Nossa Estrutura. 43ª Reunião da Qualidade RS 02 de abril de 2008

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Nossa Estrutura. 43ª Reunião da Qualidade RS 02 de abril de 2008"

Transcrição

1 Nossa Estrutura 43ª Reunião da Qualidade RS 02 de abril de 2008 Tecnologia da Informação para o Desempenho da Gestão Estratégica Com case Santa Casa de Porto Alegre por Fábio Frey Matthias Schneider Diretoria de Projetos Diretoria de Negócioss

2 Planejamento Desenvolvimento Nossa Estrutura de Competências Estratégico A Evolução das Tecnologias em Gestão Após a superação de várias necessidade tecnológicas, temos hoje, o desafio de refinar e gerir os grandes volumes de informação e fomentar modelos culturais focados em aprendizado. Desenvolver Hardwares Desenvolver Softwares Criar Conectividades Gerir as Informações Aprender para Aperfeiçoar

3 Planejamento Desenvolvimento Nossa Estrutura de Competências Estratégico A Importância da Tecnologia em Gestão Empresas com processos formais e sistematizados para executar a estratégia tem desempenho claramente superior aquelas sem tais processos.

4 A Importância da Tecnologia em Gestão Nossa Estrutura Menos de 10% das estratégias efetivamente formuladas são de fato executadas. Revista Fortune Nosso problema não diz respeito à estratégia em si, mas a sua execução. Prefiro ter uma estratégia mediana e bem executada a uma brilhante mas mal conduzida. CEO BP CEO Morgan Chase Em média, as empresas só atingem 60% do desempenho financeiro prometido por suas estratégias. Harvard Business Review

5 A Importância do Aprendizado da Tecnologia na Gestão Nossa Estrutura Pesquisa 2007 CEOs USA

6 A Integração dos Sistemas Organizacionais Nossa Estrutura APLICAÇÕES ESPECÍFICAS Editores de Textos Planilhas Eletrônicas Aplicações Específicas SISTEMA DE RECURSOS HUMANOS Folha de Pagamento Controle de Férias Controle de Benefícios SISTEMA DE GESTÃO DAS ESTRATÉGIAS Gestão de Competência Gestão da Estratégia Gestão da Qualidade Governança Corporativa Controle de Processos Auditorias e Certificações SISTEMA CRM CLIENTES Gestão de Clientes Controle de Atividades Prospecções SISTEMA ERP ADM. / FINANC. Contas a Receber Contas a Pagar Controle Patrimonial Contabilidade SISTEMA DE MANUFATURA INDUSTRIAL Criação de Produtos Controle de Produção

7 Gestão da Estratégia Nossa Estrutura Tecnologias para Impulsionar o Desempenho 1 DESENVOLVER AS ESTRATÉGIAS GESTÃO DAS ESTRATÉGIAS Visão, Missão e Valores Plano Corporativo 3 GESTÃO DAS OPERAÇÕES Unidades de Negócios Áreas ou Departamentos Processos EXECUTAR A ESTRATÉGIA APRENDER E CERTIFICAR Controle Eletrônico dos Documentos Controle das Não conformidades Controle das Auditorias Certificações Six Sigma Vida Informacional 7 BSC Balanced Scorecard Elaborar a estratégia Mapas estratégicos Matriz de recursos 2 DESENVOLVER AS COMPETÊNCIAS Alinhar as Pessoas Projetos Estratégicos Planos de Ação Controle das reuniões 4 ADMINISTRAR OS RECURSOS FINANCEIROS ADMINISTRAR O DESEMPENHO Análise da Lucratividade Indicadores Desempenho Indicadores Vitais Dashboards Sistema BI 6 Alinhar às Estratégias Pesquisar o Compromisso Avaliar o Desempenho Ranking dos Profissionais Participação em Resultados Plano Orçamentário Custeio das Atividades e Tempo - TDABC ANALISAR OS RISCOS Acidentais Financeiros Operacionais Estratégicos Capital Humano 5

8 1ª Etapa - Desenvolver as Estratégias Nossa Estrutura 1 DESENVOLVER AS ESTRATÉGIAS GESTÃO DAS ESTRATÉGIAS Visão, Missão e Valores Plano Corporativo 3 GESTÃO DAS OPERAÇÕES Unidades de Negócios Áreas ou Departamentos Processos EXECUTAR A ESTRATÉGIA APRENDER E CERTIFICAR Controle Eletrônico dos Documentos Controle das Não conformidades Controle das Auditorias Certificações Six Sigma Vida Informacional 7 BSC Balanced Scorecard Elaborar a estratégia Mapas estratégicos Matriz de recursos 2 DESENVOLVER AS COMPETÊNCIAS Alinhar as Pessoas Projetos Estratégicos Planos de Ação Controle das reuniões 4 ADMINISTRAR OS RECURSOS FINANCEIROS ADMINISTRAR O DESEMPENHO Análise da Lucratividade Indicadores Desempenho Indicadores Vitais Dashboards Sistema BI 6 Alinhar às Estratégias Pesquisar o Compromisso Avaliar o Desempenho Ranking dos Profissionais Participação em Resultados Orçamentação Custeio das Atividades e Tempo - TDABC ANALISAR OS RISCOS Acidentais Financeiros Operacionais Estratégicos Capital Humano 5

9 1ª Etapa - Desenvolver as Estratégias Planejamento Nossa Estrutura Estratégico Cenários externos e internos Elabore cenários externos; Analise resultados históricos; Desenvolva as estratégias; Crie mapas estratégicos; BSC-Balanced Scorecard on-line. Mapas estratégicos Dados históricos

10 2ª Etapa - Desenvolver as Competências Nossa Estrutura 1 DESENVOLVER AS ESTRATÉGIAS GESTÃO DAS ESTRATÉGIAS Visão, Missão e Valores Plano Corporativo 3 GESTÃO DAS OPERAÇÕES Unidades de Negócios Áreas ou Departamentos Processos EXECUTAR A ESTRATÉGIA APRENDER E CERTIFICAR Controle Eletrônico dos Documentos Controle das Não conformidades Controle das Auditorias Certificações Six Sigma Vida Informacional 7 BSC Balanced Scorecard Elaborar a estratégia Mapas estratégicos Plano orçamentário Matriz de recursos 2 DESENVOLVER AS COMPETÊNCIAS Alinhar as Pessoas Projetos Estratégicos Planos de Ação Controle das reuniões 4 ADMINISTRAR OS RECURSOS FINANCEIROS ADMINISTRAR O DESEMPENHO Análise da Lucratividade Indicadores Desempenho Indicadores Vitais Dashboards Sistema BI 6 Alinhar às Estratégias Pesquisar o Compromisso Avaliar o Desempenho Ranking dos Profissionais Participação em Resultados Orçamentação Custeio das Atividades e Tempo - TDABC ANALISAR OS RISCOS Acidentais Financeiros Operacionais Estratégicos Capital Humano 5

11 Planejamento Desenvolvimento Nossa Estrutura de Competências Estratégico 2ª Etapa - Desenvolver as Competências Os colaboradores estão no centro das organizações. Eles possuem compromisso com o aprimoramento dos processos e atendimento ao mercado. Alinhe as estratégias às pessoas; Pesquise a satisfação e compromisso; Sistematize a matriz de capacitação; Implemente as disciplinas essências; Pesquisa Eletrônica com Colaboradores

12 Planejamento Desenvolvimento Nossa Estrutura de Competências Estratégico 2ª Etapa - Desenvolver as Competências As empresas, por meio de tecnologias apropriadas devem promover o aprendizado, gerir as competências, reter os talentos, para aumentar a expertise. Meça o desempenho por área/cargo/pessoa; Implemente e-learning; Faça ranking de profissionais; Crie banco de talentos; Valorize com participação nos resultado; Desenvolvimento 0 Comercial Produtos Administração 100

13 3ª Etapa - Executar as Estratégias Nossa Estrutura 1 DESENVOLVER AS ESTRATÉGIAS GESTÃO DAS ESTRATÉGIAS Visão, Missão e Valores Plano Corporativo 3 GESTÃO DAS OPERAÇÕES Unidades de Negócios Áreas ou Departamentos Processos EXECUTAR A ESTRATÉGIA APRENDER E CERTIFICAR Controle Eletrônico dos Documentos Controle das Não conformidades Controle das Auditorias Certificações Six Sigma Vida Informacional 7 BSC Balanced Scorecard Elaborar a estratégia Mapas estratégicos Plano orçamentário Matriz de recursos 2 DESENVOLVER AS COMPETÊNCIAS Alinhar as Pessoas Projetos Estratégicos Planos de Ação Controle das reuniões 4 ADMINISTRAR OS RECURSOS FINANCEIROS ADMINISTRAR O DESEMPENHO Análise da Lucratividade Indicadores Desempenho Indicadores Vitais Dashboards Sistema BI 6 Alinhar às Estratégias Pesquisar o Compromisso Avaliar o Desempenho Ranking dos Profissionais Participação em Resultados Orçamentação Custeio das Atividades e Tempo - TDABC ANALISAR OS RISCOS Acidentais Financeiros Operacionais Estratégicos Capital Humano 5

14 Indicadores de Planejamento Nossa Desempenho Estrutura Estratégico 3ª Etapa - Alinhar as Estratégias Alinhe os funcionários para que todos se envolvam com a estratégia. Robert Kaplan Alinhe as estratégias às áreas/equipes; Estruture cascata de mapas estratégicos; Unidades de Negócios Departamentos Corporativo

15 Indicadores de Planejamento Nossa Desempenho Estrutura Estratégico 3ª Etapa - Divulgar as Estratégias Comunique intensamente; Utilize canais diferentes para divulgação da estratégia; Reunião com colaboradores Intranet Informativos s a gerentes Conversas informais Sistema de Gestão

16 Indicadores de Planejamento Nossa Desempenho Estrutura Estratégico 3ª Etapa - Executar as Estratégias Crie projetos estruturados para as estratégias; Crie planos de ação operacionais; Monitore a performance com indicadores de desempenho. Para garantir a eficácia desta ação, o que temos que medir?

17 4ª Etapa - Administrar os Recursos Nossa Estrutura 1 DESENVOLVER AS ESTRATÉGIAS GESTÃO DAS ESTRATÉGIAS Visão, Missão e Valores Plano Corporativo 3 GESTÃO DAS OPERAÇÕES Unidades de Negócios Áreas ou Departamentos Processos EXECUTAR A ESTRATÉGIA APRENDER E CERTIFICAR Controle Eletrônico dos Documentos Controle das Não conformidades Controle das Auditorias Certificações Six Sigma Vida Informacional 7 BSC Balanced Scorecard Elaborar a estratégia Mapas estratégicos Plano orçamentário Matriz de recursos 2 DESENVOLVER AS COMPETÊNCIAS Alinhar as Pessoas Projetos Estratégicos Planos de Ação Controle das reuniões 4 ADMINISTRAR OS RECURSOS FINANCEIROS ADMINISTRAR O DESEMPENHO Análise da Lucratividade Indicadores Desempenho Indicadores Vitais Dashboards Sistema BI 6 Alinhar às Estratégias Pesquisar o Compromisso Avaliar o Desempenho Ranking dos Profissionais Participação em Resultados Orçamentação Custeio das Atividades e Tempo - TDABC ANALISAR OS RISCOS Acidentais Financeiros Operacionais Estratégicos Capital Humano 5

18 4ª Etapa - Administrar os Recursos Planejamento Nossa Estrutura Estratégico Crie plano Orçamentário; Elabore Matriz de Recursos; Recursos financeiros Recursos não financeiros

19 4ª Etapa - TDABC Indicadores de Planejamento Nossa Desempenho Estrutura Estratégico Custeio Baseado em Atividade e Tempo Transforme o aumento do faturamento almejado pela estratégia na previsão de vendas do trimestre seguinte; Elabore planos detalhados de vendas e operações; Ponha em prática um modelo TDABC, usando as projeções de vendas e os planos operacionais para prever os recursos necessários (pessoas, equipamentos, tecnologias, espaço) para cumprir o plano estratégico; Elabore uma previsão (orçamento) dos gastos operacionais e de capital do período seguinte; Calcule a lucratividade pro forma, com desmembramento detalhado por produto, cliente, canal e região.

20 4ª Etapa - TDABC Indicadores de Planejamento Nossa Desempenho Estrutura Estratégico Exemplo: o relatório mostra o tempo necessário para executar as três atividades: custo dos recursos; capacidade fornecida; capacidade utilizada. Atividade Quantidade Unidade de Tempo Tempo Total Custo Unitário Custo Total 1) Processar pedidos dos clientes R$ 7,20 R$ ,00 2) Lidar com dúvidas dos clientes R$ 39,60 R$ ,00 3) Analisar crédito dos clientes R$ 45,00 R$ ,00 Capacidade utilizada - 94,2% R$ ,00 Capacidade nao utilizada - 5,8% R$ ,00 Total R$ ,00

21 5ª Etapa - Administrar os Riscos Nossa Estrutura 1 DESENVOLVER AS ESTRATÉGIAS GESTÃO DAS ESTRATÉGIAS Visão, Missão e Valores Plano Corporativo 3 GESTÃO DAS OPERAÇÕES Unidades de Negócios Áreas ou Departamentos Processos EXECUTAR A ESTRATÉGIA APRENDER E CERTIFICAR Controle Eletrônico dos Documentos Controle das Não conformidades Controle das Auditorias Certificações Six Sigma Vida Informacional 7 BSC Balanced Scorecard Elaborar a estratégia Mapas estratégicos Plano orçamentário Matriz de recursos 2 DESENVOLVER AS COMPETÊNCIAS Alinhar as Pessoas Projetos Estratégicos Planos de Ação Controle das reuniões 4 ADMINISTRAR OS RECURSOS FINANCEIROS ADMINISTRAR O DESEMPENHO Análise da Lucratividade Indicadores Desempenho Indicadores Vitais Dashboards Sistema BI 6 Alinhar às Estratégias Pesquisar o Compromisso Avaliar o Desempenho Ranking dos Profissionais Participação em Resultados Orçamentação Custeio das Atividades e Tempo - TDABC ANALISAR OS RISCOS Acidentais Financeiros Operacionais Estratégicos Capital Humano 5

22 Indicadores de Planejamento Nossa Desempenho Estrutura Estratégico 5ª Etapa - Administrar os Riscos a) Quais são os maiores riscos estratégicos que podem comprometer o modelo de negócio? b) Quais as contramedidas? Categorias Estratégias Operações Finanças Acidentes Riscos Marca Transformação Tecnológica Crise Econômica no Setor Projetos Fatores de Risco Pirataria Obsolecência de Produto Variáveis Utilizadas Capital Humano Ambientais Logística Demanda Falta de Recursos

23 Indicadores de Planejamento Nossa Desempenho Estrutura Estratégico 5ª Etapa - Administrar os Riscos Recursos de tecnologia ajudam a sistematizar os processos de gestão dos riscos. Mapeamento dos Processos Auditorias Auditorias Impactos e Probabilidades dos Riscos Ações Ações Preventivas Preventivas e Corretivas Corretivas

24 6ª Etapa - Indicadores de Desempenho Nossa Estrutura 1 DESENVOLVER AS ESTRATÉGIAS GESTÃO DAS ESTRATÉGIAS Visão, Missão e Valores Plano Corporativo 3 GESTÃO DAS OPERAÇÕES Unidades de Negócios Áreas ou Departamentos Processos EXECUTAR A ESTRATÉGIA APRENDER E CERTIFICAR Controle Eletrônico dos Documentos Controle das Não conformidades Controle das Auditorias Certificações Six Sigma Vida Informacional 7 BSC Balanced Scorecard Elaborar a estratégia Mapas estratégicos Plano orçamentário Matriz de recursos 2 DESENVOLVER AS COMPETÊNCIAS Alinhar as Pessoas Projetos Estratégicos Planos de Ação Controle das reuniões 4 ADMINISTRAR OS RECURSOS FINANCEIROS ADMINISTRAR O DESEMPENHO Análise da Lucratividade Indicadores Desempenho Indicadores Vitais Dashboards Sistema BI 6 Alinhar às Estratégias Pesquisar o Compromisso Avaliar o Desempenho Ranking dos Profissionais Participação em Resultados Orçamentação Custeio das Atividades e Tempo - TDABC ANALISAR OS RISCOS Acidentais Financeiros Operacionais Estratégicos Capital Humano 5

25 Indicadores de Planejamento Nossa Desempenho Estrutura Estratégico 6ª Etapa - Indicadores de Desempenho Crie vínculos entre os objetivos estratégicos e os fatores críticos de sucesso e indicadores de desempenho. Objetivos estratégicos Ser ágil e eficaz na elaboração de soluções para os clientes Fatores críticos de sucesso PRESERVAR INCESSANTEMENTE A INOVAÇÃO EM NOSSAS LINHAS DE PRODUTOS ENTENDER A FUNDO NOSSOS MERCADOS E SEUS SEGMENTOS-ALVO TER UM PROCESSO CONTÍNUO DE MONITORAÇÃO DO DESEMPENHO DE NOSSOS PRODUTOS Indicadores desempenho N.Idéias Protegidas Qtde. Propostas % Produtos OK Processos TESTE DE NOVAS IDÉIAS ELABORAÇÃO DE PROPOSTAS VENDAS E AVALIAÇÃO DOS PRODUTOS /trabalheconosco

26 Indicadores de Planejamento Nossa Desempenho Estrutura Estratégico 6ª Etapa - Dashboards Os dashboards articulam o elo crucial entre a gestão da estratégia e a gestão das operações. Robert Kaplan

27 Indicadores de Planejamento Nossa Desempenho Estrutura Estratégico 6ª Etapa - Dashboards Objetivo vinculado ao processo Processo vinculado a métricas Mapa Estratégico Mapa de Processo-chave Dashboard de Controle Identifique os processos operacionais que são fundamentais para executar a estratégia e gerencie-os usando modelos analíticos, não instintos; Os modelos analíticos identificam os direcionadores de um processo que são exibidos em dashboards; Os direcionadores incluem não só metricas financeiras, mas também indicadoreschave operacionais, ambientais, demográficos e situacionais.

28 Indicadores de Planejamento Nossa Desempenho Estrutura Estratégico 6ª Etapa - Dashboards Painéis de controle personalizados e dinâmicos demonstram o real desempenho da organização de forma ágil e segura. Fonte: SA

29 7ª Etapa - Aprender e Certificar Nossa Estrutura 1 DESENVOLVER AS ESTRATÉGIAS GESTÃO DAS ESTRATÉGIAS Visão, Missão e Valores Plano Corporativo 3 GESTÃO DAS OPERAÇÕES Unidades de Negócios Áreas ou Departamentos Processos EXECUTAR A ESTRATÉGIA APRENDER E CERTIFICAR Controle Eletrônico dos Documentos Controle das Não conformidades Controle das Auditorias Certificações Six Sigma Vida Informacional 7 BSC Balanced Scorecard Elaborar a estratégia Mapas estratégicos Plano orçamentário Matriz de recursos 2 DESENVOLVER AS COMPETÊNCIAS Alinhar as Pessoas Projetos Estratégicos Planos de Ação Controle das reuniões 4 ADMINISTRAR OS RECURSOS FINANCEIROS ADMINISTRAR O DESEMPENHO Análise da Lucratividade Indicadores Desempenho Indicadores Vitais Dashboards Sistema BI 6 Alinhar às Estratégias Pesquisar o Compromisso Avaliar o Desempenho Ranking dos Profissionais Participação em Resultados Orçamentação Custeio das Atividades e Tempo - TDABC ANALISAR OS RISCOS Acidentais Financeiros Operacionais Estratégicos Capital Humano 5

30 Indicadores de Planejamento Nossa Desempenho Estrutura Estratégico 7ª Etapa - Aprender e Certificar Previnir de futuros resultados indesejáveis aprendendo com a análise criteriosa das causas dos erros e falhas. Garantir a expertise dos processos por meio de certificações. Controle e distribua de forma eletrônica os documentos; Efetue certificações dos processos; Utilize recursos de análise e melhoria de processo;

31 Indicadores de Planejamento Nossa Desempenho Estrutura Estratégico 6a. Etapa - Preservar a Vida Informacional Controlar o risco para não desaparecer a cultura e boas práticas da gestão. Mantenha dados históricos; Aprimore a expertise dos processos; Forme capital intelectual - Know-how; Preserve a cultura organizacional; Informação Expertise +

32 Nossa Estrutura

33 Nossa Estrutura

34 Nossa Estrutura

35 Nossa Estrutura

36 Nossa Estrutura

37 Nossa Estrutura

38 Nossa Estrutura

39 Nossa Estrutura

40 Nossa Estrutura

41 Nossa Estrutura

42 Nossa Estrutura

43 Nossa Estrutura

44 Nossa Estrutura

45 Nossa Estrutura

46 Nossa Estrutura

47 Nossa Estrutura

48 Nossa Estrutura

49 Nossa Estrutura

50 Nossa Estrutura

51 Nossa Estrutura

52 Nossa Estrutura

53 Nossa Estrutura

54 Nossa Estrutura

55 Nossa Estrutura Case Complexo Hospitalar Santa Casa INTERACT SOLUTIONS CONTATOS: Fábio André Frey Diretoria de Projetos Matthias Schneider Diretoria de Negócios Complexo Hospitalar Santa Casa Paulo Cezar de S. Rodrigues Equipe do Escritório da Qualidade

Interact Solutions Apresentação do SA-Performance Manager. Por: Anderson Pereira Diretor de Negócios Unidade Excellence

Interact Solutions Apresentação do SA-Performance Manager. Por: Anderson Pereira Diretor de Negócios Unidade Excellence Interact Solutions Apresentação do SA-Performance Manager Por: Anderson Pereira Diretor de Negócios Unidade Excellence Interact Group Fundação: agosto / 1999 80 Colaboradores diretos 85 Colaboradores nas

Leia mais

Balanced Scorecard. by Edmilson J. Rosa

Balanced Scorecard. by Edmilson J. Rosa Balanced Scorecard Balanced Scorecard O Balanced Scorecard, sistema de medição de desempenho das empresas, foi criado por Robert Kaplan e David Norton, professores da Harvard Business School. Tendo como

Leia mais

Balanced Scorecard Construção e execução

Balanced Scorecard Construção e execução Balanced Scorecard Construção e execução 1 Apresentação Executivo por mais de 30 anos, ocupou cargos de diretor, direção geral e de conselheiro em empresas multinacionais e nacionais de médio e grande

Leia mais

PROJETO UTILIZANDO QLIKVIEW PARA ESTUDO / SIMULAÇÃO DE INDICADORES

PROJETO UTILIZANDO QLIKVIEW PARA ESTUDO / SIMULAÇÃO DE INDICADORES PROJETO UTILIZANDO QLIKVIEW PARA ESTUDO / SIMULAÇÃO DE INDICADORES Fábio S. de Oliveira 1 Daniel Murara Barcia 2 RESUMO Gerenciar informações tem um sido um grande desafio para as empresas diante da competitividade

Leia mais

Balanced Scorecard BSC. O que não é medido não é gerenciado. Medir é importante? Também não se pode medir o que não se descreve.

Balanced Scorecard BSC. O que não é medido não é gerenciado. Medir é importante? Também não se pode medir o que não se descreve. Balanced Scorecard BSC 1 2 A metodologia (Mapas Estratégicos e Balanced Scorecard BSC) foi criada por professores de Harvard no início da década de 90, e é amplamente difundida e aplicada com sucesso em

Leia mais

Balanced Scorecard JAIME JOSÉ VELOSO

Balanced Scorecard JAIME JOSÉ VELOSO Balanced Scorecard JAIME JOSÉ VELOSO Wikipédia Balanced Scorecard (BSC) é uma metodologia de medição e gestão de desempenho desenvolvida pelos professores da Harvard Business School (HBS) Robert Kaplan

Leia mais

MAIS RENTABILIDADE, SEGURANÇA E AGILIDADE NA GESTÃO DE SEUS CONTRATOS, PROJETOS E SERVIÇOS.

MAIS RENTABILIDADE, SEGURANÇA E AGILIDADE NA GESTÃO DE SEUS CONTRATOS, PROJETOS E SERVIÇOS. MAIS RENTABILIDADE, SEGURANÇA E AGILIDADE NA GESTÃO DE SEUS CONTRATOS, PROJETOS E SERVIÇOS. SANKHYA. A nova geração de ERP Inteligente. Atuando no mercado brasileiro desde 1989 e alicerçada pelos seus

Leia mais

Gestão Estratégica da Informação

Gestão Estratégica da Informação Valorizando o Rio de Janeiro Gestão Estratégica da Informação Visão e Aplicações Palestrante: Prof.: Marcelo Almeida Magalhães "Many of us underestimated just how fast business process modeling would become

Leia mais

Módulo 2. Origem do BSC, desdobramento do BSC, estrutura e processo de criação do BSC, gestão estratégica e exercícios

Módulo 2. Origem do BSC, desdobramento do BSC, estrutura e processo de criação do BSC, gestão estratégica e exercícios Módulo 2 Origem do BSC, desdobramento do BSC, estrutura e processo de criação do BSC, gestão estratégica e exercícios Origem do BSC Cenário Competitivos CONCORRENTE A CONCORRENTE C VISÃO DE FUTURO ESTRATÉGIA

Leia mais

Gestão de Performance por KPIs

Gestão de Performance por KPIs Gestão de Performance por KPIs Henrique Brodbeck Diretor, Brodbeck Consultores em Informática Henrique Brodbeck Brodbeck Consultores em Informática e UFRGS Business Intelligence - BI Termo guarda-chuva

Leia mais

Colaboração nas Empresas SPT SIG Aplicações Empresariais

Colaboração nas Empresas SPT SIG Aplicações Empresariais Capítulo 3: Sistemas de Apoio Gerenciais Colaboração nas Empresas SPT SIG Aplicações Empresariais Objetivos do Capítulo Explicar como os SI empresariais podem apoiar as necessidades de informação de executivos,

Leia mais

Sistemas Empresariais. Capítulo 3: Sistemas de Negócios. Colaboração SPT SIG

Sistemas Empresariais. Capítulo 3: Sistemas de Negócios. Colaboração SPT SIG Capítulo 3: Sistemas de Negócios Colaboração SPT SIG Objetivos do Capítulo Explicar como os SI empresariais podem apoiar as necessidades de informação de executivos, gerentes e profissionais de empresas.

Leia mais

MBA EM GERENCIAMENTO DE PROJETOS. 1 Prof. Martius v. Rodriguez y Rodriguez, pdsc.

MBA EM GERENCIAMENTO DE PROJETOS. 1 Prof. Martius v. Rodriguez y Rodriguez, pdsc. MBA EM GERENCIAMENTO DE PROJETOS 1 Prof. Martius v. Rodriguez y Rodriguez, pdsc. PRINCÍPIOS ANÁLISE ESTRATÉGICA (FOfA) BALANCED SCORECARD (BSC) EVOLUÇÃO DO PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO. ESCOLAS DE PENSAMENTO

Leia mais

Como tudo começou...

Como tudo começou... Gestão Estratégica 7 Implementação da Estratégica - BSC Prof. Dr. Marco Antonio Pereira pereira@marco.eng.br Como tudo começou... 1982 In Search of Excellence (Vencendo a Crise) vendeu 1.000.000 de livros

Leia mais

Alinhamento entre Estratégia e Processos

Alinhamento entre Estratégia e Processos Fabíola Azevedo Grijó Superintendente Estratégia e Governança São Paulo, 05/06/13 Alinhamento entre Estratégia e Processos Agenda Seguros Unimed Modelo de Gestão Integrada Kaplan & Norton Sistema de Gestão

Leia mais

DOW BUSINESS SERVICES Diamond Value Chain Consulting

DOW BUSINESS SERVICES Diamond Value Chain Consulting DOW BUSINESS SERVICES Diamond Value Chain Consulting Soluções personalizadas para acelerar o crescimento do seu negócio Estratégia Operacional Projeto e Otimização de Redes Processos de Integração Eficácia

Leia mais

MAIS AGILIDADE, CONTROLE E RENTABILIDADE NA SUA CONSTRUTORA E INCORPORADORA.

MAIS AGILIDADE, CONTROLE E RENTABILIDADE NA SUA CONSTRUTORA E INCORPORADORA. MAIS AGILIDADE, CONTROLE E RENTABILIDADE NA SUA CONSTRUTORA E INCORPORADORA. SANKHYA. A nova geração de ERP Inteligente. Atuando no mercado brasileiro desde 1989 e alicerçada pelos seus valores e princípios,

Leia mais

COBIT. Governança de TI. Juvenal Santana, PMP tecproit.com.br

COBIT. Governança de TI. Juvenal Santana, PMP tecproit.com.br COBIT Governança de TI Juvenal Santana, PMP tecproit.com.br Sobre mim Juvenal Santana Gerente de Projetos PMP; Cobit Certified; ITIL Certified; OOAD Certified; 9+ anos de experiência em TI; Especialista

Leia mais

Execução da Estratégia e Alinhamento Organizacional. JOSÉ SILVA BARBOSA Secretário de Gestão Estratégica

Execução da Estratégia e Alinhamento Organizacional. JOSÉ SILVA BARBOSA Secretário de Gestão Estratégica Execução da Estratégia e Alinhamento Organizacional JOSÉ SILVA BARBOSA Secretário de Gestão Estratégica SET/2010 Quem Somos? Criação: Lei nº 8.430/92, 8 de junho de 1992 Varas do Trabalho: 26 Varas Itinerantes:

Leia mais

O FUTURO DA SUA EMPRESA PASSA POR AQUI OMNES TECNOLOGIA

O FUTURO DA SUA EMPRESA PASSA POR AQUI OMNES TECNOLOGIA O FUTURO DA SUA EMPRESA PASSA POR AQUI OMNES TECNOLOGIA Como tudo começou GIDEONI SILVA CONSULTOR BI & CRM Analista de Sistemas e Green Belt Six Sigma Experiência de 15 anos em projetos executados de Business

Leia mais

SOFTWARE DE GESTÃO ESTRATÉGICA STRATEC INFORMÁTICA

SOFTWARE DE GESTÃO ESTRATÉGICA STRATEC INFORMÁTICA SOFTWARE DE GESTÃO ESTRATÉGICA STRATEC INFORMÁTICA Parceria: Consultoria em Gestão Estratégica - TOTEM Talentos e Software de Gestão - Stratec Escolha Empresariais: Muitos Caminhos Possíveis! Andar por

Leia mais

Gestão eficaz de pessoas melhorando a produtividade, qualidade e resultados organizacionais. Mário Ibide

Gestão eficaz de pessoas melhorando a produtividade, qualidade e resultados organizacionais. Mário Ibide Gestão eficaz de pessoas melhorando a produtividade, qualidade e resultados organizacionais. Mário Ibide A Nova América na vida das pessoas 8 Cultural Empresarial Missão Do valor do campo ao campo de valor

Leia mais

Ementa do MBA Executivo em Gestão Empresarial com ênfase em Locação de Equipamento Turma: SINDILEQ

Ementa do MBA Executivo em Gestão Empresarial com ênfase em Locação de Equipamento Turma: SINDILEQ Um jeito Diferente, Inovador e Prático de fazer Educação Corporativa Ementa do MBA Executivo em Gestão Empresarial com ênfase em Locação de Equipamento Turma: SINDILEQ Objetivo: Auxiliar o desenvolvimento

Leia mais

Fundação Habitacional do Exército. José Ricardo GODINHO Rodrigues

Fundação Habitacional do Exército. José Ricardo GODINHO Rodrigues Fundação Habitacional do Exército José Ricardo GODINHO Rodrigues MAPEAMENTO E MELHORIA DE PROCESSOS A 18 de Fundação novembro 1980 POUPEX Habitacional Lei nº. 6.855 Instituição Criada pela pública FHE

Leia mais

PLANO ESTRATÉGICO 2015 2018 REVISÃO 4.0 DE 09/09/2015

PLANO ESTRATÉGICO 2015 2018 REVISÃO 4.0 DE 09/09/2015 PLANO ESTRATÉGICO 2015 2018 REVISÃO 4.0 DE 09/09/2015 Líderes : Autores do Futuro Ser líder de um movimento de transformação organizacional é um projeto pessoal. Cada um de nós pode escolher ser... Espectador,

Leia mais

ACERTE NOS INDICADORES DE DESEMPENHO SOB A ÓTICA DO BALANCED SCORECARD. BRUNO VALIM ITIL, COBIT, MCST, HDI-SCTL www.brunovalim.com.

ACERTE NOS INDICADORES DE DESEMPENHO SOB A ÓTICA DO BALANCED SCORECARD. BRUNO VALIM ITIL, COBIT, MCST, HDI-SCTL www.brunovalim.com. ACERTE NOS INDICADORES DE DESEMPENHO SOB A ÓTICA DO BALANCED SCORECARD BRUNO VALIM ITIL, COBIT, MCST, HDI-SCTL O que torna o homem diferente dos outros animais é a habilidade de OBSERVAR, MEDIR, ANALISAR

Leia mais

Consultoria Estratégica. PMSolution Consultoria

Consultoria Estratégica. PMSolution Consultoria PMSolution Consultoria Nossa Atuação Cliente Governança Corporativa Governança de TI Áreas de Conhecimento Consultoria Estratégica Gerenciamento de Projetos e Portfólio Tecnologia Capacitação Confidencial

Leia mais

CIGAM SOFTWARE CORPORATIVA LTDA.

CIGAM SOFTWARE CORPORATIVA LTDA. CIGAM SOFTWARE CORPORATIVA LTDA. Raquel Engeroff Neusa Cristina Schnorenberger Novo Hamburgo RS Vídeo Institucional Estratégia Visão Missão Ser uma das 5 maiores empresas de software de gestão empresarial

Leia mais

Bibliografia. A Estratégia em Ação. Kaplan e Norton na Prática. David Norton e Robert Kaplan Editora Campus

Bibliografia. A Estratégia em Ação. Kaplan e Norton na Prática. David Norton e Robert Kaplan Editora Campus Balanced Scoredcard Bibliografia A Estratégia em Ação David Norton e Robert Kaplan Editora Campus Kaplan e Norton na Prática David Norton e Robert Kaplan Editora Campus GESTÃO ESTRATÉGICA GESTÃO DA QUALIDADE

Leia mais

Soluções em Tecnologia e Sistemas para Gestão de Negócios

Soluções em Tecnologia e Sistemas para Gestão de Negócios Soluções em Tecnologia e Sistemas para Gestão de Negócios Criamos informação e conhecimento, através de nossa suíte de soluções em Tecnologia e Sistemas para Gestão de Negócios, ajudando as pessoas a tomarem

Leia mais

RDPG - Programa de Desenvolvimento da Liderança com foco nas Estratégias

RDPG - Programa de Desenvolvimento da Liderança com foco nas Estratégias RDPG - Programa de Desenvolvimento da Liderança com foco nas Estratégias A. A OPORTUNIDADE A.1 Qual foi a oportunidade de melhoria de gestão (problema, desafio, dificuldade), solucionada pela prática

Leia mais

Gestão de TI. Aula 10 - Prof. Bruno Moreno 30/06/2011

Gestão de TI. Aula 10 - Prof. Bruno Moreno 30/06/2011 Gestão de TI Aula 10 - Prof. Bruno Moreno 30/06/2011 Aula passada... Gestão do Conhecimento 08:46 2 Aula de Hoje... BI Apresentação do artigo IT doesn t matter Debate 08:48 3 Caso da Toyota Toyota Motor

Leia mais

Gestão estratégica em finanças

Gestão estratégica em finanças Gestão estratégica em finanças Resulta Consultoria Empresarial Gestão de custos e maximização de resultados A nova realidade do mercado tem feito com que as empresas contratem serviços especializados pelo

Leia mais

Ges tão Estra tégica: 3 - I m plantaç ão

Ges tão Estra tégica: 3 - I m plantaç ão Todos gostamos de belas palavras, porém poucos de nós as transformam em atos (Sun Tzu) INTRODUÇÃO Se oferecermos a um piloto de avião, duas aeronaves distintas para ele voar, qual delas escolheria? (i)

Leia mais

Gestão Estratégica e o Balanced Scorecard

Gestão Estratégica e o Balanced Scorecard Tribunal Regional do Trabalho da 23ª Região (http://www.trt23.jus.br) Gestão Estratégica e o Balanced Scorecard José Silva Barbosa Assessor de Planejamento e Gestão Setembro/2009 Objetivos Apresentar a

Leia mais

ESPECIAL BALANCED SCORECARD IDIOMAS. Tel. 55 11 3862 1421 atendimento@bird.com.br www.bird.com.br

ESPECIAL BALANCED SCORECARD IDIOMAS. Tel. 55 11 3862 1421 atendimento@bird.com.br www.bird.com.br ESPECIAL BALANCED SCORECARD IDIOMAS Tel. 55 11 3862 1421 atendimento@bird.com.br d b www.bird.com.br BSC Balanced Scorecard vs. BSC-i Balanced Scorecard para Idiomas O Estado de S. Paulo, caderno Negócios,

Leia mais

LMA, Solução em Sistemas

LMA, Solução em Sistemas LMA, Solução em Sistemas Ao longo dos anos os sistemas para gestão empresarial se tornaram fundamentais, e por meio dessa ferramenta as empresas aperfeiçoam os processos e os integram para uma gestão mais

Leia mais

C l a s s S e r v i c e P r o v i d e r

C l a s s S e r v i c e P r o v i d e r G l o b a l C l a s s S e r v i c e P r o v i d e r v.1.8 de 14/07/2010 1 1993: fundada como Integradora de Sistemas 2009: reconhecida Inteligência em Projetos 16 anos de realizações: + 350 projetos no

Leia mais

GESTÃO CORPORATIVA - DGE

GESTÃO CORPORATIVA - DGE GESTÃO CORPORATIVA Heleni de Mello Fonseca Diretoria de Gestão Empresarial - DGE Apresentador: Lauro Sérgio Vasconcelos David Belo Horizonte, 29 de maio de 2006 1 AGENDA Direcionamento Estratégico Iniciativas

Leia mais

Programa do Curso de Pós-Graduação Lato Sensu MBA em Business Intelligence (BI)

Programa do Curso de Pós-Graduação Lato Sensu MBA em Business Intelligence (BI) Programa do Curso de Pós-Graduação Lato Sensu MBA em Business Intelligence (BI) Apresentação O programa de Pós-graduação Lato Sensu em Business Intelligence Inteligência Competitiva tem por fornecer conhecimento

Leia mais

Os novos usos da tecnologia da informação na empresa

Os novos usos da tecnologia da informação na empresa Os novos usos da tecnologia da informação na empresa Internet promoveu: Transformação Novos padrões de funcionamento Novas formas de comercialização. O maior exemplo desta transformação é o E- Business

Leia mais

Fundação Habitacional do Exército. José Ricardo GODINHO Rodrigues

Fundação Habitacional do Exército. José Ricardo GODINHO Rodrigues Fundação Habitacional do Exército José Ricardo GODINHO Rodrigues MAPEAMENTO E MELHORIA DE PROCESSOS Caso de sucesso na Fundação Habitacional do Exército FHE Desafios e lições aprendidas Resultados gerados

Leia mais

Melhores práticas no planejamento de recursos humanos

Melhores práticas no planejamento de recursos humanos Melhores práticas no planejamento de recursos humanos Planejamento Performance Dashboard Plano de ação Relatórios Indicadores Preparando a força de trabalho para o futuro Planejamento de recursos humanos

Leia mais

Aplicação para a norma ISO 9001 e Balanced Scorecard

Aplicação para a norma ISO 9001 e Balanced Scorecard Curso e-learning Como criar e usar Indicadores de Desempenho Aplicação para a norma ISO 9001 e Balanced Scorecard Todos os direitos de cópia reservados. Não é permitida a distribuição física ou eletrônica

Leia mais

Planejamento Estratégico de TI. Prof.: Fernando Ascani

Planejamento Estratégico de TI. Prof.: Fernando Ascani Planejamento Estratégico de TI Prof.: Fernando Ascani Ementa Conceitos básicos de informática; evolução do uso da TI e sua influência na administração; benefícios; negócios na era digital; administração

Leia mais

Módulo 6. Detalhamento do desenvolvimento de objetivos, metas e indicadores para o BSC, o Balanced Scorecard pessoal e exemplos

Módulo 6. Detalhamento do desenvolvimento de objetivos, metas e indicadores para o BSC, o Balanced Scorecard pessoal e exemplos Módulo 6 Detalhamento do desenvolvimento de objetivos, metas e indicadores para o BSC, o Balanced Scorecard pessoal e exemplos A organização traduzindo a missão em resultados Missão Por que existimos?

Leia mais

O que é Balanced Scorecard?

O que é Balanced Scorecard? O que é Balanced Scorecard? A evolução do BSC de um sistema de indicadores para um modelo de gestão estratégica Fábio Fontanela Moreira Luiz Gustavo M. Sedrani Roberto de Campos Lima O que é Balanced Scorecard?

Leia mais

Difusão de Rede de. Conseguir equilíbrio orçamentário. Aumentar superávit com iniciativas e projetos

Difusão de Rede de. Conseguir equilíbrio orçamentário. Aumentar superávit com iniciativas e projetos MISSÃO Missão: Aperfeiçoar e difundir conceitos e práticas do uso de recursos privados para o desenvolvimento do bem comum VISÃO Ser referência global em investimento social privado até 2020 do Cliente

Leia mais

Balanced Scorecard INTRODUÇÃO

Balanced Scorecard INTRODUÇÃO Balanced Scorecard Transformando a teoria em prática Nairson de Oliveira Drª Rosemeire Guzzi Sampaulo INTRODUÇÃO Somente 10% das empresas conseguem executar suas estratégias Fortune Na maioria dos fracassos

Leia mais

Qualificação Profissional por Certificação Internacional Análise de Processo CMM Nível 2 na IVIA

Qualificação Profissional por Certificação Internacional Análise de Processo CMM Nível 2 na IVIA Qualificação Profissional por Certificação Internacional Análise de Processo CMM Nível 2 na IVIA Setembro de 2005 Edgy Paiva Diretor de Projetos edgy.paiva@ivia.com.br Tel: (85) 3264 47 47 Apresentação

Leia mais

Miguel de Paula. Gente, Gestão e Serviços

Miguel de Paula. Gente, Gestão e Serviços Miguel de Paula Gente, Gestão e Serviços Provendo Serviços e Talentos 2 Estrutura GENTE, GESTÃO E SERVIÇOS SERVIÇOS COMPARTILHADOS TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO GESTÃO GENTE Serviços Acadêmicos Serviços Financeiros

Leia mais

Medição de Desempenho de Processos

Medição de Desempenho de Processos Medição de Desempenho de Processos Leandro Jesus VP Associações ABPMP Brasil as.abpmp.br@gmail.com 21 25615619 21 99790945 O Palestrante Leandro Jesus: Sócio-Diretor da ELO Group, consultoria especializada

Leia mais

Líder em consultoria no agronegócio

Líder em consultoria no agronegócio MPRADO COOPERATIVAS mprado.com.br COOPERATIVAS 15 ANOS 70 Consultores 25 Estados 300 cidade s 500 clientes Líder em consultoria no agronegócio 3. Gestão empresarial 3.1 Gestão empresarial Objetivo: prover

Leia mais

PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO (BALANCED SCORECARD - BSC) 2010 2014. Fone: (47) 433.2351 www.simpesc.org.br

PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO (BALANCED SCORECARD - BSC) 2010 2014. Fone: (47) 433.2351 www.simpesc.org.br PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO (BALANCED SCORECARD - BSC) 2010 2014 Sumário - Desafios das Organizações - Histórico do Trabalho - Breve Conceituação BSC - Apresentação do Mapa Estratégico - Objetivos Estratégicos

Leia mais

Organização Orientada para a Estratégia (Kaplan & Norton) Transformando a Estratégia em tarefa cotidiana de todos

Organização Orientada para a Estratégia (Kaplan & Norton) Transformando a Estratégia em tarefa cotidiana de todos Organização Orientada para a Estratégia (Kaplan & Norton) Transformando a Estratégia em tarefa cotidiana de todos Revisão Organizações focalizadas na estratégia: Traduzir a estratégia em termos operacionais;

Leia mais

Gerenciamento Estratégico e EHS Uma parceria que dá certo

Gerenciamento Estratégico e EHS Uma parceria que dá certo Gerenciamento Estratégico e EHS Uma parceria que dá certo INTRODUÇÃO O Balanced Scorecard (BSC) é uma metodologia desenvolvida para traduzir, em termos operacionais, a Visão e a Estratégia das organizações

Leia mais

IBM Cognos Business Intelligence Scorecarding

IBM Cognos Business Intelligence Scorecarding IBM Cognos Business Intelligence Scorecarding Unindo a estratégia às operações com sucesso Visão Geral O Scorecarding oferece uma abordagem comprovada para comunicar a estratégia de negócios por toda a

Leia mais

Infor ERP SyteLine Visão Geral. Edgar Eler Arquiteto de Sistemas

Infor ERP SyteLine Visão Geral. Edgar Eler Arquiteto de Sistemas Infor ERP SyteLine Visão Geral Edgar Eler Arquiteto de Sistemas Sobre a Mag-W A Mag-W foi criada especialmente para trazer ao mercado o que há de melhor em soluções corporativas de Tecnologia da Informação

Leia mais

Pós-Graduação Business Intelligence

Pós-Graduação Business Intelligence Pós-Graduação Business Intelligence Tendências de Mercado de Business Intelligence Aula 04 Como se organizar para o sucesso em BI Dinâmica Organizacional Complexa Cria o maior ônus para o sucesso de BI

Leia mais

As novas tecnologias podem finalmente - viabilizar o RH Estratégico? Thais Silva I Janeiro 2012

As novas tecnologias podem finalmente - viabilizar o RH Estratégico? Thais Silva I Janeiro 2012 As novas tecnologias podem finalmente - viabilizar o RH Estratégico? Thais Silva I Janeiro 2012 Universo TOTVS Fundada em 1983 6ª maior empresa de software (ERP) do mundo Líder em Software no Brasil e

Leia mais

Dinamizar e Implementar a Estratégia Gabriel Silva

Dinamizar e Implementar a Estratégia Gabriel Silva Dinamizar e Implementar a Estratégia Gabriel Silva Tempos de Mudança Mercados Tecnologia Pessoas Papel do Estado Escassez de Recursos Úteis no Longo Prazo Desdobramento dos Recursos 1 Missão Porque é que

Leia mais

)))* "*+$ Núcleo de Projetos Especiais Divisão de Processos e Segurança da Informação "$%&'(

)))* *+$ Núcleo de Projetos Especiais Divisão de Processos e Segurança da Informação $%&'( )))* "*+$!"# Núcleo de Projetos Especiais Divisão de Processos e Segurança da Informação "$%&'( , $-. Cecom Centro de Computação: atendimento das demandas corporativas da universidade. LCC Laboratório

Leia mais

Gestão Estratégica. Visão. Transparência. Resultado.

Gestão Estratégica. Visão. Transparência. Resultado. Gestão Estratégica. Visão. Transparência. Resultado. A importância da gestão estratégica Ver além é ter visão abrangente e integrada: a empresa como um todo e cada detalhe. É buscar o desempenho ideal

Leia mais

Gerenciamento da Rotina como base para o Programa de Excelência Operacional

Gerenciamento da Rotina como base para o Programa de Excelência Operacional Gerenciamento da Rotina como base para o Programa de Excelência Operacional Os elementos básicos de Gestão que todo Líder deve possuir para garantir a maturidade dos processos da Organização Alberto Pezeiro

Leia mais

ESCOPO DA APRESENTAÇÃO. Governança Modelos de nível de maturidade CobiT Balanced Scorecard Accountancy Scorecard SLM e SLA

ESCOPO DA APRESENTAÇÃO. Governança Modelos de nível de maturidade CobiT Balanced Scorecard Accountancy Scorecard SLM e SLA Governança Corporativa Utilizando Balanced Scorecard ESCOPO DA APRESENTAÇÃO Governança Modelos de nível de maturidade CobiT Balanced Scorecard Accountancy Scorecard SLM e SLA BIBLIOGRAFIA REFERENCIAL UTILIZADA

Leia mais

Qualider Consultoria e Treinamento Instrutor: José Roberto

Qualider Consultoria e Treinamento Instrutor: José Roberto BALANCED SCORECARD Qualider Consultoria e Treinamento Instrutor: José Roberto Por que a Implementação da Estratégia torna-se cada vez mais importante? Você conhece a Estratégia de sua Empresa? Muitos líderes

Leia mais

FERRAMENTAS DA QUALIDADE BALANCED SCORECARD

FERRAMENTAS DA QUALIDADE BALANCED SCORECARD FERRAMENTAS DA QUALIDADE BALANCED SCORECARD Histórico Desenvolvimento do Balanced Scorecard: 1987, o primeiro Balanced Scorecard desenvolvido por Arthur Schneiderman na Analog Devices, uma empresa de porte

Leia mais

Universidade de Brasília. Departamento de Ciência da Informação e Documentação. Prof a.:lillian Alvares

Universidade de Brasília. Departamento de Ciência da Informação e Documentação. Prof a.:lillian Alvares Universidade de Brasília Departamento de Ciência da Informação e Documentação Prof a.:lillian Alvares Fóruns óu s/ Listas de discussão Espaços para discutir, homogeneizar e compartilhar informações, idéias

Leia mais

POR QUE UTILIZAR BUSINESS INTELLIGENCE NO CALL CENTER

POR QUE UTILIZAR BUSINESS INTELLIGENCE NO CALL CENTER POR QUE UTILIZAR BUSINESS INTELLIGENCE NO CALL CENTER ÍNDICE Por que utilizar Business Intelligence no call center? Introdução Business Intelligence na área de saúde Por que usar Business Intelligence

Leia mais

INDICADORES DE DESEMPENHO

INDICADORES DE DESEMPENHO INDICADORES DE DESEMPENHO Não se gerencia o que não se mede, não se mede o que não se define, não se define o que não se entende, não há sucesso no que não se gerencia. (E. Deming) Os indicadores são ferramentas

Leia mais

Gestão por Processos 2013- IQPC

Gestão por Processos 2013- IQPC Gestão por Processos 2013- IQPC PEX WEEK BRAZIL 2013 Integração das Metodologias no Sistema de Gestão vinculadas à Cultura e à estratégia de Negócios da empresa Alberto Pezeiro Seta Desenvolvimento Gerencial

Leia mais

Liderança em idéias, métodos e resultados em BPM no Brasil. Como estamos agregando valor com a Gestão por Processos? Leandro Jesus Sócio-Diretor

Liderança em idéias, métodos e resultados em BPM no Brasil. Como estamos agregando valor com a Gestão por Processos? Leandro Jesus Sócio-Diretor Liderança em idéias, métodos e resultados em BPM no Brasil Como estamos agregando valor com a Gestão por Processos? Leandro Jesus Sócio-Diretor Agenda 1 O conceito: geração de valor com a gestão por processos

Leia mais

Balanced Scorecard. Planejamento Estratégico através do. Curso e- Learning

Balanced Scorecard. Planejamento Estratégico através do. Curso e- Learning Curso e- Learning Planejamento Estratégico através do Balanced Scorecard Todos os direitos de cópia reservados. Não é permitida a distribuição física ou eletrônica deste material sem a permissão expressa

Leia mais

Programa do Curso de Pós-Graduação Lato Sensu MBA em Gestão de Tecnologia da Informação

Programa do Curso de Pós-Graduação Lato Sensu MBA em Gestão de Tecnologia da Informação Programa do Curso de Pós-Graduação Lato Sensu MBA em Gestão de Tecnologia da Informação Apresentação O programa de Pós-graduação Lato Sensu em Gestão de Tecnologia da Informação tem por fornecer conhecimento

Leia mais

Business Process Management [BPM] Get Control. Empower People.

Business Process Management [BPM] Get Control. Empower People. Business Process Management [BPM] Get Control. Empower People. O SoftExpert BPM Suite é uma suíte abrangente de módulos e componentes perfeitamente integrados, projetados para gerenciar todo o ciclo de

Leia mais

Apresentação da Empresa

Apresentação da Empresa Apresentação da Empresa Somos uma empresa especializada em desenvolver e implementar soluções de alto impacto na gestão e competitividade empresarial. Nossa missão é agregar valor aos negócios de nossos

Leia mais

Clique para editar o estilo do título mestre BSC. Mais do que uma ferramenta, um atalho para se alcançar a Visão de Futuro.

Clique para editar o estilo do título mestre BSC. Mais do que uma ferramenta, um atalho para se alcançar a Visão de Futuro. Clique para editar o estilo do título mestre BSC Mais do que uma ferramenta, um atalho para se alcançar a Visão de Futuro Outubro 2009 Como garantir a sustentabilidade dos resultados no curto e no longo

Leia mais

Uma visão abrangente dos negócios. Solução para superar barreiras e otimizar recursos na sua empresa

Uma visão abrangente dos negócios. Solução para superar barreiras e otimizar recursos na sua empresa Uma visão abrangente dos negócios Solução para superar barreiras e otimizar recursos na sua empresa Negócios sem barreiras O fenômeno da globalização tornou o mercado mais interconectado e rico em oportunidades.

Leia mais

Administração Judiciária

Administração Judiciária Administração Judiciária Planejamento e Gestão Estratégica Claudio Oliveira Assessor de Planejamento e Gestão Estratégica Conselho Superior da Justiça do Trabalho Gestão Estratégica Comunicação da Estratégia

Leia mais

Estruturando Processo de Gestão de Projeto. José Renato Santiago

Estruturando Processo de Gestão de Projeto. José Renato Santiago Estruturando Processo de Gestão de Projeto Metodologia de Gestão de Projetos Objetivo: O objetivo deste documento é apresentar ações e iniciativas voltadas para a implantação de metodologia de Gestão de

Leia mais

MÓDULO GESTÃO ESTRATÉGICA

MÓDULO GESTÃO ESTRATÉGICA MÓDULO GESTÃO ESTRATÉGICA STRATEC " Somos uma empresa de tecnologia, cujo DNA está na aplicação de metodologias de gestão, tendo sua origem no spin- off de uma empresa de consultoria. Desenvolvemos softwares

Leia mais

CobiT: Visão Geral e domínio Monitorar e Avaliar. Daniel Baptista Dias Ernando Eduardo da Silva Leandro Kaoru Sakamoto Paolo Victor Leite e Posso

CobiT: Visão Geral e domínio Monitorar e Avaliar. Daniel Baptista Dias Ernando Eduardo da Silva Leandro Kaoru Sakamoto Paolo Victor Leite e Posso CobiT: Visão Geral e domínio Monitorar e Avaliar Daniel Baptista Dias Ernando Eduardo da Silva Leandro Kaoru Sakamoto Paolo Victor Leite e Posso CobiT O que é? Um framework contendo boas práticas para

Leia mais

Interatividade aliada a Análise de Negócios

Interatividade aliada a Análise de Negócios Interatividade aliada a Análise de Negócios Na era digital, a quase totalidade das organizações necessita da análise de seus negócios de forma ágil e segura - relatórios interativos, análise de gráficos,

Leia mais

Sistema. Atividades. Sistema de informações. Tipos de sistemas de informação. Everson Santos Araujo everson@everson.com.br

Sistema. Atividades. Sistema de informações. Tipos de sistemas de informação. Everson Santos Araujo everson@everson.com.br Sistema Tipos de sistemas de informação Everson Santos Araujo everson@everson.com.br Um sistema pode ser definido como um complexo de elementos em interação (Ludwig Von Bertalanffy) sistema é um conjunto

Leia mais

INFORMAÇÕES CONECTADAS

INFORMAÇÕES CONECTADAS INFORMAÇÕES CONECTADAS Soluções de Negócios para o Setor de Serviços Públicos Primavera Project Portfolio Management Solutions ORACLE É A EMPRESA Alcance excelência operacional com fortes soluções de gerenciamento

Leia mais

Pós-Graduação Governança dos Negócios: Direito, Economia e Gestão

Pós-Graduação Governança dos Negócios: Direito, Economia e Gestão Pós-Graduação Governança dos Negócios: Direito, Economia e Gestão Turmas de Agosto de 2014 Início das Aulas: 18/08/2014 Termino das Aulas: 31/08/2015 Dias e horários das aulas: Segunda-Feira 18h30 às 22h30

Leia mais

SISTEMA DE INFORMAÇÃO E ADMINISTRAÇÃO CORPORATIVA

SISTEMA DE INFORMAÇÃO E ADMINISTRAÇÃO CORPORATIVA SISTEMA DE INFORMAÇÃO E ADMINISTRAÇÃO SISTEMA DE INFORMAÇÃO E ADMINISTRAÇÃO CORPORATIVA SISTEMA DE INFORMAÇÃO E ADMINISTRAÇÃO SISTEMA DE INFORMAÇÕES Um Sistema de Informação não precisa ter essencialmente

Leia mais

Soluções em Tecnologia da Informação

Soluções em Tecnologia da Informação Soluções em Tecnologia da Informação Curitiba Paraná Salvador Bahia A DTS Sistemas é uma empresa familiar de Tecnologia da Informação, fundada em 1995, especializada no desenvolvimento de soluções empresariais.

Leia mais

MBA em Gestão Empresarial com Ênfase na Transformação Organizacional

MBA em Gestão Empresarial com Ênfase na Transformação Organizacional MBA em Gestão Empresarial com Ênfase na Transformação Organizacional Coordenação Acadêmica: Wankes da Silva Ribeiro Coordenação da Ênfase: Wankes Leandro Ribeiro JUSTIFICATIVA O MBA em Gestão Empresarial

Leia mais

10 TÉCNICAS PARA GESTÃO COMERCIAL

10 TÉCNICAS PARA GESTÃO COMERCIAL 10 TÉCNICAS PARA GESTÃO COMERCIAL Os meses de dezembro e janeiro na maioria das empresas são marcados invariavelmente por atividades de planejamentos, orçamentos e metas para o ano novo. Para o próximo

Leia mais

O Balanced Scorecard BSC e a gestão do desempenho estratégico nas organizações do terceiro setor.

O Balanced Scorecard BSC e a gestão do desempenho estratégico nas organizações do terceiro setor. 1 São Paulo, 06 de junho do 2003 O Balanced Scorecard BSC e a gestão do desempenho estratégico nas organizações do terceiro setor. Peter Drucker (2001 p.67), fez a seguinte afirmação ao se referir ao terceiro

Leia mais

Universidade de Brasília. Faculdade de Ciência da Informação. Profa. Lillian Alvares

Universidade de Brasília. Faculdade de Ciência da Informação. Profa. Lillian Alvares Universidade de Brasília Faculdade de Ciência da Informação Profa. Lillian Alvares Fóruns / Listas de discussão Espaços para discutir, homogeneizar e compartilhar informações, idéias e experiências que

Leia mais

MBA EM BUSINESS INTELLIGENCE

MBA EM BUSINESS INTELLIGENCE MBA EM BUSINESS INTELLIGENCE Como a sua empresa estrutura informações estratégicas? Como as decisões são tomadas? São considerados, dados, informações e tendências, de macroambientes? O quanto você conhece

Leia mais

PMI-SP PMI-SC PMI-RS PMI PMI-PR PMI-PE

PMI-SP PMI-SC PMI-RS PMI PMI-PR PMI-PE ESTUDO DE BENCHMARKING EM GERENCIAMENTO DE PROJETOS 2009 Brasil Uma realização dos Chapters Brasileiros do PMI - Project Management Institute PMI-SP PMI-RJ PMI-AM PMI-SC PMI-BA ANEXO 2 PMI-RS PMI PMI-CE

Leia mais

Universidade de Brasília. Faculdade de Ciência da Informação. Prof a Lillian Alvares

Universidade de Brasília. Faculdade de Ciência da Informação. Prof a Lillian Alvares Universidade de Brasília Faculdade de Ciência da Informação Prof a Lillian Alvares Fóruns Comunidades de Prática Mapeamento do Conhecimento Portal Intranet Extranet Banco de Competências Memória Organizacional

Leia mais

Seminário Em Busca da Excelência 2008

Seminário Em Busca da Excelência 2008 Seminário Em Busca da Excelência 2008 IEL/SC - Implementação de sistema de gestão com base nos fundamentos da excelência Natalino Uggioni Maio, 2008 1 IEL em Santa Catarina Integrante da FIESC Federação

Leia mais

NÚCLEO DE DESENVOLVIMENTO EMPRESARIAL 2014

NÚCLEO DE DESENVOLVIMENTO EMPRESARIAL 2014 NÚCLEO DE DESENVOLVIMENTO EMPRESARIAL 2014 WORKSHOPS CH DATA HORÁRIO INVESTIMENTO CONTEÚDO 1. Evolução e conceito de geomarketing. 2. Técnicas de geoprocessamento. Geomarketing : Tomada de Decisão no Varejo

Leia mais

PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO SINTÉTICO 2013 2016 - REVISÃO 2014

PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO SINTÉTICO 2013 2016 - REVISÃO 2014 Anexo à Resolução CGM 1.143 DE 08/07/2014 PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO SINTÉTICO 2013 2016 - REVISÃO 2014 INTRODUÇÃO Este trabalho é o produto de discussões finalizados em fevereiro de 2014, junto à Comissão

Leia mais

Balanced Scorecard - indicadores estratégicos de desempenho para concessionárias automobilísticas: um estudo de caso para rede de caminhões

Balanced Scorecard - indicadores estratégicos de desempenho para concessionárias automobilísticas: um estudo de caso para rede de caminhões Balanced Scorecard - indicadores estratégicos de desempenho para concessionárias automobilísticas: um estudo de caso para rede de caminhões Autores: Everton Alves Ferrari pucsp1@globomail.com Neusa Maria

Leia mais

BALANCED SCORECARD NA ABORDAGEM POR PROCESSOS

BALANCED SCORECARD NA ABORDAGEM POR PROCESSOS APLICAÇÃO DA METODOLOGIA BALANCED SCORECARD NA ABORDAGEM POR PROCESSOS -1- AGENDA Quem somos Modelo de Gestão Gestão por Objectivos - BSC Conclusões e Resultados -2- AGENDA Quem somos -3- O QUE FAZEMOS

Leia mais