MARCAS DO QUE SE FOI (Natalina) Canta: Os Incríveis Arr.: Argemiro C. O. Neto

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "MARCAS DO QUE SE FOI (Natalina) Canta: Os Incríveis Arr.: Argemiro C. O. Neto"

Transcrição

1 MARCAS DO QE SE OI (Natalina) Arr: Argemiro C O Neto

2

3 Grade Marcas do Que Se oi Arr: Argemiro CONeto Revisão Harmônica: ardilino Maciel lauta 1º Clarinete B b º Clarinete Bb º Clarinete B b 1º Sax Alto Eb & & & & & C C C C C % º Sax Alto Eb 1º Sax Tenor B b º Sax Tenor Bb 1º Tromete Bb º Tromete B b º Tromete Bb 1º Horn & & & & & & & C C C C C C C % º Horn 1º Trombone C º Trombone C º Trombone C Bombardino C Tuba C Bateria &???? t C C C C C C C Y % Sistema Estadual de Bandas de Música- Partitura editada em Novembro de 011

4 Marcas do Que Se oi lauta 8 & 1º Clarinete Bb 8 & º Clarinete Bb & º Clarinete B b & 1º Sax Alto Eb & º Sax Alto Eb & 1º Sax Tenor B b º Sax Tenor Bb 1º Tromete Bb º Tromete B b º Tromete Bb & & 8 & & & Ó Ó Ó Ó Ó 1º Horn 8 & º Horn 1º Trombone C º Trombone C º Trombone C Bombardino C &???? Ó Ó Ó Ó Tuba C t Bateria 8 Sistema Estadual de Bandas de Música- Partitura editada em Novembro de 011

5 Marcas do Que Se oi lauta 1º Clarinete Bb º Clarinete Bb º Clarinete B b 1º Sax Alto Eb º Sax Alto Eb 1º Sax Tenor B b 15 & 15 & & & & & & º Sax Tenor Bb & 1º Tromete Bb º Tromete B b º Tromete Bb 15 & & & 1º Horn 15 & º Horn 1º Trombone C &? º Trombone C? º Trombone C Bombardino C?? Tuba C t Bateria 15 Sistema Estadual de Bandas de Música- Partitura editada em Novembro de 011

6 4 Marcas do Que Se oi lauta & 1 i 1º Clarinete Bb & º Clarinete Bb & º Clarinete B b & 1º Sax Alto Eb & º Sax Alto Eb & 1º Sax Tenor B b & º Sax Tenor Bb & 1º Tromete Bb & 1 i º Tromete B b & º Tromete Bb & 1º Horn & º Horn & 1º Trombone C? º Trombone C? º Trombone C? Bombardino C? Tuba C t Bateria 1 i Sistema Estadual de Bandas de Música- Partitura editada em Novembro de 011

7 Marcas do Que Se oi 5 lauta 9 & DS al Coda i 1º Clarinete Bb 9 & º Clarinete Bb & º Clarinete B b & 1º Sax Alto Eb & º Sax Alto Eb & 1º Sax Tenor B b & º Sax Tenor Bb & 1º Tromete Bb 9 & DS al Coda i º Tromete B b & º Tromete Bb & 1º Horn 9 & º Horn 1º Trombone C &? º Trombone C? º Trombone C Bombardino C?? Tuba C t Bateria 9 DS al Coda i Sistema Estadual de Bandas de Música- Partitura editada em Novembro de 011

8 6 Marcas do Que Se oi lauta 1º Clarinete Bb 6 & 6 & 1 Rall u º Clarinete Bb & Rall º Clarinete B b & Rall Rall 1º Sax Alto Eb & u Rall º Sax Alto Eb & u 1º Sax Tenor B b & Rall º Sax Tenor Bb 1º Tromete Bb & 6 & 1 Rall Rall º Tromete B b & Rall º Tromete Bb & Rall 1º Horn 6 & Rall Rall º Horn 1º Trombone C &? Rall u º Trombone C? Rall º Trombone C? Rall Bombardino C? Rall Tuba C Bateria t 6 1 Rall Rall Y Rall Sistema Estadual de Bandas de Música- Partitura editada em Novembro de 011

9 lauta Marcas do Que Se oi Arr: Argemiro CONeto Revisão Harmônica: ardilino Maciel & C % 7 & 1 & 18 & 4 & 1 i 9 & DS al Coda i 4 & 8 1 & Rall Sistema Estadual de Bandas de Música- Partitura editada em Novembro de 011 u

10 1º Clarinete Bb Marcas do Que Se oi Arr: Argemiro CONeto Revisão Harmônica: ardilino Maciel & C % 7 & 1 & 18 & 4 & 1 i 9 & DS al Coda i 4 & 8 1 & Rall Sistema Estadual de Bandas de Música- Partitura editada em Novembro de 011

11 º Clarinete Bb Marcas do Que Se oi Arr: Argemiro CONeto Revisão Harmônica: ardilino Maciel & C % 7 & 1 & 18 & 4 & 1 i 9 & DS al Coda i 4 & 8 1 & Rall Sistema Estadual de Bandas de Música- Partitura editada em Novembro de 011

12 º Clarinete Bb Marcas do Que Se oi Arr: Argemiro CONeto Revisão Harmônica: ardilino Maciel & C % 7 & 1 & 18 & 4 & 1 i 9 & DS al Coda i 4 & 8 1 & Rall Sistema Estadual de Bandas de Música- Partitura editada em Novembro de 011

13 1º Sax Alto Eb Marcas do Que Se oi Arr: Argemiro CONeto Revisão Harmônica: ardilino Maciel & C % 7 & 1 & 18 & & 1 & 8 i DS al Coda i & 8 1 & Governo do Estado do Ceará Rall - Secretaria da Cultura Sistema Estadual de Bandas de Música- Partitura editada em Novembro de 011 u

14 º Sax Alto Eb Marcas do Que Se oi Arr: Argemiro CONeto Revisão Harmônica: ardilino Maciel & C % 7 & 1 & 18 & & 1 4 i 9 & DS al Coda i 4 & 8 1 & Rall Sistema Estadual de Bandas de Música- Partitura editada em Novembro de 011 u

15 1º Sax Tenor Bb Marcas do Que Se oi Arr: Argemiro CONeto Revisão Harmônica: ardilino Maciel & C 6 & % 11 & Ó 16 & & 1 8 & i DS al Coda i & 1 8 & Rall Sistema Estadual de Bandas de Música- Partitura editada em Novembro de 011

16 º Sax Tenor Bb Marcas do Que Se oi Arr: Argemiro CONeto Revisão Harmônica: ardilino Maciel & C 6 & % 11 & Ó 16 & & 1 8 & i DS al Coda i & & 1 8 Rall Sistema Estadual de Bandas de Música- Partitura editada em Novembro de 011

17 1º Tromete Bb Marcas do Que Se oi Arr: Argemiro CONeto Revisão Harmônica: ardilino Maciel & C % 7 1 & Ó 18 & 4 & 1 i 9 & DS al Coda i 4 & 8 1 & Rall Sistema Estadual de Bandas de Música- Partitura editada em Novembro de 011

18 º Tromete Bb Marcas do Que Se oi Arr: Argemiro CONeto Revisão Harmônica: ardilino Maciel & C % 7 1 & Ó 18 & 4 & 1 i 9 & DS al Coda i 4 & 8 1 & Rall Sistema Estadual de Bandas de Música- Partitura editada em Novembro de 011

19 º Tromete Bb Marcas do Que Se oi Arr: Argemiro CONeto Revisão Harmônica: ardilino Maciel & C % 7 1 & Ó 18 & & 1 & 8 i DS al Coda i 4 & 8 1 & Rall Sistema Estadual de Bandas de Música- Partitura editada em Novembro de 011

20 1º Horn Marcas do Que Se oi Arr: Argemiro CONeto Revisão Harmônica: ardilino Maciel & C % 7 & 14 & 0 & & 1 6 i DS al Coda i & & 1 8 Rall Sistema Estadual de Bandas de Música- Partitura editada em Novembro de 011

21 º Horn Marcas do Que Se oi Arr: Argemiro CONeto Revisão Harmônica: ardilino Maciel & C % 7 & 14 & 0 & 6 1 & i DS al Coda i & & 1 8 Rall Sistema Estadual de Bandas de Música- Partitura editada em Novembro de 011 u

22 1º Trombone C? C Marcas do Que Se oi Arr: Argemiro CONeto Revisão Harmônica: ardilino Maciel 6? % 11? Ó 16?? 1 8? i DS al Coda i? 1 8? Rall Sistema Estadual de Bandas de Música- Partitura editada em Novembro de 011

23 º Trombone C Marcas do Que Se oi Arr: Argemiro CONeto Revisão Harmônica: ardilino Maciel? C 6 %? 11? Ó 16?? 1 8? i DS al Coda i? 1 8? Rall Sistema Estadual de Bandas de Música- Partitura editada em Novembro de 011

24 º Trombone C Marcas do Que Se oi Arr: Argemiro CONeto Revisão Harmônica: ardilino Maciel? C 6 %? 11? Ó 16?? 1 8? i DS al Coda i? 1 8? Governo do Estado do Ceará Rall - Secretaria da Cultura Sistema Estadual de Bandas de Música- Partitura editada em Novembro de 011

25 Bombardino Bb? C Marcas do Que Se oi Arr: Argemiro CONeto Revisão Harmônica: ardilino Maciel 6 %? 11? Ó 16?? 1 8? i DS al Coda i? 1 8? Rall Sistema Estadual de Bandas de Música- Partitura editada em Novembro de 011

26 Bombardino C? C Marcas do Que Se oi Arr: Argemiro CONeto Revisão Harmônica: ardilino Maciel 6? % 11? Ó 16?? 1 8? i DS al Coda i? 1 8? Rall Sistema Estadual de Bandas de Música- Partitura editada em Novembro de 011

27 Tuba Bb Marcas do Que Se oi Arr: Argemiro CONeto Revisão Harmônica: ardilino Maciel? C % 7? 1? 19? 4? 1 i 9? DS al Coda i 4? 1 8? Rall Sistema Estadual de Bandas de Música- Partitura editada em Novembro de 011

28 Tuba C Marcas do Que Se oi Arr: Argemiro CONeto Revisão Harmônica: ardilino Maciel t C % 7 t 1 t 19 t 4 t 1 i 9 DS al Coda t i 4 t 1 8 t Governo do Estado do Ceará Rall - Secretaria da Cultura Sistema Estadual de Bandas de Música- Partitura editada em Novembro de 011

29 Tuba Eb Marcas do Que Se oi Arr: Argemiro CONeto Revisão Harmônica: ardilino Maciel? C % 7? 1? 19? 4? 1 i 9 DS al Coda? i 4? 1 8? Rall Sistema Estadual de Bandas de Música- Partitura editada em Novembro de 011

30 Bateria Marcas do Que Se oi Arr: Argemiro CONeto Revisão Harmônica: ardilino Maciel C Y 6 % i 9 DS al Coda i Rall Governo do Estado do Ceará - Secretaria da Cultura Sistema Estadual de Bandas de Música- Partitura editada em Novembro de 011 Y

31 Centro Administrativo Governador Virgílio Távora Av General Aonso Albuquerque Lima - s/nº - Cambeba Ed SEAD º Andar - one: (85)

PRIMEIRO NATAL (Tradicional Inglesa de Natal) Autor: Desconhecido Século XVIII

PRIMEIRO NATAL (Tradicional Inglesa de Natal) Autor: Desconhecido Século XVIII () Score lauta Moderato Rock q=120 % 1º Clarinete Bb 2º Clarinete Bb 3º Clarinete Bb Sax Alto Eb # Sax Tenor Bb Sax Barítono 1º Trompete Bb # % - 2º Trompete B b Horn 1º Trombone b J 2º Trombone Euphonium

Leia mais

NÃO DEIXE O SAMBA MORRER (Samba) Autor: Edson G. da Conceição e Aloísio Silva

NÃO DEIXE O SAMBA MORRER (Samba) Autor: Edson G. da Conceição e Aloísio Silva NÃO DEIXE O SAMBA MORRER (Sama) Autor: Edson G da Conceiço e Aloísio Silva EDSON GOMES DA CONCEIÇÃO Edson Gomes da Conceiço nasceu em 18 de março de 197 em Salvador/BA, era Cantor, comositor e letrista

Leia mais

TEMA DA VITÓRIA. Autor: Eduardo Souto Neto Arr.: Ten Jacy

TEMA DA VITÓRIA. Autor: Eduardo Souto Neto Arr.: Ten Jacy TEMA DA VITRIA Autor: Eduardo Souto Neto Arr: Ten ay TEMA DA VITRIA O Tema da Vitória é uma anção instrumental brasileira omposta espeialmente para as transmissões da Fórmula pela Rede Globo A músia oi

Leia mais

Oração a São Francisco

Oração a São Francisco Guia Arrano: Manoel Ferreira Flauta C & Requinta Eb & 1º Clarinete Bb & º, 3º Clarinete Bb & Sax Soprano Bb & 1º, º Sax Alto Eb & Sax Tenor Bb & Sax Barítono Eb & 1º Trompete Bb & º, 3º Trompete Bb & Sax

Leia mais

Ave Maria (Música Sacra) Autor: F. Schubert

Ave Maria (Música Sacra) Autor: F. Schubert (Música Sacra) Autor: F Schubert F SCHUBERT Franz eter Schubert (Himmelfortgrund, 1 de aneiro de 1797 Viena, 19 de Novembro de 18) foi um comositor austríaco do fim da era clássica, com um estilo marcante,

Leia mais

Amigos Pra Sempre. œ œ œ œ œ œ œ œ œ œ. œ œ œ œ. œ œ. œ œ œ œ œ œ œ œbœ. # c. œ œ. j œ œ. œ œ œ œ œ œ œ œ. œ œ œ œ. œ œ œ œ. œ œ œ œ. œ œ œ œ.

Amigos Pra Sempre. œ œ œ œ œ œ œ œ œ œ. œ œ œ œ. œ œ. œ œ œ œ œ œ œ œbœ. # c. œ œ. j œ œ. œ œ œ œ œ œ œ œ. œ œ œ œ. œ œ œ œ. œ œ œ œ. œ œ œ œ. Arr: ardilino Flauta Clarinete B Clarinete B Clarinete B 3 Sax - Alto E Sax - Tenor B Sax - Barítono Trompete B Trompete B Trompete B 3 Trompa E Trompa E Trompa E 3 Tromone Tromone Tromone 3 Bomardino

Leia mais

c œ œ > > œ œ Œ Ó Œ Ó œ œ> > œ œ> œœ œ œ œ œ > > œ œ œ œ œ œ œ œ

c œ œ > > œ œ Œ Ó Œ Ó œ œ> > œ œ> œœ œ œ œ œ > > œ œ œ œ œ œ œ œ DIVERTIMENTO EM D MAIOR ARA CLARINETO E BANDA DE MÚSICA lauta (C) Requinta (Eb) Ÿ~ Ÿ~ c c Allegro non troo Ÿ~ Ÿ~ De: Antônio Carlos erreira Lima Clarinete Solista (Bb) 1º Clarinete (Bb) º Clarinete (Bb)

Leia mais

HINO À BANDEIRA. œ œ. œ. œ œ. œ J. œ J. œ œ œ n. œ œ. œ œ. # œ œ. œ œ. œ œ œ. ± ± Û Œ @ Û Û Û Û @

HINO À BANDEIRA. œ œ. œ. œ œ. œ J. œ J. œ œ œ n. œ œ. œ œ. # œ œ. œ œ. œ œ œ. ± ± Û Œ @ Û Û Û Û @ Músia: Franiso Braga Letra: Olavo Bila Flautim Flauta b b b b.... Oboé Clarineta Eb 1ª Clarineta Bb b b...... ª Clarineta Bb. # 3ª Clarineta Bb Sax Alto Eb w n... # Sax Tenor Bb # n Sax Barítono Eb Fagote

Leia mais

Ave Maria Sertaneja (Lamento) Autor: Julio Ricardo/O. de Oliveira Canta: Luiz Gonzaga Arr.: Luis Dantas

Ave Maria Sertaneja (Lamento) Autor: Julio Ricardo/O. de Oliveira Canta: Luiz Gonzaga Arr.: Luis Dantas Ave Maria Sertanea () Autor: ulio Ricardo/O. de Oliveira A Secretaria da Cultura do Estado agradece ao maestro Luis Dantas do Estado do Rio Grande do Norte, ela doação desta eça musical que serviu de matriz

Leia mais

A Face Adorada de Jesus (H.C 304)

A Face Adorada de Jesus (H.C 304) Guia A Face Adorada de esus (HC 30) PLM(RH Cornelius) Flauta 1ē Clarinete Bb 2ē Clarinete Bb n # Sax Soprano Sax Alto Eb b Sax Tenor Bb 1ē Trompete Bb 2ē Trompete Bb n # Horns Eb b n Trombones n b n Bombardino

Leia mais

1 3HINO DE IBIAPINA (Hino Muncipal) Letra: Prof. Antonio Ferreira Porto M ²sica: Pe. Francisco Sadoc de Araujo Arr: Rildon B.

1 3HINO DE IBIAPINA (Hino Muncipal) Letra: Prof. Antonio Ferreira Porto M ²sica: Pe. Francisco Sadoc de Araujo Arr: Rildon B. 1 HINO DE IBIAPINA (Hino Muncipal) Letra: Pro Antonio erreira Porto M ²sica: Pe rancisco Sadoc de Arauo Arr: Rildon B Sales 1 A Secretaria da Cultura do Estado agradece ao Maestro Rildon B Sales, pela

Leia mais

Star Wars - Finale (Tema de Filme) Autor: John William Arr.: Jardilino Maciel

Star Wars - Finale (Tema de Filme) Autor: John William Arr.: Jardilino Maciel Star Wars - inale (Tema de ilme) Autor: ohn William Arr: ardilino Maciel Star Wars Tema do ilme Star Wars composta por ohn Williams ohn Towner Williams (Long Island, 8 de evereiro de 192) é um compositor

Leia mais

AMOR DE UM PAI (Dobrado) Autor: Silvestre Pereira de Oliveira

AMOR DE UM PAI (Dobrado) Autor: Silvestre Pereira de Oliveira AMOR DE UM PAI (Dorado) Autor: SILVESTRE PEREIRA DE OLIVEIRA (1906 1995): Nascido em Salto em 1906, oi maestro da Banda Musical Saltense de 195 a 1995 Comositor de grande mérito, iniciou se na arte musical

Leia mais

PLANETA ÁGUA. (MPB) Autor: Guilherme Arantes Arranjo: Márcio Mizael

PLANETA ÁGUA. (MPB) Autor: Guilherme Arantes Arranjo: Márcio Mizael (MPB) Autor: Arrano: Márcio Mizael GILHERME ARANTES (São Paulo, 2 de ulho de 193) é um cantor e compositor rasileiro Começou sua carreira como tecladista e vocalista da anda Moto Perpétuo grupo de rock

Leia mais

Jesus Cristo Samba. fi. 0 3 0 4. .. 0 4 0 4 К 0 3. 1 3Flauta (C) 0 4 К 0 3 0 4 К 0 3 0 4 К 0 3 0 4 К 0 3

Jesus Cristo Samba. fi. 0 3 0 4. .. 0 4 0 4 К 0 3. 1 3Flauta (C) 0 4 К 0 3 0 4 К 0 3 0 4 К 0 3 0 4 К 0 3 1 3Flauta (C) Requinta (E) esus Cristo Arr Manoel Ferreira I Clarinete (B) II Clarinete (B) III Clarinete (B) Sax Soprano (B) I Sax Alto (E) III Sax Alto (E) II Sax Tenor (B) IV Sax Tenor (B) Sax Bar tono

Leia mais

SÉRIE REPERTÓRIO DE OURO DAS BANDAS DE MÚSICA DO BRASIL ESTRELA DE FRIBURGO. polca, para trompete e banda. música de JOAQUIM ANTÔNIO NAEGELE

SÉRIE REPERTÓRIO DE OURO DAS BANDAS DE MÚSICA DO BRASIL ESTRELA DE FRIBURGO. polca, para trompete e banda. música de JOAQUIM ANTÔNIO NAEGELE SÉRIE REPERTÓRIO DE OURO DAS BANDAS DE MÚSICA DO BRASIL ESTRELA DE FRIBURGO polca, para trompete e banda música de JOAQUIM ANTÔNIO NAEGELE SÉRIE REPERTÓRIO DE OURO DAS BANDAS DE MÚSICA DO BRASIL ESTRELA

Leia mais

Projeto Tocarei ao Senhor

Projeto Tocarei ao Senhor Projeto Tocarei ao Senhor Formando Bandas Sinfônicas nas igrejas Objetivo: Formar Bandas Sinfônicas com uso de instrumentos de sopro (madeiras flautas, clarinetes, saxofones, oboé, fagote), metais (trompetes,

Leia mais

NO RANCHO FUNDO (Samba) Autor: Ary Barroso e Lamartine Babo Arranjo: Antonio Limeira

NO RANCHO FUNDO (Samba) Autor: Ary Barroso e Lamartine Babo Arranjo: Antonio Limeira NO RNHO FUNDO (Sama) utor: rrano: ntonio Limeira NO RNHO FUNDO (93) Sama anção Música composta pelo fauloso ry arroso em 93, com versos de J arlos para a peça musical "É do alacoaco", com o nome de "Na

Leia mais

DOIS CORAÇÕES dobrado

DOIS CORAÇÕES dobrado SÉRIE REPERTÓRIO DE OURO DAS BANDAS DE MÚSICA DO BRASIL DOIS CORAÇÕES dobrado música de PEDRO SALGADO SÉRIE REPERTÓRIO DE OURO DAS BANDAS DE MÚSICA DO BRASIL DOIS CORAÇÕES dobrado música de Pedro Salgado

Leia mais

REFRÃO À BANDEIRA NACIONAL Alvorada de "Lo Schiavo" # œ œ. œ œ. œ œ œ bœ. œ # œ n œ œ œ œ œ œ œ œ œ œ œ n œ œ bœ œ œ œ nœ. # œ # œ œ œ œ œ œ œ.

REFRÃO À BANDEIRA NACIONAL Alvorada de Lo Schiavo # œ œ. œ œ. œ œ œ bœ. œ # œ n œ œ œ œ œ œ œ œ œ œ œ n œ œ bœ œ œ œ nœ. # œ # œ œ œ œ œ œ œ. Flautim q» ª Ó Flauta Ó Ooé Fagote Requinta E F Ó Clarinete B 1 n n n Clarinete B n n n Clarinete B n n n Clarinete Alto Clarinete Baixo Sax - Alto E n n n Sax - Tenor B 1 Sax - Tenor B Sax - Barítono

Leia mais

Seleção Verde e Amarelo Favela, Jesus Cristo, Apesar de Você, Um Rio que Passou Ô lelê Ô lalá e alguns Temas Nordestinos

Seleção Verde e Amarelo Favela, Jesus Cristo, Apesar de Você, Um Rio que Passou Ô lelê Ô lalá e alguns Temas Nordestinos Seleção Verde e Amarelo Favela, esus Cristo, Aesar de Você, Um io que Passou Ô lelê Ô lalá e alguns Temas Nordestinos arr Manoel Ferreira Flauta (C) equinta (E) 1º Clarinete (B) º Clarinete (B) 4 4 4 4

Leia mais

Projeto de Orquestra de Sopros e Percussão de Penacova

Projeto de Orquestra de Sopros e Percussão de Penacova Projeto de Orquestra de Sopros e Percussão de Penacova Nome do Projeto Orquestra de Sopros do Centro Cultural de Penacova (este nome será discutido à posteriori) Local onde se irá desenvolver Centro Cultural

Leia mais

BANDA LARGA 2015 Regulamento Festival de Bandas de Música Civis do Estado do Rio de Janeiro - Maratona de Bandas

BANDA LARGA 2015 Regulamento Festival de Bandas de Música Civis do Estado do Rio de Janeiro - Maratona de Bandas BANDA LARGA 2015 Regulamento Festival de Bandas de Música Civis do Estado do Rio de Janeiro - Maratona de Bandas Artigo 1º Objeto REGULAMENTO GERAL CAPÍTULO I Disposições gerais O presente regulamento

Leia mais

CORAL INFANTIL DO LICEU

CORAL INFANTIL DO LICEU CORAL INFANTIL DO LICEU : BAIRRO: C CEP: RG: ÓRGAO EMISSOR: NATURAL ESCOLAR / / GRUPO DE PRÁTICA DE SOPROS E PERCUSSÃO GPS ALUNO/BOLSISTA MONITOR/ BOLSISTA INSTRUMENTOS OBOÉ TROMPETE FLAUTA TRANSVERSAL

Leia mais

CONCURSO DE MÚSICAS DE CARNAVAL 2014 14ª edição

CONCURSO DE MÚSICAS DE CARNAVAL 2014 14ª edição CONCURSO DE MÚSICAS DE CARNAVAL 2014 14ª edição Data: 18, 19 e 20 de fevereiro de 2014 Local: Rua Victor Meirelles - Centro Horário: 20h I INTRODUÇÃO: O Concurso Carnavalesco de Marchinhas e Marchas-Rancho

Leia mais

MÚSICA / INSTRUMENTOS DE SOPRO

MÚSICA / INSTRUMENTOS DE SOPRO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO PIAUÍ (IFPI) Aplicação: 26/02/2012 Duração da prova: 04 (quatro) horas MÚSICA / INSTRUMENTOS DE SOPRO LEIA COM ATENÇÃO AS INSTRUÇÕES ABAIXO 01 Você

Leia mais

HISTÓRIA INSTRUMENTOS DOS POR

HISTÓRIA INSTRUMENTOS DOS POR HISTÓRIA DOS INSTRUMENTOS POR 1 HISTÓRIA DOS INSTRUMENTOS FLAUTA A flauta faz parte da família dos instrumentos de madeira, mesmo, ao longo dos anos, tendo sido feita de madeira ou metal. Sabemos que já

Leia mais

GOVERNO DO ESTADO DE MINAS GERAIS SECRETARIA DE ESTADO DE CULTURA

GOVERNO DO ESTADO DE MINAS GERAIS SECRETARIA DE ESTADO DE CULTURA EDITAL BANDAS DE MINAS 2015 PROGRAMA DE APOIO ÀS BANDAS CIVIS DO ESTADO DE MINAS GERAIS EDITAL DE DOAÇÃO DE INSTRUMENTOS MUSICAIS O Estado de Minas Gerais, por intermédio da Secretaria de Estado de Cultura

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE CAMPINA GRANDE CENTRO DE CIÊNCIAS HUMANAS UNIDADE ACADÊMICA DE ARTE E MÍDIA TESTE DE CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS

UNIVERSIDADE FEDERAL DE CAMPINA GRANDE CENTRO DE CIÊNCIAS HUMANAS UNIDADE ACADÊMICA DE ARTE E MÍDIA TESTE DE CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS UNIVERSIDADE FEDERAL DE CAMPINA GRANDE CENTRO DE CIÊNCIAS HUMANAS UNIDADE ACADÊMICA DE ARTE E MÍDIA TESTE DE CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS O Teste de Conhecimentos Específicos em Música (TCE) tem por objetivo

Leia mais

ANEXO 4 CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS DAS PROVAS DE AFERIÇÃO E EXAMES DOS DIFERENTES INSTRUMENTOS PARA O ENSINO ESPECIALIZADO DE MÚSICA

ANEXO 4 CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS DAS PROVAS DE AFERIÇÃO E EXAMES DOS DIFERENTES INSTRUMENTOS PARA O ENSINO ESPECIALIZADO DE MÚSICA ANEXO 4 CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS DAS PROVAS DE AFERIÇÃO E EXAMES DOS DIFERENTES INSTRUMENTOS PARA O ENSINO ESPECIALIZADO DE MÚSICA 1 GRUPO DE SOPROS A- Conteúdos programáticos das Provas de Aferição 1.

Leia mais

A VER A BANDA... MARCHAR

A VER A BANDA... MARCHAR A VER A BANDA... MARCHAR Por: DR. JOÃO MENEZES Quando se tomam algumas decisões em relação ao que quer que seja, há sempre comentários e perguntas que surgem por parte de quem não tem formação para o assunto,

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE SARZEDO Estado de Minas Gerais

PREFEITURA MUNICIPAL DE SARZEDO Estado de Minas Gerais ANEXO I ATRIBUIÇÕES DOS CARGOS Violino Viola em violino ou na modalidade violino ou na modalidade Licenciatura em em viola ou na modalidade viola ou na ministrar aulas de violino e avaliar o aprendizado

Leia mais

CONCURSO PÚBLICO PARA SOLDADO MÚSICO PM 2ª CLASSE DO QUADRO DE PRAÇAS MÚSICOS POLICIAL MILITAR. EDITAL N 003/2013 do Edital nº.

CONCURSO PÚBLICO PARA SOLDADO MÚSICO PM 2ª CLASSE DO QUADRO DE PRAÇAS MÚSICOS POLICIAL MILITAR. EDITAL N 003/2013 do Edital nº. CONCURSO PÚBLICO PARA SOLDADO MÚSICO PM 2ª CLASSE DO QUADRO DE PRAÇAS MÚSICOS POLICIAL MILITAR EDITAL N 003/2013 do Edital nº. 002/2012 SEGAD Publicado no DOE nº 2016, de 22/04/13 O GOVERNADOR DO ESTADO

Leia mais

SÉRIE MÚSICA BRASILEIRA PARA BANDA BEBÊ. música de. Hermeto Pashoal. arranjo de Hudson Nogueira

SÉRIE MÚSICA BRASILEIRA PARA BANDA BEBÊ. música de. Hermeto Pashoal. arranjo de Hudson Nogueira SÉRIE MÚSICA BRASILEIRA PARA BANDA BEBÊ música de Hermeto Pashoal arranjo de Hudson Nogueira SÉRIE MÚSICA BRASILEIRA PARA BANDA BEBÊ música de Hermeto Paschoal arranjo de Hudson Nogueira PROJETO EDIÇÃO

Leia mais

Prefeitura do Município de São Joaquim SC CNPJ: 82.561.093/0001-98

Prefeitura do Município de São Joaquim SC CNPJ: 82.561.093/0001-98 ANEXO I PROCESSO SELETIVO - DOS,, BASE, DE TRABALHO, NÍVEL DE ESCOLARIDADE E HABILITAÇÃO MÍNIMA, E. DE NÍVEL SUPERIOR Educação Infantil Professor Pré- Escolar Professor Anos Iniciais Língua Portuguesa

Leia mais

Edital 03/FOSPA/2015. Viola de Arco turno tarde 1 Violoncelo turno tarde 2 Contrabaixo Acústico tocado com Arco turno tarde

Edital 03/FOSPA/2015. Viola de Arco turno tarde 1 Violoncelo turno tarde 2 Contrabaixo Acústico tocado com Arco turno tarde Edital 03/FOSPA/2015 O PRESIDENTE DA - FOSPA, no uso de suas atribuições legais que lhe confere o art. 17, inciso VII, Decreto nº 51.370, de 10 de abril de 2014, TORNA PÚBLICO A ABERTURA DAS INSCRIÇÕES

Leia mais

Nº 19 Novembro de 2011. A Evolução da Desigualdade de Renda entre os anos de 2000 e 2010 no Ceará e Estados Brasileiros Quais foram os avanços?

Nº 19 Novembro de 2011. A Evolução da Desigualdade de Renda entre os anos de 2000 e 2010 no Ceará e Estados Brasileiros Quais foram os avanços? Nº 19 Novembro de 2011 A Evolução da Desigualdade de Renda entre os anos de 2000 e 2010 no Ceará e Estados Brasileiros Quais foram os avanços? GOVERNO DO ESTADO DO CEARÁ Cid Ferreira Gomes Governador Domingos

Leia mais

REF. 062. REF. 0501 Trompete em SIb. REF. 193 Trompete Clarim Triunfal em SIb

REF. 062. REF. 0501 Trompete em SIb. REF. 193 Trompete Clarim Triunfal em SIb A música é celeste, de natureza divina e de tal beleza que encanta a alma e a eleva acima da sua condição. Aristóteles REF. 062 Trompete em SIb Acabamento: Prateado Botões: Perolizados Anel Fixo: Na terceira

Leia mais

Governo de Minas e Vivo apresentam:

Governo de Minas e Vivo apresentam: Governo de Minas e Vivo apresentam: Quase cinco anos de projeto O Samba Bate Outra Vez, mais de 70 edições. Para comemorar essa marca nada melhor do que convocar para a festa uma amostra do que se faz

Leia mais

REGULAMENTO DE ALUGUER E EMPRÉSTIMO DE INSTRUMENTOS MUSICAIS

REGULAMENTO DE ALUGUER E EMPRÉSTIMO DE INSTRUMENTOS MUSICAIS REGULAMENTO DE ALUGUER E EMPRÉSTIMO DE INSTRUMENTOS MUSICAIS Novembro de 2011 REGULAMENTO DE ALUGUER E EMPRÉSTIMO DE INSTRUMENTOS MUSICAIS 1. INTRODUÇÃO O Conservatório de Música de Coimbra dispõe de instrumentos

Leia mais

CEM BENJAMIM JOSÉ DE ALMEIDA PROJETO INTERDISCIPLINAR EINSTEIN E A MÚSICA PROFESSORES: ROSEVALDO CELESTINO BARROS FÁBIO JÚNIOR MILHOMEM

CEM BENJAMIM JOSÉ DE ALMEIDA PROJETO INTERDISCIPLINAR EINSTEIN E A MÚSICA PROFESSORES: ROSEVALDO CELESTINO BARROS FÁBIO JÚNIOR MILHOMEM CEM BENJAMIM JOSÉ DE ALMEIDA PROJETO INTERDISCIPLINAR EINSTEIN E A MÚSICA PROFESSORES: ROSEVALDO CELESTINO BARROS FÁBIO JÚNIOR MILHOMEM ARAGUAÍNA, DEZEMBRO DE 2015 A FÍSICA NA MÚSICA A música, de um modo

Leia mais

ESCOLA DE MÚSICA DO ESTADO DE SÃO PAULO TOM JOBIM Edital de 30 de janeiro de 2015 Processo Seletivo Nº 2 para ingresso de alunos na EMESP em 2015

ESCOLA DE MÚSICA DO ESTADO DE SÃO PAULO TOM JOBIM Edital de 30 de janeiro de 2015 Processo Seletivo Nº 2 para ingresso de alunos na EMESP em 2015 ESCOLA DE MÚSICA DO ESTADO DE SÃO PAULO TOM JOBIM Edital de 30 de janeiro de 2015 Processo Seletivo Nº 2 para ingresso de alunos na EMESP em 2015 ÍNDICE Dispõe sobre o segundo Processo Seletivo para preenchimento

Leia mais

Endereços das Secretarias Estaduais de Educação

Endereços das Secretarias Estaduais de Educação Endereços das Secretarias Estaduais de Educação ACRE MARIA CORRÊA DA SILVA Secretária de Estado da Educação do Acre Rua Rio Grande do Sul, 1907- Aeroporto Velho CEP: 69903-420 - Rio Branco - AC Fone: (68)

Leia mais

Extrato de Contribuinte para Simples Conferência Hora Emissão 14:59

Extrato de Contribuinte para Simples Conferência Hora Emissão 14:59 Pag. Data Emissão // Extrato de para Simples Conferência Hora Emissão : AV. ANTONIO T. P. LIMA // // // // // // // // // // // // // // // // // // // // // // // // // // // // // //.,.,.,.,.,.,.,.,.,.,.,.,.,.,.,.,.,.,.,.,.,.,.,.,.,.,.,.,.,.,.,.,.,.,.,.,.,.,.,.,.,.,.,.,.,.,.,.,.,.,.,.,.,.,.,.,.,.,.,.,.,.,.,.,.,.,.,.,.,.,,.,,.,,.,,.,,.,,.,,.,,.,,.,,.,,.,,.,,.,,.,,.,,.,,.,,.,,.,,.,,.,,.,,,,,,,,,.,.,.,.,.,.,.,.,.,.,.,.,.,.,.,.,.,.,.,.,.,.,.,.,.,.,.,.,.,.,.,.,.,.,.,.,.,.,.,.,

Leia mais

REGULAMENTO DE ALUGUER E EMPRÉSTIMO DE INSTRUMENTOS MUSICAIS

REGULAMENTO DE ALUGUER E EMPRÉSTIMO DE INSTRUMENTOS MUSICAIS REGULAMENTO DE ALUGUER E EMPRÉSTIMO DE INSTRUMENTOS MUSICAIS REGULAMENTO DE ALUGUER E EMPRÉSTIMO DE INSTRUMENTOS MUSICAIS 1. INTRODUÇÃO O Conservatório de Música de Porto dispõe de instrumentos musicais

Leia mais

DEMO SCORE ONLY FOR EVALUATION

DEMO SCORE ONLY FOR EVALUATION Canções de Pessoa Pessoa s Songs Quatro canções sobre poemas de Fernando Pessoa para Coro Juvenil e Banda de Concerto Four songs on Fernando Pessoa poems for Youth Choir and Concert Band Notas de Programa

Leia mais

Método Básico para Sax Alto Elaboração: Prof. MS Costa Holanda Prof. Jardilino Maciel

Método Básico para Sax Alto Elaboração: Prof. MS Costa Holanda Prof. Jardilino Maciel Método Básico para Sax Alto Elaboração: Prof. MS Costa Holanda Prof. Jardilino Maciel INTRODUÇÃO Este método consiste em orientar de uma maneira mais direta e didática o aprendizado no saxofone, instrumentos

Leia mais

HINO DA INDEPENDÊNCIA

HINO DA INDEPENDÊNCIA SÉRIE HINOS DO BRASIL HINO DA INDEPENDÊNCIA música de D. Pedro I poema de EVARISTO DA VEIGA para canto e banda Série Hinos do Brasil HINO DA INDEPENDÊNCIA música de D. Pedro I poema de Evaristo da Veiga

Leia mais

GOVERNO DO ESTADO DO CEARÁ SECRETARIA DO PLANEJAMENTO E GESTÃO Instituto de Pesquisa e Estratégia Econômica do Ceará (IPECE)

GOVERNO DO ESTADO DO CEARÁ SECRETARIA DO PLANEJAMENTO E GESTÃO Instituto de Pesquisa e Estratégia Econômica do Ceará (IPECE) GOVERNO DO ESTADO DO CEARÁ SECRETARIA DO PLANEJAMENTO E GESTÃO Instituto de Pesquisa e Estratégia Econômica do Ceará (IPECE) NOTA TÉCNICA Nº 24 O Potencial Financeiro Da Lei De Incentivo Ao Esporte No

Leia mais

QUATRO DANÇAS BRASILEIRAS

QUATRO DANÇAS BRASILEIRAS SÉRIE MÚSICA BRASILEIRA PARA BANDA QUATRO DANÇAS BRASILEIRAS música de HUDSON NOGUEIRA SÉRIE MÚSICA BRASILEIRA PARA BANDA QUATRO DANÇAS BRASILEIRAS I. Samba II. Maxixe III. Marcha-rancho IV. Choro música

Leia mais

SÉRIE REPERTÓRIO DE OURO DAS BANDAS DE MÚSICA DO BRASIL OURO NEGRO. dobrado. música de Joaquim Antônio Naegele. revisão de Marcelo Jardim

SÉRIE REPERTÓRIO DE OURO DAS BANDAS DE MÚSICA DO BRASIL OURO NEGRO. dobrado. música de Joaquim Antônio Naegele. revisão de Marcelo Jardim SÉRIE REPERTÓRIO DE OURO DAS BANDAS DE MÚSICA DO BRASIL OURO NEGRO dobrado música de Joaquim Antônio Naegele revisão de Marcelo Jardim PROJETO EDIÇÃO DE PARTITURAS PARA BANDA COORDENAÇÃO GERAL Flavio Silva

Leia mais

CONCURSO JOVEM.COM REGULAMENTO 2015 - EMCN

CONCURSO JOVEM.COM REGULAMENTO 2015 - EMCN CONCURSO JOVEM.COM REGULAMENTO 2015 - EMCN A) CONCURSO 1- O Concurso Jovem.COM é um concurso de Interpretação. Tem como objetivos: - Promover os Conservatórios Oficiais de Música e suas cidades; - Premiar

Leia mais

ÍNDICE... 1 APRESENTAÇÃO... 3 CONHECENDO O SEU INSTRUMENTO...

ÍNDICE... 1 APRESENTAÇÃO... 3 CONHECENDO O SEU INSTRUMENTO... Índice ÍNDICE... 1 APRESENTAÇÃO... 3 CONHECENDO O SEU INSTRUMENTO... 4 O TECLADO... 4 TIPOS DE TECLADOS... 4 Sintetizadores... 4 Teclados com acompanhamento automático... 4 Workstations... 4 Pianos digitais...

Leia mais

No início do CLAM todos os alunos que começavam a estudar, passavam por

No início do CLAM todos os alunos que começavam a estudar, passavam por 60 &$3Ë78/2 0$7(5,$,6'((16,12$35(1',=$*(0&5,$'2612&/$0 2VSULPHLURVOLYURVGHVHQYROYLGRV No início do CLAM todos os alunos que começavam a estudar, passavam por uma entrevista com o diretor responsável pelo

Leia mais

Nº 75 Março 2014 Análise da Evolução das Vendas do Varejo Cearense - 2007 a 2013

Nº 75 Março 2014 Análise da Evolução das Vendas do Varejo Cearense - 2007 a 2013 Nº 75 Março 2014 Análise da Evolução das Vendas do Varejo Cearense - 2007 a 2013 GOVERNO DO ESTADO DO CEARÁ Cid Ferreira Gomes Governador Domingos Gomes de Aguiar Filho Vice Governador SECRETARIO DO PLANEJAMENTO

Leia mais

Escola para Formação de Artistas Artes Visuais Dança Música Teatro

Escola para Formação de Artistas Artes Visuais Dança Música Teatro Fundação das Artes Escola para Formação de Artistas Artes Visuais Dança Música Teatro Inscrições Abertas Turmas 2013 Primeiro Semestre Cursos Livres e Técnicos A Fundação das Artes é uma Escola de Artes

Leia mais

Apostila de Teoria Musical Básica

Apostila de Teoria Musical Básica Apostila de Teoria Musical Básica Criação e edição: MIGUEL URTADO Distribuição: CÂNONE MUSICAL CÂNONE MUSICAL *Cursos relacionado a música* www.canone.com.br São Carlos Brasil Maio de 2009 ----**---- Para

Leia mais

A MÚSICA COMO INSTRUMENTO DE REINSERÇÃO SOCIOCULTUAL E HUMANIZAÇÃO DA PENA NA PENITENCIÁRIA INDUSTRIAL DE CASCAVEL

A MÚSICA COMO INSTRUMENTO DE REINSERÇÃO SOCIOCULTUAL E HUMANIZAÇÃO DA PENA NA PENITENCIÁRIA INDUSTRIAL DE CASCAVEL A MÚSICA COMO INSTRUMENTO DE REINSERÇÃO SOCIOCULTUAL E HUMANIZAÇÃO DA PENA NA PENITENCIÁRIA INDUSTRIAL DE CASCAVEL Mostra Local de: Cascavel Categoria do projeto: I Projetos em Andamento (projetos em execução

Leia mais

O SAXOFONE 1. CLASSIFICAÇÃO DO SAXOFONE

O SAXOFONE 1. CLASSIFICAÇÃO DO SAXOFONE O SAXOFONE 1. CLASSIFICAÇÃO DO SAXOFONE A primeira necessidade que se nos depara é de saber com clareza a que família de instrumentos pertence o Saxofone. Dado que o corpo do instrumento é de metal, muitas

Leia mais

O Maestro & ==============

O Maestro & ============== Vamos aprender colorindo? ================== I M P R I M A E S T E D O C U M E N T O P A R A P I N T A R C O M L Á P I S D E C O R Nome: Comum CCB: I N T R O D U Ç Ã O : Esta apostila livre foi desenvolvida

Leia mais

Você quer se formar em Música?

Você quer se formar em Música? Você quer se formar em Música? Faça um dos cursos de Graduação em Música oferecidos pela Escola de Música e Artes Cênicas da Universidade Federal de Goiás (EMAC/UFG)! 1) Quais são os Cursos Superiores

Leia mais

REGULAMENTO 1º CONCURSO DE COMPOSIÇÃO ERUDITA GRAMADO IN CONCERT

REGULAMENTO 1º CONCURSO DE COMPOSIÇÃO ERUDITA GRAMADO IN CONCERT REGULAMENTO 1º CONCURSO DE COMPOSIÇÃO ERUDITA GRAMADO IN CONCERT A Organização do 2º Gramado In Concert torna público o presente Edital que regulamenta o 1º Concurso de Composição Erudita Gramado In Concert.

Leia mais

História da Harpa Cristã Hinário Oficial das Assembleias de Deus

História da Harpa Cristã Hinário Oficial das Assembleias de Deus História da Harpa Cristã Hinário Oficial das Assembleias de Deus Hinário oficial das Assembleias de Deus no Brasil, a Harpa Cristã completa em 2012 noventa anos de existência. A primeira edição foi lançada

Leia mais

Form. A2 / / 371,214 19,500 SEÇÃO B-B ESCALA 1 : 2 R12. Este desenho contem informação que não podem ser rasuradas ou alteradas. Codigo Des.

Form. A2 / / 371,214 19,500 SEÇÃO B-B ESCALA 1 : 2 R12. Este desenho contem informação que não podem ser rasuradas ou alteradas. Codigo Des. 1 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 A 371,214 A A B 19,500 B B B C 949 864 270 C D D E E 85 40 58 F SEÇÃO B-B ESCALA 1 : 2 F 15 15 30 13 40 R12 G R8 G Form. A2 Este desenho contem informação que não podem ser rasuradas

Leia mais

Form. A2 / / 592,500 371,214 286,500 SEÇÃO B-B ESCALA 1 : 2 R12. Este desenho contem informação que não podem ser rasuradas ou alteradas. Codigo Des.

Form. A2 / / 592,500 371,214 286,500 SEÇÃO B-B ESCALA 1 : 2 R12. Este desenho contem informação que não podem ser rasuradas ou alteradas. Codigo Des. 1 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 A 592,500 371,214 A A B B B B C 949 864 270 C D D E E 85 20 286,500 40 58 45 F SEÇÃO B-B ESCALA 1 : 2 F 15 15 30 10 13 40 R12 G R8 G Form. A2 Este desenho contem informação que

Leia mais

Instalação do Sistema de Atendimento ao Cidadão - SAC

Instalação do Sistema de Atendimento ao Cidadão - SAC Instalação do Sistema de Atendimento ao Cidadão - SAC É necessário 1. Ter um servidor web configurado para php 2. Banco de Dados PostgreSql 3. Conexão com a internet 4. Navegador com suporte a HTML 5 Como

Leia mais

PROJETO CRIASOM. 1.2 -Histórico (Como, Onde e Porque Surgiu)

PROJETO CRIASOM. 1.2 -Histórico (Como, Onde e Porque Surgiu) PROJETO CRIASOM 1. DADOS SOBRE A INSTITUIÇÃO 1.1 - Dados Gerais Nome: Mosteiro São Geraldo de São Paulo CNPJ: 61697678/0001-60 Telefone: (11) 2244-1803 Fax: (11) 3744-6835 E-mail: msoh@csasp.g12.com Site:

Leia mais

EDITAL DE INGRESSO N 19/DEING/2016/1

EDITAL DE INGRESSO N 19/DEING/2016/1 EDITAL DE INGRESSO N 19/DEING/2016/1 A Reitora do Instituto Federal de Santa Catarina torna de conhecimento público a abertura de inscrições, no período de 08 de dezembro de 2015 a 27 de janeiro de 2016,

Leia mais

MATERIAL DE APOIO EIXOS ÁGUA E TERRA

MATERIAL DE APOIO EIXOS ÁGUA E TERRA MATERIAL DE APOIO CAMINHOS SONOROS EIXOS ÁGUA E TERRA Instrumentos de sopro em metais e de percussão 2011 MATERIAL DE APOIO CAMINHOS SONOROS EIXOS ÁGUA E TERRA Instrumentos de sopro em metais e de percussão

Leia mais

EDITAL DO PROCESSO SELETIVO PARA OBTENÇÃO DE NOVO TÍTULO 1º SEMESTRE/2015

EDITAL DO PROCESSO SELETIVO PARA OBTENÇÃO DE NOVO TÍTULO 1º SEMESTRE/2015 EDITAL DO PROCESSO SELETIVO PARA OBTENÇÃO DE NOVO TÍTULO 1º SEMESTRE/ A Pró-Reitora de Ensino da Universidade do Estado de Minas Gerais, no uso das atribuições que lhe confere a Resolução CEPE/UEMG n.º

Leia mais

EDITAL DE MANIFESTAÇÃO DE INTERESSE N 03/2014 PROJETO RN SUSTENTÁVEL CHAMADA PÚBLICA DE APOIO A SUBPROJETOS DE BANDAS FILARMÔNICAS PARA A JUVENTUDE

EDITAL DE MANIFESTAÇÃO DE INTERESSE N 03/2014 PROJETO RN SUSTENTÁVEL CHAMADA PÚBLICA DE APOIO A SUBPROJETOS DE BANDAS FILARMÔNICAS PARA A JUVENTUDE EDITAL DE MANIFESTAÇÃO DE INTERESSE N 03/2014 PROJETO RN SUSTENTÁVEL CHAMADA PÚBLICA DE APOIO A SUBPROJETOS DE BANDAS FILARMÔNICAS PARA A JUVENTUDE A Secretaria de Estado do Planejamento e das Finanças

Leia mais

Nº 74 Fevereiro de 2014. O Uso de Drogas Ilícitas entre Estudantes do Ensino Fundamental em Fortaleza e demais Capitais Brasileiras - 2012.

Nº 74 Fevereiro de 2014. O Uso de Drogas Ilícitas entre Estudantes do Ensino Fundamental em Fortaleza e demais Capitais Brasileiras - 2012. Nº 74 Fevereiro de 2014 O Uso de Drogas Ilícitas entre Estudantes do Ensino Fundamental em Fortaleza e demais Capitais Brasileiras - 2012. GOVERNO DO ESTADO DO CEARÁ Cid Ferreira Gomes Governador Domingos

Leia mais

www.meloteca.com Jorge Salgueiro Lista de obras Cidade de veludo com coro e grupo rock 69, 1999 4 10 min.

www.meloteca.com Jorge Salgueiro Lista de obras Cidade de veludo com coro e grupo rock 69, 1999 4 10 min. www.meloteca.com Jorge Salgueiro Lista de obras Canto - Coro Misto (1 a Cidade de veludo com coro e grupo rock 69, 1999 Pino do verão ópera com solistas, coro misto e grande ensemble 89, 5 60 Ode a euterpe

Leia mais

CATÁLOGO DE PRODUTOS

CATÁLOGO DE PRODUTOS CATÁLOGO DE PRODUTOS FLAUTA PICCOLO Cod.JPC303S Flauta Piccolo 303S Afinação em C (Dó) Cabeça e chaves em alpaca prateada Corpo em resina ABS Cabeça com calibre cônico Molas temperadas, parafusos pivô

Leia mais

1.1- A banda de retreta

1.1- A banda de retreta 1 1- INTRODUÇÃO O Dobrado é o gênero musical preferido e mais identificado com a Banda de Música. A banda de música, como a conhecemos hoje, surgiu no Século XIX no Brasil e, desde então, tem tido importante

Leia mais

vol I organização: Marcelo Jardim Artigos de: Marcelo Jardim Marcos Vinício Nogueira Dario Sotelo Hudson Nogueira Realização Patrocínio

vol I organização: Marcelo Jardim Artigos de: Marcelo Jardim Marcos Vinício Nogueira Dario Sotelo Hudson Nogueira Realização Patrocínio PEQUENO GUIA PRÁTICO PARA O REGENTE DE BANDA vol I organização: Marcelo Jardim Artigos de: Marcelo Jardim Marcos Vinício Nogueira Dario Sotelo Hudson Nogueira Patrocínio Realização PROJETO EDIÇÃO DE PARTITURAS

Leia mais

NORMAS Artº 1 O Concurso é aberto a músicos de todo o país (com nacionalidade portuguesa ou estrangeiros com residência em território português), sendo admitidos os seguintes instrumentos: Madeiras Flauta

Leia mais

Iº CONCURSO NACIONAL DE INTERPRETAÇÃO MUSICAL CULTIVARTE JOVEM REGULAMENTO

Iº CONCURSO NACIONAL DE INTERPRETAÇÃO MUSICAL CULTIVARTE JOVEM REGULAMENTO Iº CONCURSO NACIONAL DE INTERPRETAÇÃO MUSICAL CULTIVARTE JOVEM REGULAMENTO 1. OBJECTIVOS DO CONCURSO A Associação CULTIVARTE - Quarteto de Clarinetes de Lisboa orgulha-se de organizar o 1º CONCURSO NACIONAL

Leia mais

INSPEÇÃO REALIZADA NA. Excelentíssimo Senhor Desembargador Presidente do Conselho Superior da Magistratura:

INSPEÇÃO REALIZADA NA. Excelentíssimo Senhor Desembargador Presidente do Conselho Superior da Magistratura: 1 ESTADO DO CEARÁ PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA CORREGEDORIA GERAL DA JUSTIÇA Centro Administrativo Governador Virgílio Távora Av. Gal. Afonso Albuquerque de Lima s/nº Cambeba Fortaleza Ceará CEP

Leia mais

CONCURSO PÚBLICO PREFEITURA MUNICIPAL DE IPU

CONCURSO PÚBLICO PREFEITURA MUNICIPAL DE IPU ADMINISTRADOR HOSPITALAR --------------------------------------------- 24 ADVOGADO 20 HORAS ---------------------------------------------------------- 31 ADVOGADO 40 HORAS ----------------------------------------------------------

Leia mais

VESTIBULAR IFPE 2014 - CONCORRÊNCIA

VESTIBULAR IFPE 2014 - CONCORRÊNCIA VESTIBULAR IFPE 2014 - CONCORRÊNCIA RELATÓRIO ANALÍTICO DAS Campus/Polo: CAMPUS RECIFE P.P.I. Outras P.P.I. Outras Ampla Camp o PROEJA 1-0107 - REFRIGERAÇÃO E CLIMATIZAÇÃO - NOITE 148 62 42 13 0 0 265

Leia mais

2º CONCURSO NACIONAL DE INTERPRETAÇÃO MUSICAL CULTIVARTE JOVEM REGULAMENTO

2º CONCURSO NACIONAL DE INTERPRETAÇÃO MUSICAL CULTIVARTE JOVEM REGULAMENTO 2º CONCURSO NACIONAL DE INTERPRETAÇÃO MUSICAL CULTIVARTE JOVEM REGULAMENTO 1. OBJECTIVOS DO CONCURSO A Associação CULTIVARTE - Quarteto de Clarinetes de Lisboa orgulha-se de organizar o 2º CONCURSO NACIONAL

Leia mais

CD 1: Baby Bach - Interpretado Pela Orquestra Caixinha Musical Baby Einstein. 1. Afinação E Fanfarra Baseados Em Um Tema Da Tocata Em Ré Maior

CD 1: Baby Bach - Interpretado Pela Orquestra Caixinha Musical Baby Einstein. 1. Afinação E Fanfarra Baseados Em Um Tema Da Tocata Em Ré Maior Coleção Clássicos Musicais: Baby Einstein CD 1: Baby Bach - Interpretado Pela Orquestra Caixinha Musical Baby Einstein 1. Afinação E Fanfarra Baseados Em Um Tema Da Tocata Em Ré Maior 2. Minueto Em Sol

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE CAMPINA GRANDE CENTRO DE CIÊNCIAS HUMANAS UNIDADE ACADÊMICA DE ARTE E MÍDIA CURSO DE GRADUAÇÃO EM MÚSICA

UNIVERSIDADE FEDERAL DE CAMPINA GRANDE CENTRO DE CIÊNCIAS HUMANAS UNIDADE ACADÊMICA DE ARTE E MÍDIA CURSO DE GRADUAÇÃO EM MÚSICA UNIVERSIDADE FEDERAL DE CAMPINA GRANDE CENTRO DE CIÊNCIAS HUMANAS UNIDADE ACADÊMICA DE ARTE E MÍDIA CURSO DE GRADUAÇÃO EM MÚSICA Teste de Habilidade Específica (THE) O Teste de Habilidade Específica (THE)

Leia mais

PROFESSOR CELSO WOLTZENLOGEL dobrado

PROFESSOR CELSO WOLTZENLOGEL dobrado SÉRIE REPERTÓRIO DE OURO DAS BANDAS DE MÚSICA DO BRASIL PROFESSOR CELSO WOLTZENLOGEL dobrado música de JOAQUIM ANTÔNIO NAEGELE SÉRIE REPERTÓRIO DE OURO DAS BANDAS DE MÚSICA DO BRASIL PROFESSOR CELSO WOLTZENLOGEL

Leia mais

PROJETO BÁSICO DO CURSO DE FORMAÇÃO INICIAL E CONTINUADA Professor André Lima

PROJETO BÁSICO DO CURSO DE FORMAÇÃO INICIAL E CONTINUADA Professor André Lima PROJETO BÁSICO DO CURSO DE FORMAÇÃO INICIAL E CONTINUADA Professor André Lima 1. Formação Inicial e Continuada / Qualificação Profissional pretendida: Curso de Formação Inicial e Continuada em Regência

Leia mais

Elaboração de: Jorge Nobre

Elaboração de: Jorge Nobre Aprendendo a tocar o clarinete Elaboração de: Jorge Nobre CLARINETE Instrumento musical de sopro Compreende um tubo, geralmente de madeira, que tem a extremidade em forma de campânula e um bocal cônico

Leia mais

PROJETO DE LEI Nº 311/2012 Poder Executivo TÍTULO I DA ORGANIZAÇÃO DOS CARGOS DA FUNDAÇÃO ORQUESTRA SINFÔNICA DE PORTO ALEGRE

PROJETO DE LEI Nº 311/2012 Poder Executivo TÍTULO I DA ORGANIZAÇÃO DOS CARGOS DA FUNDAÇÃO ORQUESTRA SINFÔNICA DE PORTO ALEGRE DIÁRIO OFICIAL DA ASSEMBLEIA LEGISLATIVA Porto Alegre, quinta-feira, 6 de dezembro de 2012. PRO 1 PROJETO DE LEI Nº 311/2012 Poder Executivo Dispõe sobre o Plano de Carreira e Vencimentos e reorganiza

Leia mais

Semana da Música (5 a 10 de maio de 2014) Programa

Semana da Música (5 a 10 de maio de 2014) Programa Semana da Música (5 a 10 de maio de 2014) Programa Sessão de Abertura - Excelentíssimo Senhor Secretário Regional da Educação e Recursos Humanos 10:00 do CEPAM Piano - António Rosado Bandolim - Percussão

Leia mais

Governo do Estado do Ceará. Apresenta. Preserve o som da natureza

Governo do Estado do Ceará. Apresenta. Preserve o som da natureza Governo do Estado do Ceará Apresenta Preserve o som da natureza Viçosa do Ceará, 23 a 30 de julho de 2011 O Governo do Estado do Ceará / Secult, por meio do Instituto de Arte e Cultura do Ceará IACC/Centro

Leia mais

EDUCAÇÃO MUSICAL FORMAL X EDUCAÇÃO MUSICAL INFORMAL

EDUCAÇÃO MUSICAL FORMAL X EDUCAÇÃO MUSICAL INFORMAL EDUCAÇÃO MUSICAL FORMAL X EDUCAÇÃO MUSICAL INFORMAL Segundo Green (2000), existe uma enorme discrepância entre os tipos de aprendizagem proporcionados no âmbito da Educação Musical Formal e no contexto

Leia mais

Total de questões: 50 Qtd Questões Nulas: 1 Nota Máxima Permitida: 100,00

Total de questões: 50 Qtd Questões Nulas: 1 Nota Máxima Permitida: 100,00 (001) - VIGIA Página: 1 Total de questões: 50 Qtd Questões Nulas: 1 Nota Máxima Permitida: 100,00 01...B.....1.. 02...C.....1.. 03...A.....1.. 04...D.....1..S 06...A.....1.. 07...C.....1.. 08...D.....1..

Leia mais

EDITAL DO PROCESSO SELETIVO PARA RECEBIMENTO DE TRANSFERÊNCIA 1º SEMESTRE/2015

EDITAL DO PROCESSO SELETIVO PARA RECEBIMENTO DE TRANSFERÊNCIA 1º SEMESTRE/2015 EDITAL DO PROCESSO SELETIVO PARA RECEBIMENTO DE TRANSFERÊNCIA 1º SEMESTRE/ A Pró-Reitora de Ensino da Universidade do Estado de Minas Gerais, no uso das atribuições que lhes confere a Resolução CEPE/UEMG

Leia mais

23ª COPA METROPOLITANA DE FUTSAL 2014 SÉRIE PRATA

23ª COPA METROPOLITANA DE FUTSAL 2014 SÉRIE PRATA 23ª COPA METROPOLITANA DE FUTSAL 2014 SÉRIE PRATA CATEGORIA SUB 11 GRUPO A MARANGUAPE FUTEBOL CLUBE COPM/BOMBEIROS CIRCULO MILITAR DE FORTALEZA GRUPO B FALCÕES DA VILA CLUBE DOS DIÁRIOS/SOBRALSPORTES COLÉGIO

Leia mais

2-10 CULTURA, ESPORTE E LAZER

2-10 CULTURA, ESPORTE E LAZER Anuário Estatístico do Município de Belém-2012 2-10 CULTURA 1 2-10 CULTURA, ESPORTE E LAZER Esta seção apresenta informações sobre os espaços culturais disponíveis, dos grupos folclóricos paraenses, oficinas

Leia mais

Prof. Carlos Rogério Lopes de Souza CAGÉRIO

Prof. Carlos Rogério Lopes de Souza CAGÉRIO OFICINA Construção de instrumentos de sopro Prof. Carlos Rogério Lopes de Souza CAGÉRIO APRESENTAÇÃO CARLOS ROGÉRIO (CAGÉRIO) EDUCAÇÃO FÍSICA UNIFOA (Volta Redonda RJ) EDUCAÇÃO ARTÍSTICA (MÚSICA) USP (Ribeirão

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO Resolução n 35/ 2009 Aprova o Projeto Político-Pedagógico do Curso de Graduação em Música, Modalidade

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO Resolução n 34/ 2009 Aprova o Projeto Político-Pedagógico do Curso de Graduação em Música, Modalidade

Leia mais