Introdução Redação Redação Comercial Microsoft Word 2010

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Introdução Redação Redação Comercial Microsoft Word 2010"

Transcrição

1

2

3 Sumário Introdução... 1 ATA... 3 Circular... 5 DECLARAÇÃO... 8 REQUERIMENTO Envelopes MEMORANDOS PROCURAÇÕES OFÍCIO CARTA DE COBRANÇA ATESTADO ATESTADO CURRICULUM VITAE RECIBO CARTÕES... 27

4 Introdução Redação é o processo de redigir, ou seja, escrever um texto. É uma atividade presente na cultura civilizada desde a invenção da escrita e atualmente é considerada um campo profissional e artístico na literatura, na produção de roteiros, na publicidade, no jornalismo e na elaboração de relatórios e documentos. A redação de caráter Comercial constitui a base norteadora de nosso curso, pois aprenderemos técnicas para o desenvolvimento de documentos Comerciais e Oficiais condizentes aos padrões mais aceitos pelas empresas e grandes corporações na atualidade. Conhecendo as estruturas e os procedimentos apresentados, juntamente com os exemplos contidos neste material, você terá subsídios para escrever documentos com diferentes objetivos. A Redação Comercial exige comunicação adequada ao nível de linguagem do receptor. É importante ter conhecimento do assunto que será redigido, bem como das características fundamentais de cada tipo de documento, para que não ocorram enganos ou contratempos durante a transmissão da mensagem. Correspondência Comercial é o conjunto de preceitos orientadores da elaboração e circulação de papéis próprios de organizações empresariais, destinados a criar, manter ou encerrar transações. Para a digitação dos textos, utilizaremos o programa Microsoft Word Existem empresas que possuem sistemas próprios para a elaboração de documentos, mas como vamos estruturálos de forma geral, utilizaremos este programa da Microsoft. 1

5 Na correspondência, há mensagens externas, internas ou interdepartamentais, de rotina ou não. Tudo acaba influenciando no tratamento a ser empregado relativamente a quem escreve e a quem se destina. Alguns pronomes ou locuções devem ser escritos por extenso quando se referem ao Presidente da República ou Chefe de Estado, por exemplo. De qualquer modo, os pronomes ou expressões de tratamento podem ser grafados por extenso em sinal de consideração, distinção ou respeito, independentemente se o destinatário é uma pessoa altamente situada na política, religião, sociedade ou no mundo dos negócios. É uma questão pessoal e de bom senso. O quadro mostrado abaixo contém as principais formas de tratamento a serem utilizadas em Redações Comerciais e Oficiais. O uso correto da saudação e do tratamento é fundamental para uma boa comunicação entre as partes envolvidas na correspondência. Claro ou subentendido, por extenso ou abreviado, o pronome reflete diferença hierárquica, tom respeitoso ou não, bem como a distinção entre a correspondência externa e a interna ou interdepartamental. Observe alguns exemplos: Em correspondência externa cerimoniosa: "Solicito a Vossa Senhoria o envio de...". Em correspondência externa informal: "Solicito a V. Sª. o envio de...". Em correspondência interdepartamental: "Solicito-lhe o envio de...". Em correspondência interna: "Solicito o envio de...". 2

6 Além dos pronomes de tratamento já estudados, existem algumas abreviaturas de títulos e postos que podem ser usados frequentemente durante a Redação Comercial e Oficial. Veja uma lista destas principais abreviaturas: ATA Ata é um documento em que se registram, resumidamente, mas com clareza, as ocorrências de uma reunião de pessoas para determinado fim. A Ata é assinada, conforme o caso, pelos participantes da reunião ou pelo presidente e o secretário da mesma. O seu conteúdo é dado à publicidade, para conhecimento dos interessados ou para fins de legalização. Deve ser redigida de tal maneira que não seja possível qualquer modificação posterior. Dessa forma, a escrita deve seguir os seguintes preceitos: 3

7 Sem parágrafos ou alíneas (ocupando todo o espaço da página), salvo por opção de enumerar os parágrafos; Sem abreviaturas de palavras ou expressões; Números escritos por extenso; Sem rasuras, emendas e uso de corretivo Caso ocorram erros no momento da escrita, recomenda-se o uso da palavra "digo", que deve ser inserida imediatamente após o erro. Exemplo: "... foi aprovada sem retrições, digo, restrições...". Quando os erros de escrita não são percebidos no momento da redação da Ata, pode-se utilizar o termo "EM TEMPO: Onde se lê...", que deve ser inserido no fim do documento. Dessa maneira, substitui-se a palavra ou expressão errada pela correta. Não é necessário que sejam apenas erros ortográficos. Exemplo: EM TEMPO: Onde se lê "segunda", leia-se "terça". Estrutura básica de uma Ata: - Natureza da reunião: título ou cabeçalho, contendo o tipo de reunião, podendo ser uma breve descrição do assunto ou conter apenas numeração. - Data, Horário e Local de sua realização: Dia, mês, ano, hora de início e local do evento. - Objetivos da reunião: agenda, roteiro ou síntese dos assuntos a serem tratados em reunião, que é também denominada Ordem do dia. - Membros presentes: todos os interessados, diretamente relacionados com o assunto em questão. - Nome de quem a presidiu: pessoa(s) que conduzirá(ão) a reunião, incluindo ou não, a pessoa chamada de secretário(a), que redige a Ata. - Relato da reunião: descrição sequenciada e ininterrupta das ocorrências da reunião. - Encerramento: também chamado de Fecho. Termina o documento, sugerindo a assinatura de todos ali presentes. 4

8 - Assinatura dos membros presentes ou seus representantes: neste campo, alguns textos são reforçados com a data e local, e logo abaixo assinam todos os presentes na reunião, consolidando a existência da mesma. Veja um exemplo de Ata bem estruturada: Uma Ata pode ser escrita em livros próprios ou em folhas soltas, nas dimensões do papelofício, com ou sem pauta, observando os espaços, principalmente na margem esquerda, resguardando o documento, para que no caso de encadernação ou perfuração, os registros não sejam danificados. Agora, vamos redigir uma Ata, para que possa ver como funciona na prática. Circular Circular é toda comunicação reproduzida em vias, cópias ou exemplares de igual teor e expedidas a diferentes pessoas, órgãos ou entidades, com o objetivo de transmitir avisos, ordens ou instruções. Os públicos das circulares podem ser Internos (subordinados, repartições, entidades ou empresas filiais) ou Externos (clientes, entidades ou pessoas relacionadas ao expedidor das circulares). 5

9 Estrutura básica das Circulares: - Timbre: impresso com o Logotipo (símbolos e/ou letras que representam a empresa, o órgão ou a entidade). Pode conter o nome e endereço do expedidor, posicionando-se sempre no alto da página. Configure as margens do documento, deixando-as com as seguintes medidas: Superior 2,5 cm; Inferior 1,5 cm; Esquerda 3,5 cm e Direita 2,5 cm. Para o Tamanho do papel, escolha A4. - Título e Numeração: posiciona-se logo abaixo do Timbre, geralmente à esquerda ou centro da linha e com iniciais ou todas as letras em maiúsculo, seguidas de uma numeração referente à Circular, ou ainda acompanhados de siglas. 6

10 Vamos inserir o Título e a Numeração no documento. Pouparemos a inserção do Timbre, pois nossa Circular servirá de modelo. Pressione a tecla ENTER duas vezes e digite com o alinhamento Centralizar: CIRCULAR N. 05/2011 Modelos de Circular: 7

11 DECLARAÇÃO Declaração é um documento que manifesta uma opinião, conceito, resolução ou observação, muito utilizada por pessoas físicas, em empresas, no comércio, em órgãos públicos, etc. Estrutura básica de uma Declaração: - Timbre: logotipo ou nome da empresa pública ou privada, com ou sem endereço (normalmente já impresso em papel determinado para esse fim). A Declaração, quando redigida por pessoa física, não necessita de Timbre. - Título: a palavra DECLARAÇÃO sempre é exibida em letras maiúsculas e centralizada na página. Em alguns casos, ocorre o emprego de subtítulos com a síntese do assunto da Declaração. Geralmente, são de caráter comercial. 8

12 - Assunto: é composto pelo nome da pessoa ou empresa pública ou privada. Geralmente, consta a numeração de documentos, endereço completo e o assunto, para os devidos fins. Caso o assunto a ser redigido seja extenso, recomenda-se inserir parágrafos. - Data: sempre abaixo do texto principal, com o nome da cidade, dia, mês e ano. - Assinatura: Neste campo são inseridos os nomes e cargos dos responsáveis pela Declaração. Em casos muito específicos, utiliza-se, antes da Assinatura, expressões para fins legais, como por exemplo: "Por ser expressão da verdade, firmo a presente...". Estruturação da Declaração: 9

13 REQUERIMENTO Requerimento é um documento que se destina a solicitar algo a uma autoridade pública. É um instrumento do cidadão. Nele são feitas solicitações, sob o amparo da lei, em que pessoa (ou grupo de pessoas) ou empresa considera tê-lo, portanto não devem ser enviados às empresas comerciais, entidades, grêmios esportivos, etc. Pode ser feito por escrito ou verbalmente. Crie um novo documento do Word e configure suas margens em papel A4: - Superior: 2,5 cm - Inferior: 1,5 cm - Esquerda: 3,5 cm - Direita: 2,5 cm Selecione a fonte Times New Roman e o tamanho da fonte 12. O Requerimento possui características próprias. Vejamos: - Tipo de papel: deve-se utilizar papel A4, podendo ser com ou sem pauta, e ainda simples ou duplo. - Timbre: no caso de empresas ou entidades, fazê-lo em papel timbrado. - Título: digitar a palavra REQUERIMENTO. Em alguns casos muito específicos, como requerimentos endereçados a vereadores ou a outros cargos políticos, para fins legais, utiliza-se além do Título, uma Numeração. 10

14 Seu Requerimento pronto ficará com a seguinte aparência: Envelopes ENVELOPES As correspondências são, de modo geral, postadas ou entregues diretamente em mãos. No primeiro caso, é necessário o uso de Envelopes, que se subordinam às regras da Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos (ETC). Um bom envelope é parte integrante da correspondência eficiente, pois como as vitrines de lojas, são vistos primeiramente e animam ou não o desejo de ver seu conteúdo. 11

15 Envelope Comum (114 x em milímetros) Anverso: Verso: 12

16 MEMORANDOS O Memorando é uma comunicação menos solene e de poucas palavras, geralmente de assunto focado em mensagens anteriores, tais como informações breves, avisos, respostas e consultas rápidas. Existem dois tipos: Memorando Oficial (Externo e Interno) e o Memorando Empresarial (Externo e Interno). Vamos elaborar alguns destes documentos. Para isso, abra um novo documento do Word e configure suas margens em papel A4: - Superior: 2,5 cm - Inferior: 1,5 cm - Esquerda: 3,5 cm - Direita: 2,5 cm Estrutura do Memorando Oficial Externo: - Timbre: geralmente do lado esquerdo e sempre no alto da página. - Código e Numeração: também posicionados à esquerda da página, o Código é geralmente iniciado com a letra M, de Memorando. Depois, é inserida a sigla ou o número do setor, repartição ou departamento e, por último, a Numeração do documento. Existem memorandos que se iniciam com o título do documento (a palavra Memorando) e a Numeração na linha seguinte. 13

17 Observe: Observe a disposição do Memorando Empresarial Externo: 14

18 Vamos redigir um documento Memorando Empresarial Externo. Abra um novo documento do Word e configure suas margens em papel A4: - Superior: 2,5 cm - Inferior: 1,5 cm - Esquerda: 3,5 cm - Direita: 2,5 cm Altere a fonte para Times New Roman e tamanho

19 PROCURAÇÕES Procuração é um instrumento (documento) que autoriza uma ou mais pessoas (empresas e órgãos públicos também) a agir em nome de outra. Por ser uma redação oficial, deve-se redigir em papel no formato Ofício. Uma Procuração deve sempre conter: nomes dos envolvidos, tipo de procuração, os objetos, a designação e a extensão dos poderes. Principais tipos de Procuração: Pública, Particular, Judicial e Extra Judicial. A Procuração Pública é muito utilizada para compra e venda de imóvel, movimentação bancária, etc. Essa Procuração geralmente é lavrada e registrada em cartório, em livro próprio e dela extrai-se cópia. Vamos redigir um modelo de Procuração. Para isso, configure um novo documento do Word conforme mostra a imagem abaixo: Lembre-se de alterar o tipo de Fonte e o tamanho, igual ao que já utilizamos em todos os outros exercícios. Caso não localize a opção de papel Legal, selecione Ofício. 16

20 Sua Procuração: OFÍCIO OFÍCIO: Quase que de uso exclusivo do serviço público, na comunicação entre as chefias e com o público externo, também é utilizado em empresas, mas somente para o envio ao serviço público. O Ofício possui conteúdo formal e bastante claro. Geralmente é dirigido às autoridades, exigindo, portanto, observação ao pronome de tratamento de cada cargo. 17

21 Como o próprio nome sugere, utilizaremos o papel de tamanho Ofício (ou Legal), e as mesmas configurações anteriores para redigir este documento. Antes de começarmos a digitar, observe a estrutura e disposição do documento: Crie um novo documento do Word e configure suas margens: 18

22 Fonte: Times New Roman e tamanho 12. Caso não localize o tipo de papel Legal, utilize o Ofício. Seu documento terá a seguinte aparência: CARTA DE COBRANÇA CARTA DE COBRANÇA Atualmente, com tantas mudanças no sistema econômico do país, é quase impossível não se deparar com uma situação de inadimplência, mesmo tomando todos os cuidados necessários. Pessoas alegam milhares de motivos pelo atraso dos seus pagamentos, portanto, para se efetuar cobranças, o redator deve ter muita cautela para resolver a situação e de preferência, não perder o cliente. 19

23 Geralmente, a cobrança é feita por telefone, cartas e visitas ao devedor. Em primeira instância, envia-se uma Carta de Cobrança com Aviso de Recebimento, informando o valor do débito e o prazo para quitação do mesmo. Caso o informativo não cause efeito, recomenda-se outra carta de Notificação de Recebimento, esta com prazo mais curto, informando que o não pagamento implicará em nome do devedor protestado em cartório e em todos os cadastros de proteção (SPC ou SERASA). Existem inúmeras formas de se escrever uma Carta de Cobrança, mas é aconselhável seguir a seguinte estrutura: - Timbre; - Data do envio da cobrança; - Vocativo; - Texto informativo (informando o número do documento e a data do vencimento); - Fecho; - Assinatura. Vamos iniciar a digitação de um modelo de Carta de Cobrança. Para isso, abra um novo documento do Word e configure suas margens em papel A4: - Superior: 2,5 cm - Inferior: 1,5 cm - Esquerda: 3,5 cm - Direita: 2,5 cm 20

24 Fonte: Times New Roman e tamanho 12. Como já foi mencionado, existem várias maneiras de se escrever uma Carta de Cobrança. De qualquer forma, seja prudente e cuidadoso com as palavras. Evite o mau humor, a grosseria e nunca trate a pessoa com ofensas. Veja outro exemplo de Carta de Cobrança: 21

25 ATESTADO Atestado é um documento oficial que certifica, afirma, assegura e demonstra alguma coisa que interessa a outra pessoa. É semelhante ao documento de Declaração, pois pode ser expedido por qualquer pessoa ou profissional liberal, empresa privada ou pública. Existem inúmeros tipos de atestados, como: Atestado Médico, Escolar, de Óbito, Administrativo, entre outros. De modo geral, os Atestados são constituídos por: - Timbre; - Título; - Texto; - Local e Data; - Assinatura. Vamos redigir um Atestado bastante conhecido, o Atestado Escolar. Para isso, crie um novo documento no Word e configure suas margens em papel A4: 22

26 Fonte: Times New Roman e tamanho 12. ATESTADO Seu documento terá a seguinte aparência: Observe mais um exemplo de Atestado: 23

27 CURRICULUM VITAE Curriculum Vitae (Currículo) é um documento que fornece a imagem pessoal, as qualidades, aptidões e competências que o candidato possui. Tem como objetivo, fornecer dados e informações pessoais quanto à escolaridade, experiência profissional e planos de trabalho, estabelecendo um elo entre quem procura um emprego e o empregador. Vejamos os elementos estruturais de um Curriculum Vitae: - Identificação; - Objetivos; - Qualificações; - Formação acadêmica; 24

28 - Experiências profissionais; - Conhecimentos complementares; - Atividades complementares. Existem muitos tipos de currículos, pois as diferenças de conhecimentos são inúmeras. Portanto, a redação e a organização dos itens dependerão de informações como: muita ou pouca experiência, tipo da empresa empregadora, se você nunca trabalhou antes, entre outras. Observe o exemplo de Curriculum Vitae de um candidato sem experiência efetiva, apenas com estágios: Agora, observe o exemplo de Curriculum Vitae de um candidato com maior experiência profissional: 25

29 RECIBO Recibo é um documento em que se declara o recebimento de algo. Existem vários tipos de Recibos, porém, o mais conhecido é o Recibo de Pagamento, onde se indica a quitação de uma dívida, de modo total ou parcial. Elementos de um Recibo: - Título: composto pela palavra RECIBO, com o alinhamento Centralizar; - Número: é utilizado apenas no caso de empresas. A sequência numérica do Recibo pode ser precedida das iniciais do departamento que o expede e o ano da emissão; 26

30 - Valor: sempre deve ser colocado à direita do papel; - Texto: declaração de que recebeu a devida importância, identificação de quem a pagou, valor recebido (escrito por extenso) e motivo do recebimento; - Local e Data; - Assinatura: nome do recebedor. - Testemunha: utilizada somente quando necessário, feita com o Nome, a Identificação e o Endereço. Observe a disposição dos elementos do Recibo: CARTÕES Cartão é um documento de tamanho pequeno, utilizado na identificação de usuários e na prestação de serviços, contendo dados pessoais ou profissionais. 27

31 Existem três tipos muito conhecidos: - Cartão de visita; - Cartão de contato; - Cartão comercial. Cartão de visita: Este tipo é utilizado para relações sociais e também é conhecido como Cartão pessoal. Nele são impressos: o Nome completo, o Endereço, o Telefone residencial e, se preferir, o pessoal e o Número de celular. Veja dois exemplos: 28

Unidade III. Comunicação Empresarial. Profª. Cleide de Freitas

Unidade III. Comunicação Empresarial. Profª. Cleide de Freitas Unidade III Comunicação Empresarial Profª. Cleide de Freitas Resumo aula anterior Construção de textos Tipos de parágrafos Texto Narrativo, Descritivo e Dissertativo Resumo Esquema Resenha Sinóptico O

Leia mais

NORMAS PARA A APRESENTAÇÃO DA VERSÃO DEFINITIVA DA DISSERTAÇÃO NO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ZOOTECNIA

NORMAS PARA A APRESENTAÇÃO DA VERSÃO DEFINITIVA DA DISSERTAÇÃO NO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ZOOTECNIA NORMAS PARA A APRESENTAÇÃO DA VERSÃO DEFINITIVA DA DISSERTAÇÃO NO 1. VERSÃO FINAL O original da versão final da Dissertação deverá ser entregue pelo aluno a Coordenação do Programa de Pós-Graduação em

Leia mais

1 Apresentação 2 Formatação do texto Papel: Margens: Tipo de Letra: Tamanho da fonte: Espaço entre as linhas:

1 Apresentação 2 Formatação do texto Papel: Margens: Tipo de Letra: Tamanho da fonte: Espaço entre as linhas: 1 2 1 Apresentação Este documento tem por objetivo apresentar orientações para a redação e formatação do Trabalho de Conclusão de Curso (TCC) na modalidade de Artigo Científico. Para a elaboração do artigo

Leia mais

ORIENTAÇÕES PARA ELABORAÇÃO DO PAPER NO ACOMPANHAMENTO ESPECIAL DE TODAS AS DISCIPLINAS

ORIENTAÇÕES PARA ELABORAÇÃO DO PAPER NO ACOMPANHAMENTO ESPECIAL DE TODAS AS DISCIPLINAS 1 ORIENTAÇÕES PARA ELABORAÇÃO DO PAPER NO ACOMPANHAMENTO ESPECIAL DE TODAS AS DISCIPLINAS APRESENTAÇÃO Esse documento é dirigido aos docentes e discentes da Fesp Faculdades com a finalidade de adotar normas

Leia mais

Normas ABNT para Trabalhos

Normas ABNT para Trabalhos Normas ABNT para Trabalhos CAPA: Nome da Instituição: fonte tamanho 12 e centralizado. Nome dos autores: fonte tamanho 12, centralizado em ordem alfabética. Título: fonte tamanho 14 em negrito e centralizado.

Leia mais

PIM V. Projeto Integrado Multidisciplinar

PIM V. Projeto Integrado Multidisciplinar PIM V Projeto Integrado Multidisciplinar PIM V - PROJETO INTEGRADO MULTIDISCIPLINAR TEMA: Propor a aplicação dos conhecimentos adquiridos nas disciplinas do semestre no funcionamento dos sistemas de Saúde

Leia mais

Redação Oficial. Curso de Secretariado Escolar. Professor: Elir Ferrari

Redação Oficial. Curso de Secretariado Escolar. Professor: Elir Ferrari Curso de Secretariado Escolar Professor: Elir Ferrari Índice 1. Ata... 3 2. Requerimento... 6 3. Declaração / Atestado... 8 4. Recibo... 9 5. Circular... 11 6. Memorando / Correspondência Interna (CI)...

Leia mais

Diretrizes para Autores

Diretrizes para Autores Diretrizes para Autores Os manuscritos recebidos eletronicamente (em ), que estiverem de acordo com as normas da revista e forem considerados potencialmente publicáveis pela,

Leia mais

FICHA CADASTRAL PESSOA FÍSICA

FICHA CADASTRAL PESSOA FÍSICA FICHA CADASTRAL PESSOA FÍSICA DADOS GERAIS DO TITULAR 01. NOME 02. Nº PF (USO MODAL) 03. DATA ABERTURA (USO MODAL) 04. CPF 05. IDENTIDADE 06. ÓRGÃO EXPED. 07. UF EXPED. 08. DATA EXPED. 09. DATA NASCIMENTO

Leia mais

ABNT (Associação Brasileira de Normas Técnicas)

ABNT (Associação Brasileira de Normas Técnicas) ABNT (Associação Brasileira de Normas Técnicas) Um resumo das normas Este resumo é indicado, principalmente, para quem for escrever um trabalho científico. Como a própria ABNT diz, ao introduzir o texto

Leia mais

ROBERTO OLIVEIRA CUNHA

ROBERTO OLIVEIRA CUNHA LEIAME APRESENTAÇÃO Nenhuma informação do TUTORIAL DO MICRO- SOFT OFFICE WORD 2003 poderá ser copiada, movida ou modificada sem autorização prévia e escrita do Programador Roberto Oliveira Cunha. Programador:

Leia mais

CADERNOS DE INFORMÁTICA Nº 1. Fundamentos de Informática I - Word 2010. Sumário

CADERNOS DE INFORMÁTICA Nº 1. Fundamentos de Informática I - Word 2010. Sumário CADERNO DE INFORMÁTICA FACITA Faculdade de Itápolis Aplicativos Editores de Texto WORD 2007/2010 Sumário Editor de texto... 3 Iniciando Microsoft Word... 4 Fichários:... 4 Atalhos... 5 Área de Trabalho:

Leia mais

MARIA BERNADETE MIRANDA

MARIA BERNADETE MIRANDA MARIA BERNADETE MIRANDA Trabalhos Acadêmicos segundo a ABNT-NBR 14724:2002 NORMALIZAÇÃO DOCUMENTÁRIA! Referências! Citações em documentos! Trabalhos Acadêmicos ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS!

Leia mais

Guia para apresentação do trabalho acadêmico:

Guia para apresentação do trabalho acadêmico: BIBLIOTECA COMUNITÁRIA Guia para apresentação do trabalho acadêmico: de acordo com NBR 14724/2011 São Carlos 2011 Guia para apresentação do trabalho acadêmico As orientações abaixo são de acordo com NBR

Leia mais

CARTA DE EMPREGO. A carta de emprego/apresentação deverá ser usada em duas situações: Resposta a ofertas/anúncios de emprego Candidaturas espontâneas

CARTA DE EMPREGO. A carta de emprego/apresentação deverá ser usada em duas situações: Resposta a ofertas/anúncios de emprego Candidaturas espontâneas CARTA DE EMPREGO A carta de emprego/apresentação deverá ser usada em duas situações: Resposta a ofertas/anúncios de emprego Candidaturas espontâneas ANÚNCIOS DE JORNAIS (CARTA DE RESPOSTA) Redigida de

Leia mais

Nova Ortografia - Atualização em Redação Oficial

Nova Ortografia - Atualização em Redação Oficial GESPÚBLICA EGM FAMEM Nova Ortografia - Atualização em Redação Oficial Prof. Tammy de Oliveira Cunha Ramos Licenciada em Letra s UERJ e Coordenadora da Escola de Gestão Municipal/FAMEM Origem Nossa Língua-

Leia mais

Universidade Comunitária da Região de Chapecó Área de Ciências Sociais Aplicadas Curso de Ciências Contábeis

Universidade Comunitária da Região de Chapecó Área de Ciências Sociais Aplicadas Curso de Ciências Contábeis Curso de Ciências Contábeis DISCIPLINA: Trabalho de Conclusão de Curso I PERÍODO: 7º - MATRIZ CURRICULAR: 321 SEMESTRE/ANO: 2º/2014 PROCEDIMENTOS DE DESENVOLVIMENTO DA DISCIPLINA Apresentação dos temas

Leia mais

II Fórum de acessibilidade e II Seminário de ações afirmativas, diversidade e inclusão. OS TRABALHOS DEVERÃO SEGUIR A SEGUINTE FORMATAÇÃO:

II Fórum de acessibilidade e II Seminário de ações afirmativas, diversidade e inclusão. OS TRABALHOS DEVERÃO SEGUIR A SEGUINTE FORMATAÇÃO: II Fórum de acessibilidade e II Seminário de ações afirmativas, diversidade e inclusão. OS TRABALHOS DEVERÃO SEGUIR A SEGUINTE FORMATAÇÃO: I - RESUMO EXPANDIDO: Modalidade: Destinada a alunos de graduação,

Leia mais

LISTA DE EXERCÍCIOS DA DISCIPLINA COMUNICAÇÃO OFICIAL

LISTA DE EXERCÍCIOS DA DISCIPLINA COMUNICAÇÃO OFICIAL LISTA DE EXERCÍCIOS DA DISCIPLINA COMUNICAÇÃO OFICIAL Esta série de questões consiste em um material de apoio ao estudo e à fixação de conceitos do programa de Comunicação Oficial. Na prova, as questões

Leia mais

ESTADO DO ESPÍRITO SANTO PREFEITURA MUNICIPAL DE VITÓRIA SECRETARIA MUNICIPAL DE ADMINISTRAÇÃO PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO EDITAL N.

ESTADO DO ESPÍRITO SANTO PREFEITURA MUNICIPAL DE VITÓRIA SECRETARIA MUNICIPAL DE ADMINISTRAÇÃO PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO EDITAL N. ESTADO DO ESPÍRITO SANTO PREFEITURA MUNICIPAL DE VITÓRIA SECRETARIA MUNICIPAL DE ADMINISTRAÇÃO PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO EDITAL N.º 178/2006 O Município de Vitória, por intermédio da Secretaria de

Leia mais

CENTRO UNIVERSITÁRIO DE UNIÃO DA VITÓRIA - UNIUV CURSO DE ADMINISTRAÇÃO MARIO DE SOUZA APRESENTAÇÃO DE TRABALHOS CIENTÍFICOS: MODELO TRABALHO COMPLETO

CENTRO UNIVERSITÁRIO DE UNIÃO DA VITÓRIA - UNIUV CURSO DE ADMINISTRAÇÃO MARIO DE SOUZA APRESENTAÇÃO DE TRABALHOS CIENTÍFICOS: MODELO TRABALHO COMPLETO - capa A capa é a proteção externa do trabalho, padronizada. CENTRO UNIVERSITÁRIO DE UNIÃO DA VITÓRIA - UNIUV Nome do curso TODO O TRABALHO: Os textos devem ser apresentados em papel branco (sem marca

Leia mais

2. Desenvolver Pesquisa de Campo sobre uma pequena empresa conforme modelo de pesquisa anexo.

2. Desenvolver Pesquisa de Campo sobre uma pequena empresa conforme modelo de pesquisa anexo. 1 1. ESTÁGIO SUPERVISIONADO 2. OBJETIVO Resolução nº 01 de 02/02/2004 do Conselho Nacional de Educação CNEC/CN/MEC. Proporcionar ao estudante oportunidade de desenvolver suas habilidades, analisar situações

Leia mais

NOME CURRICULUM VITAE

NOME CURRICULUM VITAE NOME OBSERVAÇÃO PARA O PREENCHIMENTO MODELO DE CAPA: (TAMANHO FONTE 14, FONTE: TIMES NEW ROMAM OU ARIAL, MAIUSCULAS, NEGRITADO, CENTRALIZADO E NOME SEM ABREVEITURAS) Observação para o Preenchimento: margem

Leia mais

Guia para apresentação do trabalho acadêmico:

Guia para apresentação do trabalho acadêmico: BIBLIOTECA COMUNITÁRIA Guia para apresentação do trabalho acadêmico: de acordo com NBR 14724/2005 São Carlos 2010 Guia para apresentação do trabalho acadêmico As orientações abaixo são de acordo com a

Leia mais

NORMAS PARA ELABORAÇÃO DO TRABALHO ACADÊMICO DE CONCLUSÃO DE CURSO. FORMATO ARTIGO CIENTÍFICO (com base na ABNT NBR 6022)

NORMAS PARA ELABORAÇÃO DO TRABALHO ACADÊMICO DE CONCLUSÃO DE CURSO. FORMATO ARTIGO CIENTÍFICO (com base na ABNT NBR 6022) UNIÃO DE ENSINO SUPERIOR DE CAMPINA GRANDE BACHARELADO EM ENFERMAGEM Coordenação do TCC de Enfermagem BACHARELADO EM FISIOTERAPIA Coordenação do TCC de Fisioterapia NORMAS PARA ELABORAÇÃO DO TRABALHO ACADÊMICO

Leia mais

DESENVOLVIMENTO E ORGANIZA- ÇÃO DO TRABALHO CIENTÍFICO. META Descrever como proceder para melhor elaborar e organizar um trabalho científico.

DESENVOLVIMENTO E ORGANIZA- ÇÃO DO TRABALHO CIENTÍFICO. META Descrever como proceder para melhor elaborar e organizar um trabalho científico. DESENVOLVIMENTO E ORGANIZA- ÇÃO DO TRABALHO CIENTÍFICO Aula 3 META Descrever como proceder para melhor elaborar e organizar um trabalho científico. OBJETIVOS Ao final desta aula, o aluno(a) deverá: ler

Leia mais

Guia do Estagiário Curso Superior Faculdade de Tecnologia de São Vicente Curso Superior de Tecnologia em Automação Industrial (Mecatrônica)

Guia do Estagiário Curso Superior Faculdade de Tecnologia de São Vicente Curso Superior de Tecnologia em Automação Industrial (Mecatrônica) Guia do Estagiário Curso Superior Faculdade de Tecnologia de São Vicente Curso Superior de Tecnologia em Automação Industrial (Mecatrônica) Faculdade de Tecnologia de São Vicente Av Presidente Wilson,

Leia mais

Para o PowerPoint, assim como para vários softwares de apresentação, uma apresentação é um conjunto de slides.

Para o PowerPoint, assim como para vários softwares de apresentação, uma apresentação é um conjunto de slides. POWERPOINT 1. O QUE É UMA APRESENTAÇÃO Para o PowerPoint, assim como para vários softwares de apresentação, uma apresentação é um conjunto de slides. Em cada slide podemos ter vários elementos ou objetos

Leia mais

PRESIDÊNCIA 04/12/2013 INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 031/2013

PRESIDÊNCIA 04/12/2013 INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 031/2013 SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO, INDÚSTRIA E COMÉRCIO EXTERIOR INSTITUTO NACIONAL DA PROPRIEDADE INDUSTRIAL PRESIDÊNCIA 04/12/2013 INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 031/2013 Assunto: Estabelecer

Leia mais

Microsoft Word. Formatação para Trabalhos Parte II edição 2003

Microsoft Word. Formatação para Trabalhos Parte II edição 2003 Microsoft Word Formatação para Trabalhos Parte II edição 2003 Índice 5) Configurando um trabalho... 13 Modelo Capa... 13 Modelo Folha de Rosto... 14 a-) Alinhando texto... 14 b-)o comando de menu Formatar

Leia mais

Manual de Estágio e Trabalho de Conclusão de Curso dos Curso de Administração, Sistemas de Informação e Ciências Contábeis.

Manual de Estágio e Trabalho de Conclusão de Curso dos Curso de Administração, Sistemas de Informação e Ciências Contábeis. Manual de Estágio e Trabalho de Conclusão de Curso dos Curso de Administração, Sistemas de Informação e Ciências Contábeis. 2 Sumário Necessidade do estágio... 3 Realização do Estágio... 3 Documentações

Leia mais

MANUAL PARA NORMATIZAÇÃO - TCC

MANUAL PARA NORMATIZAÇÃO - TCC Etec de Esportes Curt Walter Otto Baumgart Biblioteca da Etec de Esportes Curt Walter Otto Baumgart MANUAL PARA NORMATIZAÇÃO - TCC São Paulo, 2014 ii FORMATO DO TCC Tamanho do papel: A4 (21 cm 29,7 cm);

Leia mais

Para o OpenOffice Impress, assim como para vários softwares de apresentação, uma apresentação é um conjunto de slides.

Para o OpenOffice Impress, assim como para vários softwares de apresentação, uma apresentação é um conjunto de slides. OPENOFFICE IMPRESS 1. O QUE É UMA APRESENTAÇÃO Para o OpenOffice Impress, assim como para vários softwares de apresentação, uma apresentação é um conjunto de slides. Em cada slide podemos ter vários elementos

Leia mais

REDAÇÃO EMPRESARIAL. * textos produzidos no ambiente empresarial: - memorando, circular, comunicado, ata, mensagens eletrônicas...

REDAÇÃO EMPRESARIAL. * textos produzidos no ambiente empresarial: - memorando, circular, comunicado, ata, mensagens eletrônicas... REDAÇÃO EMPRESARIAL * textos produzidos no ambiente empresarial: - memorando, circular, comunicado, ata, mensagens eletrônicas... Será que o profissional de uma empresa precisa se preocupar com ocorrência

Leia mais

XVI SEACON COMISSAO TÉCNICA NORMAS PARA SUBMISSÃO E APRESENTAÇÃO DE TRABALHOS

XVI SEACON COMISSAO TÉCNICA NORMAS PARA SUBMISSÃO E APRESENTAÇÃO DE TRABALHOS XVI SEACON COMISSAO TÉCNICA NORMAS PARA SUBMISSÃO E APRESENTAÇÃO DE TRABALHOS Os trabalhos serão submetidos à avaliação da Comissão Técnica e, uma vez aprovados, serão selecionados para apresentação nos

Leia mais

EDITAL DE CHAMAMENTO PÚBLICO PARA CAPTAÇÃO DE PATROCÍNIO PROJETO DE INFRAESTRUTURA DO CENTRO CULTURAL DAVID RIBEIRO - MERCADO VELHO

EDITAL DE CHAMAMENTO PÚBLICO PARA CAPTAÇÃO DE PATROCÍNIO PROJETO DE INFRAESTRUTURA DO CENTRO CULTURAL DAVID RIBEIRO - MERCADO VELHO EDITAL DE CHAMAMENTO PÚBLICO PARA CAPTAÇÃO DE PATROCÍNIO PROJETO DE INFRAESTRUTURA DO CENTRO CULTURAL DAVID RIBEIRO - MERCADO VELHO 1 OBJETO 1.1 O presente chamamento público tem por objeto a captação

Leia mais

Serviço Público Federal Universidade Federal de Goiás Regional Catalão Departamento Editorial EDITAL Nº 001/2014

Serviço Público Federal Universidade Federal de Goiás Regional Catalão Departamento Editorial EDITAL Nº 001/2014 EDITAL Nº 001/2014 CHAMADA PARA APRESENTAÇÃO DE CONTOS E POEMAS 1º CONCURSO NACIONAL DE CONTOS & POEMAS - ANTOLOGIA 2015 Prêmio FLOR DO IPÊ O DEPECAC d o C a m p u s Catalão da e o Departamento de Letras

Leia mais

NORMA DE CORRESPONDÊNCIA NOR 103

NORMA DE CORRESPONDÊNCIA NOR 103 MANUAL DE ORGANIZAÇÃO COD. 100 ASSUNTO: CORRESPONDÊNCIA COD: NOR 103 APROVAÇÃO: Resolução nº 024, de 02/09/03 NORMA DE CORRESPONDÊNCIA NOR 103 1/13 SUMÁRIO 1. FINALIDADE... 02 2. CONCEITUAÇÃO... 02 3.

Leia mais

ARTIGOS CIENTÍFICOS. MANUAL DE NORMAS FACULDADE DE ENSINO SUPERIOR DO CENTRO DO PARANÁ - UCP PITANGA/PR biblioteca@ucpparana.edu.

ARTIGOS CIENTÍFICOS. MANUAL DE NORMAS FACULDADE DE ENSINO SUPERIOR DO CENTRO DO PARANÁ - UCP PITANGA/PR biblioteca@ucpparana.edu. ARTIGOS CIENTÍFICOS Segundo a Associação Brasileira de Normas Técnicas, Artigo científico é parte de uma publicação com autoria declarada, que apresenta e discute idéias, métodos, técnicas, processos e

Leia mais

MANUAL DO USUÁRIO PORTAL DO PROFESSOR

MANUAL DO USUÁRIO PORTAL DO PROFESSOR MANUAL DO USUÁRIO PORTAL DO PROFESSOR ACESSANDO O PORTAL DO PROFESSOR Para acessar o portal do professor, acesse o endereço que você recebeu através da instituição de ensino ou acesse diretamente o endereço:

Leia mais

NORMA DE AUTUAÇÃO E CONTROLE DE PROCESSOS - NOR 206

NORMA DE AUTUAÇÃO E CONTROLE DE PROCESSOS - NOR 206 MANUAL DE ADMINISTRAÇÃO E FINANÇAS COD. 200 ASSUNTO: AUTUAÇÃO, MOVIMENTAÇÃO E CONTROLE DE PROCESSOS APROVAÇÃO: Resolução DIREX nº 109/2013, de 01/07/2013 VIGÊNCIA: 01/07/2013 NORMA DE AUTUAÇÃO E CONTROLE

Leia mais

PROVA PRÁTICA UFAL 2008 Assistente em Administração Maceió/AL, 09 de junho de 2008. Aplicativo: Microsoft WORD

PROVA PRÁTICA UFAL 2008 Assistente em Administração Maceió/AL, 09 de junho de 2008. Aplicativo: Microsoft WORD Aplicativo: Microsoft WORD PROVA PRÁTICA UFAL 2008 Assistente em Administração Maceió/AL, 09 de junho de 2008. 1ª. Digite o Ofício da página seguinte no Microsoft Word, obedecendo às instruções de formatação

Leia mais

1.2.1. Proporcionar ao Corpo Docente a participação de monitores junto ao desenvolvimento de suas disciplinas.

1.2.1. Proporcionar ao Corpo Docente a participação de monitores junto ao desenvolvimento de suas disciplinas. A Coordenação de Pesquisa e Extensão (COPEX) da Faculdade Metropolitana da Grande Recife, em conjunto com a Direção Acadêmica, abre inscrições aos alunos de graduação interessados em participar do Programa

Leia mais

TÍTULO DA OFICINA/MINICURSO EM NEGRITO CAIXA ALTA CENTRALIZADO FONTE TIMES NEW ROMAN 12 RESUMO

TÍTULO DA OFICINA/MINICURSO EM NEGRITO CAIXA ALTA CENTRALIZADO FONTE TIMES NEW ROMAN 12 RESUMO TÍTULO DA OFICINA/MINICURSO EM NEGRITO CAIXA ALTA CENTRALIZADO FONTE TIMES NEW ROMAN 12 Nome completo do autor com sobrenome em CAIXA ALTA Nome completo do coautor com sobrenome em CAIXA ALTA RESUMO Identifique

Leia mais

EDITAL Nº 008 SELEÇÃO PÚBLICA CURSO DE MESTRADO PROFISSIONAL EM METROLOGIA E QUALIDADE Inmetro - 2016

EDITAL Nº 008 SELEÇÃO PÚBLICA CURSO DE MESTRADO PROFISSIONAL EM METROLOGIA E QUALIDADE Inmetro - 2016 Serviço Público Federal MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO, INDÚSTRIA E COMÉRCIO EXTERIOR INSTITUTO NACIONAL DE METROLOGIA, QUALIDADE E TECNOLOGIA - INMETRO EDITAL Nº 008 SELEÇÃO PÚBLICA CURSO DE MESTRADO PROFISSIONAL

Leia mais

Revista Fundamentos. Revista do Departamento de Fundamentos da Educação, do Centro de Ciências da Educação da UFPI - ISSN 2317-2754

Revista Fundamentos. Revista do Departamento de Fundamentos da Educação, do Centro de Ciências da Educação da UFPI - ISSN 2317-2754 Revista Fundamentos Revista do Departamento de Fundamentos da Educação, do Centro de Ciências da Educação da UFPI - ISSN 2317-2754 A Revista Fundamentos Revista do Departamento de Fundamentos da Educação

Leia mais

LIBREOFFICE WRITER VERSÃO 08.2012 DE TRABALHOS CIENTÍFICOS UTILIZANDO O

LIBREOFFICE WRITER VERSÃO 08.2012 DE TRABALHOS CIENTÍFICOS UTILIZANDO O UNIVERSIDADE ESTADUAL DE MARINGÁ PRÓ-REITORIA DE RECURSOS HUMANOS E ASSUNTOS COMUNITÁRIOS - PRH DIRETORIA DE RECURSOS HUMANOS - DRH DIVISÃO DE TREINAMENTO E DESENVOLVIMENTO - TDE FORMATAÇÃO DE TRABALHOS

Leia mais

TOMADA DE PREÇO N 001/2016. 1986, e ativado a partir de fevereiro de 1987, inscrito no CNPJ/MF sob o nº

TOMADA DE PREÇO N 001/2016. 1986, e ativado a partir de fevereiro de 1987, inscrito no CNPJ/MF sob o nº TOMADA DE PREÇO N 001/2016 DATA 29 /01/2016 EDITAL 1 DO LICITADOR: CENTRO DE ESTUDOS E PESQUISA EM SAÚDE COLETIVA-CEPESC, é uma entidade civil, sem fins lucrativos, criada em 9 de maio de 1986, e ativado

Leia mais

REGRAS BÁSICAS PARA APRESENTAÇÃO FORMAL DE TRABALHOS

REGRAS BÁSICAS PARA APRESENTAÇÃO FORMAL DE TRABALHOS REGRAS BÁSICAS PARA APRESENTAÇÃO FORMAL DE TRABALHOS Estas regras são aplicadas a todos os Trabalhos acadêmicos ou similares (trabalho de conclusão de curso (TCC), trabalho de graduação interdisciplinar,

Leia mais

TERMO DE ABERTURA DE VOLUME

TERMO DE ABERTURA DE VOLUME ANEXO II TERMO DE ABERTURA DE VOLUME Aos...dias do mês de...de..., procedemos a abertura deste volume nº... do processo nº..., que se inicia com a folha nº...para constar, eu (nome do servidor)...,(cargo

Leia mais

CÂMARA MUNICIPAL DE RONDONÓPOLIS Estado de Mato Grosso

CÂMARA MUNICIPAL DE RONDONÓPOLIS Estado de Mato Grosso INSTRUÇÃO NORMATIVA SLE Nº 004/2011 Versão 01 Unidade Responsável: Secretaria Legislativa Institucional Unidade Executora: Coordenação de Arquivo e Registro/Chefia Registro Legislativo Data da Aprovação:

Leia mais

Normas para Apresentação de Trabalhos Científicos I Simpósio Brasileiro de Desenvolvimento Territorial Sustentável

Normas para Apresentação de Trabalhos Científicos I Simpósio Brasileiro de Desenvolvimento Territorial Sustentável Normas para Apresentação de Trabalhos Científicos I Simpósio Brasileiro de Desenvolvimento Territorial Sustentável Orientações gerais: UFPR Litoral Matinhos (PR) - 29 e 30/10/2015 Serão aceitas três modalidades

Leia mais

CONTRATO PARTICULAR DE PARCERIA COMERCIAL

CONTRATO PARTICULAR DE PARCERIA COMERCIAL CONTRATO PARTICULAR DE PARCERIA COMERCIAL CÓDIGO DO CLIENTE: CONTRATANTE: Mult Tecnologia Eireli, empresa individual de responsabilidade limitada, legalmente constituída, inscrita no CNPJ sob o nº 38.038.006/0001-20,

Leia mais

PASSO-A-PASSO PARA DESENVOLVER E REDIGIR UM ARTIGO CIENTÍFICO

PASSO-A-PASSO PARA DESENVOLVER E REDIGIR UM ARTIGO CIENTÍFICO CURSO DE PEDAGOGIA EaD PASSO-A-PASSO PARA DESENVOLVER E REDIGIR UM ARTIGO CIENTÍFICO 1. CARACTERÍSTICAS E CONCEITUAÇÃO Este texto trata a respeito das Normas da ABNT com a finalidade de orientar os acadêmicos

Leia mais

GUIA DO ESTAGIÁRIO CURSO SUPERIOR

GUIA DO ESTAGIÁRIO CURSO SUPERIOR GUIA DO ESTAGIÁRIO CURSO SUPERIOR FACULDADE DE TECNOLOGIA DE SÃO VICENTE CURSO SUPERIOR EM BACHAREL EM SITEMAS DE INFORMAÇÃO 1 Faculdade de Tecnologia de São Vicente Av. Presidente Wilson, 1013 Centro

Leia mais

CONSULTIME GESTÃO DE ENSINO ADRIANA SARTÓRIO RICCO. NORMAS PARA ELABORAÇÃO DE TRABALHOS ACADÊMICOS (Monografias e Trabalhos para Disciplinas)

CONSULTIME GESTÃO DE ENSINO ADRIANA SARTÓRIO RICCO. NORMAS PARA ELABORAÇÃO DE TRABALHOS ACADÊMICOS (Monografias e Trabalhos para Disciplinas) CONSULTIME GESTÃO DE ENSINO Faculdade de Ciências e Educação do Espírito Santo UNIVES Faculdade de Educação de Vitória - AUFES Professora Organizadora: ADRIANA SARTÓRIO RICCO NORMAS PARA ELABORAÇÃO DE

Leia mais

Lição 4 Instrumentos de Correspondências dos Correios

Lição 4 Instrumentos de Correspondências dos Correios 69 Lição 4 Instrumentos de Correspondências dos Correios Após concluir o estudo desta lição, esperamos que você possa: Associar os instrumentos de correspondências dos Correios às suas respectivas características.

Leia mais

Treinamento Outlook Express

Treinamento Outlook Express Ministério da Saúde Secretaria Executiva Departamento de Informática do SUS Treinamento Outlook Express Série A. Normas e Manuais Técnicos Brasília DF 2003 1 2003. Ministério da Saúde. É permitida a reprodução

Leia mais

ORIENTAÇÕES PARA UTILIZAÇÃO DO MODELO IPARDES.DOT

ORIENTAÇÕES PARA UTILIZAÇÃO DO MODELO IPARDES.DOT ORIENTAÇÕES PARA UTILIZAÇÃO DO MODELO IPARDES.DOT 21 EDITORAÇÃO As orientações apresentadas nesta seção têm por objetivo auxiliar, especificamente, na editoração de documentos técnico-científicos e acadêmicos,

Leia mais

de dissertações de mestrado e teses de doutorado, em acordo com as convenções gerais

de dissertações de mestrado e teses de doutorado, em acordo com as convenções gerais Sumário 1 Disposições gerais 2 1.1 Objetivo, natureza, alcance e conteúdo 2 2 Elementos da dissertação e da tese 5 2.1 Elementos pré-textuais 5 2.1.1 Capa 5 2.1.2 Lombada 6 2.1.3 Classificação de acesso

Leia mais

REGULAMENTO. CURSOS DE MESTRADO (2.º CICLO) Mestrado em Gestão DEPARTAMENTO DE ECONOMIA, GESTÃO E CIÊNCIAS SOCIAIS

REGULAMENTO. CURSOS DE MESTRADO (2.º CICLO) Mestrado em Gestão DEPARTAMENTO DE ECONOMIA, GESTÃO E CIÊNCIAS SOCIAIS REGULAMENTO CURSOS DE MESTRADO (2.º CICLO) Mestrado em Gestão DEPARTAMENTO DE ECONOMIA, GESTÃO E CIÊNCIAS SOCIAIS 2015 PREÂMBULO O presente regulamento fixa as normas de funcionamento do curso de mestrado

Leia mais

PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE SÃO PAULO PUC-SP Programa de Estudos Pós-Graduados em Ciências Contábeis e Atuariais

PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE SÃO PAULO PUC-SP Programa de Estudos Pós-Graduados em Ciências Contábeis e Atuariais EDITAL PARA O PROCESSO SELETIVO 2º/2016 Coordenadora: Profa. Dra. Neusa Maria Bastos F. Santos Estarão abertas, no período de 11/04/2016 a 29/04/2016, as inscrições para o processo seletivo destinado ao

Leia mais

EDITAL N 02.23.001/2015 DE PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO PARA CARGOS DO SERVIÇO AUTÔNOMO DE ÁGUA E ESGOTO DE JAGUARIBE CEARÁ.

EDITAL N 02.23.001/2015 DE PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO PARA CARGOS DO SERVIÇO AUTÔNOMO DE ÁGUA E ESGOTO DE JAGUARIBE CEARÁ. EDITAL N 02.23.001/2015 DE PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO PARA CARGOS DO SERVIÇO AUTÔNOMO DE ÁGUA E ESGOTO DE JAGUARIBE CEARÁ. O PREFEITO MUNICIPAL DE JAGUARIBE-CE, Sr. José Ábner Nogueira Diógenes Pinheiro,

Leia mais

DE ARTIGO CIENTÍFICO

DE ARTIGO CIENTÍFICO CURSOS DE COMUNICAÇÃO SOCIAL, TURISMO, DIREITO E PÓS-GRADUAÇÃO Maria Paulina Gomes Maria Paulina Gomes Manual elaborado para orientar os alunos que estão realizando a disciplina Trabalho de Conclusão

Leia mais

Bem-vindo ao tópico Múltiplas filiais.

Bem-vindo ao tópico Múltiplas filiais. Bem-vindo ao tópico Múltiplas filiais. 1 Ao final deste tópico, você estará apto a: Explicar as opções disponibilizadas com o recurso Múltiplas filiais. Definir as configurações necessárias para trabalhar

Leia mais

Financeiro - Boleto : Remessa e Retorno

Financeiro - Boleto : Remessa e Retorno Financeiro - Boleto : Remessa e Retorno Objetivo Configurar Arquivos de Remessa; Gerar Arquivos de Remessa; Configurar Arquivo de Retorno; Receber arquivos de retorno do banco e efetuar a baixa das Contas

Leia mais

UNIVERSIDADE DE BRASÍLIA PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM GESTÃO PÚBLICA EDITAL Nº. 01/2013

UNIVERSIDADE DE BRASÍLIA PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM GESTÃO PÚBLICA EDITAL Nº. 01/2013 UNIVERSIDADE DE BRASÍLIA PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM GESTÃO PÚBLICA EDITAL Nº. 01/2013 SELEÇÃO DE CANDIDATOS ÀS VAGAS DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM GESTÃO PÚBLICA PARA O CURSO DE MESTRADO PROFISSIONAL

Leia mais

NORMAS ABNT- UFF - março de 2015 TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO

NORMAS ABNT- UFF - março de 2015 TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO CURSO DE TURISMO 1 NORMAS ABNT- UFF - março de 2015 TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO Conforme estabelecido pela ABNT - NBR 14724:2011 Informação e documentação Trabalhos acadêmicos Apresentação As informações

Leia mais

RECURSOS HUMANOS PIM IV. Projeto Integrado Multidisciplinar

RECURSOS HUMANOS PIM IV. Projeto Integrado Multidisciplinar RECURSOS HUMANOS PIM IV Projeto Integrado Multidisciplinar 1 PIM PROJETO INTEGRADO MULTIDISCIPLINAR TEMA: Descrever o papel da área de Recursos Humanos em termos de seu significado e importância no alcance

Leia mais

PROCESSO Nº. 650081044 EDITAL DE CREDENCIAMENTO Nº. 060/2011 RECEBIMENTO DAS PROPOSTAS DE CREDENCIAMENTO

PROCESSO Nº. 650081044 EDITAL DE CREDENCIAMENTO Nº. 060/2011 RECEBIMENTO DAS PROPOSTAS DE CREDENCIAMENTO PROCESSO Nº. 650081044 EDITAL DE CREDENCIAMENTO Nº. 060/2011 RECEBIMENTO DAS PROPOSTAS DE CREDENCIAMENTO Data: A partir do dia 22/06/2011 Local: FAPEU SETOR DE LICITAÇÃO (Campus Universitário s/nº, Trindade,

Leia mais

MAIS CONTROLE SOFTWARE Controle Financeiro / Fluxo de Caixa (MCS Versão 2.01.99) Índice

MAIS CONTROLE SOFTWARE Controle Financeiro / Fluxo de Caixa (MCS Versão 2.01.99) Índice Item MAIS CONTROLE SOFTWARE Controle Financeiro / Fluxo de Caixa (MCS Versão 2.01.99) Índice Página 1.Apresentação... 4 2.Funcionamento Básico... 4 3.Instalando o MCS... 4, 5, 6 4.Utilizando o MCS Identificando

Leia mais

Treinamento em BrOffice.org Writer

Treinamento em BrOffice.org Writer Treinamento em BrOffice.org Writer 1 Índice I. INTRODUÇÃO...3 II. BARRA DE FERRAMENTAS...3 III. CONFIGURAR PÁGINA...4 1. Tamanho, Margens e Orientação...5 2. Cabeçalhos...6 3. Rodapés...6 4. Numerando

Leia mais

1º É vedada a participação de funcionários e estagiários do IBGC, dos patrocinadores do prêmio ou dos pesquisadores associados ao IBGC.

1º É vedada a participação de funcionários e estagiários do IBGC, dos patrocinadores do prêmio ou dos pesquisadores associados ao IBGC. Art. 1º Idealizado pelo Instituto Brasileiro de Governança Corporativa, IBGC, o Prêmio IBGC de Trabalhos Acadêmicos em Governança Corporativa ( Prêmio ) será regido pelo presente Regulamento. Art. 2º O

Leia mais

RECOMENDAÇÕES PARA ELABORAÇÃO

RECOMENDAÇÕES PARA ELABORAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS FARMACÊUTICAS RECOMENDAÇÕES PARA ELABORAÇÃO DE TESES E DISSERTAÇÕES REVISADO EM SETEMBRO DE 2011 DE ACORDO COM RESOLUÇÃO

Leia mais

REGULAMENTO DE TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO DO CURSO DE DIREITO DA FACULDADE METODISTA DE SANTA MARIA (FAMES)

REGULAMENTO DE TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO DO CURSO DE DIREITO DA FACULDADE METODISTA DE SANTA MARIA (FAMES) REGULAMENTO DE TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO DO CURSO DE DIREITO DA FACULDADE METODISTA DE SANTA MARIA (FAMES) SANTA MARIA - RS 2014 1 REGULAMENTO DE TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO DIREITO FACULDADE METODISTA

Leia mais

DELIBERAÇÃO JUCESP N.º 04, DE 01 DE NOVEMBRO DE 2000.

DELIBERAÇÃO JUCESP N.º 04, DE 01 DE NOVEMBRO DE 2000. DELIBERAÇÃO JUCESP N.º 04, DE 01 DE NOVEMBRO DE 2000. O Plenário da Junta Comercial do Estado de São Paulo, por proposta de seu Presidente, em sessão do Colégio de Vogais de 01/11/00 de 2000; Considerando

Leia mais

A estrutura de um trabalho, de acordo com a ABNT/NBR-14724, compreende três elementos: Pré textuais, Textuais Pós textuais.

A estrutura de um trabalho, de acordo com a ABNT/NBR-14724, compreende três elementos: Pré textuais, Textuais Pós textuais. APRESENTAÇÃO Para ficar claro, é necessário fazer distinções entre padrões e normas, já que normas da ABNT são constituídas de regras a serem seguidas, objetivando a qualidade em produções científicas,

Leia mais

NORMAS PARA ELABORAÇÃO DE RELATÓRIOS DE ESTÁGIO

NORMAS PARA ELABORAÇÃO DE RELATÓRIOS DE ESTÁGIO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO TRIÂNGULO MINEIRO CAMPUS UBERABA - MG NORMAS PARA ELABORAÇÃO DE RELATÓRIOS DE ESTÁGIO UBERABA-MG 2010 SUMÁRIO

Leia mais

RESOLUÇÃO N 24 DE 8 DE SETEMBRO DE 2015, DA REITORA DA UFTM

RESOLUÇÃO N 24 DE 8 DE SETEMBRO DE 2015, DA REITORA DA UFTM MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO TRIÂNGULO MINEIRO Reitoria RESOLUÇÃO N 24 DE 8 DE SETEMBRO DE 2015, DA REITORA DA UFTM Aprova a Norma Técnica NT 3/2015 que dispõe sobre os procedimentos

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO AMAPÁ CURSO DE LICENCIATURA EM EDUCAÇÃO FÍSICA

UNIVERSIDADE FEDERAL DO AMAPÁ CURSO DE LICENCIATURA EM EDUCAÇÃO FÍSICA UNIVERSIDADE FEDERAL DO AMAPÁ CURSO DE LICENCIATURA EM EDUCAÇÃO FÍSICA Normatização nº 01/2010 - CCEF ESTABELECE NORMAS PARA O TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO TCC - DO CURSO DE LICENCIATURA EM EDUCAÇÃO

Leia mais

AÇÕES PARA ORGANIZAÇÃO DE ARTIGO TEXTO RETIRADO E ADAPTADO DO MANUAL PARA APRESENTAÇÃO DE ARTIGOS CIENTÍFICOS DO CENTRO UNIVERSITÁRIO LA SALLE.

AÇÕES PARA ORGANIZAÇÃO DE ARTIGO TEXTO RETIRADO E ADAPTADO DO MANUAL PARA APRESENTAÇÃO DE ARTIGOS CIENTÍFICOS DO CENTRO UNIVERSITÁRIO LA SALLE. AÇÕES PARA ORGANIZAÇÃO DE ARTIGO TEXTO RETIRADO E ADAPTADO DO MANUAL PARA APRESENTAÇÃO DE ARTIGOS CIENTÍFICOS DO CENTRO UNIVERSITÁRIO LA SALLE. CANOAS/2014 A estrutura deste manual foi elaborada com base

Leia mais

MANUAL DO ESTAGIÁRIO TÉCNICO EM SEGURANÇA DO TRABALHO APRESENTAÇÃO

MANUAL DO ESTAGIÁRIO TÉCNICO EM SEGURANÇA DO TRABALHO APRESENTAÇÃO APRESENTAÇÃO O estágio supervisionado curricular obrigatório é um momento primordial para a conclusão do curso, permitindo ao aluno o contato mais de perto com a profissão que escolheu, além de inseri-lo

Leia mais

FEMA Fundação Educacional Machado de Assis INFORMÁTICA Técnico em Segurança do Trabalho P OW ERPOI NT. Escola Técnica Machado de Assis Imprensa

FEMA Fundação Educacional Machado de Assis INFORMÁTICA Técnico em Segurança do Trabalho P OW ERPOI NT. Escola Técnica Machado de Assis Imprensa P OW ERPOI NT 1 INTRODUÇÃO... 3 1. Iniciando o PowerPoint... 3 2. Assistente de AutoConteúdo... 4 3. Modelo... 5 4. Iniciar uma apresentação em branco... 6 5. Modo de Exibição... 6 6. Slide Mestre... 7

Leia mais

Aula 9. Word Administrativo. Solicitamos que guarde seus arquivos, para o projeto final do módulo

Aula 9. Word Administrativo. Solicitamos que guarde seus arquivos, para o projeto final do módulo Aula 9 Solicitamos que guarde seus arquivos, para o projeto final do módulo Microsoft Word Tema da aula: Mala Direta Parte 2 Abra o arquivo Mala direta que você salvou na aula passada no Pendrive, CD ou

Leia mais

MS Word Formatação ABNT

MS Word Formatação ABNT MS Word Formatação ABNT Formatação ABNT Fonte: Arial Tamanho: 12 Alinhamento: Justificar Entrelinhas: 1,5 linhas Endentação: 1,25 cm Margens: 3cm superior e esquerda e 2cm inferior e direita Fonte 1. Selecione

Leia mais

PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE SÃO PAULO PUC-SP Programa de Estudos Pós-Graduados em Educação: Currículo

PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE SÃO PAULO PUC-SP Programa de Estudos Pós-Graduados em Educação: Currículo EDITAL PARA O PROCESSO SELETIVO 2º/2015 Coordenadora: Profa. Dra. Branca Jurema Ponce Vice-Coordenadora: Profa. Dra. Marina Graziela Feldmann Estarão abertas, no período de 01/04/2015 a 24/04/2015, as

Leia mais

Processo Seletivo para os Cursos de Educação Profissional Técnica de Ensino Médio - Edital 001/2016 -

Processo Seletivo para os Cursos de Educação Profissional Técnica de Ensino Médio - Edital 001/2016 - Processo Seletivo para os Cursos de Educação Profissional Técnica de Ensino Médio - Edital 001/2016 - A Diretoria da PRACATUM Escola de Música e Tecnologias, no uso de suas atribuições e demais disposições

Leia mais

O conteúdo deste documento é de propriedade intelectual exclusiva da GVDASA Sistemas e está sujeito a alterações sem aviso prévio.

O conteúdo deste documento é de propriedade intelectual exclusiva da GVDASA Sistemas e está sujeito a alterações sem aviso prévio. AVISO O conteúdo deste documento é de propriedade intelectual exclusiva da GVDASA Sistemas e está sujeito a alterações sem aviso prévio. Nenhuma parte desta publicação pode ser reproduzida nem transmitida

Leia mais

Normas Regulamentares dos Mestrados Versão: 03 Data: 13/03/2013

Normas Regulamentares dos Mestrados Versão: 03 Data: 13/03/2013 Normas Regulamentares dos Mestrados Versão: 03 Data: 13/03/2013 RG PR12 04 Elaborado: Verificado: Aprovado: Conselho Técnico Científico do IPB GPGQ Conselho Técnico Científico do IPB Pág. 1 de 16 Instituto

Leia mais

NORMAS DE APRESENTAÇÃO DE TRABALHOS ACADÊMICOS 2013 DISSERTAÇÃO E TESE

NORMAS DE APRESENTAÇÃO DE TRABALHOS ACADÊMICOS 2013 DISSERTAÇÃO E TESE UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA ESCOLA DE ENFERMAGEM PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ENFERMAGEM NORMAS DE APRESENTAÇÃO DE TRABALHOS ACADÊMICOS 2013 DISSERTAÇÃO E TESE Este documento refere-se às Normas de Apresentação

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERALDA BAHIA PROGRAMA MULTIDISCIPLINAR DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CULTURA E SOCIEDADE MESTRADO INTERINSTITUCIONAL - MINTER

UNIVERSIDADE FEDERALDA BAHIA PROGRAMA MULTIDISCIPLINAR DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CULTURA E SOCIEDADE MESTRADO INTERINSTITUCIONAL - MINTER UNIVERSIDADE FEDERALDA BAHIA PROGRAMA MULTIDISCIPLINAR DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CULTURA E SOCIEDADE MESTRADO INTERINSTITUCIONAL - MINTER EDITAL PARA SELEÇÃO DE ALUNOS REGULARES INGRESSO EM 2010.2 I. OBJETIVO:

Leia mais

GOVERNO DO ESTADO DO PARÁ FUNDAÇÃO AMAZÔNIA PARAENSE DE AMPARO À PESQUISA - FAPESPA SECRETARIA DE ESTADO DE CIÊNCIA, TECNOLOGIA E INOVAÇÃO - SECTI

GOVERNO DO ESTADO DO PARÁ FUNDAÇÃO AMAZÔNIA PARAENSE DE AMPARO À PESQUISA - FAPESPA SECRETARIA DE ESTADO DE CIÊNCIA, TECNOLOGIA E INOVAÇÃO - SECTI 1 GOVERNO DO ESTADO DO PARÁ FUNDAÇÃO AMAZÔNIA PARAENSE DE AMPARO À PESQUISA - FAPESPA SECRETARIA DE ESTADO DE CIÊNCIA, TECNOLOGIA E INOVAÇÃO - SECTI EDITAL N 005/2012 - do I PRÊMIO PARAENSE DE JORNALISMO

Leia mais

1.3 As segunda e terceira fases do processo seletivo serão aplicadas de forma consecutiva, no mesmo dia, conforme disposto no item 7.1.2 abaixo.

1.3 As segunda e terceira fases do processo seletivo serão aplicadas de forma consecutiva, no mesmo dia, conforme disposto no item 7.1.2 abaixo. EDITAL 14 DE JULHO DE 2015 PÁGINA 1 EMBAIXADA DO BRASIL EM PRETÓRIA EDITAL N O. 08/2015 1. COMISSÃO DE SELEÇÃO A Comissão de Seleção, designada pelo Embaixador do Brasil em Pretória por meio da Portaria

Leia mais

Trabalho Bimestral PRODUÇÃO GRÁFICA TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO INFORMÁTICA BÁSICA

Trabalho Bimestral PRODUÇÃO GRÁFICA TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO INFORMÁTICA BÁSICA PRODUÇÃO GRÁFICA TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO INFORMÁTICA BÁSICA Professor Rodolfo Nakamura Trabalho Bimestral PARTE 1 APRESENTAÇÃO GERAL O trabalho bimestral visa concentrar e avaliar a fixação das atividades

Leia mais

Manual de Solicitação Eletrônica de Trabalhos à Consultoria Legislativa

Manual de Solicitação Eletrônica de Trabalhos à Consultoria Legislativa Câmara dos Deputados Diretoria Legislativa Consultoria Legislativa Manual de Solicitação Eletrônica de Trabalhos à Consultoria Legislativa Gilma de Fátima Araújo e Luiz Cláudio Pires dos Santos 1ª edição

Leia mais

NORMAS PARA APRESENTAÇÃO DE ARTIGOS

NORMAS PARA APRESENTAÇÃO DE ARTIGOS VI CONGRESSO INTERNACIONAL DE DIREITO AMBIENTAL Macapá-AP, 17 a 19 de Setembro de 2014. NORMAS PARA APRESENTAÇÃO DE ARTIGOS A atenção às normas do presente Regulamento é condição essencial para a seleção

Leia mais

MANUAL PARA ELABORAÇÃO DE PROJETO DE PESQUISA

MANUAL PARA ELABORAÇÃO DE PROJETO DE PESQUISA MANUAL PARA ELABORAÇÃO DE PROJETO DE PESQUISA Considera-se projeto de pesquisa um plano ou uma orientação metódica acerca dos passos que devem ser executados na pesquisa de forma concreta, atendendo a

Leia mais

NORMAS DE PUBLICAÇÃO DA REVISTA ELETRÔNICA SALA DE AULA EM FOCO

NORMAS DE PUBLICAÇÃO DA REVISTA ELETRÔNICA SALA DE AULA EM FOCO 1 NORMAS DE PUBLICAÇÃO DA REVISTA ELETRÔNICA SALA DE AULA EM FOCO Sumário 1. POLÍTICA EDITORIAL... 1 1.1. FOCO E ESCOPO... 1 1.2. PÚBLICO ALVO... 2 1.3. SUBMISSÃO DOS ARTIGOS... 2 1.4. AVALIAÇÃO POR PARES...

Leia mais

VII SEMANA ACADÊMICA INTEGRADA dos Cursos de Administração, Enfermagem e Psicologia 28 a 30 de outubro de 2015

VII SEMANA ACADÊMICA INTEGRADA dos Cursos de Administração, Enfermagem e Psicologia 28 a 30 de outubro de 2015 VII SEMANA ACADÊMICA INTEGRADA dos Cursos de Administração, Enfermagem e Psicologia 28 a 30 de outubro de 2015 NORMAS PARA ENVIO E APRESENTAÇÃO DE TRABALHOS CIENTÍFICOS Os trabalhos a serem submetidos

Leia mais

EDITAL DE SELEÇÃO DE CANDIDATOS AO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO NÍVEL DE ESPECIALIZAÇÃO LATO SENSU EM SAÚDE PÚBLICA Nº 01/2014

EDITAL DE SELEÇÃO DE CANDIDATOS AO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO NÍVEL DE ESPECIALIZAÇÃO LATO SENSU EM SAÚDE PÚBLICA Nº 01/2014 EDITAL DE SELEÇÃO DE CANDIDATOS AO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO NÍVEL DE ESPECIALIZAÇÃO LATO SENSU EM SAÚDE PÚBLICA Nº 01/2014 O Diretor Geral da Escola de Saúde Pública do Estado de Minas Gerais, no uso de

Leia mais