Relatório Agregador do Banco de Dados

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Relatório Agregador do Banco de Dados"

Transcrição

1 Relatório Agregador do Banco de Dados APL Moveleiro da Serra (Bento Gonçalves) N empresas visitadas: 60 Resíduos gerados: 495 Código FEPAM de Resíduos Acumuladores de energia (baterias, pilhas, assemelhados) Pilhas e baterias (manutenção) 0,3 Kg SCA nd. De Móveis LDTA Acumuladores de energia (baterias, Acumuladores de energia (baterias, pilhas, assemelhados) pilhas e assemelhados) 198 Kg Treboll Móveis Acumuladores de energia (baterias, Acumuladores de energia (pilhas, pilhas, assemelhados) baterias e asemelhados) 9.64 Tramontina S.A. Cutelaria Acumuladores de energia (baterias, Acumuladores de energia (baterias, ndustria de móveis pilhas, assemelhados) pilhas, assemelhados) Acumuladores de energia (baterias, Acumuladores de energia (pilhas, MRANT MOVES PARA 5 pilhas, assemelhados) baterias e asemelhados) ESCRTORO Aparas, retalhos de couro atanado Retalhos de couro atanado Kg Tramontina S.A. Cutelaria Areia de fundição não fenólica ndustria de móveis Areia de fundição não fenólica 0 T Borra de retífica Lodo perigoso de retifica 1,2 m3 Tramontina S.A. Cutelaria Borra de retífica Borra de retífica ndustria de móveis Agência de Desenvolvimento e Promoção do nvestimento Aitorquia Especial ligada à secretaria de desenvolvimento e Promoção do nvestimento

2 Código FEPAM de Resíduos Borra oleosa da petroquímica Graxas (manutenção) 1 Kg SCA nd. De Móveis LDTA Cinzas de caldeira Resíduo de cinzas da caldeira 31,48 T Tramontina S.A. Cutelaria Cinzas de caldeira Cinzas de caldeira Kg Treboll Móveis ndustria de móveis Cinzas de caldeira Cinzas de caldeira Embalagens metálicas (latas vazias Embalagens metálicas (vazias não 2 Quiditá Móveis não contaminadas) contaminadas) Embalagens metálicas (latas vazias Embalagens metálicas (latas vazias 20 Kg não contaminadas) não contaminadas) TEMPO NOVO Embalagens metálicas (latas vazias Embalagens metálicas (latas vazias 0 T NDUSTRA MOVELERA não contaminadas) não contaminadas) Embalagens metálicas (latas vazias Embalagens metálicas (latas vazias ndustria de móveis não contaminadas) não contaminadas) MULTMOVES Embalagens metálicas (latas vazias Embalagens metálicas (latas vazias 0,5 T NDUSTRA DE MOVES não contaminadas) não contaminadas) Embalagens metálicas (latas vazias Embalagens metálicas (latas vazias Mdad ndústria de 66 não contaminadas) não contaminadas) Madeiras Embalagens metálicas (latas vazias Madeluguer nd e Com Latas (embalagens metálicas) 87,5 Kg não contaminadas) Embalagens metálicas (latas vazias Embalagens metálicas (vazias não Estofados Pirâmides 0,03 T não contaminadas) contaminadas) Embalagens aerossol (manutenção) 22 un SCA nd. De Móveis LDTA Embalagens de óleo lubrificante 2 un SCA nd. De Móveis LDTA (manutenção) Embalagens de tinta 66 un SCA nd. De Móveis LDTA Embalagens de cola 0,5 un SCA nd. De Móveis LDTA Latas de cola P.U.R. (de coladeiras e 33 Kg SCA nd. De Móveis LDTA esquadrabordos) PREVLEGE ND E COM latas de tinta, do processo de pintura 144 un DE MOVES Bombona plástica contaminada 252 un Tramontina S.A. Cutelaria 0,23 T Tramontina S.A. Cutelaria 5 un GREBEL MOVES Lata de tinta de 18 litros LMTADA Todeschini SA ndústria e Embalagens de tinta 7,1 m3 Open Design Móveis e Latas de cola 1 decoração ndustria de móveis D & A DESGN EM Embalagem retornável de cola 2 un MOVES - EPP VERSATLL MOVES Latas de cola - lata de 3,6 l 3 un - ME VERSATLL MOVES Lata de tinta - lata de 18 l 2 un - ME 1,4 m3 COMPONENTES PARA MOVES - EPP 11 un Dim nd de Móveis 47 un Dim nd de Móveis Latas com borra tinta 3 nd. E com. De móveis Agência de Desenvolvimento e Promoção do nvestimento Aitorquia Especial ligada à secretaria de desenvolvimento e Promoção do nvestimento

3 Brandise ME Todeschini SA ndústria e 11 Todeschini SA ndústria e 42,6 Kg Equipamentos contendo bifenilas Equipamentos contendo bifenilas ndustria de móveis policloradas policloradas - PCB's transformadores Escória de fundição ndustria de móveis Escória de fundição Lâmpadas fluorescentes (vapor de Lâmpadas fluorescentes 6 un SCA nd. De Móveis LDTA Lâmpadas fluorescentes (vapor de Open Design Móveis e Lâmpadas fluorescentes 2 un decoração Lâmpadas fluorescentes (vapor de MOTVA NDUSTRA DE Lâmpadas fluorescentes 4 un MOVES Lâmpadas fluorescentes (vapor de Lâmpadas fluorescentes 17 COMPONENTES PARA MOVES - EPP Lâmpadas fluorescentes (vapor de Madeluguer nd e Com Lâmpadas fluorescentes 1 Lâmpadas fluorescentes (vapor de nd. E com. De móveis Lâmpadas fluorescentes 15 un Brandise ME Lâmpadas fluorescentes (vapor de Lâmpadas fluorescentes quebradas 94 Kg Tramontina S.A. Cutelaria Lâmpadas fluorescentes (vapor de Lâmpadas fluorescentes 9.14 Tramontina S.A. Cutelaria Lâmpadas fluorescentes (vapor de Lâmpadas fluorescentes (vapor de 105 un Treboll Móveis Lâmpadas fluorescentes (vapor de Lâmpadas fluorescentes (vapor de Di Fratelli ndústria de 12 un Móveis Lâmpadas fluorescentes (vapor de Lâmpadas fluorescentes (vapor de 1 Lâmpadas fluorescentes (vapor de Lâmpadas fluorescentes (vapor de GREBEL MOVES 1 LMTADA PRMA DESGN Lâmpadas fluorescentes (vapor de Lâmpadas fluorescentes 1 NDUSTRA DE MOVES Lâmpadas fluorescentes (vapor de Lâmpadas fluorescentes 4 Lâmpadas fluorescentes (vapor de Lâmpadas fluorescentes (vapor de ndustria de móveis 49 MULTMOVES Lâmpadas fluorescentes (vapor de Lâmpadas fluorescentes 1 NDUSTRA DE MOVES Lâmpadas fluorescentes (vapor de MRANT MOVES PARA Lâmpadas fluorescentes 1 ESCRTORO Lâmpadas fluorescentes (vapor de D & A DESGN EM Lâmpadas fluorescentes MOVES - EPP Lâmpadas fluorescentes (vapor de BENTO MAQUNAS Lâmpadas fluorescentes 6 un Lâmpadas fluorescentes (vapor de VERSATLL MOVES Lâmpadas fluorescentes 2 un - ME Lâmpadas fluorescentes (vapor de Heitor ndústria de Móveis Lâmpadas fluorescentes 3 Lâmpadas fluorescentes (vapor de MOVELFAR NDUSTRA Lâmpadas fluorescentes 8 un DE MOVES - EPP Lâmpadas fluorescentes (vapor de Fabricação de móveis Lâmpadas fluorescentes 2 un Estação Lâmpadas fluorescentes (vapor de Lâmpadas fluorescentes 4 un Dim nd de Móveis Lâmpadas fluorescentes (vapor de Lâmpadas Fluorescentes (Vapor ou mercúrio) 3 un Quiditá Móveis Lâmpadas fluorescentes (vapor de Lâmpadas fluorescentes 2 un Estofados Bellagio Lâmpadas fluorescentes (vapor de Todeschini SA ndústria e 432 un Lodo de ETE de galvanoplastia Lodo de ETE de galvanoplastia 113,42 m3 Tramontina S.A. Cutelaria Agência de Desenvolvimento e Promoção do nvestimento Aitorquia Especial ligada à secretaria de desenvolvimento e Promoção do nvestimento

4 Lodo de ETE de galvanoplastia Lodo perigoso de ETE Lodo perigoso de ETE Lodo perigoso de ETE Lodo perigoso de ETE Óleo de corte e usinagem Óleo lubrificante usado Óleo lubrificante usado Óleo lubrificante usado Óleo lubrificante usado Óleo lubrificante usado Lodo de ETE de galvanoplastia 0 Kg Agência de Desenvolvimento e Promoção do nvestimento Aitorquia Especial ligada à secretaria de desenvolvimento e Promoção do nvestimento ndustria de móveis Resíduo de lodo perigoso de ETE 60 m3 Tramontina S.A. Cutelaria Lodo perigoso ETE 0,15 m3 Lodo perigoso de ETE ndustria de móveis Borra de tinta e Lodo da ETE 200 L Móveis Foscarini EPs contaminados (da manutenção e pintura) EPs contaminados (uniformes da pintura e manutenção) Materiais diversos contaminados com tinta, óleo, graxa ou solvente 0,9 Kg SCA nd. De Móveis LDTA 74 un SCA nd. De Móveis LDTA 0,5 Kg SCA nd. De Móveis LDTA Carepa 0,2 m3 Tramontina S.A. Cutelaria EPs contaminados 6,5 m3 Treboll Móveis Óleo lubrificante usado (contaminado) 3,7 m3 Treboll Móveis Materila contaminado com óleo 0 m3 0,06 T un EPs contaminados 200 L 0,02 m3 EPs: luva de couro, borracha, sujas de graxa e panos Material contaminado do setor de pintura Óleo de corte e usinagem 0 m3 TEMPO NOVO NDUSTRA MOVELERA ndustria de móveis MULTMOVES NDUSTRA DE MOVES MRANT MOVES PARA ESCRTORO MOTVA NDUSTRA DE MOVES MOVELFAR NDUSTRA DE MOVES - EPP 200 L Móveis Foscarini ndustria de móveis Óleo lubrificante usado 8,3 L SCA nd. De Móveis LDTA Óleo lubrificante usado 29,77 m3 Tramontina S.A. Cutelaria Óleo lubrificante usado 0 m3 Óleo 100 L contaminado 440 L Peças de MDF ou MDP com revestimento laminado ou com bordo aplicado ndustria de móveis BENTO MAQUNAS Todeschini SA ndústria e 5 m3 SCA nd. De Móveis LDTA Orgânicos provenientes das pracinhas 10 Kg SCA nd. De Móveis LDTA Steel njeção de Poliuretano 7 m3 SCA nd. De Móveis LDTA Steel Prensa e corte de Lã de rocha 9 m3 SCA nd. De Móveis LDTA Rebolos Vidrificados Kg Tramontina S.A. Cutelaria Sobra de triagem 25,58 T Tramontina S.A. Cutelaria Baquelite 17,22 T Tramontina S.A. Cutelaria Duratex 0,66 T Tramontina S.A. Cutelaria

5 Pós metálicos Pós metálicos Pós metálicos Res.de Serviços de Saúde (mat.infectado, agulhas, medicamentos).especificar: Res.de Serviços de Saúde (mat.infectado, agulhas, medicamentos).especificar: Res.de Serviços de Saúde (mat.infectado, agulhas, medicamentos).especificar: Res.de Serviços de Saúde (mat.infectado, agulhas, medicamentos).especificar: Resíduo de borracha Resíduo de borracha Lixo 114,9 T Tramontina S.A. Cutelaria Polimento 986,18 T Tramontina S.A. Cutelaria PVC dubaldo 4,7 T Tramontina S.A. Cutelaria Diversos 0,06 T Tramontina S.A. Cutelaria Gordura flotadora 2,5 T Tramontina S.A. Cutelaria Óxido de alumínio 45,66 T Tramontina S.A. Cutelaria Rotulos e etiquetas 3,32 T Tramontina S.A. Cutelaria Sucata não reciclável 25,4 T Tramontina S.A. Cutelaria Rebolos 6,91 T Tramontina S.A. Cutelaria perigosos (lixa gasta, etc.) 0,14 m3 Filtro Polimento Portas coladas com vidro (não consegue desagregar) Equipamentos de máquinas para madeira 44 m3 perigosos 83,7 m3 perigosos 0,02 m3 perigosos 0,02 m3 Agência de Desenvolvimento e Promoção do nvestimento Aitorquia Especial ligada à secretaria de desenvolvimento e Promoção do nvestimento GREBEL MOVES LMTADA GREBEL MOVES LMTADA Todeschini SA ndústria e PRMA DESGN NDUSTRA DE MOVES ndustria de móveis MULTMOVES NDUSTRA DE MOVES MOTVA NDUSTRA DE MOVES perigosos 10 m3 Dim nd de Móveis Corino 0,05 T Pó do polimento (alumínio, sizal, massa de polimento, com pó de tecido) Kg 1 m3 processo de lixamento 1,6 m3 Pós metálicos Estofados Pirâmides Todeschini SA ndústria e Casa A ndústria de móveis ltda COMPONENTES PARA MOVES - EPP ndustria de móveis Resíduo de ambulatório 5,95 m3 Tramontina S.A. Cutelaria Res.de Serviços de Saúde (mat.infectado, agulhas, medicamentos) Resíduo de serviço de saúde (infectado) 12 m3 ndustria de móveis 13 L Dim nd de Móveis 260 m3 Todeschini SA ndústria e Borrachas (manutenção) 3 Kg SCA nd. De Móveis LDTA Resíduo de borracha 46,45 m3 Tramontina S.A. Cutelaria

6 Resíduo de borracha Resíduo de borracha Resíduo de EVA Resíduo de borracha Borrachas 0,1 m3 Espuma pu 150 Kg Espuma 30 m3 Espuma Espuma 0,06 T Retalho de espuma 25 Kg Espuma 0,12 T Resíduo de espuma 2 Kg Espuma 30 Kg Agência de Desenvolvimento e Promoção do nvestimento Aitorquia Especial ligada à secretaria de desenvolvimento e Promoção do nvestimento ndustria de móveis Estofados Pirâmides D & A DESGN EM MOVES - EPP MOVES CASA DE PEDRA GREBEL MOVES LMTADA TEMPO NOVO NDUSTRA MOVELERA SOFSTCATO ESTOFADOS EREL MRANT MOVES PARA ESCRTORO Heitor ndústria de Móveis Espuma 20,2 Kg Dim nd de Móveis Espuma 22,65 Kg Dim nd de Móveis Resíduo de EVA 0,05 m3 Pó/serragem de MDF e MDP Corte, coladeiras, centros de usinagem e furação (Pó/serragem de MDF e MDP) Retalhos de MDF e MDP do Corte e centros de usinagem (Retalhos de MDF e MDP) PRMA DESGN NDUSTRA DE MOVES ,5 Kg SCA nd. De Móveis LDTA Kg SCA nd. De Móveis LDTA Capas de MDF/MDP (do corte) 1.244,5 m3 SCA nd. De Móveis LDTA Peças de MDF e MDP 4,12 m3 SCA nd. De Móveis LDTA Serragem de madeira MDF 4 m3 resíduo de madeira MDF 6 m3 Serragem 1,03 m3 retalhos 120 Kg Resíduo de madeira 0,25 m3 Cavacos de OSB, Eucalipto, compensado de pinos 20 m3 Serragem de madeira MDF 2 m3 Lenha MDF 2 m3 Maravalha de madeira (MDF, LAMNAS, EUCALPTO, TAUAAR, COMPENSADOS) 428 m3 Cavaco de madeira 265 m3 Resíduo de madeira 5 m3 cavaco (MDF e MDP) 24 m3 serragem (MDF e MDP) 18 m3 Residuo de serragem 200 m3 Open Design Móveis e decoração Open Design Móveis e decoração D & A DESGN EM MOVES - EPP Casa A ndústria de móveis ltda MOVES CASA DE PEDRA VERSATLL MOVES - ME VERSATLL MOVES - ME Heitor ndústria de Móveis Heitor ndústria de Móveis Fabricação de móveis Estação Madeluguer nd e Com Madeluguer nd e Com PREVLEGE ND E COM DE MOVES

7 Residuo de cavaco 450 Kg Agência de Desenvolvimento e Promoção do nvestimento Aitorquia Especial ligada à secretaria de desenvolvimento e Promoção do nvestimento PREVLEGE ND E COM DE MOVES Resíduo de madeira polywood 26,12 m3 Tramontina S.A. Cutelaria embalagens, pallets, etc.) Resíduo de madeira (serragem MDF, MDP, maciça) Cavacos de MDF c fita de borda de PVC 5,8 T Treboll Móveis 17 m3 1,3 T Cavacos de MDF 0,05 T Resíduo de madeira (serragem MDF, MDP, maciça) embalagens, pallets) Serragem de mdf e mdf laminado de madeira Cacos de mdf e mdf laminado de madeira 0,8 T 1,2 T 3 m3 Cavacos de madeira 2 T Serragem 0,01 T Serragem 800 m3 Cavacos de madeira 800 m3 Cavaco de madeira 1,5 m3 Resíduo de madeira m3 Serragem m3 Cavacos de madeira 0,67 T Serragem 8,1 T Resíduo de madeira 253,7 T Resíduo de madeira 700 m3 Madeira 0,2 m3 Resíduo de madeira 21,6 T Resíduo de madeira 17,5 T Serragem Madeira 0,2 m3 Serragem Resíduo de madeira 163 m3 Serragem 1,5 m3 Di Fratelli ndústria de Móveis Di Fratelli ndústria de Móveis Di Fratelli ndústria de Móveis GREBEL MOVES LMTADA GREBEL MOVES LMTADA TEMPO NOVO NDUSTRA MOVELERA TEMPO NOVO NDUSTRA MOVELERA Todeschini SA ndústria e Todeschini SA ndústria e ndustria de móveis ndustria de móveis SOFSTCATO ESTOFADOS EREL SOFSTCATO ESTOFADOS EREL MULTMOVES NDUSTRA DE MOVES MRANT MOVES PARA ESCRTORO BENTO MAQUNAS MOTVA NDUSTRA DE MOVES MOTVA NDUSTRA DE MOVES Completa ndústria de Móveis MOVELFAR NDUSTRA DE MOVES - EPP MOVELFAR NDUSTRA DE MOVES - EPP Mdad ndústria de Madeiras Fabricação de móveis Estação Resíduo de madeira 66 m3 Dim nd de Móveis Serragem 10 m3 Sobras de chapas de MDF, compensado e BP MDF (laminado) 10 m3 nd. E com. De móveis Brandise ME nd. E com. De móveis Brandise ME

8 Serragem 1 m3 Móveis Foscarini Tocos de madeira 0,8 m3 Móveis Foscarini Resíduos de madeira (pallets, embalagens,..) Cavacos de madeira 2 T Serragem 20,4 T Serragem 0,8 m3 Tocos de madeira 0,6 m3 Agência de Desenvolvimento e Promoção do nvestimento Aitorquia Especial ligada à secretaria de desenvolvimento e Promoção do nvestimento 56,8 T Quiditá Móveis Estofados Pirâmides Estofados Pirâmides Elliottis do Brasil nd. Moveleira Elliottis do Brasil nd. Moveleira Resíduo de madeira 0,5 m3 Estofados Bellagio serragem, cavacos m3 serragem, cavacos m3 Panos não contaminados (proveniente de todas as atividades) Fibra em manto 10 Kg Retalhos de tecido, misturado vários tipos e cores Todeschini SA ndústria e Todeschini SA ndústria e un SCA nd. De Móveis LDTA 1,5 Kg Tecido diversos 600 Kg Tecido Retalhos tecido - sued, veludo, linho 50 Kg retalhos de fibra manta 8 Kg Resíduo de materiais têxteis Resíduos de tecido 0,18 T Retalhos de tecidos (sued, chenili, linho, Corino, variados) 35 Kg Tecidos e fibras diversos 60 Kg Feltro diversos 40 Kg Ráfia diversas 7,5 Kg TNT (Tecido não tecido) 87,5 Kg Tecido (corino, cheniles) 30 Kg Tecidos (chenile, couro sitético, camurçado, no geral tecidos sintéticos) 30 Kg Resíduo de material textil 0,16 T Papel (proveniente de todas as atividades) Papelão (proveniente de todas as atividades) D & A DESGN EM MOVES - EPP Casa A ndústria de móveis ltda NDUSTRA DE ESTOFADOS TALA GREBEL MOVES LMTADA ndustria de móveis SOFSTCATO ESTOFADOS EREL D & A DESGN EM MOVES - EPP MOVES CASA DE PEDRA NDUSTRA DE ESTOFADOS TALA NDUSTRA DE ESTOFADOS TALA NDUSTRA DE ESTOFADOS TALA Heitor ndústria de Móveis MOVELFAR NDUSTRA DE MOVES - EPP Estofados Pirâmides 395 Kg SCA nd. De Móveis LDTA Kg SCA nd. De Móveis LDTA Linner (papel etiqueta) 90 Kg SCA nd. De Móveis LDTA Papel manteiga (de corte e embalagem) 10 Kg SCA nd. De Móveis LDTA

9 Papel e papelão 15 Kg Papel e papelão ( 7 Kg Papel (material de expediente) 10 Kg Papel e papelão 100 L Agência de Desenvolvimento e Promoção do nvestimento Aitorquia Especial ligada à secretaria de desenvolvimento e Promoção do nvestimento Open Design Móveis e decoração Madeluguer nd e Com Madeluguer nd e Com Elliottis do Brasil nd. Moveleira Papelão 137 Kg Estofados Sulandes Resíduo de papel branco Kg Tramontina S.A. Cutelaria Resíduo de papelão - canudo Kg Tramontina S.A. Cutelaria Resíduo de papelão - Dupla Face Kg Tramontina S.A. Cutelaria Resíduo de papel escuro - Kraft Kg Tramontina S.A. Cutelaria Resíduo de papel - misto Kg Tramontina S.A. Cutelaria Bombonas de papelão 518 un Tramontina S.A. Cutelaria Resíduo de papelão 1ª Kg Tramontina S.A. Cutelaria Resíduo de papel parafinado Kg Tramontina S.A. Cutelaria Resíduo de papel, papelão 1,81 T Treboll Móveis 60 Kg 80 Kg Resíduos de papel e papelão 0,07 T Papel e papelão 10 Kg Papel e papelão 35 Kg Papel e papelão 31,34 T Papel e papelão 0,07 un Papel e papelão 1,48 T Papel e papelão 40 Kg Papelão usado como proteção 20 Kg Papel, papelão e plástico 10 Kg Di Fratelli ndústria de Móveis TEMPO NOVO NDUSTRA MOVELERA PRMA DESGN NDUSTRA DE MOVES ndustria de móveis SOFSTCATO ESTOFADOS EREL MULTMOVES NDUSTRA DE MOVES MRANT MOVES PARA ESCRTORO D & A DESGN EM MOVES - EPP BENTO MAQUNAS 5 m3 Milano Móveis Papel e papelão 0,05 T papel, papelão, plástico Papelão 40 Kg Papel e papelão 15 Kg Papelão 20 Kg Papel e papelão Kg MOTVA NDUSTRA DE MOVES Completa ndústria de Móveis MOVES CASA DE PEDRA VERSATLL MOVES - ME Heitor ndústria de Móveis COMPONENTES PARA

10 Código FEPAM de Resíduos MOVES - EPP Mdad ndústria de Papel e papelão 152 Kg Madeiras Fabricação de móveis Papel e papelão 2,5 m3 Estação Papel e papelão Kg Dim nd de Móveis Papel e papelão 0,18 T Quiditá Móveis Estofados Pirâmides Papel e papelão 0,3 T papel, papelão, plástico 0,25 m3 Estofados Bellagio Todeschini SA ndústria e 9,04 T Resíduo de refratário e material não Resíduo de refratário e material não ndustria de móveis cerâmico cerâmico Resíduo de restaurante (restos de Resíduo de restaurante Kg SCA nd. De Móveis LDTA alimentos) Resíduo de restaurante (restos de Elliottis do Brasil nd. Orgânicos gerados pelo administrativo 10 L alimentos) Moveleira Resíduo de restaurante (restos de Resíduo de restaurante 76,03 m3 Tramontina S.A. Cutelaria alimentos) Resíduo de restaurante (restos de Orgânico - Refeitório e higiene pessoal Todeschini SA ndústria e 3,1 T alimentos) (papel toalha e higiênico) Resíduo de restaurante (restos de Resíduo de restaurante (restos de ndustria de móveis alimentos) alimentos) Resíduo de restaurante (restos de Resíduo de restaurante (restos de MOTVA NDUSTRA DE 0,3 m3 alimentos) alimentos) MOVES Resíduo de restaurante (restos de Completa ndústria de Orgânicos do refeitório alimentos) Móveis Resíduos de tintas e pigmentos (tinta Resíduo de tintas e pigmentos Kg Tramontina S.A. Cutelaria base solvente) Resíduos de tintas e pigmentos (base Resíduo de tintas e pigmentos 3,67 m3 Tramontina S.A. Cutelaria água) ndustria de móveis Resíduo de tintas e pigmentos Resíduo de tintas e pigmentos MOTVA NDUSTRA DE Resíduo de tintas e pigmentos Resíduo de tintas e pigmentos 0,02 m3 MOVES VERSATLL MOVES Resíduo de tintas e pigmentos Pó de tinta 50 Kg - ME Todeschini SA ndústria e Resíduo de tintas e pigmentos 10,9 T Resíduo de varrição não Resíduos de varrição não perigosos 22 Kg SCA nd. De Móveis LDTA perigoso.especificar: Resíduo de varrição não Resíduo de varição não perigoso 357 m3 Tramontina S.A. Cutelaria perigoso.especificar: Resíduo de varrição não ndustria de móveis Resíduo de varrição não perigoso 9,3 m3 perigoso.especificar: Vidros de corte e lapidação Kg SCA nd. De Móveis LDTA Resíduo de vidro Kg Tramontina S.A. Cutelaria Resíduo de vidro 0,03 Kg Treboll Móveis Todeschini SA ndústria e Vidros com materiais pelicula 6,5 T B PRMA DESGN Vidros NDUSTRA DE MOVES Open Design Móveis e Vidro temperado com pintura 40 Kg decoração ndustria de móveis MRANT MOVES PARA Resíduo de vidro 50 L ESCRTORO Vidros 50 Kg Heitor ndústria de Móveis Agência de Desenvolvimento e Promoção do nvestimento Aitorquia Especial ligada à secretaria de desenvolvimento e Promoção do nvestimento

11 Código FEPAM de Resíduos Fabricação de móveis Vidros e espelhos 3 Kg Estação Lodo ETE de pintura 176 Kg SCA nd. De Móveis LDTA residuo de filtro de cabine de pintura PREVLEGE ND E COM 1 m3 usado DE MOVES Resíduos de lodo de tinta - cabine de 28,9 m3 Tramontina S.A. Cutelaria pintura (base água) (cabine de 10,5 m3 Treboll Móveis pintura) 0,5 m3 GREBEL MOVES Borra de tinta 400 L LMTADA ndustria de móveis MULTMOVES 0,1 m3 NDUSTRA DE MOVES Elliottis do Brasil nd. Borra de tinta e material contaminado 0,7 m3 Moveleira Copos plásticos e plástico metalizado 4,5 Kg SCA nd. De Móveis LDTA SOFSTCATO 0,35 m3 industrial (escritório, embalagens, eta) ESTOFADOS EREL 4 m3 Milano Móveis Mdad ndústria de 119 Kg industrial Madeiras 3 Móveis Foscarini Estofados Pirâmides 0,5 m3 industrial Não orgânico gerados pelo Elliottis do Brasil nd. 20 L administrativo Moveleira Resíduos de escritório 0,1 m3 Estofados Bellagio PREVLEGE ND E COM Materias diversos de escritorio 0 m3 DE MOVES Di Fratelli ndústria de 6,5 m3 industrial (escritório) Móveis 0,2 m3 industrial (orgânico) TEMPO NOVO Resíduo Gerado fora do processo 0,2 m3 NDUSTRA MOVELERA industrial (escritório, embalagns, etc) ndustria de móveis 0,11 T MULTMOVES 0,75 m3 NDUSTRA DE MOVES industrial MULTMOVES 0,05 m3 NDUSTRA DE MOVES industrial MOTVA NDUSTRA DE 0,5 m3 MOVES Resíduo Gerado fora do processo 1,6 m3 COMPONENTES PARA industrial (escritório e MOVES - EPP 17 m3 Dim nd de Móveis 0,4 m3 Quiditá Móveis Resíduo metálicos (tambores) Sucata de tambor metálico 605 un Tramontina S.A. Cutelaria Resíduo metálicos (tambores) Resíduo metálicos (tambores) peças ndustria de móveis Resíduos orgânicos e não orgânicos - Administrativo Agência de Desenvolvimento e Promoção do nvestimento Aitorquia Especial ligada à secretaria de desenvolvimento e Promoção do nvestimento

12 Resíduo metálicos (tambores) MULTMOVES Resíduos metpaçicos 7 un NDUSTRA DE MOVES Resíduo perigoso de varrição Varrição da manutenção e pintura 0,5 Kg SCA nd. De Móveis LDTA Resíduo perigoso de varrição ndustria de móveis Resíduos perigoso de varição Embalagens plásticas não contaminadas (de toda a produção) 8 un SCA nd. De Móveis LDTA Resíduo plástico (bombonas 25L) Kg Tramontina S.A. Cutelaria Resíduo plástico (bombonas 30L) 313 un Tramontina S.A. Cutelaria Resíduo plástico (bombonas 50L) 487 un Tramontina S.A. Cutelaria Resíduo plástico (baldes) 10 Tramontina S.A. Cutelaria Open Design Móveis e Baldes 1 decoração ndustria de móveis MOTVA NDUSTRA DE Bombona 5 un MOVES Todeschini SA ndústria e 75 un Coladeiras (Refilos de fita de bordo PVC/ABS/PS sem cola) 111 Kg SCA nd. De Móveis LDTA Plástico (proveniente de todas as atividades) 291 Kg SCA nd. De Móveis LDTA PVC 145 Kg SCA nd. De Móveis LDTA Cintas plásticas (provenientes do corte) 367 Kg SCA nd. De Móveis LDTA MOVELFAR NDUSTRA Papelão e Papel 15 Kg DE MOVES - EPP Filme PVC Kg Tramontina S.A. Cutelaria Plástico bolha Kg Tramontina S.A. Cutelaria Copo plástico Kg Tramontina S.A. Cutelaria Resíduo de fita plástica Kg Tramontina S.A. Cutelaria Resíduo de plástico 1ª Kg Tramontina S.A. Cutelaria Resíduo de plástico 2ª Kg Tramontina S.A. Cutelaria Resíduo de PVC Kg Tramontina S.A. Cutelaria Carretel plástico 413 Kg Tramontina S.A. Cutelaria Resíduo de plástico de refugo Kg Tramontina S.A. Cutelaria Retalho plástico Kg Tramontina S.A. Cutelaria Saco plástico Kg Tramontina S.A. Cutelaria PET 7,45 T Tramontina S.A. Cutelaria 0,52 T Treboll Móveis Di Fratelli ndústria de 77 Kg Móveis Di Fratelli ndústria de Resíduo plástico (fita de borda) 67 Kg Móveis 45 Kg Agência de Desenvolvimento e Promoção do nvestimento Aitorquia Especial ligada à secretaria de desenvolvimento e Promoção do nvestimento

13 Código FEPAM de Resíduos TEMPO NOVO Resíduo de plastico(filmes e pequenas 0,02 T NDUSTRA MOVELERA Todeschini SA ndústria e Fitas PET e embalagens 22,71 T PRMA DESGN Plástico 8 Kg NDUSTRA DE MOVES PRMA DESGN Plástico (acessórios dourados) 50 NDUSTRA DE MOVES Plástico 25 Kg ndustria de móveis 10,24 T SOFSTCATO Plástico 0,04 un ESTOFADOS EREL MULTMOVES Plástico 0,38 T NDUSTRA DE MOVES MRANT MOVES PARA 40 Kg ESCRTORO 0,4 T Milano Móveis Resíduo sólido composto de metais não tóxicos (lama de cloro Resíduo sólido composto de metais não tóxicos (lama de cloro 0,07 T Plástico bolha 40 Kg Plástico 10 Kg Fita de borda 0,1 Kg Plástico 25 Kg Resíduo plástico de processo 13,6 m3 Resíduo Plástico (filme e pequenas Kg Plástico 15 Kg 168 Kg Plástico 2,5 Kg Fita de borda 0,4 Kg Plástico (pequenas Bordas plásticas 50 Kg Agência de Desenvolvimento e Promoção do nvestimento Aitorquia Especial ligada à secretaria de desenvolvimento e Promoção do nvestimento MOTVA NDUSTRA DE MOVES MOVES CASA DE PEDRA VERSATLL MOVES - ME VERSATLL MOVES - ME Heitor ndústria de Móveis COMPONENTES PARA MOVES - EPP COMPONENTES PARA MOVES - EPP MOVELFAR NDUSTRA DE MOVES - EPP Mdad ndústria de Madeiras Fabricação de móveis Estação Fabricação de móveis Estação Madeluguer nd e Com Madeluguer nd e Com Plástico 170 Kg Dim nd de Móveis Plástico 100 L Móveis Foscarini Plástico (pequenas 0,16 T Quiditá Móveis Plástico 0,39 T Plástico 100 L Estofados Pirâmides Elliottis do Brasil nd. Moveleira Limalhas 2.498,5 m3 Tramontina S.A. Cutelaria Resíduo sólido composto de metais não tóxicos (jateamento de areia) ndustria de móveis

14 Resíduo sólido de ETE com Resíduo sólido de ETE com substâncias não tóxicas substância não tóxica 731,3 m3 Tramontina S.A. Cutelaria Resíduo sólido de ETE com Resíduo sólido de ETE com ndustria de móveis substâncias não tóxicas substâncias não tóxicas Resíduo sólido de ETE com Resíduo sólido de ETE com MOTVA NDUSTRA DE 0,3 m3 substâncias não tóxicas substância não tóxica MOVES Resíduo sólido de ETE com Resíduo sólido de ETE com 22,08 m3 COMPONENTES PARA substâncias não tóxicas substâncias não toxicas MOVES - EPP Resíduo sólido de ETE com Todeschini SA ndústria e 3 m3 substâncias não tóxicas Resíduo têxtil contaminado (panos, Panos contaminados (da manutenção) un SCA nd. De Móveis LDTA Resíduo têxtil contaminado (panos, BENTO MAQUNAS Pano contaminado com solvente 10 Kg Resíduo têxtil contaminado (panos, Resíduo textil contaminado Tramontina S.A. Cutelaria Resíduo têxtil contaminado (panos, Resíduo têxtil contaminado (panos, 10,79 Kg Resíduo têxtil contaminado (panos, ndustria de móveis Resíduo têxtil contaminado 0 T MULTMOVES Resíduo têxtil contaminado (panos, Resíduo textil contaminado 0,32 T NDUSTRA DE MOVES Resíduo têxtil contaminado (panos, Resíduo textil contaminado (panos MRANT MOVES PARA 5 escuros) ESCRTORO Resíduo têxtil contaminado (panos, Resíduo textil contaminado (panos MRANT MOVES PARA 10 claros) ESCRTORO Resíduo têxtil contaminado (panos, MOTVA NDUSTRA DE Resíduo textil contaminado 0,01 T MOVES Resíduo têxtil contaminado (panos, Madeluguer nd e Com Panos e estopas 10,7 Kg Resíduo têxtil contaminado (panos, Resíduo textil contaminado 464 un Dim nd de Móveis Resíduo têxtil contaminado (panos, Resíduo têxtil contaminado (panos e 0,01 T Quiditá Móveis Resíduo têxtil contaminado (panos, Todeschini SA ndústria e Resíduos oleosos de sistema separador de água e óleo Lodo contaminado com óleo e água 1,66 T Tramontina S.A. Cutelaria Resíduos oleosos de sistema Resíduos oleosos de sistema ndustria de móveis 0 m3 separador de água e óleo separador de água e óleo Solventes contaminados.especificar Solventes (latas e Líquidos estocados 200 L COMPONENTES PARA em bombonas) MOVES - EPP Solventes contaminados.especificar Solventes contaminados 20,02 m3 Tramontina S.A. Cutelaria Solventes contaminados.especificar Solvente usado 6,2 m3 Tramontina S.A. Cutelaria Solventes contaminados.especificar Solventes contaminados 2,8 m3 Treboll Móveis Solventes contaminados.especificar ndustria de móveis Solventes contaminados Solventes contaminados.especificar MULTMOVES Solventes contaminados 3,2 m3 NDUSTRA DE MOVES Solventes contaminados.especificar Heitor ndústria de Móveis Solvente da limpeza da pistola 100 L Sucata de material ferroso (manutenção e ferragens) 195 Kg SCA nd. De Móveis LDTA Aço (guilhotina) Kg SCA nd. De Móveis LDTA MRANT MOVES PARA Sutaca de metais ferrosos Kg ESCRTORO MOVELFAR NDUSTRA Sucata de metal (aço carbono) 928 Kg DE MOVES - EPP 3,82 T Treboll Móveis Agência de Desenvolvimento e Promoção do nvestimento Aitorquia Especial ligada à secretaria de desenvolvimento e Promoção do nvestimento

15 Bombonas Contaminadas Bombonas Contaminadas Bombonas Contaminadas Borra De Oleos Vegetais Cartucho De mpressora Discos De Corte Discos De Corte Sucata de aço inox 0,05 T Sucata de ferro (chapas, parafusos, peças) 200 Kg Agência de Desenvolvimento e Promoção do nvestimento Aitorquia Especial ligada à secretaria de desenvolvimento e Promoção do nvestimento GREBEL MOVES LMTADA ndustria de móveis MULTMOVES NDUSTRA DE MOVES BENTO MAQUNAS 0,5 T Milano Móveis 0,4 T Kg Kg MOTVA NDUSTRA DE MOVES COMPONENTES PARA MOVES - EPP COMPONENTES PARA MOVES - EPP Kg Dim nd de Móveis Coladeiras (Refilos de fita de bordo de alumínio) Limalha de alumínio (Corte, centros de usinagem e furação) 8,58 T Todeschini SA ndústria e 8,4 Kg SCA nd. De Móveis LDTA 306 Kg SCA nd. De Móveis LDTA Alumínio gerado no corte Kg SCA nd. De Móveis LDTA Fiação elétrica (fios de cobre) 15,8 Kg SCA nd. De Móveis LDTA Sucata de Latão Kg Tramontina S.A. Cutelaria Sucata de bronze 2,06 T Tramontina S.A. Cutelaria Sucata de cobre 5,98 T Tramontina S.A. Cutelaria Sucata de cobre 1,11 T Tramontina S.A. Cutelaria Sucata de alumínio Tubos de metal 20 Kg Metal (latas de cola, molas...) 10 Kg Alumínio - perfil 50 Kg 15,06 T GREBEL MOVES LMTADA PRMA DESGN NDUSTRA DE MOVES ndustria de móveis Fabricação de móveis Estação Todeschini SA ndústria e Tanques de mil litros 45 un Tramontina S.A. Cutelaria 18 un 7 un Todeschini SA ndústria e Todeschini SA ndústria e Bora de óleos vegetais 0,04 m3 Tramontina S.A. Cutelaria Cartucho de impressora 895 un Tramontina S.A. Cutelaria Dicos de corte (manutenção) 2 Kg SCA nd. De Móveis LDTA Disco de corte 200 L MRANT MOVES PARA ESCRTORO

16 Equipamentos De Protecao ndividual - Epi Equipamentos De Protecao ndividual - Epi Equipamentos De Protecao ndividual - Epi Equipamentos De Protecao ndividual - Epi Equipamentos De Protecao ndividual - Epi Contaminado Equipamentos De Protecao ndividual - Epi Contaminado Equipamentos De Protecao ndividual - Epi Contaminado sopor Lixas Lixas Lixas Lixas Lixas Lixas Lixas Lodo De Ete De Producao De Tintas Monitor De Video Oleo Usado No Refeitorio Outros resíduos Outros resíduos Outros resíduos Outros resíduos Outros resíduos Outros resíduos Outros resíduos Outros resíduos Outros resíduos Outros resíduos Outros resíduos Papel Higienico Residuo De Filtro Residuo De Filtro EPs não contaminados 14 Kg SCA nd. De Móveis LDTA Equipamentos de proteção individual 25,05 m3 Tramontina S.A. Cutelaria EPs 10 Kg EPs 1,8 m3 EPs contaminados 0,003 m3 EPs contaminados 0,15 m3 Equipamento de Proteção ndividual EP Contaminado 6,1 m3 Agência de Desenvolvimento e Promoção do nvestimento Aitorquia Especial ligada à secretaria de desenvolvimento e Promoção do nvestimento Heitor ndústria de Móveis COMPONENTES PARA MOVES - EPP Di Fratelli ndústria de Móveis Mdad ndústria de Madeiras sopor Kg Tramontina S.A. Cutelaria Lixas usadas (Manutenção) 1 Kg SCA nd. De Móveis LDTA Sobra de lixas do processo 0 m3 PREVLEGE ND E COM DE MOVES Lixas Kg Tramontina S.A. Cutelaria Resíduo de lixas 1,38 T Tramontina S.A. Cutelaria Lixas 0,005 m3 Restos de lixas 50 Kg Lixas 4,8 m3 Resíduos e lodo de tintas (tinta base solvente) Di Fratelli ndústria de Móveis Heitor ndústria de Móveis Mdad ndústria de Madeiras Kg Tramontina S.A. Cutelaria Monitor de vídeo 5 Tramontina S.A. Cutelaria Óleo usado de refeitório 0,13 T Tramontina S.A. Cutelaria Cola de coladeiras 91 Kg SCA nd. De Móveis LDTA Laminado decorativo 0,97 m3 SCA nd. De Móveis LDTA Resíduos contaminados de óleo e tinta a base de solvente Kg Tramontina S.A. Cutelaria Diversos 7,93 m3 Tramontina S.A. Cutelaria Resina epoxi 7,58 m3 Tramontina S.A. Cutelaria Produtos químicos 6,08 m3 Tramontina S.A. Cutelaria Outros resíduos perigosos de processo (corrosivo, resinas, mat. Contaminado, etc.) Resíduo de cola com água, da lavagem do passador de cola Outros resíduos perigosos de processo (corrosivo, resinas, mat. Contaminado, etc.) 200 L ndustria de móveis Heitor ndústria de Móveis 2 m3 Dim nd de Móveis Resíduo de tambores 6 un Estofados Bellagio 85,1 m3 Todeschini SA ndústria e Papel higiênico 207,56 m3 Tramontina S.A. Cutelaria Filtros contaminados (tinta base água) 0,37 T Tramontina S.A. Cutelaria Filtro da cabine de pintura BENTO MAQUNAS

17 Residuo De Papel E Papelao Contaminados Residuo De Papel E Papelao Contaminados Residuo De Papel E Papelao Contaminados Residuo De Papel E Papelao Contaminados Residuo De Plastico Contaminado Residuo De Plastico Contaminado Residuo De Plastico Contaminado Residuo Oriundo De Laboratorios ndustriais ( Residuos Eletronicos Residuos Eletronicos Residuos Eletronicos Sais De Tratamento Termico Serragem, Farelo E Po De Couro Atanado Papel e papelão contaminados 0,2 Kg SCA nd. De Móveis LDTA Papel e papelão 10 Móveis Foscarini Sobras de embalagens 120 Kg contaminado (base água) Coladeiras (Refilos de fita de bordo PVC/ABS/PS com cola) Sobras de embalagens 100 Kg Resíduo de plástico contaminado (base água) Resíduo oriundo de laboratório industrial PREVLEGE ND E COM DE MOVES 0,66 T Tramontina S.A. Cutelaria 62,4 Kg SCA nd. De Móveis LDTA PREVLEGE ND E COM DE MOVES 0,42 T Tramontina S.A. Cutelaria 0,13 T Tramontina S.A. Cutelaria Componentes elétricos (manutenção) 15 Kg SCA nd. De Móveis LDTA Eletrônicos (resíduos de T..) 90 Kg SCA nd. De Móveis LDTA Resíduo eletrônico T Tramontina S.A. Cutelaria Sais de tratamento térmico 0 T eucalipto e pouco mdf 10 m3 ndustria de móveis D & A DESGN EM MOVES - EPP Agência de Desenvolvimento e Promoção do nvestimento Aitorquia Especial ligada à secretaria de desenvolvimento e Promoção do nvestimento

DIRETORIA DE PRODUÇÃO DE ENERGIA - DP USINA:UHCB GERENCIAMENTO DE RESÍDUOS

DIRETORIA DE PRODUÇÃO DE ENERGIA - DP USINA:UHCB GERENCIAMENTO DE RESÍDUOS REVISÃO:12 GERENCIAMENTO DE RESÍDUOS Código (1) Identificação do Resíduo * Cód. ONU ** Nº de Risco (2) Classe ABNT (3) Estado Físico (4) Área de Geração (5) Meio de Acondicionamento (6) Responsabilidade

Leia mais

Unidade de Medida A0010

Unidade de Medida A0010 Código de Identificação de Resíduos Tipo de Resíduo Descrição Unidade de Medida A0010 RESIDUO DE RESTAURANTE (RESTOS mġ DE ALIMENTOS) A0020 RESIDUO GERADO FORA PROCESSO mġ INDUSTRIAL (EMBALAGENS, ESCRI)

Leia mais

MANUAL DE INSTRUÇÃO PARA PREENCHIMENTO DA PLANILHA TRIMESTRAL DE RESÍDUOS ENTREGA ANUAL DA SEMMA (JANEIRO DE CADA ANO)

MANUAL DE INSTRUÇÃO PARA PREENCHIMENTO DA PLANILHA TRIMESTRAL DE RESÍDUOS ENTREGA ANUAL DA SEMMA (JANEIRO DE CADA ANO) MANUAL DE INSTRUÇÃO PARA PREENCHIMENTO DA PLANILHA TRIMESTRAL DE RESÍDUOS ENTREGA ANUAL DA SEMMA (JANEIRO DE CADA ANO) CÓD. MAN01 ESCLARECIMENTOS INICIAIS Em nível municipal, além da necessidade de se

Leia mais

A gestão de resíduos na UNISINOS atendendo aos requisitos da ISO 14.001:2004. Palestrante: Dra. Luciana Paulo Gomes, UNISINOS lugomes@unisinos.

A gestão de resíduos na UNISINOS atendendo aos requisitos da ISO 14.001:2004. Palestrante: Dra. Luciana Paulo Gomes, UNISINOS lugomes@unisinos. A gestão de resíduos na UNISINOS atendendo aos requisitos da ISO 14.001:2004 Palestrante: Dra. Luciana Paulo Gomes, UNISINOS lugomes@unisinos.br 1 LIVRO: Gestão de Resíduos em Universidades 1. Como foi

Leia mais

TÉCNICAS DE GESTÃO DE RESÍDUOS EM EMPRESAS DE REPARAÇÃO VEÍCULAR

TÉCNICAS DE GESTÃO DE RESÍDUOS EM EMPRESAS DE REPARAÇÃO VEÍCULAR 1 o SIMPÓSIO SINDIREPA-RS TÉCNICAS DE GESTÃO DE RESÍDUOS EM EMPRESAS DE REPARAÇÃO VEÍCULAR Felipe Saviczki - cntl.att@senairs.org.br Engenheiro Ambiental Técnico de Desenvolvimento - Área de Consultoria

Leia mais

ECOCENTRO DA VARZIELA RESIDUOS ADMISSÍVEIS E NÃO ADMISSÍVEIS RESÍDUOS DE EQUIPAMENTOS PLÁSTICO ELÉTRICOS E ELETRÓNICOS

ECOCENTRO DA VARZIELA RESIDUOS ADMISSÍVEIS E NÃO ADMISSÍVEIS RESÍDUOS DE EQUIPAMENTOS PLÁSTICO ELÉTRICOS E ELETRÓNICOS RESÍDUOS DE EQUIPAMENTOS ELÉTRICOS E ELETRÓNICOS Equipamentos de frio (frigoríficos, combinados, arcas congeladoras, aparelhos de ar condicionado o transporte dos equipamentos deve ser feito por forma

Leia mais

Informações para Licenciamento Ambiental Municipal de ATIVIDADES INDUSTRIAIS Códigos para Preenchimento do ILAI 2011/01

Informações para Licenciamento Ambiental Municipal de ATIVIDADES INDUSTRIAIS Códigos para Preenchimento do ILAI 2011/01 ANEXO 1 RAMO DE ATIVIDADE DA INDÚSTRIA 1000 BENEFICIAMENTO DE MINERAIS NÃO METÁLICOS 1010,10 Beneficiamento de minerais não metálicos, com tingimento toneladas 1010,20 Beneficiamento de minerais não metálicos,

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 417, DE 27 DE MARÇO DE 1998

RESOLUÇÃO Nº 417, DE 27 DE MARÇO DE 1998 RESOLUÇÃO Nº 417, DE 27 DE MARÇO DE 1998 Dispõe sobre as empresas industriais enquadráveis nos Artigos 59 e 60 da Lei n.º 5.194/66. O CONSELHO FEDERAL DE ENGENHARIA, ARQUITETURA E AGRONOMIA, no uso das

Leia mais

Plano de Gerenciamento de Resíduos Sólidos - PGRS

Plano de Gerenciamento de Resíduos Sólidos - PGRS Arranjo Produtivo Local Metal Mecânico Pós-Colheita Plano de Gerenciamento de Resíduos Sólidos - PGRS Agência Gaúcha de Desenvolvimento e Promoção do Investimento Centro Nacional de Tecnologias Limpas

Leia mais

PR O C E S S O E-07/510270/2010 UNIMIL UNIFORMES MILITARES LTDA PR O C E S S O E-07/507472/2011 ESSENCIS SOLUÇÕES AMBIENTAIS S.A.

PR O C E S S O E-07/510270/2010 UNIMIL UNIFORMES MILITARES LTDA PR O C E S S O E-07/507472/2011 ESSENCIS SOLUÇÕES AMBIENTAIS S.A. Boletim de Serviço Boletim de Serviço é uma publicação do Instituto Estadual do Ambiente, destinada a dar publicidade aos atos administrativos da instituição. Presidente Marilene Ramos Vice-Presidente

Leia mais

ECOCENTROS MUNICÍPIO DE MATOSINHOS RESIDUOS ADMISSÍVEIS E NÃO ADMISSÍVEIS RESÍDUOS DE EQUIPAMENTOS PLÁSTICO ELÉTRICOS E ELETRÓNICOS

ECOCENTROS MUNICÍPIO DE MATOSINHOS RESIDUOS ADMISSÍVEIS E NÃO ADMISSÍVEIS RESÍDUOS DE EQUIPAMENTOS PLÁSTICO ELÉTRICOS E ELETRÓNICOS RESÍDUOS DE EQUIPAMENTOS ELÉTRICOS E ELETRÓNICOS Equipamentos de frio (frigoríficos, combinados, arcas congeladoras, aparelhos ar condicionado/precisam de um transporte seguro, salvaguardando a integridade

Leia mais

Mercado da reciclagem: a qualidade dos materiais

Mercado da reciclagem: a qualidade dos materiais Mercado da reciclagem: a qualidade dos materiais Cinthia Versiani Scott Varella Ms. Engenheira de Produção Pesquisadora do Núcleo Alternativas de Produção Consultora INSEA Objetivo Qualidade da matéria

Leia mais

Marcadores com ponta porosa, retrátil, lavável em água corrente, permitindo o uso imediato quando a ponta estiver ressecada ou com impregnações.

Marcadores com ponta porosa, retrátil, lavável em água corrente, permitindo o uso imediato quando a ponta estiver ressecada ou com impregnações. Marcadores com ponta porosa, retrátil, lavável em água corrente, permitindo o uso imediato quando a ponta estiver ressecada ou com impregnações. Tinta permanente para marcar todos os tipos de metais, plásticos,

Leia mais

ELETRO-ELETRÔNICO - LINHA AZUL - BATEDEIRA, LIQUIDIFICADOR, FERRO, FURADEIRA, m³ ETC.

ELETRO-ELETRÔNICO - LINHA AZUL - BATEDEIRA, LIQUIDIFICADOR, FERRO, FURADEIRA, m³ ETC. TIPOS DE RESÍDUOS SÓLIDOS INDUSTRIAIS - FEPAM Código S203 ELETRO-ELETRÔNICO - LINHA AZUL - BATEDEIRA, LIQUIDIFICADOR, FERRO, FURADEIRA, ETC. S300 MATERIAL USADO EM SERVIÇO DE SAÚDE - GRUPO A - PATOGÊNICOS

Leia mais

PROGRAMA DE COLETA SELETIVA

PROGRAMA DE COLETA SELETIVA PROGRAMA DE COLETA SELETIVA PROGRAMA DE COLETA SELETIVA Usando Bem Ninguém Fica Sem. PROGRAMA DE COLETA SELETIVA 1. O QUE É COLETA SELETIVA 2. DESTINO FINAL DO LIXO DE SÃO PAULO 3. COMPOSIÇÃO DO LIXO SELETIVO

Leia mais

Por favor, separe os seus resídous/lixo!

Por favor, separe os seus resídous/lixo! Por favor, separe os seus resídous/lixo! Preste atenção às seguintes regras de separação dos resíduos de Salzburgo e apoe-nos na redução e reciclagem de resíduos/lixo! A sua contribuição para a protecção

Leia mais

BR 448 RODOVIA DO PARQUE GESTÃO E SUPERVISÃO AMBIENTAL MÓDULO II EDUCADORES

BR 448 RODOVIA DO PARQUE GESTÃO E SUPERVISÃO AMBIENTAL MÓDULO II EDUCADORES BR 448 RODOVIA DO PARQUE GESTÃO E SUPERVISÃO AMBIENTAL MÓDULO II EDUCADORES 3 Definições de lixo: No dicionário: sujeira, imundice, coisa(s) inúteis, velhas, sem valor. Na linguagem técnica: sinônimo

Leia mais

Câmara Municipal da Póvoa de Varzim ÍNDICE. 1. Local. 2. Horário de funcionamento. 3. Materiais a depositar no ecocentro

Câmara Municipal da Póvoa de Varzim ÍNDICE. 1. Local. 2. Horário de funcionamento. 3. Materiais a depositar no ecocentro ÍNDICE 1. Local 2. Horário de funcionamento 3. Materiais a depositar no ecocentro 4. Normas e regras de utilização 5. Código do Catálogo Europeu dos Resíduos 6. Anexos Anexo I - Registo diário de entradas

Leia mais

A identificação dos resíduos em uma indústria de alimentos e sua política ambiental

A identificação dos resíduos em uma indústria de alimentos e sua política ambiental A identificação dos resíduos em uma indústria de alimentos e sua política ambiental RESUMO Este artigo tem como objetivo apresentar um estudo relacionado à investigação dos impactos ambientais gerados

Leia mais

Programa de Gestão. Ambiental. Cartilha. Ambiental

Programa de Gestão. Ambiental. Cartilha. Ambiental Programa de Gestão Ambiental Cartilha Ambiental Índice Responsabilidade Ambiental 1. Responsabilidade Ambiental 2. Organograma 4. Política Ambiental 6. Coleta Seletiva Interna 12. Dicas Importantes A preocupação

Leia mais

Agostinho Paim Cota NIF: 128 659 823

Agostinho Paim Cota NIF: 128 659 823 LISTA DE OPERADORES DE GESTÃO DE RESÍDUOS LICENCIADOS EM SÃO JORGE ATUALIZADA A 31.07.2012 Agostinho Paim Cota NIF: 128 659 823 - Armazenagem dos seguintes resíduos: LER Alvará n.º 5/DRA/2012 (validade:

Leia mais

Centro de Processamento de Resíduos do Pico

Centro de Processamento de Resíduos do Pico Governo dos Açores Direção Regional do Ambiente Operador de Gestão de Resíduos Centro de Processamento de Resíduos do Pico NIF E-Mail cprpico.resiacores@grupommps.com Instalação Mistério de São João, Estrada

Leia mais

O que é compostagem?

O que é compostagem? O que é compostagem? Consideraremos compostagem como um processo de decomposição da matéria orgânica encontrada no lixo, em adubo orgânico. Como se fosse uma espécie de reciclagem do lixo orgânico, pois

Leia mais

É o termo geralmente utilizado para designar o reaproveitamento de materiais beneficiados como matéria-prima para um novo produto.

É o termo geralmente utilizado para designar o reaproveitamento de materiais beneficiados como matéria-prima para um novo produto. É o termo geralmente utilizado para designar o reaproveitamento de materiais beneficiados como matéria-prima para um novo produto. REDUZIR REUTILIZAR RECUPERAR RECICLAR A redução deve ser adaptada por

Leia mais

SEPARAÇÃO E PROCESSAMENTO DE RESÍDUOS

SEPARAÇÃO E PROCESSAMENTO DE RESÍDUOS SEPARAÇÃO E PROCESSAMENTO DE RESÍDUOS Planejamento e Gestão de Resíduos Especificações para reuso USO/APLICAÇÃO Reuso Direto Matéria prima para remanufatura reprocessamento e EXEMPLOS Tábuas, pranchas

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DO MEIO AMBIENTE INSTITUTO BRASILEIRO DO MEIO AMBIENTE E DOS RECURSOS NATURAIS RENOVÁVEIS Diretoria de Licenciamento Ambiental Coordenação Geral de Transporte, Mineração

Leia mais

Relatório de Licitação Normal

Relatório de Licitação Normal FORNECEDOR STATUS UNIDADE UN. QTDE. PE-Pregão Eletrônico PE 105/16 5173 - CRACHÁ, Material: PVC flexível, Aplicação: identificação individual, Cor: em policromia de até 16 milhões de cores, Tipo Impressão:

Leia mais

MANTRARES. MANTRARES Versão 2.7

MANTRARES. MANTRARES Versão 2.7 MANTRARES Versão 2.7 Sistema de Emissão e Controle de Manifesto de Transporte de Resíduos www.mantrares.com.br MANTRARES conteúdo apresentação... 1 instalação... 3 registro... 4 cadastro da empresa...

Leia mais

Objetivo: Desenvolver percepção para as questões ambientais numa empresa.

Objetivo: Desenvolver percepção para as questões ambientais numa empresa. EXERCÍCIO 3 Módulo 3 Questões ambientais de uma empresa Objetivo: Desenvolver percepção para as questões ambientais numa empresa. Muitos gerentes têm difi culdades em reconhecer as questões ambientais

Leia mais

Reciclagem de Materiais COLETA SELETIVA

Reciclagem de Materiais COLETA SELETIVA Reciclagem de Materiais COLETA SELETIVA COLETA SELETIVA Conheça algumas medidas importantes para não poluir o meio ambiente na hora de jogar fora o seu lixo Já é inquestionável hoje a importância da reciclagem

Leia mais

PERFIL DE JUNÇÃO REHAU VEDAR, UNIR, DESTACAR. Automotiva Indústria

PERFIL DE JUNÇÃO REHAU VEDAR, UNIR, DESTACAR. Automotiva Indústria PERFIL DE JUNÇÃO REHAU VEDAR, UNIR, DESTACAR www.rehau.com.br Construção Automotiva Indústria DESIGN PARA MÓVEIS DA REHAU: SOLUÇÕES INOVADORAS DE SISTEMAS NO MESMO LOCAL A REHAU se estabeleceu como a principal

Leia mais

Planilha de Supervisão do PAC no Canteiro de Obras da UHE Santo Antônio

Planilha de Supervisão do PAC no Canteiro de Obras da UHE Santo Antônio s ultrapassam o Justificativas para não 1.0 Portaria 1.1 Limpeza da área 1.2 Destinação dos resíduos 1.3 Efluentes 2.0 Brigada de incêndio 2.1 Limpeza da área 2.2 Destinação dos resíduos s ultrapassam

Leia mais

RELATÓRIO SOBRE A GERAÇÃO DE RESÍDUOS SÓLIDOS INDUSTRIAIS NO ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL

RELATÓRIO SOBRE A GERAÇÃO DE RESÍDUOS SÓLIDOS INDUSTRIAIS NO ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL Ministério do Meio Ambiente RELATÓRIO SOBRE A GERAÇÃO DE RESÍDUOS SÓLIDOS INDUSTRIAIS NO ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL MAIO, 2003. Coordenação: Eng. Químico Renato das Chagas e Silva Execução: Eng. Química

Leia mais

Código LER Descrição (os mais utilizados estão sublinhados) Resíduos de minas 01 01 01 Resíduos metálicos 01 01 02 Resíduos não metálicos 01 03 06 Rejeitados de minério 01 03 08 Poeiras e pós de extracção

Leia mais

DESTINAÇÃO FINAL DE RESÍDUOS SÓLIDOS INDUSTRIAIS: EXPERIÊNCIAS NO SUL DO BRASIL Geólogo Pedro Julio Schnack Especialista em Tratamento de Resíduos Industriais NOVEMBRO - 2009 Gestão de Resíduos SólidosS

Leia mais

Faculdade de Engenharia Civil, Arquitetura e Urbanismo (FEC) Revitalização dos Programas de Coleta Seletiva e de Minimização de Resíduo Sólido na FEC

Faculdade de Engenharia Civil, Arquitetura e Urbanismo (FEC) Revitalização dos Programas de Coleta Seletiva e de Minimização de Resíduo Sólido na FEC Faculdade de Engenharia Civil, Arquitetura e Urbanismo (FEC) Revitalização dos Programas de Coleta Seletiva e de Minimização de Resíduo Sólido na FEC mar. 2013 Programa de Coleta seletiva na FEC Iniciado

Leia mais

EMPRESA 1) DADOS CADASTRAIS ATIVIDADE: COMÉRCIO ATACADISTA DE DEFENSIVOS AGRÍCOLAS, ADUBOS, FERTILIZANTES E CORRETIVOS DO SOLO

EMPRESA 1) DADOS CADASTRAIS ATIVIDADE: COMÉRCIO ATACADISTA DE DEFENSIVOS AGRÍCOLAS, ADUBOS, FERTILIZANTES E CORRETIVOS DO SOLO EMPRESA 1) ATIVIDADE: COMÉRCIO ATACADISTA DE DEFENSIVOS AGRÍCOLAS, ADUBOS, FERTILIZANTES E CORRETIVOS DO SOLO ENDEREÇO: RUA RIO GRANDE DO SUL, 1200, CENTRO, IVAIPORÃ- PR NUMERO DE FUNCIONÁRIOS: 6 AREA

Leia mais

RELATÓRIO DE MATERIAIS/SERVIÇOS

RELATÓRIO DE MATERIAIS/SERVIÇOS UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DO SEMI ÁRIDO SISTEMA INTEGRADO DE PATRIMÔNIO, ADMINISTRAÇÃO E CONTRATOS EMITIDO EM 04/03/2015 10:04 RELATÓRIO DE MATERIAIS/SERVIÇOS Grupo de Material: 3022 Somente Materiais

Leia mais

Planilha de Supervisão do PAC no Canteiro de Obras da UHE Santo Antônio

Planilha de Supervisão do PAC no Canteiro de Obras da UHE Santo Antônio s 1.0 Portaria 1.1 Limpeza da área 1.2 Destinação dos resíduos 1.3 Efluentes 2.0 Brigada de incêndio 2.1 Limpeza da área s 2.2 Destinação dos resíduos 3.0 Estação de tratamento de esgoto - ETE Tratamento

Leia mais

Conselho Regional de Enfermagem de Mato Grosso do Sul Sistema Cofen/Conselhos Regionais - Autarquia Federal criada pela Lei Nº 5.

Conselho Regional de Enfermagem de Mato Grosso do Sul Sistema Cofen/Conselhos Regionais - Autarquia Federal criada pela Lei Nº 5. COTAÇÃO DE PREÇO PROCESSO Nº. 349/15 NOME DA EMPRESA: DATA: 1. OBJETO Aquisição de materiais de limpeza e higiene para atender as necessidades do Conselho Regional de Enfermagem de Mato Grosso do Sul conforme

Leia mais

Azul. Amarelo. Verde. Pilhão. Conheça a nova vida de cada resíduo ECOPONTO ECOPONTO ECOPONTO

Azul. Amarelo. Verde. Pilhão. Conheça a nova vida de cada resíduo ECOPONTO ECOPONTO ECOPONTO Conheça a nova vida de cada resíduo Ao chegar ao ecoponto correto, cada embalagem inicia uma pequena viagem que tem como destino uma nova vida. São recolhidos pela RESIESTRELA por camiões especiais e levados

Leia mais

. 03 01 05 Serradura, aparas, fitas de aplainamento, madeira, aglomerados e folheados não

. 03 01 05 Serradura, aparas, fitas de aplainamento, madeira, aglomerados e folheados não Lista de códigos - Lista Europeia de A Semural recepciona os seguintes tipos de resíduos, de acordo com os Códigos - Lista Europeia de Resíduos. Para resíduos perigosos ou outros contacte-nos pois temos

Leia mais

Reciclar, são ações que. Reduzir É o inicio da conservação do meio. Reutilizar Significa reutilizar um produto de

Reciclar, são ações que. Reduzir É o inicio da conservação do meio. Reutilizar Significa reutilizar um produto de Especialistas em meio ambiente alertam para a necessidade da utilização racional dos recursos naturais. Reduzir, Reutilizar e Reciclar, são ações que contribuem para o consumo responsável reduzindo o impacto

Leia mais

CLASSIFICAÇÃO DE ALGUMAS TIPOLOGIAS DE RESÍDUOS: Guideline 1 Transferências de Resíduos de Equipamentos Elétricos e Eletrónicos (REEE)

CLASSIFICAÇÃO DE ALGUMAS TIPOLOGIAS DE RESÍDUOS: Guideline 1 Transferências de Resíduos de Equipamentos Elétricos e Eletrónicos (REEE) GUIDELINES No Portal da Comissão Europeia estão disponíveis Guidelines do Grupo de Correspondentes sobre o Movimento Transfronteiriço de Resíduos, as quais podem ser consultadas em http://ec.europa.eu/environment/waste/shipments/guidance.htm

Leia mais

ACESSÓRIOS MULTIFUNCIONAL

ACESSÓRIOS MULTIFUNCIONAL ACESSÓRIOS MULTIFUNCIONAL Novas lâminas Corte Lâmina de imersão HM (metal duro) TMA030/TMA031 Dentes de Tungstênio Corte de parafusos e pregos Corte de aço inox (chapas finas) Serras Multifuncional Desbastar,

Leia mais

A Visão da Indústria sobre o Mercado de Recicláveis / Sistema Integrado de Bolsa

A Visão da Indústria sobre o Mercado de Recicláveis / Sistema Integrado de Bolsa A Visão da Indústria sobre o Mercado de Recicláveis / Sistema Integrado de Bolsa de Resíduos - SIBR Sistema Integrado Bolsa de Resíduos - SIBR O que é Plataforma virtual de negociação de resíduos, gratuita,

Leia mais

ALVARÁ DE LICENÇA PARA A REALIZAÇÃO DE OPERAÇÕES DE GESTÃO DE RESÍDUOS Nº -31/2013 (S03737-201304)

ALVARÁ DE LICENÇA PARA A REALIZAÇÃO DE OPERAÇÕES DE GESTÃO DE RESÍDUOS Nº -31/2013 (S03737-201304) 1 16 ALVARÁ DE LICENÇA PARA A REALIZAÇÃO DE OPERAÇÕES DE GESTÃO DE RESÍDUOS Nº -31/2013 (S03737-201304) Nos termos do Artigo 33º. do Decreto-Lei n.º 178/2006, com a redação conferida pelo Decreto- Lei

Leia mais

Tipos de painés: compensados, aglomerados OSB, chapas de fibra (HDF/MDF/LDF), tamburato

Tipos de painés: compensados, aglomerados OSB, chapas de fibra (HDF/MDF/LDF), tamburato Montagem de Móveis Sistema métrico e conversão de unidades Tipos de painés: compensados, aglomerados OSB, chapas de fibra (HDF/MDF/LDF), tamburato Vantagens na utilização dos painéis Revestimentos de superfícies:

Leia mais

CONDIÇÕES DE ENTREGA/RECEPÇÃO DO SERVIÇO EXTRA URBANO

CONDIÇÕES DE ENTREGA/RECEPÇÃO DO SERVIÇO EXTRA URBANO SERVIÇO EXTRA URBANO O Serviço extra Urbano corresponde ao serviço a ser prestado aos produtores de resíduos não urbanos de embalagens, de forma a garantir a esses produtores um destino final adequado

Leia mais

FABRICANDO INOVAÇÕES QUÍMICAS PARA NOSSOS CLIENTES HÁ DÉCADAS.

FABRICANDO INOVAÇÕES QUÍMICAS PARA NOSSOS CLIENTES HÁ DÉCADAS. FABRICANDO INOVAÇÕES QUÍMICAS PARA NOSSOS CLIENTES HÁ DÉCADAS. CONHECIMENTO E RECONHECIMENTO DO MERCADO Desde 1954, atuamos em diversos segmentos industriais como o da borracha e pneus, plástico, automotivo,

Leia mais

MOTORES ENERGIA AUTOMAÇÃO TINTAS. Preparação de tintas e vernizes, limpeza e descarte de embalagens visando à preservação Ambiental

MOTORES ENERGIA AUTOMAÇÃO TINTAS. Preparação de tintas e vernizes, limpeza e descarte de embalagens visando à preservação Ambiental MOTORES ENERGIA AUTOMAÇÃO TINTAS Preparação de tintas e vernizes, limpeza e descarte de embalagens visando à preservação Ambiental Versão 03 Novembro / 2009 A WEG aliada aos princípios de sustentabilidade

Leia mais

INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 001/2015

INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 001/2015 INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 001/2015 Regulamentação do descarte de resíduos comuns, recicláveis, pilhas e baterias e lâmpadas no Centro de Ciências da Saúde da UFRJ - CCS-UFRJ. 1 Objetivo e aplicação Com o

Leia mais

catálogo de produtos

catálogo de produtos catálogo de produtos O Mercado de EPIs ganhou uma nova marca de luvas profissionais: a MUCAMBO PROFISSIONAL. Criada a partir da expansão do portfólio de produtos da Mucambo, esta nova marca soma a tradição

Leia mais

Planilha de Supervisão do PAC no Canteiro de Obras da UHE Santo Antônio

Planilha de Supervisão do PAC no Canteiro de Obras da UHE Santo Antônio 1.0 Portaria 1.1 Limpeza da área 1.2 Destinação dos resíduos 1.3 Efluente 2.0 Paiol 2.1 Limpeza da área 2.2 Destinação dos resíduos 3.0 Aterro sanitário 3.1 Organização da área 3.2 Pátio de estoque Acúmulo

Leia mais

INOVAÇÃO para a SUSTENTABILIDADE AMBIENTAL. Eng. Márcio Torres Diretor CNTL SENAI/UNIDO/UNEP Novembro de 2012

INOVAÇÃO para a SUSTENTABILIDADE AMBIENTAL. Eng. Márcio Torres Diretor CNTL SENAI/UNIDO/UNEP Novembro de 2012 INOVAÇÃO para a SUSTENTABILIDADE AMBIENTAL Eng. Márcio Torres Diretor CNTL SENAI/UNIDO/UNEP Novembro de 2012 SUSTENTABILIDADE Sustentabilidade Ambiental x Econômica Megatendências... Crescimento da

Leia mais

O MEIO AMBIENTE E A IMPORTÂNCIA DA RECICLAGEM. 1 01/11/06

O MEIO AMBIENTE E A IMPORTÂNCIA DA RECICLAGEM. 1 01/11/06 O MEIO AMBIENTE E A IMPORTÂNCIA DA RECICLAGEM. 1 POR QUE A COLETA COLETIVA? Efeito estufa pela destruição da camada de ozônio, queimadas e derrubadas de florestas de forma desordenada, chuva ácida, produção

Leia mais

FICHA DE INFORMAÇÃO DE SEGURANÇA DE PRODUTO QUÍMICO DETERGENTE EM PÓ

FICHA DE INFORMAÇÃO DE SEGURANÇA DE PRODUTO QUÍMICO DETERGENTE EM PÓ FICHA DE INFORMAÇÃO DE SEGURANÇA DE PRODUTO QUÍMICO DETERGENTE EM PÓ 1) IDENTIFICAÇÃO DO PRODUTO E DA EMPRESA a) Nome do Produto: DETERGENTE EM PÓ. b) Código do Produto: c) Nome da Empresa: ICARAÍ DO BRASIL

Leia mais

Espectro Eletromagnético. Espectro Eletromagnético. Onda Curta - Radio. Vermelho. Laranja Amarelo. Luz Visível. Luz Visível. Verde. Azul.

Espectro Eletromagnético. Espectro Eletromagnético. Onda Curta - Radio. Vermelho. Laranja Amarelo. Luz Visível. Luz Visível. Verde. Azul. Aplliicações Ulltraviiolleta p. 1/12 Utiilliizando Tecnollogiia de Ponta UV na Indústtrri I ia Grráffi ica e Moveleirra Sumárri io 1. INTRODUÇÃO Nesta Palestra: - O que são raios ultravioleta e infravermelho

Leia mais

Os resíduos sólidos incluem todos os materiais sólidos ou semi-sólidos cujo detentor já não

Os resíduos sólidos incluem todos os materiais sólidos ou semi-sólidos cujo detentor já não Os resíduos sólidos incluem todos os materiais sólidos ou semi-sólidos cujo detentor já não considera de valor suficiente para manter. A gestão materiais é de importância fundamental para todas as actividades

Leia mais

Total KG COLETADO: Resíduos Diversos - Fita Sintética KG 145 0 ADMINISTRA. Resíduos Diversos - Louças KG 192 1 HIGI SERV LI

Total KG COLETADO: Resíduos Diversos - Fita Sintética KG 145 0 ADMINISTRA. Resíduos Diversos - Louças KG 192 1 HIGI SERV LI Total KG COLETADO: 9.60,000,000 0,000 6,000 87,000,000 7,000,000 0,000,000.996,000 77,000,000.9,000 9,000 9,000,000 08,000 0,000,000,000 0,000 6,000,000 KG 88 SLAVIERO HO Lâmpadas Fluorescentes Quebradas

Leia mais

RESPEITO E CONSCIÊNCIA AMBIENTAL

RESPEITO E CONSCIÊNCIA AMBIENTAL RESPEITO E CONSCIÊNCIA AMBIENTAL A Comissão Ministerial de Gestão Ambiental foi criada através da Portaria POR-PGJ n 204/08, com o fim de estudar, sugerir e acompanhar a implementação de medidas administrativas

Leia mais

LISTA DE RECICLADORES, SUCATEIROS E COOPERATIVAS DO ESTADO DA BAHIA.

LISTA DE RECICLADORES, SUCATEIROS E COOPERATIVAS DO ESTADO DA BAHIA. LISTA DE RECICLADORES, SUCATEIROS E COOPERATIVAS DO ESTADO DA BAHIA. Cooperativa de Catadores Itairo. Endereço: Av.Itabuna,33 Contato: André Dantas Bairro: Centro CEP: 45700000 Cidade: Itapetinga Fone:

Leia mais

COLETA SELETIVA PRATIQUE ESTA IDEIA

COLETA SELETIVA PRATIQUE ESTA IDEIA COLETA SELETIVA PRATIQUE ESTA IDEIA O QUE É? Coleta seletiva é o processo de separação dos materiais recicláveis do restante dos resíduos sólidos. Como definição de resíduos sólidos, pelo Wikipédia, entende-se

Leia mais

Produtos Devcon. Guia do Usuário. Kit Devcon para reparo de vazamentos em transformadores a óieo

Produtos Devcon. Guia do Usuário. Kit Devcon para reparo de vazamentos em transformadores a óieo 1 Produtos Devcon Guia do Usuário Kit Devcon para reparo de vazamentos em transformadores a óieo 2 Guia do Usuário Kit Devcon para reparo de vazamentos em transformadores a óieo Prefácio 3 Preparação da

Leia mais

Orientações aos geradores interessados

Orientações aos geradores interessados Grupo de Trabalho de Resíduos Sólidos - GTRS Conselho da APA Federal da Serra da Mantiqueira - CONAPAM Programa de Gestão Ecológica dos Resíduos Sólidos na Região de Visconde de Mauá, Resende, RJ Orientações

Leia mais

REVISÕES C - PARA CONHECIMENTO D - PARA COTAÇÃO. Rev. TE Descrição Por Ver. Apr. Aut. Data. 0 C Emissão inicial. RPT RPT RCA RPT 04/01/11

REVISÕES C - PARA CONHECIMENTO D - PARA COTAÇÃO. Rev. TE Descrição Por Ver. Apr. Aut. Data. 0 C Emissão inicial. RPT RPT RCA RPT 04/01/11 1/8 REVISÕES TE: TIPO EMISSÃO A - PRELIMINAR B - PARA APROVAÇÃO C - PARA CONHECIMENTO D - PARA COTAÇÃO E - PARA CONSTRUÇÃO F - CONFORME COMPRADO G - CONFORME CONSTRUÍDO H - CANCELADO Rev. TE Descrição

Leia mais

Mensagem do Ministério Público do Estado de Goiás

Mensagem do Ministério Público do Estado de Goiás PRATIQUE COLETA SELETIVA Mensagem do Ministério Público do Estado de Goiás O Ministério Público do Estado de Goiás (MP-GO) tem a missão de defender a ordem jurídica, o regime democrático e os interesses

Leia mais

ESTADO DO ACRE Secretaria de Estado da Gestão Administrativa Secretaria Adjunta de Compras e Licitações Comissão Permanente de Licitação CPL 03

ESTADO DO ACRE Secretaria de Estado da Gestão Administrativa Secretaria Adjunta de Compras e Licitações Comissão Permanente de Licitação CPL 03 LOTE I 1 Água sanitária, à base de cloro. Composição química: hipoclorito de sódio, hidróxido de sódio, cloreto. Teor cloro ativo variando de 2 a 2,50, cor levemente amareloesverdeada. Aplicação: alvejante

Leia mais

Boleti leti de Serviço

Boleti leti de Serviço Boletim de Serviço Boletim de Serviço é uma publicação do Instituto Estadual do Ambiente, destinada a dar publicidade aos atos administrativos da instituição. Presidente Marilene Ramos Vice-Presidente

Leia mais

Região Zona da Mata. Regional Dezembro 2013

Região Zona da Mata. Regional Dezembro 2013 O mapa mostra a divisão do estado de Minas Gerais para fins de planejamento. A região de planejamento Zona da Mata engloba a Fiemg Regional Zona da Mata. Região Zona da Mata GLOSSÁRIO Setores que fazem

Leia mais

ANEXO 8B - TIPO DE ATIVIDADES INDUSTRIAIS CLASSIFICADAS POR POTENCIAL POLUIDOR Para atividades não listadas ver classificiação da FEPAM.

ANEXO 8B - TIPO DE ATIVIDADES INDUSTRIAIS CLASSIFICADAS POR POTENCIAL POLUIDOR Para atividades não listadas ver classificiação da FEPAM. INDUSTRIA DE MINERAIS NAO-METÁLICOS Beneficiamento de Minerais Não-Metálicos Beneficiamento de Minerais Não-Metálicos, com Tingimento Beneficiamento de Minerais Não-Metálicos, sem Tingimento Beneficiamento

Leia mais

LOTE 1 - MATERIAL DE LIMPEZA ITEM QUANT. UN. ESPECIFICAÇÃO MARCA

LOTE 1 - MATERIAL DE LIMPEZA ITEM QUANT. UN. ESPECIFICAÇÃO MARCA LOTE 1 - MATERIAL DE LIMPEZA 1 300 UN 2 200 L 3 100 UN 4 20 UN 5 2 UN 6 200 UN 7 200 UN 8 300 UN 9 250 UN 10 500 UN Água sanitária 1Lt, desinfetante e alvejante. Álcool Etílico Hidratado, 1Lt, mínimo de

Leia mais

Edital Pibid n 11 /2012 CAPES PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSA DE INICIAÇÃO À DOCÊNCIA - PIBID Plano de Atividades (PIBID/UNESPAR)

Edital Pibid n 11 /2012 CAPES PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSA DE INICIAÇÃO À DOCÊNCIA - PIBID Plano de Atividades (PIBID/UNESPAR) Edital Pibid n 11 /2012 CAPES PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSA DE INICIAÇÃO À DOCÊNCIA - PIBID Plano de Atividades (PIBID/UNESPAR) Tipo do produto: Plano de aula 1 IDENTIFICAÇÃO NOME DO SUBPROJETO: POPULARIZANDO

Leia mais

Lista de Produtos FERRÁLIA 2014 CARPINTARIA METÁLICA E PLÁSTICA, MAQUINARIA, PERFÍS E COMPONENTES DIVERSOS. pág. 1 de 7 mod. 093a.

Lista de Produtos FERRÁLIA 2014 CARPINTARIA METÁLICA E PLÁSTICA, MAQUINARIA, PERFÍS E COMPONENTES DIVERSOS. pág. 1 de 7 mod. 093a. CARPINTARIA METÁLICA E PLÁSTICA, MAQUINARIA, PERFÍS E COMPONENTES 10031 ACESSÓRIOS E COMPONENTES 22568 CARPINTARIA EM PVC 22569 ELEMENTOS DE NIVELAMENTO 13181 ESPUMAS 13727 FRESADORAS COPIADORAS PARA MARCENARIA

Leia mais

2ª. EDIÇÃO TABELA DE CLASSIFICAÇÃO DE SUCATAS DE ALUMÍNIO

2ª. EDIÇÃO TABELA DE CLASSIFICAÇÃO DE SUCATAS DE ALUMÍNIO 2ª. EDIÇÃO TABELA DE CLASSIFICAÇÃO DE SUCATAS DE ALUMÍNIO ALGUNS TIPOS DE SUCATA DE ALUMÍNIO BLOCO (Tense/Trump) CABOS (Taste) PERFIL (Tread) CAVACO (Teens/Telic) CHAPARIA MISTA CHAPARIA PISTÕES (Tarry)

Leia mais

Dados gerais referentes às empresas do setor industrial, por grupo de atividades - 2005

Dados gerais referentes às empresas do setor industrial, por grupo de atividades - 2005 Total... 147 358 6 443 364 1 255 903 923 1 233 256 750 157 359 927 105 804 733 1 192 717 909 681 401 937 511 315 972 C Indústrias extrativas... 3 019 126 018 38 315 470 32 463 760 4 145 236 2 657 977 35

Leia mais

ESTUDO DE IMPACTE AMBIENTAL DO PROJECTO DE CENTRAL DE CICLO COMBINADO DO PEGO

ESTUDO DE IMPACTE AMBIENTAL DO PROJECTO DE CENTRAL DE CICLO COMBINADO DO PEGO TEJO ENERGIA Produção e Distribuição de Energia Eléctrica, S. A. ESTUDO DE IMPACTE AMBIENTAL DO PROJECTO DA CENTRAL DE CICLO COMBINADO DO PEGO ADITAMENTO Nº DO TRABALHO: MF 2457 Nº DO DOCUMENTO: 01.RP.I

Leia mais

Outros materiais que merecem atenção do marceneiro. Introdução

Outros materiais que merecem atenção do marceneiro. Introdução Introdução Existem diversos materiais utilizados pela marcenaria na composição do móvel ou ambiente. Por exemplo os vidros, chapas metálicas, tecidos e etc. O mercado fornecedor da cadeia moveleira lança

Leia mais

PLANILHA DE FORMAÇÃO DE PREÇOS DO MOBILIÁRIO PARA INSPETORIA REGIONAL DE MOSSORÓ

PLANILHA DE FORMAÇÃO DE PREÇOS DO MOBILIÁRIO PARA INSPETORIA REGIONAL DE MOSSORÓ ANEXO VII Item Descrição Pedido mínimo por fornecimento 01 Tampo em formatos retangular, medindo 90 x 60 cm, em chapa de madeira aglomerada de alta densidade revestida em ambas as faces em laminado plástico

Leia mais

REDUZIR REUTILIZAR RECICLAR. O caminho para um futuro melhor.

REDUZIR REUTILIZAR RECICLAR. O caminho para um futuro melhor. R R R REDUZIR REUTILIZAR RECICLAR O caminho para um futuro melhor. A FGR se preocupa com o planeta. v Reduza o quanto puder; Reutilize tudo que puder; Recicle o máximo que puder. 2 A qualidade de vida

Leia mais

Nome do Produto: ÁCIDO CRÔMICO Página 1 de 5

Nome do Produto: ÁCIDO CRÔMICO Página 1 de 5 Página 1 de 5 1. IDENTIFICAÇÃO DO PRODUTO E DA EMPRESA Identificação do Produto: Nome do Produto: Ácido Crômico Identificação da Empresa: Empresa: Superquímica Comércio e Transporte Ltda Endereço: Av.

Leia mais

LT 500 kv Mesquita Viana 2 e LT 345 kv Viana 2 Viana. Novembro de 2010. Anexo 6.3-2 Plano de Gerenciamento e Disposição de Resíduos

LT 500 kv Mesquita Viana 2 e LT 345 kv Viana 2 Viana. Novembro de 2010. Anexo 6.3-2 Plano de Gerenciamento e Disposição de Resíduos EIIA Não excluir esta página LT 500 kv Mesquita Viana 2 e LT 345 kv Viana 2 Viana Novembro de 2010 Coordenador: Consultor: 2422-00-EIA-RL-0001-00 Rev. nº 00 Preencher os campos abaixo Revisão Ortográfica

Leia mais

ANEXO V MÓDULOS AUDITÓRIO. 1600,00 mm. 400,00 mm. 725,00 mm VISTA FRONTAL VISTA LATERAL. 700,00 mm VISTA SUPERIOR

ANEXO V MÓDULOS AUDITÓRIO. 1600,00 mm. 400,00 mm. 725,00 mm VISTA FRONTAL VISTA LATERAL. 700,00 mm VISTA SUPERIOR ANEXO V 1600,00 mm 200,00 mm 490,00 mm 400,00 mm 725,00 mm VISTA FRONTAL 580,00 mm VISTA LATERAL MÓDULOS AUDITÓRIO 700,00 mm 03 - Mesas em MDF texturizado estrutura em MDF Cinza Cristal 2 faces de 15mm

Leia mais

ANEXO VI MODELO DE PROPOSTA (PAPEL TIMBRADO DA EMPRESA)

ANEXO VI MODELO DE PROPOSTA (PAPEL TIMBRADO DA EMPRESA) ANEXO VI MODELO DE PROPOSTA (PAPEL TIMBRADO DA EMPRESA) Ao Excelentíssimo Senhor, Prefeito Municipal de Três de Maio Apresentamos abaixo nossa proposta para aquisição de materiais de limpeza para uso nas

Leia mais

Nº08. Reciclagem de Alumínio Economia de energia e fonte de oportunidades pág.4. Consulte: Oportunidades de Negócios de Materiais Recicláveis pág.

Nº08. Reciclagem de Alumínio Economia de energia e fonte de oportunidades pág.4. Consulte: Oportunidades de Negócios de Materiais Recicláveis pág. Boletim Informativo Nº08 Ano 2 Maio Junho 2002 Publicação Bimestral Nesta Edição: As Empresas e a Responsabilidade Social pág.2 Como Gerar Empregos sem Degradar o Meio Ambiente pág.3 A Adequada Gestão

Leia mais

PRODUTOS ELABORADOS MADEIRA PLÁSTICA

PRODUTOS ELABORADOS MADEIRA PLÁSTICA MADEIRA PLÁSTICA A Madeira Plástica é uma opção sustentável para quem se preocupa com a causa ambiental. O grande diferencial deste produto é que sua fabricação dá-se a partir da reciclagem de toneladas

Leia mais

PR O C E S S O E-07/504.149/2011 ESSENCIS SOLUÇÕES AMBIENTAIS S.A. PR O C E S S O E-07/504.175/2011 ESSENCIS SOLUÇÕES AMBIENTAIS S.A.

PR O C E S S O E-07/504.149/2011 ESSENCIS SOLUÇÕES AMBIENTAIS S.A. PR O C E S S O E-07/504.175/2011 ESSENCIS SOLUÇÕES AMBIENTAIS S.A. Boletim de Serviço Boletim de Serviço é uma publicação do Instituto Estadual do Ambiente, destinada a dar publicidade aos atos administrativos da instituição. Presidente Marilene Ramos Vice-Presidente

Leia mais

Priscila Boer Mazaro. Ciclo de Vida dos Resíduos Industriais

Priscila Boer Mazaro. Ciclo de Vida dos Resíduos Industriais Priscila Boer Mazaro A ESTRE É O LÍDER INCONTESTÁVEL A ESTRE é a maior companhia brasileira do setor de serviços ambientais 18.300 Empregados 40.000 TONS/DIA Todos os tipos de resíduos 4.522 CLIENTES

Leia mais

Plissados. Bags. Cartuchos. Elementos Filtrantes. Filtração Seca. Filtração Úmida

Plissados. Bags. Cartuchos. Elementos Filtrantes. Filtração Seca. Filtração Úmida Cartuchos Filtração Seca Plissados Plissados Tecnologia de filtração que aplica meios filtrantes de não tecido, substituindo com vantagens os tecidos usados em mangas filtrantes. Previnem a hidrólise aquosa

Leia mais

https://www.comprasnet.gov.br/pregao/pregoeiro/ata/ata3.asp?co_uasg=925849&numprp=000052...

https://www.comprasnet.gov.br/pregao/pregoeiro/ata/ata3.asp?co_uasg=925849&numprp=000052... Page 1 of 36 Pregão Eletrônico 925849.52012.19628.4560.239515672.836 Procuradoria Geral de Justiça Ata de Realização do Pregão Eletrônico Nº 00005/2012 (SRP) Às 10:14 horas do dia 27 de fevereiro de 2012,

Leia mais

ANEXO 03 Atividades Industriais

ANEXO 03 Atividades Industriais ANEXO 03 Atividades Industriais ATIVIDADE INDUSTRIAL INDUSTRIA DE MINERAIS NAO-METALICOS Beneficiamento de Minerais Não-Metálicos Beneficiamento de Minerais Não-Metálicos, sem Tingimento e com Britagem

Leia mais

Rodas Laminadas EXL e Discos Roloc EXL Scotch-Brite Industrial

Rodas Laminadas EXL e Discos Roloc EXL Scotch-Brite Industrial 3 Rodas Laminadas EXL e Discos Roloc EXL Scotch-Brite Industrial Dados Técnicos Fevereiro/2004 Substitui: Janeiro/2002 Página 1 de 8 Introdução: As Rodas Laminadas EXL e EXL Roloc Scotch-Brite para rebarbação

Leia mais

COLAS E ADESIVOS...03 FITAS ADESIVAS...06 CORRETIVOS...07 MASSAS E SELANTES...07 ACESSÓRIOS...08 FERRAMENTAS...15 LUBRIFICANTES...

COLAS E ADESIVOS...03 FITAS ADESIVAS...06 CORRETIVOS...07 MASSAS E SELANTES...07 ACESSÓRIOS...08 FERRAMENTAS...15 LUBRIFICANTES... COLAS E ADESIVOS...03 FITAS ADESIVAS...06 CORRETIVOS...07 MASSAS E SELANTES...07 ACESSÓRIOS...08 FERRAMENTAS...15 LUBRIFICANTES...15 COLAS E ADESIVOS FX 93 FX 75 GEL IDEAL PARA: Madeira, Metal, Porcelana,

Leia mais

CARACTERIZAÇÃO DOS RESÍDUOS DE SERVIÇOS DE SAÚDE POR UNIDADE GERADORA E A SEGREGAÇÃO DOS RESÍDUOS POR GRUPO.

CARACTERIZAÇÃO DOS RESÍDUOS DE SERVIÇOS DE SAÚDE POR UNIDADE GERADORA E A SEGREGAÇÃO DOS RESÍDUOS POR GRUPO. 1 Unidade ou serviço Descrição do Resíduo Grupo Estado -Secreções, excreções, e outros fluidos orgânicos. -Recipientes e materiais resultantes do processo de assistência à saúde, que não contenha sangue

Leia mais

ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA

ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA 1. DO OBJETO 1.1. Contratação de empresa especializada para eventual fornecimento, montagem e instalação de mobiliário, para a Procuradoria Regional do Trabalho da 2a Região

Leia mais

PRESIDENTE DA REPÚBLICA Luiz Inácio Lula da Silva. Redação Inara Vieira. MINISTRO DA CULTURA Juca Ferreira. Revisão Graça Mendes

PRESIDENTE DA REPÚBLICA Luiz Inácio Lula da Silva. Redação Inara Vieira. MINISTRO DA CULTURA Juca Ferreira. Revisão Graça Mendes PRESIDENTE DA REPÚBLICA Luiz Inácio Lula da Silva MINISTRO DA CULTURA Juca Ferreira PRESIDENTE DO IPHAN Luiz Fernando de Almeida CHEFE DE GABINETE Fernanda Pereira PROCURADORA-CHEFE FEDERAL Lúcia Sampaio

Leia mais

CARTILHA DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL DIVIRTA-SE E APRENDA SOBRE A RECICLAGEM E AS VANTAGENS DAS EMBALAGENS LONGA VIDA U M P RO J E TO

CARTILHA DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL DIVIRTA-SE E APRENDA SOBRE A RECICLAGEM E AS VANTAGENS DAS EMBALAGENS LONGA VIDA U M P RO J E TO CARTILHA DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL DIVIRTA-SE E APRENDA SOBRE A RECICLAGEM E AS VANTAGENS DAS EMBALAGENS LONGA VIDA U M P RO J E TO O PRIMEIRO PASSO PARA APRENDER A RECICLAR É CONHECER QUAIS MATERIAIS SÃO

Leia mais

Anexo 08: informações sobre os Resíduos de Empresas Divinopolitanas licenciadas no CODEMA

Anexo 08: informações sobre os Resíduos de Empresas Divinopolitanas licenciadas no CODEMA ORDEM GERA RESÍDUO? QUAL(IS) TEM PGRS 1 s/inf s/inf s/inf 2 s/inf s/inf s/inf 3 s/inf s/inf s/inf 4 s/inf s/inf s/inf 5 Sim Sólido ("torta de concreto seca" e lixo doméstico) e Líquidos (Esgoto sanitário

Leia mais

Roda CP Scotch-Brite Industrial Dados Técnicos Janeiro / 2002

Roda CP Scotch-Brite Industrial Dados Técnicos Janeiro / 2002 3 Roda CP Scotch-Brite Industrial Dados Técnicos Janeiro / 2002 Substitui: Dezembro/2000 Página 1 de 14 Introdução: As Rodas Scotch-Brite C&P (Cutting & Polishing) são um eficiente e econômico produto

Leia mais

LEI Nº 2.778, DE 22 DE NOVEMBRO DE 2013. Publicada no Diário Oficial nº 4.010

LEI Nº 2.778, DE 22 DE NOVEMBRO DE 2013. Publicada no Diário Oficial nº 4.010 LEI Nº 2.778, DE 22 DE NOVEMBRO DE 2013. Publicada no Diário Oficial nº 4.010 Institui o Cadastro Técnico Estadual de Atividades Potencialmente Poluidoras ou Utilizadoras de Recursos Ambientais - CTE e

Leia mais