TEORIA E PRÁTICA DO INVENTÁRIO JUDICIAL E EXTRAJ U DICIAL

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "TEORIA E PRÁTICA DO INVENTÁRIO JUDICIAL E EXTRAJ U DICIAL"

Transcrição

1 JOÃO ROBERTO PARIZATTO TEORIA E PRÁTICA DO INVENTÁRIO JUDICIAL E EXTRAJ U DICIAL 5. a Edição EDITORA PARIZATTO

2 Proibida a reprodução total ou parcial, por qualquer meio eletrônico, mecânico ou xerográfico, sem permissão expressa do editor, nos termos da Lei n.o 9.610, de 19 de fevereiro de TODOS OS DIREITOS DESTA PUBLICAÇÃO RESERVADOS À EDITORA IPARBZATTO A v JOAQUIM LOPES AGUILA, LEME-SP TELS E-1HAIL E MSN: Impresso no Brasil Printed in Brazil EDIÇÃO -2014

3 SUMÁRIO HERANÇA. Transmissão... 1 Sucessão. Espécies... 1 ORDEM DE VOCAÇÃO HEREDITÁRIA... 2 Aplicação da ordem de vocação hereditária. Exclusões... 2 Cônjuge. Concorrência com os herdeiros. Participação... 3 Pessoas unidas estavelmente... 3 Ascendentes... 4 Descendentes... 4 Cônjuge sobrevivente...,... 4 Colaterais... 5 Pessoas nascidas ou concebidas no momento da abertura da sucessão... 5 PARTICIPAÇÃO DA COMPANHEIRA ou COMPANHEIRO NA SUCESSÃO... 5 Exclusão no rol constante do art do Código Civil... 5 Reconhecimento de acordo com o art do Código Civil... 5 Formas de participação... 6 Reconhecimento da união estável. Forma... 8 Remessa das partes às vias ordinárias... 8 Dos EXCLUíDOS DA SUCESSÃO... 1 O Hipóteses Exclusão. Prova... 12

4 Exclusão. Indignidade Exclusão. Efeitos pessoais Exclusão. Legitimidade passiva Exclusão. Terceiros de boa-fé Exclusão. Reabilitação ADMINISTRAÇÃO DA HERANÇA Abertura do inventário. Prazo. Pessoas legitimadas Atos possessórios pelos herdeiros Transmissão da herança Herança jacente DIREITO À HERANÇA. FILIAÇÃO Direitos e qualificações dos filhos Garantia do direito à herança CESSÃO E RENÚNCIA DA HERANÇA Oportunidade da cessão Formas de cessão Escritura de Cessão Direito de preferência Renúncia de herança. Forma. Capacidade Direitos do credor do herdeiro renunciante Renúncia de todos herdeiros. Vacância da herança Renúncia translativa Renúncia pelo cônjuge supérstite DA HERANÇA JACENTE Regra legal. Competência. Guarda Incumbências do curador Arrolamento dos bens. Auto circunstanciado Aposição de selos. Estado dos bens Exame dos papéis, cartas, missivas e livros domésticos Requisição à autoridade policial para a arrecadação... 26

5 Constatação da existência de bens em outra comarca Inquirição dos moradores e vizinhos sobre a qualificação do falecido, o paradeiro de seus sucessores e a existência de outros bens Não realização ou suspensão da arrecadação Edital. Prazo. Publicação para habilitação dos sucessores do finado Citação. Finado estrangeiro Julgamento da habilitação do herdeiro. Reconhecimento da qualidade do testamenteiro ou do cônjuge. Arrecadação. Conversão em inventário Credores da herança. Habilitação Autorização para a alienação de bens Bens com valor de afeição Reconhecimento da herança jacente. Prazo Reclamação por ação direta pelo cônjuge, herdeiros e credores após o trânsito em julgado da sentença que declarou a vacância Embargos de terceiro antes do trânsito em julgado PETiÇÃO DE HERANÇA Previsão legal Legitimidade ativa e passiva Admissibilidade. Oportunidade Alienação de bens pelo herdeiro aparente Cumulação com investigação de paternidade Foro competente Efeitos da sentença Valor da causa DIREITO REAL DE HABITAÇÃO Hipótese Inclusão na partilha Renúncia ao direito... 40

6 Extensão do direito ao convivente Duração Causa de cessação do benefício DA DESERDAÇÃO Hipóteses Motivos para a deserdação Deserdação de ascendente pelos descendentes Efeitos pessoais. Não transmissibilidade aos herdeiros Veracidade da causa. Ação judicial Direito de provar a causa da deserdação. Prazo Do PAGAMENTO DAS DíviDAS Habilitação de crédito. Oportunidade. Faculdade do credor Pedido de pagamento. Discordância. Meios ordinários Reserva de bens em poder do inventariante Sentença que julgar a habilitação de crédito. Recurso. Prazo. 52 Credor de dívida líquida e certa não vencida. Habilitação Legatário. Legitimidade para se manifestar sobre as dívidas. 52 Bens separados. Nomeação à penhora DISPOSiÇÕES SOBRE O TESTAMENTO Conceito. Formas Lavratura dos testamentos públicos. Requisitos essenciais Aprovação do testamento cerrado DISPOSiÇÕES TESTAMENTÁRIAS. CUMPRIMENTO Regra legal do art do Código de Processo Civil Abertura, registro e cumprimento do testamento cerrado Processamento em Juízo Intimação do testamenteiro. Prazo Cumprimento de testamento público Intimação do detentor do testamento para que o exiba... 60

7 CONFIRMAÇÃO DO TESTAMENTO PARTiCULAR Intimações para a inquirição Manifestação sobre o testamento Reconhecimento da autenticidade do testamento Do TESTAMENTO MILITAR, MARíTIMO, NUNCUPATIVO E DO CODiCiLO EXECUÇÃO DOS TESTAMENTOS Requerimento de inscrição da hipoteca legal Incumbências do testamenteiro Prêmio devolvido ao testamenteiro. Arbitramento Inadmissibilidade de se fazer o pagamento do prêmio mediante a adjudicação de bens do espóilio Remoção do testamenteiro Demissão do testamenteiro NULIDADE E ANULABILlDADE DO TESTAMENTO Hipóteses de nulidade Arguição Requisitos. Objeto Hipóteses de anulabilidade Nulidade das disposições testamentárias Prazo para ser requerida Hipóteses de erro, dolo ou coação SUB-ROGAÇÃO DE BEM COM cláusula DE INALIENABILIDADE Hipótese Conversão do produto da venda Bem inalienável Extinção do condomínio Avaliação da cláusula pelo juiz INVENTÁRIO E PARTILHA ATRAVÉS DE ESCRITURA PÚBLICA Hipóteses de exclusão. Testamento, menoridade ou incapacidade dos filhos... 77

8 Condições para a lavratura da escritura de inventário e partilha Herdeiros maiores e capazes Concordância de todos os envolvidos Partes na escritura de inventário e partilha ítens a constar na escritura de inventário e partilha Avaliação prévia dos bens e pagamento de imposto Orientação dos herdeiros na forma de realização do inventário Aspectos formais da escritura. Assinatura das partes e do advogado Atribuição do advogado em elaborar os termos da partilha Exigência de participação de advogado habilitado Assistência de advogado Gratuidade da escritura e demais atos notariais. Hipótese Roteiro do inventário extrajudicial PROCESSAMENTO DO INVENTÁRIO JUDiCiAL Competência Pessoas que detêm legitimidade para requerer o inventário.. 85 Valor da causa Inventário negativo Processamento Prazo para ser requerido o inventário judicial e extrajudicial Remessa das partes às vias ordinárias Reconhecimento de união estável no inventário Administração do espólio... 94

9 NOMEAÇÃO DO INVENTARIANTE. Termo de compromisso Nomeação do cônjuge sobrevivente Nomeação do herdeiro Nomeação de qualquer herdeiro sem estar na posse e administração dos bens Nomeação do testamenteiro Nomeação de inventariante judicial Nomeação de pessoa maior e capaz Nomeação de cônjuge sobrevivente Pedido de abertura de inventário pela companheira Pedido de abertura de inventário por comprador de imóvel Pedido de abertura de inventário por credor do autor da herança INCUMBÊNCIAS DO INVENTARIANTE Representação do espólio Adminsitração do espólio Primeiras declarações Apresentação de documentos relativos ao espólio Certidão do testamento deixado pelo autor da herança Colação de bens Prestação de contas pelo inventariante Declaração de insolvência pelo espólio Término das funções do inventariante Alienação de bens do espólio Venda de bens do espólio As PRIMEIRAS DECLARAÇÕES DO INVENTARIANTE. PRAZO As primeiras declarações. Termo Realização de balanço. Apuração de haveres SONEGAÇÃO DE BENS NO INVENTÁRIO Legitimidade para o pedido de sonegaçào de bens

10 REMOÇÃO DO INVENTARIANTE. HIPÓTESES Sonegação de bens. Hipótese. Remoção Remoção de ofício Demora no término do inventário Pedido de remoção. Oitiva do inventariante Prazo. Decisão. Recurso Entrega ao substituto dos bens do espólio DAS CITAÇÕES E DAS IMPUGNAÇÕES Pessoas que devem ser citadas. Forma. Prazo Vista às partes. Prazo. Impugnação. Colação de bens Decisão acerca da nomeação do inventariante. Recurso Decisão de manter ou excluir herdeiro. Recurso. Prazo Reserva de bens nos autos de inventário Reserva de bens na hipótese de união estável Reserva de bens para assegurar o quinhão de eventual herdeiro DA AVALIAÇÃO E DO CÁLCULO DE IMPOSTO Nomeação de perito para avaliar os bens do espólio Avaliação. Presença do juiz e do escrivão. Despesas Bens de pequeno valor ou conhecidos do perito nomeado Desnecessidade da avaliação. Partes capazes Vista às partes. Decisão. Repetição da avaliação Termo de últimas declarações. Cálculo do imposto. Atualização Cálculo. Oitiva das partes. Impugnação. Decisão. Recurso DAS COLAÇÕES Prazo. Definição Renuncia à herança. Herdeiro excluído Oposição. Improcedência. Sequestro de bens. Decisão Recurso. Prazo

11 DA PARTILHA. CRITÉRIOS SOBREPARTILHA Bens sujeitos Pena de sonegados Oportunidade do pedido de sonegação Procedimento ANULAÇÃO E RESCISÃO DA PARTILHA Hipóteses. Prazo Rescisão da partilha. Hipóteses PARTILHA NO INVENTÁRIO Pedido de quinhão Alienação em leilão Cônjuge sobrevivente Esboço de partilha Vista às partes Requisitos Imposto. Recolhimento Sentença homologatória Substituição do formal de partilha Emenda da partilha Anulação da partilha Do ARROLAMENTO Partilha amigável. Homologação. Requisitos Petição. Requisitos. Avaliação de bens. Impostos. Formal Taxa judiciária. Imposto causa mortis Credores do espólio. Homologação da partilha. Reserva de bens Arrolamento especial previsto no art do CPC Pagamento de valores independemente de inventário ou arrolamento

12 CESSAÇÃO DE EFiCÁCIA DAS MEDIDAS CAUTELARES. HIPÓTESES CUMULAÇÃO DE INVENTÁRIO E PARTILHA. REQUISITOS Morte de herdeiro na pendência do inventário Prevalência das primeiras declarações e laudo de avaliação ALVARÁ JUDICIAL Pedido feito ao juízo do inventário Finalidade. Representação dos herdeiros no inventário Prestação de contas Ato de alienação de bens Despacho. Recurso MODELOS PRÁTICOS Pedido de abertura de inventário pelo cônjuge supérstite Pedido de abertura de inventário pelo herdeiro Pedido de abertura de inventário pelo legatário Pedido de abertura de inventário pelo testamenteiro Pedido de abertura de inventário pelo cessionário do herdeiro Pedido de aberturta de inventário pelo cessionário do legatário Pedido de abertura do inventário pelo credor do herdeiro, do legatário ou do autor da herança Pedido de abertura de inventário pelo síndico (atual administrador judicial) da falência do herdeiro, legatário do autor da herança ou do cônjuge supérstite

13 Pedido de abertura de inventário somente para se outorgar escritura a terceiro. Inexistência de outros bens Modelo de petição fazendo-se as primeiras declarações Modelo de pedido de demissão do cargo de inventariante Modelo de pedido de remoção do inventariante Modelo de petição arguindo erros e omissões Modelo de petição impugnando a nomeação do inventariante Modelo de pedido de habilitação de legatário no inventário. 197 Modelo de contestação à qualidade de herdeiro Modelo de petição para admissão de herdeiro preterido Modelo de pedido de reserva de bens no inventário Modelo de petição fazendo-se as últimas declarações Modelo de impugnação ao laudo de avaliação Modelo de impugnação ao cálculo do imposto Modelo de pedido de colação Modelo de petição de habilitação de crédito no inventário Modelo de petição de habilitação de crédito de dívida não vencida Modelo de ajuste feito pelos herdeiros para que a dívida do herdeiro para com o espólio seja imputada em seu quinhão. 208 Modelo de pedido de dilação do término do inventário Modelo de petição oferecendo esboço de partilha Modelo de petição requerendo a desistência do prazo recursal Modelo de petição de emenda da partilha por erro de fato Modelo de inventário negativo Modelo de emenda da partilha Modelo de pedido de renúncia de herança Modelo de pedido de renúncia de herança. Juntada Modelo de habilitação c.c. aceitação de herança Modelo de sobrepartilha de bens Modelo de pedido de inventário conjunto Modelo de petição de arrolamento sumário

14 Modelo de inventário. Partilha amigável Modelo de reconhecimento de herança jacente Modelo de partilha em inventário com direito real de habitação Inventário. Forma de partilha de acordo com o Código Civil. 229 Vários exemplos de partilha Modelo de petição de arrolamento (CPC, art ) Modelo de plano de partilha. Pedido de homologação. Cônjuge e dois herdeiros filhos com renúncia de um filho em favor da mãe Modelo de petição de conversão do inventário em arrolamento Alvará judicial para levantamento de valores Alvará para levantamento de valores para pagamento de despesas de funeral Alvará judicial para transferência de veículo Alvarájudicial para levantamento de valores Alvará judicial para contrair dívidas e assinar documentos Pedido de autorização para alugar imóveis do espólio Pedido de habilitação feito pela parte em relação aos sucessores do falecido Pedido de habilitação feito pelos sucessores do falecido em relação à parte Habilitação na forma do art , I, do CPC Habilitação na forma do art , 11, do CPC Abertura, registro e cumprimento de testamento cerrado Registro de testamento Cumprimento de testamento público Cumprimento de testamento particular Ação de anulação de testamento Ação de anulação de testamento. Vício Ação de anulação das disposições testamentárias Sub-rogação de cláusula de inalienabilidade Anulação de alienação de bem gravado

15 Cancelamento de clúsula de inalienabilidade Ação de deserdação Ação declaratória de inexistência de causa para a deserdação Ação de anulação de partilha Ação rescisória de partilha Ação de exclusão de herdeiro por indignidade Ação de petição de herança Ação de investigação de paternidade c.c. petição de herança Ação de preferência. Cessão de direitos nos autos de inventário Habilitação de credores. Renúncia à herança por herdeiro Ação de sonegados Ação de prestação de contas contra inventariante Prestação de contas feita em forma mercantil Pedido de adjudicação de bens em favor do credor Pedido de apuração de haveres no inventário Pedido de sequestro de bens. Colação Embargos de terceiro. Bem descrito em inventário Sobrepartilha de bens. Art do Código Civil Sobrepartilha de bens. Art do Código Civil Ação de venda de bem indivisível Pedido de adjudicação Escritura pública de renúncia de herança Escritura pública de cessão e transferência onerosa de direitos hereditários e de meação Escritura pública de testamento Escritura pública de testamento feita na residência do testador Escritura pública de testamento Anotação de aprovação de testamento cerrado Escritura pública de revogação de testamento

16 Medidas conferidas às pessoas unidas estavelmente Escritura de inventário e partilha Escritura pública de inventário e partilha. Existência de companheira e herdeiros Escritura pública de inventário e adjudicação com cessão gratuita de direitos hereditários Escritura pública de inventário e adjudicação com cessão gratuita de direitos de meação e reserva de usufruto Escritura pública de cessão gratuita de direitos hereditários Escritura pública de sobrepartilha e adjudicação com cessão gratuita de direitos herediitários Legislação. Código Civil Brasileiro (parte de sucessões) Legislação. Código de Processo Civil (inventário e partilha) Legislação. Novo CPC (Projeto aprovado pelo Senado sobre inventário e partilha) Legislação. Lei n.o 6.858, de Legislação. Decreto n.o , de Modelo de declaração de inexistência de bens a inventariar Bibliografia

Sumário. 00_abertura_Direito das Sucessoes_Dimas.pmd11

Sumário. 00_abertura_Direito das Sucessoes_Dimas.pmd11 Sumário Apresentação... 17 Prefácio... 21 1- INTRODUÇÃO... 25 1.1- Histórico... 25 1.2- Acepção jurídica de sucessão... 26 2- TRANSMISSÃO DA HERANÇA/VOCAÇÃO HEREDITÁRIA... 31 3- HERANÇA JACENTE... 35 4-

Leia mais

SUCESSÃO HEREDITÁRIA. fases práticas do inventário e partilha

SUCESSÃO HEREDITÁRIA. fases práticas do inventário e partilha EDUARDO MACHADO ROCHA Juiz de Direito da Vara de Família e Sucessões da Comarca de Dourados (MS). Pós-graduado - Especialização em Direito Processual Civil. Professor de Direito Civil na Unigran - Universidade

Leia mais

DESTAQUES DO INVENTÁRIO 1

DESTAQUES DO INVENTÁRIO 1 DESTAQUES DO INVENTÁRIO 1 DO INVENTÁRIO EXTRAJUDICIAL A lei 11.441/2007 alterou os dispositivos do CPC, possibilitando a realização de inventário, partilha, separação consensual e divórcio consensual por

Leia mais

SUMÁRIO PREFÁCIO... 1. INTRODUÇÃO... 3 1.1 CONSIDERAÇÕES GERAIS... 3 1.2 AS ATUAÇÕES DO MAGISTRADO (ESTADO-JUIZ) E DO

SUMÁRIO PREFÁCIO... 1. INTRODUÇÃO... 3 1.1 CONSIDERAÇÕES GERAIS... 3 1.2 AS ATUAÇÕES DO MAGISTRADO (ESTADO-JUIZ) E DO SUMÁRIO PREFÁCIO... 1. INTRODUÇÃO... 3 1.1 CONSIDERAÇÕES GERAIS... 3 1.2 AS ATUAÇÕES DO MAGISTRADO (ESTADO-JUIZ) E DO TABELIÃO (PRESTADOR DE SERVIÇO PÚBLICO EM CARÁTER PRIVADO)... 5 1.3 NOVA LEI HOMENAGEIA

Leia mais

6 Inventários e arrolamentos. Processo. Petição de herança, 83

6 Inventários e arrolamentos. Processo. Petição de herança, 83 1 Noções introdutórias, 1 1.1 Sucessão. Compreensão do vocábulo. O direito das sucessões, 1 1.2 Direito das sucessões no direito romano, 2 1.3 Ideia central do direito das sucessões, 4 1.4 Noção de herança,

Leia mais

RELAÇÕES DE PARENTESCO DA FILIAÇÃO

RELAÇÕES DE PARENTESCO DA FILIAÇÃO Cód. barras: STJ00095806 (2012) SUMÁRIO RELAÇÕES DE PARENTESCO DA FILIAÇÃO Definição... 1 Filhos concebidos na constância do casamento. Presunção... 1 Prova da impotência. Adultério da mulher... 2 Direito

Leia mais

AULA 07. Herança Jacente = herança sem herdeiros notoriamente conhecidos (arts. 1819 e ss. do CC).

AULA 07. Herança Jacente = herança sem herdeiros notoriamente conhecidos (arts. 1819 e ss. do CC). 01 Profª Helisia Góes Disciplina: DIREITO CIVIL VI SUCESSÕES Turmas: 8ºDIV, 8ºDIN-1 e 8º DIN-2 Data: 21/08/12 AULA 07 II - SUCESSÃO EM GERAL (Cont...) 11. Herança Jacente e Vacante (arts. 1.819 a 1.823,

Leia mais

TABELA DE HONORÁRIOS ADVOCATÍCIOS DA OAB/RS

TABELA DE HONORÁRIOS ADVOCATÍCIOS DA OAB/RS 1. ATIVIDADES AVULSAS OU EXTRAJUDICIAIS 1.1 Consulta R$ 200,00 Consulta em condições excepcionais R$ 500,00 1.2 Hora intelectual R$ 500,00 1.3 Acompanhamento ou exame de documentos em órgão público R$

Leia mais

Prefácio, xxv Nota à 8ª edição, xxvii Introdução, 1

Prefácio, xxv Nota à 8ª edição, xxvii Introdução, 1 Prefácio, xxv Nota à 8ª edição, xxvii Introdução, 1 16 MEDIDAS DE URGÊNCIA - ANTECIPAÇÃO DE TUTELA E AÇÃO CAUTELAR, 5 16.1 Medidas de urgência - considerações gerais, 6 16.2 Diferenças ontológicas entre

Leia mais

CURSO DE RETA FINAL - MAGISTRATURA DE SÃO PAULO Prof. André Barros

CURSO DE RETA FINAL - MAGISTRATURA DE SÃO PAULO Prof. André Barros MATERIAL DE APOIO PROFESSOR CURSO DE RETA FINAL - MAGISTRATURA DE SÃO PAULO Prof. André Barros 3a AULA: DIREITO DAS SUCESSÕES: Do direito das Sucessões (artigos 1.784 a 1.828 do Código Civil). Sucessão

Leia mais

Corregedoria Geral da Justiça

Corregedoria Geral da Justiça ,,* Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo Página 1 de 7 r Corregedoria Geral da Justiça Provimento CG. N 33/97 Regulamenta a informatização dos Ofícios de Justiça que passam a utilizar o Sistema de

Leia mais

Ordem dos Advogados do Brasil - Seção de Goiás Casa do Advogado Jorge Jungmann

Ordem dos Advogados do Brasil - Seção de Goiás Casa do Advogado Jorge Jungmann 1. AÇÕES DE JURISDIÇÃO CONTENCIOSA PERCENTUAL MÍNIMO VALOR MÍNIMO APROVADO 15/04/2009 Salvo disposição em contrário, em todas as ações contenciosas ou que assumam esse caráter, deverá ser cobrado o percentual

Leia mais

Prof. Ms. Conrado Paulino da Rosa contato@conradopaulinoadv.com.br

Prof. Ms. Conrado Paulino da Rosa contato@conradopaulinoadv.com.br SUCESSÕES Prof. Ms. Conrado Paulino da Rosa contato@conradopaulinoadv.com.br Herança Universalidade(única massa de bens) Todo unitário, ainda que vários sejam os herdeiros. Herança Até a partilha, o direito

Leia mais

PONTO 1: Sucessões. SUCESSÃO TESTAMENTÁRIA art. 1845 do CC. A dispensa tem que ser no ato da liberalidade ou no testamento.

PONTO 1: Sucessões. SUCESSÃO TESTAMENTÁRIA art. 1845 do CC. A dispensa tem que ser no ato da liberalidade ou no testamento. 1 DIREITO CIVIL DIREITO CIVIL PONTO 1: Sucessões SUCESSÃO LEGÍTIMA SUCESSÃO TESTAMENTÁRIA art. 1845 do CC. A dispensa tem que ser no ato da liberalidade ou no testamento. Colação não significa devolução

Leia mais

CLASSE 0 - ADMINISTRAÇÃO SUBCLASSE 0-0- ADMINISTRAÇÃO GERAL SUBCLASSE 0-1 ORGANIZAÇÃO E FUNCIONAMENTO

CLASSE 0 - ADMINISTRAÇÃO SUBCLASSE 0-0- ADMINISTRAÇÃO GERAL SUBCLASSE 0-1 ORGANIZAÇÃO E FUNCIONAMENTO CLASSE 0 - ADMINISTRAÇÃO SUBCLASSE 0-0- ADMINISTRAÇÃO GERAL 0-0-4h - Edital de licitação; ata de julgamento de proposta; ata de reunião de abertura de envelopes; aviso de licitação de julgamento, adjudicação

Leia mais

ESPÉCIES DE RENÚNCIA AO DIREITO HEREDITÁRIO E EFEITOS TRIBUTÁRIOS. Artur Francisco Mori Rodrigues Motta

ESPÉCIES DE RENÚNCIA AO DIREITO HEREDITÁRIO E EFEITOS TRIBUTÁRIOS. Artur Francisco Mori Rodrigues Motta ESPÉCIES DE RENÚNCIA AO DIREITO HEREDITÁRIO E EFEITOS TRIBUTÁRIOS Artur Francisco Mori Rodrigues Motta ESPÉCIES DE RENÚNCIA AO DIREITO HEREDITÁRIO E EFEITOS TRIBUTÁRIOS Artur Francisco Mori Rodrigues Motta

Leia mais

Inventário e Partilha - Judicial e Extrajudicial

Inventário e Partilha - Judicial e Extrajudicial 185 Inventário e Partilha - Judicial e Extrajudicial Considerações e Análise Comparativa Luiz Claudio Silva Jardim Marinho 1 INTRODUÇÃO O presente estudo objetiva trazer algumas breves considerações sobre

Leia mais

OAB. OAB. DIREITO CIVIL. Glauka Archangelo. - ESPÉCIES DE SUCESSÃO. Dispõe o artigo 1.786 do Código Civil que:

OAB. OAB. DIREITO CIVIL. Glauka Archangelo. - ESPÉCIES DE SUCESSÃO. Dispõe o artigo 1.786 do Código Civil que: OAB. DIREITO CIVIL.. DISPOSIÇÕES GERAIS. DIREITO SUCESSÓRIO: Em regra geral na sucessão existe uma substituição do titular de um direito. Etimologicamente sub cedere alguém tomar o lugar de outrem. A expressão

Leia mais

Caderno Eletrônico de Exercícos Direito das Sucessões

Caderno Eletrônico de Exercícos Direito das Sucessões 1) Que é herança jacente: a) Herança que não existe herdeiros, salvo o estado b) Herança que tem que ser dividida entre os pais e cônjuge c) Herança que tem que ser dividida entre irmãos d) Herança deixada

Leia mais

Área Família e Sucessões

Área Família e Sucessões Área Família e Sucessões ÁREA FAMÍLIA E SUCESSÕES Descrição Abertura, Registro e Cumprimento de Testamento 51 Administração de Herança 7676 Sucessões 7673 Ação Civil Pública 65 Família 5626 DIREITO CIVIL

Leia mais

Os Procedimentos Especiais III

Os Procedimentos Especiais III PROCESSO CIVIL 18 Os Procedimentos Especiais III Os Procedimentos Especiais de Jurisdição Voluntária Alienações Judiciais A alienação judicial de bens pode ter caráter que alguns autores consideram como

Leia mais

ÍNDICE SISTEMÁTICO DO NOVO CÓDIGO DE PROCESSO CIVIL

ÍNDICE SISTEMÁTICO DO NOVO CÓDIGO DE PROCESSO CIVIL ÍNDICE SISTEMÁTICO DO NOVO CÓDIGO DE PROCESSO CIVIL PARTE GERAL LIVRO I - DAS NORMAS PROCESSUAIS CIVIS TÍTULO ÚNICO - DAS NORMAS FUNDAMENTAIS E DA APLICAÇÃO DAS NORMAS PROCESSUAIS CAPÍTULO I - DAS NORMAS

Leia mais

VALOR (R$) ou FORMA de CÁLCULO (Cód. Tributário RJ)

VALOR (R$) ou FORMA de CÁLCULO (Cód. Tributário RJ) TAXA JUDICIÁRIA: Classes processuais - Justiça Estadual (1º GRAU) Cód. VALOR (R$) ou FORMA de CÁLCULO (Cód. Tributário RJ) JUIZADOS DA INFÂNCIA E DA JUVENTUDE 547 Seção Cível 1385 Cartas 1450 Carta de

Leia mais

Prova de Direito Civil Comentada Banca FUNDATEC

Prova de Direito Civil Comentada Banca FUNDATEC Prova de Direito Civil Comentada Banca FUNDATEC 2014) QUESTÃO 54 Analise as seguintes assertivas sobre as causas de exclusão de ilicitude no Direito Civil: I. A legítima defesa de terceiro não atua como

Leia mais

Direito das Sucessões. Inventário e Partilha

Direito das Sucessões. Inventário e Partilha Direito das Sucessões Inventário e Partilha OBJETIVO Conhecer as disposições legais a respeito do inventário e da partilha. ROTEIRO Introdução O inventário formas simplificadas Colação Sonegados Partilha

Leia mais

Sumário PARTE GERAL 3. PESSOA JURÍDICA

Sumário PARTE GERAL 3. PESSOA JURÍDICA Sumário PARTE GERAL 1. LINDB, DAS PESSOAS, DOS BENS E DO NEGÓCIO JURÍDICO 1. Introdução (DL 4.657/1942 da LINDB) 2. Direito objetivo e subjetivo 3. Fontes do Direito 4. Lacuna da lei (art. 4.º da LINDB)

Leia mais

Faculdade de Direito da Alta Paulista

Faculdade de Direito da Alta Paulista PLANO DE ENSINO DISCIPLINA SÉRIE PERÍODO LETIVO CARGA HORÁRIA DIREITO CIVIL V (Direitos de família e das sucessões) QUINTA 2015 136 I EMENTA Direito de Família. Casamento. Efeitos jurídicos do casamento.

Leia mais

TABELA 1 (R$) Taxa de Fiscalização Judiciária. Valor Final ao Usuário ATOS DO TABELIÃO DE NOTAS. Código

TABELA 1 (R$) Taxa de Fiscalização Judiciária. Valor Final ao Usuário ATOS DO TABELIÃO DE NOTAS. Código ANEXO II Códigos dos atos praticados pelos serviços notariais e de registro (a que se refere o art. 8º, inciso I, da Portaria-Conjunta nº 03/2005/TJMG/CGJ/SEF-MG, de 30 de março de 2005, com valores constantes

Leia mais

Dimas Messias de Carvalho Promotor de Justiça aposentado/mg Mestre em Direito Constitucional pela FDSM Professor na UNIFENAS e UNILAVRAS Advogado

Dimas Messias de Carvalho Promotor de Justiça aposentado/mg Mestre em Direito Constitucional pela FDSM Professor na UNIFENAS e UNILAVRAS Advogado Dimas Messias de Carvalho Promotor de Justiça aposentado/mg Mestre em Direito Constitucional pela FDSM Professor na UNIFENAS e UNILAVRAS Advogado Membro do IBDFAM Autor de Obras Jurídicas Email: dimasmp@navinet.com.br

Leia mais

Novembro/2010. Prof a. Esp. Helisia Góes

Novembro/2010. Prof a. Esp. Helisia Góes DIREITO CIVIL VI - SUCESSÕES SUCESSÃO TESTAMENTÁRIA Testemunhas Testamentárias Novembro/2010 Prof a. Esp. Helisia Góes Definição: é a pessoa que tem capacidade para assegurar a veracidade do testamento.

Leia mais

DIREITO CIVIL EXERCÍCIOS SUCESSÕES DISCURSIVAS:

DIREITO CIVIL EXERCÍCIOS SUCESSÕES DISCURSIVAS: DIREITO CIVIL EXERCÍCIOS SUCESSÕES DISCURSIVAS: 1. Capacidade para suceder é a aptidão da pessoa para receber os bens deixados pelo de cujus no tempo da abertura da sucessão. Considerando tal afirmação

Leia mais

RIO GRANDE DO NORTE LEI Nº 10.035, DE 29 DE DEZEMBRO DE 2015.

RIO GRANDE DO NORTE LEI Nº 10.035, DE 29 DE DEZEMBRO DE 2015. RIO GRANDE DO NORTE LEI Nº 10.035, DE 29 DE DEZEMBRO DE 2015. Dispõe sobre a complementação da receita a ser destinada as serventias extrajudicias deficitárias, altera a alíquota do Fundo de Compensação

Leia mais

Tabela de Emolumentos / 2014

Tabela de Emolumentos / 2014 Tabela de / 2014 Anexo Único da Portaria nº 2.992/CGJ/2013 (a que se refere o 1º do art. 2º da Lei Estadual nº 15.424, de 30 de dezembro de 2004, com alterações posteriores, atualizado nos termos do artigo

Leia mais

JOÃO ROBERTO PARIZATTO EXECUÇÃO NO ATUAL E NO NOVO CPC

JOÃO ROBERTO PARIZATTO EXECUÇÃO NO ATUAL E NO NOVO CPC JOÃO ROBERTO PARIZATTO EXECUÇÃO NO ATUAL E NO NOVO CPC SUMÁRIO PROCESSO DE EXEC ção Inadimplemento da obrigação... 1 Existência de título executivo... 2 Legitimidade para propor a execução... 2 Legitimidade

Leia mais

ANEXO 1 - MODELO DE ESCRITURA DE SEPARAÇÃO CONSENSUAL SEM PARTILHA DE BENS

ANEXO 1 - MODELO DE ESCRITURA DE SEPARAÇÃO CONSENSUAL SEM PARTILHA DE BENS ANEXO 1 - MODELO DE ESCRITURA DE SEPARAÇÃO CONSENSUAL SEM PARTILHA DE BENS Livro... Folha... ESCRITURA PÚBLICA DE SEPARAÇÃO CONSENSUAL que fazem, como outorgantes e reciprocamente outorgados NOME e NOME,

Leia mais

Direito Civil VI - Sucessões. Prof. Marcos Alves da Silva

Direito Civil VI - Sucessões. Prof. Marcos Alves da Silva Direito Civil VI - Sucessões Prof. Marcos Alves da Silva Direito das Sucessões Sucessão: alteração de titulares em uma dada relação jurídica Sucessão (sentido estrito): causa mortis A sucessão engloba

Leia mais

TABELA "A" - JUDICIAL DA SECRETARIA DO TRIBUNAL DE JUSTIÇA

TABELA A - JUDICIAL DA SECRETARIA DO TRIBUNAL DE JUSTIÇA ANEXO DA RESOLUÇÃO Nº 19/2015 SECRETARA DE CONTAS JUDCAS E DE APOO AOS JUZADOS ESPECAS SUBSECRETARA DE CONTROLE GERAL DE CUSTAS E DE DEPÓSTOS JUDCAS REGMENTO DE CUSTAS / DECRETO-LE Nº 115/67 DEZEMBRO 2015

Leia mais

CESDI Central de Escrituras de Separações, Divórcios e Inventários e Partilhas 2. CEP Central de Escrituras, Procurações e Substabelecimentos 5

CESDI Central de Escrituras de Separações, Divórcios e Inventários e Partilhas 2. CEP Central de Escrituras, Procurações e Substabelecimentos 5 Caros Colaboradores, Pedimos que leiam o texto abaixo para o correto cadastro dos atos notariais a serem informados ao Colégio Notarial do Brasil, de modo a minimizar os erros no envio das informações

Leia mais

Negativas a Procedimentos Médicos

Negativas a Procedimentos Médicos Negativas a Procedimentos Médicos Agravo nos próprios autos - contra o Estado - para admitir recurso especial - danos morais e honorários Agravo nos próprios autos - plano de saúde - para admitir recurso

Leia mais

PONTO 1: Sucessões. I descendentes concorrendo com o cônjuge;

PONTO 1: Sucessões. I descendentes concorrendo com o cônjuge; 1 DIREITO CIVIL PONTO 1: Sucessões CONCORRÊNCIA NO NCC herdeiros. Art. 1829 do CC É a primeira vez que o código enfrenta a concorrência entre I descendentes concorrendo com o cônjuge; Indignidade: art.

Leia mais

4.5 Oposição das causas suspensivas. 5 Do processo de habilitação para o casamento. 5.1 Documentos exigidos. 5.2 Do processo de habilitação. 5.

4.5 Oposição das causas suspensivas. 5 Do processo de habilitação para o casamento. 5.1 Documentos exigidos. 5.2 Do processo de habilitação. 5. Disciplina: Direito Civil V Departamento: Direito Privado FACULDADE DE DIREITO DE SOROCABA FADI 2014 Docente Responsável: William Bedone Carga Horária Anual: 100 h/a Tipo: Anual 5º ano Objetivos: Finalizar

Leia mais

CLASSES PROCESSUAIS DO 1º GRAU DA JUSTIÇA ESTADUAL ( % ) VRTEES'S R$

CLASSES PROCESSUAIS DO 1º GRAU DA JUSTIÇA ESTADUAL ( % ) VRTEES'S R$ PROCESSO CÍVEL E DO TRABALHO Outros Procedimentos Atos e expedientes Habilitação para Casamento 2 214 23 239 Art. 20, II Lei 9.94/13 ISENTO Instrução de Rescisória 240 SEM CUSTAS - Já abrangidas nas custas

Leia mais

CLASSES PROCESSUAIS DO 1º GRAU DA JUSTIÇA ESTADUAL ( % ) VRTEES'S R$

CLASSES PROCESSUAIS DO 1º GRAU DA JUSTIÇA ESTADUAL ( % ) VRTEES'S R$ PROCESSO CÍVEL E DO TRABALHO Outros Procedimentos Atos e expedientes Habilitação para Casamento 2 214 237 239 Art. 20, II Lei 9.974/13 ISENTO Instrução de Rescisória 240 Já abrangidas nas custas da ação

Leia mais

ESTADO DO PIAUÍ PODER JUDICIÁRIO CORREGEDORIA GERAL DA JUSTIÇA PROVIMENTO Nº 006 / 2007

ESTADO DO PIAUÍ PODER JUDICIÁRIO CORREGEDORIA GERAL DA JUSTIÇA PROVIMENTO Nº 006 / 2007 ESTADO DO PIAUÍ PODER JUDICIÁRIO CORREGEDORIA GERAL DA JUSTIÇA PROVIMENTO Nº 006 / 2007 institui as normas a serem observadas para lavratura de escrituras públicas de separação, divórcio, inventário e

Leia mais

Apresentação. O Cartório de Notas

Apresentação. O Cartório de Notas Apresentação O Cartório de Notas A Corregedoria da Justiça apresenta aos cidadãos do Distrito Federal a série Conversando Sobre Cartórios, onde as dúvidas mais freqüentes são respondidas em linguagem clara

Leia mais

\PROVIMENTO Nº 110. Seção 11 Escrituras Públicas de Inventários, Separações, Divórcios e Partilha de bens

\PROVIMENTO Nº 110. Seção 11 Escrituras Públicas de Inventários, Separações, Divórcios e Partilha de bens \PROVIMENTO Nº 110 O Desembargador LEONARDO LUSTOSA, Corregedor-Geral da Justiça do Estado do Paraná, no uso de suas atribuições legais e CONSIDERANDO: a) a Lei nº 11.441/07 que alterou o CPC, possibilitando

Leia mais

Dados Internacionais de Catalogação na Publicação

Dados Internacionais de Catalogação na Publicação Supervisão: Habermann Editora Capa: Kaloã Tuckmantel Habermann Diagramação: Habermann Editora Dados Internacionais de Catalogação na Publicação Soluções Práticas do Dia a Dia do Advogado - Doutrina, Legislação,

Leia mais

Ordem nº 1988/14. 0005467-28.2014.8.26.0338 - lauda 1

Ordem nº 1988/14. 0005467-28.2014.8.26.0338 - lauda 1 fls. 1 SENTENÇA Processo Físico nº: 0005467-28.2014.8.26.0338 Classe - Assunto Dúvida - Registro de Imóveis Requerente: Marilena Pezeta de Abreu Requerido: Oficial do Cartório de Registro de Imóveis da

Leia mais

DECRETO-LEI Nº 05, DE 15 DE MARÇO DE 1975. (Redação atual) INSTITUI O CÓDIGO TRIBUTÁRIO DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO E DÁ OUTRAS PROVIDÊNCIAS.

DECRETO-LEI Nº 05, DE 15 DE MARÇO DE 1975. (Redação atual) INSTITUI O CÓDIGO TRIBUTÁRIO DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO E DÁ OUTRAS PROVIDÊNCIAS. DECRETO-LEI Nº 05, DE 15 DE MARÇO DE 1975. (Redação atual) INSTITUI O CÓDIGO TRIBUTÁRIO DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO E DÁ OUTRAS PROVIDÊNCIAS. O GOVERNADOR DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO, no uso das atribuições

Leia mais

(Tabela de correspondência de artigos com o código antigo)

(Tabela de correspondência de artigos com o código antigo) (Tabela de correspondência de artigos com o código antigo) CÓDIGO DE PROCESSO CIVIL 49 LEI N.º 41/2013, DE 26 DE JUNHO 49 Artigo 1.º Objeto 49 Art. 2.º Remissões 49 Art. 3.º Intervenção oficiosa do juiz

Leia mais

Grupo de Estudos de Empresas Familiares GVlaw/ Direito GV. Reflexos Familiares e Sucessórios na Empresa Familiar. Apresentação 10.08.

Grupo de Estudos de Empresas Familiares GVlaw/ Direito GV. Reflexos Familiares e Sucessórios na Empresa Familiar. Apresentação 10.08. Grupo de Estudos de Empresas Familiares GVlaw/ Direito GV Reflexos Familiares e Sucessórios na Empresa Familiar Apresentação 10.08.10 Luiz Kignel Karime Costalunga F 1 F 2 F 3 F 1 F 2 F 3 F 4 Fundador

Leia mais

www.apostilaeletronica.com.br

www.apostilaeletronica.com.br DIREITO CIVIL I. Lei de Introdução às Normas de Direito Brasileiro... 002 II. Pessoas Naturais e Pessoas Jurídicas... 013 III. Domicílio e Bens... 025 IV. Dos Fatos Jurídicos... 030 V. Prescrição e Decadência...

Leia mais

Direito das Sucessões Parte II. Profª. MSc. Maria Bernadete Miranda

Direito das Sucessões Parte II. Profª. MSc. Maria Bernadete Miranda Direito das Sucessões Parte II Abertura da Sucessão Momento da morte do de cujus, devidamente comprovada. Com a abertura da sucessão os herdeiros, legítimos ou testamentários, adquirem, de imediato, a

Leia mais

A extinção da personalidade ocorre com a morte, que pode ser natural, acidental ou presumida.

A extinção da personalidade ocorre com a morte, que pode ser natural, acidental ou presumida. Turma e Ano: Turma Regular Master A Matéria / Aula: Direito Civil Aula 04 Professor: Rafael da Mota Mendonça Monitora: Fernanda Manso de Carvalho Silva Personalidade (continuação) 3. Extinção da personalidade:

Leia mais

Sumário. TíTULO I INTRODUÇÃO ÀS TÉCNICAS DE EXECUÇÃO FORÇADA. CAPíTULO I AS VIAS DE EXECUÇÃO NO PROCESSO CIVil BRASilEIRO

Sumário. TíTULO I INTRODUÇÃO ÀS TÉCNICAS DE EXECUÇÃO FORÇADA. CAPíTULO I AS VIAS DE EXECUÇÃO NO PROCESSO CIVil BRASilEIRO Sumário TíTULO I INTRODUÇÃO ÀS TÉCNICAS DE EXECUÇÃO FORÇADA CAPíTULO I AS VIAS DE EXECUÇÃO NO PROCESSO CIVil BRASilEIRO l. 2. 3. 4. Tutelas jurisdicionais............ Breve histórico da ação executiva...........

Leia mais

~ ~ McTODO SÃO PAULO

~ ~ McTODO SÃO PAULO Flávio Tartuce :C I.. 'r1'i Direito das Sucessões B. a edição revista, atualizada e ampliada *** ~ ~ McTODO SÃO PAULO ~~::;'S 1: STJ00100365 A EDITORA Mt::TODO se responsabiliza pelos vlcios do produto

Leia mais

DIREITO EMPRESARIAL FALÊNCIA. Cláudio Basques. A garantia dos credos é o patrimônio do devedor.

DIREITO EMPRESARIAL FALÊNCIA. Cláudio Basques. A garantia dos credos é o patrimônio do devedor. DIREITO EMPRESARIAL FALÊNCIA Cláudio Basques A garantia dos credos é o patrimônio do devedor. LEI N. 11.101, DE 9 DE FEVEREIRO DE 2005 Nova Lei de Falências Art. 1º Esta lei disciplina a recuperação judicial,

Leia mais

Índice Sistemático do Novo Código de Processo Civil

Índice Sistemático do Novo Código de Processo Civil Índice Sistemático do Novo Código de Processo Civil LEI CÓDIGO DE PROCESSO CIVIL Parte Geral Livro I DAS NORMAS PROCESSUAIS CIVIS TÍTULO ÚNICO DAS NORMAS FUNDAMENTAIS E DA APLICAÇÃO DAS NORMAS PROCESSUAIS

Leia mais

Inventário e Partilha

Inventário e Partilha 108 Inventário e Partilha Flávia de Azevedo Faria Rezende Chagas 1 O palestrante, Dr. Sérgio Ricardo de Arruda Fernandes, iniciou sua explanação abordando a abertura da via extrajudicial, prevista na Resolução

Leia mais

SUMÁRIO PARTE I INFORMAÇÕES NECESSÁRIAS PARA UMA APROPRIADA POSTULAÇÃO EM JUÍZO

SUMÁRIO PARTE I INFORMAÇÕES NECESSÁRIAS PARA UMA APROPRIADA POSTULAÇÃO EM JUÍZO SUMÁRIO PARTE I INFORMAÇÕES NECESSÁRIAS PARA UMA APROPRIADA POSTULAÇÃO EM JUÍZO 1. INTRODUÇÃO 2. DA SOLUÇÃO DOS LITÍGIOS PERANTE O JUDICIÁRIO 2.1 Estrutura jurisdicional brasileira 2.2 Lide, processo e

Leia mais

Cód. barras: STJ00094821 (2013) PARTE I INFORMAÇÕES NECESSÁRIAS PARA UMA APROPRIADA POSTULAÇÃO EM Juízo 1. INTRODUÇÃO... 21

Cód. barras: STJ00094821 (2013) PARTE I INFORMAÇÕES NECESSÁRIAS PARA UMA APROPRIADA POSTULAÇÃO EM Juízo 1. INTRODUÇÃO... 21 Cód. barras: STJ00094821 (2013) SUMÁRIO PARTE I INFORMAÇÕES NECESSÁRIAS PARA UMA APROPRIADA POSTULAÇÃO EM Juízo 1. INTRODUÇÃO... 21 2. DA SOLUÇÃO DOS LITíGIOS PERANTE O JUDICIÁRIO... 23 2.1 Estrutura jurisdicional

Leia mais

CURSO BREVE PREPARAÇÃO PARA O EXAME DE ACESSO À CÂMARA DOS SOLICITADORES

CURSO BREVE PREPARAÇÃO PARA O EXAME DE ACESSO À CÂMARA DOS SOLICITADORES CURSO BREVE PREPARAÇÃO PARA O EXAME DE ACESSO À CÂMARA DOS SOLICITADORES CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS 1 - DIREITO CIVIL - 6h I SUCESSÕES - A partilha em vida o contrato de doação - A sucessão legal - Capacidade

Leia mais

O VALOR DO QUINHÃO HEREDITÁRIO:

O VALOR DO QUINHÃO HEREDITÁRIO: 50 O VALOR DO QUINHÃO HEREDITÁRIO: COMENTÁRIO AO ACÓRDÃO Nº 70015232226 PROFERIDO EM SEDE DE AGRAVO DE INSTRUMENTO JULGADO PELO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO RIO GRANDE DO SUL André Leandro Polycarpo 1

Leia mais

CONCEITO DE INVENTÁRIO

CONCEITO DE INVENTÁRIO DIREITO CIVIL Inventário e Partilha CONCEITO DE INVENTÁRIO Inventárioéoprocedimentojudicialatravésdoqual será realizado o levantamento dos bens, valores, dívidas e sucessores do autor da herança. OBJETIVO

Leia mais

FACULDADE DE DIREITO DE SOROCABA FADI 2013

FACULDADE DE DIREITO DE SOROCABA FADI 2013 FACULDADE DE DIREITO DE SOROCABA FADI 2013 Disciplina: Direito Civil V Departamento II Direito Privado Docente Responsável: Clineu Ferreira Carga Horária Anual: 100 h/a Tipo: Anual 5º ano Objetivos: Terminar

Leia mais

Direito Civil VI - Sucessões. Prof. Marcos Alves da Silva

Direito Civil VI - Sucessões. Prof. Marcos Alves da Silva Direito Civil VI - Sucessões Prof. Marcos Alves da Silva INVENTÁRIO Dois sentidos para o mesmo vocábulo: Liquidação do acervo hereditário (registro, descrição, catalogação dos bens). Procedimento especial

Leia mais

Herança Extrajudicial

Herança Extrajudicial Estado do Rio de Janeiro Secretaria de Estado de Fazenda Herança Extrajudicial 2016 V. 2.0 2 Sumário 1. ITD-HEP... 5 2. ACESSO AO SISTEMA ITD-HEP... 6 3. CADASTRO DE USUÁRIO EXTERNO... 8 4. INCLUIR DECLARAÇÃO...

Leia mais

ULISSES VIEIRA MOREIRA PEIXOTO

ULISSES VIEIRA MOREIRA PEIXOTO ULISSES VIEIRA MOREIRA PEIXOTO 2015 EDITORA S UMÁRIO CAPÍTULO 1 FAMÍLIA DIREITO DE FAMÍLIA DIREITO PESSOAL... 33 1. Casamento... 33 2. Capacidade para o casamento... 35 3. Impedimentos... 37 4. Causas

Leia mais

LIII CONCURSO PÚBLICO DE PROVAS E TÍTULOS PARA OUTORGA DAS DELEGAÇÕES DAS ATIVIDADES NOTARIAIS E/OU REGISTRAIS. AVISO nº. 25/2014

LIII CONCURSO PÚBLICO DE PROVAS E TÍTULOS PARA OUTORGA DAS DELEGAÇÕES DAS ATIVIDADES NOTARIAIS E/OU REGISTRAIS. AVISO nº. 25/2014 LIII CONCURSO PÚBLICO DE PROVAS E TÍTULOS PARA OUTORGA DAS DELEGAÇÕES DAS ATIVIDADES NOTARIAIS E/OU REGISTRAIS AVISO nº. 25/2014 O Presidente da Comissão do LIII Concurso Público de Provas e Títulos para

Leia mais

UNIVERSIDADE CATÓLICA DE GOIÁS Pró-Reitoria de Graduação ORGANIZAÇÃO BÁSICA DAS DISCIPLINAS CURRICULARES

UNIVERSIDADE CATÓLICA DE GOIÁS Pró-Reitoria de Graduação ORGANIZAÇÃO BÁSICA DAS DISCIPLINAS CURRICULARES 2007/1 UNIVERSIDADE CATÓLICA DE GOIÁS Pró-Reitoria de Graduação ORGANIZAÇÃO BÁSICA DAS DISCIPLINAS CURRICULARES Disciplina: DIREITO PROCESSUAL CIVIL III Curso: DIREITO Código CR PER Co-Requisito Pré-Requisito

Leia mais

TRIBUNAL DE JUSTIÇA DA PARAÍBA CORREGEDORIA GERAL DA JUSTIÇA

TRIBUNAL DE JUSTIÇA DA PARAÍBA CORREGEDORIA GERAL DA JUSTIÇA TRIBUNAL DE JUSTIÇA DA PARAÍBA CORREGEDORIA GERAL DA JUSTIÇA ANEXO I EMOLUMENTOS EXTRAJUDICIAIS (EM VIGOR A PARTIR DE 01.01.2013) TABELA "B" (Item IV) - ATOS DOS OFICIAIS DE DISTRIBUIÇÃO I - Pelo registro

Leia mais

SUMÁRIO. I - Introdução ao Direito Processual do Trabalho, 1

SUMÁRIO. I - Introdução ao Direito Processual do Trabalho, 1 SUMÁRIO I - Introdução ao Direito Processual do Trabalho, 1 1 Fontes do direito processual do trabalho, 2 1.1 Fontes materiais, 2 1.2 Fontes formais, 3 1.2.1 Fontes formais diretas, 3 1.2.2 Fontes formais

Leia mais

Estabelecer critérios e procedimentos para a autuação de processos judiciais.

Estabelecer critérios e procedimentos para a autuação de processos judiciais. Proposto por: Equipe da 5ª Vara de Órfãos e Sucessões da Capital Analisado por: Representante da Administração Superior (RAS) Aprovado por: Juiz de Direito 5ª Vara de Órfãos e Sucessões da Capital 1 OBJETIVO

Leia mais

ESTADO DO MARANHÃO PODER JUDICIÁRIO

ESTADO DO MARANHÃO PODER JUDICIÁRIO ESTADO DO MARANHÃO PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA ATO DA PRESIDÊNCIA Nº. 1226/2011 O PRESIDENTE DO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO MARANHÃO, no uso de suas atribuições legais, tendo em vista o disposto

Leia mais

Total (F. corrente + intermediária) 3 - SERVIÇOS NOTARIAIS E DE REGISTRO - PROCESSOS E DOCUMENTOS 3-1 - REGISTRO CIVIL DAS PESSOAS NATURAIS

Total (F. corrente + intermediária) 3 - SERVIÇOS NOTARIAIS E DE REGISTRO - PROCESSOS E DOCUMENTOS 3-1 - REGISTRO CIVIL DAS PESSOAS NATURAIS 3 - SERVIÇOS NOTARIAIS E DE REGISTRO - PROCESSOS E DOCUMENTOS 3-1 - REGISTRO CIVIL DAS PESSOAS NATURAIS 3-1 - REGISTRO CIVIL DAS PESSOAS NATURAIS -1-1 - -1-1-1-3-1-1 - Livros 3-1-1-1 - Livro tombo Lei

Leia mais

Edição nº 238/2011 Brasília - DF, disponibilização quarta-feira, 21 de dezembro de 2011. Presidência RESOLUÇÃO 16, DE 20 DE DEZEMBRO DE 2011

Edição nº 238/2011 Brasília - DF, disponibilização quarta-feira, 21 de dezembro de 2011. Presidência RESOLUÇÃO 16, DE 20 DE DEZEMBRO DE 2011 Presidência RESOLUÇÃO 16, DE 20 DE DEZEMBRO DE 2011 O CONSELHO DA MAGSTRATURA DO TRBUNAL DE JUSTÇA DO DSTRTO FEDERAL E DOS TERRTÓROS, no uso de sua competência, prevista no art. 10, inciso do Regimento

Leia mais

decisão: "DERAM PROVIMENTO AO RECURSO. V. U.", de conformidade com o voto do Relator, que integra este acórdão. O julgamento teve a participação dos

decisão: DERAM PROVIMENTO AO RECURSO. V. U., de conformidade com o voto do Relator, que integra este acórdão. O julgamento teve a participação dos PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DE SÃO PAULO ACÓRDÃO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DE SÃO PAULO ACÓRDÃO/DECISÃO MONOCRÁTICA REGISTRADO(A) SOB N I mil um mi mi um mu mi mu m m *03040802* Vistos, relatados e

Leia mais

No Tabelionato de Notas são lavradas escrituras públicas em geral, como inventários, divórcios, declaratórias de união estável, procurações,

No Tabelionato de Notas são lavradas escrituras públicas em geral, como inventários, divórcios, declaratórias de união estável, procurações, No Tabelionato de Notas são lavradas escrituras públicas em geral, como inventários, divórcios, declaratórias de união estável, procurações, testamentos, entre outras. Também são lavradas atas notariais,

Leia mais

Seção 2 A Escrituração e Utilização dos Livros

Seção 2 A Escrituração e Utilização dos Livros Seção 2 A Escrituração e Utilização dos Livros 2.2.1 - Quando da lavratura dos atos das serventias, serão utilizados papéis com fundo inteiramente branco, salvo disposição expressa em contrário. A escrituração

Leia mais

O direito das sucessões no novo código civil brasileiro MARIA ARACY MENEZES DA COSTA

O direito das sucessões no novo código civil brasileiro MARIA ARACY MENEZES DA COSTA O direito das sucessões no novo código civil brasileiro MARIA ARACY MENEZES DA COSTA SINOPSE: I - Modificações do modelo sucessório no novo Código Civil Brasileiro. II - A sucessão do cônjuge e do companheiro.

Leia mais

ENUNCIADOS DAS I, III E IV JORNADAS DE DIREITO CIVIL DIREITO DE FAMÍLIA E SUCESSÕES

ENUNCIADOS DAS I, III E IV JORNADAS DE DIREITO CIVIL DIREITO DE FAMÍLIA E SUCESSÕES As Jornadas de Direito Civil são uma realização do Conselho da Justiça Federal - CJF e do Centro de Estudos Jurídicos do CJF. Nestas jornadas, compostas por especialistas e convidados do mais notório saber

Leia mais

N e w s l e t t e r AAPS

N e w s l e t t e r AAPS Caros Associados, A AAPS interessada nos temas que possam ser de utilidade aos associados, tem participado em eventos sobre o assunto em questão. No contexto das atividades desenvolvidas pelo GEPS (Grupo

Leia mais

ATENÇÃO EDIÇÃO ATUALIZÁVEL. NÃO DESCARTE

ATENÇÃO EDIÇÃO ATUALIZÁVEL. NÃO DESCARTE JURISPRUDÊNCIA CONSOLIDADA Súmulas, Orientações Jurisprudenciais e Precedentes Normativos dos Tribunais Superiores e do Tribunal Regional do Trabalho da 2ª Região SUMÁRIO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO

Leia mais

PROVAS ASPECTOS GERAIS.

PROVAS ASPECTOS GERAIS. PROVAS ASPECTOS GERAIS. CONCEITO art.332 Art. 332. Todos os meios legais, bem como os moralmente legítimos, ainda que não especificados neste Código, são hábeis para provar a verdade dos fatos, em que

Leia mais

USUCAPIÃO EXTRAJUDICIAL

USUCAPIÃO EXTRAJUDICIAL USUCAPIÃO EXTRAJUDICIAL DOCUMENTOS: Requerimento com a qualificação completa dos interessados, firmado por advogado devidamente constituído. Não há necessidade de reconhecimento de firma (item 2.1 da Circular

Leia mais

QUESTÕES E PROCESSOS PARTE II

QUESTÕES E PROCESSOS PARTE II QUESTÕES E PROCESSOS INCIDENTES PARTE II INCOMPATIBILIDADES E IMPEDIMENTOS: ART. 112 CPP- DUAS HIPÓTESES: ABSTENÇÃO: ARGUIÇÃO PELA PARTE: PROCESSO ESTABELECIDO PARA EXCEÇÃO DE SUSPEIÇÃO. ART. 252 E 253

Leia mais

ORDEM DOS ADVOGADOS DO BRASIL XVIII EXAME DE ORDEM UNIFICADO

ORDEM DOS ADVOGADOS DO BRASIL XVIII EXAME DE ORDEM UNIFICADO PADRÃO DE RESPOSTA - PEÇA PROFISSIONAL Fernando e Lara se conheceram em 31/12/2011 e, em 02/05/2014, celebraram seu casamento civil pelo regime de comunhão parcial de bens. Em 09/07/2014, Ronaldo e Luciano

Leia mais

APLICAÇÃO DA LEI PROCESSUAL PENAL. APLICAÇÃO DA LEI PROCESSUAL PENAL NO ESPAÇO Dispositivo Legal... 35 Princípio da territorialidade...

APLICAÇÃO DA LEI PROCESSUAL PENAL. APLICAÇÃO DA LEI PROCESSUAL PENAL NO ESPAÇO Dispositivo Legal... 35 Princípio da territorialidade... Sumário Título I APLICAÇÃO DA LEI PROCESSUAL PENAL Capítulo I APLICAÇÃO DA LEI PROCESSUAL PENAL NO ESPAÇO Dispositivo Legal... 35 Princípio da territorialidade... 35 Capítulo II APLICAÇÃO DA LEI PROCESSUAL

Leia mais

ORDEM DOS ADVOGADOS DO BRASIL CONSELHO SECCIONAL DO ESTADO DO PIAÚI TABELA DE HONORÁRIOS ADVOCATÍCIOS

ORDEM DOS ADVOGADOS DO BRASIL CONSELHO SECCIONAL DO ESTADO DO PIAÚI TABELA DE HONORÁRIOS ADVOCATÍCIOS ORDEM DOS ADVOGADOS DO BRASIL CONSELHO SECCIONAL DO ESTADO DO PIAÚI Resolução n x, de 07 de fevereiro de 2014 TABELA DE HONORÁRIOS ADVOCATÍCIOS O Conselho da ORDEM DOS ADVOGADOS DO BRASIL, SECCIONAL DO

Leia mais

O PRESIDENTE DA COMISSÃO DE CONCURSO PARA INGRESSO NA CARREIRA DO MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DA BAHIA

O PRESIDENTE DA COMISSÃO DE CONCURSO PARA INGRESSO NA CARREIRA DO MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DA BAHIA EDITAL Nº 018/2011 O PRESIDENTE DA COMISSÃO DE CONCURSO PARA INGRESSO NA CARREIRA DO MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DA BAHIA,no uso de suas atribuições legais, torna público os Pontos da Prova Oral do Concurso

Leia mais

ABRIR MÃO DOS DIREITOS HEREDITÁRIOS Modelo 01 ao utilizar este modelo, lembre-se de preencher os dados específicos no texto abaixo

ABRIR MÃO DOS DIREITOS HEREDITÁRIOS Modelo 01 ao utilizar este modelo, lembre-se de preencher os dados específicos no texto abaixo ABRIR MÃO DOS DIREITOS HEREDITÁRIOS Modelo 01 a quem confere os mais amplos e gerais poderes para o fim especial de representá-lo (a)(s) como anuente e concordante na escritura de doação a ser outorgada

Leia mais

Registros Imóveis Perguntas e respostas. O que mudou no que se refere aos atos de Registros de Imóveis com a Lei Mineira nº 20.

Registros Imóveis Perguntas e respostas. O que mudou no que se refere aos atos de Registros de Imóveis com a Lei Mineira nº 20. 1 Registros Imóveis Perguntas e respostas O que mudou no que se refere aos atos de Registros de Imóveis com a Lei Mineira nº 20.379/2012 1) Prenotação (Protocolo) a) O Título apresentado para registro

Leia mais

Dados básicos. Ementa: Íntegra

Dados básicos. Ementa: Íntegra Dados básicos Acórdão TJSP Fonte: 0008410-52.2009.8.26.0642 Julgamento: 26/07/2011 Aprovação: Não Disponível Publicação: 27/07/2011 Estado: São Paulo Cidade: Ubatuba Relator: Beretta da Silveira Legislação:

Leia mais

FACULDADE DE DIREITO DE VITÓRIA - FDV DIREITO DAS SUCESSÕES PROF. AUGUSTO PASSAMANI BUFULIN

FACULDADE DE DIREITO DE VITÓRIA - FDV DIREITO DAS SUCESSÕES PROF. AUGUSTO PASSAMANI BUFULIN 1. Acerca do testamento, analise as afirmativas a seguir: I. O testamento nuncupativo faz-se ordinariamente, na forma oral, caso o testador corra risco de vida. II. O testador que não possuir herdeiros

Leia mais

RECUPERAÇÃO JUDICIAL E FALÊNCIA PRAZOS NA LEI Nº 11.101/2005 OBJETO ARTIGO PRAZO

RECUPERAÇÃO JUDICIAL E FALÊNCIA PRAZOS NA LEI Nº 11.101/2005 OBJETO ARTIGO PRAZO RECUPERAÇÃO JUDICIAL E FALÊNCIA PRAZOS NA LEI Nº 11.101/2005 OBJETO ARTIGO PRAZO Alienação antecipada de bens perecíveis: manifestação do comitê e do falido. 113 48:00hs Apresentação de documento compromisso

Leia mais

PROVIMENTO Nº 248/2013-CGJ

PROVIMENTO Nº 248/2013-CGJ PROVIMENTO Nº 248/2013-CGJ Dispõe sobre a atualização monetária dos valores das custas judiciais e dos emolumentos dos serviços notariais e de registros públicos no Estado do Amapá, nos termos da Lei Estadual

Leia mais

PEDIDO DE PROVIDÊNCIAS Nº 0000227-63.2013.2.00

PEDIDO DE PROVIDÊNCIAS Nº 0000227-63.2013.2.00 PEDIDO DE PROVIDÊNCIAS Nº 0000227-63.2013.2.00.0000 RELATOR : CONSELHEIRO GUILHERME CALMON NOGUEIRA DA GAMA REQUERENTE : ASSOCIAÇÃO DOS ADVOGADOS DE SÃO PAULO REQUERIDO : CONSELHO NACIONAL DE JUSTIÇA INTERESSADO

Leia mais

ÍNDICE ALFABÉTICO REMISSIVO

ÍNDICE ALFABÉTICO REMISSIVO ÍNDICE ALFABÉTICO REMISSIVO A acionista controlador 151 ALIENAÇÃO ANTECIPADA de bens - de guarda dispendiosa 51 - semoventes 50 - sujeitos à depreciação econômica 49 ALIENAÇÃO FIDUCIÁRIA penhorabilidade

Leia mais

6.3 Competência específica à falência, 64 7 Remuneração, 74

6.3 Competência específica à falência, 64 7 Remuneração, 74 Nota do autor, xxi 1 INSOLVÊNCIA, 1 1 O risco de empreender, 1 2 Obrigação e solução, 3 3 Princípio geral da solvabilidade jurídica, 4 4 Execução coletiva, 7 5 Histórico, 8 2 INSOLVÊNCIA EMPRESÁRIA, 13

Leia mais

PLANO DE ENSINO EMENTA

PLANO DE ENSINO EMENTA Faculdade de Direito Milton Campos Disciplina: Direito Processual Civil IV Curso: Direito Carga Horária: 64 Departamento: Direito Privado Área: Direito Processual Civil PLANO DE ENSINO EMENTA Estudo relativo

Leia mais