O Forte dos Reis Magos na perspectiva do natalense 1

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "O Forte dos Reis Magos na perspectiva do natalense 1"

Transcrição

1 O Forte dos Reis Magos na perspectiva do natalense 1 Denis Diogo Silva ARAÚJO 2 Diago Sávio Moraes de Melo SÚCAR 3 Fábio Luiz da Silva FRANÇA 4 Kamilla Virgínia dos SANTOS 5 Luiz Claudio Cobello GOMES 6 Maruza Maria Silva de ARAÚJO 7 Sayonara Alves de OLIVEIRA 8 Josenildo Soares BEZERRA 9 Universidade Potiguar, Natal, RN RESUMO Apresentamos aqui a pesquisa mercadológica feita com o intuito de identificar a maneira na qual a população da cidade do Natal reconhece o museu e monumento histórico, Fortaleza da Barra do Rio Grande, conhecido popularmente como Forte dos Reis Magos. O monumento construído no período da colonização portuguesa possui grande importância histórica, e atualmente, turística, por se tratar de um ponto fundamental nos roteiros turísticos da cidade. A partir do principal problema do monumento que é a desvalorização por parte dos residentes da cidade, planejamos e desenvolvemos uma pesquisa quantitativa, cuja amostragem era de residentes da cidade do Natal e região metropolitana. Visto que os visitantes e turistas da cidade parecem ter maior conhecimento e interesse sobre o monumento quando comparados aos residentes. PALAVRAS-CHAVE: Pesquisa mercadológica; Forte dos Reis Magos; Museus de Natal; Agência experimental; SetePontoUm. 1 Trabalho submetido ao XXI Prêmio Expocom 2014, na Categoria Pesquisa Mercadológica, modalidade Publicidade e Propaganda. 2 Estudante do 7º. Semestre do Curso de Publicidade e Propaganda, 3 Aluno líder do grupo e estudante do 7º. Semestre do Curso de Publicidade e Propaganda, 4 Estudante do 7º. Semestre do Curso de Publicidade e Propaganda, 5 Estudante do 7º. Semestre do Curso de Publicidade e Propaganda, 6 Estudante do 7º. Semestre do Curso de Publicidade e Propaganda, 7 Estudante do 7º. Semestre do Curso de Publicidade e Propaganda, 8 Estudante do 7º. Semestre do Curso de Publicidade e Propaganda, 9 Orientador do trabalho. Professor do Curso de publicidade e Propaganda, 1

2 1 INTRODUÇÃO A Fortaleza da Barra do Rio Grande, reconhecido como Forte dos Reis Magos, é um dos principais cartões postais da cidade do Natal como também do estado do Rio Grande do Norte. Com sua fundação no dia 25 de Dezembro de 1599, seu nome remete a data de início da sua construção, 6 de janeiro de 1598, dia de Reis Magos segundo calendário católico ocidental. Classificado pela Revista Caras (2008), em votação aberta ao público, como uma das sete maravilhas do Brasil, o monumento funciona como museu aberto ao público diariamente, das 10h às 16h, com entrada à R$ 3,00. Por haver sido palco de acontecimentos históricos que transcenderam largamente sua função militar originária, o Forte foi tombado pelo Patrimônio Histórico Artístico Nacional desde 1949 e está sob a administração da Fundação José Augusto desde Juntamente com outros pontos históricos encontrados em Natal, o local integra um conjunto urbanístico de grande expressão em termos artísticos e histórico-culturais na cidade. É perceptível a grande importância do Forte para o turismo e principalmente para compreensão da história de Natal e do Brasil. Contudo, há uma significativa desvalorização da população local para com o monumento, possuindo pouca divulgação e reconhecimento entre os cidadãos da capital, acarretando em uma baixa atração entre os Natalenses para vivenciar e aprofundar-se na importância da sua criação e história. 2 OBJETIVO A presente pesquisa tem como objetivo principal identificar o grau de conhecimento das pessoas que residem na cidade do Natal em relação à Fortaleza dos Reis Magos. A partir de então, foram definidos objetivos específicos que nortearam o desenvolvimento do questionário. Após a definição do perfil do entrevistado, buscou-se saber qual meio de comunicação mais utilizado e a maneira na qual ele conhece e reconhece o monumento. Outro critério utilizado na pesquisa foi identificar como a população descobriu a existência do forte, em que ocasiões e com que frequência ele visita o local, além de questionar o que o residente da cidade conhece sobre o museu e sua opinião acerca da experiência e dos valores inerentes na visita. 2

3 3 JUSTIFICATIVA Esta pesquisa é parte do projeto conhecido como Ensaios desenvolvido entre o quarto e quinto período do curso de Publicidade e Propaganda da Universidade Potiguar. A cada ano é escolhido um seguimento filantrópico e/ou cultural a ser trabalho como cliente das agências experimentais. Em 2013 o tema geral foi museus e centros históricos da cidade do Natal. Foi importante trabalhar com o Forte dos Reis Magos não só por sua relevância turística e histórica, mas também por ser o maior monumento representativo da identidade cultural do nosso povo. A partir da pesquisa mercadológica podemos conhecer melhor a sua principal deficiência e então definirmos a melhor forma de resolver esse problema através da comunicação. A pesquisa mercadológica é de fundamental importância para o mercado publicitário e para a solução dos problemas de marketing, como refletem Samara e Barros (1997), devido à precisão das informações que são coletadas de forma empírica, sistemática e objetiva. Se a intenção é perceber e se preciso melhorar a qualidade da comunicação e posicionamento daquela marca, produto, serviço, etc., será através deste método que iremos analisar a opinião dos consumidores antes de decidir qual o fator que irá motivar a campanha publicitária. Por conseguinte: Ela trabalha no sentido de subsidiar informações para a tomada de decisões de marketing. É de extrema importância no processo de comunicação com o mercado. Na verdade, sem pesquisa é praticamente impossível trabalhar em marketing e comunicação. (PINHEIRO. 2009, p. 44) Os resultados da pesquisa deram margem para a tomada de decisões assertivas no desenvolvimento do projeto da campanha, desde seu planejamento até a definição das mídias que melhor atingiam o público alvo. Os resultados apontaram o perfil sócio cultural dos potiguares, e a forma como eles enxergam o Forte dos Reis Magos. Posteriormente, possibilitou o desenvolvimento de uma campanha institucional e promocional, apelando para o que o público alvo não trata como relevante neste segmento: A identidade histórica. Portanto, a campanha tenta despertar o sentimento patriota dos potiguares, enfatizando a importância do museu como o berço e como principal monumento histórico do estado do Rio Grande do Norte. 3

4 4 MÉTODOS E TÉCNICAS UTILIZADOS O desenvolvimento do formulário, o lançamento e o tratamento dos dados foram feitos através do programa Sphinx Survey disponibilizado em laboratório da disciplina Técnicas de pesquisa de mercado, durante o quarto período do curso de publicidade e propaganda. A pesquisa de mercado foi desenvolvida para fins acadêmicos sobre um objeto de estudo com necessidades reais, o Forte dos Reis Magos. Pesquisa realizada a partir de um estudo Descritivo Estatístico segundo Samara e Barros, conhecido também como pesquisa quantitativa, coletando dados através de um questionário aplicado pessoalmente pelos entrevistadores, neste caso, os componentes do grupo. A coleta foi feita entre os dias 22 e 30 de novembro de 2012, em lugares de grande concentração de pessoas da cidade do Natal, tais como shoppings, centros comerciais, universidades, escolas, repartições públicas, entre outros. Mas seu resultado só foi divulgado e publicado oficialmente em junho de Quando se foi concluído o Projeto Ensaios, que no primeiro semestre de 2013 passou pela etapa de análise da pesquisa, planejamento e criação. Para obtermos melhores resultados adotamos dois critérios básicos para aplicar a entrevista, são eles: morar na cidade do Natal, capital do Rio Grande do Norte, e ser maior de 10 anos de idade. Foi utilizada a amostra de 188 entrevistas selecionadas através do método de amostragem probabilística, no universo de habitantes, segundo dados do IBGE (2012). Este número é equivalente aos moradores da cidade do Natal que possuem acima de 10 anos de idade. Assim temos como margem de erro 10%, segundo a tabela de margem de erros de Gil (1989). Para melhor categorizar e ordenar os dados coletados, as perguntas do questionário foram divididas em seis blocos, onde as questões foram redigidas a partir dos objetivos específicos. O questionário teve como tempo médio de aplicação seis minutos, possui 22 perguntas de maioria fechada, algumas múltiplas e apenas uma aberta, na qual, após a coleta, foi fechada com palavras chaves de acordo com as respostas dos entrevistados visando o melhor tratamento dos dados. 5 DESCRIÇÃO DO PRODUTO OU PROCESSO Buscando a melhor análise dos resultados, dividimos as perguntas em blocos, que por sua vez foram divididas em duas partes. A primeira parte trata-se de perguntas que buscam traçar o perfil do entrevistado, nela encontra-se o bloco do perfil sócio econômico, 4

5 o da moradia e o perfil comunicacional. A segunda parte da entrevista diz respeito a Fortaleza dos Reis Magos, onde busca saber de que maneira o entrevistado reconhece o monumento, qual a sua relação com o museu, sua opinião em relação ao custo da visitação, como avalia e se indica a visita. Dentre os 188 entrevistados, todos residentes em Natal ou região metropolitana, 57,5% são mulheres e 42,6% são homens. A maior parcela da amostra, referente à 34%, possuía de 19 a 24 anos, 66% são natalenses e 34% nasceram em outras cidades do estado ou do Brasil. Quanto ao grau de instrução, 90,5% da amostragem concluiu o ensino médio. Assim sugere-se que os entrevistados possuem nível de instrução, compreensão e conhecimento sobre a história da cidade, do estado e do país. A nível de planejamento de mídia, após a realização da pesquisa foi traçado o perfil comunicacional do entrevistado, onde eles costumavam obter informação e entretenimento. As opções Internet e TV saíram em destaque na maioria dos grupos. Para saber como as pessoas reconheciam o Forte, foi apresentada uma imagem aérea e questionado, Você sabe o nome deste patrimônio?. Espontaneamente, as pessoas respondiam e a primeira resposta foi anotada e computada. Como podemos observar no gráfico 01, 61,7% dos entrevistados responderam Forte dos Reis Magos, 17% citaram Forte, apenas 0,5% citaram o nome original, Fortaleza da barra do Rio Grande. Gráfico 01 Nome como reconhece. Reconhecimento Forte dos Reis Magos 61,7% Forte 17,0% Fortaleza dos Reis Magos 11,2% Forte dos três Reis Magos 4,8% Não Soube Responder 2,1% Reis Magos 1,6% Fortaleza dos três Reis Magos 1,1% Fortaleza da Barra do Rio Grande 0,5% Outros 0,0% Fortaleza 0,0% Quando perguntados o que se conhecia sobre o monumento em questão, partes da história foram as mais citadas, 19,8% não sabiam de nada ou preferiram não responder, 5

6 enquanto 4,2% não lembravam de detalhes, o que pode-se perceber no gráfico a seguir. A nossa surpresa, Portugal não foi citado diretamente em nenhum dos casos Gráfico 02 O que conhecem sobre o forte. o que conhece do forte historia 22,3% Nada 19,8% defesa 15,6% guerra 14,7% prisão 6,3% Não lembra 4,2% Holandeses 4,2% Arquitetura 3,4% patrimonio 2,9% museu 2,5% André de Albuquerque 1,7% Canhões 1,3% Escravos 0,8% outros 0,4% Portugal O gráfico é construída 0,0% sobre 188 observações. Os percentuais são calculados em relação ao número de citações das palavras chaves utilizadas para melhor contabilizar as respostas abertas. O Gráfico 02 apresenta o percentual de citações das palavras chaves das respostas abertas dos entrevistados. Sendo assim percebemos que os moradores conhecem principalmente partes da história. Entre as resposta também foi citado que o monumento serviu para a defesa e também como prisão. 1,7% lembraram de André de Albuquerque. Surpreendente ninguém lembrou do envolvimento de Portugal, mas 4,2% lembraram do envolvimento dos Holandeses na história da Fortaleza. Para saber como é a relação do entrevistado com a Fortaleza, perguntamos como ele conheceu melhor. Nesta pergunta era possível marcar mais de uma resposta, sendo assim, 45% das 278 citações, foi Visitando. Isso mostra a importância do acompanhamento de um guia preparado, pois é na vivência da visita, o momento que se mais aprende sobre o lugar. Como se pode observar na tabela 01 (a seguir), 33,7% das citações dos entrevistados mostram que eles conheceram mais sobre o monumento dentro de ambientes educacionais, este número refere-se a soma das opções; aulas na escola, pesquisa acadêmica, aulas na universidade e feira de ciências. Apenas 0,4% das citações alega conhecer mais o Forte por divulgação publicitária. Provando a pouca, ou não veiculação de, divulgação sobre o monumento. Na tabela temos os percentuais calculados em relação ao número de citações, pois era possível cada entrevistado citar mais de uma opção. 6

7 Tabela 01 Como conheceu melhor. Conheceu melhor Freq. % Visitando Aulas na escola Por reportagem na Tv Outros Por membros da família Pesquisa Acadêmica Aulas na universidade Feira de ciências Por reportagem no rádio Por reportagem na internet Por divulgação publicitária TOTAL CIT ,0% 30,6% 8,3% 4,3% 4,0% 3,2% 2,2% 0,7% 0,7% 0,7% 0,4% 100% A tabela é construída sobre 188 observações. A partir de então percebe-se a necessidade de levar as pessoas a visitarem o monumento para que elas realmente entendam o seu valor. Também foi perguntado aos entrevistados o que mais chama a atenção na Fortaleza dos Reis Magos, nesta questão só era possível marcar uma das características, e as mais escolhidas foram a história do lugar e a arquitetura ou estrutura. As alternativas que foram relativas ao conteúdo só foram escolhidas por 6,3%, talvez esse aspecto seja reflexo do pouco cuidado com a exposição que não é renovada. 56,9% dos entrevistado são atraídos por características da construção como a estrutura, forma e lugar onde foi construído. Visto nos dados secundários que os moradores da cidade de Natal não costumam visitar o Forte dos Reis Magos, buscou-se saber a quantidade de vezes que os entrevistado visitaram o monumento. Sendo assim foi constatado que 55,3% da amostragem foi ao monumento pelo menos uma ou duas vezes ; 21,8% foi de três a cinco vezes ; e apenas 9% foram mais de cinco vezes. 13,8% nunca estiveram no Forte dos Reis Magos. Tabela 02 Quantas vezes visitou X Sexo. Sexo Quantidade 1-2 vezes 3-5 vezes 5 ou mais vezes Nenhuma (pular para a questão 19) TOTAL Femi nino Masc ulino TOTAL 52,8% 58,8% 55,3% 24,1% 18,8% 21,8% 10,2% 7,5% 9,0% 13,0% 15,0% 13,8% 100% 100% 100% Os valores da tabela são os percentuais em coluna estabelecidos sobre 188 observações. 7

8 Foram cruzados os dados da quantidade de visitas com o sexo dos entrevistados, assim conclui-se que os homens visitaram o monumento menos vezes. Dos entrevistados que já visitaram o forte apenas 8% estiveram no monumento ainda no ano de 2012; 20,4% visitaram há um a dois anos. A ultima visita de 32,7% dos entrevistados foi entre seis e dez anos atrás; e 13% não visitam a Fortaleza a mais de 10 anos. A ocasião que mais levou os pesquisados a visitar o monumento foi passeio escolar e depois passeio com familiares. Comprovando o que foi observado nos dados secundários vindos de um dos guias do monumento. Assim verifica-se que o ambiente é mais educacional, familiar e cultural. Gráfico e tabela com as demais opções em anexo. Quando questionados pelo que acharam da visita, 90,7% dos entrevistados que já visitaram o Forte julgaram a visita de forma positiva, 9,2% foi indiferente ou não gostou. Vale ressaltar que nenhum dos entrevistados julgaram a visita como péssima. Tabela 03 Avaliação da visita X Sexo Sexo Femi Masc TOTAL Visita Excelente nino 28,7% ulino 13,2% 22,2% Bom 66,0% 72,1% 68,5% Regular 5,3% 13,2% 8,6% Ruim 0,0% 1,5% 0,6% Pés simo 0,0% 0,0% 0,0% TOTAL 100% 100% 100% Os valores da tabela são os percentuais em coluna estabelecidos sobre 162 citações. A tabela 03 refere-se ao cruzamento dos dados das questões que avalia a visita e que sabe o sexo do entrevistado. Desta forma percebemos que as mulheres avaliaram mais positivamente a visita. O que nos faz refletir sobre usar estratégias específicas para as mulheres que sentem maior satisfação ao visitar, e também o que podemos fazer para os homens sentirem maior satisfação pela visita. Quando questionados sobre o que achavam de precisar pagar o valor de R$3,00 (três reais) para ter acesso ao monumento, 68,7% dos entrevistados responderam de forma positiva, contra 17% que respondeu de forma negativa, onde os demais, 14,4%, foi indiferente. 8

9 Renda Custo Excelente Bom Regular Ruim Pés simo TOTAL Tabela 04 O que acham do custo X Renda familiar menos 1-2 S.M. 2-4 S.M. 4-6 S.M. 6-8 S.M. 8 S.M. ou de 1 S.M. mais TOTAL 0,0% 23,8% 0,0% 12,1% 7,7% 16,7% 11,2% 57,1% 47,6% 59,4% 60,6% 69,2% 57,1% 57,5% 14,3% 19,1% 12,5% 18,2% 7,7% 11,9% 14,4% 14,3% 0,0% 18,8% 6,1% 7,7% 0,0% 6,9% 14,3% 9,5% 9,4% 3,0% 7,7% 14,3% 10,1% 100% 100% 100% 100% 100% 100% 100% *S. M. = Salário Mínimo Como se pode notar na tabela 04 nenhum dos entrevistados que têm como renda igual ou inferior a um salário mínimo acharam excelente o valor para ter acesso ao forte. Nota-se também que mais da metade dos entrevistados de todas as faixas pré-definidas acham bom o valor a ser pago. Por fim buscou-se saber se o entrevistado gostaria de voltar a visitar ou se visitaria a Fortaleza dos Reis Magos, 62,8% respondeu Sim, 26,6% disse Talvez e 10,6% disse que não. Quando o assunto foi recomendar a visitação, 86,9% respoderam sim, 8,5% disseram Talvez e apenas 1,6% não recomendaria. 6 CONSIDERAÇÕES Com a presente pesquisa pode-se chegar a inúmeras conclusões. Quanto ao perfil do consumidor local, observa-se que a Televisão não deixou de ser um meio influente na vida das pessoas e que a internet está cada vez mais presente na vida dele. Caso necessário a elaboração de campanhas voltadas para Mídias Sociais, a mais indicada é o Facebook, devido sua alta audiência e alcance de público. Com a pesquisa, também prova-se que não existe apenas um nome no qual os moradores da cidade reconhecem o monumento. Dentre os mais utilizados se destaca Forte dos Reis Magos, o mais citado na pesquisa como apresentamos no gráfico 01, podendo ser também utilizado os nomes Forte e Fortaleza dos Reis Magos. Comprova-se também que o nome de fundação, Fortaleza da Barra do Rio Grande, não foi popularizado, e que o nome Fortaleza não é assimilado em nenhuma hipótese ao monumento, talvez por se caracterizar como nome de outra capital nordestina. Tem-se a certeza de que as pessoas que moram na cidade do Natal, lugar onde se situa a Fortaleza dos Reis Magos, não costumam frequentar o museu com certa 9

10 periodicidade, e na maioria dos casos sua visita foi em passeio escolar. O morador da cidade não reconhece o monumento como Museu e o que mais chama sua atenção é a história e a estrutura do local. Percebe-se que o valor cobrado para se ter acesso não é empecilho para a visita. Nota-se que pagar o guia para contar a história e apresentar o Forte, de certa forma assusta o visitante, mas quando se é explicado as circunstâncias do trabalho, o morador tende a compreender a necessidade do pagamento. Por fim, o morador da cidade não vai ao Forte com frequência, não por que não quer, mas por falta de atrativo, divulgação, incentivo e renovação da exposição por parte dos órgãos competentes. REFERÊNCIAS CARRATORE, Beto Del. Propaganda, marketing e outras questões do varejo de Natal- RN. Rio Grande do Norte: Edufrn, GIL, Antonio Carlos. Como elaborar Projetos de Pesquisa. São Paulo: Atlas, MALHOTRA, Naresh K. Pesquisa de marketing: uma orientação aplicada. 3ª ed. Porto Alegre: Bookman, MARCONI, Marina de Andrade; LAKATOS, Eva Maria. Técnicas de pesquisa: planejamento e execução de pesquisas, amostragens e técnicas de pesquisa, elaboração, análise e interpretação de dados. 5ª ed. São Paulo: Atlas, PINHEIRO, Duda; GULLO, José. Comunicação Integrada de Marketing: gestão dos elementos de comunicação: suporte às estratégias de marketing e de negócios da empresa: fundamentos de marketing e visão de empresa. 3ª ed. São Paulo: Atlas, PÚBLIO, Marcelo Abílio. Como planejar e executar uma campanha de propaganda. São Paulo: Atlas, SAMARA, Beatriz Santos; BARROS, José Carlos de. Pesquisa de marketing: conceitos e metodologia. 2ª ed. São Paulo: Makron Books do Brasil, Lista dos bens culturais inscritos nos livros do tombo ( ) Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional IPHAN. Disponível online em: (Ultimo acesso em 16 de março de 2014) Dados do Sensu 2010 Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística IBGE. Disponível em: IBGE Cidades 2012 (acesso em agosto de 2012) 10

PESQUISA DIA DAS CRIANÇAS - NATAL

PESQUISA DIA DAS CRIANÇAS - NATAL PESQUISA DIA DAS CRIANÇAS - NATAL Natal, setembro de 2015 1 Sumário 1. Aspectos Metodológicos... 3 2. Descrição dos Resultados... 4 Itens de comemoração... 4 Gastos com presente... 4 Local e quando compra...

Leia mais

Outdoor de Lançamento do CD da Dupla Johny e Junior 1

Outdoor de Lançamento do CD da Dupla Johny e Junior 1 Outdoor de Lançamento do CD da Dupla Johny e Junior 1 Danizieli de OLIVEIRA 2 Diego de OLIVEIRA 3 Renata Cristina FORNAZIERO 4 Thaís Roberta CASAGRANDE 5 Wolnei MENEGASSI 6 Paulo César D ELBOUX 7 Faculdade

Leia mais

Aimportância do levantamento de informações e pesquisa na publicidade

Aimportância do levantamento de informações e pesquisa na publicidade Aimportância do levantamento de informações e pesquisa na publicidade UNIBAN Unidade Marte Disciplina: Planejamento de Campanha Prof. Me. Francisco Leite Aulas: 07.04.11 Agenda: A importância do levantamento

Leia mais

PESQUISA DIA DAS CRIANÇAS - MOSSORÓ

PESQUISA DIA DAS CRIANÇAS - MOSSORÓ PESQUISA DIA DAS CRIANÇAS - MOSSORÓ Mossoró, setembro de 2015 1 Sumário 1. Aspectos Metodológicos... 3 2. Descrição dos Resultados... 4 Itens de comemoração... 4 Gastos com presente... 4 Local e quando

Leia mais

08 a 11 de outubro de 2014

08 a 11 de outubro de 2014 COMO ELABORAR UMA PESQUISA DE MERCADO 08 a 11 de outubro de 2014 08 a 11 de outubro de 2014 O QUE É??? A coleta sistemática e o registro, classificação, análise e apresentação objetiva de dados sobre hábitos,

Leia mais

PESQUISA DE MARKETING

PESQUISA DE MARKETING PESQUISA DE MARKETING CONCEITOS É a busca de informação, a investigação do fenômeno que ocorre no processo de transferência de bens ao consumidor Trata da coleta de qualquer tipo de dados que possam ser

Leia mais

Pesquisa Mercadológica para Lançamento do serviço e-commerce da Drogaria Araújo 1

Pesquisa Mercadológica para Lançamento do serviço e-commerce da Drogaria Araújo 1 Pesquisa Mercadológica para Lançamento do serviço e-commerce da Drogaria Araújo 1 Felipe Schepers Santos MELO 2 Bruno Cassimiro SILVA 3 Eduardo José Braga FILHO 4 Felipe Nolasco REGO 5 Geanderson Roriz

Leia mais

PLANOS DE SAÚDE. Leandro de Souza Lino

PLANOS DE SAÚDE. Leandro de Souza Lino 1 PLANOS DE SAÚDE Leandro de Souza Lino Na atualidade, as pessoas estão cada vez mais preocupadas com a qualidade de vida e, por sua vez, com a saúde. Assim, a necessidade de ter planos de saúde se faz

Leia mais

MÉTODOS QUANTITATIVOS EM MARKETING. Prof.: Otávio Figueiredo e-mail: otavio@ufrj.br

MÉTODOS QUANTITATIVOS EM MARKETING. Prof.: Otávio Figueiredo e-mail: otavio@ufrj.br MÉTODOS QUANTITATIVOS EM MARKETING Prof.: Otávio Figueiredo e-mail: otavio@ufrj.br ESTATÍSTICA População e Amostra População Amostra Idéia Principal Resumir para entender!!! Algumas Técnicas Pesquisa de

Leia mais

Fidelização dos consumidores aos planos de saúde e grau de interesse por quem não possui o benefício

Fidelização dos consumidores aos planos de saúde e grau de interesse por quem não possui o benefício 1 Fidelização dos consumidores aos planos de saúde e grau de interesse por quem não possui o benefício 2013 Índice 2 OBJETIVO E PÚBLICO ALVO METODOLOGIA PLANO DE SAÚDE O MERCADO DE PLANO DE SAÚDE PERFIL

Leia mais

FACULDADES ALVES FARIA - ALFA

FACULDADES ALVES FARIA - ALFA FACULDADES ALVES FARIA - ALFA CENTRO DE PESQUISAS ECONÔMICAS E MERCADOLÓGICAS CDL/ALFA PESQUISA : ENDIVIDAMENTO DO CONSUMIDOR GOIANIENSE 2013-1 GOIÂNIA 2013 1. INTRODUÇÃO. Este trabalho apresenta os resultados

Leia mais

abastecimento de água e imagem da COPASA Montes Claros

abastecimento de água e imagem da COPASA Montes Claros Avaliação do Serviço o de abastecimento de água e imagem da COPASA Montes Claros Pesquisa realizada entre 24 e 28 de Abril de 2010 Informações Metodológicas Tipo de pesquisa: Survey, utiliza-se de questionário

Leia mais

As pesquisas podem ser agrupadas de acordo com diferentes critérios e nomenclaturas. Por exemplo, elas podem ser classificadas de acordo com:

As pesquisas podem ser agrupadas de acordo com diferentes critérios e nomenclaturas. Por exemplo, elas podem ser classificadas de acordo com: 1 Metodologia da Pesquisa Científica Aula 4: Tipos de pesquisa Podemos classificar os vários tipos de pesquisa em função das diferentes maneiras pelo qual interpretamos os resultados alcançados. Essa diversidade

Leia mais

Estratégias em Propaganda e Comunicação

Estratégias em Propaganda e Comunicação Ferramentas Gráficas I Estratégias em Propaganda e Comunicação Tenho meu Briefing. E agora? Planejamento de Campanha Publicitária O QUE VOCÊ DEVE SABER NO INÍCIO O profissional responsável pelo planejamento

Leia mais

Projeto de Pesquisa Aplicada para Box 756 1

Projeto de Pesquisa Aplicada para Box 756 1 Projeto de Pesquisa Aplicada para Box 756 1 Aldolino Rafael RODRIGUES 2 Dgeisi Aparecida FRANZEN 3 Joice Joseli MALCZEWSKI 4 Steffani Gomes PERES 5 Eduardo José FRANÇA 6 Felipe Colvara TEIXEIRA 7 Centro

Leia mais

Qualidade da Internet Banda Larga

Qualidade da Internet Banda Larga Qualidade da Internet Banda Larga Secretaria de Transparência Coordenação de Controle Social DataSenado Novembro de 2014 www.senado.leg.br/datasenado 1 Um terço dos entrevistados já ouviu falar do Programa

Leia mais

PROJETO DE PESQUISA SOBRE A UTILIZAÇÃO DE AMBIENTES VIRTUAIS DE APRENDIZAGEM COMO APOIO AO ENSINO SUPERIOR EM IES DO ESTADO DE SÃO PAULO

PROJETO DE PESQUISA SOBRE A UTILIZAÇÃO DE AMBIENTES VIRTUAIS DE APRENDIZAGEM COMO APOIO AO ENSINO SUPERIOR EM IES DO ESTADO DE SÃO PAULO 552 PROJETO DE PESQUISA SOBRE A UTILIZAÇÃO DE AMBIENTES VIRTUAIS DE APRENDIZAGEM COMO APOIO AO ENSINO SUPERIOR EM IES DO ESTADO DE SÃO PAULO Silvio Carvalho Neto (USP) Hiro Takaoka (USP) PESQUISA EXPLORATÓRIA

Leia mais

Agencia Experimental Unideias 1. Guilherme Pereira da ROSA 2 Andreia Chiara PRIETO 3 UNIVERSIDADE ANHANGUERA-UNIDERP, MS

Agencia Experimental Unideias 1. Guilherme Pereira da ROSA 2 Andreia Chiara PRIETO 3 UNIVERSIDADE ANHANGUERA-UNIDERP, MS Agencia Experimental Unideias 1 Guilherme Pereira da ROSA 2 Andreia Chiara PRIETO 3 UNIVERSIDADE ANHANGUERA-UNIDERP, MS RESUMO Agências experimentais ou pedagógicas dos cursos de Publicidade e Propaganda

Leia mais

PESQUISA DE IMAGEM DO TCE GO SOCIEDADE CIVIL ORGANIZADA

PESQUISA DE IMAGEM DO TCE GO SOCIEDADE CIVIL ORGANIZADA TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO DE GOIAS PROGRAMA NACIONAL DE MODERNIZAÇÃO DO CONTROLE EXTERNO PROMOEX PESQUISA DE IMAGEM DO TCE GO SOCIEDADE CIVIL ORGANIZADA PESQUISA QUANTITATIVA NOVEMBRO / DEZEMBRO / 2010

Leia mais

TCC: PESQUISA MERCADOLÓGICA SHOPPING VIA DIRETA 1

TCC: PESQUISA MERCADOLÓGICA SHOPPING VIA DIRETA 1 TCC: PESQUISA MERCADOLÓGICA SHOPPING VIA DIRETA 1 Juliana Brancaglioni CASCIATORI 2 Letícia Prado dos SANTOS 3 Bruno Monteiro ZONATTO³ Joyce VIEIRA³ Jakeline CASARIN³ Paulo CRISP³ Rodolfo BASSETO³ Weder

Leia mais

25 a 28 de Outubro de 2011 ISBN 978-85-8084-055-1

25 a 28 de Outubro de 2011 ISBN 978-85-8084-055-1 25 a 28 de Outubro de 2011 ISBN 978-85-8084-055-1 RECURSOS HUMANOS EM UMA ORGANIZAÇÃO HOSPITALAR COM PERSPECTIVA DE DESENVOLVIVENTO DO CLIMA ORGANIZACONAL: O CASO DO HOSPITAL WILSON ROSADO EM MOSSORÓ RN

Leia mais

O CONHECIMENTO E O INTERESSE PELA PESQUISA CIENTÍFICA POR PARTE DOS GRADUANDOS EM CIÊNCIAS CONTÁBEIS DO CENTRO DE ENSINO SUPERIOR DO SERIDÓ CERES

O CONHECIMENTO E O INTERESSE PELA PESQUISA CIENTÍFICA POR PARTE DOS GRADUANDOS EM CIÊNCIAS CONTÁBEIS DO CENTRO DE ENSINO SUPERIOR DO SERIDÓ CERES UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO NORTE CENTRO DE ENSINO SUPERIOR DO SERIDÓ DEPARTAMENTO DE CIÊNCIAS EXATAS E APLICADAS CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS O CONHECIMENTO E O INTERESSE PELA PESQUISA CIENTÍFICA

Leia mais

Pesquisa Quantitativa Plastivida. Setembro de 2012

Pesquisa Quantitativa Plastivida. Setembro de 2012 Pesquisa Quantitativa Plastivida Setembro de 2012 objetivo geral Verificar a opinião da população de Belo Horizonte acerca da retirada das sacolas plásticas dos estabelecimentos comerciais da cidade e

Leia mais

Estratégias de Comunicação

Estratégias de Comunicação Prof. Edmundo W. Lobassi A propaganda é parte do marketing e uma das ferramentas da comunicação. Uma boa estratégia de marketing não garante que a campanha de propaganda será boa, mas é condição essencial

Leia mais

PESQUISA DIA DOS PAIS - NATAL

PESQUISA DIA DOS PAIS - NATAL PESQUISA DIA DOS PAIS - NATAL 1 Natal, julho de 2015 Sumário 1. ASPECTOS TÉCNICOS... 3 2. SÍNTESE DOS RESULTADOS... 4 Presentes... 4 Gastos... 4 Local e quando compra... 4 Estratégias... 5 Passeio... 5

Leia mais

Expectativas dos Pequenos Negócios para 2015

Expectativas dos Pequenos Negócios para 2015 Expectativas dos Pequenos Negócios para 2015 Relatório Final Brasília, Novembro/2014 Método Objetivo geral: Levantar as expectativas para 2015 dos pequenos negócios atendidos pelo SEBRAE Método: Pesquisa

Leia mais

METODOLOGIA UTILIZADA PELOS PROFESSORES DE EDUCAÇÃO FÍSICA NO ENSINO MÉDIO DAS ESCOLAS DA REDE ESTADUAL DE JATAÍ-GO RESUMO

METODOLOGIA UTILIZADA PELOS PROFESSORES DE EDUCAÇÃO FÍSICA NO ENSINO MÉDIO DAS ESCOLAS DA REDE ESTADUAL DE JATAÍ-GO RESUMO METODOLOGIA UTILIZADA PELOS PROFESSORES DE EDUCAÇÃO FÍSICA NO ENSINO MÉDIO DAS ESCOLAS DA REDE ESTADUAL DE JATAÍ-GO LIMA, Raiane Ketully Vieira Acadêmica do curso de Educação Física licenciatura da Universidade

Leia mais

PESQUISA DE DEMANDA E PLANEJAMENTO: UM ESTUDO DE CASO DA MÜNCHEN FEST PONTA GROSSA - PR

PESQUISA DE DEMANDA E PLANEJAMENTO: UM ESTUDO DE CASO DA MÜNCHEN FEST PONTA GROSSA - PR 110. ÁREA TEMÁTICA: (marque uma das opções) ( ) COMUNICAÇÃO ( ) CULTURA ( ) DIREITOS HUMANOS E JUSTIÇA ( ) EDUCAÇÃO ( ) MEIO AMBIENTE ( ) SAÚDE ( x ) TRABALHO ( ) TECNOLOGIA PESQUISA DE DEMANDA E PLANEJAMENTO:

Leia mais

FECOMÉRCIO VEÍCULO: NOVO JORNAL DATA: 06.02.15 EDITORIA: CAPA E CIDADES

FECOMÉRCIO VEÍCULO: NOVO JORNAL DATA: 06.02.15 EDITORIA: CAPA E CIDADES FECOMÉRCIO VEÍCULO: NOVO JORNAL DATA: 06.02.15 EDITORIA: CAPA E CIDADES Classificação: Positiva VEÍCULO: TRIBUNA DO NORTE DATA: 06.02.15 EDITORIA: ECONOMIA Classificação: Positiva VEÍCULO: TRIBUNA DO

Leia mais

PESQUISA QUANTITATIVA e QUALITATIVA

PESQUISA QUANTITATIVA e QUALITATIVA universidade de Santa Cruz do Sul Faculdade de Serviço Social Pesquisa em Serviço Social I I PESQUISA QUANTITATIVA e QUALITATIVA BIBLIOGRAFIA: MARCONI, Marina de Andrade; LAKATOS, Eva Maria. Técnicas de

Leia mais

Planejamento de Campanha Publicitária

Planejamento de Campanha Publicitária Planejamento de Campanha Publicitária Prof. André Wander UCAM O briefing chegou. E agora? O profissional responsável pelo planejamento de campanha em uma agência de propaganda recebe o briefing, analisa

Leia mais

LEVANTAMENTO E ANÁLISE DE RETORNO DAS PRINCIPAIS FERRAMENTAS DE MARKETING PROMOCIONAL UTILIZADAS NO MERCADO IMOBILIÁRIO REGIONAL DE BALNEÁRIO CAMBORIÚ

LEVANTAMENTO E ANÁLISE DE RETORNO DAS PRINCIPAIS FERRAMENTAS DE MARKETING PROMOCIONAL UTILIZADAS NO MERCADO IMOBILIÁRIO REGIONAL DE BALNEÁRIO CAMBORIÚ LEVANTAMENTO E ANÁLISE DE RETORNO DAS PRINCIPAIS FERRAMENTAS DE MARKETING PROMOCIONAL UTILIZADAS NO MERCADO IMOBILIÁRIO REGIONAL DE BALNEÁRIO CAMBORIÚ Alexandra Cardoso da Rosa Bittencourt 1 ; Rogério

Leia mais

A IMPORTÂNCIA DO E - COMMERCE UM ESTUDO DE CASO NA LOJASMEL

A IMPORTÂNCIA DO E - COMMERCE UM ESTUDO DE CASO NA LOJASMEL 1 A IMPORTÂNCIA DO E - COMMERCE UM ESTUDO DE CASO NA LOJASMEL Jaqueline Kelly Stipp 1 Jéssica Galindo de Souza 2 Luana Alves dos Santos Lemos 3 Edson Leite Lopes Gimenez 4 RESUMO Esse artigo tem como objetivo

Leia mais

MULHER NO MERCADO DE TRABALHO

MULHER NO MERCADO DE TRABALHO MULHER NO MERCADO DE TRABALHO Tâmara Freitas Barros A mulher continua a ser discriminada no mercado de trabalho. Foi o que 53,2% dos moradores da Grande Vitória afirmaram em recente pesquisa da Futura,

Leia mais

Eduardo J. A. e SILVA 2 Camilla P. BRASILEIRO 3 Claudomilson F. BRAGA 4 Universidade Federal de Goiás, Goiânia, GO

Eduardo J. A. e SILVA 2 Camilla P. BRASILEIRO 3 Claudomilson F. BRAGA 4 Universidade Federal de Goiás, Goiânia, GO Estudo da proporção e o nível de conhecimento dos alunos de graduação do período vespertino do Campus II da UFG sobre o Programa Coleta Seletiva Solidária 1 Eduardo J. A. e SILVA 2 Camilla P. BRASILEIRO

Leia mais

O ENSINO DE EDUCAÇÃO FINANCEIRA NA EDUCAÇÃO DOS JOVENS E ADULTOS EM UMA ABORDAGEM CTS 1. Educação Matemática na Educação de Jovens e Adultos GT 11

O ENSINO DE EDUCAÇÃO FINANCEIRA NA EDUCAÇÃO DOS JOVENS E ADULTOS EM UMA ABORDAGEM CTS 1. Educação Matemática na Educação de Jovens e Adultos GT 11 O ENSINO DE EDUCAÇÃO FINANCEIRA NA EDUCAÇÃO DOS JOVENS E ADULTOS EM UMA ABORDAGEM CTS 1 Educação Matemática na Educação de Jovens e Adultos GT 11 Ana Luiza Araujo COSTA anaepietro26@gmail.com Maria Simone

Leia mais

RESUMO. Jingle 1. PALAVRAS-CHAVE: publicidade; ritmo; evidance; dança; estilos. 1. INTRODUÇÃO

RESUMO. Jingle 1. PALAVRAS-CHAVE: publicidade; ritmo; evidance; dança; estilos. 1. INTRODUÇÃO Jingle 1 Elder de Melo BEZERRA 2 Flora Correia de LIMA 3 Gabriella Ingrid Nogueira de OLIVEIRA 4 Lidiane Batista de MEDEIROS 5 Maria dos Prazeres Paixão da SILVA 6 Raquel Dantas de MEDEIROS 7 Tane QUEIROZ

Leia mais

RESUMO EXECUTIVO PESQUISA: Relação da população de Natal com a leitura: Uma Abordagem Quantitativa

RESUMO EXECUTIVO PESQUISA: Relação da população de Natal com a leitura: Uma Abordagem Quantitativa RESUMO EXECUTIVO PESQUISA: Relação da população de Natal com a leitura: Uma Abordagem Quantitativa Contratante: INSTITUTO DE DESENVOLVIMENTO DA EDUCAÇÃO - IDE Realização : CERTUS PESQUISA E CONSULTORIA

Leia mais

MBA em Gestão Estratégica

MBA em Gestão Estratégica MBA em Gestão Estratégica Disciplina Extra Metodologia Científica Profa. Dra. Sonia Valle W. B. Oliveira Parte 1-23/03/2012 Parte 2-30/03/2012 1 Aula Extra Parte 2 Metodologia Científica 2 Agenda Dados

Leia mais

Pesquisa. Intenção de

Pesquisa. Intenção de Pesquisa SPC BRASIL: Intenção de Compras para o Natal Novembro/2013 Pesquisa do SPC Brasil revela que brasileiros pretendem gastar mais e comprar mais presentes neste Natal Se depender dos consumidores

Leia mais

Pesquisa APAE de Santa Bárbara d Oeste 1

Pesquisa APAE de Santa Bárbara d Oeste 1 Pesquisa APAE de Santa Bárbara d Oeste 1 Caroline Matias VENTURA 2 Edinelson Cristiano PRAZER 3 Oziel CARVALHO 4 Pâmela FARIA 5 Raphael Laudissi PINHEIRO 6 Rodolfo MIRANDA 7 Paulo César D'ELBOUX 8 Vivian

Leia mais

COLABORADOR(ES): FÁBIO EDUARDO DIAS, MARCELO PRADA, VIVIAN ELENA BARBONI

COLABORADOR(ES): FÁBIO EDUARDO DIAS, MARCELO PRADA, VIVIAN ELENA BARBONI TÍTULO: EMBALAGEM - DELIVERY ESFIHA VARANDA CATEGORIA: CONCLUÍDO ÁREA: CIÊNCIAS SOCIAIS APLICADAS SUBÁREA: COMUNICAÇÃO SOCIAL INSTITUIÇÃO: FACULDADE ANHANGUERA DE SANTA BÁRBARA AUTOR(ES): RENAN HENRIQUE

Leia mais

Somos Únicos, Porém Iguais 1

Somos Únicos, Porém Iguais 1 Somos Únicos, Porém Iguais 1 Juliana ZACARIAS 2 Cris Ávila DIAS Daniel de MELO Edson SOARES Fábio SIMÕES Guilherme PANGNOTTA Lorena FERREIRA Mariana MARTINO Nayni CORALINE 3 Paula GUEDES Lamounier LUCAS

Leia mais

Website desenvolvido como peça de apoio para uma proposta de campanha acessível para redes de restaurantes do segmento fast-food 1

Website desenvolvido como peça de apoio para uma proposta de campanha acessível para redes de restaurantes do segmento fast-food 1 Website desenvolvido como peça de apoio para uma proposta de campanha acessível para redes de restaurantes do segmento fast-food 1 Bianca Said SALIM 2 Lorran Coelho Ribeiro de FARIA 3 Pedro Martins GODOY

Leia mais

RELATÓRIO FINAL DE PESQUISA DE INTENÇÃO DE COMPRAS DIA DAS CRIANÇAS 2013

RELATÓRIO FINAL DE PESQUISA DE INTENÇÃO DE COMPRAS DIA DAS CRIANÇAS 2013 RELATÓRIO FINAL DE PESQUISA DE INTENÇÃO DE COMPRAS DIA DAS CRIANÇAS 2013 CONVÊNIO UCDB-ACICG 20/09/2013 RELATÓRIO FINAL DE PESQUISA DE INTENÇÃO DE COMPRAS DIA DAS CRIANÇAS 2013 CONVÊNIO UCDB-ACICG Professores

Leia mais

CLIENTE A Autoescola Paula está localizada na Avenida Paraná, nº 1641, no bairro Bacacheri, que compõe a região do Boa Vista. É um CFC de pequeno porte, que conta com 15 funcionários e 10 veículos. Oferecem

Leia mais

Tristes Olhos 1. Lamonier Charles Souza de ARAÚJO 2 * Itamar de Morais NOBRE 3 Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, RN

Tristes Olhos 1. Lamonier Charles Souza de ARAÚJO 2 * Itamar de Morais NOBRE 3 Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, RN Tristes Olhos 1 Lamonier Charles Souza de ARAÚJO 2 * Itamar de Morais NOBRE 3 Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, RN RESUMO O presente trabalho trata-se de um registro fotográfico realizado

Leia mais

Opinião da População Sobre a Cobrança das Sacolas Plásticas Reutilizáveis. Agosto de 2015

Opinião da População Sobre a Cobrança das Sacolas Plásticas Reutilizáveis. Agosto de 2015 Opinião da População Sobre a Cobrança das Sacolas Plásticas Reutilizáveis Agosto de 2015 2 A Lei nº 15.374 de 2011 proíbe a disponibilização de sacolas plásticas descartáveis nos estabelecimentos comerciais

Leia mais

O LABORATÓRIO DE PESQUISA DA UNICARIOCA

O LABORATÓRIO DE PESQUISA DA UNICARIOCA Ingressar em um emprego mediante concurso público é ambição para muitas pessoas, isso se deve ao fato de que o salário oferecido, a estabilidade, os benefícios na maioria dos cargos é bastante superior

Leia mais

Pesquisa de opinião pública. sobre. Energia elétrica. Brasil

Pesquisa de opinião pública. sobre. Energia elétrica. Brasil 2ª Pesquisa de opinião pública sobre Energia Elétrica Brasil Outubro/ 2015 Pesquisa de opinião pública sobre Energia elétrica Brasil Junho de 2014 IBOPE Metodologia Pesquisa quantitativa com aplicação

Leia mais

As Etapas da Pesquisa D R. G U A N I S D E B A R R O S V I L E L A J U N I O R

As Etapas da Pesquisa D R. G U A N I S D E B A R R O S V I L E L A J U N I O R As Etapas da Pesquisa D R. G U A N I S D E B A R R O S V I L E L A J U N I O R INTRODUÇÃO A pesquisa é um procedimento reflexivo e crítico de busca de respostas para problemas ainda não solucionados. O

Leia mais

O PROJETO DE PESQUISA CIENTÍFICA E SUA APLICAÇÃO

O PROJETO DE PESQUISA CIENTÍFICA E SUA APLICAÇÃO O PROJETO DE PESQUISA CIENTÍFICA E SUA APLICAÇÃO Objetivos: Apresentar a estrutura básica de um projeto de pesquisa com vistas a sua elaboração FACULDADES INTEGRADAS DE BAURU GESTÃO DA COMUNICAÇÃO MERCADOLÓGICA

Leia mais

Pinacoteca do Estado de São Paulo: proposta de estudo publicitário para um museu de arte estatal 1

Pinacoteca do Estado de São Paulo: proposta de estudo publicitário para um museu de arte estatal 1 Pinacoteca do Estado de São Paulo: proposta de estudo publicitário para um museu de arte estatal 1 Ana Grazielle de Sá ALMEIDA 2 André da Rocha PINA 3 Diego Felipe Cezar ESTEVES 4 Rodrigo Barreto BEZERRA

Leia mais

SUMÁRIO. Localidades da pesquisa, amostra e entrevistas realizadas por Área de Planejamento AP s 2. Caracterização do entrevistado sem carteira 04

SUMÁRIO. Localidades da pesquisa, amostra e entrevistas realizadas por Área de Planejamento AP s 2. Caracterização do entrevistado sem carteira 04 Pesquisa de Opinião Pública sobre as Campanhas Educativas para o Trânsito & da I m a g e m I n s t i t u c i o n a l da CET- RIO Relatório de Pesquisa 2008 SUMÁRIO APRESENTAÇÃO 03 PRINCIPAIS RESULTADOS

Leia mais

AVALIAÇÃO DOS PLANOS DE SAÚDE PELOS USUÁRIOS ANO II SÃO PAULO 2013

AVALIAÇÃO DOS PLANOS DE SAÚDE PELOS USUÁRIOS ANO II SÃO PAULO 2013 1 AVALIAÇÃO DOS PLANOS DE SAÚDE PELOS USUÁRIOS ANO II SÃO PAULO Temas 2 Objetivo e metodologia Utilização dos serviços do plano de saúde e ocorrência de problemas Reclamação ou recurso contra o plano de

Leia mais

Campanha ONG Animais 1

Campanha ONG Animais 1 Campanha ONG Animais 1 Bruna CARVALHO 2 Carlos VALÉRIO 3 Mayara BARBOSA 4 Rafaela ALVES 5 Renan MADEIRA 6 Romulo SOUZA 7 Marcelo PRADA 8 Paulo César D ELBOUX 9 Faculdade Anhanguera Santa Bárbara, Santa

Leia mais

Pesquisa Perfil das Empresas de Consultoria no Brasil

Pesquisa Perfil das Empresas de Consultoria no Brasil Pesquisa Perfil das Empresas de Consultoria no Brasil 2014 Objetivo Metodologia Perfil da Empresa de Consultoria Características das Empresas Áreas de Atuação Honorários Perspectivas e Percepção de Mercado

Leia mais

Trabalho submetido ao XVIII Prêmio Expocom 2011, na Categoria Cartaz Avulso, modalidade cartaz avulso.

Trabalho submetido ao XVIII Prêmio Expocom 2011, na Categoria Cartaz Avulso, modalidade cartaz avulso. RESUMO Email Marketing: Pós-Graduação em Arquitetura Contemporânea 1 Silvia Fernanda Santos de SENA 2 Thiago Jerohan Albuquerque da Cruz 3 Fernando Israel FONTANELLA 4 Universidade Católica de Pernambuco,

Leia mais

IDEAL EM QUALQUER OCASIÃO. 1

IDEAL EM QUALQUER OCASIÃO. 1 IDEAL EM QUALQUER OCASIÃO. 1 Gabriela Caroline BERNARDI ² Danielle Soares de CARVALHO ³ Jessica Dos Santos BATISTA 4 João Paulo SPRICIGO 5 Laysa PASCON 6 Michele Bredariol TEIXEIRA 7 Paulo Henrique Paes

Leia mais

Teste Cego Comprova: A Importância da Marca na Tomada de Decisão de Consumo de Refrigerante Sabor Guaraná 1

Teste Cego Comprova: A Importância da Marca na Tomada de Decisão de Consumo de Refrigerante Sabor Guaraná 1 Teste Cego Comprova: A Importância da Marca na Tomada de Decisão de Consumo de Refrigerante Sabor Guaraná 1 Camila Menezes TORRES² Bruna Fonseca KASTRUP³ Maxuell Cardoso PORTO 4 Tânia Maria Bassetti de

Leia mais

METODOLOGIA AMOSTRA ABRANGÊNCIA PERÍODO MARGEM DE ERRO. A margem de erro máxima para o total da amostra é 2,0 pontos percentuais.

METODOLOGIA AMOSTRA ABRANGÊNCIA PERÍODO MARGEM DE ERRO. A margem de erro máxima para o total da amostra é 2,0 pontos percentuais. METODOLOGIA METODOLOGIA AMOSTRA ABRANGÊNCIA PERÍODO MARGEM DE ERRO 2.085 pessoas foram entrevistadas, a partir de 16 anos, de todos os níveis econômicos em todas as regiões do país. As entrevistas foram

Leia mais

É Natural Educar Assim 1

É Natural Educar Assim 1 É Natural Educar Assim 1 Luana da Silva de ANDRADE 2 Larissa Santos de ASSIS 3 Luana Cristina KNOD 4 Rafaela Ritz dos SANTOS 5 Simone Cristina KAUFMANN 6 Tamires Lopes SILVA 7 YhevelinSerrano GUERIN 8

Leia mais

Consultando a população de sete capitais sobre meio ambiente e qualidade de vida Realização:

Consultando a população de sete capitais sobre meio ambiente e qualidade de vida Realização: Consultando a população de sete capitais sobre meio ambiente e qualidade de vida Realização: PRINCIPAL OBJETIVO PESQUISA QUANTITATIVA Fornecer informações sobre o conhecimento acerca do GREENPEACE e suas

Leia mais

População brasileira Música - Internet Propaganda. Outubro/ 2007

População brasileira Música - Internet Propaganda. Outubro/ 2007 População brasileira Música - Internet Propaganda Outubro/ 00 Objetivo Este estudo têm como objetivo identificar entre a população brasileira os seguintes aspectos: Música estilo musical mais ouvido; Internet

Leia mais

PERFIL DOS USUÁRIOS DE E-COMMERCE EM GUAÍBA

PERFIL DOS USUÁRIOS DE E-COMMERCE EM GUAÍBA PERFIL DOS USUÁRIOS DE E-COMMERCE EM GUAÍBA João Antonio Jardim Silveira 1 Amilto Muller ¹ Luciano Fagundes da Silva ¹ Luis Rodrigo Freitas ¹ Marines Costa ¹ RESUMO O presente artigo apresenta os resultados

Leia mais

RELATÓRIO FINAL DE PESQUISA DE INTENÇÃO DE COMPRAS DIA DAS CRIANÇAS 2012

RELATÓRIO FINAL DE PESQUISA DE INTENÇÃO DE COMPRAS DIA DAS CRIANÇAS 2012 RELATÓRIO FINAL DE PESQUISA DE INTENÇÃO DE COMPRAS DIA DAS CRIANÇAS 2012 CONVÊNIO UCDB-ACICG-PMCG 26/09/2012 RELATÓRIO FINAL DE PESQUISA DE INTENÇÃO DE COMPRAS DIA DAS CRIANÇAS 2012 CONVÊNIO UCDB-ACICG-PMCG

Leia mais

Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo Conselho Regional de Medicina rayer@usp.br

Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo Conselho Regional de Medicina rayer@usp.br Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo Conselho Regional de Medicina rayer@usp.br RELAÇÃO DOS MÉDICOS COM A INDÚSTRIA DE MEDICAMENTOS, ÓRTESES/ PRÓTESE E EQUIPAMENTOS MÉDICO-HOSPITALARES Conhecer

Leia mais

MOTIVAÇÃO NO SERVIÇO PÚBLICO EDUCACIONAL DE RONDONÓPOLIS.

MOTIVAÇÃO NO SERVIÇO PÚBLICO EDUCACIONAL DE RONDONÓPOLIS. MOTIVAÇÃO NO SERVIÇO PÚBLICO EDUCACIONAL DE RONDONÓPOLIS. 1 SILVA, Benair Alves da 2 DA ROSA, Wanderlan Barreto RESUMO O artigo tem a intenção de saber se os servidores públicos educacionais de Rondonópolis

Leia mais

COLETA DE DADOS PROFA. ENIMAR JERÔNIMO WENDHAUSEN

COLETA DE DADOS PROFA. ENIMAR JERÔNIMO WENDHAUSEN COLETA DE DADOS PROFA. ENIMAR JERÔNIMO WENDHAUSEN Objetivo da aula Conhecer os instrumentos de coleta de dados, suas vantagens e limitações. Caminhos Para a Obtenção de Dados Pesquisa em ciências sociais

Leia mais

Pesquisa de opinião pública. sobre. Energia elétrica. Brasil

Pesquisa de opinião pública. sobre. Energia elétrica. Brasil 2ª Pesquisa de opinião pública sobre Energia Elétrica Brasil Julho de 2015 Pesquisa de opinião pública sobre Energia elétrica Brasil Junho de 2014 IBOPE Metodologia Pesquisa quantitativa com aplicação

Leia mais

Aula 13 Elaboração de Questionários

Aula 13 Elaboração de Questionários Metodologia Científica Aula 13 Elaboração de Questionários Profa. Ms. Daniela Cartoni daniela_cartoni@yahoo.com.br Elaboração de Questionários DETERMINAÇÃO DAS VARIÁVEIS DE PESQUISA Um bom questionário

Leia mais

RELATÓRIO DE AVALIAÇÃO

RELATÓRIO DE AVALIAÇÃO RELATÓRIO DE AVALIAÇÃO 1. PRÁTICA DE GESTÃO EFICAZ - Projeto Via Turismo 1.1 Histórico da Prática Eficaz Descrever como surgiu o programa/prática e indicar a data de início das ações. O Projeto Via Turismo

Leia mais

TÍTULO: RECRUTAMENTO E SELEÇÃO DE PESSOAS ESTUDO DE CASO NO RAMO VAREJISTA DE SUPERMERCADOS NA CIDADE DE SANTA ALBERTINA/SP

TÍTULO: RECRUTAMENTO E SELEÇÃO DE PESSOAS ESTUDO DE CASO NO RAMO VAREJISTA DE SUPERMERCADOS NA CIDADE DE SANTA ALBERTINA/SP TÍTULO: RECRUTAMENTO E SELEÇÃO DE PESSOAS ESTUDO DE CASO NO RAMO VAREJISTA DE SUPERMERCADOS NA CIDADE DE SANTA ALBERTINA/SP CATEGORIA: CONCLUÍDO ÁREA: CIÊNCIAS SOCIAIS APLICADAS SUBÁREA: ADMINISTRAÇÃO

Leia mais

RETRATOS DA SOCIEDADE BRASILEIRA: LOCOMOÇÃO URBANA AGOSTO/2011

RETRATOS DA SOCIEDADE BRASILEIRA: LOCOMOÇÃO URBANA AGOSTO/2011 RETRATOS DA SOCIEDADE BRASILEIRA: LOCOMOÇÃO URBANA AGOSTO/2011 PESQUISA CNI-IBOPE CONFEDERAÇÃO NACIONAL DA INDÚSTRIA - CNI Robson Braga de Andrade Presidente Diretoria Executiva - DIREX José Augusto Coelho

Leia mais

A Evolução da Mídia Exterior. Dados Demográficos TUBARÃO

A Evolução da Mídia Exterior. Dados Demográficos TUBARÃO A Evolução da Mídia Exterior Dados Demográficos TUBARÃO TUBARÃO Tubarão tem como atividades econômicas o comércio, a agricultura e a pecuária, com destaque também para empresas do setor de cerâmica. O

Leia mais

SELEÇÃO INTERNA UNINTER EXPOCOM 2014 REGIONAL

SELEÇÃO INTERNA UNINTER EXPOCOM 2014 REGIONAL SELEÇÃO INTERNA UNINTER EXPOCOM 2014 REGIONAL Está na hora de tirar os trabalhos da gaveta! Fique atento e participe!!! É para já!!! O que é o Expocom? O Expocom (Exposição de Pesquisa Experimental em

Leia mais

Faça viver! 1. Johnny William Mendonça de OLIVEIRA 2. Ramon Moisés de SOUSA 4 Gustavo Henrique Ferreira BITTENCOURT 5

Faça viver! 1. Johnny William Mendonça de OLIVEIRA 2. Ramon Moisés de SOUSA 4 Gustavo Henrique Ferreira BITTENCOURT 5 Faça viver! 1 Johnny William Mendonça de OLIVEIRA 2 Rodrigo Mendonça de OLIVEIRA 3 Ramon Moisés de SOUSA 4 Gustavo Henrique Ferreira BITTENCOURT 5 Universidade Potiguar - UnP, Natal, RN RESUMO O outdoor

Leia mais

O perfil do consumidor de pizza na cidade de Juazeiro-BA 1

O perfil do consumidor de pizza na cidade de Juazeiro-BA 1 O perfil do consumidor de pizza na cidade de Juazeiro-BA 1 Gabriela Cristina Sá Campelo dos ANJOS 2 Adna Alana Coelho ANDRADE 3 Adolfo Ivo Santos de ANDRADE 4 Leticia Marinho PIRES 5 Kelma Nunes PEREIRA

Leia mais

PLANO DE DISCIPLINA. Faculdade Internacional do Delta Curso: Serviço Social. Período: 1º/2014 1. UNIDADE TEMÁTICA:

PLANO DE DISCIPLINA. Faculdade Internacional do Delta Curso: Serviço Social. Período: 1º/2014 1. UNIDADE TEMÁTICA: PLANO DE DISCIPLINA Faculdade Internacional do Delta Curso: Serviço Social Coordenação: Naiara Magalhães Professor (a): Adriana Barros Disciplina: Pesquisa Social I Carga horária: 60h Período: 1º/2014

Leia mais

RELATÓRIO DA PESQUISA DA QUALIDADE DE VIDA NA CIDADE DE ARACRUZ.

RELATÓRIO DA PESQUISA DA QUALIDADE DE VIDA NA CIDADE DE ARACRUZ. RELATÓRIO DA PESQUISA DA QUALIDADE DE VIDA NA CIDADE DE ARACRUZ. Apresentação Este relatório contém os resultados da 1ª pesquisa de Qualidade de Vida na cidade de Aracruz solicitada pela FACE. O objetivo

Leia mais

Tópicos Abordados. Pesquisa de Mercado. Aula 1. Contextualização

Tópicos Abordados. Pesquisa de Mercado. Aula 1. Contextualização Pesquisa de Mercado Aula 1 Prof. Me. Ricieri Garbelini Tópicos Abordados 1. Identificação do problema ou situação 2. Construção de hipóteses ou determinação dos objetivos 3. Tipos de pesquisa 4. Métodos

Leia mais

Objetivos. Capítulo 16. Cenário para discussão. Comunicações de marketing. Desenvolvimento de comunicações de marketing eficazes

Objetivos. Capítulo 16. Cenário para discussão. Comunicações de marketing. Desenvolvimento de comunicações de marketing eficazes Capítulo 16 e administração de comunicações integradas de marketing Objetivos Aprender quais são as principais etapas no desenvolvimento de um programa eficaz de comunicações integradas de marketing. Entender

Leia mais

Dados de Pesquisa. Consumo e meio ambiente: hábitos do consumidor pelotense. Pelotas, setembro de 2009.

Dados de Pesquisa. Consumo e meio ambiente: hábitos do consumidor pelotense. Pelotas, setembro de 2009. Dados de Pesquisa Consumo e meio ambiente: hábitos do consumidor pelotense IPO - Porto Alegre RS Rua São Manoel, 239 Rio Branco - CEP 962-11 Fone: (51) 3286-6156 E-mail: ipo@ipo.inf.br IPO Pelotas - RS

Leia mais

UNIVERSIDADE SANTA CECÍLIA

UNIVERSIDADE SANTA CECÍLIA PED PESQUISA DE EMPREGO E DESEMPREGO NA CIDADE DE SANTOS Setembro - 2014 OBJETIVO Os principais objetivos desta pesquisa são conhecer e divulgar a situação do emprego e desemprego na cidade de Santos,

Leia mais

RELATÓRIO DE PESQUISA INSTITUCIONAL: Avaliação dos alunos egressos de Direito

RELATÓRIO DE PESQUISA INSTITUCIONAL: Avaliação dos alunos egressos de Direito RELATÓRIO DE PESQUISA INSTITUCIONAL: Avaliação dos alunos egressos de Direito CARIACICA-ES ABRIL DE 2011 FACULDADE ESPÍRITO SANTENSE DE CIÊNCIAS JURÍDICAS Pesquisa direcionada a alunos egressos dos cursos

Leia mais

Oito em cada dez brasileiros não sabem como controlar as próprias despesas, mostra estudo do SPC Brasil

Oito em cada dez brasileiros não sabem como controlar as próprias despesas, mostra estudo do SPC Brasil Oito em cada dez brasileiros não sabem como controlar as próprias despesas, mostra estudo do SPC Brasil Mais de um terço dos brasileiros desconhecem o valor das contas que vencem no próximo mês. Falta

Leia mais

A PERCEPÇÃO DE VALOR DOS SUCOS NÉCTAR CAMP PESQUISA COM CONSUMIDOR E TESTE CEGO GENERAL BRANDS SUCOS NÉCTAR CAMP

A PERCEPÇÃO DE VALOR DOS SUCOS NÉCTAR CAMP PESQUISA COM CONSUMIDOR E TESTE CEGO GENERAL BRANDS SUCOS NÉCTAR CAMP A PERCEPÇÃO DE VALOR DOS SUCOS NÉCTAR CAMP PESQUISA COM CONSUMIDOR E TESTE CEGO GENERAL BRANDS SUCOS NÉCTAR CAMP Renato Gonçalves Pereira 1 João Pedro Nunes Costa 2 Allan Pedretti Pereira 3 Larissa Marques

Leia mais

ASPARMIG- Pelo que você corre? 1

ASPARMIG- Pelo que você corre? 1 ASPARMIG- Pelo que você corre? 1 Nayara CAMPOS 2 Bárbara CAROLINA 3 Brenda SIQUEIRA 4 Emília RODRIGUES 5 Elisa FERRARI 6 Flávia POLASTRI 7 Gabriela NEVES 8 Laísa ANRADE 9 Luiza CHEIB 10 Lamounier LUCAS

Leia mais

O INCENTIVO DAS AULAS DE CAMPO NO ENSINO DE GEOCIÊNCIAS

O INCENTIVO DAS AULAS DE CAMPO NO ENSINO DE GEOCIÊNCIAS Revista Eletrônica Novo Enfoque, ano 2013, v. 17, n. 17, p. 94 99 O INCENTIVO DAS AULAS DE CAMPO NO ENSINO DE GEOCIÊNCIAS SANTOS, Maria do Carmo Pereira¹ BEZERRA, Hannah Priscilla Alves¹ FIRMINO, Andressa

Leia mais

Introdução... 4. Percepção sobre a economia e o comércio... 5. Gargalos da economia brasileira... 7. Consumo das famílias... 8

Introdução... 4. Percepção sobre a economia e o comércio... 5. Gargalos da economia brasileira... 7. Consumo das famílias... 8 Conteúdo Introdução... 4 Percepção sobre a economia e o comércio... 5 Gargalos da economia brasileira... 7 Consumo das famílias... 8 Ambiente regulatório... 9 Logística pública... 10 Mão de obra... 10

Leia mais

3 Metodologia. 3.1. Introdução

3 Metodologia. 3.1. Introdução 3 Metodologia 3.1. Introdução Este capítulo é dedicado à forma de desenvolvimento da pesquisa. Visa permitir, através da exposição detalhada dos passos seguidos quando da formulação e desenvolvimento do

Leia mais

Atitudes pela Educação Novembro de 2014

Atitudes pela Educação Novembro de 2014 Atitudes pela Educação Novembro de 2014 Realização: Instituto Paulo Montenegro IBOPE Inteligência Parceiros da pesquisa: Todos Pela Educação Fundação Itaú Social Fundação Maria Cecília Souto Vidigal Fundação

Leia mais

High Potentials, Talentos e Sucessão no Brasil

High Potentials, Talentos e Sucessão no Brasil High Potentials, Talentos e Sucessão no Brasil P e s q u i s a d a F u n d a ç ã o G e t u l i o V a r g a s I n s t i t u t o d e D e s e n v o l v i m e n t o E d u c a c i o n a l Conteúdo 1. Propósito

Leia mais

1ª RODADA NOVA S/B-IBOPE Comunicação de Interesse Público PESQUISA TELEFÔNICA NACIONAL SOBRE AQUECIMENTO GLOBAL. IBOPE Opinião

1ª RODADA NOVA S/B-IBOPE Comunicação de Interesse Público PESQUISA TELEFÔNICA NACIONAL SOBRE AQUECIMENTO GLOBAL. IBOPE Opinião 1ª RODADA NOVA S/B-IBOPE Comunicação de Interesse Público PESQUISA TELEFÔNICA NACIONAL SOBRE AQUECIMENTO GLOBAL Metodologia Pesquisa quantitativa, com aplicação de questionário estruturado através de entrevistas

Leia mais

A SATISFAÇÃO DOS CLIENTES DE UMA TRANSPORTADORA DA CIDADE DE SÃO PAULO: UM ESTUDO DE CASO

A SATISFAÇÃO DOS CLIENTES DE UMA TRANSPORTADORA DA CIDADE DE SÃO PAULO: UM ESTUDO DE CASO 25 a 28 de Outubro de 2011 ISBN 978-85-8084-055-1 A SATISFAÇÃO DOS CLIENTES DE UMA TRANSPORTADORA DA CIDADE DE SÃO PAULO: UM ESTUDO DE CASO Marcelo Cristian Vieira 1, Carolina Zavadzki Martins 2,Gerliane

Leia mais

Pesquisa sobre o transporte escolar oferecido aos alunos do Instituto Federal Farroupilha Câmpus Alegrete

Pesquisa sobre o transporte escolar oferecido aos alunos do Instituto Federal Farroupilha Câmpus Alegrete 0 Pesquisa sobre o transporte escolar oferecido aos alunos do Instituto Federal Farroupilha Câmpus Alegrete Autores: Alunos da Turma 201 da Licenciatura em Matemática Orientador: Professor Mauricio Lutz

Leia mais

RETRATOS DA SOCIEDADE BRASILEIRA: SAÚDE PÚBLICA JANEIRO/2012

RETRATOS DA SOCIEDADE BRASILEIRA: SAÚDE PÚBLICA JANEIRO/2012 RETRATOS DA SOCIEDADE BRASILEIRA: SAÚDE PÚBLICA JANEIRO/2012 Pesquisa CNI-IBOPE CONFEDERAÇÃO NACIONAL DA INDÚSTRIA - CNI Robson Braga de Andrade Presidente Diretoria Executiva - DIREX José Augusto Coelho

Leia mais

DOAÇÃO DE SANGUE. Raquel Rocha Gomes

DOAÇÃO DE SANGUE. Raquel Rocha Gomes DOAÇÃO DE SANGUE Raquel Rocha Gomes O dia 25 de novembro é nacionalmente comemorado como o dia do doador de sangue. Aproveitando esse tema, a Futura realizou uma pesquisa com os moradores da Grande Vitória

Leia mais

Blog NoRascunho 1. Andrew Philip Saldanha de FRANÇA 2 Melissa Cirne de Lucena 3 Universidade Potiguar, Natal, RN

Blog NoRascunho 1. Andrew Philip Saldanha de FRANÇA 2 Melissa Cirne de Lucena 3 Universidade Potiguar, Natal, RN Blog NoRascunho 1 Andrew Philip Saldanha de FRANÇA 2 Melissa Cirne de Lucena 3 Universidade Potiguar, Natal, RN RESUMO Como forma de registrar acontecimentos ligados a área da comunicação com um foco em

Leia mais