Projeto de Acessibilidade Virtual RENAPI/NAPNE

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Projeto de Acessibilidade Virtual RENAPI/NAPNE"

Transcrição

1 Projeto de Acessibilidade Virtual RENAPI/NAPNE Julho de 2010

2 Dislexia (BARROS, 2010; SILVA, 2009) Dificuldade na área da leitura, gerando a troca de linhas, palavras, letras, sílabas e fonemas. A troca de letras ocorre especialmente naquelas com diferenças sutis de grafia (d-p, p-q, b-q) ou com sons parecidos (d,t,f,m,n). A criança pode também trocar sílabas de uma palavra ou palavras inteiras, dificultando a compreensão do texto. Isso traz como consequência uma leitura mais lenta.

3 Dislexia RiqJYYI/AAAAAAAAASg/pKgxD1UfASE/s1600/58afdbe80299.jpg I/AAAAAAAAAKg/0cJkoPzOvwo/s320/dislexia.png

4 Características Pode ser confundida com preguiça ou má disciplina. Parece resultar de falhas nas conexões cerebrais. Dificuldade em soletrar, ler em voz alta e memorizar palavras.

5 Diagnóstico (OLIVEIRA, 2007) Os sintomas que indicam a dislexia, antes de um diagnóstico multidisciplinar (psicólogo, fonoaudiólogo e psicopedagogo) podem somente indicar um distúrbio de aprendizagem. Uma vez identificado o problema de rendimento escolar, deve-se procurar ajuda especializada. Para que se tenha um diagnóstico preciso, é necessário o relatório escolar e exames multidisciplinares.

6 Diagnóstico: avaliações mais solicitadas (OLIVEIRA, 2007) Cognitivos Inteligência Memória auditiva e visual Discriminação auditiva e visual Orientação Fluência verbal AAAAAAAABw/jKLHBDxGoow/s1600/teste.gif

7 Incidência (PEANUTS COLLECTOR CLUB) Segundo pesquisas realizadas, 20% de todas as crianças sofrem de dislexia. A dislexia é tão comum em meninos quanto em meninas.

8 Causas Neurobiológicas e genéticas. HRI/AAAAAAAAEtU/UVy17VIKI/s1600/genetica.jp g

9 Principais consequências confundir letras com grande frequência; dificuldade ao tentar rimar palavras e reconhecer letras e fonemas.

10 Entre 3 a 6 anos (Pré-escola) persiste em falar como um bebê; frequentemente pronuncia palavras de forma errada; não consegue reconhecer as letras que soletram seu nome; tem dificuldade em lembrar o nome de letras, números e dias da semana; leva muito tempo para aprender novas palavras; tem dificuldade em aprender rimas infantis.

11 Entre 6 ou 7 anos (Primeiro ano) tem dificuldade em dividir palavras em sílabas; não consegue ler palavras simples e monossilábicas, tais como rei ou bom ; comete erros de leitura que demonstram uma dificuldade em relacionar letras a seus respectivos sons; tem dificuldade em reconhecer fonemas; reclama que ler é muito difícil; frequentemente comete erros quando escreve e soletra palavras; memoriza textos sem compreendê-los.

12 Entre 7 e 12 anos comete erros ao pronunciar palavras longas ou complicadas; confunde palavras de sonoridade semelhante, como tomate e tapete, loção e canção ; utiliza excessivamente palavras vagas como coisa ; tem dificuldade para memorizar datas, nomes ou números de telefone; pula partes de palavras quando estas têm muitas sílabas; costuma substituir palavras difíceis por outras mais simples quando lê em voz alta; por exemplo, lê carro ao invés de automóvel ; comete muitos erros de ortografia; escreve de forma confusa.

13 Entre 7 e 12 anos Não consegue terminar as provas de sala de aula. Sente muito medo de ler em voz alta. magens/dislexia.jpg

14 A partir dos 12 anos comete erros na pronúncia de palavras longas ou complicadas; o nível de leitura está abaixo de seus colegas de sala de aula; tem dificuldades em soletrar palavras; soletra a mesma palavra de formas diferentes numa mesma página; lê muito devagar; evita ler e escrever; tem muita dificuldade em aprender uma língua estrangeira.

15 A partir dos 12 anos Tem dificuldade em resolver problemas de matemática que requeiram leitura. Inverte a ordem das letras bolo por lobo, lago por logo. s/discalculia.jpg

16 Outros transtornos associados Disortografia: dificuldade na ortografia das palavras, separação, ortografia e acentuação ff8552_m.jpg Discalculia: dificuldade em realizar operações matemáticas (cálculos, números e sequência); ujg50vxxi/aaaaaaaaakg/ffe- 1OIdPKY/s400/Matem%C3%A1tica.jpg TDAH: transtorno de déficit de atenção e hiperatividade.

17 Pessoas famosas e a Dislexia Whoopi Goldberg (atriz) Tom Cruise (ator) mcruise.jpg

18 Pessoas famosas e a Dislexia Walt Disney (fundador dos personagens e estúdios Disney) Agatha Christie (autora) /walt-disney.jpg

19 Tratamento (PEANUTS COLLECTOR CLUB) Tratamentos buscam estimular a capacidade do cérebro de relacionar letras aos sons que as representam e, posteriormente, ao significado das palavras que elas formam. g.com.br/images/mn/ /DISLEXIA-E-O-PROJETO- GENOMA-HUMANO.jpg A maioria dos tratamentos enfatiza a assimilação de fonemas, o desenvolvimento do vocabulário, a melhoria da compreensão e a fluência na leitura. Esses tratamentos ajudam o disléxico a reconhecer sons, sílabas, palavras e frases.

20 Tratamento Incentivar a pessoa a buscar novas atividades e interesses, tais como esportes ou música, e sempre o recompensar quando ela progredir em seus estudos. Quanto mais cedo for diagnosticada e tratada a dislexia, melhores serão as chances de corrigir falhas nas conexões cerebrais.

21 Como trabalhar É aconselhável que a criança disléxica leia em voz alta com um adulto para que ele possa corrigi-la. É importante saber que ajudar disléxicos a melhorar sua leitura é muito trabalhoso e exige muita atenção e repetição.

22 Como trabalhar Atividades que envolvam exercícios com associação das palavras; explicação dos fonemas e repetições tanto da leitura como da escrita.

23 Vídeos relacionados tories/icones/vista%20(220).png DISLEXIA NO FANTÁSTICO. Disponível em: < Acesso em: 05 jul (vídeo) Dislexia. Disponível em: < Acesso em: 06 jul (Vídeo)

24 Filmes Taare Zameen Par / Stars on Earth - Somos Todos Diferentes / Como Estrelas na Terra. Sinopse:Filme da produção de Bollywood, conta a história de uma criança que sofre com dislexia e custa a ser compreendida. Ishaan Awasthi, de 9 anos, já repetiu uma vez o terceiro período (no sistema educacional indiano) e corre o risco de repetir de novo. As letras dançam em sua frente, como diz, e não consegue acompanhar as aulas nem focar sua atenção. Seu pai acredita apenas na hipótese de falta de disciplina e trata Ishaan com muita rudez e falta de sensibilidade. Trainwreck: Minha Vida Como um Idiota, Fala sobre um jovem que possui transtorno de déficit de atenção autoinduzida, dislexia, tiques involuntários, equilíbrio desbalanceado, é ex-alcoólatra e também é o que pode-se descrever como ingênuo. Jeff acaba se apaixonando por uma socialite interesseira que pretende ajudá-lo a mudar sua vida.

25 Referências BARROS, Jussara de. Dificuldades de Aprendizagem. Equipe Brasil Escola. Disponível em: < Acesso em: 03 mar OLIVEIRA, Ércio. Dislexia Disponível em: < Acesso em: 05 jul PEANUTS COLLECTOR CLUB. A Dislexia. Disponível em: < po=artigo>. Acesso em: 02 jun In: GORMAN, Christine. The New Science of Dislexia Disponível em: < SILVA, Vanessa Ferreira. Problema de Aprendizagem: Possíveis Intervenções Psicopedagógicas. Disponível em: < Acesso em: 21 dez.2009.

Dislexia. Dificuldade na área da leitura, gerando a troca de linhas, palavras, letras, sílabas e fonemas.

Dislexia. Dificuldade na área da leitura, gerando a troca de linhas, palavras, letras, sílabas e fonemas. Dislexia (BARROS, 2010; SILVA, 2009) Dificuldade na área da leitura, gerando a troca de linhas, palavras, letras, sílabas e fonemas. A troca de letras ocorre especialmente naquelas com diferenças sutis

Leia mais

Dislexia: Como Suspeitar e Identificar Precocemente o Transtorno na Escola

Dislexia: Como Suspeitar e Identificar Precocemente o Transtorno na Escola Dislexia: Como Suspeitar e Identificar Precocemente o Transtorno na Escola Autor: Telma Pantano Data: 30/12/2009 Releitura realizada por Lana Bianchi e Vera Lucia Mietto. A identificação precoce de um

Leia mais

Comorbidades que podem estar associadas a Dislexia (TDA/TDAH)

Comorbidades que podem estar associadas a Dislexia (TDA/TDAH) Comorbidades que podem estar associadas a Dislexia (TDA/TDAH) Por Ana Luiza Borba Psicóloga e Especialista em Psicopedagogia O aluno com distúrbio de aprendizagem (DA), possui, no plano educacional, um

Leia mais

Projeto de Acessibilidade Virtual RENAPI/NAPNE

Projeto de Acessibilidade Virtual RENAPI/NAPNE Projeto de Acessibilidade Virtual RENAPI/NAPNE Junho de 2010 Dificuldades de Aprendizagem (CORREIA;MARTINS, 2010, p.06) Desordens neurológicas que interferem na recepção, integração ou expressão de informação,

Leia mais

CRDA - Centro de Referência em Distúrbios de Aprendizagem Módulo: Distúrbios de Aprendizagem Tema: Dislexia

CRDA - Centro de Referência em Distúrbios de Aprendizagem Módulo: Distúrbios de Aprendizagem Tema: Dislexia CRDA - Centro de Referência em Distúrbios de Aprendizagem Módulo: Distúrbios de Aprendizagem Tema: Dislexia WORLD SOCIETY OF NEUROLOGY Professor Jobair Ubiratan Distúrbio caracterizado por dificuldade

Leia mais

DISLEXIA: QUE BICHO É ESSE?

DISLEXIA: QUE BICHO É ESSE? DISLEXIA: QUE BICHO É ESSE? Lívia Ferreira da Silveira 1 Tatiana Azevedo de Souza da Cunha Lima 2 Resumo: O presente trabalho apresenta algumas reflexões acerca da historicidade e do conceito de dislexia

Leia mais

Dislexia. O que é? Distúrbios de Aprendizagem Prof. Dorival Rosa Brito

Dislexia. O que é? Distúrbios de Aprendizagem Prof. Dorival Rosa Brito Dislexia O que é? A dislexia é um distúrbio na leitura afetando a escrita, normalmente detectado a partir da alfabetização, período em que a criança inicia o processo de leitura de textos. Seu problema

Leia mais

DISLEXIA E TDAH: SUBSÍDIOS ÀS PRÁTICAS PEDAGÓGICAS ERONICE DE SOUZA LEÃO PSICOPEDAGOGA

DISLEXIA E TDAH: SUBSÍDIOS ÀS PRÁTICAS PEDAGÓGICAS ERONICE DE SOUZA LEÃO PSICOPEDAGOGA DISLEXIA E TDAH: SUBSÍDIOS ÀS PRÁTICAS PEDAGÓGICAS ERONICE DE SOUZA LEÃO PSICOPEDAGOGA DISLEXIA E TDAH: SUBSÍDIOS ÀS PRÁTICAS PEDAGÓGICAS NEM TODAS AS DIFICULDADES DE APRENDER SÃO TRANSTORNOS DE APRENDIZAGEM

Leia mais

CONTRIBUIÇÕES DO PSICÓLOGO ESCOLAR E DO PSICOPEDAGOGO NO DIAGNÓSTICO DAS DIFICULDADES DE APRENDIZAGEM. Resumo

CONTRIBUIÇÕES DO PSICÓLOGO ESCOLAR E DO PSICOPEDAGOGO NO DIAGNÓSTICO DAS DIFICULDADES DE APRENDIZAGEM. Resumo DOI: http://dx.doi.org/10.14295/idonline.v6i18.206 66 Interface Educação CONTRIBUIÇÕES DO PSICÓLOGO ESCOLAR E DO PSICOPEDAGOGO NO DIAGNÓSTICO DAS DIFICULDADES DE APRENDIZAGEM Edilândia Carvalho de Sousa

Leia mais

Como lidar com alunos com necessidades especiais?

Como lidar com alunos com necessidades especiais? Como lidar com alunos com necessidades especiais? Ao decorrer deste e-book gratuito, você verá 26 dicas incríveis para aprimorar o seu relacionamento em sala de aula com alunos que possuem necessidades

Leia mais

Atualmente o conceito mais aceito de dislexia é uma transtorno especifico da aquisição e do desenvolvimento da aprendizagem da leitura,caracterizado

Atualmente o conceito mais aceito de dislexia é uma transtorno especifico da aquisição e do desenvolvimento da aprendizagem da leitura,caracterizado Atualmente o conceito mais aceito de dislexia é uma transtorno especifico da aquisição e do desenvolvimento da aprendizagem da leitura,caracterizado por um rendimento em leitura inferior ao esperado para

Leia mais

Capacitação docente para atendimento educacional especial:

Capacitação docente para atendimento educacional especial: Capacitação docente para atendimento educacional especial: Dislexia e TDAH Profa. Dra. Ednéia Hayashi Departamento de Psicologia Geral e Análise do Comportamento Membro do NAC 2012 e 2014 *material elaborado

Leia mais

Faculdade de Alta Floresta - FAF

Faculdade de Alta Floresta - FAF O RECONHECIMENTO DO ALUNO DISLÉXICO PELO EDUCADOR Eliete Maria dos Santos 1 Roselene Nardi 2 A dislexia, como dificuldade de aprendizagem, verificada na educação escolar, é um distúrbio de leitura e de

Leia mais

Índice. 1. Metodologia de Alfabetização...3. 2. Aprendizagem da Escrita...3 3. Aprendizagem da Leitura...6

Índice. 1. Metodologia de Alfabetização...3. 2. Aprendizagem da Escrita...3 3. Aprendizagem da Leitura...6 GRUPO 6.1 MÓDULO 6 Índice 1. Metodologia de Alfabetização...3 1.1. Qual o Conhecimento sobre o Sistema de Escrita dos Jovens e Adultos?... 3 2. Aprendizagem da Escrita...3 3. Aprendizagem da Leitura...6

Leia mais

Dislexia e TDAH: Práticas Pedagógicas e Subsídios para o Professor 03/ 05/ 2012

Dislexia e TDAH: Práticas Pedagógicas e Subsídios para o Professor 03/ 05/ 2012 Diretoria de Ensino da Região de Itaquaquecetuba Dislexia e TDAH: Práticas Pedagógicas e Subsídios para o Professor 03/ 05/ 2012 Rosania Morales Morroni Dirigente Regional de Ensino Rosana Talarico Pereira

Leia mais

Dislexia Atenção aos Sinais

Dislexia Atenção aos Sinais Dislexia Atenção aos Sinais Aurea M. Stavale Gonçalves Psicopedagoga clínica e neuropsicóloga Credenciada pelo Centro de Avaliação e Encaminhamento da Associação Brasileira de Dislexia ABD O percurso até

Leia mais

AULA CRIATIVA DE ORTOGRAFIA

AULA CRIATIVA DE ORTOGRAFIA AULA CRIATIVA DE ORTOGRAFIA Apenas uma experiência que pode ser recriada para outros conteúdos Glorinha Aguiar glorinhaaguiar@uol.com.br Terminada a audição, eu escrevi na lousa o título da música, o nome

Leia mais

O DOM DA DISLEXIA. Ronald D. Davis Rio de Janeiro, Rocco, 2004

O DOM DA DISLEXIA. Ronald D. Davis Rio de Janeiro, Rocco, 2004 O DOM DA DISLEXIA Ronald D. Davis Rio de Janeiro, Rocco, 2004 O QUE É REALMENTE A DISLEXIA Um talento latente Transtorno de aprendizagem Efeitos de desorientação Problemas com a leitura Problemas com a

Leia mais

Seminário Catarinense de DISLEXIA E TDAH. na Escola. Maria Ângela Nogueira Nico

Seminário Catarinense de DISLEXIA E TDAH. na Escola. Maria Ângela Nogueira Nico Seminário Catarinense de DISLEXIA E TDAH na Escola 2015 Autora de livros e Materiais Pedagógicos; Fonoaudióloga Especializada; em Psicopedagogia e Neuropsicologia; Coordenadora Científica da ABD; Sócia

Leia mais

A Problemática do Transtorno de Déficit de Atenção e Hiperatividade (TDAH) :

A Problemática do Transtorno de Déficit de Atenção e Hiperatividade (TDAH) : A Problemática do Transtorno de Déficit de Atenção e Hiperatividade (TDAH) : Transtorno de Déficit de Atenção chama a atenção pela sigla TDAH sendo um distúrbio que ocorre em pessoas desde os primeiros

Leia mais

O PROCESSO DE AQUISIÇÃO DA LINGUA ESCRITA: FUNDAMENTADO EM EMILIA FERREIRO E ANA TEBEROSKY.

O PROCESSO DE AQUISIÇÃO DA LINGUA ESCRITA: FUNDAMENTADO EM EMILIA FERREIRO E ANA TEBEROSKY. O PROCESSO DE AQUISIÇÃO DA LINGUA ESCRITA: FUNDAMENTADO EM EMILIA FERREIRO E ANA TEBEROSKY. Silvana da Silva Nogueira (FECLESC/UECE) Priscila Cavalcante Silva (FECLESC/UECE) Resumo O processo de aquisição

Leia mais

Assumir a prevenção de perturbações de comunicação e linguagem e despiste no sentido da deteção precoce;

Assumir a prevenção de perturbações de comunicação e linguagem e despiste no sentido da deteção precoce; Definição de Terapeuta da Fala segundo o Comité Permanente de Ligação dos Terapeutas da Fala da União Europeia (CPLO),1994 O Terapeuta da Fala é o profissional responsável pela prevenção, avaliação, diagnóstico,

Leia mais

DO DESENHO A ESCRITA E LEITURA

DO DESENHO A ESCRITA E LEITURA DO DESENHO A ESCRITA E LEITURA Cleide Nunes Miranda 1 Taís Batista 2 Thamires Sampaio 3 RESUMO: O presente estudo discute a relevância do ensino de leitura e principalmente, da escrita, trazendo em especial

Leia mais

Transtornos Globais do Desenvolvimento e Dificuldades de. Curso de Formação Pedagógica Andréa Poletto Sonza Março/2010

Transtornos Globais do Desenvolvimento e Dificuldades de. Curso de Formação Pedagógica Andréa Poletto Sonza Março/2010 Transtornos Globais do Desenvolvimento e Dificuldades de Aprendizagem Curso de Formação Pedagógica Andréa Poletto Sonza Março/2010 Transtornos Globais do Desenvolvimento São consideradas pessoas com TGD

Leia mais

DIFICULDADES DE APRENDIZAGEM

DIFICULDADES DE APRENDIZAGEM DIFICULDADES DE APRENDIZAGEM As dificuldades podem advir de fatores orgânicos ou emocionais. É importante descobri-las a fim de auxiliar o aluno no processo educativo. Além disso, é essencial que todos

Leia mais

1) O que é a consciência fonológica?

1) O que é a consciência fonológica? 1) O que é a consciência fonológica? É a consciência de que a linguagem oral (frases, palavras ) é composta por sequências de sons com significado. Ter consciência fonológica proporciona a capacidade de

Leia mais

CONSELHO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO CÂMARA DE EDUCAÇÃO BÁSICA

CONSELHO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO CÂMARA DE EDUCAÇÃO BÁSICA INTERESSADA: Karinne Alcântara EMENTA: Responde consulta feita pela Psicóloga Escolar, Karinne Alcântara, sobre inclusão escolar. RELATORA: Selene Maria Penaforte Silveira SPU Nº 2802398/2015 PARECER Nº

Leia mais

PROJETO LÍNGUA DE FORA

PROJETO LÍNGUA DE FORA DESCRIÇÃO PROJETO LÍNGUA DE FORA O, de responsabilidade dos professores da disciplina de estágio supervisionado das línguas espanhola, francesa e inglesa, corresponde a 50 horas de estágio, das 200 horas

Leia mais

ESTUDO DE CASO PSICOPEDAGÓGICO

ESTUDO DE CASO PSICOPEDAGÓGICO ESTUDO DE CASO PSICOPEDAGÓGICO Autora: Suellen Viviane Lemos Fernandes Co-autora: Maria Irene Miranda Bernardes Universidade Federal de Uberlândia suellenped65@hotmail.com Introdução O presente trabalho

Leia mais

DISLEXIA. Por: Ainzara Rossi Salles Fonoaudióloga 08/04/10

DISLEXIA. Por: Ainzara Rossi Salles Fonoaudióloga 08/04/10 DISLEXIA Por: Ainzara Rossi Salles Fonoaudióloga 08/04/10 A Dislexia é uma palavra utilizada para definir um tipo de distúrbio de leitura e escrita que ocorre em crianças consideradas normais. Os disléxicos

Leia mais

DA CALIGRAFIA À ESCRITA: EXPERIÊNCIAS DE SALA DE AULA. COMO MELHORAR A ESCRITA NO CADERNO?

DA CALIGRAFIA À ESCRITA: EXPERIÊNCIAS DE SALA DE AULA. COMO MELHORAR A ESCRITA NO CADERNO? DA CALIGRAFIA À ESCRITA: EXPERIÊNCIAS DE SALA DE AULA. COMO MELHORAR A ESCRITA NO CADERNO? Fábia da Silva de Oliveira Educadora do Ensino Fundamental I na Escola La Salle, Águas Claras/DF, Pedagoga com

Leia mais

Manifeste Seus Sonhos

Manifeste Seus Sonhos Manifeste Seus Sonhos Índice Introdução... 2 Isso Funciona?... 3 A Força do Pensamento Positivo... 4 A Lei da Atração... 7 Elimine a Negatividade... 11 Afirmações... 13 Manifeste Seus Sonhos Pág. 1 Introdução

Leia mais

Transtornos Mentais diagnosticados na infância ou na adolescência

Transtornos Mentais diagnosticados na infância ou na adolescência Pediatria do Desenvolvimento e do Comportamento Transtornos Mentais diagnosticados na infância ou na adolescência Faculdade de Ciências Médicas Prof. Orlando A. Pereira Unifenas Transtorno de Deficiência

Leia mais

Dislexia: Como Suspeitar e Identificar Precocemente o Transtorno na Escola. Dislexia

Dislexia: Como Suspeitar e Identificar Precocemente o Transtorno na Escola. Dislexia Dislexia: Como Suspeitar e Identificar Precocemente o Transtorno na Escola. Dislexia Artigo original: Fga: Profª Telma Pântano Adaptação: Fgas: Profª Lana Bianchi(CRFª: 2907/ SP) e Profª Vera Mietto(CFFª

Leia mais

DISLEXIA PERGUNTAS E RESPOSTAS

DISLEXIA PERGUNTAS E RESPOSTAS Texto de apoio ao curso de Especialização Atividade física adaptada e saúde Prof. Dr. Luzimar Teixeira DISLEXIA PERGUNTAS E RESPOSTAS A avaliação é importante? Muito importante. Ela é fundamental para

Leia mais

VIDEOAULAS: UMA FORMA DE CONTEXTUALIZAR A TEORIA NA PRÁTICA

VIDEOAULAS: UMA FORMA DE CONTEXTUALIZAR A TEORIA NA PRÁTICA 1 VIDEOAULAS: UMA FORMA DE CONTEXTUALIZAR A TEORIA NA PRÁTICA Curitiba PR Maio 2014 Alexandre Oliveira Universidade Positivo Online alexandre@alexandreoliveira.com Pâmella de Carvalho Stadler Universidade

Leia mais

20 perguntas para descobrir como APRENDER MELHOR

20 perguntas para descobrir como APRENDER MELHOR 20 perguntas para descobrir como APRENDER MELHOR Resultados Processo de aprendizagem SENTIDOS (principal) Gosto de informações que eu posso verificar. Não há nada melhor para mim do que aprender junto

Leia mais

A IMPORTÂNCIA NO APRENDIZADO DA ESCRITA E DA LEITURA: UM OLHAR MAIS CUIDADOSO PARA OS DISLÉXICOS

A IMPORTÂNCIA NO APRENDIZADO DA ESCRITA E DA LEITURA: UM OLHAR MAIS CUIDADOSO PARA OS DISLÉXICOS A IMPORTÂNCIA NO APRENDIZADO DA ESCRITA E DA LEITURA: UM OLHAR MAIS CUIDADOSO PARA OS DISLÉXICOS Polyana Lucena Camargo de Almeida (G-UEL) poly_uel@yahoo.com.br Viviane Boneto Pinheiro (G-UEL) vivianeboneto@hotmail.com

Leia mais

AÇÃO E INTERVENÇÃO PSICOPEDAGOGICA. Profa Dra Nadia Aparecida Bossa

AÇÃO E INTERVENÇÃO PSICOPEDAGOGICA. Profa Dra Nadia Aparecida Bossa AÇÃO E INTERVENÇÃO PSICOPEDAGOGICA Profa Dra Nadia Aparecida Bossa Aprendizagem Envolve: O corpo individual herdado; O corpo construído especularmente; O desejo; A inteligência construída na interação

Leia mais

AJES - INSTITUTO SUPERIOR DE EDUCAÇÃO DO VALE DO JURUENA ESPECIALIZAÇÃO EM PSICOPEDAGOGIA CLINICA E EDUCACIONAL

AJES - INSTITUTO SUPERIOR DE EDUCAÇÃO DO VALE DO JURUENA ESPECIALIZAÇÃO EM PSICOPEDAGOGIA CLINICA E EDUCACIONAL AJES - INSTITUTO SUPERIOR DE EDUCAÇÃO DO VALE DO JURUENA ESPECIALIZAÇÃO EM PSICOPEDAGOGIA CLINICA E EDUCACIONAL DISLEXIA E A SUA INFLUÊNCIA NA APRENDIZAGEM Lucinéia Ferreira da Silva Orientador: Prof.

Leia mais

A DISLEXIA NO ENSINO FUNDAMENTAL CONHECER PARA COLABORAR NA SUPERAÇÃO

A DISLEXIA NO ENSINO FUNDAMENTAL CONHECER PARA COLABORAR NA SUPERAÇÃO CENTRO UNIVERSITÁRIO DE BRASÍLIA UNICEUB FACULDADE DE CIÊNCIAS DA EDUCAÇÃO E DA SAÚDE PEDAGOGIA: FORMAÇÃO DE PROFESSORES PARA AS SÉRIES INICIAIS DO ENSINO FUNDAMENTAL Amanda Cunha Zuqui A DISLEXIA NO ENSINO

Leia mais

ONDE ESTÃO AS ESTRELAS (NA TERRA)? 1. Resumo

ONDE ESTÃO AS ESTRELAS (NA TERRA)? 1. Resumo 1 ONDE ESTÃO AS ESTRELAS (NA TERRA)? 1 Aline Soares de Almeida 2 Marta Estela Borgmann 3 Resumo Este artigo apresenta uma reflexão acerca do filme Como estrelas na terra, dirigido por Aamir Khan. Tem como

Leia mais

Pediatria do Desenvolvimento e do Comportamento. Faculdade de Ciências Médicas Prof. Orlando A. Pereira Unifenas

Pediatria do Desenvolvimento e do Comportamento. Faculdade de Ciências Médicas Prof. Orlando A. Pereira Unifenas Pediatria do Desenvolvimento e do Comportamento Faculdade de Ciências Médicas Prof. Orlando A. Pereira Unifenas Genética e Ambiente A combinação de fatores ambientais e genéticos é que determina o produto

Leia mais

MÉTODO DAS BOQUINHAS

MÉTODO DAS BOQUINHAS MÉTODO DAS BOQUINHAS MÉTODO DAS BOQUINHAS ALFABETIZAÇÃO FONOVISUOARTICULATÓRIA Refletir sobre a educação e sobre novas formas de encarar a aprendizagem tem se tornado constante, principalmente em relação

Leia mais

AVALIAÇÃO. Introdução à Neuropsicologia. Introdução à Neuropsicologia LINGUAGEM: AVALIAÇÃO 25/3/2015 AULA 2

AVALIAÇÃO. Introdução à Neuropsicologia. Introdução à Neuropsicologia LINGUAGEM: AVALIAÇÃO 25/3/2015 AULA 2 AULA 2 LINGUAGEM: AVALIAÇÃO Professor Ms. Gleidis Roberta Guerra - Fonoaudióloga, Pedagoga e Psicopedagoga - Especialista em Distúrbios do Desenvolvimento - Mestre em Distúrbios da Comunicação Humana pela

Leia mais

Estruturas das Sessões em TCC

Estruturas das Sessões em TCC Estruturas das Sessões em TCC Eliana Melcher Martins - Mestre em Ciências pelo Depto. de Psicobiologia da UNIFESP - Especialista em Medicina Comportamental pela UNIFESP - Psicóloga Clínica Cognitivo Comportamental

Leia mais

A DISLEXIA E A ABORDAGEM INCLUSIVA EDUCACIONAL

A DISLEXIA E A ABORDAGEM INCLUSIVA EDUCACIONAL A DISLEXIA E A ABORDAGEM INCLUSIVA EDUCACIONAL Adriana de Souza Lemos dryycalemos@hotmail.com Paulo Cesar Soares de Oliveira libras.paulo@hotmail.com FACULDADE ALFREDO NASSER RESUMO: O objetivo dessa pesquisa

Leia mais

Curso Experimental. Inglês Toda Hora 2014 Todos os Direitos Reservados

Curso Experimental. Inglês Toda Hora 2014 Todos os Direitos Reservados Curso Experimental Este produto é de distribuição exclusiva do Inglês Toda Hora. Caso você não tenha adquirido este produto através do site www.inglestodahora.com.br, denuncie através do e-mail: contato@inglestodahora.com.br.

Leia mais

O ensino/aprendizado da Matemática: Dificuldades de aprendizagem da Matemática no ensino fundamental

O ensino/aprendizado da Matemática: Dificuldades de aprendizagem da Matemática no ensino fundamental O ensino/aprendizado da Matemática: Dificuldades de aprendizagem da Matemática no ensino fundamental Nelson de Moraes UNIMESP Centro Universitário Metropolitano de São Paulo Novembro / 2006 Sinopse: Esse

Leia mais

Adequação dos estímulos; Especificação operacional; Estrutura flexível; Ordenação.

Adequação dos estímulos; Especificação operacional; Estrutura flexível; Ordenação. O plano de aula é caracterizado pela descrição específica de tudo que o professor realizará em classe durante as aulas de um período específico. Na sua elaboração alguns pontos são muito importantes como:

Leia mais

Dra. Nadia A. Bossa. O Olhar Psicopedagógico nas Dificuldades de Aprendizagem

Dra. Nadia A. Bossa. O Olhar Psicopedagógico nas Dificuldades de Aprendizagem O Olhar Psicopedagógico nas Dificuldades de Aprendizagem Aprendizagem humana Ao nascer, o bebê humano é recebido num mundo de cultura e linguagem que o antecede e ao qual necessita ter acesso. Porém falta

Leia mais

TÉCNICAS INDIVIDUALIZADAS E SÓCIO INTERATIVAS NO ENSINO SUPERIOR

TÉCNICAS INDIVIDUALIZADAS E SÓCIO INTERATIVAS NO ENSINO SUPERIOR TÉCNICAS INDIVIDUALIZADAS E SÓCIO INTERATIVAS NO ENSINO SUPERIOR Na Educação Superior, para que o processo de ensino se torne mais adequado aos conteúdos e objetivos propostos, visando obter bons resultados,

Leia mais

Índice. 5.1. Correção das Palavras do Texto... 5 5.2. Autocorreção... 5 5.3. Pontuação... 6 5.4. Escrita Ortográfica... 6. Grupo 5.

Índice. 5.1. Correção das Palavras do Texto... 5 5.2. Autocorreção... 5 5.3. Pontuação... 6 5.4. Escrita Ortográfica... 6. Grupo 5. GRUPO 5.4 MÓDULO 5 Índice 1. Reconstrução do Código Linguístico da Criança...3 2. Textos...3 3. Jogos de Análise Linguística...4 4. Letra Cursiva e Letra de Fôrma...4 5. Ortografia e Gramática...5 5.1.

Leia mais

ARTIGO ORIGINAL SOMOS TODOS DIFERENTES: DIFICULDADES NA LEITURA

ARTIGO ORIGINAL SOMOS TODOS DIFERENTES: DIFICULDADES NA LEITURA ARTIGO ORIGINAL SOMOS TODOS DIFERENTES: DIFICULDADES NA LEITURA 1 Cristiane Lumertz Klein Domingues RESUMO: O presente artigo aborda um estudo realizado num curso de formação de Psicopedagogos sobre alunos

Leia mais

TEA Módulo 4 Aula 4. Epilepsia e TDC

TEA Módulo 4 Aula 4. Epilepsia e TDC TEA Módulo 4 Aula 4 Epilepsia e TDC Epilepsias no TEA A epilepsia é uma das comorbidades que ocorre com maior frequência nos casos de TEA (35% dos pacientes) e a sua presença ainda é muito frequente no

Leia mais

ENTREVISTA Alfabetização na inclusão

ENTREVISTA Alfabetização na inclusão ENTREVISTA Alfabetização na inclusão Entrevistadora:Amarílis Hernandes Santos Formação: Aluna da graduação de Pedagogia USP Formada em Ciências Biológicas Mackenzie Contato: amarilishernandes@yahoo.com.br

Leia mais

Primeiras noções numéricas das crianças: Estudo de caso pelas crianças com síndrome de Down

Primeiras noções numéricas das crianças: Estudo de caso pelas crianças com síndrome de Down Primeiras noções numéricas das crianças: Estudo de caso pelas crianças com síndrome de Down Leo Akio Yokoyama Professor do Colégio de Aplicação da UFRJ Doutor em Educação Matemática - UNIBAN (Anhanguera)

Leia mais

HABILIDADES INFANTIS RELACIONADAS À PRÁTICA DE LEITURA E SUAS IMPLICAÇÕES ORTOGRÁFICAS NA ESCRITA

HABILIDADES INFANTIS RELACIONADAS À PRÁTICA DE LEITURA E SUAS IMPLICAÇÕES ORTOGRÁFICAS NA ESCRITA HABILIDADES INFANTIS RELACIONADAS À PRÁTICA DE LEITURA E SUAS IMPLICAÇÕES ORTOGRÁFICAS NA ESCRITA Humberto Pires Junior 1 Milene Peixer Loio 2 Introdução A presente pesquisa 3 busca relacionar habilidades

Leia mais

Preparação da época de exames

Preparação da época de exames Preparação da época de exames Sugestões para os estudantes Imagem de http://jpn.icicom.up.pt/imagens/educacao/estudar.jpg A preparação para os Exames começa no início do Semestre O ritmo de exposição da

Leia mais

Dificuldade de Aprendizagem: a psicomotricidade em foco Ms. Leandra Vaz Fernandes C. Ferraz Dificuldade de Aprendizagem Para Correia (s.d), Cruz (1999a) e Fonseca (2004) a característica mais genérica

Leia mais

TDAH. Rosania Morales Morroni. Rosana Talarico Pereira. Cintia Souza Borges de Carvalho. http://itaquainclusao.blogspot.com

TDAH. Rosania Morales Morroni. Rosana Talarico Pereira. Cintia Souza Borges de Carvalho. http://itaquainclusao.blogspot.com TDAH Rosania Morales Morroni DIRIGENTE REGIONAL DE ENSINO Rosana Talarico Pereira SUPERVISOR DE ENSINO Cintia Souza Borges de Carvalho PCOP EDUCAÇÃO ESPECIAL http://itaquainclusao.blogspot.com Rede de

Leia mais

PARA UM DIAGNÓSTICO INFORMAL DA DISLEXIA*

PARA UM DIAGNÓSTICO INFORMAL DA DISLEXIA* PARA UM DIAGNÓSTICO INFORMAL DA DISLEXIA* Vicente Martins Professor de Linguística e Educação Especial UNIVERSIDADE ESTADUAL VALE DO ACARAÚ (UVA), de Sobral, Estado do Ceará. vicente.martins@uol.com.br

Leia mais

Atividade Motora Adaptada

Atividade Motora Adaptada Distúrbio de aprendizagem (DA) Atividade Motora Adaptada DISTÚRBIOS DE APRENDIZAGEM Discrepância entre o potencial e o aproveitamento escolar, que não se deve a retardo mental, distúrbio emocional nem

Leia mais

Infância: o que dela esperar, o que nela nutrir

Infância: o que dela esperar, o que nela nutrir Infância: o que dela esperar, o que nela nutrir Através das reflexões propostas no livro A educação da criança pequena da Laura Monte Serrat Barbosa, e dos conceitos sobre o desenvolvimento infantil do

Leia mais

DEPARTAMENTO DE 1º Ciclo - Grupo 110. Planificação Anual /Critérios de avaliação. Disciplina: Português 1.º ano 2015/2016

DEPARTAMENTO DE 1º Ciclo - Grupo 110. Planificação Anual /Critérios de avaliação. Disciplina: Português 1.º ano 2015/2016 AGRUPAMENTO DE ESCOLAS ANSELMO DE ANDRADE DEPARTAMENTO DE 1º Ciclo - Grupo 110 Planificação Anual /Critérios de avaliação Disciplina: Português 1.º ano 2015/2016 Domínio (Unidade / Tema) Subdomínio / Conteúdos

Leia mais

AVALIAÇÃO DA APRENDIZAGEM E ÉTICA. Cipriano Carlos Luckesi 1

AVALIAÇÃO DA APRENDIZAGEM E ÉTICA. Cipriano Carlos Luckesi 1 AVALIAÇÃO DA APRENDIZAGEM E ÉTICA Cipriano Carlos Luckesi 1 Artigo publicado na Revista ABC EDUCATIO, nº 54, março de 2006, páginas 20 e 21. Estamos iniciando um novo ano letivo. Vale a pena olhar um pouco

Leia mais

56,6% 51% 52% 49% 48% 48% 48% 49% 46% 46% 41%

56,6% 51% 52% 49% 48% 48% 48% 49% 46% 46% 41% 1 Alfabetização, Educação Infantil e acesso à cultura escrita: as possibilidades da escola de nove anos Nestes tempos em que o país parece ter finalmente acordado para a questão da qualidade da educação

Leia mais

ANALISANDO TEXTOS FEITOS POR CRIANÇAS DE SEIS ANOS NA ESCOLA

ANALISANDO TEXTOS FEITOS POR CRIANÇAS DE SEIS ANOS NA ESCOLA ANALISANDO TEXTOS FEITOS POR CRIANÇAS DE SEIS ANOS NA ESCOLA Kecia Karine Santos de Oliveira (UFS) 1 INTRODUÇÃO A escrita se faz presente em todos os momentos da vida, nas suas diversas formas de representações

Leia mais

Gráficos. Incluindo gráficos

Gráficos. Incluindo gráficos Gráficos Mas antes de começar, você precisa ter em mente três conceitos importantes que constituem os gráficos do Excel 2007. O primeiro deles é o ponto de dados. Este elemento é representado pela combinação

Leia mais

ATIVIDADE DA TUTORIA 1. Parte I: De qual/quais estratégia(s) você faz uso ao aprender inglês? Discuta com um colega e faça uma lista no espaço abaixo.

ATIVIDADE DA TUTORIA 1. Parte I: De qual/quais estratégia(s) você faz uso ao aprender inglês? Discuta com um colega e faça uma lista no espaço abaixo. ATIVIDADE DA TUTORIA 1 CURSO: CURSO DE LICENCIATURA EM LETRAS PORTUGUÊS/INGLÊS DISCIPLINA: Produção Oral e Escrita em Língua Inglesa I PERIODO: 3º Estratégias de Aprendizagem Parte I: De qual/quais estratégia(s)

Leia mais

Rubricas e guias de pontuação

Rubricas e guias de pontuação Avaliação de Projetos O ensino a partir de projetos exibe meios mais avançados de avaliação, nos quais os alunos podem ver a aprendizagem como um processo e usam estratégias de resolução de problemas para

Leia mais

Propostas para melhorias da fala de crianças com síndrome de down

Propostas para melhorias da fala de crianças com síndrome de down Propostas para melhorias da fala de crianças com síndrome de down Resumo Esse vídeo pretende oferecer instrumentos aos professores da educação infantil e do ensino fundamental para as tarefas da educação

Leia mais

Programação em papel quadriculado

Programação em papel quadriculado 4 NOME DA AULA: Programação em papel quadriculado Tempo de aula: 45 60 minutos Tempo de preparação: 10 minutos Objetivo principal: ajudar os alunos a entender como a codificação funciona. RESUMO Ao "programar"

Leia mais

Fundamentos Teóricos e Práticos. com TDAH e Dislexia

Fundamentos Teóricos e Práticos. com TDAH e Dislexia Fundamentos Teóricos e Práticos no Processo Educativo do Aluno com TDAH e Dislexia Transtornos do Desenvolvimento da Leitura e da Escrita DISLEXIA Aparecimento dos primeiros relatos Crianças com inteligência

Leia mais

19/07 ENSINO E APRENDIZAGEM DA LINGUAGEM ESCRITA EM CLASSES MULTISSERIADAS NA EDUCAÇÃO DO CAMPO NA ILHA DE MARAJÓ

19/07 ENSINO E APRENDIZAGEM DA LINGUAGEM ESCRITA EM CLASSES MULTISSERIADAS NA EDUCAÇÃO DO CAMPO NA ILHA DE MARAJÓ 19/07 ENSINO E APRENDIZAGEM DA LINGUAGEM ESCRITA EM CLASSES MULTISSERIADAS NA EDUCAÇÃO DO CAMPO NA ILHA DE MARAJÓ Waldemar dos Santos Cardoso Junior (Universidade Federal do Pará /Campus Universitário

Leia mais

Um jogo de preencher casas

Um jogo de preencher casas Um jogo de preencher casas 12 de Janeiro de 2015 Resumo Objetivos principais da aula de hoje: resolver um jogo com a ajuda de problemas de divisibilidade. Descrevemos nestas notas um jogo que estudamos

Leia mais

UNIVERSIDADE CANDIDO MENDES PRÓ-REITORIA DE PLANEJAMENTO E DESENVOLVIMENTO DIRETORIA DE PROJETOS ESPECIAIS PROJETO A VEZ DO MESTRE

UNIVERSIDADE CANDIDO MENDES PRÓ-REITORIA DE PLANEJAMENTO E DESENVOLVIMENTO DIRETORIA DE PROJETOS ESPECIAIS PROJETO A VEZ DO MESTRE UNIVERSIDADE CANDIDO MENDES PRÓ-REITORIA DE PLANEJAMENTO E DESENVOLVIMENTO DIRETORIA DE PROJETOS ESPECIAIS PROJETO A VEZ DO MESTRE DIFICULDADES DE APRENDIZAGEM EM CRIANÇAS HIPERATIVAS ATÉ A QUARTA SÉRIE

Leia mais

FAQ PROGRAMA BILÍNGUE

FAQ PROGRAMA BILÍNGUE FAQ PROGRAMA BILÍNGUE 1) O que é o bilinguismo? Segundo alguns teóricos, o bilinguismo é qualquer sistema de educação escolar no qual, em dado momento e período, simultânea ou consecutivamente, a instrução

Leia mais

Judgment Você toma milhares de decisões todos os dias, das mais simples às mais importantes. Quais serão as certas?

Judgment Você toma milhares de decisões todos os dias, das mais simples às mais importantes. Quais serão as certas? Judgment Você toma milhares de decisões todos os dias, das mais simples às mais importantes. Quais serão as certas? hoganjudgement.com www.hoganbrasil.com.br/hoganjudgement 2014 Hogan Assessment Systems

Leia mais

AVALIAR PARA MELHORAR AS APRENDIZAGENS E OS RESULTADOS. Isabel Fialho e Helena Parreira

AVALIAR PARA MELHORAR AS APRENDIZAGENS E OS RESULTADOS. Isabel Fialho e Helena Parreira AVALIAR PARA MELHORAR AS APRENDIZAGENS E OS RESULTADOS Isabel Fialho e Helena Parreira Relatório da OCDE Avaliação de Sistemas Educativos (Portugal) Santiago (2012) A avaliação formativa é mais visível

Leia mais

PROJETO DE LEI N DE 2009 (Do Sr. Marcondes Gadelha) O Congresso Nacional Decreta:

PROJETO DE LEI N DE 2009 (Do Sr. Marcondes Gadelha) O Congresso Nacional Decreta: PROJETO DE LEI N DE 2009 (Do Sr. Marcondes Gadelha) Dispões sobre o reconhecimento e definição da dislexia e dá outras providências. O Congresso Nacional Decreta: Artigo 1º - Esta lei reconhece a dislexia

Leia mais

A APROPRIAÇÃO DO SISTEMA DE ESCRITA ALFABÉTICA E A CONSOLIDAÇÃO DO PROCESSO DE ALFABETIZAÇÃO. Ano 02 Unidade 03

A APROPRIAÇÃO DO SISTEMA DE ESCRITA ALFABÉTICA E A CONSOLIDAÇÃO DO PROCESSO DE ALFABETIZAÇÃO. Ano 02 Unidade 03 CONCURSO DA EDUCAÇÃO PREFEITURA MUNICIPAL DE BELO HORIZONTE CARGO: PROFESSOR 1 / 2015 A APROPRIAÇÃO DO SISTEMA DE ESCRITA ALFABÉTICA E A CONSOLIDAÇÃO DO PROCESSO DE ALFABETIZAÇÃO Ano 02 Unidade 03 ( F

Leia mais

Psicogênese da Alfabetização Emilia Ferreiro. Rosa Maria Corrêa rosamc@pucminas.br

Psicogênese da Alfabetização Emilia Ferreiro. Rosa Maria Corrêa rosamc@pucminas.br Psicogênese da Alfabetização Emilia Ferreiro Rosa Maria Corrêa rosamc@pucminas.br Nível 1- Hipótese Pré- Silábica Não estabelece vínculo entre a fala e a escrita; Supõe que a escrita é outra forma de desenhar

Leia mais

Estudo Exploratório. I. Introdução. Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro Pesquisa de Mercado. Paula Rebouças

Estudo Exploratório. I. Introdução. Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro Pesquisa de Mercado. Paula Rebouças Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro Pesquisa de Mercado Paula Rebouças Estudo Exploratório I. Introdução A Dislexia é uma síndrome caracterizada por problemas na leitura: ao ler a pessoa

Leia mais

ASFOE- Orientadores em ação: unidos pelo conhecimento, juntos pela educação

ASFOE- Orientadores em ação: unidos pelo conhecimento, juntos pela educação ASFOE- Orientadores em ação: unidos pelo conhecimento, juntos pela educação Os Transtornos de Aprendizagem mais frequentes na escola: conhecer, identificar e orientar. Intervenções fonoaudiológicas nos

Leia mais

Projeto de Acessibilidade Virtual RENAPI/NAPNE. Maio de 2010

Projeto de Acessibilidade Virtual RENAPI/NAPNE. Maio de 2010 Projeto de Acessibilidade Virtual RENAPI/NAPNE Maio de 2010 O mundo das pessoas sem rosto (Thomas Grüter) http://universoautista.com.br/materia/semrosto_01.jpg Prosopagnosia Conforme Grüter (2007, p.68),

Leia mais

MÓDULO 5 O SENSO COMUM

MÓDULO 5 O SENSO COMUM MÓDULO 5 O SENSO COMUM Uma das principais metas de alguém que quer escrever boas redações é fugir do senso comum. Basicamente, o senso comum é um julgamento feito com base em ideias simples, ingênuas e,

Leia mais

Como Passar em Química Geral*

Como Passar em Química Geral* 1 Como Passar em Química Geral* por Dra. Brenna E. Lorenz Division of Natural Sciences University of Guam * traduzido livremente por: Eder João Lenardão; acesse o original em : http://www.heptune.com/passchem.html

Leia mais

III SEMINÁRIO EM PROL DA EDUCAÇÃO INCLUSIVA Desafios Educacionais

III SEMINÁRIO EM PROL DA EDUCAÇÃO INCLUSIVA Desafios Educacionais III SEMINÁRIO EM PROL DA EDUCAÇÃO INCLUSIVA Desafios Educacionais TEXTOS ESCRITOS POR ALUNOS SURDOS: AS MARCAS DA INTERLÍNGUA MARTINS, Tânia Aparecida 1 PINHEIRO, Valdenir de Souza 2 NOME DO GT: Educação

Leia mais

Índice. 1. Tipos de Atividades...3 2. O Trabalho com Leitura...4. 2.1. Estratégias de Leitura... 4. Grupo 5.4 - Módulo 7

Índice. 1. Tipos de Atividades...3 2. O Trabalho com Leitura...4. 2.1. Estratégias de Leitura... 4. Grupo 5.4 - Módulo 7 GRUPO 5.4 MÓDULO 7 Índice 1. Tipos de Atividades...3 2. O Trabalho com Leitura...4 2.1. Estratégias de Leitura... 4 2 1. TIPOS DE ATIVIDADES Atividades de sondagem: estão relacionadas às atividades de

Leia mais

Modelagem de Processos de Negócio Aula 5 Levantamento de Processos. Andréa Magalhães Magdaleno andrea@ic.uff.br

Modelagem de Processos de Negócio Aula 5 Levantamento de Processos. Andréa Magalhães Magdaleno andrea@ic.uff.br Modelagem de Processos de Negócio Aula 5 Levantamento de Processos Andréa Magalhães Magdaleno andrea@ic.uff.br Agenda Técnicas de levantamento de processos Análise de documentação Observação Story boarding

Leia mais

MAC 412- Organizãção de Computadores - Siang Wun Song. Um seminário sobre como preparar um seminário

MAC 412- Organizãção de Computadores - Siang Wun Song. Um seminário sobre como preparar um seminário Um seminário sobre como preparar um seminário MAC 412- Organizãção de Computadores - Siang Wun Song Agenda O primeiro slide, para palestras longas, pode ser uma Agenda ou Esboço (em inglês Outline ). Introdução

Leia mais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS PROFESSOR AGOSTINHO DA SILVA CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO GRUPO DISCIPLINAR/CICLO: LÍNGUA PORTUGUESA/CEF 3º CICLO

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS PROFESSOR AGOSTINHO DA SILVA CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO GRUPO DISCIPLINAR/CICLO: LÍNGUA PORTUGUESA/CEF 3º CICLO DOMÍNIO DOMÍNIO COGNITIVO AGRUPAMENTO DE ESCOLAS PROFESSOR AGOSTINHO DA SILVA CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO GRUPO DISCIPLINAR/CICLO: LÍNGUA PORTUGUESA/CEF 3º CICLO DOMÍNIOS / INDICADORES DE DOMÍNIO INSTRUMENTOS

Leia mais

ÁREAS DAS DIFICULDADES: Escrita RESUMO

ÁREAS DAS DIFICULDADES: Escrita RESUMO ÁREAS DAS DIFICULDADES: Escrita Mara E. Pacheco Magalhães Solange Araújo Dias Lopes Terezinha de Jesus Verli de Matos Aglae Castro da Silva Schlorke RESUMO Ler e escrever, portanto, são conhecimentos que

Leia mais

UNIVERSIDADE ESTADUAL DE PONTA GROSSA Pró-reitoria de Planejamento PROPLAN Comissão Própria de Avaliação CPA

UNIVERSIDADE ESTADUAL DE PONTA GROSSA Pró-reitoria de Planejamento PROPLAN Comissão Própria de Avaliação CPA UNIVERSIDADE ESTADUAL DE PONTA GROSSA Pró-reitoria de Planejamento PROPLAN Comissão Própria de Avaliação CPA 1ª Avaliação do Curso de Especialização em Projetos e Obras Públicas de Edificações do Programa

Leia mais

Elaine Soares de Abreu. A Dislexia nas séries iniciais do Ensino Fundamental: Como identifica-las?

Elaine Soares de Abreu. A Dislexia nas séries iniciais do Ensino Fundamental: Como identifica-las? Elaine Soares de Abreu A Dislexia nas séries iniciais do Ensino Fundamental: Como identifica-las? Co Orientadora: Maria Esther Araújo Orientador: Nilson Guedes Freitas Rio de Janeiro 2004 2 UNIVERSIDADE

Leia mais

REUNIÃO DE PAIS INGLÊS 1º, 2º, 3º anos Teachers: Bianca e Ligia

REUNIÃO DE PAIS INGLÊS 1º, 2º, 3º anos Teachers: Bianca e Ligia REUNIÃO DE PAIS INGLÊS 1º, 2º, 3º anos Teachers: Bianca e Ligia ASSESSORIA TARGET IDIOMAS Especialização em línguas estrangeiras Referências: construtivismo e aprendizado de idiomas em contextos multilíngues

Leia mais

Consciência Fonológica e Aquisição do Sistema de Escrita: descortinando mitos e preconceitos

Consciência Fonológica e Aquisição do Sistema de Escrita: descortinando mitos e preconceitos Consciência Fonológica e Aquisição do Sistema de Escrita: descortinando mitos e preconceitos E.E. Professora Nidelse Martins de Almeida. Sala 10 / Sessão 1 Professor(es) Apresentador(es): Marinalva Laurindo

Leia mais

As tecnologias são só suporte e meios de apoio. Mas elas nos permitem realizar atividades de aprendizagem de formas

As tecnologias são só suporte e meios de apoio. Mas elas nos permitem realizar atividades de aprendizagem de formas ATENÇÃO GESTORES E PROFESSORES:- PRECISAMOS FAZER AJUSTES PROFUNDOS E URGENTES NOS PROCESSOS EDUCACIONAIS Adaptação do texto de José Manuel Moran por Antonio Marinho O processo educacional de nossas unidades

Leia mais