EDITAL 01/2015 Programas de Monitoria

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "EDITAL 01/2015 Programas de Monitoria"

Transcrição

1 Programas de Monitoria A Coordenação Pedagógica, no uso de suas atribuições, torna público aos interessados, a abertura de inscrições para os programas de monitoria, dos Cursos de Graduação abaixo discriminados, observados as regras subseqüentes deste edital. 1 SOBRE OS REQUISITOS NECESSÁRIOS PARA SER MONITOR: I. Poderá candidatar-se à monitor, somente o aluno regularmente matriculado na FEAD e que já tenha sido aprovado na disciplina para a qual esteja aberta a monitoria; II. Possuir disponibilidade de carga horária semanal de acordo com a necessidade do conteúdo do concurso de monitoria, por curso, em dias úteis e, excepcionalmente, nas manhãs de sábado, para realização de atividades acadêmicas conforme Itens 3 e 6, deste Edital. 2 - DA SELEÇÃO: I. A seleção será realizada por uma comissão, a cargo do coordenador de cada curso, que a indicará. II. A seleção será feita através: a) Da nota obtida na referida disciplina; b) Da análise do histórico escolar (sendo aceitável cópia da internet); c) Entrevista. 3 DAS ATIVIDADES A SEREM DESENVOLVIDAS PELO MONITOR: Acompanhamento aos alunos nas atividades de fixação dos conteúdos lançados, orientação na resolução de exercícios aplicados (e disponibilizados no gerenciador de documentos) e esclarecimentos de dúvidas e dificuldades pertinentes à disciplina. 4 DA ADMISSÃO: I. A admissão do monitor, após a seleção, será feita por um semestre letivo, podendo ser renovada por igual período, após análise do relatório de atividade, com anuência do Coordenador de Curso.

2 5 DAS VAGAS DE MONITORIA, POR CURSO: COORDENAÇÃO PEDAGÓGICA 5.1 CURSO DE ADMINISTRAÇÃO: DISCIPLINAS PERÍODO VAGAS SEMANAL DO MONITOR Matemática Aplicada à Administração 1º 1 02h Contabilidade Geral 2º 1 02h Mercado Financeiro e de Capitais 3º 1 02h Análise das Demonstrações Contábeis 3º 1 02h Administração Financeira 4º 1 02h Administração de Custos h Administração de Produção h Orçamento Empresarial h 5.2 CURSO DE AGRONOMIA: DISCIPLINAS PERÍODO VAGAS EXIGÊNCIA SEMANAL DO MONITOR Química Geral e Orgânica 1º 01 2h Botânica 1º 02 2h Metodologia Científica 2º 01 2h Química Analítica 2º 01 2h Entomologia Agrícola 4º 01 2h Propagação de Plantas 5º 02 2h Melhoramento Vegetal 5º 01 2h Mecânica, Motores e Mecanização 5º 01 4h Olericultura 6º 02 2h Agricultura I 7º 01 Fisiologia Vegetal 2h Cultura de Tecidos 7º 02 2h Bionergia 7º 02 2h Agricultura II 8º 01 Agricultura I 2h Laboratório de Micropropagação 02 Fisiologia Vegetal Viveiro 02 Fisiologia Vegetal 5.3 CURSO DE DIREITO: DISCIPLINAS PERÍODO VAGAS/ TURNO VAGAS/ TURNO Horário da Monitoria Manhã Noite Manhã Noite SEMANAL DO MONITOR Introdução ao Estudo do Direito 1º h às 11h50 18h às 18h50 01h Economia Geral 1º h às 11h50 18h às 18h50 01h Teoria Geral do Direito 2º h às 11h50 18h às 18h50 01h Filosofia do Direito 2º h às 11h50 18h às 18h50 01h Direito Penal I 3º h às 11h50 18h às 18h50 01h Direito Civil I 3º h às 11h50 18h às 18h50 01h Teoria da Constituição 3º h às 11h50 18h às 18h50 01h Direito Constitucional I h às 11h50 18h às 18h50 01h Direito Penal II 4º h às 11h50 18h às 18h50 01h Teoria da Argumentação Jurídica 4º h às 11h50 18h às 18h50 01h Direito Constitucional II 5º h às 11h50 18h às 18h50 01h Direito Civil III 5º h às 11h50 18h às 18h50 01h Teoria Geral do Processo 5º h às 11h50 18h às 18h50 01h Direito Processual Civil I 6º h às 11h50 18h às 18h50 01h

3 Direito Individual do Trabalho 6º h às 11h50 18h às 18h50 01h Direito Administrativo I 6º h às 11h50 18h às 18h50 01h Prática Jurídica Simulada Privada 7º h às 11h50 11h às 11h50 01h Direito Administrativo II 7º h às 11h50 18h às 18h50 01h Direito Processual Penal I 8º h às 11h50 18h às 18h50 01h Direito Empresarial I 8º h às 11h50 18h às 18h50 01h 5.4 CURSO DE MEDICINA VETERINÁRIA: DISCIPLINAS PERÍODO VAGAS SEMANAL DO MONITOR Anatomia Animal I 1º 02 6h Biologia Celular 1º 02 2h Anatomia Animal II 2º 04 6h Biofísica 2º 02 2h Bioquímica 2º 01 2h Fisiologia Animal I 2º 03 2h Histologia e Embriologia 2º 01 2h Estatística e Exp. Agr. 3º 01 2h Fisiologia Animal II 3º 02 2h Histologia Veterinária 3º 01 2h Parasitologia Veterinária 3º 04 3h Microbiologia 3º 02 2h Parasitologia 3º 04 2h Imunologia 4º 01 3h Farmacologia I 4º 02 2h Genética 4º 02 2h Nutrição Animal 4º 02 2h Patologia I Geral 4º 02 2h Epidemiologia e Saúde Pública 5º 01 2h Farmacologia II Terapêutica 5º 02 2h Fund. Melhoramentos Animal 5º 02 2h Patologia II Veterinária 5º 02 2h Planejamento Ambiental 5º 01 2h Doenças Bacterianas e Virais 6º 02 2h Doenças Parasitárias e Micóticas 6º 02 2h Patologia Clínica 6º 02 2h Semiologia Veterinária 6º 02 3h Radiodiagnóstico 7º 02 3h Técnica Operatória 7º 02 4h Anestesiologia 7º 02 2h Clínica de Cães e Gatos I 7º 02 2h Forragicultura para Veterinária 7º 02 2h Tecnologia e Inspeção de Carnes e Derivados 7º 02 2h Clínica de Cães e Gatos II 8º 02 2h Bovideocultura de Leite 8º 01 3h Clínica de Equídeos 8º 02 4h Reprodução I Ginecologia 8º 02 2h Saneamento 8º 01 2h Tecnologia e Inspeção de Leite e Derivados 8º 02 2h Clínica Médica de Prod. De Ruminantes 9º 02 2h Doenças de Aves e Suínos 9º 02 2h Reprodução II Andrologia 9º 02 2h Toxicologia e Plantas Tóxicos 9º 02 2h Cirurgia Geral e Obstetrícia 9º 02 5h Bovinocultura de Corte 9º 01 3h

4 5.5 CURSO DE ODONTOLOGIA: DISCIPLINAS PERÍODO VAGAS SEMANAL DO MONITOR Anatomia Humana 1º 04 3h Ciências Fisiológicas Integradas h Estágio I 2 4 2h Ciências Fisiológicas Integradas - Rosana h Ciências Fisiológicas Integradas - Fabrício h Ciências Morfológicas Integradas 1º 02 4h Fundamentos da Prática Odontológica I 3º 04 4h Fundamentos da Prática Odontológica II 4º 09 6h Odontologia Integrada I 4º 04 4h Estomatologia I 4º 03 2h Odontologia Integrada II - Dentística 5º 03 8h Odontologia Integrada II - Cirurgia 5º 04 4h Fundamentos da Prática Odontológica III 5º 09 6h Odontologia Integrada Infantil I 6º 04 3h Fundamentos da Prática Odontológica IV 6º 02 4h Odontologia Integrada III Prática (Prótese) 6º 02 4h Odontologia Integrada IV Prática (Prótese) h Odontologia Integrada IV Prática (Endodontia) 7º 02 4h Odontologia Integrada IV Prática (Cirurgia) 7º 01 4h Fundamentos da Prática Odontológica V 7º 02 2h Ciências Patológicas Integrada 02 4h 5.6 CURSO DE PSICOLOGIA: DISCIPLINAS PERÍODO VAGAS SEMANAL DO MONITOR Anatomo-Fisiologia 1º 02 Manhã/ 02 - Noite 2h Neuroanatomia 2º 02 Manhã /02 - Noite 2h Estatística 3º 1-Manhã / 1-Tarde 2h Estágio Básico III Triagem Psicológica 5º 02 Noite 4h Psicologia Sócio-Ambiental 7º 02 2h 5.7 CURSO DE ZOOTECNIA: DISCIPLINAS PERÍODO VAGAS SEMANAL DO MONITOR Anatomia dos Animais Domésticos 1º 02 4h Botânica 1º 02 2h Química Geral e Orgânica 1º 02 2h Biologia Celular 1º 02 2h Anatomia Vegetal 2º 02 2h Histologia e Embriologia 2º 01 2h Bioquímica 3º 02 2h Fisiologia Vegetal 4º 02 2h Pastagens e Plantas Forrageiras 5º 02 4h Nutrição de Não Ruminantes 6º 02 2h Nutrição de Ruminantes 6º 02 2h

5 6 DAS INSCRIÇÕES As inscrições deverão ser feitas no seguinte local, data e horário: Local: Rua Cláudio Manoel, 1162 Funcionários. Coordenação Pedagógica Tel.: Data: 23/02/2015 a 27/02/2015 Horário: 08h às 20hs. 6.2 No ato da inscrição o candidato deverá entregar preenchido o cadastro de inscrição (anexo I deste Edital) Nenhum documento poderá ser acrescentado ao processo após o ato de inscrição. 7 ETAPAS DO PROCESSO DE SELEÇÃO 7.1 Todo o processo será conduzido por uma Comissão designada a cargo de cada Coordenador de Curso O Processo de Seleção far-se-à mediante avaliação de: a) Da nota obtida na referida disciplina; b) Da análise do histórico escolar (sendo aceitável cópia da internet); c) Entrevista, com o objetivo de aquilatar o interesse, a capacidade e a disponibilidade dos candidatos para os trabalhos aventados no item 4 (atividades a serem desenvolvidas). A avaliação de análise dos históricos escolares será realizada entre os dias 02 a 06/03/ DO RESULTADO DA SELEÇÃO O resultado final do processo seletivo será divulgado, via site, em 09/03/2015, pelos Coordenadores de cada Curso. O aluno monitor deverá apresentar-se ao professor da disciplina que definirá as rotinas de atividades do monitor e posteriormente ao respectivo Coordenador do Curso para aprovação do termo de compromisso que deverá ser entregue na Coordenação Pedagógica até o dia 13/03/2015 impreterivelmente. Obs: A entrega do termo de compromisso (Anexo IV) está condicionada ao início das atividades de monitoria. 9 DO INÍCIO DAS ATIVIDADES DOS MONITORES As atividades de monitoria iniciar-se-ão, no dia 16/03/2015.

6 10 DOS REGISTROS As atividades dos monitores serão registradas, diariamente, na Ata de Monitoria, conforme anexo II deste Edital. Ao final do programa de monitoria deste semestre letivo, o monitor deverá apresentar à Coordenação de Curso, relatório fundamentado em que estejam descritas as atividades realizadas durante sua participação no programa de Monitoria, conforme anexo III deste Edital e tal relatório deve ser assinado pelo monitor e pelo respectivo coordenador de curso. 11 DAS PROIBIÇÕES Ao monitor é proibido efetivar atividades do professor, tais como ministrar aulas, corrigir exercícios e provas, entre outras inerentes à função do professor. 12 DOS DIREITOS O monitor terá direito a cursar, gratuitamente, à sua escolha, 5 (cinco) cursos de extensão oferecidos pela FEAD, em cada semestre letivo em que estiver exercendo a função. Será conferido ao monitor, ao término de suas atividades, Certificado de Conclusão de Monitoria, com a carga horária efetivamente cumprida, válido para as Atividades Complementares dos Cursos de Graduação. 13 DA PERDA DA FUNÇÃO DE MONITOR Perderá a função de monitor e os direitos dela recorrentes o discente que deixar de cumprir as atribuições previstas por este Edital. Na hipótese anterior, será convocado para ocupar a vaga do monitor excluído, o candidato aprovado na respectiva área, por ordem de classificação, se houver. EXCLUIR-SE-À, EM QUALQUER HIPÓTESE, A CONFIGURAÇÃO DE VÍNCULO EMPREGATÍCIO DO MONITOR COM A INSTITUIÇÃO. Belo Horizonte, 23 de fevereiro de Kathia Mara Murito Pimentel Coordenação Pedagógica FEAD

7 ANEXO I Programas de Monitoria da FEAD CADASTRO DE INSCRIÇÃO 1. DADOS PESSOAIS COORDENAÇÃO PEDAGÓGICA Nome: Endereço residencial Nº Ap. Bairro CEP Tel. (DDD) Tel. (DDD) Data / / Curso: Período Turma: 2. DADOS ACADÊMICOS Turno: Registro Acadêmico: Curso ao qual concorre: Disciplina a qual concorre: PROGRAMA DE MONITORIA Declaro ter lido e compreendido o conteúdo do Edital, submetendo-me a todas as regras do processo seletivo para os Programas de Monitoria dos Cursos de Graduação da FEAD. Assinatura do candidato e data Atenção: Anexar a esta ficha comprovante de cumprimento do pré-requisito referido no item 1 e 2 deste Edital, sendo aceitável cópia do histórico escolar retirada da internet RECIBO Nome do candidato: Data da inscrição: Visto do responsável pelo recebimento e data:

8 ANEXO II ATA DE MONITORIA COORDENAÇÃO PEDAGÓGICA Data: / / Horário: Curso: Disciplina: Monitor: Atividades realizadas: Alunos presentes: Nome Legível Curso Período Assinatura (Quantidade total)

9 ANEXO III RELATÓRIO DE MONITORIA - MONITOR COORDENAÇÃO PEDAGÓGICA Monitor: Curso: Data/Horár io de inicio e término Mês Referência: Disciplina: Nº. de Atividades Desenvolvidas (resumo): alunos presentes: Observações: Assinatura do Monitor: Assinatura do Coordenador:

10 ANEXO IV TERMO COMPROMISSO COORDENAÇÃO PEDAGÓGICA TERMO DE COMPROMISSO PARA O EXERCÍCIO DA MONITORIA, POR ALUNO DE GRADUAÇAO DA FEAD. Nome: ALUNO MONITOR Registro Acadêmico (RA) Curso: Ano/Semestre: Disciplina (s): CH semanal do Monitor Local de Monitoria: Horário de Monitoria: A FEAD e o ALUNO MONITOR acima qualificado, têm entre si, justo e acordado o presente TERMO DE COMPROMISSO, que reger-se-á pelas condições abaixo aduzidas, com base no Edital 01/ CABE A FEAD: a) O monitor terá direito a cursar, gratuitamente, à sua escolha, 5 (cinco) cursos de extensão oferecidos pela FEAD, em cada semestre letivo em que estiver exercendo a função. b) Será conferido ao monitor, ao término de suas atividades, Certificado de Conclusão de Monitoria, com a carga horária efetivamente cumprida, válido para as Atividades Complementares dos Cursos de Graduação. 2. CABE AO ALUNO MONITOR: a) Acompanhamento aos alunos nas atividades de fixação dos conteúdos lançados, orientação na resolução de exercícios aplicados (e disponibilizados no gerenciador de documentos) e esclarecimentos de dúvidas e dificuldades pertinentes à disciplina. b) As atividades dos monitores serão registradas, diariamente, na Ata de Monitoria, conforme anexo II deste Edital. c) Até o dia 30/06/2015 o monitor deverá apresentar à Coordenação de Curso, relatório fundamentado em que estejam descritas as atividades realizadas durante sua participação no programa de Monitoria, conforme anexo III deste Edital e tal relatório deve ser assinado pelo monitor, pelo professor da disciplina e pelo respectivo coordenador de curso. d) Ao monitor é proibido efetivar atividades do professor, tais como ministrar aulas, corrigir exercícios e provas, entre outras inerentes à função do professor.

11 3. O ALUNO DESIGNADO NESTE TERMO PERDERA O DIREITO AO EXERCÍCIO DA MONITORIA, A QUALQUER MOMENTO, SE: a) Perderá a função de monitor e os direitos dela recorrentes o discente que deixar de cumprir as atribuições previstas no Edital 01/2015. Na hipótese anterior, será convocado para ocupar a vaga do monitor excluído, o candidato aprovado na respectiva área, por ordem de classificação, se houver. 4. Este TERMO não cria, nem envolve qualquer espécie de relação de emprego entre o ALUNO MONITOR e a FEAD. 5. O ALUNO MONITOR declara que aceita as condições previstas neste TERMO, comprometendo-se a cumpri-las. E por estarem de acordo, lido e achado conforme, as partes e as testemunhas abaixo nomeadas assinam o presente instrumento, lavrado em 02 (duas) vias de igual teor e para um só fim, ficando a primeira com a FEAD e a segunda com o ALUNO MONITOR. Belo Horizonte, de de. Coordenador de Curso Coordenação Pedagógica Aluno Monitor Professor(a) da disciplina

BASE CURRICULAR 2013 Pré-requisitos CR H/A CH/T CH/P

BASE CURRICULAR 2013 Pré-requisitos CR H/A CH/T CH/P UNIVERSIDADE DE CRUZ ALTA VICE-REITORIA DE GRADUAÇÃO Centro de Ciências da Saúde Curso de Medicina Veterinária Portaria nº 01 06/01/2012 D.O.U.: 09/01/2012 BASE CURRICULAR 2013 CR H/A CH/T CH/P 1º Anatomia

Leia mais

1. PERÍODO DE INSCRIÇÃO: 03 a 09 de Setembro de 2013, das 08h às12h e das 13h às 16h.

1. PERÍODO DE INSCRIÇÃO: 03 a 09 de Setembro de 2013, das 08h às12h e das 13h às 16h. INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO CEARÁ - IFCE A Direção Geral do Campus de Maracanaú, através da Coordenação Local do Pronatec no Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia

Leia mais

EDITAL DE ABERTURA DE CONCURSO INTERNO PARA MONITORES DE DISCIPLINAS DO CENTRO UNIVERSITÁRIO DE RIO PRETO - UNIRP - Nº 004/2015

EDITAL DE ABERTURA DE CONCURSO INTERNO PARA MONITORES DE DISCIPLINAS DO CENTRO UNIVERSITÁRIO DE RIO PRETO - UNIRP - Nº 004/2015 EDITAL DE ABERTURA DE CONCURSO INTERNO PARA MONITORES DE DISCIPLINAS DO CENTRO UNIVERSITÁRIO DE RIO PRETO - UNIRP - Nº 004/2015 O Centro Universitário de Rio Preto realizará Concurso Interno para Monitores

Leia mais

FACULDADE DE CERES. E D I T A L nº 03/2015 DA REABERTURA DE CONCURSO INTERNO PARA SELEÇÃO DE MONITORES

FACULDADE DE CERES. E D I T A L nº 03/2015 DA REABERTURA DE CONCURSO INTERNO PARA SELEÇÃO DE MONITORES FACULDADE DE CERES E D I T A L nº 03/205 DA REABERTURA DE CONCURSO INTERNO PARA SELEÇÃO DE MONITORES A FACULDADE DE CERES-FACER, reabre edital para seleção interna de monitores, dispondo o seguinte: 0.

Leia mais

FACULDADE UNIGRAN CAPITAL

FACULDADE UNIGRAN CAPITAL FACULDADE UNIGRAN CAPITAL PROCESSO SELETIVO PARA MONITORIA ACADÊMICA DE ENSINO E EXTENSÃO PARA OS CURSOS SUPERIORES DA FACULDADE UNIGRAN CAPITAL NA CATEGORIA DE MONITOR VOLUNTÁRIO PARA O 2016.1. EDITAL

Leia mais

SOCIEDADE UNIVERSITÁRIA REDENTOR FACULDADE REDENTOR 2º EDITAL PARA VAGAS DE MONITORIAS 2015-01

SOCIEDADE UNIVERSITÁRIA REDENTOR FACULDADE REDENTOR 2º EDITAL PARA VAGAS DE MONITORIAS 2015-01 2º EDITAL PARA VAGAS DE MONITORIAS 2015-01 Pelo presente edital ficam estabelecidas as regras para as vaga de monitorias, disponíveis nas seguintes áreas para atuação na Faculdade Redentor: Remuneradas

Leia mais

Edital nº 002/2015 CACHOEIRO 2015/01

Edital nº 002/2015 CACHOEIRO 2015/01 Edital nº 002/2015 O Diretor da MULTIVIX Cachoeiro torna pública a abertura de inscrições para o processo seletivo docente 2015/01 para os cursos de graduação, no período de 26 de dezembro de 2014 a 15

Leia mais

SOCIEDADE UNIVERSITÁRIA REDENTOR FACULDADE REDENTOR EDITAL PARA VAGAS DE MONITORIAS 2015-01

SOCIEDADE UNIVERSITÁRIA REDENTOR FACULDADE REDENTOR EDITAL PARA VAGAS DE MONITORIAS 2015-01 EDITAL PARA VAGAS DE MONITORIAS 2015-01 Pelo presente edital ficam estabelecidas as regras para as vaga de monitorias, disponíveis nas seguintes áreas para atuação na Faculdade Redentor: Remuneradas -

Leia mais

Edital nº 021/2015. Formação: Superior em Administração Titulação mínima: Especialização

Edital nº 021/2015. Formação: Superior em Administração Titulação mínima: Especialização Edital nº 021/2015 O Diretor da MULTIVIX Cachoeiro torna pública a abertura de inscrições para o processo seletivo docente 2016/01 para os cursos de graduação, no período de 30 de setembro a 30 de outubro

Leia mais

Edital nº 001/2015. Especialização. Titulação mínima: Especialização

Edital nº 001/2015. Especialização. Titulação mínima: Especialização Edital nº 001/2015 O Diretor da MULTIVIX Cachoeiro torna pública a abertura de inscrições para o processo seletivo docente 2015/01 para os cursos de graduação, no período de 04 a 13 de dezembro do corrente

Leia mais

FACULDADE DE CERES. E D I T A L nº 05/2015 DA ABERTURA DE CONCURSO INTERNO PARA SELEÇÃO DE MONITORES

FACULDADE DE CERES. E D I T A L nº 05/2015 DA ABERTURA DE CONCURSO INTERNO PARA SELEÇÃO DE MONITORES FACULDADE DE CERES E D I T A L nº 05/2015 DA ABERTURA DE CONCURSO INTERNO PARA SELEÇÃO DE MONITORES A FACULDA DE CERES, abre edital para concurso interno se seleção de monitores, dispondo o seguinte: 01.

Leia mais

Ter experiência mínima de 1 (um) ano no magistério (exercer ou ter exercido a profissão no Ensino Fundamental, Ensino Médio ou Superior)*.

Ter experiência mínima de 1 (um) ano no magistério (exercer ou ter exercido a profissão no Ensino Fundamental, Ensino Médio ou Superior)*. MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO GRANDE DO SUL Campus Rio Grande REDE ESCOLA TÉCNICA ABERTA DO BRASIL (e-tec BRASIL) EDITAL Nº 01, DE 13 DE AGOSTO DE 2014

Leia mais

ATO NORMATIVO nº 006, de 10 de junho de 2013.

ATO NORMATIVO nº 006, de 10 de junho de 2013. ATO NORMATIVO nº 006, de 10 de junho de 2013. Vera Rejane Coelho, Pró-Reitora de Ensino da Universidade do Planalto Catarinense - UNIPLAC, no uso de suas atribuições, CONSIDERANDO: 1. a necessidade de

Leia mais

para os cursos de Graduação da UAG-UFRPE

para os cursos de Graduação da UAG-UFRPE UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DE PERNAMBUCO UNIDADE ACADÊMICA DE GARANHUNS Av. Bom Pastor, s/n Boa Vista CEP 55292-270 Garanhuns, PE Telefones: (087) 3764-5505 3764-5517 Edital de seleção pública para ocupação

Leia mais

Centro Universitário do Vale do Ipojuca UNIFAVIP DeVry Pró-Reitoria Acadêmica

Centro Universitário do Vale do Ipojuca UNIFAVIP DeVry Pró-Reitoria Acadêmica Centro Universitário do Vale do Ipojuca UNIFAVIP DeVry Pró-Reitoria Acadêmica PROGRAMA DE MONITORIA 2016.1 EDITAL Nº 07/2015 DE 23 DE OUTUBRO DE 2015 A Pró-Reitoria Acadêmica torna público que, no período

Leia mais

EDITAL DE SELEÇÃO PARA O PROGRAMA DE MONITORIA DA FACULDADE CATÓLICA DO TOCANTINS PARA A ESCOLA DE AGRÁRIAS 2015/02

EDITAL DE SELEÇÃO PARA O PROGRAMA DE MONITORIA DA FACULDADE CATÓLICA DO TOCANTINS PARA A ESCOLA DE AGRÁRIAS 2015/02 EDITAL DE SELEÇÃO PARA O PROGRAMA DE MONITORIA DA FACULDADE CATÓLICA DO TOCANTINS PARA A ESCOLA DE AGRÁRIAS 2015/02 A Direção Geral da Faculdade Católica do Tocantins, no uso de suas atribuições faz saber

Leia mais

EDITAL Nº 017, DE 10 DE OUTUBRO DE 2014 PROCESSO DE SELEÇÃO DE ESTUDANTES NO ÂMBITO DO PROGRAMA DE MONITORIA (VOLUNTÁRIA)

EDITAL Nº 017, DE 10 DE OUTUBRO DE 2014 PROCESSO DE SELEÇÃO DE ESTUDANTES NO ÂMBITO DO PROGRAMA DE MONITORIA (VOLUNTÁRIA) EDITAL Nº 017, DE 10 DE OUTUBRO DE 2014 PROCESSO DE SELEÇÃO DE ESTUDANTES NO ÂMBITO DO PROGRAMA DE MONITORIA (VOLUNTÁRIA) O DIRETOR DE IMPLANTAÇÃO DO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA

Leia mais

Edital Externo nº 002/2014 SELEÇÃO SIMPLIFICADA INTERNA DE PROFESSORES DO PRONATEC

Edital Externo nº 002/2014 SELEÇÃO SIMPLIFICADA INTERNA DE PROFESSORES DO PRONATEC Edital Externo nº 002/2014 SELEÇÃO SIMPLIFICADA INTERNA DE PROFESSORES DO PRONATEC PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO PARA A SELEÇÃO DE BOLSISTAS, NA MODALIDADE DOCENTE PARA ATUAREM NO PROGRAMA NACIONAL DE

Leia mais

HORÁRIO DE AULA 1 PERÍODO 2016/1 - Curriculo Novo

HORÁRIO DE AULA 1 PERÍODO 2016/1 - Curriculo Novo HORÁRIO DE AULA 1 PERÍODO 2016/1 - Curriculo Novo 08:10-09:00 Bioquimica Celular T 09:10-10:00 Bioquimica Celular T 10:10-11:00 Cit.Hist.Geral V1/V2 11:10-12:00 Cit.Hist.Geral V1/V2 14:10-15:00 Anatomia

Leia mais

PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSA DE INICIAÇÃO À DOCÊNCIA PIBID SELEÇÃO DE ACADÊMICOS BOLSISTAS EDITAL PIBID/UCDB 08/2014

PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSA DE INICIAÇÃO À DOCÊNCIA PIBID SELEÇÃO DE ACADÊMICOS BOLSISTAS EDITAL PIBID/UCDB 08/2014 PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSA DE INICIAÇÃO À DOCÊNCIA PIBID SELEÇÃO DE ACADÊMICOS BOLSISTAS EDITAL PIBID/UCDB 08/2014 A Pró-Reitoria de Ensino e Desenvolvimento da Universidade Católica Dom Bosco UCDB,

Leia mais

Processo Seletivo para Monitoria. Edital n o 10/2014

Processo Seletivo para Monitoria. Edital n o 10/2014 Processo Seletivo para Monitoria Edital n o 10/2014 A Direção da FACULDADE DE CASTANHAL - FCAT, mantida pelas Faculdades Integradas de Castanhal Ltda., no uso de suas atribuições, de acordo com seu regimento

Leia mais

EDITAL Nº 02/2015 - CONSEPE

EDITAL Nº 02/2015 - CONSEPE EDITAL Nº 02/2015 - CONSEPE A Direção da Faculdade Herrero torna públicos os procedimentos e normas para inscrição e seleção de Monitores 2015/1. Este Edital está em conformidade com a RESOLUÇÃO Nº 11/2010

Leia mais

Medicina Veterinária. BIO 3408-03S-20 - Citologia, Histologia e Embriologia II 60 - - 060

Medicina Veterinária. BIO 3408-03S-20 - Citologia, Histologia e Embriologia II 60 - - 060 Página 0001 de 0004 1º Período Não VET 3177-04S-20 - Anatomia Veterinária I 80 - - 080 6487-02S-20 - Bem-Estar Animal 20 20-040 BIO 0167-02S-20 - Bioestatística 40 - - 040 FAR 0534-04S-20 - Bioquímica

Leia mais

ANEXO 01 RELATÓRIO DE ATIVIDADES DE MONITORIA ORIENTADOR -01 PROFESSOR ORIENTADOR

ANEXO 01 RELATÓRIO DE ATIVIDADES DE MONITORIA ORIENTADOR -01 PROFESSOR ORIENTADOR ANEXO 01 RELATÓRIO DE ATIVIDADES DE MONITORIA ORIENTADOR -01 PERÍODO LETIVO DISCIPLINA PROFESSOR ORIENTADOR Nome completo (sem abreviações) FONE/S DE CONTATO E - MAI L : MONITOR (nome completo, sem abreviações)

Leia mais

GRADE E CORPO DOCENTE CURSO: Medicina Veterinária

GRADE E CORPO DOCENTE CURSO: Medicina Veterinária GRADE E CORPO DOCENTE CURSO: Medicina Período: 2016-01 1- ESTRUTURA CURRICULAR DO CURSO Componente Curricular Disciplinas Disciplina Período Requisitos Docente (s) Titulação Link para Lattes Anatomia dos

Leia mais

FLUXOGRAMA DO CURSO DE BACHARELADO EM MEDICINA VETERINÁRIA 2011.2

FLUXOGRAMA DO CURSO DE BACHARELADO EM MEDICINA VETERINÁRIA 2011.2 FLUXOGRAMA DO CURSO DE BACHARELADO EM MEDICINA VETERINÁRIA 2011.2 1 SEMESTRE DISCIPLINA TEORICA PRÁTICA C/H CR 1. Ecologia e Manejo Ambiental 60-60 04 2. Informática Básica 30-30 02 3. Sociologia Rural

Leia mais

EDITAL DE CHAMADA PARA MONITORIA VOLUNTÁRIA Nº 03/2012

EDITAL DE CHAMADA PARA MONITORIA VOLUNTÁRIA Nº 03/2012 EDITAL DE CHAMADA PARA MONITORIA VOLUNTÁRIA EDITAL DE CHAMADA PARA MONITORIA VOLUNTÁRIA Nº 03/2012 A Coordenação do curso de Fisioterapia da Faculdades Nordeste - Fanor no uso de suas atribuições, torna

Leia mais

Universidade Estadual do Norte do Paraná - UENP REGULAMENTO DE APRENDIZAGEM EM ATIVIDADES VETERINÁRIAS DO CURSO DE MEDICINA VETERINÁRIA

Universidade Estadual do Norte do Paraná - UENP REGULAMENTO DE APRENDIZAGEM EM ATIVIDADES VETERINÁRIAS DO CURSO DE MEDICINA VETERINÁRIA Universidade Estadual do Norte do Paraná - UENP Decreto Estadual nº 3909, publicado no Diário Oficial do Estado do Paraná em 01/12/08 Campus Luiz M eneghel Bandeirantes CNPJ 08.885.100/0004-05 REGULAMENTO

Leia mais

CENTRO UNIVERSITÁRIO GERALDO DI BIASE

CENTRO UNIVERSITÁRIO GERALDO DI BIASE PRÓ-REITORIA DE ASSUNTOS ACADÊMICOS - PROAC EDITAL N.º 001/2013 ABERTURA DE SELEÇÃO DE ALUNOS MONITORES DO PROGRAMA DE MONITORIA DOS CURSOS DE GRADUAÇÃO DO CENTRO UNIVERSITÁRIO GERALDO DI BIASE A Pró-Reitoria

Leia mais

FACULDADE METROPLITANA DA AMAZÔNIA-FAMAZ COORDENAÇÃO DO CURSO DE ENFERMAGEM. 1ª Avaliação regimental Data da Prova Horário da prova

FACULDADE METROPLITANA DA AMAZÔNIA-FAMAZ COORDENAÇÃO DO CURSO DE ENFERMAGEM. 1ª Avaliação regimental Data da Prova Horário da prova - TURMA: 270101 - TURNO: Matutino - SALA: 104-1º PERÍODO (2014/1) 1ª Avaliação regimental Introdução a filosofia 20/03/2014 08:00 às 09:40 Citologia e Embriologia 21/03/2014 08:50 as 11:40 Histologia Básica

Leia mais

FACULDADE SÃO SALVADOR COORDENAÇÃO DO CURSO DE GRADUAÇÃO EM ADMINISTRAÇÃO EDITAL 02/2015

FACULDADE SÃO SALVADOR COORDENAÇÃO DO CURSO DE GRADUAÇÃO EM ADMINISTRAÇÃO EDITAL 02/2015 FACULDADE SÃO SALVADOR COORDENAÇÃO DO CURSO DE GRADUAÇÃO EM ADMINISTRAÇÃO EDITAL 02/2015 EDITAL DA SELEÇÃO PARA MONITORIA DO CURSO DE GRADUAÇÃO EM ADMINISTRAÇÃO O Coordenador da Monitoria do curso de graduação

Leia mais

EDITAL DE SELEÇÃO DE MONITORIA DISCENTE 2016

EDITAL DE SELEÇÃO DE MONITORIA DISCENTE 2016 EDITAL DE SELEÇÃO DE MONITORIA DISCENTE 2016 CURSOS DE ENGENHARIA AMBIENTAL E SANITÁRIA, ENGENHARIA CIVIL, ENGENHARIA ELETRICA, ENGENHARIA DE PRODUÇÃO, ENGENHARIA MECÂNICA, ARQUITETURA E URBANISMO E AGRONOMIA.

Leia mais

EDITAL Nº 27/2013 1 DISPOSIÇÕES GERAIS

EDITAL Nº 27/2013 1 DISPOSIÇÕES GERAIS EDITAL Nº 27/2013 SELEÇÃO DE ALUNOS DE GRADUAÇÃO DO CURSO DE ENGENHARIA AMBIENTAL DO CENTRO UNIVERSITÁRIO DA CIDADE DE UNIÃO DA VITÓRIA, INTERESSADOS EM PARTICIPAR COMO PESQUISADOR NO PROJETO DE PESQUISA

Leia mais

FACAM FACULDADE DO MARANHÃO SOMAR SOCIEDADE MARANHENSE DE ENSINO SUPERIOR LTDA CNPJ 04.855.275/0001-68 GRADUAÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO ENSINO A DISTÂNCIA

FACAM FACULDADE DO MARANHÃO SOMAR SOCIEDADE MARANHENSE DE ENSINO SUPERIOR LTDA CNPJ 04.855.275/0001-68 GRADUAÇÃO PÓS-GRADUAÇÃO ENSINO A DISTÂNCIA COORDENAÇÃO DO CURSO DE ADMINISTRAÇÃO EDITAL Nº 01/2015 ABERTURA DE CONCURSO INTERNO PARA PROGRAMA DE MONITORIA VOLUNTÁRIA A Faculdade do Maranhão - FACAM, através da Coordenação do curso de Administração,

Leia mais

ANEXO I DO EDITAL Nº 155/2011 CENTRO DE LETRAS E CIÊNCIAS HUMANAS DEPARTAMENTO DE HISTÓRIA

ANEXO I DO EDITAL Nº 155/2011 CENTRO DE LETRAS E CIÊNCIAS HUMANAS DEPARTAMENTO DE HISTÓRIA fls. 15 ANEXO I DO EDITAL Nº 155/2011 CENTRO DE LETRAS E CIÊNCIAS HUMANAS DEPARTAMENTO DE HISTÓRIA Área/subárea: HISTÓRIA/HISTÓRIA DA AMÉRICA Requisito mínimo: - Graduação em cursos da área de Ciências

Leia mais

DISCIPLINA. Anatomia Descritiva Animais Domésticos I 40 40 80 Citologia 30 10 40

DISCIPLINA. Anatomia Descritiva Animais Domésticos I 40 40 80 Citologia 30 10 40 1º ANO 1º SEMESTRE Anatomia Descritiva Animais Domésticos I Citologia Bioquímica I Conservação dos Recursos Naturais Genética Animal Básica Microbiologia Veterinária I Bioestatística aplicada a Medicina

Leia mais

5. CALENDÁRIO a) Inscrição dos candidatos De 10/08/2015 a 17/08/2015 20/08/2015

5. CALENDÁRIO a) Inscrição dos candidatos De 10/08/2015 a 17/08/2015 20/08/2015 CENTRO UNIVERSITÁRIO DE JOÃO PESSOA UNIPÊ PRÓ-REITORIA DE PLANEJAMENTO DESENVOLVIMENTO EDUCACIONAL, PESQUISA E EXTENSÃO - PROPDEPE PROGRAMA INSITUCIONAL DE BOLSA DE INICIAÇÃO À DOCÊNCIA EDITAL PARA A SELEÇÃO

Leia mais

EDITAL INSTITUCIONAL DE EXTENSÃO N 21, DE 08 DE OUTUBRO DE 2012

EDITAL INSTITUCIONAL DE EXTENSÃO N 21, DE 08 DE OUTUBRO DE 2012 ATUAÇÃO COMO PROFESSORES NOS CURSOS DO PROGRAMA NACIONAL DE O Diretor do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Maranhão Campus Buriticupu, no uso de suas atribuições, torna público que

Leia mais

ESTRUTURA CURRICULAR CURSOS DE GRADUAÇÃO

ESTRUTURA CURRICULAR CURSOS DE GRADUAÇÃO ADMINISTRAÇÃO PERÍODO DISCIPLINAS C.H. 1º Antropologia e Sociologia 60 Língua Portuguesa 60 Matemática Básica 60 Metodologia Científica 60 TGA I 60 2º Ciências da Religião 60 Instituições do Direito Público

Leia mais

1.2 O Processo Seletivo será realizado pelo Instituto Federal de Mato Grosso do Sul, conforme as normas deste edital.

1.2 O Processo Seletivo será realizado pelo Instituto Federal de Mato Grosso do Sul, conforme as normas deste edital. EDITAL Nº. 15/2010 PROCESSO SELETIVO DE TUTOR A DISTÂNCIA PARA OS CURSOS TÉCNICOS DE NÍVEL MÉDIO SUBSEQUENTES NA MODALIDADE A DISTÂNCIA e-tec- ESCOLA TÉCNICA ABERTA DO BRASIL O REITOR DO INSTITUTO FEDERAL

Leia mais

FACULDADE CATÓLICA SALESIANA DO ESPÍRITO SANTO

FACULDADE CATÓLICA SALESIANA DO ESPÍRITO SANTO FACULDADE CATÓLICA SALESIANA DO ESPÍRITO SANTO SECRETARIA GERAL/FCSES EDITAL Nº009/2010 EDITAL DE SELEÇÃO DO PROGRAMA DE MONITORIA VOLUNTÁRIA PARA O 2º SEMESTRE DE 2010 A Secretária Geral da Faculdade

Leia mais

EDITAL Nº 005 de 08 outubro de 2014

EDITAL Nº 005 de 08 outubro de 2014 EDITAL Nº 005 de 08 outubro de 14 O SUPERINTENDENTE da Fundação Pró-IFF, no uso de suas atribuições legais, faz saber que estão abertas as inscrições para o Processo Seletivo Simplificado, por tempo determinado,

Leia mais

CURSO DE MEDICINA SELEÇÃO DE MONITORES

CURSO DE MEDICINA SELEÇÃO DE MONITORES CURSO DE MEDICINA SELEÇÃO DE MONITORES EDITAL 01 2014/2 De acordo com a Lei 9.394, de 20 de dezembro de 1996, que estabelece as diretrizes e bases da educação nacional, e competência das instituições de

Leia mais

IF SUDESTE MG REITORIA Av. Luz Interior, Lote 16, Quadra G, Bairro Estrela Sul - 36030-776 - Juiz de Fora - MG

IF SUDESTE MG REITORIA Av. Luz Interior, Lote 16, Quadra G, Bairro Estrela Sul - 36030-776 - Juiz de Fora - MG EDITAL Nº 03/2016, DE 26 DE FEVEREIRO DE 2016. PROCESSO SELETIVO PARA REMOÇÃO DE SERVIDORES TÉCNICO- ADMINISTRATIVOS EM EDUCAÇÃO E DOCENTES ENTRE AS UNIDADES DO IFSUDESTEMG O REITOR DO INSTITUTO FEDERAL

Leia mais

CURSO: ENFERMAGEM MATRIZ CURRICULAR

CURSO: ENFERMAGEM MATRIZ CURRICULAR 1º PERÍODO 2012/1 CURSO: ENFERMAGEM MATRIZ CURRICULAR Metodologia Científica Português Anatomia Humana 6 120 100.00 Introdução a Citologia Projeto Integrador Atividades Complementares - 40 33.20 () 20

Leia mais

EDITAL INSTITUCIONAL DE EXTENSÃO N 25, DE 29 DE AGOSTO DE 2013

EDITAL INSTITUCIONAL DE EXTENSÃO N 25, DE 29 DE AGOSTO DE 2013 INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO MARANHÃO IFMA EDITAL INSTITUCIONAL DE EXTENSÃO N 25, DE 29 DE AGOSTO DE 13 SELEÇÃO SIMPLIFICADA DE SERVIDORES ATIVOS E INATIVOS DO IFMA PARA ATUAREM

Leia mais

Natureza - OBRIGATÓRIA PRÁTICA 54 TEÓRICA 36. Natureza - OBRIGATÓRIA PRÁTICA 36. Natureza - OBRIGATÓRIA PRÁTICA 18. Natureza - OBRIGATÓRIA TEÓRICA 36

Natureza - OBRIGATÓRIA PRÁTICA 54 TEÓRICA 36. Natureza - OBRIGATÓRIA PRÁTICA 36. Natureza - OBRIGATÓRIA PRÁTICA 18. Natureza - OBRIGATÓRIA TEÓRICA 36 1 de 6 Nível:BACHARELADO 01 VET101 - Anatomia Veterinária I - Ativa VET102 - Biologia Celular - Ativa desde: VET103 - Bioquímica e Biofísica - Ativa VET104 - Técnica Hospitalar - Ativa desde: VET105 -

Leia mais

REGULAMENTO INSTITUCIONAL MONITORIA

REGULAMENTO INSTITUCIONAL MONITORIA UNIÃO DAS INSTITUIÇÕES DE SERVIÇOS, ENSINO E PESQUISA LTDA. REGULAMENTO INSTITUCIONAL DE MONITORIA São Paulo 2010 CAPÍTULO l DOS OBJETIVOS Artigo 1º - As presentes normas têm por objetivo organizar e disciplinar

Leia mais

UERJ, torna público o presente Edital, com normas, rotinas e procedimentos para ingresso no Curso de

UERJ, torna público o presente Edital, com normas, rotinas e procedimentos para ingresso no Curso de UNIVERSIDADE DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO Centro Biomédico Instituto de Biologia Roberto Alcântara Gomes Programa de Pós-graduação em Biociências O Programa de Pós-graduação em Biociências, DA UNIVERSIDADE

Leia mais

SELEÇÃO SIMPLIFICADA PARA TUTOR A DISTÂNCIA NOS CURSOS TÉCNICOS DE NÍVEL MÉDIO SUBSEQÜENTES NA MODALIDADE A DISTÂNCIA

SELEÇÃO SIMPLIFICADA PARA TUTOR A DISTÂNCIA NOS CURSOS TÉCNICOS DE NÍVEL MÉDIO SUBSEQÜENTES NA MODALIDADE A DISTÂNCIA EDITAL Nº. 025/20-PROEN/IFRN SELEÇÃO SIMPLIFICADA PARA TUTOR A DISTÂNCIA NOS CURSOS TÉCNICOS DE NÍVEL MÉDIO SUBSEQÜENTES NA MODALIDADE A DISTÂNCIA A Pró-Reitora de Ensino do Instituto Federal de Educação,

Leia mais

EDITAL DE PROCESSO SELETIVO PARA PROFESSOR SUBSTITUTO UNIVERSIDADE DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO PROCESSO SELETIVO PARA PROFESSOR SUBSTITUTO

EDITAL DE PROCESSO SELETIVO PARA PROFESSOR SUBSTITUTO UNIVERSIDADE DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO PROCESSO SELETIVO PARA PROFESSOR SUBSTITUTO EDITAL DE PROCESSO SELETIVO PARA PROFESSOR SUBSTITUTO UNIVERSIDADE DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO PROCESSO SELETIVO PARA PROFESSOR SUBSTITUTO O Reitor da Universidade do Estado do Rio de Janeiro, no uso de

Leia mais

Edital nº 083/2014 EDITAL DE SELEÇÃO PARA ADMISSÃO DOCENTE PARA O EXERCÍCIO DO CARGO DE PROFESSOR DE NÍVEL SUPERIOR

Edital nº 083/2014 EDITAL DE SELEÇÃO PARA ADMISSÃO DOCENTE PARA O EXERCÍCIO DO CARGO DE PROFESSOR DE NÍVEL SUPERIOR Edital nº 083/2014 EDITAL DE SELEÇÃO PARA ADMISSÃO DOCENTE PARA O EXERCÍCIO DO CARGO DE PROFESSOR DE NÍVEL SUPERIOR Patricia Alves de Souza, Pró-Reitora de Pesquisa, Extensão e Pós-Graduação, da Universidade

Leia mais

ATO NORMATIVO nº 010, de 01 de novembro de 2012.

ATO NORMATIVO nº 010, de 01 de novembro de 2012. ATO NORMATIVO nº 010, de 01 de novembro de 2012. Vera Rejane Coelho, Pró-Reitora de Ensino da Universidade do Planalto Catarinense - UNIPLAC, no uso de suas atribuições, CONSIDERANDO: 1. a organização

Leia mais

EDITAL DO PROGRAMA DE MONITORIA DO CENTRO UNIVERSITÁRIO DE ITAJUBÁ - FEPI

EDITAL DO PROGRAMA DE MONITORIA DO CENTRO UNIVERSITÁRIO DE ITAJUBÁ - FEPI EDITAL DO PROGRAMA DE MONITORIA DO CENTRO UNIVERSITÁRIO DE ITAJUBÁ - FEPI I. Introdução O Centro Universitário de Itajubá, por meio da Pró-Reitoria Acadêmica e Departamento de Comunicação e Marketing,

Leia mais

HORÁRIO DE MEDICINA VETERINÁRIA 2º semestre de 2015

HORÁRIO DE MEDICINA VETERINÁRIA 2º semestre de 2015 HORÁRIO DE MEDICINA 2º semestre de 2015 1 º PERÍODO CITOLOGIA E T GREGÓRIO ALMEIDA CITOLOGIA E T LEITURA E INTERPRETAÇÃO DE TEXTOS DARLAN ROBERTO LEITURA E INTERPRETAÇÃO DE TEXTOS INTRODUÇÃO À MEDICINA,

Leia mais

Formação de nível médio ou superior. Experiência mínima de 1 (um) ano no magistério básico, técnico ou superior.

Formação de nível médio ou superior. Experiência mínima de 1 (um) ano no magistério básico, técnico ou superior. MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO GRANDE DO SUL Campus Rio Grande REDE ESCOLA TÉCNICA ABERTA DO BRASIL (e-tec BRASIL) EDITAL Nº 01, DE 29 DE JANEIRO DE 2014

Leia mais

Estado de Mato Grosso Prefeitura Municipal de Juruena

Estado de Mato Grosso Prefeitura Municipal de Juruena EDITAL Nº 001/14/SME - Juruena/MT Dispõe sobre o processo de atribuição de classes e/ou aulas do Professor contratado temporário ao quadro das Unidades Escolares da Rede Municipal de Ensino para o ano

Leia mais

EDITAL Nº 25, DE 22 DE MAIO DE 2015 SELEÇÃO PARA ESTÁGIO CURRICULAR OBRIGATÓRIO INTERNO

EDITAL Nº 25, DE 22 DE MAIO DE 2015 SELEÇÃO PARA ESTÁGIO CURRICULAR OBRIGATÓRIO INTERNO EDITAL Nº 25, DE 22 DE MAIO DE 2015 SELEÇÃO PARA ESTÁGIO CURRICULAR OBRIGATÓRIO INTERNO O Instituto Federal de Educação Ciência e Tecnologia do Triângulo Mineiro Campus Ituiutaba, torna pública a abertura

Leia mais

INSTITUTO SUPERIOR DE TEOLOGIA APLICADA INTA ESTRUTURA CURRICULAR DO CURSO DE BACHARELADO EM BIOMEDICINA 1º SEMESTRE

INSTITUTO SUPERIOR DE TEOLOGIA APLICADA INTA ESTRUTURA CURRICULAR DO CURSO DE BACHARELADO EM BIOMEDICINA 1º SEMESTRE 1º SEMESTRE 1.1 Anatomia Humana I 30 15 45 03-1.2 Antropologia Teológica 30-30 02-1.3 Biologia Celular e Molecular 45 15 60 04-1.4 Biossegurança 30-30 02-1.5 Ética, Bioética e Legislação 30-30 02-1.6 Informática

Leia mais

INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA FLUMINENSE POLO DE INOVAÇÃO CAMPOS DOS GOYTACAZES

INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA FLUMINENSE POLO DE INOVAÇÃO CAMPOS DOS GOYTACAZES INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA FLUMINENSE POLO DE INOVAÇÃO CAMPOS DOS GOYTACAZES BR 356, Km 158, Bairro Martins Lage Campos dos Goytacazes / RJ. CEP: 28100-000 Telefone: (22) 2737-5691

Leia mais

Matriz Curricular. 1º Período Nome da disciplina

Matriz Curricular. 1º Período Nome da disciplina Matriz Curricular A grade curricular proposta para o Curso de Farmácia abrange três modalidades de disciplinas: disciplinas básicas, que serão comuns aos cursos de Bioquímica, Enfermagem e Medicina, disciplinas

Leia mais

Matriz Curricular do curso de FARMÁCIA da Faculdade Santa Rita - FaSaR

Matriz Curricular do curso de FARMÁCIA da Faculdade Santa Rita - FaSaR 1º Período SEMANAL Introdução às Ciências Farmacêuticas 02-02 40 Anatomia Humana I 02 02 04 80 Citologia e Histologia 02 02 04 80 Química Geral e Inorgânica 02 02 04 80 Física Aplicada à Farmácia 02-02

Leia mais

III PROGRAMA DE CADA CURSO OFERECIDO E DEMAIS COMPONENTES CURRICULARES, SUA DURAÇÃO, REQUISITOS E CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO.

III PROGRAMA DE CADA CURSO OFERECIDO E DEMAIS COMPONENTES CURRICULARES, SUA DURAÇÃO, REQUISITOS E CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO. III PROGRAMA DE CADA CURSO OFERECIDO E DEMAIS COMPONENTES CURRICULARES, SUA DURAÇÃO, REQUISITOS E CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO. CURSO DE BACHARELADO EM ADMINISTRAÇÃO COM HABILITAÇÃO EM MARKETING 1º SEMESTRE

Leia mais

EDITAL Nº 85/2015 PROGRAD SELEÇÃO DE MONITORES PIM 2015/1

EDITAL Nº 85/2015 PROGRAD SELEÇÃO DE MONITORES PIM 2015/1 UNIVERSIDADE FEDERAL DO TOCANTINS PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO DIRETORIA DE PROGRAMAS ESPECIAIS EM EDUCAÇÃO PROGRAMA INSTITUCIONAL DE MONITORIA Av. NS 15, 109 Norte, sala 219, Bloco IV 77001-090 Palmas/TO

Leia mais

EDITAL UnC 040/2010. Prof. Antonio Reinaldo Agostini Vice-Reitor de Administração e Planejamento da UnC

EDITAL UnC 040/2010. Prof. Antonio Reinaldo Agostini Vice-Reitor de Administração e Planejamento da UnC UNIVERSIDADE DO CONTESTADO - EDITAL 040/2010 Publicação do quadro das disciplinas ofertadas aos docentes da F para aumento ou recomposição de carga horária na condição de professor substituto. O Vice-Reitor

Leia mais

MATRIZ CURRICULAR. Patologia Clínica Veterinária

MATRIZ CURRICULAR. Patologia Clínica Veterinária MATRIZ CURRICULAR No Quadro II está apresentada a estrutura curricular do Curso de Medicina Veterinária da FATENE, distribuída de acordo com os conteúdos essenciais profissionais, definidos pelo Parecer

Leia mais

EDITAL Nº 41/IFRO/VILHENA, DE 15 DE JULHO DE 2014 PROCESSO SELETIVO ESPECIAL 2014/1 PARA INGRESSO EM CURSO DE GRADUAÇÃO LICENCIATURA EM MATEMÁTICA

EDITAL Nº 41/IFRO/VILHENA, DE 15 DE JULHO DE 2014 PROCESSO SELETIVO ESPECIAL 2014/1 PARA INGRESSO EM CURSO DE GRADUAÇÃO LICENCIATURA EM MATEMÁTICA MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE RONDÕNIA CAMPUS VILHENA DEPARTAMENTO DE ENSINO EDITAL Nº 41/IFRO/VILHENA, DE 15 DE JULHO DE 2014 PROCESSO SELETIVO ESPECIAL

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO GRANDE DO NORTE CAMPUS MOSSORÓ

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO GRANDE DO NORTE CAMPUS MOSSORÓ MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO GRANDE DO NORTE CAMPUS MOSSORÓ Rua Raimundo Firmino de Oliveira, 400 - Ulrich Graff - Mossoró/RN - CEP: 59628-330 Fone:

Leia mais

EDITAL DE SELEÇÃO PARA MONITORIA 2013.1

EDITAL DE SELEÇÃO PARA MONITORIA 2013.1 A Faculdade Unida da Paraíba, mantida pela Sociedade Paraibana de Educação e Cultura ASPEC com sede em João Pessoa, PB, torna públicas as regras de funcionamento do sistema de Monitoria no Curso de Graduação,

Leia mais

EDITAL INSTITUCIONAL DE EXTENSÃO N 19, DE 16 DE JULHO DE 2012

EDITAL INSTITUCIONAL DE EXTENSÃO N 19, DE 16 DE JULHO DE 2012 1 EDITAL INSTITUCIONAL DE EXTENSÃO N 19, DE 16 DE JULHO DE 22 22/FNDE, A SER REALIZADO NO MUNICÍPIO DE SANTA INÊS. A Direção-Geral do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Maranhão Campus

Leia mais

MATRIZ CURRICULAR 2012.2 NOVO PROJETO PEDAGÓGICO DO CURSO (PPC) OBRIGATÓRIAS: 264 CREDITOS OPTATIVAS: 14 CRÉDITOS TOTAL: 278 CRÉDITOS

MATRIZ CURRICULAR 2012.2 NOVO PROJETO PEDAGÓGICO DO CURSO (PPC) OBRIGATÓRIAS: 264 CREDITOS OPTATIVAS: 14 CRÉDITOS TOTAL: 278 CRÉDITOS MATRIZ CURRICULAR 2012.2 NOVO PROJETO PEDAGÓGICO DO CURSO (PPC) TOTAL DE CRÉDITOS: 278 TOTAL DE HORAS: 4448 HORAS OBRIGATÓRIAS: 2 CREDITOS OPTATIVAS: 14 CRÉDITOS TOTAL: 278 CRÉDITOS SEMESTRE 01 Módulo

Leia mais

CARGA HORÁRIA. Anatomia Humana I 72 36 36 - Biologia Celular e Genética 72 36 36 - Introdução à Enfermagem 36 36 - Introdução á Filosofia 36 36 -

CARGA HORÁRIA. Anatomia Humana I 72 36 36 - Biologia Celular e Genética 72 36 36 - Introdução à Enfermagem 36 36 - Introdução á Filosofia 36 36 - MATRIZ CURRICULAR DO CURSO DE ENFERMAGEM 2012.2 1º SEMESTRE Anatomia Humana I 72 36 36 - Biologia Celular e Genética 72 36 36 - Introdução à 36 36 - Fundamentos Sócio-antropológicos: Cultura e Relações

Leia mais

MEDICINA VETERINÁRIA 1º SEMESTRE 2013

MEDICINA VETERINÁRIA 1º SEMESTRE 2013 HORÁRIO 07:00 07:50 MEDICINA VETERINÁRIA 1º PERÍODO DIURNO Metodologia do Trabalho Científico (Fábio Lacerda) T/B T/B Anatomia I T/A (Rodolfo) Anatomia I T/A (Rodolfo) Epidemiologia (Regina Silva) Epidemiologia

Leia mais

COORDENAÇÃO PEDAGÓGICA EDITAL PROCESSO DE SELEÇÃO EXTERNA DE DOCENTES

COORDENAÇÃO PEDAGÓGICA EDITAL PROCESSO DE SELEÇÃO EXTERNA DE DOCENTES COORDENAÇÃO PEDAGÓGICA EDITAL PROCESSO DE SELEÇÃO EXTERNA DE DOCENTES Por determinação do Diretor Geral da FEAD, a Coordenação Pedagógica torna público aos interessados que se encontram abertas as inscrições

Leia mais

EDITAL Nº 2 de 15 de dezembro de 2015

EDITAL Nº 2 de 15 de dezembro de 2015 EDITAL Nº 2 de 15 de dezembro de 2015 O SUPERINTENDENTE da Fundação Pró-IFF, no uso de suas atribuições legais, faz saber que estão abertas as inscrições para o Processo Seletivo Simplificado, por tempo

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO GRANDE DO NORTE CAMPUS MOSSORÓ EDITAL 07/2014 DG/MO/IFRN

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO GRANDE DO NORTE CAMPUS MOSSORÓ EDITAL 07/2014 DG/MO/IFRN MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO GRANDE DO NORTE CAMPUS MOSSORÓ Rua Raimundo Firmino de Oliveira, 400 - Ulrich Graff - Mossoró/RN - CEP: 59628-330 Fone:

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO EDITAL INTERNO 05/2015 PROGRAMA DE MONITORIA VOLUNTÁRIA DO CAMPUS VILA VELHA DO IFES

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO EDITAL INTERNO 05/2015 PROGRAMA DE MONITORIA VOLUNTÁRIA DO CAMPUS VILA VELHA DO IFES MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO CAMPUS VILA VELHA Avenida Ministro Salgado Filho, Nº 1000 Bairro Soteco 29106-010 Vila Velha ES 27 3149-0700 EDITAL INTERNO 05/2015 PROGRAMA DE

Leia mais

CENTRO UNIVERSITÁRIO UNA CONSELHO DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO RESOLUÇÃO Nº 154 / 2015. Assunto: Dispõe sobre seleção interna e externa de docentes

CENTRO UNIVERSITÁRIO UNA CONSELHO DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO RESOLUÇÃO Nº 154 / 2015. Assunto: Dispõe sobre seleção interna e externa de docentes CENTRO UNIVERSITÁRIO UNA CONSELHO DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO RESOLUÇÃO Nº 154 / 2015 Assunto: Dispõe sobre seleção interna e externa de docentes O Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão do Centro

Leia mais

UNIVERSIDADE DO CONTESTADO UnC Campus Universitário de Canoinhas Núcleo Universitário de Porto União

UNIVERSIDADE DO CONTESTADO UnC Campus Universitário de Canoinhas Núcleo Universitário de Porto União CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS EDITAL N.º 735/2008 1ª FASE Matemática Administração Geral Contabilidade I História do Contestado Economia Matemática Administração Geral Contabilidade I História do Contestado

Leia mais

EDITAL Nº 16/2015. 2.1. A atividade de monitoria acadêmica na graduação em 2015 será exercida pelos alunos regulares dos cursos de graduação.

EDITAL Nº 16/2015. 2.1. A atividade de monitoria acadêmica na graduação em 2015 será exercida pelos alunos regulares dos cursos de graduação. MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO Fundação Universidade Federal do ABC Pró-Reitoria de Graduação Av. dos Estados, 5001 Bairro Bangu Santo André - SP CEP 09210-580 Fone: (11) 4996.7983 gabinete.prograd@ufabc.edu.br

Leia mais

EDITAL Nº 02/2016 - PROEX

EDITAL Nº 02/2016 - PROEX EDITAL Nº 02/2016 - PROEX 1. DAS DISPOSIÇÕES INICIAIS DIVULGA O PROCESSO SELETIVO PARA O PROGRAMA DE FORMAÇÃO EM IDIOMA ESTRANGEIRO NA MODALIDADE DE CURSOS DE INGLÊS, FRANCÊS, ALEMÃO E ESPANHOL. 1.1 A

Leia mais

RESOLUÇÃO. Artigo 4º - Os alunos inseridos no regime anual seguem o currículo previsto na Resolução CONSEPE 38/96, até sua extinção.

RESOLUÇÃO. Artigo 4º - Os alunos inseridos no regime anual seguem o currículo previsto na Resolução CONSEPE 38/96, até sua extinção. RESOLUÇÃO CONSEPE 91/2000 ATERA O CURRÍCULO DO CURSO DE ODONTOLOGIA DO CENTRO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS E DA SAÚDE CCBS. O Presidente do Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão - CONSEPE, no uso de suas atribuições

Leia mais

Edital Externo nº 066/2006

Edital Externo nº 066/2006 Edital Externo nº 066/2006 O Centro Universitário Hermínio Ometto UNIARARAS, através sua Reitoria torna pública a abertura das inscrições do Processo Seletivo para a contratação docentes, para as disciplinas

Leia mais

Universidade Tecnológica Federal do Paraná Departamento de Física Programa de Pós-Graduação em Ensino de Física Polo UTFPR - Campo Mourão

Universidade Tecnológica Federal do Paraná Departamento de Física Programa de Pós-Graduação em Ensino de Física Polo UTFPR - Campo Mourão Universidade Tecnológica Federal do Paraná Departamento de Física Programa de Pós-Graduação em Ensino de Física Polo UTFPR - Campo Mourão EDITAL N O 01/2015 - COMPLEMENTAR MNPEF- UNIVERSIDADE TECNOLÓGICA

Leia mais

EDITAL 2 / 2015 DO PET ODONTOLOGIA SELEÇÃO DE NOVOS INTEGRANTES

EDITAL 2 / 2015 DO PET ODONTOLOGIA SELEÇÃO DE NOVOS INTEGRANTES EDITAL 2 / 2015 DO PET ODONTOLOGIA SELEÇÃO DE NOVOS INTEGRANTES O tutor do Programa de Educação Tutorial - PET, do Curso de Odontologia da Universidade Federal de Uberlândia, no uso de suas atribuições

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETÁRIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DA PARAÍBA CAMPUS SOUSA

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETÁRIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DA PARAÍBA CAMPUS SOUSA MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETÁRIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DA PARAÍBA CAMPUS SOUSA PROGRAMA MONITORIA EDITAL 002/2013 O Diretor Geral do

Leia mais

EDITAL 001/2016 REFERENTE AO PROCESSO SELETIVO PARA INGRESSO NA XI TURMA DO CURSO PRÉ-VESTIBULAR MUNICIPAL.

EDITAL 001/2016 REFERENTE AO PROCESSO SELETIVO PARA INGRESSO NA XI TURMA DO CURSO PRÉ-VESTIBULAR MUNICIPAL. M. SAMPAIO DOS SANTOS (INSTITUTO INTELECTUS) PRÉ- VESTIBULAR MUNICIPAL SÃO JOSÉ DE RIBAMAR EDITAL 001/2016 REFERENTE AO PROCESSO SELETIVO PARA INGRESSO NA XI TURMA DO CURSO PRÉ-VESTIBULAR MUNICIPAL. A

Leia mais

COORDENAÇÃO DO PROGRAMA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA EDITAL Nº 2/2016 PIC PROCESSO SELETIVO DE MONITORIA 2016.1

COORDENAÇÃO DO PROGRAMA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA EDITAL Nº 2/2016 PIC PROCESSO SELETIVO DE MONITORIA 2016.1 COORDENAÇÃO DO PROGRAMA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA EDITAL Nº 2/2016 PIC PROCESSO SELETIVO DE MONITORIA 2016.1 A União Educacional do Norte, por meio da Coordenação do Programa de Iniciação Científica (PIC),

Leia mais

EDITAL DE SELEÇÃO ALUNO ESPECIAL Nº. 01/2016 SEMESTRE 2016.1 PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM PSICOLOGIA MESTRADO ACADÊMICO

EDITAL DE SELEÇÃO ALUNO ESPECIAL Nº. 01/2016 SEMESTRE 2016.1 PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM PSICOLOGIA MESTRADO ACADÊMICO EDITAL DE SELEÇÃO ALUNO ESPECIAL Nº. 01/2016 SEMESTRE 2016.1 PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM PSICOLOGIA MESTRADO ACADÊMICO 1. PREÂMBULO A Coordenação do Programa de Pós-Graduação em Psicologia da Universidade

Leia mais

Currículo do Curso de Medicina Veterinária

Currículo do Curso de Medicina Veterinária Currículo do Curso de Medicina Médico Veterinário ATUAÇÃO O(a) Médico(a) Veterinário(a) é o(a) profissional credenciado(a) para desenvolver atividades nas áreas de clínica, cirurgia e obstetrícia veterinárias;

Leia mais

EDITAL DE SELEÇÃO SIMPLIFICADA Nº 06/2013 CTT/UFPI (REABERTURA)

EDITAL DE SELEÇÃO SIMPLIFICADA Nº 06/2013 CTT/UFPI (REABERTURA) SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO PIAUÍ COLÉGIO TÉCNICO DE TERESINA EDITAL DE SELEÇÃO SIMPLIFICADA Nº 06/203 CTT/UFPI (REABERTURA) Teresina (PI), 0 de junho de 203.

Leia mais

FACULDADE CATÓLICA SALESIANA DO ESPÍRITO SANTO

FACULDADE CATÓLICA SALESIANA DO ESPÍRITO SANTO FACULDADE CATÓLICA SALESIANA DO ESPÍRITO SANTO SECRETARIA /FCSES EDITAL Nº002/2013 EDITAL DE SELEÇÃO DO PROGRAMA DE MONITORIA VOLUNTÁRIA PARA O 1º SEMESTRE DE 2013 A Secretária Geral da Faculdade Católica

Leia mais

EDITAL DE SELEÇÃO DE CANDIDATOS AO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO NÍVEL DE ESPECIALIZAÇÃO LATO SENSU EM SAÚDE PÚBLICA Nº 01/2014

EDITAL DE SELEÇÃO DE CANDIDATOS AO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO NÍVEL DE ESPECIALIZAÇÃO LATO SENSU EM SAÚDE PÚBLICA Nº 01/2014 EDITAL DE SELEÇÃO DE CANDIDATOS AO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO NÍVEL DE ESPECIALIZAÇÃO LATO SENSU EM SAÚDE PÚBLICA Nº 01/2014 O Diretor Geral da Escola de Saúde Pública do Estado de Minas Gerais, no uso de

Leia mais

MANUAL DE TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO CENTRO DE AGRÁRIAS

MANUAL DE TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO CENTRO DE AGRÁRIAS MANUAL DE TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO CENTRO DE AGRÁRIAS PALMAS TO, 2015 1. Informações Gerais O presente Manual da Católica do Tocantins, mantida pela União Brasiliense de Educação e Cultura (UBEC)

Leia mais

DELIBERAÇÃO CONSEP Nº 172/2012

DELIBERAÇÃO CONSEP Nº 172/2012 DELIBERAÇÃO CONSEP Nº 172/2012 Altera o Currículo do Curso de Odontologia, para regime seriado semestral. O CONSELHO DE ENSINO E PESQUISA, na conformidade do Processo ODO Nº 077/2012, aprovou e eu promulgo

Leia mais

EDITAL PARA SELEÇÃO PÚBLICA DE ESTAGIÁRIOS DE GRADUAÇÃO EM PSICOLOGIA

EDITAL PARA SELEÇÃO PÚBLICA DE ESTAGIÁRIOS DE GRADUAÇÃO EM PSICOLOGIA EDITAL PARA SELEÇÃO PÚBLICA DE ESTAGIÁRIOS DE GRADUAÇÃO EM PSICOLOGIA EDITAL PARA EXAME DE SELEÇÃO PÚBLICA DE ACADÊMICOS DE GRADUAÇÃO EM PSICOLOGIA DE INSTITUIÇÕES DE ENSINO DEVIDAMENTE CONVENIADAS COM

Leia mais

EDITAL PARA MATRÍCULA PARA DEPENDÊNCIA E ADAPTAÇÃO AOS SÁBADOS NO PRIMEIRO SEMESTRE DE 2014 - UNIDADES SANTANA E SHOPPING ARICANDUVA

EDITAL PARA MATRÍCULA PARA DEPENDÊNCIA E ADAPTAÇÃO AOS SÁBADOS NO PRIMEIRO SEMESTRE DE 2014 - UNIDADES SANTANA E SHOPPING ARICANDUVA EDITAL PARA MATRÍCULA PARA DEPENDÊNCIA E ADAPTAÇÃO AOS SÁBADOS NO PRIMEIRO SEMESTRE DE 2014 - UNIDADES SANTANA E SHOPPING ARICANDUVA O Professor Plinio Dias da Silva Junior, Coordenador Geral de Ensino

Leia mais

Cronograma do Processo Simplificado: Período correspondente. Período de Inscrição De 26 de maio a 06 de junho de 2014

Cronograma do Processo Simplificado: Período correspondente. Período de Inscrição De 26 de maio a 06 de junho de 2014 EDITAL Nº 20/2014-PROGRAD RELATIVO AO PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO DE PROFESSOR FORMADOR, PROFESSOR ORIENTADOR E SUPERVISOR DE ESTÁGIO PARA O PARFOR/UFAC A PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO (PROGRAD), no uso

Leia mais

REPÚBLICA FEDERATIVA DO BRASIL. MINISTÉRIO DA AGRICULTURA, PECUÁRIA E ABASTECIMENTO / EMPRESA BRASILEIRA DE PESQUISA AGROPECUÁRIA - Embrapa

REPÚBLICA FEDERATIVA DO BRASIL. MINISTÉRIO DA AGRICULTURA, PECUÁRIA E ABASTECIMENTO / EMPRESA BRASILEIRA DE PESQUISA AGROPECUÁRIA - Embrapa REPÚBLICA FEDERATIVA DO BRASIL MINISTÉRIO DA AGRICULTURA, PECUÁRIA E ABASTECIMENTO / EMPRESA BRASILEIRA DE PESQUISA AGROPECUÁRIA - Embrapa E D I T A L SELEÇÃO DE BOLSISTA N.º 01/2014 - OBJETO: Seleção

Leia mais

EDITAL DE ACESSO AOS CURSOS DE GRADUAÇÃO DA UNIVERSIDADE FEDERAL DE VIÇOSA PELO SISTEMA DE SELEÇÃO UNIFICADA -SISU 1º PERÍODO LETIVO DE 2012

EDITAL DE ACESSO AOS CURSOS DE GRADUAÇÃO DA UNIVERSIDADE FEDERAL DE VIÇOSA PELO SISTEMA DE SELEÇÃO UNIFICADA -SISU 1º PERÍODO LETIVO DE 2012 MINISTÉRIO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE VIÇOSA PRÓ-REITORIA DE ENSINO EDITAL DE ACESSO AOS CURSOS DE GRADUAÇÃO DA UNIVERSIDADE FEDERAL DE VIÇOSA PELO SISTEMA DE SELEÇÃO UNIFICADA - 1º

Leia mais