utilização e recomendações de nutrientes para o exercício físico, suplementação esportiva, etc.). As perguntas foram elaboradas a partir de conceitos básicos encontrados na literatura. Análise dos Dados Os dados foram digitalizados utilizando-se o Microsof Excel e analisados no pacote estatístico Epi-info Para analisar as variáveis categóricas foi aplicado o teste do Qui-quadrado (χ 2 ) ao nível de significância de 5%. RESULTADOS E DISCUSSÃO Participaram deste estudo 72 indivíduos, sendo 61% do sexo masculino e 39% do sexo feminino. Destes 12,5% tinham menos do que 2 anos de formação, a maioria (76,4%) tinha mais de 2 anos de formação e 11,1% eram estagiários que ainda não haviam concluído a graduação. Entre os indivíduos formados 55,7% haviam realizado algum curso de pós-graduação. A área de pós-graduação mais cursada pelos entrevistados foi de Treinamento Esportivo, com 82%. Nenhum dos entrevistados fez pós-graduação na área da Nutrição esportiva. Por outro lado, 92% dos entrevistados relataram que cursaram disciplina de Nutrição durante o curso de graduação. Com relação a composição dos alimentos, a maioria dos participantes respondeu corretamente quais alimentos são ricos em fibras, macronutrietens (proteínas, carboidratos, lipídios), micronutrientes (cálcio, ferro e vitamina C) e valor energético dos alimentos não havendo diferença entre os sexos (Figura 1). % , ,3 97,2 0 Fibras Micronutrientes Macronutrientes Kcal Figura 1: Frequência percentual de acertos em questões referentes a fontes de nutrientes e energia.

3 Há consenso no meio esportivo que a capacidade de rendimento físico tem relação direta com a ingestão equilibrada de todos os nutrientes incluindo carboidratos, gorduras, proteínas, minerais, vitaminas, fibras e água (ARAÚJO e SOARES, 1999). Apesar de maioria dos entrevistados terem apontado as hortaliças e frutas como as principais fontes de fibras da dieta, 15,3% incluíram as carnes como alimentos ricos em fibras alimentares. As melhores fontes de fibras são as hortaliças, frutas, leguminosas, grãos integrais, hortaliças, aveia e farelos (RIQUE et al, 2002). Parte significante do entrevistados (15,3%), acredita que qualquer suplemento pode ser utilizado sem preocupação, porque o excesso é simplesmente eliminado. Estes resultados mostram que ainda existe uma idéia equivocada sobre o uso dos suplementos por parte de muitos instrutores. De modo geral, os profissionais da saúde apontam que suplementos vitamínicos não são necessários para indivíduos que tenham uma dieta bem equilibrada. Segundo a Sociedade Brasileira de Medicina Esportiva (2003), uma alimentação balanceada e de qualidade, a não ser em situações especiais, atende às necessidades nutricionais de um praticante de exercícios físicos, inclusive de atletas de nível competitivo, o que dispensaria o uso de suplementos alimentares. Apesar da grande preocupação dos freqüentadores de academias em buscar uma nutrição ideal e adequada ao tipo de treino, a falta de conhecimentos, os hábitos alimentares inadequados e a influência dos treinadores e da mídia, são os principais fatores que levam a utilizar suplementos nutricionais e adotar um comportamento alimentar nem sempre capaz de atingir os objetivos esperados (ADA, 2000). A maioria dos participantes deste estudo (87,5%) relatou incentivar a ingestão de água durante o exercício físico. Este fato é relevante, pois a desidratação aumenta o estresse provocado pelo exercício físico e prejudica a termorregulação corporal (SBME, 2003). Durante o exercício recomenda-se a ingestão de bebidas que contenham carboidratos e alguns eletrólitos como sódio e potássio (ADA, 2000). A associação entre água, carboidratos e eletrólitos, é muito melhor para aumentar o rendimento do atleta. O glicídio, mantém a glicemia sérica e retarda a fadiga muscular e a inclusão de sódio nas bebidas reidratantes promove maior absorção de água e carboidratos pelo intestino durante e após o exercício. Neste estudo, apenas 51,4% dos entrevistados responderam que o acréscimo de carboidratos e eletrólitos as bebidas favorecem a hidratação, sendo a proporção de acertos significativamente maior entre as mulheres (p<0,05). Por outro lado, 37,5% acreditam que a inclusão de proteínas ou aminoácidos também melhoram a hidratação. Segundo Lemon (1994), não devem ser consumidos alimentos ricos em proteínas próximo ao treino, já que demoram mais para serem digeridas e absorvidas, provocando assim um desconforto gastrintestinal durante a prática do exercício. As proteínas devem ser ingeridas durante todo o dia para repor as necessidades diárias. No período pré-treino devem ser realizadas refeições com baixo teor de fibras, gorduras dietéticas e proteínas (LEMON, 1994). Entre os participantes deste estudo a maioria (80,6%) indicou corretamente qual dever ser a composição da refeição pré-treino. Porém, 19,4% relataram que deve-se ingerir preferencialmente proteínas e fibras. A ingestão de dieta rica em carboidrato antes do exercício aumenta os níveis iniciais e parece ter um efeito poupador do glicogênio durante o exercício, maximizando os estoques de glicogênio e mantendo a glicemia (BUCCI, 1994). Ao todo 47,2% dos participantes responderam que deve-se utilizar carboidratos e proteínas na refeição pós-treino. O percentual de acertos foi significativamente maior entre as mulheres (P<0,05). Após os treinos deve-se utilizar uma bebida rica em carboidratos de alto índice glicêmico (IG) e proteína. Essa fórmula fará com que o organismo assimile melhor os aminoácidos presentes na bebida (reparando a massa muscular), e favorecendo a ressíntese do glicogênio depletado no treinamento. Essa fórmula é mais eficaz porque a combinação de carboidrato/proteína faz com que aumente a liberação do hormônio insulina. Esta facilita a passagem do aminoácido para o interior das células, prevenindo a degradação protéica e favorecendo a contração muscular (JENTJENS & JEUKENDRUP, 2003). De acordo com a Tabela 1, observou-se que 46,5% dos homens relatam que o melhor momento para utilizar suplemento de maltodextrina (mistura de carboidratos de alto IG), seria durante o treino, enquanto que 31,8% das mulheres consideram importantes antes do treino.

4 Segundo a Sociedade Brasileira de Medicina Esportiva (2003), o efeito ergogênico da ingestão de carboidratos durante o exercício já foi consistentemente demonstrado em vários experimentos, muitos dos quais efetuados durante etapas de muitas horas de duração. Foi demonstrado que o exercício prolongado reduz acentuadamente o nível de glicogênio muscular, exigindo constante preocupação com sua reposição, porém, apesar de tal constatação, tem sido observado um baixo consumo de carboidratos pelos atletas. Em relação aos suplementos protéicos, deveria ser usado somente no pós treino. Percentual significativamente maior de homens relatou indicar o uso de suplementos protéicos após o treino (p<0,05) (Tabela 1). Estudos recomendam que o uso dos suplementos protéicos, como a proteína do soro do leite ou a albumina da clara do ovo, deve estar de acordo com a ingestão protéica total. O consumo adicional destes suplementos protéicos acima das necessidades diárias (1,8g/kg/dia) não determina ganho de massa muscular adicional, nem promove aumento do desempenho. Entretanto a ingestão de proteínas logo após o treino acelera a recuperação muscular (SBME, 2003). Tabela 1: Recomendação de uso de maltodextrina e hipeproteicos segundo o sexo. Horário Matodextrina Hiperproteicos Homens Mulheres Homens Mulheres Antes do treino 21,4 31,8 17,9 25,0 Durante o treino 46,5* 22,7 7,1 6,8 Após o treino 7,1 15,9 53,6* 29,5 Todos os momentos 14,3 11,4 3,6 15,9 Não recomendaria 10,7 18,2 17,9 22,7 *teste do qui-quadrado - p<0,05. Segundo Kazapi e Tramonte (2003), as necessidades energéticas devem ficar distribuídas em seis refeições para que sejam evitados jejuns prolongados ou estômago muito cheio, situações que dificultam o treinamento. Sendo assim, para alcançar um bom desempenho físico recomenda-se aumentar o numero de refeições diárias e evitar longos períodos sem se alimentar. Em relação a quantas refeições deve-se fazer por dia, 73,6% dos participantes responderam que seriam 6 refeições ou mais. Quanto ao intervalo entre as refeições a maioria (65,3%) indicou que deve se alimentar a cada 3 horas e 30,6% recomenda que deve ser a cada 4 horas. Nenhum participante relatou indicar a pratica de atividade física em jejum. Sobre o controle de peso, 61,1% consideraram importante realizar 6 ou mais refeições por dia. Entretanto, 32% dos participantes recomendam a retirada dos carboidratos e 6,9% acreditam que o ideal para controlar o peso é se alimentar a cada cinco horas. Segundo Jentjens e Jeukendrup (2003), alimentos com alto IG como pão branco, cereais matinais, glicose, batatas cozidas, açúcar e geléias produzem maiores concentrações de glicogênio nas primeiras horas de recuperação quando comparados aos de moderado e baixo IG sendo indicados para o período pós-treino. Com relação aos alimentos com alto índice glicêmico, apenas 37,5% responderam corretamente. Um quinto dos entrevistados indicaram a maçã como um alimento de alto IG. Segundo Mujika e Padille (1997), a creatina se tornou um dos suplementos mais populares na última década. Muitos estudos científicos mostraram ser a creatina um agente ergogênico, que melhora o desempenho em alguns tipos de esporte, sua eficácia continua em discussão. Sobre a creatina, 73,6% entendem acertadamente que ela é utilizada para produção anaeróbica de energia. Em relação a L-carnitina, 38,9% dos participantes relataram que indicariam a suplementação para reduzir gordura corporal, sendo este percentual maior entre as mulheres (42,9%) em relação aos homens (27,3%) (p<0,05). Entretanto não há evidências de sua eficácia na desempenho de atletas. Sabe-se que nos esportes que envolvem força, como a musculação, o aumento da massa muscular confere ao atleta uma vantagem bem definida, devido a isso existe uma crença por parte dos treinadores ou instrutores, da necessidade de uma dieta hiperprotéica, para o aumento de massa muscular (LEMON, 1998; GUERRA, 2002). Observou-se que 55,6% dos participantes acreditam que

5 para aumentar a massa muscular deve-se aumentar apenas a ingestão de proteínas. Esta crença é maior entre os homens (63,6%) em relação as mulheres (42,9%) (p<0,05). CONCLUSÕES De acordo com os resultados encontrados, os participantes apresentaram um bom conhecimento sobre as fontes alimentares dos principais nutrientes da dieta. Entretanto, em relação à Nutrição aplicada aos exercícios (utilização e recomendações de nutrientes para o exercício físico, suplementação esportiva, etc) os participantes apresentaram posicionamentos conflitantes sobre o assunto. Em geral as mulheres apresentaram um percentual de acertos maior que os homens. REFERÊNCIAL BIBLIOGRÁFICO AMERICAN DIETETIC ASSOCIATION. Reports Position of the American Dietetic Association: Nutrition and athletic performance. Journal of American Dietetic Association, v.100, n.12, , ARAÚJO, A.C.M.; SOARES, N.G. Perfil da utilização de repositores protéicos nas academias de Belém, Pará. Revista de Nutrição, v.12, n.1, p , BUCCI, L. Nutrients as ergogenic aids for sport and exercise. Medicine Science Sports Exercise, v.26, n.8, , GUERRA, I. Importância da Alimentação do Atleta Visando a Melhora da Performance. Revista Nutrição em Pauta. São Paulo, n.55, p.63-66, HIRSCHBRUCH, M.D.; CARVALHO, J.R. Nutrição esportiva: uma visão prática. 1.ed. São Paulo: Manole, p. KAZAPI, I.A.M.; TRAMONTE, L.C.G. Nutrição do atleta. Florianópolis: Ed. da UFSC, p. JENTJENS, R.; JEUKENDRUP, A.E. Determinants of post-exercise glycogen synthesis during shortterm recovery. Sports Medicine, v.33, n.2, p , LEMON, P.W. Protein requirements of soccer. Journal Sports Science, v.10, p , LEMON.P.W. Effects of exercise on dietary proteins requirements. International Journal Sports Nutrition, v.8, p MUJIKA, I.; PADILLA, S. Creatine supplementation as a ergogenic aid for sports performance in highly trained athletes: a critical review. International Journal Sports Medicine. v.4, n.2, p.79-83, PEREIRA R.F.; LAJOLO, F.M.; HIRSCHBRUCH, M.D. Consumo de suplementos por alunos de academias da cidade de São Paulo. Revista de Nutrição, v.16, n.3, p , 2003 RIQUE, A.B.R.; SOARES, E.A.; MEIRELLES, C.M. Nutrição e exercício na prevenção e controle das doenças cardiovasculares. Revista Brasileira de Médicina do Esporte, v.9, p , SOCIEDADE BRASILEIRA DE MEDICINA DO ESPORTE. Modificações dietéticas, reposição hídrica, suplementos alimentares e drogas: comprovação de ação ergogênica e potencias riscos para a saúde. Diretriz da Sociedade Brasileira de Medicina do Esporte. Revista Brasileira de Medicina Esporte. V.9, n.2, mar./abr., VIVIANE, M. T.; GARCIA, J. R. Análise dos conhecimentos sobre nutrição básica e aplicada de profissionais de educação física e nutrição. Nutrição em Pauta, v11, n. 63, p.27-30, nov./ dez

A importância da alimentação no desempenho esportivo e competitivo

A importância da alimentação no desempenho esportivo e competitivo A importância da alimentação no desempenho esportivo e competitivo A alimentação adequada e nutricionalmente equilibrada é um dos fatores importantes e essenciais para a otimização do desempenho, sendo

Leia mais

Palavras-chave: Suplementos Alimentares, Musculação, Academia de Ginástica.

Palavras-chave: Suplementos Alimentares, Musculação, Academia de Ginástica. PERFIL DOS CONSUMIDORES DE SUPLEMENTOS ALIMENTARES PRATICANTES DE MUSCULAÇÃO EM ACADEMIAS DE TERESINA. Conceição de Maria Aguiar Carvalho Francisco Evaldo Orsano RESUMO: O aumento da oferta de suplementos

Leia mais

COMPORTAMENTO ALIMENTAR DE ATLETAS NO PRÉ TREINO DE UMA CIDADE DO INTERIOR DO ESTADO DE SÃO PAULO

COMPORTAMENTO ALIMENTAR DE ATLETAS NO PRÉ TREINO DE UMA CIDADE DO INTERIOR DO ESTADO DE SÃO PAULO COMPORTAMENTO ALIMENTAR DE ATLETAS NO PRÉ TREINO DE UMA CIDADE DO INTERIOR DO ESTADO DE SÃO PAULO RESUMO Mari Uyeda Larissa Fabiane da Silva Toledo Este trabalho apresenta como objetivo demonstrar o comportamento

Leia mais

SUPLEMENTAÇÃO NUTRICIONAL PARA ATLETAS: CONHECIMENTO DE ESTUDANTES DE GRADUAÇÃO EM NUTRIÇÃO

SUPLEMENTAÇÃO NUTRICIONAL PARA ATLETAS: CONHECIMENTO DE ESTUDANTES DE GRADUAÇÃO EM NUTRIÇÃO SUPLEMENTAÇÃO NUTRICIONAL PARA ATLETAS: CONHECIMENTO DE ESTUDANTES DE GRADUAÇÃO EM NUTRIÇÃO CARLOS VINÍCIUS DA SILVA BARBOSA, CAIO VICTOR COUTINHO DE OLIVEIRA, ALEXANDRE SÉRGIO SILVA, JANAINA CÂNDIDA RODRIGUES

Leia mais

CONSUMO DE SUPLEMENTO ALIMENTAR POR HOMENS PRATICANTES DE MUSCULAÇÃO, NAS ACADEMIAS CENTRAIS DO MUNICÍPIO DE GUARAPUAVA/PR

CONSUMO DE SUPLEMENTO ALIMENTAR POR HOMENS PRATICANTES DE MUSCULAÇÃO, NAS ACADEMIAS CENTRAIS DO MUNICÍPIO DE GUARAPUAVA/PR Os textos são de responsabilidade de seus autores. CONSUMO DE SUPLEMENTO ALIMENTAR POR HOMENS PRATICANTES DE MUSCULAÇÃO, NAS ACADEMIAS CENTRAIS DO MUNICÍPIO DE GUARAPUAVA/PR Edson Luis Quintiliano 1 Orientador:

Leia mais

TÍTULO: CONHECIMENTO E UTILIZAÇÃO DE BEBIDAS ISOTÔNICAS POR PRATICANTES DE ATIVIDADE FÍSICA

TÍTULO: CONHECIMENTO E UTILIZAÇÃO DE BEBIDAS ISOTÔNICAS POR PRATICANTES DE ATIVIDADE FÍSICA TÍTULO: CONHECIMENTO E UTILIZAÇÃO DE BEBIDAS ISOTÔNICAS POR PRATICANTES DE ATIVIDADE FÍSICA CATEGORIA: CONCLUÍDO ÁREA: CIÊNCIAS BIOLÓGICAS E SAÚDE SUBÁREA: NUTRIÇÃO INSTITUIÇÃO: FACULDADES INTEGRADAS CORAÇÃO

Leia mais

INSTITUIÇÃO: FACULDADE MUNICIPAL PROFESSOR FRANCO MONTORO DE MOGI GUAÇU

INSTITUIÇÃO: FACULDADE MUNICIPAL PROFESSOR FRANCO MONTORO DE MOGI GUAÇU TÍTULO: UTILIZAÇÃO DA CREATINA POR PRATICANTES DE MUSCULAÇÃO CATEGORIA: EM ANDAMENTO ÁREA: CIÊNCIAS BIOLÓGICAS E SAÚDE SUBÁREA: NUTRIÇÃO INSTITUIÇÃO: FACULDADE MUNICIPAL PROFESSOR FRANCO MONTORO DE MOGI

Leia mais

ALIMENTAÇÃO DURANTE O EXERCÍCIO FÍSICO

ALIMENTAÇÃO DURANTE O EXERCÍCIO FÍSICO ALIMENTAÇÃO DURANTE O EXERCÍCIO FÍSICO Academia de Saúde e Lazer - Universidade Fernando Pessoa Núcleo de Estágio Curricular em Ciências da Nutrição Durante o exercício físico prolongado é importante manter

Leia mais

A DIETA CERTA SAÚDE IATE

A DIETA CERTA SAÚDE IATE Ganhar músculos ou perder peso requer alimentos diferentes. Adequar o hábito alimentar aos objetivos garante resultados mais rápidos e eficazes A DIETA CERTA A alimentação equilibrada é essencial para

Leia mais

Vida saudável. Dicas e possibilidades nos dias de hoje.

Vida saudável. Dicas e possibilidades nos dias de hoje. CENTRO UNIVERSITÁRIO ASSUNÇÃO- Vida saudável. Dicas e possibilidades nos dias de hoje. Profa. Dra. Valéria Batista O que é vida saudável? O que é vida saudável? Saúde é o estado de complexo bem-estar físico,

Leia mais

NECESSIDADES NUTRICIONAIS DO EXERCÍCIO

NECESSIDADES NUTRICIONAIS DO EXERCÍCIO Departamento de Fisiologia Curso: Educação Física NECESSIDADES NUTRICIONAIS DO EXERCÍCIO Aluno: Anderson de Oliveira Lemos Matrícula: 9612220 Abril/2002 Estrutura de Apresentação Líquidos Eletrólitos Energia

Leia mais

Suplementos de A a Z

Suplementos de A a Z Suplementos de A a Z Hoje existe uma enorme lista de suplementos nas lojas. Mas para que servem? Descubra o que a tecnologia alimentícia pode fazer por você. Otimizar os resultados dos treinos, aumentar

Leia mais

RESPOSTAS RENAIS A UMA DIETA HIPERPROTEICA

RESPOSTAS RENAIS A UMA DIETA HIPERPROTEICA RESPOSTAS RENAIS A UMA DIETA HIPERPROTEICA Marcos José Andrade Lima Universidade Federal da Paraíba Faculdade Integrada de Patos marcosandrade.saude@hotmail.com Introdução O aparelho excretor tem a função

Leia mais

XXII CONGRESSO DE PÓS-GRADUAÇÃO DA UFLA

XXII CONGRESSO DE PÓS-GRADUAÇÃO DA UFLA CONSUMO ALIMENTAR DE JOGADORES DE RUGBY SEVENS DA UFLA RONALDO DA SILVA JÚNIOR 1, WILSON CÉSAR DE ABREU 2, JANINA DE SALES GUILARDUCCI 3, RAFAEL DA CUNHA MÂNGIA 4, PEDRO HENRIQUE BIGARDI 5 RESUMO: O rugby

Leia mais

Nutrientes. E suas funções no organismo humano

Nutrientes. E suas funções no organismo humano Nutrientes E suas funções no organismo humano O corpo humano necessita de uma série de substâncias básicas indispensáveis para a formação de tecidos, para obtenção de energia, para a realização de atividades

Leia mais

PADRÃO ALIMENTAR DE INDIVÍDUOS ADULTOS NOS PERÍODOS PRÉ E PÓS-CIRURGIA BARIÁTRICA

PADRÃO ALIMENTAR DE INDIVÍDUOS ADULTOS NOS PERÍODOS PRÉ E PÓS-CIRURGIA BARIÁTRICA 25 a 28 de Outubro de 2011 ISBN 978-85-8084-055-1 PADRÃO ALIMENTAR DE INDIVÍDUOS ADULTOS NOS PERÍODOS PRÉ E PÓS-CIRURGIA BARIÁTRICA Bruno Guilherme Morais Pagan 1 ; Luzia Jaeger Hintze 2 ; Alexandre dos

Leia mais

Maio 2011. Mais saúde e bem estar para você e seus colaboradores. Maior produtividade para sua empresa.

Maio 2011. Mais saúde e bem estar para você e seus colaboradores. Maior produtividade para sua empresa. Maio 2011 Mais saúde e bem estar para você e seus colaboradores. Maior produtividade para sua empresa. O que comer antes e após a atividade física? Alimentação e exercício Importância da alimentação saudável

Leia mais

Utilização da Aveia x Índice Glicêmico

Utilização da Aveia x Índice Glicêmico Utilização da Aveia x Índice Glicêmico MURIELE MARQUES JOB; SAHRA BRENA DE OLIVEIRA LIBANIO RESUMO: O conceito de índice glicêmico pode ser considerado uma extensão da hipótese da fibra dietética, sugerindo

Leia mais

Biologia. 8 o ano. Caderno 2

Biologia. 8 o ano. Caderno 2 Biologia 8 o ano Caderno 2 Módulos 7 e 8 1 A atividade das enzimas no organismo humano varia em função do grau de acidez do meio. Observe o gráfico e responda: Qual curva representa o local da ação da

Leia mais

Bases Metodológicas do Treinamento Desportivo

Bases Metodológicas do Treinamento Desportivo Bases Metodológicas do Treinamento Desportivo Unidade II Controle e Prescrição do Treinamento Prof. Esp. Jorge Duarte Prescrição de Atividades Físicas Condições de saúde; Estado geral do aluno (cliente);

Leia mais

CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO EM NUTRIÇÃO ESPORTIVA APLICADA À SÁÚDE, ESTÉTICA E DESEMPENHO FÍSICO

CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO EM NUTRIÇÃO ESPORTIVA APLICADA À SÁÚDE, ESTÉTICA E DESEMPENHO FÍSICO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO EM NUTRIÇÃO ESPORTIVA APLICADA À SÁÚDE, ESTÉTICA E DESEMPENHO FÍSICO 1. CURSO: Pós-graduação em Nutrição Esportiva aplicada à saúde, estética e desempenho físico. 1.1 Área de Conhecimento:

Leia mais

INTERATIVIDADE FINAL EDUCAÇÃO FÍSICA CONTEÚDO E HABILIDADES DINÂMICA LOCAL INTERATIVA AULA. Conteúdo: Treinamento e nutrição.

INTERATIVIDADE FINAL EDUCAÇÃO FÍSICA CONTEÚDO E HABILIDADES DINÂMICA LOCAL INTERATIVA AULA. Conteúdo: Treinamento e nutrição. Conteúdo: Treinamento e nutrição. Habilidades: Relacionar a alimentação saudável com a prática de exercícios físicos. X Nutrientes macronutrientes micronutrientes Micronutrientes Macronutrientes A importância

Leia mais

Necessidades Nutricionais Antes, Durante e Depois do Exercício

Necessidades Nutricionais Antes, Durante e Depois do Exercício Nut. Cláudia Dornelles Schneider Prof. Adj. Depto. de Nutrição Necessidades Nutricionais Antes, Durante e Depois do Exercício Porto Alegre, RS, Brasil Janeiro de 2013 Nutrição Esportiva últimas 2 décadas

Leia mais

O ATLETA VEGETARIANO Priscila Di Ciero - Nutricionista

O ATLETA VEGETARIANO Priscila Di Ciero - Nutricionista O ATLETA VEGETARIANO Priscila Di Ciero - Nutricionista O consumo de dietas vegetarianas tem sido associado a muitos benefícios à saúde, incluindo menores taxas de mortes por doenças cardiovasculares, diabetes

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE VIÇOSA CENTRO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS E DA SAÚDE DEPARTAMENTO DE NUTRIÇÃO E SAÚDE

UNIVERSIDADE FEDERAL DE VIÇOSA CENTRO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS E DA SAÚDE DEPARTAMENTO DE NUTRIÇÃO E SAÚDE UNIVERSIDADE FEDERAL DE VIÇOSA CENTRO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS E DA SAÚDE DEPARTAMENTO DE NUTRIÇÃO E SAÚDE LABORATÓRIO DE ESTUDO EXPERIMENTAL DOS ALIMENTOS 4. DESENVOLVIMENTO E AVALIAÇÃO SENSORIAL DE BARRA

Leia mais

PREVALÊNCIA DO USO DE SUPLEMENTOS NUTRICIONAIS ENTRE PRATICANTES DE ATIVIDADE FÍSICA REVISÃO DE LITERATURA

PREVALÊNCIA DO USO DE SUPLEMENTOS NUTRICIONAIS ENTRE PRATICANTES DE ATIVIDADE FÍSICA REVISÃO DE LITERATURA PREVALÊNCIA DO USO DE SUPLEMENTOS NUTRICIONAIS ENTRE PRATICANTES DE ATIVIDADE FÍSICA REVISÃO DE LITERATURA Maryella Laryssa Matias de Araújo 1 Marilia de Lima dos Santos 2 Ávilla Monalisa Silva de Oliveira

Leia mais

Malhar em jejum é nova 'modinha' para perda de gordura Sex, 20 de Dezembro de 2013 09:38 - Última atualização Sex, 20 de Dezembro de 2013 13:11

Malhar em jejum é nova 'modinha' para perda de gordura Sex, 20 de Dezembro de 2013 09:38 - Última atualização Sex, 20 de Dezembro de 2013 13:11 Existem alguns conceitos sobre alimentação e boa forma que, por osmose, já estão dentro da cabeça das pessoas: comer de três em três horas faz bem; exercícios aeróbicos ajudam a queimar gordura; beber

Leia mais

Tipos de Diabetes e 10 Super Alimentos Para Controlar a Diabetes

Tipos de Diabetes e 10 Super Alimentos Para Controlar a Diabetes Esse Ebook Tem O Objetivo de Ajudar Diabéticos, a Levar Uma Vida Normal Lembrando Que A Diabetes E Uma doença Silenciosa, e Muito Perigosa se Você Ignora-la. Um Outro Ponto Importante e Que A forma de

Leia mais

Congregação das Filhas do Amor Divino

Congregação das Filhas do Amor Divino Congregação das Filhas do Amor Divino EXERCÍCIO FÍSICO E ALIMENTAÇÃO SAUDÁVEL Em se tratando dos conhecimentos necessários para a prática de exercícios e/ou atividades físicas, a alimentação deve ser considerada

Leia mais

AVALIAÇÃO DO CONSUMO DE MACRONUTRIENTES ANTES, DURANTE E APÓS A ATIVIDADE FÍSICA DE FREQUENTADORES DE UMA ACADEMIA EM SÃO PAULO

AVALIAÇÃO DO CONSUMO DE MACRONUTRIENTES ANTES, DURANTE E APÓS A ATIVIDADE FÍSICA DE FREQUENTADORES DE UMA ACADEMIA EM SÃO PAULO AVALIAÇÃO DO CONSUMO DE MACRONUTRIENTES ANTES, DURANTE E APÓS A ATIVIDADE FÍSICA DE FREQUENTADORES DE UMA ACADEMIA EM SÃO PAULO Gabriela Tammy Dias de Oliveira * ; Camila Araújo da Silva Monte * ; Mariana

Leia mais

AVALIAÇÃO NUTRICIONAL DE ATLETAS DA SELEÇÃO GOIANA DE JUDÔ: ATIVIDADE DO ATENDIMENTO NUTRICIONAL 1

AVALIAÇÃO NUTRICIONAL DE ATLETAS DA SELEÇÃO GOIANA DE JUDÔ: ATIVIDADE DO ATENDIMENTO NUTRICIONAL 1 AVALIAÇÃO NUTRICIONAL DE ATLETAS DA SELEÇÃO GOIANA DE JUDÔ: ATIVIDADE DO ATENDIMENTO NUTRICIONAL 1 LEITE, Raíssa Moraes 1 ; FRANCO, Lana Pacheco 2 ; SOUZA, Isabela Mesquita 3 ; ALVES, Ana Gabriella Pereira

Leia mais

NUTRIÇÃO DA CRIANÇA ATLETA

NUTRIÇÃO DA CRIANÇA ATLETA NUTRIÇÃO DA CRIANÇA ATLETA Graziela Beduschi Graduação em Nutrição - UFPR Mestrado em Ciências da Nutrição (Nutrição Esportiva) - Wollongong University AUS Curso de Nutrição Esportiva AIS Camberra AUS

Leia mais

Suplementos na Atividade Esportiva Maria Helena Weber CRN 2075

Suplementos na Atividade Esportiva Maria Helena Weber CRN 2075 Suplementos na Atividade Esportiva Maria Helena Weber CRN 2075 Exercício Físico x Atividade Física Atividade Física: é qualquer movimento do corpo, produzido pelo músculo esquelético que resulta em um

Leia mais

Vou lhe apresentar os 4 passos para eliminar e viver para sempre sem celulite.

Vou lhe apresentar os 4 passos para eliminar e viver para sempre sem celulite. A celulite é uma afecção do tecido subcutâneo que afeta em maior medida as mulheres e que dá lugar à formação de irregularidades na camada superficial da pele, chegando a ser muito antiestética e em muitas

Leia mais

Guia. Nutricional. para gestantes

Guia. Nutricional. para gestantes Referências bibliográficas consultadas: 1. Committee on Nutritional Status During Pregnancy and Lactation, Institute of Medicine. Nutrition During Pregnancy: Part I: Weight Gain, Part II: Nutrient Supplements.

Leia mais

Criança nutrida & criança Vitaminada

Criança nutrida & criança Vitaminada Criança nutrida & criança Vitaminada IMC INFANTIL Muitos pais se preocupam com o peso e a estatura de seu filho. Questionam-se se a massa corporal da criança está de acordo com a idade, se a alimentação

Leia mais

IMPORTADOR EXCLUSIVO www.bodytemple.com.br

IMPORTADOR EXCLUSIVO www.bodytemple.com.br IMPORTADOR EXCLUSIVO www.bodytemple.com.br bodytemple - Importador e distribuidor exclusivo Olimp Sport Nutrition Grenade Fatburner Reflex Nutrition Av. Alfredo Baltazar da Silveira 1891-303 - Recreio

Leia mais

Perfil dos consumidores de suplementos alimentares praticantes de musculação em academias nas cidades de Curitiba e Pinhais

Perfil dos consumidores de suplementos alimentares praticantes de musculação em academias nas cidades de Curitiba e Pinhais LEANDRO CLARO DOS SANTOS Perfil dos consumidores de suplementos alimentares praticantes de musculação em academias nas cidades de Curitiba e Pinhais Artigo apresentado como Trabalho de Conclusão de Curso

Leia mais

PERFIL NUTRICIONAL E CONSUMO DE MACRONUTRIENTES POR CORREDORES DA CIDADE DE MARINGÁ, PR

PERFIL NUTRICIONAL E CONSUMO DE MACRONUTRIENTES POR CORREDORES DA CIDADE DE MARINGÁ, PR 25 a 28 de Outubro de 2011 ISBN 978-85-8084-055-1 PERFIL NUTRICIONAL E CONSUMO DE MACRONUTRIENTES POR CORREDORES DA CIDADE DE MARINGÁ, PR Daniele Aparecida Capelato 1 ; Bruno Guilherme Morais Pagan 2 ;

Leia mais

Grau de hipertrofia muscular em resposta a três métodos de treinamento de força muscular

Grau de hipertrofia muscular em resposta a três métodos de treinamento de força muscular Object 1 Grau de hipertrofia muscular em resposta a três métodos de treinamento de força muscular Curso de Educação Física. Centro Universitário Toledo de Araçatuba - UNITOLEDO. (Brasil) Prof. Mário Henrique

Leia mais

CONHECIMENTO NUTRICIONAL DE PRATICANTE DE ATIVIDADES FÍSICAS: uma revisão sistemática

CONHECIMENTO NUTRICIONAL DE PRATICANTE DE ATIVIDADES FÍSICAS: uma revisão sistemática CONHECIMENTO NUTRICIONAL DE PRATICANTE DE ATIVIDADES FÍSICAS: uma revisão sistemática Aline Vernochi Graduanda em Nutrição Faculdades Integradas de Três Lagoas FITL/AEMS Gabriela Bonilha de Souza Graduanda

Leia mais

Bebida hidratante. suplementação

Bebida hidratante. suplementação Texto > Paula Cristóvão Santos e Custódio César* Bebida hidratante A razão de ser isotónica Há mais do que uma boa razão para ingerir bebidas isotónicas antes, durante ou após o exercício. E a recomendação

Leia mais

O ovo passou de vilão a mocinho!

O ovo passou de vilão a mocinho! O ovo passou de vilão a mocinho! Amigos, talvez ainda existam muito de vocês que fazem a opção de não consumir ovos brancos, caipira ou de granja, porque acreditam que eles façam mal para o organismo.

Leia mais

Avaliação do consumo de suplementos nutricionais por praticantes de atividade física do município de Monte Azul Paulista

Avaliação do consumo de suplementos nutricionais por praticantes de atividade física do município de Monte Azul Paulista 1 Avaliação do consumo de suplementos nutricionais por praticantes de atividade física do município de Monte Azul Paulista (Consumption s evaluation of nutritional supplements by physical activities practitioners

Leia mais

Sybelle de Araujo Cavalcante Nutricionista

Sybelle de Araujo Cavalcante Nutricionista Secretaria de Estado da Saúde - SESAU Superintendência de Assistência em Saúde SUAS Diretoria de Atenção Básica - DAB Gerência do Núcleo do Programa Saúde e Nutrição Sybelle de Araujo Cavalcante Nutricionista

Leia mais

Nutrição no tratamento da AIDS

Nutrição no tratamento da AIDS UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ALIMENTOS E NUTRIÇÃO (PPGAN) Ciclo de Palestras Nutrição no tratamento da AIDS Verônica Mayrinck Mestranda em Alimentos e Nutrição

Leia mais

Saiba mais sobre eles antes de consumir Todas as informações que você precisa ter antes de consumir ou não estes produtos que prometem maravilhas

Saiba mais sobre eles antes de consumir Todas as informações que você precisa ter antes de consumir ou não estes produtos que prometem maravilhas Saiba mais sobre eles antes de consumir Todas as informações que você precisa ter antes de consumir ou não estes produtos que prometem maravilhas Matéria publicada em 02 de Maio de 2014 Uma cápsula de

Leia mais

Dietas Caseiras para Cães e Gatos

Dietas Caseiras para Cães e Gatos UNIVERSIDADE ESTADUAL PAULISTA FACULDADE DE CIÊNCIA AGRÁRIAS E VETERINÁRIAS DEPARTAMENTO DE CLÍNICA E CIRURGIA VETERINÁRIA CAMPUS DE JABOTICABAL SERVIÇO DE NUTRIÇÃO CLÍNICA Prof. Dr. Aulus Cavalieri Carciofi

Leia mais

ALIMENTAÇÃO NO VERÃO

ALIMENTAÇÃO NO VERÃO ALIMENTAÇÃO NO VERÃO 1 - Quais os alimentos devem ser privilegiados no verão e quais devem ser evitados? Os alimentos que devem ser privilegiados no verão são as frutas, verduras e legumes, pois são ótimas

Leia mais

(PERREAULT JR.; McCARTHY, 2002)

(PERREAULT JR.; McCARTHY, 2002) Posicionamento de Mercado Parte 01 Visão do processo de planejamento de estratégias de marketing Estreitamento para uma estratégia focada com critérios de filtro quantitativos e qualitativos Consumidores

Leia mais

NUTRIÇÃO ESPORTIVA. Nutr. Graziela Beduschi

NUTRIÇÃO ESPORTIVA. Nutr. Graziela Beduschi NUTRIÇÃO ESPORTIVA Nutr. Graziela Beduschi Graduação em Nutrição - UFPR MSC Nutrição - Wollongong University - AUS Sports Dietitian Course Australian Institute of Sports Passos para uma alimentação saudável

Leia mais

Alimentação e Hidratação para a prática de Atividade Física

Alimentação e Hidratação para a prática de Atividade Física LAHOR CLÍNICA MÉDICA Tatiana Oliveira Nutricionista - CRN 7508 Rua Mário Amaral, 267 - Paraíso - SP Tel/Fax: (11) 3884-7127 Tel: (11) 3051-5554 Alimentação e Hidratação para a prática de Atividade Física

Leia mais

Se você treinar em jejum:

Se você treinar em jejum: SUCOFITNESS Atividade física Atividade física é definida como qualquer movimentação do corpo e dos músculos que leva a um gasto de energia. Além de ser praticada como lazer e recreação, quando realizada

Leia mais

ROTULAGEM DE ALIMENTOS

ROTULAGEM DE ALIMENTOS ROTULAGEM DE ALIMENTOS Profª Ana Paula F. Bernardes Silva A QUEM COMPETE MINISTÉRIO DA SAÚDE: Produtos de origem animal; Vegetais e cereais (grãos) in natura; Bebidas e vinagre; Mel. MINISTÉRIO DA AGRICULTURA:

Leia mais

Mas, antes conheça os 4 passos que lhe ajudará a eliminar e viver para sempre sem celulite.

Mas, antes conheça os 4 passos que lhe ajudará a eliminar e viver para sempre sem celulite. A celulite é uma afecção do tecido subcutâneo que afeta em maior medida as mulheres e que dá lugar à formação de irregularidades na camada superficial da pele, chegando a ser muito antiestética e em muitas

Leia mais

ANÁLISE SENSORIAL DE DIETAS ENTERAIS INDICADAS PARA USO VIA ORAL

ANÁLISE SENSORIAL DE DIETAS ENTERAIS INDICADAS PARA USO VIA ORAL 25 a 28 de Outubro de 2011 ISBN 978-85-8084-055-1 ANÁLISE SENSORIAL DE DIETAS ENTERAIS INDICADAS PARA USO VIA ORAL Mariah Benine Ramos Silva 1, Thanise Pitelli Paroschi 2, Ana Flávia de Oliveira 3 RESUMO:

Leia mais

A INFLUÊNCIA DOS SAIS MINERAIS DAS BEBIDAS NA HIDRATAÇÃO

A INFLUÊNCIA DOS SAIS MINERAIS DAS BEBIDAS NA HIDRATAÇÃO A INFLUÊNCIA DOS SAIS MINERAIS DAS BEBIDAS NA HIDRATAÇÃO Conselho Científico do Instituto de Hidratação e Saúde Resumo A hidratação pode ser feita através da ingestão de água ou de outras bebidas, ou até

Leia mais

IMPORTÂNCIA DA ALIMENTAÇÃO E DA HIDRATAÇÃO DO ATLETA Isabela Guerra

IMPORTÂNCIA DA ALIMENTAÇÃO E DA HIDRATAÇÃO DO ATLETA Isabela Guerra IMPORTÂNCIA DA ALIMENTAÇÃO E DA HIDRATAÇÃO DO ATLETA Isabela Guerra Resumo O atleta que tem como objetivo otimizar seu desempenho deve se alimentar bem, utilizar suplementos e ergogênicos de forma cautelosa

Leia mais

CONCURSO PÚBLICO EDITAL N o 135/2011 (NOME COMPLETO EM LETRA DE FORMA) INSTRUÇÕES

CONCURSO PÚBLICO EDITAL N o 135/2011 (NOME COMPLETO EM LETRA DE FORMA) INSTRUÇÕES UNIVERSIDADE ESTADUAL DE PONTA GROSSA COMISSÃO PERMANENTE DE SELEÇÃO CONCURSO PÚBLICO EDITAL N o 135/2011 FUNÇÃO: NUTRICIONISTA (NOME COMPLETO EM LETRA DE FORMA) INSTRUÇÕES (N o DE INSCRIÇÃO) 1. Verifique

Leia mais

balanço energético #compartilhequilibrio

balanço energético #compartilhequilibrio balanço energético #compartilhequilibrio balanço energético Obesidade e sobrepeso são problemas de saúde graves e complexos que afetam grande parte da população. Embora ambos os fatores hereditário e ambiental

Leia mais

Oficina CN/EM 2012. Alimentos e nutrientes (web aula) H34 Reconhecer os principais tipos de nutrientes e seu papel no metabolismo humano.

Oficina CN/EM 2012. Alimentos e nutrientes (web aula) H34 Reconhecer os principais tipos de nutrientes e seu papel no metabolismo humano. Oficina CN/EM 2012 Alimentos e nutrientes (web aula) Caro Monitor, Ao final da oficina, o aluno terá desenvolvido as habilidade: H34 Reconhecer os principais tipos de nutrientes e seu papel no metabolismo

Leia mais

Nós precisamos de beber água para sobreviver!... A. água representa cerca de 60 a 70% do peso corporal e é. do organismo ocorram adequadamente.

Nós precisamos de beber água para sobreviver!... A. água representa cerca de 60 a 70% do peso corporal e é. do organismo ocorram adequadamente. A Água A água é o centro da vida! Nós precisamos de beber água para sobreviver!... A água representa cerca de 60 a 70% do peso corporal e é indispensável a todas as funções do organismo, designadamente,

Leia mais

GUIA DIETA ONLINE UM DIA COM UMA ALIMENTAÇÂO SAUDÁVEL DIETA ONLINE. por Nutricionista Dr.ª Joana Carido. Dr.ª Joana Carido

GUIA DIETA ONLINE UM DIA COM UMA ALIMENTAÇÂO SAUDÁVEL DIETA ONLINE. por Nutricionista Dr.ª Joana Carido. Dr.ª Joana Carido GUIA DIETA ONLINE DIETA ONLINE Dr.ª Joana Carido VISITE A MINHA PÁGINA NO FACEBOOK UM DIA COM UMA ALIMENTAÇÂO SAUDÁVEL por Nutricionista Dr.ª Joana Carido Relembro que este plano alimentar é apenas orientativo

Leia mais

INSTITUTO DE PESQUISA DA CAPACITAÇÃO FÍSICA DO EXÉRCITO CIÊNCIA PARA SAÚDE E OPERACIONALIDADE

INSTITUTO DE PESQUISA DA CAPACITAÇÃO FÍSICA DO EXÉRCITO CIÊNCIA PARA SAÚDE E OPERACIONALIDADE INSTITUTO DE PESQUISA DA CAPACITAÇÃO FÍSICA DO EXÉRCITO CIÊNCIA PARA SAÚDE E OPERACIONALIDADE PROGRAMA DE TREINAMENTO FÍSICO PARA O CURSO DE AÇÕES DE COMANDOS ELABORADO PELO INSTITUTO DE PESQUISA DA CAPACITAÇÃO

Leia mais

PROMOVENDO A REEDUCAÇÃO ALIMENTAR EM ESCOLAS NOS MUNICÍPIOS DE UBÁ E TOCANTINS-MG RESUMO

PROMOVENDO A REEDUCAÇÃO ALIMENTAR EM ESCOLAS NOS MUNICÍPIOS DE UBÁ E TOCANTINS-MG RESUMO 1 PROMOVENDO A REEDUCAÇÃO ALIMENTAR EM ESCOLAS NOS MUNICÍPIOS DE UBÁ E TOCANTINS-MG RESUMO Iara de Souza Assunção 1 Josiane Kênia de Freitas 2 Viviane Modesto Arruda 3 Silvana Rodrigues Pires Moreira 4

Leia mais

INFLUÊNCIA DA GELATINA NA EFICÁCIA PROTEICA DA CASEÍNA EM RATOS WISTAR

INFLUÊNCIA DA GELATINA NA EFICÁCIA PROTEICA DA CASEÍNA EM RATOS WISTAR INFLUÊNCIA DA GELATINA NA EFICÁCIA PROTEICA DA CASEÍNA EM RATOS WISTAR Cláudia Cantelli Daud BORDIN 1 ; Maria Margareth Veloso NAVES 2 Palavras-chave: gelatina, caseína, proteína, utilização biológica.

Leia mais

O TRATAMENTO DA HIPERTENSÃO ARTERIAL SISTÊMICA (HAS)

O TRATAMENTO DA HIPERTENSÃO ARTERIAL SISTÊMICA (HAS) O TRATAMENTO DA HIPERTENSÃO ARTERIAL SISTÊMICA (HAS) ANA CLÁUDIA LIMA RODRIGUES, KARINA FEITAL E VANESSA DINIZ DO NASCIMENTO 1. Introdução O tratamento da Hipertensão Arterial Sistêmica (HAS) inclui estratégias

Leia mais

ALIMENTAÇÃO SAUDÁVEL NA INFÂNCIA

ALIMENTAÇÃO SAUDÁVEL NA INFÂNCIA ALIMENTAÇÃO SAUDÁVEL NA INFÂNCIA Andréa Ott 1, Arléia Maria Gassen 1, Catiana de Moura Morcelli 1, Elisângela Maria Politowski 1, Débora Krolikowski 2 Palavras-chave: nutrição humana, criança, saúde. INTRODUÇÃO

Leia mais

Conteúdos Atividades de revisão da 2ª avaliação do 4º bimestre - Ciências da Natureza

Conteúdos Atividades de revisão da 2ª avaliação do 4º bimestre - Ciências da Natureza Conteúdos Atividades de revisão da 2ª avaliação do 4º bimestre - Ciências da Natureza Conteúdos 2ª Avaliação do 4º bimestre Área de Ciências da Natureza Habilidades Revisar os conteúdos da Área de Ciências

Leia mais

CIÊNCIAS PROVA 2º BIMESTRE 8º ANO PROJETO CIENTISTAS DO AMANHÃ

CIÊNCIAS PROVA 2º BIMESTRE 8º ANO PROJETO CIENTISTAS DO AMANHÃ PREFEITURA DA CIDADE DO RIO DE JANEIRO SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO SUBSECRETARIA DE ENSINO COORDENADORIA DE EDUCAÇÃO CIÊNCIAS PROVA 2º BIMESTRE 8º ANO PROJETO CIENTISTAS DO AMANHÃ Prova elaborada

Leia mais

O PAPEL DO FERRO SOBRE A NUTRIÇÃO E A SAÚDE

O PAPEL DO FERRO SOBRE A NUTRIÇÃO E A SAÚDE O PAPEL DO FERRO SOBRE A NUTRIÇÃO E A SAÚDE Introdução O ferro é um nutriente mineral encontrado em alimentos de origem vegetal e animal, e de grande importância para a saúde por seu papel como constituinte

Leia mais

Granola Soft. Benefícios

Granola Soft. Benefícios Granola Soft A granola é um mix de cereais, castanhas e frutas secas que contêm vitaminas, proteínas, nutrientes, muitas fibras e outros componentes importantes para o equilíbrio do organismo e para controle

Leia mais

ALIMENTAÇÃO E PESO SAUDÁVEL

ALIMENTAÇÃO E PESO SAUDÁVEL Formação sobre Promoção de Estilos de Vida Saudáveis em Contexto Escolar, Familiar e Envolvente Julho de 2009 ALIMENTAÇÃO E PESO SAUDÁVEL TERESA SOFIA SANCHO Gabinete de Nutrição Departamento de Saúde

Leia mais

Lácteos e Atividade Física. Autor: Renato Moreira Nunes, Professor da Universidade Federal de Juiz de Fora - Curso de Nutrição

Lácteos e Atividade Física. Autor: Renato Moreira Nunes, Professor da Universidade Federal de Juiz de Fora - Curso de Nutrição Lácteos e Atividade Física Autor: Renato Moreira Nunes, Professor da Universidade Federal de Juiz de Fora - Curso de Nutrição Introdução Em um mundo corrido como o que vivemos, o tempo todo se fala sobre

Leia mais

AVALIAÇÃO NUTRICIONAL DE ATLETAS DE HANDEBOL ADAPTADO NO MUNICIPIO DE TOLEDO PR.

AVALIAÇÃO NUTRICIONAL DE ATLETAS DE HANDEBOL ADAPTADO NO MUNICIPIO DE TOLEDO PR. Os textos são de responsabilidade de seus autores. AVALIAÇÃO NUTRICIONAL DE ATLETAS DE HANDEBOL ADAPTADO NO MUNICIPIO DE TOLEDO PR. Diana Rissato Ribeiro 1 2 3 RESUMO O objetivo deste estudo foi avaliar

Leia mais

treinofutebol.net treinofutebol.net

treinofutebol.net treinofutebol.net Alimentação do Desportista A alimentação pode influenciar positiva ou negativamente o rendimento dum atleta, devendo consequentemente ser orientada no sentido de não só melhorar a sua capacidade desportiva,

Leia mais

NUTRIÇÃO DE GATOS. DUTRA, Lara S. 1 ; CENTENARO, Vanessa B. 2 ; ARALDI, Daniele Furian 3. Palavras-chave: Nutrição. Gatos. Alimentação.

NUTRIÇÃO DE GATOS. DUTRA, Lara S. 1 ; CENTENARO, Vanessa B. 2 ; ARALDI, Daniele Furian 3. Palavras-chave: Nutrição. Gatos. Alimentação. NUTRIÇÃO DE GATOS DUTRA, Lara S. 1 ; CENTENARO, Vanessa B. 2 ; ARALDI, Daniele Furian 3 Palavras-chave: Nutrição. Gatos. Alimentação. Introdução Nutrição veterinária é a ciência que tem por objetivo descobrir

Leia mais

8 atitudes radicais que você deve evitar para emagrecer. Piccola Italia Bangu Culinária italiana saudável, feita à mão

8 atitudes radicais que você deve evitar para emagrecer. Piccola Italia Bangu Culinária italiana saudável, feita à mão 8 atitudes radicais que você deve evitar para emagrecer Piccola Italia Bangu Culinária italiana saudável, feita à mão Olá seja bem vindo ao ebook da Piccola Italia Bangu! Ficamos orgulhosos com seu interesse

Leia mais

SUMÁRIO OBESIDADE...4 OBESIDADE EM ADULTOS...5 PREVENÇÃO...6 EM BUSCA DO PESO SAUDÁVEL...7 TRATAMENTO...9 CUIDADOS DIÁRIOS COM A ALIMENTAÇÃO...

SUMÁRIO OBESIDADE...4 OBESIDADE EM ADULTOS...5 PREVENÇÃO...6 EM BUSCA DO PESO SAUDÁVEL...7 TRATAMENTO...9 CUIDADOS DIÁRIOS COM A ALIMENTAÇÃO... 2 SUMÁRIO OBESIDADE...4 OBESIDADE EM ADULTOS...5 PREVENÇÃO...6 EM BUSCA DO PESO SAUDÁVEL...7 TRATAMENTO...9 CUIDADOS DIÁRIOS COM A ALIMENTAÇÃO...12 OUTROS HÁBITOS SAUDÁVEIS...14 ATIVIDADE FÍSICA...14 CUIDADOS

Leia mais

NUTRIÇÃO E ALIMENTAÇÃO ANIMAL 1. HISTÓRICO E IMPORTANCIA DOS ESTUDOS COM NUTRIÇÃO E ALIMENTAÇÃO:

NUTRIÇÃO E ALIMENTAÇÃO ANIMAL 1. HISTÓRICO E IMPORTANCIA DOS ESTUDOS COM NUTRIÇÃO E ALIMENTAÇÃO: NUTRIÇÃO E ALIMENTAÇÃO ANIMAL 1. HISTÓRICO E IMPORTANCIA DOS ESTUDOS COM NUTRIÇÃO E ALIMENTAÇÃO: 1750 Europa com o início do processo da Revolução Industrial houve aumento da população nas cidades, com

Leia mais

PRESCRIÇÃO DE EXERCÍCIO AERÓBIO

PRESCRIÇÃO DE EXERCÍCIO AERÓBIO UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ DEPARTAMENTO DE EDUCAÇÃO FÍSICA BE066 FISIOLOGIA DO EXERCÍCIO PRESCRIÇÃO DE EXERCÍCIO AERÓBIO PROF. SERGIO GREGORIO DA SILVA, PHD AMERICAN COLLEGE OF SPORTS MEDICINE (COLÉGIO

Leia mais

Pós-graduação Lato-Sensu em Atividades Motoras para Promoção da Saúde e qualidade de Vida Escola de Educação Física de Caratinga.

Pós-graduação Lato-Sensu em Atividades Motoras para Promoção da Saúde e qualidade de Vida Escola de Educação Física de Caratinga. Pós-graduação Lato-Sensu em Atividades Motoras para Promoção da Saúde e qualidade de Vida Escola de Educação Física de Caratinga. ANÁLISE DE DADOS ANTROPOMÉTRICOS E MOTIVOS DA DESISTÊNCIA EM PRATICANTES

Leia mais

VALOR NUTRITIVO DA CARNE

VALOR NUTRITIVO DA CARNE VALOR NUTRITIVO DA CARNE Os alimentos são consumidos não só por saciarem a fome e proporcionarem momentos agradáveis à mesa de refeição mas, sobretudo, por fornecerem os nutrientes necessários à manutenção

Leia mais

Suco de batata inglesa para curar úlcera - MITO O suco de batata contém um fator antinutricional e não é recomendado por Vanderlí Marchiori,

Suco de batata inglesa para curar úlcera - MITO O suco de batata contém um fator antinutricional e não é recomendado por Vanderlí Marchiori, Mito ou verdade... A sabedoria popular indica diversos alimentos para o tratamento de doenças, mas nem sempre o que é passado de boca a boca está correto. "Esses mitos, de que certos alimentos curam alguma

Leia mais

Convivendo bem com a doença renal. Guia de Nutrição e Diabetes Você é capaz, alimente-se bem!

Convivendo bem com a doença renal. Guia de Nutrição e Diabetes Você é capaz, alimente-se bem! Convivendo bem com a doença renal Guia de Nutrição e Diabetes Você é capaz, alimente-se bem! Nutrição e dieta para diabéticos: Introdução Mesmo sendo um paciente diabético em diálise, a sua dieta ainda

Leia mais

Alimentação na Gestação

Alimentação na Gestação ESPAÇO VIDA Nut. Fabiane Galhardo Unimed Pelotas 2012 Alimentação na Gestação 1 GESTAÇÃO PERÍODO MÁGICO DE INTENSA TRANSIÇÃO, ONDE A NATUREZA MODIFICA O CORPO E A MENTE PARA TRANSFORMAR MULHER EM MÃE A

Leia mais

CAUSAS E CONSEQUÊNCIAS DA OBESIDADE

CAUSAS E CONSEQUÊNCIAS DA OBESIDADE 01 CAUSAS E CONSEQUÊNCIAS DA OBESIDADE A obesidade é uma doença crónica que se caracteriza pelo excesso de gordura corporal e que atinge homens, mulheres e crianças de todas as etnias e idades. A sua prevalência

Leia mais

Atividade Física. A atividade física aumenta a sensibilidade à insulina e a capacidade de absorver os nutrientes.

Atividade Física. A atividade física aumenta a sensibilidade à insulina e a capacidade de absorver os nutrientes. Texto de apoio ao curso de Especialização Atividade física adaptada e saúde Prof. Dr. Luzimar Teixeira Atividade Física A atividade física aumenta a sensibilidade à insulina e a capacidade de absorver

Leia mais

EDUCAÇÃO NUTRICIONAL NA INFÂNCIA: INTRODUÇÃO DOS VEGETAIS NA REFEIÇÃO DAS CRIANÇAS

EDUCAÇÃO NUTRICIONAL NA INFÂNCIA: INTRODUÇÃO DOS VEGETAIS NA REFEIÇÃO DAS CRIANÇAS EDUCAÇÃO NUTRICIONAL NA INFÂNCIA: INTRODUÇÃO DOS VEGETAIS NA REFEIÇÃO DAS CRIANÇAS Vanessa dos Santos Ortega Jéssica de Paula Francisco Laudicéia Soares Urbano INTRODUÇÃO As crianças estão entre as populações

Leia mais

factos e mitos ASSOCIAÇÃO PORTUGUESA DAS BEBIDAS REFRESCANTES NÃO ALCOÓLICAS

factos e mitos ASSOCIAÇÃO PORTUGUESA DAS BEBIDAS REFRESCANTES NÃO ALCOÓLICAS factos e mitos ASSOCIAÇÃO PORTUGUESA DAS BEBIDAS REFRESCANTES NÃO ALCOÓLICAS FACTO: Os estudos disponíveis não permitem concluir que o consumo de bebidas refrescantes não alcoólicas (independentemente

Leia mais

PERFIL SENSORIAL DE REQUEIJÃO À BASE DE SOJA

PERFIL SENSORIAL DE REQUEIJÃO À BASE DE SOJA V EPCC Encontro Internacional de Produção Científica Cesumar 23 a 26 de outubro de 2007 PERFIL SENSORIAL DE REQUEIJÃO À BASE DE SOJA Marcela Caleffi da Costa Lima¹; Angélica Aparecida Maurício² RESUMO:

Leia mais

Especialista explica a importância do consumo de frutas e verduras 12/11/2011 TAGS: ALIMENTAÇÃO, COMPORTAMENTO

Especialista explica a importância do consumo de frutas e verduras 12/11/2011 TAGS: ALIMENTAÇÃO, COMPORTAMENTO Especialista explica a importância do consumo de frutas e verduras 12/11/2011 TAGS: ALIMENTAÇÃO, COMPORTAMENTO ricos em cores, aromas e sabores. As frutas e hortaliças (legumes e verduras) são alimentos

Leia mais

PESQUISA DE ORÇAMENTO FAMILIAR - POF. Prof. Dra. Aline Mota de Barros Marcellini

PESQUISA DE ORÇAMENTO FAMILIAR - POF. Prof. Dra. Aline Mota de Barros Marcellini PESQUISA DE ORÇAMENTO FAMILIAR - POF Prof. Dra. Aline Mota de Barros Marcellini As maiores médias de consumo diário per capita ocorreram para Feijão (182,9 g/ dia), arroz (160,3 g/ dia), carne bovina

Leia mais

CA BODY BUILDER CAFFEINE BODY NUTRITION RIPPED THERMO CAPS BCAA POWER CREATINE MUSCLE VOLUMIZER

CA BODY BUILDER CAFFEINE BODY NUTRITION RIPPED THERMO CAPS BCAA POWER CREATINE MUSCLE VOLUMIZER A linha G-ACTION foi desenvolvida para atender às necessidades de um público cada vez mais preocupado em manter-se saudável e em excelente forma física. A suplementação adequada contribui para o aumento

Leia mais

O Papel do Professor de Educação Física na Prevenção de Lesões em Atletas

O Papel do Professor de Educação Física na Prevenção de Lesões em Atletas 1 O Papel do Professor de Educação Física na Prevenção de Lesões em Atletas Resumo: O professor de Educação Física tem uma grande importância na prevenção de lesões em atletas, se o mesmo respeitar os

Leia mais

PALAVRAS-CHAVE: avaliação antropométrica; oficina de culinária; Síndrome de Down.

PALAVRAS-CHAVE: avaliação antropométrica; oficina de culinária; Síndrome de Down. AVALIAÇÃO NUTRICIONAL E ANTROPOMÉTRICA DE CRIANÇAS DE 06 E 36 MESES, COM SÍNDROME DE DOWN, E OFERTA DE OFICINAS DE CULINÁRIA À SUAS FAMÍLIAS FUNDAÇÃO DOM BOSCO B.H. Luciana Ramos Costa SIMÕES Centro Universitário

Leia mais

Os erros que te impedem de emagrecer!

Os erros que te impedem de emagrecer! Os erros que te impedem de emagrecer! Os 20 erros que comprometem o seu emagrecimento Este artigo é de total responsabilidade e criação de GWBrasil. Acesse e saiba mais: http://goworkoutbrasil.com 1. Não

Leia mais

Como nosso corpo está organizado

Como nosso corpo está organizado Como nosso corpo está organizado Iodo Faz parte dos hormônios da tireoide, que controlam a produção de energia e o crescimentodocorpo.aleiobrigaaadiçãodeiodoaosaldecozinha. UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO

Leia mais

Características da Carne de Frango

Características da Carne de Frango Características da Carne de Frango Katiani Silva Venturini 1 (e-mail: katiani_sv@hotmail.com) Miryelle Freire Sarcinelli 1 (e-mail: miryelle@hotmail.com) Luís César da Silva 2 (website: www.agais.com)

Leia mais

OS 5 PASSOS QUE MELHORAM ATÉ 80% OS RESULTADOS NO CONTROLE DO DIABETES. Mônica Amaral Lenzi Farmacêutica Educadora em Diabetes

OS 5 PASSOS QUE MELHORAM ATÉ 80% OS RESULTADOS NO CONTROLE DO DIABETES. Mônica Amaral Lenzi Farmacêutica Educadora em Diabetes OS 5 PASSOS QUE MELHORAM ATÉ 80% OS RESULTADOS NO CONTROLE DO DIABETES Mônica Amaral Lenzi Farmacêutica Educadora em Diabetes TER DIABETES NÃO É O FIM... É o início de uma vida mais saudável, com alimentação

Leia mais