Mercado de Títulos Ligados ao Setor Imobiliário para Fundos de Pensão

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Mercado de Títulos Ligados ao Setor Imobiliário para Fundos de Pensão"

Transcrição

1 Mercado de Títulos Ligados ao Setor Imobiliário para Fundos de Pensão Marielle Brugnari dos Santos Gerência de Produtos Imobiliários Junho/20111

2 Desenvolvimento do Mercado Imobiliário Cédula de Crédito Imobiliário e Certificado de Recebíveis Imobiliários Fundo de Investimento Imobiliário IGMI-C 2

3 Desenvolvimento do Mercado Imobiliário Crescimento do mercado O crescimento do mercado imobiliário no Brasil, nos últimos anos deriva de 2 fatores: 1 Contexto Macro 2 Ações Governo Crescimento mercado imobiliário Crescimento do PIB; Taxa de juros a nível historicamente baixo; Aumento da renda; Forte demanda imobiliária; Eventos (Copa do Mundo e Olímpiadas) Programa Minha Casa, Minha Vida (setor popular habitacional); Estímulo ao financiamento de longo prazo Fontes de financiamento Hoje, as principais fontes de financiamento deste mercado são o FGTS e SBPE²: % 4% 33% % 33% 35% SBPE FGTS Outros 63% 62% 63% 3 3

4 Desenvolvimento do Mercado Imobiliário Crédito Imobiliário/PIB Esgotamento SPBE A relação crédito imobiliário/pib também deve crescer, atingindo a marca de 11% em 2014¹: R$ 511 bi 12% Entretanto, o ritmo crescente da demanda por crédito imobiliário está superior ao crescimento da poupança: Relação Crédito Imobiliário/Poupança 11% 90% 10% 78% 80% R$ 200 bi 4,8% R$ 139 bi 8% 6% 68% 70% 58% 60% 45% 50% 3,7% 4% 40% 32% 30% 2% 20% 0% % 15% % 21% 24% 10% % Estimativa (considerando o crescimento do PIB de 3,3% em 2012 e 4,2% em 2013 e 2014 Relatório Focus Bacen) estimativa As atuais fontes de recursos não serão suficientes para manter o nível de crescimento do mercado explicitando a necessidade de desenvolver fontes alternativas de recursos e novos modelos de financiamento imobiliário. Nota: 1. Segundo ABECIP. 4 4

5 Desenvolvimento do Mercado Imobiliário Financiamento Imobiliário Residencial no Mundo (%PIB) 107% 101% 87% 85% 82% 77% 70% 66% 64% 47% 46% 42% 41% 37% 35% 28% 25% 23% 19% 9% 4% 3% Considerando apenas os países desenvolvidos, a média do financiamento imobiliário fica em torno de 61% do PIB; Nos países em desenvolvimento essa média cai para 12% do PIB Fonte: European Mortgage Federation (dados relativos a 2010) 5 5

6 Desenvolvimento do Mercado Imobiliário Fontes alternativas de financiamento imobiliário são necessárias para a estabilidade e crescimento do mercado; A difusão de novos instrumentos, em especial no mercado de securitização imobiliária, podem viabilizar a manutenção deste momentum; Respondendo a tais demandas, o mercado de produtos imobiliários (CRI, FII, LCI, entre outros) vem apresentando um significativo crescimento. Histórico do Montante de Emissões de Securitização Imobiliária por Ativo Lastro¹ (R$ milhões) CAGR: 46,3% Crédito Imobiliário Fonte: 1. Uqbar Aluguel 6 6

7 Entidades Fechadas de Previdência Complementar Exposição em investimentos ligados ao mercado imobiliário Limite (Resol ) Atual CRI(a) Até 20% 0,002% CCI(a) Até 20% 0,001% FII(b) Até 10% 0,2% Imóveis(b) Até 8% 3,6% Fontes: (a) Diace/Previc (Set/10) (b) ABRAPP (Dez/11) Convênio SINDAPP e BM&FBOVESPA prestação de serviços de assessoria na execução de procedimentos licitatórios para alienação de imóveis de propriedade das EFPC 7

8 Desenvolvimento do Mercado Imobiliário Cédula de Crédito Imobiliário e Certificado de Recebíveis Imobiliários Fundo de Investimento Imobiliário IGMI-C 8

9 Cédula de Crédito Imobiliário CCI Fluxo da CCI Título de crédito representativo de direitos creditórios imobiliários com pagamento futuro; Podem ser integrais (quando representar a totalidade do crédito) ou fracionárias (quando representar parte dele); É emitida de forma cartular ou escritural para facilitar e simplificar a cessão do crédito; Sua negociação é feita independentemente de autorização do devedor. Registro 9

10 Certificado de Recebíveis Imobiliários CRI Fluxo do CRI Valor mobiliário lastreado em créditos imobiliários e emitidos exclusivamente por securitizadoras; Distribuição Os créditos destinados a lastrear a emissão de CRI gozam do regime Registro fiduciário, que permite a segregação do patrimônio da securitizadora daquele destinado ao pagamento dos valores aos quais tais créditos serviram de Negociação Depositária lastro

11 Certificado de Recebíveis Imobiliários Emissões de CRI Quantidade Volume (R$ milhões) Quantidade Volume (R$ milhões) Fonte: CVM e ANBIMA (ofertas registradas, dispensadas de registro pela CVM e distribuídas por meio da ICVM nº 476/09) Volume (R$ milhões) Quantidade Volume Negociado de CRI (R$ milhões) Fontes: BM&FBOVESPA e CETIP nº negócios volume negociado (R$ milhões) 11

12 Certificado de Recebíveis Imobiliários Participação por Classe de Investidor de CRI 3,4% 0,7% Bancos Comerciais 0,8% FGTS 3,5% 6,0% Pessoas Físicas Instituições financeiras maiores tomadores de CRI 33,6% 7,5% Pessoas (físicas ou jurídicas) ligadas aos cedentes, aos participantes do consórcio de distribuição ou à emissora Fundos de Investimento Pessoas físicas benefício fiscal Demais Instituições Financeiras 16,9% Instituições Intermediárias participantes do consórcio de distribução Demais Pessoas Jurídicas EFPC baixa exposição em CRI 27,6% Entidades de Previdência Privada Fonte: Uqbar (dados referentes a 2011) 12

13 Certificado de Recebíveis Imobiliários Quais as principais vantagens do CRI? Acesso ao Mercado Imobiliário Diversificação Regime Fiduciário (Segregação do Risco) Simplificação Tributação Favorável Divulgação de Informações Quais os principais riscos do CRI? Risco de Mercado Risco de Crédito Baixa Liquidez 13

14 Desenvolvimento do Mercado Imobiliário Cédula de Crédito Imobiliário e Certificado de Recebíveis Imobiliários Fundo de Investimento Imobiliário IGMI-C 14

15 Fundo de Investimento Imobiliário FII Fluxo do FII Comunhão de recursos captados por meio do sistema de distribuição e destinados à aplicação em empreendimentos imobiliários, títulos e valores mobiliários ligados a esse mercado; Constituído sob a forma de condomínio fechado; Registro Possui um administrador responsável Depositária pelo seu funcionamento e manutenção. Negociação Distribuição 15

16 Fundo de Investimento Imobiliário Aplicações Maioria dos casos: FII criado para investimentos em um imóvel específico. Alternativamente: FII pode estipular o tipo e as características dos imóveis que pretende adquirir, sem especificar exatamente quais os imóveis que poderão vir a compor seu patrimônio. Além da participação em empreendimentos imobiliários, é permitido o investimento em ativos da base imobiliária, como: CRI Certificado de Recebíveis Imobiliários LH Letra Hipotecária LCI Letra de Crédito Imobiliário Ações ou cotas de SPE (Sociedade de Propósito Específico) Ações de empresas listadas; Cotas de outro FII, entre outros. 16

17 Fundo de Investimento Imobiliário Maior parte dos FII estão lastreados em imóveis comerciais Número de FII por tipo de Ativo-Lastro Multiclasse Composição da capitalização do mercado por tipo de imóvel (% do montante) 2,3% 1 1,8% 1,5% 0,7% 0,6% 0,1% Escritórios 2,4% Varejo - Shopping Center Renda Variável Diversificado 1 15,1% Renda Fixa Logística Educacional 4 Residencial 57,7% 17,8% Imóvel 49 Hospedagem Hospitalar Varejo - Lojas Individuais Varejo - Galerias Fonte: Uqbar (dados referentes a 2011) 17

18 Fundo de Investimento Imobiliário FII registrados na CVM: 147 Emissões de Cotas de FII Quantidade 2012* Volume (R$ milhões) Operações de FII na BVMF , , , , Volume Fonte: CVM (ofertas registradas e dispensadas de registro pela CVM). Não incluídas as ofertas distribuídas por meio da ICVM nº 476/09 * Até 30/03/ ,47 Nº negócios Quantidade Volume (R$ milhões) 40 Volume (R$ milhões) PL Total: R$ 22,16 bilhões * N. Negócios Fonte: BVMF (mercado de bolsa + mercado de balcão organizado) * Até 30/03/

19 Fundo de Investimento Imobiliário Composição do Montante Emitido em FII em 2011 por Classe de Investidor (% de Montante) 1,80% 3,30% 2,70% 1,50% Pessoas Físicas Fundo de investimento 10,90% Pessoas Jurídicas Pessoas ligadas à emissora e/ou aos participantes do consórcio 79,70% Instituições Intermediárias participantes do consórcio de distribuição Outros Fonte: Uqbar 19

20 Fundo de Investimento Imobiliário Quais as principais vantagens do FII? Acesso ao Mercado Imobiliário Ganhos de Escala Diversificação Simplificação Fracionamento do Investimento Tributação Favorável Maior Liquidez que o Investimento em Imóvel Administração Profissional Divulgação de Informações Negociação via Home Broker Quais os principais riscos do FII? Risco de Mercado Redução da Ocupação Imobiliária Queda dos Preços dos Imóveis Baixa Liquidez 20

21 Desenvolvimento do Mercado Imobiliário Cédula de Crédito Imobiliário e Certificado de Recebíveis Imobiliários Fundo de Investimento Imobiliário IGMI-C 21

22 Patrocínio ao IGMI-C O IGMI-C foi desenvolvido pela FGV, com patrocínio e colaboração da BM&FBOVESPA e de entidades representando empresas dos setores financeiro, imobiliário e fundos de pensão. O objetivo do indicador é tornar-se uma referência de rentabilidade de imóveis comerciais - escritórios, hotéis, shoppings e outros - contribuindo para que os investidores tenham maior transparência em relação à formação dos preços de compra, venda e locação t1 2000t3 2001t1 Índice Geral do Mercado Imobiliário (IGMI-C) 2001t3 2002t1 2002t3 2003t1 2003t3 2004t1 2004t3 2005t1 2005t3 2006t1 2006t3 2007t1 2007t3 2008t1 2008t3 2009t1 2009t3 2010t1 2010t3 2011t1 780,8 291,40 274, t3 retorno do capital retorno da renda retorno total 22

23 Marielle Brugnari dos Santos (11) Gerência de Produtos Imobiliários Atenção: Esta apresentação visa a fornecer informações institucionais sobre a economia e o mercado de valores mobiliários brasileiros. Não é uma recomendação de investimento em qualquer ativo financeiro específico. Junho/

2º Congresso Internacional Gestão de Riscos FEBRABAN 23/10/2012

2º Congresso Internacional Gestão de Riscos FEBRABAN 23/10/2012 2º Congresso Internacional Gestão de Riscos FEBRABAN 23/10/2012 1. Certificados de Recebíveis Imobiliários 2. Mercado de CRI 3. Principais Investidores Conceito de Securitização Imobiliária Operação pela

Leia mais

Instrumentos de Financiamento Imobiliário no Brasil Jorge Sant Anna

Instrumentos de Financiamento Imobiliário no Brasil Jorge Sant Anna Instrumentos de Financiamento Imobiliário no Brasil Jorge Sant Anna 1 Março /2010 Evolução do Financiamento Imobiliário 1964 Base Legal Sistema Financeiro de Habitação Lei 4.328 /64 Lei 5.170/66 1997 Base

Leia mais

Fundos de Investimento Imobiliário Workshop para jornalistas. Nov 2011

Fundos de Investimento Imobiliário Workshop para jornalistas. Nov 2011 Fundos de Investimento Imobiliário Workshop para jornalistas Nov 2011 Agenda 4 Definição 4 Tipos de Fundos 4 Vantagens 4 Base Legal 4 Tamanho da Indústria 4 Ambientes de Negociação 4 Liquidez / Precificação

Leia mais

Mercado de Capitais e o Investimento Imobiliário. 1 Fórum de Investimentos Imobiliários

Mercado de Capitais e o Investimento Imobiliário. 1 Fórum de Investimentos Imobiliários Mercado de Capitais e o Investimento Imobiliário 1 Fórum de Investimentos Imobiliários Abril, 2014 Mercado Imobiliário e Mercado de Capitais Relembrando o Passado Recente Maior renda da população Evolução

Leia mais

ABECIP / SECOVI / ORDEM DOS ECONOMISTAS DO BRASIL IMPLEMENTAÇÃO DO SECURITIZAÇÃO NO BRASIL 05/08/2010

ABECIP / SECOVI / ORDEM DOS ECONOMISTAS DO BRASIL IMPLEMENTAÇÃO DO SECURITIZAÇÃO NO BRASIL 05/08/2010 ABECIP / SECOVI / ORDEM DOS ECONOMISTAS DO BRASIL IMPLEMENTAÇÃO DO S.F.I. SECURITIZAÇÃO NO BRASIL 05/08/2010 A IMPORTÂNCIA DO SFI NO BRASIL LEGISLAÇÃO REGULAMENTAÇÃO ARCABOUÇO LEGAL PRONTO Base Legal Fonte

Leia mais

DESAFIOS E PERSPECTIVAS PARA A INDÚSTRIA DE FUNDOS IMOBILIÁRIOS NO BRASIL

DESAFIOS E PERSPECTIVAS PARA A INDÚSTRIA DE FUNDOS IMOBILIÁRIOS NO BRASIL DESAFIOS E PERSPECTIVAS PARA A INDÚSTRIA DE FUNDOS IMOBILIÁRIOS NO BRASIL Valdery Albuquerque 2ª Conferência Internacional de Crédito Imobiliário De 17 a 19 de março de 2010 Índice 1. Conceitos e Características

Leia mais

Cenários para Mercado e Produtos Imobiliários 28/11/2013

Cenários para Mercado e Produtos Imobiliários 28/11/2013 Cenários para Mercado e Produtos Imobiliários 28/11/2013 Fundos Imobiliários - FIIs Fundos Imobiliários - Conceito Investidores Fundos fechados (não permitem resgates) - saída em Bolsa ou Mercado de Balcão

Leia mais

FUNDOS IMOBILIARIOS O GUIA DEFINITIVO

FUNDOS IMOBILIARIOS O GUIA DEFINITIVO 1 FUNDOS IMOBILIARIOS O GUIA DEFINITIVO Autor: Jonatam César Gebing Abril de 2015 2 FUNDOS IMOBILIÁRIOS: O GUIA DEFINITIVO MODULO 01 FUNDOS IMOBILIÁRIOS: O QUE SÃO Fundos Imobiliários, o Guia Definitivo.

Leia mais

Palestra Fundo de Investimento Imobiliário

Palestra Fundo de Investimento Imobiliário Palestra Fundo de Investimento Imobiliário Estruturação de FII - Agenda Conceituação FII Objetivos FII Tipos de Fundos FII - Base normativa e aspectos jurídicos FII Etapas do Processo FII Características

Leia mais

Limites e Regulação Investidores Institucionais. Aguinaldo Lester Landi Coordenador-Geral de Monitoramento de Investimentos da Previc

Limites e Regulação Investidores Institucionais. Aguinaldo Lester Landi Coordenador-Geral de Monitoramento de Investimentos da Previc Limites e Regulação Investidores Institucionais Aguinaldo Lester Landi Coordenador-Geral de Monitoramento de Investimentos da Previc 1 Programa Classificação de Ativos Limites de Alocação Limites de Concentração

Leia mais

Estrutura do Mercado Financeiro e de Capitais

Estrutura do Mercado Financeiro e de Capitais Estrutura do Mercado Financeiro e de Capitais Prof. Paulo Berger SIMULADO ATIVOS FINANCEIROS E ATIVOS REAIS. Ativo real, é algo que satisfaz uma necessidade ou desejo, sendo em geral fruto de trabalho

Leia mais

Investimentos em imóveis de forma moderna e inteligente.

Investimentos em imóveis de forma moderna e inteligente. Investimentos em imóveis de forma moderna e inteligente. A possibilidade de diversificar o investimento e se tornar sócio dos maiores empreendimentos imobiliários do Brasil. Este material tem o objetivo

Leia mais

SECURITIZAÇÃO DE RECEBÍVEIS IMOBILIÁRIOS 28/10/2014 - IBCPF

SECURITIZAÇÃO DE RECEBÍVEIS IMOBILIÁRIOS 28/10/2014 - IBCPF SECURITIZAÇÃO DE RECEBÍVEIS IMOBILIÁRIOS 28/10/2014 - IBCPF Conceito 1 Conceito Integração dos mercados imobiliário e de capitais, de modo a permitir a captação de recursos necessários para o desenvolvimento

Leia mais

Cotas de Fundos de Investimento Imobiliário - FII

Cotas de Fundos de Investimento Imobiliário - FII Renda Variável Cotas de Fundos de Investimento Imobiliário - FII Fundo de Investimento Imobiliário Aplicação no mercado imobiliário sem investir diretamente em imóveis O produto O Fundo de Investimento

Leia mais

Fundos de Investimento Imobiliário - FII

Fundos de Investimento Imobiliário - FII CONCEITO: Instrumento na forma de condomínio fechado, portanto não admitem resgate (saída a qualquer momento), para aplicação em empreendimentos imobiliários: Ativos imobiliários: propriedade direta de

Leia mais

Instrumentos de Captação Privado do Setor Imobiliário

Instrumentos de Captação Privado do Setor Imobiliário Instrumentos de Captação Privado do Setor Imobiliário Índice Introdução Novos instrumentos Privados de financiamento Imobiliário Cenário Norte Americano REIT Quase um Stress Test FII - Fronteira Eficiente

Leia mais

As Perspectivas para o Mercado de CRI - Certificados de Recebíveis Imobiliários. Bolsa de Valores de São Paulo

As Perspectivas para o Mercado de CRI - Certificados de Recebíveis Imobiliários. Bolsa de Valores de São Paulo As Perspectivas para o Mercado de CRI - Certificados de Recebíveis Imobiliários Bolsa de Valores de São Paulo Sérgio Darcy da Silva Alves Diretor, Banco Central do Brasil Definição legal de CRI Lei 9.514,

Leia mais

FUNDOS DE INVESTIMENTOS IMOBILIÁRIOS

FUNDOS DE INVESTIMENTOS IMOBILIÁRIOS I Curso de Férias do Grupo de Estudos de Direito Empresarial - Direito UFMG S IMOBILIÁRIOS Luis Fellipe Maia Advogado Formado pela UFMG Sócio da Vivá Capital Membro do Conselho Diretor da Júnior Achievement/MG

Leia mais

Brazilian Finance & Real Estate

Brazilian Finance & Real Estate Brazilian Finance & Real Estate Financiamento do Mercado Imobiliário - Visão do Investidor Letra de Crédito Imobiliário - LCI Estrutura do CRI e sua robustez Características do mercado Brasileiro em relação

Leia mais

GUIA DO INVESTIDOR. fundo de investimento imobiliário

GUIA DO INVESTIDOR. fundo de investimento imobiliário GUIA DO INVESTIDOR fundo de investimento imobiliário Caro leitor, O mercado imobiliário nacional encontra-se em plena transformação. Entre avanços regulamentares, condições macroeconômicas propícias e

Leia mais

Material Explicativo sobre Fundo de Investimento Imobiliário (FII)

Material Explicativo sobre Fundo de Investimento Imobiliário (FII) Material Explicativo sobre Fundo de Investimento Imobiliário (FII) 1. Definições Gerais Os Fundos de Investimento Imobiliário (FIIs) são veículos de investimento que agrupam investidores com o objetivo

Leia mais

Securitização De Créditos Imobiliários

Securitização De Créditos Imobiliários Securitização De Créditos Imobiliários Operações Imobiliárias A 1. O que é securitização de créditos imobiliários? Securitização é um processo estruturado, coordenado por uma instituição especializada

Leia mais

CERTIFICADO DE RECEBÍVEIS IMOBILIÁRIOS CRI

CERTIFICADO DE RECEBÍVEIS IMOBILIÁRIOS CRI CERTIFICADO DE RECEBÍVEIS IMOBILIÁRIOS CRI Diversos veículos podem ser utilizados para securitizar recebíveis imobiliários, entretanto o uso dos Certificados de Recebíveis Imobiliários CRI vem caminhando

Leia mais

FII e FIDC Regulação e Funcionamento

FII e FIDC Regulação e Funcionamento FII e FIDC Regulação e Funcionamento Bruno Gomes Gerência de Acompanhamento de Fundos Estruturados 12 de março de 2015 Aviso As opiniões e conclusões aqui apresentadas são de responsabilidade do apresentador

Leia mais

Cédula de Crédito Imobiliário - CCI

Cédula de Crédito Imobiliário - CCI Títulos Imobiliários Renda Fixa Cédula de Crédito Imobiliário - CCI Títulos Imobiliários Cédula de Crédito Imobiliário Instrumento que facilita a negociabilidade e a portabilidade do crédito imobiliário

Leia mais

Conselho de Regulação e Melhores Práticas do Mercado de Capitais DELIBERAÇÃO Nº 05

Conselho de Regulação e Melhores Práticas do Mercado de Capitais DELIBERAÇÃO Nº 05 Conselho de Regulação e Melhores Práticas do Mercado de Capitais DELIBERAÇÃO Nº 05 O Conselho de Regulação e Melhores Práticas do Mercado de Capitais, no exercício das atribuições a ele conferidas pelo

Leia mais

Certificado de Recebíveis Imobiliários - CRI

Certificado de Recebíveis Imobiliários - CRI Certificado de Recebíveis Imobiliários - CRI Diversos veículos podem ser utilizados para securitizar recebíveis imobiliários, entretanto o uso dos Certificados de Recebíveis Imobiliários -CRI- vem caminhando

Leia mais

Manual para Registro de Certificado de Recebíveis Imobiliários na ANBIMA

Manual para Registro de Certificado de Recebíveis Imobiliários na ANBIMA Manual para Registro de Certificado de Recebíveis Imobiliários na ANBIMA ANBIMA Associação Brasileira das Entidades dos Mercados Financeiro e de Capitais VERSÃO 1.0 06/10/2014 INTRODUÇÃO O presente Manual

Leia mais

Soluções de Financiamento para Projetos Imobiliários

Soluções de Financiamento para Projetos Imobiliários Soluções de Financiamento para Projetos Imobiliários I. Soluções Imobiliárias Corporativas II. III. Soluções Imobiliárias Residenciais Fundos de Investimento Imobiliário Soluções Imobiliárias Corporativas

Leia mais

Letra de Crédito Imobiliário LCI. Estrutura do CRI e sua robustez. Americano. Características do mercado Brasileiro em relação ao

Letra de Crédito Imobiliário LCI. Estrutura do CRI e sua robustez. Americano. Características do mercado Brasileiro em relação ao razilian Finance & Real Estate Financiamento do Mercado Imobiliário - Visão do Investidor Letra de Crédito Imobiliário LCI Estrutura do CRI e sua robustez Características do mercado Brasileiro em relação

Leia mais

FUNDO DE INVESTIMENTO IMOBILIÁRIO COM FOCO EM TÍTULOS DE CRÉDITO IMOBILIÁRIO ESTRUTURADO REIT RIVIERA FII

FUNDO DE INVESTIMENTO IMOBILIÁRIO COM FOCO EM TÍTULOS DE CRÉDITO IMOBILIÁRIO ESTRUTURADO REIT RIVIERA FII FUNDO DE INVESTIMENTO IMOBILIÁRIO COM FOCO EM TÍTULOS DE CRÉDITO IMOBILIÁRIO ESTRUTURADO REIT RIVIERA FII Crédito lastreado em imóveis, alta rentabilidade e fluxo de caixa constante, com a solidez do concreto.

Leia mais

GUIA DO INVESTIDOR fundo de investimento imobiliário

GUIA DO INVESTIDOR fundo de investimento imobiliário edição GUIA DO INVESTIDOR fundo de investimento imobiliário Caro leitor, Ao chegarmos ao fim de 2012, é bastante seleto o conjunto de segmentos do mercado financeiro que podem ser reconhecidos por um desempenho

Leia mais

CONSELHO DE REGULAÇÃO E MELHORES PRÁTICAS DE FUNDOS DE INVESTIMENTO DELIBERAÇÃO Nº 62

CONSELHO DE REGULAÇÃO E MELHORES PRÁTICAS DE FUNDOS DE INVESTIMENTO DELIBERAÇÃO Nº 62 CONSELHO DE REGULAÇÃO E MELHORES PRÁTICAS DE FUNDOS DE INVESTIMENTO DELIBERAÇÃO Nº 62 O Conselho de Regulação e Melhores Práticas de Fundos de Investimento, no exercício das atribuições a ele conferidas

Leia mais

RELATÓRIO ANUAL FATOR VERITÀ

RELATÓRIO ANUAL FATOR VERITÀ RELATÓRIO ANUAL FATOR VERITÀ 2014 CARACTERÍSTICAS DO FUNDO FATOR VERITÀ FUNDO DE INVESTIMENTO IMOBILIÁRIO O Fator Verità Fundo de Investimento Imobiliário tem como objetivo a aquisição de ativos financeiros

Leia mais

GUIA DO INVESTIDOR fundo de investimento imobiliário

GUIA DO INVESTIDOR fundo de investimento imobiliário edição GUIA DO INVESTIDOR fundo de investimento imobiliário Caro leitor, O mercado de Fundos de Investimento Imobiliário (FII) tem protagonizado uma das principais transformações no mercado de capitais

Leia mais

guia do investidor títulos de crédito no mercado de finanças estruturadas brasileiro

guia do investidor títulos de crédito no mercado de finanças estruturadas brasileiro títulos de crédito no mercado de finanças estruturadas brasileiro índice PAG. 3 introdução capitulo 1 5 6 8 1 15 16 19 23 27 32 33 35 38 4 42 44 49 57 títulos de crédito gerais Cédula de Crédito Bancário

Leia mais

Menos imobilizado, mais caixa

Menos imobilizado, mais caixa Menos imobilizado, mais caixa 30 ESPECIAL Captações de recursos Com os CRIs, é possível aliviar o peso do ativo imobilizado no balanço, usufruir um imóvel construído sob medida e liberar recursos para

Leia mais

Osvaldo Correa Fonseca Diretor Geral da ABECI P Rio de Janeiro, 16/ 5/ 2007

Osvaldo Correa Fonseca Diretor Geral da ABECI P Rio de Janeiro, 16/ 5/ 2007 Osvaldo Correa Fonseca Diretor Geral da ABECI P Rio de Janeiro, 16/ 5/ 2007 ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DAS ENTIDADES DE CRÉDITO IMOBILIÁRIO E POUPANÇA Av. Brigadeiro Faria Lima 1.485 13º Andar São Paulo CEP

Leia mais

Ficha técnica DESIGN ANUÁRIO 2008 - FINANÇAS ESTRUTURADAS. Carlos Augusto Lopes, Chuck Spragins, Leonardo Augusto e Felipe Pina.

Ficha técnica DESIGN ANUÁRIO 2008 - FINANÇAS ESTRUTURADAS. Carlos Augusto Lopes, Chuck Spragins, Leonardo Augusto e Felipe Pina. ANUÁRIO 2008 - FINANÇAS ESTRUTURADAS Ficha técnica Idealização e Redação Carlos Augusto Lopes, Chuck Spragins, Leonardo Augusto e Felipe Pina Editoração e Revisão Carolina Ebel DESIGN Refinaria Design

Leia mais

BTG Fundo de Fundos. 5ª Emissão. Janeiro, 2013. Para informações adicionais, leia atentamente os Avisos Adicionais no final da apresentação.

BTG Fundo de Fundos. 5ª Emissão. Janeiro, 2013. Para informações adicionais, leia atentamente os Avisos Adicionais no final da apresentação. 5ª Emissão Janeiro, 2013 Para informações adicionais, leia atentamente os Avisos Adicionais no final da apresentação. SEÇÃO 1 Características Características Fundo Carteira Remuneração FUNDO FII fechado

Leia mais

Securitização de Recebíveis Imobiliários (Emissão de CRIs) Vladimir Miranda Abreu

Securitização de Recebíveis Imobiliários (Emissão de CRIs) Vladimir Miranda Abreu Securitização de Recebíveis Imobiliários (Emissão de CRIs) Vladimir Miranda Abreu vabreu@tozzini.com.br Sistema Financeiro Imobiliário - SFI Lei 9.514/97: Promover o financiamento imobiliário em geral,

Leia mais

ANUÁRIO Securitizaçāo e Financiamento Imobiliário

ANUÁRIO Securitizaçāo e Financiamento Imobiliário 2012 ANUÁRIO Securitizaçāo e Financiamento Imobiliário 2012 Empresa de Conhecimento Financeiro Caro leitor, Securitizaçāo e Financiamento Imobiliário 2012 É com muito entusiasmo que lançamos o Anuário

Leia mais

POLÍTICA DE INVESTIMENTO - 2015

POLÍTICA DE INVESTIMENTO - 2015 POLÍTICA DE INVESTIMENTO - 2015 A presente Política de Investimento tem como objetivo principal estabelecer condições para que os recursos dos Planos de Benefícios desta Entidade sejam geridos visando

Leia mais

Soluções de Financiamento e Investimento para Projetos Imobiliários Residenciais

Soluções de Financiamento e Investimento para Projetos Imobiliários Residenciais Soluções de Financiamento e Investimento para Projetos Imobiliários Residenciais I. A Conjuntura Econômica II. III. Introdução à RB Capital Soluções Imobiliárias Residenciais Conjuntura Econômica Cenários

Leia mais

Desafios do crédito imobiliário no Brasil: fatores importantes para aceleração dos investimentos

Desafios do crédito imobiliário no Brasil: fatores importantes para aceleração dos investimentos Desafios do crédito imobiliário no Brasil: fatores importantes para aceleração dos investimentos Sergio Rosa novembro - 2007 Índice VISÃO GERAL DA PREVI - A PREVI - Desempenho do portfolio em 2007 - Investimentos:

Leia mais

PLANO DE GESTÃO ADMINISTRATIVA

PLANO DE GESTÃO ADMINISTRATIVA POLÍTICA DE INVESTIMENTOS 2015 PLANO DE GESTÃO ADMINISTRATIVA Aprovado pelo Conselho Deliberativo da Fundação Baneb de Seguridade Social Bases, no dia 28 de novembro de 2014, Ata nº 279. SUMÁRIO 1 DOS

Leia mais

Introdução ao Certificado de Recebíveis Imobiliários & Fundos Imobiliários Junho, 2013

Introdução ao Certificado de Recebíveis Imobiliários & Fundos Imobiliários Junho, 2013 Introdução ao Certificado de Recebíveis Imobiliários & Fundos Imobiliários Junho, 2013 A RB Capital 1 I. A RB Capital A Companhia Fundada em 1999, a RB Capital é uma companhia especializada em operações

Leia mais

CSHG RECEBIVEIS IMOBILIARIOS FUNDO DE INVESTIMENTO IMOBILIÁRIO FII

CSHG RECEBIVEIS IMOBILIARIOS FUNDO DE INVESTIMENTO IMOBILIÁRIO FII CSHG RECEBIVEIS IMOBILIARIOS FUNDO DE INVESTIMENTO IMOBILIÁRIO FII CNPJ 11.160.521/0001-22 Administradora: Credit Suisse Hedging-Griffo Corretora de Valores S.A. CNPJ: 61.809.182/0001-30 I. Objeto do Fundo

Leia mais

Introdução ao Certificado de Recebíveis Imobiliários & Fundos Imobiliários Abril, 2012

Introdução ao Certificado de Recebíveis Imobiliários & Fundos Imobiliários Abril, 2012 Introdução ao Certificado de Recebíveis Imobiliários & Fundos Imobiliários Abril, 2012 A RB Capital I. A RB Capital A Companhia Fundada em 1999, a RB Capital é uma companhia especializada em operações

Leia mais

Renda Fixa Privada Certificado de Recebíveis Imobiliários CRI. Certificado de Recebíveis Imobiliários - CRI

Renda Fixa Privada Certificado de Recebíveis Imobiliários CRI. Certificado de Recebíveis Imobiliários - CRI Renda Fixa Privada Certificado de Recebíveis Imobiliários - CRI Certificado de Recebíveis Imobiliários Instrumento de captação de recursos e de investimentos no mercado imobiliário O produto O Certificado

Leia mais

Alternativas de Funding para Infraestrutura no Mercado de Capitais Brasileiro

Alternativas de Funding para Infraestrutura no Mercado de Capitais Brasileiro Alternativas de Funding para Infraestrutura no Mercado de Capitais Brasileiro DEBÊNTURES DE INFRAESTRUTURA - CONCEITO Debêntures: título de crédito, representativo de dívida da companhia emissora (art.

Leia mais

Circular de Supervisão ANBIMA nº 2015/000001. São Paulo, 10 de fevereiro de 2015.

Circular de Supervisão ANBIMA nº 2015/000001. São Paulo, 10 de fevereiro de 2015. Circular de Supervisão ANBIMA nº 2015/000001 São Paulo, 10 de fevereiro de 2015. Ref.: Procedimentos a serem adotados no âmbito do Convênio celebrado entre a ANBIMA e a Comissão de Valores Mobiliários

Leia mais

Fundos de Investimento Imobiliário (FII) David Menegon Superintendência de Relações com Investidores Institucionais 10 de março de 2015

Fundos de Investimento Imobiliário (FII) David Menegon Superintendência de Relações com Investidores Institucionais 10 de março de 2015 Fundos de Investimento Imobiliário (FII) David Menegon Superintendência de Relações com Investidores Institucionais 10 de março de 2015 As opiniões aqui expostas são de exclusiva responsabilidade do apresentador,

Leia mais

RESOLUÇÃO NORMATIVA - RN n.º xx, de xx de xxxx de 2003.

RESOLUÇÃO NORMATIVA - RN n.º xx, de xx de xxxx de 2003. Página 1 de 9 RESOLUÇÃO NORMATIVA - RN n.º xx, de xx de xxxx de 2003. Dispõe sobre a diversificação dos ativos das Operadoras de Planos de Assistência à Saúde para aceitação como garantidores e altera

Leia mais

Kinea Renda Imobiliária

Kinea Renda Imobiliária Introdução O é um fundo que busca aplicar recursos em empreendimentos corporativos e centros de distribuição de excelente padrão construtivo, de forma diversificada e preferencialmente prontos. Uma oportunidade

Leia mais

BARIGUI SECURITIZADORA S.A.

BARIGUI SECURITIZADORA S.A. BARIGUI SECURITIZADORA S.A. 1ª Emissão de Certificados de Recebíveis Imobiliários Série: 4ª Relatório Anual do Agente Fiduciário Exercício de 2014 BARIGUI SECURITIZADORA S.A. 1ª Emissão de Certificados

Leia mais

MOVIMENTANDO OPORTUNIDADES gerando investimentos A FORTESEC. securitizadora. Home Empresa Securitização Emissões Fale Conosco

MOVIMENTANDO OPORTUNIDADES gerando investimentos A FORTESEC. securitizadora. Home Empresa Securitização Emissões Fale Conosco MOVIMENTANDO OPORTUNIDADES gerando investimentos Com credibilidade e criatividade, transformamos as novas ideias do mercado SAIBA MAIS A FORTESEC A Fortesec é uma com foco em operações estruturadas de

Leia mais

Concurso 2011. Prof. Cid Roberto. As bolsas de valores são instituições administradoras de mercados. prof.bancario@gmail.com

Concurso 2011. Prof. Cid Roberto. As bolsas de valores são instituições administradoras de mercados. prof.bancario@gmail.com Concurso 2011 Prof. Cid Roberto prof.bancario@gmail.com Bolsa de Valores As bolsas de valores são instituições administradoras de mercados. Comunidade Conhecimentos Bancários (orkut) 8ª aula Início da

Leia mais

INVESTIMENTOS EM INFRAESTRUTURA NO BRASIL

INVESTIMENTOS EM INFRAESTRUTURA NO BRASIL JANEO 2013 INVESTIMENTOS EM INFRAESTRUTURA NO BRASIL MEDIDA PROVISÓRIA 601/2012: BENEFÍCIOS FISCAIS DE FIDCS DE PROJETOS DE INVESTIMENTO (INCLUSIVE INFRAESTRUTURA) A. Introdução 1. A fim de aprimorar os

Leia mais

ANÚNCIO DE INÍCIO DE DISTRIBUIÇÃO DO Fundo de Investimento Imobiliário Votorantim Securities CNPJ/MF: 10.347.505/0001-80

ANÚNCIO DE INÍCIO DE DISTRIBUIÇÃO DO Fundo de Investimento Imobiliário Votorantim Securities CNPJ/MF: 10.347.505/0001-80 ANÚNCIO DE INÍCIO DE DISTRIBUIÇÃO DO Fundo de Investimento Imobiliário Votorantim Securities CNPJ/MF: 10.347.505/0001-80 VOTORANTIM ASSET MANAGEMENT DTVM LTDA. ( Administrador ), comunica o início da distribuição

Leia mais

Material Explicativo sobre Certificado de Recebíveis Imobiliários (CRI)

Material Explicativo sobre Certificado de Recebíveis Imobiliários (CRI) Material Explicativo sobre (CRI) 1. Definições Gerais Os Certificados de Recebíveis são títulos lastreados em créditos imobiliários, representativos de parcelas de um direito creditório. O ativo permite

Leia mais

S E M I N Á R I O NOVOS INSTRUMENTOS PRIVADOS PARA FINANCIAMENTO DO AGRONEGÓCIO

S E M I N Á R I O NOVOS INSTRUMENTOS PRIVADOS PARA FINANCIAMENTO DO AGRONEGÓCIO S E M I N Á R I O NOVOS INSTRUMENTOS PRIVADOS PARA FINANCIAMENTO DO AGRONEGÓCIO OS NOVOS INSTRUMENTOS C D C A L C A C R A MOTIVOS DA CRIAÇÃO Essencialmente 3: 1º Falta de recursos 2º Insuficiência de credibilidade

Leia mais

BB Renda de Papéis Imobiliários Fundo de Investimento Imobiliário

BB Renda de Papéis Imobiliários Fundo de Investimento Imobiliário BB Renda de Papéis Imobiliários Fundo de Investimento Imobiliário Coordenador Líder Administrador e Gestor Escriturador, Controlador e Custodiante Assessor Legal Benefícios do Fundo de Investimento Imobiliário

Leia mais

Wolf Kos Trambuch Diretor da ISEC Nelson Campos Diretor da ISEC

Wolf Kos Trambuch Diretor da ISEC Nelson Campos Diretor da ISEC A EMPRESA A ISEC é uma securitizadora independente, ágil, com sólida experiência no mercado cuja missão é oferecer soluções aos que buscam recursos e/ou investimentos a partir de operações estruturadas

Leia mais

MINISTÉRIO DA SAÚDE. AGÊNCIA NACIONAL DE SAÚDE SUPLEMENTAR Diretoria Colegiada

MINISTÉRIO DA SAÚDE. AGÊNCIA NACIONAL DE SAÚDE SUPLEMENTAR Diretoria Colegiada MINISTÉRIO DA SAÚDE 1 AGÊNCIA NACIONAL DE SAÚDE SUPLEMENTAR Diretoria Colegiada RESOLUÇÃO NORMATIVA-RN Nº 67, DE 4 DE FEVEREIRO DE 2004 (*) Dispõe sobre a diversificação dos ativos das Operadoras de Planos

Leia mais

A importância dos Fundos de Investimento no Financiamento de Empresas e Projetos

A importância dos Fundos de Investimento no Financiamento de Empresas e Projetos A importância dos Fundos de Investimento no Financiamento de Empresas e Projetos A Importância dos Fundos de Investimento no Financiamento de Empresas e Projetos Prof. William Eid Junior Professor Titular

Leia mais

ANUÁRIO Securitizaçāo e Financiamento Imobiliário

ANUÁRIO Securitizaçāo e Financiamento Imobiliário 2013 ANUÁRIO Securitizaçāo e Financiamento Imobiliário 2013 Empresa de Conhecimento Financeiro Caro leitor, SECURITIZAÇĀO E FINANCIAMENTO IMOBILIÁRIO 2013 A evolução do mercado de financiamento imobiliário

Leia mais

INSTRUÇÃO CVM Nº. 476, OFERTAS PÚBLICAS DE VALORES MOBILIÁRIOS DISTRIBUÍDAS COM ESFORÇOS RESTRITOS 16 de Janeiro de 2009

INSTRUÇÃO CVM Nº. 476, OFERTAS PÚBLICAS DE VALORES MOBILIÁRIOS DISTRIBUÍDAS COM ESFORÇOS RESTRITOS 16 de Janeiro de 2009 INSTRUÇÃO CVM Nº. 476, OFERTAS PÚBLICAS DE VALORES MOBILIÁRIOS DISTRIBUÍDAS COM ESFORÇOS RESTRITOS 16 de Janeiro de 2009 Apresentamos a seguir um resumo dos principais pontos da Instrução da Comissão de

Leia mais

Fundo cotado em bolsa desde seu lançamento

Fundo cotado em bolsa desde seu lançamento Fundo cotado em bolsa desde seu lançamento Esta apresentação visa apenas passar informações gerais do fundo que está sendo estruturado, e, não é e não deve ser considerada de nenhuma forma uma oferta firme,

Leia mais

10 anos SECURITIZAÇÃO E FINANCIAMENTO IMOBILIÁRIO 2015 ANUÁRIO UQBAR. uqbar publicações

10 anos SECURITIZAÇÃO E FINANCIAMENTO IMOBILIÁRIO 2015 ANUÁRIO UQBAR. uqbar publicações ANUÁRIO UQBAR SECURITIZAÇÃO E FINANCIAMENTO IMOBILIÁRIO 2015 10 anos Caro leitor, Adentramos 2015 firmes em nosso constante propósito de colaborar efetivamente com o contínuo avanço do desenvolvimento

Leia mais

Fundos Estruturados BB DTVM

Fundos Estruturados BB DTVM Fundos Estruturados BB DTVM Fundos Estruturados 2 Fundo Estruturados Evolução histórica Fonte: CVM 3 Patrimônio dos Fundos Estruturados e 409 (R$ Bilhões) 92,0% 4,1% 2,7% 1,3% Patrimônio Líquido Fundos

Leia mais

ECO1664 Seminário de Política Econômica

ECO1664 Seminário de Política Econômica ECO1664 Seminário de Política Econômica O Mercado de Ativos Imobiliários no Brasil Marcelo Mangueira, Pedro Kislanov e Rebeca Gravatá Julho de 2009 Introdução O objetivo dessa apresentação é traçar um

Leia mais

NOVA SECURITIZAÇÃO S.A. EXERCÍCIO DE 2014

NOVA SECURITIZAÇÃO S.A. EXERCÍCIO DE 2014 NOVA SECURITIZAÇÃO S.A. 17ª SÉRIE da 1ª. EMISSÃO DE CERTIFICADOS DE RECEBÍVEIS IMOBILIÁRIOS RELATÓRIO ANUAL DO AGENTE FIDUCIÁRIO EXERCÍCIO DE 2014 Rio de Janeiro, 30 de Abril de 2015. Prezados Senhores

Leia mais

Fundos de Investimento Imobiliário. 09 de abril de 2010

Fundos de Investimento Imobiliário. 09 de abril de 2010 Fundos de Investimento Imobiliário 09 de abril de 2010 Introdução Histórico No Brasil, os fundos imobiliários foram inspirados nos Real Estate Investment Trusts americanos, tendo sido constituídos na forma

Leia mais

Ministério da Fazenda. Conferência Internacional de Crédito Imobiliário Salvador - Bahia

Ministério da Fazenda. Conferência Internacional de Crédito Imobiliário Salvador - Bahia Conferência Internacional de Crédito Imobiliário Salvador - Bahia Novembro 2007 1 Política Governamental e Propostas para Combate do Déficit Habitacional Crédito Imobiliário: Desenvolvendo Mecanismos de

Leia mais

Letra e Cédula de Crédito Imobiliário

Letra e Cédula de Crédito Imobiliário Letra e Cédula de Crédito Imobiliário Lei nº 10.931, de 2 de agosto de 2004 Letra de Crédito Imobiliário Bancos Comerciais, Bancos Múltiplos, Caixa Econômica Federal, sociedades de crédito imobiliário,

Leia mais

Art. 2º Fica alterado o art. 1º da Resolução 3.042, de 28 de novembro de 2002, que passa a vigorar com a seguinte redação:

Art. 2º Fica alterado o art. 1º da Resolução 3.042, de 28 de novembro de 2002, que passa a vigorar com a seguinte redação: RESOLUCAO 3.308 --------------- Altera as normas que disciplinam a aplicação dos recursos das reservas, das provisões e dos fundos das sociedades seguradoras, das sociedades de capitalização e das entidades

Leia mais

Renda Fixa Privada Cotas de Fundos de Investimento em Direitos Creditórios FIDC. Cotas de Fundos de Investimento em Direitos Creditórios FIDC

Renda Fixa Privada Cotas de Fundos de Investimento em Direitos Creditórios FIDC. Cotas de Fundos de Investimento em Direitos Creditórios FIDC Renda Fixa Privada Cotas de Fundos de Investimento em Direitos Creditórios - FIDC Uma alternativa de investimento atrelada aos créditos das empresas O produto O Fundo de Investimento em Direitos Creditórios

Leia mais

ANUÁRIO Securitizaçāo e Financiamento Imobiliário

ANUÁRIO Securitizaçāo e Financiamento Imobiliário 1 2014 ANUÁRIO Securitizaçāo e Financiamento Imobiliário 2014 10 anos Empresa de Conhecimento Financeiro Caro leitor, SECURITIZAÇĀO E FINANCIAMENTO IMOBILIÁRIO 2014 Aqui começa o Anuário Uqbar: Securitização

Leia mais

Apresentação Preliminar. Grupo Incefra Certificados de Recebíveis Imobiliários Junho, 2014

Apresentação Preliminar. Grupo Incefra Certificados de Recebíveis Imobiliários Junho, 2014 Apresentação Preliminar Grupo Incefra Certificados de Recebíveis Imobiliários Junho, 2014 Disclaimer Esta apresentação está sendo disponibilizada para análise, em caráter personalíssimo, no âmbito da oferta

Leia mais

RESOLUCAO 3.792. Capítulo II DA ABRANGÊNCIA

RESOLUCAO 3.792. Capítulo II DA ABRANGÊNCIA RESOLUCAO 3.792 Dispõe sobre as diretrizes de aplicação dos recursos garantidores dos planos administrados pelas entidades fechadas de previdência complementar. O Banco Central do Brasil, na forma do art.

Leia mais

AS EMPRESAS SEGURADORAS E RESSEGURADORAS COMO INVESTIDORAS DO MERCADO DE CAPITAIS

AS EMPRESAS SEGURADORAS E RESSEGURADORAS COMO INVESTIDORAS DO MERCADO DE CAPITAIS AS EMPRESAS SEGURADORAS E RESSEGURADORAS COMO INVESTIDORAS DO MERCADO DE CAPITAIS HSM EXPO MANAGEMENT 2014 4 de novembro de 2014 Alexandre H. Leal Neto Superintendente de Regulação CNseg Agenda Representação

Leia mais

CIBRASEC - COMPANHIA BRASILEIRA DE SECURITIZAÇÃO

CIBRASEC - COMPANHIA BRASILEIRA DE SECURITIZAÇÃO CIBRASEC - COMPANHIA BRASILEIRA DE SECURITIZAÇÃO 2ª Emissão de Certificados de Recebíveis Imobiliários Série: 153ª Relatório Anual do Agente Fiduciário Exercício de 2013 CIBRASEC - COMPANHIA BRASILEIRA

Leia mais

1. Objetivo e Descrição do fundo

1. Objetivo e Descrição do fundo FATOR VERITÀ FUNDO DE INVESTIMENTO IMOBILIÁRIO FII CNPJ: 11.664.201/0001-00 Administrado pelo Banco Fator S.A. CNPJ: 33.644.196/0001-06 RELATÓRIO SEMESTRAL 1º. SEM. 2013 1. Objetivo e Descrição do fundo

Leia mais

FUNDO DE INVESTIMENTO IMOBILIÁRIO SIA CORPORATE CNPJ: 17.311.079/0001-74 RELATÓRIO DO ADMINISTRADOR

FUNDO DE INVESTIMENTO IMOBILIÁRIO SIA CORPORATE CNPJ: 17.311.079/0001-74 RELATÓRIO DO ADMINISTRADOR FUNDO DE INVESTIMENTO IMOBILIÁRIO SIA CORPORATE CNPJ: 17.311.079/0001-74 Ref.: 1º semestre 2014 RELATÓRIO DO ADMINISTRADOR Em conformidade com o Art. 39 da Instrução CVM 472, de 31 de maio de 2008, apresentamos

Leia mais

BRAZILIAN SECURITIES COMPANHIA DE SECURITIZAÇÃO. CRI CERTIFICADO DE RECEBÍVEL IMOBILIÁRIO Lastro Pulverizado

BRAZILIAN SECURITIES COMPANHIA DE SECURITIZAÇÃO. CRI CERTIFICADO DE RECEBÍVEL IMOBILIÁRIO Lastro Pulverizado BRAZILIAN SECURITIES COMPANHIA DE SECURITIZAÇÃO CRI CERTIFICADO DE RECEBÍVEL IMOBILIÁRIO Lastro Pulverizado 1 Brazilian Securities 8 Emissões de CRI s 8 Estrutura da Operação 8 Empresas envolvidas na Operação

Leia mais

ATIVA Corretora 2012

ATIVA Corretora 2012 ATIVA Corretora 2012 Índice Perfil Distribuição - Como Funciona - Cases Produtos Público Alvo Pós-Venda Cuidados e Riscos Legislação Perfil Há quase três décadas a ATIVA oferece serviços financeiros especializados

Leia mais

Diretor Executivo da ABECIP

Diretor Executivo da ABECIP Fontes de Recursos para o Financiamento i Imobiliário Filipe F. Pontual Diretor Executivo da ABECIP 83º ENIC São Paulo, 11 de Agosto de 2011 ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DAS ENTIDADES DE CRÉDITO IMOBILIÁRIO E

Leia mais

Insper - Instituto de Ensino e Pesquisa. Caio Marques Silvério de Oliveira

Insper - Instituto de Ensino e Pesquisa. Caio Marques Silvério de Oliveira Insper - Instituto de Ensino e Pesquisa Certificate in Financial Management CFM Caio Marques Silvério de Oliveira DIVERSIFICANDO SEUS INVESTIMENTOS: FUNDO DE INVESTIMENTO IMOBILIÁRIO OU CERTIFICADO DE

Leia mais

REIT SECURITIZADORA DE RECEBÍVEIS IMOBILIÁRIOS S.A. 1ª e 2ª SÉRIES da 1ª. EMISSÃO DE CERTIFICADOS DE RECEBÍVEIS IMOBILIÁRIOS

REIT SECURITIZADORA DE RECEBÍVEIS IMOBILIÁRIOS S.A. 1ª e 2ª SÉRIES da 1ª. EMISSÃO DE CERTIFICADOS DE RECEBÍVEIS IMOBILIÁRIOS REIT SECURITIZADORA DE RECEBÍVEIS IMOBILIÁRIOS S.A. 1ª e 2ª SÉRIES da 1ª. EMISSÃO DE CERTIFICADOS DE RECEBÍVEIS IMOBILIÁRIOS RELATÓRIO ANUAL DO AGENTE FIDUCIÁRIO EXERCÍCIO DE 2014 Rio de Janeiro, 30 de

Leia mais

SECURITIZAÇÃO NO AGRONEGÓCIO

SECURITIZAÇÃO NO AGRONEGÓCIO SECURITIZAÇÃO NO AGRONEGÓCIO ÍNDICE I. Agronegócio 1. Definição 2 2. Aspectos Econômicos 3 3. Aspectos Regulatórios 6 II. Securitização 7 1. Aspectos Gerais 2. CRI 11 III. CRA 1. Estoque 13 2. Ciclos Agrícolas

Leia mais

Renda Fixa Privada Certificado de Recebíveis do Agronegócio CRA. Certificado de Recebíveis do Agronegócio CRA

Renda Fixa Privada Certificado de Recebíveis do Agronegócio CRA. Certificado de Recebíveis do Agronegócio CRA Renda Fixa Privada Certificado de Recebíveis do Agronegócio CRA Certificado de Recebíveis do Agronegócio Instrumento de captação de recursos e de investimento no agronegócio O produto O Certificado de

Leia mais

FUNDOS IMOBILIARIOS O GUIA DEFINITIVO

FUNDOS IMOBILIARIOS O GUIA DEFINITIVO 1 FUNDOS IMOBILIARIOS O GUIA DEFINITIVO Autor: Jonatam César Gebing Abril de 2015 2 FUNDOS IMOBILIÁRIOS: O GUIA DEFINITIVO MODULO 02 FUNDOS IMOBILIÁRIOS: PORQUE INVESTIR Fundos Imobiliários, o Guia Definitivo.

Leia mais

REGULAMENTO DE REGISTRO DE EMISSORES E DE VALORES MOBILIÁRIOS CAPÍTULO I REGISTRO PARA NEGOCIAÇÃO EM BOLSA SEÇÃO I REGISTRO DE COMPANHIAS ABERTAS

REGULAMENTO DE REGISTRO DE EMISSORES E DE VALORES MOBILIÁRIOS CAPÍTULO I REGISTRO PARA NEGOCIAÇÃO EM BOLSA SEÇÃO I REGISTRO DE COMPANHIAS ABERTAS REGULAMENTO DE REGISTRO DE EMISSORES E DE VALORES MOBILIÁRIOS CAPÍTULO I REGISTRO PARA NEGOCIAÇÃO EM BOLSA SEÇÃO I REGISTRO DE COMPANHIAS ABERTAS Artigo 1º O Diretor Presidente poderá conceder o registro

Leia mais

Investimentos Imobiliários. Fundos de Investimento Imobiliário FII. Definição. Vantagens

Investimentos Imobiliários. Fundos de Investimento Imobiliário FII. Definição. Vantagens Investimentos Imobiliários A estabilidade e as perspectivas para a economia do país e para a construção civil, aliadas ao controle da inflação e às taxas de juros historicamente baixas, intensificam o

Leia mais

REIT SECURITIZADORA DE RECEBÍVEIS IMOBILIÁRIOS S.A. (Prata Forte) 3º Série da 2ª Emissão de Certificados de Recebíveis Imobiliários

REIT SECURITIZADORA DE RECEBÍVEIS IMOBILIÁRIOS S.A. (Prata Forte) 3º Série da 2ª Emissão de Certificados de Recebíveis Imobiliários REIT SECURITIZADORA DE RECEBÍVEIS IMOBILIÁRIOS S.A. (Prata Forte) 3º Série da 2ª Emissão de Certificados de Recebíveis Imobiliários ÍNDICE CARACTERÍSTICAS DOS CRI s... 3 CARACTERIZAÇÃO DA EMISSORA... 3

Leia mais

A Retomada dos Investimentos e o Mercado de Capitais Instituto IBMEC 18.08.2015

A Retomada dos Investimentos e o Mercado de Capitais Instituto IBMEC 18.08.2015 A Retomada dos Investimentos e o Mercado de Capitais Instituto IBMEC 18.08.2015 A RETOMADA DOS INVESTIMENTOS E O MERCADO DE CAPITAIS Sumário I. O MERCADO DE TÍTULOS DE DÍVIDA PRIVADA NO BRASIL II. A AGENDA

Leia mais

ETR PROPERTIES FUNDO DE INVESTIMENTO IMOBILIARIO FII CNPJ 18.259.637/0001-62 RELATÓRIO DO ADMINISTRADOR

ETR PROPERTIES FUNDO DE INVESTIMENTO IMOBILIARIO FII CNPJ 18.259.637/0001-62 RELATÓRIO DO ADMINISTRADOR ETR PROPERTIES FUNDO DE INVESTIMENTO IMOBILIARIO FII CNPJ 18.259.637/0001-62 RELATÓRIO DO ADMINISTRADOR 1º SEMESTRE/2014 1 SUMÁRIO I. DESCRIÇÃO DOS NEGÓCIOS REALIZADOS NO SEMESTRE... 3 II. PROGRAMA DE

Leia mais

TRX SECURITIZADORA DE CRÉDITOS IMOBILIÁRIOS S.A. 1ª SÉRIE da 1ª. EMISSÃO DE CERTIFICADOS DE RECEBÍVEIS IMOBILIÁRIOS

TRX SECURITIZADORA DE CRÉDITOS IMOBILIÁRIOS S.A. 1ª SÉRIE da 1ª. EMISSÃO DE CERTIFICADOS DE RECEBÍVEIS IMOBILIÁRIOS TRX SECURITIZADORA DE CRÉDITOS IMOBILIÁRIOS S.A. 1ª SÉRIE da 1ª. EMISSÃO DE CERTIFICADOS DE RECEBÍVEIS IMOBILIÁRIOS RELATÓRIO ANUAL DO AGENTE FIDUCIÁRIO EXERCÍCIO DE 2013 Rio de Janeiro, 30 de Abril de

Leia mais

Tributação do Setor Imobiliário. Ricardo Lacaz Martins

Tributação do Setor Imobiliário. Ricardo Lacaz Martins Tributação do Setor Imobiliário Ricardo Lacaz Martins Abril de 2014 Visão Geral do Mercado Imobiliário Atividades Base legal Incorporação imobiliária Lei nº 4.591/64 Loteamento Lei nº 6.766/79 Compra e

Leia mais