CATÁLOGO DE CURSOS 2012

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "CATÁLOGO DE CURSOS 2012"

Transcrição

1 CATÁLOGO DE CURSOS 1

2 2

3 Palavra do Presidente Amigo associado É com grande satisfação que fazemos chegar até você nosso Catálogo de Cursos para. Como você sabe, a Associação Paulista de Supermercados procura sempre aprimorar os serviços Estamos atentos às necessidades de qualificação dos colaboradores do setor, por isso desenvolvemos cursos específicos para a operação das lojas. Por acreditar na educação continuada, a entidade oferece várias possibilidades e modelos de capacitação, como os cursos nas Regionais e Distritais, descentralizados, in company e ainda pela internet, através da E-super. Como todos sabemos, nossos desafios são grandes. As perspectivas de crescimento da economia brasileira acirram a disputa por colaboradores. não serem surpreendidos pela escassez de talentos, nossos associados podem usar as ferramentas que oferecemos para reorientar suas políticas de recursos humanos e reter os profissionais capacitados. Algumas etapas são fundamentais nessa estratégia. Primeiro, é necessário atrair os profissionais, depois qualificá-los e então aprimorar os instrumentos de retenção. Quem não pensar e agir dessa forma corre o risco de perder seus colaboradores para os concorrentes. Os associados entenderam a proposta da APAS e estão inscrevendo suas equipes nos nossos programas, o que nos motiva a ampliar ainda mais a oferta de cursos. O Catálogo de Cursos que chega às suas mãos, amigo associado, é a base que será complementada com todas essas possibilidades apresentadas. Consulte sempre o Portal APAS (www.portalapas.org.br) para se inteirar das novidades que a Escola APAS desenvolve seguidamente para você. É o fruto da dedicação do diretor de Treinamento & Desenvolvimento, Pedro Celso Gonçalves, e de toda a equipe da Escola APAS, que aprimoram os processos trocando informações com profissionais reunidos no Grupo de RH. Lembre-se de que a APAS é sua entidade de classe e que tem uma equipe afinada trabalhando por você. Um grande abraço, João Galassi Presidente APAS 3

4 4

5 Escola APAS Prezado associado, Você sabe que manter profissionais constantemente atualizados é fator decisivo para a melhoria dos resultados corporativos, pois, além de integrá-los aos valores e às competências da empresa, aumenta o comprometimento e a produtividade. Foi pensando nessas questões que a Escola APAS desenvolveu um Itinerário Formativo, com o objetivo de promover um plano de treinamento para os colaboradores através da combinação de diversas modalidades e impulsionar a cultura de aprendizagem dentro da loja. utilizar com eficiência um programa de treinamento com diversas modalidades é fundamental: 1- Definir quais são os pontos fortes, a missão e os objetivos da sua organização; 2- Preparar um plano de treinamento para os colaboradores, estimando prazo, número de horas de aprendizagem, cursos, funcionários participantes e custo do dia por pessoa; 3- Avaliar a eficácia do treinamento (testes, metodologia, dinâmicas); 4- Definir um plano de ação das estratégias aprendidas que podem ser utilizadas no supermercado; 5- Estruturar um plano de carreira. Preparem-se para manter seus profissionais atualizados, aumentar seu comprometimento e sua produtividade. Atenciosamente, Pedro Celso Gonçalves Diretor de Treinamento & Desenvolvimento 5

6 6

7 CURSOS PROGRAMAS DE FORMAÇÃO BÁSICA PROGRAMAS ESPECÍFICOS PROGRAMAS DE GESTÃO E-SUPER MODALIDADES DOS CURSOS Cursos Abertos Cursos exclusivos na sua loja Cursos descentralizados Online CONSULTORES MAIS PRODUTOS ESCOLA APAS CONVÊNIOS APAS ENDEREÇOS 7

8 8

9 Programas de Formação Básica São cursos de atualização rápida, essenciais para inserir o colaborador no ambiente corporativo de um supermercado. Os cursos podem ser oferecidos nas seguintes modalidades: Cursos abertos São cursos oferecidos a todos os associados realizados em todas as Regionais e Distritais. Cursos exclusivos na sua loja Todos os cursos disponíveis em nossa grade podem ser realizados nesta modalidade para turmas fechadas, no local desejado pela empresa, em datas e horários a serem definidos em conjunto com a Escola e o consultor. Cursos descentralizados Consiste em levar os cursos da Escola até o associado distante da sede ou das Regionais e Distritais, ampliando assim os locais de treinamento e aumentando o número de capacitados. Grade de cursos Como aumentar a rentabilidade através da prevenção de perdas Como reduzir e prevenir perdas operacionais Conduta ética Conhecendo o varejo e a estrutura de um supermercado Curso de oratória para líderes Educação financeira Educação financeira e oportunidades de investimentos Elaboração e adoção de Manual de Boas Práticas, POP e planilhas de controle de processos Excelência do atendimento: ferramenta para encantar e fidelizar o cliente Excelência em atendimento: nosso diferencial Foco no atendimento: um guia prático para prestar um serviço de excelência nos supermercados Higiene na manipulação de alimentos O Direito do Consumidor: sua aplicação no dia a dia e os benefícios para a empresa O Direito do Consumidor no cotidiano: promovendo cidadania e cativando clientes Padronização de receitas e fichas técnicas: aliadas na obtenção do lucro Segurança do trabalho 9

10 FORMAÇÃO BÁSICA Como aumentar a rentabilidade através da prevenção de perdas Despertar interesse no tema da prevenção de perdas, através da demonstração dos principais procedimentos preventivos utilizados na instituição desse departamento e sua relação com o aumento da rentabilidade da empresa. de slides como suporte da apresentação, exercício coletivo, filme de três minutos, teste individual, exercício interativo no qual os participantes divididos em grupos elaboram uma apresentação sobre um tema relativo ao assunto, espaço para perguntas e respostas ao final da apresentação. Sócios, diretores, gerentes, encarregados de seção e equipe de prevenção de perdas. O curso será ministrado por João Carlos da Lapa. Dica da Escola Se você deseja complementar seus conhecimentos sobre esse tema, entre no site e acesse o curso Prevenção de perdas (módulos I e II). Conceituação Perda Quebra Desperdício Exercício coletivo Indicadores do mercado Pesquisa Provar Cenário em empresas regionais Índice de perdas Quanto representam as perdas Como calcular as perdas Motivos das perdas Causas nas operações Causas nas fraudes Por onde começar Equipe de prevenção de perdas Principais ações preventivas nas seções Os benefícios da prevenção de perdas Conclusões Avaliação do grau de risco Exercício interativo Perguntas e respostas 10

11 FORMAÇÃO BÁSICA Como reduzir e prevenir perdas operacionais O participante será capaz de identificar oportunidades de reduzir a ineficiência do uso de equipamentos e outros ativos, maximizando o seu uso e reduzindo custos. Isso é possível através de uma visão ampliada do conceito de perdas, pois muitas delas estão associadas ao uso ineficiente dos equipamentos e demais ativos. O participante será capaz de identificar todas as perdas existentes nos processos operacionais e não somente aquelas comumente associadas à quebra de mercadorias e furtos. Identificará também que nem toda perda é uma quebra de inventário ou quebra conhecida. de slides com o conteúdo do treinamento, material ilustrativo e um exercício prático, no qual os participantes identificarão perdas comuns nos processos de uma empresa fictícia para fixar o conteúdo apresentado. Ao final, a apresentação de um filme contextualizará o material apresentado. Gestores de áreas (comercial, financeira e de loja), incluindo também os proprietários. O responsável pela manutenção dos ativos pode identificar oportunidades de redução de custos. O curso será ministrado por Vivian Ferrari. Visão de processos no varejo Conceito de processos Alguns processos típicos em uma empresa - Comprar - Vender - Manutenção - Pagar - Administrar pessoal Alguns processos típicos do varejo - Processo de vendas - Processo de armazenagem - Processo de reposição O que são perdas e quais as perdas típicas nos processos Conceito geral de perda Por que existem perdas Perdas típicas - Perdas nos equipamentos - Perdas nas mercadorias - Perdas nas pessoas - Perdas nos processos Como identificar as perdas em cada processo e subprocesso Identificando e registrando os processos Identificando possíveis perdas Acompanhando o processo real Identificando perdas no processo real Quantificando e qualificando as perdas Analisando perdas em alguns processos típicos do varejo - Processo de vendas - Processo de armazenagem - Processo de abastecimento 11

12 FORMAÇÃO BÁSICA PG - 12 Maximizando a utilização dos equipamentos Processos de manutenção e conservação dos equipamentos Identificando oportunidades de maximização do uso Identificando oportunidades de redução de custo Montando uma árvore de perdas: abordagem conceitual Conceito de árvore de perdas Perdas típicas por processo Índices aceitáveis por processo Exercício de fixação Identificação dos processos Identificação das perdas Maximização do uso dos equipamentos Montagem da árvore de perda. Dica da Escola Sensibilize os colaboradores das lojas para saber identificar, analisar e minimizar perdas e desperdícios. Se você deseja aprimorar seus conhecimentos e os de sua equipe nesse tema, verifique o conteúdo programático do curso Como aumentar a rentabilidade através da prevenção de perdas na página

13 FORMAÇÃO BÁSICA Conduta ética Entender o processo de formação e adoção da conduta ética dentro da loja, identificando se a loja está pronta para assumir os riscos e os benefícios de ter um código de ética formalizado. Ativo participativo e exercício prático. Gerentes de loja e de RH, proprietários. O curso será ministrado por Adriana Galhardo. A fórmula de sucesso de Walt Disney WorLd, exemplo de atenção fantástica aos detalhes, onde todas as pessoas são importantes e cuja filosofia é Os membros do elenco são tratados tal como devem ser tratados os hóspedes. Identificar a cultura, missão e visão da loja. Processo de trabalho: identificar o processo de trabalho e a conduta ética esperada no processo; como respeitar e cumprir o planejado; como transmitir ordens sem ofender, garantindo a integridade do outro e do processo de trabalho. Canal de comunicação: meios disponíveis para divulgar a conduta ética no trabalho e seu impacto no ambiente organizacional. Anteprojeto de gestão da conduta ética para a loja. Plano de adoção e manutenção do código de ética. Dica da Escola Incentivar um ambiente de honestidade e integridade nas relações dos colaboradores é fundamental para consolidar o comportamento ético dentro e fora do ambiente corporativo. 13

14 FORMAÇÃO BÁSICA Conhecendo o varejo e a estrutura de um supermercado Proporcionar aos funcionários recém-contratados em supermercados um programa de introdução para o entendimento do que é o varejo alimentar, suas necessidades, características e possibilidades de carreira. Dinâmicas de grupos para fixação dos conceitos e integração dos participantes. Administradores, profissionais do departamento de recursos humanos e colaboradores recém-contratados. O curso será ministrado por Emilio Carlos Fernandes, Nadya Molina ou Stella Beluzzi. Histórico de supermercados no Brasil Panorama do setor Valores do Varejo Hierarquia e possibilidades de carreira Benefícios Segurança dos alimentos Ônus do varejo Ética e comportamentos esperados Higiene pessoal, equipamentos, utensílios e instalações EPI e segurança do trabalho Dicionário do varejo: leitura dos cursos Abertura e preparação de loja Dica da Escola O mercado é rápido, dinâmico e oferece boas oportunidades de trabalho. Esteja sempre à frente da concorrência e se relacione de forma eficiente com seu público-alvo. Se você deseja complementar seus conhecimentos sobre esse tema, entre no site com e acesse o curso Hábito de consumo dos clientes. 14

15 FORMAÇÃO BÁSICA Curso de oratória para líderes Preparar os participantes para organizar reuniões, falar em público com naturalidade e eficácia, utilizando técnicas didáticas que transmitem segurança para melhor desempenho profissional, pessoal e social através do uso consciente das habilidades. expositiva, reflexão e troca de experiências sobre os temas, com o uso de filmes, slides, dinâmicas de grupo, discussão estruturada e exercícios individuais de apresentação. Apostila elaborada pelo consultor com referências bibliográficas e textos de apoio para futuras consultas. Proprietários, diretores, líderes e demais funcionários que necessitam desenvolver habilidade da oratória. O curso será ministrado por Adelmo Gomes. Autoapresentação RecepÇão dos participantes s do programa do programa Levantamento de expectativas Teoria da comunicação Alvo e objetivo Método ou Meio Estrutura da comunicação Como enfrentar a timidez e a tensão inicial Métodos e técnicas didáticas para a organização e desenvolvimento de reuniões: mesa-redonda, dramatização, aconselhamento, painel simples, Phillip, expositivo-participativo, exercício de apresentação individual, discussão estruturada Passos para o sucesso de uma boa apresentação em público Ser você mesmo Pronunciar bem as palavras Falar com boa intensidade Falar com boa velocidade Falar com ritmo Ter vocabulário adequado Tomar cuidado com gramática Manter postura correta Ter início, meio e fim Falar com emoção Organizando uma apresentação Técnicas de concentração Técnicas corporais: gesticulação e expressão corporal Como organizar o raciocínio? Exercícios de comunicação Ambientação Gravura Interpretação de texto 15

16 FORMAÇÃO BÁSICA Educação financeira A ideia é que o público consiga de forma intuitiva relacionar o conteúdo discutido com sua experiência de vida, questionando por vezes hábitos e atitudes. Ao final do curso, o objetivo é que o público saia com dicas e noções financeiras aplicáveis ao seu dia a dia. A metodologia é dinâmica. As apresentações seguem um formato palestra-show da qual os participantes são convidados a participar. Todos os colaboradores. O curso será ministrado por Valter Police Jr. Conteúdo programático (3,5h) Por que preciso pensar em planejamento financeiro? Vivo o hoje ou o amanhã? Trocando o ou pelo e Por que compramos por impulso? Como evitar compras por impulso? As seis perguntas para uma boa compra Criando razões para poupar: objetivos Comparando nossos valores com nossas ações: consumo consciente Mudar do poupo o que sobra para o gasto o que sobra Orçamento familiar Investimentos e seus objetivos A importância dos seguros Financiar X poupar para comprar à vista Entendendo as dívidas e saindo delas Equilíbrio financeiro e qualidade de vida: só depende de nós mesmos Dica da Escola você ter a formação completa em Educação Financeira, participe do curso Educação financeira e oportunidades de investimentos. 16

17 FORMAÇÃO BÁSICA educação financeira e oportunidades de investimentos Ensinar a importância de controlar suas finanças pessoais para poupar e assim realizar todos os seus sonhos. Desmistificar alguns conceitos como na Bolsa você perde tudo ou para investir é preciso muito tempo e dinheiro. Apresentar as modalidades de investimentos em ações, características básicas e rentabilidade. Responder à pergunta: Como posso começar a poupar o meu primeiro milhão?. Palestra educacional; apresentação de slides com conceitos básicos e exemplos do dia a dia. Todos os públicos interessados em conhecer o mercado de ações. O curso será ministrado por Emerson Kolarevic, consultor da UM Investimentos. ConteÚdo programático (3h) Por que controlar suas finanças Mentalidade rica Despesas Sem controle, sem poupança A jornada começa no primeiro passo Erros financeiros mais comuns Orçamento Juros simples e compostos Ativos reais e ativos financeiros Riscos, renda fixa X renda variável Qual é o seu perfil de investidor Opções de investimentos Taxa básica de juros O que é CDI e spread bancário O que é uma ação e por que uma empresa abre seu capital Investindo na bolsa de valores diretamente Dica da Escola A educação financeira permite às pessoas terem uma vida mais equilibrada, com gastos realizados de forma mais consciente. 17

18 FORMAÇÃO BÁSICA Elaboração e adoção de Manual de Boas Práticas, POP e planilhas de controle de processos Orientar e sensibilizar quanto à importância da elaboração e adoção corretas do manual, POP (Procedimento Operacional Padrão) e planilhas para o cumprimento da legislação, bom andamento dos processos, segurança dos alimentos, proporcionando as ferramentas necessárias para a padronização e monitoramento dos processos. Aula expositiva e teórica, exercícios práticos e discussões em grupo, proporcionando troca de experiência e fixação do conhecimento. Responsáveis técnicos, responsáveis pela manipulação de alimentos, supervisores de qualidade, equipe de controle de qualidade, gerentes, chefes e encarregados. O curso será ministrado por Fábio Barbosa ou Nadya Molina, consultores da G7 Qualidade e Segurança Alimentar. Introdução: Informar sobre o panorama geral da gestão de segurança dos alimentos e a relação de ferramentas necessárias Importância do Manual de Boas Práticas, POP e planilhas para garantir a segurança dos alimentos Legislação sanitária para as boas práticas Etapas para a elaboração do MPB e POP (Procedimento Operacional Padrão): diagnóstico, relatório, treinamento prático, elaboração propriamente dita, verificações e atualizações Etapas para a elaboração das planilhas de controle de processos Aplicação das ferramentas Obtendo resultados com o uso correto das ferramentas Dica da Escola Se você deseja aprimorar seus conhecimentos sobre esse tema, verifique o conteúdo programático do curso Padronização de receitas e fichas técnicas na página

19 FORMAÇÃO BÁSICA Excelência do atendimento: ferramenta para encantar e fidelizar o cliente Desenvolver comportamentos que atendam às expectativas do cliente, garantindo atendimento diferenciado que gere a fidelização dos clientes. Considerando os pressupostos de um trabalho comportamental, os trabalhos serão desenvolvidos através de técnicas de participação, vivências, jogos e simulações, leituras e exercícios práticos. Gerentes, encarregados de setores, funcionários operacionais. Percepção do outro: diferenças individuais Forma de atendimento que gere conforto aos diferentes clientes Diferentes formas de abordagens Formas de comunicação: ouvir e falar A comunicação verbal e a não verbal Os desvios na comunicação Surpreender e fidelizar o cliente Análise de resultados e depoimentos O curso será ministrado por Antonio Tolentino Neto. Dica da Escola Melhore a motivação de sua equipe e conquiste bons resultados na resolução de conflitos. Seja assertivo com o cliente. Se você deseja complementar seus conhecimentos sobre esse tema, entre no site e acesse o curso Atendimento ao cliente e profissionalismo II. 19

20 FORMAÇÃO BÁSICA excelência em atendimento: NOSSO DIFERENCIAL Apresentar desempenho com padrão de qualidade, que facilitará o seu relacionamento com todos os tipos de clientes. Preparar para negociação de objeções dos clientes eliminando conflitos e gerar prazer e motivação pela constatação de saber fazer o trabalho da forma esperada por qualquer organização empresarial de qualidade. Baseada na andragogia, propiciará o entendimento pela experimentação e vivência de situações comuns ao cotidiano do trabalho no varejo, com o apoio de filmes, músicas, exercícios práticos, discussão em grupos e dinâmicas motivacionais. Todos os gestores e líderes responsáveis por pessoas que atendem os clientes da empresa. apresentação O curso será ministrado por Rosana Haddad. Dica da Escola Se você deseja complementar seus conhecimentos sobre esse tema, entre no site e acesse o curso Atendimento ao cliente e profissionalismo I. As organizações do varejo Visão de mercado: você sabe como se comportam as empresas competitivas na atualidade? Por que as empresas realizam planejamento estratégico? O que é Negócio, Visão e Missão Tendências do atendimento nas empresas de varejo Você: Um campeão no atendimento Quais os seus diferenciais com relação aos demais atendentes? Qual a sua missão? Preparação para o trabalho: A postura Interior -Cada - dia de trabalho deve ser encarado como uma... REESTReIA! Preparação para o trabalho: A postura Exterior -uniforme, - cabelos, barba e bigode, saúde bucal, maquiagem, mãos, adereços -higiene - no local de trabalho, higiene corporal, postura corporal preparação para o trabalho: a importância da atualização do conhecimento -manuais - técnicos e sites sobre os produtos -banners - / cartazes -avisos - e as comunicações afixadas no mural da empresa -estoque - -preços - -lançamentos - -promoções - -concorrência - -código - de defesa do consumidor -segurança - do trabalho -higiene - alimentar 20

21 FORMAÇÃO BÁSICA O que é Atendimento Excelente? Requisito básico: Cortesia: O que é, quando, como, com quem demonstrar Excelência em Atendimento: requisitos Flexibilidade no relacionamento com o cliente Personalização do atendimento Ouvir e considerar as opiniões do cliente Transmitir confiança e credibilidade Manter sempre higiene pessoal e no local de trabalho Oferecer opções, quando não tem o que o cliente quer Saber negociar Trabalhar como um time Excelência em atendimento em áreas específicas Demonstração da especificidade do atendimento nas áreas: do Armazenamento ao SAC Demonstração da aplicabilidade do treinamento: Simulação 21

22 FORMAÇÃO BÁSICA Foco no atendimento: um guia prático para prestar um serviço de excelência nos supermercados Oferecer ferramentas e técnicas práticas para melhorar o processo de atendimento das lojas (pensando em todos os colaboradores). Sensibilizar os participantes para a importância da prestação de um serviço com foco no cliente para o seu próprio desenvolvimento profissional. Oferecer técnicas de gerenciamento emocional para lidar com a pressão decorrente do contato com os clientes internos e externos. Esse curso é construído com a ajuda dos participantes que trazem suas dificuldades em atender e em gerenciar o atendimento. Com a orientação do consultor, criam um guia prático para minimizar os problemas e gerenciar as emoções decorrentes do contato com os clientes. Usa também filmes e dinâmicas específicas para sensibilizar os participantes e fazer com que eles se coloquem no lugar do outro e pensem com a cabeça do cliente. Supervisores, gerentes, encarregados e colaboradores de linha de frente. O curso será ministrado por Olga Fonseca ou Melissa Martins, consultoras da AMA Brasil. O que é atendimento ao cliente Como enxergar através dos olhos dos clientes Quanto vale um cliente perdido? Cinco pontos fundamentais de um serviço bem-feito Os dez pecados mortais do serviço ao cliente Responder às pistas que o cliente oferece Desenvolver a habilidade técnica para ouvir Como fazer perguntas eficazes Gerenciar as experiências positivas e negativas dos clientes Certificando-se de que os clientes voltarão Cinco tipos de clientes tirânicos Como lidar com os reclamões crônicos Criando soluções para os clientes A estrada para recuperar uma situação problema Gerenciamento emocional Cultive uma atitude zen Gerencie o estresse 22

23 FORMAÇÃO BÁSICA Higiene na manipulação de alimentos Capacitar os profissionais do segmento de alimentação em processos e procedimentos adequados, visando a segurança e a manipulação higiênico-sanitária dos alimentos. Filmes, dinâmicas e discussão em grupo. Gerentes, conferentes, encarregados e funcionários das áreas de manipulação de alimentos. O curso será ministrado por Ana Carolina Marinho Monteiro, Carolina Faisca D Amore ou Haline Sposito Moraes, consultoras da A Qualidade + Segurança dos Alimentos. Dica da Escola prevenir doenças e riscos à saúde, é fundamental ter atitudes e ações adequadas na manipulação de alimentos, cuidados de higiene pessoal e higiene no ambiente, tanto para a proteção da equipe quanto para os clientes. Se você deseja complementar seus conhecimentos sobre esse tema, entre no site e acesse o curso Segurança alimentar. ConteÚdo programático (8 A 10h) Manipulação Qual a importância da manipulação de alimentos dentro do supermercado? Quais as consequências da manipulação incorreta? Por que ocorrem essas consequências? Alimento seguro Como garantir alimentos saudáveis e seguros? O que é contaminação? Como pode ocorrer a contaminação? Tipos de contaminação Microrganismos Onde encontramos os microrganismos? Condições favoráveis para o desenvolvimento microbiano Como os microrganismos são transportados? Como os microrganismos reagem à temperatura? O que é contaminação cruzada? Como ocorre a contaminação cruzada? Como evitar a contaminação? Doenças transmitidas por alimentos Tipos de DTA: infecção e intoxicação Como esses microrganismos chegam aos alimentos? O que favorece a contaminação? Microrganismos transmitidos por alimentos 23

24 FORMAÇÃO BÁSICA Alimento contaminado Alimento estragado Higiene Higiene pessoal Higiene das mãos Como lavar as mãos Uso das luvas Uniformes Uso de adornos Touca Máscara EPI (equipamento de proteção individual) Comportamento do manipulador Saúde do manipulador Visitantes Higiene do ambiente Solução sanitizante Higiene dos utensílios Frequência de higienização Lixo Alimento seguro Fornecedores Recebimento Armazenamento Armazenamento sob congelamento Armazenamento sob refrigeração Estoque seco Sistema PEPS Sistema PVPS Descongelamento Controle de pragas 24

25 FORMAÇÃO BÁSICA O Direito do Consumidor: sua aplicação no dia a dia e os benefícios para a empresa Apresentar a gestores e líderes de loja formas de aplicar o Código de Defesa do Consumidor no dia a dia, prevenindo prejuízos, promovendo a marca e fidelizando o cliente. Entre outros aspectos, será esclarecida a posição do lojista na relação de consumo e a sua responsabilidade perante os consumidores, além da discussão de conceitos jurídicos utilizados no CDC e sua aplicação prática. Considerando que a temática do curso é a aplicação de uma lei e que o público-alvo pode não ter formação jurídica, serão debatidos casos reais em linguagem que evitará a técnica-jurídica, apresentação dinâmica e com apostila para acompanhamento. Gestores e líderes de loja. Compreendendo o Código de Defesa do Consumidor e seus princípios A evolução do mercado de consumo A necessidade de uma regulamentação protecionista Por que o CDC é tão diferente? Quem é consumidor e quem é fornecedor? Direitos básicos do consumidor Informação em linguagem clara e adequada Prevenção de danos: é dever do fornecedor! A saúde do consumidor: a importância da atenção em vigilância sanitária e cuidados com alimentos Publicidade e práticas comerciais Entre a lei e o Direito, busque o Direito e surpreenda seu consumidor! Custa caro seguir o CDC? Benefícios de ser um fornecedor legal O curso será ministrado por Fabiana Valéria de Shcaira Zoboli. Dica da Escola Saiba ouvir e atender aos anseios dos seus consumidores através do Código de Defesa do Consumidor (CDC) para prevenir prejuízos e fidelizar clientes. 25

26 FORMAÇÃO BÁSICA O Direito do Consumidor no cotidiano: promovendo cidadania e cativando clientes O objetivo do curso é explicar os princípios do Direito do Consumidor e discutir ideias para lidar com situações-problema, especialmente as que os operadores de loja que exercem suas funções em contato direto com o cliente enfrentam no dia a dia. Além da exposição dos conceitos e princípios do CDC, evitando a linguagem técnico-jurídica, serão feitas a análise e o debate de casos reais para demonstrar como é possível aplicar a lei no cotidiano, utilizando imagens e apostilas de apoio para acompanhamento. Colaboradores dos supermercados. O curso será ministrado por Fabiana Valéria de Shcaira Zoboli. Compreendendo o Código de Defesa do Consumidor e seus principios A evolução do mercado de consumo A necessidade de uma regulamentação protecionista Por que o CDC é tão diferente? Por que respeitar o consumidor Respeitar o consumidor é contribuir com o desenvolvimento da sociedade E com o seu próprio desenvolvimento! A importância de cada um para uma sociedade de consumo próspera para todos Direitos básicos do Consumidor, Informação e proteção: A importância de conhecer o que você faz Publicidade e práticas comerciais: A sua participação para que as vendas sejam legais Higiene: fundamental para você e seu consumidor Tanto esforço, vale a pena? Lembre-se: todos somos consumidores e todos somos cidadãos A história da formação do CDC e participação popular Dica da Escola Saiba ouvir e atender aos anseios dos seus consumidores através do Código de Defesa do Consumidor (CDC) para prevenir prejuízos e fidelizar clientes. 26

27 FORMAÇÃO BÁSICA Padronização de receitas e fichas técnicas: aliadas na obtenção do lucro Estabelecer padrões para padronizar os produtos de fabricação própria, obter os custos reais de cada produto, evitar desperdícios e produzir produtos dentro do padrão estabelecido pela loja assim fidelizando o cliente. Filmes, dinâmicas e discussão em grupo. Gerentes, conferentes, encarregados e funcionários das áreas de manipulação de alimentos. O curso será ministrado por Ana Carolina Marinho Monteiro, Carolina Faisca D Amore ou Haline Spósito Moraes, consultoras da A Qualidade Segurança de Alimentos. Dica da Escola Se você deseja complementar seus conhecimentos sobre esse tema, verifique o conteúdo programático do treinamento Elaboração do manual de boas práticas, POP e planilhas de controle de processos na página 18. Definição de padrão Definição de padronização Como padronizar a produção Documentar as informações da rotina do setor Definição do produto para padronização Equipe envolvida na padronização Método adotado para a padronização Elaboração do processo de padronização Implantação da padronização Ferramentas da padronização Definição de ficha técnica Definição de receituário padrão Ficha técnica x receituário padrão Vantagens da instituição de ferramentas de padronização Vantagens na visão administrativa Vantagens na visão dos funcionários das seções Vantagens para a clientela Fatores que podem influenciar no sucesso da padronização Passo a passo para a elaboração da ficha técnica Passo a passo para elaboração do receituário padrão Como aplicar as ferramentas da padronização 27

Catálogo de Cursos 2013

Catálogo de Cursos 2013 Catálogo de Cursos 1 Palavra do Presidente Amigo associado, Estamos orgulhosos de fazer chegar até você o nosso Catálogo de Cursos d para. Atentos às necessidades do setor supermercadista, incluímos novos

Leia mais

Palavra do Presidente

Palavra do Presidente Catálogo de Cursos Palavra do Presidente Amigo associado, Você está recebendo com exclusividade o Catálogo de Cursos da Escola APAS, que servirá como guia para conhecer os temas abordados nos programas

Leia mais

CATÁLOGO DE CURSOS 2015

CATÁLOGO DE CURSOS 2015 2015 CATÁLOGO DE CURSOS JANEIRO D S T Q Q S S 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31 ABRIL D S T Q Q S S 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20

Leia mais

MIX DE TREINAMENTOS A ÚNICA QUE TEM O DNA DO SUPERMERCADO

MIX DE TREINAMENTOS A ÚNICA QUE TEM O DNA DO SUPERMERCADO MIX DE TREINAMENTOS A ÚNICA QUE TEM O DNA DO SUPERMERCADO OPERAÇÃO DE LOJA Açougue Prático e Teórico Açougue Prático e Verticalizado Atendimento - amenizando filas em supermercados Cartazista Cartazista

Leia mais

RRelevância do curso. OObjetivo do curso. FFundamentação Teórica: ATENDIMENTO E POSTURA NO AMBIENTE DE TRABALHO. Público-alvo

RRelevância do curso. OObjetivo do curso. FFundamentação Teórica: ATENDIMENTO E POSTURA NO AMBIENTE DE TRABALHO. Público-alvo Vigilantes, vigias, porteiros ou interessados em ingressar nessas funções. A empresa que presta serviços de vigilância tem a grande preocupação de manter a segurança de seu cliente, mas também de não receber

Leia mais

Menu Dzetta. Alimento seguro é sempre um bom negócio! para que você atenda seus clientes com Segurança e Qualidade!

Menu Dzetta. Alimento seguro é sempre um bom negócio! para que você atenda seus clientes com Segurança e Qualidade! Menu Dzetta para que você atenda seus clientes com Segurança e Qualidade! Alimento seguro é sempre um bom negócio! Rua Miguel de Frias, 206/403 Icaraí Niterói RJ Cep: 24.220-004 Tel: 55 (21) 2620-7474

Leia mais

catálogo de cursos apas 2011

catálogo de cursos apas 2011 catálogo de cursos apas 2011 Conhecimento para você. relevância para seus negócios. catálogo de cursos 2011 - ESCOLA APAS 1 PALAVRA DO PRESIDENTE Caro amigo associado APAS, Capacitar e manter um time qualificado

Leia mais

Horário dos Cursos: Turmas A: 18h às 22h Turmas B: sexta-feira (18h às 22h) e sábado (08h às 12h) e (13h às 17h)

Horário dos Cursos: Turmas A: 18h às 22h Turmas B: sexta-feira (18h às 22h) e sábado (08h às 12h) e (13h às 17h) Horário dos Cursos: Turmas A: 18h às 22h Turmas B: sexta-feira (18h às 22h) e sábado (08h às 12h) e (13h às 17h) CONTEÚDO DOS CURSOS - UNIAGRESTE ÁREA GESTÃO Organização de Estoques - Conceito e tipos

Leia mais

Ementa do MBA Executivo em Gestão Empresarial com ênfase em Locação de Equipamento Turma: SINDILEQ

Ementa do MBA Executivo em Gestão Empresarial com ênfase em Locação de Equipamento Turma: SINDILEQ Um jeito Diferente, Inovador e Prático de fazer Educação Corporativa Ementa do MBA Executivo em Gestão Empresarial com ênfase em Locação de Equipamento Turma: SINDILEQ Objetivo: Auxiliar o desenvolvimento

Leia mais

CURSO DE MANIPULAÇÃO DE ALIMENTOS COM ENFASE EM BOAS PRÁTICAS DE FABRICAÇÃO DE ALIMENTOS

CURSO DE MANIPULAÇÃO DE ALIMENTOS COM ENFASE EM BOAS PRÁTICAS DE FABRICAÇÃO DE ALIMENTOS CURSO DE MANIPULAÇÃO DE ALIMENTOS COM ENFASE EM BOAS PRÁTICAS DE FABRICAÇÃO DE ALIMENTOS TURMA: 1ª Carga Horária: 20 horas (sendo 15 horas teórico-prático e 05 horas para elaboração do manual de Boas Praticas)

Leia mais

AGENDA SEBRAE OFICINAS CURSOS PALESTRAS JUNHO A DEZEMBRO - 2015 GOIÂNIA. Especialistas em pequenos negócios. / 0800 570 0800 / sebraego.com.

AGENDA SEBRAE OFICINAS CURSOS PALESTRAS JUNHO A DEZEMBRO - 2015 GOIÂNIA. Especialistas em pequenos negócios. / 0800 570 0800 / sebraego.com. AGENDA SEBRAE OFICINAS CURSOS PALESTRAS JUNHO A DEZEMBRO - 2015 GOIÂNIA Especialistas em pequenos negócios. / 0800 570 0800 / sebraego.com.br COM O SEBRAE, O SEU NEGÓCIO VAI! O Sebrae Goiás preparou diversas

Leia mais

Rentabilidade em Food Service

Rentabilidade em Food Service Rentabilidade 6 passos para tornar sua franquia mais lucrativa Seja bem-vindo ao e-book da Linx. Aqui estão reunidos os principais caminhos para o aumento da rentabilidade em operações de fast food. São

Leia mais

Curso Intensivo. Merchandising - Formação Avançada e Gerenciamento de Produtos por Categoria em Farmácias

Curso Intensivo. Merchandising - Formação Avançada e Gerenciamento de Produtos por Categoria em Farmácias Curso Intensivo Merchandising - Formação Avançada e Gerenciamento de Produtos por Categoria em Farmácias O EaDPLUS é um dos melhores portais de cursos à distância do Brasil e conta com um ambiente virtual

Leia mais

VISÃO. Nossa visão é agregar valor sustentável ao cliente, desenvolvendo controles e estratégias que façam com que o crescimento seja contínuo.

VISÃO. Nossa visão é agregar valor sustentável ao cliente, desenvolvendo controles e estratégias que façam com que o crescimento seja contínuo. QUEM É A OMELTECH? VISÃO Nossa visão é agregar valor sustentável ao cliente, desenvolvendo controles e estratégias que façam com que o crescimento seja contínuo. missão A Omeltech Desenvolvimento atua

Leia mais

ATENDIMENTO AO CLIENTE - 15H (R$ 90,00)

ATENDIMENTO AO CLIENTE - 15H (R$ 90,00) 3 ABRIL ATENDIMENTO AO CLIENTE - 15H (R$ 90,00) DATA: 06 a 10/04/2015 HORÁRIO: 19h às 22h CONTEÚDO PROGRAMÁTICO: Bem tratado ou bem atendido? Momentos da verdade das empresas O perfil do profissional de

Leia mais

TEOREMA CONSULTORIA Rua Roma, 620 Sala 81-B,Lapa Capital- SP CEP: 05050-090 www.teoremaconsult.com.br

TEOREMA CONSULTORIA Rua Roma, 620 Sala 81-B,Lapa Capital- SP CEP: 05050-090 www.teoremaconsult.com.br Cursos para Melhoria do desempenho & Gestão de RH TEOREMA CONSULTORIA Rua Roma, 620 Sala 81-B,Lapa Capital- SP CEP: 05050-090 www.teoremaconsult.com.br Administração do Tempo Ampliar a compreensão da importância

Leia mais

Líder em consultoria no agronegócio

Líder em consultoria no agronegócio MPRADO COOPERATIVAS mprado.com.br COOPERATIVAS 15 ANOS 70 Consultores 25 Estados 300 cidade s 500 clientes Líder em consultoria no agronegócio 1. Comercial e Marketing 1.1 Neurovendas Objetivo: Entender

Leia mais

SOLUÇÕES TECNOLÓGICAS SEBRAE-SP

SOLUÇÕES TECNOLÓGICAS SEBRAE-SP SOLUÇÕES TECNOLÓGICAS SEBRAE-SP SOLUÇÕES TECNOLÓGICAS SEBRAE-SP O SEBRAE SP desenvolveu um Programa de Soluções Tecnológicas, cujo objetivo é de aumentar a competitividades e sustentabilidade dos Pequenos

Leia mais

Curso Intensivo. Prevenção de Perdas e sua Aplicação Estratégica no Varejo

Curso Intensivo. Prevenção de Perdas e sua Aplicação Estratégica no Varejo Curso Intensivo e sua Aplicação Estratégica no Varejo O EaDPLUS é um dos melhores portais de cursos à distância do Brasil e conta com um ambiente virtual de aprendizagem que visa a capacitação profissional

Leia mais

As 6 Práticas Essenciais de Marketing para Clínicas de Exames

As 6 Práticas Essenciais de Marketing para Clínicas de Exames As 6 Práticas Essenciais de Marketing para Clínicas de Exames Introdução Fique atento aos padrões do CFM ÍNDICE As 6 práticas essenciais de marketing para clínicas de exames Aposte em uma consultoria de

Leia mais

UNIVERSIDADES CORPORATIVAS: UM ALICERCE NA CONSTRUÇÃO DA IDENTIDADE ORGANIZACIONAL.

UNIVERSIDADES CORPORATIVAS: UM ALICERCE NA CONSTRUÇÃO DA IDENTIDADE ORGANIZACIONAL. UNIVERSIDADES CORPORATIVAS: UM ALICERCE NA CONSTRUÇÃO DA IDENTIDADE ORGANIZACIONAL. O mundo está passando por grandes transformações, em decorrência da era do conhecimento, com profundos reflexos sobre

Leia mais

CURSOS DE PÓS - GRADUAÇÃO

CURSOS DE PÓS - GRADUAÇÃO CURSOS DE PÓS - GRADUAÇÃO ESPECIALIZAÇÃO EM ECOTURISMO Objetivo: O Curso tem por objetivo capacitar profissionais, tendo em vista a carência de pessoas qualificadas na área do ecoturismo, para atender,

Leia mais

LB Marketing O verdadeiro foco no cliente PROPOSTA DE PROJETO DE AUDITORIA DE ATENDIMENTO AO CLIENTE NO PDV

LB Marketing O verdadeiro foco no cliente PROPOSTA DE PROJETO DE AUDITORIA DE ATENDIMENTO AO CLIENTE NO PDV LB Marketing O verdadeiro foco no cliente PROPOSTA DE PROJETO DE AUDITORIA DE ATENDIMENTO AO CLIENTE NO PDV Santa Maria-RS, Março de 2012 2 SUMÁRIO APRESENTAÇÃO... 3 1. MÉTODO DE PESQUISA CLIENTE OCULTO...

Leia mais

PARTE IV Consolidação do Profissional como Consultor. Técnicas de Consultoria Prof. Fabio Costa Ferrer, M.Sc.

PARTE IV Consolidação do Profissional como Consultor. Técnicas de Consultoria Prof. Fabio Costa Ferrer, M.Sc. FATERN Faculdade de Excelência Educacional do RN Coordenação Tecnológica de Redes e Sistemas Curso Superior de Tecnologia em Sistemas para Internet Técnicas de Consultoria Prof. Fabio Costa Ferrer, M.Sc.

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL FARROUPILHA REITORIA ANEXO I. PROJETO DE

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL FARROUPILHA REITORIA ANEXO I. PROJETO DE MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL FARROUPILHA REITORIA ANEXO I. PROJETO DE 1. IDENTIFICAÇÃO 1.1 Título do Projeto: Curso de Capacitação em Boas Práticas para Serviços de Alimentação. 1.2 Câmpus

Leia mais

PLANO DE AÇÃO ESTRATÉGICO ANEXO

PLANO DE AÇÃO ESTRATÉGICO ANEXO PLANO DE AÇÃO ESTRATÉGICO ANEXO Plano de Ação Estratégico Estratégias empresariais Anexo Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas SEBRAE Unidade de Capacitação Empresarial Estratégias

Leia mais

Conceitos e técnicas. Devem ser contempladas algumas atividades típicas de vendas:

Conceitos e técnicas. Devem ser contempladas algumas atividades típicas de vendas: Administração da equipe de vendas (Neste texto de apoio: Conceitos e técnicas e Plano de ação de vendas) Conceitos e técnicas A correta administração da equipe de vendas é fundamental para o bom desempenho

Leia mais

Feira do Empreendedor

Feira do Empreendedor Feira do Empreendedor Sala 01 - Palestras Horário 15/05 (Quinta-Feira) 16/05 (Sexta-Feira) 17/05 (Sábado) 18/05 (Domingo) O que é e como adquirir uma Franquia Melhore suas Técnicas de vendas Empreendedorismo

Leia mais

14ª Avaliação de Perdas no Varejo Brasileiro Supermercados

14ª Avaliação de Perdas no Varejo Brasileiro Supermercados 14ª Avaliação de Perdas no Varejo Brasileiro Supermercados Apresentação Este relatório apresenta os resultados da 14ª Avaliação de Perdas realizada com os principais supermercados do Brasil. As edições

Leia mais

PÓS-GRADUAÇÃO LATU SENSU EMENTA MBA GESTÃO DE VAREJO

PÓS-GRADUAÇÃO LATU SENSU EMENTA MBA GESTÃO DE VAREJO MBA GESTÃO DE VAREJO 1 - FORMAÇÃO DE PREÇO E ANÁLISE DE MARGEM NO VAREJO: Ementa: Conhecer o conceito de lucro na visão da precificação baseada no custo; demonstrar termos utilizados na formação de preço

Leia mais

CURSOS PRESENCIAIS (Também podem ser ministrados in company)

CURSOS PRESENCIAIS (Também podem ser ministrados in company) 1 CURSOS PRESENCIAIS (Também podem ser ministrados in company) BOAS PRÁTICAS DE MANIPULAÇÃO BOAS PRÁTICAS DE FABRICAÇÃO BOAS PRÁTICAS DE LABORATÓRIO BOAS PRÁTICAS DE ARMAZENAMENTO, LOGÍSTICA E DISTRIBUIÇÃO

Leia mais

EDITAL Nº 013, DE 06 DE DEZEMBRO DE 2011.

EDITAL Nº 013, DE 06 DE DEZEMBRO DE 2011. MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE RONDÔNIA CAMPUS JI-PARANÁ Rua Rio Amazonas, 151 Bairro Jardim dos Migrantes 76900-730 Ji-Paraná RO EDITAL Nº 013, DE 06 DE DEZEMBRO DE 2011. EDITAL PARA SELEÇÃO

Leia mais

Agilizando o processo de compras para aumentar a eficiência e comprar melhor

Agilizando o processo de compras para aumentar a eficiência e comprar melhor Agilizando o processo de compras para aumentar a eficiência e comprar melhor Toda empresa privada deseja gerar lucro e para que chegue com sucesso ao final do mês ela precisa vender, sejam seus serviços

Leia mais

Mesmo em uma construtora de menor porte, o processo de gestão pode ser bastante complexo. Este guia traz dicas de gerenciamento para atingir os

Mesmo em uma construtora de menor porte, o processo de gestão pode ser bastante complexo. Este guia traz dicas de gerenciamento para atingir os Mesmo em uma construtora de menor porte, o processo de gestão pode ser bastante complexo. Este guia traz dicas de gerenciamento para atingir os melhores resultados. 2 ÍNDICE SOBRE O SIENGE INTRODUÇÃO 01

Leia mais

Conteúdo programático: Formação Gestão de Materiais

Conteúdo programático: Formação Gestão de Materiais Conteúdo programático: Formação Gestão de Materiais Informações gerais Família de Gestão: Gestão de Materiais Carga Horária: 172 horas (96 horas presencial + 76 horas e-learning) Objetivo: Proporcionar

Leia mais

gesacad GESTÃO ACADÊMIDA DE ESCOLAS

gesacad GESTÃO ACADÊMIDA DE ESCOLAS gesacad GESTÃO ACADÊMIDA DE ESCOLAS Mais de uma década de experiência e evolução é o que dá ao sistema uma vasta gama de funcionalidades. Esse conhecimento que faz total diferença para sua empresa. xp+

Leia mais

Palestrante Paulo Gerhardt Inspira, Motiva e Sensibiliza para Resultados Superiores

Palestrante Paulo Gerhardt Inspira, Motiva e Sensibiliza para Resultados Superiores Palestrante Paulo Gerhardt Inspira, Motiva e Sensibiliza para Resultados Superiores Com uma abordagem inovadora e lúdica, o professor Paulo Gerhardt tem conquistado plateias em todo o Brasil. Seu profundo

Leia mais

Curso de Operador de Telemarketing (Call Center)

Curso de Operador de Telemarketing (Call Center) Curso de Operador de Telemarketing (Call Center) Este curso tem como objetivo formar operador de telemarketing (homens ou mulheres) para trabalhar em empresas de pequeno, médio e grande porte e nos mais

Leia mais

Modelo para elaboração do Plano de Negócios

Modelo para elaboração do Plano de Negócios Modelo para elaboração do Plano de Negócios 1- SUMÁRIO EXECUTIVO -Apesar de este tópico aparecer em primeiro lugar no Plano de Negócio, deverá ser escrito por último, pois constitui um resumo geral do

Leia mais

Avaliação de Serviços de Higiene Hospitalar

Avaliação de Serviços de Higiene Hospitalar Avaliação de Serviços de Higiene Hospitalar MANUAL DO AVALIADOR Parte I 1.1 Liderança Profissional habilitado ou com capacitação compatível. Organograma formalizado, atualizado e disponível. Planejamento

Leia mais

MBA Gestão Estratégica de Marketing e Vendas

MBA Gestão Estratégica de Marketing e Vendas Página 1 de 6 MBA Gestão Estratégica de Marketing e Vendas Carga Horária: 360 horas/ aulas presenciais + monografia orientada. Aulas: sábados: 8h30 às 18h, com intervalo para almoço. Valor: 16 parcelas

Leia mais

Sárgom Ceranto Marketing e Soluções Corporativas comercial@trecsson.com.br

Sárgom Ceranto Marketing e Soluções Corporativas comercial@trecsson.com.br PREZADO (A) SENHOR (A) Agradecemos seu interesse em nossos programas de ensino e lhe cumprimentamos pela iniciativa de buscar o seu aperfeiçoamento profissional. Você está recebendo o programa do curso

Leia mais

PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU EM GESTÃO CONSULTIVA EM NEGOCIAÇÕES EM VENDAS 249, 00. ao mês

PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU EM GESTÃO CONSULTIVA EM NEGOCIAÇÕES EM VENDAS 249, 00. ao mês PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU EM GESTÃO CONSULTIVA EM NEGOCIAÇÕES EM VENDAS MEC CURSOS AUTORIZADOS apenas 249, 00 ao mês FACULDADES CAMPUS CHAPECÓ GRUPO SANTA RITA Eldemar Neitzke Gestor de Estratégias Comerciais

Leia mais

Já não se encontra mão-de-obra como antigamente. Especiais e CAPA

Já não se encontra mão-de-obra como antigamente. Especiais e CAPA CAPA mão-de-obra especializada Especiais e RAROS O toque particular de padeiros, açougueiros e peixeiros faz a diferença nas lojas. Mas a situação é preocupante: eles estão sumindo do mercado Açougueiro

Leia mais

Professora Débora Dado. Prof.ª Débora Dado

Professora Débora Dado. Prof.ª Débora Dado Professora Débora Dado Prof.ª Débora Dado Planejamento das aulas 7 Encontros 19/05 Contextualizando o Séc. XXI: Equipes e Competências 26/05 Competências e Processo de Comunicação 02/06 Processo de Comunicação

Leia mais

Prof. Marcelo Mello. Unidade IV DISTRIBUIÇÃO E

Prof. Marcelo Mello. Unidade IV DISTRIBUIÇÃO E Prof. Marcelo Mello Unidade IV DISTRIBUIÇÃO E TRADE MARKETING Trade Marketing é confundido por algumas empresas como um conjunto de ferramentas voltadas para a promoção e a comunicação dos produtos. O

Leia mais

Nós nos responsabilizamos pelo processo de procura, estudo de viabilidade e planejamento do ponto em shopping center

Nós nos responsabilizamos pelo processo de procura, estudo de viabilidade e planejamento do ponto em shopping center Nós nos responsabilizamos pelo processo de procura, estudo de viabilidade e planejamento do ponto em shopping center O GrupoM8 utiliza o formato Norte-americano na administração e comercialização de sua

Leia mais

Anais da 3ª Jornada Científica da UEMS/Naviraí

Anais da 3ª Jornada Científica da UEMS/Naviraí Anais da 3ª Jornada Científica da UEMS/Naviraí 22 a 26 de Outubro de 2013 Naviraí/MS - Brasil www.uems.br/navirai Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul - Unidade de Naviraí 97 Avaliação das Condições

Leia mais

Cód. Doc. TAB-RHU-003

Cód. Doc. TAB-RHU-003 1 de 27 ÁREA: SUPERINTENDÊNCIA CARGO: Diretor Superintendente Garantir o correto funcionamento dos sistemas de informação utilizados pela empresa; Aprovar projetos de melhorias nos equipamentos e sistemas

Leia mais

PORTFÓLIO DE CURSOS E COACHING

PORTFÓLIO DE CURSOS E COACHING 11 PORTFÓLIO DE CURSOS E COACHING W W W. C O M U N I C A C A O E M F O C O. C O M. BR SUMÁRIO 1. APRESENTAÇÃO QUEM SOMOS... 3 2. CURSOS IN COMPANY 2.1. ORATÓRIA E TÉCNICAS DE APRESENTAÇÃO EM PÚBLICO...

Leia mais

GESTÃO ADMINISTRATIVA

GESTÃO ADMINISTRATIVA GESTÃO ADMINISTRATIVA A Andrade s Consultoria em Gestão Empresarial é uma empresa que desenvolve projetos de consultoria customizados de acordo com as necessidades de cada cliente. Nossos projetos são

Leia mais

N REQUISITOS OBSERVAÇÕES

N REQUISITOS OBSERVAÇÕES N REQUISITOS OBSERVAÇÕES 01 02 03 04 05 06 07 A - MANUTENÇÃO E SUPORTE A empresa fornece produto de software com Verificar se a empresa fornece manual do produto (instalação), documentação de suporte ao

Leia mais

Gestão. Práticas. Editorial. Geovanne. Acesse online: 01. Indicador de motivo de não venda 02. DRE (demonstração dos resultados do exercício) 03 e 04

Gestão. Práticas. Editorial. Geovanne. Acesse online: 01. Indicador de motivo de não venda 02. DRE (demonstração dos resultados do exercício) 03 e 04 Práticas de Gestão Editorial Geovanne. 02 01. Indicador de motivo de não venda 02. DRE (demonstração dos resultados do exercício) Como faço isso? Acesse online: 03 e 04 www. No inicio da década de 90 os

Leia mais

UM FRANQUEADOR A DOR E A DELÍCIA DE SE TORNAR

UM FRANQUEADOR A DOR E A DELÍCIA DE SE TORNAR CANAL DE VENDAS MERCADO DE SEGUROS QUER GANHAR CAPILARIDADE EM PARCERIA COM O VAREJO NO VAREJO 29 NO VAREJO O MAIS IMPORTANTE NO VAREJO PARA OS MAIS IMPORTANTES DO VAREJO ANO 5 maio/junho 2013 R$15,50

Leia mais

Procedimento Institucional Gestão de EPI

Procedimento Institucional Gestão de EPI Tipo de Documento Procedimento Institucional Título do Documento Equipamento de Proteção Individual Elaborado por Paulo Sérgio Bigoni Área Relacionada Saúde e Segurança do Trabalhador Processo ESTRUTURAÇÃO

Leia mais

UNIÃO DE ENSINO SUPERIOR DE CAMPINA GRANDE FACULDADE DE CAMPINA GRANDE-FAC-CG

UNIÃO DE ENSINO SUPERIOR DE CAMPINA GRANDE FACULDADE DE CAMPINA GRANDE-FAC-CG UNIÃO DE ENSINO SUPERIOR DE CAMPINA GRANDE FACULDADE DE CAMPINA GRANDE-FAC-CG CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM MARKETING MÓDULO I 304101 FUNDAMENTOS DE MARKETING Fundamentos do Marketing. Processo de Marketing.

Leia mais

Resumo Executivo. Modelo de Planejamento. Resumo Executivo. Resumo Executivo. O Produto ou Serviço. O Produto ou Serviço 28/04/2011

Resumo Executivo. Modelo de Planejamento. Resumo Executivo. Resumo Executivo. O Produto ou Serviço. O Produto ou Serviço 28/04/2011 Resumo Executivo Modelo de Planejamento O Resumo Executivo é comumente apontada como a principal seção do planejamento, pois através dele é que se perceberá o conteúdo a seguir o que interessa ou não e,

Leia mais

PLANO DE GERENCIAMENTO DE RESÍDUOS DE SERVIÇOS DA SAÚDE (PGRSS)

PLANO DE GERENCIAMENTO DE RESÍDUOS DE SERVIÇOS DA SAÚDE (PGRSS) PLANO DE GERENCIAMENTO DE RESÍDUOS DE SERVIÇOS DA SAÚDE (PGRSS) 1 1. Apresentação do Projeto O presente documento tem por finalidade apresentar um Plano de Gerenciamento de Resíduos de Serviço de Saúde

Leia mais

6h diárias - 11 meses

6h diárias - 11 meses 6h diárias - 11 meses PROPOSTA PEDAGÓGICA PROGRAMA DE APRENDIZAGEM EM AUXILIAR DE VAREJO ÍNDICE 1 - Apresentação da Entidade ijovem 3 2 - Justificativa do Programa. 3 3 Público-alvo: 4 4 Objetivo geral:

Leia mais

NÚCLEO DE DESENVOLVIMENTO EMPRESARIAL 2014

NÚCLEO DE DESENVOLVIMENTO EMPRESARIAL 2014 NÚCLEO DE DESENVOLVIMENTO EMPRESARIAL 2014 WORKSHOPS CH DATA HORÁRIO INVESTIMENTO CONTEÚDO 1. Evolução e conceito de geomarketing. 2. Técnicas de geoprocessamento. Geomarketing : Tomada de Decisão no Varejo

Leia mais

Unidade III MARKETING DE VAREJO E. Profa. Cláudia Palladino

Unidade III MARKETING DE VAREJO E. Profa. Cláudia Palladino Unidade III MARKETING DE VAREJO E NEGOCIAÇÃO Profa. Cláudia Palladino Compras, abastecimento e distribuição de mercadorias Os varejistas: Precisam garantir o abastecimento de acordo com as decisões relacionadas

Leia mais

DATA: 04/05/2015 ARENA DO CONHECIMENTO TEMA: BOAS PRÁTICAS NA MANIPULAÇÃO DE ALIMENTOS PALESTRANTE: NÁDYA MOLINA

DATA: 04/05/2015 ARENA DO CONHECIMENTO TEMA: BOAS PRÁTICAS NA MANIPULAÇÃO DE ALIMENTOS PALESTRANTE: NÁDYA MOLINA DATA: 04/05/2015 ARENA DO CONHECIMENTO TEMA: BOAS PRÁTICAS NA MANIPULAÇÃO DE ALIMENTOS PALESTRANTE: NÁDYA MOLINA Boas Práticas Para um bom resultado na manipulação de alimentos deve-se trabalhar aplicando

Leia mais

Estratégias para aumentar a rentabilidade. Indicadores importantes. Controle a produção. Reduza filas. Trabalhe com promoções.

Estratégias para aumentar a rentabilidade. Indicadores importantes. Controle a produção. Reduza filas. Trabalhe com promoções. Uma publicação: Estratégias para aumentar a rentabilidade 04 Indicadores importantes 06 Controle a produção 08 Reduza filas 09 Trabalhe com promoções 10 Conclusões 11 Introdução Dinheiro em caixa. Em qualquer

Leia mais

MBA EM GESTÃO COMERCIAL E INTELIGÊNCIA DE MERCADO

MBA EM GESTÃO COMERCIAL E INTELIGÊNCIA DE MERCADO MBA EM GESTÃO COMERCIAL E INTELIGÊNCIA DE MERCADO O programa irá desenvolver no aluno competências sobre planejamento e força de Vendas, bem como habilidades para liderar, trabalhar em equipe, negociar

Leia mais

CURSOS: ÁREA ADMINISTRAÇÃO E COMÉRCIO

CURSOS: ÁREA ADMINISTRAÇÃO E COMÉRCIO CURSOS: ÁREA ADMINISTRAÇÃO E COMÉRCIO ELABORANDO O PLANO DE NEGÓCIOS 16h Entendendo o negócio Perfil do Empreendedor de Sucesso Visão e missão do Negócio Características do Plano de Negócios Plano de Investimento

Leia mais

16 Anos Gerando Soluções que Trazem Resultados para o Varejo. 2005 R-Dias. Todos direitos reservados.

16 Anos Gerando Soluções que Trazem Resultados para o Varejo. 2005 R-Dias. Todos direitos reservados. 1 16 Anos Gerando Soluções que Trazem Resultados para o Varejo 2 A Missão da R-Dias Colaborar para que o varejo obtenha melhores resultados. 3 Conheça nossas Unidades de Negócios 4 Prevenção de Perdas

Leia mais

17 Anos Gerando Soluções que Trazem Resultados para o Varejo. 2005 R-Dias. Todos direitos reservados.

17 Anos Gerando Soluções que Trazem Resultados para o Varejo. 2005 R-Dias. Todos direitos reservados. 17 Anos Gerando Soluções que Trazem Resultados para o Varejo 1 A Missão da R-Dias Colaborar para que o varejo obtenha melhores resultados. 2 Conheça nossas Unidades de Negócios 3 17 Anos Gerando Soluções

Leia mais

Planejamento Financeiro Pessoal

Planejamento Financeiro Pessoal Administração Profa Ms. Elaine Silvia Pasquini Planejamento Financeiro Pessoal e Empresarial Planejamento Financeiro Pessoal Inúmeras pesquisas revelam que profissionais desorganizados financeiramente

Leia mais

APRESENTAÇÃO COMERCIAL. Palestrante. Fátima Merlin. Especialista em Varejo, Comportamento do Consumidor e Shopper

APRESENTAÇÃO COMERCIAL. Palestrante. Fátima Merlin. Especialista em Varejo, Comportamento do Consumidor e Shopper APRESENTAÇÃO COMERCIAL Palestrante Fátima Merlin Especialista em Varejo, Comportamento do Consumidor e Shopper Quem é Fátima Merlin Master Business em Marketing pela FIA, Economista, atua há mais de 20

Leia mais

REGULAMENTO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO - 2014

REGULAMENTO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO - 2014 1 FACULDADE DE ESTUDOS SOCIAIS DO ESPÍRITO SANTO PIO XII CURSO DE ADMINISTRAÇÃO DE EMPRESAS CURSO DE ADMINISTRAÇÃO EM COMÉRCIO EXTERIOR I INTRODUÇÃO REGULAMENTO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO - 2014 O currículo

Leia mais

ESCOLA DE NEGÓCIOS DO VAREJO DE MATERIAL DE CONSTRUÇÃO

ESCOLA DE NEGÓCIOS DO VAREJO DE MATERIAL DE CONSTRUÇÃO Pág. 1 São Paulo, 03 de março de 2015 CONVÊNIO ACOMAC S 5 REGIONAIS 1. São Paulo, 2. Osasco, 3. Campinas, 4. Jundiaí, 5. ABCD + Baixada Santista CURSO PRÁTICO ACOMAC - GESTÃO DE LOJA GESTÃO 360 GRAUS MASTER

Leia mais

julho 2011 www.sm.com.br

julho 2011 www.sm.com.br www.sm.com.br Uma publicação do Grupo Lund ano 42 nº 7 julho 2011 DOIS (BONS) PROGRAMAS DE FIDELIDADE COMO DECIDIR O MELHOR NÍVEL DE ESTOQUE MÍDIA DIGITAL A TV QUE FAZ DINHEIRO UNILEVER DEFINE MIX DE 80

Leia mais

EMPREENDEDORISMO. Outubro de 2014

EMPREENDEDORISMO. Outubro de 2014 #5 EMPREENDEDORISMO Outubro de 2014 ÍNDICE 1. Apresentação 2. Definição 3. Empreendedorismo: necessidade ou oportunidade? 4. Características do comportamento empreendedor 5. Cenário brasileiro para o empreendedorismo

Leia mais

ADMINISTRAÇÃO. Funções administrativas ADMINISTRAÇÃO. Revisão de véspera Técnico INSS ADMINISTRAÇÃO ADMINISTRAÇÃO ADMINISTRAÇÃO ADMINISTRAÇÃO

ADMINISTRAÇÃO. Funções administrativas ADMINISTRAÇÃO. Revisão de véspera Técnico INSS ADMINISTRAÇÃO ADMINISTRAÇÃO ADMINISTRAÇÃO ADMINISTRAÇÃO Funções administrativas Revisão de véspera Técnico INSS Planejamento Organização Direção Controle 1 2 Funções administrativas Planejamento: Planejamento é a função administrativa que estabelece os objetivos

Leia mais

O QUE SE ESPERA DE UMA GERENTE BARRED S

O QUE SE ESPERA DE UMA GERENTE BARRED S O QUE SE ESPERA DE UMA GERENTE BARRED S Ela lidera a equipe, contrata, acompanha e desenvolve equipes, faz o plano de vendas, cuida do ponto de venda e da vitrine, controla o estoque, monitora e motiva

Leia mais

Introdução. Marca Líder. Evento Líderes de Vendas:

Introdução. Marca Líder. Evento Líderes de Vendas: 1 Introdução O objetivo desta cartilha 1, elaborada pela Escola Nacional de Supermercados (ENS), da Associação Brasileira de Supermercados (Abras), é passar orientações e dicas para os supermercadistas

Leia mais

13ª Avaliação de Perdas no Varejo Brasileiro: Supermercados

13ª Avaliação de Perdas no Varejo Brasileiro: Supermercados 13ª Avaliação de Perdas no Varejo Brasileiro: Supermercados Amostra Empresas respondentes 214 Faturamento anual bruto R$ 83.094.932.979,00 Representatividade em relação ao faturamento Brasil 34% Faturamento

Leia mais

SUPERE A CRISE E FORTALEÇA SEU NEGÓCIO.

SUPERE A CRISE E FORTALEÇA SEU NEGÓCIO. Workshop para empreendedores e empresários do Paranoá DF. SUPERE A CRISE E FORTALEÇA SEU NEGÓCIO. Dias 06 e 13 de Dezembro Hotel Bela Vista Paranoá Das 08:00 às 18:00 horas Finanças: Aprenda a controlar

Leia mais

Fornecer conteúdos e refletir sobre práticas atualizadas de comunicação e marketing, como as técnicas e ferramentas de marketing digital.

Fornecer conteúdos e refletir sobre práticas atualizadas de comunicação e marketing, como as técnicas e ferramentas de marketing digital. MBA em Marketing Apresentação CAMPUS STIEP Inscrições em Breve Turma 09 --> A globalização e os avanços tecnológicos estão abrindo oportunidades de negócios, novas formas de comercialização e despertando

Leia mais

MBA em Gestão de Pessoas e Comportamento Organizacional -Matutino e Noturno

MBA em Gestão de Pessoas e Comportamento Organizacional -Matutino e Noturno MBA em Gestão de Pessoas e Comportamento Organizacional -Matutino e Noturno Apresentação CAMPUS STIEP Inscrições Abertas Turma 12 (Noturno) -->Últimas Vagas até o dia 27/05/2013 CAMPUS IGUATEMI Turma 13

Leia mais

Nosso negócio é a melhoria da Capacidade Competitiva de nossos Clientes

Nosso negócio é a melhoria da Capacidade Competitiva de nossos Clientes Nosso negócio é a melhoria da Capacidade Competitiva de nossos Clientes 1 SÉRIE DESENVOLVIMENTO HUMANO FORMAÇÃO DE LÍDER EMPREENDEDOR Propiciar aos participantes condições de vivenciarem um encontro com

Leia mais

BOAS PRÁTICAS NO AMBIENTE DE TRABALHO

BOAS PRÁTICAS NO AMBIENTE DE TRABALHO BOAS PRÁTICAS NO AMBIENTE DE TRABALHO UNESP-2014 DANIELLE VARGAS Boas práticas no ambiente de trabalho Identificação e desobstrução de equipamentos e Materiais Fonte: Danielle Vargas Fonte: Danielle Vargas

Leia mais

Ementário do Curso de Administração Grade 2008-1 1 Administração da Produção I Fase: Carga Horária: Créditos: Ementa:

Ementário do Curso de Administração Grade 2008-1 1 Administração da Produção I Fase: Carga Horária: Créditos: Ementa: 1 da Produção I Ementário do Curso de Introdução à administração da produção; estratégias para definição do sistema de produção; estratégias para o planejamento do arranjo físico; técnicas de organização,

Leia mais

CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM MARKETING PROJETO INTEGRADOR

CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM MARKETING PROJETO INTEGRADOR CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM MARKETING PROJETO INTEGRADOR PROJETO INTEGRADOR 1. INTRODUÇÃO Conforme as diretrizes do Projeto Pedagógico dos Cursos Superiores de Tecnologia da Faculdade Unida de Suzano

Leia mais

Unidade III PRINCÍPIOS DE SISTEMAS DE. Prof. Luís Rodolfo

Unidade III PRINCÍPIOS DE SISTEMAS DE. Prof. Luís Rodolfo Unidade III PRINCÍPIOS DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO Prof. Luís Rodolfo Vantagens e desvantagens de uma rede para a organização Maior agilidade com o uso intenso de redes de computadores; Grandes interações

Leia mais

AMAS Associação Sul-Mato-Grossense de Supermercados. Municípios de Campo Grande, Dourados e Três Lagoas.

AMAS Associação Sul-Mato-Grossense de Supermercados. Municípios de Campo Grande, Dourados e Três Lagoas. 1 - REALIZAÇÃO: AMAS Associação Sul-Mato-Grossense de Supermercados. II - PERÍODO: Meses de Julho e Agosto de 2015. III - ABRAGÊNCIA: Municípios de Campo Grande, Dourados e Três Lagoas. IV - LOCAL: A de

Leia mais

MARKETING EMPRESARIAL MARCO ANTONIO LIMA GESTÃO EMPRESARIAL E SUSTENTABILIDADE

MARKETING EMPRESARIAL MARCO ANTONIO LIMA GESTÃO EMPRESARIAL E SUSTENTABILIDADE MARCO ANTONIO LIMA GESTÃO E SUSTENTABILIDADE Marketing: uma introdução Introdução ao Marketing O que é Marketing Marketing é a área do conhecimento que engloba todas as atividades concernentes às relações

Leia mais

INSTITUTO FEDERAL DE BRASÍLIA CAMPUS CEILÂNDIA

INSTITUTO FEDERAL DE BRASÍLIA CAMPUS CEILÂNDIA INSTITUTO FEDERAL DE BRASÍLIA CAMPUS CEILÂNDIA PROJETO DE CURSO DE FORMAÇÃO INICIAL E CONTINUADA - FIC EMPREENDEDORISMO E FINANÇAS NA TERCEIRA IDADE Brasília/DF JANEIRO/2014 PROJETO DE CURSO FORMAÇÃO INICIAL

Leia mais

SPETACOLLO RESTAURANTE & BOTEQUIM

SPETACOLLO RESTAURANTE & BOTEQUIM SPETACOLLO RESTAURANTE & BOTEQUIM SUA IDEIA SEU SUCESSO SOBRE O SPETACOLLO Rentabilidade, confiança e credibilidade aliadas a uma maneira inovadora de servir e atender com qualidade e agilidade; ampla

Leia mais

ALISSON DE MELO OLIVEIRA OBJETIVOS PROFISSIONAIS. Áreas: Comercial / Operações e Facilities Níveis Hierárquicos: GERENCIA / SUPERINTENDENTE

ALISSON DE MELO OLIVEIRA OBJETIVOS PROFISSIONAIS. Áreas: Comercial / Operações e Facilities Níveis Hierárquicos: GERENCIA / SUPERINTENDENTE ALISSON DE MELO OLIVEIRA Idade 36 anos Estado Civil Casado Telefones 62-9968 2232 E-mail alissonmco@yahoo.com.br Redes Sociais https://www.facebook.com/alissondemelo.oliveira?fref=ts https://www.linkedin.com/profile/view?id=383653108&authtype=name_search&authtoken=szjp&locale=pt_br&trk=tya

Leia mais

CADERNO DE DESCRIÇÕES DE CARGOS FÁBRICA

CADERNO DE DESCRIÇÕES DE CARGOS FÁBRICA CADERNO DE DESCRIÇÕES DE CARGOS FÁBRICA REVISÃO DOS DADOS 04 RELAÇÃO DE CARGOS Auxiliar de Montagem Montador Supervisor de Produção Técnico de Programação da Produção Coordenador de Produção IDENTIFICAÇÃO

Leia mais

CESTEC- CENTRO DE SERVIÇOS EM TECNOLOGIA E INOVAÇÃO DO GRANDE ABC

CESTEC- CENTRO DE SERVIÇOS EM TECNOLOGIA E INOVAÇÃO DO GRANDE ABC CESTEC- CENTRO DE SERVIÇOS EM TECNOLOGIA E INOVAÇÃO DO GRANDE ABC TERMO DE REFERÊNCIA Nº 013/2010 PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE SERVIÇOS DE CONSULTORIA PARA GESTÃO COMERCIAL E VENDAS Contatos Luiz Augusto Gonçalves

Leia mais

Marketing Empresarial MARCO ANTONIO LIMA GESTÃO EMPRESARIAL E SUSTENTABILIDADE

Marketing Empresarial MARCO ANTONIO LIMA GESTÃO EMPRESARIAL E SUSTENTABILIDADE Marketing Empresarial Capítulo 1 Marketing: uma introdução Introdução ao Marketing O que é Marketing Marketing é a área do conhecimento que engloba todas as atividades concernentes às relações de troca,

Leia mais

APÊNDICE III PROGRAMA DE CAPACITAÇÃO E TREINAMENTO

APÊNDICE III PROGRAMA DE CAPACITAÇÃO E TREINAMENTO APÊNDICE III PROGRAMA DE CAPACITAÇÃO E TREINAMENTO Página 1 de 18 SUMÁRIO 1 FORMAÇÃO E CAPACITAÇÃO... 3 2. PROGRAMA DE FORMAÇÃO E CAPACITAÇÕES INICIAIS... 6 2.1. MÓDULO I TREINAMENTO TÉCNICO... 6 2.2.

Leia mais

Portfolio de cursos TSP2

Portfolio de cursos TSP2 2013 Portfolio de cursos TSP2 J. Purcino TSP2 Treinamentos e Sistemas de Performance 01/07/2013 Como encantar e fidelizar clientes Visa mostrar aos participantes a importância do conhecimento do cliente,

Leia mais

Anexo D Divisão de Análises Clínicas HU/UFSC. Versão 01. Atribuições dos Cargos

Anexo D Divisão de Análises Clínicas HU/UFSC. Versão 01. Atribuições dos Cargos DOC MQB -02 MQB.pdf 1/5 Cargo: Assistente de Laboratório 1. Planejar o trabalho de apoio do laboratório: Interpretar ordens de serviços programadas, programar o suprimento de materiais, as etapas de trabalho,

Leia mais

MIZUNO, TOPPER, RAINHA, HAVAIANAS, TIMBERLAND, DUPÉ E SETE LÉGUAS.

MIZUNO, TOPPER, RAINHA, HAVAIANAS, TIMBERLAND, DUPÉ E SETE LÉGUAS. SOBRE A ALPARGATAS Quem nunca usou um Bamba? Ou uma calça US Top, um tênis Rainha, uma sandália Havaianas, ou jogou com uma bola Topper? A Alpargatas e suas marcas estiveram e estarão sempre presentes

Leia mais

O Papel Estratégico da Gestão de Pessoas para a Competitividade das Organizações

O Papel Estratégico da Gestão de Pessoas para a Competitividade das Organizações Projeto Saber Contábil O Papel Estratégico da Gestão de Pessoas para a Competitividade das Organizações Alessandra Mercante Programa Apresentar a relação da Gestão de pessoas com as estratégias organizacionais,

Leia mais

Perfil. Nossa estratégia de crescimento reside na excelência operacional, na inovação, no desenvolvimento do produto e no foco no cliente.

Perfil. Nossa estratégia de crescimento reside na excelência operacional, na inovação, no desenvolvimento do produto e no foco no cliente. Institucional Perfil A ARTSOFT SISTEMAS é uma empresa Brasileira, fundada em 1986, especializada no desenvolvimento de soluções em sistemas integrados de gestão empresarial ERP, customizáveis de acordo

Leia mais