PIBID - História e(m) imagens HISTÓRIA UFPR

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "PIBID - História e(m) imagens HISTÓRIA UFPR"

Transcrição

1 Oficina i de Quadrinhos e Cinema PIBID - História e(m) imagens HISTÓRIA UFPR

2 Uso de Histórias em Quadrinhos (HQs) em Sala de Aula Diferentes gêneros e formatos para se escrever e publicar uma HQ; As temáticas também variam do mais fantasioso ao mais verossímil.

3 Alguns quadrinhos funcionam como verdadeiras reportagens jornalísticas, uma característica ti dos trabalhos de Joe Sacco; Outros, funcionam como biografias que servem para apresentar e rememorar realidades históricas vividas por seu autor, como por exemplo Maus, Gen: pés descalços e o próprio Persépolis ; Ainda outros, a partir de tramas ficcionais, discutem temas pertinentes t à realidade d política e social de seu autor, traço marcante das histórias de Alan Moore.

4 As histórias em quadrinhos podem ser usadas como uma importante ferramenta pedagógica de transmissão de conhecimento; São também capazes de instigar a leitura, por conta de sua linguagem mais acessível; Devido à isso, podem atingir um público mais abrangente, possibilitando o acesso de um público extremamente jovem; Permitem que o seu autor brinque com a realidade.

5

6 Uso do Cinema em Sala de Aula O cinema é uma arte de massa; Possui um maior alcance de público, e consequentemente, maior interesse comercial; Existem inúmeros filmes que abordam temáticas históricas, é necessário analisar de maneira crítica as informações trazidas por todos esses filmes. Além de representar tempos históricos, muitos filmes também servem como fontes históricas, pois dizem muito sobre o contexto em que foram filmados.

7 O importante na utilização do Cinema na sala de aula é que o professor saiba guiar uma análise crítica do que foi visto, gerando questionamentos e debates entre os alunos.

8 Adaptações entre HQs e o Cinema É muito comum o retrato de uma mesma história em diferentes mídias, na Literatura, no Cinema e nas Histórias em Quadrinhos; Isso acontece principalmente à maior facilidade comercial de se promover um produto já existente em outro formato e também ao atrativo de se contar uma mesma história sob outro ponto de vista; Essas três mídias possuem linguagens diferentes, porém o conteúdo será modificado, adaptado; O essencial é se manter o núcleo de originalidade presente em uma história na sua mídia original.

9

10 RELIGIÃO ISLÂMICA O que é o Islamismo? Quem foi Maomé? O que é o Alcorão?

11 Religião monoteísta; Fundamentada nos ensinamentos de Maomé; Revelação da existência de um Deus único; Ilã i ifi b t Alá Islã significa submeter-se a Alá; Os fiéis são chamados muçulmanos

12 O livro sagrado do Islamismo é o alcorão; Onipotência de Deus e a necessidade de bondade, generosidade e justiça nas relações entre os seres humanos; O respeito aos povos do livro (judeus e cristãos);

13 A cidade sagrada do Islã é Meca, onde se encontra a Caaba, que guarda a pedra negra, uma das relíquias sagradas do Islã; Os muçulmanos fazem suas preces voltados para Meca.

14 Divisão após a morte de Maomé Sunitas - adotam o Alcorão e a Suna e acreditam que qualquer líder escolhido pela população muçulmana é capaz de governar, hoje representam quase 90% dos muçulmanos. Xiitas - adotam apenas o Alcorão e crêem que somente os descendentes de Maomé podem governar o Islã.

15 OIslamismonão adota a separação de Igreja e Estado,, desta forma, o Irã é uma república islâmica, sendo a religião muçulmana do ramo xiita a religião oficial do Estado e este adota a sharia, que é direito islâmico contido no Alcorão.

16 O Islamismo é umas das maiores religiões e também a que mais cresce no mundo, tendo bilhões de fiéis.

17 AS MULHERES NO ISLAMISMO

18 O USO DO VÉU (HIJAB) - O uso do véu é obrigatório? - Todas as mulheres se sentem mal com o uso do véu?

19 - O véu inibe a personalidade de quem usa?

20 - O hijab impede que as mulheres j p q pratiquem outras atividades?

21 TRABALHO E ESTUDO - As mulheres podem trabalhar e estudar? - As mulheres ganham menos? - E no Ocidente?

22 OIrã

23 O que foi? Quando foi? Como era antes? Quem era o Sha? A Revolução Iraniana

24 República Teocrática O que é? Quem manda? Qual é a lei? Como afeta a vida cotidiana?

Aula 5.1 Conteúdo: As grandes Religiões de matriz ocidental Judaísmo Cristianismo Islamismo ENSINO RELIGIOSO CONTEÚDO E HABILIDADES

Aula 5.1 Conteúdo: As grandes Religiões de matriz ocidental Judaísmo Cristianismo Islamismo ENSINO RELIGIOSO CONTEÚDO E HABILIDADES CONTEÚDO E HABILIDADES FORTALECENDO SABERES DESAFIO DO DIA Aula 5.1 Conteúdo: As grandes Religiões de matriz ocidental Judaísmo Cristianismo Islamismo 2 CONTEÚDO E HABILIDADES FORTALECENDO SABERES DESAFIO

Leia mais

O MUNDO ISLÂMICO Prof. Nilson Urias

O MUNDO ISLÂMICO Prof. Nilson Urias O MUNDO ISLÂMICO Prof. Nilson Urias É a religião com maior número de seguidores e é a religião que mais cresce no mundo. Noite do Destino : Maomé recebe a revelação do anjo Gabriel. Só há um Deus, que

Leia mais

Islamismo. Sobre a cultura árabe.

Islamismo. Sobre a cultura árabe. Islamismo O livro sagrado da religião islâmica é chamado Alcorão que é composto por 114 capítulos que traduzem a mensagem de Deus enviada a Maomé, porém, nem sempre foi assim, antes da revelação maometana,

Leia mais

História Geral. 3ª Edição - 2007

História Geral. 3ª Edição - 2007 História Geral 3ª Edição - 2007 Arábia Pré Islâmica Os Muçulmanos (Religião Islâmica) Caaba Página de um Alcorão do século XIX. O texto sagrado do islamismo, composto de 114 suratas ou capítulos contém

Leia mais

DISCIPLINA SÉRIE BIMESTRE PROVA MODELO 6ª 3 P2 REVISÃO

DISCIPLINA SÉRIE BIMESTRE PROVA MODELO 6ª 3 P2 REVISÃO DISCIPLINA SÉRIE BIMESTRE PROVA MODELO História CONTEÚDO: CAP 3 - Islã CAP 4 Francos e Carolíngios 6ª 3 P2 REVISÃO 1. Na Arábia pré-islâmica, uma cidade em especial se transformou num ponto de encontro,

Leia mais

PROVA BIMESTRAL História

PROVA BIMESTRAL História 6 o ano 4 o bimestre PROVA BIMESTRAL História Escola: Nome: Turma: n o : Observe a imagem e responda às questões 1 e 2. REPRODUÇÃO 1. Cite dois elementos presentes na imagem que representam a Igreja católica.

Leia mais

Easinfluências do Oriente.

Easinfluências do Oriente. IMPÉRIO BIZANTINO (séc IV a XV) Easinfluências do Oriente. PROFESSOR NICHOLAS GABRIEL MINOTTI LOPES FERREIRA INTRODUÇÃO O império romano caiu, dividiu-se em dois: Ocidental e Oriental. Oi Sua sede Bizâncio

Leia mais

ISLAMISMO. Islã: submissão Muçulmano; o que se submete e rende a Alá

ISLAMISMO. Islã: submissão Muçulmano; o que se submete e rende a Alá ISLAMISMO Islã: submissão Muçulmano; o que se submete e rende a Alá MAOMÉ OU MOHAMMED Maomé (em áraabe:muḥammad ou Moḥammed; Meca. 570 - Medina, 8 de Junho de 632) foi um líder religioso e político árabe.

Leia mais

Introdução. A Religião Islamismo

Introdução. A Religião Islamismo Introdução A Religião Islamismo A palavra religião vem do latim: religio. A religião é um vínculo, onde o mundo profano e o mundo sagrado são as partes vinculadas. Esse vínculo, na religião judaica, aparece

Leia mais

Cultura Religiosa. Prof. Ismar Dias de Matos

Cultura Religiosa. Prof. Ismar Dias de Matos Cultura Religiosa Prof. Ismar Dias de Matos I s l a m i s m o A partir de 20/01/2007, os islâmicos entraram no ano 1428. O que não é Islamismo O Islamismo não deve ser associado aos extremismos e fanatismos

Leia mais

Unidade II Civilização Greco Romana e seu legado. Aula 8.1 Conteúdo: A influência do Islamismo na formação dos Árabes.

Unidade II Civilização Greco Romana e seu legado. Aula 8.1 Conteúdo: A influência do Islamismo na formação dos Árabes. Unidade II Civilização Greco Romana e seu legado. Aula 8.1 Conteúdo: A influência do Islamismo na formação dos Árabes. Habilidade: Conhecer a construção da identidade árabe através da consolidação histórica

Leia mais

Os Árabes e o Islamismo

Os Árabes e o Islamismo Os Árabes e o Islamismo A civilização árabe ou islâmica surgiu no Oriente Médio, numa península desértica situada entre a Ásia e a África. É área de aproximadamente um milhão de quilômetros quadrados,

Leia mais

Apostila 03 - Atividade 35 pp. 69-74 Aspectos Naturais: relevo, hidrografia, clima e vegetação

Apostila 03 - Atividade 35 pp. 69-74 Aspectos Naturais: relevo, hidrografia, clima e vegetação Apostila 03 - Atividade 35 pp. 69-74 Aspectos Naturais: relevo, hidrografia, clima e vegetação 01. F, V, V, F, V. 02. Oceano Glacial Ártico; Círculo Polar Ártico; Montes Urais; Trópico de Câncer; Oceano

Leia mais

Cite e analise UMA SEMELHANÇA e UMA DIFERENÇA entre a religião muçulmana e a religião cristã durante a Idade Média.

Cite e analise UMA SEMELHANÇA e UMA DIFERENÇA entre a religião muçulmana e a religião cristã durante a Idade Média. Questão 1: Leia o trecho abaixo a responda ao que se pede. COMISSÃO PERMANENTE DE SELEÇÃO COPESE Quando Maomé fixou residência em Yatrib, teve início uma fase decisiva na vida do profeta, em seu empenho

Leia mais

IGREJA DE CRISTO INTERNACIONAL DE BRASÍLIA ESCOLA BÍBLICA. Aula 28 Cristianismo e Islamismo

IGREJA DE CRISTO INTERNACIONAL DE BRASÍLIA ESCOLA BÍBLICA. Aula 28 Cristianismo e Islamismo IGREJA DE CRISTO INTERNACIONAL DE BRASÍLIA ESCOLA BÍBLICA Aula 28 Cristianismo e Islamismo Introdução O Islamismo é uma religião monoteísta (tem apenas um Deus), e é baseada nos ensinamentos de Maomé (570-632

Leia mais

ARTE PALEOCRISTÃ PRINCIPAIS CARACTERÍSTICAS. Arte Paleocristã Arte Bizantina Arte Islâmica - ESPIRITUALIDADE

ARTE PALEOCRISTÃ PRINCIPAIS CARACTERÍSTICAS. Arte Paleocristã Arte Bizantina Arte Islâmica - ESPIRITUALIDADE Arte Paleocristã Arte Bizantina Arte Islâmica ARTE PALEOCRISTÃ ARTE PALEOCRISTÃ Também chamada de Arte das Catacumbas, desenvolveu-se dentro do Império Romano, quando surgiram os primeiros núcleos cristãos.

Leia mais

Radicalismo Islâmico. Radicalismo Islamico

Radicalismo Islâmico. Radicalismo Islamico Radicalismo Islâmico Radicalismo Islamico Assim, no mundo árabe, Deus continua socializado de uma maneira que não vemos na Europa desde, talvez, antes do iluminismo. Deus está onipresente na comunidade

Leia mais

As Três Grandes Religiões Cristianismo, Islamismo e Judaísmo

As Três Grandes Religiões Cristianismo, Islamismo e Judaísmo TRABALHO SOBRE As Três Grandes Religiões Cristianismo, Islamismo e Judaísmo Matéria: Cultura Religiosa Professor: Drº Aluno: Sérgio Moreira dos Santos, RA: 304395781. º do Curso de Direito, período noturno.

Leia mais

IDADE MÉDIA ORIENTAL BIZANTINOS E ÁRABES

IDADE MÉDIA ORIENTAL BIZANTINOS E ÁRABES IDADE MÉDIA ORIENTAL BIZANTINOS E ÁRABES 1 O IMPÉRIO BIZANTINO: Império Romano do Oriente ou Império Grego. Constantinopla capital. Antiga Bizâncio, hoje Istambul (TUR). Local privilegiado estrategicamente

Leia mais

A crise no mundo árabe e suas perspectivas. Cultura e Religião

A crise no mundo árabe e suas perspectivas. Cultura e Religião A crise no mundo árabe e suas perspectivas Cultura e Religião Cultura árabe e religião muçulmana (islamismo) Árabes grupo definido culturalmente: língua árabe, islã, tradições e costumes; Religião Muçulmana

Leia mais

Aula 5.2 Conteúdo: As grandes Religiões de matriz Orientais Hinduísmo - Índia Budismo - Índia Taoísmo - China Xintoísmo - Japão ENSINO RELIGIOSO

Aula 5.2 Conteúdo: As grandes Religiões de matriz Orientais Hinduísmo - Índia Budismo - Índia Taoísmo - China Xintoísmo - Japão ENSINO RELIGIOSO A Aula 5.2 Conteúdo: As grandes Religiões de matriz Orientais Hinduísmo - Índia Budismo - Índia Taoísmo - China Xintoísmo - Japão 2 A Habilidades: Identificas as diferenças e semelhanças entre as religiões

Leia mais

Islamismo (Islã ou Islão)

Islamismo (Islã ou Islão) 1 Islamismo (Islã ou Islão) Introdução O islamismo era pouco conhecido no Brasil antes de 11 de setembro de 2001. O ataque de terroristas muçulmanos ao prédio World Trade Center em Nova Iorque e os acontecimentos

Leia mais

Texto integrante dos Anais do XX Encontro Regional de História: História e Liberdade. ANPUH/SP UNESP-Franca. 06 a 10 de setembro de 2010. Cd-Rom.

Texto integrante dos Anais do XX Encontro Regional de História: História e Liberdade. ANPUH/SP UNESP-Franca. 06 a 10 de setembro de 2010. Cd-Rom. JUSTIFICATIVA A escolha do tema do presente trabalho se deu com o intuito de mostrar as grandes dificuldades e os preconceitos que a mulher sofre no islã, o que faz com que os problemas que as mulheres

Leia mais

ENSINO RELIGIOSO: A TOLERÂNCIA E A INTOLERÂNCIA NA SALA DE AULA

ENSINO RELIGIOSO: A TOLERÂNCIA E A INTOLERÂNCIA NA SALA DE AULA ENSINO RELIGIOSO: A TOLERÂNCIA E A INTOLERÂNCIA NA SALA DE AULA 1. Introdução Paula Martins Xavier Faculdade de História, Direito e Serviço Social UNESP/Campus Franca paulaxavier86@yahoo.com.br Gustavo

Leia mais

Colégio Jardim São Paulo 2012 9 os Anos. ORIENTE MÉDIO 2. prof. Marcelo Duílio profa. Mônica Moraes

Colégio Jardim São Paulo 2012 9 os Anos. ORIENTE MÉDIO 2. prof. Marcelo Duílio profa. Mônica Moraes Colégio Jardim São Paulo 2012 9 os Anos. ORIENTE MÉDIO 2 prof. Marcelo Duílio profa. Mônica Moraes 1 ORIENTE MÉDIO Quadro político e socioeconômico Essa região divide se politicamente em uma porção continental:

Leia mais

ORIENTE MÉDIO. Col. Santa Clara Prof. Marcos

ORIENTE MÉDIO. Col. Santa Clara Prof. Marcos ORIENTE MÉDIO Col. Santa Clara Prof. Marcos DÉFICIT HÍDRICO NO ORIENTE MÉDIO ONU: escassez de água = menos de 1.000 m³ por ano, por pessoa. Oriente Médio = 700 m³/pessoa ao ano CRESCENTE FÉRTIL - Rios

Leia mais

EDUCAÇÃO RELIGIOSA 8º ANO 18 A, B

EDUCAÇÃO RELIGIOSA 8º ANO 18 A, B EDUCAÇÃO RELIGIOSA 8º ANO 18 A, B CONTEÚDOS DO EXAME Autoconhecimento. Relacionamento, amor, formação da identidade e afetividade. Sexualidade na perspectiva religiosa. Campanha da Fraternidade 2015 Práticas

Leia mais

Islamismo: A história de um povo UCP - UNIVERSIDADE CATÓLICA DE PETRÓPOLIS CCSA CENTRO DE CIÊNCIAS SOCIAIS APLICADAS CURSO DE ECONOMIA

Islamismo: A história de um povo UCP - UNIVERSIDADE CATÓLICA DE PETRÓPOLIS CCSA CENTRO DE CIÊNCIAS SOCIAIS APLICADAS CURSO DE ECONOMIA UCP - UNIVERSIDADE CATÓLICA DE PETRÓPOLIS CCSA CENTRO DE CIÊNCIAS SOCIAIS APLICADAS CURSO DE ECONOMIA ISLAMISMO A história de um povo PETRÓPOLIS 2011 2 UCP - UNIVERSIDADE CATÓLICA DE PETRÓPOLIS CCSA CENTRO

Leia mais

O Mundo Islâmico ARÁBIA PRÉ-ISLÂMICA:

O Mundo Islâmico ARÁBIA PRÉ-ISLÂMICA: O MUNDO ISLÂMICO A Civilização Árabe foi uma das mais brilhantes do período medieval e se estendeu da Índia até a Península Ibérica, passando pela Mesopotâmia, Palestina (Terra Santa), Egito, Norte da

Leia mais

Observe as imagens, que pertencem ao manuscrito de um cronista inca, "Guaman Poma de Ayala" (1526-1614). (1,5)

Observe as imagens, que pertencem ao manuscrito de um cronista inca, Guaman Poma de Ayala (1526-1614). (1,5) Observe as imagens, que pertencem ao manuscrito de um cronista inca, "Guaman Poma de Ayala" (1526-1614). (1,5) Leia as afirmações seguintes, a respeito dos incas e marque a afirmativa INCORRETA. a) Tinham

Leia mais

IRÃ. Islamismo (oficial) 98% (xiitas 89%, sunitas 9%), outras (incluindo bahaísmo, cristianismo, zoroastrismo e judaísmo) 2%

IRÃ. Islamismo (oficial) 98% (xiitas 89%, sunitas 9%), outras (incluindo bahaísmo, cristianismo, zoroastrismo e judaísmo) 2% IRÃ MAPA Fonte: Country Report BANDEIRA DADOS SÓCIO-ECONÔMICOS Capital: Teerã População: 79,853,900 (est. julho 2013) Idioma: Religião: Persa (oficial) de 53%, Azeri turcomano e dialetos turcos 18%, curdo

Leia mais

A Unicidade. Em nome de Deus, o Clemente, o Misericordioso

A Unicidade. Em nome de Deus, o Clemente, o Misericordioso ISLÃ A Unicidade Em nome de Deus, o Clemente, o Misericordioso 1. Dize: Ele é Deus, o Único! 2. Deus! O Absoluto! 3. Jamais gerou ou foi gerado! 4. E ninguém é comparável a Ele! Pilares do Islã Testemunho

Leia mais

Sumário. Observações iniciais... 15. Abreviaturas dos livros da Bíblia... 17. Prefácio... 19. Introdução... 23

Sumário. Observações iniciais... 15. Abreviaturas dos livros da Bíblia... 17. Prefácio... 19. Introdução... 23 Sumário Observações iniciais... 15 Abreviaturas dos livros da Bíblia... 17 Prefácio... 19 Introdução... 23 1 A Aliança: de israelita a judeu... 29 Um prólogo sobre a Terra... 29 O relato alcorânico da

Leia mais

Unidade III. Aula 17.1 Conteúdo Países árabes; Turquia. Cidadania e Movimento FORTALECENDO SABERES DINÂMICA LOCAL INTERATIVA CONTEÚDO E HABILIDADES

Unidade III. Aula 17.1 Conteúdo Países árabes; Turquia. Cidadania e Movimento FORTALECENDO SABERES DINÂMICA LOCAL INTERATIVA CONTEÚDO E HABILIDADES CONTEÚDO E HABILIDADES FORTALECENDO SABERES DESAFIO DO DIA Unidade III Cidadania e Movimento Aula 17.1 Conteúdo Países árabes; Turquia. 2 CONTEÚDO E HABILIDADES FORTALECENDO SABERES DESAFIO DO DIA Habilidade:

Leia mais

ALERTA: AÇÕES EDUCATIVAS - PROJETO O.Q DE QUADRINHOS E O PROCESSO DE ENSINAR ARTE ATRAVES DAS HISTÓRIAS EM QUADRINHOS.

ALERTA: AÇÕES EDUCATIVAS - PROJETO O.Q DE QUADRINHOS E O PROCESSO DE ENSINAR ARTE ATRAVES DAS HISTÓRIAS EM QUADRINHOS. ALERTA: AÇÕES EDUCATIVAS - PROJETO O.Q DE QUADRINHOS E O PROCESSO DE ENSINAR ARTE ATRAVES DAS HISTÓRIAS EM QUADRINHOS. Evânio Bezerra da Costa (Jimmy Rus 1 ) jimmyrus13@yahoo.com.br Comunicação: Relato

Leia mais

A ABORDAGEM DAS HISTÓRIAS EM QUADRINHO NOS LIVROS DIDÁTICOS DE QUÍMICA. Palavras-chave: Ensino de química; histórias em quadrinhos; livro didático.

A ABORDAGEM DAS HISTÓRIAS EM QUADRINHO NOS LIVROS DIDÁTICOS DE QUÍMICA. Palavras-chave: Ensino de química; histórias em quadrinhos; livro didático. A ABORDAGEM DAS HISTÓRIAS EM QUADRINHO NOS LIVROS DIDÁTICOS DE QUÍMICA Fabricio Santos Almeida 1 Márcia Cristiane Eloi Silva Ataide 2 1 Licenciando em Química, Universidade Federal do Piauí - UFPI. 2 Professora

Leia mais

ORIENTE MÉDIO CAPÍTULO 10 GRUPO 07

ORIENTE MÉDIO CAPÍTULO 10 GRUPO 07 ORIENTE MÉDIO CAPÍTULO 10 GRUPO 07 LOCALIZAÇÃO Compreende a região que se estende do Mar Vermelho e Canal de Suez, no Egito, até o Afeganistão, a leste. Também fazem parte do Oriente Médio a Ilha de Chipre,

Leia mais

ESCOLA BÁSICA E SECUNDÁRIA DR. VIEIRA DE CARVALHO Planificação Educação Moral e Religiosa Católica. Ano Letivo 2015/2016 3º Ciclo 7º Ano

ESCOLA BÁSICA E SECUNDÁRIA DR. VIEIRA DE CARVALHO Planificação Educação Moral e Religiosa Católica. Ano Letivo 2015/2016 3º Ciclo 7º Ano Unidade Letiva: 1 - As Origens Período: 1º 1. Questionar a origem, o destino e o sentido do universo e do ser humano. As origens na perspetiva científica L. Estabelecer um diálogo entre a cultura e a fé.

Leia mais

Prof. Alexandre Goicochea História

Prof. Alexandre Goicochea História FRANCO Merovíngia Carolíngio ISLÂMICO Maomé Xiitas (alcorão) e Sunitas (suna e alcorão) BIZÂNTINO Justiniano Igreja Santa Sofia Iconoclastia Monoticismo (Jesus Cristo só espírito) Corpus Juris Civilis

Leia mais

CURRÍCULO 2014/2015. Disciplina: EMRC Ano de Escolaridade: 7º. 1.º Período Aulas Previstas: 13

CURRÍCULO 2014/2015. Disciplina: EMRC Ano de Escolaridade: 7º. 1.º Período Aulas Previstas: 13 CURRÍCULO 2014/2015 Disciplina: EMRC Ano de Escolaridade: 7º 1.º Período Aulas Previstas: 13 Conteúdos As origens 7. ano Unidade Lectiva 1 A maravilha do Universo e a grandeza do ser humano Os dados da

Leia mais

1º ano. 1) Relações de Trabalho, Relações de Poder...

1º ano. 1) Relações de Trabalho, Relações de Poder... Liberdade, propriedade e exploração. A revolução agrícola e as relações comerciais. Capítulo 1: Item 5 Relações de trabalho nas sociedades indígenas brasileiras e americanas. Escravidão e servidão. Divisão

Leia mais

O ALCORÃO NA HISTORIOGRAFIA. Anizio José do Carmo Júnior (Universidade Federal de Goiás)

O ALCORÃO NA HISTORIOGRAFIA. Anizio José do Carmo Júnior (Universidade Federal de Goiás) O ALCORÃO NA HISTORIOGRAFIA Anizio José do Carmo Júnior (Universidade Federal de Goiás) 1. Introdução Até o ano de 2001, o mercado editorial de livros no Brasil sempre careceu de publicações referentes

Leia mais

História Geral. 3ª Edição - 2007

História Geral. 3ª Edição - 2007 História Geral 3ª Edição - 2007 Os Hebreus Localizado a leste da Mesopotâmia, constituía de um vasto planalto desértico rodeado de montanhas, entre a Mesopotâmia e a Índia. O Império Persa constituiu um

Leia mais

Uma autora em dois lugares: O feminismo e as práticas de Marjane Satrapi Luana Balieiro Cosme *

Uma autora em dois lugares: O feminismo e as práticas de Marjane Satrapi Luana Balieiro Cosme * Uma autora em dois lugares: O feminismo e as práticas de Marjane Satrapi Luana Balieiro Cosme * O Irã é um país com aparições recorrentes na mídia internacional desde o século XX. A Revolução Islâmica

Leia mais

AS ORIGENS DO CALIFADO E O IMPÉRIO ÁRABE- ISLÂMICO: UM HARÉM DE SOBERANOS. Apresentação cedida e editada pelos profs. Rodrigo Teixeira e Rafael Ávila

AS ORIGENS DO CALIFADO E O IMPÉRIO ÁRABE- ISLÂMICO: UM HARÉM DE SOBERANOS. Apresentação cedida e editada pelos profs. Rodrigo Teixeira e Rafael Ávila AS ORIGENS DO CALIFADO E O IMPÉRIO ÁRABE- ISLÂMICO: UM HARÉM DE SOBERANOS Apresentação cedida e editada pelos profs. Rodrigo Teixeira e Rafael Ávila No primeiro momento é preciso tomar cuidado em relação

Leia mais

Seitas e Heresias 2014

Seitas e Heresias 2014 ISLAMISMO A religião islâmica ou mulçumana é hoje a segunda maior em número de fiéis, estando à sua frente apenas o cristianismo somandose Catolicismo Romano, Ortodoxos, Protestantes, Evangélicos, etc.

Leia mais

O!JEJUM!MUÇULMANO!(RAMADÃ)!E!A!IGREJA!BRASILEIRA!

O!JEJUM!MUÇULMANO!(RAMADÃ)!E!A!IGREJA!BRASILEIRA! OJEJUMMUÇULMANO(RAMADÃ)EAIGREJABRASILEIRA Dr.$Jeferson$F$Chagas$ $ O$Ramadã$é$um$mês$especial$a$todo$muçulmano.$É$o$nono$mês$do$calendário$islâmico.$Eles$jejuam$ do$nascer$ao$pôr$do$sol.$acreditam$que$as$portas$dos$céus$se$abrem$e$as$do$inferno$se$fecham$sendo$

Leia mais

OS ÁRABES E O ISLÃ. O Mundo Muçulmano

OS ÁRABES E O ISLÃ. O Mundo Muçulmano OS ÁRABES E O ISLÃ O Mundo Muçulmano A ARÁBIA PRÉ-ISLÂMICA Península arábica. Deserto predominante. Até o séc. VI: divididos em aproximadamente 300 tribos. Beduínos nômades, dedicados a saques, habitavam

Leia mais

PESCOLA VICENTINA SÃO VICENTE DE PAULO

PESCOLA VICENTINA SÃO VICENTE DE PAULO PESCOLA VICENTINA SÃO VICENTE DE PAULO Disciplina: Ensino Religioso Professor(a): Rosemary de Souza Gelati Paranavaí / / 6º ANO Sois meu refúgio e minha cidadela, meu Deus, em que eu confio (Sl 90,2) OS

Leia mais

CONTEÚDO E HABILIDADES DINÂMICA LOCAL INTERATIVA INTERATIVIDADE FINAL AULA SOCIOLOGIA. Conteúdo: Conflitos religiosos no mundo

CONTEÚDO E HABILIDADES DINÂMICA LOCAL INTERATIVA INTERATIVIDADE FINAL AULA SOCIOLOGIA. Conteúdo: Conflitos religiosos no mundo Conteúdo: Conflitos religiosos no mundo Habilidades: Reconhecer que a religião muitas vezes esconde razões políticas, econômicas e sociais de inúmeros conflitos no mundo contemporâneo; Reconhecer que a

Leia mais

4. AS MINORIAS RELIGIOSAS NO IRÃ

4. AS MINORIAS RELIGIOSAS NO IRÃ 52 4. AS MINORIAS RELIGIOSAS NO IRÃ Para compreender o caso das minorias cristãs no Irã é preciso entender sua história. Torna-se necessário entender como a Pérsia se tornou o Irã, e se transformou de

Leia mais

ESCOLA MUNICIPAL PAPA JOÃO XXIII ENSINO FUNDAMENTAL. ENSINO RELIGIOSO Professora Sileane Ribeiro FOGO

ESCOLA MUNICIPAL PAPA JOÃO XXIII ENSINO FUNDAMENTAL. ENSINO RELIGIOSO Professora Sileane Ribeiro FOGO ENSINO RELIGIOSO FOGO O fogo é um elemento que parece ter vida, consome e ilumina, aquece e também causa dor e morte. Muitas vezes, é tido como sagrado, simbolizando, por exemplo, no cristianismo, o Espírito

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO E CULTURA UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE CURSO MÍDIAS NA EDUCAÇÃO CADA UM NO SEU QUADRINHO

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO E CULTURA UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE CURSO MÍDIAS NA EDUCAÇÃO CADA UM NO SEU QUADRINHO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO E CULTURA UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE CURSO MÍDIAS NA EDUCAÇÃO CADA UM NO SEU QUADRINHO VIDEIRA, JUNHO DE 2008 ERMELINA PIRES FERREIRA GISLAINE GONZALEZ SIRLEI MUNZLINGER

Leia mais

Homens da África Ahmadou Kourouma. Edições SM. Cabelos de axé: identidade e resistência Raul Lody. Editora SENAC

Homens da África Ahmadou Kourouma. Edições SM. Cabelos de axé: identidade e resistência Raul Lody. Editora SENAC ÁFRICA Homens da África Ahmadou Kourouma. Edições SM Ricamente ilustrada por fotos e desenhos, esta obra traça um painel detalhado da vida dos habitantes da África do Oeste: sua tradição oral, detalhes

Leia mais

Escola Básica e Secundária Dr. Vieira de Carvalho

Escola Básica e Secundária Dr. Vieira de Carvalho Escola Básica e Secundária Dr. Vieira de Carvalho Planificação do 7º Ano - Educação Moral e Religiosa Católica Unidades Temáticas Conteúdos Competências Específicas Instrumentos de Avaliação UL1- AS ORIGENS

Leia mais

Disciplina: Ensino Religioso Professor(a): Rosemary de Souza Gelati

Disciplina: Ensino Religioso Professor(a): Rosemary de Souza Gelati ESCOLA VICENTINA SÃO VICENTE DE PAULO Disciplina: Ensino Religioso Professor(a): Rosemary de Souza Gelati Paranavaí / / 6º ANO TRADIÇÕES RELIGIOSAS TEXTOS SAGRADOS Se as religiões estão para humanizar

Leia mais

O Movimento dos Focolares A ESPIRITUALIDADE DA UNIDADE

O Movimento dos Focolares A ESPIRITUALIDADE DA UNIDADE O Movimento dos Focolares A ESPIRITUALIDADE DA UNIDADE O Movimento dos Focolares Movimento Internacional: Está presente em 182 países. Sede Central: Rocca di Papa (Roma), Itália No mundo: Membros: 120

Leia mais

Aula 7.1 Conteúdo: Textos Sagrados: orais e escritos O que são os textos sagrados? O texto sagrado nas tradições religiosas ENSINO RELIGIOSO

Aula 7.1 Conteúdo: Textos Sagrados: orais e escritos O que são os textos sagrados? O texto sagrado nas tradições religiosas ENSINO RELIGIOSO CONTEÚDO E HABILIDADES FORTALECENDO SABERES DESAFIO DO DIA Aula 7.1 Conteúdo: Textos Sagrados: orais e escritos O que são os textos sagrados? O texto sagrado nas tradições religiosas 2 CONTEÚDO E HABILIDADES

Leia mais

O império que surgiu das areias

O império que surgiu das areias O império que surgiu das areias CONCEITOS A EXPLORAR A rte Linguagem fílmica. Influência oriental na arte. Arte contemporânea brasileira. Caligrafia e motivos geométricos árabes. Religião, religiosidade

Leia mais

JOGO DE PERCURSO: O FIM DO IMPÉRIO ROMANO AS MIGRAÇÕES BÁRBARAS E O CRISTIANISMO

JOGO DE PERCURSO: O FIM DO IMPÉRIO ROMANO AS MIGRAÇÕES BÁRBARAS E O CRISTIANISMO SITUAÇÃO DE APRENDIZAGEM 1 JOGO DE PERCURSO: O FIM DO IMPÉRIO ROMANO AS MIGRAÇÕES BÁRBARAS E O CRISTIANISMO Trabalhando o conceito Páginas 3-4 1. O termo bárbaro era utilizado para designar quem não falava

Leia mais

A Mídia Ocidental e os povos Árabes uma relação de preconceito e generalizações 1

A Mídia Ocidental e os povos Árabes uma relação de preconceito e generalizações 1 RESUMO A Mídia Ocidental e os povos Árabes uma relação de preconceito e generalizações 1 João Victor GUEDES 2 Luciene DIAS 3 Rômulo SOUSA 4 Universidade Federal de Goiás, Goiânia, GO Os povos de origem

Leia mais

DEPARTAMENTO: DEPARTAMENTO DE CIÊNCIAS SOCIAIS E HUMANAS

DEPARTAMENTO: DEPARTAMENTO DE CIÊNCIAS SOCIAIS E HUMANAS DISCIPLINA: UNIDADE AGRUPAMENTO DE ESCOLAS ANTÓNIO FEIJÓ DEPARTAMENTO: DEPARTAMENTO DE CIÊNCIAS SOCIAIS E HUMANAS PLANIFICAÇÃO ANUAL - ANO LETIVO: 2014-2015 1 AS ORIGENS EDUCAÇÃO MORAL E RELIGIOSA CATÓLICA

Leia mais

PLANEJAMENTO ANUAL DE ENSINO RELIGIOSO

PLANEJAMENTO ANUAL DE ENSINO RELIGIOSO COLÉGIO VICENTINO IMACULADO CORAÇÃO DE MARIA Educação Infantil, Ensino Fundamental e Médio Rua Rui Barbosa, 1324, Toledo PR Fone: 3277-8150 PLANEJAMENTO ANUAL DE ENSINO RELIGIOSO 6ºs Anos PROFESSOR: André

Leia mais

SOCIOLOGIA I LIC. CRIMINOLOGIA

SOCIOLOGIA I LIC. CRIMINOLOGIA SOCIOLOGIA I LIC. CRIMINOLOGIA TERRORISMO Fundamentalismo Islâmico Trabalho realizado por: Daniel Cabral n.º 26298 Ano Lectivo 2012/2013 Introdução Neste trabalho pretende-se demonstrar a influência que

Leia mais

SEQUÊNCIA DIDÁTICA: A Publicidade na Sala de Aula

SEQUÊNCIA DIDÁTICA: A Publicidade na Sala de Aula OFICINA SEMIPRESENCIAL O(S) USO(S) DE DOCUMENTO(S) DE ARQUIVO NA SALA DE AULA ALUNA: Alcinéia Emmerick de Almeida / Núcleo de Ação Educativa - APESP SEQUÊNCIA DIDÁTICA: A Publicidade na Sala de Aula TEMA:

Leia mais

Importância de Blogs na Representação da Identidade Iraniana 1

Importância de Blogs na Representação da Identidade Iraniana 1 Importância de Blogs na Representação da Identidade Iraniana 1 Beatriz de Carvalho ALEXANDRINO 2 Janayna da Silva ÁVILA 3 Universidade Federal de Alagoas, Maceió, AL RESUMO O presente artigo pretende apresentar

Leia mais

Linda Delgado, ex-cristã, EUA (parte 1 de 2)

Linda Delgado, ex-cristã, EUA (parte 1 de 2) Linda Delgado, ex-cristã, EUA (parte 1 de 2) Cinco anos atrás estava com cinquenta e dois anos e era cristã. Não era membro de nenhuma igreja cristã, mas toda a minha vida tinha buscado pela verdade. Frequentei

Leia mais

por Frank Usarski [usarski@pucsp.br] Na opinião pública o Islã é considerado um fenômeno monolítico? Isso corresponde à realidade?

por Frank Usarski [usarski@pucsp.br] Na opinião pública o Islã é considerado um fenômeno monolítico? Isso corresponde à realidade? A imagem pública dos primeiros tempos do Islã é freqüentemente a de uma religião que se espalhava 'a ferro e fogo...' - Entrevista com Prof. Dr. Dr. Peter Antes - por Frank Usarski [usarski@pucsp.br] Na

Leia mais

01. A religião muçulmana, que contribuiu para unificar os povos de origem árabe e lhes forneceu amparo espiritual ao longo de sua expansão,

01. A religião muçulmana, que contribuiu para unificar os povos de origem árabe e lhes forneceu amparo espiritual ao longo de sua expansão, Pré Universitário Uni-Anhanguera Lista de Exercícios Aluno(a): Nº. Professor: Barros Antônio Guimarães Dutra Série: 1ª. Disciplina: História (p1,1ª,chamada, 4º. Bimestre) prova dia 23 de outubro de 2015.

Leia mais

PAINEL OFICINA DE HISTÓRIAS EM QUADINHOS NO PROJETO NOVA VIDA

PAINEL OFICINA DE HISTÓRIAS EM QUADINHOS NO PROJETO NOVA VIDA PAINEL OFICINA DE HISTÓRIAS EM QUADINHOS NO PROJETO NOVA VIDA Fábio Tavares da Silva, Graduando Centro de Artes da Universidade Regional do Cariri - URCA Fábio José Rodrigues da Costa, Doutor Centro de

Leia mais

Maomé e o Alcorão Expansão territorial Fontes doutrinais Suna Ijma Ijtihad Pilares do Islã Profissão de fé

Maomé e o Alcorão Expansão territorial Fontes doutrinais Suna Ijma Ijtihad Pilares do Islã Profissão de fé Fundamentos do Islã Maomé e o Alcorão. A base doutrinal criada por Maomé e o Alcorão constituem o fundamento sobre o qual assenta toda a estrutura da religião islâmica. O Alcorão ou Corão (al-quran), é

Leia mais

CURSO: LICENCIATURA EM CIÊNCIAS DA RELIGIÃO EMENTA DAS DISCIPLINAS

CURSO: LICENCIATURA EM CIÊNCIAS DA RELIGIÃO EMENTA DAS DISCIPLINAS CURSO: LICENCIATURA EM CIÊNCIAS DA RELIGIÃO EMENTA DAS DISCIPLINAS PRODUÇÃO E RECEPÇÃO DE TEXTOS Lingüística Textual : Recepção e Produção de Textos Visão Sistemática e Particular. Gêneros e Estruturas

Leia mais

E.E. Dr. João Thienne Geografia

E.E. Dr. João Thienne Geografia E.E. Dr. João Thienne Geografia INTRODUÇÃO O presente trabalho é sobre conflitos no Cáucaso, mais concretamente o caso da Chechênia. São objetivos deste trabalho adquirir conhecimentos sobre o assunto,

Leia mais

Fenômeno Religioso. Pontos de partida ao Fenômeno Religioso

Fenômeno Religioso. Pontos de partida ao Fenômeno Religioso Fenômeno Religioso Joachim Andrade Plenitude por toda parte. Da plenitude origina-se plenitude. Quando a plenitude se origina da plenitude, a plenitude permanece. Om Paz. paz. paz. (Invocação precedendo

Leia mais

Cidadania global. valores universais?

Cidadania global. valores universais? Cidadania global ou valores universais? O conceito de cidadania Direitos e liberdades do indivíduo que participa da Polis Polis: comunidade política Comunidade política baseada na ideia de soberania popular

Leia mais

UMA CÂMERA OU CELULAR NA MÃO E UMA IDEIA NA CABEÇA: TRABALHANDO O GÊNERO DOCUMENTÁRIO EM SALA DE AULA

UMA CÂMERA OU CELULAR NA MÃO E UMA IDEIA NA CABEÇA: TRABALHANDO O GÊNERO DOCUMENTÁRIO EM SALA DE AULA UMA CÂMERA OU CELULAR NA MÃO E UMA IDEIA NA CABEÇA: TRABALHANDO O GÊNERO DOCUMENTÁRIO EM SALA DE AULA Wanda Patrícia de Sousa Gaudêncio (UFPB/PROFLETRAS) wandapatricia@evl.com.br Sandra Regina Pereira

Leia mais

Índice. 1. O Planejamento da 3ª Série...3 2. O Planejamento da 4ª Série...3 3. Como Trabalhar as Múltiplas Linguagens...3. Grupo 6.

Índice. 1. O Planejamento da 3ª Série...3 2. O Planejamento da 4ª Série...3 3. Como Trabalhar as Múltiplas Linguagens...3. Grupo 6. GRUPO 6.3 MÓDULO 5 Índice 1. O Planejamento da 3ª Série...3 2. O Planejamento da 4ª Série...3 3. Como Trabalhar as Múltiplas Linguagens...3 2 1. O PLANEJAMENTO DA 3ª SÉRIE Assuntos significativos: O aluno

Leia mais

Religiões Principio do bem Principio do mal Zoroastrismo Ahura Mazda ou Angra Mainyu ou Arimã

Religiões Principio do bem Principio do mal Zoroastrismo Ahura Mazda ou Angra Mainyu ou Arimã 1 Zoroastrismo As idéias religiosas dos persas foram consolidadas no zoroastrismo. Zoroastrismo é uma religião fundado por Zoroastro (ou Zaratustra para os gregos) que viveu entre 1750 a 1500 ac ou 1400

Leia mais

Capítulo 12 Oriente Médio: zona de tensões

Capítulo 12 Oriente Médio: zona de tensões Capítulo 12 Oriente Médio: zona de tensões Aspectos Físicos Área: 6,8 milhões de km² porção continental e peninsular. Relevo: - Domínio de terras altas: planaltos. - Planície da Mesopotâmia Predomínio

Leia mais

Prof. Alan Carlos Ghedini TERRORISMO. A ameaça sem bandeira...

Prof. Alan Carlos Ghedini TERRORISMO. A ameaça sem bandeira... Prof. Alan Carlos Ghedini TERRORISMO A ameaça sem bandeira... TERRORISMO NO ORIENTE MÉDIO De modo geral, a desagregação do Império Turco- Otomano entre fins do séc XIX e início do XX, criou um vácuo de

Leia mais

Diálogo Inter-religioso

Diálogo Inter-religioso Diálogo Inter-religioso Apresentação Este material foi desenvolvido de forma que pudéssemos conhecer um pouco de cada uma das três principais religiões monoteístas. Como estas culturas são muito amplas,

Leia mais

LOCALIZAÇÃO GEOGRÁFICA

LOCALIZAÇÃO GEOGRÁFICA LOCALIZAÇÃO GEOGRÁFICA Teerã - capital EGITO FENÍCIOS ISRAEL IRAQUE Mesopotâmia REINO DA PÉRSIA IRÃ A PÉRSIA, ATUAL IRÃ, LOCALIZAVA-SE A LESTE DA MESOPOTÂMIA, Á MARGEM DO CRESCENTE FÉRTIL Reino da Média

Leia mais

Diversidade Cultural

Diversidade Cultural Diversidade Cultural As grandes Civilizações: - Da África Negra; - Ocidental; - Chinesa; - Japonesa; - Hindu; - Eslava; - Ibero-Americana; - Islâmica. As Civilizações apresentam: - Factores de identidade

Leia mais

O mundo árabe-muçulmano após a Primavera. Prof. Alan Carlos Ghedini

O mundo árabe-muçulmano após a Primavera. Prof. Alan Carlos Ghedini O mundo árabe-muçulmano após a Primavera Prof. Alan Carlos Ghedini Entre as causas da Primavera Árabe podemos citar: Altos índices de desemprego na região Crise econômica Pouca ou nenhuma representação

Leia mais

UM MINUTO NO MUSEU. Palavras-chave Arabescos; Islã; Arte Islâmica; Museu do Louvre; Arte decorativa.

UM MINUTO NO MUSEU. Palavras-chave Arabescos; Islã; Arte Islâmica; Museu do Louvre; Arte decorativa. UM MINUTO NO MUSEU Resumo O assunto principal do documentário é a Arte Islâmica. No filme, três personagens que parecem ter saído de uma história em quadrinhos visitam o Museu do Louvre. De maneira simples

Leia mais

EE DR. LUÍS ARRÔBAS MARTINS

EE DR. LUÍS ARRÔBAS MARTINS QUAL É A NOSSA COR? Sala 3 Interdisciplinar EF I EE DR. LUÍS ARRÔBAS MARTINS Professoras Apresentadoras: DÉBORA CARLA M S GENIOLE ELIZABETH REGINA RIBEIRO FABIANA MARTINS MALAGUTI FERNANDA MARIA DE OLIVEIRA

Leia mais

UNIVERSIDADE DO ESTADO DE MATO GROSSO CAMPUS UNIVERSITÁRIO DE SINOP FACULDADE DE EDUCAÇÃO E LINGUAGEM HISTÓRIA PARA INICIO DE ESCOLARIÇÃO

UNIVERSIDADE DO ESTADO DE MATO GROSSO CAMPUS UNIVERSITÁRIO DE SINOP FACULDADE DE EDUCAÇÃO E LINGUAGEM HISTÓRIA PARA INICIO DE ESCOLARIÇÃO UNIVERSIDADE DO ESTADO DE MATO GROSSO CAMPUS UNIVERSITÁRIO DE SINOP FACULDADE DE EDUCAÇÃO E LINGUAGEM CURSO DE PEDAGOGIA HISTÓRIA PARA INICIO DE ESCOLARIÇÃO PLANO DE ENSINO: CULTURA AFRO-BRASILEIRA Do

Leia mais

Nº 8 - Mar/15. PRESTA atenção RELIGIÃO BÍBLIA SAGRADA

Nº 8 - Mar/15. PRESTA atenção RELIGIÃO BÍBLIA SAGRADA SAGRADA Nº 8 - Mar/15 PRESTA atenção RELIGIÃO! BÍBLIA Apresentação Esta nova edição da Coleção Presta Atenção! vai tratar de um assunto muito importante: Religião. A fé é uma questão muito pessoal e cada

Leia mais

FAZENDO NEGÓCIOS COM OS EMIRADOS ÁRABES UNIDOS (UAE) Valéria Domingues

FAZENDO NEGÓCIOS COM OS EMIRADOS ÁRABES UNIDOS (UAE) Valéria Domingues FAZENDO NEGÓCIOS COM OS EMIRADOS ÁRABES UNIDOS (UAE) Valéria Domingues INTRODUÇÃO Esta apresentação tem o objetivo de mostrar um pouco das particularidades quanto aos costumes, hábitos locais e etiqueta

Leia mais

Palavras - chave: Ensino de História, Ensino de Literatura, Metodologia de Ensino, Histórias em Quadrinhos.

Palavras - chave: Ensino de História, Ensino de Literatura, Metodologia de Ensino, Histórias em Quadrinhos. O USO DAS HISTÓRIAS EM QUADRINHOS COMO RECURSO DIDÁTICO- PEDAGÓGICO PARA O ENSINO DE HISTÓRIA E LITERATURA Edna Antunes Afonso João Paulo da Silva Andrade 1 Resumo: Este trabalho parte de pesquisas através

Leia mais

EBD+ de férias RELIGIÕES NÃO CRISTÃS

EBD+ de férias RELIGIÕES NÃO CRISTÃS EBD+ de férias RELIGIÕES NÃO CRISTÃS ISLAMISMO COMO SURGIU O ISLAMISMO? Abū al-qāsim Muḥammad ibn ʿAbd Allāh ibn ʿAbd al-muṭṭalib ibn Hāshim, mais conhecido como Maomé, Maomé é tido como o mais recente

Leia mais

Como fazer quadrinhos

Como fazer quadrinhos Como fazer quadrinhos Foi feito na(o) Saturday, 26 de July de 2008 - dentro de Sobre HQ 4 exposições sagazes e comedidas Este post vai ser grande. Prepare-se. Se eu estou avisando já que sempre escrevo

Leia mais

Implicações da Religião na prática Médica Disciplina: Ética e Deontologia Médica Regente: Prof. Dr. Miguel Oliveira da Silva

Implicações da Religião na prática Médica Disciplina: Ética e Deontologia Médica Regente: Prof. Dr. Miguel Oliveira da Silva Implicações da Religião na prática Médica Disciplina: Ética e Deontologia Médica Regente: Prof. Dr. Miguel Oliveira da Silva Ana Filipa Sousa (3893) Ana Isabel Reis (3895) Salomé Xavier (4116) O Médico

Leia mais

BIBLIOTECA VIVA: PLANTANDO LEITURA, COLHENDO CIDADÃOS

BIBLIOTECA VIVA: PLANTANDO LEITURA, COLHENDO CIDADÃOS BIBLIOTECA VIVA: PLANTANDO LEITURA, COLHENDO CIDADÃOS Justificativa O Projeto de Extensão Biblioteca Viva: plantando leitura, colhendo cidadãos, aprovado no Edital Interno de Financiamento de Projetos

Leia mais

NÚCLEO DE ESTUDO EM CULTURA, TEOLOGIA E ARTE PROJETO. Prof. Me. Carlos César Borges Nunes de Souza

NÚCLEO DE ESTUDO EM CULTURA, TEOLOGIA E ARTE PROJETO. Prof. Me. Carlos César Borges Nunes de Souza NÚCLEO DE ESTUDO EM CULTURA, TEOLOGIA E ARTE PROJETO Prof. Me. Carlos César Borges Nunes de Souza SALVADOR 2010 2 O Núcleo de Estudo em Cultura, Teologia e Arte NECTAR está vinculado e subordinado ao Centro

Leia mais

Web-aula 5. Judaísmo, Cristianismo, Islamismo. José Roberto Bonome

Web-aula 5. Judaísmo, Cristianismo, Islamismo. José Roberto Bonome Web-aula 5 Judaísmo, Cristianismo, Islamismo José Roberto Bonome Pra começo de conversa! Nas diversas sociedades, em tempos remotos, as pessoas tiveram experiências diferentes com o ambiente onde viviam

Leia mais

NOME DO PROJETO PROJETO MERGULHANDO NA LEITURA 2013 PÚBLICO ALVO Educação Infantil e Ensino Fundamental I

NOME DO PROJETO PROJETO MERGULHANDO NA LEITURA 2013 PÚBLICO ALVO Educação Infantil e Ensino Fundamental I NOME DO PROJETO PROJETO MERGULHANDO NA LEITURA 2013 PÚBLICO ALVO Educação Infantil e Ensino Fundamental I OBJETIVOS GERAIS: Promover o hábito da leitura entre os alunos; Proporcionar ao aluno o prazer

Leia mais

CANAL SAÚDE REDE DE PARCEIROS OFICINAS DE MULTIPLICAÇÃO

CANAL SAÚDE REDE DE PARCEIROS OFICINAS DE MULTIPLICAÇÃO 1. Oficina de Produção CANAL SAÚDE REDE DE PARCEIROS OFICINAS DE MULTIPLICAÇÃO Duração: 03 dias Público ideal: grupos de até 15 pessoas Objetivo: Capacitar indivíduos ou grupos a produzirem pequenas peças

Leia mais