PROGRAMA DE DISPÊNDIOS GLOBAIS (PDG) - PETROBRAS EXERCÍCIO DESC. UNIVERSO DESC. GRUPO NOME EMPRESA DESC.RUBRICA APROVADO REALIZ.

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "PROGRAMA DE DISPÊNDIOS GLOBAIS (PDG) - PETROBRAS -2011 EXERCÍCIO DESC. UNIVERSO DESC. GRUPO NOME EMPRESA DESC.RUBRICA APROVADO REALIZ."

Transcrição

1 PROGRAMA DE DISPÊNDIOS GLOBAIS (PDG) - PETROBRAS EXERCÍCIO DESC. UNIVERSO DESC. GRUPO NOME EMPRESA DESC.RUBRICA APROVADO REALIZ. ATÉ JAN REALIZ. ATÉ FEV REALIZ. ATÉ MAR REALIZ. ATÉ ABR REALIZ. ATÉ MAI REALIZ. ATÉ JUN REALIZ. ATÉ JUL REALIZ. ATÉ AGO REALIZ. ATÉ SET REALIZ. ATÉ OUT REALIZ. ATÉ NOV REALIZ. ATÉ DEZ 2011 SETOR PRODUTIVO ESTATAL GRUPO PETROBRAS PETRÓLEO BRASILEIRO S.A. - PETROBRAS RECEITAS SETOR PRODUTIVO ESTATAL GRUPO PETROBRAS PETRÓLEO BRASILEIRO S.A. - PETROBRAS OPERACIONAL SETOR PRODUTIVO ESTATAL GRUPO PETROBRAS PETRÓLEO BRASILEIRO S.A. - PETROBRAS VENDA DE BENS E SERVICOS SETOR PRODUTIVO ESTATAL GRUPO PETROBRAS PETRÓLEO BRASILEIRO S.A. - PETROBRAS NAO OPERACIONAL SETOR PRODUTIVO ESTATAL GRUPO PETROBRAS PETRÓLEO BRASILEIRO S.A. - PETROBRAS RECEITAS FINANCEIRAS (JUROS E OUTRAS) SETOR PRODUTIVO ESTATAL GRUPO PETROBRAS PETRÓLEO BRASILEIRO S.A. - PETROBRAS INSTITUICOES FINANCEIRAS SETOR PRODUTIVO ESTATAL GRUPO PETROBRAS PETRÓLEO BRASILEIRO S.A. - PETROBRAS MUTUOS COM EMPRESAS DO EXTERIOR SETOR PRODUTIVO ESTATAL GRUPO PETROBRAS PETRÓLEO BRASILEIRO S.A. - PETROBRAS OUTRAS FONTES SETOR PRODUTIVO ESTATAL GRUPO PETROBRAS PETRÓLEO BRASILEIRO S.A. - PETROBRAS DIVIDENDOS E BONIFICACOES EM DINHEIRO SETOR PRODUTIVO ESTATAL GRUPO PETROBRAS PETRÓLEO BRASILEIRO S.A. - PETROBRAS DEMAIS RECEITAS NAO OPERACIONAIS SETOR PRODUTIVO ESTATAL GRUPO PETROBRAS PETRÓLEO BRASILEIRO S.A. - PETROBRAS OUTROS RECURSOS SETOR PRODUTIVO ESTATAL GRUPO PETROBRAS PETRÓLEO BRASILEIRO S.A. - PETROBRAS RETORNO DE APLICACOES FINANCEIRAS DE LONGO PRAZO SETOR PRODUTIVO ESTATAL GRUPO PETROBRAS PETRÓLEO BRASILEIRO S.A. - PETROBRAS MUTUOS COM EMPRESAS DO EXTERIOR SETOR PRODUTIVO ESTATAL GRUPO PETROBRAS PETRÓLEO BRASILEIRO S.A. - PETROBRAS OUTRAS FONTES SETOR PRODUTIVO ESTATAL GRUPO PETROBRAS PETRÓLEO BRASILEIRO S.A. - PETROBRAS RECURSOS DE EMPRESTIMOS E FINANCIAMENTOS - LONGO PRAZO SETOR PRODUTIVO ESTATAL GRUPO PETROBRAS PETRÓLEO BRASILEIRO S.A. - PETROBRAS OPERACOES DE CREDITO INTERNAS - MOEDA SETOR PRODUTIVO ESTATAL GRUPO PETROBRAS PETRÓLEO BRASILEIRO S.A. - PETROBRAS OPERACOES DE CREDITO INTERNAS - BENS/SERVICOS SETOR PRODUTIVO ESTATAL GRUPO PETROBRAS PETRÓLEO BRASILEIRO S.A. - PETROBRAS TOTAL DOS RECURSOS SETOR PRODUTIVO ESTATAL GRUPO PETROBRAS PETRÓLEO BRASILEIRO S.A. - PETROBRAS DISPENDIOS DE CAPITAL SETOR PRODUTIVO ESTATAL GRUPO PETROBRAS PETRÓLEO BRASILEIRO S.A. - PETROBRAS AMORTIZACOES DE OPERACOES DE CREDITO DE LONGO PRAZO SETOR PRODUTIVO ESTATAL GRUPO PETROBRAS PETRÓLEO BRASILEIRO S.A. - PETROBRAS OPERACOES INTERNAS SETOR PRODUTIVO ESTATAL GRUPO PETROBRAS PETRÓLEO BRASILEIRO S.A. - PETROBRAS OPERACOES EXTERNAS SETOR PRODUTIVO ESTATAL GRUPO PETROBRAS PETRÓLEO BRASILEIRO S.A. - PETROBRAS DEBENTURES SETOR PRODUTIVO ESTATAL GRUPO PETROBRAS PETRÓLEO BRASILEIRO S.A. - PETROBRAS INVESTIMENTOS NO ATIVO IMOBILIZADO SETOR PRODUTIVO ESTATAL GRUPO PETROBRAS PETRÓLEO BRASILEIRO S.A. - PETROBRAS PESSOAL DE INVESTIMENTO SETOR PRODUTIVO ESTATAL GRUPO PETROBRAS PETRÓLEO BRASILEIRO S.A. - PETROBRAS SISTEMA DE TECNOLOGIA DA INFORMACAO SETOR PRODUTIVO ESTATAL GRUPO PETROBRAS PETRÓLEO BRASILEIRO S.A. - PETROBRAS AQUISICAO E MANUT. DE EQUIP. DE TECNOLOG. DA INFO SETOR PRODUTIVO ESTATAL GRUPO PETROBRAS PETRÓLEO BRASILEIRO S.A. - PETROBRAS DEMAIS SETOR PRODUTIVO ESTATAL GRUPO PETROBRAS PETRÓLEO BRASILEIRO S.A. - PETROBRAS INVERSOES FINANCEIRAS SETOR PRODUTIVO ESTATAL GRUPO PETROBRAS PETRÓLEO BRASILEIRO S.A. - PETROBRAS PARTICIPACAO EM SOCIEDADE CONTROLADA SETOR PRODUTIVO ESTATAL GRUPO PETROBRAS PETRÓLEO BRASILEIRO S.A. - PETROBRAS PARTICIPACAO EM OUTRAS EMPRESAS SETOR PRODUTIVO ESTATAL GRUPO PETROBRAS PETRÓLEO BRASILEIRO S.A. - PETROBRAS OUTRAS EMPRESAS SETOR PRODUTIVO ESTATAL GRUPO PETROBRAS PETRÓLEO BRASILEIRO S.A. - PETROBRAS OUTROS DISPENDIOS DE CAPITAL SETOR PRODUTIVO ESTATAL GRUPO PETROBRAS PETRÓLEO BRASILEIRO S.A. - PETROBRAS DIVIDENDOS SETOR PRODUTIVO ESTATAL GRUPO PETROBRAS PETRÓLEO BRASILEIRO S.A. - PETROBRAS EMPRESTIMOS E FINANCIAMENTOS SETOR PRODUTIVO ESTATAL GRUPO PETROBRAS PETRÓLEO BRASILEIRO S.A. - PETROBRAS MUTUOS COM EMPRESAS DO EXTERIOR SETOR PRODUTIVO ESTATAL GRUPO PETROBRAS PETRÓLEO BRASILEIRO S.A. - PETROBRAS OUTROS EMPRESTIMOS E FINANCIAMENTOS SETOR PRODUTIVO ESTATAL GRUPO PETROBRAS PETRÓLEO BRASILEIRO S.A. - PETROBRAS DEMAIS DISPENDIOS DE CAPITAL SETOR PRODUTIVO ESTATAL GRUPO PETROBRAS PETRÓLEO BRASILEIRO S.A. - PETROBRAS OUTROS DISPENDIOS DE CAPITAL SETOR PRODUTIVO ESTATAL GRUPO PETROBRAS PETRÓLEO BRASILEIRO S.A. - PETROBRAS DISPENDIOS CORRENTES SETOR PRODUTIVO ESTATAL GRUPO PETROBRAS PETRÓLEO BRASILEIRO S.A. - PETROBRAS PESSOAL E ENCARGOS SOCIAIS SETOR PRODUTIVO ESTATAL GRUPO PETROBRAS PETRÓLEO BRASILEIRO S.A. - PETROBRAS SALARIO BASE SETOR PRODUTIVO ESTATAL GRUPO PETROBRAS PETRÓLEO BRASILEIRO S.A. - PETROBRAS HORAS-EXTRAS SETOR PRODUTIVO ESTATAL GRUPO PETROBRAS PETRÓLEO BRASILEIRO S.A. - PETROBRAS COMISSOES POR FUNCAO SETOR PRODUTIVO ESTATAL GRUPO PETROBRAS PETRÓLEO BRASILEIRO S.A. - PETROBRAS OUTROS ADICIONAIS SETOR PRODUTIVO ESTATAL GRUPO PETROBRAS PETRÓLEO BRASILEIRO S.A. - PETROBRAS GRATIFICACAO EXTRAORDINARIA SETOR PRODUTIVO ESTATAL GRUPO PETROBRAS PETRÓLEO BRASILEIRO S.A. - PETROBRAS ENCARGOS SOCIAIS SETOR PRODUTIVO ESTATAL GRUPO PETROBRAS PETRÓLEO BRASILEIRO S.A. - PETROBRAS BENEFICIOS SOCIAIS SETOR PRODUTIVO ESTATAL GRUPO PETROBRAS PETRÓLEO BRASILEIRO S.A. - PETROBRAS CONTR. PATRON. (ASSOC. DE FUNC. - PREV. PRIV E SEG.) SETOR PRODUTIVO ESTATAL GRUPO PETROBRAS PETRÓLEO BRASILEIRO S.A. - PETROBRAS CONTR. PATRON. (ASSOC. DE FUNC. - ASSIST. MEDICA) SETOR PRODUTIVO ESTATAL GRUPO PETROBRAS PETRÓLEO BRASILEIRO S.A. - PETROBRAS DEMAIS SETOR PRODUTIVO ESTATAL GRUPO PETROBRAS PETRÓLEO BRASILEIRO S.A. - PETROBRAS MATERIAIS E PRODUTOS SETOR PRODUTIVO ESTATAL GRUPO PETROBRAS PETRÓLEO BRASILEIRO S.A. - PETROBRAS MATERIAS PRIMAS E COMPONENTES SETOR PRODUTIVO ESTATAL GRUPO PETROBRAS PETRÓLEO BRASILEIRO S.A. - PETROBRAS NACIONAIS SETOR PRODUTIVO ESTATAL GRUPO PETROBRAS PETRÓLEO BRASILEIRO S.A. - PETROBRAS DEMAIS SETOR PRODUTIVO ESTATAL GRUPO PETROBRAS PETRÓLEO BRASILEIRO S.A. - PETROBRAS IMPORTADOS SETOR PRODUTIVO ESTATAL GRUPO PETROBRAS PETRÓLEO BRASILEIRO S.A. - PETROBRAS DEMAIS SETOR PRODUTIVO ESTATAL GRUPO PETROBRAS PETRÓLEO BRASILEIRO S.A. - PETROBRAS MATERIAL DE CONSUMO SETOR PRODUTIVO ESTATAL GRUPO PETROBRAS PETRÓLEO BRASILEIRO S.A. - PETROBRAS COMPRA DE ENERGIA SETOR PRODUTIVO ESTATAL GRUPO PETROBRAS PETRÓLEO BRASILEIRO S.A. - PETROBRAS PRODUTOS PARA REVENDA SETOR PRODUTIVO ESTATAL GRUPO PETROBRAS PETRÓLEO BRASILEIRO S.A. - PETROBRAS DEMAIS MATERIAIS E PRODUTOS SETOR PRODUTIVO ESTATAL GRUPO PETROBRAS PETRÓLEO BRASILEIRO S.A. - PETROBRAS SERVICOS DE TERCEIROS SETOR PRODUTIVO ESTATAL GRUPO PETROBRAS PETRÓLEO BRASILEIRO S.A. - PETROBRAS PRESTACAO DE SERVICO TECNICO, ADMINIST. E OPERACIONAL SETOR PRODUTIVO ESTATAL GRUPO PETROBRAS PETRÓLEO BRASILEIRO S.A. - PETROBRAS TECNOLOGIA DA INFORMACAO SETOR PRODUTIVO ESTATAL GRUPO PETROBRAS PETRÓLEO BRASILEIRO S.A. - PETROBRAS DEMAIS SETOR PRODUTIVO ESTATAL GRUPO PETROBRAS PETRÓLEO BRASILEIRO S.A. - PETROBRAS DISPENDIOS INDIRETOS COM PESSOAL PROPRIO SETOR PRODUTIVO ESTATAL GRUPO PETROBRAS PETRÓLEO BRASILEIRO S.A. - PETROBRAS DEMAIS DISPENDIOS INDIRETOS COM PESSOAL PROPRIO SETOR PRODUTIVO ESTATAL GRUPO PETROBRAS PETRÓLEO BRASILEIRO S.A. - PETROBRAS PROPAGANDA E PUBLICACOES OFICIAIS SETOR PRODUTIVO ESTATAL GRUPO PETROBRAS PETRÓLEO BRASILEIRO S.A. - PETROBRAS PUBLICIDADE LEGAL SETOR PRODUTIVO ESTATAL GRUPO PETROBRAS PETRÓLEO BRASILEIRO S.A. - PETROBRAS PUBLICIDADE MERCADOLOGICA SETOR PRODUTIVO ESTATAL GRUPO PETROBRAS PETRÓLEO BRASILEIRO S.A. - PETROBRAS PUBLICIDADE INSTITUCIONAL SETOR PRODUTIVO ESTATAL GRUPO PETROBRAS PETRÓLEO BRASILEIRO S.A. - PETROBRAS PATROCINIO SETOR PRODUTIVO ESTATAL GRUPO PETROBRAS PETRÓLEO BRASILEIRO S.A. - PETROBRAS DEMAIS SERVICOS DE TERCEIROS SETOR PRODUTIVO ESTATAL GRUPO PETROBRAS PETRÓLEO BRASILEIRO S.A. - PETROBRAS UTILIDADES E SERVICOS SETOR PRODUTIVO ESTATAL GRUPO PETROBRAS PETRÓLEO BRASILEIRO S.A. - PETROBRAS TRIBUTOS E ENCARGOS PARAFISCAIS SETOR PRODUTIVO ESTATAL GRUPO PETROBRAS PETRÓLEO BRASILEIRO S.A. - PETROBRAS VINCULADOS A RECEITA SETOR PRODUTIVO ESTATAL GRUPO PETROBRAS PETRÓLEO BRASILEIRO S.A. - PETROBRAS VINCULADOS AO RESULTADO SETOR PRODUTIVO ESTATAL GRUPO PETROBRAS PETRÓLEO BRASILEIRO S.A. - PETROBRAS DEMAIS TRIBUTOS E ENCARGOS PARAFISCAIS SETOR PRODUTIVO ESTATAL GRUPO PETROBRAS PETRÓLEO BRASILEIRO S.A. - PETROBRAS ENCARGOS FINANCEIROS E OUTROS SETOR PRODUTIVO ESTATAL GRUPO PETROBRAS PETRÓLEO BRASILEIRO S.A. - PETROBRAS OPERACOES INTERNAS SETOR PRODUTIVO ESTATAL GRUPO PETROBRAS PETRÓLEO BRASILEIRO S.A. - PETROBRAS OPERACOES EXTERNAS SETOR PRODUTIVO ESTATAL GRUPO PETROBRAS PETRÓLEO BRASILEIRO S.A. - PETROBRAS DEBENTURES SETOR PRODUTIVO ESTATAL GRUPO PETROBRAS PETRÓLEO BRASILEIRO S.A. - PETROBRAS OUTRAS FONTES SETOR PRODUTIVO ESTATAL GRUPO PETROBRAS PETRÓLEO BRASILEIRO S.A. - PETROBRAS OUTROS DISPENDIOS CORRENTES SETOR PRODUTIVO ESTATAL GRUPO PETROBRAS PETRÓLEO BRASILEIRO S.A. - PETROBRAS ARRENDAMENTO MERCANTIL SETOR PRODUTIVO ESTATAL GRUPO PETROBRAS PETRÓLEO BRASILEIRO S.A. - PETROBRAS TECNOLOGIA DA INFORMACAO SETOR PRODUTIVO ESTATAL GRUPO PETROBRAS PETRÓLEO BRASILEIRO S.A. - PETROBRAS DEMAIS

2 2011 SETOR PRODUTIVO ESTATAL GRUPO PETROBRAS PETRÓLEO BRASILEIRO S.A. - PETROBRAS LOCACAO DE EQUIPAM. DE TECNOLOGIA DA INFORMACAO SETOR PRODUTIVO ESTATAL GRUPO PETROBRAS PETRÓLEO BRASILEIRO S.A. - PETROBRAS EQUIPAMENTOS DE PROCESSAMENTO DE DADOS SETOR PRODUTIVO ESTATAL GRUPO PETROBRAS PETRÓLEO BRASILEIRO S.A. - PETROBRAS DEMAIS SETOR PRODUTIVO ESTATAL GRUPO PETROBRAS PETRÓLEO BRASILEIRO S.A. - PETROBRAS ROYALTIES SETOR PRODUTIVO ESTATAL GRUPO PETROBRAS PETRÓLEO BRASILEIRO S.A. - PETROBRAS ALUGUEIS SETOR PRODUTIVO ESTATAL GRUPO PETROBRAS PETRÓLEO BRASILEIRO S.A. - PETROBRAS MULTAS SETOR PRODUTIVO ESTATAL GRUPO PETROBRAS PETRÓLEO BRASILEIRO S.A. - PETROBRAS DISPENDIOS COM PESSOAL SETOR PRODUTIVO ESTATAL GRUPO PETROBRAS PETRÓLEO BRASILEIRO S.A. - PETROBRAS PARTICIPACAO NO LUCRO OU RESULTADO SETOR PRODUTIVO ESTATAL GRUPO PETROBRAS PETRÓLEO BRASILEIRO S.A. - PETROBRAS DEMAIS DISPENDIOS CORRENTES SETOR PRODUTIVO ESTATAL GRUPO PETROBRAS PETRÓLEO BRASILEIRO S.A. - PETROBRAS TOTAL DOS DISPENDIOS SETOR PRODUTIVO ESTATAL GRUPO PETROBRAS PETRÓLEO BRASILEIRO S.A. - PETROBRAS DISPONIVEL INICIAL SETOR PRODUTIVO ESTATAL GRUPO PETROBRAS PETRÓLEO BRASILEIRO S.A. - PETROBRAS INGRESSOS DE CAPITAL SETOR PRODUTIVO ESTATAL GRUPO PETROBRAS PETRÓLEO BRASILEIRO S.A. - PETROBRAS DE EMPRESTIMOS EM MOEDA SETOR PRODUTIVO ESTATAL GRUPO PETROBRAS PETRÓLEO BRASILEIRO S.A. - PETROBRAS RETORNO DE APLICACOES FINANCEIRAS DE LONGO PRAZO SETOR PRODUTIVO ESTATAL GRUPO PETROBRAS PETRÓLEO BRASILEIRO S.A. - PETROBRAS PRINCIPAL SETOR PRODUTIVO ESTATAL GRUPO PETROBRAS PETRÓLEO BRASILEIRO S.A. - PETROBRAS JUROS E OUTROS SETOR PRODUTIVO ESTATAL GRUPO PETROBRAS PETRÓLEO BRASILEIRO S.A. - PETROBRAS MUTUOS COM EMPRESAS DO EXTERIOR SETOR PRODUTIVO ESTATAL GRUPO PETROBRAS PETRÓLEO BRASILEIRO S.A. - PETROBRAS OUTRAS FONTES SETOR PRODUTIVO ESTATAL GRUPO PETROBRAS PETRÓLEO BRASILEIRO S.A. - PETROBRAS ENTRADAS GERAIS SETOR PRODUTIVO ESTATAL GRUPO PETROBRAS PETRÓLEO BRASILEIRO S.A. - PETROBRAS ENTRADAS DE VENDAS E OUTRAS RECEITAS OPERACIONAIS SETOR PRODUTIVO ESTATAL GRUPO PETROBRAS PETRÓLEO BRASILEIRO S.A. - PETROBRAS ENTRADAS DE RECEITAS NAO OPERACIONAIS (EXCETO FINANC.) SETOR PRODUTIVO ESTATAL GRUPO PETROBRAS PETRÓLEO BRASILEIRO S.A. - PETROBRAS RECUPERACAO DE ADIANT., DEPOSITOS E OUTRAS APLICACOES SETOR PRODUTIVO ESTATAL GRUPO PETROBRAS PETRÓLEO BRASILEIRO S.A. - PETROBRAS PRINCIPAL SETOR PRODUTIVO ESTATAL GRUPO PETROBRAS PETRÓLEO BRASILEIRO S.A. - PETROBRAS INSTITUICOES FINANCEIRAS SETOR PRODUTIVO ESTATAL GRUPO PETROBRAS PETRÓLEO BRASILEIRO S.A. - PETROBRAS RENDIMENTO SETOR PRODUTIVO ESTATAL GRUPO PETROBRAS PETRÓLEO BRASILEIRO S.A. - PETROBRAS INSTITUICOES FINANCEIRAS SETOR PRODUTIVO ESTATAL GRUPO PETROBRAS PETRÓLEO BRASILEIRO S.A. - PETROBRAS RECEB.RECUR.TERC.(CAUCOES, DEPOSITOS E OUTRAS OBRIG.) SETOR PRODUTIVO ESTATAL GRUPO PETROBRAS PETRÓLEO BRASILEIRO S.A. - PETROBRAS TOTAL DOS RECURSOS FINANCEIROS SETOR PRODUTIVO ESTATAL GRUPO PETROBRAS PETRÓLEO BRASILEIRO S.A. - PETROBRAS SAIDAS DE CAPITAL SETOR PRODUTIVO ESTATAL GRUPO PETROBRAS PETRÓLEO BRASILEIRO S.A. - PETROBRAS PAGAMENTO DE EMPRESTIMOS E FINANCIAMENTOS SETOR PRODUTIVO ESTATAL GRUPO PETROBRAS PETRÓLEO BRASILEIRO S.A. - PETROBRAS INVESTIMENTOS NO ATIVO IMOBILLIZADO SETOR PRODUTIVO ESTATAL GRUPO PETROBRAS PETRÓLEO BRASILEIRO S.A. - PETROBRAS INVERSOES FINANCEIRAS SETOR PRODUTIVO ESTATAL GRUPO PETROBRAS PETRÓLEO BRASILEIRO S.A. - PETROBRAS OUTROS DISPENDIOS DE CAPITAL SETOR PRODUTIVO ESTATAL GRUPO PETROBRAS PETRÓLEO BRASILEIRO S.A. - PETROBRAS DIVIDENDOS SETOR PRODUTIVO ESTATAL GRUPO PETROBRAS PETRÓLEO BRASILEIRO S.A. - PETROBRAS DEMAIS DISPENDIOS DE CAPITAL SETOR PRODUTIVO ESTATAL GRUPO PETROBRAS PETRÓLEO BRASILEIRO S.A. - PETROBRAS SAIDAS GERAIS SETOR PRODUTIVO ESTATAL GRUPO PETROBRAS PETRÓLEO BRASILEIRO S.A. - PETROBRAS PAGAMENTOS DE CONTAS E OUTRAS OBRIGACOES SETOR PRODUTIVO ESTATAL GRUPO PETROBRAS PETRÓLEO BRASILEIRO S.A. - PETROBRAS PESSOAL E ENCARGOS SOCIAIS SETOR PRODUTIVO ESTATAL GRUPO PETROBRAS PETRÓLEO BRASILEIRO S.A. - PETROBRAS ENCARGOS FINANCEIROS E OUTROS SETOR PRODUTIVO ESTATAL GRUPO PETROBRAS PETRÓLEO BRASILEIRO S.A. - PETROBRAS OPERACOES INTERNAS SETOR PRODUTIVO ESTATAL GRUPO PETROBRAS PETRÓLEO BRASILEIRO S.A. - PETROBRAS OPERACOES EXTERNAS SETOR PRODUTIVO ESTATAL GRUPO PETROBRAS PETRÓLEO BRASILEIRO S.A. - PETROBRAS DEBENTURES SETOR PRODUTIVO ESTATAL GRUPO PETROBRAS PETRÓLEO BRASILEIRO S.A. - PETROBRAS OUTRAS FONTES SETOR PRODUTIVO ESTATAL GRUPO PETROBRAS PETRÓLEO BRASILEIRO S.A. - PETROBRAS DEVOL.RECUR.TERC.(CAUCOES, DEPOSITOS E OUTRAS OBRIG.) SETOR PRODUTIVO ESTATAL GRUPO PETROBRAS PETRÓLEO BRASILEIRO S.A. - PETROBRAS DEMAIS DESPESAS E CUSTOS SETOR PRODUTIVO ESTATAL GRUPO PETROBRAS PETRÓLEO BRASILEIRO S.A. - PETROBRAS MATERIAIS E PRODUTOS SETOR PRODUTIVO ESTATAL GRUPO PETROBRAS PETRÓLEO BRASILEIRO S.A. - PETROBRAS SERVICOS DE TERCEIROS SETOR PRODUTIVO ESTATAL GRUPO PETROBRAS PETRÓLEO BRASILEIRO S.A. - PETROBRAS UTILIDADES E SERVICOS SETOR PRODUTIVO ESTATAL GRUPO PETROBRAS PETRÓLEO BRASILEIRO S.A. - PETROBRAS TRIBUTOS E ENCARGOS PARAFISCAIS SETOR PRODUTIVO ESTATAL GRUPO PETROBRAS PETRÓLEO BRASILEIRO S.A. - PETROBRAS OUTROS DISPENDIOS CORRENTES SETOR PRODUTIVO ESTATAL GRUPO PETROBRAS PETRÓLEO BRASILEIRO S.A. - PETROBRAS PARTICIPACAO NOS LUCROS OU RESULTADOS SETOR PRODUTIVO ESTATAL GRUPO PETROBRAS PETRÓLEO BRASILEIRO S.A. - PETROBRAS DEMAIS DISPENDIOS SETOR PRODUTIVO ESTATAL GRUPO PETROBRAS PETRÓLEO BRASILEIRO S.A. - PETROBRAS TOTAL DAS SAIDAS SETOR PRODUTIVO ESTATAL GRUPO PETROBRAS PETRÓLEO BRASILEIRO S.A. - PETROBRAS DISPONIVEL FINAL SETOR PRODUTIVO ESTATAL GRUPO PETROBRAS PETRÓLEO BRASILEIRO S.A. - PETROBRAS DISPONIVEL INICIAL SETOR PRODUTIVO ESTATAL GRUPO PETROBRAS PETRÓLEO BRASILEIRO S.A. - PETROBRAS TOTAL DOS RECURSOS SETOR PRODUTIVO ESTATAL GRUPO PETROBRAS PETRÓLEO BRASILEIRO S.A. - PETROBRAS TOTAL DOS DISPENDIOS SETOR PRODUTIVO ESTATAL GRUPO PETROBRAS PETRÓLEO BRASILEIRO S.A. - PETROBRAS SUBTOTAL SETOR PRODUTIVO ESTATAL GRUPO PETROBRAS PETRÓLEO BRASILEIRO S.A. - PETROBRAS OPERACOES DE CREDITO DE CURTO PRAZO SETOR PRODUTIVO ESTATAL GRUPO PETROBRAS PETRÓLEO BRASILEIRO S.A. - PETROBRAS EMPRESTIMOS SETOR PRODUTIVO ESTATAL GRUPO PETROBRAS PETRÓLEO BRASILEIRO S.A. - PETROBRAS AMORTIZACAO SETOR PRODUTIVO ESTATAL GRUPO PETROBRAS PETRÓLEO BRASILEIRO S.A. - PETROBRAS VARIACAO DE CONTAS A PAGAR E DE DEMAIS OBRIGACOES SETOR PRODUTIVO ESTATAL GRUPO PETROBRAS PETRÓLEO BRASILEIRO S.A. - PETROBRAS CONTAS A PAGAR SETOR PRODUTIVO ESTATAL GRUPO PETROBRAS PETRÓLEO BRASILEIRO S.A. - PETROBRAS VINCENDO SETOR PRODUTIVO ESTATAL GRUPO PETROBRAS PETRÓLEO BRASILEIRO S.A. - PETROBRAS DEMAIS OBRIGACOES SETOR PRODUTIVO ESTATAL GRUPO PETROBRAS PETRÓLEO BRASILEIRO S.A. - PETROBRAS VARIACAO DE CONTAS A RECEBER SETOR PRODUTIVO ESTATAL GRUPO PETROBRAS PETRÓLEO BRASILEIRO S.A. - PETROBRAS VINCENDO SETOR PRODUTIVO ESTATAL GRUPO PETROBRAS PETRÓLEO BRASILEIRO S.A. - PETROBRAS VARIACAO DE ADIANT., DEPOSITOS E OUTROS CREDITOS SETOR PRODUTIVO ESTATAL GRUPO PETROBRAS PETRÓLEO BRASILEIRO S.A. - PETROBRAS AJUSTE DE RECEITAS E DESPESAS FINANCEIRAS SETOR PRODUTIVO ESTATAL GRUPO PETROBRAS PETRÓLEO BRASILEIRO S.A. - PETROBRAS DISPONIVEL FINAL SETOR PRODUTIVO ESTATAL GRUPO PETROBRAS FRONAPE INTERNATIONAL COMPANY - FIC RECEITAS SETOR PRODUTIVO ESTATAL GRUPO PETROBRAS FRONAPE INTERNATIONAL COMPANY - FIC OPERACIONAL SETOR PRODUTIVO ESTATAL GRUPO PETROBRAS FRONAPE INTERNATIONAL COMPANY - FIC VENDA DE BENS E SERVICOS SETOR PRODUTIVO ESTATAL GRUPO PETROBRAS FRONAPE INTERNATIONAL COMPANY - FIC NAO OPERACIONAL SETOR PRODUTIVO ESTATAL GRUPO PETROBRAS FRONAPE INTERNATIONAL COMPANY - FIC RECEITAS FINANCEIRAS (JUROS E OUTRAS) SETOR PRODUTIVO ESTATAL GRUPO PETROBRAS FRONAPE INTERNATIONAL COMPANY - FIC INSTITUICOES FINANCEIRAS SETOR PRODUTIVO ESTATAL GRUPO PETROBRAS FRONAPE INTERNATIONAL COMPANY - FIC TOTAL DOS RECURSOS SETOR PRODUTIVO ESTATAL GRUPO PETROBRAS FRONAPE INTERNATIONAL COMPANY - FIC DISPENDIOS DE CAPITAL SETOR PRODUTIVO ESTATAL GRUPO PETROBRAS FRONAPE INTERNATIONAL COMPANY - FIC INVESTIMENTOS NO ATIVO IMOBILIZADO SETOR PRODUTIVO ESTATAL GRUPO PETROBRAS FRONAPE INTERNATIONAL COMPANY - FIC DEMAIS SETOR PRODUTIVO ESTATAL GRUPO PETROBRAS FRONAPE INTERNATIONAL COMPANY - FIC DISPENDIOS CORRENTES SETOR PRODUTIVO ESTATAL GRUPO PETROBRAS FRONAPE INTERNATIONAL COMPANY - FIC MATERIAIS E PRODUTOS SETOR PRODUTIVO ESTATAL GRUPO PETROBRAS FRONAPE INTERNATIONAL COMPANY - FIC MATERIAL DE CONSUMO SETOR PRODUTIVO ESTATAL GRUPO PETROBRAS FRONAPE INTERNATIONAL COMPANY - FIC DEMAIS MATERIAIS E PRODUTOS SETOR PRODUTIVO ESTATAL GRUPO PETROBRAS FRONAPE INTERNATIONAL COMPANY - FIC SERVICOS DE TERCEIROS SETOR PRODUTIVO ESTATAL GRUPO PETROBRAS FRONAPE INTERNATIONAL COMPANY - FIC PRESTACAO DE SERVICO TECNICO, ADMINIST. E OPERACIONAL SETOR PRODUTIVO ESTATAL GRUPO PETROBRAS FRONAPE INTERNATIONAL COMPANY - FIC TECNOLOGIA DA INFORMACAO SETOR PRODUTIVO ESTATAL GRUPO PETROBRAS FRONAPE INTERNATIONAL COMPANY - FIC DEMAIS SETOR PRODUTIVO ESTATAL GRUPO PETROBRAS FRONAPE INTERNATIONAL COMPANY - FIC DEMAIS SERVICOS DE TERCEIROS

Tabela 1 PROGRAMA DE DISPÊNDIOS GLOBAIS PDG

Tabela 1 PROGRAMA DE DISPÊNDIOS GLOBAIS PDG Tabela 1 PROGRAMA DE DISPÊNDIOS GLOBAIS PDG Discriminação das Origens de Recursos - DICOR 110000 - RECEITAS 111000 - SUBSÍDIO DO TESOURO 112000 - OPERACIONAL 112100 - Venda de Bens e Serviços 112900 -

Leia mais

ANEXO DEMONSTRATIVO SINTÉTICO DO PROGRAMA DE DISPÊNDIOS GLOBAIS DAS EMPRESAS ESTATAIS. Empresa do Setor Produtivo Empresa do Setor Financeiro

ANEXO DEMONSTRATIVO SINTÉTICO DO PROGRAMA DE DISPÊNDIOS GLOBAIS DAS EMPRESAS ESTATAIS. Empresa do Setor Produtivo Empresa do Setor Financeiro ANEXO DEMONSTRATIVO SINTÉTICO DO PROGRAMA DE DISPÊNDIOS GLOBAIS DAS EMPRESAS ESTATAIS Empresa do Setor Produtivo Empresa do Setor Financeiro EMPRESA DO SETOR PRODUTIVO ORÇAMENTO DE INVESTIMENTO 2016 22000

Leia mais

A Geradora Aluguel de Máquinas S.A.

A Geradora Aluguel de Máquinas S.A. Balanço patrimonial em 31 de dezembro Ativo Passivo e patrimônio líquido Circulante Circulante Caixa e equivalentes de caixa 17.488 25.888 Fornecedores e outras obrigações 17.561 5.153 Contas a receber

Leia mais

ANEXO I SECRETARIA EXECUTIVA REPROGRAMAÇAO 2009

ANEXO I SECRETARIA EXECUTIVA REPROGRAMAÇAO 2009 ANEXO I EMPRESA : COBRA TECNOLOGIA S.A. DISPENDIOS DE CAPITAL 73.410.000 R E C E I TA S 550.887.000 I N V E S T I M E N TO S 21.000.000 RECEITA OPERACIONAL 500.000.000 AMORTIZACOES OPER.CRED. LP 50.000.000

Leia mais

GOVERNO DO ESTADO DO PARÁ TRIBUNAL DE CONTAS DOS MUNICÍPIOS DIRETORIA DE ORÇAMENTO E FINANÇAS DIVISÃO DE RECURSOS FINANCEIROS EXERCICIO 2012

GOVERNO DO ESTADO DO PARÁ TRIBUNAL DE CONTAS DOS MUNICÍPIOS DIRETORIA DE ORÇAMENTO E FINANÇAS DIVISÃO DE RECURSOS FINANCEIROS EXERCICIO 2012 BALANCO-FINANCEIRO RECEITA RECEITA 12.255.327,67 INGRESSOS ORCAMENTARIOS 9.425.690,28 INTERFERENCIAS ATIVAS 9.425.690,28 TRANSFERENCIAS FINANCEIRAS RECEBIDAS 9.425.690,28 REPASSE RECEBIDO 9.425.690,28

Leia mais

Plano de Contas Pag.: 1 de 7

Plano de Contas Pag.: 1 de 7 Plano de Contas Pag.: 1 de 7 1 ATIVO 1.1 ATIVO CIRCULANTE 1.1.1 ATIVO DISPONIVEL 1.1.1.001 NUMERARIOS 1.1.1.001.0001-0 CAIXA PEQUENO 11110 X 1.1.1.002 BANCOS CONTA MOVIMENTO 1.1.1.002.0001-5 BANCO BRADESCO

Leia mais

GOVERNO DO ESTADO DO PARÁ TRIBUNAL DE CONTAS DOS MUNICÍPIOS DIRETORIA DE ORÇAMENTO E FINANÇAS DIVISÃO DE RECURSOS FINANCEIROS EXERCICIO 2013

GOVERNO DO ESTADO DO PARÁ TRIBUNAL DE CONTAS DOS MUNICÍPIOS DIRETORIA DE ORÇAMENTO E FINANÇAS DIVISÃO DE RECURSOS FINANCEIROS EXERCICIO 2013 BALANCO-FINANCEIRO RECEITA RECEITA 171.497.549,97 INGRESSOS ORCAMENTARIOS 129.298.464,81 INTERFERENCIAS ATIVAS 129.298.464,81 TRANSFERENCIAS FINANCEIRAS RECEBIDAS 129.298.464,81 REPASSE RECEBIDO 129.298.464,81

Leia mais

Relatório do Plano de Contas

Relatório do Plano de Contas 1 10000 ATIVO 1.01 10001 ATIVO CIRCULANTE 1.01.01 10002 DISPONIVEL 1.01.01.01 10003 CAIXA 1.01.01.01.00001 10004 CAIXA GERAL S 1.01.01.02 10020 BANCO CONTA MOVIMENTO 1.01.01.02.00001 10021 BANCO DO BRASIL

Leia mais

Anexo. Demonstrativo Sintético do Programa de Dispêndios Globais das Empresas Estatais

Anexo. Demonstrativo Sintético do Programa de Dispêndios Globais das Empresas Estatais Anexo Demonstrativo Sintético do Programa de Dispêndios Globais das Empresas Estatais Empresas do Setor Produtivo Anexo 175 20000 PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA 20205 COMPANHIA DOCAS DO CEARÁ - CDC DISPENDIOS

Leia mais

------ Saldo Anterior ------ --------- Movimento no Período --------- ------- Saldo Atual ------- ARMINDO/27/01/2015 15:56 41.401,12 41.

------ Saldo Anterior ------ --------- Movimento no Período --------- ------- Saldo Atual ------- ARMINDO/27/01/2015 15:56 41.401,12 41. 27/01/2015 * * * S. C. C. 32 - SISTEMA DE CONTROLE COOPERATIVISTA * * * PÁG. 1 Código da Conta Descrição da Conta 1.0.0.00.00-7 C I R C U L A N T E E R E A L I Z. A L O N G O 805.210,35 306.096,11 298.659,00

Leia mais

Acesso Terc Classificador Nome da Conta C/C. Saldo Inicial Mov.Débito Mov.Crédito Saldo Final

Acesso Terc Classificador Nome da Conta C/C. Saldo Inicial Mov.Débito Mov.Crédito Saldo Final 00001 10000 1000000000 ATIVO 5.972.733,29 434.717,19 435.209,79 5.972.240,69 11000 1100000000 ATIVO CIRCULANTE 61.165,74 279.015,28 292.260,12 47.920,90 11100 1101000000 DISPONIVEL 61.165,74 279.015,28

Leia mais

MANUAL TÉCNICO DE ORÇAMENTO

MANUAL TÉCNICO DE ORÇAMENTO MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO, ORÇAMENTO E GESTÃO DEPARTAMENTO DE COORDENAÇÃO E GOVERNANÇA DAS EMPRESAS ESTATAIS DEST EMPRESAS DO SETOR PRODUTIVO ESTATAL SPE MANUAL TÉCNICO DE ORÇAMENTO INSTRUÇÕES PARA ELABORAÇÃO

Leia mais

REDE DE ENSINO LFG AGENTE E ESCRIVÃO PF Disciplina: Noções de Contabilidade Prof. Adelino Correia Aula nº09. Demonstração de Fluxo de Caixa

REDE DE ENSINO LFG AGENTE E ESCRIVÃO PF Disciplina: Noções de Contabilidade Prof. Adelino Correia Aula nº09. Demonstração de Fluxo de Caixa REDE DE ENSINO LFG AGENTE E ESCRIVÃO PF Disciplina: Noções de Contabilidade Prof. Adelino Correia Aula nº09 Demonstração de Fluxo de Caixa Demonstração de Fluxo de Caixa A partir de 28.12.2007 com a publicação

Leia mais

PRÓ-TRANSPORTE - MOBILIDADE URBANA - PAC COPA 2014 - CT 318.931-88/10

PRÓ-TRANSPORTE - MOBILIDADE URBANA - PAC COPA 2014 - CT 318.931-88/10 AMPLIAÇÃO DA CENTRAL DE Simpl Acum Simpl Acum jul/10 a jun/11 jul/11 12 13 (%) (%) (%) (%) 1.72.380,00 0,00 0,00 0,00 361.00,00 22,96 22,96 1/11 AMPLIAÇÃO DA CENTRAL DE ago/11 Simpl Acum Simpl Acum Simpl

Leia mais

GRANDE ~ RECIFE CONSORCIO DE TRANSPORTE

GRANDE ~ RECIFE CONSORCIO DE TRANSPORTE GRANDE ~ RECIFE CONSORCIO DE TRANSPORTE Piano de Contas Anexo 20 -- grandev

Leia mais

Gerdau S.A. e Metalúrgica Gerdau S.A. Em 31 de dezembro de 2011 e 2010

Gerdau S.A. e Metalúrgica Gerdau S.A. Em 31 de dezembro de 2011 e 2010 54 RELATÓRIO ANUAL GERDAU 2011 DEMONSTRAÇÕES FINANCEIRAS RESUMIDAS Gerdau S.A. e Metalúrgica Gerdau S.A. Em 31 de dezembro de 2011 e 2010 GERDAU S.A. e empresas controladas BALANÇOS PATRIMONIAIS CONSOLIDADOS

Leia mais

1 - DIRETA MOVIMENTO DO EXERCICIO ATUALIZACAO NEGATIVA DA DIVIDA FUNDADA CANCELAMENTO DE RESTOS A PAGAR

1 - DIRETA MOVIMENTO DO EXERCICIO ATUALIZACAO NEGATIVA DA DIVIDA FUNDADA CANCELAMENTO DE RESTOS A PAGAR FOLHA : 1 1 - DIRETA 5.926.047.343, 06 VARIACOES PASSIVAS 4.000.704.988,43 5.926.047.343,06 3.588.078.954,30 2.874.279.889,42 3.167.717.668,63 2.256.034.042,77 1.943.069.122,44 RECEITA DE CONTRIBUICOES

Leia mais

PRÓ-TRANSPORTE - MOBILIDADE URBANA - PAC COPA 2014 - CT 318.931-88/10

PRÓ-TRANSPORTE - MOBILIDADE URBANA - PAC COPA 2014 - CT 318.931-88/10 AMPLIAÇÃO DA CENTRAL DE Simpl Acum Simpl Acum jul/10 a jun/11 jul/11 12 13 (%) (%) (%) (%) 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 1/11 AMPLIAÇÃO DA CENTRAL DE ago/11 Simpl Acum Simpl Acum Simpl Acum 14 set/11 15

Leia mais

HOSPITAL ESPIRITA JOAO MARCHESI CNPJ: 00.033.940/0001-87 BALANCO PATRIMONIAL ENCERRADO EM 31/12/2014

HOSPITAL ESPIRITA JOAO MARCHESI CNPJ: 00.033.940/0001-87 BALANCO PATRIMONIAL ENCERRADO EM 31/12/2014 ATIVO 31/12/2014 CIRCULANTE 259.291,95 DISPONIVEL 50.120,06 BANCOS CONTA MOVIMENTO 48.703,69 APLICACOES FINANCEIRAS DE LIQUIDEZ IMEDIATA 1.416,37 DISPONIBILIDADES 0,00 NUMERÁRIOS EM TRANSITO 0,00 CREDITOS

Leia mais

Evolução do lucro líquido (em milhões de reais) - jan fev mar abr mai jun jul ago set

Evolução do lucro líquido (em milhões de reais) - jan fev mar abr mai jun jul ago set DISCUSSÃO E ANÁLISE PELA ADMINISTRAÇÃO DO RESULTADO NÃO CONSOLIDADO DAS OPERACÕES: PERÍODO DE JANEIRO A SETEMBRO DE 2001 COMPARATIVO AO PERÍODO DE JANEIRO A SETEMBRO DE 2000 (em milhões de reais, exceto

Leia mais

MUTUA DE ASSISTENCIA DOS PROFISSIONAIS DA ENG ARQ AGRONOMIA - MUTUA - SEDE - BALANCETE Ref. outubro/2015 18/12/2015 4:19 PM - Pg.

MUTUA DE ASSISTENCIA DOS PROFISSIONAIS DA ENG ARQ AGRONOMIA - MUTUA - SEDE - BALANCETE Ref. outubro/2015 18/12/2015 4:19 PM - Pg. MUTUA DE ASSISTENCIA DOS PROFISSIONAIS DA ENG ARQ AGRONOMIA - MUTUA - SEDE - BALANCETE Ref. outubro/2015 18/12/2015 4:19 PM - Pg.: 1 1 1 ATIVO 12.428.082,60 1.428.082,49 1.264.958,98 12.591.206,11 1.1

Leia mais

Manual Técnico de Orçamento. Empresas do Setor Produtivo Estatal - SPE

Manual Técnico de Orçamento. Empresas do Setor Produtivo Estatal - SPE Manual Técnico de Orçamento Empresas do Setor Produtivo Estatal - SPE MANUAL TÉCNICO DE ORÇAMENTO EMPRESAS DO SETOR PRODUTIVO ESTATAL SPE Instruções para Elaboração do Programa de Dispêndios Globais PDG

Leia mais

Balancete Analítico. Saldo Mês Inicial

Balancete Analítico. Saldo Mês Inicial 100000000 - Ativo 40.014.044,69 1.247.288.939,72 645.839.588,07 641.463.396,34 D 110000000 - Ativo Circulante 15.145.606,97 309.093.371,32 315.398.093,96 8.840.884,33 D 111000000 - Disponivel 15.141.043,39

Leia mais

Plano de Contas RECURSOS NO EXTERIOR DECORRENTES DE EXPO 01 CONTAS BANCÁRIAS SUBVENÇÕES 01 CONTAS BANCÁRIAS DOAÇÕES 01

Plano de Contas RECURSOS NO EXTERIOR DECORRENTES DE EXPO 01 CONTAS BANCÁRIAS SUBVENÇÕES 01 CONTAS BANCÁRIAS DOAÇÕES 01 1 1.00.00.00.000000 10000 **** A T I V O **** 01 1 1.01.00.00.000000 10050 CIRCULANTE 01 1.01 1.01.01.00.000000 10100 DISPONIBILIDADES 01 1.01.01 1.01.01.01.000000 10150 CAIXA 01 1.01.01.01.00 1.01.01.02.000000

Leia mais

Balancete Patrimonial - Sociedade Corretora. Data : 31/03/2012

Balancete Patrimonial - Sociedade Corretora. Data : 31/03/2012 Folha : 1 A T I V O Número da Conta Valor Total Valor Até 90 Dias Valor Após 90 Dias CIRCULANTE E REALIZAVEL A LONGO PRAZO 1.0.0.00.00-7 1.957.341,13 1.882.382,09 74.959,04 DISPONIBILIDADES 1.1.0.00.00-6

Leia mais

VOLUME II ANEXOS DA LEI 4.320/64

VOLUME II ANEXOS DA LEI 4.320/64 VOLUME II ANEXOS DA LEI 4.320/64 Apresentação Este volume compõe o Balanço Geral do Estado do exercício financeiro 2010. Nele são apresentados os anexos exigidos na LEI 4.320/64. LUIZ MARCOS DE LIMA SUPERINTENDENTE

Leia mais

Balancete Analítico. Governo de Estado do Amazonas. Administração Financeira Integrada

Balancete Analítico. Governo de Estado do Amazonas. Administração Financeira Integrada 100000000 - Ativo 107.637.042,14 622.052.832,26 225.991.734,15 503.698.140,25 D 110000000 - Ativo Circulante 33.694.900,62 103.677.150,11 99.175.407,00 38.196.643,73 D 111000000 - Disponivel 33.690.337,04

Leia mais

Manual Técnico de Orçamento

Manual Técnico de Orçamento Manual Técnico de Orçamento Empresas do Setor Produtivo Estatal - SPE Instruções para Elaboração do Programa de Dispêndios Globais - PDG 2013 2014 MANUAL TÉCNICO DE ORÇAMENTO EMPRESAS DO SETOR PRODUTIVO

Leia mais

112110103 FATURAS/ DUPLICATAS A RECEBER Sim DB 1211104 DIVIDA ATIVA NAO TRIBUTARIA - CLIENTES Sim DB 1211105 EMPRESTIMOS E FINANCIAMENTOS CONCEDIDOS

112110103 FATURAS/ DUPLICATAS A RECEBER Sim DB 1211104 DIVIDA ATIVA NAO TRIBUTARIA - CLIENTES Sim DB 1211105 EMPRESTIMOS E FINANCIAMENTOS CONCEDIDOS 112110103 FATURAS/ DUPLICATAS A RECEBER Sim DB 1211104 DIVIDA ATIVA NAO TRIBUTARIA - CLIENTES Sim DB 1211105 EMPRESTIMOS E FINANCIAMENTOS CONCEDIDOS NÆo DB 121110501 EMPRESTIMOS CONCEDIDOS A RECEBER Sim

Leia mais

Balanço de Pagamentos

Balanço de Pagamentos Balanço de Pagamentos Agosto/2015 22 de setembro de 2015 Resumo dos Resultados Em agosto de 2015, o déficit em Transações Correntes foi de US$ 2,5 bilhões, resultado superior ao observado em agosto de

Leia mais

Acesso Terc Classificador Nome da Conta C/C. Saldo Inicial Mov.Débito Mov.Crédito Saldo Final

Acesso Terc Classificador Nome da Conta C/C. Saldo Inicial Mov.Débito Mov.Crédito Saldo Final 00001 10000 1000000000 ATIVO 2.477.296,62 431.672,24 345.110,22 2.563.858,64 11000 1100000000 ATIVO CIRCULANTE 469.008,48 271.243,99 263.071,69 477.180,78 11100 1101000000 DISPONIVEL 469.008,48 271.243,99

Leia mais

PROGRAMA DE DISPENDIOS GLOBAIS - PDG SECRETARIA EXECUTIVA REPROGRAMAÇAO 2007

PROGRAMA DE DISPENDIOS GLOBAIS - PDG SECRETARIA EXECUTIVA REPROGRAMAÇAO 2007 EMPRESA : COBRA TECNOLOGIA S.A. DISPENDIOS DE CAPITAL 16000000 R E C E I TA S 446000000 I N V E S T I M E N TO S 16000000 RECEITA OPERACIONAL 433000000 DISPENDIOS CORRENTES 459100000 RECEITA NAO OPERACIONAL

Leia mais

MUTUA DE ASSISTENCIA DOS PROFISSIONAIS DA ENG ARQ AGRONOMIA - MUTUA - SEDE - BALANCETE Ref. agosto/2015 19/10/2015 10:07 AM - Pg.

MUTUA DE ASSISTENCIA DOS PROFISSIONAIS DA ENG ARQ AGRONOMIA - MUTUA - SEDE - BALANCETE Ref. agosto/2015 19/10/2015 10:07 AM - Pg. MUTUA DE ASSISTENCIA DOS PROFISSIONAIS DA ENG ARQ AGRONOMIA - MUTUA - SEDE - BALANCETE Ref. agosto/2015 19/10/2015 10:07 AM - Pg.: 1 1 1 ATIVO 273.276,07 41.084,82 16.126,69 298.234,20 1.1 2158 ATIVO CIRCULANTE

Leia mais

FUNDACAO EDUCACIONAL DE BRUSQUE - FEBE Folha: 1 Período: 01/05/13 a 31/05/13

FUNDACAO EDUCACIONAL DE BRUSQUE - FEBE Folha: 1 Período: 01/05/13 a 31/05/13 FUNDACAO EDUCACIONAL DE BRUSQUE - FEBE Folha: 1 17 T 1 ATIVO 42.807.744,57D 5.912.830,23 5.858.043,39 42.862.531,41D 23 T 1.1 ATIVO CIRCULANTE 2.202.794,33D 5.390.052,54 5.127.142,48 2.465.704,39D 30 T

Leia mais

CNPJ : 33.788.431/0029-14 Balancete Analítico de 01/04/2010 até 30/04/2010 Folha :1

CNPJ : 33.788.431/0029-14 Balancete Analítico de 01/04/2010 até 30/04/2010 Folha :1 Balancete Analítico de 01/04/2010 até 30/04/2010 Folha :1 [7]ATIVO [14]CIRCULANTE [21]DISPONIVEL [28]CAIXA GERAL [35]CAIXA =CAIXA GERAL 4.848,03D 4.848,03D [42]BANCOS C/ MOVIMENTO [49]CAIXA ECONOMICA FEDERAL-1430-5

Leia mais

MUTUA DE ASSISTENCIA DOS PROFISSIONAIS DA ENG ARQ AGRONOMIA - MUTUA - SEDE - BALANCETE Ref. setembro/2015 16/11/2015 3:46 PM - Pg.

MUTUA DE ASSISTENCIA DOS PROFISSIONAIS DA ENG ARQ AGRONOMIA - MUTUA - SEDE - BALANCETE Ref. setembro/2015 16/11/2015 3:46 PM - Pg. MUTUA DE ASSISTENCIA DOS PROFISSIONAIS DA ENG ARQ AGRONOMIA - MUTUA - SEDE - BALANCETE Ref. setembro/2015 16/11/2015 3:46 PM - Pg.: 1 1 1 ATIVO 626.089,50 46.432,61 57.653,06 614.869,05 1.1 2158 ATIVO

Leia mais

MUTUA DE ASSISTENCIA DOS PROFISSIONAIS DA ENG ARQ AGRONOMIA - MUTUA - SEDE - BALANCETE Ref. novembro/2015 27/1/2016 10:47 AM - Pg.

MUTUA DE ASSISTENCIA DOS PROFISSIONAIS DA ENG ARQ AGRONOMIA - MUTUA - SEDE - BALANCETE Ref. novembro/2015 27/1/2016 10:47 AM - Pg. MUTUA DE ASSISTENCIA DOS PROFISSIONAIS DA ENG ARQ AGRONOMIA - MUTUA - SEDE - BALANCETE Ref. novembro/2015 27/1/2016 10:47 AM - Pg.: 1 1 1 ATIVO 12.591.206,11 1.179.161,05 1.050.608,86 12.719.758,30 1.1

Leia mais

BALANÇO PATRIMONIAL EM 31 DE DEZEMBRO CIRCULANTE 19.549.765,82 17.697.855,44

BALANÇO PATRIMONIAL EM 31 DE DEZEMBRO CIRCULANTE 19.549.765,82 17.697.855,44 BALANÇO PATRIMONIAL EM 31 DE DEZEMBRO ATIVO R$ CIRCULANTE 19.549.765,82 17.697.855,44 Disponibilidades 1.222.288,96 946.849,34 Mensalidades a receber 4.704.565,74 4.433.742,86 Endosso para terceiros 1.094.384,84

Leia mais

Plano de Contas Referencial da Secretaria da Receita Federal 1 de 32

Plano de Contas Referencial da Secretaria da Receita Federal 1 de 32 Plano de Contas Referencial da Secretaria da Receita Federal 1 de 32 Plano de Contas Referencial da Secretaria da Receita Federal após a Lei 11638/07 Quando informado o registro: as instituições sujeitas

Leia mais

Estado drio Grande do Sul Balancete de Verificacao Pag: 1 CONSORCIO - CISGA De 01.01.2015 a 30.04.2015

Estado drio Grande do Sul Balancete de Verificacao Pag: 1 CONSORCIO - CISGA De 01.01.2015 a 30.04.2015 Estado drio Grande do Sul Balancete de Verificacao Pag: 1 100000000000000 ATIVO 746.423,74 521.047,13 478.433,06 789.037,81 110000000000000 ATIVO CIRCULANTE 718.821,28 507.893,92 470.065,45 756.649,75

Leia mais

Universidade Metodista de Angola Faculdade de Ciencias Economicas e Empresariais Contabilidade Financeira II

Universidade Metodista de Angola Faculdade de Ciencias Economicas e Empresariais Contabilidade Financeira II Sistema de Inventario Permanente Universidade Metodista de Angola Faculdade de Ciencias Economicas e Empresariais Contabilidade Financeira II Exercicio Pratico nº 1 Francisca e Bruno, Estudantes da UMA

Leia mais

MUTUA DE ASSISTENCIA DOS PROFISSIONAIS DA ENG ARQ AGRONOMIA - MUTUA - SEDE - BALANCETE Ref. agosto/2015 19/10/2015 10:42 AM - Pg.

MUTUA DE ASSISTENCIA DOS PROFISSIONAIS DA ENG ARQ AGRONOMIA - MUTUA - SEDE - BALANCETE Ref. agosto/2015 19/10/2015 10:42 AM - Pg. MUTUA DE ASSISTENCIA DOS PROFISSIONAIS DA ENG ARQ AGRONOMIA - MUTUA - SEDE - BALANCETE Ref. agosto/2015 19/10/2015 10:42 AM - Pg.: 1 1 1 ATIVO 42.980.860,10 1.560.105,37 989.348,20 43.551.617,27 1.1 2158

Leia mais

Nome do Condomínio. Demonstrativo Financeiro

Nome do Condomínio. Demonstrativo Financeiro Mês: Janeiro 1.5 - Mês: Fevereiro 1.5 - Mês: Março 1.5 - Mês: Abril 1.5 - Mês: Maio 1.5 - Mês: Junho 1.5 - Mês: Julho 1.5 - Mês: Agosto 1.5 - Mês: Setembro 1.5 - Mês: Outubro 1.5 - Mês: Novembro 1.5 -

Leia mais

ANEXO DEMONSTRATIVO SINTÉTICO DO PROGRAMA DE DISPÊNDIOS GLOBAIS DAS EMPRESAS ESTATAIS. Empresas do Setor Produtivo. Empresas do Setor Financeiro

ANEXO DEMONSTRATIVO SINTÉTICO DO PROGRAMA DE DISPÊNDIOS GLOBAIS DAS EMPRESAS ESTATAIS. Empresas do Setor Produtivo. Empresas do Setor Financeiro ANEXO DEMONSTRATIVO SINTÉTICO DO PROGRAMA DE DISPÊNDIOS GLOBAIS DAS EMPRESAS ESTATAIS Empresas do Setor Produtivo Empresas do Setor Financeiro EMPRESA DO SETOR PRODUTIVO DEMONSTRATIVO SINTÉTICO DO PROGRAMA

Leia mais

RECEITAS ORCAMENTARIAS PREVISAO INCIAL PREVISAO ATUALIZADA RECEITAS REALIZADAS SALDO (a) (b) c=(b-a)

RECEITAS ORCAMENTARIAS PREVISAO INCIAL PREVISAO ATUALIZADA RECEITAS REALIZADAS SALDO (a) (b) c=(b-a) FUNDACAO UNIVERSIDADE ESTADUAL DO PIAUI BALANÇO ORÇAMENTÁRIO Exercício 2015 RECEITAS ORCAMENTARIAS PREVISAO INCIAL PREVISAO ATUALIZADA RECEITAS REALIZADAS SALDO (a) (b) c=(b-a) RECEITAS CORRENTES 4.639.895,29

Leia mais

200 180 Indice (abr/2004=100) 160 140 120 100 80 dez/97 jun/98 dez/98 jun/99 dez/99 jun/00 dez/00 jun/01 dez/01 jun/02 dez/02 jun/03 dez/03 jun/04 dez/04 jun/05 dez/05 jun/06 dez/06 jun/07 dez/07 Faturamento

Leia mais

Fornecedores. Fornecedores de Serviços (passivo. circulante) Salários e ordenados a pagar. Pró-labore (resultado) Caixa

Fornecedores. Fornecedores de Serviços (passivo. circulante) Salários e ordenados a pagar. Pró-labore (resultado) Caixa V Pagamento de fornecedores Retenção de IRF sobre serviços Retenção de IRF sobre salários Pró-labore Integralização de capital em dinheiro Integralização de capital em bens Depreciação ICMS sobre vendas

Leia mais

CAU - MT Conselho de Arquitetura e Urbanismo do Estado do Mato Grosso CNPJ: 14.820.959/0001-88

CAU - MT Conselho de Arquitetura e Urbanismo do Estado do Mato Grosso CNPJ: 14.820.959/0001-88 CAU - MT Conselho de Arquitetura e Urbanismo do Estado do Mato Grosso CNPJ: 14.820.959/0001-88 Balanço Financeiro Período: 01/01/2012 a 31/12/2012 INGRESSOS DISPÊNDIOS ESPECIFICAÇÃO Exercício Anterior

Leia mais

TCE-TCE Auditoria Governamental

TCE-TCE Auditoria Governamental TCE-TCE Auditoria Governamental Pessoal, vou comentar as questões da prova. 61. Considere as informações extraídas do Balanço Orçamentário, referentes ao exercício financeiro de 2014, de uma entidade pública:

Leia mais

COMITÊ DE PRONUNCIAMENTOS CONTÁBEIS PRONUNCIAMENTO TÉCNICO CPC 03 DEMONSTRAÇÃO DE FLUXOS DE CAIXA

COMITÊ DE PRONUNCIAMENTOS CONTÁBEIS PRONUNCIAMENTO TÉCNICO CPC 03 DEMONSTRAÇÃO DE FLUXOS DE CAIXA COMITÊ DE PRONUNCIAMENTOS CONTÁBEIS PRONUNCIAMENTO TÉCNICO CPC 03 DEMONSTRAÇÃO DE FLUXOS DE CAIXA Correlação às Normas Internacionais de Contabilidade IAS 7 (IASB) PRONUNCIAMENTO Conteúdo Item OBJETIVO

Leia mais

MUTUA DE ASSISTENCIA DOS PROFISSIONAIS DA ENG ARQ AGRONOMIA - MUTUA - SEDE - BALANCETE Ref. maio/2015 16/7/2015 3:12 PM - Pg.: 1

MUTUA DE ASSISTENCIA DOS PROFISSIONAIS DA ENG ARQ AGRONOMIA - MUTUA - SEDE - BALANCETE Ref. maio/2015 16/7/2015 3:12 PM - Pg.: 1 MUTUA DE ASSISTENCIA DOS PROFISSIONAIS DA ENG ARQ AGRONOMIA - MUTUA - SEDE - BALANCETE Ref. maio/2015 16/7/2015 3:12 PM - Pg.: 1 1 1 ATIVO 7.187.905,03 511.335,80 452.789,51 7.246.451,32 1.1 2158 ATIVO

Leia mais

DATA DIA DIAS DO FRAÇÃO DATA DATA HORA DA INÍCIO DO ANO JULIANA SIDERAL T.U. SEMANA DO ANO TRÓPICO 2450000+ 2460000+

DATA DIA DIAS DO FRAÇÃO DATA DATA HORA DA INÍCIO DO ANO JULIANA SIDERAL T.U. SEMANA DO ANO TRÓPICO 2450000+ 2460000+ CALENDÁRIO, 2015 7 A JAN. 0 QUARTA -1-0.0018 7022.5 3750.3 1 QUINTA 0 +0.0009 7023.5 3751.3 2 SEXTA 1 +0.0037 7024.5 3752.3 3 SÁBADO 2 +0.0064 7025.5 3753.3 4 DOMINGO 3 +0.0091 7026.5 3754.3 5 SEGUNDA

Leia mais

BALANCETE MENSAL ANALÍTICO

BALANCETE MENSAL ANALÍTICO Folha: 1 1 ATIVO 8.544.240.885,03D 1.187.712.812,83 1.039.959.543,84 8.691.994.154,02D 1.1 DISPONIVEL 746.563,71D 790.856.397,54 790.554.320,33 1.048.640,92D 1.1.1 IMEDIATO 139.546,54D 596.064.600,66 596.064.241,19

Leia mais

BALANCETE ANALÍTICO - FEVEREIRO/2014

BALANCETE ANALÍTICO - FEVEREIRO/2014 Folha : 1 1 ATIVO 1.751.895,74D 879.229,92 761.269,85 1.869.855,81D 1.1 ATIVO CIRCULANTE 530.034,08D 808.806,18 751.264,32 587.575,94D 1.1.1 DISPONIBILIDADES 44.809,02D 563.980,39 580.945,39 27.844,02D

Leia mais

Banco Caterpillar S.A. Rua Alexandre Dumas, 1711 - Edifício Birmann 11-9º andar Setor 2 - São Paulo - SP CNPJ: 02.658.435/0001-53

Banco Caterpillar S.A. Rua Alexandre Dumas, 1711 - Edifício Birmann 11-9º andar Setor 2 - São Paulo - SP CNPJ: 02.658.435/0001-53 Rua Alexandre Dumas, 1711 - Edifício Birmann 11-9º andar Setor 2 - São Paulo - SP CNPJ: 02.658.435/0001-53 Balanço Patrimonial - Conglomerado Prudencial em 30 de Junho ATIVO 2014 CIRCULANTE 1.893.224 Disponibilidades

Leia mais

DFC Demonstração dos Fluxos de Caixa. Professor: Eduardo José Zanoteli, M.Sc.

DFC Demonstração dos Fluxos de Caixa. Professor: Eduardo José Zanoteli, M.Sc. DFC Demonstração dos Fluxos de Caixa Demonstração dos Fluxos de Caixa - DFC Regime de Caixa Regime de Competência X DFC: Objetivo/finalidade Permitir que investidores, credores e outros usuários avaliem:

Leia mais

MUTUA DE ASSISTENCIA DOS PROFISSIONAIS DA ENG ARQ AGRONOMIA - MUTUA - SEDE - BALANCETE Ref. julho/2015 24/9/2015 11:31 AM - Pg.: 1

MUTUA DE ASSISTENCIA DOS PROFISSIONAIS DA ENG ARQ AGRONOMIA - MUTUA - SEDE - BALANCETE Ref. julho/2015 24/9/2015 11:31 AM - Pg.: 1 MUTUA DE ASSISTENCIA DOS PROFISSIONAIS DA ENG ARQ AGRONOMIA - MUTUA - SEDE - BALANCETE Ref. julho/2015 24/9/2015 11:31 AM - Pg.: 1 1 1 ATIVO 7.450.182,15 485.642,74 348.065,42 7.587.759,47 1.1 2158 ATIVO

Leia mais

MUTUA DE ASSISTENCIA DOS PROFISSIONAIS DA ENG ARQ AGRONOMIA - MUTUA - SEDE - BALANCETE Ref. setembro/2015 16/11/2015 3:11 PM - Pg.

MUTUA DE ASSISTENCIA DOS PROFISSIONAIS DA ENG ARQ AGRONOMIA - MUTUA - SEDE - BALANCETE Ref. setembro/2015 16/11/2015 3:11 PM - Pg. MUTUA DE ASSISTENCIA DOS PROFISSIONAIS DA ENG ARQ AGRONOMIA - MUTUA - SEDE - BALANCETE Ref. setembro/2015 16/11/2015 3:11 PM - Pg.: 1 1 1 ATIVO 12.733.242,41 1.679.532,72 1.984.692,53 12.428.082,60 1.1

Leia mais

MUTUA DE ASSISTENCIA DOS PROFISSIONAIS DA ENG ARQ AGRONOMIA - MUTUA - SEDE - BALANCETE Ref. setembro/2015 16/11/2015 3:18 PM - Pg.

MUTUA DE ASSISTENCIA DOS PROFISSIONAIS DA ENG ARQ AGRONOMIA - MUTUA - SEDE - BALANCETE Ref. setembro/2015 16/11/2015 3:18 PM - Pg. MUTUA DE ASSISTENCIA DOS PROFISSIONAIS DA ENG ARQ AGRONOMIA - MUTUA - SEDE - BALANCETE Ref. setembro/2015 16/11/2015 3:18 PM - Pg.: 1 1 1 ATIVO 12.225.031,27 1.346.048,58 1.256.285,24 12.314.794,61 1.1

Leia mais

Esta ficha exibe, no programa e na impressão da declaração, os dados disponibilizados da ficha "NOVA DECLARAÇÃO" DIPJ 2014

Esta ficha exibe, no programa e na impressão da declaração, os dados disponibilizados da ficha NOVA DECLARAÇÃO DIPJ 2014 Modelo de Ficha Nova - Ficha 01 - Dados Iniciais Esta ficha exibe, no programa e na impressão da declaração, os dados disponibilizados da ficha "NOVA DECLARAÇÃO" Ficha 02 - Dados Cadastrais Nome Empresarial:

Leia mais

PLANO DE CONTAS. - Plano 000001 FOLHA: 000001 0001 - INSTITUTO DE ELETROTÉCNICA E ENERGIA DA USP DATA: 18/08/2009 PERÍODO: 01/2007

PLANO DE CONTAS. - Plano 000001 FOLHA: 000001 0001 - INSTITUTO DE ELETROTÉCNICA E ENERGIA DA USP DATA: 18/08/2009 PERÍODO: 01/2007 PLANO DE S FOLHA: 000001 1 - ATIVO 1.1 - ATIVO CIRCULANTE 1.1.1 - DISPONÍVEL 1.1.1.01 - BENS NUMERÁRIOS 1.1.1.01.0001 - (0000000001) - CAIXA 1.1.1.02 - DEPÓSITOS BANCÁRIOS 1.1.1.02.0001 - (0000000002)

Leia mais

Balancete mar12 ÚÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄ ³

Balancete mar12 ÚÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄÄ ³ ³ Folha: 001 ³ ³ ATIVO 231.607,73 D 69.260,86 64.563,63 236.304,96 D³ ³ CIRCULANTE 122.510,63 D 69.260,86 62.695,96 129.075,53 D³ ³ DISPONIVEL 115.775,17 D 63.460,86 58.288,93 120.947,10 D³ ³ CAIXA GERAL

Leia mais

MUTUA DE ASSISTENCIA DOS PROFISSIONAIS DA ENG ARQ AGRONOMIA - MUTUA - SEDE - BALANCETE Ref. abril/2015 29/6/2015 3:01 PM - Pg.: 1

MUTUA DE ASSISTENCIA DOS PROFISSIONAIS DA ENG ARQ AGRONOMIA - MUTUA - SEDE - BALANCETE Ref. abril/2015 29/6/2015 3:01 PM - Pg.: 1 MUTUA DE ASSISTENCIA DOS PROFISSIONAIS DA ENG ARQ AGRONOMIA - MUTUA - SEDE - BALANCETE Ref. abril/2015 29/6/2015 3:01 PM - Pg.: 1 1 1 ATIVO 7.073.829,82 408.282,42 294.207,21 7.187.905,03 1.1 2158 ATIVO

Leia mais

4º E 5º PERIODOS CIENCIAS CONTABEIS PROF NEUSA. 1- A empresa Brasil S/A apresenta inicialmente os seguintes saldos contábeis:

4º E 5º PERIODOS CIENCIAS CONTABEIS PROF NEUSA. 1- A empresa Brasil S/A apresenta inicialmente os seguintes saldos contábeis: 4º E 5º PERIODOS CIENCIAS CONTABEIS PROF NEUSA Exercícios: 1- A empresa Brasil S/A apresenta inicialmente os seguintes saldos contábeis: Banco 100.000 Duplicatas a receber 80.000 Financiamentos 80.000

Leia mais

SANTA CATARINA INST. DE PREV. DOS SERV.PUB. DO MUNIC. DE JOACABA

SANTA CATARINA INST. DE PREV. DOS SERV.PUB. DO MUNIC. DE JOACABA Balanço Patrimonial - Anexo 14 Administração Indireta - Ativo Passivo Títulos Valor R$ Títulos Valor R$ ATIVO FINANCEIRO 6.481.282,92 DISPONIVEL 65.938,04 BANCO C/ MOVIMENTO 65.938,04 APLICACOES FINANCEIRAS

Leia mais

MUTUA DE ASSISTENCIA DOS PROFISSIONAIS DA ENG ARQ AGRONOMIA - MUTUA - SEDE - BALANCETE Ref. fevereiro/2015 2/6/2015 2:56 PM - Pg.

MUTUA DE ASSISTENCIA DOS PROFISSIONAIS DA ENG ARQ AGRONOMIA - MUTUA - SEDE - BALANCETE Ref. fevereiro/2015 2/6/2015 2:56 PM - Pg. MUTUA DE ASSISTENCIA DOS PROFISSIONAIS DA ENG ARQ AGRONOMIA - MUTUA - SEDE - BALANCETE Ref. fevereiro/2015 2/6/2015 2:56 PM - Pg.: 1 1 1 ATIVO 12.416.011,28 2.435.796,50 2.326.156,10 12.525.651,68 1.1

Leia mais

RECEITAS CORRENTES DESPESAS CORRENTES 379.374,45 PESSOAL E ENCARGOS SOCIAIS JUROS E ENCARGOS DA DIVIDA

RECEITAS CORRENTES DESPESAS CORRENTES 379.374,45 PESSOAL E ENCARGOS SOCIAIS JUROS E ENCARGOS DA DIVIDA ANEXO 1 da Lei nº 4.320, de 17 de março de 1964 DEMONSTRAÇÃO DA RECEITA E DESPESA SEGUNDO AS CATEGORIAS ECONÔMICAS Agosto / 2011 Orçamento Fiscal, da Seguridade Social e de Investimentos. Adendo II à Portaria

Leia mais

Prática - desenvolvimento de sistemas Av. Assis Brasil 1800/302 - Porto Alegre - RS - CEP:91010-001. Empresa: Plano referencial 4 - Seguradoras

Prática - desenvolvimento de sistemas Av. Assis Brasil 1800/302 - Porto Alegre - RS - CEP:91010-001. Empresa: Plano referencial 4 - Seguradoras 1 ATIVO 1.01 CIRCULANTE 1.01.01 DISPONÍVEL 1.01.01.01 Caixa 1.01.01.02 Valores em Trânsito 1.01.01.03 Bancos Conta Depósitos 1.01.01.04 Aplicações no Mercado Aberto 1.01.02 APLICAÇÕES 1.01.02.01 Títulos

Leia mais

MUTUA DE ASSISTENCIA DOS PROFISSIONAIS DA ENG ARQ AGRONOMIA - MUTUA - SEDE - BALANCETE Ref. julho/2015 24/9/2015 11:32 AM - Pg.: 1

MUTUA DE ASSISTENCIA DOS PROFISSIONAIS DA ENG ARQ AGRONOMIA - MUTUA - SEDE - BALANCETE Ref. julho/2015 24/9/2015 11:32 AM - Pg.: 1 MUTUA DE ASSISTENCIA DOS PROFISSIONAIS DA ENG ARQ AGRONOMIA - MUTUA - SEDE - BALANCETE Ref. julho/2015 24/9/2015 11:32 AM - Pg.: 1 1 1 ATIVO 12.194.557,15 2.126.830,94 2.273.330,52 12.048.057,57 1.1 2158

Leia mais

[Anexo I-AB] Balanço Patrimonial - Ativo e Passivo. 1.1.1.1.2.00.00 - Caixa e Equivalentes de Caixa em Moeda Nacional - Intra OFSS

[Anexo I-AB] Balanço Patrimonial - Ativo e Passivo. 1.1.1.1.2.00.00 - Caixa e Equivalentes de Caixa em Moeda Nacional - Intra OFSS [Anexo I-AB] Balanço Patrimonial - Ativo e Passivo Qname siconfi-dca-anexo1abhi : BalancoPatrimonialAbstract siconfi-dca-anexo1abhi : AtivoAbstract siconfi-dca-anexo1abhi : AtivoLineItems siconfi-cor :

Leia mais

DEFENSORIA PÚBLICA ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL 2012. Resolução comentada da prova de Contabilidade Prof. Milton M. Ueta. Analista-Contabilidade

DEFENSORIA PÚBLICA ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL 2012. Resolução comentada da prova de Contabilidade Prof. Milton M. Ueta. Analista-Contabilidade DEFENSORIA PÚBLICA ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL 2012 Resolução comentada da prova de Contabilidade Prof. Milton M. Ueta Analista-Contabilidade 1 Primeiramente, é necessário Apurar o Resultado pois, como

Leia mais

Raízen Combustíveis S.A.

Raízen Combustíveis S.A. Balanço patrimonial consolidado e condensado (Em milhares de reais, exceto quando indicado de outra forma) Ativo 30.06.2014 31.03.2014 Passivo 30.06.2014 31.03.2014 Circulante Circulante Caixa e equivalentes

Leia mais

ECF - PLANO REFERENCIAL - VERSAO 8 - TABELA - PJ em Geral

ECF - PLANO REFERENCIAL - VERSAO 8 - TABELA - PJ em Geral ECF - PLANO REFERENCIAL - VERSAO 8 - TABELA - PJ em Geral 1 ATIVO 1.01 ATIVO CIRCULANTE 1.01.01 DISPONIBILIDADES 1.01.01.01 CAIXA GERAL 1.01.01.01.01 Caixa Matriz 1.01.01.01.02 Caixa Filiais 1.01.01.02

Leia mais

1.1.2.07.001 Empréstimos a empregados 1.1.2.07.002 Empréstimos a terceiros 1.1.2.08 Tributos a Compensar 1.1.2.08.001 IR Retido na Fonte a Compensar

1.1.2.07.001 Empréstimos a empregados 1.1.2.07.002 Empréstimos a terceiros 1.1.2.08 Tributos a Compensar 1.1.2.08.001 IR Retido na Fonte a Compensar A seguir um modelo de Plano de Contas que poderá ser utilizado por empresas comerciais, industriais e prestadoras de serviços, com as devidas adaptações: 1 Ativo 1.1 Ativo Circulante 1.1.1 Disponível 1.1.1.01

Leia mais

NBC TSP 2 - Demonstração dos Fluxos de Caixa. Objetivo

NBC TSP 2 - Demonstração dos Fluxos de Caixa. Objetivo NBC TSP 2 - Demonstração dos Fluxos de Caixa Objetivo A demonstração dos fluxos de caixa identifica (a) as fontes de geração dos fluxos de entrada de caixa, (b) os itens de utilização de caixa durante

Leia mais

Código Classificação Descrição Saldo Anterior Débitos Créditos Saldo Atual 17 1 ATIVO 877.134,08 861.267,96 864.850,80 873.551,24

Código Classificação Descrição Saldo Anterior Débitos Créditos Saldo Atual 17 1 ATIVO 877.134,08 861.267,96 864.850,80 873.551,24 Folha: 1 17 1 ATIVO 877.134,08 861.267,96 864.850,80 873.551,24 23 1.1 ATIVO CIRCULANTE 582.098,33 779.584,85 864.850,80 496.832,38 30 1.1.1 DISPONIBILIDADE 462.844,31 510.922,02 615.741,39 358.024,94

Leia mais

COMITÊ DE PRONUNCIAMENTOS CONTÁBEIS PRONUNCIAMENTO TÉCNICO CPC 03 (R1) DEMONSTRAÇÃO DOS FLUXOS DE CAIXA

COMITÊ DE PRONUNCIAMENTOS CONTÁBEIS PRONUNCIAMENTO TÉCNICO CPC 03 (R1) DEMONSTRAÇÃO DOS FLUXOS DE CAIXA COMITÊ DE PRONUNCIAMENTOS CONTÁBEIS PRONUNCIAMENTO TÉCNICO CPC 03 (R1) DEMONSTRAÇÃO DOS FLUXOS DE CAIXA Correlação às Normas Internacionais de Contabilidade IAS 7 (IASB) PRONUNCIAMENTO Conteúdo OBJETIVO

Leia mais

Codigo Nivel Contabil TP Descricao UG Fonte Banco Agencia Conta Corrente

Codigo Nivel Contabil TP Descricao UG Fonte Banco Agencia Conta Corrente Estado do Parana Relacao Cadastral do Plano de Contas Folha: 1 1 1.0.0.0.0.00.00.00.00.00.00.00 S ATIVO 2 1.1.0.0.0.00.00.00.00.00.00.00 S ATIVO CIRCULANTE 3 1.1.1.0.0.00.00.00.00.00.00.00 S CAIXA E EQUIVALENTES

Leia mais

Poder de voto de residentes: informar o poder de voto na empresa declarante detido por residentes.

Poder de voto de residentes: informar o poder de voto na empresa declarante detido por residentes. Data Base 31.12.2010 Dados do declarante Participação no capital social do declarante Poder de voto de residentes: informar o poder de voto na empresa declarante detido por residentes. Poder de voto de

Leia mais

ELETROBRÁS PARTICIPAÇÕES S/A - ELETROPAR BALANÇO EM 31 DE MARÇO 2009 E 2008 (Em milhares de Reais)

ELETROBRÁS PARTICIPAÇÕES S/A - ELETROPAR BALANÇO EM 31 DE MARÇO 2009 E 2008 (Em milhares de Reais) ATIVO ELETROBRÁS PARTICIPAÇÕES S/A - ELETROPAR CIRCULANTE Disponibilidades Aplicação Financeira 27.880 14.201 Caixa e Bancos 18 65 27.898 14.266 Contas a Receber Eletronet 59.145 59.145 Empresas Cedentes

Leia mais

SPMS, E.P.E. Índice 1. Enquadramento... 2 2. Orçamento de Exploração... 3 3. Orçamento de Tesouraria... 8 4. Orçamento de Investimento...

SPMS, E.P.E. Índice 1. Enquadramento... 2 2. Orçamento de Exploração... 3 3. Orçamento de Tesouraria... 8 4. Orçamento de Investimento... 2012 Orçamento Índice 1. Enquadramento... 2 2. Orçamento de Exploração... 3 3. Orçamento de Tesouraria... 8 4. Orçamento de Investimento... 8 1 Plano Estratégico 2011-2013 1. Enquadramento O presente documento

Leia mais

ANEXO - CAPÍTULO III - Modelo de Publicação BALANÇO PATRIMONIAL - ATIVO

ANEXO - CAPÍTULO III - Modelo de Publicação BALANÇO PATRIMONIAL - ATIVO BALANÇO PATRIMONIAL - ATIVO 200Y 200X ATIVO Contas ATIVO CIRCULANTE 12 Disponível 121 Realizável 122+123+124+125+126+127+128+129 Aplicações Financeiras 122 Aplicações Vinculadas a Provisões Técnicas 1221

Leia mais

Balancete Analítico (Valores em Reais)

Balancete Analítico (Valores em Reais) 00001 10000 100000000000000 ATIVO 88.042,15 3.922.056,24 3.891.880,30 118.218,09 11000 110000000000000 ATIVO CIRCULANTE 35.964,33 3.917.262,56 3.891.880,30 61.346,59 11100 110100000000000 DISPONIVEL 734,67

Leia mais

Balancete Analítico (Valores em Reais)

Balancete Analítico (Valores em Reais) 00001 00001 10000000000 ATIVO 1.092.836,73 D 228.985,22 271.357,14 1.050.464,81 D 00011 10100000000 CIRCULANTE 368.698,99 D 228.334,36 265.541,52 331.491,83 D 00111 10101000000 DISPONIVEL 76.060,22 D 204.964,49

Leia mais

MINISTERIO DA CIENCIA, TECNOLOGIA E INOVACAO

MINISTERIO DA CIENCIA, TECNOLOGIA E INOVACAO Empresas do Setor FINANCEIRO DEMONSTRATIVO SINTÉTICO DO PROGRAMA DE DISPÊNDIOS GLOBAIS DAS EMPRESAS ESTATAIS - E 24000 24202 MINISTERIO DA CIENCIA, TECNOLOGIA E INOVACAO FINANCIADORA DE ESTUDOS E PROJETOS

Leia mais

2ª edição Ampliada e Revisada. Capítulo 8 Demonstração do Resultado do Exercício

2ª edição Ampliada e Revisada. Capítulo 8 Demonstração do Resultado do Exercício 2ª edição Ampliada e Revisada Capítulo Demonstração do Resultado do Exercício Tópicos do Estudo Demonstração do Resultado do Exercício. Custo das Vendas. Despesas Operacionais. Resultados não Operacionais

Leia mais

ABERTURA DAS CONTAS DA PLANILHA DE RECLASSIFICAÇÃO DIGITAR TODOS OS VALORES POSITIVOS.

ABERTURA DAS CONTAS DA PLANILHA DE RECLASSIFICAÇÃO DIGITAR TODOS OS VALORES POSITIVOS. ABERTURA DAS CONTAS DA PLANILHA DE RECLASSIFICAÇÃO DIGITAR TODOS OS VALORES POSITIVOS. I. BALANÇO ATIVO 111 Clientes: duplicatas a receber provenientes das vendas a prazo da empresa no curso de suas operações

Leia mais

Abril Educação S.A. Informações Proforma em 30 de junho de 2011

Abril Educação S.A. Informações Proforma em 30 de junho de 2011 Abril Educação S.A. Informações Proforma em 30 de junho de 2011 RESULTADOS PRO FORMA NÃO AUDITADOS CONSOLIDADOS DA ABRIL EDUCAÇÃO As informações financeiras consolidadas pro forma não auditadas para 30

Leia mais

FUNDACAO EDUCACIONAL DE BRUSQUE - FEBE Folha: 1 Período: 01/01/11 a 31/01/11

FUNDACAO EDUCACIONAL DE BRUSQUE - FEBE Folha: 1 Período: 01/01/11 a 31/01/11 FUNDACAO EDUCACIONAL DE BRUSQUE - FEBE Folha: 1 17 T 1 ATIVO 41.752.495,74D 4.036.938,36 4.262.358,02 41.527.076,08D 23 T 1.1 ATIVO CIRCULANTE 1.250.072,51D 3.944.278,77 4.201.929,51 992.421,77D 30 T 1.1.01

Leia mais

SPDM - Associação Paulista para o Desenvolvimento da Medicina Programa de Atenção Integral à Saúde

SPDM - Associação Paulista para o Desenvolvimento da Medicina Programa de Atenção Integral à Saúde SPDM - PROGRAMA DE ATENÇÃO INTEGRAL À SAÚDE HOSP. REG. ARARANGUÁ CNPJ: 61.699.567/0046-94 ATIVO ATIVO 118.930.309,94 39.454.606,50 41.447.941,04 116.936.975,40 ATIVO CIRCULANTE 12.444.093,99 39.454.606,50

Leia mais

Balancete Interno de Abril de 2015

Balancete Interno de Abril de 2015 Folha : 1 *** Ativo *** 1.0.0.00.00.000-7 * CIRCULANTE E REALIZAVEL A LONGO PRAZO 540.685,21-4.422.359,76 4.468.057,45 494.987,52-1.1.0.00.00.000-6 * DISPONIBILIDADES 490.866,38-4.283.035,73 4.415.034,23

Leia mais

ORÇAMENTO DE INVESTIMENTO DAS EMPRESAS ESTATAIS - 2006. Principais Grupos

ORÇAMENTO DE INVESTIMENTO DAS EMPRESAS ESTATAIS - 2006. Principais Grupos Principais Grupos Empresas correntes 2003 2004 2005 2006 Realizado Realizado Realizado LOA Setor Produtivo Estatal 17.301 18.285 20.554 31.404 - Grupo PETROBRAS (No País) 13.839 14.960 16571 24.095 - Grupo

Leia mais

RELATÓRIO DE RELAÇÕES COM INVESTIDORES RESULTADOS 1T10 156.512.000,00

RELATÓRIO DE RELAÇÕES COM INVESTIDORES RESULTADOS 1T10 156.512.000,00 RELATÓRIO DE RELAÇÕES COM INVESTIDORES RESULTADOS 156.512.000,00 Resultados do RESULTADOS São Paulo, 14 de maio de 2010 A BRADESPAR [BM&FBOVESPA: BRAP3 (ON), BRAP4 (PN); LATIBEX: XBRPO (ON), XBRPP (PN)]

Leia mais

DEMONSTRAÇÃO DOS FLUXOS DE CAIXA (DFC)

DEMONSTRAÇÃO DOS FLUXOS DE CAIXA (DFC) 1 de 5 31/01/2015 14:52 DEMONSTRAÇÃO DOS FLUXOS DE CAIXA (DFC) A Demonstração do Fluxo de Caixa (DFC) passou a ser um relatório obrigatório pela contabilidade para todas as sociedades de capital aberto

Leia mais

Os valores totais do Ativo e do Patrimônio Líquido são, respectivamente,

Os valores totais do Ativo e do Patrimônio Líquido são, respectivamente, Faculdade de Tecnologia SENAC Goiás Exercícios de Contabilidade Professora Niuza Adriane da Silva 1º A empresa XYZ adquire mercadorias para revenda, com promessa de pagamento em 3 parcelas iguais, sendo

Leia mais

ESTRUTURA DO BALANÇO PATRIMONIAL

ESTRUTURA DO BALANÇO PATRIMONIAL ESTRUTURA DO BALANÇO PATRIMONIAL Introdução Já sabemos que o Patrimônio é objeto da contabilidade, na qual representa o conjunto de bens, diretos e obrigações. Esta definição é muito importante estar claro

Leia mais

DEMONSTRAÇÃO DOS FLUXOS DE CAIXA

DEMONSTRAÇÃO DOS FLUXOS DE CAIXA CAPÍTULO 33 Este Capítulo é parte integrante do Livro Contabilidade Básica - Finalmente Você Vai Entender a Contabilidade. 33.1 CONCEITOS A demonstração dos fluxos de caixa evidencia as modificações ocorridas

Leia mais

CREA/SC Conselho Regional de Engenharia e Agronomia de Santa Catarina CNPJ: 82.511.643/0001-64

CREA/SC Conselho Regional de Engenharia e Agronomia de Santa Catarina CNPJ: 82.511.643/0001-64 CREA/SC Conselho Regional de Engenharia e Agronomia de Santa Catarina CNPJ: 82.511.643/0001-64 Período: 01/01/2013 à 31/12/2013 INGRESSOS DISPÊNDIOS ESPECIFICAÇÃO Exercício Anterior ESPECIFICAÇÃO Exercício

Leia mais

SIND-UFLA SIND. TEC. ADM. EDUC. INSTIUIÇÕES FED. DE ENSINO DE LAVRAS BALANÇO PATRIMONIAL ENCERRADO EM 31/12/2014 A T I V O

SIND-UFLA SIND. TEC. ADM. EDUC. INSTIUIÇÕES FED. DE ENSINO DE LAVRAS BALANÇO PATRIMONIAL ENCERRADO EM 31/12/2014 A T I V O SIND-UFLA SIND. TEC. ADM. EDUC. INSTIUIÇÕES FED. DE ENSINO DE BALANÇO PATRIMONIAL ENCERRADO EM 31/12/2014 ATIVO CIRCULANTE A T I V O DISPONIVEL Banco c/ Movimento 10.043,15 10.043,15 OUTROS CRÉDITOS Adiantamentos

Leia mais

1.1 Demonstração dos Fluxos de Caixa

1.1 Demonstração dos Fluxos de Caixa 1 Exercícios de Fixação (Questões de concurso) 1.1 Demonstração dos Fluxos de Caixa 1.1.1 Concurso para AFRF 2000 prova de contabilidade avançada - Questão 15 ENUNCIADO 15- Aplicações em Investimentos

Leia mais