FACULDADE ESTÁCIO DE SÁ DE SANTA CATARINA

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "FACULDADE ESTÁCIO DE SÁ DE SANTA CATARINA"

Transcrição

1 FACULDADE ESTÁCIO DE SÁ DE SANTA CATARINA TUTORIAL DE PREENCHIMENTO DOS DOCUMENTOS A SEREM ENTREGUES PARA A OBTENÇÃO DO PARECER DO COMITÊ DE ÉTICA EM PESQUISA COM SERES HUMANOS INTRODUÇÃO. O Comitê de Ética em Pesquisa (CEP) é um colegiado interdisciplinar e independente, com múnus público que deve existir nas instituições que realizam pesquisa envolvendo seres humanos no Brasil. Tem como objetivo defender os interesses dos sujeitos da pesquisa em sua integridade e dignidade e contribuir no desenvolvimento da pesquisa dentro de padrões éticos. É responsável pela avaliação e acompanhamento dos aspectos éticos de todas as pesquisas envolvendo seres humanos. Todo CEP segue as Normas e Diretrizes Reguladoras da Pesquisa envolvendo seres humanos Res. CNS 196/96 e é diretamente vinculado ao Conselho Nacional de Ética em Pesquisa (CONEP) Ministério da Saúde. DOCUMENTOS NECESSÁRIOS. A submissão de um projeto ao CEP dependerá da entrega de todos os documentos devidamente preenchidos na ordem descrita abaixo: Ao total são 10 (dez) documentos. Todos devem ser entregue em duas vias: - uma via impressa perfurada (2 furos) e preso com grampo plástico Modelo grampo plástico: - uma via em CD.

2 Segue abaixo a listagem de todos os documentos com explicações de preenchimento em vermelho. 1. Capa: É a cobertura externa que contém a identificação do trabalho, o nome dos pesquisadores, número do processo e data. Espaço reservado para preenchimento do CEP Preencher com a data de entrega FACULDADE ESTÁCIO DE SÁ SANTA CATARINA COMITÊ DE ÉTICA CEP N.º DO PROCESSO: (para preenchimento do CEP) DATA: TÍTULO: Preencher o título da pesquisa PESQUISADORES: Preencher o nome dos pesquisadores 2. Folha de rosto O primeiro documento oficial é a Folha de Rosto, disponibilizado pelo CONEP a cumprir a Res. CNS n.º 196/96 (VI.1 e VI.5). Esse é o documento que dá consistência jurídica ao projeto, porque identifica o pesquisador responsável, a instituição e o CEP, que devem apor suas assinaturas, e se comprometem com o cumprimento das normas e com as responsabilidades correspondentes (Ministério da Saúde / CONEP, 2007). MINISTÉRIO DA SAÚDE - Conselho Nacional de Saúde - Comissão Nacional de Ética em Pesquisa - CONEP FOLHA DE ROSTO PARA PESQUISA ENVOLVENDO SERES HUMANOS ( versão outubro/99 ) Para preencher o documento, use as indicações da página Projeto de Pesquisa: preencher com o título do projeto de pesquisa 2. Área do Conhecimento (Ver relação no verso) preencher com a área do conhecimento 5. Área(s) Temática(s) Especial (s) (Ver fluxograma no verso) preencher com a área 3. Código: preencher com o código da área do conhecimento 4. Nível: ( Só áreas do conhecimento 4 ) Código(s): Fase: (Só área temática 3) I ( ) II ( )

3 temática III ( ) IV ( ) 8. Unitermos: (3 opções ) preencher com três palavras chaves, ou seja, descritores 9. Número de sujeitos preencher com o número de elementos que farão parte da amostra SUJEITOS DA PESQUISA 10. Grupos Especiais : <18 anos ( ) Portador de Deficiência Mental ( ) Embrião /Feto ( ) Relação de Dependência (Estudantes, Militares, Presidiários, etc ) ( ) Outros ( ) Não se aplica ( ) marcar o item adequado de acordo com a amostra de pesquisa PESQUISADOR RESPONSÁVEL 11. Nome: nome do responsável pela pesquisa 12. Identidade: número do RG do 14. Nacionalidade: nacionalidade do 16. Maior Titulação: título acadêmico máximo do 13. CPF.: número do CPF do 15. Profissão: profissão do 17. Cargo: cargo que o exerce na instituição, ex: docente 19.Endereço (Rua, n.º ): endereço comercial do (instituição de ensino) 20. CEP: CEP comercial do (instituição de ensino) 23. Fone: telefone comercial do (instituição de ensino) 21. Cidade: cidade onde fica a instituição de ensino 24. Fax: U.F. estado onde fica a instituição de ensino 18. Instituição a que pertence: instituição em que trabalho e institucional do possui vínculo com a pesquisa Termo de Compromisso: Declaro que conheço e cumprirei os requisitos da Res. CNS 196/96 e suas complementares. Comprometo-me a utilizar os materiais e dados coletados exclusivamente para os fins previstos no protocolo e a publicar os resultados sejam eles favoráveis ou não. Aceito as responsabilidades pela condução científica do projeto acima. Data: / / (data do preenchimento) assinatura do Assinatura INSTITUIÇÃO ONDE SERÁ REALIZADO 26. Nome: nome da instituição que a pesquisa possui vínculo 27. Unidade/Órgão: Curso em que a pesquisa é vinculada 28. Participação Estrangeira: Sim ( ) Não ( ) marcar se a pesquisa possui ou não participação estrangeira 29. Endereço (Rua, nº): endereço completo da instituição de vínculo 30. CEP: CEP da instituição de vínculo 33. Fone: telefone da instituição de vínculo 31. Cidade: cidade da instituição de vínculo 34. Fax.: U.F. estado da instituição de vínculo 35. Projeto Multicêntrico: Sim ( ) Não ( ) Nacional ( ) Internacional ( ) ( Anexar a lista de todos os Centros Participantes no Brasil ) marcar se o projeto envolve ou não outros centros de pesquisa e envolvidos na pesquisa / marcar se a pesquisa possui enfoque nacional ou internacional Termo de Compromisso ( do responsável pela instituição ) :Declaro que conheço e cumprirei os requisitos da Res. CNS 196/96 e suas Complementares e como esta instituição tem condições para o desenvolvimento deste projeto, autorizo sua execução Nome: preencher com o nome do Diretor Geral da Instituição de Ensino Cargo preencher com o cargo do nome descrito acima Data: / / (data do preenchimento) assinatura do nome descrito responsável pela instituição Assinatura PATROCINADOR Não se aplica ( ) 36. Nome: 39. Endereço Se a pesquisa não tiver 37. Responsável: 40. CEP: 41. Cidade: patrocínio 42. UF marcar não 38. Cargo/Função: 43. Fone: 44. Fax: se aplica, caso tenha preencher o dados referente ao patrocinador

4 COMITÊ DE ÉTICA EM PESQUISA - CEP 45. Data de Entrada: / / 46. Registro no CEP: 47. Conclusão: Aprovado ( ) Data: / / 49. Relatório(s) do Pesquisador responsável previsto(s) para: / / Encaminho a CONEP: 50. Os dados acima para registro ( ) 51. O projeto para apreciação ( ) 52. Data: / / 53. Coordenador/Nome 48. Não Aprovado ( ) Data: / / Data: / / Assinatura Data: Anexar o parecer consubstanciado COMISSÃO NACIONAL DE ÉTICA EM PESQUISA - CONEP 54. Nº Expediente : 55. Processo : 58. Observações: 56.Data Recebimento : 57. Registro na CONEP: 3. Protocolo para submissão de Projeto COMITÊ DE ÉTICA EM PESQUISA EM SERES HUMANOS PROTOCOLO PARA SUBMISSÃO DOS PROJETOS Este formulário deve ser datilografado ou preenchido no computador. Antes de preencher este formulário e os demais formulários utilizados pelo CEP e encaminhar o projeto para análise, é recomendado a leitura das Resoluções do Conselho Nacional de Saúde N o 196 de 10/10/96 e N o 251 de 07/08/97. Projeto: marcar o item referente a modalidade da pesquisa Monografia/Graduação Monografia/Especialização Iniciação Científica Projeto de Pesquisa Mestrado Doutorado Título Pesquisadores Responsáveis Título completo da pesquisa 1. Nome completo Endereço, e telefone. 2. Nome completo acadêmico e telefone

5 Este projeto já foi apreciado por outro Comitê de Ética? Objetivo(s) do Estudo Métodos a. Identificação da pesquisa e população ou amostra. b. Procedimentos. c. Medidas a serem obtidas. d. Armazenamento de dados. e. Análise, métodos estatísticos. Local e tempo de duração do estudo Perigo(s) ou risco(s) potencial aos indivíduos. Procedimentos de desconforto e de estresse aos indivíduos. Grau de Risco Arranjos financeiros e Indenização Acesso aos dados Pesquisador responsável Data Não Sim. Qual: nome completo do CEP Observação: Anexar uma cópia do parecer. Colocar objetivo geral e objetivos específicos. a. descrever o tipo e técnicas de pesquisa, o universo onde se dará a pesquisa, número de indivíduos, de onde são, processo de amostragem (se for o caso), características dos indivíduos participantes da pesquisa, critérios de exclusão e inclusão (se for necessário); utilização do termo de consentimento livre e esclarecido (se tiver sido utilizado); entre outros. b. descrever todo os procedimentos: descrição do piloto (se for utilizado); descrição do instrumento de coleta de dados; os aparelhos que serão utilizados (se for o caso); a estratégia de coleta de dados. c. descrever todas as medidas que vocês pretendem pesquisar. d. descrever como os dados serão armazenados e sob o cuidado e responsabilidade de quem. e. Descrever o método para análise dos dados coletados (as técnicas estatísticas empregadas nas análises, no caso de abordagem quantitativa, bem como as peculiaridades da abordagem qualitativa, se a mesma enquadra-se ao tema de estudo); termo de consentimento livre e esclarecido (se tiver sido utilizado). Nome do local onde será realizada a coleta de dados. Início da pesquisa: / / Término da pesquisa: / / Início da coleta de dados: / / Término da coleta de dados: / / Apontar os riscos que a pessoa poderá vir a sofrer durante a coleta de dados, descrevendo-os. Apontar se a coleta de dados poderá gerar algum tipo de desconforto ou estresse, descrevendo-os. Mínimo Médio Alto Descrever quem vai patrocinar os gastos da pesquisa. Descrever quais pessoas terão acesso aos dados e sob responsabilidade de quem estes ficarão para garantia do sigilo de identidade dos participantes. Assinatura do XXXXX 4. Projeto de pesquisa O projeto de pesquisa deve ser entregue em português. É óbvia a necessidade deste documento, porque é por meio dele que se fará a análise ética e se verificará a adequação metodológica. É importante ressaltar que, embora a adequação não seja feita pelo CEP, mas sim sua avaliação, a solidez metodológica é em si uma questão ética. Um

6 projeto de pesquisa com falhas metodológicas graves encerra necessariamente falha do ponto de vista ético também. (Ministério da Saúde / CONEP, 2007). O projeto não deve ser entregue por inteiro, somente é necessário entregar: folha de rosto, introdução, objetivo geral, objetivos específicos, metodologia e cronograma. 5. Termo de Consentimento Livre e Esclarecido TCLE (Res. CNS n.º 196/96-VI.3.e) Este documento é considerado o mais importante pela Comissão Nacional de Ética em Pesquisa do Ministério da Saúde. Deve ser elaborado pelo pesquisador em linguagem acessível / clara à compreensão dos sujeitos participantes da pesquisa. Esse documento não pode ter termos técnicos e deve ser preenchido como se estive falando para o participante utilizando você como referencia. Conforme o Ministério da Saúde / CONEP (2007) a proteção dos sujeitos da pesquisa constitui a razão fundamental das Normas e Diretrizes brasileiras que ordenam as pesquisas envolvendo seres humanos, incluindo a Res. CNS n.º 196/96. O TCLE visa a proteger o sujeito da pesquisa e, ao proteger o sujeito da pesquisa, indiretamente se estará protegendo o pesquisador e demais envolvidos. Este deve assegurar ao sujeito da pesquisa o direito de recusar-se a realizar o instrumento de coleta de dados. O TCLE não é necessário se a pesquisa for realizada fonte secundária, ou seja, se a pesquisa utilizará como amostra dados já registrados, como por exemplo, prontuários. Este documento deve ser preenchido como se estivesse explicando ao participante da pesquisa sobre o projeto a ser desenvolvido. FACULDADE ESTÁCIO DE SÁ DE SANTA CATARINA COMITÊ DE ÉTICA EM PESQUISA - CEP TERMO DE CONSENTIMENTO LIVRE E ESCLARECIDO Título do Projeto: preencher com o título da pesquisa Gostaria de obter todas as informações sobre

7 este estudo: a- Tempo que terei de ficar disponível; b- quantas sessões serão necessárias (com dia e horário previamente marcados); c- detalhes sobre todos os procedimentos (testes, tratamentos, exercícios, etc.); d- local onde será realizado; e- equipamentos ou instrumentos que serão utilizados; f- se preciso vestir alguma roupa ou sapato apropriado; e quaisquer outras informações sobre o procedimento do estudo a ser realizado em mim. Quais as medidas a serem obtidas? Quais os riscos e desconforto que podem ocorrer? Quais os meus benefícios e vantagens em fazer parte deste estudo? Quais as pessoas que estarão me acompanhando durante os procedimentos práticos deste estudo? Este estudo envolve tirar fotos ou filmar a minha pessoa? Existe algum questionário que preciso preencher? Sou obrigado a responder a todas as perguntas? Qual a maneira de se manter sob sigilo as minhas fotos, vídeos, questionários ou qualquer outro dado a meu respeito? PESSOA PARA CONTATO (Pesquisador responsável) NÚMERO DO TELEFONE ENDEREÇO TERMO DE CONSENTIMENTO Declaro que fui informado sobre todos os procedimentos da pesquisa e, que recebi de forma clara e objetiva todas as explicações pertinentes ao projeto e, que todos os dados a meu respeito serão sigilosos. Eu compreendo que neste estudo, as medições dos experimentos/procedimentos de tratamento serão feitas em mim. Declaro que fui informado que posso me retirar do estudo a qualquer momento. Nome por extenso Assinatura São José, / /. 6. Orçamento Documento exigido conforme Res. CNS n.º 196/96-VI.2.j. Segundo o Ministério da Saúde / CONEP (2007) existem algumas considerações importantes a fazer em relação a esse documento que justificam sua solicitação, do ponto de vista administrativo e ético.

8 Do ponto de vista administrativo nenhum exame ou procedimento realizado em função exclusivamente da pesquisa pode ser cobrado do participante e isto deve ser previsto para viabilização da pesquisa. Do ponto de vista ético o pagamento do pesquisador nunca pode ser de tal monta que o induza a alterar a relação risco/benefício para os sujeitos da pesquisa. Assim como não deve haver pagamento ao sujeito da pesquisa para sua participação. Admite-se apenas o ressarcimento de despesas necessárias ao seu acompanhamento (Res. CNS n.º 196/96,VI.3h), por exemplo despesas com passagens e alimentação. COMITÊ DE ÉTICA EM PESQUISA EM SERES HUMANOS ORÇAMENTO DO PROJETO TÍTULO DA PESQUISA: preencher com o título da pesquisa GESTOR FINANCEIRO: se não houver patrocinador os gestores financeiros serão os próprios pesquisadores. Itens a serem financiados Valor Fonte Especificações Quantidade Unitário Valor Viabilizadora R$ Total R$ EX; resma papel 1 R$12,00 R$12,00 pesquisadores TOTAL GERAL R$ Nome completo do (Docente da Faculdade Estácio de Sá de Santa Catarina / Orientador da pesquisa) Nome completo do acadêmico

9 (Acadêmico do curso de nome do curso da Faculdade Estácio de Sá de Santa Catarina / Pesquisador) 7. Currículo do pesquisador principal e dos demais pesquisadores participantes (Res. CNS n.º 196/96-VI.4) A justificativa para a solicitação deste documento é para a avaliação da capacidade técnica e adequação ética do pesquisador para a realização daquela pesquisa. Isso não quer dizer que o pesquisador já tenha realizado pesquisas semelhantes, mas apenas que tem capacidade técnica para realizá-la (Ministério da Saúde / CONEP, 2007). O currículo do deve ser Lattes, já o currículo do acadêmico é aceito Lattes ou Vitae, desde que contenha o mínimo de informação sobre a formação do mesmo. 8. Declaração de ciência e parecer da Instituição envolvida Esta declaração deve estar devidamente assinada pela instituição onde a pesquisa será realizada. DECLARAÇÃO DE CIÊNCIA E CONCORDÂNCIA DAS INSTITUIÇÕES ENVOLVIDAS Declaramos para os devidos fins e efeitos legais que, objetivando atender às exigências para a obtenção de parecer do Comitê de Ética em Pesquisa em Seres Humanos, os representantes legais das instituições envolvidas no projeto de pesquisa intitulado título da pesquisa declaram estarem cientes e de acordo com seu desenvolvimento nos termos propostos, lembrando aos pesquisadores que no desenvolvimento do referido projeto de pesquisa, serão cumpridos os termos da resolução 196/96 e 251/97 do Conselho Nacional de Saúde. Nome completo do (Pesquisador responsável - Faculdade Estácio de Sá de Santa Catarina) Professor Luis Carlos Martinhago Schlichting (Diretor Geral da Faculdade Estácio de Sá de Santa Catarina) Nome completo do responsável pela instituição envolvida (cargo ocupado na instituição envolvida) PS: deve conter os respectivos carimbos

10 9. Consentimento para fotografias, vídeos e gravações (se necessário) Este documento somente é necessário se a pesquisa envolver fotos, gravações de áudio e/ou imagem. CONSENTIMENTO PARA FOTOGRAFIAS, VÍDEOS E GRAVAÇÕES Eu,, CPF, permito que o grupo de pesquisadores relacionados abaixo obtenha fotografia, filmagem ou gravação de minha pessoa para fins de pesquisa, científico, médico e educacional. Eu concordo que o material e informações obtidas relacionadas à minha pessoa possam ser publicados em aulas, congressos, palestras ou periódicos científicos. Porém, a minha pessoa não deve ser identificada por nome em qualquer uma das vias de publicação ou uso.as fotografias, vídeos e gravações ficarão sob a propriedade do grupo de pesquisadores pertinentes ao estudo e, sob a guarda dos mesmos. Assinatura: Se o indivíduo é menor de 18 anos de idade, ou é incapaz, por qualquer razão de assinar, o consentimento deve ser obtido e assinado por um dos pais ou representante legal. Nome dos pais ou responsável: Assinatura: Equipe de pesquisadores: Nomes: Nome do Orientador de conteúdo Nome do acadêmico Acadêmico do curso de nome do curso Local onde será realizado o projeto: descrever o local onde será realizada a coleta de dados Data: descrever o período de coleta de dados. São José, dia de mês de ano. 10. Declaração de sigilo pesquisadores (se necessário)

11 Esta declaração é necessária quando a pesquisa envolve dados secundários, como por exemplo, dados de prontuário, não necessitando de Termo de Consentimento Livre e Esclarecido. DECLARAÇÃO PESQUISADOR Eu, nome completo pesquisador, nacionalidade, Inscrito(a) no Registro Geral sob nº xxxx, CPF número xxxx, estado civil, residente e domiciliada na endereço completo, função (docente ou acadêmico) do Curso de nome do curso, da Faculdade Estácio de Sá de Santa Catarina, sob a matrícula número xxxx, declaro, para os devidos fins que me comprometo na pesquisa intitulada Título da pesquisa, manter em sigilo as informações obtidas dos prontuários dos pacientes e identificá-los apenas pelas iniciais do primeiro e último sobrenome. Declaro ainda, que somente os pesquisadores responsáveis pela pesquisa terão acesso aos dados dos pacientes. Por ser expressão da verdade, firmo o presente. São José, dia de mês de ano. Nome completo do declarante (Função na pesquisa: ou orientando) Bibliografia MINISTÉRIO DA SAÚDE / CONEP. Manual Operacional para Comitês de Ética em Pesquisa. Conselho Nacional de Saúde. Comissão Nacional de Ética em Pesquisa. 4.ª edição revista e atualizada. 1.ª reimpressão. Série A. Normas e Manuais Técnicos. Série CNS Cadernos Técnicos. Brasília DF. 2007

COMITÊ DE ÉTICA EM PESQUISA DA ESCOLA DE SAÚDE PÚBLICA DO CEARÁ

COMITÊ DE ÉTICA EM PESQUISA DA ESCOLA DE SAÚDE PÚBLICA DO CEARÁ COMITÊ DE ÉTICA EM PESQUISA DA ESCOLA DE SAÚDE PÚBLICA DO CEARÁ 1. ORIENTAÇÕES PARA ELABORAÇÃO DO TERMO DE CONSENTIMENTO LIVRE E ESCLARECIDO (TCLE) A importância do TCLE. A Resolução CNS 196/96 afirma

Leia mais

Roteiro para encaminhamento de Projeto de Pesquisa ao CEP-FIPA

Roteiro para encaminhamento de Projeto de Pesquisa ao CEP-FIPA 1 Prezado Pesquisador: Comitê de Ética em Pesquisa CEP / FIPA Faculdades Integradas Padre Albino Fundação Padre Albino Rua dos Estudantes, 225 - Cep - 15.809-144 Catanduva SP Fone (17) 33113229 e-mail:

Leia mais

DOCUMENTOS NECESSÁRIOS PÁRA PROTOCOLAR PROJETOS DE PESQUISA NO COMITÊ DE ÉTICA

DOCUMENTOS NECESSÁRIOS PÁRA PROTOCOLAR PROJETOS DE PESQUISA NO COMITÊ DE ÉTICA - SOMENTE PODERÃO SER SUBMETIDOS PARA ANÁLISE DO COMITÊ DE ÉTICA EM PESQUISA, PROJETOS QUE NÃO INICIARAM COLETA DE DADOS; - PROJETOS JÁ CONCLUÍDOS NÃO SERÃO ANALISADOS. DOCUMENTOS NECESSÁRIOS PÁRA PROTOCOLAR

Leia mais

INSTRUÇÕES PARA DEPOSITAR O PROJETO DE PESQUISA NO CEP/FATEA

INSTRUÇÕES PARA DEPOSITAR O PROJETO DE PESQUISA NO CEP/FATEA INSTRUÇÕES PARA DEPOSITAR O PROJETO DE PESQUISA NO CEP/FATEA Este texto tem por finalidade orientar a preparação dos Protocolos de Pesquisa que devem ser analisados pelo Comitê de Ética em Pesquisa (CEP)

Leia mais

Resolução nº 023/2006

Resolução nº 023/2006 Resolução nº 023/2006 Dispõe sobre a instituição de Subcomitês de Ética e Pesquisa dos Cursos das Faculdades mantidas pela Unidade de Ensino Superior Vale do Iguaçu e dá outras providências O Diretor Geral

Leia mais

NOME DA INSTITUIÇÃO QUE SERÁ DESENVOLVIDO O PROJETO OU QUE O PESQUISADOR PRINCIPAL ESTÁ VINCULADO

NOME DA INSTITUIÇÃO QUE SERÁ DESENVOLVIDO O PROJETO OU QUE O PESQUISADOR PRINCIPAL ESTÁ VINCULADO NOME DA INSTITUIÇÃO QUE SERÁ DESENVOLVIDO O PROJETO OU QUE O PESQUISADOR PRINCIPAL ESTÁ VINCULADO TÍTULO DO PROJETO DEVE SER IDÊNTICO AO RELATADO NA FOLHA DE ROSTO Pesquisadora Responsável R.G.: C.P.F.:

Leia mais

TERMO DE CONSENTIMENTO LIVRE E ESCLARECIDO TCLE

TERMO DE CONSENTIMENTO LIVRE E ESCLARECIDO TCLE TERMO DE CONSENTIMENTO LIVRE E ESCLARECIDO TCLE O TCLE não é apenas um texto jurídico com a assinatura do sujeito da pesquisa afixada. É um instrumento que se usa para facilitar a comunicação entre pesquisador

Leia mais

MODELOS DOS DOCUMENTOS EXIGIDOS (De acordo com as exigências da Res. nº. 466/2012 CNS/CONEP)

MODELOS DOS DOCUMENTOS EXIGIDOS (De acordo com as exigências da Res. nº. 466/2012 CNS/CONEP) MODELOS DOS DOCUMENTOS EXIGIDOS (De acordo com as exigências da Res. nº. 466/2012 CNS/CONEP) APÊNDICES Termo de Consentimento Livre e Esclarecido TCLE O Termo de Consentimento Livre e Esclarecido deve

Leia mais

CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM REDES DE COMPUTADORES

CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM REDES DE COMPUTADORES CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM REDES DE COMPUTADORES REGULAMENTO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DO CURSO 2 Sumário 1 CARACTERÍSTICAS GERAIS... 3 1.1 Atividade acadêmica... 3 1.2 Estruturação... 3 1.3 Localização

Leia mais

PÚBLICO GERAL O SISNEP divulga a listagem dos projetos aprovados ao público geral.

PÚBLICO GERAL O SISNEP divulga a listagem dos projetos aprovados ao público geral. ORIENTAÇÕES PARA PREENCHIMENTO DA FOLHA DE ROSTO SISNEP Sistema Nacional de Informações sobre Ética em Pesquisas envolvendo Seres Humanos PÚBLICO GERAL O SISNEP divulga a listagem dos projetos aprovados

Leia mais

Para cadastrar seu Projeto de Pesquisa no site da Plataforma Brasil, você deve:

Para cadastrar seu Projeto de Pesquisa no site da Plataforma Brasil, você deve: ORIENTAÇÕES PARA O ENCAMINHAMENTO DE PROJETOS DE PESQUISA VIA PLATAFORMA BRASIL Prezado (a) Pesquisador (a), com o intuito de auxiliá-lo na submissão dos projetos de pesquisa que serão avaliados por nosso

Leia mais

ÉTICA EM PESQUISA ENVOLVENDO SERES HUMANOS

ÉTICA EM PESQUISA ENVOLVENDO SERES HUMANOS ÉTICA EM PESQUISA ENVOLVENDO SERES HUMANOS Délio José Kipper, PhD djkipper@pucrs.br Edmund Jenner - 1796 Pasteur (1822-1895) 1895) Tuskegee 1930-1970 1970 Walter Reed 1901 Auto-Experimenta Experimentação

Leia mais

SECRETARIA DE ESTADO DA SAÚDE Coordenadoria de Serviços de Saúde INSTITUTO DANTE PAZZANESE DE CARDIOLOGIA

SECRETARIA DE ESTADO DA SAÚDE Coordenadoria de Serviços de Saúde INSTITUTO DANTE PAZZANESE DE CARDIOLOGIA DOCUMENTOS NECESSÁRIOS PARA ANÁLISE DE PROJETOS DE PESQUISA 1 Folha de Rosto http://portal2.saude.gov.br/sisnep/pesquisador - está folha de rosto deverá ser impressa em 3 vias; deverá ser assinada pelo

Leia mais

FU N D A Ç Ã O HEMO M IN A S

FU N D A Ç Ã O HEMO M IN A S DESENVOLVIMENTO DE PESQUIS NA FUNDAÇÃO HEMOMINAS VERSÃO 05 DEZEMBRO / 2014 Cópia controlada. Nenhuma parte deste Manual pode ser reproduzida, por qualquer meio, eletrônico ou mecânico, incluindo fotocópia,

Leia mais

FORMULÁRIO PARA SUBMISSÃO DE ESTUDOS NO INCA

FORMULÁRIO PARA SUBMISSÃO DE ESTUDOS NO INCA FORMULÁRIO PARA SUBMISSÃO DE ESTUDOS NO INCA Prezado Pesquisador, No cadastro do seu estudo na Plataforma Brasil (http://www.saude.gov.br/plataformabrasil), você deverá: 1. Anexar cópia digitalizada deste

Leia mais

APOIO À PUBLICAÇÃO DE LIVROS IMPRESSOS - EDIÇÃO 2014

APOIO À PUBLICAÇÃO DE LIVROS IMPRESSOS - EDIÇÃO 2014 EDITAL INTERNO Nº 126 DE 10 DE SETEMBRO DE 2014 APOIO À PUBLICAÇÃO DE LIVROS IMPRESSOS - EDIÇÃO 2014 O REITOR DO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA FLUMINENSE, no uso das atribuições legais

Leia mais

Lista de checagem do protocolo

Lista de checagem do protocolo MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DA GRANDE DOURADOS PRÓ-REITORIA DE ENSINO DE PÓS-GRADUAÇÃO E PESQUISA Comitê de Ética em Pesquisa Lista de checagem do protocolo A avaliação do projeto

Leia mais

PROCEDIMENTO DE COMITÊ DE ÉTICA

PROCEDIMENTO DE COMITÊ DE ÉTICA COMPANHIA DOS CURSOS Página: 1 de 9 1.0 OBJETIVO A Companhia dos Cursos tem como objetivo informar o aluno sobre o trâmite de entrada do pré-projeto do trabalho de conclusão de curso no comitê de ética

Leia mais

PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO IA/UNESP

PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO IA/UNESP FORMULÁRIO PARA A DEFESA Ao Conselho do Programa de Pós-graduação: O aluno: Devidamente matrículado no programa de Pós-Graduação: ÁREA: CURSO: Artes Mestrado Música Doutorado Linha de Pesquisa: Deverá,

Leia mais

PROGRAMA INSTITUCIONAL DE INICIAÇÃO CIENTIFICA PIC VOLUNTÁRIO REGULAMENTO 2016.1. CAPÍTULO I Objetivo

PROGRAMA INSTITUCIONAL DE INICIAÇÃO CIENTIFICA PIC VOLUNTÁRIO REGULAMENTO 2016.1. CAPÍTULO I Objetivo Instituto Avançado de Ensino Superior de Barreiras IAESB Faculdade São Francisco de Barreiras FASB Coordenação de Pesquisa e Extensão PROGRAMA INSTITUCIONAL DE INICIAÇÃO CIENTIFICA PIC VOLUNTÁRIO REGULAMENTO

Leia mais

Protocolo de Pesquisa

Protocolo de Pesquisa I.1. Título do Projeto: _ I.2. Pesquisador Responsável* Nome: Identidade: _ CPF: _ Endereço: _ Correspondência: _ Telefone: Fax: Correio eletrônico: * Orientador(a) e Aluno(a) em caso de programas de mestrado

Leia mais

LISTA DE CHECAGEM DO PROTOCOLO DE PESQUISA

LISTA DE CHECAGEM DO PROTOCOLO DE PESQUISA LISTA DE CHECAGEM DO PROTOCOLO DE PESQUISA Roteiro de procedimentos para submissão ao CEP 1. Deve haver adequação do enquadramento na área temática e o número de sujeitos indicado na folha de rosto deve

Leia mais

INSTRUÇÕES PARA O PREENCHIMENTO DA FOLHA DE ROSTO PARA SUBMISSÃO AO CEP/IH

INSTRUÇÕES PARA O PREENCHIMENTO DA FOLHA DE ROSTO PARA SUBMISSÃO AO CEP/IH INSTRUÇÕES PARA O PREENCHIMENTO DA FOLHA DE ROSTO PARA SUBMISSÃO AO CEP/IH Utilize a folha de rosto disponível no site do CEP/IH (http://www.cepih.org.br/pesquisador.htm). O CEP/IH é registrado na CONEP

Leia mais

Universidade Católica de Pelotas. Pró-Reitoria Acadêmica Edital 054/2015

Universidade Católica de Pelotas. Pró-Reitoria Acadêmica Edital 054/2015 Universidade Católica de Pelotas Pró-Reitoria Acadêmica Edital 054/2015 O Centro de Ciências Jurídicas, Econômicas e Sociais, no Programa de Pós-Graduação em Política Social, seleciona professor para o

Leia mais

2. DAS MODALIDADES E DOS REQUISITOS PARA O CANDIDATO À BOLSA

2. DAS MODALIDADES E DOS REQUISITOS PARA O CANDIDATO À BOLSA C AM PUS II Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação Tel: 18 3229 2077 / 2078 / 2079 E-mail: posgrad@unoeste.br www.unoeste.br Campus I Campus II Rua José Bongiovani, 700 Cidade Universitária CEP 19050

Leia mais

LISTA DE DOCUMENTOS OBRIGATÓRIOS PARA APRESENTAÇÃO DE PROJETOS DE PESQUISA AO COMITÊ DE ÉTICA EM PESQUISA DA ASSOCIAÇÃO DE COMBATE AO CÂNCER EM GOIÁS

LISTA DE DOCUMENTOS OBRIGATÓRIOS PARA APRESENTAÇÃO DE PROJETOS DE PESQUISA AO COMITÊ DE ÉTICA EM PESQUISA DA ASSOCIAÇÃO DE COMBATE AO CÂNCER EM GOIÁS LISTA DE DOCUMENTOS OBRIGATÓRIOS PARA APRESENTAÇÃO DE PROJETOS DE PESQUISA AO COMITÊ DE ÉTICA EM PESQUISA DA ASSOCIAÇÃO DE COMBATE AO CÂNCER EM GOIÁS 1. MODELO DE DECLARAÇÃO DO PESQUISADOR 2. MODELO PARA

Leia mais

TERMO DE ADESÃO. Nome Data de Nasc. / / RG nº Órgão expedidor Data de Emissão / /

TERMO DE ADESÃO. Nome Data de Nasc. / / RG nº Órgão expedidor Data de Emissão / / ( )Plano GEAPSaúde II ( )Plano GEAP-Referência ( )Plano GEAPEssencial ( )Plano GEAPClássico Registro ANS n 458.004/08-4 Registro ANS n 455.830/07-8 Registro ANS n 455.835/07-9 Registro ANS n 456.093/07-1

Leia mais

LISTA DE DOCUMENTOS OBRIGATÓRIOS PARA APRESENTAÇÃO DE PROJETOS DE PESQUISA AO COMITÊ DE ÉTICA EM PESQUISA DA ASSOCIAÇÃO DE COMBATE AO CÂNCER EM GOIÁS

LISTA DE DOCUMENTOS OBRIGATÓRIOS PARA APRESENTAÇÃO DE PROJETOS DE PESQUISA AO COMITÊ DE ÉTICA EM PESQUISA DA ASSOCIAÇÃO DE COMBATE AO CÂNCER EM GOIÁS LISTA DE DOCUMENTOS OBRIGATÓRIOS PARA APRESENTAÇÃO DE PROJETOS DE PESQUISA AO COMITÊ DE ÉTICA EM PESQUISA DA ASSOCIAÇÃO DE COMBATE AO CÂNCER EM GOIÁS 1. MODELO PARA ELABORAÇÃO DE TERMO DE CONSENTIMENTO

Leia mais

Edital Nº 04/2015 DEPE DISPÕE SOBRE A SELEÇÃO DE PROPOSTAS PARA APOIO A PROJETOS DE PESQUISA NA SANTA CASA DE MISERICÓRDIA DE SOBRAL.

Edital Nº 04/2015 DEPE DISPÕE SOBRE A SELEÇÃO DE PROPOSTAS PARA APOIO A PROJETOS DE PESQUISA NA SANTA CASA DE MISERICÓRDIA DE SOBRAL. Edital Nº 04/2015 DEPE DISPÕE SOBRE A SELEÇÃO DE PROPOSTAS PARA APOIO A PROJETOS DE PESQUISA NA SANTA CASA DE MISERICÓRDIA DE SOBRAL. Período 2015/2016 O Diretor da Santa Casa de Misericórdia de Sobral,

Leia mais

FORMULÁRIO 1 INSCRIÇÃO

FORMULÁRIO 1 INSCRIÇÃO FORMULÁRIO 1 INSCRIÇÃO NOME COMPLETO: IDENTIFICAÇÃO DO CANDIDATO CPF: IDENTIDADE: ÓRGÃO EMISSOR: UF: DATA EMISSÃO: DATA NASCIMENTO: NACIONALIDADE: SEXO: ( ) Masculino ( ) Feminino ENDEREÇO: Foto 3 x 4

Leia mais

Anexos para desenvolvimento de projeto Disciplina TCC

Anexos para desenvolvimento de projeto Disciplina TCC Anexos para desenvolvimento de projeto Disciplina TCC TERMO DE ORIENTAÇÃO DE TCC Eu, professor orientador do Departamento de Ciências Sociais e Ambientais da Fundação Universidade Federal de Rondônia,

Leia mais

METODOLOGIA DE ENSINO A DISTÂNCIA

METODOLOGIA DE ENSINO A DISTÂNCIA METODOLOGIA DE ENSINO A DISTÂNCIA 01 APRESENTAÇÃO Cada vez mais o mercado de trabalho na área de secretariado está competitivo e exigente. Para manter seu diferencial os empregadores estão observando,

Leia mais

Programa de Pós-Graduação em Ciência da Computação Universidade do Estado do Rio Grande do Norte Universidade Federal Rural do Semi-Árido

Programa de Pós-Graduação em Ciência da Computação Universidade do Estado do Rio Grande do Norte Universidade Federal Rural do Semi-Árido Programa de Pós-Graduação em Ciência da Computação Universidade do Estado do Rio Grande do Norte Universidade Federal Rural do Semi-Árido Edital 02/2015 - PPgCC/UERN PROCESSO SELETIVO PARA BOLSA DE PÓS-DOUTORADO

Leia mais

Universidade Estadual de Montes Claros -UNIMONTES Pró-Reitoria de Pesquisa MANUAL DO PESQUISADOR

Universidade Estadual de Montes Claros -UNIMONTES Pró-Reitoria de Pesquisa MANUAL DO PESQUISADOR Universidade Estadual de Montes Claros -UNIMONTES Pró-Reitoria de Pesquisa MANUAL DO PESQUISADOR Julho/2004 Campus Universitário Prof. Darcy Ribeiro Internet: http://www.unimontes.br Telefone: (38) 32298180

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO Seleção de Bolsista Professor-Tutor para o Curso de Especialização em Saúde da Família

UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO Seleção de Bolsista Professor-Tutor para o Curso de Especialização em Saúde da Família UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO Seleção de Bolsista Professor-Tutor para o Curso de Especialização em Saúde da Família A Coordenação do Curso de Pós-Graduação Lato Sensu em Saúde da Família,

Leia mais

FACULDADE METROPOLITANA DA GRANDE FORTALEZA FAMETRO PROGRAMA DE MONITORIA E INICIAÇÃO CIENTÍFICA EDITAL Nº 007/2015 DA

FACULDADE METROPOLITANA DA GRANDE FORTALEZA FAMETRO PROGRAMA DE MONITORIA E INICIAÇÃO CIENTÍFICA EDITAL Nº 007/2015 DA FAMETRO PROGRAMA DE MONITORIA E INICIAÇÃO CIENTÍFICA EDITAL Nº 007/2015 DA A Direção Acadêmica torna pública a inscrição para docentes e estudantes da Faculdade Metropolitana da Grande Fortaleza FAMETRO,

Leia mais

ORIENTAÇÕES PARA SUBMISSÃO DE PROJETOS DE PESQUISA NA PLATAFORMA BRASIL

ORIENTAÇÕES PARA SUBMISSÃO DE PROJETOS DE PESQUISA NA PLATAFORMA BRASIL ORIENTAÇÕES PARA SUBMISSÃO DE PROJETOS DE PESQUISA NA PLATAFORMA BRASIL PLATAFORMA BRASIL A Plataforma Brasil é uma base nacional e unificada de registros de pesquisas envolvendo seres humanos para todo

Leia mais

TERMO DE CONSENTIMENTO LIVRE E ESCLARECIDO (TCLE)

TERMO DE CONSENTIMENTO LIVRE E ESCLARECIDO (TCLE) TERMO DE CONSENTIMENTO LIVRE E ESCLARECIDO (TCLE) (Responsável por paciente com idade 24 meses) TÍTULO DA PESQUISA: IDENTIFICAÇÃO DE ALTERAÇÕES IMUNOFENOTÍPICAS E MOLECULARES DAS LEUCEMIAS DE CÉLULAS-T

Leia mais

Projeto de Pesquisa. Pesquisa. Pesquisa. Protocolo de Pesquisa

Projeto de Pesquisa. Pesquisa. Pesquisa. Protocolo de Pesquisa Projeto de http://www.evidencias.com/planejamento Objetivos da aula O que é a pesquisa e o projeto de pesquisa? Quais são as etapas de uma pesquisa? Quais são os componentes do projeto de pesquisa? Qual

Leia mais

REGULAMENTO DA DEFESA DE DISSERTAÇÃO DO PROGRAMA DE PÓS- GRADUAÇÃO STRICTO SENSU EM AUTOMAÇÃO E CONTROLE DE PROCESSOS - IFSP DO OBJETIVO

REGULAMENTO DA DEFESA DE DISSERTAÇÃO DO PROGRAMA DE PÓS- GRADUAÇÃO STRICTO SENSU EM AUTOMAÇÃO E CONTROLE DE PROCESSOS - IFSP DO OBJETIVO REGULAMENTO DA DEFESA DE DISSERTAÇÃO DO PROGRAMA DE PÓS- GRADUAÇÃO STRICTO SENSU EM AUTOMAÇÃO E CONTROLE DE PROCESSOS - IFSP DO OBJETIVO Normatiza as atividades relacionadas à defesa de dissertação e estabelece

Leia mais

Disciplina Duração Vagas

Disciplina Duração Vagas UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO Edital 4 - Seleção de Bolsista Professor-Tutor para o Curso de Especialização em Educação Especial Deficiência Auditiva/Surdez A Coordenação do Curso de

Leia mais

PRÓ-REITORIA DE PESQUISA, PÓS-GRADUAÇÃO E EXTENSÃO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM LETRAS Mestrado em Letras do Centro Universitário Ritter dos Reis

PRÓ-REITORIA DE PESQUISA, PÓS-GRADUAÇÃO E EXTENSÃO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM LETRAS Mestrado em Letras do Centro Universitário Ritter dos Reis PRÓ-REITORIA DE PESQUISA, PÓS-GRADUAÇÃO E EXTENSÃO Edital de Seleção Programa Nacional de Pós-Doutorado PNPD/CAPES 2013 O (PPGL) Mestrado em Letras UniRitter torna público que estão abertas as inscrições

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE-FURG PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE-FURG PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE-FURG PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO Av. Itália, Km8 Campus Carreiros Rio Grande, RS Brasil 96201-900 fone: 53.32336772 e-mail:prograd@furg.br

Leia mais

Prefeitura Municipal de Campo Grande MS Secretaria Municipal de Saúde - SESAU PROGRAMA DE AUTOMONITORAMENTO GLICÊMICO

Prefeitura Municipal de Campo Grande MS Secretaria Municipal de Saúde - SESAU PROGRAMA DE AUTOMONITORAMENTO GLICÊMICO Prefeitura Municipal de Campo Grande MS Secretaria Municipal de Saúde - SESAU PROGRAMA DE AUTOMONITORAMENTO GLICÊMICO Protocolo de dispensação de insumos para pacientes com Diabetes Mellitus insulinodependentes

Leia mais

SISTEMA DE GESTÃO DA QUALIDADE IT Instrução de Trabalho

SISTEMA DE GESTÃO DA QUALIDADE IT Instrução de Trabalho ATENDIMENTO IT. 14 16 1 / 23 1. OBJETIVO Estabelecer diretrizes para o atendimento realizado pelo Crea GO ao profissional, empresa e público em geral. 2. DOCUMENTOS DE REFERÊNCIA Lei n 5.194 24 de dezembro

Leia mais

COMITÊ DE ÉTICA EM PESQUISA PARA USO DE HUMANO PROTOCOLO DE PLANOS DE AULAS PARA USO DE MATERIAIS BIOLÓGICOS

COMITÊ DE ÉTICA EM PESQUISA PARA USO DE HUMANO PROTOCOLO DE PLANOS DE AULAS PARA USO DE MATERIAIS BIOLÓGICOS COMITÊ DE ÉTICA EM PESQUISA PARA USO DE HUMANO PROTOCOLO DE PLANOS DE AULAS PARA USO DE MATERIAIS BIOLÓGICOS Data de entrada: No. Protocolo: Nível de abrangência do projeto: ( ) TC ( ) Iniciação Científica

Leia mais

EDITAL N 59 DE 17 DE SETEMBRO DE 2015 PROCESSO SELETIVO PARA INGRESSO NO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU

EDITAL N 59 DE 17 DE SETEMBRO DE 2015 PROCESSO SELETIVO PARA INGRESSO NO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU EDITAL N 59 DE 17 DE SETEMBRO DE 2015 PROCESSO SELETIVO PARA INGRESSO NO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU EM EDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS NA DIVERSIDADE E INCLUSÃO SOCIAL MODALIDADE EAD O Instituto Federal

Leia mais

Serviço Público Federal Universidade Federal de Goiás Regional Catalão Departamento Editorial EDITAL Nº 001/2014

Serviço Público Federal Universidade Federal de Goiás Regional Catalão Departamento Editorial EDITAL Nº 001/2014 EDITAL Nº 001/2014 CHAMADA PARA APRESENTAÇÃO DE CONTOS E POEMAS 1º CONCURSO NACIONAL DE CONTOS & POEMAS - ANTOLOGIA 2015 Prêmio FLOR DO IPÊ O DEPECAC d o C a m p u s Catalão da e o Departamento de Letras

Leia mais

EDITAL DE SELEÇÃO PARA INGRESSO NO DOUTORADO INTERINSTITUCIONAL EM EM ENGENHARIA E CIÊNCIA DE ALIMENTOS

EDITAL DE SELEÇÃO PARA INGRESSO NO DOUTORADO INTERINSTITUCIONAL EM EM ENGENHARIA E CIÊNCIA DE ALIMENTOS EDITAL DE SELEÇÃO PARA INGRESSO NO DOUTORADO INTERINSTITUCIONAL EM EM ENGENHARIA E CIÊNCIA DE ALIMENTOS O instituto de Biociências, Letras e Ciências Exatas UNESP Campus de São José do Rio Preto torna

Leia mais

III PROMOÇÃO LITERÁRIA CONTAGEM DAS LETRAS

III PROMOÇÃO LITERÁRIA CONTAGEM DAS LETRAS EDUCAÇÃO APRESENTA: REGULAMENTO III PROMOÇÃO LITERÁRIA CONTAGEM DAS LETRAS DE MARÇO A DEZEMBRO DE 2015 REGULAMENTO III PROMOÇÃO LITERÁRIA CONTAGEM DAS LETRAS 1. DO OBJETO A Secretaria de Educação de Contagem,

Leia mais

EDITAL Nº 46/2015 CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU EM EDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS NA DIVERSIDADE E INCLUSÃO SOCIAL MODALIDADE EAD

EDITAL Nº 46/2015 CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU EM EDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS NA DIVERSIDADE E INCLUSÃO SOCIAL MODALIDADE EAD EDITAL Nº 46/2015 CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU EM EDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS NA DIVERSIDADE E INCLUSÃO SOCIAL MODALIDADE EAD O Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Rondônia, por

Leia mais

ESCLARECIMENTOS A RESPEITO DA SUBMISSÃO DE PROJETO DE PESQUISA

ESCLARECIMENTOS A RESPEITO DA SUBMISSÃO DE PROJETO DE PESQUISA ESCLARECIMENTOS A RESPEITO DA SUBMISSÃO DE PROJETO DE PESQUISA TODOS OS PROTOCOLOS DE PESQUISA DEVEM SER SUBMETIDOS AO CEP VIA PLATAFORMA BRASIL Se você é um Usuário novo, acesse o link www.saude.gov.br/plataformabrasil

Leia mais

PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CIÊNCIA DO SISTEMA TERRESTRE PG-CST

PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CIÊNCIA DO SISTEMA TERRESTRE PG-CST CHAMADA PRA INSCRIÇÃO À BOLSA PNPD-PG-CST/INPE A Coordenação do Programa de Pós-Graduação em Ciência do Sistema Terrestre (PG-CST) do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE), informa que encontra-se

Leia mais

PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE SÃO PAULO PUC-SP Programa de Estudos Pós-Graduados em Educação: Currículo

PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE SÃO PAULO PUC-SP Programa de Estudos Pós-Graduados em Educação: Currículo EDITAL PARA O PROCESSO SELETIVO 2º/2015 Coordenadora: Profa. Dra. Branca Jurema Ponce Vice-Coordenadora: Profa. Dra. Marina Graziela Feldmann Estarão abertas, no período de 01/04/2015 a 24/04/2015, as

Leia mais

Edital N. 08/2015 - DF

Edital N. 08/2015 - DF Edital N. 08/2015 - DF O DOUTOR MARCO ANTONIO CANAVARROS DOS SANTOS, M.M Juiz Direto e Diretor do Fórum da Comarca de Novo São Joaquim, Estado de Mato Grosso, no uso de suas atribuições legais, RESOLVE:

Leia mais

ORIENTAÇÕES PARA O CADASTRO DO PROJETO DE PESQUISA NA PLATAFORMA BRASIL 1 A. CADASTRO DO PESQUISADOR NA PLATAFORMA BRASIL

ORIENTAÇÕES PARA O CADASTRO DO PROJETO DE PESQUISA NA PLATAFORMA BRASIL 1 A. CADASTRO DO PESQUISADOR NA PLATAFORMA BRASIL ORIENTAÇÕES PARA O CADASTRO DO PROJETO DE PESQUISA NA PLATAFORMA BRASIL 1 A. CADASTRO DO PESQUISADOR NA PLATAFORMA BRASIL 1.1. O pesquisador deve se cadastrar no site: www.saude.gov.br/plataformabrasil.

Leia mais

SISTEMA DE GESTÃO DA QUALIDADE IT Instrução de Trabalho

SISTEMA DE GESTÃO DA QUALIDADE IT Instrução de Trabalho ATENDIMENTO IT. 14 13 1 / 20 1. OBJETIVO Estabelecer diretrizes para o atendimento realizado pelo Crea GO ao profissional, empresa e público em geral. 2. DOCUMENTOS DE REFERÊNCIA Lei n 5.194 24 de dezembro

Leia mais

Documentos Necessários ao Protocolo de Pesquisa

Documentos Necessários ao Protocolo de Pesquisa Documentos Necessários ao Protocolo de Pesquisa 3. PROTOCOLO DE PESQUISA 3.1) Protocolo de pesquisa: é o conjunto de documentos, que pode ser variável a depender do tema, incluindo o projeto, e que apresenta

Leia mais

EDITAL FAPESB 002/2013 APOIO À PARTICIPAÇÃO EM EVENTOS CIENTÍFICOS E/OU TECNOLÓGICOS

EDITAL FAPESB 002/2013 APOIO À PARTICIPAÇÃO EM EVENTOS CIENTÍFICOS E/OU TECNOLÓGICOS EDITAL FAPESB 002/2013 APOIO À PARTICIPAÇÃO EM EVENTOS CIENTÍFICOS E/OU TECNOLÓGICOS A Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado da Bahia FAPESB, no uso das suas atribuições, torna público o presente Edital

Leia mais

Edital Nº006/2015 - PRPGI/IFBA Programa de Auxílio Qualificação para cursos de Pós- Graduação Lato e Stricto Sensu - Campus Camaçari -

Edital Nº006/2015 - PRPGI/IFBA Programa de Auxílio Qualificação para cursos de Pós- Graduação Lato e Stricto Sensu - Campus Camaçari - Edital Nº006/2015 - PRPGI/IFBA Programa de Auxílio Qualificação para cursos de Pós- Graduação Lato e Stricto Sensu - Campus Camaçari - 1 Apresentação O Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia

Leia mais

ROTEIRO E ESCLARECIMENTOS PARA SUBMISSÃO DE PROJETO DE PESQUISA COM ANIMAIS A COMISSÃO DE ÉTICA NO USO DE ANIMAIS DA UNIFRA

ROTEIRO E ESCLARECIMENTOS PARA SUBMISSÃO DE PROJETO DE PESQUISA COM ANIMAIS A COMISSÃO DE ÉTICA NO USO DE ANIMAIS DA UNIFRA ROTEIRO E ESCLARECIMENTOS PARA SUBMISSÃO DE PROJETO DE PESQUISA COM ANIMAIS A COMISSÃO DE ÉTICA NO USO DE ANIMAIS DA UNIFRA Antes de preencher o formulário para submissão de projeto de pesquisa em animais,

Leia mais

FACULDADES INTEGRADAS PADRE ALBINO - FIPA

FACULDADES INTEGRADAS PADRE ALBINO - FIPA INSTRUÇÕES PARA ENVIO DE PROJETOS Senhor(a) Usuário(a): Para o envio de projetos que utilizam animais, o Requerimento e o Formulário deverão ser preenchidos e encaminhados com as assinaturas do pesquisador

Leia mais

UNIVERSIDADE TIRADENTES DIRETORIA DE PESQUISA PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM EDUCAÇÃO MESTRADO E DOUTORADO EM EDUCAÇÃO

UNIVERSIDADE TIRADENTES DIRETORIA DE PESQUISA PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM EDUCAÇÃO MESTRADO E DOUTORADO EM EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE TIRADENTES DIRETORIA DE PESQUISA PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM EDUCAÇÃO MESTRADO E DOUTORADO EM EDUCAÇÃO EDITAL Nº 01/2016 PNPD/CAPES/UNIT EDITAL DE PROCESSO DE SELEÇÃO PARA BOLSISTA DO PROGRAMA

Leia mais

Conselho Regional de Técnicos em Radiologia CRTR 10ª REGIÃO/PR Serviço Público Federal

Conselho Regional de Técnicos em Radiologia CRTR 10ª REGIÃO/PR Serviço Público Federal ORIENTAÇÕES PARA INSCRIÇÃO DE PESSOA FÍSICA 1. Solicitar os boletos para recolhimento da taxa de inscrição de pessoa física, da taxa de expedição da habilitação e da anuidade (proporcional), pelo e-mail:

Leia mais

Edital Nº 02/2013 do PGCS-UFES Seleção de Bolsista PNPD/CAPES

Edital Nº 02/2013 do PGCS-UFES Seleção de Bolsista PNPD/CAPES Edital Nº 02/2013 do PGCS-UFES Seleção de Bolsista PNPD/CAPES O Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais (PGCS) da UFES torna público o processo de seleção para 01 (uma) bolsa oferecida pelo do Programa

Leia mais

Administração Central Comissão Permanente de Regime de Jornada Integral CPRJI 1 MANUAL DE RJI 2014

Administração Central Comissão Permanente de Regime de Jornada Integral CPRJI 1 MANUAL DE RJI 2014 1 MANUAL DE RJI 2014 Comissão Permanente de Regime de Jornada Integral CPRJ MANUAL DE RJI PASSO-A-PASSO 1 Solicitação de abertura de expediente (A Secretária do Departamento solicitará essa abertura a

Leia mais

COMITÊ DE ÉTICA EM PESQUISA CEP CENTRO UNIVERSITÁRIO CENTRAL PAULISTA UNICEP ORIENTAÇÕES PARA A UTILIZAÇÃO DA PLATAFORMA BRASIL

COMITÊ DE ÉTICA EM PESQUISA CEP CENTRO UNIVERSITÁRIO CENTRAL PAULISTA UNICEP ORIENTAÇÕES PARA A UTILIZAÇÃO DA PLATAFORMA BRASIL COMITÊ DE ÉTICA EM PESQUISA CEP CENTRO UNIVERSITÁRIO CENTRAL PAULISTA UNICEP ORIENTAÇÕES PARA A UTILIZAÇÃO DA PLATAFORMA BRASIL O PESQUISADOR DEVE SE CADASTRAR! PARA FAZER O CADASTRO DE PESQUISADOR (pessoa

Leia mais

TERMO DE CONSENTIMENTO INFORMADO - HERNIORRAFIA ABDOMINAL

TERMO DE CONSENTIMENTO INFORMADO - HERNIORRAFIA ABDOMINAL TERMO DE CONSENTIMENTO INFORMADO - HERNIORRAFIA ABDOMINAL PREZADO PACIENTE: O Termo de Consentimento Informado é um documento no qual sua AUTONOMIA (vontade) em CONSENTIR (autorizar) é manifestada. A intervenção

Leia mais

UNIVERSIDADE DE BRASÍLIA Instituto de Física Programa de Pós-Graduação em Física Edital 2/2015

UNIVERSIDADE DE BRASÍLIA Instituto de Física Programa de Pós-Graduação em Física Edital 2/2015 UNIVERSIDADE DE BRASÍLIA Edital 2/2015 SELEÇÃO DE CANDIDATOS ÀS VAGAS DO PROGRAMA DE PÓS- GRADUAÇÃO EM FÍSICA PARA OS CURSOS DE MESTRADO ACADÊMICO E DOUTORADO PARA O PRIMEIRO PERÍODO LETIVO DE 2016 1.

Leia mais

GUIA DE ESTÁGIO CURSOS TÉCNICOS

GUIA DE ESTÁGIO CURSOS TÉCNICOS GUIA DE ESTÁGIO CURSOS TÉCNICOS 1 SUMÁRIO 3 INTRODUÇÃO 3 DOCUMENTAÇÃO NECESSÁRIA PARA REALIZAÇÃO DO ESTÁGIO 5 RESCISÃO DO CONTRATO DE ESTÁGIO 6 CONCLUSÃO DE CURSO 6 RELATÓRIO TÉCNICO 7 AVALIAÇÃO DE DESEMPENHO

Leia mais

EDITAL DE ABERTURA DE INSCRIÇÕES 2016 Processo de Seleção do Programa de Mestrado Interdisciplinar em Educação, Ambiente e Sociedade da UNIFAE

EDITAL DE ABERTURA DE INSCRIÇÕES 2016 Processo de Seleção do Programa de Mestrado Interdisciplinar em Educação, Ambiente e Sociedade da UNIFAE Programa de Pós-Graduação Stricto-Sensu EDITAL DE ABERTURA DE INSCRIÇÕES 2016 Processo de Seleção do Programa de Mestrado Interdisciplinar em Educação, Ambiente e Sociedade da UNIFAE Reconhecido pela Ministério

Leia mais

Telecomunicações de São Paulo S/A

Telecomunicações de São Paulo S/A INSTRUMENTO PARTICULAR DE LICENÇA ONEROSA DE USO DA RELAÇÃO DE ASSINANTES No. Telecomunicações de São Paulo S/A - TELESP, com sede na Capital do Estado de São Paulo, na Rua Martiniano de Carvalho, n.º

Leia mais

Manual Comitê de Ética em Pesquisa Universidade do Sagrado Coração

Manual Comitê de Ética em Pesquisa Universidade do Sagrado Coração Manual Comitê de Ética em Pesquisa Universidade do Sagrado Coração Bauru SP Resolução CNS 196/96:...Assim, também são consideradas pesquisas envolvendo seres humanos as entrevistas, aplicações de questionários,

Leia mais

EDITAL Nº 01/2015 - TELESSAÚDE-ES/Ifes PROCESSO SELETIVO EQUIPE MULTIDISCIPLINAR

EDITAL Nº 01/2015 - TELESSAÚDE-ES/Ifes PROCESSO SELETIVO EQUIPE MULTIDISCIPLINAR EDITAL Nº 01/2015 - TELESSAÚDE-ES/Ifes PROCESSO SELETIVO EQUIPE MULTIDISCIPLINAR O Diretor Geral do Campus Vitória do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Espírito Santo (Ifes), no uso

Leia mais

FORMULÁRIO DE APRESENTAÇÃO DE PROPOSTAS CULTURAIS 2012

FORMULÁRIO DE APRESENTAÇÃO DE PROPOSTAS CULTURAIS 2012 GOVERNO DO ESTADO DA BAHIA SECRETARIA DE CULTURA CENTRO DE CULTURAS POPULARES E IDENTITÁRIAS FUNDO DE CULTURA Nº. PROTOCOLO (Uso exclusivo da SECULT) FORMULÁRIO DE APRESENTAÇÃO DE PROPOSTAS CULTURAIS 2012

Leia mais

PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE SÃO PAULO PUC-SP Programa de Estudos Pós-Graduados em Ciências Contábeis e Atuariais

PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE SÃO PAULO PUC-SP Programa de Estudos Pós-Graduados em Ciências Contábeis e Atuariais EDITAL PARA O PROCESSO SELETIVO 2º/2016 Coordenadora: Profa. Dra. Neusa Maria Bastos F. Santos Estarão abertas, no período de 11/04/2016 a 29/04/2016, as inscrições para o processo seletivo destinado ao

Leia mais

SUGESTÕES AO PESQUISADOR

SUGESTÕES AO PESQUISADOR SUGESTÕES AO PESQUISADOR Para registrar seu protocolo junto ao COEP, todos os pesquisadores devem estar registrados junto ao SISNEP e você deverá entregar os documentos abaixo, devidamente ordenados, mas

Leia mais

EDITAL Nº 32/2015 CEAD/UFPI

EDITAL Nº 32/2015 CEAD/UFPI MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO PIAUÍ CENTRO DE EDUCAÇÃO ABERTA E A DISTÂNCIA CEAD UNIVERSIDADE ABERTA DO BRASIL/UAB/UFPI Rua Olavo Bilac, 1148 Centro Sul CEP 64001-280 Teresina PI Fone:

Leia mais

MANUAL DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO EDUCAÇÃO FÍSICA

MANUAL DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO EDUCAÇÃO FÍSICA MANUAL DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO EDUCAÇÃO FÍSICA 1 OBJETIVO Padronização e estruturação das normas técnicas, deveres e direitos das partes envolvidas e diretrizes do Trabalho de Conclusão de Curso

Leia mais

PROGRAMA NACIONAL DE ACESSO AO ENSINO TÉCNICO E EMPREGO - PRONATEC EDITAL INSTITUCIONAL DE EXTENSÃO PRONATEC EDITAL Nº 045/2015 IFRO/CAMPUS JI-PARANÁ

PROGRAMA NACIONAL DE ACESSO AO ENSINO TÉCNICO E EMPREGO - PRONATEC EDITAL INSTITUCIONAL DE EXTENSÃO PRONATEC EDITAL Nº 045/2015 IFRO/CAMPUS JI-PARANÁ EDITAL INSTITUCIONAL DE EXTENSÃO PRONATEC EDITAL Nº 045/2015 IFRO/CAMPUS JI-PARANÁ O Diretor Geral do Campus JI-PARANÁ, do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Rondônia IFRO, no uso de

Leia mais

EDITAL Nº 05/2013 PROCESSO SELETIVO PARA CONCESSÃO DE BOLSAS DE PÓS-GRADUAÇÃO (PROSUP/CAPES) NO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO STRICTO SENSU EM COMUNICAÇÃO

EDITAL Nº 05/2013 PROCESSO SELETIVO PARA CONCESSÃO DE BOLSAS DE PÓS-GRADUAÇÃO (PROSUP/CAPES) NO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO STRICTO SENSU EM COMUNICAÇÃO 1. Do objeto: EDITAL Nº 05/2013 PROCESSO SELETIVO PARA CONCESSÃO DE BOLSAS DE PÓS-GRADUAÇÃO (PROSUP/CAPES) NO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO STRICTO SENSU EM COMUNICAÇÃO 1.1. A Comissão de Bolsas de Estudo

Leia mais

REGULAMENTO DE ESTÁGIO E PRÁTICA PROFISSIONAL DA ÁREA DE NEGÓCIOS: CURSOS DE ADMINISTRAÇÃO E CIÊNCIAS CONTÁBEIS

REGULAMENTO DE ESTÁGIO E PRÁTICA PROFISSIONAL DA ÁREA DE NEGÓCIOS: CURSOS DE ADMINISTRAÇÃO E CIÊNCIAS CONTÁBEIS REGULAMENTO DE ESTÁGIO E PRÁTICA PROFISSIONAL DA ÁREA DE NEGÓCIOS: CURSOS DE ADMINISTRAÇÃO E CIÊNCIAS CONTÁBEIS São Paulo 2015 1- APRESENTAÇÃO Este manual tem por finalidade orientar os alunos dos Cursos

Leia mais

CENTRO DE CIÊNCIAS SOCIAIS APLICADAS - CCSA PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CONTABILIDADE PPGC EDITAL Nº 017/2015-PPGC

CENTRO DE CIÊNCIAS SOCIAIS APLICADAS - CCSA PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CONTABILIDADE PPGC EDITAL Nº 017/2015-PPGC CENTRO DE CIÊNCIAS SOCIAIS APLICADAS - CCSA PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CONTABILIDADE PPGC EDITAL Nº 017/2015-PPGC 1 PREAMBULO Estabelece as normas para o processo seletivo de alunos regulares no Programa

Leia mais

LICENCIATURA EM MATEMÁTICA CADERNO DE ESTÁGIO CURRICULAR SUPERVISIONADO ENSINO MÉDIO

LICENCIATURA EM MATEMÁTICA CADERNO DE ESTÁGIO CURRICULAR SUPERVISIONADO ENSINO MÉDIO LICENCIATURA EM MATEMÁTICA CADERNO DE ESTÁGIO CURRICULAR SUPERVISIONADO ENSINO MÉDIO RIBEIRÃO PRETO 2013 ESTÁGIO CURRICULAR SUPERVISIONADO Aluno: RA: Ano/semestre: Período letivo: 2 SUMÁRIO ORIENTAÇÕES

Leia mais

Normas para Elaboração do Trabalho de Conclusão do Curso de Psicologia

Normas para Elaboração do Trabalho de Conclusão do Curso de Psicologia Normas para Elaboração do Trabalho de Conclusão do Curso de Psicologia Petrolina PE Julho de 2015 1 Capítulo I Da natureza do TCC Art. 1º O Trabalho de Conclusão de Curso (TCC) é um componente obrigatório

Leia mais

NÚCLEO EXPERIMENTAL DE CINEMA DO MIS CONVOCATÓRIA PRODUÇÃO DE CURTA-METRAGEM 2016 PRIMEIRA EDIÇÃO: GÊNERO TERROR

NÚCLEO EXPERIMENTAL DE CINEMA DO MIS CONVOCATÓRIA PRODUÇÃO DE CURTA-METRAGEM 2016 PRIMEIRA EDIÇÃO: GÊNERO TERROR NÚCLEO EXPERIMENTAL DE CINEMA DO MIS CONVOCATÓRIA PRODUÇÃO DE CURTA-METRAGEM 2016 PRIMEIRA EDIÇÃO: GÊNERO TERROR Esta convocatória, iniciativa do Museu da Imagem e do Som (MIS), instituição da Secretaria

Leia mais

PROGRAMA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA VOLUNTÁRIA DO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE SÃO PAULO Campus Campinas

PROGRAMA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA VOLUNTÁRIA DO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE SÃO PAULO Campus Campinas PROGRAMA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA VOLUNTÁRIA DO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE SÃO PAULO Campus Campinas EDITAL N O 12, DE 23 DE ABRIL DE 2015 O Diretor Geral do Campus Campinas

Leia mais

Perguntas Frequentes. Atração de Jovens Talentos BJT

Perguntas Frequentes. Atração de Jovens Talentos BJT Perguntas Frequentes Atração de Jovens Talentos BJT Diretoria de Relações Internacionais Coordenação-Geral de Bolsas e Projetos CGBP Coordenação de Acompanhamento de Bolsistas no Exterior CBE Brasília,

Leia mais

PROGRAMA DE FORMAÇÃO CONTINUADA DE PROFESSORES EM PESQUISA AÇÃO PARA A MELHORIA NA QUALIDADE DA EDUCAÇÃO BÁSICA - FAPEAL /CAPES/ UNEAL

PROGRAMA DE FORMAÇÃO CONTINUADA DE PROFESSORES EM PESQUISA AÇÃO PARA A MELHORIA NA QUALIDADE DA EDUCAÇÃO BÁSICA - FAPEAL /CAPES/ UNEAL ESTADO DE ALAGOAS UNIVERSIDADE ESTADUAL DE ALAGOAS Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação - PROPEP Fone: (82) 3521-3379. E-mail: propep@uneal.edu.br PROGRAMA DE FORMAÇÃO CONTINUADA DE PROFESSORES EM

Leia mais

CHAMADA PARA CADASTRO DE PROJETOS DE ENSINO. EDITAL Nº 001/2015-DG, de 16 de março de 2015

CHAMADA PARA CADASTRO DE PROJETOS DE ENSINO. EDITAL Nº 001/2015-DG, de 16 de março de 2015 CHAMADA PARA CADASTRO DE PROJETOS DE ENSINO EDITAL Nº 001/2015-DG, de 16 de março de 2015 O Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Goiás Câmpus Anápolis, por meio do Departamento de Áreas

Leia mais

PROGRAMA DE AUXÍLIO PARA PARTICIPAÇÃO EM REUNIÕES CIENTÍFICAS (CONGRESSOS, SEMINÁRIOS, SIMPÓSIOS)

PROGRAMA DE AUXÍLIO PARA PARTICIPAÇÃO EM REUNIÕES CIENTÍFICAS (CONGRESSOS, SEMINÁRIOS, SIMPÓSIOS) CENTRO UNIVERSITÁRIO ITALO BRASILEIRO PROGRAMA DE AUXÍLIO PARA PARTICIPAÇÃO EM REUNIÕES CIENTÍFICAS 2014 PROGRAMA DE AUXÍLIO PARA PARTICIPAÇÃO EM REUNIÕES CIENTÍFICAS (CONGRESSOS, SEMINÁRIOS, SIMPÓSIOS)

Leia mais

UNIVERSIDADE DE BRASÍLIA PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ARTE EDITAL No. 01/2014

UNIVERSIDADE DE BRASÍLIA PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ARTE EDITAL No. 01/2014 UNIVERSIDADE DE BRASÍLIA PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ARTE EDITAL No. 01/2014 SELEÇÃO DE CANDIDATOS ÀS VAGAS DO PROGRAMA DE PÓS- GRADUAÇÃO EM ARTE PARA OS CURSOS DE MESTRADO ACADÊMICO E DOUTORADO PARA

Leia mais

EDITAL N 02/12/UNA-SUS/UFCSPA PROCESSO SELETIVO PARA INGRESSO NO CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM SAÚDE DA FAMÍLIA - MODALIDADE A DISTÂNCIA

EDITAL N 02/12/UNA-SUS/UFCSPA PROCESSO SELETIVO PARA INGRESSO NO CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM SAÚDE DA FAMÍLIA - MODALIDADE A DISTÂNCIA EDITAL N 02/12/UNA-SUS/UFCSPA PROCESSO SELETIVO PARA INGRESSO NO CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM SAÚDE DA FAMÍLIA - MODALIDADE A DISTÂNCIA O Pró-Reitor de Pesquisa e Pós-graduação da Universidade Federal de

Leia mais

FACULDADE CATÓLICA SALESIANA DO ESPÍRITO SANTO EDITAL DE EXTENSÃO PARA ATIVIDADES ARTÍSTICAS E CULTURAIS Nº 01/2014

FACULDADE CATÓLICA SALESIANA DO ESPÍRITO SANTO EDITAL DE EXTENSÃO PARA ATIVIDADES ARTÍSTICAS E CULTURAIS Nº 01/2014 FACULDADE CATÓLICA SALESIANA DO ESPÍRITO SANTO EDITAL DE EXTENSÃO PARA ATIVIDADES ARTÍSTICAS E CULTURAIS Nº 01/2014 Regras Gerais do Edital de Extensão para Atividades Artísticas e Culturais Nº 01/2014:

Leia mais

EDITAL BOLSA PNPD/CAPES PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ENFERMAGEM/ MESTRADO ACADÊMICO

EDITAL BOLSA PNPD/CAPES PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ENFERMAGEM/ MESTRADO ACADÊMICO EDITAL BOLSA PNPD/CAPES PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ENFERMAGEM/ MESTRADO ACADÊMICO 1. FINALIDADE: 1.1. Abrir as inscrições e estabelecer as condições de seleção para ingresso como bolsista PNPD/CAPES

Leia mais

Obs.: Estes são apenas modelos sugestivos.

Obs.: Estes são apenas modelos sugestivos. 1 Segue abaixo os modelos sugestivos das seguintes declarações: 1. Declaração de desempregado; 2. Declaração que não exerce atividade remunerada, ou do lar; 3. Declaração sobre recebimento de pensão alimentícia

Leia mais

CONCURSO: AS MELHORES PRÁTICAS DE ESTÁGIO NA PMSP.

CONCURSO: AS MELHORES PRÁTICAS DE ESTÁGIO NA PMSP. CONCURSO: AS MELHORES PRÁTICAS DE ESTÁGIO NA PMSP. A Prefeitura do Município de São Paulo - PMSP, por meio da Secretaria Municipal de Gestão - SMG, mantém o Sistema Municipal de Estágios, que é coordenado

Leia mais

Orientações para Elaboração de Projetos para o Comitê de Ética em Pesquisa com Seres Humanos CEP/CESUPA 25/11/2010

Orientações para Elaboração de Projetos para o Comitê de Ética em Pesquisa com Seres Humanos CEP/CESUPA 25/11/2010 Orientações para Elaboração de Projetos para o Comitê de Ética em Pesquisa com Seres Humanos CEP/CESUPA 25/11/2010 Todo Projeto de Pesquisa, de qualquer natureza, financiado ou não por instituições de

Leia mais

REGULAMENTO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO TCC DO CURSO DE ENFERMAGEM

REGULAMENTO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO TCC DO CURSO DE ENFERMAGEM 1 DIRETORIA ACADÊMICA COORDENAÇÃO PEDAGÓGICA REGULAMENTO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO TCC DO CURSO DE ENFERMAGEM CACOAL 2011 2 REGULAMENTO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO GRADUAÇÃO EM ENFERMAGEM

Leia mais