1948 É forçado a novo exílio, desta vez em Paris É expulso da França e passa a morar na Checoeslováquia Recebe em Moscovo o Prémio

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "1948 É forçado a novo exílio, desta vez em Paris. 1949 É expulso da França e passa a morar na Checoeslováquia. 1951 Recebe em Moscovo o Prémio"

Transcrição

1 B I B L I O T E C A

2 Vida e Obra 1902 João Amado de Faria instala-se em Ilhéus, na zona do cacau, e casa, anos mais tarde, com a baiana Eulália Leal Em 10 de Agosto nasce Jorge Amado O «coronel» João Amado de Faria é vítima de uma tocaia de jagunços e é gravemente ferido Os pais de Jorge Amado enviam-no para Salvador da Baía, como interno do Colégio António Vieira, dominado por Jesuítas. «O Padre Cabral tomou-me sob sua protecção e colocou em minhas mãos livros de sua estante. Primeiro As Viagens de Gulliver, depois clássicos portugueses, traduções de ficcionistas ingleses e franceses» «Procuro, num milagre de imaginação, reviver o adolescente magro, membro da Academia dos Rebeldes, nos anos de 1928 a Pequeno aprendiz de escritor, em cerrada fila com outros de sua idade e condição, levantava-me em imprecações contra a Academia Brasileira e toda a literatura de então, disposto a arrasar quanto existia, convencido de que a literatura começava com a minha incipiente geração, nada de válido se fizera antes do nosso aparecimento, nenhuma beleza fora criada, nenhum resultado obtido» Vai para o Rio de Janeiro, conclui o liceu e inicia o curso na Faculdade de Direito. Escreve O País do Carnaval Publica um novo livro, Cacau Novo romance, Suor Conclui a formatura em Direito, por insistência dos pais. Surge o romance Jubiabá Lança Mar Morto, sendo galardoado com o prémio Graça Aranha. É preso pela sua militância política Publica Capitães da Areia. Os seus livros são apreendidos e queimados em praça pública pela polícia do «Estado Novo» brasileiro, o que não impede que seja um dos escritores brasileiros mais traduzidos Escreve ABC de Castro Alves, biografia romanceada do poeta que lutou pela libertação dos escravos Refugia-se na Argentina Publica O Cavaleiro da Esperança Escreve no Uruguai, Terras do Sem Fim Publica São Jorge dos Ilhéus Publica Bahia de Todos os Santos e casa-se com Zélia Gattai Fixa residência no Rio de Janeiro e publica Seara Vermelha Escreve O Amor do Soldado.

3 B I B L I O T E C A 1948 É forçado a novo exílio, desta vez em Paris É expulso da França e passa a morar na Checoeslováquia Recebe em Moscovo o Prémio Internacional da Paz pelo conjunto da sua obra. Publica O Mundo da Paz Volta ao Brasil Publica Os Subterrâneos da Liberdade Abandona a militância política no PCB Publica Gabriela, Cravo e Canela, cuja edição de exemplares se esgota em 15 dias. Recebe cinco prémios por este romance. Publica na revista SR a novela A Morte e a Morte de Quincas Berro Dágua Publica Os Velhos Marinheiros. É eleito por unanimidade para a Academia Brasileira de Letras Fixa residência em Salvador Publica Os Pastores da Noite Publica Dona Flor e Seus Dois Maridos Passa seis meses na Universidade de Pensilvânia como autor convidado Publica Tereza Batista Cansada de Guerra A TV Globo realiza a novela Gabriela com Sónia Braga no principal papel Publica a história infantil O Gato Malhado e a Andorinha Sinhá Publica Tieta do Agreste Publica Farda Fardão Camisola de Dormir Publica O Menino Grapiúna É realizado o filme Gabriela, dirigido por Bruno Barreto, com Sónia Braga e Marcelo Mastroianni Publica Tocaia Grande: A Face Obscura Publica O Sumiço da Santa Falece em 6 de Agosto, em Salvador.

4 Coleccione a obra de um dos mais prestigiados romancistas brasileiros! Para recriar a vida é preciso tê-la vivido, e ardentemente, com apaixonado coração.

5 B I B L I O T E C A Títulos da Colecção: GABRIELA CRAVO E CANELA TIETA DO AGRESTE - VOL. I TIETA DO AGRESTE - VOL. II DONA FLOR E SEUS DOIS MARIDOS TENDA DOS MILAGRES FARDA, FARDÃO, CAMISOLA DE DORMIR SUMIÇO DA SANTA OS PASTORES DA NOITE TOCAIA GRANDE CAPITÃES DA AREIA TEREZA BATISTA CANSADA DE GUERRA O PAÍS DO CARNAVAL CACAU MAR MORTO OS VELHOS MARINHEIROS SUOR A MORTE E A MORTE DE QUINCAS BERRO DÁGUA A DESCOBERTA DA AMÉRICA PELOS TURCOS SÃO JORGE DOS ILHÉUS JUBIABÁ SEARA VERMELHA O CAVALEIRO DA ESPERANÇA OS SUBTERRÂNEOS DA LIBERDADE I: OS ÁSPEROS TEMPOS OS SUBTERRÂNEOS DA LIBERDADE II: AGONIA DA NOITE OS SUBTERRÂNEOS DA LIBERDADE III: A LUZ NO TÚNEL TERRAS DO SEM FIM O MENINO GRAPIÚNA ABC DE CASTRO ALVES NAVEGAÇÃO DE CABOTAGEM AMOR DE SOLDADO

6 Títulos Inesquecíveis Dona Flor e Seus Dois Maridos Uma insólita história de amor, passada na cidade da Baía, é um dos mais deliciosos romances de Jorge Amado. Dona Flor, professora de arte culinária, divide o seu tempo entre a direcção da sua escola, e o seu casamento com Vadinho, irremediável boémio. A sua vida muda quando Vadinho morre num domingo de Carnaval, deixando-a viúva aos trinta anos. Casa-se de novo mas o defunto aparece Tieta do Agreste O romance onde Jorge Amado reafirma a sua paixão pela Baía e onde nos apresenta mais uma das suas memoráveis personagens femininas. Tieta, mulher de carácter forte forjado pela vivência sofrida, volta à sua terra natal, a cidadezinha de Sant Ana do Agreste, no interior da Baía, depois de 25 anos no sul do país. No seu regresso, está cercada de riqueza e poder, em contraste com a sua partida. Uma obra cuja adaptação conquistou imenso sucesso na TV. Eu vinha de uma infância nas terras bravias do cacau...

7 B I B L I O T E C A O Sumiço da Santa À galeria das memoráveis personagens femininas de Jorge Amado, vêm-se juntar mais três: Adalgisa e Manela, assim como Santa Bárbara, a do Trovão, personagem central deste romance, em carne e osso, vivendo entre os mortais em Salvador, num dos momentos mais duros da história da ditadura militar no Brasil, enfrentando misturas de sangue, de raças, lutando para ensinar a tolerância e a alegria. Capitães da Areia É o livro de Jorge Amado mais vendido no mundo inteiro. Publicado em 1937, teve a sua primeira edição apreendida e queimada em praça pública pelas autoridades do Estado Novo. Em 1944 conheceu nova edição e desde então sucederam-se as novas edições e adaptações para a TV e o cinema. São páginas de grande beleza, retratando a vida dos meninos abandonados nas ruas de São Salvador da Bahia. Trazia dentro de mim os ecos da grande epopeia

8

INDIVIDUAIS... Romances

INDIVIDUAIS... Romances AUTOR DADOS BIOGRÁFICOS BIBLIOGRAFIA Jorge Amado Nome completo: Jorge Amado de Faria Nascimento: 10 de agosto de 1912, Itabuna, BA Morte: 06 de agosto de 2001, Salvador, BA INDIVIDUAIS... Romances - O

Leia mais

Fundação Casa de Jorge Amado: Catálogo do acervo de documentos

Fundação Casa de Jorge Amado: Catálogo do acervo de documentos Fundação Casa de Jorge Amado: Catálogo do acervo de documentos Fundação Casa de Jorge Amado Presidente Arthur Guimarães Sampaio Coordenadora Executiva Myriam Fraga Fundação Casa de Jorge Amado: Catálogo

Leia mais

BEIRA RIO BEIRA VIDA Assis Brasil. Resumo da obra indicada pela UESPI - Vestibular 2003 www.procampus.com.br

BEIRA RIO BEIRA VIDA Assis Brasil. Resumo da obra indicada pela UESPI - Vestibular 2003 www.procampus.com.br BEIRA RIO BEIRA VIDA Assis Brasil Resumo da obra indicada pela UESPI - Vestibular 2003 BEIRA RIO BEIRA VIDA (Assis Brasil) Prof. Jorge Alberto* (Professor de Literatura do Ensino Médio) I - VIDA: Francisco

Leia mais

Carnaval 2014. A Sociedade Rosas de Ouro orgulhosamente apresenta o enredo: Inesquecível

Carnaval 2014. A Sociedade Rosas de Ouro orgulhosamente apresenta o enredo: Inesquecível Carnaval 2014 A Sociedade Rosas de Ouro orgulhosamente apresenta o enredo: Inesquecível Nesta noite vamos fazer uma viagem! Vamos voltar a um tempo que nos fez e ainda nos faz feliz, porque afinal como

Leia mais

O Local e o Global em Luanda Beira Bahia 1

O Local e o Global em Luanda Beira Bahia 1 Glauce Souza Santos 2 O Local e o Global em Luanda Beira Bahia 1 Resumo Esta resenha objetiva analisar a relação local/global e a construção da identidade nacional na obra Luanda Beira Bahia do escritor

Leia mais

PROJETO DE LEITURA A PEDRA NO SAPATO DO HERÓI ORÍGENES LESSA INTENÇÃO: INSTIGAR A CURIOSIDADE E AMPLIAR O REPERTÓRIO DO ALUNO

PROJETO DE LEITURA A PEDRA NO SAPATO DO HERÓI ORÍGENES LESSA INTENÇÃO: INSTIGAR A CURIOSIDADE E AMPLIAR O REPERTÓRIO DO ALUNO PARTE 1 PROJETO DE LEITURA A PEDRA NO SAPATO DO HERÓI ORÍGENES LESSA PRÉ-LEITURA ATIVIDADES ANTERIORES À LEITURA INTENÇÃO: INSTIGAR A CURIOSIDADE E AMPLIAR O REPERTÓRIO DO ALUNO 1. Conhecendo o autor...

Leia mais

ROMANTISMO EM PORTUGAL E NO BRASIL

ROMANTISMO EM PORTUGAL E NO BRASIL AULA 10 LITERATURA PROFª Edna Prado ROMANTISMO EM PORTUGAL E NO BRASIL I - CONTEXTO HISTÓRICO Na aula passada nós estudamos as principais características do Romantismo e vimos que a liberdade era a mola

Leia mais

RELENDO A HISTÓRIA AO LER HISTÓRIAS

RELENDO A HISTÓRIA AO LER HISTÓRIAS RELENDO A HISTÓRIA AO LER HISTÓRIAS BRASÍLIA ECHARDT VIEIRA (CENTRO DE ATIVIDADES COMUNITÁRIAS DE SÃO JOÃO DE MERITI - CAC). Resumo Na Baixada Fluminense, uma professora que não está atuando no magistério,

Leia mais

Cronologia. Jorge Amado 83

Cronologia. Jorge Amado 83 Cronologia 1912-1919 Jorge Amado nasce em 10 de agosto de 1912, em Itabuna, Bahia. Em 1914, seus pais transferem-se para Ilhéus, onde ele estuda as primeiras letras. Entre 1914 e 1918, trava-se na Europa

Leia mais

12 novembro Vila Franca de Xira: Museu do Neo-Realismo 15:30 16:00 Ana Maria Machado 17:30

12 novembro Vila Franca de Xira: Museu do Neo-Realismo 15:30 16:00 Ana Maria Machado 17:30 12 novembro Vila Franca de Xira: Museu do Neo-Realismo [*Lisboa, 14:00, Átrio da Faculdade de Letras: partida para Vila Franca de Xira em autocarro] 15:30 Abertura 16:00 - Conferência: Ana Maria Machado

Leia mais

Nomes: Marcelo Lauer, Mariana Matté, Matheus Fernandes, Raissa Reis e Nadine Siqueira

Nomes: Marcelo Lauer, Mariana Matté, Matheus Fernandes, Raissa Reis e Nadine Siqueira Escritor brasileiro Dados de Identificação: Nomes: Marcelo Lauer, Mariana Matté, Matheus Fernandes, Raissa Reis e Nadine Siqueira Turma: 201 Professora: Ivânia Lamb Romancista brasileiro nascido em São

Leia mais

Porque Galeano escreve, eu sonho, porque sonho, eu não sou...

Porque Galeano escreve, eu sonho, porque sonho, eu não sou... Léolo, o personagem do belíssimo filme de Jean-Claude Lauzon, cercado pela loucura e pelo horror, repetia: Porque eu sonho, não estou louco, porque eu sonho, eu não sou... Galeano compartilha conosco um

Leia mais

3º trimestre de 2014 Literatura

3º trimestre de 2014 Literatura LEITURAS INDICADAS 3º trimestre de 2014 Literatura 1ª Leitura: TOMÁS, Antônio Gonzaga. Cartas Chilenas. Sinopse: O livro Cartas Chilenas (1788-1789), de autoria do inconfidente Tomás Antônio Gonzaga, é

Leia mais

CANTOS DO FOLHETO O DOMINGO

CANTOS DO FOLHETO O DOMINGO CANTOS DO FOLHETO O DOMINGO 1. UM POUCO ALÉM DO PRESENTE (10º DOMINGO) 1. Um pouco além do presente, Alegre, o futuro anuncia A fuga das sombras da noite, A luz de um bem novo dia. REFRÃO: Venha teu reino,

Leia mais

NADJA VLADI - Editora da revista Muito.

NADJA VLADI - Editora da revista Muito. NADJA VLADI - Editora da revista Muito. Jornalista, doutora em Comunicação e Cultura Contemporâneas pela Faculdade de Comunicação da UFBA. Atualmente atua como editora-coordenadora da revista Muito do

Leia mais

O Vermelho do Capim. Poemas da Guerra Colonial. José Rosa Sampaio. Portimão 1986

O Vermelho do Capim. Poemas da Guerra Colonial. José Rosa Sampaio. Portimão 1986 José Rosa Sampaio * O Vermelho do Capim Poemas da Guerra Colonial ** Ficha Técnica: Título: O Vermelho do Capim: poemas da Guerra Colonial Autor: José Rosa Sampaio, 1949- Tiragem: 30 exemplares fora do

Leia mais

readquire a alegria de viver. O incrível universo do jardim fortalece a amizade entre as crianças e traz de volta o sorriso ao rosto do senhor Craven.

readquire a alegria de viver. O incrível universo do jardim fortalece a amizade entre as crianças e traz de volta o sorriso ao rosto do senhor Craven. O JARDIM SECRETO Introdução ao tema Mais que um simples romance sobre a descoberta de um lugar proibido, O jardim secreto revela o fascínio dos primeiros contatos com a natureza e a importância que ela

Leia mais

Prova Escrita de Português

Prova Escrita de Português EXAME FINAL NACIONAL DO ENSINO SECUNDÁRIO Prova Escrita de Português Alunos com deficiência auditiva de grau severo ou profundo 12.º Ano de Escolaridade Decreto-Lei n.º 139/2012, de 5 de julho Prova 239/2.ª

Leia mais

Gramática e Redação. Exercícios de Revisão I

Gramática e Redação. Exercícios de Revisão I Nome: n o : E nsino: A no: T urma: Data: Prof(a): Fundamental 7 o Gramática e Redação Exercícios de Revisão I Leia com atenção o texto abaixo. Ignácio de Loyola Brandão nasceu em Araraquara, no Estado

Leia mais

Conheça a trajetória da primeira mulher presidente do Brasil

Conheça a trajetória da primeira mulher presidente do Brasil Conheça a trajetória da primeira mulher presidente do Brasil Dilma Rousseff nasceu em Belo Horizonte em 1947. Presidência é seu primeiro cargo eletivo. Marília Juste Do G1, em São Paulo Dilma Rousseff

Leia mais

ENTRE FERAS CAPÍTULO 16 NOVELA DE: RÔMULO GUILHERME ESCRITA POR: RÔMULO GUILHERME

ENTRE FERAS CAPÍTULO 16 NOVELA DE: RÔMULO GUILHERME ESCRITA POR: RÔMULO GUILHERME ENTRE FERAS CAPÍTULO 16 NOVELA DE: RÔMULO GUILHERME ESCRITA POR: RÔMULO GUILHERME CENA 1. HOSPITAL. QUARTO DE. INTERIOR. NOITE Fernanda está dormindo. Seus pulsos estão enfaixados. Uma enfermeira entra,

Leia mais

Escola de Português Verão de 2015 Ano 13 Nível 2 Exercícios Semana 1 Parte 2 Revisão Verbos irregulares no pretérito perfeito do indicativo:

Escola de Português Verão de 2015 Ano 13 Nível 2 Exercícios Semana 1 Parte 2 Revisão Verbos irregulares no pretérito perfeito do indicativo: Escola de Português Verão de 2015 Ano 13 Nível 2 Exercícios Semana 1 Parte 2 Revisão Verbos irregulares no pretérito perfeito do indicativo: 1) Complete as frases abaixo com o pretérito perfeito dos seguintes

Leia mais

capítulo i Perfis...21 capítulo ii Da Rússia a Maceió e Recife... 27

capítulo i Perfis...21 capítulo ii Da Rússia a Maceió e Recife... 27 Sumário Agradecimentos...13 Nota...15 Apresentação........................................................19 capítulo i Perfis...21 capítulo ii Da Rússia a Maceió e Recife... 27 A família reunida Os caminhos

Leia mais

AGENDA. DDCSCD Serviços da Biblioteca Municipal de Montalegre. Dezembro 2015. Ande o frio onde andar, no Natal cá vem parar.

AGENDA. DDCSCD Serviços da Biblioteca Municipal de Montalegre. Dezembro 2015. Ande o frio onde andar, no Natal cá vem parar. AGENDA DDCSCD Serviços da Biblioteca Municipal de Montalegre Dezembro 2015 Ande o frio onde andar, no Natal cá vem parar. AUTOR em Destaque Hans Christian Andersen. Biografia Hans Christian Andersen nasceu

Leia mais

CURSO DE DIREITO VALDEIR SOARES DA CONCEIÇÃO AGNALDO FERREIRA SANTOS

CURSO DE DIREITO VALDEIR SOARES DA CONCEIÇÃO AGNALDO FERREIRA SANTOS CURSO DE DIREITO VALDEIR SOARES DA CONCEIÇÃO AGNALDO FERREIRA SANTOS Trabalho apresentado à Faculdade Pitágoras Unidade Teixeira de Freitas, como pré-requisito de obtenção de nota parcial da disciplina

Leia mais

Arquivo Público do Estado de São Paulo

Arquivo Público do Estado de São Paulo Arquivo Público do Estado de São Paulo Oficina: O(s) Uso(s) de documentos de arquivo na sala de aula Ditadura Militar e Anistia (1964 a 1985). Anos de Chumbo no Brasil. Ieda Maria Galvão dos Santos 2º

Leia mais

Ator e diretor Marcos Paulo morre aos 61 anos no Rio de Janeiro. Escrito por Fábio Barbosa Seg, 12 de Novembro de 2012 10:09

Ator e diretor Marcos Paulo morre aos 61 anos no Rio de Janeiro. Escrito por Fábio Barbosa Seg, 12 de Novembro de 2012 10:09 O ator e diretor Marcos Paulo, um dos principais nomes da teledramaturgia brasileira, morreu neste domingo (11), aos 61 anos, no Rio de Janeiro. De acordo com comunicado divulgado pela TV Globo, ele sofreu

Leia mais

Entreletras - Entrevistas com

Entreletras - Entrevistas com Brasil, sábado, 23 de outubro de 2004 http://www.abrali.com/015coluna_direita/sandra_baldessin/antonio_miranda_sandra_baldessin.html www.abrali.com.br Entreletras - Entrevistas com Escritores Entrevistado:

Leia mais

Delicadezas Chris Cysneiros 1

Delicadezas Chris Cysneiros 1 Delicadezas Chris Cysneiros 1 2 Delicadezas Chris Cysneiros CHRIS CYSNEIROS 4 Delicadezas Chris Cysneiros Delicadezas Chris Cysneiros 5 Chris Cysneiros nasceu no Recife e é formada em Design Gráfico pela

Leia mais

ANSELMO SERRAT Fundador e Diretor do Circo Picolino

ANSELMO SERRAT Fundador e Diretor do Circo Picolino ANSELMO SERRAT Fundador e Diretor do Circo Picolino Anselmo Serrat criou a Escola Picolino de Artes do Circo em 1985, em parceria com Verônica Tamaoki. Criada como uma escola de circo particular, a Escola

Leia mais

Aos 14 anos, na Bahia, começou a trabalhar em jornais e a participar da vida literária, sendo um dos fundadores da Academia dos Rebeldes

Aos 14 anos, na Bahia, começou a trabalhar em jornais e a participar da vida literária, sendo um dos fundadores da Academia dos Rebeldes "PRECISA TER TEMPO, PRECISA VIVER DE ESCREVER. ESSA HISTÓRIA DE ESPÍRITO JOVEM É BESTEIRA. O ESPÍRITO ACABA COM A JUVENTUDE. QUANDO SOMOS VELHOS, NÃO PODEMOS FAZER MIL COISAS AO MESMO TEMPO. PRECISAMOS

Leia mais

QUESTIONÁRIO 1. ALUNO(A) 4 a Série EF

QUESTIONÁRIO 1. ALUNO(A) 4 a Série EF 1. SEXO a.( ) Masculino. b.( ) Feminino. 2. COMO VOCÊ SE CONSIDERA? a.( ) Branco(a). b.( ) Pardo(a). c.( ) Preto(a). d.( ) Amarelo(a). e.( ) Indígena. 3. QUAL A SUA IDADE? 8 anos 9 anos 10 anos 11 anos

Leia mais

Um tango para sobreviver

Um tango para sobreviver Um tango para sobreviver Gina Freund Um tango para sobreviver em depoimento a Valéria Martins 1ª Edição POD Petrópolis KBR 2013 Edição de texto Noga Sklar Editoração: KBR Capa KBR sobre arquivo Google

Leia mais

GÊNERO LITERÁRIO: DESCRIÇÃO. Compartilharam a produção escrita com um colega e ao final fizeram desenhos ilustrativos desses nobres personagens.

GÊNERO LITERÁRIO: DESCRIÇÃO. Compartilharam a produção escrita com um colega e ao final fizeram desenhos ilustrativos desses nobres personagens. GÊNERO LITERÁRIO: DESCRIÇÃO Os alunos do estudaram as descrições de personagens e a partir da criação de um personagem da imaginação deles puderam escrever um texto descritivo. Compartilharam a produção

Leia mais

Atividade extra. Fascículo 1 História Unidade 1 Memória e experiência social. Questão 1. Ciências Humanas e suas Tecnologias História 39

Atividade extra. Fascículo 1 História Unidade 1 Memória e experiência social. Questão 1. Ciências Humanas e suas Tecnologias História 39 Atividade extra Fascículo 1 História Unidade 1 Memória e experiência social Questão 1 Alguma coisa acontece no meu coração Que só quando cruza a Ipiranga e a Avenida São João É que quando eu cheguei por

Leia mais

Edição: Rodrigo Amorim DESENHOS: Lavínya Vieira CORDEL: 1º ANO A 02

Edição: Rodrigo Amorim DESENHOS: Lavínya Vieira CORDEL: 1º ANO A 02 O Cordel, Paixão e Poesia: Castro Alves o poeta da Bahia foi feito pelos alunos do 1º ano A (IF Baiano campus Itapetinga). O cordel é uma grande homenagem ao grande poeta baiano Castro Alves, conhecido

Leia mais

Um na Estrada Caio Riter

Um na Estrada Caio Riter Um na Estrada Caio Riter PROJETO DE LEITURA 1 O autor Caio Riter nasceu em 24 de dezembro, em Porto Alegre, no Rio Grande do Sul. É bacharel em Comunicação Social, com habilitação em Jornalismo, pela Pontifícia

Leia mais

Pedro Almeida Filho. Maternidade da Vida

Pedro Almeida Filho. Maternidade da Vida Maternidade da Vida Pedro Almeida Filho Maternidade da Vida Editor responsável Zeca Martins Projeto gráfico e diagramação Juliana Smeers Controle editorial Manuela Oliveira Capa Pedro Brondi Revisão Bruna

Leia mais

Orama Valentim já tem data marcada para no desafio, o Miss Brasil em setembro

Orama Valentim já tem data marcada para no desafio, o Miss Brasil em setembro Universidade Estadual do Norte Fluminense Darcy Ribeiro Gerência de Comunicação Jornal: Cidade: Data: Página: Seção: Ururau.com.br Campos 11/08/2013 WEB 11 de agosto de 2013 16:24 CIDADES E REGIÃO - É

Leia mais

Deborah Zaniolli DEBORAH ZANIOLLI DOCE VIDA DURA. 1ª Edição

Deborah Zaniolli DEBORAH ZANIOLLI DOCE VIDA DURA. 1ª Edição Deborah Zaniolli DEBORAH ZANIOLLI DOCE VIDA DURA 1ª Edição Piedade/SP Edição da Autora 2012 1 Doce vida dura Título da obra: DOCE VIDA DURA Gênero literário da obra: Não Ficção Copyright 2016 por Deborah

Leia mais

Limite é bom e todo mundo gosta

Limite é bom e todo mundo gosta Correio Braziliense http://www2.correioweb.com.br/cbonline/revistadocorreio/sup_rvd_6.htm Página 1 de 3 28/03/2010 Brasília, domingo, 28 de março de 2010 Assine Assinante Busca CB Contato COMPORTAMENTO

Leia mais

ADOLESCÊNCIA: PSICOPATOLOGIAS E CLÍNICA PSICANALÍTICA

ADOLESCÊNCIA: PSICOPATOLOGIAS E CLÍNICA PSICANALÍTICA ADOLESCÊNCIA: PSICOPATOLOGIAS E CLÍNICA PSICANALÍTICA MARIA DA GLORIA SCHWAB SADALA 1. BREVE CURRICULO PSICÓLOGA E PSICANALISTA DOUTORA, MESTRE E ESPECIALISTA PELA UFRJ COORDENADORA DO MESTRADO EM PSICANÁLISE

Leia mais

Jorge Amado. Heloisa Prieto. Organização O CONTADOR DE HISTÓRIAS CENAS ESCOLHIDAS

Jorge Amado. Heloisa Prieto. Organização O CONTADOR DE HISTÓRIAS CENAS ESCOLHIDAS Jorge Amado O CONTADOR DE HISTÓRIAS CENAS ESCOLHIDAS Organização Heloisa Prieto Copyright 2012 by Grapiúna Grapiúna Produções Artísticas Ltda. Grafia atualizada segundo o Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa

Leia mais

Reflexões e atividades sobre Ação Social para culto infantil

Reflexões e atividades sobre Ação Social para culto infantil Reflexões e atividades sobre Ação Social para culto infantil Apresentaremos 4 lições, que mostram algum personagem Bíblico, onde as ações praticadas ao longo de sua trajetória abençoaram a vida de muitas

Leia mais

GUERREIRA DAS LETRAS ANGOLANAS

GUERREIRA DAS LETRAS ANGOLANAS GUERREIRA DAS LETRAS ANGOLANAS (Entrevista com a escritora Isabel Ferreira) Mayrant Gallo ELA É ANGOLANA, ROMANCISTA E POETISA. ANGOLANAS. JÁ FOI GUERRILHEIRA E HOJE É UMA GUERREIRA DAS LETRAS ELA É ISABEL

Leia mais

CIRCULAÇÃO PERIODICIDADE

CIRCULAÇÃO PERIODICIDADE Portfólio 2015 A Revista AG é uma revista feminina, atual e sempre inovadora, que antecede tudo que é novo nas áreas de saúde, bem-estar, fitness, moda, beleza, decoração, gastronomia, viagens e muito

Leia mais

Para atender ao objetivo geral descrito, apontamos o seguinte objetivo específico:

Para atender ao objetivo geral descrito, apontamos o seguinte objetivo específico: 14 1. INTRODUÇÃO Como a comunicação é utilizada para mobilização social e captação de recursos na ONG Visão Mundial? (Terceiro Setor). O estudo tem como principal objetivo entender a dinâmica da comunicação

Leia mais

A amizade abana o rabo

A amizade abana o rabo RESENHA Leitor iniciante Leitor em processo Leitor fluente ILUSTRAÇÕES: Marina relata, nessa história, seu encontro com cães especiais, que fazem parte de sua vida: Meiga, Maribel e Milord. A história

Leia mais

Proposta do Projeto Salve Jorge! 100 anos de história

Proposta do Projeto Salve Jorge! 100 anos de história Proposta do Projeto Salve Jorge! 100 anos de história 1 Agenda de Convocação de Reunião Data Local Início Término 14/03/2012 CDI 13h 15h Objetivos Traçar os planos para Exposição Salve Jorge! 100 Anos

Leia mais

Dia de Portugal, de Camões e das Comunidades Portuguesas 10 de Junho de 2010

Dia de Portugal, de Camões e das Comunidades Portuguesas 10 de Junho de 2010 INTERVENÇÃO DO SENHOR PRESIDENTE DA CÂMARA MUNICIPAL DE OEIRAS Dr. Isaltino Afonso Morais Dia de Portugal, de Camões e das Comunidades Portuguesas 10 de Junho de 2010 LOCAL: Figueirinha, Oeiras REALIZADO

Leia mais

PAGINA 1 BÍBLIA PASSO A PASSO NOVO TESTAMENTO

PAGINA 1 BÍBLIA PASSO A PASSO NOVO TESTAMENTO PAGINA 1 BÍBLIA PASSO A PASSO NOVO TESTAMENTO 11. PERÍODOS DA VIDA DE JESUS 28 E a fama de Jesus se espalhou depressa por toda a região da Galiléia. Jesus cura a sogra de Pedro: 29 Logo depois, Jesus,

Leia mais

KLEIDYR BARBOSA: JUAZEIRENSE É O REI DO PLATINADO EM SÃO PAULO.

KLEIDYR BARBOSA: JUAZEIRENSE É O REI DO PLATINADO EM SÃO PAULO. KLEIDYR BARBOSA: JUAZEIRENSE É O REI DO PLATINADO EM SÃO PAULO. O Blog tem mantido contato nas últimas semanas com Cláudia Costa que reside em São Paulo e é amiga de Kleidyr Barbosa dos Santos que é natural

Leia mais

AS TRÊS EXPERIÊNCIAS

AS TRÊS EXPERIÊNCIAS Nome: N.º: endereço: data: Telefone: E-mail: Colégio PARA QUEM CURSA O 8 Ọ ANO EM 2014 Disciplina: PoRTUGUÊs Prova: desafio nota: Texto para as questões de 1 a 7. AS TRÊS EXPERIÊNCIAS Há três coisas para

Leia mais

TROVAS DO CORAÇÃO FRANCISCO CÂNDIDO XAVIER CORNÉLIO PIRES

TROVAS DO CORAÇÃO FRANCISCO CÂNDIDO XAVIER CORNÉLIO PIRES TROVAS DO CORAÇÃO FRANCISCO CÂNDIDO XAVIER CORNÉLIO PIRES ÍNDICE 2 Afirmativa, Alegria, Beneficência, Candeia Viva, Caso Triste, Criação... 03 Desengano, Deserção, Despedida, Destaque, Disciplina, Divino

Leia mais

É verdade que só começo um livro quando descubro uma pluma branca. Isso é um ritual que me impus apesar se só escrever uma vez cada dois anos.

É verdade que só começo um livro quando descubro uma pluma branca. Isso é um ritual que me impus apesar se só escrever uma vez cada dois anos. 1) Como está sendo a expectativa do escritor no lançamento do livro Ser como um rio que flui? Ele foi lançado em 2006 mas ainda não tinha sido publicado na língua portuguesa, a espera do livro pelos fãs

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Coordenação de Biblioteca INAUGURAÇÃO DA «CASA DE CULTURA JORGE

Leia mais

RECUPERAÇÃO DE IMAGEM

RECUPERAÇÃO DE IMAGEM RECUPERAÇÃO DE IMAGEM Quero que saibam que os dias que se seguiram não foram fáceis para mim. Porém, quando tornei a sair consciente, expus ao professor tudo o que estava acontecendo comigo, e como eu

Leia mais

Acorda, seu Zé Preguiça, hoje é domingo. Dia do Senhor. A sua mãe tá passando a roupa que você separou ontem, e o seu café já está pronto, só

Acorda, seu Zé Preguiça, hoje é domingo. Dia do Senhor. A sua mãe tá passando a roupa que você separou ontem, e o seu café já está pronto, só Acorda, seu Zé Preguiça, hoje é domingo. Dia do Senhor. A sua mãe tá passando a roupa que você separou ontem, e o seu café já está pronto, só esperando a sua boa vontade. Felipe tentou voltar a dormir,

Leia mais

ASSOCIAÇÃO BENEFICENTE AMAR NOSSAS NOTÍCIAS. Ir. Adma recebe Prêmio Internacional Don Pino Puglisi

ASSOCIAÇÃO BENEFICENTE AMAR NOSSAS NOTÍCIAS. Ir. Adma recebe Prêmio Internacional Don Pino Puglisi ASSOCIAÇÃO BENEFICENTE AMAR NOSSAS NOTÍCIAS Ir. Adma recebe Prêmio Internacional Don Pino Puglisi No dia 31 de outubro foi realizada, no Consulado Geral da Itália, a entrega do Prêmio Internacional Don

Leia mais

o universo de jorge amado

o universo de jorge amado c a d e r n o de le i t u r a s o universo de jorge amado Jorge Amado 1 coleção Jorge Amado Conselho editorial Alberto d a Co s ta e Si lva Lilia Moritz Schwarcz Coordenação editorial Thyago Nogueira O

Leia mais

FILME BRASILEIROS - 35ª MOSTRA INTERNACIONAL DE CINEMA EM SÃO PAULO

FILME BRASILEIROS - 35ª MOSTRA INTERNACIONAL DE CINEMA EM SÃO PAULO FILME BRASILEIROS - 35ª MOSTRA INTERNACIONAL DE CINEMA EM SÃO PAULO TITULO_ORIGINAL TITULO_PT PAISES ANO PRODUCAO SECAO 1 A ALMA ROQUEIRA DE NOEL A ALMA ROQUEIRA DE NOEL ROSA BRASIL 2011 Competição de

Leia mais

DE LEITOR A TURISTA NA ILHÉUS DE JORGE AMADO

DE LEITOR A TURISTA NA ILHÉUS DE JORGE AMADO DE LEITOR A TURISTA NA ILHÉUS DE JORGE Por AMADO mares nunca dantes navegados Maria de Lourdes Netto Simões* Eu vim de longe, vim ver Gabriela Camões Considerações iniciais Jorge Amado imagens apreciar

Leia mais

TÍTULO: ROTEIRO E ADAPTAÇÃO: UMA ANÁLISE DE QUANDO EU ERA VIVO. CATEGORIA: EM ANDAMENTO ÁREA: CIÊNCIAS HUMANAS E SOCIAIS SUBÁREA: ARTES VISUAIS

TÍTULO: ROTEIRO E ADAPTAÇÃO: UMA ANÁLISE DE QUANDO EU ERA VIVO. CATEGORIA: EM ANDAMENTO ÁREA: CIÊNCIAS HUMANAS E SOCIAIS SUBÁREA: ARTES VISUAIS TÍTULO: ROTEIRO E ADAPTAÇÃO: UMA ANÁLISE DE QUANDO EU ERA VIVO. CATEGORIA: EM ANDAMENTO ÁREA: CIÊNCIAS HUMANAS E SOCIAIS SUBÁREA: ARTES VISUAIS INSTITUIÇÃO: UNIVERSIDADE ANHEMBI MORUMBI AUTOR(ES): AMANDA

Leia mais

CENTRO DE MEMÓRIA DO ESPORTE ESCOLA DE EDUCAÇÃO FÍSICA UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL PROJETO GARIMPANDO MEMÓRIAS

CENTRO DE MEMÓRIA DO ESPORTE ESCOLA DE EDUCAÇÃO FÍSICA UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL PROJETO GARIMPANDO MEMÓRIAS CENTRO DE MEMÓRIA DO ESPORTE ESCOLA DE EDUCAÇÃO FÍSICA UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL PROJETO GARIMPANDO MEMÓRIAS SAMARA DA SILVA VIEIRA (depoimento) 2014 CEME-ESEF-UFRGS FICHA TÉCNICA Projeto:

Leia mais

Diálogos. Escrevendo Pastores da noite, 1964

Diálogos. Escrevendo Pastores da noite, 1964 Diálogos Norma Seltzer Goldstein Escrevendo Pastores da noite, 1964 10 Caderno de Leituras Jo r g e Am a d o f o i u m h o m e m at e n t o a t u d o que o cercava e um escritor capaz de tecer elos entre

Leia mais

Três importantes invenções

Três importantes invenções Três importantes invenções Por Pedro Varanda Para mim o fogo foi a maior conquista do ser humano na pré-história. A partir desta conquista o homem aprendeu a utilizar a força do fogo em seu proveito, extraindo

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Coordenação de Biblioteca INAUGURAÇÃO DA NOVA CIDADE DE CANINDÉ

Leia mais

Uma Procissão em Comunhão a Nossa Senhora

Uma Procissão em Comunhão a Nossa Senhora Uma Procissão em Comunhão a Nossa Senhora Os Paroquianos de Canidelo, na noite de 29.05.2015 presentearam Nossa Senhora e Nossa Mãe Maria Santíssima, com uma bela e sublime procissão. Foram quatro procissões

Leia mais

ENTREVISTA CONFISSÃO DE JONUEL GONÇALVES: O NOMADISMO POR VEZES CANSA

ENTREVISTA CONFISSÃO DE JONUEL GONÇALVES: O NOMADISMO POR VEZES CANSA www.ceid.edu.ar - admin@ceid.edu.ar Buenos Aires, Argentina ENTREVISTA CONFISSÃO DE JONUEL GONÇALVES: O NOMADISMO POR VEZES CANSA Texto adebayo vunge Fotos quintiliano dos santos Novo Jornal (Luanda, Angola)

Leia mais

Versão Oficial. Locutor - A Rádio Nacional apresenta ESTUDIO F, Momentos Musicais da Funarte. Apresentação de Paulo César Soares

Versão Oficial. Locutor - A Rádio Nacional apresenta ESTUDIO F, Momentos Musicais da Funarte. Apresentação de Paulo César Soares 1 Versão Oficial Sueli Costa EF98 E S T Ú D I O F - programa número 98 Á U D I O T E X T O Música-tema entra e fica em BG; Locutor - A Rádio Nacional apresenta ESTUDIO F, Momentos Musicais da Funarte Apresentação

Leia mais

SUGESTÕES DE ATIVIDADES

SUGESTÕES DE ATIVIDADES PROJETO DE LEITURA PRÉ-LEITURA ATIVIDADES ANTERIORES À LEITURA INTENÇÃO: LEVANTAR HIPÓTESES SOBRE A AUTORA, SOBRE O LIVRO, INSTIGAR A CURIOSIDADE E AMPLIAR O REPERTÓRIO DO ALUNO. Antes de você iniciar

Leia mais

MOMENTO DE ORAÇÃO (nos cânticos o que está em caracteres tachados não deve ser pronunciado, apenas sua melodia deve ser lembrada com um leve sussurro)

MOMENTO DE ORAÇÃO (nos cânticos o que está em caracteres tachados não deve ser pronunciado, apenas sua melodia deve ser lembrada com um leve sussurro) MOMENTO DE ORAÇÃO (nos cânticos o que está em caracteres tachados não deve ser pronunciado, apenas sua melodia deve ser lembrada com um leve sussurro) Canto inicial: OFERTÓRIO DA COMUNIDADE 1. Nesta mesa

Leia mais

eunice arruda - poesias alguns (poemas selecionados de eunice arruda)

eunice arruda - poesias alguns (poemas selecionados de eunice arruda) eunice arruda - poesias alguns (poemas selecionados de eunice arruda) propósito Viver pouco mas viver muito Ser todo o pensamento Toda a esperança Toda a alegria ou angústia mas ser Nunca morrer enquanto

Leia mais

PROGRAMA LUGARES DA MEMÓRIA

PROGRAMA LUGARES DA MEMÓRIA Memorial da Resistência de São Paulo PROGRAMA LUGARES DA MEMÓRIA CEMITÉRIO MUNICIPAL DE AREIA BRANCA Endereço: Avenida Nossa Senhora de Fátima, 768, Areia Branca, Santos,SP. Classificação: Cemitério Identificação

Leia mais

PROJETO DE LEI nº 134 /2011.

PROJETO DE LEI nº 134 /2011. PROJETO DE LEI nº 134 /2011. Denomina ruas do loteamento Santa Fé, conforme especifica. Art. 1º As ruas do loteamento Santa Fé, passam a denominar-se: I - Rua 1(um) - Rua Helena Pereira de Souza Sacerdote

Leia mais

Serviço Social do Comércio Departamento Nacional Estância Ecológica SESC - Pantanal PROCESSO SELETIVO. Estágio Ensino Médio PROVA

Serviço Social do Comércio Departamento Nacional Estância Ecológica SESC - Pantanal PROCESSO SELETIVO. Estágio Ensino Médio PROVA Serviço Social do Comércio Departamento Nacional Estância Ecológica SESC - Pantanal PROCESSO SELETIVO Estágio Ensino Médio PROVA Local e data: Escola: Nome: Assinatura: INSTRUÇÕES GERAIS Leia a prova com

Leia mais

O LABORATÓRIO DE PESQUISA DA UNICARIOCA

O LABORATÓRIO DE PESQUISA DA UNICARIOCA Enquete Um estudo feito por matemáticos da Universidade de Vermont, nos Estados Unidos, mostrou que o dia preferido pelas pessoas é o domingo. Os pesquisadores analisaram 2,4 milhões de mensagens pela

Leia mais

Coyright 2013 by Autor: Felipe Lucena Capa: Yuri Santana Corrêa Diagramação: Yuri Santana Corrêa Revisão: Camila Gomes Os personagens desta obra são

Coyright 2013 by Autor: Felipe Lucena Capa: Yuri Santana Corrêa Diagramação: Yuri Santana Corrêa Revisão: Camila Gomes Os personagens desta obra são Coyright 2013 by Autor: Felipe Lucena Capa: Yuri Santana Corrêa Diagramação: Yuri Santana Corrêa Revisão: Camila Gomes Os personagens desta obra são reais. No entanto, seus nomes foram alterados pelo autor.

Leia mais

Dalcídio Jurandir inspira projeto teatral Por Luciana Medeiros, colaboradora do Guiart

Dalcídio Jurandir inspira projeto teatral Por Luciana Medeiros, colaboradora do Guiart Dalcídio Jurandir inspira projeto teatral Por Luciana Medeiros, colaboradora do Guiart Ponta de Pedras, ilha do Marajó, Pará, 10 de janeiro de 1909. Nasce ali e naquela data uma das maiores expressões

Leia mais

Para gostar de pensar

Para gostar de pensar Rosângela Trajano Para gostar de pensar Volume III - 3º ano Para gostar de pensar (Filosofia para crianças) Volume III 3º ano Para gostar de pensar Filosofia para crianças Volume III 3º ano Projeto editorial

Leia mais

Os dois foram entrando e ROSE foi contando mais um pouco da história e EDUARDO anotando tudo no caderno.

Os dois foram entrando e ROSE foi contando mais um pouco da história e EDUARDO anotando tudo no caderno. Meu lugar,minha história. Cena 01- Exterior- Na rua /Dia Eduardo desce do ônibus com sua mala. Vai em direção a Rose que está parada. Olá, meu nome é Rose sou a guia o ajudara no seu projeto de história.

Leia mais

O movimento folkcomunicacional ao redor da crença a Corina Portugal em Ponta Grossa/PR

O movimento folkcomunicacional ao redor da crença a Corina Portugal em Ponta Grossa/PR 1 O movimento folkcomunicacional ao redor da crença a Corina Portugal em Ponta Grossa/PR Cíntia Xavier da Silva Pinto 1 Resumo: O presente estudo busca entender como manifestação da folkcomunicação o fenômeno

Leia mais

Trabalho realizado por: Mónica Algares. Nº10 Turma: S Ano: 11º. Disciplina de: Português. Módulo 8

Trabalho realizado por: Mónica Algares. Nº10 Turma: S Ano: 11º. Disciplina de: Português. Módulo 8 Trabalho realizado por: Mónica Algares Nº10 Turma: S Ano: 11º Disciplina de: Português Módulo 8 José Joaquim Cesário Verde nasceu no dia 25 de Fevereiro de 1855 em Lisboa, na Rua da Padaria, freguesia

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Coordenação de Biblioteca 1295 Honra-vos terdes escolhido,

Leia mais

HISTÓRIA - 2 o ANO MÓDULO 18 O GOVERNO VARGAS (1951-54)

HISTÓRIA - 2 o ANO MÓDULO 18 O GOVERNO VARGAS (1951-54) HISTÓRIA - 2 o ANO MÓDULO 18 O GOVERNO VARGAS (1951-54) Como pode cair no enem A crise de agosto de 1954, que terminou com o suicídio do Presidente Vargas, teve como antecedentes: a) a oposição dos

Leia mais

Conto n.o 5: A minha mãe é a Iemanjá 24.07.12. Ele ficava olhando o mar, horas se o deixasse. Ele só tinha cinco anos.

Conto n.o 5: A minha mãe é a Iemanjá 24.07.12. Ele ficava olhando o mar, horas se o deixasse. Ele só tinha cinco anos. Contos Místicos 1 Contos luca mac doiss Conto n.o 5: A minha mãe é a Iemanjá 24.07.12 Prefácio A história: esta história foi contada por um velho pescador de Mongaguá conhecido como vô Erson. A origem:

Leia mais

A linguagem da fotonovela Isabel S. Sampaio

A linguagem da fotonovela Isabel S. Sampaio A linguagem da fotonovela Isabel S. Sampaio No segundo semestre de 1970, as revistas que publicavam fotonovelas no Brasil ocupavam o segundo lugar em tiragem e circulação, perdendo apenas para as revistas

Leia mais

O livro que falava com o vento e outros contos

O livro que falava com o vento e outros contos LER a partir dos 10 anos GUIA DE LEITURA MARIAALZIRACABRAL O livro que falava com o vento e outros contos JOSÉ JORGE LETRIA Ilustrações de Alain Corbel Apresentação da obra O Livro Que Falava com o Vento

Leia mais

O legado de AGOSTINHO DA SILVA 15 anos após a sua morte i

O legado de AGOSTINHO DA SILVA 15 anos após a sua morte i O legado de AGOSTINHO DA SILVA 15 anos após a sua morte i LUÍS CARLOS SANTOS luis.santos@ese.ips.pt Escola Superior de Educação do Instituto Politécnico de Setúbal 1- Agostinho da Silva, um adepto da Educação

Leia mais

COLÉGIO INTERNATO DOS CARVALHOS Equipa de Animação Pastoral

COLÉGIO INTERNATO DOS CARVALHOS Equipa de Animação Pastoral COLÉGIO INTERNATO DOS CARVALHOS Equipa de Animação Pastoral Advento 2014 (Campanha de Preparação para o Natal) A ALEGRIA E A BELEZA DE VIVER EM FAMÍLIA. O tempo do Advento, que devido ao calendário escolar

Leia mais

Revista Amarelinha: Jornalismo segmentado para crianças de 9 a 12 anos¹. Marcela Lorenzoni². Camila Costa Toppel³. Camila Petry Feiler 4

Revista Amarelinha: Jornalismo segmentado para crianças de 9 a 12 anos¹. Marcela Lorenzoni². Camila Costa Toppel³. Camila Petry Feiler 4 Revista Amarelinha: Jornalismo segmentado para crianças de 9 a 12 anos¹ Marcela Lorenzoni² Camila Costa Toppel³ Camila Petry Feiler 4 Francielle Ferrari 5 Cícero Lira 6 Pontifícia Universidade Católica

Leia mais

Documento do MEJ Internacional. O coração do Movimento Eucarístico Juvenil

Documento do MEJ Internacional. O coração do Movimento Eucarístico Juvenil Documento do MEJ Internacional Para que a minha alegria esteja em vós Por ocasião dos 100 anos do MEJ O coração do Movimento Eucarístico Juvenil A O coração do MEJ é a amizade com Jesus (Evangelho) B O

Leia mais

COLÉGIO NOSSA SENHORA DE SION LIÇÕES DE MATEMÁTICA E CIÊNCIAS - 3 ano Semana de 23 a 27 de março de 2015.

COLÉGIO NOSSA SENHORA DE SION LIÇÕES DE MATEMÁTICA E CIÊNCIAS - 3 ano Semana de 23 a 27 de março de 2015. COLÉGIO NOSSA SENHORA DE SION LIÇÕES DE MATEMÁTICA E CIÊNCIAS - 3 ano Semana de 23 a 27 de março de 2015. Leia o texto a seguir para realizar as lições de Matemática da semana. Os alunos do 3º ano foram

Leia mais

Terra à vista! Nesta aula, utilizaremos os mapas para situar

Terra à vista! Nesta aula, utilizaremos os mapas para situar A U A U L L A Terra à vista! Nesta aula, utilizaremos os mapas para situar o lugar em que vivemos na superfície da Terra. Vamos verificar que os lugares são agrupados em grandes conjuntos chamados de continentes,

Leia mais

Destaque em Que horas ela volta?, Camila Márdila volta ao set

Destaque em Que horas ela volta?, Camila Márdila volta ao set Destaque em Que horas ela volta?, Camila Márdila volta ao set Em 'Altas expectativas', ela vive um romance com Gigante Leo por Josy Fichberg 14/02/2016 7:00 Gigante Leo e Camila Márdila no set de Altas

Leia mais

DONA ARANHA ELA É TEIMOSA E DESOBEDIENTE SOBE, SOBE, SOBE NUNCA ESTÁ CONTENTE

DONA ARANHA ELA É TEIMOSA E DESOBEDIENTE SOBE, SOBE, SOBE NUNCA ESTÁ CONTENTE DONA ARANHA A DONA ARANHA SUBIU PELA PAREDE VEIO A CHUVA FORTE E A DERRUBOU JÁ PASSOU A CHUVA E O SOL JÁ VAI SURGINDO E A DONA ARANHA NA PAREDE VAI SUBINDO ELA É TEIMOSA E DESOBEDIENTE SOBE, SOBE, SOBE

Leia mais

O IMPÉRIO DO BRASIL: PRIMEIRO REINADO 1822-1831. Professor Eric Assis Colégio Pedro II

O IMPÉRIO DO BRASIL: PRIMEIRO REINADO 1822-1831. Professor Eric Assis Colégio Pedro II O IMPÉRIO DO BRASIL: PRIMEIRO REINADO 1822-1831 Professor Eric Assis Colégio Pedro II OS DESAFIOS APÓS A INDEPENDÊNCIA I- Manter a unidade territorial do Brasil. II- Construir o Estado Nacional Brasileiro.

Leia mais

DEUS DA FAMÍLIA ISRC BR MKP 1300081 Ivan Barreto (MK Edições)

DEUS DA FAMÍLIA ISRC BR MKP 1300081 Ivan Barreto (MK Edições) DEUS DA FAMÍLIA ISRC BR MKP 1300081 Ivan Barreto (MK Edições) Sei que em minha casa estás Sempre cuida do meu lar O Senhor é o meu pastor e nada vai faltar Pois sei que tu és fiel, tu és fiel a mim Sei

Leia mais

Memórias de um Brasil holandês. 1. Responda: a) Qual é o período da história do Brasil retratado nesta canção?

Memórias de um Brasil holandês. 1. Responda: a) Qual é o período da história do Brasil retratado nesta canção? Material elaborado pelo Ético Sistema de Ensino Ensino fundamental Publicado em 2012 Prova bimestral 3 o Bimestre 4 o ano história Data: / / Nível: Escola: Nome: Memórias de um Brasil holandês Nessa terra

Leia mais