Uma Procissão em Comunhão a Nossa Senhora

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Uma Procissão em Comunhão a Nossa Senhora"

Transcrição

1 Uma Procissão em Comunhão a Nossa Senhora Os Paroquianos de Canidelo, na noite de presentearam Nossa Senhora e Nossa Mãe Maria Santíssima, com uma bela e sublime procissão. Foram quatro procissões que saíram calcorreando as ruas de Canidelo, e em união e comunhão estiveram as cinco comunidades que fazem parte de uma só Comunidade a Paróquia de Canidelo. Esta procissão foi a primeira do Reverendíssimo Padre Almiro, como Pároco de Canidelo, e teve a participação de Sua Excelência Reverendíssima Bispo D. João Lavrador, por ocasião da visita de cortesia que fez nesse fim-de-semana à Paróquia. Para melhor eternizar esta procissão, a Paróquia descreve a forma como foi vivida por todas as Comunidades e seus Paroquianos. À Igreja Matriz foram chegando perto das 21h30, hora anunciada da sua saída, pessoas de várias idades, desde idosos, de meia-idade, muitos jovens e casais com crianças que chegavam nos seus carrinhos de bebé, foram enchendo o átrio da Igreja. Alguns cá fora conviviam outros entravam na Igreja para uma oração realizar. Ao chegar das 21h30 as pessoas iniciaram o acender das velas e o andor de Nossa Senhora, revestida de flores brancas, esplendorosa, saiu da Igreja Matriz, ao som da música Mãe Querida, e a todos se juntar e acompanhar na procissão em sua homenagem. O Reverendíssimo Padre Almiro iniciou o discurso, cumprimentando a todos que encontravamse presentes e em particular o Excelentíssimo Reverendíssimo Bispo D. João Lavrador, um cumprimento amigável pela sua presença. Com esta Procissão façamos um brinde a Nossa Senhora a quem Deus escolheu para nos brindar e para nossa Mãe. De seguida deu-se a palavra a D. João Lavrador que a todos saudou e dirigiu o seu primeiro discurso à Paróquia de Canidelo. Iniciou com a menção que Nossa Senhora é Mãe de todos, e que não podemos estar fora de Nossa Senhora. Seguindo-se uma explicação da sua presença na Paróquia de Canidelo, vem como um Irmão, passar um fim-de-semana com amigos a Canidelo, acompanhando a sua vida pastoral, pedido esse feito pelo Bispo do Porto 1

2 Excelentíssimo Reverendíssimo D. António Francisco, para a pastoral de Gaia Norte. Vem para conhecer as pessoas, ser solidário e acompanhar o seu dia-a-dia. Nada pediu para esse fim-desemana a nível pastoral, apenas um pedido foi feito que foi um encontro com as pessoas. A sua presença é assim como Irmão, partilhando a mesma Fé e esperança, com todas as pessoas, desde crianças, jovens, idosos, doentes ou mesmo com quem tenha perdido um ente querido. Sentindo-nos peregrinos façamos esta procissão das velas, pediu D. João Lavrador. Após os cumprimentos dava-se início à Procissão e contemplação dos Mistérios Dolorosos, por volta das 21h40. Durante toda a Procissão de cada Mistério, as leituras Bíblicas foram feitas pelo casal Francisco e Lina, a Meditação e Oração foram feitas por D. João Lavrador. O Andor de Nossa Senhora foi levado por jovens que se iam revezando a cada paragem. Em cada mistério, as Avé-Marias foram cantadas, os cânticos orientados pelo Dr. Custódio Veríssimo, em cada mistério em louvor a Nossa Senhora, as velas eram levantadas. Primeiro Mistério: A Agonia de Jesus no Monte das Oliveiras. Segundo Mistério: A Flagelação de Jesus. Terceiro Mistério: A coroação de Jesus com espinhos. Quarto Mistério: Jesus a caminho do Calvário e o encontro com a Sua Mãe. Quinto Mistério: A Crucificação e Morte de Jesus. O percurso da Comunidade da Igreja Matriz iniciou na Rua do Paniceiro, para dar entrada na Rua da Escola do Viso, Rua do Viso e para terminar junto ao átrio da Junta de Freguesia deu entrada na Rua António Ferreira Braga Júnior. Já perto do destino final e após rezar a Salve-rainha o Padre Almiro convidou os presentes a fazerem um momento de silêncio por as intenções individuais e anseios particulares. Seguindo-se a Ladainha até chegar à Junta de Freguesia de Canidelo, onde aí já se encontravam as três Comunidades: S. Pedro Lavadores; S. Paio e Nossa Senhora do Amparo. Todas as Comunidades pela mesma causa e sentimento em homenagem a Nossa Senhora iluminaram as ruas de Canidelo. A Comunidade de S. Pedro Lavadores saiu da sua Capela pelas 21h00. Percorreram o seu caminho com e como Maria. 2

3 Também pelas 21h00, saiu da Capela de São Paio, a imagem de Nossa Senhora de Fátima, em procissão de velas. Muitas pessoas acompanharam a saída desta procissão, com velas na mão e muitas mais se foram incorporando, ao longo do percurso entre a Capela de São Paio e a Junta de Freguesia de Canidelo. O percurso foi o seguinte: Rua Manuel Marques Gomes, Rua da Bélgica, Travessa da Senra, Rua José Maria Alves, Rua da Fitela, Rua das Fábricas e Rua António Ferreira Braga Júnior. A organização da procissão esteve a cargo das Irmãs Oblatas do Coração de Jesus e o terço foi orientado pelo Senhor Padre João, da Congregação dos Dehonianos, que habitualmente preside às celebrações eucarísticas na Capela de São Paio. Cerca das 21h30, saiu da Capela de Nossa Senhora do Amparo. Dado ser uma comunidade pequena, as pessoas que se associaram à procissão não eram muitas mas o fervor e a fé foi enorme. 3

4 A organização da procissão esteve a cargo da Dona Domingas, actual responsável pela Capela de Nossa Senhora do Amparo, e o terço foi orientado pelo Sr. Waldemar Soares, que costuma presidir às celebrações da Palavra na Capela. Alguns elementos do Agrupamento de Escuteiros de Canidelo integraram a procissão e ajudaram a transportar o andor de Nossa Senhora. O percurso foi o seguinte: Rua da Capela, Travessa das Fontes, Rua da Graça, Rua da Senra, Travessa da Senra, Rua José Maria Alves, Rua da Fitela, Rua das Fábricas e Rua António Ferreira Braga Júnior. A procissão de São Paio foi a primeira a chegar ao largo anexo à Junta de Freguesia de Canidelo. Enquanto esperavam as restantes procissões, os peregrinos foram entoando cânticos de louvor a Nossa Senhora, intercalados por orações e meditações. A segunda procissão a chegar foi a da Capela de Nossa Senhora do Amparo, que se juntou à procissão de São Paio, nas orações e cânticos enquanto esperavam as restantes procissões. 4

5 Mais tarde, chegou a procissão da Capela de São Pedro de Lavadores, com o grupo de acólitos à frente e as muitas pessoas que quiseram integrar esta homenagem à Mãe Santíssima de Jesus. Estas três peregrinações acolheram a última procissão a chegar, a da Igreja Matriz que incorporava a Comunidade de Schoenstatt e era orientada por Sua Excelência Reverendíssima, o Sr. D. João Lavrador, e pelo nosso pároco, Reverendíssimo Padre Almiro. Todas as Comunidades juntas às 22h40, com as quatro imagens de Nossa Senhora, e recebidas na Junta pela Senhora Presidente do Executivo, Dra. Maria José Gamboa, a Presidente da Assembleia de Freguesia, Dra. Célia Correia, o Senhor Vice-Presidente da Câmara, Eng.º Patrocínio Azevedo, os senhores vereadores da Câmara, Arq.º Valentim Miranda e Dr. Manuel Monteiro, bem como membros do Executivo e da Assembleia de Freguesia. Também pela Comunidade de S. Paio o Padre João se encontrava presente. 5

6 O Reverendíssimo Padre Almiro deu início ao discurso. As suas primeiras palavras foram dirigidas a todas as Comunidades, agradecendo todas o seu andor, e por todas estarem em comum união como bons filhos de Mãe e Pai. A Nossa Querida Mãe rejubila de ver a Paróquia pela devoção que lhe dedica, que traduz o rosto feminino de Deus, que é verdadeira instância sentido do Amor de Deus. Saudou a todos que se encontravam presentes por este momento de grande ternura e consciência que de futuro só pode ser assim nesta Paróquia, todos unidos, todos amigos, todos irmãos à volta deste Deus fascinante que se traduz em forma feminina em Maria. A Paróquia prestou a homenagem de seguida a que Nossa Senhora merece: os primeiros a foram os Jovens, homenagearam Maria pela sua juventude em ter sido Mãe; e Senhora Jovem pedindo-lhe a bênção; as Crianças de S. Pedro Lavadores, homenageiam Senhora dos pequeninos e Mãe de todas as crianças; Senhora das crianças sem Lar, sem pais, crianças doentes, sem pão, de todas, oferecendo flores; as mulheres prestaram uma homenagem justa à Nossa Senhora do Sim; os homens tem Maria Mulher como horizonte do humano e divino assim prestaram homenagem; tantos homens e tantas mulheres da Paróquia que gostariam de terem calcorreado as ruas na Procissão mas que não o puderam fazer por estarem doentes, e por isso impossibilitados, mas também eles prestaram a homenagem, à Nossa Senhora do Alívio e Amparo. Após estas sentidas homenagens, o Padre Almiro dirigiu uma palavra de agradecimento, a quem tornou esta procissão num encanto e à Junta pela sua Presidente da Junta Dra. Maria José Gamboa e todo o seu Executivo que se encontrava presente, por terem recebido e aberto as portas. Agradeceu de seguida o Senhor Bispo D. João Lavrador, o Pastor responsável pela pastoral de Gaia Norte, por ter presenteado a Paróquia pela sua presença nesta procissão que jamais a Paróquia esquecerá, guardando sempre grata memória, dando de seguida a palavra a Vossa Excelentíssima Reverendíssima D. João Lavrador. D. João Lavrador iniciou por saudar a autarquia. Há uma separação, uma autonomia nos dias de hoje, que não tem de ser Cristão para se prestar um serviço público, mas sim que se reflicta no bem praticado para todos. 6

7 Manifestou o agrado de ver quatro imagens de Nossa Senhora, quatro andores. Estavam assim as cinco Comunidades em comunhão. A mesma Senhora com várias imagens e todas dirigidas à mesma Nossa Senhora, Mãe de Jesus, Nossa Senhora de Nazaré, e que tem um nome, consoante as necessidades das pessoas, referia D. João Lavrador podíamos quase dizer que Nossa Senhora tem tantas evocações, quantos os habitantes do mundo. Explicou que Nossa Senhora é a mesma Senhora em todas as evocações e Mãe de todos e cada um de nós. Exemplificou para explicação, imaginemos cinco filhos, em que cada um trazia uma fotografia da sua mãe, seriam cinco fotos diferentes mas a mãe é a mesma, mas era motivo de alegria para cada filho e um motivo de se reconheceram mais filhos, porque cada um justificava que eram filhos da mesma mãe, por isso tinham o direito de trazer a fotografia de sua mãe. Assim ressalta, que nós cada vez mais temos de ir crescendo nesta consciência que todos estamos a venerar Nossa Senhora, Mãe de Jesus, a Mãe de Deus e a Mãe da Igreja, a Mãe desta Comunidade, desta família, Mãe de todos nós e de cada um de nós. Então Nossa Senhora estános a convidar a sermos verdadeiramente Irmãos, e em que cada um de nós vamos levar dentro do coração a imagem de Nossa Senhora, para que cada dia quando nos cruzarmos em casa, com a família, cada um possamos reconhecer esta fraternidade, ou então quando nos cruzarmos nas ruas da Paróquia, encontrar pessoas mais pobres, outras com mais aforro, outras doentes, em que somos todos filhos da mesma Mãe e que faça parte da nossa vida do nosso dia-a-dia. Seguiu-se a Oração final e a bênção do Bispo sobre os presentes. Após o Adeus a Nossa Senhora as pessoas dispersaram para as suas casas, perto das 23h15, de certo levando Nossa Senhora no coração como pediu o D. João Lavrador. Algumas pessoas com as suas velas acesas regressaram as suas casas, com os seus olhares de luz, que se poderia observar a cada passagem de quem esteve na Procissão. Ao longo da procissão algumas de pessoas foram-se juntando à procissão, em cada Comunidade. As casas iluminadas com as velas acesas, com as pessoas à porta ou à janela, saudavam Maria à sua passagem. De salientar uma presença notada e despercebida durante toda a procissão, procurando sempre uma boa posição com a sua objetiva, nos proporcionar um álbum de imagens para sempre recordarmos, o Senhor Vítor Salvador, a ele se deveu a reportagem fotográfica da Igreja Matriz. Assim como a reportagem da Engª Conceição Alves pela Capela S. Paio e seu marido pela Capela Nossa Senhor Amparo. As palavras descritas e as imagens em álbum fotográfico ficam para sempre relembrar a memória desta singela e jubilosa Procissão. 7

ENCONTRO COM O SENHOR BISPO, SUA EXCELÊNCIA REVERENDÍSSIMA D. JOÃO LAVRADOR

ENCONTRO COM O SENHOR BISPO, SUA EXCELÊNCIA REVERENDÍSSIMA D. JOÃO LAVRADOR ENCONTRO COM O SENHOR BISPO, SUA EXCELÊNCIA REVERENDÍSSIMA D. JOÃO LAVRADOR Da visita de cortesia que o Senhor D. João Lavrador efectuou à nossa Paróquia, teve lugar um encontro com os vários Grupos Paroquiais,

Leia mais

Missão Arronches 2012 Artigo Cluny

Missão Arronches 2012 Artigo Cluny Na semana de 10 a 17 de Julho, cinco jovens acompanhadas pela Irmã Olinda Neves, desenvolveram uma semana missionária em Arronches. Esta foi a segunda vez, que a Vila Alentejana foi palco de uma Missão

Leia mais

Leitor 2 Este é o dia que o Senhor fez para nós! SL 118

Leitor 2 Este é o dia que o Senhor fez para nós! SL 118 Acolhida Jubilar Recepção de todas as famílias. Acolher com cantos de boas-vindas. Abertura Jubilar Material a ser usado: Coreografia com as cores do Centenário: vermelho, laranja e verde estas cores simbolizam

Leia mais

NOVENA DE NATAL 2015. O Natal e a nossa realidade. A jovem concebeu e dará à luz um filho, e o chamará pelo nome de Emanuel.

NOVENA DE NATAL 2015. O Natal e a nossa realidade. A jovem concebeu e dará à luz um filho, e o chamará pelo nome de Emanuel. NOVENA DE NATAL 2015 O Natal e a nossa realidade A jovem concebeu e dará à luz um filho, e o chamará pelo nome de Emanuel. (Is 7,14) APRESENTAÇÃO O Natal se aproxima. Enquanto renovamos a esperança de

Leia mais

Documento do MEJ Internacional. O coração do Movimento Eucarístico Juvenil

Documento do MEJ Internacional. O coração do Movimento Eucarístico Juvenil Documento do MEJ Internacional Para que a minha alegria esteja em vós Por ocasião dos 100 anos do MEJ O coração do Movimento Eucarístico Juvenil A O coração do MEJ é a amizade com Jesus (Evangelho) B O

Leia mais

COLÉGIO INTERNATO DOS CARVALHOS Equipa de Animação Pastoral

COLÉGIO INTERNATO DOS CARVALHOS Equipa de Animação Pastoral COLÉGIO INTERNATO DOS CARVALHOS Equipa de Animação Pastoral Advento 2014 (Campanha de Preparação para o Natal) A ALEGRIA E A BELEZA DE VIVER EM FAMÍLIA. O tempo do Advento, que devido ao calendário escolar

Leia mais

SOLENIDADE DO SAGRADO CORAÇÃO DE JESUS PADROEIRO DA DIOCESE DE UNIÃO DA VITÓRIA (01/07/11)

SOLENIDADE DO SAGRADO CORAÇÃO DE JESUS PADROEIRO DA DIOCESE DE UNIÃO DA VITÓRIA (01/07/11) Vivendo a Liturgia Julho/2011 SOLENIDADE DO SAGRADO CORAÇÃO DE JESUS PADROEIRO DA DIOCESE DE UNIÃO DA VITÓRIA (01/07/11) É Importante lembrar que o Sagrado Coração de Jesus é o Padroeiro de nossa Diocese,

Leia mais

Oração ao finalizar o Ano 2015

Oração ao finalizar o Ano 2015 Oração ao finalizar o Ano 2015 QUE SEU AMOR SE EXTENDA POR TODA A TERRA Reunimos em oração no último dia do Ano para dar graças a Deus por tantos dons recebidos pessoalmente, na família, na comunidade,

Leia mais

ACLAMAÇÃO AO EVANGELHO

ACLAMAÇÃO AO EVANGELHO PROFISSÃO DE FÉ AMBIENTAÇÃO Irmãos, celebramos hoje o Domingo de Pentecostes, dia por excelência da manifestação do Espírito Santo a toda a Igreja. O Espírito manifesta-se onde quer, como quer e a quem

Leia mais

Natal é palavra eletrizante. Natal é palavra de doce harmonia para nosso coração. Quantas belas lembranças evocam à nossa mente!

Natal é palavra eletrizante. Natal é palavra de doce harmonia para nosso coração. Quantas belas lembranças evocam à nossa mente! Círculo de Casais - Dirigentes: Abel e Lourdinha Passos Paróquia são Francisco Xavier Niterói RJ 19/12/03 Comentarista: Chegou o Natal! Natal é palavra eletrizante. Natal é palavra de doce harmonia para

Leia mais

PARÓQUIA DE SÃO PEDRO DO PRIOR VELHO. Procissão em honra de Nossa Senhora de Fátima

PARÓQUIA DE SÃO PEDRO DO PRIOR VELHO. Procissão em honra de Nossa Senhora de Fátima PARÓQUIA DE SÃO PEDRO DO PRIOR VELHO Procissão em honra de Nossa Senhora de Fátima PRIOR VELHO 12-05-2007 Cântico de Entrada: 1. A treze de Maio, na Cova da Iria, apareceu brilhando a Virgem Maria. Ave,

Leia mais

(DO LIVRO AS FESTAS DA CATEQUESE PEDROSA FERREIRA) Material a preparar: -Um grande coração de cartolina. -Marcadores de várias cores

(DO LIVRO AS FESTAS DA CATEQUESE PEDROSA FERREIRA) Material a preparar: -Um grande coração de cartolina. -Marcadores de várias cores (DO LIVRO AS FESTAS DA CATEQUESE PEDROSA FERREIRA) Material a preparar: -Um grande coração de cartolina -Marcadores de várias cores -Folhas cada qual com a sua letra ocantinhodasao.com.pt/public_html Página

Leia mais

Carta de Paulo aos romanos:

Carta de Paulo aos romanos: Carta de Paulo aos romanos: Paulo está se preparando para fazer uma visita à comunidade dos cristãos de Roma. Ele ainda não conhece essa comunidade, mas sabe que dentro dela existe uma grande tensão. A

Leia mais

XIIIº PLANO DIOCESANO DE PASTORAL Diocese de Inhambane 2012 2015 TEMA: JUNTOS CRESCENDO FIRMES NA FÉ

XIIIº PLANO DIOCESANO DE PASTORAL Diocese de Inhambane 2012 2015 TEMA: JUNTOS CRESCENDO FIRMES NA FÉ XIIIº PLANO DIOCESANO DE PASTORAL Diocese de Inhambane 2012 2015 TEMA: JUNTOS CRESCENDO FIRMES NA FÉ INTRODUÇÃO GERAL A Assembleia Diocesana de Pastoral, realizada no Centro do Guiúa de 6 a 8 de Dezembro

Leia mais

HISTÓRIA DO SANTO TERÇO

HISTÓRIA DO SANTO TERÇO HISTÓRIA DO SANTO TERÇO A recitação dos Salmos, desde o século IX, continua sendo a oração oficial da Igreja, conhecida como Liturgia das Horas. Os 150 Salmos recitados pelos monges eram assistidos pelos

Leia mais

COMUNIDADE QUE VIVE A FÉ EM DEUS MENINO

COMUNIDADE QUE VIVE A FÉ EM DEUS MENINO Secretariado Diocesano de Evangelização e Catequese de Coimbra VIVÊNCIA DO ADVENTO DE 2014 baseada na proposta da lectio divina COMUNIDADE QUE VIVE A FÉ EM DEUS MENINO PEQUENO GUIÃO PARA OS CATEQUISTAS

Leia mais

MARIA, ESTRELA E MÃE DA NOVA EVANGELIZAÇÃO

MARIA, ESTRELA E MÃE DA NOVA EVANGELIZAÇÃO MARIA, ESTRELA E MÃE DA NOVA EVANGELIZAÇÃO anuncie a Boa Nova não só com palavras, mas, sobretudo, com uma vida transfigurada pela presença de Deus (EG 259). O tema da nova evangelização aparece com freqüência

Leia mais

Começando pela realidade da assembléia, antes de mais nada é preciso perguntar-se: Qual a realidade desta comunidade reunida?

Começando pela realidade da assembléia, antes de mais nada é preciso perguntar-se: Qual a realidade desta comunidade reunida? Agora você vai conhecer dicas indispensáveis para o ministério de música no serviço à liturgia. Mas as orientações aqui apresentadas não dispensam as observações do celebrante. É ele quem preside e, por

Leia mais

Editorial. Bendito Aquele que vem em nome do Senhor! págs. 06 e 07. IV Arrastão do Senhor pág. 09

Editorial. Bendito Aquele que vem em nome do Senhor! págs. 06 e 07. IV Arrastão do Senhor pág. 09 Informativo Diocesano Patos de Minas - Segunda quinzena de outubro de 2008 - n. 176 - ano 12 Órgão Informativo da Diocese de Patos de Minas I Informativo Diocesano Mons. Frei Claudio Editorial Bendito

Leia mais

BOM DIA DIÁRIO. Guia: Em nome do Pai

BOM DIA DIÁRIO. Guia: Em nome do Pai BOM DIA DIÁRIO Segunda-feira (04.05.2015) Maria, mãe de Jesus e nossa mãe Guia: 2.º Ciclo: Padre Luís Almeida 3.º Ciclo: Padre Aníbal Afonso Mi+ Si+ Uma entre todas foi a escolhida, Do#- Sol#+ Foste tu,

Leia mais

Missa da Vigília NATAL DO SENHOR

Missa da Vigília NATAL DO SENHOR 172 ANO C NATAL DO ENHOR Missa da Vigília rmãos e irmãs em Cristo: O Evangelho da genealogia de Jesus lembrou-nos as gerações que esperaram o alvador. Como elas, também nós oramos a Deus, dizendo (ou:

Leia mais

A Santa Sé ENCONTRO COM OS JOVENS DE ROMA E DO LÁCIO EM PREPARAÇÃO À JORNADA MUNDIAL DA JUVENTUDE DIÁLOGO DO PAPA BENTO XVI COM OS JOVENS

A Santa Sé ENCONTRO COM OS JOVENS DE ROMA E DO LÁCIO EM PREPARAÇÃO À JORNADA MUNDIAL DA JUVENTUDE DIÁLOGO DO PAPA BENTO XVI COM OS JOVENS A Santa Sé ENCONTRO COM OS JOVENS DE ROMA E DO LÁCIO EM PREPARAÇÃO À JORNADA MUNDIAL DA JUVENTUDE DIÁLOGO DO PAPA BENTO XVI COM OS JOVENS Quinta-feira, 25 de Março de 2010 (Vídeo) P. Santo Padre, o jovem

Leia mais

SAGRADA FAMÍLIA 28 de dezembro de 2014

SAGRADA FAMÍLIA 28 de dezembro de 2014 SAGRADA FAMÍLIA 28 de dezembro de 2014 Maria e José levaram Jesus a Jerusalém a fim de apresentá-lo ao Senhor Leituras: Genesis 15, 1-6; 21,1-3; Salmo 104 (105), 1b-2, 3.4-5.6.8-9 (R/ 7a.8a); Carta aos

Leia mais

TEMPO DO NATAL I. ATÉ À SOLENIDADE DA EPIFANIA HINOS. Vésperas

TEMPO DO NATAL I. ATÉ À SOLENIDADE DA EPIFANIA HINOS. Vésperas I. ATÉ À SOLENIDADE DA EPIFANIA No Ofício dominical e ferial, desde as Vésperas I do Natal do Senhor até às Vésperas I da Epifania do Senhor, a não ser que haja hinos próprios: HINOS Vésperas Oh admirável

Leia mais

CELEBRAÇÃO DA FESTA DA PALAVRA

CELEBRAÇÃO DA FESTA DA PALAVRA PARÓQUIA DE SANTA MARIA DE BORBA CELEBRAÇÃO DA FESTA DA PALAVRA Feliz o homem que ama a Palavra do Senhor e Nela medita dia e noite (Sl 1, 1-2) 4º ANO da CATEQUESE 17 de Janeiro de 09 ENTRADA PROCESSIONAL

Leia mais

Segundo os Evangelhos, Jesus teria vivido toda sua infância, adolescência e juventude em Nazaré com sua família e com o povo dessa pequena aldeia.

Segundo os Evangelhos, Jesus teria vivido toda sua infância, adolescência e juventude em Nazaré com sua família e com o povo dessa pequena aldeia. Jesus e sua vida Segundo os Evangelhos, Jesus teria vivido toda sua infância, adolescência e juventude em Nazaré com sua família e com o povo dessa pequena aldeia. Seu nascimento foi no meio de muitas

Leia mais

DIA 02/09/2012 Domingo. 19h30minh Celebração da Missa, Envio das imagens de São Geraldo para visita os setores do bairro.

DIA 02/09/2012 Domingo. 19h30minh Celebração da Missa, Envio das imagens de São Geraldo para visita os setores do bairro. FESTA DE SÃO GERALDO MAJELA - 2012 Paróquia São João Bosco A Comunidade São Geraldo Preparou a Seguinte Programação para Homenagear seu Padroeiro e convida você e sua família a estar conosco nos dias 7

Leia mais

Tema ASCENSÃO DO SENHOR

Tema ASCENSÃO DO SENHOR Encontro n. 6 ema ASCENSÃO DO SENHOR I. ACOLHIDA Ambiente: Lenço branco sobre a mesa, como sinal de despeida; uma cadeira vazia ou um banco próximo ao altar. Bíblia sobre o altar, vela acesa, com flores.

Leia mais

Apresentação. 8-11 de Abril 2015: Seminário para Formadores/ as. 23-26 de Setembro 2015: Congresso para jovens consagrados/as

Apresentação. 8-11 de Abril 2015: Seminário para Formadores/ as. 23-26 de Setembro 2015: Congresso para jovens consagrados/as Nota pastoral da Conferência Episcopal sobre o Ano da Vida Consagrada Chamados a levar a todos o abraço de Deus ) Para além da abertura (30 de Novembro de 2014 e do encerramento (2 de Fevereiro de 2016,

Leia mais

A Santa Sé VISITA PASTORAL À PARÓQUIA ROMANA DE SÃO BARNABÉ HOMILIA DO PAPA JOÃO PAULO II. Domingo, 30 de Janeiro de 1983

A Santa Sé VISITA PASTORAL À PARÓQUIA ROMANA DE SÃO BARNABÉ HOMILIA DO PAPA JOÃO PAULO II. Domingo, 30 de Janeiro de 1983 A Santa Sé VISITA PASTORAL À PARÓQUIA ROMANA DE SÃO BARNABÉ HOMILIA DO PAPA JOÃO PAULO II Domingo, 30 de Janeiro de 1983 1. Caros Irmãos e Irmãs! Acabámos de ouvir a Palavra de Deus da Liturgia de hoje.

Leia mais

APRESENTAÇÃO DA MONOGRAFIA

APRESENTAÇÃO DA MONOGRAFIA APRESENTAÇÃO DA MONOGRAFIA O Liceu da, os actores as estruturas e a instituição (1904-2004), Leonor Torres 10 de Novembro de 2006 Sr. Coordenador Educativo do Porto, Dr. José Eduardo Silva, em representação

Leia mais

Desafio para a família

Desafio para a família Desafio para a família Família é ideia de Deus, geradora de personalidade, melhor lugar para a formação do caráter, da ética, da moral e da espiritualidade. O sonho de Deus para a família é que seja um

Leia mais

Natividade de Nossa Senhora

Natividade de Nossa Senhora Rita de Sá Freire Natividade de Nossa Senhora 8 de setembro Na Igreja católica celebramos numerosas festas de santos. Entretanto, não se celebra a data de nascimento do santo, mas sim a de sua morte, correspondendo

Leia mais

Semana Missionária Salesiana II Manda-me, Senhor!

Semana Missionária Salesiana II Manda-me, Senhor! 2ª feira, 23 de fevereiro: Empenho missionário de D. Bosco Bom dia! Hoje iremos aprofundar uma das cenas que será representada na cerimónia de abertura dos jogos nacionais salesianos. Vamos falar sobre

Leia mais

1915-2015 SUBSÍDIOS E HORA SANTA. Por ocasião dos 100 anos do MEJ MEJ BRASIL. 1º ROTEIRO PAZ Dom e compromisso para viver melhor!

1915-2015 SUBSÍDIOS E HORA SANTA. Por ocasião dos 100 anos do MEJ MEJ BRASIL. 1º ROTEIRO PAZ Dom e compromisso para viver melhor! 1º ROTEIRO PAZ Dom e compromisso para viver melhor! 2º ROTEIRO EUCARISTIA Mistério Pascal celebrado na comunidade de fé! 3º ENCONTRO EVANGELHO Amor para anunciar e transformar o mundo! 1915-2015 SUBSÍDIOS

Leia mais

1º Domingo de Julho Conexão Kids -05/07/2015

1º Domingo de Julho Conexão Kids -05/07/2015 1º Domingo de Julho Conexão Kids -05/07/2015 Sinalizar o Amor de Deus através da obediência e do respeito! Objetivo: Mostrar a importância de respeitar as regras e obedecer aos pais e responsáveis. Reforçar

Leia mais

Módulo I O que é a Catequese?

Módulo I O que é a Catequese? Módulo I O que é a Catequese? Diocese de Aveiro Objectivos Tomar consciência da nossa prática concreta de catequese. Confrontar essa experiência com a forma de agir de Jesus Cristo. Situar a catequese

Leia mais

Seminário debate medidas para migrantes e refugiados

Seminário debate medidas para migrantes e refugiados Seminário debate medidas para migrantes e refugiados Buscando construir orientações e diretrizes nas ações de acolhida a migrantes e refugiados, a Cáritas Brasileira realizou nos dias 19 e 20 de outubro

Leia mais

Preparar o ambiente com Bíblia, Cruz, velas, fotos e símbolos missionários. 1. ACOLHIDA

Preparar o ambiente com Bíblia, Cruz, velas, fotos e símbolos missionários. 1. ACOLHIDA Preparar o ambiente com Bíblia, Cruz, velas, fotos e símbolos missionários. 1. ACOLHIDA Animador(a): Neste ano, em preparação para as comemorações de seu Centenário, a Diocese de Guaxupé iniciou, na quinta-feira

Leia mais

Vivendo a Liturgia Ano A

Vivendo a Liturgia Ano A Vivendo a Liturgia Junho/2011 Vivendo a Liturgia Ano A SOLENIDADE DA ASCENSÃO DO SENHOR (05/06/11) A cor litúrgica continua sendo a branca. Pode-se preparar um mural com uma das frases: Ide a anunciai

Leia mais

Catequese nº 13 (4º Catecismo) Jesus presente no irmão. Jorge Esteves

Catequese nº 13 (4º Catecismo) Jesus presente no irmão. Jorge Esteves Catequese nº 13 (4º Catecismo) Jesus presente no irmão Jorge Esteves Objectivos 1. Reconhecer que Jesus se identifica com os irmãos, sobretudo com os mais necessitados (interpretação e embora menos no

Leia mais

Orações da noite junto a um recém-nascido

Orações da noite junto a um recém-nascido Jean-Yves Garneau Orações da noite junto a um recém-nascido EDITORA AVE-MARIA As preces deste livro foram elaboradas para uma mãe ou um pai que a cada noite deseja rezar pelo seu filho recém-nascido na

Leia mais

Prefeito de São Bernardo do Campo: Hoje tem um show no Cedesc, às 18 horas (incompreensível).

Prefeito de São Bernardo do Campo: Hoje tem um show no Cedesc, às 18 horas (incompreensível). , Luiz Inácio Lula da Silva, durante a inauguração da República Terapêutica e do Consultório de Rua para Dependentes Químicos e outras ações relacionadas ao Plano Integrado de Enfrentamento ao Crack São

Leia mais

Identificação do projeto

Identificação do projeto Seção 1 Identificação do projeto ESTUDO BÍBLICO Respondendo a uma necessidade Leia Neemias 1 Neemias era um judeu exilado em uma terra alheia. Alguns dos judeus haviam regressado para Judá depois que os

Leia mais

RELATÓRIO SINTETIZADO DO XIV CONGRESSO NACIONAL DA PASTORAL FAMILIAR SÃO LUÍS/MARANHÃO DE 26 A 28.09.2014

RELATÓRIO SINTETIZADO DO XIV CONGRESSO NACIONAL DA PASTORAL FAMILIAR SÃO LUÍS/MARANHÃO DE 26 A 28.09.2014 1 RELATÓRIO SINTETIZADO DO XIV CONGRESSO NACIONAL DA PASTORAL FAMILIAR SÃO LUÍS/MARANHÃO DE 26 A 28.09.2014 O XIV Congresso Nacional da Pastoral Familiar realizado nos dias 26, 27 e 28 de setembro de 2014,

Leia mais

D. Virgílio Antunes no Centro Social do Senhor da Serra. Bispo de Coimbra na bênção oficial da Residência Cristo Redentor

D. Virgílio Antunes no Centro Social do Senhor da Serra. Bispo de Coimbra na bênção oficial da Residência Cristo Redentor D. Virgílio Antunes no Centro Social do Senhor da Serra Bispo de Coimbra na bênção oficial da Residência Cristo Redentor O bispo da diocese de Coimbra, D. Virgílio Antunes, procedeu à bênção oficial da

Leia mais

Quero estar preparado para Te abrir a porta, Senhor. Quero estar preparado para Te abrir a porta, Senhor. Mostra-me o Teu amor, dá-me a Tua salvação.

Quero estar preparado para Te abrir a porta, Senhor. Quero estar preparado para Te abrir a porta, Senhor. Mostra-me o Teu amor, dá-me a Tua salvação. I Domingo do Advento I Domingo do Advento Quero estar preparado para Te abrir a porta, Senhor. Mostra-me o Teu amor, dá-me a Tua salvação. Podes contar comigo. Estou atento para Te escutar e para que tenhas

Leia mais

PADRE MARCELO ROSSI ÁGAPE

PADRE MARCELO ROSSI ÁGAPE PADRE MARCELO ROSSI ÁGAPE Oo Índice Prefácio, por Gabriel Chalita...11 Introdução...19 1 O Verbo divino...27 2 As bodas de Caná...35 3 A samaritana...41 4 Multiplicação dos pães...49 5 A mulher adúltera...55

Leia mais

1 - NOITE FELIZ (Franz Gruber) não tem no CD

1 - NOITE FELIZ (Franz Gruber) não tem no CD 1 - NOIT LIZ (ranz Gruber) não tem no C (introdução) 7 m m/c# G 7 G G G Noite feliz, noite feliz 7 G Ó Senhor, eus de amor C G Pobrezinho nasceu em Belém C G is na lapa Jesus, nosso bem 7 m m/c# orme em

Leia mais

Funchal. 2 de Fevereiro de 2014

Funchal. 2 de Fevereiro de 2014 Funchal 2 de Fevereiro de 2014 Ex.mo e Rev.mo Senhor Bispo da Diocese do Funchal D. António José Cavaco Carrilho, Senhores Bispos Eméritos, Ex.mo Senhor Representante da República na Região Autónoma da

Leia mais

Palestra Virtual. Promovida pelo IRC-Espiritismo http://www.irc-espiritismo.org.br

Palestra Virtual. Promovida pelo IRC-Espiritismo http://www.irc-espiritismo.org.br Palestra Virtual Promovida pelo http://www.irc-espiritismo.org.br Tema: Vida em Sociedade Palestrante: Regina de Agostini Rio de Janeiro 05/02/1999 Organizadores da palestra: Moderador: "Brab" (nick: [Moderador])

Leia mais

OS MEMBROS DA MINHA FAMÍLIA

OS MEMBROS DA MINHA FAMÍLIA NOME OS MEMBROS DA MINHA FAMÍLIA ESTABELEÇO RELAÇÕES DE PARENTESCO : avós, pais, irmãos, tios, sobrinhos Quem pertence à nossa família? Observa as seguintes imagens. Como podes observar, nas imagens estão

Leia mais

TRIBUTO AOS MAÇONS. uma cerimônia aberta emitida pelo. Supremo Conselho da Ordem DeMolay para a República Federativa do Brasil

TRIBUTO AOS MAÇONS. uma cerimônia aberta emitida pelo. Supremo Conselho da Ordem DeMolay para a República Federativa do Brasil TRIBUTO AOS MAÇONS uma cerimônia aberta emitida pelo Supremo Conselho da Ordem DeMolay para a República Federativa do Brasil Segunda Edição 2008 TRIBUTO AOS MAÇONS Esta cerimônia tem por objetivo apresentar

Leia mais

www.aciportugal.org ESTOU NESTE MUNDO COMO NUM GRANDE TEMPLO Santa Rafaela Maria

www.aciportugal.org ESTOU NESTE MUNDO COMO NUM GRANDE TEMPLO Santa Rafaela Maria www.aciportugal.org ESTOU NESTE MUNDO COMO NUM GRANDE TEMPLO Santa Rafaela Maria 2 www.aciportugal.org 11 ORAÇÃO FINAL Senhor Jesus Cristo, hoje sentimos a Tua paixão por cada um de nós e pelo mundo. O

Leia mais

PASCOM. A PASCOM agradece a todos que colaboraram com esta edição do INFORMATIVO DA PENHA nos mandando fotos,

PASCOM. A PASCOM agradece a todos que colaboraram com esta edição do INFORMATIVO DA PENHA nos mandando fotos, PASCOM A PASCOM agradece a todos que colaboraram com esta edição do INFORMATIVO DA PENHA nos mandando fotos, t e x t o s e i d é i a s p a r a a s matérias! Nossa Senhora da Penha, que sabe o nome de cada

Leia mais

COMUNIDADE DO TAQUARAL

COMUNIDADE DO TAQUARAL COMUNIDADE DO TAQUARAL Histórico Taquaral, localizada na região da morraria era uma sesmaria, que originou aos primeiros tempos da fundação da então Vila Maria do Paraguai. É um povoado antigo e tradicional,

Leia mais

O líder convida um membro para ler em voz alta o objetivo da sessão:

O líder convida um membro para ler em voz alta o objetivo da sessão: SESSÃO 3 'Eis a tua mãe' Ambiente Em uma mesa pequena, coloque uma Bíblia, abriu para a passagem do Evangelho leia nesta sessão. Também coloca na mesa uma pequena estátua ou uma imagem de Maria e uma vela

Leia mais

CANTOS PARA O NATAL CANTO DE ENTRADA:

CANTOS PARA O NATAL CANTO DE ENTRADA: CANTO DE ENTRADA: CANTOS PARA O NATAL 01. PEQUENINO SE FEZ (SL 95): J.Thomaz Filho e Fr.Fabretti Pequenino se fez nosso irmão, Deus-conosco! Brilhou nova luz! Quem chorou venha ver que o Menino tem razão

Leia mais

Esta é a nossa proposta para fotografar o seu casamento

Esta é a nossa proposta para fotografar o seu casamento Esta é a nossa proposta para fotografar o seu casamento Com a palavra, quem já viveu e reviveu esta emoção, documentada através de nosso olhar. Não podia deixar, de jeito nenhum, de registrar aqui o meu

Leia mais

Vida de São Josemaria

Vida de São Josemaria Vida de São Josemaria Barbastro é uma cidade da província de Huesca (em Espanha). Ali nasceu Josemaria Escrivá de Balaguer às dez da noite de 9 de Janeiro de 1902, numa casa da rua principal com varandas

Leia mais

Carta de Paulo aos romanos:

Carta de Paulo aos romanos: Carta de Paulo aos romanos: Paulo está se preparando para fazer uma visita à comunidade dos cristãos de Roma. Ele ainda não conhece essa comunidade, mas sabe que dentro dela existe uma grande tensão. A

Leia mais

SUGESTÃO DE ATIVIDADES PARA O GRUPO DE ORAÇÃO PARA CRIANÇAS

SUGESTÃO DE ATIVIDADES PARA O GRUPO DE ORAÇÃO PARA CRIANÇAS MOBILIZAÇÃO NACIONAL DE ORAÇÃO MÊS OUTUBRO 2014 SUGESTÃO DE ATIVIDADES PARA O GRUPO DE ORAÇÃO PARA CRIANÇAS TEMA: Nossa Senhora e Dia das Crianças RESPONSÁVEL: Roberta Resende Barbosa REFLEXÃO PARA OS

Leia mais

Procissão dos Pendões - Elvas, S. Mateus Síntese dos dados de inventário e fotografias

Procissão dos Pendões - Elvas, S. Mateus Síntese dos dados de inventário e fotografias Procissão dos Pendões - Elvas, S. Mateus Síntese dos dados de inventário e fotografias Memória Imaterial/IELT www.memoriamedia.net 2014 Procissão dos Pendões, Elvas Resumo Procissão dos Pendões, Elvas

Leia mais

Apoio: Patrocínio: Realização:

Apoio: Patrocínio: Realização: 1 Apoio: Patrocínio: Realização: 2 O ANJO Hans Christian Andersen 3 Contos de Hans Christian Andersen Hans Christian Andersen nasceu em Odensae, em 2 de abril de 1805, e faleceu em Conpenhague em 1875.

Leia mais

SOLENIDADE DO NASCIMENTO DE JESUS CRISTO 25 DE DEZEMBRO DE 2015. Paróquia de S. João Baptista de Vila do Conde Eucaristia dinamizada pelos catequistas

SOLENIDADE DO NASCIMENTO DE JESUS CRISTO 25 DE DEZEMBRO DE 2015. Paróquia de S. João Baptista de Vila do Conde Eucaristia dinamizada pelos catequistas SOLENIDADE DO NASCIMENTO DE JESUS CRISTO 25 DE DEZEMBRO DE 2015 Admonição de entrada [Matilde Carvalho] Entrada: toca o Sino Toca o sino pequenino Sino de Belém Já nasceu o Deus menino Para o nosso bem

Leia mais

CELEBRAÇÃO MARIANA DAS LUZES

CELEBRAÇÃO MARIANA DAS LUZES CELEBRAÇÃO MARIANA DAS LUZES Preparar: 7 velas que deverão estar diante da imagem velas para todos A iluminação da igreja (do local da oração) pode ser diminuída INTRODUÇÃO Dirigente: Em nome do Pai, e

Leia mais

Crónica do dia 28 de Maio de 2016: Vila Velha de Ródão Ortiga 1ª ETAPA

Crónica do dia 28 de Maio de 2016: Vila Velha de Ródão Ortiga 1ª ETAPA Crónica do dia 28 de Maio de 2016: Vila Velha de Ródão Ortiga 1ª ETAPA Em Vila Velha de Ródão, iniciou-se em 28 de Maio de 2016 o IV Cruzeiro Religioso e Cultural do Tejo. Percorrerá o Tejo até Oeiras,

Leia mais

VIVER a C A R I D A D E

VIVER a C A R I D A D E VIVER a C A R I D A D E A CARIDADE NA VIDA DE CLAUDIA Nada poderia sem a graça de Deus (Madre Claudia de Ângelis da Cruz) Introdução Viver a Caridade nasceu do desejo de tornar conhecida a vida e a obra

Leia mais

Tema 6: Vocação - nova relação Deus nos brindou com um coração marista

Tema 6: Vocação - nova relação Deus nos brindou com um coração marista Tema 6: Vocação - nova relação Deus nos brindou com um coração marista DEUS NOS BRINDOU COM UM CORAÇÃO MARISTA Herdeiros do carisma marista A vocação como memória do carisma. Dom para acolher e fazer crescer.

Leia mais

Divulgação nos Boletins da Arquidiocese

Divulgação nos Boletins da Arquidiocese Divulgação nos Boletins da Arquidiocese Convidamos todas as paróquias, pastorais e lideranças a enviarem comunicados sobre festas, encontros, palestras e demais eventos, para divulgarmos em nosso Boletim

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Coordenação de Biblioteca 1295 Honra-vos terdes escolhido,

Leia mais

Mensagens de Santa Paula Frassinetti (Extraídas do livro: PALAVRA VIDA) Esteja alegre e, quanto possível, contribua também para a alegria dos outros.

Mensagens de Santa Paula Frassinetti (Extraídas do livro: PALAVRA VIDA) Esteja alegre e, quanto possível, contribua também para a alegria dos outros. Mensagens de Santa Paula Frassinetti (Extraídas do livro: PALAVRA VIDA) Abri o coração às maiores esperanças para o futuro. Esteja alegre e, quanto possível, contribua também para a alegria dos outros.

Leia mais

Festa da Avé Maria 31 de Maio de 2009

Festa da Avé Maria   31 de Maio de 2009 Festa da Avé Maria 31 de Maio de 2009 Cântico Inicial Eu era pequeno, nem me lembro Só lembro que à noite, ao pé da cama Juntava as mãozinhas e rezava apressado Mas rezava como alguém que ama Nas Ave -

Leia mais

Biodanza. Para Crianças e Jovens. Manuela Mestre Robert

Biodanza. Para Crianças e Jovens. Manuela Mestre Robert Biodanza Para Crianças e Jovens Manuela Mestre Robert FICHA TÉCNICA: TÍTULO Biodanza para Crianças e Jovens AUTORIA Manuela Mestre Robert Manuela Mestre Robert, 2008 CAPA Crianças do 1º ciclo do Ensino

Leia mais

A Santa Sé ENCONTRO COM AS FAMÍLIAS DISCURSO DO SANTO PADRE

A Santa Sé ENCONTRO COM AS FAMÍLIAS DISCURSO DO SANTO PADRE A Santa Sé VIAGEM APOSTÓLICA DO PAPA FRANCISCO A CUBA, AOS ESTADOS UNIDOS DA AMÉRICA E VISITA À SEDE DA ORGANIZAÇÃO DAS NAÇÕES UNIDAS (19-28 DE SETEMBRO DE 2015) ENCONTRO COM AS FAMÍLIAS DISCURSO DO SANTO

Leia mais

Plano Pedagógico do Catecismo 6

Plano Pedagógico do Catecismo 6 Plano Pedagógico do Catecismo 6 Cat Objetivos Experiência Humana Palavra Expressão de Fé Compromisso PLANIFICAÇÃO de ATIVIDADES BLOCO I JESUS, O FILHO DE DEUS QUE VEIO AO NOSSO ENCONTRO 1 Ligar a temática

Leia mais

Nº34B 28º Domingo do Tempo Comum-11.10.2015 Partilhar o que temos

Nº34B 28º Domingo do Tempo Comum-11.10.2015 Partilhar o que temos Nº34B 28º Domingo do Tempo Comum-11.10.2015 Partilhar o que temos Ouvimos hoje, no Evangelho, Jesus dizer É mais fácil passar um camelo por um buraco de uma agulha, que um rico entrar no Reino dos Céus.

Leia mais

27 de dezembro de 2015 JUBILEU DA FAMILIA SUBSIDIOS PARA A PASSAGEM DA PORTA SANTA

27 de dezembro de 2015 JUBILEU DA FAMILIA SUBSIDIOS PARA A PASSAGEM DA PORTA SANTA 27 de dezembro de 2015 JUBILEU DA FAMILIA SUBSIDIOS PARA A PASSAGEM DA PORTA SANTA [Este subsídio destina-se a ser usado por uma família durante o curto percurso de entrada para a Porta Santa. Dependendo

Leia mais

CATEQUESE 1 Estamos reunidos de novo. CATEQUESE 1 Estamos reunidos de novo

CATEQUESE 1 Estamos reunidos de novo. CATEQUESE 1 Estamos reunidos de novo CATEQUESE 1 Estamos reunidos de novo Tens uma tarefa importante para realizar: 1- Dirige-te a alguém da tua confiança. 2- Faz a pergunta: O que admiras mais em Jesus? 3- Regista a resposta nas linhas.

Leia mais

Entre 18 e 20 de fevereiro será celebrado em Sassone (Itália) a XXIV Assembleia Nacional da Federação Italiana de Exercícios Espirituais (FIES).

Entre 18 e 20 de fevereiro será celebrado em Sassone (Itália) a XXIV Assembleia Nacional da Federação Italiana de Exercícios Espirituais (FIES). Entre 18 e 20 de fevereiro será celebrado em Sassone (Itália) a XXIV Assembleia Nacional da Federação Italiana de Exercícios Espirituais (FIES). O objetivo é a relação entre os Exercícios Espirituais e

Leia mais

Cantinhos de fé. arquitetura decoração texto: Paula Ignacio. Ambientações do arquiteto João Mansur

Cantinhos de fé. arquitetura decoração texto: Paula Ignacio. Ambientações do arquiteto João Mansur casa arquitetura decoração texto: Paula Ignacio Fotos: Beto Riginik/Divulgação Ambientações do arquiteto João Mansur Cantinhos de fé De santinhos católicos a anjos, velas, flores, sinos e outros símbolos,

Leia mais

A informação que se apresenta resume a atividade desenvolvida entre 24 de outubro e 19 de Dezembro de 2013.

A informação que se apresenta resume a atividade desenvolvida entre 24 de outubro e 19 de Dezembro de 2013. Exma. Senhora Presidente Dr.ª Célia Correia Assembleia de Freguesia de Canidelo. A informação que se apresenta resume a atividade desenvolvida entre 24 de outubro e 19 de Dezembro de 2013. Ação Social

Leia mais

Associação Beneficente AMAR. Nossas Notícias. Projeto. Ação Pedagógica de Apoio à Escolaridade - Grajaú

Associação Beneficente AMAR. Nossas Notícias. Projeto. Ação Pedagógica de Apoio à Escolaridade - Grajaú Associação Beneficente AMAR Nossas Notícias Projeto Ação Pedagógica de Apoio à Escolaridade - Grajaú A Páscoa da Ressurreição: Lição de amor e serviço. As crianças aprenderam com gestos de humildade e

Leia mais

Mestra do Anúncio, Profecia do Amor. Hino do Centenário das Aparições de Fátima

Mestra do Anúncio, Profecia do Amor. Hino do Centenário das Aparições de Fátima Mestra do Anúncio, Profecia do Amor Hino do Centenário das Aparições de Fátima Mestra do Anúncio, Profecia do Amor Seguindo a secular convicção da Igreja coincidente, aliás, com a realidade antropológica

Leia mais

Vogal de Caridade Cadernos de Serviços

Vogal de Caridade Cadernos de Serviços Vogal de Caridade Cadernos de Serviços Nome: Conselho Local / Regional / Nacional Centro Local: Vicente de Paulo foi um homem aberto a Deus e aos homens, daí ser chamado o santo da caridade. Homem humano,

Leia mais

Campanha de Advento Setor da Catequese do Patriarcado de Lisboa

Campanha de Advento Setor da Catequese do Patriarcado de Lisboa 12 Campanha de Advento Setor da Catequese do Patriarcado de Lisboa 2 Jogo da corrida das ovelhas 11 1. Monta-se o presépio (8 de dezembro). 2. Faz-se um caminho para a manjedoura. 3. Cada elemento da família

Leia mais

COMO SE TORNAR UM CRISTÃO FIEL. Apêndice 5. A Igreja de Jesus: Organização

COMO SE TORNAR UM CRISTÃO FIEL. Apêndice 5. A Igreja de Jesus: Organização 274 Apêndice 5 A Igreja de Jesus: Organização A maneira exata como a igreja se organiza é de pouco interesse para muitos. No entanto, organização é um assunto de importância vital. A organização da igreja

Leia mais

Septuaginta: As lendas dos crentes

Septuaginta: As lendas dos crentes Septuaginta: As lendas dos crentes A Septuaginta é uma lenda, assim como a Caipora 1, boi tatá 2, mula sem cabeça 3, negrinho do pastoreio 4, cobra grande 5 e saci pererê 6. Os crentes ignoram que muitas

Leia mais

A Bíblia nessa passagem a história de um homem que queria deixar de ser cego.

A Bíblia nessa passagem a história de um homem que queria deixar de ser cego. Mensagem: O HOMEM QUE ABRIU OS OLHOS PARA DEUS Pastor: José Júnior Dia: 22/09/2012 sábado AMAZON JOVENS Texto-base: Lucas 18:35-43 A Bíblia nessa passagem a história de um homem que queria deixar de ser

Leia mais

Servidores da Caridade

Servidores da Caridade Homilia da Missa Crismal 2011 Servidores da Caridade António Marto Catedral de Leiria 21 de Abril de 2011 Cantarei eternamente a bondade do Senhor A liturgia da Missa Crismal encerra uma beleza espiritual

Leia mais

A Bíblia seja colocada em lugar de destaque, ao lado de uma vela acesa.

A Bíblia seja colocada em lugar de destaque, ao lado de uma vela acesa. Encontro com a Palavra Agosto/2011 Mês de setembro, mês da Bíblia 1 encontro Nosso Deus se revela Leitura Bíblica: Gn. 12, 1-4 A Bíblia seja colocada em lugar de destaque, ao lado de uma vela acesa. Boas

Leia mais

SOLENE CELEBRAÇÃO EUCARÍSTICA

SOLENE CELEBRAÇÃO EUCARÍSTICA SOLENE CELEBRAÇÃO EUCARÍSTICA Antes da Solene celebração, entregar a lembrança do centenário No Final terá um momento de envio onde cada pessoa reassumirá a missão. O sinal deste momento será a colocação

Leia mais

Carnaval 2014. A Sociedade Rosas de Ouro orgulhosamente apresenta o enredo: Inesquecível

Carnaval 2014. A Sociedade Rosas de Ouro orgulhosamente apresenta o enredo: Inesquecível Carnaval 2014 A Sociedade Rosas de Ouro orgulhosamente apresenta o enredo: Inesquecível Nesta noite vamos fazer uma viagem! Vamos voltar a um tempo que nos fez e ainda nos faz feliz, porque afinal como

Leia mais

HINÁRIO. Padrinho Nonato ACONTECEU. Tema 2012: Flora Brasileira Pau-Brasil (Caesalpinia echinata)

HINÁRIO. Padrinho Nonato ACONTECEU. Tema 2012: Flora Brasileira Pau-Brasil (Caesalpinia echinata) HINÁRIO ACONTECEU Tema 2012: Flora Brasileira Pau-Brasil (Caesalpinia echinata) Padrinho Nonato 1 www.hinarios.org 2 Prece Deus glorioso e supremo iluminai a escuridão do meu coração e dai a minha fé correta,

Leia mais

Material complementar para Fogueira Santa

Material complementar para Fogueira Santa Material complementar para Fogueira Santa 4 a 10 anos referência bíblica Gênesis 12.1-4; 15.1-5 alvo da lição Ensinar às crianças que quem vive na fé de Abraão é uma das estrelas que ele viu ao sair da

Leia mais

Domingo dentro da Oitava de Natal SAGRADA FAMÍLIA DE JESUS, MARIA E JOSÉ. Vésperas I

Domingo dentro da Oitava de Natal SAGRADA FAMÍLIA DE JESUS, MARIA E JOSÉ. Vésperas I Domingo dentro da Oitava de Natal Semana I do Saltério SAGRADA FAMÍLIA DE JESUS, MARIA E JOSÉ Festa Quando o Natal do Senhor é num Domingo, a festa da Sagrada Família celebra-se no dia 30 de Dezembro e

Leia mais

Músicas para Páscoa. AO REDOR DA MESA F Gm C C7 F Refr.: Ao redor da mesa, repartindo o pão/ A maior riqueza dos que são irmãos.

Músicas para Páscoa. AO REDOR DA MESA F Gm C C7 F Refr.: Ao redor da mesa, repartindo o pão/ A maior riqueza dos que são irmãos. Músicas para Páscoa AO PARTIRMOS O PÃO E C#m #m B7 E7 A C#M Refr.: Ao partirmos o pão reconhecemos/ Jesus Cristo por nós ressuscitado./ Sua paz B7 E A B7 E recebemos e levamos,/ Ao nosso irmão que está

Leia mais

Após a leitura do texto em apresentação de imagens, Cleide a partir da metodologia de leitura popular da Bíblia utilizada pelo CEBI indagou:

Após a leitura do texto em apresentação de imagens, Cleide a partir da metodologia de leitura popular da Bíblia utilizada pelo CEBI indagou: A segunda noite da Semana de Fé e Política 2013 - Juventude, Cultura e Espiritualidade ocorr eu ontem no Centro Pastoral S ã o Jos é do Bel é m com cerca de 60 participantes, dentre estes um significativo

Leia mais