SECRETARIA DE ESTADO DE FAZENDA CONSELHO DE CONTRIBUINTES Sessão de 14 de outubro de 2009 RECURSO Nº ACÓRDÃO Nº 7.907

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "SECRETARIA DE ESTADO DE FAZENDA CONSELHO DE CONTRIBUINTES Sessão de 14 de outubro de 2009 RECURSO Nº - 35.771 ACÓRDÃO Nº 7.907"

Transcrição

1 PUBLICADA A DECISÃO DO ACÓRDÃO No D.O. de 12/11/2009 Fls. 04 SECRETARIA DE ESTADO DE FAZENDA CONSELHO DE CONTRIBUINTES Sessão de 14 de outubro de 2009 QUARTA CÂMARA RECURSO Nº ACÓRDÃO Nº INSCRIÇÃO ESTADUAL Nº AUTO DE INFRAÇÃO N RECORRENTE - MEDIDATA INFORMÁTICA S/A RECORRIDA - JUNTA DE REVISÃO FISCAL RELATOR CONSELHEIRO CHARLEY FRANCISCONI VELLOSO DOS SANTOS Participaram do julgamento os Conselheiros Charley Francisconi Velloso dos Santos, Marcello Tournillon Ramos, Cheryl Berno e Antonio de Pádua Pessoa de Mello. ICMS IMPORTAÇÃO DE MERCADORIAS. CRÉDITO INDEVIDO. ESTABELECIMENTO DESTINATÁRIO LOCALIZADO NO ESTADO DO RIO DE JANEIRO. SUJEITO ATIVO DA OBRIGAÇÃO TRIBUTÁRIA COMPETENTE PARA EXIGIR O TRIBUTO. Em operação de importação de mercadoria ou bem o sujeito ativo da relação jurídico-tributária competente para exigência do tributo devido é o estado onde estiver situado o domicílio ou o estabelecimento do importador (destinatário final) e não aquele onde ocorrer o desembaraço aduaneiro da mercadoria ou a sua entrada em estabelecimento de empresa que atue como mera intermediária na operação, ex vi do disposto no artigo 155, 2.º, inciso ix, alínea a, da Constituição Federal, e artigo 30, inciso i, alínea d, da Lei 2.657/96. Assim, é indevido o aproveitamento do crédito de ICMS destacado nas notas fiscais de remessa dessas mercadorias por quem não recolheu o tributo na importação ao Estado do Rio de janeiro, consoante o disposto pelos artigos 32 e 33, 2.º, da lei n.º 2.657/1996. Levantamento fiscal exato, sujeitando a infratora ao pagamento do imposto devido, bem como da penalidade legal cabível. NEGADO PROVIMENTO ao Recurso Voluntário. AUTO DE INFRAÇÃO PROCEDENTE.

2 QUARTA CÂMARA Acórdão nº fls. 2/6 RELATÓRIO A empresa qualificada na inicial foi autuada por infringir os dispositivos legais ali arrolados, sendo-lhe exigidos imposto e multa proporcional por creditamento indevido do ICMS. No relato, consignou-se, em síntese, que: 1) O contribuinte tornou-se devedor de ICMS ao se creditar indevidamente do imposto destacado nas notas fiscais emitidas pela XC Comercial e Exportadora Ltda, sua controlada, que importou por conta e ordem da autuada. Tais notas serviram para acobertar o transporte das mercadorias de Vitória, ES, até a autuada. 2) O Estado do Rio de Janeiro é o sujeito ativo da obrigação tributária, uma vez que a mercadoria deu entrada em estabelecimento da Medidata Informática S/A, localizado na capital fluminense. Portanto, o ICMS referente à importação cabe ao Estado do RJ. 3) O ES foi apenas o Estado por onde as mercadorias ingressaram em território nacional. Desta forma, a autuada não poderia ter-se creditado de imposto que a empresa capixaba destacou nas notas fiscais. Adoto o breve relatório da Douta Representação da Fazenda de fls.524/7, que passo a ler. Por fim, a Representação da Fazenda conclui opinando pelo desprovimento do Recurso Voluntário interposto. É o relatório. VOTO DO RELATOR Trata-se de litígio tributário instaurado em face da lavratura de Auto de Infração efetuada para exigir crédito tributário referente ao creditamento indevido do ICMS relativo a importações efetuadas por conta e ordem da autuada, operacionalizadas por empresa fundapeana controlada pela contribuinte, conforme levantamento efetuado em sua documentação explicitado no relato inaugural. Na peça inaugural estão contidos todos os elementos necessários para a validade do ato, conforme o disposto pelo artigo 221 do Decreto-lei n.º 5/75 (CTE) com a redação dada pelo Decreto-lei n.º 343/77, e artigo 74 do Decreto n.º 2.473/79, que regula o processo administrativo-tributário no Estado do Rio de Janeiro. Da mesma forma, em virtude de o lançamento não ter infringido nenhuma das hipóteses previstas nos artigos 225 do Decreto-lei n.º 5/75 e 48 do Decreto

3 QUARTA CÂMARA Acórdão nº fls. 3/6 n.º 2.473/79, fica afastada qualquer hipótese de nulidade. Com efeito, também não se caracterizou nenhum cerceamento do direito de defesa da recorrente. Igualmente, impõe-se ressaltar que o controle de constitucionalidade de leis e atos normativos é de competência privativa do Poder Judiciário, segundo o disposto pelos artigos 5.º, inciso XXXV, 97, 102 e 125, 2.º, da Constituição Federal, razão de não nos determos sobre os argumentos de defesa atinentes ao exame de constitucionalidade, ou legalidade atos legais ou infralegais legitimamente inseridos no ordenamento jurídico. A respeito de apreciação conjunta, cumpre ainda aditar que estão sendo ora julgados, simultaneamente, todos aqueles processos que ingressaram nesta C. Câmara por regular distribuição. No mérito, o pleito da recorrente deve ser rechaçado pelas seguintes razões. Em operação de importação de mercadoria ou bem o sujeito ativo da relação jurídico-tributária competente para exigência do tributo devido é o Estado onde estiver situado o domicílio ou o estabelecimento do importador (destinatário final ou jurídico), e não aquele onde ocorrer o desembaraço aduaneiro da mercadoria ou a sua entrada em estabelecimento de empresa que atue como mera intermediária na operação. O art , inciso IX, letra "a", da Constituição da República, em sua redação original, estabelece que o ICMS incidirá "sobre a entrada de mercadoria importada do exterior, ainda quando se tratar de bem destinado a consumo ou ativo fixo do estabelecimento, assim como sobre serviço prestado no exterior, cabendo o imposto ao Estado onde estiver situado o estabelecimento destinatário da mercadoria ou do serviço ". A legislação infraconstitucional sobre o ICMS, em conformidade com a Lei Complementar n 87/96 (art. 2, 1, inciso I) e a Lei estadual n 2.657/96 (art. 2, parágrafo único, inciso I), estabelece a incidência do imposto estadual nas operações de importação de bens ou mercadorias, sendo que "o fato gerador do ICMS ocorre no recebimento pelo importador de mercadoria ou bem importados exterior. Desta feita, o imposto é devido ao Estado em que se situa o estabelecimento que importou a mercadoria, para onde esta foi destinada. Com efeito, apurou-se nos autos que as operações consignadas nos documentos fiscais apontados na inicial consistiram, na verdade, em

4 QUARTA CÂMARA Acórdão nº fls. 4/6 importações por conta e ordem da autuada, na qual a importadora XC Comercial e Exportadora Ltda, situada no Estado do ES, foi contratada tãosomente para prestação de serviço de importação (comércio exterior) demandada pela autuada. Esta, por sua vez, confirma em suas petições a natureza de importação por conta e ordem por intermédio de sua controlada. Portanto, a rigor, caberia à ora recorrente, Medidata Informática S/A, a responsabilidade pelo recolhimento do ICMS ao Estado do Rio de Janeiro o que, como se viu, não ocorreu. O fato de as mercadorias importadas terem seguido para a real destinatária final situada no Rio de Janeiro, tendo a empresa importadora capixaba atuado como mera prestadora de serviço de importação, comprova-se pelos documentos de importação acostados à inicial, em especial pelos Extratos de Declaração de Importação de fls.54/76, com a consignação de importação por conta e ordem da autuada (destinatária), assim como as cópias de contrato de prestação de serviços entre as empresas encomendante-adquirente e a prestadora-importadora. Enfim, todos os documentos de importação estão no sentido de apontar a ora recorrente, desde o início, a como efetiva destinatária das mercadorias, evidenciando a triangulação levada a efeito, com o intuito de evadirse do pagamento do imposto devido ao Estado do Rio de Janeiro, efetivo sujeito ativo da operação em voga. Se, como se evidenciou, a efetiva destinatária das importações efetuadas por sua conta e ordem foi a autuada, não há de se anuir com a solicitação da autuada pela exclusão de notas fiscais de mercadorias posteriormente enviadas para outras unidades da Federação, porquanto estas sim constituem-se em operações negociais outras, de natureza interna, perpetradas com as mercadorias já nacionalizadas, após as importações objetos do presente. Portanto, correto o entendimento pela aplicação da hipótese do artigo 116, do Código Tributário Nacional, in verbis. Art Salvo disposição de lei em contrário, considera-se ocorrido o fato gerador e existentes os seus efeitos: I - tratando-se de situação de fato, desde o momento em que o se verifiquem as circunstâncias materiais necessárias a que produza os efeitos que normalmente lhe são próprios;

5 QUARTA CÂMARA Acórdão nº fls. 5/6 II - tratando-se de situação jurídica, desde o momento em que esteja definitivamente constituída, nos termos de direito aplicável. Parágrafo único. A autoridade administrativa poderá desconsiderar atos ou negócios jurídicos praticados com a finalidade de dissimular a ocorrência do fato gerador do tributo ou a natureza dos elementos constitutivos da obrigação tributária, observados os procedimentos a serem estabelecidos em lei ordinária. Sobre caso similar, cite-se parte da decisão constante do Acórdão nº 6.201, de 13/09/07, referente ao Recurso nº da Terceira Câmara deste Conselho, nos termos do voto do ilustre relator: A importação por conta e ordem de terceiro, constitui um serviço prestado por uma empresa a importadora, a qual promove, em seu nome, o despacho aduaneiro de importação de mercadorias adquiridas por outra empresa a adquirente, em razão de contrato previamente firmado, que pode ainda ser objeto da prestação de outros serviços relacionados com a transação comercial, como a realização de tomada de preços ou a própria intermediação comercial, consoante expressa previsão contida no artigo 1º da IN SRF nº 225/02 e artigo 12, 1º, I da IN SRF nº 247/02. Assim, na importação por conta e ordem, embora a atuação da empresa importadora possa abranger, desde a simples execução do despacho de importação, até a intermediação da negociação no exterior, contratação de transporte, seguro, etc., o importador de fato é o adquirente, o mandante da importação, aquele que efetivamente faz vir a mercadoria de outro país. Cabe a efetiva adquirente pactuar a compra do exterior e disponibilizar os recursos financeiros para o seu pagamento, pela via cambial, da importação. No entanto, ao contrário do que ocorre na importação por encomenda, a operação para o pagamento de uma importação por conta e ordem pode ser realizada em nome da importadora ou da adquirente, conforme estabelece o regulamento do Mercado de Câmbio e Capitais Internacionais (RMCCI Título 1, Capítulo 12, Seção 2) do Banco Central do Brasil (BACEN). Além deste exemplo, e daqueles constantes de fls.485 e seguintes, este Conselho de Contribuintes conta com outras tantas decisões em favor da Fazenda Estadual em casos semelhantes, podendo-se mencionar, o Recurso ; Acórdão 7.433; de 04/09/08, da 1ª Câmara; o Recurso ; Acórdão 6.398; de 20/05/08, da 2ª Câmara; e o Recurso nº , Conselho Pleno, Relator Cons. Mário Cezar Franco, DOE 13/05/05. Assim, ao contrário do entender da defendente, nada há nos elementos dos autos comprovando, ou indicando, que o autuante tenha incorrido em qualquer equívoco. Nenhum dos argumentos apresentados pela mesma tem sustentação jurídica para infirmar o lançamento sub censura.

6 QUARTA CÂMARA Acórdão nº fls. 6/6 A alegação sobre a existência de saldo credor em junho/2008 já foi devidamente rechaçada na decisão recorrida. Relembre-se aqui que os lançamentos de ofício por auto de infração são vinculados por lei e não podem ser quitados com eventuais créditos fiscais da conta gráfica. Dessa forma, legítima é a exigência do imposto, bem como da penalidade pertinente, por indevido aproveitamento do crédito de ICMS destacado nas notas fiscais de remessa dessas mercadorias por quem não recolheu o tributo na importação ao Estado do Rio de janeiro, ex vi do disposto no artigo 155, 2.º, inciso ix, alínea a, da Constituição Federal, e artigos 30, inciso I, alínea d, 32 e 33, 2.º da Lei 2.657/96. Pelo fio do exposto, tendo em vista que a autuação foi efetuada considerando a legislação em vigor e o comando constitucional, e que a autuada não logrou trazer aos autos qualquer prova capaz de ilidir o lançamento, VOTO pelo DESPROVIMENTO do Recurso Voluntário, no sentido de se manter a decisão da Primeira Instância em sua totalidade, para declarar Procedente o Auto de Infração. É o voto. A C Ó R D Ã O Vistos, relatados e discutidos estes autos em que é Recorrente MEDIDATA INFORMÁTICA S/A e Recorrida JUNTA DE REVISÃO FISCAL. Acorda a QUARTA CÂMARA do Conselho de Contribuintes do Estado do Rio de Janeiro, à unanimidade de votos, negar provimento ao recurso voluntário, para manter a exigência fiscal, observados os termos do voto do conselheiro relator. QUARTA CÂMARA do Conselho de Contribuintes do Estado do Rio de Janeiro, em 14 de outubro de CHARLEY FRANCISCONI VELLOSO DOS SANTOS RELATOR ANTONIO DE PÁDUA PESSOA DE MELLO PRESIDENTE \PSA\

SECRETARIA DE ESTADO DE FAZENDA CONSELHO DE CONTRIBUINTES RECURSO Nº - 31.874 (25.041) ACÓRDÃO Nº 7.546

SECRETARIA DE ESTADO DE FAZENDA CONSELHO DE CONTRIBUINTES RECURSO Nº - 31.874 (25.041) ACÓRDÃO Nº 7.546 PUBLICADA A DECISÃO DO ACÓRDÃO No D.O. de 04/12/2009 Fls. 12/ 13 SECRETARIA DE ESTADO DE FAZENDA CONSELHO DE CONTRIBUINTES Sessão de 02 de junho de 2009 QUARTA CÂMARA RECURSO Nº - 31.874 (25.041) ACÓRDÃO

Leia mais

SECRETARIA DE ESTADO DE FAZENDA CONSELHO DE CONTRIBUINTES RECURSO Nº - 31.744 (23.816) ACORDÃO Nº 8.463 RECORRENTE COMPANHIA BRASILEIRA DE OFFSHORE

SECRETARIA DE ESTADO DE FAZENDA CONSELHO DE CONTRIBUINTES RECURSO Nº - 31.744 (23.816) ACORDÃO Nº 8.463 RECORRENTE COMPANHIA BRASILEIRA DE OFFSHORE PUBLICADA A DECISÃO DO ACÓRDÃO No D.O. de 24/06/2010 Fls. 06 SECRETARIA DE ESTADO DE FAZENDA CONSELHO DE CONTRIBUINTES Sessão de 25 de maio de 2010 TERCEIRA CÂMARA RECURSO Nº - 31.744 (23.816) ACORDÃO

Leia mais

RECURSO Nº - 46.303 ACORDÃO Nº 6.936 REDATOR CONSELHEIRO ANTONIO DE PÁDUA PESSOA DE MELLO

RECURSO Nº - 46.303 ACORDÃO Nº 6.936 REDATOR CONSELHEIRO ANTONIO DE PÁDUA PESSOA DE MELLO PUBLICAÇÃO DA DECISÃO DO ACÓRDÃO No D.O. 18 / 06 / 2013 Fls.: 12 SERVIÇO PÚBLICO ESTADUAL Sessão de 24 de abril de 2013 CONSELHO PLENO RECURSO Nº - 46.303 ACORDÃO Nº 6.936 INSCRIÇÃO ESTADUAL Nº - 81.680.469

Leia mais

SECRETARIA DE ESTADO DE FAZENDA CONSELHO DE CONTRIBUINTES RECURSO Nº - 32.931 (26.189) ACÓRDÃO Nº 8.591 RECORRENTE TRANSOCEAN SEDCO FOREX BRASIL LTDA.

SECRETARIA DE ESTADO DE FAZENDA CONSELHO DE CONTRIBUINTES RECURSO Nº - 32.931 (26.189) ACÓRDÃO Nº 8.591 RECORRENTE TRANSOCEAN SEDCO FOREX BRASIL LTDA. PUBLICADA A DECISÃO DO ACÓRDÃO No D.O. de 13/08/2010 Fls. 04 SECRETARIA DE ESTADO DE FAZENDA CONSELHO DE CONTRIBUINTES Sessão de 15 de julho de 2010 TERCEIRA CÂMARA RECURSO Nº - 32.931 (26.189) ACÓRDÃO

Leia mais

Sessão de 15 de janeiro de 2015 - JUNTA DE REVISÃO FISCAL - CONSELHEIRO CHARLEY FRANCISCONI VELLOSO DOS SANTOS

Sessão de 15 de janeiro de 2015 - JUNTA DE REVISÃO FISCAL - CONSELHEIRO CHARLEY FRANCISCONI VELLOSO DOS SANTOS PUBLICAÇÃO DA DECISÃO DO ACÓRDÃO No D.O. 17 / 04 / 2015 Fls.: 40 SERVIÇO PÚBLICO ESTADUAL Rubrica: ID: 4283264-0 Sessão de 15 de janeiro de 2015 QUARTA CÂMARA RECURSO Nº - 50.369 ACÓRDÃO Nº 13.238 INSCRIÇÃO

Leia mais

Base de cálculo= R$ 4.879,50

Base de cálculo= R$ 4.879,50 PUBLICAÇÃO DA DECISÃO DO ACÓRDÃO No D.O. 17 / 04 / 2015 Fls.: 38 SERVIÇO PÚBLICO ESTADUAL Rubrica: ID 42832756 Sessão de 12 de janeiro de 2015 PRIMEIRA CÂMARA RECURSO Nº - 53.937 ACÓRDÃO Nº 13.356 INSCRIÇÃO

Leia mais

GoVERNO DO EsTADO DO CEARÁ Secretaria da Fazenda Contencioso Administrativo Tributário Conselho De Recursos Tributários 2" Câmara

GoVERNO DO EsTADO DO CEARÁ Secretaria da Fazenda Contencioso Administrativo Tributário Conselho De Recursos Tributários 2 Câmara GoVERNO DO EsTADO DO CEARÁ Secretaria da Fazenda Contencioso Administrativo Tributário Conselho De Recursos Tributários 2" Câmara RESOLUÇÃO N?>3 12012 214 8 SESSÃO ORDINÁRIA DE 17.11.2011 PROCESSO DE RECURSO

Leia mais

GoVERNO DO EsTADO DO CEARÁ Secretaria da Fazenda CONTENCIOSO ADMINISTRATIVO TRIBUTÁRIO - CONAT CONSELHO DE RECURSOS TRIBUTÁRIOS - CRT

GoVERNO DO EsTADO DO CEARÁ Secretaria da Fazenda CONTENCIOSO ADMINISTRATIVO TRIBUTÁRIO - CONAT CONSELHO DE RECURSOS TRIBUTÁRIOS - CRT U~. RESOLUÇÃO N 4 49 /2011 2 8 CÂMARA DE JULGAMENTO 134 8 SESSÃO ORDINÁRIA EM: 12/07/2011 PROCESSO N 1/0886/2007 AUTO DE INFRAÇÃO N 1/200700358 RECORRENTE: F. E. SANTOS DIAS RECORRIDA: CÉLULA DE JULGAMENTO

Leia mais

SECRETARIA DE ESTADO DE FAZENDA CONSELHO DE CONTRIBUINTES. Sessão de 11 de novembro de 2008 - CONSELHEIRO MARCELLO TOURNILLON RAMOS

SECRETARIA DE ESTADO DE FAZENDA CONSELHO DE CONTRIBUINTES. Sessão de 11 de novembro de 2008 - CONSELHEIRO MARCELLO TOURNILLON RAMOS PUBLICADA A DECISÃO DO ACÓRDÃO No D.O. de 28/11/2008 Fls. 09 SECRETARIA DE ESTADO DE FAZENDA CONSELHO DE CONTRIBUINTES Sessão de 11 de novembro de 2008 QUARTA CÂMARA RECURSO Nº - 32.301/23.618 ACÓRDÃO

Leia mais

Importação por Conta e Ordem e Importação por Encomenda (LUCIANO - 15/05/2006)

Importação por Conta e Ordem e Importação por Encomenda (LUCIANO - 15/05/2006) Importação por Conta e Ordem e Importação por Encomenda (LUCIANO - 15/05/2006) Cada vez mais e por diversos motivos, as organizações vêm optando por focar-se no objeto principal do seu próprio negócio

Leia mais

SECRETARIA DE ESTADO DE FAZENDA CONSELHO DE CONTRIBUINTES. Sessão de 07 de outubro de 2009 RECURSO Nº 32.080 (25.928) ACÓRDÃO Nº 5.

SECRETARIA DE ESTADO DE FAZENDA CONSELHO DE CONTRIBUINTES. Sessão de 07 de outubro de 2009 RECURSO Nº 32.080 (25.928) ACÓRDÃO Nº 5. PUBLICADA A DECISÃO DO ACÓRDÃO No D.O. de 19 / 10 / 2008 Fls. 05 SECRETARIA DE ESTADO DE FAZENDA CONSELHO DE CONTRIBUINTES Sessão de 07 de outubro de 2009 CONSELHO PLENO RECURSO Nº 32.080 (25.928) ACÓRDÃO

Leia mais

Sessão de 17 de setembro de 2014 - CONSELHEIRO ANTONIO SILVA DUARTE - CONSELHEIRO GUSTAVO MENDES MOURA PIMENTEL

Sessão de 17 de setembro de 2014 - CONSELHEIRO ANTONIO SILVA DUARTE - CONSELHEIRO GUSTAVO MENDES MOURA PIMENTEL PUBLICAÇÃO DA DECISÃO DO ACÓRDÃO No D.O. 16 / 01 / 2015 Fls.: 15 SERVIÇO PÚBLICO ESTADUAL Rubrica: ID: 4272861-4 Sessão de 17 de setembro de 2014 CONSELHO PLENO RECURSO Nº 38.744 ACÓRDÃO Nº 7.409 C. P.F.

Leia mais

SECRETARIA DE ESTADO DE FAZENDA CONSELHO DE CONTRIBUINTES

SECRETARIA DE ESTADO DE FAZENDA CONSELHO DE CONTRIBUINTES PUBLICADA A DECISÃO DO ACÓRDÃO No D.O. de 21 / 09 / 2010 Fls. 07 SECRETARIA DE ESTADO DE FAZENDA CONSELHO DE CONTRIBUINTES Sessão de 20 de julho de 2010 SEGUNDA CÂMARA RECURSO Nº - 35.357 ACORDÃO Nº 8.335

Leia mais

RIO GRANDE DO NORTE SECRETARIA DE TRIBUTAÇÃO CONSELHO DE RECURSOS FISCAIS R E L A T Ó R I O

RIO GRANDE DO NORTE SECRETARIA DE TRIBUTAÇÃO CONSELHO DE RECURSOS FISCAIS R E L A T Ó R I O RIO GRANDE DO NORTE SECRETARIA DE TRIBUTAÇÃO CONSELHO DE RECURSOS FISCAIS PROCESSO N.º : 0031/2003 CRF PAT Nº : 0190/2001-1ª. U.R.T RECORRENTE : Queiroz Oliveira Comércio e Indústria Ltda. RECORRIDO :

Leia mais

RECURSO Nº - 50.774 ACÓRDÃO Nº 14.061 RECORRENTE MUNDIVOX TELECOMUNICAÇÕES LTDA RECORRIDA DÉCIMA SEGUNDA TURMA DA JUNTA DE REVISÃO FISCAL

RECURSO Nº - 50.774 ACÓRDÃO Nº 14.061 RECORRENTE MUNDIVOX TELECOMUNICAÇÕES LTDA RECORRIDA DÉCIMA SEGUNDA TURMA DA JUNTA DE REVISÃO FISCAL PUBLICAÇÃO DA DECISÃO DO ACÓRDÃO No D.O. 10 / 12 / 2015 Fls.: 08 SERVIÇO PÚBLICO ESTADUAL Rubrica: ID:42833175 Sessão de 13 de outubro de 2015 SEGUNDA CÂMARA RECURSO Nº - 50.774 ACÓRDÃO Nº 14.061 INSCRIÇÃO

Leia mais

RECORRIDA DÉCIMA TURMA DA JUNTA DE REVISÃO FISCAL

RECORRIDA DÉCIMA TURMA DA JUNTA DE REVISÃO FISCAL PUBLICAÇÃO DA DECISÃO DO ACÓRDÃO No D.O. 16 / 10 / 2014 Fls.: 30 SERVIÇO PÚBLICO ESTADUAL Processo nº E-04 / 180.405/2012 Sessão de 16 de julho de 2014 SEGUNDA CÂMARA RECURSO Nº - 51.632 ACÓRDÃO Nº 12.116

Leia mais

ESTADO DO CEARÁ SECRETARIA DA FAZENDA CONSELHO DE RECURSOSTRIBUTÁRIOS

ESTADO DO CEARÁ SECRETARIA DA FAZENDA CONSELHO DE RECURSOSTRIBUTÁRIOS ." - ~-... PROC: 1/002770/2004 ESTADO DO CEARÁ SECRETARIA DA FAZENDA CONSELHO DE RECURSOSTRIBUTÁRIOS RESOLUÇÃO N ~' /2006 la CÂMARA SESSÃO DE 20/10/2006 PROCESSO DE RECURSO N 1/002770/2004 AUTO DE INFRAÇÃO:

Leia mais

Vistos, relatados e discutidos os autos deste Processo, etc...

Vistos, relatados e discutidos os autos deste Processo, etc... Processo nº 0572132008-7 Acórdão nº 333/2011 Recurso HIE/CRF-351/2010 RECORRENTE: GERÊNCIA EXECUTIVA DE JULGAMENTO DE PROCESSOS FISCAIS GEJUP. RECORRIDA: CCB CIMPOR CIMENTOS DO BRASIL LTDA. PREPARADORA:

Leia mais

GOVERNO DA PARAÍBA. Secretaria de Estado da Receita. Conselho de Recursos Fiscais

GOVERNO DA PARAÍBA. Secretaria de Estado da Receita. Conselho de Recursos Fiscais GOVERNO DA PARAÍBA Secretaria de Estado da Receita Conselho de Recursos Fiscais Processo nº 014.186.2012-2 Acórdão 282/2013 Recurso HIE/CRF- nº 341/2012 RECORRENTE: GERÊNCIA EXEC. DE JULGAMENTO DE PROCESSOS

Leia mais

SECRETARIA DE ESTADO DA RECEITA CONSELHO DE CONTRIBUINTES

SECRETARIA DE ESTADO DA RECEITA CONSELHO DE CONTRIBUINTES PUBLICADA A DECISÃO DO ACÓRDÃO No D.O. de 24/07/2006 Fls. SECRETARIA DE ESTADO DA RECEITA CONSELHO DE CONTRIBUINTES Sessão de 12 de abril de 2006 CONSELHO PLENO RECURSO Nº - 16.348 ACÓRDÃO Nº 4.811 I.E.

Leia mais

GoVERNO DO EsTADO DO CEARÁ Secretaria da Fazenda CONSELHO DE RECURSOS TRIBUTÁRIOS

GoVERNO DO EsTADO DO CEARÁ Secretaria da Fazenda CONSELHO DE RECURSOS TRIBUTÁRIOS Processo de Recurso n 11103812007 Auto de Infração nf! 21200624408 1/6 GoVERNO DO EsTADO DO CEARÁ Secretaria da Fazenda CONSELHO DE RECURSOS TRIBUTÁRIOS RESOLUÇÃON0 ~y~ I GKJ'08 2 a CÂl\JARA SESSÃODE 17/07/2008

Leia mais

GOVERNO DA PARAÍBA. Secretaria de Estado da Receita. Conselho de Recursos Fiscais

GOVERNO DA PARAÍBA. Secretaria de Estado da Receita. Conselho de Recursos Fiscais GOVERNO DA PARAÍBA Secretaria de Estado da Receita Conselho de Recursos Fiscais Processo nº 146.875.2011-1 Acórdão 281/2014 Recurso VOL/CRF 221/2013 RECORRENTE: GOLDEN IMPORTADORA E EXPORTADORA LTDA. RECORRIDA:

Leia mais

Vistos, relatados e discutidos os presentes autos de recurso interposto por ANA CAROLINA BRANDÃO SALGADO.

Vistos, relatados e discutidos os presentes autos de recurso interposto por ANA CAROLINA BRANDÃO SALGADO. Processo nº. : 10480.004079/2001-35 Recurso nº. : 142.400 Matéria : IRPF - Ex(s): 1998 Recorrente : ANA CAROLINA BRANDÃO SALGADO Recorrida : 1ª TURMA/DRJ em RECIFE - PE Sessão de : 10 DE AGOSTO DE 2005

Leia mais

SECRETARIA DE ESTADO DE FAZENDA CONSELHO DE CONTRIBUINTES

SECRETARIA DE ESTADO DE FAZENDA CONSELHO DE CONTRIBUINTES PUBLICADA A DECISÃO DO ACÓRDÃO No D.O. de 30 / 09 / 2002 Fls. 15 Proc. nº: E 04/141.494/1997 Rubrica: SECRETARIA DE ESTADO DE FAZENDA CONSELHO DE CONTRIBUINTES Sessão de 20 de agosto de 2002 PRIMEIRA CÂMARA

Leia mais

RECURSO Nº - 52.021 ACORDÃO Nº 12.632

RECURSO Nº - 52.021 ACORDÃO Nº 12.632 PUBLICAÇÃO DA DECISÃO DO ACÓRDÃO No D.O. 23 / 06 / 2014 Fls.: 04 SERVIÇO PÚBLICO ESTADUAL Sessão de 03 de junho de 2014 PRIMEIRA CÂMARA RECURSO Nº - 52.021 ACORDÃO Nº 12.632 INSCRIÇÃO ESTADUAL Nº - 99.199.130

Leia mais

RECURSO- RECURSO VOLUNTÁRIO ACÓRDÃO 4A JJF Nº 0378-04/02

RECURSO- RECURSO VOLUNTÁRIO ACÓRDÃO 4A JJF Nº 0378-04/02 CONSELHO FISCAL DO ESTADO DA BAHIA PROCESSO- A.I. Nº 022198.0415/02-6 RECORRENTE- AMÉRICA SUPER TRADER LTDA. RECORRIDA- FAZENDA PÚBLICA ESTADUAL RECURSO- RECURSO VOLUNTÁRIO ACÓRDÃO 4A JJF Nº 0378-04/02

Leia mais

JUNTA DE REVISÃO FISCAL

JUNTA DE REVISÃO FISCAL PUBLICAÇÃO DA DECISÃO DO ACÓRDÃO No D.O. 17 / 03 / 2016 Fls.: 09 SERVIÇO PÚBLICO ESTADUAL Sessão de 15 de março de 2016 SEGUNDA CÂMARA RECURSO Nº - 56.050 ACÓRDÃO Nº 14.649 INSCRIÇÃO ESTADUAL Nº - 91.019.019

Leia mais

Sessão de 16 de dezembro de 2015 RECURSO Nº - 61.641 ACÓRDÃO Nº 14.396 RECORRENTE CENTRO EDUCACIONAL NOSSA SENHORA AUXILIADORA

Sessão de 16 de dezembro de 2015 RECURSO Nº - 61.641 ACÓRDÃO Nº 14.396 RECORRENTE CENTRO EDUCACIONAL NOSSA SENHORA AUXILIADORA PUBLICAÇÃO DA DECISÃO DO ACÓRDÃO No D.O. 14 / 03 / 2016 Fls.: 08 SERVIÇO PÚBLICO ESTADUAL Rubrica: ID 42833175 Sessão de 16 de dezembro de 2015 SEGUNDA CÂMARA RECURSO Nº - 61.641 ACÓRDÃO Nº 14.396 INSCRIÇÃO

Leia mais

CONSELHO DE CONTRIBUINTES DO ESTADO DA BAHIA PROCESSO- A.I. Nº 09157409/00 RECORRENTE- GERDAU S.A. RECORRIDA- FAZENDA PUBLICA ESTADUAL

CONSELHO DE CONTRIBUINTES DO ESTADO DA BAHIA PROCESSO- A.I. Nº 09157409/00 RECORRENTE- GERDAU S.A. RECORRIDA- FAZENDA PUBLICA ESTADUAL CONSELHO DE CONTRIBUINTES DO ESTADO DA BAHIA PROCESSO- A.I. Nº 09157409/00 RECORRENTE- GERDAU S.A. RECORRIDA- FAZENDA PUBLICA ESTADUAL RECURSO- RECURSO VOLUNTTARIO - ACÓRDAO 2ª JJF Nº 0240/01 ORIGEM- IFMT-DAT/NORTE

Leia mais

RESOLUÇÃO : Nº 31/11 CÂMARA DE JULGAMENTO SESSÃO : 44ª EM: 22/07/2011 PROCESSO : Nº 0132/2010 RECORRENTE : DIVISÃO DE PROCEDIMENTOS ADM.

RESOLUÇÃO : Nº 31/11 CÂMARA DE JULGAMENTO SESSÃO : 44ª EM: 22/07/2011 PROCESSO : Nº 0132/2010 RECORRENTE : DIVISÃO DE PROCEDIMENTOS ADM. RESOLUÇÃO : Nº 31/11 CÂMARA DE JULGAMENTO SESSÃO : 44ª EM: 22/07/2011 PROCESSO : Nº 0132/2010 RECORRENTE : DIVISÃO DE PROCEDIMENTOS ADM. FISCAIS RECORRIDO : A MESMA INTERESSADO : AUTUANTES : GIVALDO RAMOS/

Leia mais

SECRETARIA DE ESTADO DE FAZENDA E CONTROLE GERAL CONSELHO DE CONTRIBUINTES. - Junta de Revisão Fiscal. - Conselheiro Sylvio de Siqueira Cunha

SECRETARIA DE ESTADO DE FAZENDA E CONTROLE GERAL CONSELHO DE CONTRIBUINTES. - Junta de Revisão Fiscal. - Conselheiro Sylvio de Siqueira Cunha PUBLICADA A DECISÃO DO ACÓRDÃO No D.O. de / / Fls. SECRETARIA DE ESTADO DE FAZENDA E CONTROLE GERAL CONSELHO DE CONTRIBUINTES Sessão de 02 de março de 2000 SEGUNDA CÂMARA RECURSO Nº - 16.348 ACÓRDÃO Nº

Leia mais

GUERRA FISCAL: SÃO PAULO E ESPÍRITO SANTO ICMS - IMPORTAÇÃO

GUERRA FISCAL: SÃO PAULO E ESPÍRITO SANTO ICMS - IMPORTAÇÃO GUERRA FISCAL: SÃO PAULO E ESPÍRITO SANTO ICMS - IMPORTAÇÃO Fábio Tadeu Ramos Fernandes ftramos@almeidalaw.com.br Ana Cândida Piccino Sgavioli acsgavioli@almeidalaw.com.br I INTRODUÇÃO Desde a década de

Leia mais

CONSELHO DE CONTRIBUINTES DO ESTADO DE MINAS GERAIS. Acórdão: 20.029/13/2ª Rito: Sumário PTA/AI: 01.000184734-13 Impugnação: 40.

CONSELHO DE CONTRIBUINTES DO ESTADO DE MINAS GERAIS. Acórdão: 20.029/13/2ª Rito: Sumário PTA/AI: 01.000184734-13 Impugnação: 40. Acórdão: 20.029/13/2ª Rito: Sumário PTA/AI: 01.000184734-13 Impugnação: 40.010133151-29 Impugnante: Proc. S. Passivo: Origem: EMENTA Modelo Comércio e Exportação de Açúcar Ltda IE: 515302633.00-13 Marcelo

Leia mais

IPI ICMS - SP LEGISLAÇÃO - SP ANO XX - 2009-2ª SEMANA DE JANEIRO DE 2009 BOLETIM INFORMARE Nº 02/2009

IPI ICMS - SP LEGISLAÇÃO - SP ANO XX - 2009-2ª SEMANA DE JANEIRO DE 2009 BOLETIM INFORMARE Nº 02/2009 IPI ANO XX - 2009-2ª SEMANA DE JANEIRO DE 2009 BOLETIM INFORMARE Nº 02/2009 INFRAÇÕES E ACRÉSCIMOS MORATÓRIOS Infrações - Procedimentos do Contribuinte - Pagamento - Acréscimos Moratórios - Multa de Mora

Leia mais

ESTADO DO CEARÁ SECRETARIA DA FAZENDA Contencioso Administrativo Tributário Conselho de RecursosTributários 1a Câmara de Julgamento

ESTADO DO CEARÁ SECRETARIA DA FAZENDA Contencioso Administrativo Tributário Conselho de RecursosTributários 1a Câmara de Julgamento Resolução NO. ;)))ri 2007 Sessão: 65aSessão Ordinária de 11 de abril de 2007. Processo NO.: 1/867/2006 Auto de Infração NO.: 1/200601490 Recorrente: Célula de Julgamento la Instância Recorrido: CAMARÃODO

Leia mais

ANO XXIII - 2012-4ª SEMANA DE AGOSTO DE 2012 BOLETIM INFORMARE Nº 35/2012 ASSUNTOS DIVERSOS ICMS - RS

ANO XXIII - 2012-4ª SEMANA DE AGOSTO DE 2012 BOLETIM INFORMARE Nº 35/2012 ASSUNTOS DIVERSOS ICMS - RS ANO XXIII - 2012-4ª SEMANA DE AGOSTO DE 2012 BOLETIM INFORMARE Nº 35/2012 ASSUNTOS DIVERSOS TRADING COMPANY - CONSIDERAÇÕES Introdução - Conceito - Requisitos, Condições e Obrigações Tributárias Acessórias

Leia mais

Processo Administrativo Fiscal PAF

Processo Administrativo Fiscal PAF Processo Administrativo Fiscal PAF Ivan Luís Bertevello www.macedosoaresebertevello.adv.br OBJETIVO O Processo Administrativo Fiscal (PAF) objetiva solucionar os conflitos surgidos entre os contribuintes

Leia mais

SECRETARIA DE ESTADO DE FAZENDA CONSELHO DE CONTRIBUINTES

SECRETARIA DE ESTADO DE FAZENDA CONSELHO DE CONTRIBUINTES PUBLICADA A DECISÃO DO ACÓRDÃO No D.O. de 12/07/2007 Fls. SECRETARIA DE ESTADO DE FAZENDA CONSELHO DE CONTRIBUINTES Sessão de 17 de julho de 2007 SEGUNDA CÂMARA RECURSO Nº - 17.303 ACÓRDÃO Nº 5.200 INSCRIÇÃO

Leia mais

~1&i~ ;. \ I. ~",~ ~/ GoVERNO DO EsTADO DO CEARÁ

~1&i~ ;. \ I. ~,~ ~/ GoVERNO DO EsTADO DO CEARÁ ., ~. \ \)'f.:. ' ~1&i~ ;. \ I. ~",~ ~/ 1 GoVERNO DO EsTADO DO CEARÁ CONT191::IOlmlls~ecN\lrellll,ar>4lrt5' and~a ~BU1'ÁRIO- CONSB.HODE RECtRiOSI'RIBU1'ÁRIOS- 2 8 CÂMARADE.JULGANBIT'O C R T RESOLUÇÃO N

Leia mais

ICMS DÉBITO DE ICMS DIFERENÇA DE ALÍQUOTA RELATÓRIO. Adoto o elaborado pelo Sr. Auditor Tributário, a fls. 34,

ICMS DÉBITO DE ICMS DIFERENÇA DE ALÍQUOTA RELATÓRIO. Adoto o elaborado pelo Sr. Auditor Tributário, a fls. 34, PUBLICADA A DECISÃO DO ACÓRDÃO No D.O. de / / Fls. Processo nº: E-04/110.789/2000 Data 11/04/2000 Fls. Rubrica: SECRETARIA DE ESTADO DE FAZENDA CONSELHO DE CONTRIBUINTES Sessão de 17 de julho de 2001 TERCEIRA

Leia mais

CONSELHO DE CONTRIBUINTES DO ESTADO DE MINAS GERAIS. Impugnação: 48.386 Impugnante: Metalgráfica São Miguel Ltda PTA/AI: 02.

CONSELHO DE CONTRIBUINTES DO ESTADO DE MINAS GERAIS. Impugnação: 48.386 Impugnante: Metalgráfica São Miguel Ltda PTA/AI: 02. Acórdão: 13.535/99/3 a Impugnação: 48.386 Impugnante: Metalgráfica São Miguel Ltda PTA/AI: 02.000111093-91 Origem: UF/Betim Rito: Sumário EMENTA Base de Cálculo Subfaturamento. Emissão de nota fiscal,

Leia mais

CONSELHO DE CONTRIBUINTES DO ESTADO DE MINAS GERAIS

CONSELHO DE CONTRIBUINTES DO ESTADO DE MINAS GERAIS Acórdão: 16.913/06/2 a Rito: Sumário Impugnação: 40.010115952-56 Impugnante: MADAL Palfinger S/A Proc. S. Passivo: Alessandra Machado Brandão Teixeira/Outros PTA/AI: 02.000209779-61 CNPJ: 88.613.856/0003-45

Leia mais

<CABBCCABADDACABCCBBACAABDCDAABCBACBAA DDADAAAD>

<CABBCCABADDACABCCBBACAABDCDAABCBACBAA DDADAAAD> EMENTA: TRIBUTÁRIO ANULAÇÃO DE AUTO DE INFRAÇÃO FISCAL ITCD DOAÇÃO DE COTAS SOCIAIS TRANSAÇÃO REALIZADA ENTRE PARTICULARES SEM QUALQUER PUBLICIDADE INOCORRÊNCIA

Leia mais

DO Ó CATÃO E MARIA JOSÉ LOURENÇO DA SILVA

DO Ó CATÃO E MARIA JOSÉ LOURENÇO DA SILVA GOVERNO DA PARAÍBA Secretaria de Estado da Receita Conselho de Recursos Fiscais Processo nº 121.778.2012-0 Acórdão 401/2013 Recurso VOL/CRF- nº102/2013 Recorrente: GLOBAL VILLAGE TELECOM LTDA Recorrida:

Leia mais

RELATÓRIO VOTO DO RELATOR (VOTO VENCIDO)

RELATÓRIO VOTO DO RELATOR (VOTO VENCIDO) PUBLICADA A DECISÃO DO ACÓRDÃO No D.O. de 07 / 12 / 2011 Fls. 24 SECRETARIA DE ESTADO DE FAZENDA CONSELHO DE CONTRIBUINTES Sessão de 04 de outubro de 2011 QUARTA CÂMARA RECURSO Nº - 41.675 ACÓRDÃO Nº 9.676

Leia mais

ESTADO DO CEARÁ SECRETARIA DA FAZENDA CONSELHO DE RECURSOS TRiBUTÁRiOS

ESTADO DO CEARÁ SECRETARIA DA FAZENDA CONSELHO DE RECURSOS TRiBUTÁRiOS PRO C.. 1/004468/2004 A I.. 1/200413503 Relatora Vanessa Albuquerque Valente ESTADO DO CEARÁ SECRETARIA DA FAZENDA CONSELHO DE RECURSOS TRiBUTÁRiOS RESOLUÇÃO N d~9-12007 2 a CÂMARA SESSÃO DE 12/02/2007

Leia mais

GOVERNO DO ESTADO DO CEARÁ SECRETARIA DA FAZENDA CONSELHO DE RECURSOS TRIBUTÁRIOS

GOVERNO DO ESTADO DO CEARÁ SECRETARIA DA FAZENDA CONSELHO DE RECURSOS TRIBUTÁRIOS GOVERNO DO ESTADO DO CEARÁ SECRETARIA DA FAZENDA CONSELHO DE RECURSOS TRIBUTÁRIOS RESOLUÇÃO N oss" /2012 1 a CÂMARA DE JULGAMENTO SESSÃO DE 23/11/2011-085 a SESSÃO EXTRAORDINÁRIA PROCESSO DE RECURSO N

Leia mais

Processo nº E-04 / 082.012 / 2012 Governo do Estado do Rio de Janeiro Secretaria de Estado de Fazenda Conselho de Contribuintes

Processo nº E-04 / 082.012 / 2012 Governo do Estado do Rio de Janeiro Secretaria de Estado de Fazenda Conselho de Contribuintes PUBLICAÇÃO DA DECISÃO DO ACÓRDÃO No D.O. 04 / 12 / 2014 Fls.: 07 SERVIÇO PÚBLICO ESTADUAL Rubrica: ID:42833175 Sessão de 07 de outubro de 2014 SEGUNDA CÂMARA RECURSO Nº - 51.113 ACÓRDÃO Nº 12.374 C. P.

Leia mais

MANOEL ANTONIO GADELHA DIAS PRESIDENTE JUDITH DO AMARAL MARCONDES ARMANDO RELATORA

MANOEL ANTONIO GADELHA DIAS PRESIDENTE JUDITH DO AMARAL MARCONDES ARMANDO RELATORA Recurso n.º : 301-121524 Matéria : DRAWBACK/ISENÇÃO Recorrente : FAZENDA NACIONAL Recorrida : 1ª CÂMARA DO TERCEIRO CONSELHO DE CONTRIBUINTES Interessada : COMPAQ COMPUTER BRASIL INDÚSTRIA E COMÉRCIO LTDA.

Leia mais

CONSELHO DE CONTRIBUINTES DO ESTADO DE MINAS GERAIS. Acórdão: 19.708/12/2ª Rito: Sumário PTA/AI: 01.000172336-99 Impugnação: 40.

CONSELHO DE CONTRIBUINTES DO ESTADO DE MINAS GERAIS. Acórdão: 19.708/12/2ª Rito: Sumário PTA/AI: 01.000172336-99 Impugnação: 40. Acórdão: 19.708/12/2ª Rito: Sumário PTA/AI: 01.000172336-99 Impugnação: 40.010131187-81 Impugnante: Proc. S. Passivo: Origem: EMENTA Transportadora R C Ltda IE: 625788240.00-50 Gustavo de Freitas DF/Barbacena

Leia mais

RIO GRANDE DO NORTE SECRETARIA DE ESTADO DA TRIBUTAÇÃO CONSELHO DE RECURSOS FISCAIS

RIO GRANDE DO NORTE SECRETARIA DE ESTADO DA TRIBUTAÇÃO CONSELHO DE RECURSOS FISCAIS RIO GRANDE DO NORTE SECRETARIA DE ESTADO DA TRIBUTAÇÃO CONSELHO DE RECURSOS FISCAIS PROCESSO nº : 288285/2011-9 NÚMERO DE ORDEM : 0180/2012-CRF. PAT Nº 1179/2011-3ª URT. RECORRENTE : Sec. de Estado de

Leia mais

GOVERNO DA PARAÍBA. Secretaria de Estado da Receita. Conselho de Recursos Fiscais

GOVERNO DA PARAÍBA. Secretaria de Estado da Receita. Conselho de Recursos Fiscais GOVERNO DA PARAÍBA Secretaria de Estado da Receita Conselho de Recursos Fiscais Processo nº 123.380.2009-0 Acórdão 149/2015 Recurso HIE/CRF-049/2014 Recorrente: GERÊNCIA EXECUTIVA DE JULGAMENTO DE PROCESSOS

Leia mais

SECRETARIA DE ESTADO DE FAZENDA CONSELHO DE CONTRIBUINTES JUNTA DE REVISÃO FISCAL

SECRETARIA DE ESTADO DE FAZENDA CONSELHO DE CONTRIBUINTES JUNTA DE REVISÃO FISCAL PUBLICADA A DECISÃO DO ACÓRDÃO No D.O. de 20/07/2010 Fls. 08 SECRETARIA DE ESTADO DE FAZENDA CONSELHO DE CONTRIBUINTES Sessão de 08 de dezembro de 2009 PRIMEIRA CÂMARA RECURSO Nº - 36.007 (26.807) ACÓRDÃO

Leia mais

GOVERNO DO ESTADO DO TOCANTINS SECRETARIA DA FAZENDA CONTENCIOSO ADMINISTRATIVO-TRIBUTÁRIOTRIBUTÁRIO CONSELHO DE CONTRIBUINTES E RECURSOS FISCAIS

GOVERNO DO ESTADO DO TOCANTINS SECRETARIA DA FAZENDA CONTENCIOSO ADMINISTRATIVO-TRIBUTÁRIOTRIBUTÁRIO CONSELHO DE CONTRIBUINTES E RECURSOS FISCAIS GOVERNO DO ESTADO DO TOCANTINS SECRETARIA DA FAZENDA CONTENCIOSO ADMINISTRATIVO-TRIBUTÁRIOTRIBUTÁRIO CONSELHO DE CONTRIBUINTES E RECURSOS FISCAIS ACÓRDÃO N o : 012/2015 RECURSO VOLUNTÁRIO N o : 8.097 PROCESSO

Leia mais

Tribunal de Justiça de Minas Gerais

Tribunal de Justiça de Minas Gerais Número do 1.0024.10.148765-0/001 Númeração 1487650- Relator: Relator do Acordão: Data do Julgamento: Data da Publicação: Des.(a) Raimundo Messias Júnior Des.(a) Raimundo Messias Júnior 05/08/2014 19/08/2014

Leia mais

Lei 12.846/13 Lei Anticorrupção - Aplicação para casos tributários. Camila Abrunhosa Tapias ctapias@tozzinifreire.com.

Lei 12.846/13 Lei Anticorrupção - Aplicação para casos tributários. Camila Abrunhosa Tapias ctapias@tozzinifreire.com. Lei 12.846/13 Lei Anticorrupção - Aplicação para casos tributários Camila Abrunhosa Tapias ctapias@tozzinifreire.com.br Setembro, 2013 Introdução Nova Lei Anticorrupção se estende aos ilícitos tributários?

Leia mais

Autuante : PALLOMA R. M. PESSOA GUERRA E CÉSAR JÚNIOR S. SILVA. Relatora : CONSª. GIANNI CUNHA DA SILVEIRA CAVALCANTE.

Autuante : PALLOMA R. M. PESSOA GUERRA E CÉSAR JÚNIOR S. SILVA. Relatora : CONSª. GIANNI CUNHA DA SILVEIRA CAVALCANTE. Acórdão nº 254/2011 Recurso HIE/CRF-332/2010 Recorrente : GERÊNCIA EXEC. DE JULGAMENTO DE PROCESSOS FISCAIS Recorrida : EMPRESA DE TRANSPORTES ATLAS. Preparadora RECEBEDORIA DE RENDAS DE JOÃO PESSOA. :

Leia mais

SECRETARIA DE ESTADO DE FAZENDA CONSELHO DE CONTRIBUINTES. - Junta de Revisão Fiscal. - Conselheiro Eduardo Caetano Garcia

SECRETARIA DE ESTADO DE FAZENDA CONSELHO DE CONTRIBUINTES. - Junta de Revisão Fiscal. - Conselheiro Eduardo Caetano Garcia SECRETARIA DE ESTADO DE FAZENDA CONSELHO DE CONTRIBUINTES Sessão de 01 de junho de 1999 SEGUNDA CÂMARA RECURSO Nº - 14.783 ACÓRDÃO Nº - 3.555 RECORRENTE - CARREFOUR COMÉRCIO E INDÚSTRIA S/A. RECORRIDA

Leia mais

ORDEM DOS ADVOGADOS DO BRASIL OAB XIII EXAME DE ORDEM C006 DIREITO TRIBUTÁRIO

ORDEM DOS ADVOGADOS DO BRASIL OAB XIII EXAME DE ORDEM C006 DIREITO TRIBUTÁRIO C006 DIREITO TRIBUTÁRIO PEÇA PRÁTICO-PROFISSIONAL C006042 Responsabilidade Tributária. Exceção de pré-executividade. Determinada pessoa jurídica declarou, em formulário próprio estadual, débito de ICMS.

Leia mais

Vistos, relatados e discutidos os autos deste Processo, etc...

Vistos, relatados e discutidos os autos deste Processo, etc... Acórdão nº 332/2010 Recurso EBG/CRF-015/2010 EMBARGANTE : RADIO FM CORREIO DE JOÃO PESSSOA LTDA. EMBARGADO : CONSELHO DE RECURSOS FISCAIS REPRESENTANTE: GLÁUCIO MANOEL DE LIMA BARBOSA IVO BARBOSA & ADVOGADOS

Leia mais

CONSELHO DE CONTRIBUINTES DO ESTADO DE MINAS GERAIS. Acórdão: 19.999/11/3ª Rito: Sumário PTA/AI: 01.000168135-19 Impugnação: 40.

CONSELHO DE CONTRIBUINTES DO ESTADO DE MINAS GERAIS. Acórdão: 19.999/11/3ª Rito: Sumário PTA/AI: 01.000168135-19 Impugnação: 40. Acórdão: 19.999/11/3ª Rito: Sumário PTA/AI: 01.000168135-19 Impugnação: 40.010128780-57 Impugnante: Proc. S. Passivo: Origem: EMENTA João Paulo Osterne Pinto IE: 105211267.00-40 Fernando Amante Chidiquimo

Leia mais

Em face da publicação do Decreto nº 1.565, de 28.07.2008 - DOE SC de 28.07.2008, este tópico foi atualizado. ICMS/SC - Mostruário - Tratamento fiscal Resumo: Este procedimento esclarece os aspectos fiscais

Leia mais

Secretaria da Fazenda COIIfTENCIIOSCllADl"sn~mIOT'RBITÁRO- CONAT CON5EI.HODE RECURSOSI"RBI1'ARKJs.. C R T

Secretaria da Fazenda COIIfTENCIIOSCllADlsn~mIOT'RBITÁRO- CONAT CON5EI.HODE RECURSOSIRBI1'ARKJs.. C R T .'.' 1 COIIfTENCIIOSCllADl"sn~mIOT'RBITÁRO- CONAT CON5EI.HODE RECURSOSI"RBI1'ARKJs.. C R T 2lI camarade-julganenlo RESOLUÇÃO N :~?>~/2012 21 a SESSÃO EXTRAORDINÁRIA DE 23/03/2012 PROCESSO N 1/3624/2008

Leia mais

CONSELHO DE CONTRIBUINTES DO ESTADO DA BAHIA PROCESSO- A.I. Nº 210365.0006/00-5 RECORRENTE- JEQUITAIA TECIDOS LTDA.

CONSELHO DE CONTRIBUINTES DO ESTADO DA BAHIA PROCESSO- A.I. Nº 210365.0006/00-5 RECORRENTE- JEQUITAIA TECIDOS LTDA. CONSELHO DE CONTRIBUINTES DO ESTADO DA BAHIA PROCESSO- A.I. Nº 210365.0006/00-5 RECORRENTE- JEQUITAIA TECIDOS LTDA. RECORRIDA- FAZENDA PUBLICA ESTADUAL RECURSO- RECURSO VOLUNTARIO - ACÓRDAO 2ª JJF Nº 0242/01

Leia mais

GoVERNO DO EsTADO DO CEARÁ Secretaria da FnzcruJn CONTENCIOSO ADMINISTRATIVO TRIBUTÁRIO - CONAT CONSELHO DE RECURSOS TRIBUTÁRIOS - CRT

GoVERNO DO EsTADO DO CEARÁ Secretaria da FnzcruJn CONTENCIOSO ADMINISTRATIVO TRIBUTÁRIO - CONAT CONSELHO DE RECURSOS TRIBUTÁRIOS - CRT Processo n. 1/3305/2007 RESOLUÇÃO N S=\5 /2009 1 8 CÂMARA DE JULGAMENTO 124 8 SESSÃO ORDINÁRIA EM: 03/07/09 PROCESSO N. 1/3305/2007 Secretaria da FnzcruJn AUTO DE INFRAÇÃO N. 1/200706109-5 RECORRENTE:

Leia mais

GOVERNO DO ESTADO DO TOCANTINS SECRETARIA DA FAZENDA CONTENCIOSO ADMINISTRATIVO-TRIBUTÁRIO CONSELHO DE CONTRIBUINTES E RECURSOS FISCAIS

GOVERNO DO ESTADO DO TOCANTINS SECRETARIA DA FAZENDA CONTENCIOSO ADMINISTRATIVO-TRIBUTÁRIO CONSELHO DE CONTRIBUINTES E RECURSOS FISCAIS GOVERNO DO ESTADO DO TOCANTINS SECRETARIA DA FAZENDA CONTENCIOSO ADMINISTRATIVO-TRIBUTÁRIO CONSELHO DE CONTRIBUINTES E RECURSOS FISCAIS ACÓRDÃO N o : 017/2012 REEXAME NECESSÁRIO N o : 3.102 PROCESSO N

Leia mais

RIO GRANDE DO NORTE SECRETARIA DA TRIBUTAÇÃO CONSELHO DE RECURSOS FISCAIS ACÓRDÃO Nº 0115 /2015-CRF

RIO GRANDE DO NORTE SECRETARIA DA TRIBUTAÇÃO CONSELHO DE RECURSOS FISCAIS ACÓRDÃO Nº 0115 /2015-CRF RIO GRANDE DO NORTE SECRETARIA DA TRIBUTAÇÃO CONSELHO DE RECURSOS FISCAIS PROCESSO Nº PAT Nº RECURSO RECORRENTE RECORRIDO RELATOR 266/2014-CRF 2216/2013-1ª URT EX OFFICIO SECRETARIA DE ESTADO DA TRIBUTAÇÃO

Leia mais

CONSELHO DE CONTRIBUINTES DO ESTADO DE MINAS GERAIS. Acórdão: 20.690/15/2ª Rito: Sumário PTA/AI: 01.000244282-97 Impugnação: 40.

CONSELHO DE CONTRIBUINTES DO ESTADO DE MINAS GERAIS. Acórdão: 20.690/15/2ª Rito: Sumário PTA/AI: 01.000244282-97 Impugnação: 40. Acórdão: 20.690/15/2ª Rito: Sumário PTA/AI: 01.000244282-97 Impugnação: 40.010137179-95 Impugnante: Origem: EMENTA Percival Firmato de Almeida IE: 327095499.00-62 DFT/Teófilo Otoni MERCADORIA ENTRADA DESACOBERTADA

Leia mais

Sessão de 02 de outubro de 2013 RECURSO Nº - 41.505 ACORDÃO Nº 7.057 RELATOR CONSELHEIRO PAULO EDUARDO DE NAZARETH MESQUITA

Sessão de 02 de outubro de 2013 RECURSO Nº - 41.505 ACORDÃO Nº 7.057 RELATOR CONSELHEIRO PAULO EDUARDO DE NAZARETH MESQUITA PUBLICAÇÃO DA DECISÃO DO ACÓRDÃO No D.O. 21 / 10 / 2013 Fls.: 13/14 SERVIÇO PÚBLICO ESTADUAL Sessão de 02 de outubro de 2013 CONSELHO PLENO RECURSO Nº - 41.505 ACORDÃO Nº 7.057 CPF Nº - 107.933.997-34

Leia mais

DECRETO Nº 12.677, DE 11 DE JULHO DE 2007. Publicado no DOE n 131, de 12/07/2007

DECRETO Nº 12.677, DE 11 DE JULHO DE 2007. Publicado no DOE n 131, de 12/07/2007 REVOGADO PELO DECRETO 13.501, DE 23/12/2008 *Ver Decreto 13.500/2008 DECRETO Nº 12.677, DE 11 DE JULHO DE 2007. Publicado no DOE n 131, de 12/07/2007 Regulamenta o disposto no inciso II, caput, e nos 1º

Leia mais

DECRETO Nº 31.246, DE 12 DE JANEIRO DE 2010 DODF de 13.01.2010

DECRETO Nº 31.246, DE 12 DE JANEIRO DE 2010 DODF de 13.01.2010 DECRETO Nº 31.246, DE 12 DE JANEIRO DE 2010 DODF de 13.01.2010 Altera o Decreto nº 18.955, de 22 de dezembro de 1997, que regulamenta o Imposto sobre Operações Relativas à Circulação de Mercadorias e sobre

Leia mais

Superior Tribunal de Justiça

Superior Tribunal de Justiça RECURSO ESPECIAL Nº 1.191.881 - RJ (2010/0080549-7) RELATOR : MINISTRO MAURO CAMPBELL MARQUES RECORRENTE : RECOMEX REPRESENTAÇÃO E COMÉRCIO EXTERIOR LTDA ADVOGADO : ALBERTO DAUDT DE OLIVEIRA E OUTRO(S)

Leia mais

GOVERNO DA PARAÍBA. Secretaria de Estado da Receita. Conselho de Recursos Fiscais

GOVERNO DA PARAÍBA. Secretaria de Estado da Receita. Conselho de Recursos Fiscais GOVERNO DA PARAÍBA Secretaria de Estado da Receita Conselho de Recursos Fiscais Processo nº 116.404.2010-0 Acórdão 353/2014 Recurso HIE/CRF-303/2013 Recorrente: GERÊNCIA DE JULGAMENTO DE PROCESSOS FISCAIS.

Leia mais

GOVERNO DE ALAGOAS SECRETARIA DA FAZENDA. *Publicado no DOE de 01/07/202

GOVERNO DE ALAGOAS SECRETARIA DA FAZENDA. *Publicado no DOE de 01/07/202 GOVERNO DE ALAGOAS SECRETARIA DA FAZENDA *Publicado no DOE de 01/07/202 DECRETO Nº 719, DE 28 DE junho DE 2002 Procede alteração no Regulamento do ICMS, aprovado pelo Decreto nº 35.245, de 26 de dezembro

Leia mais

CONSELHO DE CONTRIBUINTES DO ESTADO DE MINAS GERAIS

CONSELHO DE CONTRIBUINTES DO ESTADO DE MINAS GERAIS Acórdão: 17.230/05/3 a Rito: Ordinário Impugnação: 40.010115377-52 Impugnante: Proc. S. Passivo: Companhia Siderúrgica Belgo Mineira Rodolfo de Lima Gropen/Outro(s) PTA/AI: 01.000149319-56 Inscrição Estadual:

Leia mais

1. RELATÓRIO. 1.1 Consta do Auto de Infração, lavrado contra a empresa Chris Berton Lingerie Indústria Comércio Ltda. :

1. RELATÓRIO. 1.1 Consta do Auto de Infração, lavrado contra a empresa Chris Berton Lingerie Indústria Comércio Ltda. : l ESTADO DO CEARÁ SECRETARIA DA FAZENDA {$fjll!ol:oiso 7táthl1ilXtma1itJ:T'Ecrib1Jtiui_- Conselho de Recursos Tributários la. Câmara de Julgamento Resolução N ~~J.f2004 Sessão: 91a Ordinária de 14 de junho

Leia mais

CONSELHO DE CONTRIBUINTES DO ESTADO DE MINAS GERAIS. Acórdão: 21.242/13/1ª Rito: Sumário PTA/AI: 15.000013787-06

CONSELHO DE CONTRIBUINTES DO ESTADO DE MINAS GERAIS. Acórdão: 21.242/13/1ª Rito: Sumário PTA/AI: 15.000013787-06 Acórdão: 21.242/13/1ª Rito: Sumário PTA/AI: 15.000013787-06 Impugnação: Impugnante: Proc. S. Passivo: Origem: EMENTA 40.010134004-28, 40.010134005-92 (Coob.) Michele de Paula Assis CPF: 055.137.026-22

Leia mais

2 A COMPETÊNCIA DA JUSTIÇA DO TRABALHO

2 A COMPETÊNCIA DA JUSTIÇA DO TRABALHO 121 EXECUÇÃO FISCAL. QUESTÕES RELEVANTES SOBRE AS AÇÕES RELATIVAS ÀS PENALIDADES ADMINISTRATIVAS IMPOSTAS AOS EMPREGADORES PELOS ÓRGÃOS DE FISCALIZAÇÃO DO MINISTÉRIO DO TRABALHO SUMÁRIO Lucilde D Ajuda

Leia mais

SECRETARIA DE ESTADO DE FAZENDA CONSELHO DE CONTRIBUINTES. Sessão de 11 de outubro de 2000 RECURSO N.º 15.339 ACÓRDÃO N.º 3.471

SECRETARIA DE ESTADO DE FAZENDA CONSELHO DE CONTRIBUINTES. Sessão de 11 de outubro de 2000 RECURSO N.º 15.339 ACÓRDÃO N.º 3.471 PUBLICADA A DECISÃO DO ACÓRDÃO No D.O. de / / Fls. SECRETARIA DE ESTADO DE FAZENDA CONSELHO DE CONTRIBUINTES Sessão de 11 de outubro de 2000 CONSELHO PLENO RECURSO N.º 15.339 ACÓRDÃO N.º 3.471 RECORRENTE

Leia mais

PROCESSO ADMINISTRATIVO TRIBUTÁRIO MUNICÍPIO DE SÃO PAULO CARTILHA DO ADVOGADO

PROCESSO ADMINISTRATIVO TRIBUTÁRIO MUNICÍPIO DE SÃO PAULO CARTILHA DO ADVOGADO PROCESSO ADMINISTRATIVO TRIBUTÁRIO MUNICÍPIO DE SÃO PAULO CARTILHA DO ADVOGADO ELABORAÇÃO: COMISSÃO DO CONTENCIOSO ADMINISTRATIVO TRIBUTÁRIO Presidente Antonio Augusto Silva Pereira de Carvalho Coordenador

Leia mais

CONSELHO DE CONTRIBUINTES DO ESTADO DE MINAS GERAIS

CONSELHO DE CONTRIBUINTES DO ESTADO DE MINAS GERAIS Acórdão: 14.499/01/3 a Impugnação: 40.10101228-69 Recurso de Agravo: 40.30101950-35 Impugnante/Agravante: TBM Máquinas e Equipamentos Ltda Advogado: Paulo Ramiz Lasmar PTA/AI: 01.000136030-33 Inscrição

Leia mais

RESOLUÇÃO N ^ /2006 Ia CÂMARA SESSÃO DE 17/07/2006

RESOLUÇÃO N ^ /2006 Ia CÂMARA SESSÃO DE 17/07/2006 PROC: 1/004193/2004 \ AL: 1/200410475 ESTADO DO CEARA SECRETARIA DA FAZENDA CONSELHO DE RECURSOS TRIBUTÁRIOS RESOLUÇÃO N ^ /2006 Ia CÂMARA SESSÃO DE 17/07/2006 PROCESSO DE RECURSO N 1/004193/2004 AUTO

Leia mais

ESTADO DO CEARA SECRETARIA DA FAZENDA CONSELHO DE RECURSOS TRIBUTÁRIOS

ESTADO DO CEARA SECRETARIA DA FAZENDA CONSELHO DE RECURSOS TRIBUTÁRIOS tt " I ESTADO DO CEARA RESOLUÇÃO N J 9 /2011 9& SESSÃO PLENÁRIA EM 18.07.2011 DO RECURSO ESPECIAL N 1/4050/2007 AUTO DE INFRAÇÃO N 1/200708546 RECORRENTE: PORTAL INDÚSTRIA E COMÉRCIO DE MADEIRAS L TDA.

Leia mais

SECRETARIA DE ESTADO DE FAZENDA CONSELHO DE CONTRIBUINTES. Sessão de 12 de dezembro de 2001 - FAZENDA ESTADUAL - CONSELHEIRO RONALD MADEIRA MAIA

SECRETARIA DE ESTADO DE FAZENDA CONSELHO DE CONTRIBUINTES. Sessão de 12 de dezembro de 2001 - FAZENDA ESTADUAL - CONSELHEIRO RONALD MADEIRA MAIA PUBLICADA A DECISÃO DO ACÓRDÃO No D.O. de / / Fls. Processo nº: E-04/894.116/1999 Data: 22.07.99 Fls. Rubrica: SECRETARIA DE ESTADO DE FAZENDA CONSELHO DE CONTRIBUINTES Sessão de 12 de dezembro de 2001

Leia mais

LUIZ ANTONIO SOARES DESEMBARGADOR FEDERAL RELATOR

LUIZ ANTONIO SOARES DESEMBARGADOR FEDERAL RELATOR Apelação Cível - Turma Espec. II - Tributário Nº CNJ : 0100686-34.2014.4.02.5006 (2014.50.06.100686-0) RELATOR : LUIZ ANTONIO SOARES APELANTE : PARANÁ GRANITOS LTDA ADVOGADO : EDGAR LENZI E OUTROS APELADO

Leia mais

ei!t~ ~,.,,,' ~ "o;...,,'v,.~. "r GOVERNO DO ESTADO DO CEARÁ SECRETARIA DA FAZENDA CONSELHO DE RECURSOS TRIBUTÁRIOS

ei!t~ ~,.,,,' ~ o;...,,'v,.~. r GOVERNO DO ESTADO DO CEARÁ SECRETARIA DA FAZENDA CONSELHO DE RECURSOS TRIBUTÁRIOS ei!t~! À.' 11 " 'i ~,.,,,' ~ "o;...,,'v,.~. "r GOVERNO DO ESTADO DO CEARÁ SECRETARIA DA FAZENDA CONSELHO DE RECURSOS TRIBUTÁRIOS RESOLUÇÃO N..;lq~i~o 1 8 CÂMARA DE JULGAMENTO SESSÃO DE 21/07/2010-105 8

Leia mais

VOL/CRF-326/2009 RECORRENTE: JMA COMÉRCIO

VOL/CRF-326/2009 RECORRENTE: JMA COMÉRCIO Acórdão nº 156/2010 Recurso VOL/CRF-326/2009 RECORRENTE: JMA COMÉRCIO DE MATERIAIS ELÉTRICOS E FERRAGENS LTDA. EPP RECORRIDA: GERÊNCIA EXECUTIVA DE JULGAMENTO DE PROCESSOS FISCAIS PREPARADORA RECEBEDORIA

Leia mais

Sessão de 12 de março de 2014 RECURSO Nº - 44.950 ACÓRDÃO Nº 7.232 RECORRENTE - SMITH INTERNATIONAL DO BRASIL LTDA

Sessão de 12 de março de 2014 RECURSO Nº - 44.950 ACÓRDÃO Nº 7.232 RECORRENTE - SMITH INTERNATIONAL DO BRASIL LTDA PUBLICAÇÃO DA DECISÃO DO ACÓRDÃO No D.O. 01 / 04 / 2014 Fls.: 08 SERVIÇO PÚBLICO ESTADUAL Sessão de 12 de março de 2014 CONSELHO PLENO RECURSO Nº - 44.950 ACÓRDÃO Nº 7.232 INSCRIÇÃO ESTADUAL Nº - 82.603.212

Leia mais

GoVERNO DO EsTADO DO CEARÁ Secretaria da Fazenda

GoVERNO DO EsTADO DO CEARÁ Secretaria da Fazenda ) Processo de Recurso n 112877/2004 Auto de Infração n~ 1/200406008 Página 1 de 7 GoVERNO DO EsTADO DO CEARÁ Secretaria da Fazenda CONSELHO DE RECURSOS TRIBUTÁRIOS RESOLUÇÃO N 3 ~5/2009 2!! CÂMARA 86!!

Leia mais

RESOLUÇÃO N 1832. Art. 3º. Esta Resolução entra em vigor na data de sua publicação. Francisco Roberto André Gros Presidente

RESOLUÇÃO N 1832. Art. 3º. Esta Resolução entra em vigor na data de sua publicação. Francisco Roberto André Gros Presidente RESOLUÇÃO N 1832 Divulga regulamento que disciplina a constituição e a administração de carteira de valores mobiliários mantida no país por investidores institucionais constituídos no exterior. O BANCO

Leia mais

Parecer Consultoria Tributária Segmentos Ressarcimento ICMS-ST na devolução de mercadoria - SP

Parecer Consultoria Tributária Segmentos Ressarcimento ICMS-ST na devolução de mercadoria - SP 28/01/2015 Sumário Título do documento 1. Questão... 3 2. Normas apresentadas pelo cliente... 3 3. Análise da Consultoria... 3 4. Conclusão... 6 5. Informações Complementares... 6 6. Referências... 6 7.

Leia mais

ACÓRDÃO. O julgamento teve a participação dos Exmos. Desembargadores ANTONIO CARLOS MALHEIROS (Presidente) e CAMARGO PEREIRA.

ACÓRDÃO. O julgamento teve a participação dos Exmos. Desembargadores ANTONIO CARLOS MALHEIROS (Presidente) e CAMARGO PEREIRA. ACÓRDÃO Registro: 2015.0000004164 Vistos, relatados e discutidos estes autos de Apelação nº 0002195-76.2012.8.26.0053, da Comarca de São Paulo, em que é apelante PREFEITURA MUNICIPAL DE SÃO PAULO, é apelado

Leia mais

Efeitos a partir de 1º de janeiro de 2010)

Efeitos a partir de 1º de janeiro de 2010) Artigo 586-4º - 3 - o contribuinte detentor do crédito acumulado, por qualquer de seus estabelecimentos, não poderá ter débito pendente de liquidação, inclusive decorrente de auto de infração e imposição

Leia mais

V I S T O S, relatados e discutidos estes autos de

V I S T O S, relatados e discutidos estes autos de EMENTA RECURSO ORDINÁRIO, provenientes da CURITIBA - PR, sendo Recorrentes ADVOGADO ASSOCIADO - VÍNCULO DE EMPREGO - NÃO CONFIGURADO - Comprovado que a parte autora firmou "contrato de associação com advogado"

Leia mais

CONSELHO DE CONTRIBUINTES DO ESTADO DE MINAS GERAIS. Acórdão: 20.740/12/1ª Rito: Ordinário PTA/AI: 01.000167519-71 Recurso Inominado: 40.

CONSELHO DE CONTRIBUINTES DO ESTADO DE MINAS GERAIS. Acórdão: 20.740/12/1ª Rito: Ordinário PTA/AI: 01.000167519-71 Recurso Inominado: 40. Acórdão: 20.740/12/1ª Rito: Ordinário PTA/AI: 01.000167519-71 Recurso Inominado: 40.100131449-19 Recorrente: Recorrida: Proc. Recorrente: Origem: EMENTA Nova Era Silicon S/A IE: 447437112.00-77 Fazenda

Leia mais

CONSELHO DE CONTRIBUINTES DO ESTADO DE MINAS GERAIS

CONSELHO DE CONTRIBUINTES DO ESTADO DE MINAS GERAIS Acórdão: 14.969/01/1 a Impugnação: 40.010103701-02 Impugnante: Esdeva Empresa Gráfica Ltda Proc. Suj. Passivo: Geraldo Guarino Brigatto PTA/AI: 01.000137795-06 Inscrição Estadual: 367.115572.0076 Origem:

Leia mais

ARMAZENS GERAIS BREVE ESTUDO

ARMAZENS GERAIS BREVE ESTUDO ARMAZENS GERAIS BREVE ESTUDO Considera-se armazém geral o estabelecimento destinado à recepção, manutenção e guarda de mercadorias ou bens de terceiros, mediante o pagamento de uma tarifa préfixada ou

Leia mais

Importação- Regras Gerais

Importação- Regras Gerais Importação- Regras Gerais 1 Conceito de Importação Podemos definir a operação de importação como um processo comercial e fiscal que consiste em trazer um bem (produto/serviço) do exterior para o país de

Leia mais

GoVERNO DO EsTADO DO CEARÁ Secretaria da Fazenda

GoVERNO DO EsTADO DO CEARÁ Secretaria da Fazenda -. e:::::.---- "' GoVERNO DO EsTADO DO CEARÁ Secretaria da Fazenda CONTENCIOSO ADMINISTRATIVO TRIBUTÁRIO - CONAT Conselho de Recursos Tributários - CRT 2 a Câmara de Julgamento RESOLUÇÃO N"3~O/2010-158

Leia mais

ESTADO DE ALAGOAS GABINETE DO GOVERNADOR CAPÍTULO I DISPOSIÇÕES PRELIMINARES CAPÍTULO II DA DEFINIÇÃO DE MICROEMPRESA SOCIAL

ESTADO DE ALAGOAS GABINETE DO GOVERNADOR CAPÍTULO I DISPOSIÇÕES PRELIMINARES CAPÍTULO II DA DEFINIÇÃO DE MICROEMPRESA SOCIAL ESTADO DE ALAGOAS GABINETE DO GOVERNADOR LEI Nº 6.559, DE 30 DE DEZEMBRO DE 2004 Publicada no DOE em 31 de dezembro de 2004 DISPÕE SOBRE A MICROEMPRESA SOCIAL, ESTABELECENDO TRATAMENTO TRIBUTÁRIO DIFERENCIADO,

Leia mais