Programa NOSSABOLSA. Manual. Procedimentos

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Programa NOSSABOLSA. Manual. Procedimentos"

Transcrição

1 Programa NOSSABOLSA Manual de Procedimentos Instituições de Ensino Superior - IES - 1

2 1 - Adesão da Mantenedora ao Programa Informações preliminares Requerimento Para aderir ao Programa NOSSABOLSA, o diretor da Mantenedora da Instituição de Ensino Superior IES deve preencher o Requerimento de Adesão ao Programa NOSSABOLSA, que está disponível na página ícone Sistema NOSSABOLSA, na área Instituição de ensino Preenchidas todas as informações solicitadas no Requerimento, o Diretor deverá imprimir, assinar e encaminhá-lo ao setor de Protocolo da FAPES, com os documentos listados no item 1.3 deste manual, para abertura de processo administrativo Documentos a serem apresentados com o Requerimento da mantenedora da IES mantida do diretor dos cursos Termo de Adesão da Mantenedora Senha cadastramento de cursos reconhecidos pelo MEC, devendo ser entregues na FAPES os documentos descritos no item 1.3.4, que serão anexados ao processo da Mantenedora oferta de vagas verificação de número de Termo de Adesão de Bolsista no Programa verificação do processo seletivo em andamento, sendo possível: Ofertas de Vagas Oferta por Convite Formalização do Convite Oferta e Contrapartida da IES Distribuição de Vagas Assinatura do Quadro de Distribuição de Vagas Classificação dos Candidatos às bolsas Do Edital Inscrição do Candidato Primeira etapa da seleção: Classificação do candidato pela nota do ENEM Aprovação dos candidatos classificados na IES Segunda etapa da seleção: Recebimento e conferência pela IES dos documentos dos candidatos às bolsas - Comprovação das informações prestadas na Ficha de Inscrição Finalização dos candidatos no sistema pela IES SIM NÃO Chamada de suplentes Inclusão dos classificados no Programa NOSSABOLSA Termo de Adesão TA do bolsista Renovação das bolsas dos alunos Concordância da IES para Renovação das bolsas Renovação das bolsas dos alunos Relatório de Análise Individual de Bolsista Recibo do bolsista referente ao semestre Informação sobre rendimento escolar dos bolsistas

3 7 - Reprovações: que procedimento a IES deve adotar? Recebimento das Mensalidades Folha de Pagamento Recibo Carimbo e Assinatura do Diretor Siglas Utilizadas no Programa NOSSABOLSA

4 1 - Adesão da Mantenedora ao Programa Informações preliminares Antes de fazer a adesão ao Programa NOSSABOLSA, é recomendado que o Diretor conheça a Lei 8263/2006 e o Decreto R/2006 que a regulamentou, ambos disponíveis no link Nesses arquivos são encontradas as regras principais do Programa. Para aderir ao Programa NOSSABOLSA, a Instituição de Ensino Superior IES deverá possuir Portaria de Credenciamento e curso(s) reconhecido(s) pelo Ministério da Educação e Cultura - MEC Requerimento Para aderir ao Programa NOSSABOLSA, o diretor da Mantenedora da Instituição de Ensino Superior IES deve preencher o Requerimento de Adesão ao Programa NOSSABOLSA, que está disponível na página ícone Sistema NOSSABOLSA, na área Instituição de ensino O diretor da Mantenedora deverá preencher o Requerimento de Adesão para cada IES mantida Preenchidas todas as informações solicitadas no Requerimento, o Diretor deverá imprimir, assinar e encaminhá-lo ao setor de Protocolo da FAPES, com os documentos listados no item 1.3 deste manual, para abertura de processo administrativo. A FAPES fica localizada na Avenida Vitória, 2045, Bairro Nazareth, Edifício COHAB, 3º andar Documentos a serem apresentados com o Requerimento da mantenedora Os documentos da Mantenedora da IES necessários para a Adesão são: 4

5 - Requerimento de Adesão ao Programa preenchido e assinado pelo Diretor da Mantenedora - Cópia autenticada do Estatuto ou Contrato Social - Cópia do cartão do CNPJ - Certidões Negativas Municipal, Estadual, Federal, no INSS e no FGTS da Mantenedora da IES mantida - Cópia da Portaria de Credenciamento do MEC de cada IES mantida - Cópia do cartão do CNPJ - Certidões Negativas Municipal, Estadual, Federal, no INSS e no FGTS do diretor O diretor da mantenedora (ou o representante por procuração) deverá apresentar os seguintes documentos na FAPES para a Adesão da IES ao Programa: - Cópia do CPF - Cópia da Carteira de Identidade - Cópia da Ata da reunião de eleição do Diretor da Mantenedora (Quando o Diretor da Mantenedora não puder representar a IES junto ao Programa deverá emitir uma procuração nomeando um representante e este deverá apresentar todos os documentos descritos acima) dos cursos Em relação aos cursos deverão ser apresentados os seguintes documentos: - Cópia das Portarias de Reconhecimento do MEC de todos os cursos que a IES tiver. Caso a Portaria ainda não tenha sido publicada, a IES pode apresentar o relatório da Comissão de Avaliação do MEC com parecer favorável ao reconhecimento. - Notas obtidas pelos cursos em avaliação nacional Termo de Adesão da Mantenedora 5

6 É o instrumento legal que permite a ADESÃO da Mantenedora ao Programa NOSSABOLSA. O Termo de Adesão será emitido pela FAPES e assinado pelo Diretor da Mantenedora, após a aprovação do Requerimento de Adesão. A aprovação do Requerimento de Adesão e a análise da documentação relacionada no item 1.3 são de competência da Comissão Executiva do Programa NOSSABOLSA. Com a assinatura do Termo de Adesão pela mantenedora, as IES mantidas ficam aptas a participarem dos processos de oferta de vagas do Programa NOSSABOLSA, recebendo no endereço eletrônico cadastrado para o Diretor todas as informações necessárias a esta participação. Para a oferta de vagas e outros acessos ao Sistema NOSSABOLSA, o diretor da mantenedora receberá uma senha através do endereço eletrônico cadastrado Senha Assinado o Termo de Adesão emitido pela FAPES, o Diretor ou seu representante por procuração, receberá no endereço eletrônico cadastrado uma senha que, juntamente com o número do CNPJ, possibilitarão o acesso ao Sistema NOSSABOLSA para: cadastramento de cursos reconhecidos pelo MEC, devendo ser entregues na FAPES os documentos descritos no item 1.3.4, que serão anexados ao processo da Mantenedora oferta de vagas verificação de número de Termo de Adesão de Bolsista no Programa verificação do processo seletivo em andamento, sendo possível: 6

7 acessar a Ficha de Inscrição dos classificados para as vagas da IES conferir os documentos apresentados pelos candidatos classificados e finalizá-los com SIM ou NÂO, conforme a apresentação correta ou não da documentação imprimir o Termo de Adesão após a finalização com SIM do candidato imprimir o Termo de Outorga publicado no DIOES para anexá-lo ao Termo de Adesão verificar a situação dos alunos já analisados e incluídos ou não pela FAPES no Sistema NOSSABOLSA, e se não incluídos, o motivo da recusa preencher o Termo de Concordância da IES para Renovação de Bolsa 2 - Ofertas de Vagas As vagas poderão ser propostas pela FAPES, por área de conhecimento, de acordo com as necessidades apresentadas pelo mercado e o interesse do Estado, ou ofertadas pelas IES após recebimento de Convite para Oferta Oferta por Convite Formalização do Convite Para o oferecimento de vagas pela IES, a FAPES enviará Convite para o endereço eletrônico cadastrado pelo Diretor da Mantenedora ou seu representante por procuração, que deverá acessar o Sistema com o CNPJ e a senha e fazer sua oferta nos cursos reconhecidos pelo MEC em conformidade com as regras estabelecidas no Convite recebido Oferta e Contrapartida da IES 7

8 Ao fazer a oferta, o Diretor deverá propor o maior percentual possível para a contrapartida social da IES ao Programa considerando o aumento do número de bolsistas na instituição e a renovação das bolsas concedidas anteriormente, o que permitirá a maximização do número de bolsas do programa em face do orçamento disponível. A oferta deverá ter o objetivo de completar turma, ou seja, deverá ser ofertado um número pequeno de vagas em cada curso e turno, pois a FAPES, de acordo com a disponibilidade financeira, fará a distribuição das bolsas de forma equilibrada entre a Grande Vitória e o interior do Estado. Caso a IES tenha novos cursos reconhecidos pelo MEC, deverá fazer o cadastramento destes antes da oferta,e entregar os documentos referentes a eles quando for assinar o QDV. A IES é a responsável pela oferta de vagas, portanto, a FAPES não se responsabiliza pela não formação de turmas nos cursos e vagas ofertadas Distribuição de Vagas A Comissão Executiva do Programa NOSSABOLSA fará a distribuição das vagas avaliando a contrapartida dada pela IES, a curva de preços praticados, o interesse do Estado e a disponibilidade financeira da FAPES Assinatura do Quadro de Distribuição de Vagas Encerrado o prazo estipulado no cronograma do Convite para as IES fazerem as ofertas de vagas para o Programa, o Sistema é fechado e as ofertas feitas serão analisadas e distribuídas pela Comissão Executiva do Programa de acordo com as regras do Convite e a disponibilidade financeira da FAPES. Para fechar o Quadro de Distribuição de Vagas a Comissão levará em conta a contrapartida da IES, tendo em vista a maximização do número de bolsistas em face do orçamento disponível. Após o fechamento do Quadro de Distribuição de Vagas - QDV, os diretores das Mantenedoras são convidados a agendarem o comparecimento na FAPES para a assinatura do mesmo. No QDV constará a previsão de renovação das bolsas anteriores e a previsão de novas bolsas, portanto, ao dar a contrapartida, o diretor da IES deverá considerar o aumento do número de bolsistas da Instituição. 8

9 Finalizada a etapa de assinaturas do QDV, a FAPES divulgará juntamente com o Edital de chamada para os alunos, as bolsas do Programa. 3 - Classificação dos Candidatos às bolsas Do Edital A FAPES lançará Edital convidando os alunos a se candidatarem às bolsas ofertadas pelo Programa Inscrição do Candidato A Ficha de Inscrição do aluno será disponibilizada na página no período das inscrições, bem como a lista de vagas por faculdade, curso, modalidade de bolsa e turno. Para se candidatar às bolsas do Programa, o aluno poderá efetuar a inscrição com o número do Exame Nacional do Ensino Médio - ENEM de qualquer ano, desde que não erre ao informar, pois se isto ocorrer, será eliminado do processo e a FAPES não se responsabiliza pela informação equivocada do número do ENEM pelos candidatos. Encerrado o prazo das inscrições de acordo com o cronograma do Edital, a FAPES fecha o Sistema e envia os dados dos alunos inscritos para o INEP, onde serão conferidas as notas do Exame Nacional de Ensino Médio - ENEM a partir dos números informados pelos candidatos Primeira etapa da seleção: Classificação do candidato pela nota do ENEM O INEP encaminha à FAPES as notas correspondentes aos números de ENEM informados corretamente pelos candidatos e a classificação dos candidatos pelas notas médias alcançadas no ENEM é realizada automaticamente pelo sistema do Programa NOSSABOLSA. A lista dos classificados nesta primeira etapa é divulgada na página ícone Sistema NOSSABOLSA e por mídia espontânea nos principais jornais do Estado. A lista de classificados das IES é disponibilizada na área de cada instituição, onde o acesso é feito com o CNPJ e a senha. Ao acessar esta área, a IES poderá ver os nomes dos classificados e abrir a Ficha de Inscrição de cada candidato para, se for preciso, fazer contato telefônico ou por mensagem eletrônica, em caso do não comparecimento para entrega dos documentos dentro do prazo previsto. 9

10 Esse contato da IES com o candidato classificado é importante porque, em caso de desistências, possibilita a liberação de suplentes e o preenchimento de todas as vagas disponibilizadas para o Programa. O aluno classificado deverá procurar a faculdade dentro do prazo estipulado no Edital para apresentar os documentos listados na página e ícone citados acima, no item Aprovação dos candidatos classificados na IES Segunda etapa da seleção: Recebimento e conferência pela IES dos documentos dos candidatos às bolsas - Comprovação das informações prestadas na Ficha de Inscrição O responsável pelo atendimento dos classificados na IES deverá imprimir e ler com bastante atenção a lista de documentos a serem apresentados pelos candidatos para se orientar na conferência dos mesmos, pois os dossiês que estiverem incompletos serão indeferidos no processo seletivo, e se houver tempo hábil, serão chamados os suplentes. Se não houver tempo para chamada de suplentes, a vaga ficará perdida, o que não é bom nem para o Programa e nem para a IES, pois a idéia é aproveitar todas as vagas ofertadas para o processo. Os candidatos classificados na primeira etapa devem procurar a secretaria da faculdade levando os documentos (originais e cópias) listados no endereço: A IES deverá acessar e imprimir as Fichas de Inscrição dos candidatos para conferir se as informações prestadas no ato da inscrição são comprovadas através dos documentos apresentados. Informações como: endereço eletrônico do candidato, telefone, endereço de residência e renda per capita do Grupo Familiar poderão ser alterados manualmente na Ficha impressa mediante apresentação de documentos, sem que o candidato seja desclassificado. A desclassificação do candidato pela IES só poderá ser feita se a inscrição entrar em contradição com as regras legais do Programa, 10

11 principalmente quanto ao Ensino Médio e ao limite de renda per capita do Grupo Familiar. Se os documentos não estiverem de acordo com a lista disponível na página do Programa, o responsável pelo atendimento na IES deverá solicitar ao candidato as providências para acerto, dentro do prazo estipulado. SÓ DEVE SER ENVIADO PARA A FAPES O DOSSIÊ DO ALUNO QUE ESTIVER COM TODOS OS DOCUMENTOS SOLICITADOS, POIS COMO DITO ANTERIORMENTE, SE FALTAR ALGUM DOCUMENTO A INCLUSÃO DO CANDIDATO NO SISTEMA NOSSABOLSA SERÁ INDEFERIDA Finalização dos candidatos no sistema pela IES SIM Estando os documentos rigorosamente conforme a lista da citada página, o responsável pelo atendimento na IES deve finalizar com SIM o candidato e enviar os documentos para a FAPES NÃO Se o candidato não possuir os requisitos previstos na legislação para o recebimento da bolsa o responsável pelo atendimento na IES deverá finalizar com NÃO e colocar o motivo. Exemplos de motivos para a desclassificação do candidato pela IES: - A renda ultrapassa o limite para a bolsa integral. - Não cursou o Ensino Médio em escolas públicas. - Cursou parte do Ensino Médio em escola privada. - Desistiu da bolsa. - Outros (especificar). Após o prazo estipulado no Edital para apresentação dos documentos dos candidatos classificados e com base na finalização feita pela IES, a FAPES liberará os suplentes para as vagas que não forem ocupadas por qualquer dos motivos citados anteriormente, caso haja nomes na lista de suplência. O nome dos suplentes liberados para as vagas não preenchidas aparecerá na área da IES. 11

12 4.3 - Chamada de suplentes A chamada de suplentes ocorrerá após o prazo estipulado no Edital para a entrega de documentos dos candidatos classificados pelo número de vagas ofertadas, e obedecerá rigorosamente a lista de classificados pela nota do ENEM por curso e turno. A FAPES fará a liberação dos suplentes e os nomes destes aparecerão na área da IES, que deve imediatamente abrir a Ficha do candidato, verificar o telefone ou endereço eletrônico e fazer contato para solicitar os documentos necessários. A lista dos suplentes liberados será disponibilizada no sítio QUANTO MAIOR O NÚMERO DE BOLSAS PREENCHIDAS NO PROCESSO, MELHOR PARA A IES E PARA O PROGRAMA. Os suplentes também têm uma data limite para apresentação de todos os documentos solicitados, e se não o fizerem, perderão o direito à bolsa. 5 - Inclusão dos classificados no Programa NOSSABOLSA A inclusão do candidato classificado no Sistema NOSSABOLSA ocorre com a assinatura pela FAPES do TA Termo de Adesão TA do bolsista O TA é o documento por meio do qual o candidato classificado concorda com o Termo de Outorga de Bolsa TO do Programa NOSSABOLSA publicado no DIOES em 22/02/2006, que é um contrato no qual constam as obrigações das partes envolvidas, ou seja, bolsista e FAPES. Antes de imprimir e colher a assinatura do candidato no TA, o responsável pelo atendimento na IES deve imprimir 1 (uma) via do TO que está disponível na página da SECT na área das Instituições e entregar ao bolsista para leitura. A IES poderá acompanhar no sítio ícone Sistema NOSSABOLSA, no item Instituição e na opção Aprovados FAPES, a situação dos bolsistas analisados, verificando os aprovados e os recusados, além do motivo da recusa. Após a finalização do candidato com SIM pela FAPES ou sua inclusão no sistema NOSSABOLSA, o TA será liberado para impressão na área da IES no item Aprovados FAPES. SOMENTE SERÁ DISPONIBILIZADO PARA IMPRESSÃO E ASSINATURA O TA DOS CANDIDATOS APROVADOS PELA FAPES. 12

13 A IES deve imprimir o TA em 2 (duas) vias, solicitar que o candidato assine-as e enviá-las para a FAPES para assinatura. Após assinadas na FAPES, uma das vias será devolvida à IES para ser entregue ao bolsista. Junto com o TA é impressa uma indicação do bolsista para depósito das mensalidades na conta da IES. Esta indicação deve ser preenchida pela IES e assinada pelo bolsista. 6 - Renovação das bolsas dos alunos Concordância da IES para Renovação das bolsas Quando a FAPES promove processo de seleção para novos bolsistas, a concordância do Diretor da Mantenedora com as renovações das bolsas concedidas em semestres anteriores é feita na assinatura do QDV. Quando não houver processo de seleção, a concordância do Diretor com a renovação das bolsas para o semestre seguinte ocorrerá com a assinatura do Termo de Concordância da IES para renovação de bolsas. Este documento está disponível no sítio ícone Sistema NOSSABOLSA, item Instituição, opção Renovação de bolsa. Ele deverá ser assinado em 2 (duas) vias e entregues na FAPES juntamente com os Relatórios de Análise Individual de Bolsista, descrito no item Renovação das bolsas dos alunos Relatório de Análise Individual de Bolsista A Renovação das bolsas dos alunos é feita pela secretaria da IES com o preenchimento do Formulário para renovação de bolsa dos alunos Relatório de Análise Individual de Bolsista, disponível na página no ícone Sistema NOSSABOLSA, no item Instituição, na opção Renovação de bolsa. O Formulário de Análise Individual deve ser preenchido para todos os bolsistas após o encerramento de cada semestre com as informações solicitadas no documento, principalmente quanto ao resultado das disciplinas cursadas (Aprovado/Reprovado), a adimplência acadêmica e financeira e a aptidão à renovação. Estará APTO à Renovação o bolsista que: 13

14 1º) obtiver rendimento igual ou superior a 75% (setenta e cinco por cento) nas disciplinas cursadas no semestre, ou seja: - se cursou 5 disciplinas, ter sido aprovado em 4 - se cursou 6 disciplinas, ter sido aprovado em 5 - se cursou 7 disciplinas, ter sido aprovado em 6 - se cursou 8 disciplinas, ter sido aprovado em 6 2º) estiver com seus compromissos acadêmicos e financeiros (no caso de bolsa parcial) em dia. 3º) estiver regularmente matriculado na IES. O não atendimento desses critérios torna o aluno NÃO APTO à renovação. Após preencher e assinar os Relatórios para todos os bolsistas a IES deve encaminhá-los para a FAPES, onde serão arquivados no dossiê de cada bolsista (tanto os APTOS como os NÃO APTOS). Os bolsistas NÃO APTOS à Renovação terão suas bolsas canceladas no Programa com o motivo informado no Relatório, e deverão ser excluídos pela IES das folhas de pagamentos do próximo semestre. Os bolsistas APTOS à Renovação permanecerão no Programa e a FAPES continuará a efetuar os pagamentos de suas mensalidades por mais um semestre, desde que façam a REMATRÍCULA na faculdade. O bolsista que não efetuar sua REMATRÍCULA na IES será excluído do Programa, perdendo a bolsa por ABANDONO de curso Recibo do bolsista referente ao semestre A IES deverá encaminhar junto com o Relatório de Análise Individual do Bolsista o RECIBO do aluno referente ao semestre recebido da FAPES. O Recibo está disponível na página no ícone Sistema NOSSABOLSA, na área Instituição e opção Termo de Renovação. Ele deverá ser impresso pela IES e assinado pelo bolsista Informação sobre rendimento escolar dos bolsistas A FAPES emitirá ao final de cada semestre letivo, um relatório comparativo do rendimento escolar dos bolsistas do Programa em relação aos outros estudantes da turma. Para que este relatório seja elaborado, faz-se necessário o envio pelas IES das notas obtidas em cada disciplina do semestre por todos os alunos das turmas que têm bolsistas. 14

15 No documento com as notas por disciplinas e turmas, apenas os bolsistas do Programa devem ser identificados. Dos demais alunos das turmas deverão constar somente as notas. Esse documento com as notas deve ser enviado por meio eletrônico, logo após o encerramento do semestre e do processo de renovação das bolsas. 7 - Reprovações: que procedimento a IES deve adotar? Quando o bolsista ficar reprovado e não obtiver a renovação da bolsa (NÃO APTO), a IES deve verificar se ele deseja continuar estudando com recursos próprios. Quando o bolsista ficar reprovado em alguma disciplina por qualquer motivo, mas não perder a bolsa (APTO), se essa reprovação gerar custos, a IES deve negociar com ele o valor, pois a FAPES não paga por disciplinas repetidas pelo aluno. No caso de cobrança de disciplinas provenientes de reprovação do bolsista, deve ser emitido boleto separado e adotado o mesmo desconto dado pela IES como contrapartida social ao Programa. 8 - Recebimento das Mensalidades Folha de Pagamento Encerrados o processo de análise de documentos e inclusão dos novos bolsistas no Programa NOSSABOLSA pela FAPES, e o processo de Renovação das bolsas, as IES receberão mensagem eletrônica solicitando as providências para o recebimento das mensalidades. Essa mensagem eletrônica será enviada apenas para o primeiro pagamento. Nos pagamentos seguintes a IES deverá enviar as folhas de pagamento sempre até o último dia útil do mês de referência, para serem pagas até o dia 10 do mês seguinte. As mensalidades serão pagas através de depósito em conta corrente efetuado pelo BANDES e mediante folha de pagamento emitida pela IES, conforme modelo nas páginas 16 a 19, na qual deve constar: a) Especificação da Mantenedora b) Mês de Referência do pagamento 15

16 c) Nome do banco escolhido para o depósito, preferencialmente o BANESTES. d) Titularidade da conta corrente e) CNPJ do titular da conta corrente f) Agência e número da conta corrente g) Relação de bolsistas MATRICULADOS com respectivos números de TA, que podem ser conferidos no sítio citado, item Instituição e opção Termos de adesão h) Valores das mensalidades de acordo com o QDV do semestre. i) Assinatura do Diretor em todas as páginas e carimbo na última. j) Campo de declaração de conferência dos valores e assinatura do técnico da FAPES. É importante assinalar que deve ser indicado na folha de pagamento a TITULARIDADE e o CNPJ da CONTA CORRENTE escolhida para o depósito, que devem ser iguais aos da Mantenedora, ou uma filial, e que os bolsistas só devem ser relacionados se estiverem regularmente matriculados. O exemplo de folha de pagamento das páginas 16 a 19 simula uma mantenedora com 2 (duas) faculdades Recibo Após a confirmação do recebimento do depósito das mensalidades na conta indicada na folha de pagamento, o diretor da mantenedora deverá emitir o Recibo conforme exemplo da página 20, com a data em que foi feito o crédito no banco. 16

17 ESPECIFICAÇÃO DA MANTENEDORA MÊS DE REFERÊNCIA: JANEIRO 2007 MANTENEDORA: BANCO: BANESTES AGÊNCIA: TITULAR: CNPJ: CONTA CORRENTE: INSTITUIÇÃO: FACULDADE DE COMUNICAÇÃO SOCIAL DA SERRA CURSO: COMUNICAÇÃO SOCIAL NOTURNO BOLSA INTEGRAL ALUNO Nº TA MENSALIDADE Total 3.000,00 CURSO: COMUNICAÇÃO SOCIAL NOTURNO BOLSA PARCIAL ALUNO Nº TA MENSALIDADE Total 1. CURSO: ADMINISTRAÇÃO NOTURNO BOLSA INTEGRAL ALUNO Nº TA MENSALIDADE 180,00 17

18 180,00 180,00 180,00 180,00 180,00 180,00 Total 1.260,00 CURSO: ADMINISTRAÇÃO NOTURNO BOLSA PARCIAL ALUNO Nº TA MENSALIDADE 90,00 90,00 90,00 90,00 90,00 90,00 90,00 90,00 90,00 Total 810,00 CURSO: PEDAGOGIA NOTURNO BOLSA INTEGRAL ALUNO Nº TA MENSALIDADE 190,00 190,00 190,00 190,00 190,00 190,00 190,00 190,00 190,00 Total 1.710,00 CURSO: PEDAGOGIA NOTURNO BOLSA PARCIAL ALUNO Nº TA MENSALIDADE 95,00 95,00 95,00 95,00 95,00 Total 475,00 CURSO: TURISMO NOTURNO BOLSA PARCIAL ALUNO Nº TA MENSALIDADE 110,00 Total 110,00 CURSO: TURISMO NOTURNO BOLSA INTEGRAL ALUNO Nº TA MENSALIDADE 195,00 195,00 195,00 18

19 195,00 195,00 Total 975,00 INSTITUIÇÃO: FACULDADE DE DIREITO DE CARIACICA CURSO: DIREITO NOTURNO BOLSA INTEGRAL ALUNO Nº TA MENSALIDADE Total 3.145,00 CURSO: DIREITO NOTURNO BOLSA PARCIAL ALUNO Nº TA MENSALIDADE 105,00 105,00 105,00 105,00 105,00 Total 525,00 RESUMO DO RELATÓRIO DE PAGAMENTO CURSO Nº ALUNOS VALOR Curso: Comunicação Social Noturno - Bolsa Integral ,00 Curso: Comunicação Social Noturno - Bolsa Parcial Curso: Administração Noturno - Bolsa Integral ,00 Curso: Administração Noturno - Bolsa Parcial 9 810,00 Curso: Pedagogia Noturno Bolsa Integral ,00 Curso: Pedagogia Noturno Bolsa Parcial 5 475,00 Curso: Turismo Noturno Bolsa Parcial 1 110,00 Curso: Turismo Noturno Bolsa Integral 5 975,00 Curso: Direito Noturno - Bolsa Integral ,00 Curso: Direito Noturno - Bolsa Parcial 5 525,00 TOTAL DA MANTENEDORA ,00 19

20 Declaramos que a relação acima expressa fielmente o conjunto dos alunos matriculados nesta instituição como bolsista do Programa Nossa Bolsa do Governo do Estado do Espírito Santo e que os valores informados correspondem às mensalidades deduzidas a participação social desta instituição., 02 de fevereiro de Carimbo e Assinatura do Diretor O valor acima confere com as bolsas concedidas. Carimbo e Assinatura da FAPES 20

21 LOGOMARCA DA FACULDADE RECIBO Declaramos que recebemos da Fundação de Apoio à Ciência e Tecnologia do Espírito Santo - FAPES, em nome dos alunos bolsistas do Programa NOSSABOLSA, o valor de R$ ,00 (treze mil e duzentos e dez reais) referente ao mês de Janeiro de 2007, que corresponde às bolsas concedidas conforme relatório enviado anteriormente por aluno, curso e valor da bolsa. Local e data: (data do depósito) Carimbo e Assinatura do Diretor 21

22 9 - Siglas Utilizadas no Programa NOSSABOLSA IES Instituição de Ensino Superior FAPES Fundação de Apoio à Ciência e Tecnologia do Espírito Santo MEC Ministério da Educação e Cultura TA Termo de Adesão (IES e aluno) TO Termo de Outorga de Bolsa (aluno) QDV Quadro de Distribuição de Vagas ENEM Exame Nacional do Ensino Médio INEP Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira Dorcas de Freitas Coordenadora do Programa NOSSABOLSA (27)

O GOVERNADOR DO ESTADO DO ESPÍRITO SANTO

O GOVERNADOR DO ESTADO DO ESPÍRITO SANTO DECRETO Nº 1950-R de 24 DE OUTUBRO de 2007. Regulamenta a Lei Nº 8263, de 25/01/2006 publicada no Diário Oficial do Estado em 26/01/06, alterada pela Lei n o 8642, publicada no Diário Oficial do Estado

Leia mais

FACULDADE MAURÍCIO DE NASSAU (FAP TERESINA) Mantida pelo Grupo Ser Educacional Credenciamento: Portaria MEC nº 1.149, DE 13 DE SETEMBRO DE 2012

FACULDADE MAURÍCIO DE NASSAU (FAP TERESINA) Mantida pelo Grupo Ser Educacional Credenciamento: Portaria MEC nº 1.149, DE 13 DE SETEMBRO DE 2012 FACULDADE MAURÍCIO (FAP ) Mantida pelo Grupo Ser Educacional Credenciamento: Portaria MEC nº 1.149, DE 13 DE SETEMBRO DE 2012 EDITAL DO PROCESSO SELETIVO 2015.1 A Direção da Faculdade Maurício de Nassau

Leia mais

EDITAL Nº 007/2016 TRANSFERÊNCIA EXTERNA E PORTADORES DE DIPLOMA

EDITAL Nº 007/2016 TRANSFERÊNCIA EXTERNA E PORTADORES DE DIPLOMA EDITAL Nº 007/2016 O Diretor Executivo da Faculdade Metropolitana de Anápolis, no uso de suas atribuições e demais disposições legais, aprova e torna público o processo seletivo para transferência de candidatos

Leia mais

Processo Seletivo INESUL 2016

Processo Seletivo INESUL 2016 Processo Seletivo INESUL 2016 EDITAL Nº 04/2015 18 de dezembro de 2015 A Direção Acadêmica do Instituto de Ensino Superior de Londrina - INESUL, no uso de suas atribuições legais e estatutárias, de acordo

Leia mais

FACULDADE MAURÍCIO DE NASSAU CAMPINA GRANDE Credenciado pela Portaria Nº 65, DE 30 DE JANEIRO DE 2014 EDITAL DO PROCESSO SELETIVO 2015.

FACULDADE MAURÍCIO DE NASSAU CAMPINA GRANDE Credenciado pela Portaria Nº 65, DE 30 DE JANEIRO DE 2014 EDITAL DO PROCESSO SELETIVO 2015. FACULDADE MAURÍCIO DE NASSAU CAMPINA GRANDE Credenciado pela Portaria Nº 65, DE 30 DE JANEIRO DE 2014 EDITAL DO PROCESSO SELETIVO 2015.1 A Direção da Faculdade Maurício de Nassau de Campina Grande-PB no

Leia mais

EDITAL Nº. 81/2013 PROCESSO SELETIVO 2014/1

EDITAL Nº. 81/2013 PROCESSO SELETIVO 2014/1 EDITAL Nº. 81/2013 PROCESSO SELETIVO 2014/1 O Diretor Superintendente da Faculdade Autônoma de Direito FADISP, no uso de suas atribuições regimentais e em acordo com a Lei nº. 9394/1996 das Diretrizes

Leia mais

Processo Seletivo FAEC 2016

Processo Seletivo FAEC 2016 Processo Seletivo FAEC 2016 EDITAL Nº 03/2015 18 de agosto de 2015 A Direção Geral da FAEC, no uso de suas atribuições legais e estatutárias, de acordo com a legislação vigente e Regimento, torna público

Leia mais

PROCESSO SELETIVO 2015.2 EDITAL Nº 011/2015-PROGRAD/UFC

PROCESSO SELETIVO 2015.2 EDITAL Nº 011/2015-PROGRAD/UFC PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO COORDENADORIA DE PLANEJAMENTO, INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO (COPIC) Curso de Licenciatura em Letras-LIBRAS PROCESSO SELETIVO 2015.2 EDITAL Nº 011/2015-PROGRAD/UFC O Pró-Reitor de

Leia mais

EDITAL 01/2015-PCG ESCOLA/SESC/ES

EDITAL 01/2015-PCG ESCOLA/SESC/ES EDITAL 01/2015-PCG ESCOLA/SESC/ES O Diretor do Serviço Social do Comércio - Administração Regional no Estado do Espírito Santo - SESC-AR/ES, entidade de natureza jurídica privada, sem fins lucrativos,

Leia mais

Ato de Reconhecimento (R) ou Autorização (A)

Ato de Reconhecimento (R) ou Autorização (A) EDITAL DO PROCESSO SELETIVO PERMANENTE DO ANO DE 2013 E MATRÍCULA DOS CANDIDATOS NELE CLASSIFICADOS PARA OS CURSOS DE BACHARELADO, LICENCIATURA E DE TECNOLOGIA A DISTÂNCIA De ordem do Exmo. Sr. João Paulo

Leia mais

Processo Seletivo para os Cursos de Educação Profissional Técnica de Ensino Médio - Edital 001/2016 -

Processo Seletivo para os Cursos de Educação Profissional Técnica de Ensino Médio - Edital 001/2016 - Processo Seletivo para os Cursos de Educação Profissional Técnica de Ensino Médio - Edital 001/2016 - A Diretoria da PRACATUM Escola de Música e Tecnologias, no uso de suas atribuições e demais disposições

Leia mais

CURSOS ATOS LEGAIS LOCAL TURNO. Renovação do Reconhecimento pela Portaria nº 153 de 02/04/2013 - DOU 06/04/2013

CURSOS ATOS LEGAIS LOCAL TURNO. Renovação do Reconhecimento pela Portaria nº 153 de 02/04/2013 - DOU 06/04/2013 1 GRUPO IBMEC EDUCACIONAL S.A. EDITAL DE PROCESSO SELETIVO 2015.1 e 2015.2 O Diretor Presidente do Grupo Ibmec Educacional SA, mantenedor das Faculdades de Economia e Finanças Ibmec e Faculdade de Ciências

Leia mais

Prefeitura Municipal de Petrolina Autarquia Educacional do Vale do São Francisco AEVSF Faculdade de Ciências Aplicadas e Sociais de Petrolina FACAPE

Prefeitura Municipal de Petrolina Autarquia Educacional do Vale do São Francisco AEVSF Faculdade de Ciências Aplicadas e Sociais de Petrolina FACAPE PROCESSO SELETIVO PARA PREENCHIMENTO DE VAGAS NOS CURSOS DE ADMINISTRAÇÃO, CIÊNCIAS CONTÁBEIS, CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO, COMÉRCIO EXTERIOR, ECONOMIA, GESTÃO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO E SERVIÇO SOCIAL, POR

Leia mais

EDITAL DO PROCESSO SELETIVO CLASSIFICATÓRIO 2013

EDITAL DO PROCESSO SELETIVO CLASSIFICATÓRIO 2013 EDITAL DO PROCESSO SELETIVO CLASSIFICATÓRIO 2013 A Diretora Geral da Escola Superior de Propaganda e Marketing Unidade Rio de Janeiro, de acordo com o regimento interno, torna pública as normas do Processo

Leia mais

PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE SÃO PAULO PUC-SP Programa de Estudos Pós-Graduados em Língua Portuguesa

PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE SÃO PAULO PUC-SP Programa de Estudos Pós-Graduados em Língua Portuguesa EDITAL PARA O PROCESSO SELETIVO 2º/2014 Coordenador: Prof. Dr. João Hilton Sayeg de Siqueira Vice-Coordenadora: Prof. Dra. Jeni Silva Turazza Estarão abertas, no período de U14/04/2014U a U05/05/2014U,

Leia mais

- De 2 de setembro de 2013 a 23 de outubro de 2013 - Ingresso 1º período de aula

- De 2 de setembro de 2013 a 23 de outubro de 2013 - Ingresso 1º período de aula EDITAL GR Nº 609/2013 - INGRESSO POR PROCESSOS EXTERNOS Edital de oferta de vagas em Cursos de Graduação a Distância da Unisul na modalidade de seleção e ingresso por Reingresso e Transferência Externa,

Leia mais

EDITAL- Faculdade SATC n 035/2011 de 07.06.2011 APROVADOS NO PROCESSO SELETIVO 2011/2 (VESTIBULAR) PRIMEIRA CHAMADA

EDITAL- Faculdade SATC n 035/2011 de 07.06.2011 APROVADOS NO PROCESSO SELETIVO 2011/2 (VESTIBULAR) PRIMEIRA CHAMADA A Direção da Faculdade SATC, mantida pela Associação Beneficente da Indústria Carbonífera de Santa Catarina - SATC, credenciada pela Portaria Ministerial n. 3.556 de 26/11/2003, publicada no D.O.U., em

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO ABC PRÓ-REITORIA DE PÓS-GRADUAÇÃO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM MATEMÁTICA APLICADA

UNIVERSIDADE FEDERAL DO ABC PRÓ-REITORIA DE PÓS-GRADUAÇÃO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM MATEMÁTICA APLICADA UNIVERSIDADE FEDERAL DO ABC PRÓ-REITORIA DE PÓS-GRADUAÇÃO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM MATEMÁTICA APLICADA Edital de seleção de Mestrado Edital 01/2010 Ingresso: 2011 Este edital estabelece as regras para

Leia mais

EDITAL DO SEGUNDO PROCESSO SELETIVO UNIFICADO DO ANO 2016 DA FACULDADE DE DIREITO MILTON CAMPOS E FACULDADE DE ADMINISTRAÇÃO MILTON CAMPOS.

EDITAL DO SEGUNDO PROCESSO SELETIVO UNIFICADO DO ANO 2016 DA FACULDADE DE DIREITO MILTON CAMPOS E FACULDADE DE ADMINISTRAÇÃO MILTON CAMPOS. EDITAL DO SEGUNDO PROCESSO SELETIVO UNIFICADO DO ANO 2016 DA FACULDADE DE DIREITO MILTON CAMPOS E FACULDADE DE ADMINISTRAÇÃO MILTON CAMPOS. A Diretora da FACULDADE DE DIREITO MILTON CAMPOS, Profª. Lucia

Leia mais

FUNDAÇÃO DE APOIO À PESQUISA

FUNDAÇÃO DE APOIO À PESQUISA EDITAL DE CHAMAMENTO Nº 01, DE 16 DE JANEIRO DE 2009 FUNDAÇÃO DE APOIO À PESQUISA O GOVERNO DO DISTRITO FEDERAL, por intermédio da FUNDAÇÃO DE APOIO À PESQUISA - FAP, órgão vinculado à SECRETARIA DE ESTADO

Leia mais

UNIABEU CENTRO UNIVERSITÁRIO EDITAL CONCURSOS DE BOLSAS 2016.1

UNIABEU CENTRO UNIVERSITÁRIO EDITAL CONCURSOS DE BOLSAS 2016.1 UNIABEU CENTRO UNIVERSITÁRIO EDITAL CONCURSOS DE BOLSAS 2016.1 O Reitor do UNIABEU - Centro Universitário torna pública a abertura de inscrições para o Processo Seletivo Social, para o 1º semestre de 2016,

Leia mais

EDITAL Nº. 011/2013 PROCESSO SELETIVO 2013/2 DOS CURSOS DE ENGENHARIA

EDITAL Nº. 011/2013 PROCESSO SELETIVO 2013/2 DOS CURSOS DE ENGENHARIA EDITAL Nº. 011/2013 PROCESSO SELETIVO 2013/2 DOS CURSOS DE ENGENHARIA A Diretoria da Faculdade Alves Faria ALFA, mantida pelo Centro Educacional Alves Faria Ltda., com base em dispositivo constante de

Leia mais

I) A prova de Redação será escrita e respondida em Língua Portuguesa, no valor total de 100 (cem) pontos.

I) A prova de Redação será escrita e respondida em Língua Portuguesa, no valor total de 100 (cem) pontos. EDITAL DO PROCESSO SELETIVO E MATRÍCULA DOS CANDIDATOS APROVADOS NO CURSO PRESENCIAL OFERECIDO PARA O PRIMEIRO SEMESTRE DE 2016 DA FACULDADE MODAL (INÍCIO DAS AULAS EM FEVEREIRO DE 2016). De ordem do Sr.

Leia mais

EDITAL 002/2015 ABERTURA DE PROCESSO SELETIVO DESTINADO AO DESENVOLVIMENTO DE ESTÁGIOS JUNTO AO MUNICÍPIO DE PALMAS ESTADO DO PARANÁ

EDITAL 002/2015 ABERTURA DE PROCESSO SELETIVO DESTINADO AO DESENVOLVIMENTO DE ESTÁGIOS JUNTO AO MUNICÍPIO DE PALMAS ESTADO DO PARANÁ EDITAL 002/2015 ABERTURA DE PROCESSO SELETIVO DESTINADO AO DESENVOLVIMENTO DE ESTÁGIOS JUNTO AO MUNICÍPIO DE PALMAS ESTADO DO PARANÁ O CENTRO DE INTEGRAÇÃO NACIONAL DE ESTÁGIOS PARA ESTUDANTES CEINEE torna

Leia mais

EDITAL 01/2015 EDITAL DE ABERTURA DO VESTITULAR FUCAPE

EDITAL 01/2015 EDITAL DE ABERTURA DO VESTITULAR FUCAPE EDITAL 01/2015 EDITAL DE ABERTURA DO VESTITULAR FUCAPE A Comissão Coordenadora do Processo Seletivo da Faculdade FUCAPE, para conhecimento de todos os interessados, torna público que, nos períodos indicados

Leia mais

PROGRAMA DE INICIAÇÃO EM DESENVOLVIMENTO TECNOLÓGICO E INOVAÇÃO PIC/PIBITI/UniCEUB EDITAL DE 2016

PROGRAMA DE INICIAÇÃO EM DESENVOLVIMENTO TECNOLÓGICO E INOVAÇÃO PIC/PIBITI/UniCEUB EDITAL DE 2016 PROGRAMA DE INICIAÇÃO EM DESENVOLVIMENTO TECNOLÓGICO E INOVAÇÃO PIC/PIBITI/UniCEUB EDITAL DE 2016 O reitor do Centro Universitário de Brasília UniCEUB, no uso de suas atribuições legais e estatutárias,

Leia mais

Edital. Processo Seletivo 2016

Edital. Processo Seletivo 2016 Edital Processo Seletivo 2016 O Diretor Executivo da Fundação Educacional Nordeste Mineiro FENORD, no uso de suas atribuições, faz saber aos interessados que, no período indicado neste Edital, estarão

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE-FURG PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE-FURG PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE-FURG PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO Av. Itália, Km8 Campus Carreiros Rio Grande, RS Brasil 96201-900 fone: 53.32336772 e-mail:prograd@furg.br

Leia mais

PREFEITURA DE FRANCA EDITAL DE ABERTURA DE INSCRIÇÃO DO PROCESSO SELETIVO DO PROGRAMA BOLSA UNIVERSIDADE ano de 2015

PREFEITURA DE FRANCA EDITAL DE ABERTURA DE INSCRIÇÃO DO PROCESSO SELETIVO DO PROGRAMA BOLSA UNIVERSIDADE ano de 2015 PREFEITURA DE FRANCA EDITAL DE ABERTURA DE INSCRIÇÃO DO PROCESSO SELETIVO DO PROGRAMA BOLSA UNIVERSIDADE ano de 2015 A Prefeitura de Franca, mediante gestão da Secretaria Municipal de Educação, em consonância

Leia mais

Dispõe sobre normas para os Processos Seletivos de Inverno 2016.

Dispõe sobre normas para os Processos Seletivos de Inverno 2016. UNIVERSIDADE DO OESTE PAULISTA UNOESTE EDITAL DO PROCESSO SELETIVO DOS CURSOS SUPERIORES DE GRADUAÇÃO NA MODALIDADE A DISTÂNCIA VESTIBULAR 2º SEMESTRE 2016 PORTARIA N.º 20, Reitoria da UNOESTE, de 02 de

Leia mais

SELEÇÃO PARA ENTRADA NO PRIMEIRO PERÍODO LETIVO DE 2015

SELEÇÃO PARA ENTRADA NO PRIMEIRO PERÍODO LETIVO DE 2015 AGENDA MUDANÇA INTERNA DE CURSO SELEÇÃO PARA ENTRADA NO PRIMEIRO PERÍODO LETIVO DE 2015 16 a 18/9/2014 Período de inscrição - Internet 19/9/2014 Último dia para o candidato entregar seu Currículo à PRG

Leia mais

EDITAL Nº 03/2013. Processo Seletivo Vestibular Unificado FATEP/ESAMC- Piracicaba - Primeiro Semestre - 2014

EDITAL Nº 03/2013. Processo Seletivo Vestibular Unificado FATEP/ESAMC- Piracicaba - Primeiro Semestre - 2014 EDITAL Nº 03/2013 Processo Seletivo Vestibular Unificado FATEP/ESAMC- Piracicaba - Primeiro Semestre - 2014 T Os Diretores da Faculdade de Tecnologia de Piracicaba, FATEP e da Escola Superior de Administração,

Leia mais

EDITAL DE PROCESSO SELETIVO PARA O PROGRAMA SANTANDER UNIVERSIDADES DE BOLSAS DE EDUCAÇÃO 2015

EDITAL DE PROCESSO SELETIVO PARA O PROGRAMA SANTANDER UNIVERSIDADES DE BOLSAS DE EDUCAÇÃO 2015 EDITAL DE PROCESSO SELETIVO PARA O PROGRAMA SANTANDER UNIVERSIDADES DE BOLSAS DE EDUCAÇÃO 2015 O Diretor Geral da Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Ibitinga - FAIBI, mantida pela Fundação Educacional

Leia mais

EDITAL FATEC SENAI Nº 02/2014

EDITAL FATEC SENAI Nº 02/2014 1 EDITAL FATEC SENAI Nº 02/2014 Processo Seletivo 2015 FATEC SENAI Campo Grande 1. Das disposições preliminares: 1.1 A Faculdade de Tecnologia SENAI Campo Grande, tendo em vista o disposto nas Leis nº

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO EDITAL 024 PROGRAD/UFSM

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO EDITAL 024 PROGRAD/UFSM MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO EDITAL 024 PROGRAD/UFSM EDITAL DE SELEÇÃO INGRESSO E REIGRESSO - 2º SEMESTRE DE 2015 A Pró-Reitora de Graduação, o Coordenador

Leia mais

EDITAL Nº 01/2012 Processo Seletivo para Mestrado em Matemática Quadrimestre 2013.1

EDITAL Nº 01/2012 Processo Seletivo para Mestrado em Matemática Quadrimestre 2013.1 EDITAL Nº 01/2012 Processo Seletivo para Mestrado em Matemática Quadrimestre 2013.1 O curso de Pós-graduação em Matemática da Universidade Federal do ABC (UFABC) torna pública a abertura das inscrições

Leia mais

Edital do Processo Seletivo 2014. Ato Edital n 029. (Resolução CONSEPE - nº 23 de 06 de agosto de 2013)

Edital do Processo Seletivo 2014. Ato Edital n 029. (Resolução CONSEPE - nº 23 de 06 de agosto de 2013) CENTRO UNIVERSITÁRIO LUTERANO DE MANAUS Decreto de 26/03/2001 - DOU de 27/03/2001. Edital do Processo Seletivo 2014 Ato Edital n 029 (Resolução CONSEPE - nº 23 de 06 de agosto de 2013) O Diretor Geral

Leia mais

SELEÇÃO 2016/1 PROCESSO SELETIVO PARA CURSOS DE FORMAÇÃO INICIAL E CONTINUADA (FICs) PRESENCIAIS

SELEÇÃO 2016/1 PROCESSO SELETIVO PARA CURSOS DE FORMAÇÃO INICIAL E CONTINUADA (FICs) PRESENCIAIS EDITAL Nº 010/CCEI, DE 04 DE NOVEMBRO DE 2015. SELEÇÃO 2016/1 PROCESSO SELETIVO PARA CURSOS DE FORMAÇÃO INICIAL E CONTINUADA (FICs) PRESENCIAIS DA ABERTURA O DIRETOR-GERAL DO CAMPUS CEILÂNDIA DO INSTITUTO

Leia mais

PROCESSO SELETIVO PARA ACESSO AOS CURSOS DE APRENDIZAGEM INDUSTRIAL TÉCNICA DE NÍVEL MÉDIO DO SENAI BAHIA Processo Seletivo 2015.1

PROCESSO SELETIVO PARA ACESSO AOS CURSOS DE APRENDIZAGEM INDUSTRIAL TÉCNICA DE NÍVEL MÉDIO DO SENAI BAHIA Processo Seletivo 2015.1 PROCESSO SELETIVO PARA ACESSO AOS CURSOS DE APRENDIZAGEM INDUSTRIAL TÉCNICA DE NÍVEL MÉDIO DO SENAI BAHIA Processo Seletivo 2015.1 O Diretor Regional do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial Departamento

Leia mais

EDITAL Nº 001/2016 1 DO CURSO, MODALIDADE,DURAÇÃO EM SEMESTRES,ATOSAUTORIZATIVOS,VAGA

EDITAL Nº 001/2016 1 DO CURSO, MODALIDADE,DURAÇÃO EM SEMESTRES,ATOSAUTORIZATIVOS,VAGA Vestibular 2016.1 EDITAL Nº 001/2016 A Diretora da Faculdade Afonso Mafrense (FAM), no uso de suas atribuições legais e regimentais, baseada no Regimento Geral da FAM, após aprovar o curso e respectivas

Leia mais

ESCOLA SUPERIOR DOM HELDER CÂMARA Curso de Direito Graduação Edital Processo Seletivo 2015/1

ESCOLA SUPERIOR DOM HELDER CÂMARA Curso de Direito Graduação Edital Processo Seletivo 2015/1 ESCOLA SUPERIOR DOM HELDER CÂMARA Curso de Direito Graduação Edital Processo Seletivo 2015/1 O Curso de Direito Graduação, da Escola Superior Dom Helder Câmara foi autorizado pelo MEC, Portaria nº 2.161,

Leia mais

Universidade Federal Fluminense Escola de Engenharia Industrial Metalúrgica de Volta Redonda Programa de Pós-Graduação em Engenharia de Produção

Universidade Federal Fluminense Escola de Engenharia Industrial Metalúrgica de Volta Redonda Programa de Pós-Graduação em Engenharia de Produção EDITAL PROCESSO SELETIVO DE CANDIDATOS PARA INGRESSO NO MESTRADO PROFISSIONAL EM ENGENHARIA DE PRODUÇÃO NO PROGRAMA DE PÓS- GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA DE PRODUÇÃO DE VOLTA REDONDA A coordenação do Programa

Leia mais

EDITAL DO PROCESSO SELETIVO 2016 2º SEMESTRE EDUCAÇÃO FÍSICA LICENCIATURA EDUCAÇÃO FÍSICA BACHARELADO FISIOTERAPIA

EDITAL DO PROCESSO SELETIVO 2016 2º SEMESTRE EDUCAÇÃO FÍSICA LICENCIATURA EDUCAÇÃO FÍSICA BACHARELADO FISIOTERAPIA EDITAL DO PROCESSO SELETIVO 2016 2º SEMESTRE EDUCAÇÃO FÍSICA LICENCIATURA EDUCAÇÃO FÍSICA BACHARELADO FISIOTERAPIA O Diretor Geral da Faculdade do Clube Náutico Mogiano, com sede na cidade de Mogi das

Leia mais

Assistência Estudantil da UNICAMP Serviço de Apoio ao Estudante

Assistência Estudantil da UNICAMP Serviço de Apoio ao Estudante Assistência Estudantil da UNICAMP Serviço de Apoio ao Estudante Tire suas dúvidas 1. O que é o Programa de bolsas auxílio da Unicamp? R: É um conjunto de auxílios que a Unicamp destina à assistência estudantil,

Leia mais

INSTRUÇÃO DE SERVIÇO PREG Nº 01, DE 06 DE JANEIRO DE 2015.

INSTRUÇÃO DE SERVIÇO PREG Nº 01, DE 06 DE JANEIRO DE 2015. INSTRUÇÃO DE SERVIÇO PREG Nº 01, DE 06 DE JANEIRO DE 2015. A CHEFE DA COORDENADORIA DE APOIO À FORMAÇÃO DE PROFESSORES, no exercício do cargo de Pró-reitora de Ensino de Graduação da Fundação Universidade

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE PRÓ REITORIA DE GRADUAÇÃO COLÉGIO UNIVERSITÁRIO GERALDO REIS EDITAL Nº 002/ 2015

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE PRÓ REITORIA DE GRADUAÇÃO COLÉGIO UNIVERSITÁRIO GERALDO REIS EDITAL Nº 002/ 2015 SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE PRÓ REITORIA DE GRADUAÇÃO COLÉGIO UNIVERSITÁRIO GERALDO REIS EDITAL Nº 002/ 2015 SORTEIO PARA ADMISSÃO DE ALUNOS AO COLÉGIO UNIVERSITÁRIO GERALDO

Leia mais

EDITAL Nº 01/2015 PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO DO IFPR CAMPUS PITANGA

EDITAL Nº 01/2015 PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO DO IFPR CAMPUS PITANGA EDITAL Nº 01/2015 PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO DO IFPR CAMPUS PITANGA O INSTITUTO FEDERAL DO PARANÁ IFPR, no uso de suas atribuições, torna público o presente Edital com normas que regem o Processo simplificado

Leia mais

PROCESSO SELETIVO PARA ACESSO AOS CURSOS DE APRENDIZAGEM INDUSTRIAL TÉCNICA DE NÍVEL MÉDIO DO SENAI BAHIA Processo Seletivo 2015.2

PROCESSO SELETIVO PARA ACESSO AOS CURSOS DE APRENDIZAGEM INDUSTRIAL TÉCNICA DE NÍVEL MÉDIO DO SENAI BAHIA Processo Seletivo 2015.2 PROCESSO SELETIVO PARA ACESSO AOS CURSOS DE APRENDIZAGEM INDUSTRIAL TÉCNICA DE NÍVEL MÉDIO DO SENAI BAHIA Processo Seletivo 2015.2 O Diretor Regional do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial Departamento

Leia mais

EDITAL DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO RELAÇÕES INTERNACIONAIS EAD 2º Semestre de 2016

EDITAL DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO RELAÇÕES INTERNACIONAIS EAD 2º Semestre de 2016 EDITAL DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO RELAÇÕES INTERNACIONAIS EAD 2º Semestre de 2016 As FACULDADES INTEGRADAS RIO BRANCO, na forma regimental torna público o presente Edital, estabelecendo as normas para inscrição

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE GOIÁS REITORIA

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE GOIÁS REITORIA MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE GOIÁS REITORIA EDITAL PARA A SELEÇÃO DE TUTORES PRESENCIAIS PARA OS CURSOS TÉCNICOS DO PROGRAMA E-TEC BRASIL

Leia mais

EDITAL Nº 02/2011 PROCESSO DE SELEÇÃO

EDITAL Nº 02/2011 PROCESSO DE SELEÇÃO FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO TOCANTINS PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO (LATO SENSU) MBA EM AGRONEGÓCIO EDITAL Nº 02/2011 PROCESSO DE SELEÇÃO A Fundação Universidade

Leia mais

EDITAL DO PROCESSO SELETIVO CONTINUADO 1º SEMESTRE 2016

EDITAL DO PROCESSO SELETIVO CONTINUADO 1º SEMESTRE 2016 EDITAL DO PROCESSO SELETIVO CONTINUADO 1º SEMESTRE 2016 O Diretor da Faculdade Victor Hugo, no uso de suas atribuições legais e em conformidade com O 3º do art. 32 da PN nº 40/2007, torna público que se

Leia mais

PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE SÃO PAULO PUC-SP Programa de Estudos Pós-Graduados em Educação: Currículo

PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE SÃO PAULO PUC-SP Programa de Estudos Pós-Graduados em Educação: Currículo EDITAL PARA O PROCESSO SELETIVO 2º/2015 Coordenadora: Profa. Dra. Branca Jurema Ponce Vice-Coordenadora: Profa. Dra. Marina Graziela Feldmann Estarão abertas, no período de 01/04/2015 a 24/04/2015, as

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE SANTA CATARINA DEPÁRTAMENTO DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA PROGRAMA ESCOLA TÉCNICA ABERTA DO BRASIL

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE SANTA CATARINA DEPÁRTAMENTO DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA PROGRAMA ESCOLA TÉCNICA ABERTA DO BRASIL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE SANTA CATARINA DEPÁRTAMENTO DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA PROGRAMA ESCOLA TÉCNICA ABERTA DO BRASIL PROCESSO SELETIVO nº. 27/2015/DEAD EDITAL PARA SELEÇÃO DE PROFESSOR

Leia mais

PROCESSO SELETIVO 1º Sem/2016 Graduação Presencial

PROCESSO SELETIVO 1º Sem/2016 Graduação Presencial PROCESSO SELETIVO 1º Sem/2016 Graduação Presencial Manual do Candidato Ingresso Via ENEM A Faculdade São Sebastião, atendendo a Portaria Normativa MEC n o 40, de 12.12.2007, resolve promover Processo Seletivo

Leia mais

CENTRO UNIVERSITÁRIO LUTERANO DE JI-PARANÁ Reconhecido pela Portaria Ministerial nº 3.950, de 30/12/02, D.O.U. 31/12/02, Seção 1, p. 31.

CENTRO UNIVERSITÁRIO LUTERANO DE JI-PARANÁ Reconhecido pela Portaria Ministerial nº 3.950, de 30/12/02, D.O.U. 31/12/02, Seção 1, p. 31. CENTRO UNIVERSITÁRIO LUTERANO DE JI-PARANÁ Reconhecido pela Portaria Ministerial nº 3.950, de 30/12/02, D.O.U. 31/12/02, Seção 1, p. 31. ATO EDITAL Nº 02/2013 (Resolução CEPE n 16, de 03 de setembro de

Leia mais

EDITAL PROCESSO SELETIVO TRADICIONAL 2016/1 AGENDADO

EDITAL PROCESSO SELETIVO TRADICIONAL 2016/1 AGENDADO EDITAL PROCESSO SELETIVO TRADICIONAL 2016/1 AGENDADO 1. O (a) Diretor (a) do (a) Faculdade Cenecista de Vila Velha FACEVV, com sede no município Vila Velha/ES, torna público, na forma regimental e em consonância

Leia mais

EDITAL N.º 01/2015 PROCESSO SELETIVO PARA CONCESSÃO DE BOLSA DE ESTUDOS PARA O ANO LETIVO DE

EDITAL N.º 01/2015 PROCESSO SELETIVO PARA CONCESSÃO DE BOLSA DE ESTUDOS PARA O ANO LETIVO DE EDITAL N.º 01/2015 PROCESSO SELETIVO PARA CONCESSÃO DE BOLSA DE ESTUDOS PARA O ANO LETIVO DE 2015 (Em conformidade com a Lei nº 12.101/2009, Lei nº 12.868/2013 e Decreto nº 8.242/2014) A Associação Antônio

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE SANTA CATARINA DEPARTAMENTO DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE SANTA CATARINA DEPARTAMENTO DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA PROCESSO SELETIVO nº33/2014/dead/2014/dead EDITAL PARA SELEÇÃO DE PROFESSOR ORIENTADOR DEAD RETIFICADO A Reitora do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Santa Catarina (IFSC), no uso

Leia mais

FACULDADE CDL. Edital do Primeiro Concurso Vestibular 2016.2

FACULDADE CDL. Edital do Primeiro Concurso Vestibular 2016.2 FACULDADE CDL Credenciada pela Portaria MEC n o 354 de 14 de março de 2008; D.O.U. nº 53, de 18/03/2008. Edital do Primeiro Concurso Vestibular 2016.2 O Diretor Geral da Faculdade CDL, no uso de suas atribuições

Leia mais

FACULDADE DE ENGENHARIA DE SOROCABA FACENS EDITAL DO PROCESSO SELETIVO / 1º SEMESTRE DE 2015

FACULDADE DE ENGENHARIA DE SOROCABA FACENS EDITAL DO PROCESSO SELETIVO / 1º SEMESTRE DE 2015 1 DA ABERTURA FACULDADE DE ENGENHARIA DE SOROCABA FACENS EDITAL DO PROCESSO SELETIVO / 1º SEMESTRE DE 2015 O Diretor da Faculdade de Engenharia de Sorocaba FACENS, mantida pela Associação Cultural de Renovação

Leia mais

PROCESSO SELETIVO ENEM 2015.2 EDITAL Nº 02

PROCESSO SELETIVO ENEM 2015.2 EDITAL Nº 02 PROCESSO SELETIVO ENEM 2015.2 EDITAL Nº 02 SUMÁRIO 1. Da Validade... 3 2. Das Inscrições... 4 3. Do Calendário... 4 4. Da Avaliação... 5 5. Da Matrícula... 5 6. Das Disposições Finais... 6 Edital nº 02

Leia mais

Ministério da Saúde FIOCRUZ Fundação Oswaldo Cruz Instituto Oswaldo Cruz

Ministério da Saúde FIOCRUZ Fundação Oswaldo Cruz Instituto Oswaldo Cruz Programa de Pós-Graduação Stricto sensu em Biologia Computacional e Sistemas CHAMADA DE SELEÇÃO PÚBLICA de Candidatos ao Programa de Pós-Graduação Stricto sensu em Biologia Computacional e Sistemas em

Leia mais

EDITAL Nº. 16/2015. Prova em 17/10/2015 Período de Inscrição: De 15 de Setembro de 2015 a 14 de Outubro de 2015

EDITAL Nº. 16/2015. Prova em 17/10/2015 Período de Inscrição: De 15 de Setembro de 2015 a 14 de Outubro de 2015 EDITAL Nº. 16/2015 PROCESSO SELETIVO 2016/1 CURSOS DE ARQUITETURA E URBANISMO, DIREITO, ENGENHARIA CIVIL, ENGENHARIA ELÉTRICA, ENGENHARIA MECÂNICA, PSICOLOGIA O Diretor Superintendente da Faculdade Alves

Leia mais

Número máximo de alunos por turma. Curso/Habilitação/ Modalidade. Total de Vagas. Local de Funcionamento. Legislação do curso.

Número máximo de alunos por turma. Curso/Habilitação/ Modalidade. Total de Vagas. Local de Funcionamento. Legislação do curso. De acordo com a Lei nº 9.394 de 20/12/96 e o Regimento Geral, a Reitora da Universidade Salvador - UNIFACS, no uso de suas atribuições, torna pública a abertura das inscrições do Processo Seletivo UNIFACS

Leia mais

SELEÇÃO PARA ENTRADA NO PRIMEIRO SEMESTRE LETIVO DE 2013

SELEÇÃO PARA ENTRADA NO PRIMEIRO SEMESTRE LETIVO DE 2013 AGENDA MUDANÇA INTERNA DE CURSO SELEÇÃO PARA ENTRADA NO PRIMEIRO SEMESTRE LETIVO DE 2013 28 a 31/1/2013 Período de inscrição - Internet 1º/2/203 Último dia para o candidato entregar seu Currículo à PRG

Leia mais

PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE SÃO PAULO PUC-SP Programa de Estudos Pós-Graduados em Educação Matemática

PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE SÃO PAULO PUC-SP Programa de Estudos Pós-Graduados em Educação Matemática EDITAL PARA O PROCESSO SELETIVO 1º/2015 Coordenador: Prof. Dr. Saddo Ag Almouloud Vice-Coordenadora: Profa. Dra. Barbara Lutaif Bianchini Estarão abertas, no período de 01/10/2014 a 24/10/2014, as inscrições

Leia mais

EDITAL DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO EM PSICOPEDAGOGIA INSTITUCIONAL EAD 2º Semestre de 2016

EDITAL DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO EM PSICOPEDAGOGIA INSTITUCIONAL EAD 2º Semestre de 2016 EDITAL DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO EM PSICOPEDAGOGIA INSTITUCIONAL EAD 2º Semestre de 2016 As FACULDADES INTEGRADAS RIO BRANCO, na forma regimental torna público o presente Edital, estabelecendo as normas

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE SANTA CATARINA DEPARTAMENTO DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE SANTA CATARINA DEPARTAMENTO DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE SANTA CATARINA DEPARTAMENTO DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA PROCESSO SELETIVO nº. 03/2014/DEAD EDITAL PARA SELEÇÃO DE TUTOR A DISTÂNCIA A Reitora do Instituto Federal

Leia mais

DIVULGAÇÃO DAS NORMAS DO PROCESSO SELETIVO

DIVULGAÇÃO DAS NORMAS DO PROCESSO SELETIVO Edital UNDB Nº 13/2015 Processo Seletivo para Ingresso por Transferência Externa e Graduado DIVULGAÇÃO DAS NORMAS DO PROCESSO SELETIVO A Unidade de Ensino Superior Dom Bosco - UNDB, por meio da Diretoria

Leia mais

EDITAL Nº 097/2015 PROCESSO SELETIVO PARA O PROGRAMA DE PARCELAMENTO ESTUDANTIL SENAC 2º PROCESSO DE SELEÇÃO

EDITAL Nº 097/2015 PROCESSO SELETIVO PARA O PROGRAMA DE PARCELAMENTO ESTUDANTIL SENAC 2º PROCESSO DE SELEÇÃO EDITAL Nº 097/2015 PROCESSO SELETIVO PARA O PROGRAMA DE PARCELAMENTO ESTUDANTIL SENAC 2º PROCESSO DE SELEÇÃO O Reitor do Centro Universitário Senac, no uso de suas atribuições legais, torna pública a abertura

Leia mais

EDITAL DE ABERTURA DAS INSCRIÇÕES DO PROCESSO SELETIVO. EDITAL CAFPS N o 522/2015. Processo Seletivo Especial 2016-1 - EaD

EDITAL DE ABERTURA DAS INSCRIÇÕES DO PROCESSO SELETIVO. EDITAL CAFPS N o 522/2015. Processo Seletivo Especial 2016-1 - EaD EDITAL DE ABERTURA DAS INSCRIÇÕES DO PROCESSO SELETIVO EDITAL CAFPS N o 522/2015 Processo Seletivo Especial 2016-1 - EaD A Comissão de Aplicação e Fiscalização do Processo Seletivo - CAFPS faz saber aos

Leia mais

b) Candidatos Classificados em Cursos cujas vagas já tenham sido todas preenchidas poderão fazer a REOPÇÃO DE CURSO.

b) Candidatos Classificados em Cursos cujas vagas já tenham sido todas preenchidas poderão fazer a REOPÇÃO DE CURSO. A Direção da Faculdade SATC, mantida pela Associação Beneficente da Indústria Carbonífera de Santa Catarina - SATC, credenciada pela Portaria Ministerial n. 3.556 de 26/11/2003, publicada no D.O.U., em

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO DE JANEIRO CENTRO DE FILOSOFIA E CIÊNCIAS HUMANAS COLÉGIO DE APLICAÇÃO. EDITAL Nº 238 - ADMISSÃO DE ALUNOS AO CAp 2016

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO DE JANEIRO CENTRO DE FILOSOFIA E CIÊNCIAS HUMANAS COLÉGIO DE APLICAÇÃO. EDITAL Nº 238 - ADMISSÃO DE ALUNOS AO CAp 2016 UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO DE JANEIRO CENTRO DE FILOSOFIA E CIÊNCIAS HUMANAS COLÉGIO DE APLICAÇÃO EDITAL Nº 238 - ADMISSÃO DE ALUNOS AO CAp 2016 A Diretora do Colégio de Aplicação da UFRJ, no uso de suas

Leia mais

INFORMAÇÕES REFERENTES AOS CURSOS

INFORMAÇÕES REFERENTES AOS CURSOS De acordo com a Lei nº 9.394 de 20/12/96 e o Regimento Geral, a Reitora da Universidade Salvador - UNIFACS, no uso de suas atribuições, torna pública a abertura das inscrições do Processo Seletivo Tradicional

Leia mais

EDITAL referente à concessão de bolsa filantrópica 01/2016

EDITAL referente à concessão de bolsa filantrópica 01/2016 EDITAL referente à concessão de bolsa filantrópica 01/2016 Edital de seleção bolsas de estudo para o ensino superior com recursos decorrentes da condição de Entidade Filantrópica conforme disposições da

Leia mais

SOCIEDADE CIVIL ESPÍRITO SANTO

SOCIEDADE CIVIL ESPÍRITO SANTO EDITAL PARA O PROCESSO DE INSCRIÇÃO/ADMISSÃO DE ALUNOS PARA ATIVIDADES EXTRACURRICULARES NO COLÉGIO SANTA MARIA/2016. A Diretoria Geral da e a Diretoria Geral do Colégio Santa Maria estabelecem as normas

Leia mais

PROCESSO SELETIVO DE NOVOS ALUNOS EDITAL DO CURSO DE MEDICINA/2010

PROCESSO SELETIVO DE NOVOS ALUNOS EDITAL DO CURSO DE MEDICINA/2010 PROCESSO SELETIVO DE NOVOS ALUNOS EDITAL DO CURSO DE MEDICINA/2010 De conformidade com o disposto no inciso II do Art. nº 44 da Lei n.º 9.394 de 20/12/96, com o Parecer CNE nº 98 de 06/07/99, com a Portaria

Leia mais

EDITAL Nº 01/2014 EDITAL Nº 01/2014 DO PROCESSO SELETIVO DA FACULDADE DE TECNOLOGIA SENAI CUIABÁ INGRESSO EM 2015/1

EDITAL Nº 01/2014 EDITAL Nº 01/2014 DO PROCESSO SELETIVO DA FACULDADE DE TECNOLOGIA SENAI CUIABÁ INGRESSO EM 2015/1 CUIABÁ CUIABÁ CUIABÁ CUIABÁ UNIDADE PARCELAS MENSALIDADE (R$) TURNO VAGAS DURAÇÃO DO CURSO EDITAL Nº 01/2014 EDITAL Nº 01/2014 DO PROCESSO SELETIVO DA FACULDADE DE TECNOLOGIA SENAI CUIABÁ INGRESSO EM 2015/1

Leia mais

MEDIO INTEGRAL - AQUARIUS 23/11

MEDIO INTEGRAL - AQUARIUS 23/11 PROCESSO SELETIVO MEDIO INTEGRAL - AQUARIUS 23/11 PROVA Unidade Aquarius 2 Seleção Ensino Médio Integral 2015 Colégios Univap Unidade Aquarius EDITAL A Fundação Valeparaibana de Ensino - FVE torna pública

Leia mais

EMPRESA BRASILEIRA DE CORREIOS E TELÉGRAFOS PROCESSO PARA SELEÇÃO DE ESTAGIÁRIOS DE NÍVEL MÉDIO EDITAL Nº E 143/2015

EMPRESA BRASILEIRA DE CORREIOS E TELÉGRAFOS PROCESSO PARA SELEÇÃO DE ESTAGIÁRIOS DE NÍVEL MÉDIO EDITAL Nº E 143/2015 EMPRESA BRASILEIRA DE CORREIOS E TELÉGRAFOS PROCESSO PARA SELEÇÃO DE ESTAGIÁRIOS DE NÍVEL MÉDIO EDITAL Nº E 143/2015 A Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos, empresa pública federal, criada pelo

Leia mais

EDITAL DO PROGRAMA DE BOLSAS DE ESTUDOS ANO LETIVO DE 2012. (Em conformidade com a Lei 12.101/2009 e o Decreto 7237/2010)

EDITAL DO PROGRAMA DE BOLSAS DE ESTUDOS ANO LETIVO DE 2012. (Em conformidade com a Lei 12.101/2009 e o Decreto 7237/2010) EDITAL DO PROGRAMA DE BOLSAS DE ESTUDOS ANO LETIVO DE 2012 (Em conformidade com a Lei 12.101/2009 e o Decreto 7237/2010) A Associação Beneficente e Educacional de 1858 é uma instituição que atua na educação

Leia mais

2. Dos Cursos da UNISA, Turnos, Duração, Vagas, Locais de Funcionamento, Número de Alunos por Turma, Atos de Legalização e Modalidade de Ensino

2. Dos Cursos da UNISA, Turnos, Duração, Vagas, Locais de Funcionamento, Número de Alunos por Turma, Atos de Legalização e Modalidade de Ensino EDITAL DO PROCESSO SELETIVO DE INGRESSO AOS CURSOS PRESENCIAIS E SEMIPRESENCIAIS DE GRADUAÇÃO/HABILITAÇÕES/MODALIDADES E GRADUAÇÃO TECNOLÓGICA, DA UNIVERSIDADE DE SANTO AMARO 2009 - TURMAS DE AGOSTO -

Leia mais

INFORMAÇÕES REFERENTES AOS CURSOS

INFORMAÇÕES REFERENTES AOS CURSOS De acordo com a Lei nº 9.394 de 20/12/96 e o Regimento Geral, a Reitora da Universidade Salvador - UNIFACS, no uso de suas atribuições, torna pública a abertura das inscrições do Processo Seletivo Tradicional

Leia mais

EDITAL DO PROCESSO DE VAGAS REMANESCENTES DO PROUNI 2010

EDITAL DO PROCESSO DE VAGAS REMANESCENTES DO PROUNI 2010 EDITAL DO PROCESSO DE VAGAS REMANESCENTES DO PROUNI 2010 O Diretor Acadêmico da FACINTER Faculdade Internacional de Curitiba e FATEC INTERNACIONAL Faculdade de Tecnologia Internacional, no uso de suas

Leia mais

EDITAL PARA ESTAGIÁRIOS BOLSISTAS ACC PERÍODO DE 04/09/2014 A 30 /07/ 2015

EDITAL PARA ESTAGIÁRIOS BOLSISTAS ACC PERÍODO DE 04/09/2014 A 30 /07/ 2015 EDITAL PARA ESTAGIÁRIOS BOLSISTAS ACC PERÍODO DE 04/09/2014 A 30 /07/ 2015 A pró-reitora do UniCEUB, no uso de suas atribuições legais e estatutárias, torna público que as inscrições para o processo seletivo

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO ACRE - Ufac PRÓ-REITORIA DE ASSUNTOS ESTUDANTIS - Proaes DIRETORIA DE APOIO ESTUDANTIL - DAE

UNIVERSIDADE FEDERAL DO ACRE - Ufac PRÓ-REITORIA DE ASSUNTOS ESTUDANTIS - Proaes DIRETORIA DE APOIO ESTUDANTIL - DAE UNIVERSIDADE FEDERAL DO ACRE - Ufac PRÓ-REITORIA DE ASSUNTOS ESTUDANTIS - Proaes DIRETORIA DE APOIO ESTUDANTIL - DAE EDITAL Nº 22/2016 Proaes DAE PROGRAMA DE ASSISTÊNCIA ESTUDANTIL BOLSA Pró-Inclusão 2016

Leia mais

E D I T A L Nº 003/2010 ARTIGO 170

E D I T A L Nº 003/2010 ARTIGO 170 E D I T A L Nº 003/2010 ARTIGO 170 Estabelece normas e critérios do processo seletivo aos alunos desta IES para bolsas de estudo e bolsas de pesquisa, instituída pela lei complementar nº. 281/05, que regulamenta

Leia mais

Edital 009/16 DAC Apucarana, 02 de maio de 2016. EDITAL

Edital 009/16 DAC Apucarana, 02 de maio de 2016. EDITAL Edital 009/16 DAC Apucarana, 02 de maio de 2016. A Direção Acadêmica da Faculdade de Apucarana - FAP, no uso de suas competências e demais disposições legais, aprova e torna público o seguinte EDITAL 1.

Leia mais

AUDITORIA E GESTÃO AMBIENTAL

AUDITORIA E GESTÃO AMBIENTAL FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO TOCANTINS - UFT PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO MBA EM PERICIA, AUDITORIA E GESTÃO AMBIENTAL EDITAL nº 1/2014 PROCESSO DE SELEÇÃO A Fundação Universidade Federal

Leia mais

Total de Vagas. Autorizado pela Resolução CONSUNI, nº 05/2012 de 13.07.2012 Autorizado pela Resolução CONSUNI, nº 05/2012 de 13.07.

Total de Vagas. Autorizado pela Resolução CONSUNI, nº 05/2012 de 13.07.2012 Autorizado pela Resolução CONSUNI, nº 05/2012 de 13.07. De acordo com a Lei nº 9.394 de 20/12/96 e o Regimento Geral, a Reitora da Universidade Salvador - UNIFACS, no uso de suas atribuições, torna pública a abertura das inscrições do Processo Seletivo Agendado

Leia mais

Vestibular 2015.2. Edital. Universidade Severino Sombra USS

Vestibular 2015.2. Edital. Universidade Severino Sombra USS Edital Universidade Severino Sombra USS Vestibular 2015.2 O Reitor da Universidade Severino Sombra, entidade integrante do Programa Universidade para Todos (ProUni) e do Fundo de Financiamento ao Estudante

Leia mais

EDITAL DO PROCESSO SELETIVO 1 SEMESTRE DE 2016 FACULDADE ÚNICA DE IPATINGA

EDITAL DO PROCESSO SELETIVO 1 SEMESTRE DE 2016 FACULDADE ÚNICA DE IPATINGA EDITAL DO PROCESSO SELETIVO 1 SEMESTRE DE 2016 FACULDADE ÚNICA DE IPATINGA COMISSÃO ORGANIZADORA Eliane Assis Neves Júlio César Alvim Marquione Gomes Raquel Munis Suelen Gomes 2 SUMÁRIO 1 CURSOS OFERECIDOS

Leia mais

EDITAL DO PROCESSO SELETIVO -2014.1-

EDITAL DO PROCESSO SELETIVO -2014.1- A Universidade Castelo Branco torna público o presente Edital com normas, rotinas e procedimentos relativos ao Processo Seletivo para ingresso no 1º semestre de 2014 nos Cursos de Graduação, na modalidade

Leia mais

EDITAL N.º 138/2012 TESTE DE PROFICIÊNCIA EM LÍNGUA INGLESA - 1º SEMESTRE/2012

EDITAL N.º 138/2012 TESTE DE PROFICIÊNCIA EM LÍNGUA INGLESA - 1º SEMESTRE/2012 EDITAL N.º 138/2012 TESTE DE PROFICIÊNCIA EM LÍNGUA INGLESA - 1º SEMESTRE/2012 A REITORA DA UNIVERSIDADE FEDERAL DO PAMPA, no uso de suas atribuições legais e estatutárias torna público para conhecimento

Leia mais

PROCESSO SELETIVO ENEM 2015.1 EDITAL Nº 09

PROCESSO SELETIVO ENEM 2015.1 EDITAL Nº 09 PROCESSO SELETIVO ENEM 2015.1 EDITAL Nº 09 SUMÁRIO 1. Da Validade... 3 2. Das Inscrições... 4 3. Do Calendário... 4 4. Da Avaliação... 5 5. Da Matrícula... 5 6. Das Disposições Finais... 6 Edital nº 09

Leia mais

EDITAL VESTIBULAR SOCIAL 2015.2

EDITAL VESTIBULAR SOCIAL 2015.2 UNIABEU CENTRO UNIVERSITÁRIO EDITAL VESTIBULAR SOCIAL 2015.2 O Reitor do UNIABEU - Centro Universitário torna pública a abertura de inscrições para o Processo Seletivo Social, para o 2º semestre de 2015,

Leia mais

EDITAL 001/2012 PROCESSO DE SELEÇÃO

EDITAL 001/2012 PROCESSO DE SELEÇÃO EDITAL 001/2012 PROCESSO DE SELEÇÃO A Universidade Federal do Tocantins UFT, por meio da Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós- Graduação PROPESQ,, torna público que estarão abertas as inscrições para seleção

Leia mais

FACULDADE CESUMAR DE CURITIBA EDITAL Nº 01/2016, de 15 de janeiro de 2016.

FACULDADE CESUMAR DE CURITIBA EDITAL Nº 01/2016, de 15 de janeiro de 2016. FACULDADE CESUMAR DE CURITIBA EDITAL Nº 01/2016, de 15 de janeiro de 2016. NORMAS DO PROCESSO SELETIVO AGENDADO PARA INGRESSO NA FACULDADE CESUMAR DE CURITIBA EM 2016. A Direção da Faculdade Cesumar de

Leia mais

PROCESSO SELETIVO 2º Sem/2014 Graduação Presencial Manual do Candidato Ingresso Via ENEM

PROCESSO SELETIVO 2º Sem/2014 Graduação Presencial Manual do Candidato Ingresso Via ENEM PROCESSO SELETIVO 2º Sem/2014 Graduação Presencial Manual do Candidato Ingresso Via ENEM A Universidade Cidade de São Paulo UNICID, atendendo a Portaria Normativa MEC n o 40, de 12.12.2007, resolve promover

Leia mais