G O O L 2 Á 0 T 1 A 4 C

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "G O O L 2 Á 0 T 1 A 4 C"

Transcrição

1 CATÁ G LO O

2

3

4

5

6

7

8

9

10

11

12

13

14

15

16

17

18

19

20

21

22

23

24

A C O N T R A R E F O R M A E A R E F O R M A C A T Ó L I C A N O S P R I N C Í P I O S D A I D A D E M O D E R N A 2

A C O N T R A R E F O R M A E A R E F O R M A C A T Ó L I C A N O S P R I N C Í P I O S D A I D A D E M O D E R N A 2 1 Í N D I C E A C O N T R A R E F O R M A E A R E F O R M A C A T Ó L I C A N O S P R I N C Í P I O S D A I D A D E M O D E R N A 2 A P R E S E N T A Ç Ã O : A L G U M AS N O T A S E P A L A V R A S 2

Leia mais

G r u p o P E T C o m p u t a ç ã o. U n i v e r s i d a d e F e d e r a l d e C a m p i n a G r a n d e U F C G

G r u p o P E T C o m p u t a ç ã o. U n i v e r s i d a d e F e d e r a l d e C a m p i n a G r a n d e U F C G M E T O D O L O G I A U T I L I Z A D A P E L O P E T C O M P U T A Ç Ã O D A U F C G P A R A M I N I S T R A R C U R S O S DE I N F O R M À T I C A B À S I C A G r u p o P E T C o m p u t a ç ã o C u

Leia mais

PORTO DE SALVADOR - S U L D A Á F R I C A *

PORTO DE SALVADOR - S U L D A Á F R I C A * R O TA S D E N AV E G A Ç Ã O N O L O N G O C U R S O - M E R C O S U L - C O S TA O E S T E D A A M É R I C A D O S U L - A M É R I C A C E N T R A L E C A R I B E - G O L F O D O M É X I C O - C O S

Leia mais

PÓS-GRADUAÇÃO. Programa de Pós-Graduação em Engenharia Elétrica (PPGEEL)

PÓS-GRADUAÇÃO. Programa de Pós-Graduação em Engenharia Elétrica (PPGEEL) Programa de Pós-Graduação em Engenharia Elétrica (PPGEEL) Campus Universitário Trindade - Caixa Postal 476 CEP 88040-900 - Florianópolis (SC) Fone/Fax: 48 3721.9422 Site: www.pgeel.ufsc.br PÓS-GRADUAÇÃO

Leia mais

P RO J E T O E S P E C I A L : A R E S T / F AZ E N D A S E N H O R J E S U S

P RO J E T O E S P E C I A L : A R E S T / F AZ E N D A S E N H O R J E S U S P RO J E T O E S P E C I A L : A R E S T / F AZ E N D A S E N H O R J E S U S P ET A g r o n o m i a U n i v e r s i d a d e F e d e r a l d e L a v r a s U F L A / M G 1 R e s u m o J a m a i s c o n

Leia mais

P H O T O G R A P H Y S E U A M O R É Ú N I C O

P H O T O G R A P H Y S E U A M O R É Ú N I C O S E U A M O R É Ú N I C O / V i n i c i u s F a d u l Fo t o g r a f i a / e - m a i l - v i n i c i u s f a d u l @ v i n i c i u s f a d u l. c o m s i t e - w w w. v i n i c i u s f a d u l. c o m /

Leia mais

TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 3ªREGIÃO

TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 3ªREGIÃO 02.122.0571.09HB.0001 - Contribuição da União, de suas Autarquias e Fundações para o Custeio do Regime de Previdência dos Servidores Públicos Federais 100.351.680,00 24.448.320,00 124.800.000,00 DESPESAS

Leia mais

QUADROS DE DISTRIBUIÇÃO ESTANQUES

QUADROS DE DISTRIBUIÇÃO ESTANQUES QUADRO DE DISTRIBUIÇÃO DE ENERGIA QUADROS DE DISTRIBUIÇÃO ESTANQUES -5º C 40º C Seláveis Material Termoplástico Protecção Anti-UV Cores Instalação Saliente Classe de Isolamento 2 Módulos Entradas Marcadas

Leia mais

"* + "* + ")"* + ")"* +

* + * + )* + )* + * + * + %& '( %& '( )* + )* + ),-./ 0 ( ( ),1.2./ 0 ( ( 0(0*33** 0(7 4 % & % &' % ( ) * & )+ ', + ---. % / -. + +) /0.- 1 2. 0. 3 + (4 % 7 +4 -' & 1 1' *88** 1&0 % ' % 1 9 1 1 1 % (4 (4 +272 4 1 & 9+

Leia mais

Resultados da Pesquisa Perfil dos Organismos Governamentais de Políticas para as Mulheres

Resultados da Pesquisa Perfil dos Organismos Governamentais de Políticas para as Mulheres Resultados da Pesquisa Perfil dos Organismos Governamentais de Políticas para as Mulheres Encontros Regionais abril/maio de 2014 Secretaria de Articulação Institucional e Ações Temáticas SAIAT/SPM PR Objetivos

Leia mais

NOVO SISTEMA DE LICENCIAMENTO AMBIENTAL DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO DECRETO Nº 42.159, DE 2.12.2009.

NOVO SISTEMA DE LICENCIAMENTO AMBIENTAL DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO DECRETO Nº 42.159, DE 2.12.2009. NOVO SISTEMA DE LICENCIAMENTO AMBIENTAL DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO DECRETO Nº 42.159, DE 2.12.2009. PORTAL INEA FINALIDADES DO PORTAL CARACTERÍSTICAS DO PORTAL LEGISLAÇÃO PERTINENTE FINALIDADES DO PORTAL

Leia mais

Como liberar acesso ao Skype utilizando Proxy Socks.

Como liberar acesso ao Skype utilizando Proxy Socks. Página: 1 de 5 Introdução Este documento demonstra a configuração necessária para liberar o acesso ao aplicativo Skype utilizando Proxy Socks. Solução Abra a Control Center, conecte se ao firewall e abra

Leia mais

P R E F E I T U R A M U N I C I P A L D E J A R D I M

P R E F E I T U R A M U N I C I P A L D E J A R D I M N Ú C L E O D E C O M P R A S E L I C I T A Ç Ã O A U T O R I Z A Ç Ã O P A R A R E A L I Z A Ç Ã O D E C E R T A M E L I C I T A T Ó R I O M O D A L I D A D E P R E G Ã O P R E S E N C I A L N 027/ 2

Leia mais

01 - A N A T O M O F I S I O LO G I A I F a s e : II P r á t i c a : 1 0 h / a C a r g a H o r á r i a : 6 0 h / a C r é d i t o s : 0 4 N o ç õ e s g e r a i s d e a n a t o m i a e f i s i o l o g i

Leia mais

Departamento de Sistemas e Computação

Departamento de Sistemas e Computação Coisas que um aluno de pósgraduação deve saber... Jacques Sauvé Departamento de Sistemas e Computação UFCG 2007 Assuntos O que é pós graduação? Como funciona a orientação? Sobre a escrita de trabalhos

Leia mais

Envio de Fotos através do FTP

Envio de Fotos através do FTP Envio de Fotos através do FTP São José, 26 de junho, 2012. IMPORTANTE: Para realizar estas configurações, partiremos do principio que as configurações de FTP em seu DVR já estão devidamente programadas.

Leia mais

PRODUTOS RECICLADOS COMO FONTE DE GERAÇÃO DE RENDA E INCLUSÃO SOCIAL RECICLA CONQUISTA

PRODUTOS RECICLADOS COMO FONTE DE GERAÇÃO DE RENDA E INCLUSÃO SOCIAL RECICLA CONQUISTA Doutorado em Planificação Territorial e Gestão Ambiental da Universidade de Barcelona em Convênio com a Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia PRODUTOS RECICLADOS COMO FONTE DE GERAÇÃO DE RENDA E INCLUSÃO

Leia mais

Passo a Passo na Ferramenta Inventários no SIGLA Digital

Passo a Passo na Ferramenta Inventários no SIGLA Digital Passo a Passo na Ferramenta Inventários no SIGLA Digital Inventários Página 1 de 6 Utilizado para fazer o inventário de todos os produtos cadastrados no sistema SIGLA Digital 1 Começando o Cadastro 11

Leia mais

Desenvolvimento Turístico Regional: Terceiro Setor. 22 de Setembro de 2009 Camburiú - SC

Desenvolvimento Turístico Regional: Terceiro Setor. 22 de Setembro de 2009 Camburiú - SC Desenvolvimento Turístico Regional: O papel do Setor Público, P Privado e Terceiro Setor. 22 de Setembro de 2009 Camburiú - SC Atividade Turística Pessoal por essência Difícil padronização Subjetiva Percepção

Leia mais

GESTÃO DO CONHECIMENTO MÓDULO 8

GESTÃO DO CONHECIMENTO MÓDULO 8 GESTÃO DO CONHECIMENTO MÓDULO 8 Índice 1. Identificação, Criação e Socialização do Conhecimento...3 1.1 Objetivo:... 3 1.2 Síntese:... 3 2. Identificação e criação do conhecimento...3 2 1. IDENTIFICAÇÃO,

Leia mais

JOSÉ RENATO CASAGRANDE

JOSÉ RENATO CASAGRANDE Vitória 12 de julho de 2013 Mensagem nº 157/2013 Senhor Presidente: Encaminho à apreciação dessa Assembleia Legislativa o anexo Projeto de Lei em que solicito a abertura de Crédito Especial no valor de

Leia mais

COMO CALCULAR O PRINCIPAL INDICADOR PARA MEDIR A EFICIÊNCIA FINANCEIRA DE UMA

COMO CALCULAR O PRINCIPAL INDICADOR PARA MEDIR A EFICIÊNCIA FINANCEIRA DE UMA COMO CALCULAR O PRINCIPAL INDICADOR PARA MEDIR A EFICIÊNCIA FINANCEIRA DE UMA EMPRESA E ENTRE VÁRIAS EMPRESAS Comparar uma empresa em relação a ela mesma (evolução histórica) Comparar uma empresa em relação

Leia mais

Checklist para Criar a sua Oferta Imediata

Checklist para Criar a sua Oferta Imediata Checklist para Criar a sua Oferta Imediata [ ITEM #1 ] [ ] Sua Oferta propõe resolver um problema específico da sua Persona*. A melhor forma de tornar a sua Oferta Imediata específica para a sua Persona

Leia mais

BIBLIOGRAFIAS. Angerami VA (Org). Psicossomática e Psicologia da Dor. 2ed. ver e ampl São Paulo: Cengage Learning, 2011

BIBLIOGRAFIAS. Angerami VA (Org). Psicossomática e Psicologia da Dor. 2ed. ver e ampl São Paulo: Cengage Learning, 2011 UNIVERSIDADE ESTADUAL DE CAMPINAS FACULDADE DE CIÊNCIAS MÉDICAS COMISSÃO DE APRIMORAMENTO E ESPECIALIZAÇÃO Caixa Postal 6111 13083-970 Campinas/SP/Brasil Fone/Fax: 0xx19 3521-8919 UNICAMP Processo Seletivo

Leia mais

Controle de Versões Versão Data Autor Notas da Revisão 1 20/08/2015 Equipe F2H Nada Consta

Controle de Versões Versão Data Autor Notas da Revisão 1 20/08/2015 Equipe F2H Nada Consta Controle de Versões Versão Data Autor Notas da Revisão 1 20/08/2015 Equipe F2H Nada Consta 2 27/08/2015 Equipe F2H 3 16/09/2015 Equipe F2H Alteração de objetivos SMART e adição de orçamento Alteração de

Leia mais

91.57% responderam: Que o/a professor(a) pede para compartilhar o livro, demonstrando uma adequada interpretação do concepto de solidariedade.

91.57% responderam: Que o/a professor(a) pede para compartilhar o livro, demonstrando uma adequada interpretação do concepto de solidariedade. Prova Piloto Colômbia Resultados Enquete Pós- capacitação Alunos 1- Total Medellín Total de entrevistados 261 A enquete arroja que: 57.58% das crianças entrevistados tem uma ótima apropriação do princípio

Leia mais

TERMOMETRIA TERMOLOGIA. Escalas Termométricas. Dilatação Superficial. Dilatação Linear. A = Ao. β. t. L = Lo. α. t

TERMOMETRIA TERMOLOGIA. Escalas Termométricas. Dilatação Superficial. Dilatação Linear. A = Ao. β. t. L = Lo. α. t TERMOMETRIA TERMOLOGIA Temperatura grandeza escalar associada ao grau de vibração térmica das partículas de um corpo. Equilíbrio térmico corpos em contato com diferentes temperaturas trocam calor, e após

Leia mais

[Re] Visitando o site

[Re] Visitando o site [Re]Visitandoosite Ondeestá? Comoeuencontro? Ir? Porqueéassim? Voltar? Deveriaserdiferente? Eraaqui? Podeserdeoutrojeito? Aocontráriodaanterior,nestasegunda etapanãoserãocitadososdepoimentos publicadosnalistadediscussão,ainda

Leia mais

Aprendizagem Significativa e a teoria da Assimilação

Aprendizagem Significativa e a teoria da Assimilação Aprendizagem Significativa e a teoria da Assimilação Objetivos Definição da Teoria Cognitiva Colaboradores e Defensor da Teoria Cognitiva Piaget - Equilibração Progressiva Ausubel Teoria da Assimilação

Leia mais

SISTEMA INTEGRADO DE GESTÃO AMBIENTAL SIGAM

SISTEMA INTEGRADO DE GESTÃO AMBIENTAL SIGAM SISTEMA INTEGRADO DE GESTÃO AMBIENTAL SIGAM MANUAL REQUERIMENTO ON LINE 2009 Fundação Instituto de Administração FIA Página Inicial Ao acessar a tela inicial, clique sobre a frase: Inicie o Requerimento

Leia mais

Livro de Registro nº, Folha nº

Livro de Registro nº, Folha nº EXEMPLO A REITOR ATA DE SESSÃO ORDINÁRIA DE FORMATURA DE CURSOS TÉCNICOS DE NÍVEL MÉDIO E DE GRADUAÇÃO DO CÂMPUS LOANDA DO INSTITUTO FEDERAL DO PARANÁ Aos quinze dias do mês de agosto do ano de dois mil

Leia mais

E SEGURANCA POLICIAIS , INTERNA INSTITUTO S, UPERIOR DE CIENCIAS. Abertura Solene do Ano Lectivo 2011/12. Índice

E SEGURANCA POLICIAIS , INTERNA INSTITUTO S, UPERIOR DE CIENCIAS. Abertura Solene do Ano Lectivo 2011/12. Índice ^, INSTITUTO S, UPERIOR DE CIENCIAS POLICIAIS E SEGURANCA, INTERNA NewsLetter V CT OR I N.º 6 - Novembro / Dezembro 2011 Abertura Solene do Ano Lectivo 2011/12 Realizou-se no ISCPSI, em 23 de Novembro,

Leia mais

COMO CALCULAR O PONTO DE EQUILÍBRIO NA PRÁTICA

COMO CALCULAR O PONTO DE EQUILÍBRIO NA PRÁTICA COMO CALCULAR O PONTO DE EQUILÍBRIO O tratamento dos juros fixos. O tratamento do IR/CSLL. O tratamento do lucro econômico. Francisco Cavalcante (francisco@fcavalcante.com.br) Sócio-Diretor da Cavalcante

Leia mais

4. Teoremas de circuitos em corrente contínua

4. Teoremas de circuitos em corrente contínua Sumário: Teorema de Thevenin Teorema de Norton Teorema da Sobreposição L FÍSC 1 m qualquer circuito é sempre possível destacar um ramo e substituir o resto por um bloco (c). C elativamente ao ramo destacado,

Leia mais

Cálculo Financeiro Fixa nº2

Cálculo Financeiro Fixa nº2 Cálculo Financeiro Fixa nº2 2. Regimes de Capitalização 2.1. O Regime de Juro Simples 2.2. O Regime de Juro Composto 8 Considere um empréstimo de 300 000 Euros, pelo prazo de 4 anos, à taxa anual de juro

Leia mais

S'UMARIO. Objetivos 3 Conceito de força 4. Representação de forças: diagrama de forças 5 Força resultante 7 Adição de vetores 7

S'UMARIO. Objetivos 3 Conceito de força 4. Representação de forças: diagrama de forças 5 Força resultante 7 Adição de vetores 7 ~ S'UMARIO PREFÁCIO xv CAPíTULO 1 FORÇAS 3 Objetivos 3 Conceito de força 4. Representação de forças: diagrama de forças 5 Força resultante 7 Adição de vetores 7 Regra do polígono 7 Regra do paraleloqramo

Leia mais

AJUDA DO FSYNCH. O que o FSynch faz? Como o FSynch funciona?

AJUDA DO FSYNCH. O que o FSynch faz? Como o FSynch funciona? AJUDA DO FSYNCH O que o FSynch faz? O FSynch é um programa para sincronizar pastas, ou seja, ele realiza alterações (cria, apaga e altera arquivos) em uma pasta para que ele fique igual a uma outra pasta

Leia mais

RISCO SIMULADOR INVESTIDOR

RISCO SIMULADOR INVESTIDOR RISCO SIMULADOR INVESTIDOR 23/08/2004 Índice 1. Introdução...3 2. Simulador...4 2.1. Acesso...4 2.2. Portfólio...4 2.3. Visualização do Portfólio...5 2.4. Manutenção do Portfólio...5 2.4.1. Ambiente...5

Leia mais

XXIX Olimpíada de Matemática da Unicamp Instituto de Matemática, Estatística e Computação Científica Universidade Estadual de Campinas

XXIX Olimpíada de Matemática da Unicamp Instituto de Matemática, Estatística e Computação Científica Universidade Estadual de Campinas Gabarito da Prova da Primeira Fase Nível Alfa 1 Questão 1 Sabemos que a água do mar contém 3, 5% do seu peso em sal, isto é, um quilograma de água do mar contém 35 gramas de sal (a) Determine quantos litros

Leia mais

Conceitos Básicos de Juros

Conceitos Básicos de Juros Conceitos Básicos de Juros Prof. Wanderson S. Paris, M.Eng. prof@cronosquality.com.br Porcentagem e cálculo de taxa (per + cento + agem) corresponde a uma fração de cem (cento) de qualquer coisa mensurável.

Leia mais

STJ00076682. Nota sobre os Autores...17

STJ00076682. Nota sobre os Autores...17 STJ00076682 Terceiro Setor e Tributação Sumário Prefácio......9 Nota sobre os Autores...17 PARTE 1: IMUNIDADES, ISENÇÕES E INCENTIVOS FISCAIS... I9 CAPÍTULO l. - O CONDICIONAMENTO DAS IMUNIDADES TRIBUTÁRIAS

Leia mais

Premissas conceituais e abordagem

Premissas conceituais e abordagem Premissas conceituais e abordagem EDUCAÇÃO CORPORATIVA: CONSTRUINDO A PONTE ENTRE DESENVOLVIMENTO DE PESSOAS (competências humanas) E ESTRATÉGIAS DE NEGÓCIO (competências organizacionais) Instituto Sindipeças

Leia mais

UENF PROGRAMA ANALÍTICO DE DISCIPLINA. Carga Horária:102. Assinaturas: Chefe do Laboratório ou Diretor de Centro: Coordenador do Curso:

UENF PROGRAMA ANALÍTICO DE DISCIPLINA. Carga Horária:102. Assinaturas: Chefe do Laboratório ou Diretor de Centro: Coordenador do Curso: Página: 1 Horas Aula Teórica: 102 Prática: 0 ExtraClasse: 0 CCT CENTRO DE CIÊNCIA E TECNOLOGIA LCMAT LABORATÓRIO DE CIÊNCIAS S 1 Funções reais de uma variável 1 Funções de uma variável Página: 2.Simmons

Leia mais

AGRI BUSINESS VENDAS E FATURAMENTO

AGRI BUSINESS VENDAS E FATURAMENTO SIAGRI ERP AGRI BUSINESS VENDAS E FATURAMENTO Visando aperfeiçoar os processos, implementamos um novo tipo de faturamento de Pedido de Venda, onde a quantidade vendida, será de acordo com a quantidade

Leia mais

O Guia de Boas Práticas em Licenciamento Ambiental e Meio Ambiente Vale

O Guia de Boas Práticas em Licenciamento Ambiental e Meio Ambiente Vale O Guia de Boas Práticas em Licenciamento e Meio Ambiente Vale CONTEXTO E OBJETOS DO GUIA Guia de Boas Práticas em Licenciamento e Meio Ambiente Vale Contexto e Objetos do Guia O Guia de Boas Práticas em

Leia mais

ORDEM DE SERVIÇO SUPRG Nº 21, DE 23 DE DEZEMBRO DE 2010.

ORDEM DE SERVIÇO SUPRG Nº 21, DE 23 DE DEZEMBRO DE 2010. ORDEM DE SERVIÇO SUPRG Nº 21, DE 23 DE DEZEMBRO DE 2010. A DIRETORIA EXECUTIVA DA SUPERINTENDÊNCIA DO PORTO DO RIO GRANDE SUPRG, no uso de suas atribuições legais de acordo com a Lei Federal nº 8.630/93,

Leia mais

VISITA TÉCNICA A SÃO PAULO. OBJETIVO: Conhecer algumas centrais de resíduos.

VISITA TÉCNICA A SÃO PAULO. OBJETIVO: Conhecer algumas centrais de resíduos. VISITA TÉCNICA A SÃO PAULO OBJETIVO: Conhecer algumas centrais de resíduos. 1. Biomassa Soluções Ambientais É uma empresa estabelecida na cidade de Jacareí-SP, os equipamentos utilizados em seu processo

Leia mais

GABARITO DOS EXERCÍCIOS EXERCÍCIOS PROPOSTOS (Fator de Acumulação de Capital Pagamento Simples)

GABARITO DOS EXERCÍCIOS EXERCÍCIOS PROPOSTOS (Fator de Acumulação de Capital Pagamento Simples) Bertolo MATEMÁTICA FINANCEIRA Gab_fin2 1 GABARITO DOS EXERCÍCIOS EXERCÍCIOS PROPOSTOS (Fator de Acumulação de Capital Pagamento Simples) 1. Uma pessoa toma R$ 30.000,00 emprestados, a juros de 3% ao mês,

Leia mais

FORMATAR PENDRIVE. Insigne Free Software do Brasil suporte@insignesoftware.com Telefone: (019) 3213 2100

FORMATAR PENDRIVE. Insigne Free Software do Brasil suporte@insignesoftware.com Telefone: (019) 3213 2100 FORMATAR PENDRIVE Insigne Free Software do Brasil suporte@insignesoftware.com Telefone: (019) 3213 2100 CONFIGURANDO O SISTEMA PARA A FORMATAÇÃO OBS: ANTES DE FORMATAR O PENDRIVE (EXECUTAR ESSE MANUAL),

Leia mais

26/09/2015. Windows Linux Mac OS/X IBM OS/2 Sun Solaris Google Android. MS-DOS Outros... O QUE É? SISTEMAS OPERACIONAIS

26/09/2015. Windows Linux Mac OS/X IBM OS/2 Sun Solaris Google Android. MS-DOS Outros... O QUE É? SISTEMAS OPERACIONAIS O QUE É? SISTEMAS OPERACIONAIS Um programa que vai gerenciar os recursos do seu computador, memória, processador, agenda de tarefas, segurança das transações, autenticação de usuários. Prof. André Aparecido

Leia mais

A Auditoria faz a comparação de registros de instalações de níveis diferentes, com a possibilidade de fazer as seguintes comparações:

A Auditoria faz a comparação de registros de instalações de níveis diferentes, com a possibilidade de fazer as seguintes comparações: A Auditoria faz a comparação de registros de instalações de níveis diferentes, com a possibilidade de fazer as seguintes comparações: 1. Registros da instalação local X registros da instalação local estadual

Leia mais

ÁREA PARA TITULO. [Classificação: Pública]

ÁREA PARA TITULO. [Classificação: Pública] ÁREA PARA TITULO Redação sugerida pela ANEEL para AP071/2012 Art. 7º Alterar o art. 190 da Resolução Normativa no 414/2010, que passa a vigorar com a seguinte redação: Art. 190. As distribuidoras com mais

Leia mais

COMPOSTAGEM DE RESÍDUS SÓLIDOS URBANOS

COMPOSTAGEM DE RESÍDUS SÓLIDOS URBANOS COMPOSTAGEM DE RESÍDUS SÓLIDOS URBANOS LICENCIAMENTO AMBIENTAL Procedimento 1 Licença Prévia 2 Licença de Instalação 3 Licença de Operação LICENCIAMENTO AMBIENTAL Legislação Resolução SEMA n 031/1998 Art.

Leia mais

RESOLUÇÃO CONAMA Nº 006, DE 16 DE SETEMBRO DE 1987

RESOLUÇÃO CONAMA Nº 006, DE 16 DE SETEMBRO DE 1987 RESOLUÇÃO CONAMA Nº 006, DE 16 DE SETEMBRO DE 1987 Estabelece regras gerais para Licenciamento Ambiental de Obras de Grande Porte, notadamente de instalações de geração de energia elétrica. O CONSELHO

Leia mais

Ativo não circulante mantido para venda e operação descontinuada

Ativo não circulante mantido para venda e operação descontinuada Contabilidade Avançada Ativo não circulante mantido para venda e operação descontinuada Prof. Dr. Adriano Rodrigues Normas Contábeis: No IASB: IFRS 5 Non current Assets Held for Sale and Discontinued Operations

Leia mais

Projeto Competências em informação on line Tutoriais em Tecnologias Intelectuais

Projeto Competências em informação on line Tutoriais em Tecnologias Intelectuais Rede de projetos do Laboratório de Tecnologias Intelectuais Lti Projeto Competências em informação on line Tutoriais em Tecnologias Intelectuais TUTORIAL GOOGLE AGENDA PRÓ REITORIA DE EXTENSÃO E ASSUNTOS

Leia mais

DVR - CONFIGURAÇÃO DE ACESSO VIA REDE LOCAL

DVR - CONFIGURAÇÃO DE ACESSO VIA REDE LOCAL DVR - CONFIGURAÇÃO DE ACESSO VIA REDE LOCAL São José, 25 de maio, 2012. Este tipo de acesso permite que o DVR seja acessado através de qualquer computador que esteja conectado na mesma rede que ele. 1

Leia mais

1. Descrição da Cidade

1. Descrição da Cidade 1. Descrição da Cidade 2. Top Atrações da Cidade 2.1 - Atração Casa Suçuapara 2.2 - Atração Feira Semanal 2.3 - Atração Memorial Coluna Prestes 2.4 - Atração Monumento aos 18 do Forte 2.5 - Atração Palacinho

Leia mais

A N E X O P L A N O M U N I C I P A L D E E D U C A Ç Ã O 2 0 1 5 2024

A N E X O P L A N O M U N I C I P A L D E E D U C A Ç Ã O 2 0 1 5 2024 E S T A D O D E S A N T A C A T A R I N A P R E F E I T U R A M U N I C I P A L D E M A J O R V I E I R A S E C R E T A R I A M U N I C I P A L D E E D U C A Ç Ã O, C U L T U R A E D E S P O R T O C N

Leia mais

Dicas de Administração do Tempo. Dicas. Administração do Tempo. 2006 Reisner Consultores Associados

Dicas de Administração do Tempo. Dicas. Administração do Tempo. 2006 Reisner Consultores Associados Dicas Administração do Tempo 1 rev 23/08/06 O tempo é um bem limitado e não recuperável: pode-se fazer qualquer coisa, no entanto, cada dia continuará a ter somente 24 horas o dia de ontem não voltará

Leia mais

LICENÇA DE OPERAÇÃO - LO

LICENÇA DE OPERAÇÃO - LO LICENÇA DE OPERAÇÃO - LO Autoriza o início da atividade, do empreendimento ou da pesquisa científica, após a verificação do efetivo cumprimento das medidas de controle ambiental e condicionantes determinadas

Leia mais

Mais informações disponíveis no site do projeto: http://grandesempresas.designexport.org.br/

Mais informações disponíveis no site do projeto: http://grandesempresas.designexport.org.br/ RECURSO PARA CONSULTORIA EM DESIGN Estimular a inovação e o design brasileiro para exportação. Esse é o objetivo do Design Export Grandes Empresas, uma iniciativa da Apex- Brasil programa pretende apoiar

Leia mais

Mesa Plataforma Z. Estrutura Padrão. 1 de 9 09/2008. Travessa reforço. Travessa apoio. Subida de Fiação. Cavalete

Mesa Plataforma Z. Estrutura Padrão. 1 de 9 09/2008. Travessa reforço. Travessa apoio. Subida de Fiação. Cavalete 1 de 9 Travessa reforço Travessa apoio Subida de Fiação Estrutura Padrão Cavalete 2 de 9 71,5 cm ~50cm Com balanço = 100cm Sem balanço = Largura Total da mesa - 4cm 74 cm 2,5 cm Pé em balanço Pé sem balanço

Leia mais

O vídeo caberá no pendrive e será baixado em 400 segundos.

O vídeo caberá no pendrive e será baixado em 400 segundos. 1) Adriano possui um pendrive XingLing de N GB. Ele quer baixar um video da internet e salvá lo no pendrive, mas quer saber se o vídeo cabe no pendrive. Escreva um programa que pergunte a velocidade da

Leia mais

ESPACIAIS APLICADAS INFRA ESTRUTURAS DE DADOS IDE IF V ENCONTRO NACIONAL I CONGRESSO INTERNACIONAL DE RISCOS. Paulo Carvalho Universidade de Coimbra

ESPACIAIS APLICADAS INFRA ESTRUTURAS DE DADOS IDE IF V ENCONTRO NACIONAL I CONGRESSO INTERNACIONAL DE RISCOS. Paulo Carvalho Universidade de Coimbra Paulo Carvalho Universidade de Coimbra INFRA ESTRUTURAS DE DADOS ESPACIAIS APLICADAS À GESTÃO DE INCÊNDIOS DE FLORESTAIS Informação Geográfica e a gestão dos Riscos Incêndios Florestais: Planos de Defesa

Leia mais

MANUAL DE ACESSO PLATAFORMA ONLINE Curso de Redação Online

MANUAL DE ACESSO PLATAFORMA ONLINE Curso de Redação Online MANUAL DE ACESSO PLATAFORMA ONLINE Curso de Redação Online 1 ACESSO AO CURSO O acesso ao curso deve ser realizado pela página http://www.cursoclio.com.br/espaco do aluno/, na opção Phoenix Treinamento

Leia mais

1. Acerca deste documento

1. Acerca deste documento Acronis Backup & Recovery 10 Server for Windows, Acronis Backup & Recovery 10 Workstation Manual de introdução rápido 1. Acerca deste documento Este documento descreve a forma de instalar e começar a utilizar

Leia mais

Procedimentos para utilizar o PlayBack no D-viewCam

Procedimentos para utilizar o PlayBack no D-viewCam 1 Procedimentos para utilizar o PlayBack no D-viewCam 1 Para configurar PlayBack no D-viewCam, é necessário que esteja logado como Administrador do Software. 2 2 Abra o D-viewCam e logo apresentará uma

Leia mais

Portaria Inmetro/Dimel n.º 0302, de 06 de outubro de 2011.

Portaria Inmetro/Dimel n.º 0302, de 06 de outubro de 2011. Portaria Inmetro/Dimel n.º 0302, de 06 de outubro de 2011. O Diretor de Metrologia Legal do Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia - Inmetro, no exercício da delegação de competência

Leia mais

Cobrança Inteligente Manual do Cliente

Cobrança Inteligente Manual do Cliente Cobrança Inteligente Manual do Cliente Caro Cliente Alinhada à busca contínua pela excelência em tudo que faz e visando oferecer os melhores serviços a seus clientes, a Mosaic estabeleceu uma parceria

Leia mais

COMO INTERPRETAR A RELAÇÃO VENDAS / ATIVOS ( GIRO )

COMO INTERPRETAR A RELAÇÃO VENDAS / ATIVOS ( GIRO ) COMO INTERPRETAR A RELAÇÃO Mais giro aumentando os preços de vendas. Mais giro aumentando o volume de vendas. Mais giro reduzindo a base de ativos. Os respectivos impactos no lucro. Francisco Cavalcante

Leia mais

Sistema Integrado de Gestão Administrativo-Acadêmico (SIGA).

Sistema Integrado de Gestão Administrativo-Acadêmico (SIGA). Sistema Integrado de Gestão Administrativo-Acadêmico (SIGA). Para o utilizar do SIGA 2 é preciso acessar o site pelo Internet Explorer 8 ou outra versão superior. O endereço de acesso é http://www.fgv.br/siga2.

Leia mais

A apresentação através de fluxos lógicos consegue mostrar mal entendidos e pontos que são controversos.

A apresentação através de fluxos lógicos consegue mostrar mal entendidos e pontos que são controversos. Módulo 5 Análise Estruturada As dificuldades que são causadas por problemas de comunicação, mudanças de requisitos e técnicas inadequadas de avaliação, tornam a análise estruturada uma fase critica no

Leia mais

Cálculo das férias proporcionais e faltas

Cálculo das férias proporcionais e faltas Informativo 0 Página 0 Ano 2013 Cálculo das férias proporcionais e faltas FÉRIAS Após cada 12 meses de vigência do contrato de trabalho (período aquisitivo), o empregado tem direito ao gozo de um período

Leia mais

MÉDIOS E PESADOS MERCEDES - BENZ CATÁLOGO DE PEÇAS PARTS CATALOG CATÁLOGO DE PIEZAS

MÉDIOS E PESADOS MERCEDES - BENZ CATÁLOGO DE PEÇAS PARTS CATALOG CATÁLOGO DE PIEZAS MÉDIOS E MERCEDES - BENZ Aplicação por Montadora e Veículo MÉDIOS E 25100 A9014604500 Mecanismo de direção Direção hidráulica Steering gear Power steering Pump Caja de dirección Hidráulica Sprinter 310

Leia mais

AUTORIZAÇÕES AMBIENTAIS DE ORIGEM DE MATERIAL LENHOSO

AUTORIZAÇÕES AMBIENTAIS DE ORIGEM DE MATERIAL LENHOSO AUTORIZAÇÕES AMBIENTAIS DE ORIGEM DE MATERIAL LENHOSO A CORTE DE ARVORES ISOLADAS COM OU SEM RESERVA LEGAL (TCC) AVERBADA NA MATRÍCULA ACIMA DE 1000 HA -> Projeto Técnico Sem vistoria -> Prazo de liberação:

Leia mais

DEMON~ frativo DOS RECLRSOS DO FUNDO PARTIDÁRIO DISTRIBUÍDOS À DIREÇÃO ESTADUAL EM 2008

DEMON~ frativo DOS RECLRSOS DO FUNDO PARTIDÁRIO DISTRIBUÍDOS À DIREÇÃO ESTADUAL EM 2008 DEMON~ frativo DOS RECLRSOS DO FUNDO PARTIDÁRIO DISTRIBUÍDOS À DIREÇÃO ESTADUAL EM 2008 Partido: Partido Humanista da Solidariedade PHS Órgão do Partido: Comissão Executiva Nacional UF/MUNICíPIO: DF/Brasília

Leia mais

Eixos da Campanha Salarial 2011 Definidos na reunião do Setor das IFES

Eixos da Campanha Salarial 2011 Definidos na reunião do Setor das IFES Eixos da Campanha Salarial 2011 Definidos na reunião do Setor das IFES Contra qualquer reforma que retire direitos dos trabalhadores. Regulamentação/Institucionalização da negociação coletiva no setor

Leia mais

Obs: Os veículos apenas serão licenciados se estiverem devidamente regularizados junto ao DETRAN e as Prefeituras Municipais.

Obs: Os veículos apenas serão licenciados se estiverem devidamente regularizados junto ao DETRAN e as Prefeituras Municipais. RELAÇÃO DE DOCUMENTOS PARA LICENCIAMENTO DE VEÍCULOS QUE REALIZAM PUBLICIDADE VOLANTE. 1. Requerimento 2. Cadastro 3. Guia de Recolhimento (quitada) 4. Certidão de regularidade junto a Municipalidade,

Leia mais

II-2. Integração de Funções Trigonométricas Integração de Funções Trigonométricas

II-2. Integração de Funções Trigonométricas Integração de Funções Trigonométricas II-2. Integração de Funções Trigonométricas Integração de Funções Trigonométricas Nesta aula são apresentadas as integrais de funções trigonométricas que se resolve através das relações trigonométricas

Leia mais

PROPOSTA PARA TRATAMENTO DA RECEITA FINANCEIRA NA ANÁLISE DOS RESULTADOS

PROPOSTA PARA TRATAMENTO DA RECEITA FINANCEIRA NA ANÁLISE DOS RESULTADOS PROPOSTA PARA TRATAMENTO DA RECEITA É operacional ou não? Justificativas antigas e atuais Como tratar na análise econômica (EVA) Francisco Cavalcante (francisco@fcavalcante.com.br) Sócio-Diretor da Cavalcante

Leia mais

Realizando cálculos para o aparelho divisor (I)

Realizando cálculos para o aparelho divisor (I) Realizando cálculos para o aparelho divisor (I) A UU L AL A Você já estudou como fazer os cálculos para encontrar as principais medidas para a confecção de uma engrenagem cilíndrica de dentes retos. Vamos

Leia mais

LICENCIAMENTO AMBIENTAL DE INDÚSTRIAS

LICENCIAMENTO AMBIENTAL DE INDÚSTRIAS LICENCIAMENTO AMBIENTAL DE INDÚSTRIAS 5 dicas essenciais sobre o licenciamento ambiental de indústrias Copyright Ecovalor Consultoria e Assessoria em Sustentabilidade Ltda, 2014. Todos os direitos reservados.

Leia mais

FAQ Como compartilhar arquivos e pastas? Compartilhamento no Windows 7

FAQ Como compartilhar arquivos e pastas? Compartilhamento no Windows 7 FAQ Como compartilhar arquivos e pastas? v.1.1 01 de setembro de 2015 Compartilhamento no Windows 7 1. Crie uma nova pasta: 1. Vá até o local (Por exemplo, unidade Documentos (D:) ou Área de Trabalho)

Leia mais

REGIMENTO INTERNO DA REVISTA DO CEAPIA

REGIMENTO INTERNO DA REVISTA DO CEAPIA REGIMENTO INTERNO DA REVISTA DO CEAPIA PUBLICAÇÃO CEAPIA REVISTA DE PSICOTERAPIA DA INFÂNCIA E DA ADOLESCÊNCIA REGIMENTO INTERNO 1 Do Editor O editor deve ser membro titular do CEAPIA, tendo sido convidado

Leia mais

A u t o r : G r u p o P E T G e o g r a f i a, Universidade Federal de Pernambuco

A u t o r : G r u p o P E T G e o g r a f i a, Universidade Federal de Pernambuco A NÁ L I S E D A A C E S S I B I L I D A D E U R B A N A N A C I D A D E D O R E C I F E : U M O L H A R S O B R E O S P R I N C I P A I S E I X O S V I Á R I O S D E P E N E T R A Ç Ã O A u t o r : G

Leia mais

Aços Longos. Perfis e Barras Linha Estrutural e Serralheria

Aços Longos. Perfis e Barras Linha Estrutural e Serralheria Aços Longos Perfis e Barras Linha Estrutural e Serralheria Perfis e Barras Linha Estrutural e Serralheria Padrão de Qualidade O padrão de qualidade dos produtos ArcelorMittal está presente também na linha

Leia mais

DISTRIBUIÇÃO E ARMAZENAGEM SEGUROS

DISTRIBUIÇÃO E ARMAZENAGEM SEGUROS DISTRIBUIÇÃO E ARMAZENAGEM SEGUROS SEGURO Atividade bastante antiga Assemelha-se se a uma aposta Pagamento de uma parcela em dinheiro, para adquirir o direito a um reembolso por alguma perda ou avaria

Leia mais

POLÍTICA DE RESPONSABILIDADE SOCIAL EMPRESARIAL. Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas do Tocantins

POLÍTICA DE RESPONSABILIDADE SOCIAL EMPRESARIAL. Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas do Tocantins POLÍTICA DE RESPONSABILIDADE SOCIAL EMPRESARIAL Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas do Tocantins Presidente do Conselho Deliberativo Estadual Pedro José Ferreira Diretor Superintendente Omar

Leia mais

Games Controle de Locação

Games Controle de Locação Games Controle de Locação Objetivo : Cadastrar Títulos de filmes, jogos, etc ; Cadastrar Tabelas de Preços ; Realizar a Locação e a Devolução de filmes, jogos, etc ; Configurar campos para o Cadastro de

Leia mais

A CÂMARA MUNICIPAL DE SÃO "AUL* o h\ RETA: Art. 1 - Fica instituído o Plano de Atenção à Saúde (PAS) no âmbito do Município de São Paulo.

A CÂMARA MUNICIPAL DE SÃO AUL* o h\ RETA: Art. 1 - Fica instituído o Plano de Atenção à Saúde (PAS) no âmbito do Município de São Paulo. SUBSTITUTIVO N /95 AO PROJET LEI N 493/95. ffittitàk o Plano de Atenção à Saúde e dá outras ti t\ rovidências. A \ \ A CÂMARA MUNICIPAL DE SÃO "AUL* o h\ RETA: Art. 1 - Fica instituído o Plano de Atenção

Leia mais

DK105 GROVE. Temperatura Termistor. Radiuino

DK105 GROVE. Temperatura Termistor. Radiuino DK105 GROVE Temperatura Termistor Radiuino O presente projeto visa mostrar uma básica aplicação com o Kit DK 105 Grove. Utilizamos um sensor de temperatura Grove juntamente ao nó sensor para medir a temperatura

Leia mais

Métodos de Apreciação de Riscos de Máquinas e Equipamentos Usados no Brasil

Métodos de Apreciação de Riscos de Máquinas e Equipamentos Usados no Brasil Métodos de Apreciação de Riscos de Máquinas e Equipamentos Usados no Brasil 30 de outubro de 2014 Brasília - DF Eng João Baptista Beck Pinto Metodologias de Apreciação de Riscos ELEMENTOS DO RISCO Risco

Leia mais

GUIA DE CRIAÇÃO DE APRESENTAÇÕES MICROSOFT POWER POINT

GUIA DE CRIAÇÃO DE APRESENTAÇÕES MICROSOFT POWER POINT Nuno Azevedo 2005/06 ESCOLA BÁSICA B INTEGRADA DE ANGRA DO HEROÍSMO GUIA DE CRIAÇÃO DE APRESENTAÇÕES MICROSOFT POWER POINT A Janela de apresentação do Programa Barras de menus, padrão e de formatação Área

Leia mais

JOSÉ EUSTÁQUIO DE TOLEDO

JOSÉ EUSTÁQUIO DE TOLEDO JOSÉ EUSTÁQUIO DE TOLEDO 1 Legislação Pertinente Lei Federal n 6.938/81 Estabelece o licenciamento ambiental como um instrumento da PNMA Resolução CONAMA Nº 01/86 Lista os empreendimentos que dependerão

Leia mais

Corian : Guía de instalación de estufas

Corian : Guía de instalación de estufas Corian : Guía de instalación de estufas Método de abertura de alta resistencia obligatorio para todas las instalaciones de estufas/parrillas de empotrar en cubiertas de Corian : Placa de Corian (Vista

Leia mais

Banking Tier 1. Energy and infrastructure Tier Rankings

Banking Tier 1. Energy and infrastructure Tier Rankings 2016 Rankings Banking Azevedo Sette Ramos & Zuanon Advogados Energy and infrastructure Rolim Viotti & Leite Campos Advogados Lobo & Ibeas Advogados Buschmann & Associados Machado Associados MMA Private

Leia mais

MANUAL DO USUÁRIO. SISPASS Gestão de Criadores de Passeriformes Silvestres SISPASS. ANILHAS CAPRI Sistema de Pedidos de Anilha CAPRI

MANUAL DO USUÁRIO. SISPASS Gestão de Criadores de Passeriformes Silvestres SISPASS. ANILHAS CAPRI Sistema de Pedidos de Anilha CAPRI MANUAL DO USUÁRIO SISPASS Gestão de Criadores de Passeriformes Silvestres SISPASS ANILHAS CAPRI Sistema de Pedidos de Anilha CAPRI IBAMA INSTITUTO BRASILEIRO DO MEIO AMBIENTE E DOS RECURSOS NATURAIS RENOVAVÉIS

Leia mais

Teoria dos Grafos Aula 2

Teoria dos Grafos Aula 2 Teoria dos Grafos Aula 2 Aula passada Logística, regras Objetivos Grafos, o que são? Formando pares Encontrando caminhos Aula de hoje Outro problema real Definições importantes Algumas propriedades Grafo

Leia mais