Relógio de Bolinhas Montagem de Flávio Machado Desenhos de Alex Sandro

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Relógio de Bolinhas Montagem de Flávio Machado Desenhos de Alex Sandro"

Transcrição

1 Relógio de Bolinhas Montagem de Flávio Machado Desenhos de Alex Sandro Construir este relógio foi um desafio, pois não dispunha de nenhum projeto e o que tinha eram apenas fotos, por isso relutava em entrar nesta empreitada. Numa viagem que fiz para Recife, vi em uma loja no aeroporto um relógio deste na vitrine funcionando. Como dispunha de tempo, fiquei lá, observando e memorizando os detalhes e funcionamentos. Cheguei a conclusão que dava para encarar. Quero agradecer ao amigo Alex Sandro, (estevamalex) que além de fazer a avaliação do tutorial, decidiu colaborar, fazendo também os desenhos em CAD para facilitar a quem quisesse construir o relógio, atitude que possibilitou expandir as possibilidades do projeto. Os desenhos estão disponibilizados em PDF e em DXF. Os desenhos foram feitos em tamanho 1:1 (com exceção da base geral que foi feito na proporção de 1:2). Os desenhos feitos em DXF são para aqueles que quiserem construir o relógio com ajuda de uma máquina CNC. Para quem quiser ver o relógio funcionando, ele está no Youtube: Tanto eu, quanto ao meu amigo Alex, esperamos ter ofertado um tutorial que possa agradar a todos e esperamos que muitos se aventurem a construir seus próprios relógios. Caso você decida montar, não deixe de me informar e se possível enviar fotos. Caso decida divulgar este trabalho em outros sites, não esqueça de mencionar a fonte informando o link: Copyright by Flávio Machado Direitos reservados Página 1

2 Antes de iniciarmos a montagem, vamos dar uma passada geral para ver como funciona a geringonça ou strovegna como dizem alguns companheiros marceneiros. O processo é muito simples, pois depende apenas de um motorzinho que gira a 1rpm, ou seja, é ele que vai determinar a precisão de todo o mecanismo. O resto, são apenas cuidados para que as trilhas e as gangorras funcionem direitinho. Vamos lá? Notinha: Caso você consiga montar o seu relógio, baseado neste tutorial e decidir colocar o filme no Youtube ou em outro site, por favor, não esqueça de mencionar este tutorial e onde pode ser baixado, Ok? Nada mais justo, não é? Assim você ajuda a divulgar meu trabalho e consequentemente ajuda outros a montar também. Copyright by Flávio Machado Direitos reservados Página 2

3 Apresentação O braço articulado que está preso no eixo do motor, tem duas garras em uma das pontas, ao girar, encontra e recolhe uma a uma as bolinhas enfileiradas. Copyright by Flávio Machado Direitos reservados Página 3

4 O braço recolhe a primeira bolinha da fila e leva para cima onde será colocada na primeira trilha. A bolinha vai fazer o caminho, a curva e cair mansamente na primeira gangorra. Esta primeira gangorra conta 5 minutos. Copyright by Flávio Machado Direitos reservados Página 4

5 Quando a quinta bolinha chegar na gangorra, faz com que a mesma incline com o peso e descarregue para a segunda trilha. Neste momento, quatro bolinhas são devolvidas e uma vai por um caminho paralelo onde no final há um buraco fazendo com que ela caia numa trilha simples de retorno que fica embaixo onde seguirá para a segunda gangorra. A segunda gangorra conta também minutos, só que de 5 em 5, ou seja, cada bolinha que entra nela representa 5 minutos. Ela fica parada até a 11ª bolinha, quando a 12ª chega, a gangorra inclina-se e descarrega, sendo que 11 bolinhas serão devolvidas e uma será enviada para a gangorra de baixo, a terceira. A terceira gangorra marca as horas. Nela deve haver uma bolinha fixa, colada que nunca sai do lugar. Ela representa a primeira hora, ou a bola de numero 1. Copyright by Flávio Machado Direitos reservados Página 5

6 Quando esta gangorra estiver com 12 bolinhas (meio dia ou meia noite) e estiver entrando mais uma, significa que será 1 hora e no momento que esta bolinha entrar, a gangorra se inclinará e devolverá todas as bolinhas. Quando a segunda gangorra descarrega, se todas as bolinhas forem para a torre de descida ao mesmo tempo, vai haver um engarrafamento ou seja, as bolinhas ficarão entaladas na torre. Para evitar isso é necessário colocar um liberador de bolinhas, este mecanismo vai liberar as bolinhas pouco a pouco. Assim as bolinhas são devolvidas com segurança encerrando o ciclo. Copyright by Flávio Machado Direitos reservados Página 6

7 Começando a montagem Agora que já sabemos o funcionamento podemos partir para a montagem. Pra começar você vai precisar de 35 bolinhas e um motor que gire a 1rpm. As bolinhas que usei têm 16 mm de diâmetro. Deve existir no mercado bolinhas com diâmetros diferentes, caso ocorra isso, as medidas que vou passar neste tutorial deverão ser revistas. Antes de iniciar a montagem, baixe os desenhos para tê-los à mão e assim na medida que for lendo o tutorial, vai avaliando os desenhos e entendendo o procedimento. Copyright by Flávio Machado Direitos reservados Página 7

8 Primeira trilha Pra começar vamos preparar a primeira trilha, aquela que recebe a primeira bolinha. Todas as trilhas bem como todas as gangorras fiz com compensado, sendo as guias em 6 mm e a base em 4mm. A primeira trilha tem comprimento de 395 mm e 75 mm de largura. Como padrão eu usei tanto nas trilhas, quanto nas gangorras as mesmas medidas, ou seja, comecei com 5 mm, mais 17 mm e mais 5 mm. Os 17 mms devem ser eliminados, mantendo apenas os de 5 mms os quais serão colados na base. Na primeira foto, como você pode ver, desenhei direto no compensado. Copyright by Flávio Machado Direitos reservados Página 8

9 Cole a guia na base. Parte desta trilha iremos utilizar para fazer uma trilha simples de devolução, isto é, a terceira. Primeira gangorra Copyright by Flávio Machado Direitos reservados Página 9

10 Aí está a primeira gangorra. Ela tem 170 mm de comprimento por 48 mm de largura. Note na quarta foto a colagem da ilha, é necessário que esteja bem alinhada para não causar problemas na hora de devolver as bolinhas. Copyright by Flávio Machado Direitos reservados Página 10

11 Para o eixo da gangorra cortei um sarrafinho de 17mm por 17mm por 50mm de comprimento. Fiz um furo no centro com uma broca de 6,5 mm. Cortei um taruguinho de 6 mm de diâmetro por 75 mm de comprimento. Montei uma torre de teste só para verificar o funcionamento das gangorras. Copyright by Flávio Machado Direitos reservados Página 11

12 Segunda trilha Aí está a segunda trilha. Ela tem 210 mm de comprimento por 170 mm de largura. Note que de um lado tem uma trilha simples e do outro uma trilha dupla. A trilha interna é a que recolherá a bolinha para a gangorra de baixo. No final desta trilha deverá ser feito um furo com uma broca chata de 18 mm por onde passara a bolinha. Copyright by Flávio Machado Direitos reservados Página 12

13 Veja no detalhe o furo por onde a bolinha irá passar para a trilha de baixo. Este furo vai na segunda e na quarta trilha. Observe que há uma guarda logo à frente do furo para quando a bolinha bater ali ela não pular para fora. Depois deste tutorial pronto, descobri que em várias partes ao longo do relógio foi necessario colocar outras guardas. Segunda gangorra Copyright by Flávio Machado Direitos reservados Página 13

14 Aqui a construção da segunda gangorra. Primeiramente medi o espaço que as bolinhas iriam precisar, poderia fazer isso somando apenas o diâmetro das bolinhas pela quantidade, mas gosto de ter a coisa visualmente. Esta gangorra tem comprimento de 220 mm e 48 mm de largura. Note a preocupação em colar a ilha de forma correta para não criar problema depois. Copyright by Flávio Machado Direitos reservados Página 14

15 Da mesma forma que fiz com a primeira gangorra, cortei o sarrafinho e o taruguinho nas mesmas medidas. Fiz os testes de equilíbrio e precisei colocar um contra peso. Como é material muito leve, é muito difícil chegar no equilíbrio. Copyright by Flávio Machado Direitos reservados Página 15

16 Terceira gangorra Cortando a terceira gangorra. Copyright by Flávio Machado Direitos reservados Página 16

17 Depois de pronta, descobri que estava desalinhada e fora de medida, resultado, tive de fazer outra. Note a bolinha presa. Esta gangorra tem 240 mm de comprimento por 48 mm de largura. Sexta trilha A sexta trilha, além de devolver as bolinhas da terceira gangorra, ela recebe também as bolinhas que saem da torre de descida. Na foto você vai notar que uma das entradas está bem mais longa, acontece que aproveitei esta parte para fazer uma das trilhas de recolocação de bolinhas(3 ou 5). Utilizei a primeira trilha para fazer uma e aproveito esta para fazer outra. Na foto abaixo você pode ver as duas. Copyright by Flávio Machado Direitos reservados Página 17

18 Terceira e quinta trilha Se você não quiser aproveitar a primeira ou a sexta trilha para fazer estas duas trilhas simples, poderá fazê-las em separadas. Copyright by Flávio Machado Direitos reservados Página 18

19 Torre de descida das bolinhas Corte duas ripas de compensado de 4 mm com 30 mm de largura pela altura que você quiser, só não pode ser inferior a 260 mm. Corte mais duas ripas de compensado de 4 mm com 22 mm no mesmo comprimento das outras duas. Cole as quatro formando um tubo, o qual será utilizado para a torre de descida das bolinhas. Copyright by Flávio Machado Direitos reservados Página 19

20 Depois, num compensado de 15 mm corte a base para a torre com 70 x 70 mm e no meio você faz um furo para encaixar a torre. As duas torres Num compensado de 15 mm você corta duas pranchas com 360 mm de comprimento por 80 mm de largura que servirão de torres. Copyright by Flávio Machado Direitos reservados Página 20

21 Em uma das torres, faça um traço em um dos lados ao longo da prancha, numa distância de 15 mm da lateral e faça o mesmo do outro lado. Defina onde vai ser o topo da torre e no traço a direita meça 95 mm para baixo e faça uma marcação, a partir daí meça 80 mm e faça outra marcação, mais uma vez meça a partir daí 70 mm e faça mais uma marcação. Nestas marcações iremos colocar os pinos onde ficarão as gangorras. No traço do lado esquerdo, a partir do topo, meça 90 mm e faça uma marcação. A partir daí meça 80 mm e faça outra marcação. Mais uma vez, a partir daí meça 70 mm. Nestas marcações iremos colocar os pinos que vão apoiar as gangorras. Corte três taruguinhos de 6 mm de diâmetros com 75 mm de comprimento e mais três do mesmo diâmetro com 65 mm. Nas marcações que você fez na torre, faça um furo utilizando uma broca de 6 mm, e do lado direito, introduza com a ajuda de um martelinho, os taruguinhos com 75mm e no lado esquerdo os taruguinhos de 65 mm. Copyright by Flávio Machado Direitos reservados Página 21

22 Base das duas torres Do compensado de 15 mm você corta a base das torres com 355 mm de comprimento por 60 mm de largura. Em uma das pontas com uma distância de 25 mm você faz uma entrada com profundidade de 15mm. Na outra ponta você faz a mesma coisa. Fixe as duas torres na base utilizando parafusos soberbos grandes. Copyright by Flávio Machado Direitos reservados Página 22

23 Posicionando as duas torres Do compensado de 15 mm você corta a base geral do relógio com 500 x 300 mm. Para montar as torres já presas na base geral, meça do lado esquerdo 70 mm e na frente 90 mm então prenda com dois parafusos. Copyright by Flávio Machado Direitos reservados Página 23

24 Aos poucos o relógio vai tomando forma. Torre do motor Do compensado de 10 mm você corta uma prancha com 235 mm de comprimento com 80 mm de largura. Escolha um dos lados para ser o topo e a partir daí meça 40 mm e divida a prancha faça aí uma marcação. Nessa marcação, você faz um furo com uma broca de 5mm, por onde passará o eixo do motor. Copyright by Flávio Machado Direitos reservados Página 24

25 Do compensado de 15 mm corte a base para a torre do motor com 120 x 80 mm. Faça uma entrada com 10 mm de profundidade e então você parafusa a prancha. Braço do motor Copyright by Flávio Machado Direitos reservados Página 25

26 Corte um sarrafinho de uma madeira bem leve com 20x20 mm com 240 mm de comprimento. Medindo em uma das pontas 160 mm faça então um furo com uma broca de 5 mm por onde passará o eixo do motor. Na ponta mais longa, onde colocaremos os ganchos, você mede de um lado 5mm e do outro também, com uma distância da ponta de 10 mm você vai fazer os furos para o arame que servirá para o gancho. Eu usei um arame de 1,5 mm. Introduza o arame nos dois furos conforme a foto fazendo com que ele sai pela frente. Então você irá fazer uma curvatura para cima um pouco maior que a bolinha. Um detalhe muito importante, observe a segunda foto com atenção, note que há um corte chanfrado de aproximadamente 15º. Este chanfro é importante para quando o braço estiver na vertical a bolinha se solte dos ganchos e como haverá uma inclinação ela cairá naturalmente na trilha. Na direção do furo que você fez para o eixo do motor, coloque um parafuso. Tenho utilizado muito em meus projetos parafusos allen. Se você não tiver, pode Copyright by Flávio Machado Direitos reservados Página 26

27 utilizar qualquer outro. Escolha o parafuso que vai usar e meça-o. Se ele tiver por volta de 3 mm, faça o furo com uma broca de 2,5 mm. Coloque o parafuso de tal forma que ele vá fazendo a rosca. Como eu utilizo os parafusos allen, faço a rosca com um parafuso de fenda e depois coloco o parafuso allen. Prenda o motor na torre e o braço no seu eixo. Copyright by Flávio Machado Direitos reservados Página 27

28 Começando a montagem Como as trilhas terão que ficar torcidas na estrutura e para não forçar, eu deixei algum tempo com pesos para ela já ir adquirindo a forma. Prendi a primeira trilha com dois parafusos soberbos para garantir. Testando a queda da segunda trilha e definindo sua posição. Copyright by Flávio Machado Direitos reservados Página 28

29 Furos de entradas Com a segunda trilha na posição, fiz a marcação do primeiro furo na torre de descida das bolinhas. É necessário fazer pressão para que a trilha fique torcida e com caída. Com uma broca chata de 18 mm fiz o buraco e em seguida coloquei um suporte para apoiar a segunda trilha. Com o furo da segunda trilha já definida, posso marcar e fazer o furo da quarta trilha. Também fazendo pressão para que haja queda. Copyright by Flávio Machado Direitos reservados Página 29

30 Aqui estou definindo posição para a sexta trilha. Linguetas Do compensado de 4 mm corte três lingüetas, que servirão de limitadores para as gangorras. Cole-as conforme as fotos nas segunda, quarta e na sexta trilhas. Copyright by Flávio Machado Direitos reservados Página 30

31 Entradas e saídas O furo da sexta trilha na torre de descida é um pouco diferente porque a trilha terá de entrar para servir de base para quando as bolinhas estiverem descendo. Aí nós já temos a torre de descida no lugar, as entradas e a saída. Na sexta trilha, na saída das bolinhas, coloquei uma rampinha de pé colada no fundo da torre para quando a bolinha estiver descendo ela possa ser guiada para fora em direção ao buraco. Se não fizer isso, mesmo com a ajuda da porteirinha, as vezes acontece de encavalar as bolinhas. Copyright by Flávio Machado Direitos reservados Página 31

32 Porteira Como já disse anteriormente, quando as bolinhas da segunda gangorra são liberadas, elas não podem descer todas de uma vez porque isso irá provocar um congestionamento fazendo com elas fiquem atoladas dentro da torre. Para resolver isso, é necessário fazer um sistema que libere as bolinhas aos poucos, no máximo 4 bolinhas por vez. Note o desenho que fiz com um compensado de 4 mm. De um lado tem uma travessinha na qual o gancho irá forçar para baixo fazendo com que a mesma se levante do outro lado liberando bolinhas. Note também que coloquei um chumbinho preso no outro lado, fazendo peso. Coloquei uma lingüeta ainda para limitar a altura. Rampa de espera Onde as bolinhas ficam esperando para ser levadas para cima foi a parte que mais trabalho me deu. No começo o gancho pegava uma bolinha e jogava outra para fora da trilha. Coloquei uma rampinha para manter a primeira bolinha mais elevada que as Copyright by Flávio Machado Direitos reservados Página 32

33 demais e fui testando, colocando calços até chegar num ponto em que o gancho pegava apenas uma bolinha e não derrubava outra. Posicionando a sexta trilha Para manter a sexta trilha na posição que queria, utilizei ganchinhos e arames. Em alguns pontos foi necessário também calços para chegar na posição. Copyright by Flávio Machado Direitos reservados Página 33

34 Beiral Para evitar que bolinhas caissem no chão, coloquei nas laterais ripas com 30 mm de largura para servir de beiral Copyright by Flávio Machado Direitos reservados Página 34

35 Finalmente! Assim ficou pronto o que podemos chamar de um protótipo. Se um dia resolver fazer um com madeiras de boa qualidade, já terei por onde começar. Acredito que com este tutorial, qualquer um poderá se aventurar a construir o seu próprio relógio. Recomendo que não façam o primeiro com madeira de qualidade, faça como fiz, utilize compensado primeiro para se familiarizar com os problemas que possam surgir. Agradecemos a atenção e esperamos ter sidos claros nas explanações. Abraços a todos Flávio Machado e Alex Sandro Notinha: Caso você consiga montar o seu relógio, baseado neste tutorial e decidir colocar o filme no Youtube ou em outro site, por favor, não esqueça de mencionar este tutorial e onde pode ser baixado, Ok? Nada mais justo, não é? Assim você ajuda a divulgar meu trabalho e consequentemente ajuda outros a montar também. Copyright by Flávio Machado Direitos reservados Página 35

Relógio de Bolinhas Montagem de Flávio Machado Desenhos de Alex Sandro

Relógio de Bolinhas Montagem de Flávio Machado Desenhos de Alex Sandro Relógio de Bolinhas Montagem de Flávio Machado Desenhos de Alex Sandro Construir este relógio foi um desafio, pois não dispunha de nenhum projeto e o que tinha eram apenas fotos, por isso relutava em entrar

Leia mais

Montagem de Kit Loja de Bolos Passo a Passo

Montagem de Kit Loja de Bolos Passo a Passo Montagem de Kit Loja de Bolos Passo a Passo (o kit pode ser adquirido na www.pequenasartes.com.br) O kit é bem completo e vem com praticamente tudo o que você vai precisar para montar, inclusive cola e

Leia mais

Unidade 4: Obedeça ao Senhor Neemias e o muro

Unidade 4: Obedeça ao Senhor Neemias e o muro Histórias do Velho Testamento 3 a 6 anos Histórias de Deus:Gênesis-Apocalipse Unidade 4: Obedeça ao Senhor Neemias e o muro O Velho Testamento está cheio de histórias que Deus nos deu, espantosas e verdadeiras.

Leia mais

MASTRO TELESCÄPICO CT1BAT

MASTRO TELESCÄPICO CT1BAT MASTRO TELESCÄPICO CT1BAT ou COMO FAZER UM MASTRO TELESCÄPICO, APRESENTÅVEL E FUNCIONAL, POR POUCO DINHEIRO (menos de 150,00) OlÄ companheiros Radioamadores! Todos nås, Radioamadores, temos os nossos constrangimentos.

Leia mais

Manual de Atualização dos Móveis Make-up - Nova Iluminação Fev/08

Manual de Atualização dos Móveis Make-up - Nova Iluminação Fev/08 Manual de Atualização dos Móveis Make-up - Nova Iluminação Fev/08 bandeja de metal que fica na 1ª prateleira. Os Móveis Make-up estão passando por uma atualização. Ganharam um novo display e uma nova iluminação.

Leia mais

Tutorial Instalação de manta-asfáltica no assoalho e túnel central

Tutorial Instalação de manta-asfáltica no assoalho e túnel central Tutorial Instalação de manta-asfáltica no assoalho e túnel central Bom, esse tutorial não vai ser uma receita de bolo, mais vai ajudar muito a quem se aventurar! Vou postar fotos do processo, algumas medidas,

Leia mais

COMO CONSTRUIR UM TELHADO. Índice

COMO CONSTRUIR UM TELHADO. Índice COMO CONSTRUIR UM TELHADO Índice ÍNDICE 1 CONSTRUÇÃO DO APOIO 2 CONSTRUÇÃO DA LINHA 4 CONSTRUÇÃO DO PENDURAL 7 CONSTRUÇÃO DA EMPENA 8 CONSTRUÇÃO DA DIAGONAL 10 CONSTRUÇÃO DO CHAFUZ 11 CONSTRUÇÃO DAS TERÇAS

Leia mais

SOCIEDADE ASTRONÔMICA BRASILEIRA SAB VII Olimpíada Brasileira de Astronomia VII OBA - 2004 Gabarito do nível 3 (para alunos da 5ª à 8ª série)

SOCIEDADE ASTRONÔMICA BRASILEIRA SAB VII Olimpíada Brasileira de Astronomia VII OBA - 2004 Gabarito do nível 3 (para alunos da 5ª à 8ª série) SOCIEDADE ASTRONÔMICA BRASILEIRA SAB VII Olimpíada Brasileira de Astronomia VII OBA - 2004 Gabarito do nível 3 (para alunos da 5ª à 8ª série) Questão 1) (1 ponto) Como você já deve saber o sistema solar

Leia mais

Instruções para uso do peso de bater automático

Instruções para uso do peso de bater automático Este equipamento foi desenvolvido com as finalidades de: 1) Agilizar e otimizar o tempo necessário para os testes de penetração de solo; 2) Melhorar a ergonomia do procedimento, evitando esforços físicos

Leia mais

Suporte Universal para TV LCD/LED/Plasma de 32 até 60

Suporte Universal para TV LCD/LED/Plasma de 32 até 60 Suporte Universal para TV LCD/LED/Plasma de 32 até 60 Manual do Usuário Você acaba de adquirir um produto Leadership, testado e aprovado por diversos consumidores em todo Brasil. Neste manual estão contidas

Leia mais

Qual o Sentido do Natal?

Qual o Sentido do Natal? Qual o Sentido do Natal? Por Sulamita Ricardo Personagens: José- Maria- Rei1- Rei2- Rei3- Pastor 1- Pastor 2- Pastor 3-1ª Cena Uma música de natal toca Os personagens entram. Primeiro entram José e Maria

Leia mais

Os dois foram entrando e ROSE foi contando mais um pouco da história e EDUARDO anotando tudo no caderno.

Os dois foram entrando e ROSE foi contando mais um pouco da história e EDUARDO anotando tudo no caderno. Meu lugar,minha história. Cena 01- Exterior- Na rua /Dia Eduardo desce do ônibus com sua mala. Vai em direção a Rose que está parada. Olá, meu nome é Rose sou a guia o ajudara no seu projeto de história.

Leia mais

Tutorial: Quenn Anne Game Table Passo-a-Passo elaborado por Marco Pepe (HobbyFun)

Tutorial: Quenn Anne Game Table Passo-a-Passo elaborado por Marco Pepe (HobbyFun) A mesa que vamos construir! Tutorial: Quenn Anne Game Table Projeto: Queen Anne Game Table Lista de Materiais Madeira de 1, 2 e 3 mm de espessura. Pode ser mogno, cedro, balsa, etc. No nosso modelo eu

Leia mais

R O B Ó T I C A. Sensor Smart. Ultrassom. Versão Hardware: 1.0 Versão Firmware: 1.0 REVISÃO 1211.13. www.robouno.com.br

R O B Ó T I C A. Sensor Smart. Ultrassom. Versão Hardware: 1.0 Versão Firmware: 1.0 REVISÃO 1211.13. www.robouno.com.br R O B Ó T I C A Sensor Smart Ultrassom Versão Hardware: 1.0 Versão Firmware: 1.0 REVISÃO 1211.13 Sensor Smart Ultrassom 1. Introdução Os sensores de ultrassom ou ultrassônicos são sensores que detectam

Leia mais

LIÇÃO 8 MANSIDÃO: Agir com mansidão com todos

LIÇÃO 8 MANSIDÃO: Agir com mansidão com todos Lição 3: Alegria LIÇÃO 8 MANSIDÃO: Agir com mansidão com todos RESUMO BÍBLICO Gálatas 5:23; Gálatas 6:1; 2 Timóteo 2:25; Tito 3; 1 Pedro 3:16 Como seres humanos estamos sempre à mercê de situações sobre

Leia mais

Como Ganhar 10 Mil Reais por Mês com o Método Formula Negócio Online 2016. w w w. t o t a l m e n t e l i v r e. c o m Página 1

Como Ganhar 10 Mil Reais por Mês com o Método Formula Negócio Online 2016. w w w. t o t a l m e n t e l i v r e. c o m Página 1 w w w. t o t a l m e n t e l i v r e. c o m Página 1 INTRODUÇÃO Olá amigos tudo bem? Deixa eu me apresentar meu nome é Rodrigo Alves, sou empreendedor digital com foco em marketing de afiliados e também

Leia mais

Aprenda a Gerar Renda Utilizando Seus Conhecimentos em Promob e Projetos 3D.ACDEMY.COM.BR COMO GERAR RENDA COM PROJETO VERSÃO 1.0

Aprenda a Gerar Renda Utilizando Seus Conhecimentos em Promob e Projetos 3D.ACDEMY.COM.BR COMO GERAR RENDA COM PROJETO VERSÃO 1.0 Aprenda a Gerar Renda Utilizando Seus Conhecimentos em Promob e Projetos CAIO HENRIQUE TEODORO DOS SANTOS Página 1 Versão 1.0 2013 Esforcei-me ao máximo para transmitir em poucas páginas algumas dicas

Leia mais

MANUAL DE INSTALAÇÃO 2015-2016. 1ª Edição PARABÉNS! VOCÊ ACABOU ADQUIRIR UMA PORTA DE AÇO AUTOMATIZADA SIEG. Agora vamos instalar?

MANUAL DE INSTALAÇÃO 2015-2016. 1ª Edição PARABÉNS! VOCÊ ACABOU ADQUIRIR UMA PORTA DE AÇO AUTOMATIZADA SIEG. Agora vamos instalar? 1 MANUAL DE INSTALAÇÃO 2015-2016 1ª Edição PARABÉNS! VOCÊ ACABOU ADQUIRIR UMA PORTA DE AÇO AUTOMATIZADA SIEG. Agora vamos instalar? 2 3 Índice Quem é a SIEG... 06 Instalação passo-a-passo... 09 Kit Porta

Leia mais

Dezenas de artigos do tipo faça você mesmo, como funciona e experiências para você fazer.

Dezenas de artigos do tipo faça você mesmo, como funciona e experiências para você fazer. Dezenas de artigos do tipo faça você mesmo, como funciona e experiências para você fazer. Ferramentas e acessórios: temos no site ferros de soldar, multimetro, chaves... Enfim, as ferramentas mais úteis

Leia mais

Modificação do LED POWER Logic@sat L4000

Modificação do LED POWER Logic@sat L4000 Modificação do LED POWER Logic@sat L4000 Caro amigo, proprietário de um receptor Logic@sat L4000, alguma vez você já se questionou sobre o funcionamento do LED POWER do receptor? Além de ser vermelho,

Leia mais

REGULAGEM DAS VÁLVULAS DA CENTRAL HIDRÁULICA

REGULAGEM DAS VÁLVULAS DA CENTRAL HIDRÁULICA REGULAGEM DAS VÁLVULAS DA CENTRAL HIDRÁULICA 3 2 1 4 5 DESCRIÇÃO REGULAGEM 1 VÁLVULA DE FLUXO CONTROLA A VELOCIDADE DE DESCIDA AO ABRIR AUMENTA A VELOCIDADE (ANTI-HORÁRIO) AO FECHAR DIMINUI A VELOCIDADE

Leia mais

[TUTORIAL] Como Fazer Remarketing no Facebook Como um Profissional

[TUTORIAL] Como Fazer Remarketing no Facebook Como um Profissional [TUTORIAL] Como Fazer Remarketing no Facebook Como um Profissional 2 de dezembro de 2015 Felipe Moreira Remarketing, Tutoriais 1 Comentário Não importa quão bem feito o seu site é, o fato é que mais de

Leia mais

CURSO BÁSICO DE CRIAÇÃO DE SITES MÓDULO 2 AULA 3

CURSO BÁSICO DE CRIAÇÃO DE SITES MÓDULO 2 AULA 3 ADICIONANDO UM PRODUTO CURSO BÁSICO DE CRIAÇÃO DE SITES Para que sua loja funcione você tem de ter algum produto para vender, ou algum serviço para prestar. Como sua loja está na Internet as pessoas não

Leia mais

como a DT200 da Yamaha.

como a DT200 da Yamaha. Para os iniciantes, é melhor optar por uma moto de menor potência, como a 125cc, porque elas são mais leves e dão mais chances. As 250cc são mais violentas e qualquer erro pode causar um tombo. Para o

Leia mais

Atividade 1: Para onde vão os alimentos que comemos?

Atividade 1: Para onde vão os alimentos que comemos? Oficina 4: Corpo Humano Nesta oficina serão trabalhadas duas atividades sobre alimentação, uma sobre as articulações e outra sobre a quantidade de ar que respiramos. Atividade 1: Para onde vão os alimentos

Leia mais

Dicas para investir em Imóveis

Dicas para investir em Imóveis Dicas para investir em Imóveis Aqui exploraremos dicas de como investir quando investir e porque investir em imóveis. Hoje estamos vivendo numa crise política, alta taxa de desemprego, dólar nas alturas,

Leia mais

R E L A T Ó R I O D E E N G E N H A R I A D E S O F T W A R E ( 2 0 0 5 / 2 0 0 6 )

R E L A T Ó R I O D E E N G E N H A R I A D E S O F T W A R E ( 2 0 0 5 / 2 0 0 6 ) R E L A T Ó R I O D E E N G E N H A R I A D E S O F T W A R E ( 2 0 0 5 / 2 0 0 6 ) Tendo iniciado no presente ano lectivo 2005/2006 o funcionamento da plataforma Moodle na Universidade Aberta, considerou-se

Leia mais

NÃO ESQUEÇA! Antes de colar as peças, sempre dê a forma que elas necessitam!! Lateral. Destaque as peças B8 e B9,

NÃO ESQUEÇA! Antes de colar as peças, sempre dê a forma que elas necessitam!! Lateral. Destaque as peças B8 e B9, Instruções para montagem Peugeot 307 Sedan - Stock Car V8 IMPORTANTE: Para montar seu modelo, o principal é ter paciência. Se você não tem prática ou nunca montou algo parecido, seja paciente. Comece destacando

Leia mais

Acadmix. Executivo. Top

Acadmix. Executivo. Top Acadmix Executivo Top Índice Apresentação Descrição de peças e componentes Montagem Guia de exercícios Dicas de segurança Garantia Tabela de medidas de parafusos 2 3 4, 5 e 6 7 e 8 9 9 Contra capa 1 Apresentação

Leia mais

Manual Descritivo para Construção do ASBC

Manual Descritivo para Construção do ASBC Manual descritivo para construção do ASBC 1 Felipe Marques Santos Manual Descritivo para Construção do ASBC (Aquecedor Solar de Baixo Custo) Coordenador: Prof. Dr. Rogério Gomes de Oliveira 2 Manual descritivo

Leia mais

Tamanho da arte. Margens. O que é Sangra? Caixa de informações

Tamanho da arte. Margens. O que é Sangra? Caixa de informações Tamanho da arte O site disponibiliza para download os Arquivos padrão, que são arquivos modelo para auxiliar a confecção do seu material. Eles possuem margens predefinidas e tamanho adequado ao tipo de

Leia mais

Sumário Serra Fita FAM

Sumário Serra Fita FAM Sumário Serra Fita FAM 1 Componentes... 1 Painel de controle... 1 Sensores de segurança... 2 Especificações... 2 Instalação... 3 Condições Gerais do Local... 3 Rede Elétrica... 3 Instalação da Tomada...

Leia mais

A distribuição desse PDF é livre para outros DJs desde que seja mantido os devidos créditos ao site Digital DJs By Everton Rezende

A distribuição desse PDF é livre para outros DJs desde que seja mantido os devidos créditos ao site Digital DJs By Everton Rezende A distribuição desse PDF é livre para outros DJs desde que seja mantido os devidos créditos ao site Digital DJs By Everton Rezende Atenção: Troque o texto que estiver entre aspas pelo nome da informação

Leia mais

Yep. Nicho para Fogão 80/90-57cm. Partes do Produto. Componentes

Yep. Nicho para Fogão 80/90-57cm. Partes do Produto. Componentes Yep Partes do Produto Nicho para Fogão 80/90-57cm Tampo Vendido Separadamente - Lateral Direita/ Esquerda (x) - Fechamento Frontal (x) - Travessa Inferior (x) - Travessa Traseira (x) 5- Fechamento Lateral

Leia mais

Tipos de Poços. escavação..

Tipos de Poços. escavação.. O que é um poço Tubular Chamamos de poço toda perfuração através da qual obtemos água de um aqüífero e há muitas formas de classificá-los. Usaremos aqui uma classificação baseada em sua profundidade e

Leia mais

WWW.FSMODELSPORT.COM

WWW.FSMODELSPORT.COM SOLUCIONANDO OS PROBLEMAS DO NT1 Esta semana entrei em contato com algumas pessoas que sempre me ajudaram a solucionar problemas e achar soluções para alguns detalhes de carros elétricos e nitro. Neste

Leia mais

Instruções para utilização

Instruções para utilização Instruções para utilização MÁQUINA DE LAVAR ROUPA Português AWM 129 Sumário Instalação, 16-17-18-19 Desembalar e nivelar Ligações hidráulicas e eléctricas Primeiro ciclo de lavagem Dados técnicos Instruções

Leia mais

MANUAL DE OPERAÇÕES DO ALINHADOR ALD300

MANUAL DE OPERAÇÕES DO ALINHADOR ALD300 MANUAL DE OPERAÇÕES DO ALINHADOR ALD300 1. Introdução O Alinhador ALD300 foi desenvolvido para verificação e ajuste do sistema de direção de veículos automotivos leves, através do sistema ótico. O sistema

Leia mais

Os atuadores. Figura B

Os atuadores. Figura B Armbot ARMBOT é um braço robótico que foi elaborado para ser construído por pessoas com pouca ou nenhuma experiência com eletrônica e programação, podendo inclusive ser montado por alunos para feiras de

Leia mais

MANUAL DE MONTAGEM. Revisão 17 MONTAGEM DO DISCO SOLAR PARA AQUECIMENTO DE ÁGUA

MANUAL DE MONTAGEM. Revisão 17 MONTAGEM DO DISCO SOLAR PARA AQUECIMENTO DE ÁGUA MANUAL DE MONTAGEM Revisão 17 MONTAGEM DO DISCO SOLAR PARA AQUECIMENTO DE ÁGUA Parabéns por adquirir um dos mais tecnológicos meios de aquecimento de água existentes no mercado. O Disco Solar é por sua

Leia mais

Para gostar de pensar

Para gostar de pensar Rosângela Trajano Para gostar de pensar Volume III - 3º ano Para gostar de pensar (Filosofia para crianças) Volume III 3º ano Para gostar de pensar Filosofia para crianças Volume III 3º ano Projeto editorial

Leia mais

Como Instalar Wordpress Manualmente

Como Instalar Wordpress Manualmente Antes de começar quero te fazer uma pergunta: Você gostaria de ganhar R$1714.48 reais de renda extra trabalhando apenas 1 hora por dia? Como Instalar Wordpress Manualmente Pense bem e reflita na pergunta

Leia mais

Metalo. Modular. Sistema de Andaimes em Alumínio. Instruções Técnicas

Metalo. Modular. Sistema de Andaimes em Alumínio. Instruções Técnicas Metalo Modular Sistema de Andaimes em Alumínio Instruções Técnicas Modular_AF4.indd 1 Modular Índice Favor observar: Nestas instruções técnicas, encontram-se todas as informações e indicações importantes

Leia mais

REPRESENTAÇÕES SOCIAIS DA GRAVIDEZ: A EXPERIÊNCIA DA MATERNIDADE EM INSTITUIÇÃO DADOS SÓCIO-DEMOGRÁFICOS. Idade na admissão.

REPRESENTAÇÕES SOCIAIS DA GRAVIDEZ: A EXPERIÊNCIA DA MATERNIDADE EM INSTITUIÇÃO DADOS SÓCIO-DEMOGRÁFICOS. Idade na admissão. REPRESENTAÇÕES SOCIAIS DA GRAVIDEZ: A EXPERIÊNCIA DA MATERNIDADE EM INSTITUIÇÃO Código Entrevista: 2 Data: 18/10/2010 Hora: 16h00 Duração: 23:43 Local: Casa de Santa Isabel DADOS SÓCIO-DEMOGRÁFICOS Idade

Leia mais

OBJETIVO VISÃO GERAL SUAS ANOTAÇÕES

OBJETIVO VISÃO GERAL SUAS ANOTAÇÕES OBJETIVO Assegurar a satisfação do cliente no pós-venda, desenvolvendo um relacionamento duradouro entre o vendedor e o cliente, além de conseguir indicações através de um sistema de follow-up (acompanhamento).

Leia mais

MANUAL DO ALUNO DO CURSO DE EJA ENSINO MÉDIO MANUAL DO ALUNO EJA - ENSINO MÉDIO. Praça Marechal Deodoro, 356 Santa Cecília São Paulo SP CEP: 01150-010

MANUAL DO ALUNO DO CURSO DE EJA ENSINO MÉDIO MANUAL DO ALUNO EJA - ENSINO MÉDIO. Praça Marechal Deodoro, 356 Santa Cecília São Paulo SP CEP: 01150-010 MANUAL DO ALUNO EJA - ENSINO MÉDIO Caro Aluno, Este manual tem o objetivo de tirar suas dúvidas e tornar seu curso no INED o mais completo possível. Leia tudo com muita atenção e, se ao final ainda tiver

Leia mais

Estudo x trabalho: aprenda a vencer a rotina de atividades rumo ao sucesso

Estudo x trabalho: aprenda a vencer a rotina de atividades rumo ao sucesso Estudo x trabalho: aprenda a vencer a rotina de atividades rumo ao sucesso Sumário introdução 03 Capítulo 5 16 Capítulo 1 Pense no futuro! 04 Aproveite os fins de semana Capítulo 6 18 Capítulo 2 07 É preciso

Leia mais

Construindo um relógio de madeira -segunda edição-

Construindo um relógio de madeira -segunda edição- Construindo um relógio de madeira -segunda edição- Montagem de Flávio Machado Primeira Parte Apresentação Esse é o relógio que iremos construir, chamo-o de Castelinho. O projeto você pode baixar no site:

Leia mais

Manual de Instalação do Encoder

Manual de Instalação do Encoder Status do Documento: Código de Referência do LS-CS-M-028 Documento Versão: 1 Liberado em: 16-03-2010 Histórico de Revisão do Documento Data Versão Resumo da Alteração 16-03-2010 1 Manual Novo Informação

Leia mais

Meu nome é Rosângela Gera. Sou médica e mãe de uma garotinha de sete anos que é cega.

Meu nome é Rosângela Gera. Sou médica e mãe de uma garotinha de sete anos que é cega. Prezado Editor, Meu nome é Rosângela Gera. Sou médica e mãe de uma garotinha de sete anos que é cega. Gostaria de compartilhar com os demais leitores desta revista, minha experiência como mãe, vivenciando

Leia mais

Criando e estofando um banco reutilizando materiais

Criando e estofando um banco reutilizando materiais Criando e estofando um banco reutilizando materiais Oi gente hoje vou postar um PAP de transformar alguns materiais em um banco com estofagem, esse foi o meu trabalhinho de domingo.bem um deles por que

Leia mais

GSR-R. Tipo separado de guia linear (radial) modelo GSR-R

GSR-R. Tipo separado de guia linear (radial) modelo GSR-R Tipo separado de guia linear (radial) modelo Trilho com cremalheira Recirculador Raspador Bloco Diagrama de Seleção A Posições de montagem Opcionais Codificação Precauções de uso Acessórios para lubrificação

Leia mais

CARACTERÍSTICAS TÉCNICAS

CARACTERÍSTICAS TÉCNICAS Página 1 de 9 Informativo nº 9 VENTILADOR DE MESA 30cm VENTNK1200 ASSUNTO: Lançamento. CARACTERÍSTICAS TÉCNICAS Alimentação: Cor: Potência do aparelho: Consumo de energia: Característica diferencial: Período

Leia mais

Dicas. para Sair. das Dívidas DEFINITIVAMENTE. Elton Parente. Com Estratégias de Kim e Robert Kyosaki

Dicas. para Sair. das Dívidas DEFINITIVAMENTE. Elton Parente. Com Estratégias de Kim e Robert Kyosaki 10 Dicas para Sair DEFINITIVAMENTE das Dívidas Com Estratégias de Kim e Robert Kyosaki Elton Parente Lições de Kim e Robert Kyosaki sobre Como Sair das Dívidas A seguir estão os 10 passos que Kim e Robert

Leia mais

OFICINA DE JOGOS APOSTILA DO PROFESSOR

OFICINA DE JOGOS APOSTILA DO PROFESSOR OFICINA DE JOGOS APOSTILA DO PROFESSOR APRESENTAÇÃO Olá professor, Essa apostila apresenta jogos matemáticos que foram doados a uma escola de Blumenau como parte de uma ação do Movimento Nós Podemos Blumenau.

Leia mais

Capítulo IV- Pinhole. Pinhole: Processo de se fazer fotografia sem a necessidade do uso de equipamentos convencionais. A

Capítulo IV- Pinhole. Pinhole: Processo de se fazer fotografia sem a necessidade do uso de equipamentos convencionais. A Capítulo IV- Pinhole Pinhole: Processo de se fazer fotografia sem a necessidade do uso de equipamentos convencionais. A câmera pode ser construída de forma artesanal utilizando materiais simples. O nome

Leia mais

Parafusos III. Até agora você estudou classificação geral. Parafuso de cabeça sextavada

Parafusos III. Até agora você estudou classificação geral. Parafuso de cabeça sextavada A U A UL LA Parafusos III Introdução Até agora você estudou classificação geral dos parafusos quanto à função que eles exercem e alguns fatores a serem considerados na união de peças. Nesta aula, você

Leia mais

Galoneira Industrial série ZJ-W562

Galoneira Industrial série ZJ-W562 Galoneira Industrial série ZJ-W562 Instruções de Segurança IMPORTANTE Antes de utilizar sua máquina, leia atentamente todas as instruções desse manual. Ao utilizar a máquina, todos os procedimentos de

Leia mais

Sal, Pimenta, Alho e Noz Moscada.

Sal, Pimenta, Alho e Noz Moscada. Sal, Pimenta, Alho e Noz Moscada. Cláudia Barral (A sala é bastante comum, apenas um detalhe a difere de outras salas de apartamentos que se costuma ver ordinariamente: a presença de uma câmera de vídeo

Leia mais

Sinopse I. Idosos Institucionalizados

Sinopse I. Idosos Institucionalizados II 1 Indicadores Entrevistados Sinopse I. Idosos Institucionalizados Privação Até agora temos vivido, a partir de agora não sei Inclui médico, enfermeiro, e tudo o que for preciso de higiene somos nós

Leia mais

JOSÉ DE SOUZA CASTRO 1

JOSÉ DE SOUZA CASTRO 1 1 JOSÉ DE SOUZA CASTRO 1 ENTREGADOR DE CARGAS 32 ANOS DE TRABALHO Transportadora Fácil Idade: 53 anos, nascido em Quixadá, Ceará Esposa: Raimunda Cruz de Castro Filhos: Marcílio, Liana e Luciana Durante

Leia mais

SESSÃO 3: Criando Metas Atingíveis

SESSÃO 3: Criando Metas Atingíveis CURRÍCULO DE PROGRAMA SESSÃO 3: Criando Metas Atingíveis Esta sessão trata da importante habilidade pessoal e profissional do estabelecimento de metas. As participantes podem ter sentimentos diferentes

Leia mais

Como é voar e pilotar um caça AL 39 Albatros

Como é voar e pilotar um caça AL 39 Albatros Como é voar e pilotar um caça AL 39 Albatros A avaliação de hoje não é de uma companhia aérea, mas com certeza vai fazer muitos leitores sonharem e outros tantos começarem a juntar uma grana para realizar

Leia mais

.com.br. Boneca Técnica MATERIAL

.com.br. Boneca Técnica MATERIAL MOLDESROBERTO MARQUES na sua medida Molde: 024 - Longo, Curto ou um Top Com Lastex? Tamanhos: PP, P, M, G, GG e EG PESO DESTE ARQUIVO: 32 KB. Confira periodicamente as medidas para saber, segundo a nossa

Leia mais

Obedecer é sempre certo

Obedecer é sempre certo Obedecer é sempre certo Obedecer. Palavra fácil de entender, mas muitas vezes difícil de colocar em prática. Principalmente quando não entendemos ou concordamos com a orientação dada. Crianças recebem

Leia mais

Como Montar um Plano de Estudos Eficiente Para Concurso Público E-book gratuito do site www.concursosemsegredos.com

Como Montar um Plano de Estudos Eficiente Para Concurso Público E-book gratuito do site www.concursosemsegredos.com 1 Distribuição Gratuita. Este e-book em hipótese alguma deve ser comercializado ou ter seu conteúdo modificado. Nenhuma parte deste e-book pode ser reproduzida ou transmitida sem o consentimento prévio

Leia mais

AS VIAGENS ESPETACULARES DE PAULO

AS VIAGENS ESPETACULARES DE PAULO Bíblia para crianças apresenta AS VIAGENS ESPETACULARES DE PAULO Escrito por: Edward Hughes Ilustradopor:Janie Forest Adaptado por: Ruth Klassen O texto bíblico desta história é extraído ou adaptado da

Leia mais

Indice. 01- Alterando o visual da loja 1. 02- Inserindo seus dados pessoais e redes sociais 1. 03- Produtos 2. 3.1- Categorias de produtos 2

Indice. 01- Alterando o visual da loja 1. 02- Inserindo seus dados pessoais e redes sociais 1. 03- Produtos 2. 3.1- Categorias de produtos 2 Indice 01- Alterando o visual da loja 1 02- Inserindo seus dados pessoais e redes sociais 1 03- Produtos 2 3.1- Categorias de produtos 2 3.2- Variações de produtos 2 3.3- Inserindo Produtos 3 3.4- Produtos

Leia mais

Treinamento de Segurança em Andaimes

Treinamento de Segurança em Andaimes 1 Treinamento de Segurança em Andaimes Definiçao de Andaime Andaime Significa qualquer plataforma elevada temporariamente (apoiada ou suspensa) e sua estrutura de apoio (incluindo pontos de ancoragem),

Leia mais

MODELO DE ROTEIRO. Tela 1. Imagem:

MODELO DE ROTEIRO. Tela 1. Imagem: MODELO DE ROTEIRO Título da animação: Tela inicial Tela 1 Olá, somos os protetores da Selva. Fomos chamados pelos índios para salvar os animais em extinção da Floresta Amazônica. Escreva seu nome e vamos

Leia mais

Baofeng UV-5R correção modulação

Baofeng UV-5R correção modulação Baofeng UV-5R correção modulação Aqui está um post que foi no meu site anterior, que era popular. Esta modificação foi feita originalmente por Colin G4EML do Reino Unido. Eu já tinha visto este método

Leia mais

Primeiramente, vamos saber o que foi utilizado para a confecção do elevador, vamos listar as coisas utilizadas mais importantes:

Primeiramente, vamos saber o que foi utilizado para a confecção do elevador, vamos listar as coisas utilizadas mais importantes: Primeiramente, vamos saber o que foi utilizado para sua confecção, vamos listar as coisas mais importantes que foram utilizadas: Primeiramente, vamos saber o que foi utilizado para a confecção do elevador,

Leia mais

Como produzir e publicar uma apresentação online dinâmica (Prezi)

Como produzir e publicar uma apresentação online dinâmica (Prezi) Como produzir e publicar uma apresentação online dinâmica (Prezi) Este módulo irá ensinar-lhe como produzir e publicar uma apresentação online dinâmica usando o programa Prezi. A produção de uma apresentação

Leia mais

INTRODUÇÃO À INFORMÁTICA GRUPO DE PESQUISA LEITURA NA TELA

INTRODUÇÃO À INFORMÁTICA GRUPO DE PESQUISA LEITURA NA TELA INTRODUÇÃO À INFORMÁTICA GRUPO DE PESQUISA LEITURA NA TELA Núcleo de Educação a Distância UniEvangélica 2 ÍNDICE 1 Introdução à Informática... 3 1. O Computador... 3 Teclado... 3 Mouse... 5 Monitor...

Leia mais

Montagem Passo-a-passo

Montagem Passo-a-passo Porta de Segurança Lisa Cod 101 (Tipo Porta Blindada) Montagem Passo-a-passo * Este material não descarta o serviço de um instalador profissional. 1 PINEZI MADEIRAS Embalagem da porta de segurança. Embalagem

Leia mais

Cópia autorizada. II

Cópia autorizada. II II Sugestões de avaliação Português Compreensão de texto 2 o ano Unidade 5 5 Unidade 5 Compreensão de texto Nome: Data: Leia este texto expositivo e responda às questões de 1 a 5. As partes de um vulcão

Leia mais

A Maquina de Vendas Online É Fraude, Reclame AQUI

A Maquina de Vendas Online É Fraude, Reclame AQUI A Maquina de Vendas Online É Fraude, Reclame AQUI Muitas pessoas me perguntam se a maquina de vendas online é fraude do Tiago bastos funciona de verdade ou se não é apenas mais uma fraude dessas que encontramos

Leia mais

A Ciência da Mecânica. Olá, estamos de volta com mais uma coluna sobre Ciência. Mês passado fiz a seguinte pergunta: Como um avião se sustenta no ar?

A Ciência da Mecânica. Olá, estamos de volta com mais uma coluna sobre Ciência. Mês passado fiz a seguinte pergunta: Como um avião se sustenta no ar? A Ciência da Mecânica Washington Braga, Professor Associado 13/ Ano II Departamento de Engenharia Mecânica - PUC - Rio Título: Avião Voa? Olá, estamos de volta com mais uma coluna sobre Ciência. Mês passado

Leia mais

Unidade 04: Obedeça ao Senhor Josué obedece, o muro cai

Unidade 04: Obedeça ao Senhor Josué obedece, o muro cai Histórias do Velho Testamento Histórias de Deus:Gênesis-Apocalipse 3 a 6 anos Unidade 04: Obedeça ao Senhor Josué obedece, o muro cai O velho testamento está cheio de histórias que Deus nos deu, espantosas

Leia mais

Unidade 3: Acampamento Balaio

Unidade 3: Acampamento Balaio FRUTOS-3 DESAFIO Vivendo a Vida com Deus Unidade 3: Acampamento Balaio Fazendo Diferença ao Doar e Servir LIÇÃO 12 7-8 Anos Neste Trimestre, as crianças continuarão a pesquisar os cinco frutos do Trimestre

Leia mais

segundo ENCONTRO análise da sequência de vendas de Conrado adolpho

segundo ENCONTRO análise da sequência de vendas de Conrado adolpho segundo ENCONTRO análise da sequência de vendas de Conrado adolpho Laila Vane) - Setembro de 2014 Eben conrado Eben conrado Eben conrado Vamos nos preparar para analisar? 1- Headlines do conrado Headlines

Leia mais

40 dicas para tornar seu site mais eficiente e funcional

40 dicas para tornar seu site mais eficiente e funcional 40 dicas para tornar seu site mais eficiente e funcional Essas 40 dicas são ótimas e assino embaixo. Foram passadas para mim pelo amigo Luiz Rodrigues, aluno também do Curso Online de Design Web. A fonte

Leia mais

Extensômetro de Alto Alongamento AHX800 Manual Title

Extensômetro de Alto Alongamento AHX800 Manual Title Extensômetro de Alto Alongamento AHX800 Manual Title Additional Manual do Information Produto be certain. 100-238-343 A Informações sobre Direitos Autorais Informações sobre Marca Registrada Informação

Leia mais

Cartão-virtual no programa Flash Marusha Loraine Marcello Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP)

Cartão-virtual no programa Flash Marusha Loraine Marcello Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP) Cartão-virtual no programa Flash Marusha Loraine Marcello Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP) Introdução: A globalização e a aceleração das atividades humanas, principalmente promovidas pelo computador,

Leia mais

NA LOJA DE CHAPÉUS. Karl Valentin. Personagens. Vendedora. Valentin ATO ÚNICO

NA LOJA DE CHAPÉUS. Karl Valentin. Personagens. Vendedora. Valentin ATO ÚNICO NA LOJA DE CHAPÉUS De Karl Valentin Personagens Vendedora Valentin ATO ÚNICO Bom dia, senhor. O que deseja? Um chapéu. Que tipo de chapéu? Um chapéu pra botar na cabeça. Certamente, meu senhor, um chapéu

Leia mais

A Torre de Hanói e o Princípio da Indução Matemática

A Torre de Hanói e o Princípio da Indução Matemática A Torre de Hanói e o Princípio da Indução Matemática I. O jogo A Torre de Hanói consiste de uma base com três pinos e um certo número n de discos de diâmetros diferentes, colocados um sobre o outro em

Leia mais

Reflexões e atividades sobre Ação Social para culto infantil

Reflexões e atividades sobre Ação Social para culto infantil Reflexões e atividades sobre Ação Social para culto infantil Apresentaremos 4 lições, que mostram algum personagem Bíblico, onde as ações praticadas ao longo de sua trajetória abençoaram a vida de muitas

Leia mais

Lição 10 Batismo Mergulhando em Jesus

Lição 10 Batismo Mergulhando em Jesus Ensino - Ensino 11 - Anos 11 Anos Lição 10 Batismo Mergulhando em Jesus História Bíblica: Mateus 3:13 a 17; Marcos 1:9 a 11; Lucas 3:21 a 22 João Batista estava no rio Jordão batizando as pessoas que queriam

Leia mais

Casa de fardos de palha

Casa de fardos de palha Casa de fardos de palha Processo de construir uma casa de fardos de palha em Quinta dos Melros Mind Map Principios de permacultura Recursos biológicos Sucessão Planeamento de energia efectiva Localização

Leia mais

OUR LOVE STORY. novembro 2014

OUR LOVE STORY. novembro 2014 OUR LOVE STORY novembro 2014 Como todos os anos, comemorei meu aniversário entre amigas e clientes. E desenvolvi um projetinho bem fofo para fazermos juntas. Foi a primeira vez que fiz scrap no canvas

Leia mais

Carolina Vilanova. 26/12/13 www.omecanico.com.br/modules/revista.php?action=printout&recid=423. Desmontagem e dicas da caixa VW

Carolina Vilanova. 26/12/13 www.omecanico.com.br/modules/revista.php?action=printout&recid=423. Desmontagem e dicas da caixa VW Desmontagem e dicas da caixa VW Vamos apresentar nessa reportagem as características, dicas de manutenção, desmontagem e montagem da caixa de câmbio MQ200, que em suas várias aplicações, equipa a maioria

Leia mais

Colimação de um telescópio. Newtoniano

Colimação de um telescópio. Newtoniano Colimação de um telescópio Newtoniano Uma leve introdução Geralmente quando um iniciante se decide comprar um telescópio, ele se depara com vários tipos de instrumentos ópticos, disponíveis no mercado,

Leia mais

FIXANDO AS CAVERNAS NO PICADEIRO 33

FIXANDO AS CAVERNAS NO PICADEIRO 33 2 1 100 1 132 1 000 FIXANDO AS CAVERNAS NO PICADEIRO 33 1. Coloque a caverna do meio sobre o picadeiro a frente da traverssa. Para o barco de 5,2 m a caverna 2, para os barcos maiores a caverna 3. 2. Alinhe

Leia mais

Como erguer um piano sem fazer força

Como erguer um piano sem fazer força A U A UL LA Como erguer um piano sem fazer força Como vimos na aula sobre as leis de Newton, podemos olhar o movimento das coisas sob o ponto de vista da Dinâmica, ou melhor, olhando os motivos que levam

Leia mais

Manual de Montagem REVISÃO 312.20. www.robouno.com.br

Manual de Montagem REVISÃO 312.20. www.robouno.com.br Manual de Montagem REVISÃO 312.20 Manual de Montagem 01 Suporte Roda Caster 01 Roda Caster Parafusos 3x8mm Porcas 11 03 2 Observe a posição dos furos 01 Chassi Lateral 01 Motor Parafusos 3x8mm Porcas 12

Leia mais

Produzido para você por: Clube Monetizar

Produzido para você por: Clube Monetizar Produzido para você por: Clube Monetizar Publicado por: Wanderson Bessa Copyright 2016 Clube Monetizar Todos os Direitos Reservados. Este conteúdo só pode ser compartilhado com os créditos e direitos do

Leia mais

RECUPERAÇÃO DE IMAGEM

RECUPERAÇÃO DE IMAGEM RECUPERAÇÃO DE IMAGEM Quero que saibam que os dias que se seguiram não foram fáceis para mim. Porém, quando tornei a sair consciente, expus ao professor tudo o que estava acontecendo comigo, e como eu

Leia mais

SOCIEDADE ASTRONÔMICA BRASILEIRA SAB VII Olimpíada Brasileira de Astronomia VII OBA - 2004 Gabarito do nível 2 (para alunos da 3ª à 4ª série)

SOCIEDADE ASTRONÔMICA BRASILEIRA SAB VII Olimpíada Brasileira de Astronomia VII OBA - 2004 Gabarito do nível 2 (para alunos da 3ª à 4ª série) SOCIEDADE ASTRONÔMICA BRASILEIRA SAB VII Olimpíada Brasileira de Astronomia VII OBA - 2004 Gabarito do nível 2 (para alunos da 3ª à 4ª série) Questão 1) (1 ponto) Como você já deve saber o sistema solar

Leia mais

AVISO: O PESO APLICADO NO BRAÇO DO SPIDER NÃO PODE ULTRAPASSAR 50 LIBRAS (23 KG)!

AVISO: O PESO APLICADO NO BRAÇO DO SPIDER NÃO PODE ULTRAPASSAR 50 LIBRAS (23 KG)! Suporte e Posicionador para Membro Spider PREFÁCIO O Posicionador de Membros SPIDER foi projetado para oferecer o posicionamento ideal do membro que vai ser operado, durante a cirurgia. Seu projeto permite

Leia mais

Transcriça o da Entrevista

Transcriça o da Entrevista Transcriça o da Entrevista Entrevistadora: Valéria de Assumpção Silva Entrevistada: Ex praticante Clarice Local: Núcleo de Arte Grécia Data: 08.10.2013 Horário: 14h Duração da entrevista: 1h COR PRETA

Leia mais