Planificação do treino de velocistas (100 e 200 m)

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Planificação do treino de velocistas (100 e 200 m)"

Transcrição

1 Planificação do treino de velocistas (100 e 200 m) NOTA: Nos treinos de ginásio faz-se sempre pliometria de caixas e no aquecimento estão incluídos exercícios de pliometria básicos. Preparação Específica I (desenvolvimento de força, resistência, mobilidade e técnica básica) Semana 1 2ª. Feira Força Geral Treino de ginásio II Hipertrofia (pirâmide) Resistência Geral 2 * 3 * 200m 80% 400m pb e técnica 3 * 6 * 40m 3 * 3 * 30m (com arrasto) 80% 100m pb Semana 2 2ª. Feira Força Geral Treino de ginásio II Hipertrofia (pirâmide) Resistência Geral 2 * 3 * 250m 80% 400m pb e técnica 3 * 6 * 50m 3 * 3 * 40m (com arrasto) 80% 100m pb

2 Semana 3 2ª. Feira Força Geral Treino de ginásio II Hipertrofia (pirâmide) Resistência Geral 2 * 3 * 300m 80% 400m pb e técnica 3 * 6 * 60m 3 * 3 * 50m (com arrasto) 80% 100m pb Semana 4 2ª. Feira Testes Testes de força máxima - - Testes Teste de 2x30 m e 2x60m - - Testes 2x150m - - Pirâmide de Hipertrofia Muscular 60% - 15 reps 75% - 10 reps 85% - 6 reps 90% - 3 reps 95% - 2 reps - 1 rep 95% - 2 reps 90% - 3 reps 85% - 6 reps 75% - 10 reps 60% - 15 reps

3 Preparação Específica II (desenvolvimento de forma específica e técnica avançada) Semana 1 Resistência específica 5ª Feira 3 * 3 * 30 c/balanço 2 * 3 * 120m 3 * 3* 40m 3 * (40, 60, 80)m 80% de 100m 90% de 100m 80% de 100m Semana 2 Resistência específica 5ª Feira 3 * 6 * 40m c/balanço 2 * 3 * 150m 3 * 6* 40m 2 * 3 * 60m 80% de 100m 90% de 100m

4 Semana 3 Resistência específica 2 * 3 * ( )m 5ª Feira Técnica 3 * 6* 60m 2 * 3 * 40m tacos (, 80%, ) de 100m 90% de 100m Semana 4 Teste Técnica Teste Técnica 60m c/10 passadas 150 m 2 * 3 * 50m tacos 60% - 15 reps 75% - 10 reps 85% - 6 reps 90% - 3 reps 95% - 2 reps

5 Preparação Pré-Competição (treino de alcance das marcas pretendidas) Semana 1 2ª. Feira Força Geral Treino de Ginásio IV Resistência Específica 2 * 3 * ( ) 2 * 2 * 40m 3 * 3 * 60 2 * 2 * 40 (, 80%, ) of 100m 90% of 100m of 100m 3 mins 5 mins Semana 2 2ª. Feira Força Geral Treino de Ginásio IV Resistência Específica 2 * 3 * ( ) m 2 * 2 * 50m 3 * 3 * 70m 2 * 2 * 50m (, 80%, ) de 100m 90% de 100m de 100m 3 mins 5 mins

6 Semana 3 2ª. Feira Força Geral Treino de Ginásio IV Resistência Específica 2 * 3 * ( ) 2 * 2 * 60m 3 * 3 * 70 2 * 2 * 50 (, 80%, ) of 100m 90% of 100m of 100m 3 mins 5 mins Semana 4 Dia Desenvolvimento de Sessão 2ª. Feira Força Geral Treino de Ginásio IV 60m c/10 Teste passadas 3*3*30 m (blocos) Esforço Teste 150m - - (cadeira com salto) 60% - 10 reps 75% - 7 reps 85% - 4 reps

FUNDAÇÃO CASA DE REPOUSO D. MARIA MADALENA GODINHO DE ABREU PLANO DE ACTIVIDADES DIÁRIAS DOS UTENTES 2008

FUNDAÇÃO CASA DE REPOUSO D. MARIA MADALENA GODINHO DE ABREU PLANO DE ACTIVIDADES DIÁRIAS DOS UTENTES 2008 PLANO DE ACTIVIDADES DIÁRIAS DOS UTENTES 2008 6ª feiras PLANO DE ACTIVIDADES DIÁRIAS DOS UTENTES 2009 6ª feiras 5 de Janeiro de 2009 PLANO DE ACTIVIDADES DIÁRIAS DOS UTENTES 2010 6ª feiras 4 de Janeiro

Leia mais

CEF Periodização e Sistemas de Treino

CEF Periodização e Sistemas de Treino CEF Periodização e Sistemas de Treino João Pedro Ramos, CPT, PES National Academy of Sports Medicine Certified Personal Trainer Performance Enhancement Specialist Periodização TF Sistemas de TF 1 PLANO

Leia mais

EMPREENDIMENTO: Bosque Heliópolis. Novo Heliópolis - Garanhuns-PE 24 meses após a assinatura do contrato CAIXA. CORREÇÃO: BLOCO: INCC

EMPREENDIMENTO: Bosque Heliópolis. Novo Heliópolis - Garanhuns-PE 24 meses após a assinatura do contrato CAIXA. CORREÇÃO: BLOCO: INCC BLOCO: 1 104 L 51 m² 121.000,00 2.000,00 3.000,00 347,22 103.500,00 BLOCO: 2 004 L 51 m² 121.000,00 2.000,00 3.000,00 347,22 103.500,00 102 L 51 m² 121.000,00 2.000,00 3.000,00 347,22 103.500,00 BLOCO:

Leia mais

PLANEAMENTO ANUAL I MACROCÍCLO

PLANEAMENTO ANUAL I MACROCÍCLO 1º 2º 3º 4º 5º 6º PLANEAMENTO ANUAL I MACROCÍCLO PERÍODO INTRODUTÓRIO DAS PARTES DÉBEIS ADAPTAÇÃO FUNCIONAL PERÍODO FUNDAMENTAL APURAMENTO TÉCNICO PREPARAÇÃO FUNCIONAL FORÇA FORÇA MÁXIMA DINÂMICA POTÊNCIA

Leia mais

A PLIOMETRIA por Sebastião Mota

A PLIOMETRIA por Sebastião Mota por Sebastião Mota O termo pliometria refere-se a exercícios específicos que envolvam o Ciclo Alongamento- Encurtamento (CAE), isto é, um rápido alongamento da musculatura seguido de uma rápida acção concêntrica.

Leia mais

Sistemas de Treino de Força Muscular

Sistemas de Treino de Força Muscular Sistemas de Treino de Força Muscular Lucimere Bohn lucimerebohn@gmail.com Área de Formação: 813 Desporto. Curso: Musculação e Cardiofitness. Módulo: Bases Morfofisiológicas Considerações iniciais Poucos

Leia mais

Manual de Operações das Atividades Desportivas

Manual de Operações das Atividades Desportivas [VERSÃO 18 DEZ 2012] Manual de Operações das Atividades Desportivas Proprietário [NOME DO PROPRIETÁRIO] (Assinatura) Diretor Técnico [NOME DO DT] (Assinatura) [DATA] Nota introdutória De acordo com Lei

Leia mais

FEDERAÇÃO PORTUGUESA DE CANOAGEM Kayak-Polo

FEDERAÇÃO PORTUGUESA DE CANOAGEM Kayak-Polo Plano Geral Semanal Treinador: Orlando Silva 14 / 01 /2008 a 27 /01 /2008 Época: 07/08 Atletas: Séniores Macrociclo:1 Mesociclo:4 Microciclo: 3-4 TOTAL T: 2h10` T: 2h10` T: 1h40` T: 2h00` T: 2h00` T: 2h10`

Leia mais

Bilhete 084/14. Bilhete 084/14 Santo André, 25 de novembro de 2014. Senhores Pais dos alunos da Educação Infantil.

Bilhete 084/14. Bilhete 084/14 Santo André, 25 de novembro de 2014. Senhores Pais dos alunos da Educação Infantil. Senhores Pais dos alunos da Educação Infantil. Senhores Pais dos alunos da Educação Infantil. Senhores Pais dos alunos do 1º ano. Senhores Pais dos alunos do 1º ano. Senhores Pais dos alunos da turma 1F8.

Leia mais

Literatura 15:20 às 16:10 Português/Gramática Ed. Física. Literatura 16:10 às 16:25 INTERVALO INTERVALO INTERVALO INTERVALO INTERVALO 16:25 às 17:15

Literatura 15:20 às 16:10 Português/Gramática Ed. Física. Literatura 16:10 às 16:25 INTERVALO INTERVALO INTERVALO INTERVALO INTERVALO 16:25 às 17:15 Horário 28/09-2ª feira 29/09-3ª feira 30/09-4ª feira 01/10-5ª feira 02/10-6ªfeira 03/10 Sábado 7:30 às 8:20 Artes 8:20 às 9:10 Artes 9:30 às 10:20 Espanhol FB Alesson 10:20 às 11:10 Espanhol FB Alesson

Leia mais

PROGRAMAÇÃO OFICIAL ATLETISMO

PROGRAMAÇÃO OFICIAL ATLETISMO PROGRAMAÇÃO OFICIAL ATLETISMO SESSÃO TÉCNICA DATA:17/07/2015 SEXTA-FEIRA HORÁRIO: 16:00 LOCAL: GINÁSIO DE ESPORTES COL. EST. NILO CAIRO ENDEREÇO: RUA PROF ERASTO GAERTNER - CENTRO INÍCIO DA COMPETIÇÃO

Leia mais

PERIODIZAÇÃO APLICADA AO TREINAMENTO FUNCIONAL

PERIODIZAÇÃO APLICADA AO TREINAMENTO FUNCIONAL PERIODIZAÇÃO APLICADA AO TREINAMENTO FUNCIONAL MÉTODO CONTÍNUO O exercício é executado sem pausa. A intensidade do exercício é, normalmente, submáxima O volume é de moderado para alto VARIAÇÕES METODOLÓGICAS

Leia mais

Métodos da Taxa de Produção de Força ou Máximos Métodos da Hipertrofia Muscular ou Sub-máximos Métodos Mistos. Métodos Reactivos

Métodos da Taxa de Produção de Força ou Máximos Métodos da Hipertrofia Muscular ou Sub-máximos Métodos Mistos. Métodos Reactivos Classificação dos s de treino da Força Classificação dos s de Treino da Força Diversidade Terminológica Classificações com base na carga, modalidade desportiva, etc. T. Força = hipertrofia muscular Classificação

Leia mais

PROVAS N2-2015.2 CURSO: ADMINISTRAÇÃO 2ª CHAMADA N2 2º PERÍODO

PROVAS N2-2015.2 CURSO: ADMINISTRAÇÃO 2ª CHAMADA N2 2º PERÍODO CURSO: ADMINISTRAÇÃO 2º PERÍODO - Matemática Financeira - Estatística - Teoria Geral da Administração - Metodologia Científica - Fundamentos do Direito e Legislação - Contabilidade - Contabilidade - Fundamentos

Leia mais

FACULDADE METROPLITANA DA AMAZÔNIA-FAMAZ COORDENAÇÃO DE ENGENHARIA CIVIL CALENDÁRIO DE PROVAS DA 1ª AVALIAÇÃO CURSO: ENGENHARIA CIVIL

FACULDADE METROPLITANA DA AMAZÔNIA-FAMAZ COORDENAÇÃO DE ENGENHARIA CIVIL CALENDÁRIO DE PROVAS DA 1ª AVALIAÇÃO CURSO: ENGENHARIA CIVIL CALENDÁRIO DE PROVAS DA 1ª AVALIAÇÃO TURMA: 450116 - SALA: 102 Bloco I TURNO: VESPERTINO 1º PERÍODO (1º semestre/2014) 1ª Avaliação Regimental Fundamentos da Engenharia 20.03.2014 14:00 às 17:30 Comportamento

Leia mais

ASSOCIAÇÃO PLANO DE SAÚDE SANTA CASA DE SANTOS Rua: Almeida de Moraes, 222 Vila Mathias Santos SP - Tel.: 3211-0600 http://www.planoscs.com.

ASSOCIAÇÃO PLANO DE SAÚDE SANTA CASA DE SANTOS Rua: Almeida de Moraes, 222 Vila Mathias Santos SP - Tel.: 3211-0600 http://www.planoscs.com. JANEIRO 06 4ª Feira 13 4ª Feira 20 4ª Feira 21 5ª Feira 27 4ª Feira 28 5ª Feira Programa Santa Saúde Alcoolismo, Tabagismo e Estresse FEVEREIRO 03 4ª Feira 17 4ª Feira 18 5ª Feira 22 2ª Feira 14:00h às

Leia mais

UNIVERSIDADE ESTADUAL DO CENTRO-OESTE UNICENTRO Campus CEDETEG ENSALAMENTO DOS CURSOS DE GRADUAÇÃO. Setor de Ciências da Saúde FARMÁCIA 2014

UNIVERSIDADE ESTADUAL DO CENTRO-OESTE UNICENTRO Campus CEDETEG ENSALAMENTO DOS CURSOS DE GRADUAÇÃO. Setor de Ciências da Saúde FARMÁCIA 2014 Setor de Ciências da Saúde 1ª SÉRIE 2 SEMESTRE MANHÃ 7h30min Fisiologia Humana I - TB SALA 7 BLOCO 1 Anatomia Humana II - PB DE ANATOMIA HUMANA Agentes Biológicos I - PA Anatomia Humana II - PA DE ANATOMIA

Leia mais

Confederação Brasileira de Canoagem (CBCa)

Confederação Brasileira de Canoagem (CBCa) (CBCa) Palestra: Programação anual dos treinamentos na Canoagem Slalom. Os Ciclos de Treinamento Na Água Trabalho Intensidade Fisiológico Periodização de: Aeróbia Capacidade Continua Aeróbia Capacidade

Leia mais

Calendário do 1º Bimestre/2013 2ª Avaliação do Bimestre. Calendário do 1º Bimestre/2013 2ª Avaliação do Bimestre DATA TURMA 601 DATA TURMA 601

Calendário do 1º Bimestre/2013 2ª Avaliação do Bimestre. Calendário do 1º Bimestre/2013 2ª Avaliação do Bimestre DATA TURMA 601 DATA TURMA 601 DATA TURMA 601 DATA TURMA 601 18/04 5ª FEIRA 18/04 5ª FEIRA 19/04-6ª FEIRA MATEMÁTICA 19/04-6ª FEIRA MATEMÁTICA 25/04-5ª FEIRA 25/04-5ª FEIRA 26/04-6ª FEIRA 26/04-6ª FEIRA 29/04-2ª FEIRA P. DE TEXTO 29/04-2ª

Leia mais

Desenvolvimento das capacidades motoras

Desenvolvimento das capacidades motoras Desenvolvimento das capacidades motoras Capacidades motoras Todos nós possuímos capacidades motoras ou físicas e é através delas que conseguimos executar ações motoras, desde as mais básicas às mais complexas

Leia mais

Classificação e Descrição de Treino

Classificação e Descrição de Treino Classificação e Descrição 1) Hipertrofia A: voltado para o aluno que busca aumento de massa muscular, porém nunca freqüentou uma academia, fez a muitos anos atrás ou apresenta dificuldades de Coordenação

Leia mais

Memorial Descritivo do XXVII CBP

Memorial Descritivo do XXVII CBP I. DADOS GERAIS: NOME DA EMPRESA TELEFONE FAX E-MAIL ENDEREÇO NOME DO TITULAR DA EMPRESA / CIDADE / ESTADO TEL. CELULAR GERENTE / COORDENADOR RESPONSÁVEL PELO EVENTO TELEFONE CELULAR II - XXVII CONGRESSO

Leia mais

Escola Básica 2,3 com Ensino Secundário de Alvide

Escola Básica 2,3 com Ensino Secundário de Alvide Informação Prova de equivalência à frequência de Educação Física Prova 26 2013 3.º Ciclo do Ensino Básico Decreto-Lei n.º 139/2012, de 5 de julho 1. Objeto de avaliação A prova tem por referência o Programa

Leia mais

Núcleo de Desporto Escolar. Futsal

Núcleo de Desporto Escolar. Futsal Universidade Técnica de Lisboa Faculdade de Motricidade Humana Mestrado em Ensino da Educação Física nos Ensinos Básico e Secundário Estágio Pedagógico 2012/2013 Escola Básica 2,3 de Alfornelos - Núcleo

Leia mais

Fundamentação Fisiológica da Matriz de Treino

Fundamentação Fisiológica da Matriz de Treino Fundamentação Fisiológica da Matriz de Treino A História Durante anos entendia-se a preparação física numa base de quantidade e depois qualidade. Conseguimos perceber isso através da análise da pirâmide

Leia mais

Um Alerta, uma Reflexão, um Desafio

Um Alerta, uma Reflexão, um Desafio Um Alerta, uma Reflexão, um Desafio CLINIC PLANETA BASKET SEBASTIÃO MOTA 10 DE SETEMBRO 2015 Decididamente, a musculação é uma parte muito séria do trabalho, tornando as atletas mais fortes, mais rápidas,

Leia mais

24/10/2013 Prof. Me. Alexandre Correia Rocha www.professoralexandrerocha.com.br alexandre.personal@hotmail.com

24/10/2013 Prof. Me. Alexandre Correia Rocha www.professoralexandrerocha.com.br alexandre.personal@hotmail.com Prof. Me. Alexandre Correia Rocha www.professoralexandrerocha.com.br alexandre.personal@hotmail.com Docência Personal Trainer Alterações morfofuncionais decorrentes do treinamento de força 1 Exercícios

Leia mais

METODOLOGIA DO TREINO

METODOLOGIA DO TREINO faculdade de motricidade humana unidade orgânica de ciências do desporto METODOLOGIA DO TREINO Objectivos 1. dominar os conceitos fundamentais em treino desportivo. 2. conhecer os diversos factores do

Leia mais

Preparação física no Futebol? Uma abordagem sistémica - complexa do Jogo

Preparação física no Futebol? Uma abordagem sistémica - complexa do Jogo Preparação física no Futebol? Uma abordagem sistémica - complexa do Jogo Licenciado em Ciências do Desporto (FMH); Treinador de Futebol há 15 anos; Pós-Graduação em Treino de Alto Rendimento; Especialização

Leia mais

DATA: 07/12/2016 Ponto de referência: Terceira rua após o campo do Santos, entra a esquerda na Escola Milton Campos, em frente ao PSF.

DATA: 07/12/2016 Ponto de referência: Terceira rua após o campo do Santos, entra a esquerda na Escola Milton Campos, em frente ao PSF. BLOCO A 104 158.000,00 R$ 3.000,00 R$ 155.000,00 58,50-106 R$ 159.000,00 R$ 3.000,00 R$ 156.000,00 58,50-308 VENDIDO VENDIDO VENDIDO VENDIDO - 407 R$ 160.000,00 R$ 3.000,00 R$ 157.000,00 59,00 - ENTREGA

Leia mais

PROGRAMA NACIONAL DE GINÁSTICA AERÓBICA CÓDIGO BASE (ADAPTADO) 2015/2016. Versão 19 de janeiro. 2016. Programa Nacional Código Base (Adaptado)

PROGRAMA NACIONAL DE GINÁSTICA AERÓBICA CÓDIGO BASE (ADAPTADO) 2015/2016. Versão 19 de janeiro. 2016. Programa Nacional Código Base (Adaptado) PROGRAMA NACIONAL DE GINÁSTICA AERÓBICA CÓDIGO BASE (ADAPTADO) 2015/2016 Versão 19 de janeiro. 2016 Índice Introdução... 3 I - Estrutura Técnica do Programa... 3 a) Tempo e música... 4 b) Categorias e

Leia mais

FACULDADE DOUTOR FRANCISCO MAEDA FAFRAM CURSO DE DIREITO PERÍODO 1º ANO: 2016/1 DIURNO HORÁRIO 2ª FEIRA 3ª FEIRA 4ª FEIRA 5ª FEIRA 6ª FEIRA SÁBADO

FACULDADE DOUTOR FRANCISCO MAEDA FAFRAM CURSO DE DIREITO PERÍODO 1º ANO: 2016/1 DIURNO HORÁRIO 2ª FEIRA 3ª FEIRA 4ª FEIRA 5ª FEIRA 6ª FEIRA SÁBADO CURSO DE DIREITO PERÍODO 1º ANO: 2016/1 DIURNO Diurno/Not Diurno/Not de de de de CURSO DE DIREITO PERÍODO: 1º ANO: 2016/1 NOTURNO de de de de CURSO DE DIREITO PERÍODO 3º ANO: 2016 /1 DIURNO Volpe Volpe

Leia mais

Prof. Me. Alexandre Correia Rocha www.professoralexandrerocha.com.br alexandre.personal@hotmail.com. Prof. Me Alexandre Rocha

Prof. Me. Alexandre Correia Rocha www.professoralexandrerocha.com.br alexandre.personal@hotmail.com. Prof. Me Alexandre Rocha Prof. Me. Alexandre Correia Rocha www.professoralexandrerocha.com.br alexandre.personal@hotmail.com Docência Personal Trainer Prof. Me Alexandre Rocha 1 Quem é o Idoso? ORGANIZAÇÃO MUNDIAL DE SAÚDE (OMS)

Leia mais

ANIVERSÁRIO CZC VISITA AO MORRO DA CONCEIÇÃO (SAÍDA ÀS 07:00H EM FRENTE AO COLÉGIO) CONDUÇÃO GRATUITA

ANIVERSÁRIO CZC VISITA AO MORRO DA CONCEIÇÃO (SAÍDA ÀS 07:00H EM FRENTE AO COLÉGIO) CONDUÇÃO GRATUITA HORÁRIO DAS AVALIAÇÕES GLOBAIS 6º ANO TARDE / 2014 19/11 ÉTICA / GEOGRAFIA 4ª FEIRA 20/11 REDAÇÃO / MATEMÁTICA 5ª FEIRA 21/11 HISTÓRIA / INGLÊS 6ª FEIRA 24/11 DESENHO / CIÊNCIAS 2ª FEIRA 25/11 PORTUGUÊS

Leia mais

Projecto de SCIE e medidas de autoprotecção em lares de idosos e edifícios hospitalares

Projecto de SCIE e medidas de autoprotecção em lares de idosos e edifícios hospitalares Título 1 Projecto de SCIE e medidas de autoprotecção em lares de idosos e edifícios hospitalares 2 Sumário Breve caracterização do risco de incêndio Medidas de segurança de natureza física Projecto de

Leia mais

Variáveis Manipuláveis do Treino de Força

Variáveis Manipuláveis do Treino de Força Variáveis Manipuláveis do Treino de Força Lucimere Bohn lucimerebohn@gmail.com Área de Formação: 813 Desporto. Curso: Musculação e Cardiofitness. Módulo: Bases Morfofisiológicas VARIÁVEIS MANIPULÁVEIS

Leia mais

MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO SEMINÁRIO DO PAC II. Paraná. Ministro Paulo Bernardo. Curitiba 16/04/2010

MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO SEMINÁRIO DO PAC II. Paraná. Ministro Paulo Bernardo. Curitiba 16/04/2010 MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO SEMINÁRIO DO PAC II Paraná Ministro Paulo Bernardo Curitiba 16/04/2010 Programa Minha Casa, Minha Vida Balanço de 1 ano 408.674 unidades contratadas R$ 22,8 bilhões Faixa SM

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO REITORIA. Avenida Vitória,1729 Jucutuquara 29040-780 Vitória ES Tel:(27) 3331-2100

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO REITORIA. Avenida Vitória,1729 Jucutuquara 29040-780 Vitória ES Tel:(27) 3331-2100 DIRETORIA DE GESTÃO DE PESSOAS COORDENADORIA DE DESENVOLVIMENTO DE PESSOAS PLANO DE TREINAMENTO Curso: Cursos de Desenvolvimento de Servidores : Contratações públicas - legislação/fundamentos Módulo III

Leia mais

Federação de Ginástica de Portugal 3º Curso de Treinadores de GRAU I (nº 3/I/2015)

Federação de Ginástica de Portugal 3º Curso de Treinadores de GRAU I (nº 3/I/2015) Federação de Ginástica de Portugal 3º Curso de Treinadores de GRAU I (nº 3/I/2015) Todas as disciplinas Formação Geral (41h) e Formação Específica (59h) 1. Componente Geral Regulamento de Participação

Leia mais

TRIPLO SALTO VELOCIDADE FORÇA OUTRAS VELOCIDADE EXECUÇAO (MOV. ACÍCLICO) FORÇA RESISTÊNCIA HIPERTROFIA CAPACIDADE DE ACELERAÇÃO EQUILÍBRIO

TRIPLO SALTO VELOCIDADE FORÇA OUTRAS VELOCIDADE EXECUÇAO (MOV. ACÍCLICO) FORÇA RESISTÊNCIA HIPERTROFIA CAPACIDADE DE ACELERAÇÃO EQUILÍBRIO TRIPLO SALTO O TRIPLO SALTO É UMA DISCIPLINA TÉCNICA MUITO COMPLEXA QUE OBRIGA A UM GRANDE APERFEIÇOAMENTO EM VÁRIAS VERTENTES, VISTO O SEU DESENVOLVIMENTO DEPENDER DE UMA COMBINAÇÃO DE VÁRIAS HABILIDADES

Leia mais

ALMOÇO. Semana de 7 a 11 de março de 2016. Semana de 14 a 18 de março de 2016. Dias 2ª Feira 3ª Feira 4ª Feira 5ª Feira 6ª Feira

ALMOÇO. Semana de 7 a 11 de março de 2016. Semana de 14 a 18 de março de 2016. Dias 2ª Feira 3ª Feira 4ª Feira 5ª Feira 6ª Feira Semana de 7 a 11 de março de 2016 Semana de 14 a 18 de março de 2016 3ª Feira 4ª Feira 5ª Feira 6ª Feira 09:00/10:00 Avicult.e Suinic. 09:00/10:30 Avicult.e Suinic. Higiene Higiene Agricultura 10.00/11:00

Leia mais

Regulamento para Seletiva de Arco Composto Campeonato das Américas 2014 de Tiro com Arco, Rosário - Argentina

Regulamento para Seletiva de Arco Composto Campeonato das Américas 2014 de Tiro com Arco, Rosário - Argentina Regulamento para Seletiva de Arco Composto Campeonato das Américas 2014 de Tiro com Arco, Rosário - Argentina Local: Centro de Treinamento CBTARCO Maricá, RJ Data: 30 e 31 de agosto de 2014. A seletiva

Leia mais

UNIVERSIDADE ESTADUAL DO CENTRO-OESTE-UNICENTRO Campus CEDETEG ENSALAMENTO DOS CURSOS DE GRADUAÇÃO. Setor de Ciências da Saúde FARMÁCIA 2014

UNIVERSIDADE ESTADUAL DO CENTRO-OESTE-UNICENTRO Campus CEDETEG ENSALAMENTO DOS CURSOS DE GRADUAÇÃO. Setor de Ciências da Saúde FARMÁCIA 2014 Setor de Ciências da Saúde 1ª SÉRIE 1 SEMESTRE MANHÃ 7h30min Cálculo SALA 4 BLOCO 2 (Ensalamento alterado em 6/3/2014) Anatomia Humana I PA DE ANATOMIA HUMANA Histologia Humana PB Anatomia Humana I PB

Leia mais

ASPECTOS ATUAIS DO TREINAMENTO DE VELOCIDADE

ASPECTOS ATUAIS DO TREINAMENTO DE VELOCIDADE ASPECTOS ATUAIS DO TREINAMENTO DE VELOCIDADE JAYME NETTO JR Professor do Departamento de Fisioterapia/UNESP Mestrado em Ciências do Esporte/UNICAMP Doutorado em Ciências da Saúde/FAMERP Técnico Olímpico

Leia mais

NATAÇÃO PURA CRIANÇAS ATÉ 15 ANOS. Sem. das técnicas de Costas. Fato de banho/tanga de lycra e touca de silicone.

NATAÇÃO PURA CRIANÇAS ATÉ 15 ANOS. Sem. das técnicas de Costas. Fato de banho/tanga de lycra e touca de silicone. NATAÇÃO PURA CRIANÇAS ATÉ 15 ANOS ACTIVIDADE AMA I ( A e B) AMA II (A e B) AMA III (A e B) N I+7 (A e B) N II+7 N III+7 Para quem? Crianças dos 4 até Crianças dos 4 até Crianças a partir Crianças dos 7

Leia mais

Por que devemos avaliar a força muscular?

Por que devemos avaliar a força muscular? Prof. Me. Alexandre Correia Rocha www.professoralexandrerocha.com.br alexandre.personal@hotmail.com Docência Docência Personal Trainer Por que devemos avaliar a força muscular? Desequilíbrio Muscular;

Leia mais

Prof. Me Alexandre Rocha

Prof. Me Alexandre Rocha Prof. Me. Alexandre Correia Rocha www.professoralexandrerocha.com.br alexandre.personal@hotmail.com Docência Docência Personal Trainer Prof. Me Alexandre Rocha 1 Alterações morfofuncionais decorrentes

Leia mais

Dist. da linha saída à 1ª barreira

Dist. da linha saída à 1ª barreira TÉCNICA DAS CORRIDAS COM BARREIRAS Antes de mais nada podemos dizer que as corridas com barreiras são provas de velocidade rasa porque, muito embora o barreiristas se depare com uma série de barreiras

Leia mais

Treinamento de Força

Treinamento de Força Treinamento de Força Sandro de Souza Referencial teórico: FLECK, S.J; KRAEMER, W.J. Fundamentos do Treinamento de Força Muscular, ArtMed, 3 Ed., 2007. As 5 leis básicas do Treinamento de Força Lei nº1

Leia mais

Bibliografia. Hidroginástica e Hidroterapia. Histórico. Conteúdo Programático. Ft. Milena Dutra milenadutra@bol.com.br

Bibliografia. Hidroginástica e Hidroterapia. Histórico. Conteúdo Programático. Ft. Milena Dutra milenadutra@bol.com.br Bibliografia Hidroginástica e Hidroterapia Ft. Milena Dutra milenadutra@bol.com.br www.abs-exercise-advice.com www.shapefit.com www.myfit.ca www.getfitsource.com www.waterworkout.com http://www.watergym.com

Leia mais

DATA DE INíCIO / FIM 16-04-2016 / 17-04-2016. HORARIO Manhã - 9:00 às 13:00 Tarde - 14:00 às 18:00. #Fisioterapeuta, #Desporto/Educação Física

DATA DE INíCIO / FIM 16-04-2016 / 17-04-2016. HORARIO Manhã - 9:00 às 13:00 Tarde - 14:00 às 18:00. #Fisioterapeuta, #Desporto/Educação Física TREINO AVANçADO PARA HIPERTROFIA MUSCULAR (ABR 2016) - PORTO Em Treino Avançado para Hipertrofia Muscular ficará a conhecer todo os processos fisiológicos que envolvem a hipertrofia muscular, bem como

Leia mais

FACULDADE METROPLITANA DA AMAZÔNIA-FAMAZ COORDENAÇÃO DO CURSO DE ENFERMAGEM. 1ª Avaliação regimental Data da Prova Horário da prova

FACULDADE METROPLITANA DA AMAZÔNIA-FAMAZ COORDENAÇÃO DO CURSO DE ENFERMAGEM. 1ª Avaliação regimental Data da Prova Horário da prova - TURMA: 270101 - TURNO: Matutino - SALA: 104-1º PERÍODO (2014/1) 1ª Avaliação regimental Introdução a filosofia 20/03/2014 08:00 às 09:40 Citologia e Embriologia 21/03/2014 08:50 as 11:40 Histologia Básica

Leia mais

SALTO EM E M DISTÂNCIA

SALTO EM E M DISTÂNCIA SALTO EM DISTÂNCIA Salto em Distância O salto em distancia é uma prova de potência, sua performance está diretamente relacionada com a velocidade de impulso O saltador deve produzir o máximo de velocidade

Leia mais

Espanhol Nara. Prod. Texto. Jullyana

Espanhol Nara. Prod. Texto. Jullyana Horário de aulas do 6 Ano Ensino Fundamental ao 3ª Ensino Médio Segunda- feira Segunda - feira Ed. Ed. 4 aula Ed. Ed. Ed. Terça- feira - Terçafeira Ed. Ed. 4 aula Ed. Ed. Ed. Quarta-feira Quartafeira Ed.

Leia mais

08/10 (5ª feira) 15/10 (5ª feira) 20/10 (3ªfeira) 21 e 22/10 (4ª e 5ª feira) 23/10 (6ªfeira) 26/10 (2ª feira)

08/10 (5ª feira) 15/10 (5ª feira) 20/10 (3ªfeira) 21 e 22/10 (4ª e 5ª feira) 23/10 (6ªfeira) 26/10 (2ª feira) 08/10 15/10 20/10 (3ªfeira) 21 e 22/10 (4ª e 5ª feira) 23/10 (6ªfeira) 26/10 27 a 29/10 (3ª a 5ª feira) 28/10 CONVOCAÇÃO DO PROFESSOR PARA INSCRIÇÃO NO PROCESSO DE ESCOLHA E ATRIBUIÇÃO DE CLASSES E AULAS

Leia mais

PSICOLOGIA 2015/2 PERÍODO: 2 TURNO: Noturno

PSICOLOGIA 2015/2 PERÍODO: 2 TURNO: Noturno PERÍODO: 2 TURNO: Noturno do da Ciência e Análise Desenvolvimento I Profissão Experimental do do Desenvolvimento I da Ciência e Profissão Comportamento Análise Experimental do Comportamento da da Básico

Leia mais

A classificação do exame corresponde à média aritmética simples, arredondada às unidades, das classificações das duas provas (escrita e prática).

A classificação do exame corresponde à média aritmética simples, arredondada às unidades, das classificações das duas provas (escrita e prática). INFORMAÇÃO PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA Nº 2/2015 EDUCAÇÃO FÍSICA Abril de 2015 Prova 28 2015 2.º Ciclo do Ensino Básico (Decreto-Lei n.º 139/2012, de 5 de julho) O presente documento divulga as

Leia mais

EMENTÁRIO. Princípios de Conservação de Alimentos 6(4-2) I e II. MBI130 e TAL472*.

EMENTÁRIO. Princípios de Conservação de Alimentos 6(4-2) I e II. MBI130 e TAL472*. EMENTÁRIO As disciplinas ministradas pela Universidade Federal de Viçosa são identificadas por um código composto por três letras maiúsculas, referentes a cada Departamento, seguidas de um número de três

Leia mais

Força e Resistência Muscular

Força e Resistência Muscular Força e Resistência Muscular Prof. Sergio Gregorio da Silva, PhD Objetivos do Treinamento com Pesos Aumento da massa muscular Força Potência Velocidade Resistência Muscular Localizada Equilibro Coordenação

Leia mais

Prefácio à 6ª edição, xi

Prefácio à 6ª edição, xi Prefácio à 6ª edição, xi 1 Marketing na área de serviços, 1 1.1 Definição de serviços, 6 1.2 Tipos de serviços, 7 1.4 Diferenças entre marketing de serviços e de bens, 15 1.5 Características dos serviços,

Leia mais

Treino Físico Off Season

Treino Físico Off Season Treino Físico Off Season SUB 20 Períodos: Off Season : Junho/Julho Objectivo: Hipertrofia Aumento de massa muscular Férias de Verão : Agosto Objectivo: Manutenção de uma actividade física de baixa intensidade

Leia mais

22, 23 e 24 de setembro

22, 23 e 24 de setembro Trazendo, em sua história, o reconhecimento social da antiga Escola Técnica, o CEFET/RJ expandiu-se academicamente e em área física. Hoje, a instituição conta com uma unidade-sede (Maracanã), e quatro

Leia mais

POLIMENTO: O PERÍODO COMPETITIVO DA NATAÇÃO *

POLIMENTO: O PERÍODO COMPETITIVO DA NATAÇÃO * POLIMENTO: O PERÍODO COMPETITIVO DA NATAÇÃO * Moacyr da Rocha Freitas RESUMO O objetivo deste trabalho é apresentar um estudo sobre o Polimento, fundamentado na Teoria do Treinamento Desportivo. Através

Leia mais

Marcos Chuva ÉPOCA 2010-2011. Golden League Zurique - 2011. C. Nac. Juvenis Luso - 2006

Marcos Chuva ÉPOCA 2010-2011. Golden League Zurique - 2011. C. Nac. Juvenis Luso - 2006 Marcos Chuva ÉPOCA 2010-2011 Golden League Zurique - 2011 C. Nac. Juvenis Luso - 2006 Marcos Chuva Resultados mais significativos Nível Nacional Campeão Nacional do Triatlo Técnico em 2004 e 2006; Vencedor

Leia mais

ROTEIRO PARA OBTENÇÃO DE IMAGENS RELATIVAS À VERIFICAÇÃO DE ACESSIBILIDADE

ROTEIRO PARA OBTENÇÃO DE IMAGENS RELATIVAS À VERIFICAÇÃO DE ACESSIBILIDADE ROTEIRO PARA OBTENÇÃO DE IMAGENS RELATIVAS À VERIFICAÇÃO DE ACESSIBILIDADE Este roteiro tem por objetivo apresentar ao responsável pela vistoria remota os detalhes e ângulos básicos a serem obtidos por

Leia mais

SENAI, SUA CONQUISTA PROFISSIONAL

SENAI, SUA CONQUISTA PROFISSIONAL METAL/MECÂNICA SENAI RR SENAI RR SENAI, SUA CONQUISTA PROFISSIONAL ORGANIZAÇÃO CURRICULAR DOS CURSOS 1. TÍTULO INTRODUÇÃO À HIDRÁULICA Proporcionar ao treinando a compreensão dos princípios básicos da

Leia mais

GUIA DE FUNCIONAMENTO DA UNIDADE CURRICULAR

GUIA DE FUNCIONAMENTO DA UNIDADE CURRICULAR Curso ENGENHARIA CIVIL Ano letivo 2011-2012 Unidade Curricular INSTALAÇÕES DE EDIFÍCIOS ECTS 5 Regime Obrigatório Ano 2º Semestre 2º Semestre Horas de trabalho globais Docente(s) José António Furtado Figueiredo

Leia mais

Colaborador técnico desta edicão

Colaborador técnico desta edicão a 7 edição Colaborador técnico desta edicão Marcelo Jaime Vieira Líder Retenção Bio Ritmo Cerro Corá Marcelo Jaime Vieira é Educador Físico formado em 1995 pela Escola Superior de Educação Física de Jundiaí.

Leia mais

HORÁRIO 2ª Feira 3ª Feira 4ª Feira 5ª Feira 6ª Feira. Laboratório de Eletrônica I Alessandro. Laboratório de Eletrônica I Alessandro

HORÁRIO 2ª Feira 3ª Feira 4ª Feira 5ª Feira 6ª Feira. Laboratório de Eletrônica I Alessandro. Laboratório de Eletrônica I Alessandro Curso: Mecatrônica Ano: 1º Módulo: 1º (Tarde) SALA BL A 2ª Feira 3ª Feira 4ª Feira 5ª Feira 6ª Feira Organização de Técnico Organização de Técnico Eletrônica I Técnico Eletrônica I Técnico Eletrônica I

Leia mais

EDITAL 12/2015 - PROGRAMA DE MOBILIDADE INTERNACIONAL UFF

EDITAL 12/2015 - PROGRAMA DE MOBILIDADE INTERNACIONAL UFF EDITAL 12/2015 - PROGRAMA DE MOBILIDADE INTERNACIONAL UFF RESULTADO DA ANÁLISE DE CONHECIMENTO DE LÍNGUAS ESTRANGEIRAS MATRÍCULA UFF PULE IDIOMA 1 APTO PULE IDIOMA 2 APTO ANÁLISE DO TESTE DE PROFICIÊNCIA

Leia mais

Federação Paranaense de Canoagem FEPACAN

Federação Paranaense de Canoagem FEPACAN Federação Paranaense de Canoagem FEPACAN Meninos do Lago Núcleo Caiaque Pólo Projeto: Núcleo do Morumbi Prof. Valdecir Fernandes da Cruz CREF. 005870/PR Plano de Aula mês: 09/ 2009 1º Semana: 01 à 04 Manhã:

Leia mais

INTRODUÇÃO. A educação física é uma disciplina curricular que pedagogicamente bem orientada contribui para o desenvolvimento integral do homem.

INTRODUÇÃO. A educação física é uma disciplina curricular que pedagogicamente bem orientada contribui para o desenvolvimento integral do homem. INTRODUÇÃO O ensino da educação física no 1º nível de ensino joga um papel importante no desenvolvimento das diferentes qualidades físicas, assim como das diversas habilidades motoras dos educandos. Através

Leia mais

QUANTIFICAÇÃO FISIOLÓGICA DA CARGA DE TRABALHO EM ESPORTES AQUÁTICOS: EFICÁCIA PARA A VITÓRIA ESPORTIVA *

QUANTIFICAÇÃO FISIOLÓGICA DA CARGA DE TRABALHO EM ESPORTES AQUÁTICOS: EFICÁCIA PARA A VITÓRIA ESPORTIVA * QUANTIFICAÇÃO FISIOLÓGICA DA CARGA DE TRABALHO EM ESPORTES AQUÁTICOS: EFICÁCIA PARA A VITÓRIA ESPORTIVA * Estélio H. M. Dantas * INTRODUÇÃO Graças à democratização e à abertura que ocorreu na Rússia com

Leia mais

HORÁRIO DE AULAS E AVALIAÇÕES DE RECUPERAÇÃO FINAL 2015 DIA 14/12/2015-2ª FEIRA

HORÁRIO DE AULAS E AVALIAÇÕES DE RECUPERAÇÃO FINAL 2015 DIA 14/12/2015-2ª FEIRA DIA //0 - ª FEIRA HOR. º ANO 7º ANO 8º ANO 9º ANO º ANO º ANO º ANO - Thuha Thuha - Thuha Thuha Thuha Data: //0 ª feira - Horário: h Prova de História - Thuha Turmas: º / º / º Ensino Médio Thuha DIA //0

Leia mais

Lucimere Bohn lucimerebohn@gmail.com Área de Formação: 813 Desporto. Curso: Musculação e Cardiofitness. Módulo: Bases Morfofisiológicas

Lucimere Bohn lucimerebohn@gmail.com Área de Formação: 813 Desporto. Curso: Musculação e Cardiofitness. Módulo: Bases Morfofisiológicas Musculação: Definições Básicas Lucimere Bohn lucimerebohn@gmail.com Área de Formação: 813 Desporto. Curso: Musculação e Cardiofitness. Módulo: Bases Morfofisiológicas Termos frequentes na descrição de

Leia mais

3ª ETAPA DO RANKING DE ESCOLA DA FHBR

3ª ETAPA DO RANKING DE ESCOLA DA FHBR 3ª ETAPA DO RANKING DE ESCOLA DA FHBR PROGRAMA XXVI COPA BRASÍLIA DE HIPISMO e 3ª ETAPA DO RANKING DE ESCOLA 1. LOCAL DO CONCURSO: Centro Hípico do Parque Parque da Cidade - Setor Hípico Telefone: (061)

Leia mais

Aulas de Recuperação 1º Bimestre/2015. Horário das Provas de Recuperação

Aulas de Recuperação 1º Bimestre/2015. Horário das Provas de Recuperação 4º ANO HORÁRIO 04/05 (2ª f.) 05/05 (3ª f.) 06/05 (4ª f.) 07/05 (5ª f.) 08/05 (6ª f.) 13h30 Inglês 14h15 Português Matemática Ciências 15h Português Matemática Ciências 15h45 Matemática Português História

Leia mais

PROGRAMA DE 4 DIAS DE TREINO DE FORÇA PARA MULHERES

PROGRAMA DE 4 DIAS DE TREINO DE FORÇA PARA MULHERES DESAFIO VITA VERÃO PROGRAMA DE 4 DIAS DE TREINO DE FORÇA PARA MULHERES TREINO A - Agachamento livre COMPLETO: 8 a 10 repetições (3x) - Leg 45: 8 a 10 repetições (3x) - Cadeira extensora: 8 a 10 repetições

Leia mais

IV MOSTRA DE VÍDEOS-DOCUMENTÁRIOS SOBRE TRABALHO-EDUCAÇÃO. II MOSTRA AMPLIADA SOBRE TRABALHO-EDUCAÇÃO E TEMÁTICAS AFINS

IV MOSTRA DE VÍDEOS-DOCUMENTÁRIOS SOBRE TRABALHO-EDUCAÇÃO. II MOSTRA AMPLIADA SOBRE TRABALHO-EDUCAÇÃO E TEMÁTICAS AFINS GT 09 - TRABALHO E EDUCAÇÃO ANPEd Associação Nacional de Pós-graduação de Pesquisa em Educação 33ª. Reunião Anual Caxambu, MG - 18 a 20 de outubro de 2010 II MOSTRA AMPLIADA SOBRE TRABALHO-EDUCAÇÃO E TEMÁTICAS

Leia mais

CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO EM NUTRIÇÃO ESPORTIVA APLICADA À SÁÚDE, ESTÉTICA E DESEMPENHO FÍSICO

CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO EM NUTRIÇÃO ESPORTIVA APLICADA À SÁÚDE, ESTÉTICA E DESEMPENHO FÍSICO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO EM NUTRIÇÃO ESPORTIVA APLICADA À SÁÚDE, ESTÉTICA E DESEMPENHO FÍSICO 1. CURSO: Pós-graduação em Nutrição Esportiva aplicada à saúde, estética e desempenho físico. 1.1 Área de Conhecimento:

Leia mais

ELABORAÇÃO TREINO MUSCULAÇÃO PROF.MS. CARLOS MINE UNITAU

ELABORAÇÃO TREINO MUSCULAÇÃO PROF.MS. CARLOS MINE UNITAU ELABORAÇÃO TREINO MUSCULAÇÃO PROF.MS. CARLOS MINE UNITAU IDENTIFICAÇÃO DO ALUNO Social conhecer gente nova; Estético aquele que não aguenta mais a barriguinha; Status- è chique malhar; Lazer malha pra

Leia mais

MEDIAR. Centrais de Ar Comprimido Medicinal

MEDIAR. Centrais de Ar Comprimido Medicinal MEDIAR Centrais de Ar Comprimido Medicinal Centrais MEDIAR As centrais de ar comprimido medicinal, MEDIAR, são dispositivos médicos da classe IIb. Destinam-se á produção e fornecimento contínuo de ar comprimido

Leia mais

REFERENCIAL DE FORMAÇÃO

REFERENCIAL DE FORMAÇÃO Federação: Federação Portuguesa de Alex Ryu Jitsu Modalidade/Disciplina: Alex Ryu Jitsu Conversão de Treinadores de Grau em Treinadores de Grau I Componente Prática: 12 horas Componente Teórica: 20 horas

Leia mais

GUIA DE MUSCULAÇÃO PARA INICIANTES

GUIA DE MUSCULAÇÃO PARA INICIANTES GUIA DE MUSCULAÇÃO PARA INICIANTES O QUE É MUSCULAÇÃO? A musculação é um exercício de contra-resistência utilizado para o desenvolvimento dos músculos esqueléticos. A partir de aparelhos, halteres, barras,

Leia mais

Disciplina a Especialidade Profissional Osteopatia e dá outras providências. CONSIDERANDO o disposto no Decreto Lei 938, de 13 de outubro de 1969;

Disciplina a Especialidade Profissional Osteopatia e dá outras providências. CONSIDERANDO o disposto no Decreto Lei 938, de 13 de outubro de 1969; RESOLUÇÃO n. 398/2011 RESOLUÇÃO Nº 398 DE 03 DE AGOSTO DE 2011 Disciplina a Especialidade Profissional Osteopatia e dá outras providências O Plenário do Conselho Federal de Fisioterapia e Terapia Ocupacional,

Leia mais

Disciplina: Educação Física abril de 2015

Disciplina: Educação Física abril de 2015 INFORMAÇÃO PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA Disciplina: Educação Física abril de 2015 Prova 2015 2.º Ciclo do Ensino Básico O presente documento divulga informação relativa à prova de equivalência à

Leia mais

ESTRADAS E AEROPORTOS. Prof. Vinícius C. Patrizzi

ESTRADAS E AEROPORTOS. Prof. Vinícius C. Patrizzi ESTRADAS E AEROPORTOS Prof. Vinícius C. Patrizzi HISTÓRICO AEROPORTOS 1. PRINCÍPIOS GERAIS: Cinco Liberdades do Ar: 1. Uma aeronave tem direito de sobrevoar um outro país, sem pousar, contanto que o país

Leia mais

EMENTÁRIO. Princípios de Conservação de Alimentos 6(4-2) I e II. MBI130 e TAL472*.

EMENTÁRIO. Princípios de Conservação de Alimentos 6(4-2) I e II. MBI130 e TAL472*. EMENTÁRIO As disciplinas ministradas pela Universidade Federal de Viçosa são identificadas por um código composto por três letras maiúsculas, referentes a cada Departamento, seguidas de um número de três

Leia mais

PLANO DE ETAPAS 8ºE FUT2+ VED. 11 Ter Sala 13 Qui. Andebol 10. Futebol 10 FUT2+ VED FUT1+ SUP. 16 Ter. 11 Qui

PLANO DE ETAPAS 8ºE FUT2+ VED. 11 Ter Sala 13 Qui. Andebol 10. Futebol 10 FUT2+ VED FUT1+ SUP. 16 Ter. 11 Qui 3ª Etapa 2ª Etapa 1ª Etapa PLANO DE ETAPAS 8ºE 11 Ter Sala 13 Qui 18 Ter 20 Qui 25 Ter GIN 27 Qui GIN Set VERÃO Apresentação Andebol 1 Futebol 1 Basquetebol 1 Voleibol 1 Barreiras 1 Judo 1 Ginástica 1

Leia mais

INFORMAÇÃO PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA DE EDUCAÇÃO FÍSICA PROVA 26 2015 9º ANO 3º Ciclo do Ensino Básico

INFORMAÇÃO PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA DE EDUCAÇÃO FÍSICA PROVA 26 2015 9º ANO 3º Ciclo do Ensino Básico INFORMAÇÃO PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA DE EDUCAÇÃO FÍSICA PROVA 26 2015 9º ANO 3º Ciclo do Ensino Básico 1. Introdução O presente documento visa divulgar as características da prova final do 3º

Leia mais

Curso de Treinadores de Futsal 1º Nível Dezembro/08 Janeiro/09. Capacidades Motoras Caderno de Exercícios. Bruno Torres

Curso de Treinadores de Futsal 1º Nível Dezembro/08 Janeiro/09. Capacidades Motoras Caderno de Exercícios. Bruno Torres Curso de Treinadores de Futsal 1º Nível Dezembro/08 Janeiro/09 Capacidades Motoras Caderno de Exercícios Bruno Torres 1 Modelo de Activação Funcional 2 Operacionalização: Activação Funcional. Grupos de

Leia mais

FICHA PARA CATÁLOGO. Escola Estadual São José Ensino Fundamental e Médio. Educação Física. Unidade Didática

FICHA PARA CATÁLOGO. Escola Estadual São José Ensino Fundamental e Médio. Educação Física. Unidade Didática FICHA PARA CATÁLOGO Título: IMPORTÂNCIA DO AQUECIMENTO NAS AULAS DE EDUCAÇÃO FÍSICA Autor Escola de Atuação Município da escola Núcleo Regional de Educação Orientador Instituição de Ensino Superior Disciplina/Área

Leia mais

ACESSIBILIDADE E DIREITOS DOS CIDADÃOS: BREVE DISCUSSÃO

ACESSIBILIDADE E DIREITOS DOS CIDADÃOS: BREVE DISCUSSÃO ACESSIBILIDADE E DIREITOS DOS CIDADÃOS: BREVE DISCUSSÃO Ana Elizabeth Gondim Gomes Luciana Krauss Rezende Mariana Fernandes Prado Tortorelli Índice Mini currículo dos autores RESUMO Observa-se atualmente

Leia mais

Rankings das Escolas 2013

Rankings das Escolas 2013 Escola Básica dos 2º e 3º Ciclos Dr. Horácio Bento de Gouveia nos Rankings das Escolas 2013 (Ranking do Jornal o Público ) 6º Ano http://www.publico.pt/rankings-das-escolas/2013/6-ano) (retirado do Jornal

Leia mais

HORÁRIOS PROVISÓRIOS 2016 ENSINO FUNDAMENTAL 2 6º ANO MANHÃ HORÁRIO AULA SEGUNDA-FEIRA TERÇA-FEIRA QUARTA-FEIRA QUINTA-FEIRA SEXTA-FEIRA 7:20 ÀS 8:10

HORÁRIOS PROVISÓRIOS 2016 ENSINO FUNDAMENTAL 2 6º ANO MANHÃ HORÁRIO AULA SEGUNDA-FEIRA TERÇA-FEIRA QUARTA-FEIRA QUINTA-FEIRA SEXTA-FEIRA 7:20 ÀS 8:10 6º ANO MANHÃ ÀS ÀS 1ª 2ª 3ª 4ª 5ª GEOMÉTRICO/ / Ruth 7º ANO MANHÃ TURMA 01 1ª 2ª ÀS ÀS 3ª 4ª 5ª GEOMÉTRICO/ / Ruth 7º ANO MANHÃ TURMA 02 1ª ÀS ÀS 2ª 3ª 4ª 5ª / Ruth 8º ANO MANHÃ 1ª 2ª ÀS ÀS ÀS 12:50 3ª

Leia mais

EXERCÍCIOS RESISTIDOS. Parte III

EXERCÍCIOS RESISTIDOS. Parte III EXERCÍCIOS RESISTIDOS Parte III PREPARO E APLICAÇÃO DE EXERCÍCIOS RESISTIDOS Aquecimento com movimentos leves, repetitivos e alongamentos. Aplicar a resistência de forma distal, na região onde o músculo

Leia mais

Page 1. Tipos de Força. Força máxima. Força rápida. Força de resistência. Força reactiva

Page 1. Tipos de Força. Força máxima. Força rápida. Força de resistência. Força reactiva Bibliografia Adaptações do aparelho locomotor ao exercício físico e à inactividade Cap. 5 (pp. 107-138). Efeitos da actividade física nos tecidos não contrácteis. Cap. 8 (pp. 124-183). Adaptações neuromusculares

Leia mais

PROGRAMA DE EDUCAÇÃO FÍSICA

PROGRAMA DE EDUCAÇÃO FÍSICA PROGRAMA DE EDUCAÇÃO FÍSICA 7ª, 8ª e 9ª classes 1º CICLO DO ENSINO SECUNDÁRIO Ficha Técnica TÍTULO: Programa de Educação Física - 7ª, 8ª e 9ª classes EDITORA: INIDE IMPRESSÃO: GestGráfica, S.A. TIRAGEM:

Leia mais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS GIL VICENTE ESCOLA GIL VICENTE EDUCAÇÃO FÍSICA PLANO ANUAL DE ATIVIDADES

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS GIL VICENTE ESCOLA GIL VICENTE EDUCAÇÃO FÍSICA PLANO ANUAL DE ATIVIDADES AGRUPAMENTO DE ESCOLAS GIL VICENTE ESCOLA GIL VICENTE EDUCAÇÃO FÍSICA PLANO ANUAL DE ATIVIDADES Ano Letivo 2011 / 2012 AO LONGO DE TODO O ANO LETIVO Atividades de sensibilização da comunidade r para a

Leia mais