Tendências de Mercado

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Tendências de Mercado"

Transcrição

1 Tendências de Mercado Produto - BOI GORDO (Arroba) Feira de Santana 77,00 77,00 77,00 77,00 Itapetinga 71,00 71,00 71,00 FERIADO 71,00 Santo Antonio de Jesus 76,00 76,00 76,00 76,00 Salvador 78,00 78,00 78,00 78,00 Feira de Santana 77,00 77,00 77,00 77,00 Itapetinga 71,00 71,00 71,00 71,00 FERIADO Santo Antonio de Jesus 76,00 76,00 76,00 76,00 Salvador 78,00 78,00 78,00 78,00 Feira de Santana 77,00 78,00 78,00 78,00 79,00 Itapetinga 71,00 72,00 72,00 72,00 72,00 Santo Antonio de Jesus 76,00 76,00 76,00 76,00 76,00 Salvador 78,00 79,00 79,00 79,00 8 Feira de Santana 79,00 79,00 79,00 79,00 79,00 Itapetinga 72,00 72,00 72,00 73,00 73,00 Santo Antonio de Jesus 76,00 76,00 76,00 76,00 76,00 Salvador , ,00 76,00 74,00 72, ,00 66,00 BOI GORDO Feira de Santana Itapetinga Santo Antonio de Jesus Salvador COMENTÁRIO: O incremento no preço do boi gordo, verificado no período de 05 a 09.07, permaneceu firme, na semana anterior (12 a 16.07) nas praças de Feira de Santana, Salvador e Itapetinga. Sendo que nesta última, verificou-se mais uma elevação a apartir do dia 15.07, quando a arroba do boi gordo passou a ser comercializada por R$ 73,00. Em Santo Antonio de Jesus, o mercado do boi gordo não apresentou alterações, a arroba continua cotada a R$ 76,00. A Média CEPEA (média ponderada da arroba de boi gordo no Estado de São Paulo) da semana foi de R$ 82,32. No mercado futuro, segundo informações da Consultoria XP Investimentos, o mercado do boi gordo segue em ambiente firme. Os preços praticamente não mexeram na sexta-feira (16/07).

2 Produto: CAFÉ (Saca 60 Kg) EUNÁPOLIS - Conillon 7 165,00 165,00 165,00 165,00 EUNÁPOLIS - Conillon 7/8 162,00 162,00 162,00 162,00 L. E. MAGALHÃES - Arábica/Rio L. E. MAGALHÃES - Arábica/Desp FERIADO 33 V. CONQUISTA - Arábica/Desp V. CONQUISTA - Arábica/Rio V. CONQUISTA - Arábica/Duro 265, EUNÁPOLIS - Conillon 7 165,00 155,00 155,00 155,00 EUNÁPOLIS - Conillon 7/8 162,00 152,00 152,00 152,00 L. E. MAGALHÃES - Arábica/Rio ,00 215,00 L. E. MAGALHÃES - Arábica/Desp FERIADO V. CONQUISTA - Arábica/Desp V. CONQUISTA - Arábica/Rio V. CONQUISTA - Arábica/Duro EUNÁPOLIS - Conillon 7 158,00 158,00 158,00 158,00 158,00 EUNÁPOLIS - Conillon 7/8 155,00 155,00 155,00 155,00 155,00 L. E. MAGALHÃES - Arábica/Rio L. E. MAGALHÃES - Arábica/Desp V. CONQUISTA - Arábica/Desp V. CONQUISTA - Arábica/Rio 215,00 215,00 215,00 215,00 215,00 V. CONQUISTA - Arábica/Duro 255,00 255,00 255,00 255,00 255, CAFÉ 21 a 25/06 28/06 a 01/07 05 a 09/06 12 a 16/07 EUNÁPOLIS - Conillon 7 EUNÁPOLIS - Conillon 7/8 L. E. MAGALHÃES - Arábica/Rio L. E. MAGALHÃES - Arábica/Desp. V. CONQUISTA - Arábica/Desp. V. CONQUISTA - Arábica/Rio V. CONQUISTA - Arábica/Duro EUNÁPOLIS - Conillon 7 158,00 158,00 158,00 158,00 158,00 EUNÁPOLIS - Conillon 7/8 155,00 155,00 155,00 155,00 155,00 L. E. MAGALHÃES - Arábica/Rio L. E. MAGALHÃES - Arábica/Desp V. CONQUISTA - Arábica/Desp V. CONQUISTA - Arábica/Rio 215,00 215,00 215,00 215,00 215,00 V. CONQUISTA - Arábica/Duro 255,00 255,00 255,00 255,00 255,00 COMENTÁRIO: Os preços registrados nas principais regiões produtoras de café na Bahia, permanceram constantes. Segundo matéria do Folha Online, o Brasil está com estoques baixos do café arábica. " A queda nos estoques ocorreu após uma safra menor, na temporada de baixa do ciclo bianual de café arábica, variedade que responde pela maior parte da produção brasileira. E também em meio a um consumo interno forte e exportações consistentes". De acordo com o site Café Point, a oferta apertada para grãos de alta qualidade no mundo, neste momento, sobretudo na América Central, Colombia e Brasil, é fator fundamental de sustentação para cotações em Nova York.

3 Produto: FEIJÃO CARIOCA (Saca 60 Kg) ADUSTINA IRECÊ 175,00 175, LUÍS E. MAGALHÃES 135,00 135,00 135,00 FERIADO 135,00 RIBEIRA DO POMBAL 55,00 55,00 55,00 55,00 TUCANO FEIJÃO CARIOCA ADUSTINA IRECÊ LUÍS E. MAGALHÃES FERIADO RIBEIRA DO POMBAL 55,00 55,00 55,00 55,00 TUCANO ADUSTINA IRECÊ LUÍS E. MAGALHÃES RIBEIRA DO POMBAL 55,00 55,00 55,00 55,00 55,00 TUCANO ADUSTINA IRECÊ sem cotação 15 LUÍS E. MAGALHÃES RIBEIRA DO POMBAL 55,00 55,00 55, TUCANO ADUSTINA IRECÊ LUÍS E. MAGALHÃES RIBEIRA DO POMBAL TUCANO COMENTÁRIO: O preço do feijão carioca apresentou um incremento de 191% em Ribeira do Pombal e de 20% em Tucano. Em Luís Eduardo Magalhães foi registrado uma retração de 7,7%. Nas praças de Adustina e Irecê os preços permaneceram constantes.

4 Produto: MILHO (Saca 60 Kg) ADUSTINA 22,00 22,00 22,00 22,00 IRECÊ 17,00 17,00 17,00 FERIADO 17,00 LUÍS E. MAGALHÃES 13,50 13,50 13,50 13,50 RIBEIRA DO POMBAL 24,00 24,00 24,00 24,00 TUCANO 25,00 23,00 23,00 23,00 MILHO ADUSTINA 22,00 22,00 22,00 22,00 IRECÊ 17,00 17,00 17,00 17,00 LUÍS E. MAGALHÃES 13,00 13,00 13,00 13,50 FERIADO RIBEIRA DO POMBAL 24,00 24,00 24,00 24,00 TUCANO 23,00 23,00 23,00 23,00 ADUSTINA 22,00 22,00 22,00 22,00 22,00 IRECÊ 17,00 17,00 17,00 17,00 17,00 LUÍS E. MAGALHÃES 13,00 13,00 13,00 13,00 13,00 RIBEIRA DO POMBAL 24,00 24,00 24,00 24,00 24,00 TUCANO 23,00 23,00 23,00 23,00 23, , ,00 1 5,00 ADUSTINA IRECÊ LUÍS E. MAGALHÃES RIBEIRA DO POMBAL TUCANO ADUSTINA 22,00 22,00 22,00 22,00 22,00 IRECÊ 17,00 17,00 17,00 sem cotação 17,00 LUÍS E. MAGALHÃES 13,50 13,50 13,50 13,50 13,50 RIBEIRA DO POMBAL 24,00 24,00 24,00 26,00 26,00 TUCANO 23,00 23,00 23,00 22,50 22,50 COMENTÁRIO: O preço do milho apresentou elevação de 3,8% em Luís Eduardo Magalhães e de 8,4% em Ribeira do Pombal. Em Tucano, o grão sofreu uma pequena retração de 2,2%.

5 Produto: CACAU (Arroba) Cotação (R$) 86,00 88,00 85,00 FERIADO 85,00 Cotação (R$) 85, ,00 88,00 FERIADO Cotação (R$) 86,00 86,00 86,00 85,50 87,00 12/01/ /01/ /01/ /01/ /01/1900 Cotação (R$) 86,00 87,00 88, , , , ,00 7 CACAU COMENTÁRIO: O cacau fechou a semana cotado a R$ 91,50, apresentando um incremento de 6,4% em relação ao início da semana. Segundo matéria veiculada no Jornal Valor Econômico ( ), "O processamento de Cacau nos EUA cresceu 12% no segundo trimestre deste ano. Foram 117 mil toneladas em relação às 104 mil toneladas do mesmo período do ano passado. De acordo com o setor, o preço médio da tonelada da amêndoa negociada no mercado futuro foi de US$ 3.002,00 no trimestre encerrado em 30 de junho, alta de 19% frente a 2009."

6 5 SOJA Produto: SOJA (Saca c/ 60 Kg) L. E. MAGALHÃES 32,60 32,60 32,60 FERIADO 32,60 L. E. MAGALHÃES 32,60 32,60 32,60 32,60 FERIADO 4 3 L. E. MAGALHÃES 32,60 32,60 32,60 32,60 32,60 L. E. MAGALHÃES 33,40 33,40 34,20 34,20 34,20 2 COMENTÁRIO: O mercado da soja na região Oeste teve uma semana de melhora com valores superiores aos comercializados nas semanas anteriores. Segundo Luiz Felipe Vieira, operador de commodities da Gradual Investimento, a valorização registrada agora no Brasil, está relacionada ao chamado "prêmio climático" nos EUA, maior produtor mundial de soja. "Há previsão de muito calor nas regiões americanas de lavoura, o que pode prejudicar o desenvolvimento da plantação", diz Vieira.

7 Produto: MAMÃO (Kg) CEASA/SSA - Formosa 0,80 0,80 0,80 0,80 CEASA/SSA - Hawaí 1,20 1,07 1,07 FERIADO 1,07 CEASA/SSA - Formosa 0,80 0,80 0,80 0,80 CEASA/SSA - Hawaí 1,07 1,07 1,07 1,07 FERIADO CEASA/SSA - Formosa 0,80 0,80 0,80 0,80 0,80 CEASA/SSA - Hawaí 1,07 1,07 1,07 1,07 1,07 CEASA/SSA - Formosa 0,80 0,80 0,80 0,80 0,80 CEASA/SSA - Hawaí 1,07 1,07 1,07 1,07 1,07 1,20 1,00 0,80 0,60 0,40 0,20 MAMÃO CEASA/SSA - Formosa CEASA/SSA - Hawaí COMENTÁRIO: Os preços das variedades de mamão, Formosa e Hawaí, permaneceram constantes.

110,0 105,0 100,0 95,0 90,0 85,0 80,0

110,0 105,0 100,0 95,0 90,0 85,0 80,0 BOI GORDO O ano de 2013 registrou preços elevados para a arroba do boi gordo, em todas as praças pecuárias acompanhadas pelo Sistema FAEB/SENAR. No acumulado do ano, foram verificadas as seguintes valorizações:

Leia mais

Commodities Agrícolas

Commodities Agrícolas Commodities Agrícolas sexta-feira, 13 de setembro de 2013 CAFÉ CAFÉ Bolsas Venc Ajuste Máx BM&F Mín Variação Venc Ajuste ICE FUTURES Máx Mín Variação SET13 139,70 0,00 0,00-0,55 SET13 116,25 116,10 115,75-0,20

Leia mais

Commodities Agrícolas

Commodities Agrícolas Commodities Agrícolas sábado, 14 de setembro de 2013 CAFÉ CAFÉ Bolsas Venc Ajuste Máx BM&F Mín Variação Venc Ajuste ICE FUTURES Máx Mín Variação SET13 139,00 0,00 0,00-0,70 SET13 115,55 115,70 115,70-0,70

Leia mais

120,00 100,00. Valor Médio (R$) 80,00 60,00 40,00 20,00

120,00 100,00. Valor Médio (R$) 80,00 60,00 40,00 20,00 Produto: BOI GORDO (Arroba) Segunda-feira Terça- feira Quarta-feira Quinta-feira Sexta-feira AMARGOSA 9 9 9 9 9 BARREIRAS 86,00 86,00 86,00 86,00 86,00 FEIRA DE SANTANA 89,00 89,00 89,00 89,00 89,00 ITAPETINGA

Leia mais

120,00 100,00. Valor Médio (R$) 80,00 60,00 40,00 20,00

120,00 100,00. Valor Médio (R$) 80,00 60,00 40,00 20,00 Produto: BOI GORDO (Arroba) Segunda-feira Terça- feira Quarta-feira Quinta-feira Sexta-feira AMARGOSA sem cotação 95,00 95,00 95,00 95,00 BARREIRAS 86,00 86,00 86,00 86,00 86,00 FEIRA DE SANTANA 94,00

Leia mais

BOLETIM CUSTOS E PREÇOS Abril de 2014

BOLETIM CUSTOS E PREÇOS Abril de 2014 BOLETIM CUSTOS E PREÇOS Abril de 2014 Milho: Os preços no mercado brasileiro ficaram estáveis e até mesmo um pouco mais baixos em algumas praças. A incerteza dos produtores quanto à produtividade do milho

Leia mais

BOI GORDO (Arroba) Produto: BOI GORDO (Arroba)

BOI GORDO (Arroba) Produto: BOI GORDO (Arroba) Produto: BOI GORDO (Arroba) Segunda-feira Terça- feira Quarta-feira Quinta-feira Sexta-feira BARREIRAS 96,00 96,00 96,00 96,00 96,00 FEIRA DE SANTANA 104,00 104,00 104,00 104,00 104,00 ITAPETINGA 93,00

Leia mais

105,00. lor Médio (R$) 100,00 95,00 90,00

105,00. lor Médio (R$) 100,00 95,00 90,00 Produto: BOI GORDO (Arroba) Segunda-feira Terça- feira Quarta-feira Quinta-feira Sexta-feira AMARGOSA sem cotação sem cotação BARREIRAS sem cotação 98,00 98,00 98,00 FEIRA DE SANTANA sem cotação Feriado

Leia mais

Fundamentos de Mercado Futuro e de Opções no Agronegócio

Fundamentos de Mercado Futuro e de Opções no Agronegócio Fundamentos de Mercado Futuro e de Opções no Agronegócio Quais alternativas um produtor rural tem para diminuir os riscos de preços na hora de vender sua safra? Modelo tradicional: contato direto com o

Leia mais

REGIONAL CENTRO-OESTE

REGIONAL CENTRO-OESTE REGIONAL CENTRO-OESTE SOJA DESPONTA NO CENTRO-OESTE, REDUZINDO ÁREAS DE MILHO VERÃO E ALGODÃO A produção de soja despontou no Centro-Oeste brasileiro nesta safra verão 2012/13, ocupando áreas antes destinadas

Leia mais

Produção de grãos na Bahia cresce 14,64%, apesar dos severos efeitos da seca no Estado

Produção de grãos na Bahia cresce 14,64%, apesar dos severos efeitos da seca no Estado AGROSSÍNTESE Produção de grãos na Bahia cresce 14,64%, apesar dos severos efeitos da seca no Estado Edilson de Oliveira Santos 1 1 Mestre em Economia, Gestor Governamental da SEAGRI; e-mail: edilsonsantos@seagri.ba.gov.br

Leia mais

Índice de Confiança do Agronegócio

Índice de Confiança do Agronegócio Índice de Confiança do Agronegócio Quarto Trimestre 2014 Principais Resultados:» Índice de Confiança do Agronegócio» Índice da Indústria (antes e depois da porteira)» Índice do Produtor Agropecuário Índice

Leia mais

CLIPPING 06/02/2014 Acesse: www.cncafe.com.br

CLIPPING 06/02/2014 Acesse: www.cncafe.com.br CLIPPING Acesse: www.cncafe.com.br Após altas, produtor não deve exercer opção de venda de café Valor Econômico Tarso Veloso e Carine Ferreira Após a sequência de altas do café arábica na bolsa de Nova

Leia mais

BOI GORDO (Arroba) BOI GORDO (Arroba)

BOI GORDO (Arroba) BOI GORDO (Arroba) BOI GORDO (Arroba) Segunda-feira Terça- feira Quarta-feira Quinta-feira Sexta-feira AMARGOSA 95,00 95,00 95,00 95,00 95,00 BARREIRAS 87,00 87,00 87,00 87,00 87,00 FEIRA DE SANTANA 93,00 93,00 93,00 93,00

Leia mais

COMPRADOR VENDEDOR SACAS PREÇO QUALIDADE. M dcheg. CLIMA (Varginha/MG) r Aberto (hoje) BOLSA / DÓLAR

COMPRADOR VENDEDOR SACAS PREÇO QUALIDADE. M dcheg. CLIMA (Varginha/MG) r Aberto (hoje) BOLSA / DÓLAR M dcheg BARÃO COMISSÁRIA DE CAFÉ LTDA Alameda Otávio Marques de Paiva, 220 Bairro Santa Luiza CEP 37062-670 - Varginha-MG (35) 3214-7725 / 8855-0050 / 8879-0040 / 8876-0030 www.baraocomissariadecafe.com.br

Leia mais

MENU DE COMMODITIES SOJA MAIO (SOJK10) Soja fechou em leve baixa, trabalha na casa entre 21,50 e 21,80. JULHO 2009/ MAIO 2010 (N/K)

MENU DE COMMODITIES SOJA MAIO (SOJK10) Soja fechou em leve baixa, trabalha na casa entre 21,50 e 21,80. JULHO 2009/ MAIO 2010 (N/K) MENU DE COMMODITIES SOJA MAIO (SOJK10) SOJA MAIO (SOJK10) Médias no Profitchart utilizando o after market. Tempo 60 minutos MÉDIAS 12 SIMPLES E 23 SIMPLES TEMPO 60 MINUTOS SUPORTE 1 R$ 21,80 SITUAÇÃO VENDA

Leia mais

RELATÓRIO DE MERCADO JULHO DE 2015

RELATÓRIO DE MERCADO JULHO DE 2015 RELATÓRIO DE MERCADO JULHO DE 2015 COMMODITIES AGRÍCOLAS RESUMO DOS PRINCIPAIS INDICADORES DO MERCADO DE COMMODITIES AGRÍCOLAS SUMÁRIO OFERTA 4 8 VARIAÇÕES HISTÓRICAS E FORECAST 6 DEMANDA 9 CONSIDERAÇÕES

Leia mais

BOI GORDO (Arroba) Praça a 07/09 10 a 14/09 17 a 21/09 24 a 28/09

BOI GORDO (Arroba) Praça a 07/09 10 a 14/09 17 a 21/09 24 a 28/09 BOI GORDO (Arroba) Segunda-feira Terça- feira Quarta-feira Quinta-feira Sexta-feira AMARGOSA sem cotação 104,00 sem cotação 104,00 Feriado BARREIRAS 93,00 93,00 93,00 93,00 Feriado FEIRA DE SANTANA sem

Leia mais

SUMÁRIO. 1.1 - Volume Negociado de Contratos Futuros 3. 1.2 - Volume Negociado de Contratos de Opções 3

SUMÁRIO. 1.1 - Volume Negociado de Contratos Futuros 3. 1.2 - Volume Negociado de Contratos de Opções 3 Commodities: Relatório sobre o Volume Negociado Diretoria de Commodities NOVEMBRO 2010 1 SUMÁRIO 1. Balanço do Mês: Novembro/10 1.1 - Volume Negociado de Contratos Futuros 3 1.2 - Volume Negociado de Contratos

Leia mais

ALGODÃO 2ª SAFRA NA SAFRA 14/15 DEZEMBRO - ANO 6 - EDIÇÃO 67

ALGODÃO 2ª SAFRA NA SAFRA 14/15 DEZEMBRO - ANO 6 - EDIÇÃO 67 ALGODÃO 2ª SAFRA NA SAFRA 14/15 DEZEMBRO - ANO 6 - EDIÇÃO 67 A decisão sobre o plantio do algodão segunda safra a esta altura já foi tomada. Seu Custo Operacional (CO) é estimado pelo Cepea em R$ 5.614,63/ha

Leia mais

ACOMPANHAMENTO SEMANAL DO MERCADO DE COMMODITIES Departamento de Assuntos Financeiros e Serviços MRE BOLETIM N 63

ACOMPANHAMENTO SEMANAL DO MERCADO DE COMMODITIES Departamento de Assuntos Financeiros e Serviços MRE BOLETIM N 63 ACOMPANHAMENTO SEMANAL DO MERCADO DE COMMODITIES Departamento de Assuntos Financeiros e Serviços MRE BOLETIM N 63 (SEMANA DE 31 DE JULHO A 7 DE AGOSTO DE 2009) O Índice de Commodities Bloomberg/CMCI atingiu

Leia mais

Edição 24 (Novembro/2013) Cenário Econômico A ECONOMIA BRASILEIRA EM 2013: UM PÉSSIMO ANO Estamos encerrando o ano de 2013 e, como se prenunciava, a

Edição 24 (Novembro/2013) Cenário Econômico A ECONOMIA BRASILEIRA EM 2013: UM PÉSSIMO ANO Estamos encerrando o ano de 2013 e, como se prenunciava, a Edição 24 (Novembro/2013) Cenário Econômico A ECONOMIA BRASILEIRA EM 2013: UM PÉSSIMO ANO Estamos encerrando o ano de 2013 e, como se prenunciava, a economia nacional registra um de seus piores momentos

Leia mais

BOLETIM CUSTOS E PREÇOS. Novembro de 2013

BOLETIM CUSTOS E PREÇOS. Novembro de 2013 BOLETIM CUSTOS E PREÇOS Novembro de 2013 Milho: Neste mês o mercado de milho registrou comportamento diferenciado. Em algumas localidades ocorreram quedas nos preços, caso do Paraná, e sustentação em outras,

Leia mais

Commodities Agrícolas

Commodities Agrícolas Commodities Agrícolas quarta-feira, 18 de setembro de 2013 CAFÉ CAFÉ Bolsas Venc Ajuste Máx BM&F Mín Variação Venc Ajuste ICE FUTURES Máx Mín Variação SET13 133,50 0,00 0,00-4,85 SET13 111,05 114,75 111,10-3,75

Leia mais

Edição 40 (Março/2014)

Edição 40 (Março/2014) Edição 40 (Março/2014) Cenário Econômico: Prévia da inflação oficial acelera por alimentos e transportes (Fonte: Terra) O Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo-15 (IPCA-15) avançou 0,73% em março

Leia mais

Commodities Agrícolas

Commodities Agrícolas Commodities Agrícolas quinta-feira, 12 de setembro de 2013 CAFÉ CAFÉ Bolsas Venc Ajuste Máx BM&F Mín Variação Venc Ajuste ICE FUTURES Máx Mín Variação SET13 140,25 0,00 0,00 4,40 SET13 116,45 116,00 114,00

Leia mais

BOI GORDO (Arroba) Praça ITAMARAJU 100,00 100,00 100,00 98,00 98,00 ITAPETINGA 100,00 100,00 100,00 98,00 98,00

BOI GORDO (Arroba) Praça ITAMARAJU 100,00 100,00 100,00 98,00 98,00 ITAPETINGA 100,00 100,00 100,00 98,00 98,00 BOI GORDO (Arroba) Segunda-feira Terça- feira Quarta-feira Quinta-feira Sexta-feira AMARGOSA 107,00 107,00 107,00 107,00 107,00 BARREIRAS 102,00 102,00 102,00 102,00 102,00 FEIRA DE SANTANA 107,00 107,00

Leia mais

AGROMENSAL CEPEA/ESALQ Informações de Mercado

AGROMENSAL CEPEA/ESALQ Informações de Mercado AGROMENSAL CEPEA/ESALQ Informações de Mercado Mês de referência: AGOSTO/2011 CEPEA - SOJA I - Análise Conjuntural II - Séries Estatísticas 1. Diferenciais de preços 2. Estimativa do valor das alternativas

Leia mais

Departamento de Ciências Administrativas, Contábeis, Econômicas e da Comunicação - UNIJUÍ

Departamento de Ciências Administrativas, Contábeis, Econômicas e da Comunicação - UNIJUÍ DACEC Departamento de Ciências Administrativas, Contábeis, Econômicas e da Comunicação - UNIJUÍ Comentários referentes ao período entre 21/06/2013 a 27/06/2013 Prof. Dr. Argemiro Luís Brum 1 Prof. Ms.

Leia mais

Balança Comercial. Manoela Oliveira E-mail: manoela.teixeira@agricultura.mg.gov.br Tel: (31) 3915-8603 - Belo Horizonte/MG

Balança Comercial. Manoela Oliveira E-mail: manoela.teixeira@agricultura.mg.gov.br Tel: (31) 3915-8603 - Belo Horizonte/MG Edição 01 Janeiro Balança Comercial Manoela Oliveira E-mail: manoela.teixeira@agricultura.mg.gov.br Tel: (31) 3915-8603 - Belo Horizonte/MG 3 Exportações As exportações do agronegócio mineiro totalizaram

Leia mais

Preço médio da Soja em MS Período: 06/03 á 11/03 de 2014 - Em R$ por saca de 60 kg

Preço médio da Soja em MS Período: 06/03 á 11/03 de 2014 - Em R$ por saca de 60 kg SOJA» MERCADO INTERNO Na primeira semana de março houve leve apreciação nos preços da saca de 6 Kg de soja em grãos, estes cresceram em média 1,2% em relação aos preços observados 6/mar. Mas em comparação

Leia mais

Soja - Análise da Conjuntura Agropecuária. Novembro 2015 PARANÁ

Soja - Análise da Conjuntura Agropecuária. Novembro 2015 PARANÁ Soja - Análise da Conjuntura Agropecuária Novembro 2015 PARANÁ A estimativa de área para a safra 2015/16 de soja é recorde no Paraná. Segundo os técnicos de campo serão semeados 5,24 milhões de hectares,

Leia mais

Praça Segunda-feira Terça- feira Quarta-feira Quinta-feira Sexta-feira

Praça Segunda-feira Terça- feira Quarta-feira Quinta-feira Sexta-feira Praça Segunda-feira Terça- feira Quarta-feira Quinta-feira Sexta-feira AMARGOSA 132,00 130,00 130,00 132,00 132,00 BARREIRAS 126,00 126,00 126,00 126,00 126,00 FEIRA DE SANTANA 138,00 138,00 138,00 138,00

Leia mais

Praça Segunda-feira Terça- feira Quarta-feira Quinta-feira Sexta-feira

Praça Segunda-feira Terça- feira Quarta-feira Quinta-feira Sexta-feira Praça Segunda-feira Terça- feira Quarta-feira Quinta-feira Sexta-feira AMARGOSA sem cotação FERIADO sem cotação sem cotação sem cotação BARREIRAS sem cotação FERIADO 136,00 136,00 136,00 sem cotação FERIADO

Leia mais

3º Seminário BM&F Famato Os desafios da pecuária no cenário global. Mercados futuros para um Mato Grosso mais competitivo.

3º Seminário BM&F Famato Os desafios da pecuária no cenário global. Mercados futuros para um Mato Grosso mais competitivo. 3º Seminário BM&F Famato Os desafios da pecuária no cenário global Mercados futuros para um Mato Grosso mais competitivo Ivan Wedekin Você é competitivo quando tem um desempenho a longo prazo acima da

Leia mais

SOJA NEGOCIA POUCO EM NOVEMBRO POR DÓLAR E CHICAGO EM BAIXA

SOJA NEGOCIA POUCO EM NOVEMBRO POR DÓLAR E CHICAGO EM BAIXA Panorama Geral dos Mercados Agrícolas Ano IV n o 194 30 de novembro de 2015 www.sistemafaep.org SOJA NEGOCIA POUCO EM NOVEMBRO POR DÓLAR E CHICAGO EM BAIXA O mercado brasileiro de soja teve uma comercialização

Leia mais

Revisão Mensal de Commodities

Revisão Mensal de Commodities Revisão Mensal de Commodities segunda-feira, 3 de dezembro de 2012 Oferta maior e desempenho misto A estabilização do crescimento na China e riscos geopolíticos também afetaram os preços das commodities.

Leia mais

Tabela 01 Mundo Soja Área, produção e produtividade Safra 2009/10 a 2013/14

Tabela 01 Mundo Soja Área, produção e produtividade Safra 2009/10 a 2013/14 Soja Análise da Conjuntura Agropecuária Novembro de 2013 MUNDO A economia mundial cada vez mais globalizada tem sido o principal propulsor responsável pelo aumento da produção de soja. Com o aumento do

Leia mais

ANÁLISE GRÁFICA GRÁFICO MILHO SETEMBRO BM&F (CCMU10) SUPORTE 1 R$ 20,50 RESISTÊNCIA1 R$ 20,70 SUPORTE 2 R$ 20,20 RESISTÊNCIA 2 R$ 20,80

ANÁLISE GRÁFICA GRÁFICO MILHO SETEMBRO BM&F (CCMU10) SUPORTE 1 R$ 20,50 RESISTÊNCIA1 R$ 20,70 SUPORTE 2 R$ 20,20 RESISTÊNCIA 2 R$ 20,80 ANÁLISE MERCADO FUTURO DE SOJA 09/08/2010 SOJA COMENTÁRIO - Preços firmes para a soja em Chicago neste início de semana. As preocupações com o tempo seco ao sul e oeste do Cinturão e região do Delta do

Leia mais

Diretoria de Agronegócios

Diretoria de Agronegócios Proteção de Preços no Mercado Agropecuário Renato Barreto Riscos da atividade agropecuária Climáticos e/ou intempéries Preço Crédito... Mitigadores de Risco de Preço Risco: Oscilação nos preços das mercadorias

Leia mais

Commodities Agrícolas

Commodities Agrícolas Commodities Agrícolas segunda-feira, 23 de setembro de 2013 CAFÉ CAFÉ Bolsas Venc Ajuste Máx BM&F Mín Variação Venc Ajuste ICE FUTURES Máx Mín Variação SET13 134,55 0,00 0,00 0,00 DEZ13 117,75 121,95 121,50-1,25

Leia mais

SOJA MERCADO INTERNO

SOJA MERCADO INTERNO SOJA MERCADO INTERNO Dezembro se inicia com desvalorização nos preços médios da soja. O preço da saca recuou Dentre as praças pesquisadas, Maracaju registrou a maior desvalorização, 2,74%, com a em média

Leia mais

O MERCADO DE SOJA 1. INTRODUÇÃO

O MERCADO DE SOJA 1. INTRODUÇÃO O MERCADO DE SOJA 1. INTRODUÇÃO A soja é a commodity mais importante do Brasil, pelo valor da produção obtida de grão, óleo e farelo, significativa parcela na receita cambial, área plantada, consumo de

Leia mais

CONJUNTURA MENSAL JUNHO

CONJUNTURA MENSAL JUNHO SOJA - MATO GROSSO CONJUNTURA MENSAL JUNHO ANO 1 Nº2 O preço mundial da commodity apresenta movimento de alta em nível mundial, impulsionado principalmente pelas condições climáticas adversas nos Estados

Leia mais

INTRODUÇÃO A SOJA CONTÉM

INTRODUÇÃO A SOJA CONTÉM MERCADO FUTURO Soja Diego Marafon Edemir Miotto Júnior Felipe Patel Prof. Dr. Miguel Ângelo Perondi INTRODUÇÃO Na atualidade, a soja apresenta-se como um produto em evidência Grão muito proveitoso, devido

Leia mais

Milho Período: 11 a 15/05/2015

Milho Período: 11 a 15/05/2015 Milho Período: 11 a 15/05/2015 Câmbio: Média da semana: U$ 1,00 = R$ 3,0203 Nota: A paridade de exportação refere-se ao valor/sc desestivado sobre rodas, o que é abaixo do valor FOB Paranaguá. *Os preços

Leia mais

Milho Período: 19 a 23/10/2015

Milho Período: 19 a 23/10/2015 Milho Período: 19 a 23/10/2015 Nota: A paridade de exportação refere-se ao valor/sc desestivado sobre rodas, o que é abaixo do valor FOB Paranaguá. *Os preços médios semanais apresentados nas praças de

Leia mais

COTAÇÕES CAEM 12% EM NOVA YORK DURANTE OUTUBRO

COTAÇÕES CAEM 12% EM NOVA YORK DURANTE OUTUBRO Boletim Semanal sobre Tendências de Mercados Ano XVI 10/novembro/2014 n. 550 COTAÇÕES CAEM 12% EM NOVA YORK DURANTE OUTUBRO Encerrado o mês de outubro foi possível notar uma queda de 12,42% na média de

Leia mais

FUNDAÇÃO PROCON-SP CONSTATA VARIAÇÃO DA CESTA BÁSICA DE 3,10% EM ABRIL/2010

FUNDAÇÃO PROCON-SP CONSTATA VARIAÇÃO DA CESTA BÁSICA DE 3,10% EM ABRIL/2010 FUNDAÇÃO PROCON-SP CONSTATA VARIAÇÃO DA CESTA BÁSICA DE 3,10% EM ABRIL/2010 No mês de abril de 2010, o valor da cesta básica do paulistano teve alta de 3,10%, revela pesquisa diária da Fundação Procon-SP,

Leia mais

BOLETIM ANUAL DO MERCADO DE GRÃOS: MILHO SAFRA 2008 / 2009 Maio de 2008

BOLETIM ANUAL DO MERCADO DE GRÃOS: MILHO SAFRA 2008 / 2009 Maio de 2008 BOLETIM ANUAL DO MERCADO DE GRÃOS: MILHO SAFRA 2008 / 2009 Maio de 2008 Mercado Internacional Em 2007, a produção anual de milho atingiu quase 720 milhões de tonelada (Tabela 1), quando os Estados Unidos,

Leia mais

Este Informativo é uma publicação mensal, enviado para 21.625 Parceiros Rurais. Edição nº 20 - Setembro de 2015. Nesta Edição. Página 2.

Este Informativo é uma publicação mensal, enviado para 21.625 Parceiros Rurais. Edição nº 20 - Setembro de 2015. Nesta Edição. Página 2. I N F O R M A T I V O Este Informativo é uma publicação mensal, enviado para 21.625 Parceiros Rurais. Edição nº 20 - Setembro de 2015. Nesta Edição Agricultura Página 2 O Dragão está em xeque? Prezados

Leia mais

Quadro II - PREÇO DO AÇÚCAR CRISTAL COLOCADO NO PORTO DE SANTOS - SP NA CONDIÇÃO SOBRE RODAS - (Em R$/Saca de 50kg*)

Quadro II - PREÇO DO AÇÚCAR CRISTAL COLOCADO NO PORTO DE SANTOS - SP NA CONDIÇÃO SOBRE RODAS - (Em R$/Saca de 50kg*) CANA-DE-AÇÚCAR Período: Janeiro/2016 Quadro I - PREÇO NA USINA EM SÃO PAULO (Em R$/unidade*) Produtos Unidade 24 12 1 Mês Mês Atual Açúcar Cristal Cor ICUMSA 130 a 180 Saco/50 kg 50,20 51,05 80,57 83,75

Leia mais

DEPARTAMENTO DE ECONOMIA, ADMINISTRAÇÃO E SOCIOLOGIA UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO ESCOLA SUPERIOR DE AGRICULTURA "LUIZ DE QUEIROZ"

DEPARTAMENTO DE ECONOMIA, ADMINISTRAÇÃO E SOCIOLOGIA UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO ESCOLA SUPERIOR DE AGRICULTURA LUIZ DE QUEIROZ Na média, pecuarista ganha da inflação em setembro Em setembro, o custo efetivo da pecuária, pesquisado pela CNA/Cepea-USP, teve alta de apenas 0,22%, enquanto que a inflação medida pelo IGP-M alcançou

Leia mais

Commodities Agrícolas

Commodities Agrícolas Commodities Agrícolas CAFÉ CAFÉ Bolsas BM&F ICE FUTURES Contrato Fechamento Máxima Mínimo Variação Contrato Fechamento Máxima Mínimo Variação SET13 136,80 136,50 135,80-1,80 SET 113,50 115,70 113,25-1,45

Leia mais

PIB do Agronegócio CEPEA-USP/CNA Janeiro a abril de 2008 NÚMEROS BONS E ESTÁVEIS PARA O AGRONEGÓCIO EM ABRIL

PIB do Agronegócio CEPEA-USP/CNA Janeiro a abril de 2008 NÚMEROS BONS E ESTÁVEIS PARA O AGRONEGÓCIO EM ABRIL NÚMEROS BONS E ESTÁVEIS PARA O AGRONEGÓCIO EM ABRIL O Produto Interno Bruto (PIB) do agronegócio brasileiro estimado pelo Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada da Universidade de São Paulo (Cepea),

Leia mais

Departamento de Ciências Administrativas, Contábeis, Econômicas e da Comunicação - UNIJUÍ

Departamento de Ciências Administrativas, Contábeis, Econômicas e da Comunicação - UNIJUÍ DACEC Departamento de Ciências Administrativas, Contábeis, Econômicas e da Comunicação - UNIJUÍ Comentários referentes ao período entre 03/05/2013 a 09/05/2013 Prof. Dr. Argemiro Luís Brum 1 Prof. Ms.

Leia mais

Açúcar: Informativo Quinzenal. Oferta se acentua e preços cedem. Indicador de Açúcar Cristal Cepea/Esalq Estado de São Paulo.

Açúcar: Informativo Quinzenal. Oferta se acentua e preços cedem. Indicador de Açúcar Cristal Cepea/Esalq Estado de São Paulo. Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada CEPEA/ESALQ/USP 25 de maio de 2011 Volume 1, Edição 22 Açúcar: Informativo Quinzenal Indicador de Açúcar Cristal Cepea/Esalq Estado de São Paulo DATA Valor

Leia mais

Os Benefícios Econômicos da Biotecnologia Agrícola no Brasil: 1996/97 a 2010/11

Os Benefícios Econômicos da Biotecnologia Agrícola no Brasil: 1996/97 a 2010/11 Céleres Os Benefícios Econômicos da Biotecnologia Agrícola no Brasil: 199/97 a 2010/11 O CASO DO ALGODÃO GENETICAMENTE MODIFICADO O CASO DO MILHO GENETICAMENTE MODIFICADO O CASO DA SOJA TOLERANTE A HERBICIDA

Leia mais

Acompanhamento da Safra 2012/13 no MS

Acompanhamento da Safra 2012/13 no MS Acompanhamento da Safra 2012/13 no MS Circular Técnico nº 20 No acompanhamento da cultura do milho 2ª safra de Mato Grosso do Sul foram visitadas 52 propriedades entre os dias 22 e 25 de abril de 2013

Leia mais

Barômetro do Mercado Imobiliário. Valorização dos preços dos imóveis é de 6,8% no 1º trimestre de 2013

Barômetro do Mercado Imobiliário. Valorização dos preços dos imóveis é de 6,8% no 1º trimestre de 2013 Barômetro do Mercado Imobiliário - São Paulo, Março 2013 O Barômetro do Mercado Imobiliário em São Paulo é o mais novo, ágil e confiável indicador do mercado imobiliário que acompanha a evolução dos preços

Leia mais

Resumo Quinzenal do Biodiesel

Resumo Quinzenal do Biodiesel Tel: (21) 3547-1539 / (21) 9565-0444 Resumo Quinzenal do Biodiesel 16/06 à 30/06/11 Este relatório é confidencial e de uso exclusivo do destinatário, e não pode ser enviado ou compartilhado com terceiros

Leia mais

Milho Período: 16 a 20/03/2015

Milho Período: 16 a 20/03/2015 Milho Período: 16 a 20/03/2015 Câmbio: Média da semana: U$ 1,00 = R$ 3,2434 Nota: A paridade de exportação refere-se ao valor/sc desestivado sobre rodas, o que é abaixo do valor FOB Paranaguá. *Os preços

Leia mais

AGRÍCOLA NO BRASIL. Prefácio. resultados do biotecnologia: Benefícios econômicos da. Considerações finais... 7 L: 1996/97 2011/12 2021/22...

AGRÍCOLA NO BRASIL. Prefácio. resultados do biotecnologia: Benefícios econômicos da. Considerações finais... 7 L: 1996/97 2011/12 2021/22... O OS BENEFÍCIOS ECONÔMICOS DA BIOTECNOLOGIA AGRÍCOLA NO BRASIL L: 1996/97 2011/12 O caso do algodão geneticamente modificado O caso do milho geneticamente modificado O caso da soja tolerante a herbicida

Leia mais

AGROMENSAL CEPEA/ESALQ Informações de Mercado

AGROMENSAL CEPEA/ESALQ Informações de Mercado AGROMENSAL CEPEA/ESALQ Informações de Mercado Mês de referência: ABRIL/2011 CEPEA - SOJA I - Análise Conjuntural II - Séries Estatísticas 1. Diferenciais de preços 2. Estimativa do valor das alternativas

Leia mais

RELATÓRIO DE COMMODITIES BOI GORDO PANORAMA. A informação é nossa, a decisão é sua! GR. Boi Gordo Mercado Físico RS Período Gráfico DIÁRIO

RELATÓRIO DE COMMODITIES BOI GORDO PANORAMA. A informação é nossa, a decisão é sua! GR. Boi Gordo Mercado Físico RS Período Gráfico DIÁRIO PANORAMA RELATÓRIO DE COMMODITIES BOI GORDO SEMANA DE 10 A 14 DE AGOSTO de 2009 Semana de nova estabilidade no preço do Boi Gordo no mercado físico do Rio Grande do Sul, fechando a semana em R$ 5,28/kg

Leia mais

DERAL - Departamento de Economia Rural. Cana de açúcar e Sucroalcooleiro - Prognóstico (março de 2013)

DERAL - Departamento de Economia Rural. Cana de açúcar e Sucroalcooleiro - Prognóstico (março de 2013) Cana de açúcar e Sucroalcooleiro - Prognóstico (março de 2013) 1.SINOPSE E ESTIMATIVA Oferta/Demanda: Apenas 7 países produtores de açúcar concentram 70% da oferta mundial, o Brasil, Índia, a soma da União

Leia mais

A RECUPERAÇÃO DA PRODUÇÃO DO ALGODÃO NO BRASIL. Joffre Kouri (Embrapa Algodão / joffre@cnpa.embrapa.br), Robério F. dos Santos (Embrapa Algodão)

A RECUPERAÇÃO DA PRODUÇÃO DO ALGODÃO NO BRASIL. Joffre Kouri (Embrapa Algodão / joffre@cnpa.embrapa.br), Robério F. dos Santos (Embrapa Algodão) A RECUPERAÇÃO DA PRODUÇÃO DO ALGODÃO NO BRASIL Joffre Kouri (Embrapa Algodão / joffre@cnpa.embrapa.br), Robério F. dos Santos (Embrapa Algodão) RESUMO - Graças a incentivos fiscais, ao profissionalismo

Leia mais

ÍNDIA ATUALIZA SUAS PERSPECTIVAS DE PRODUÇÃO E FRUSTRA RECUPERAÇÃO EM NOVA YORK E LONDRES

ÍNDIA ATUALIZA SUAS PERSPECTIVAS DE PRODUÇÃO E FRUSTRA RECUPERAÇÃO EM NOVA YORK E LONDRES Boletim Semanal sobre Tendências de Mercados Ano XVII 08/junho/2015 n. 578 ÍNDIA ATUALIZA SUAS PERSPECTIVAS DE PRODUÇÃO E FRUSTRA RECUPERAÇÃO EM NOVA YORK E LONDRES O segundo maior produtor mundial da

Leia mais

RELATÓRIO TÈCNICO. Técnico: João Adolfo Kasper. Período de Viagem:19/06/2005 á 25/06/2005

RELATÓRIO TÈCNICO. Técnico: João Adolfo Kasper. Período de Viagem:19/06/2005 á 25/06/2005 RELATÓRIO TÈCNICO Técnico: João Adolfo Kasper Período de Viagem:19/06/2005 á 25/06/2005 Objetivo: Realizar o 5º Levantamento da Safra 2004/2005 sendo a 3ª avaliação para as culturas, Arroz Sequeiro, Milho

Leia mais

ÁREA DE MILHO CRESCEU 4,9% NA SAFRA 2012/2013, A MAIOR DESDE 1937, INDICANDO QUE O PAÍS COLHERIA UMA SAFRA RECORDE ESTE ANO

ÁREA DE MILHO CRESCEU 4,9% NA SAFRA 2012/2013, A MAIOR DESDE 1937, INDICANDO QUE O PAÍS COLHERIA UMA SAFRA RECORDE ESTE ANO GRÃOS: SOJA, MILHO, TRIGO e ARROZ TENDÊNCIAS DOS MERCADOS PARA 2012/2013 NO BRASIL E NO MUNDO Carlos Cogo Setembro/2012 PRODUÇÃO MUNDIAL DEVE RECUAR 4,1% NA SAFRA 2012/2013 ESTOQUES FINAIS MUNDIAIS DEVEM

Leia mais

3,8 milhões de hectares de lavouras ruins nos EUA

3,8 milhões de hectares de lavouras ruins nos EUA BOLSA DE CHICAGO 3,8 milhões de hectares de lavouras ruins nos EUA Chuvas diminuíram nesta semana, mas ainda acumularam grandes volumes em pontos já muitos úmidos do Meio-Oeste 3 EUA Lavouras De Soja Ruins

Leia mais

CBN SALVADOR PERFIL DO OUVINTE

CBN SALVADOR PERFIL DO OUVINTE A CBN Credibilidade, imparcialidade e conteúdo de qualidade são diferenciais que fazem da CBN uma das principais rádios do Brasil, com uma programação reconhecida nacionalmente. A rádio é considerada um

Leia mais

O que esperar do mercado de leite no Brasil e no mundo

O que esperar do mercado de leite no Brasil e no mundo O que esperar Desenvolver do do mercado de de leite no no e fortalecer Brasil e o e no agronegócio no mundo O que esperar do mercado de leite no Rafael Ribeiro de Lima Filho zootecnista Scot Consultoria

Leia mais

ISS 2316-1019 I N F O R M AT I VO Casa Rural. edição outubro 2012. Agricultura. Soja - Milho - Insumos Agrícolas

ISS 2316-1019 I N F O R M AT I VO Casa Rural. edição outubro 2012. Agricultura. Soja - Milho - Insumos Agrícolas ISS 2316-119 I N F O R M AT I VO Casa Rural edição outubro 212 Agricultura Soja - Milho - Insumos Agrícolas SOJA Comportamento dos Preços Internos de Mato Grosso do Sul (R$/SC) 75, 74, 73, 72, 71, 7, 69,

Leia mais

InfoCarne Informativo Sinduscarne: Notícias do setor da carne Edição 27

InfoCarne Informativo Sinduscarne: Notícias do setor da carne Edição 27 21 de Dezembro de 2015 InfoCarne Informativo Sinduscarne: Notícias do setor da carne Edição 27 Nesta Edição Destaque Guia para o Exportador é lançado na FIEMG / apoio do Sinduscarne A FORÇA DA INDÚSTRIA

Leia mais

Commodities Agrícolas

Commodities Agrícolas Commodities Agrícolas CAFÉ CAFÉ Bolsas BM&F ICE FUTURES Contrato Fechamento Máxima Mínimo Variação Fechamento Máxima Mínimo Variação set/13 144,45 150,00 143,95-4,05 120,60 124,25 119,35-2,85 dez/13 148,50

Leia mais

MINISTÉRIO DA AGRICULTURA, PECUÁRIA E ABASTECIMENTO Secretaria de Relações Internacionais do Agronegócio. Balança Comercial do Agronegócio Agosto/2015

MINISTÉRIO DA AGRICULTURA, PECUÁRIA E ABASTECIMENTO Secretaria de Relações Internacionais do Agronegócio. Balança Comercial do Agronegócio Agosto/2015 MINISTÉRIO DA AGRICULTURA, PECUÁRIA E ABASTECIMENTO Secretaria de Relações Internacionais do Agronegócio Balança Comercial do Agronegócio Agosto/2015 I Resultados do mês (comparativo Agosto/2015 Agosto/2014)

Leia mais

A balança comercial do agronegócio brasileiro

A balança comercial do agronegócio brasileiro A balança comercial do agronegócio brasileiro Antonio Carlos Lima Nogueira 1 Qual é a contribuição atual dos produtos do agronegócio para o comércio exterior, tendo em vista o processo atual de deterioração

Leia mais

AGROMENSAL CEPEA/ESALQ Informações de Mercado

AGROMENSAL CEPEA/ESALQ Informações de Mercado AGROMENSAL CEPEA/ESALQ Informações de Mercado Mês de referência: JULHO/2011 CEPEA - SOJA I - Análise Conjuntural II - Séries Estatísticas 1. Diferenciais de preços 2. Estimativa do valor das alternativas

Leia mais

USDA REAFIRMA DÉFICIT INTERNACIONAL EM 2015/16 - MERCADO REAGE TIMIDAMENTE

USDA REAFIRMA DÉFICIT INTERNACIONAL EM 2015/16 - MERCADO REAGE TIMIDAMENTE Boletim Semanal sobre Tendências de Mercados Ano XVII 30/novembro/2015 n. 603 USDA REAFIRMA DÉFICIT INTERNACIONAL EM 2015/16 - MERCADO REAGE TIMIDAMENTE Com o título já enfático sobre o futuro dos preços

Leia mais

Preço médio da Soja em Mato Grosso do Sul Abril de 2013 - Em R$ por saca de 60 kg.

Preço médio da Soja em Mato Grosso do Sul Abril de 2013 - Em R$ por saca de 60 kg. ANÁLISE SOJA MERCADO INTERNO: Nos primeiros dez dias do mês de maio houve valorização nos preços praticados da saca de soja de 6 kg quando comparados aos preços observados em 1 de maio,,38% de aumento

Leia mais

MERCADO FUTURO: BOI GORDO

MERCADO FUTURO: BOI GORDO MERCADO FUTURO: BOI GORDO Sergio De Zen Mestre em Economia Aplicada, Pesquisador do CEPEA/ESALQ/USP Os anos noventa têm sido marcados por termos modernos na terminologia do mercado financeiro. Dentre essas

Leia mais

RELATÓRIO DE COMMODITIES BOI GORDO

RELATÓRIO DE COMMODITIES BOI GORDO RELATÓRIO DE COMMODITIES BOI GORDO PANORAMA SEMANA DE 21 A 25 DE SETEMBRO de 2009 Semana de preço estável no mercado de Boi Gordo no Rio Grande do Sul, com o preço encerrando a semana a R$ 4,61/kg carcaça.

Leia mais

CUSTO DE PRODUÇÃO DE BOVINOCULTURA DE CORTE EM LONDRINA/PR

CUSTO DE PRODUÇÃO DE BOVINOCULTURA DE CORTE EM LONDRINA/PR CUSTO DE PRODUÇÃO DE BOVINOCULTURA DE CORTE EM LONDRINA/PR Com a iniciativa da Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA), em parceria com o Serviço Nacional de Aprendizagem (SENAR) e o Centro

Leia mais

Diversificação, sustentabilidade e. dinheiro no bolso

Diversificação, sustentabilidade e. dinheiro no bolso Leitõezinhos se alimentam na mãe até os 22 dias de idade, quando seguem para engorda Diversificação, sustentabilidade e dinheiro no bolso Cooperativa em São Gabriel do Oeste, MS, tem faturamento quatro

Leia mais

TRIGO Período de 12 a 16/10/2015

TRIGO Período de 12 a 16/10/2015 TRIGO Período de 2 a 6/0/205 Tabela I - PREÇO PAGO AO PRODUTOR (em R$/60 kg) Centro de Produção Unid. 2 meses Períodos anteriores mês (*) semana Preço Atual PR 60 kg 29,5 34,0 35,42 35,94 Semana Atual

Leia mais

MINISTÉRIO DA AGRICULTURA, PECUÁRIA E ABASTECIMENTO Secretaria de Relações Internacionais do Agronegócio. Balança Comercial do Agronegócio Março/2015

MINISTÉRIO DA AGRICULTURA, PECUÁRIA E ABASTECIMENTO Secretaria de Relações Internacionais do Agronegócio. Balança Comercial do Agronegócio Março/2015 MINISTÉRIO DA AGRICULTURA, PECUÁRIA E ABASTECIMENTO Secretaria de Relações Internacionais do Agronegócio Balança Comercial do Agronegócio Março/2015 I Resultados do mês (comparativo Mar/2015 Mar/2014)

Leia mais

BOI GORDO (Arroba) Praça. 86 18 a 22/06 25 a 29/06 02 a 06/07 09 a 13/07

BOI GORDO (Arroba) Praça. 86 18 a 22/06 25 a 29/06 02 a 06/07 09 a 13/07 BOI GORDO (Arroba) Segunda-feira Terça- feira Quarta-feira Quinta-feira Sexta-feira AMARGOSA sem cotação 98,00 98,00 98,00 sem cotação BARREIRAS 95,00 95,00 95,00 95,00 sem cotação FEIRA DE SANTANA 101,00

Leia mais

Edição 39 (Março/2014)

Edição 39 (Março/2014) Edição 39 (Março/2014) Cenário Econômico: Governo atrasa pagamentos para melhorar situação fiscal Para tornar os dados de fevereiro melhores, governo atrasou os pagamentos às construtoras dos imóveis do

Leia mais

Agronegócio. Realidade e Perspectivas Foco no ARROZ. Araranguá SC, Fevereiro de 2014 Vlamir Brandalizze. 41 3379 8719 brandalizze@uol.com.

Agronegócio. Realidade e Perspectivas Foco no ARROZ. Araranguá SC, Fevereiro de 2014 Vlamir Brandalizze. 41 3379 8719 brandalizze@uol.com. Agronegócio Realidade e Perspectivas Foco no ARROZ Araranguá SC, Fevereiro de 2014 Vlamir Brandalizze 41 3379 8719 brandalizze@uol.com.br GRÃOS Produção (milhões de T. USDA - Fevereiro de 2014; Projeções

Leia mais

Alta do dólar eleva preços, atrasa aquisições de insumos e reduz poder de compra

Alta do dólar eleva preços, atrasa aquisições de insumos e reduz poder de compra Ano 8 Edição 15 - Setembro de 2015 Alta do dólar eleva preços, atrasa aquisições de insumos e reduz poder de compra A forte valorização do dólar frente ao Real no decorrer deste ano apenas no período de

Leia mais

Índices Zootécnicos Taxa de mortalidade 1,0% Idade de abate do boi gordo ou venda do animal Taxa de desfrute 45,81%

Índices Zootécnicos Taxa de mortalidade 1,0% Idade de abate do boi gordo ou venda do animal Taxa de desfrute 45,81% CUSTO DE PRODUÇÃO DE BOVINOCULTURA DE CORTE EM UMUARAMA/PR. Com a iniciativa da Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA), em parceria com o Serviço Nacional de Aprendizagem (SENAR) e o Centro

Leia mais

Edmar W. Gervásio Administrador, especialista em Marketing e Agronegócio UFPR Email: edmar.gervasio@seab.pr.gov.br Fone: (41) 3313-4034

Edmar W. Gervásio Administrador, especialista em Marketing e Agronegócio UFPR Email: edmar.gervasio@seab.pr.gov.br Fone: (41) 3313-4034 Edmar W. Gervásio Administrador, especialista em Marketing e Agronegócio UFPR Email: edmar.gervasio@seab.pr.gov.br Fone: (41) 3313-4034 MILHO (Zea mays) Sustento da Vida Maior cultura agrícola do mundo;

Leia mais

ALGODÃO EM MATO GROSSO AGOSTO/15

ALGODÃO EM MATO GROSSO AGOSTO/15 ALGODÃO EM MATO GROSSO AGOSTO/15 CONJUNTURA MENSAL ANO 1. Nº 4 O 12º Levantamento de Safras da Conab, divulgado em 11 de setembro de 2015, consolidou os dados sobre produção, área e produtividade de algodão

Leia mais

AGROMENSAL CEPEA/ESALQ Informações de Mercado

AGROMENSAL CEPEA/ESALQ Informações de Mercado AGROMENSAL CEPEA/ESALQ Informações de Mercado Mês de referência: MARÇO/2011 CEPEA - SOJA I - Análise Conjuntural II - Séries Estatísticas 1. Diferenciais de preços 2. Estimativa do valor das alternativas

Leia mais

O MERCADO DE CAFÉ 1. INTRODUÇÃO

O MERCADO DE CAFÉ 1. INTRODUÇÃO O MERCADO DE CAFÉ 1. INTRODUÇÃO O presente boletim tem o objetivo de apresentar a situação atual do mercado, por meio dos dados disponibilizados pelo USDA, CONAB e MAPA. Apresenta-se, posteriormente, a

Leia mais

MERCADO DOMÉSTICO DE ALGODÃO TEM MAIOR DEMANDA E PREÇOS EM ALTA

MERCADO DOMÉSTICO DE ALGODÃO TEM MAIOR DEMANDA E PREÇOS EM ALTA Panorama Geral dos Mercados Agrícolas Ano IV n o 183 14 de setembro de 2015 www.sistemafaep.org MERCADO DOMÉSTICO DE ALGODÃO TEM MAIOR DEMANDA E PREÇOS EM ALTA O mercado brasileiro de algodão encerrou

Leia mais

CLIPPING 24/01/2013 Acesse: www.cncafe.com.br

CLIPPING 24/01/2013 Acesse: www.cncafe.com.br CLIPPING Acesse: www.cncafe.com.br Agricultores do centro oeste de SP esperam por boa colheita de café G1 Economia / Agronegócios Do Globo Rural Na propriedade de Maier Pardo, em Garça, os pés de café

Leia mais

Cacau Amêndoa Período: Março de 2013

Cacau Amêndoa Período: Março de 2013 Cacau Amêndoa Período: Março de 2013 Tabela I PREÇO PAGO AO PRODUTOR - Cacau Amêndoa (em US$/ton.) Períodos Anteriores Março/13 % Locais Unid. 12 meses 1 mês [a] [b] [c] c/a c/b Ilhéus - Bahia R$/Kg 5,83

Leia mais

Indicadores IBGE. Estatística da Produção Agrícola. Abril de 2012. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística IBGE

Indicadores IBGE. Estatística da Produção Agrícola. Abril de 2012. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística IBGE Indicadores IBGE Estatística da Produção Agrícola Abril de 2012 Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística IBGE Presidenta da República Dilma Rousseff Ministra do Planejamento, Orçamento e Gestão

Leia mais