BPM (Business Process Management)

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "BPM (Business Process Management)"

Transcrição

1 Instituto Superior de Economia e Gestão Ano lectivo 2007/2008 Cadeira de Tecnologias de Informação BPM (Business Process Management) Planeamento e Controlo de Gestão Baseados nos Processos de Negócio José Camacho

2 Agenda 1 Conceito de BPM (Business Process Management) Estratégia Desenho Implementação Monitorização e Controlo 2 Sumário

3 Conceito de BPM (Business Process Management) BPM (Gestão de Processos de Negócio) É um conceito que relaciona a gestão do negócio com as tecnologias de informação, orientado pela melhoria dos processos de negócio das organizações, através do uso de métodos, técnicas e ferramentas para modelar, publicar, implementar e controlar processos operacionais envolvendo pessoas, aplicações, documentos e outras fontes de informação. EA (Arquitectura de Empresa) Descrição integrada de uma estrutura (standards) de empresa, que consiste numa combinação entre processos, sistemas aplicacionais e infraestrutura tecnológica, alinhados com os objectivos corporativos e orientação estratégica.

4 Arquitectura de Empresa Envolvente Externa Missão e Visão Objectivos 1-Estratégia Análise de FCS Análise SWOT Balanced Scorecard Change Management Nova Arquitectura S.I. Arquitectura de S.I. (integração dimensional) Cadeia de Valor & Processos Estrutura Organizacional 2-Desenho Competências (e Motivações) Classes de Dados Serviço Serviço SOA Service Oriented Architecture Portfólio de Aplicações Serviço 3-Implementação Infraestrutura Tecnológica Key Performance Indic. Monitoriz. Performance 4-Controlo Governance (ISO, Sox, Risco, ITIL,...) Gestão Benefícios TI Fonte: Adaptado Mário Caldeira (2006)

5 Arquitectura de Empresa

6 Arquitectura de Empresa ARIS Controlling Platform ARIS Strategy Platform Testes Monitorização Gestão Escalonamento Modelo de Procedimentos e Ferramentas para Implementação Sistema de Gestão de Risco ARIS BSC Definição de Objectivos / KPI s Medição de processos críticos Automatização de testes ARIS Design Platform ARIS Implementation Platform Carregamento e manutenção de dados Procedimentos standard baseados em SOA, BPEL, P2A, Modelação Processos e controlo de risco Publicação processos

7 Agenda 1 Conceito de BPM (Business Process Management) Estratégia Desenho Implementação Monitorização e Controlo 2 Sumário

8 Desafios de Implementação de um S.I. >> Uma implementação de um Sistema de Informação sem um alinhamento estratégico claro, pode conduzir a investimentos desadequados e sem retorno <<? Sem uma definição clara dos objectivos da organização, como é possível determinar quais os processos a implementar? Sem uma arquitectura de processos adequada, como é possível identificar quais as necessidades do S.I. a implementar? Como posso medir o impacto de uma implementação S.I. nos objectivos do negócio? >> As respostas a estas questões, requerem uma gestão integrada das diversas perspectivas de Arquitectura de Empresa (Objectivos, Processos, Sistemas Aplicacionais, etc.)<<

9 Planeamento Estratégico Missão: A Declaração de Missão deverá explicitar a razão de existência da organização e o seu propósito. A definição da Missão estabelece os limites que servem de orientação à formulação da estratégia, estabelece padrões para o desempenho da organização em múltiplas dimensões e sugere padrões para o comportamento ético dos Colaboradores.

10 Planeamento Estratégico Visão: A Declaração de Visão deverá explicitar o que a Organização pretende ser. A definição da Visão estabelece os objectivos de longo prazo e mais gerais, descrevendo as aspirações para o futuro e gerando inspiração nos Colaboradores.

11 Planeamento Estratégico Balanced ScoreCard (BSC): Trata-se de definir/rever as diferentes vertentes que configuram a análise dos resultados da Organização. As Perspectivas Relevantes da Actividade definem os objectivos estratégicos, os seus indicadores e metas, bem como os Projectos Estratégicos. A metodologia BSC distingue dois grandes tipos de perspectivas: externas e internas. Nas perspectivas externas englobam-se as perspectivas Financeira e s/mercado. Nas perspectivas internas, consideram-se Processos Internos e Empregados&Aprendizagem. Contudo, estas quatro perspectivas tradicionais podem evoluir e, em alguns casos, ser adaptadas a aspectos mais relevantes da actividade da Organização.

12 Mapa Estratégico Expandir Crédito Consumo via e-business Aumentar vendas crédito consumo Aumentar retorno do investimento Baixar custos produtos 01 Financeira / Valor Expandir crédito consu... Ampliar portfolio de produtos... Aumentar satisfação cliente 02 s / Mercado Aumentar eficiência no Marketing... Optimizar e-processos Aumentar Eficiência dos Processos Optimizar integração de processos 03 Processos Aumentar motivação empregados Aumentar conhecimento dos processos 04 Empregados / Aprendizagem

13 Sistema de Monitorização Estratégico Aumentar vendas crédito consumo Definição de KPI s (Key Performance Indicators) Equipa Executiva Total Vendas Total Vendas Weighting: 0,3 Weighting: 0,3 Weighting: 0,4 Número contactos clientes Contactos / s s / Contractos Plan value: Plan value: 30 Plan value: 50 R/3 SD

14 Agenda 1 Conceito de BPM (Business Process Management) Estratégia Desenho Implementação Monitorização e Controlo 2 Sumário

15 O que é um Processo? Na terminologia empresarial, um processo é uma sequência lógica de actividades de negócio, que quando executadas produzem um output específico, alinhado estratégicamente ; August-Wilhelm Scheer Deste modo, é verdade que um processo é uma sequência de actividades/tarefas, mas o inverso nem sempre é verdadeiro (se não houver alinhamento estratégico). Um processo é descrito por um nome e 4 variáveis básicas que determinam os seus limites: Finalidade: porque existe, para que serve, em que condições? Expressa a razão principal porque existe o processo/actividade e determina a natureza do output principal. Inputs: o que é transformado ou consumido...? São todos os elementos que se transformam ou utilizam na execução do processo/actividade ou formam parte do output do mesmo. Outputs: o que obtém, para quem? As saídas principias são o resultadodo processo/actividade que cumpre a finalidade do mesmo. Na terminologia empresarial o valor do output deve superar a soma dos custos dos inputs mais os custos dos recursos envolvidos. Recursos: os meios necessários para proceder à transformação/consumo...? São os elementos necessários para que o processo se possa desenvolver nas condições especificadas.

16 Identificação de Processos Chave para Execução da Estratégia Processos de Gestão Aumentar Vendas Crédito Consumo Expandir Crédito Consumo via e-business Aumentar Retorno do Investimento Processos de Gestão 01 Financeira / Valor Expandir Crédito Consum... Ampliar o portfolio de produtos... Aumentar satisfação cliente Baixar custos produto CLIENTE Concepção e Marketing Processo de Vendas Gestão de Contratos Processos de Suporte ao Processos 02 s / Mercado Aumentar eficiência no Marketing... Optimizar e-processos Baixar custos processos Optimizar Integração entre... Processos Primários 03 Processos Aumentar Motivação Empregados Especificar Processo de Conhecimento Processos de Suporte 04 Empregados / Aprendizagem Novos parceiros Marketing Iniciar projecto Data wharehouse Expandir gestão conhecimento Novos parceiros tecnológicos Processos de Suporte 05 Parceiros e inovação KPI s Total Vendas Nº contactos clientes Contactos/ propostas s / Contratos

17 Desenho Cadeia de Valor & Processos Negócio Processos de Gestão Processos de Gestão >> EPC (Event Process Chain) como exemplo de uma ÚNICA linguagem comum << CLIENTE Concepção e Marketing Processo de Vendas Gestão de Contratos Processos de Suporte ao Processos Processos Primários Processos de Suporte Processos de Suporte Não aceite Interessado em Elaborar / apresentar proposta Necessidade contactar cliente Contactar cliente Regra Decisão aceite Elaborar contrato Evento Função Não interessado em proposta

18 Desdobramento de Objectivos pelos Processos >> Possibilidade de localizar os indicadores de performance no contexto do processo << KPI Contactos / s KPI Nº contactos clientes Interessado Em Elaborar / apresentar proposta Não aceite KPI s / Contratos Necessidade contactar cliente Contactar cliente aceite Elaborar contrato Não interessado em proposta

19 Associação de Recursos aos Processos Negócio >> Possibilidade de localizar dados, aplicações, no contexto do processo << KPI Contactos / s KPI Nº contactos clientes Dados cliente Interessado Em Dados proposta Elaborar / apresentar proposta Não aceite KPI s / Contratos Necessidade contactar cliente Contactar cliente Sistema CRM aceite Elaborar contrato Sistema ERP Sistema CRM Não interessado em proposta

20 >> Possibilidade de localizar recursos humanos no contexto do processo << Associação de Recursos aos Processos Negócio KPI Contactos / s Comercial Maria KPI Nº contactos clientes Dados cliente Técnica José Interessado Em Dados proposta Elaborar / apresentar proposta Não aceite KPI s / Contratos Necessidade contactar cliente Contactar cliente Sistema CRM aceite Elaborar contrato Sistema CRM Não interessado em proposta Back-Office João Sistema ERP

21 Associação de Recursos aos Processos Negócio >> Possibilidade de localizar o conhecimento exigido no contexto do processo << KPI Contactos / s Comercial Maria KPI Nº contactos clientes Dados cliente Técnica José Interessado Em Dados proposta Elaborar / apresentar proposta Não aceite KPI s / Contratos Necessidade contactar cliente Contactar cliente Tipo Conhecimento (Téc. Negócio) Sistema CRM aceite Elaborar contrato Tipo Conhecimento (Téc. Vendas) Sistema CRM Não interessado em proposta Back-Office João Sistema ERP

22 Associação de Conhecimento aos Recursos >> Quem sabe o quê dentro da Organização << Tipo Conhecimento (Téc. Negócio) Tipo Conhecimento (Téc. Vendas) Tipo Conhecimento (Téc. Negócio) Interessado Em Elaborar / apresentar proposta José Maria José As funções requerem competências com diferentes graus: baixo, médio, elevado As pessoas têm competências com diferentes graus: baixo, médio, elevado Permite uma Gestão de Competências mais Eficaz

23 Método de Integração ARIS Gestão Top Técnica Comercial Avaliação Org 5 Risco Contas ET 1 Contacto ET 2 Necessidade contactar cliente E 1 Processar vendas F 1 Contacto Contactar ET 2 cliente F 11 Comercial Contactar cliente F 11 Elaborar proposta F 12 ET 3 contactado E 2 Elaborar proposta F 12 Configuração técnica F 111 Avaliação técnica F 112

24 Planeamento Estratégico e Arquitectura S.I. Envolvente Externa Missão e Visão Objectivos Balanced Scorecard Análise de FCS Análise SWOT Change Management Nova Arquitectura S.I. Arquitectura de S.I. (integração dimensional) Cadeia de Valor & Processos Estrutura Organizacional Competências (e Motivações) Classes de Dados Serviço Serviço Serviço SOA Service Oriented Architecture Portfólio de Aplicações Infraestrutura Tecnológica Key Performance Indic. Monitoriz. Performance Governance (ISO, Sox, Risco, ITIL,...) Gestão Benefícios TI Fonte: Adaptado Mário Caldeira (2006)

25 Agenda 1 Conceito de BPM (Business Process Management) Estratégia Desenho Implementação Monitorização e Controlo 2 Sumário

26 Dos Processos de Negócio á Implementação TI Descrição Process description Processos Serviços e Funções de System functions Sistema and services IT landscape e descrições IT landscape IT dos sistemas system TI descriptions Especificar os requisitos de um processo Identificar funções de sistema de acordo com requisitos do processo Alinhar os requisitos do processo e as funções de sistema

27 Especificar Requisitos do Processo Não Interessado em Necessidade Contactar Contactar Não Aceita Interessado em Elaborar / Apresentar Aceita

28 Identificar Funções de Sistema (CRM) Diagrama de Fluxos de Dados Contacto / Oferta D1 s Dados / Resposta Oferta 1 Comercial Manter D2 Contactos de Resposta Oferta 2 Comercial 3 Técnica Registar Registar Contactos D3

29 Dos Processos de Negócio á Implementação TI Sistema Aplicacional CR M Modelo de Dados Funções de Sistema Contactos Manter Registar Contactos de s Registar

30 Inventariação das TI (Aplicações e Funções de Sistema) Portfólio de Sistemas Sistema CRM Sistema ERP Manter Registar Contrato Regis tar Contactos de s... Registar... Funções de Sistema

31 Dos Processos de Negócio á Implementação TI Comercial Não Interessado em Técnica Domínio dos Processos de Negócio Necessidade Contactar Contactar Não Aceita Alinhar requisitos do processo com funções de sistema Interessado em Elaborar / Apresentar Aceita Manter Registar Contactos de s Sistema CRM Registar Sistema CRM Domínio das Aplicações (TI Tecnologias de Informação)

32 Agenda 1 Conceito de BPM (Business Process Management) Estratégia Desenho Implementação Monitorização e Controlo 2 Sumário

33 Desafios de Controlo dos Processos de Negócio >> Processos que não são medidos, não podem ser optimizados <<? O retorno dos investimentos em SI/TI está a acontecer conforme o esperado? O nível de satisfação dos clientes aumentou de acordo com as metas previstas? O índice de performance da organização melhorou com os SI/TI? O índice de conhecimento das pessoas relativamente á organização aumentou? >> Ferramentas de Gestão de Performance podem clarificar como os Processos estão a funcionar na realidade <<

34 Extração e Tratamento de Dados e Processos Process Warehouse Criar Oferta Recolha dados encomenda Criar nota entrega Compilar factura Validar Pagamento Pessoal de campo Pessoal escritório Expedição Financeira Financeira Documento / workflow Cadeia processual inquérito Oferta Expedição Interligação Nota entrega Facturação Pagamento recibo Tempo Adaptador Adaptador Adaptador CRM ERP FI/CO

35 01 Finances 02 Customers 03 Processes 04 Employ ee 05 Partners and innovation Expand national consumer banking... Eff icient marketing and sale... New marketing partners High sales growth Broad range of products/services High employ ee motivation Data warehouse setup Expand consumer banking via e-business High equity return High customer satisfaction Optimized e-processes Specific process knowledge Expand knowledge management Low product costs Low process costs Optimal integration in existin... New technology partners Análise Causa-Efeito Indicador Análise Tendência Coeficientes influência O quê?" Como?" Quem?" Porquê?" Alocação recursos Cadeia incidentes

36 Agenda 1 Conceito de BPM (Business Process Management) Estratégia Desenho Implementação Monitorização e Controlo 2 Sumário

37 Sumário 1- É melhor ter um Mau processo do que Nenhum Processo 2- Um Mau processo pode sempre tornar-se num Bom Processo 3- Um Bom Processo pode ser Sempre Melhorado

BALANCED SCORECARD NA ABORDAGEM POR PROCESSOS

BALANCED SCORECARD NA ABORDAGEM POR PROCESSOS APLICAÇÃO DA METODOLOGIA BALANCED SCORECARD NA ABORDAGEM POR PROCESSOS -1- AGENDA Quem somos Modelo de Gestão Gestão por Objectivos - BSC Conclusões e Resultados -2- AGENDA Quem somos -3- O QUE FAZEMOS

Leia mais

Balanced Scorecard e a

Balanced Scorecard e a Sessões de Trabalho Balanced Scorecard e a Execução Estratégica Programa de 3 dias de Treino Inscrições até 31/Março = 375 + IVA Inscrições até 11/Abril = 750 + IVA Local: Armazém SYV (em Lisboa, na Junqueira)

Leia mais

GTI Governança de TI

GTI Governança de TI GTI Governança de TI Planejamento, implantação e gerenciamento da Governança de TI Governança de TI FERNANDES & ABREU, cap. 5 1 Implantação empreendimento de longo prazo. Requisitos básicos: Liderança

Leia mais

Dinamizar e Implementar a Estratégia Gabriel Silva

Dinamizar e Implementar a Estratégia Gabriel Silva Dinamizar e Implementar a Estratégia Gabriel Silva Tempos de Mudança Mercados Tecnologia Pessoas Papel do Estado Escassez de Recursos Úteis no Longo Prazo Desdobramento dos Recursos 1 Missão Porque é que

Leia mais

PARTE I GESTÃO DA PERFORMANCE E BALANCED SCORECARD CONCEITOS E INSTRUMENTOS

PARTE I GESTÃO DA PERFORMANCE E BALANCED SCORECARD CONCEITOS E INSTRUMENTOS Índice PREFÁCIO 15 PARTE I GESTÃO DA PERFORMANCE E BALANCED SCORECARD CONCEITOS E INSTRUMENTOS CAPÍTULO 1 INTRODUÇÃO À GESTÃO DA PERFORMANCE 1. Medir a performance 24 2. Gerir a performance 27 3. Contexto

Leia mais

MODELOS DE MELHORES GOVERNANÇA DE T.I. PRÁTICAS DA. Prof. Angelo Augusto Frozza, M.Sc. http://about.me/tilfrozza

MODELOS DE MELHORES GOVERNANÇA DE T.I. PRÁTICAS DA. Prof. Angelo Augusto Frozza, M.Sc. http://about.me/tilfrozza MODELOS DE MELHORES PRÁTICAS DA GOVERNANÇA DE T.I. Prof. Angelo Augusto Frozza, M.Sc. http://about.me/tilfrozza MELHORES PRÁTICAS PARA T.I. MODELO DE MELHORES PRÁTICAS COBIT Control Objectives for Information

Leia mais

Áreas de actuação: Recrutamento e Selecção Outplacement Formação e Desenvolvimento Pessoal Assessment Centre Consultoria

Áreas de actuação: Recrutamento e Selecção Outplacement Formação e Desenvolvimento Pessoal Assessment Centre Consultoria Liderança, Estratégia e BalancedScorecard Áreas de actuação: Recrutamento e Selecção Outplacement Formação e Desenvolvimento Pessoal Assessment Centre Consultoria Escritórios : Portugal - 8 escritórios

Leia mais

Liderança, Estratégia e Balanced Scorecard

Liderança, Estratégia e Balanced Scorecard Liderança, Estratégia e Balanced Scorecard Áreas de actuação: Recrutamento e Selecção Outplacement Formação e Desenvolvimento Pessoal Assessment Centre Consultoria Escritórios : Portugal - 8 escritórios

Leia mais

B U S I N E S S I M P R O V E M E N T

B U S I N E S S I M P R O V E M E N T BUSINESS IMPROVEMENT A I N D E V E QUEM É A Indeve é uma empresa especializada em Business Improvement, composta por consultores com uma vasta experiência e com um grande conhecimento do mundo empresarial

Leia mais

Balanced Scorecard e a Gestão por Competências

Balanced Scorecard e a Gestão por Competências Balanced Scorecard e a Gestão por Competências ELEVUS O QUE FAZEMOS *Áreas de actuação: *Recrutamento e Selecção *Outplacement *Formação e Desenvolvimento Pessoal *Assessment Centre *Consultoria ELEVUS

Leia mais

Sílvia Pereira Marketing e Comunicação Joana Santos SI de Gestão Estratégica

Sílvia Pereira Marketing e Comunicação Joana Santos SI de Gestão Estratégica Sílvia Pereira Marketing e Comunicação Joana Santos SI de Gestão Estratégica www.quidgest.com quidgest@quidgest.com Quem somos Desenvolvemos SI desde 1988 Trabalhamos com Grandes Empresas e Organismos

Leia mais

Directores Comerciais

Directores Comerciais Produzido e desenvolvido pelo Sociser empresa 100% Angolana, partner do iir Cursos para Gestão Competitiva 1 e Inovadora Como planificar, controlar e tirar o máximo rendimento da sua EQUIPA de VENDAS 2

Leia mais

TENDÊNCIAS DE PROJECTOS DE IT EM PORTUGAL

TENDÊNCIAS DE PROJECTOS DE IT EM PORTUGAL TENDÊNCIAS DE PROJECTOS DE IT EM PORTUGAL Estudo Infosistema 4º trimestre de 2014 OBJECTIVO DO ESTUDO Objectivo: Analisar as tendências de projectos de IT em Portugal Período em análise: 4º Trimestre de

Leia mais

A gestão de processos de negócio: conceitos e ferramentas BPM

A gestão de processos de negócio: conceitos e ferramentas BPM FACULDADE DE LETRAS DA UNIVERSIDADE DO PORTO A gestão de processos de negócio: conceitos e ferramentas BPM Trabalho realizado por: Ana Luisa Veiga Filipa Ramalho Doutora Maria Manuela Pinto GSI 2007 AGENDA:

Leia mais

SISTEMAS DE GESTÃO DA QUALIDADE SEGUNDO OS REQUISITOS DA NORMA ISO 9001:2008

SISTEMAS DE GESTÃO DA QUALIDADE SEGUNDO OS REQUISITOS DA NORMA ISO 9001:2008 SISTEMAS DE GESTÃO DA QUALIDADE SEGUNDO OS REQUISITOS DA NORMA ISO 9001:2008 Fernando Teixeira de Abreu, engº Consultor Sénior Iberogestão Jornada da Qualidade para a Administração Pública - UCRE Cabo

Leia mais

Interact Solutions Apresentação do SA-Performance Manager. Por: Anderson Pereira Diretor de Negócios Unidade Excellence

Interact Solutions Apresentação do SA-Performance Manager. Por: Anderson Pereira Diretor de Negócios Unidade Excellence Interact Solutions Apresentação do SA-Performance Manager Por: Anderson Pereira Diretor de Negócios Unidade Excellence Interact Group Fundação: agosto / 1999 80 Colaboradores diretos 85 Colaboradores nas

Leia mais

Sistemas de Informação na Organização

Sistemas de Informação na Organização Sistemas de Informação na Organização Tipos de Sistemas de Informação TPS, KMS, MIS, DSS, ESS Perspectiva funcional dos SI Exemplos Perspectiva dos processos de negócio CRM SCM ERP Sistemas de Informação

Leia mais

Gestão do Valor Tecnológico

Gestão do Valor Tecnológico Maison do Conhecimento Grupo ECC Gestão do Valor Tecnológico A Tecnologia Gerenciada como Ativo CONFIDENCIAL Sobre o Grupo ECC www.grupoecc.com.br O grupo é formado por empresas de consultoria, tecnologia,

Leia mais

Qualider Consultoria e Treinamento Instrutor: José Roberto

Qualider Consultoria e Treinamento Instrutor: José Roberto BALANCED SCORECARD Qualider Consultoria e Treinamento Instrutor: José Roberto Por que a Implementação da Estratégia torna-se cada vez mais importante? Você conhece a Estratégia de sua Empresa? Muitos líderes

Leia mais

Balanced Scorecard BSC. O que não é medido não é gerenciado. Medir é importante? Também não se pode medir o que não se descreve.

Balanced Scorecard BSC. O que não é medido não é gerenciado. Medir é importante? Também não se pode medir o que não se descreve. Balanced Scorecard BSC 1 2 A metodologia (Mapas Estratégicos e Balanced Scorecard BSC) foi criada por professores de Harvard no início da década de 90, e é amplamente difundida e aplicada com sucesso em

Leia mais

Criando Processos de Negócio com Sucesso

Criando Processos de Negócio com Sucesso Criando de Negócio com Sucesso Professor Michael Rosemann, PhD, MBA Roger Tregear, Leonardo Consulting Business Process Management Group Disciplina de Sistemas da Informação Faculdade de Ciência e Tecnologa

Leia mais

SCORE INNOVATION Corporate Profile Luanda Maputo, 1 de Novembro 2012

SCORE INNOVATION Corporate Profile Luanda Maputo, 1 de Novembro 2012 New Standards for Business SCORE INNOVATION Corporate Profile Luanda Maputo, 1 de Novembro 2012 Quem Somos A SCORE INNOVATION é uma empresa que tem como objecto social a prestação de serviços em consultoria,

Leia mais

Consultoria Estratégica. PMSolution Consultoria

Consultoria Estratégica. PMSolution Consultoria PMSolution Consultoria Nossa Atuação Cliente Governança Corporativa Governança de TI Áreas de Conhecimento Consultoria Estratégica Gerenciamento de Projetos e Portfólio Tecnologia Capacitação Confidencial

Leia mais

Cadeira de Tecnologias de Informação. Conceitos fundamentais de sistemas e tecnologias de informação e de gestão do conhecimento.

Cadeira de Tecnologias de Informação. Conceitos fundamentais de sistemas e tecnologias de informação e de gestão do conhecimento. Cadeira de Tecnologias de Informação Ano lectivo 2007/08 Conceitos fundamentais de sistemas e tecnologias de informação e de gestão do conhecimento. Prof. Mário Caldeira Profª Ana Lucas Dr. Fernando Naves

Leia mais

Treinamento BPM e BPMN Apresentação Executiva

Treinamento BPM e BPMN Apresentação Executiva Apresentação Executiva 1 O treinamento de BPM e BPMN tem como premissa capacitar o aluno a captar as atividades relativas a determinado processo da empresa, organizá-las, gerando um fluxograma de atividades/processos,

Leia mais

OGFI 2015 Group Project BAI07 Primeiro Relatório

OGFI 2015 Group Project BAI07 Primeiro Relatório Primeiro Relatório 62473 Pedro Vasconcelos 63563 Francisco Ferreira 73440 Filipe Correia 74211 Carolina Ferreirinha 82665 Nkusu Quivuna Sumário Este documento é o primeiro relatório de um projeto de análise

Leia mais

GERENCIAMENTO DE PROCESSOS DE NEGÓCIO. Professor: Rômulo César romulodandrade@gmail.com www.romulocesar.com.br

GERENCIAMENTO DE PROCESSOS DE NEGÓCIO. Professor: Rômulo César romulodandrade@gmail.com www.romulocesar.com.br GERENCIAMENTO DE PROCESSOS DE NEGÓCIO Professor: Rômulo César romulodandrade@gmail.com www.romulocesar.com.br Guia de Estudo Vamos utilizar para a nossa disciplina de Modelagem de Processos com BPM o guia

Leia mais

Governança de TI. ITIL v.2&3. parte 1

Governança de TI. ITIL v.2&3. parte 1 Governança de TI ITIL v.2&3 parte 1 Prof. Luís Fernando Garcia LUIS@GARCIA.PRO.BR ITIL 1 1 ITIL Gerenciamento de Serviços 2 2 Gerenciamento de Serviços Gerenciamento de Serviços 3 3 Gerenciamento de Serviços

Leia mais

1 Descrição sumária. Varajão, Trigo e Barroso, O Gestor de Sistemas de Informação nas grandes empresas portuguesas, Computerworld, 2011.

1 Descrição sumária. Varajão, Trigo e Barroso, O Gestor de Sistemas de Informação nas grandes empresas portuguesas, Computerworld, 2011. O Gestor de Sistemas de Informação nas grandes empresas portuguesas João Varajão 1, António Trigo 2, João Barroso 1 1 Escola de Ciências e Tecnologia, Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro 2 Instituto

Leia mais

Business Intelligence & Performance Management

Business Intelligence & Performance Management Como medir a evolução do meu negócio? Tenho informação para esta decisão? A medição da performance é uma dimensão fundamental para qualquer actividade de gestão. Recorrentemente, qualquer gestor vê-se

Leia mais

Escritórios de Barcelona: 143 Sobreático 08011 Barcelona - Espanha Telefone +34 937 247 477

Escritórios de Barcelona: 143 Sobreático 08011 Barcelona - Espanha Telefone +34 937 247 477 Perfil Corporativo Configuração, Implementação e Integração de Sistemas Aplicacionais de Negócio: Fundada em 1989 Presença directa em Portugal e Espanha +100 Clientes de média/grande dimensão, em vários

Leia mais

Projecto GTBC. leading excellence 1. Portugal: Espanha:

Projecto GTBC. leading excellence 1. Portugal: Espanha: Projecto GTBC Portugal: Edifício Taurus Campo Pequeno, 48 2º 1000-081 Lisboa Tel.: +351 217 921 920 Fax: +351 217 921 929 www.gtbc.pt info@gtbc.pt Espanha: CalleAtocha, 20, 2ªIzq 28012 Madrid Tel.: +34

Leia mais

NP EN ISO 9001:2008. 06 de Maio de 2008. Dulce Pacheco. Orador: Carla Pinto

NP EN ISO 9001:2008. 06 de Maio de 2008. Dulce Pacheco. Orador: Carla Pinto NP EN ISO 9001:2008 Principais alterações 06 de Maio de 2008 Dulce Pacheco Orador: Carla Pinto Local e Data: Coimbra, 30 Janeiro 2008 ISO 9001:2008 Principais alterações ç Motivações e processo de desenvolvimento

Leia mais

GESTÃO DAS INFORMAÇÕES DAS ORGANIZAÇÕES MÓDULO 11

GESTÃO DAS INFORMAÇÕES DAS ORGANIZAÇÕES MÓDULO 11 GESTÃO DAS INFORMAÇÕES DAS ORGANIZAÇÕES MÓDULO 11 Índice 1. Importância do ERP para as organizações...3 2. ERP como fonte de vantagem competitiva...4 3. Desenvolvimento e implantação de sistema de informação...5

Leia mais

Conceito. As empresas como ecossistemas de relações dinâmicas

Conceito. As empresas como ecossistemas de relações dinâmicas Conceito As empresas como ecossistemas de relações dinâmicas PÁG 02 Actualmente, face à crescente necessidade de integração dos processos de negócio, as empresas enfrentam o desafio de inovar e expandir

Leia mais

ISO/IEC 20000 DOIS CASOS DE SUCESSO DE CLIENTES QUALIWORK

ISO/IEC 20000 DOIS CASOS DE SUCESSO DE CLIENTES QUALIWORK ISO/IEC 20000 DOIS CASOS DE SUCESSO DE CLIENTES QUALIWORK A Norma ISO/IEC 20000:2011 Information technology Service management Part 1: Service management system requirements é uma Norma de Qualidade que

Leia mais

Gestão dos Níveis de Serviço

Gestão dos Níveis de Serviço A Gestão dos Níveis de Serviço (SLM) Os sistemas e tecnologias de informação e comunicação têm nas empresas um papel cada vez mais importante evoluindo, hoje em dia, para níveis mais elevados de funcionamento

Leia mais

K & M KNOWLEDGE & MANAGEMENT

K & M KNOWLEDGE & MANAGEMENT K & M KNOWLEDGE & MANAGEMENT Conhecimento para a ação em organizações vivas CONHECIMENTO O ativo intangível que fundamenta a realização dos seus sonhos e aspirações empresariais. NOSSO NEGÓCIO EDUCAÇÃO

Leia mais

Referencial técnico-pedagógico da intervenção

Referencial técnico-pedagógico da intervenção Referencial técnico-pedagógico da intervenção De seguida explicitamos os referenciais técnico-pedagógicos das fases do MOVE-PME que carecem de uma sistematização constituindo factores de diferenciação

Leia mais

Balanced Scorecard JAIME JOSÉ VELOSO

Balanced Scorecard JAIME JOSÉ VELOSO Balanced Scorecard JAIME JOSÉ VELOSO Wikipédia Balanced Scorecard (BSC) é uma metodologia de medição e gestão de desempenho desenvolvida pelos professores da Harvard Business School (HBS) Robert Kaplan

Leia mais

Criando Processos de Negócio com Sucesso

Criando Processos de Negócio com Sucesso Criando de Negócio com Sucesso Professor Michael Rosemann, PhD, MBA Roger Tregear, Leonardo Consulting Business Process Management Group Disciplina de Sistemas da Informação Faculdade de Ciência e Tecnologa

Leia mais

GTI Governança de TI

GTI Governança de TI GTI Governança de TI Modelos de Melhores Práticas e o Modelo de Governança de TI Governança de TI FERNANDES & ABREU, cap. 4 1 COBIT Control Objectives for Information and Related Technology. Abrangente

Leia mais

Casos de Estudo nacionais Traduzir a estratégia em ação com o BSC. Joana Miguel Santos

Casos de Estudo nacionais Traduzir a estratégia em ação com o BSC. Joana Miguel Santos Casos de Estudo nacionais Traduzir a estratégia em ação com o BSC Joana Miguel Santos Caso de Sucesso: Instituto de Gestão Financeira da Segurança Social Instituto de Gestão Financeira da Segurança Social

Leia mais

CIGAM SOFTWARE CORPORATIVA LTDA.

CIGAM SOFTWARE CORPORATIVA LTDA. CIGAM SOFTWARE CORPORATIVA LTDA. Raquel Engeroff Neusa Cristina Schnorenberger Novo Hamburgo RS Vídeo Institucional Estratégia Visão Missão Ser uma das 5 maiores empresas de software de gestão empresarial

Leia mais

1 Serviços de Planeamento e Transformação Empresarial Os Serviços de Planeamento e Transformação Empresarial da SAP incluem:

1 Serviços de Planeamento e Transformação Empresarial Os Serviços de Planeamento e Transformação Empresarial da SAP incluem: Descrição de Serviços Serviços de Planeamento e Empresarial Os Serviços de Planeamento e Empresarial fornecem serviços de consultoria e prototipagem para facilitar a agenda do Licenciado relativa à inovação

Leia mais

Pesquisa sobre Iniciativas em BPM

Pesquisa sobre Iniciativas em BPM Pesquisa sobre Iniciativas em BPM Apresentação...2 1. Perfil dos Participantes da Pesquisa...3 2. Como as organizações estão adotando o BPM... 4 2.1. Como as organizações entendem o conceito de BPM?...

Leia mais

Programa do Curso de Pós-Graduação Lato Sensu MBA em Business Intelligence (BI)

Programa do Curso de Pós-Graduação Lato Sensu MBA em Business Intelligence (BI) Programa do Curso de Pós-Graduação Lato Sensu MBA em Business Intelligence (BI) Apresentação O programa de Pós-graduação Lato Sensu em Business Intelligence Inteligência Competitiva tem por fornecer conhecimento

Leia mais

Wesley Vaz, MSc., CISA

Wesley Vaz, MSc., CISA Wesley Vaz, MSc., CISA Objetivos Ao final da palestra, os participantes deverão ser capazes de: Identificar e compreender os princípios do Cobit 5; Identificar e conhecer as características dos elementos

Leia mais

Optimização das organizações através da inovação das Tecnologias

Optimização das organizações através da inovação das Tecnologias Optimização das organizações através da inovação das Tecnologias Índice Quem Somos O SGI da AMBISIG; A implementação do SGIDI na AMBISIG; Caso de Sucesso. Quem somos? Somos uma empresa com 16 anos de experiência

Leia mais

A implementação de Sistemas de Gestão ISO27001 e ISO20000 Principais Etapas

A implementação de Sistemas de Gestão ISO27001 e ISO20000 Principais Etapas A implementação de Sistemas de Gestão ISO27001 e ISO20000 Principais Etapas Paulo Faroleiro ISO 20000 CC/LA, ISO 27001 CC/LA, CISA, CISM Certified Processes Auditor (BSI) Certified Project Manager C-Level

Leia mais

O projecto de sistemas de informação para as empresas de "Facility Services" e sua rede de parceiros

O projecto de sistemas de informação para as empresas de Facility Services e sua rede de parceiros PREMIVALOR O projecto de sistemas de informação para as empresas de "Facility Services" e sua rede de parceiros Rita Oliveira SEIDOR roliveira@seidor.es Telef.: +351 210 001 686 Lisboa, 6 Dezembro 2007

Leia mais

Contributo do Balanced Scorecard para Competitividade Sustentável das Organizações

Contributo do Balanced Scorecard para Competitividade Sustentável das Organizações Contributo do Balanced Scorecard para Competitividade Sustentável das Organizações Rita Almeida Dias 18 Setembro de 2012 2012 Sustentare Todos os direitos reservados Anterior Próximo www.sustentare.pt

Leia mais

CTCV. seminário. A Norma ISO 9001:2015 Nova estrutura e alterações previstas

CTCV. seminário. A Norma ISO 9001:2015 Nova estrutura e alterações previstas A Norma ISO 9001:2015 Nova estrutura e alterações previstas Seminário ISO 9001 e ISO 14001 Enquadramento e alterações nos referenciais de 2015 23 10 2014 Marta Ferreira Sistemas de Gestão e Melhoria 21

Leia mais

Como obter resultados em TI com gestão e governança efetivas direcionadas a estratégia do negócio?

Como obter resultados em TI com gestão e governança efetivas direcionadas a estratégia do negócio? Como obter resultados em TI com gestão e governança efetivas direcionadas a estratégia do negócio? A Tecnologia da Informação vem evoluindo constantemente, e as empresas seja qual for seu porte estão cada

Leia mais

Elementos das Organizações

Elementos das Organizações Elementos das Organizações > Teoria das Organizações > Teoria dos Sistemas (TGS) > Componentes das Organizações / Ambiente Recursos Estratégia Objectivos Estrutura Processos Regras Cultura Politica Pessoas

Leia mais

Informática. Conceitos Básicos. Informação e Sistemas de Informação. Aula 3. Introdução aos Sistemas

Informática. Conceitos Básicos. Informação e Sistemas de Informação. Aula 3. Introdução aos Sistemas Informática Aula 3 Conceitos Básicos. Informação e Sistemas de Informação Comunicação Empresarial 2º Ano Ano lectivo 2003-2004 Introdução aos Sistemas A Teoria dos Sistemas proporciona um meio poderoso

Leia mais

Sistema Integrado de Gestão do Instituto Politécnico de Portalegre. Joaquim Mourato Conferência Inovação no Ensino Superior - Évora 23/01/2007

Sistema Integrado de Gestão do Instituto Politécnico de Portalegre. Joaquim Mourato Conferência Inovação no Ensino Superior - Évora 23/01/2007 Sistema Integrado de Gestão do Instituto Politécnico de Portalegre Joaquim Mourato Conferência Inovação no Ensino Superior - Évora 23/01/2007 Objectivos e Metodologia Sistema Integrado de Gestão Análise

Leia mais

Estratégia Empresarial. Capítulo 4 Missão e Objectivos. João Pedro Couto

Estratégia Empresarial. Capítulo 4 Missão e Objectivos. João Pedro Couto Estratégia Empresarial Capítulo 4 Missão e Objectivos João Pedro Couto ESTRATÉGIA EMPRESARIAL Pensamento Estratégico Análise do Meio Envolvente Análise da Empresa Análise Estratégica Missão, Objectivos

Leia mais

João Telles Corrêa Filho Março de 2010

João Telles Corrêa Filho Março de 2010 Administrar é medir. Esta frase dá bem a medida da importância de contarmos com bons indicadores. Mas, afinal, o que são e porque usar medidas de desempenho? Estas medidas, também chamadas de indicadores

Leia mais

ANA obtém certificação em quatro áreas críticas com apoio da VP Consulting

ANA obtém certificação em quatro áreas críticas com apoio da VP Consulting ANA obtém certificação em quatro áreas críticas com apoio da VP Consulting Contactos: Isabel Fonseca Marketing VP Consulting Telefone: +351 22 605 37 10 Fax: +351 22 600 07 13 Email: info@vpconsulting.pt

Leia mais

ARQUITETURA CORPORATIVA PARA IMPLEMENTAÇÃO DE UMA ESTRATÉGIA DE GOVERNANÇA DE TI SUSTENTÁVEL. Março 2013

ARQUITETURA CORPORATIVA PARA IMPLEMENTAÇÃO DE UMA ESTRATÉGIA DE GOVERNANÇA DE TI SUSTENTÁVEL. Março 2013 ARQUITETURA CORPORATIVA PARA IMPLEMENTAÇÃO DE UMA ESTRATÉGIA DE GOVERNANÇA DE TI SUSTENTÁVEL Março 2013 Aitec Brasil Apresentação Institucional Missão Antecipar tendências, identificando, criando e desenvolvendo

Leia mais

SISTEMAS DEGESTÃO EMPRESARIAL

SISTEMAS DEGESTÃO EMPRESARIAL SISTEMAS DEGESTÃO EMPRESARIAL Imagine um mundo onde a sua Empresa se desenvolve facilmente, onde a cooperação entre os seus funcionários, as suas filiais e o seu ambiente de negócio é simples e em que

Leia mais

CONCORRÊNCIA E COMPETITIVIDADE

CONCORRÊNCIA E COMPETITIVIDADE CONCORRÊNCIA E COMPETITIVIDADE Capítulo 7 Balanced Scorecard ÍNDICE 7.1 O que é o Balanced Scorecard 7.2 Indicadores de Ocorrência 7.3 O Método 7.4 Diagramas de Balanced Scorecard Capítulo 7 - BALANCED

Leia mais

Inovação Organizacional MLEARN

Inovação Organizacional MLEARN Inovação Organizacional MLEARN Jorge.s.coelho@sisconsult.com 25 de Setembro de 2009 Algumas questões de resposta difícil! Qual o Retorno do investimento em TI? Qual o Retorno da Certificação ISO? Qual

Leia mais

Bibliografia. A Estratégia em Ação. Kaplan e Norton na Prática. David Norton e Robert Kaplan Editora Campus

Bibliografia. A Estratégia em Ação. Kaplan e Norton na Prática. David Norton e Robert Kaplan Editora Campus Balanced Scoredcard Bibliografia A Estratégia em Ação David Norton e Robert Kaplan Editora Campus Kaplan e Norton na Prática David Norton e Robert Kaplan Editora Campus GESTÃO ESTRATÉGICA GESTÃO DA QUALIDADE

Leia mais

A Gestão de Configurações suporte dos Sistemas de Informação

A Gestão de Configurações suporte dos Sistemas de Informação A Gestão de Configurações suporte dos Sistemas de Informação O funcionamento dos sistemas e tecnologias de informação e comunicação têm nas organizações um papel cada vez mais crítico na medida em que

Leia mais

Maratona CBOK Brasília, 23 de outubro de 2012

Maratona CBOK Brasília, 23 de outubro de 2012 Maratona CBOK Brasília, 23 de outubro de 2012 BPM CBOK Guia para o Gerenciamento de Processos de Negócios Corpo Comum de Conhecimento Modelagem de Processos de Negócios Modelagem de processos Análise de

Leia mais

EXECUTIVE GESTÃO ESTRATÉGICA. www.executivebc.com.br. 071 3341-4243 cursos@executivebc.com.br

EXECUTIVE GESTÃO ESTRATÉGICA. www.executivebc.com.br. 071 3341-4243 cursos@executivebc.com.br EXECUTIVE GESTÃO ESTRATÉGICA www.executivebc.com.br 071 3341-4243 cursos@executivebc.com.br GESTÃO ESTRATÉGICA O presente documento apresenta o modelo de implantação do sistema de gestão estratégica da

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA. Contratação de empresa para prestação de serviços de treinamento em Information Technology Infrastructure Library (ITIL)V3.

TERMO DE REFERÊNCIA. Contratação de empresa para prestação de serviços de treinamento em Information Technology Infrastructure Library (ITIL)V3. TERMO DE REFERÊNCIA Contratação de empresa para prestação de serviços de treinamento em 1. OBJETO Contratação de empresa para prestação de serviços de treinamento em conceitos da biblioteca ITIL V3 - Infrastructure

Leia mais

CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU ESPECIALIZAÇÃO MBA em Gestão Empresarial

CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU ESPECIALIZAÇÃO MBA em Gestão Empresarial CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU ESPECIALIZAÇÃO MBA em Gestão Empresarial Coordenação Acadêmica FGV : Professora Denize Dutra CÓDIGO NO SIGA : VIANNA0/TMBAGE*1225-14 1. ECONOMIA EMPRESARIAL Fundamentos

Leia mais

Melhores Práticas em TI

Melhores Práticas em TI Melhores Práticas em TI Referências Implantando a Governança de TI - Da Estratégia à Gestão de Processos e Serviços - 2ª Edição Edição - AGUINALDO ARAGON FERNANDES, VLADIMIR FERRAZ DE ABREU. An Introductory

Leia mais

Premier. Quando os últimos são os Primeiros

Premier. Quando os últimos são os Primeiros Premier Quando os últimos são os Primeiros Fundada em 1997 Especializada no desenvolvimento de soluções informáticas de apoio à Gestão e consultoria em Tecnologias de Informação. C3im tem como principais

Leia mais

Módulo 8 Gerenciamento de Nível de Serviço

Módulo 8 Gerenciamento de Nível de Serviço Módulo 8 Gerenciamento de Nível de Serviço Módulo 8 Gerenciamento de Nível de Serviço Todos os direitos de cópia reservados. Não é permitida a distribuição física ou eletrônica deste material sem a permissão

Leia mais

GESTÃO DE T.I. José Luís Padovan jlpadovan@gmail.com

GESTÃO DE T.I. José Luís Padovan jlpadovan@gmail.com GESTÃO DE T.I. José Luís Padovan jlpadovan@gmail.com Conceito Com base nas definições podemos concluir que: Governança de de TI TI busca o compartilhamento de de decisões de de TI TI com os os demais dirigentes

Leia mais

Sistema Integrado de Gestão. Evento IDC PME 24.set.2008. Carlos Neves

Sistema Integrado de Gestão. Evento IDC PME 24.set.2008. Carlos Neves Sistema Integrado de Gestão Evento IDC PME 24.set.2008 Carlos Neves Agradecimentos Carlos Neves - 24.Set.08 2 Sumário 1. Oportunidades e desafios para as PME 2. Os projectos SI/TI e a Mudança 3. Perspectivas

Leia mais

ILIMITADOS THE MARKETING COMPANY

ILIMITADOS THE MARKETING COMPANY ILIMITADOS THE MARKETING COMPANY _ CURRICULUM Composta por uma equipa multidisciplinar, dinâmica e sólida, Sobre Nós A ilimitados - the marketing company é uma empresa de serviços na área do Marketing,

Leia mais

A relação da Governança de TI (COBIT), Gerenciamento de Serviços (ITIL) e Gerenciamento de Projetos (PMI)

A relação da Governança de TI (COBIT), Gerenciamento de Serviços (ITIL) e Gerenciamento de Projetos (PMI) A relação da Governança de TI (COBIT), Gerenciamento de Serviços (ITIL) e Gerenciamento de Projetos (PMI) Os principais modelos de melhores práticas em TI Carlos Henrique Santos da Silva, MSc, PMP, ITIL

Leia mais

Workshop. Maturidade da Governação e Gestão de TI em Portugal. Inquérito Nacional 2011. Mário Lavado itsmf Portugal 11-10-2011

Workshop. Maturidade da Governação e Gestão de TI em Portugal. Inquérito Nacional 2011. Mário Lavado itsmf Portugal 11-10-2011 Workshop Maturidade da Governação e Gestão de TI em Portugal Inquérito Nacional 2011 Mário Lavado itsmf Portugal 11-10-2011 Agenda Apresentação dos resultados do estudo de maturidade do ITSM & ITGovervance

Leia mais

Análise e Conc epç ão de Sist em as de Inform aç ão,qwurgxomrj(qj GH5HTXLVLWRV. Adaptado a partir de Gerald Kotonya and Ian Sommerville

Análise e Conc epç ão de Sist em as de Inform aç ão,qwurgxomrj(qj GH5HTXLVLWRV. Adaptado a partir de Gerald Kotonya and Ian Sommerville Análise e Conc epç ão de Sist em as de Inform aç ão,qwurgxomrj(qj GH5HTXLVLWRV Adaptado a partir de Gerald Kotonya and Ian Sommerville 1 Objectivos Introduzir as noções requisitos de sistema e processo

Leia mais

Planejamento Estratégico de TIC

Planejamento Estratégico de TIC Planejamento Estratégico de TIC Tribunal de Justiça do Estado de Sergipe 2010 a 2014 Versão 1.1 Sumário 2 Mapa Estratégico O mapa estratégico tem como premissa de mostrar a representação visual o Plano

Leia mais

quidgest@quidgest.com www.quidgest.com

quidgest@quidgest.com www.quidgest.com A metodologia Balanced Scorecardem em Portugal Case Study Quidgest Ingeniería de Software Calle Floridablanca, 98 Ent. 1.º 2.ª 08015 Barcelona España tel. (+34) 616 893 789 quidgest@quidgest.com www.quidgest.com

Leia mais

Missão da AproCS. Apoiar o Desenvolvimento do Profissional de Customer Service e/ou Contact Center

Missão da AproCS. Apoiar o Desenvolvimento do Profissional de Customer Service e/ou Contact Center Missão da AproCS Apoiar o Desenvolvimento do Profissional de Customer Service e/ou Contact Center Valores e Princípios isenta e apartidária sem fins lucrativos promotora da excelência e qualidade coloca

Leia mais

Ementários. Disciplina: Gestão Estratégica

Ementários. Disciplina: Gestão Estratégica Ementários Disciplina: Gestão Estratégica Ementa: Os níveis e tipos de estratégias e sua formulação. O planejamento estratégico e a competitividade empresarial. Métodos de análise estratégica do ambiente

Leia mais

Documento de apresentação Software de Gestão e Avaliação da Formação

Documento de apresentação Software de Gestão e Avaliação da Formação Documento de apresentação Software de Gestão e Avaliação da Janeiro-2010 Para a boa gestão de pessoas, as empresas devem elevar o RH à posição de poder e primazia na organização e garantir que o pessoal

Leia mais

Módulo Introdutório Economia Social

Módulo Introdutório Economia Social PLANO CURRICULAR CONTEUDOS PROGRAMÁTICOS Módulo Introdutório Economia Social. As Organizações Sem Fins Lucrativos. demonstrações. definições. classificações. Um Sector com uma força económica significativa.

Leia mais

Business Process Management «A Era da Agilidade»

Business Process Management «A Era da Agilidade» Business Process Management «A Era da Agilidade» Carlos Vasconcelos Pre Sales Manager cvasconcelos@datacomp.pt www.datacomp.pt Lisboa, 30 de Setembro de 2008 Evento IDC: BPM & BI Centro Cultural de Belém

Leia mais

RECURSOS HUMANOS. Gestão Estratégica de. RH Management Series. www.iirangola.com LUANDA. Planificação Estratégica de Recursos Humanos

RECURSOS HUMANOS. Gestão Estratégica de. RH Management Series. www.iirangola.com LUANDA. Planificação Estratégica de Recursos Humanos RH Management Series Advanced Training for Strategic Advantage CICLO DE FORMAÇÃO EM Gestão Estratégica de RECURSOS HUMANOS Planificação Estratégica de Recursos s SEMINÁRIO Recrutamento, Selecção & Entrevista

Leia mais

1- Objetivo: Avaliar os conhecimentos adquiridos durante o auto treinamento de Governança de TI com as práticas da ITIL e Cobit.

1- Objetivo: Avaliar os conhecimentos adquiridos durante o auto treinamento de Governança de TI com as práticas da ITIL e Cobit. 1- Objetivo: Avaliar os conhecimentos adquiridos durante o auto treinamento de Governança de TI com as práticas da ITIL e Cobit. 2 Regras e Instruções: Antes de começar a fazer a avaliação leia as instruções

Leia mais

Gerenciamento de Processos de Negócio

Gerenciamento de Processos de Negócio Gestão por Processos By Alan Lopes +55 22-99202-0433 alopes.campos@mail.com http://prof-alan-lopes.weebly.com Gerenciamento de Processos de Negócio - Conceitos e fundamentos - Modelagem de processo - Análise

Leia mais

MAPA DE PROBLEMAS Administração de Sistemas de Informações Profa.MS.c. Cláudia Brazil Marques

MAPA DE PROBLEMAS Administração de Sistemas de Informações Profa.MS.c. Cláudia Brazil Marques MAPA DE PROBLEMAS Administração de Sistemas de Informações Profa.MS.c. Cláudia Brazil Marques Nr. DESCRIÇÃO DO PROBLEMA CONHECIMENTOS COMPE TÊNCIAS PERFIS AULA 1 Qual o comportamento da organização como

Leia mais

José António Oliveira. Novembro/2011

José António Oliveira. Novembro/2011 José António Oliveira Novembro/2011 Framework COBIT Visão do COBIT Aplicação do COBIT Governação das TI Aplicação em auditoria Exemplos de aplicação em auditoria Avaliação da continuidade do negócio Caracterização

Leia mais

Balanced Scorecard: como construir um mapa estratégico

Balanced Scorecard: como construir um mapa estratégico Balanced Scorecard: como construir um mapa estratégico (alguns segredos para o sucesso) Quidgest Portugal R. Castilho n.º 63 6.º 1250-068 Lisboa Portugal tel. (+351) 213 870 563 / 652 / 660 fax. (+351)

Leia mais

PROCESSOS PODEROSOS DE NEGÓCIO. ideiaconsultoria.com.br 43 3322 2110 comercial@ideiaconsultoria.com.br

PROCESSOS PODEROSOS DE NEGÓCIO. ideiaconsultoria.com.br 43 3322 2110 comercial@ideiaconsultoria.com.br PROCESSOS PODEROSOS DE NEGÓCIO ideiaconsultoria.com.br 43 3322 2110 comercial@ideiaconsultoria.com.br POR QUE ESCREVEMOS ESTE E-BOOK? Nosso objetivo com este e-book é mostrar como a Gestão de Processos

Leia mais

Proposta. Consultores de Alta Performance. Apresentação Executiva. Consultores de Alta Performance

Proposta. Consultores de Alta Performance. Apresentação Executiva. Consultores de Alta Performance Apresentação Executiva 1 O treinamento de tem como premissa capacitar os participantes para desenvolverem suas carreiras como consultores, com as melhores práticas e os requisitos que devem ser dominados

Leia mais

O GRUPO AITEC. Breve Apresentação

O GRUPO AITEC. Breve Apresentação O GRUPO AITEC Breve Apresentação Missão Antecipar tendências, identificando, criando e desenvolvendo empresas e ofertas criadoras de valor no mercado mundial das Tecnologias de Informação e Comunicação

Leia mais

A Gestão de Competências na Modernização da Administração Pública

A Gestão de Competências na Modernização da Administração Pública A Gestão de Competências na Modernização da Administração Pública 4º Congresso Nacional da Administração Pública 2 e 3 Novembro de 2006 José Alberto Brioso Pedro Santos Administração Pública Contexto Perspectiva

Leia mais

Business Process Management

Business Process Management 1 Business Process Management O imperativo da eficiência operacional Na constante busca pelo aumento da eficiência operacional e diminuição dos custos, as organizações procuram optimizar os seus processos

Leia mais

NP EN ISO 9001:2000 LISTA DE COMPROVAÇÃO

NP EN ISO 9001:2000 LISTA DE COMPROVAÇÃO NP EN ISO 9001:2000 LISTA DE COMPROVAÇÃO NIP: Nº DO RELATÓRIO: DENOMINAÇÃO DA EMPRESA: EQUIPA AUDITORA (EA): DATA DA VISITA PRÉVIA: DATA DA AUDITORIA: AUDITORIA DE: CONCESSÃO SEGUIMENTO ACOMPANHAMENTO

Leia mais

Qpoint Rumo à Excelência Empresarial

Qpoint Rumo à Excelência Empresarial 2 PRIMAVERA BSS Qpoint Rumo à Excelência Empresarial Numa era em que a competitividade entre as organizações é decisiva para o sucesso empresarial, a aposta na qualidade e na melhoria contínua da performance

Leia mais

Business Intelligence Framework

Business Intelligence Framework Business Intelligence Framework José Peixoto and Júlio Lopes Departamento de Informática Universidade do Minho Abstract. Este artigo apresenta os elementos que constituem a Framework desenvolvida, bem

Leia mais