FILOSOFIA ESPÍRITA E MEDIUNIDADE 15ª. AULA: ECLOSÃO DAS FACULDADES MEDIÚNICAS (BASE: DIVERSIDADE DE CARISMAS -H.MIRANDA)

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "FILOSOFIA ESPÍRITA E MEDIUNIDADE 15ª. AULA: ECLOSÃO DAS FACULDADES MEDIÚNICAS (BASE: DIVERSIDADE DE CARISMAS -H.MIRANDA)"

Transcrição

1 FILOSOFIA ESPÍRITA E MEDIUNIDADE 15ª. AULA: ECLOSÃO DAS FACULDADES MEDIÚNICAS (BASE: DIVERSIDADE DE CARISMAS -H.MIRANDA)

2 BUSCA POR ORIENTAÇÃO CONTRA-DEFINIÇÃO DE MEDIUNIDADE RIGIDEZ INIBIDORA IDENTIFICAÇÃO DE ESPÍRITOS COMUNICANTES : PARA QUÊ? COMPORTAMENTO PADRONIZADO INSEGURANÇA DAR PASSIVIDADE

3 REFLEXÕES SOBRE HUMILDADE, SENSIBILIDADE E MELINDRE

4 CRENÇA NA PRÓPRIA INFALIBILIDADE E AUTO-SUFICIÊNCIA EXCESSO DE CONFIANÇA VAIDADE ELOGIOS X ESTÍMULOS X RECONHECIMENTO DOS VALORES E ESFORÇOS

5 HUMILDADE CONSISTE NO CONHECIMENTO PERFEITO DAQUILO QUE SOMOS E PODEMOS, SEM FANTASIAR-NOS COM QUALIDADES QUE NÃO TEMOS; HUMILDADE NÃO É POSIÇÃO DE CORPO, NEM TOM DE VOZ: É POSIÇÃO DE ESPÍRITO QUE SABE O QUE É E O QUE PODE, E NÃO PRECISA MANIFESTAR-SE AOS OUTROS: VALE PARA SI MESMO; HUMILDADE NÃO É SUBMETER-SE MENTALMENTE A TUDO O QUE OS OUTROS DIZEM: É SABER EXATAMENTE O QUE SOMOS E O QUE VALEMOS. É CONHECER A NÓS MESMOS, PROCURANDO CORRIGIR SINCERAMENTE NOSSOS ENGANOS E DESACERTOS.

6 A AUSÊNCIA DE INTERESSE QUANTO ÀS QUESTÕES DELICADAS QUE ENVOLVEM A PRÓPRIA MEDIUNIDADE E SENSIBILIDADE FAZEM NAUFRAGAR AS MAIS PROMISSORAS ATIVIDADES, LEVANDO A PROCESSOS IRREVERSÍVEIS DE FIXAÇÃO MENTAL, MISTIFICAÇÃO, FRAUDES NAS COMUNICAÇÕES, OBSESSÕES DE VÁRIOS NÍVEIS

7 ESTUDO E PESQUISA CONSTANTES ESCLARECIMENTOS DE DÚVIDAS JUNTO AO DIRIGENTE DOS TRABALHOS REUNIÕES DE EQUIPE PARA ESTUDO DE CASOS CURSOS MODULARES PARTICIPAÇÃO EM CONGRESSOS, SIMPÓSIOS, SEMINÁRIOS CUJA TEMÁTICA ENVOLVA AS ATIVIDADES MEDIÚNICAS, COM POSTERIOR DISCUSSÃO CRÍTICA JUNTO AO GRUPO DE TRABALHOS Imagem: Autoria STS

8 ESCOLHOS DA MEDIUNIDADE MISTIFICAÇÃO DO DESENCARNADO MISTIFICAÇÃO DO ENCARNADO ASSOCIAÇÃO DOS FRAUDADORES ENCARNADOS COM OS DESENCARNADOS : PSEUDO- SÁBIOS = FASCINAÇÃO Imagem: Fonte, Internet

9 NECESSIDADE DE ORIENTAÇÕES DOUTRINÁRIAS SEGURAS PARA ENCARNADOS E DESENCARNADOS MEDIUNIDADE X PSICOPATOLOGIAS PROBLEMAS PSIQUIÁTRICOS E OBSESSÕES

10 FATORES ATÁVICOS (REF. O ESPÍRITO E O TEMPO - JHPIRES) ANCESTRAL RELIGIOSO SOCIOLÓGICO-ANTROPOLÓGICO

11 ESTUDO E PESQUISA CRÍTICA E AUTOCRÍTICA NÃO ESTUDAR O ESPIRITISMO EQUIVALE DIZER QUE UM MÉDICO DEVE PARAR DE ESTUDAR OU DE PESQUISAR SOBRE MEDICINA Imagem: Fonte Médicos Sem Fronteiras

12 DESENVOLVIMENTO DA EDUCAÇÃO MEDIÚNICA: ESTUDO E PESQUISA JAMAIS JULGAR QUE JÁ SABE TUDO SOBRE DETERMINADO ASSUNTO NUNCA PENSAR QUE HÁ ASSUNTOS/TEMAS ULTRAPASSADOS EM ESPIRITISMO CUIDAR DE SI : SAÚDE CORPORAL, SAÚDE MENTAL, SAÚDE EMOCIONAL PRÁTICA DA ORAÇÃO CONSTANTE CULTIVO DA MEDITAÇÃO ESTUDO DO EVANGELHO NO LAR ESTUDO DO EVANGELHO NO AMBIENTE PROFISSIONAL

13 DISCIPLINA RIGIDEZ X DISCIPLINA EXCESSO DE TRABALHO (OVERTIME): ESCASSEZ DE ENERGIAS DO MÉDIUM DITADURA DOS PEDIDOS DE AJUDA

14 GLOBALIZAÇÃO ENFATIZOU UM MODELO SOCIAL CENTRADO NA IDOLATRIA DO TRABALHO, DO MERCADO E DA COMPETITIVIDADE CULTIVAR O ÓCIO CRIATIVO : SIMULTANEIDADE ENTRE TRABALHO, ESTUDO E LAZER; CENTRADO MAIS NO TEMPO LIVRE DO QUE NO TEMPO DECRESCENTE DEDICADO AO TRABALHO; EDUCAR-SE NO SENTIDO A PRIVILEGIAR A SATISFAÇÃO DE NECESSIDADES COMO A INTROSPECÇÃO, O CONVÍVIO, A AMIZADE, O AMOR, E AS ATIVIDADES LÚDICAS.

15 TRABALHO DE EQUIPE LM : SILÊNCIO E RECOLHIMENTO NO GRUPO MEDIÚNICO, NÃO NA SOLIDÃO; FÉNELON : SOLIDÃO MEDIÚNICA FACULTA O DOMÍNIO DE ESPÍRITOS MENTIROSOS SÃO LUÍS: ENFATIZA A SERIEDADE, E CONDENA A MERA CURIOSIDADE JORGE : ANALISAR COM ESPÍRITO CRÍTICO AS COMUNICAÇÕES MASSILLON : SE SOIS TÃO FREQUENTEMENTE ENGANADOS, QUEIXAI-VOS DE VÓS MESMOS VICENTE DE PAULO : ORAÇÃO E VIGILÂNCIA PARA CONSIGO E PARA COM AS REUNIÕES

16 RISCOS E DESVIOS EQUÍVOCOS LAMENTÁVEIS RESULTAM DE PERMITIR MÉDIUNS AINDA NÃO SUFICIENTEMENTE PREPARADOS E SEGUROS A EXERCER SUAS FACULDADES SOMENTE PORQUE PRODUZEM FENÔMENOS ESPETACULARES OU DIZEM COISAS QUE IMPRESSIONAM OS ASSISTENTES : MEDIUNIDADE DRAMÁTICA OU TEATRAL

17 PACIÊNCIA PARA ESPERAR O MOMENTO CERTO PARA ENTRAR EM AÇÃO; SERENIDADE PARA ACEITAR CRÍTICAS E CORREÇÕES NECESSÁRIAS; BOM SENSO PARA REJEITAR SUGESTÕES E PALPITES DE ENTENDIDOS QUE NADA ENTENDEM; CUIDADO COM OS QUE SE DEIXAM FASCINAR PELO FENÔMENO : EUFORIA E VAIDADE PARA O MÉDIUM IMATURO;

18 HUMILDADE PARA APRENDER O QUE NÃO SABE E CORRIGIR DESVIOS E EQUÍVOCOS; VIGILÂNCIA PARA IDENTIFICAR POSSÍVEIS ENVOLVIMENTOS, TANTO DOS ENCARNADOS QUANTO DOS DESENCARNADOS.

19 CONCENTRAÇÃO NEM PASSIVIDADE, NEM ESFORÇO POR CONCENTRAR-SE ESTADO MENTAL ATIVO : TRANQUILIDADE, SERENIDADE E CONFIANÇA EM SI MESMO E NOS BENFEITORES ESPIRITUAIS RELAXAMENTO E DESCONTRAÇÃO

20 ... EM VERDADE, A FORÇA MEDIÚNICA NÃO AJUDA E NEM EDIFICA QUANDO ESTEJA DISTANTE DA CARIDADE E AUSENTE DA EDUCAÇÃO. (EMMANUEL)

21 CEFE - PROJETO ESTUDOS FILOSÓFICOS ESPÍRITAS UM BOM LIVRO ESPÍRITA JAMAIS SE DESATUALIZA, DESDE QUE SEJA DE AUTORIA SÉRIA E COMPROMETIDA COM OS PRINCÍPIOS ESPÍRITAS. ALLAN KARDEC AFIRMA QUE A CIÊNCIA ESPÍRITA SE ATUALIZARIA COM AS NOVAS DESCOBERTAS PORÉM, O QUE BALIZA ESSA AFIRMAÇÃO SÃO OS SEUS PRINCÍPIOS DE RAZÃO CONTIDOS EM O LIVRO DOS ESPÍRITOS ; A CIÊNCIA HUMANA NUNCA CONFIRMARÁ A CIÊNCIA ESPÍRITA; ESTA É QUE NORTEARÁ OS CORRETOS CAMINHOS PARA A PRIMEIRA, QUE FATALMENTE VIRÁ AO ENCONTRO DA SEGUNDA. (STS) Autoria : Projeto Estudos Filosóficos Espíritas IMAGENS: Diversas fontes Internet, citadas e da autora deste Projeto EFE. Algumas imagens colhidas na Internet com o fim de ilustração para os slides desde curso são de autoria desconhecida: caso os autores visualizem-nas neste Portal, favor informar-nos para a devida citação dos créditos ou retirada das imagens. CITE AS FONTES: RESPEITE OS DIREITOS DE AUTORIA Bibliografia desta aula: do Programa, c/excertos de seus autores, Domenico de Massi (O ócio criativo), Minutos de Sabedoria T.Pastorino ; Imagens, citadas nos slides e Internet.

FILOSOFIA ESPÍRITA E MEDIUNIDADE 20ª. AULA O EXERCÍCIO DA MEDIUNIDADE ESPÍRITA

FILOSOFIA ESPÍRITA E MEDIUNIDADE 20ª. AULA O EXERCÍCIO DA MEDIUNIDADE ESPÍRITA FILOSOFIA ESPÍRITA E MEDIUNIDADE 20ª. AULA O EXERCÍCIO DA MEDIUNIDADE ESPÍRITA Autoria: Projeto Estudos Filosóficos Espíritas Imagem: OSESP, Sala São Paulo HÁ UMA RELAÇÃO MUITO ESTREITA ENTRE A EDUCAÇÃO

Leia mais

TÓPICOS. 9. Evangelho no Lar Exceções 10. Mensagem de André Luiz

TÓPICOS. 9. Evangelho no Lar Exceções 10. Mensagem de André Luiz REUNIÕES MEDIÚNICAS TÓPICOS 1.Conceito de Reunião Mediúnica 2.Características 3.Responsabilidade do Médium 4.Condições para a realização de uma reunião mediúnica 5.Objetivo e natureza das reuniões 6.Necessidades

Leia mais

FILOSOFIA ESPÍRITA E MEDIUNIDADE

FILOSOFIA ESPÍRITA E MEDIUNIDADE FILOSOFIA ESPÍRITA E MEDIUNIDADE 11ª. AULA GRAUS DE MEDIUNIDADE E CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO: CONHECIMENTO OU SENSO COMUM? AutorIa: Projeto Estudos Filosóficos Espíritas GRAU DA MEDIUNIDADE É POSSÍVEL MENSURAR

Leia mais

ENTREVISTA. Tonny Robert. Professor universitário e Presidente da ARCAS Associação Ramatís Caridade Amor Sabedoria tonnyr@uol.com.

ENTREVISTA. Tonny Robert. Professor universitário e Presidente da ARCAS Associação Ramatís Caridade Amor Sabedoria tonnyr@uol.com. ANO 1, REVISTA Nº 10, DEZEMBRO/2015 EDITORIAL Nosso convidado deste mês é Presidente de um Centro Espírita bastante eclético e proativo na divulgação do Espiritismo e assistência social. Enfrentou questões

Leia mais

Natureza / Características / Etapas / Organização / Funcionamento. Marlene Valéria - Emerson

Natureza / Características / Etapas / Organização / Funcionamento. Marlene Valéria - Emerson Natureza / Características / Etapas / Organização / Funcionamento Marlene Valéria - Emerson Entender o que é uma reunião mediúnica. Saber identificar uma reunião mediúnica pela sua natureza e característica.

Leia mais

Instituição Beneficente A Luz Divina Grupo da Fraternidade CONDUTA DOS MÉDIUNS 07 / 08 / 2015

Instituição Beneficente A Luz Divina Grupo da Fraternidade CONDUTA DOS MÉDIUNS 07 / 08 / 2015 Instituição Beneficente A Luz Divina Grupo da Fraternidade CONDUTA DOS MÉDIUNS 07 / 08 / 2015 Durante os meus estudos, fiquei me perguntando, o que trazer de muito especial para compartilhar com os irmãos,

Leia mais

A DESCOBERTA DA OUTRA FACE DA NATUREZA OU DO OUTRO LADO DA VIDA SÓ PODERIA SER FEITA DEPOIS DO DESENVOLVIMENTO CIENTÍFICO. (J.H.

A DESCOBERTA DA OUTRA FACE DA NATUREZA OU DO OUTRO LADO DA VIDA SÓ PODERIA SER FEITA DEPOIS DO DESENVOLVIMENTO CIENTÍFICO. (J.H. A DESCOBERTA DA OUTRA FACE DA NATUREZA OU DO OUTRO LADO DA VIDA SÓ PODERIA SER FEITA DEPOIS DO DESENVOLVIMENTO CIENTÍFICO. (J.H.PIRES) FILOSOFIA ESPÍRITA E MEDIUNIDADE Autoria: Projeto Estudos Filosóficos

Leia mais

AULA 20 MEDIUNIDADE: O QUE É E COMO PRATICÁ-LA

AULA 20 MEDIUNIDADE: O QUE É E COMO PRATICÁ-LA É natural que nos comuniquemos com os Espíritos desencarnados e eles conosco, porque também somos Espíritos, embora estejamos encarnados. Pelos sentidos físicos e órgãos motores, tomamos contato com o

Leia mais

FILOSOFIA ESPÍRITA E MEDIUNIDADE. Mediunidade Espírita Práticas mediúnicas não espíritas

FILOSOFIA ESPÍRITA E MEDIUNIDADE. Mediunidade Espírita Práticas mediúnicas não espíritas FILOSOFIA ESPÍRITA E MEDIUNIDADE 4ª. AULA: Mediunidade Espírita Práticas mediúnicas não espíritas Autoria: Projeto Estudos Filosóficos Espíritas LIVRO DE PREPARAÇÃO: SEARA DE MÉDIUNS, NA MEDIUNIDADE A)

Leia mais

precisamos considerar que a mente permanece na base de todos os fenômenos mediúnicos. (...)" (05)

precisamos considerar que a mente permanece na base de todos os fenômenos mediúnicos. (...) (05) ADAPTAÇÃO PSÍQUICA precisamos considerar que a mente permanece na base de todos os fenômenos mediúnicos. (...)" (05) Esta afirmação, simples e objetiva, define com clareza o papel da mente nas atividades

Leia mais

10a edição CAMPINAS SP 2013

10a edição CAMPINAS SP 2013 10 a edição CAMPINAS SP 2013 SUMÁRIO Apresentação... IX PRIMEIRA UNIDADE CONSIDERAÇÕES PRELIMINARES 1. Mediunidade e doutrina espírita...3 2. Importância do método e do estudo prévio...9 3. Reuniões doutrinárias

Leia mais

Máximas de André Luiz

Máximas de André Luiz Máximas de André Luiz 1 Máximas de André Luiz 3 MÁXIMAS DE ANDRÉ LUIZ Capa: Rogério Mota Projeto gráfico: Equipe O Clarim Revisão: Teresa Cunha e Cássio Leonardo Carrara Todos os direitos reservados Casa

Leia mais

Palestra Virtual. Tema: Reuniões Mediúnicas. Palestrante: Carlos Feitosa. Promovida pelo IRC-Espiritismo http://www.irc-espiritismo.org.

Palestra Virtual. Tema: Reuniões Mediúnicas. Palestrante: Carlos Feitosa. Promovida pelo IRC-Espiritismo http://www.irc-espiritismo.org. Palestra Virtual Promovida pelo IRC-Espiritismo http://www.irc-espiritismo.org.br Tema: Reuniões Mediúnicas Palestrante: Carlos Feitosa Rio de Janeiro 04/10/2002 Organizadores da Palestra: Moderador: "_Alves_"

Leia mais

ASSOCIAÇÃO ESPÍRITA CÉLIA XAVIER DEPARTAMENTO DE MEDIUNIDADE REGIMENTO INTERNO

ASSOCIAÇÃO ESPÍRITA CÉLIA XAVIER DEPARTAMENTO DE MEDIUNIDADE REGIMENTO INTERNO ASSOCIAÇÃO ESPÍRITA CÉLIA XAVIER DEPARTAMENTO DE MEDIUNIDADE REGIMENTO INTERNO CAPÍTULO I MISSÃO Art. 1º - Em consonância com o Regimento Interno da AECX, e sob a premissa de que a mediunidade é coisa

Leia mais

Índice. 3. Referências Bibliográficas...6

Índice. 3. Referências Bibliográficas...6 1 Índice Aula VI: Legiões Espirituais, Incorporação e Psicografia... 3 1.2. Legiões Espirituais... 3 1.3. Mediunidade da Incorporação e Psicografia... 4 1.4. Desenvolvimento Mediúnico na Prática Aula VI...

Leia mais

A MEDIUNIDADE E O MÉDIUM

A MEDIUNIDADE E O MÉDIUM UNIDADE 3 A MEDIUNIDADE E O MÉDIUM AULA 16 Influência do meio no fenômeno mediúnico 1 2 INFLUÊNCIA DO AMBIENTE 3 Além do Espírito comunicante e do médium, o ambiente também influencia o fenômeno mediúnico

Leia mais

EDUCAÇÃO, CAPACITAÇÃO, PREPARO E CUIDADO DO TRABALHADOR DA REUNIÃO MEDIUNICA. Amanda e Denise

EDUCAÇÃO, CAPACITAÇÃO, PREPARO E CUIDADO DO TRABALHADOR DA REUNIÃO MEDIUNICA. Amanda e Denise EDUCAÇÃO, CAPACITAÇÃO, PREPARO E CUIDADO DO TRABALHADOR DA REUNIÃO MEDIUNICA OBJETIVOS: Explicar como se realiza a educação do médium; Destacar a importância da capacitação contínua do trabalho do grupo

Leia mais

PROJETO EDUCAÇÃO DO ESPÍRITO CURSO DE ORIENTAÇÃO E EDUCAÇÃO DOS PAIS

PROJETO EDUCAÇÃO DO ESPÍRITO CURSO DE ORIENTAÇÃO E EDUCAÇÃO DOS PAIS PROJETO EDUCAÇÃO DO ESPÍRITO CURSO DE ORIENTAÇÃO E EDUCAÇÃO DOS PAIS Marcus De Mario 2014 CONTATO COM MARCUS DE MARIO E-mail: marcusdemario@gmail.com Telefones: (21) 3381-1429 / 99397-1688 Site: www.marcusdemario.com.br

Leia mais

Palestra Virtual. Tema: Fascinação e Subjugação. Palestrante: Mauro Operti. Promovida pelo IRC-Espiritismo http://www.irc-espiritismo.org.

Palestra Virtual. Tema: Fascinação e Subjugação. Palestrante: Mauro Operti. Promovida pelo IRC-Espiritismo http://www.irc-espiritismo.org. Palestra Virtual Promovida pelo http://www.irc-espiritismo.org.br Tema: Fascinação e Subjugação Palestrante: Mauro Operti Rio de Janeiro 03/09/1999 Organizadores da palestra: Moderador: jaja (nick: Moderador

Leia mais

Oração. u m a c o n v e r s a d a a l m a

Oração. u m a c o n v e r s a d a a l m a Oração u m a c o n v e r s a d a a l m a 11 12 O Evangelho relata que por diversas vezes, quando ninguém mais estava precisando de alguma ajuda ou conselho, Jesus se ausentava para ficar sozinho. Natural

Leia mais

Preces POR QUE NOSSAS PRECES NÃO SÃO ATENDIDAS?

Preces POR QUE NOSSAS PRECES NÃO SÃO ATENDIDAS? Preces POR QUE NOSSAS PRECES NÃO SÃO ATENDIDAS? A grande maioria das pessoas só recorrem à oração quando estão com problemas de ordem material ou por motivo de doença. E sempre aguardando passivamente

Leia mais

Objetivo. A Vida no Mundo Espiritual. Desencarnação. Conhecer o processo da desencarnação identificando as principais causas do temor da morte.

Objetivo. A Vida no Mundo Espiritual. Desencarnação. Conhecer o processo da desencarnação identificando as principais causas do temor da morte. A Vida no Mundo Espiritual Desencarnação Meg Barros Patrícia Lima Fernanda Alencar Objetivo Conhecer o processo da desencarnação identificando as principais causas do temor da morte. 1 Conceito Desencarnar

Leia mais

POR QUE NOSSAS PRECES NÃO SÃO ATENDIDAS?

POR QUE NOSSAS PRECES NÃO SÃO ATENDIDAS? POR QUE NOSSAS PRECES NÃO SÃO ATENDIDAS? 01/12/2003 POR QUE NOSSAS PRECES NÃO SÃO ATENDIDAS? 2 Índice Geral I POR QUE NÃO ORAMOS COM FREQUÊNCIA?... 4 II QUANDO NOSSAS PRECES NÃO SÃO ATENDIDAS... 5 III

Leia mais

FUIDOTERAPIA - IRRADIAÇÃO

FUIDOTERAPIA - IRRADIAÇÃO FUIDOTERAPIA - IRRADIAÇÃO 284 FLUIDOTERAPIA NA CASA ESPÍRITA IRRADIAÇÃO O QUE É IRRADIAÇÃO? Irradiação: [do latim irradiare = irradiar + ção]. Ato ou efeito de emitir ondas, lançar raios de luz ou de calor,

Leia mais

Curso de Passes 2015 (Aula 1 - Reflexões) Grupo de Fraternidade Fabiano de Cristo

Curso de Passes 2015 (Aula 1 - Reflexões) Grupo de Fraternidade Fabiano de Cristo Curso de Passes 2015 (Aula 1 - Reflexões) Grupo de Fraternidade Fabiano de Cristo Informações sobre o curso Início: Neste dia Duração: Algumas Reencarnações Objetivo: Melhoria pessoal ( ajuda na reforma

Leia mais

CURSO DE EDUCAÇÃO MEDIÚNICA AULA 1. Apresentação

CURSO DE EDUCAÇÃO MEDIÚNICA AULA 1. Apresentação CURSO DE EDUCAÇÃO MEDIÚNICA AULA 1 Apresentação 1 2 Grupo de Estudos Mediúnicos - GEM 3 Objetivo do Curso 4 Integrar os novos participantes ao corpo mediúnico do GEPE, tornando sistemáticos o estudo e

Leia mais

Palestra Virtual. Promovida pelo IRC-Espiritismo http://www.irc-espiritismo.org.br

Palestra Virtual. Promovida pelo IRC-Espiritismo http://www.irc-espiritismo.org.br Palestra Virtual Promovida pelo http://www.irc-espiritismo.org.br Tema: Mediunidade (Consciência, Desenvolvimento e Educação) Palestrante: Vania de Sá Earp Rio de Janeiro 16/06/2000 Organizadores da palestra:

Leia mais

Divaldo Franco fala sobre a enxurrada de livros "espíritas" no mercado

Divaldo Franco fala sobre a enxurrada de livros espíritas no mercado Divaldo Franco fala sobre a enxurrada de livros "espíritas" no mercado Reencarnação no plano espiritual Abaixo, trechos da entrevista de Divaldo Franco extraída do livro Conversando com Divaldo Pereira

Leia mais

Palestra Virtual. Tema: O Centro Espírita. Palestrante: Carlos Alberto. Promovida pelo IRC-Espiritismo http://www.irc-espiritismo.org.

Palestra Virtual. Tema: O Centro Espírita. Palestrante: Carlos Alberto. Promovida pelo IRC-Espiritismo http://www.irc-espiritismo.org. Palestra Virtual Promovida pelo IRC-Espiritismo http://www.irc-espiritismo.org.br Tema: O Centro Espírita Palestrante: Carlos Alberto Rio de Janeiro 04/04/2003 Organizadores da Palestra: Moderador: "_Alves_"

Leia mais

AULA 27 Vivência Mediúnica

AULA 27 Vivência Mediúnica AULA 27 Vivência Mediúnica 1 O perfeito conhecimento dos objetivos da mediunidade equipa o intermediário para a desincumbência do compromisso assumido antes da reencarnação, e o seu menosprezo acarreta

Leia mais

26 DE MARÇO DE 2010 AYAHUASCA? - ESTADO ALTERADO DA CONSCIÊNCIA? LOUCURA? OBSESSÃO?

26 DE MARÇO DE 2010 AYAHUASCA? - ESTADO ALTERADO DA CONSCIÊNCIA? LOUCURA? OBSESSÃO? 26 DE MARÇO DE 2010 AYAHUASCA? - ESTADO ALTERADO DA CONSCIÊNCIA? LOUCURA? OBSESSÃO? Parentes e o advogado de Carlos Eduardo Sundfeld Nunes, suspeito de ter matado o cartunista Glauco e o filho Raoni, afirmam

Leia mais

8 Nubor Orlando Facure

8 Nubor Orlando Facure SUMÁRIO 1. Introdução...7 2. O estudo antropológico...9 3. Mediunidade e sua neurofisiologia Uma interpretação biológica, psicológica e sua transcendência espiritual...17 4. Mediunidade em quatro abordagens...19

Leia mais

Gabarito de respostas para o Estudo de O Evangelho Segundo o Espiritismo FLS 1 de 11

Gabarito de respostas para o Estudo de O Evangelho Segundo o Espiritismo FLS 1 de 11 FLS 1 de 11 Estudo 1: Questão: 1 a) o ensino moral b) c) d) São as vozes do Céu que vem Esclarecer os Homens e convidá-los À prática do Evangelho. Estudo 2: Questão: 1 a) (errado) b) (certo) c) (certo)

Leia mais

O objetivo da existência é o desabrochar dos germens divinos da alma;

O objetivo da existência é o desabrochar dos germens divinos da alma; PEDAGOGIA ESPÍRITA Trabalho formulado pelos facilitadores Edmar Jr. Ed e Juliana Machado da FEB Capacitação de Evangelizadores - Irmão Estevão, setembro de 2015 A Pedagogia Espírita Fundamentos Somos seres

Leia mais

8 Nubor Orlando Facure

8 Nubor Orlando Facure SUMÁRIO 1. Introdução...7 2. O estudo antropológico...9 3. Mediunidade e sua neurofisiologia Uma interpretação biológica, psicológica e sua transcendência espiritual...17 4. Mediunidade em quatro abordagens...19

Leia mais

QUESTÕES ELABORADAS A PARTIR DO TEXTO O CARISMA FUNDADOR Discurso de Chantilly Pe. Henri Caffarel

QUESTÕES ELABORADAS A PARTIR DO TEXTO O CARISMA FUNDADOR Discurso de Chantilly Pe. Henri Caffarel QUESTÕES ELABORADAS A PARTIR DO TEXTO O CARISMA FUNDADOR Discurso de Chantilly Pe. Henri Caffarel 1. Pe. Caffarel afirma que carisma fundador é muito mais do que uma simples boa idéia. Então, o que ele

Leia mais

Flores do Dia Eduardo Corceli

Flores do Dia Eduardo Corceli BOA NOITE! ERA UMA VEZ... Flores do Dia Eduardo Corceli Amanhece o dia... Hora de trabalhar! Hora de lutar! Vem Ana, Maria, Tereza, Vem Claudia, Laura, Adriana... Flores do dia Para o seu dia. Suas folhas:

Leia mais

Programação reencarnatória

Programação reencarnatória Programação reencarnatória UM ENFOQUE EM PACIENTE DIABÉTICO TIPO I Elaboração: www.searadomestre.com.br O LIVRO DOS ESPÍRITOS 258. No estado errante, e antes de começar nova existência corporal, o Espírito

Leia mais

14a edição CAMPINAS SP 2012

14a edição CAMPINAS SP 2012 14 a edição CAMPINAS SP 2012 SUMÁRIO Esclarecimentos preliminares... IX PRIMEIRA UNIDADE 1. Radiações ou vibrações...15 2. Deus...21 3. A criação...27 4. Os Espíritos...35 5. Classificação dos Espíritos

Leia mais

1. Fatos Espíritas através dos Tempos... 11 2. Kardec e a Codifi cação... 21 3. O Que o Espiritismo Prega... 29 4. Diferenças Fundamentais...

1. Fatos Espíritas através dos Tempos... 11 2. Kardec e a Codifi cação... 21 3. O Que o Espiritismo Prega... 29 4. Diferenças Fundamentais... CAMPINAS-SP 2003 Sumário A Doutrina 1. Fatos Espíritas através dos Tempos...11 O anúncio de uma nova era...12 Em Hydesville, o primórdio...13 O neo-espiritualismo...17 2. Kardec e a Codificação...21 Primeiras

Leia mais

As três revelações divinas: Moisés, Jesus e Kardec

As três revelações divinas: Moisés, Jesus e Kardec FEDERAÇÃO ESPÍRITA BRASILEIRA Estudo Aprofundado da Doutrina Espírita Livro II Ensinos e Parábolas de Jesus Módulo I Metodologia para o estudo do Evangelho à luz da Doutrina Espírita As três revelações

Leia mais

Aula 7. Qualidades Morais do Passista 1 / 8

Aula 7. Qualidades Morais do Passista 1 / 8 CURSO PASSE 7 do Passista EDITORA 1 1 / 8 Conduta... O médium passista necessitará vigilância no seu campo de ação, porquanto de sua higiene espiritual resultará o reflexo benfasejo naqueles que se proponha

Leia mais

Pluralidade dos Mundos Habitados. Paulo Roberto de Mattos Pereira Centro Espírita Casa do Caminho - DF

Pluralidade dos Mundos Habitados. Paulo Roberto de Mattos Pereira Centro Espírita Casa do Caminho - DF Habitados Paulo Roberto de Mattos Pereira Centro Espírita Casa do Caminho - DF Jesus referiu-se em algum momento de suas pregações à existência de outros mundos habitados? Qualquer pessoa que pensa, ao

Leia mais

Home Page : www.barralink.com.br/teatro e-mail : teatro@barralink.com.br ÍNDICE

Home Page : www.barralink.com.br/teatro e-mail : teatro@barralink.com.br ÍNDICE Home Page : www.barralink.com.br/teatro e-mail : teatro@barralink.com.br ÍNDICE TEATRO ESPÍRITA... 2 A VISÃO GERAL... 2 EXERCÍCIOS TEATRAIS DRAMATICIDADE COM ESPIRITUALIDADE... 2 DIREÇÃO TEATRAL... 3 O

Leia mais

Há... Mas quem sou eu senão uma formiguinha das menores, que anda pela terra cumprindo sua obrigação.

Há... Mas quem sou eu senão uma formiguinha das menores, que anda pela terra cumprindo sua obrigação. Há... Mas quem sou eu senão uma formiguinha das menores, que anda pela terra cumprindo sua obrigação. Apostila ESTEM - Programa 2 Apostila COEM 29ª S. Teórica vl.2 Objetivo: Apresentar a necessidade do

Leia mais

EJA 5ª FASE PROF. LUIS CLAÚDIO

EJA 5ª FASE PROF. LUIS CLAÚDIO EJA 5ª FASE PROF. LUIS CLAÚDIO CONTEÚDOS E HABILIDADES A INTERATIVIDADE Unidade I O ser humano e o fenômeno religioso. 2 CONTEÚDOS E HABILIDADES A INTERATIVIDADE Aula 3.2 Conteúdos Dimensões do ser humano

Leia mais

PROPOSTA DE TRABALHO ENSINO MÉDIO 2010. Pais e Alunos

PROPOSTA DE TRABALHO ENSINO MÉDIO 2010. Pais e Alunos PROPOSTA DE TRABALHO ENSINO MÉDIO 2010 Pais e Alunos Proposta de Trabalho Ensino Médio 2010 A partir de 2010 o nosso projeto pedagógico do Ensino Médio estará ainda mais comprometido com a formação integral

Leia mais

Hippolyte Léon Denizard Rivail 03-10-1804-31-03-1869

Hippolyte Léon Denizard Rivail 03-10-1804-31-03-1869 Hippolyte Léon Denizard Rivail 03-10-1804-31-03-1869 O dom da mediunidade é tão antigo quanto o mundo. Os profetas eram médiuns. Os caldeus, os assírios, possuíam médiuns. Sócrates era dirigido por um

Leia mais

RS-SPEE-150anos/Perri

RS-SPEE-150anos/Perri CENTRO ESPÍRITA ORIGEM E CONCEITO RS-SPEE-150anos/Perri Rua dos Mártires, 8 2º. Andar - Fundos RS-SPEE-150anos/Perri Há 153 Anos... Palais Royal RS-SPEE-150anos/Perri RS-SPEE-150anos/Perri Allan Kardec

Leia mais

INSTRUÇÕES DOUTRINÁRIAS

INSTRUÇÕES DOUTRINÁRIAS INSTRUÇÕES DOUTRINÁRIAS Muito pouco foi escrito com referência a instruções doutrinárias na Corrente do Amanhecer. O que se tem, fora o Livro de Leis e Chaves Ritualísticas, são trabalhos isolados, como

Leia mais

COEM. CEUH Centro Espírita União e Humildade. Curso de Orientação e Educação Mediúnica. 7ª Sessão Classificação Mediúnica

COEM. CEUH Centro Espírita União e Humildade. Curso de Orientação e Educação Mediúnica. 7ª Sessão Classificação Mediúnica CEUH Centro Espírita União e Humildade Ponta Grossa / PR COEM Curso de Orientação e Educação Mediúnica 7ª Sessão Classificação Mediúnica - Mediunidade - Médium - Fenômenos Mediúnicos COEM - Curso de Orientação

Leia mais

EPM Programa 1 Mód.4 Rot. 3 e 4. Facilitadora: Mônica Oliveira

EPM Programa 1 Mód.4 Rot. 3 e 4. Facilitadora: Mônica Oliveira Objetivo: Esclarecer quanto a destinação dos desencarnados após a morte e suas relações no além-túmulo, as características dos ambientes nas esferas espirituais e de seus habitantes de acordo com sua condição

Leia mais

Estrutura Pedagógica da Escola de Evangelização Espírita Infanto- Juvenil

Estrutura Pedagógica da Escola de Evangelização Espírita Infanto- Juvenil Plano Curricular Federação Espírita Brasileira Estrutura Pedagógica da Escola de Evangelização Espírita Infanto- Juvenil Maternal 3 e 4 anos Jardim 5 e 6 anos Infância 1º ciclo 7 e 8 anos Infância 2º ciclo

Leia mais

A ASSISTÊNCIA ESPIRITUAL PARTE 01 DE 02

A ASSISTÊNCIA ESPIRITUAL PARTE 01 DE 02 ALIANÇA ESPÍRITA EVANGÉLICA REGIONAL ABC A ASSISTÊNCIA ESPIRITUAL PARTE 01 DE 02 COORDENADORIA DE ESTUDOS 01/11/2008 VERSÃO 05/02/2012 A ASSISTÊNCIA ESPIRITUAL É um conjunto de atividades organizadas

Leia mais

PCC PROFESSIONAL COACH CERTIFICATION

PCC PROFESSIONAL COACH CERTIFICATION 1. Valores individuais 1. Dignidade 2. Respeito por si próprio 3. Respeito pela natureza e pelo meio ambiente 4. Respeito pelo próximo 5. Igualdade 6. Liberdade 7. Amor 8. Conexão com o próximo ou interdependência

Leia mais

TIPOS DE REUNIÕES. Mariangela de Paiva Oliveira. mariangela@fonte.org.br. As pessoas se encontram em diferentes âmbitos:

TIPOS DE REUNIÕES. Mariangela de Paiva Oliveira. mariangela@fonte.org.br. As pessoas se encontram em diferentes âmbitos: TIPOS DE REUNIÕES Mariangela de Paiva Oliveira mariangela@fonte.org.br As pessoas se encontram em diferentes âmbitos: no âmbito do pensar: quando acontece uma troca de idéias, opiniões ou informações;

Leia mais

ASSOCIAÇÃO ESPÍRITA FRATERNAL DEPARTAMENTO DE DOUTRINA REGIMENTO INTERNO DE ESTUDO E EDUCAÇÃO MEDIÚNICA E IRRADIAÇÃO

ASSOCIAÇÃO ESPÍRITA FRATERNAL DEPARTAMENTO DE DOUTRINA REGIMENTO INTERNO DE ESTUDO E EDUCAÇÃO MEDIÚNICA E IRRADIAÇÃO ASSOCIAÇÃO ESPÍRITA FRATERNAL DEPARTAMENTO DE DOUTRINA REGIMENTO INTERNO DE ESTUDO E EDUCAÇÃO MEDIÚNICA E IRRADIAÇÃO I Conceito É uma reunião privativa, na qual se realiza a assistência aos espíritos necessitados

Leia mais

Suely Caldas Schubert. Obsessão Desobsessão. Profilaxia e Terapêutica Espíritas

Suely Caldas Schubert. Obsessão Desobsessão. Profilaxia e Terapêutica Espíritas Suely Caldas Schubert Obsessão Desobsessão Profilaxia e Terapêutica Espíritas Sumário Dedicatória, 9 Em torno da Desobsessão, 11 Problema de Emergência, 15 Introdução, 19 PRIMEIRA PARTE A OBSESSÃO 1 As

Leia mais

Grupo de Fraternidade Espírita Frei Germano

Grupo de Fraternidade Espírita Frei Germano 1 Grupo de Fraternidade Espírita Frei Germano Rua Paraúna n.º 350 Conjunto Celso Machado Bairro Serrano Belo Horizonte Minas Gerais GRUPOS DE ESTUDOS DA MEDIUNIDADE ------------------ 14º MÓDULO -------------------

Leia mais

O MUNDO É A CASA DO HOMEM

O MUNDO É A CASA DO HOMEM O MUNDO É A CASA DO HOMEM Nichan Dichtchekenian Há dois motivos principais que me levam a fazer esta apresentação: O primeiro é fazer um esclarecimento e uma defesa da Fenomenologia, buscando, este esclarecimento,

Leia mais

A Casa e a Causa Espírita, com Allan Kardec.

A Casa e a Causa Espírita, com Allan Kardec. A Casa e a Causa Espírita, com Allan Kardec. Agradecimentos: Aos meus pais, Maria da Conceição e Heitor, que me deram mais uma oportunidade de evolução nesta vida, às minhas três irmãs - tão diferentes

Leia mais

MEDIUNIDADE COM JESUS CRÔNICAS DO ALÉM TÚMULO DE HUMBERTO DE CAMPOS- PSICOGRAFIA DE CHICO XAVIER

MEDIUNIDADE COM JESUS CRÔNICAS DO ALÉM TÚMULO DE HUMBERTO DE CAMPOS- PSICOGRAFIA DE CHICO XAVIER MEDIUNIDADE COM JESUS CRÔNICAS DO ALÉM TÚMULO DE HUMBERTO DE CAMPOS- PSICOGRAFIA DE CHICO XAVIER 1 REUNIDO ESTAVA O REINO DAS SOMBRAS. E O PODEROSO CHEFE DAS TREVAS. ESTAVA PREOCUPADO COM O ESPIRITISMO

Leia mais

14 DE JUNHO DE 2009 ESPIRITUALIDADE, FÉ E PRECE COMO RECURSOS TERAPÊUTICOS DOS HOSPITAIS MODERNOS

14 DE JUNHO DE 2009 ESPIRITUALIDADE, FÉ E PRECE COMO RECURSOS TERAPÊUTICOS DOS HOSPITAIS MODERNOS 14 DE JUNHO DE 2009 ESPIRITUALIDADE, FÉ E PRECE COMO RECURSOS TERAPÊUTICOS DOS HOSPITAIS MODERNOS As implicações da espiritualidade na saúde vêm sendo, cientificamente, avaliadas e documentadas em centenas

Leia mais

Mudança gera transformação? Mudar equivale a transformar?

Mudança gera transformação? Mudar equivale a transformar? Mudança gera transformação? Mudar equivale a transformar? Seminário Síntese de Adequações/Inovações no Estudo Doutrinário Espírita Federação Espírita Brasileira Janeiro/2015 JESUS Conhecereis a Verdade

Leia mais

MEDIUNIDADE ESTUDO E PRÁTICA O TRANSE FACILITADOR: MODESTO ANTONIO CHAVES

MEDIUNIDADE ESTUDO E PRÁTICA O TRANSE FACILITADOR: MODESTO ANTONIO CHAVES MEDIUNIDADE ESTUDO E PRÁTICA O TRANSE FACILITADOR: MODESTO ANTONIO CHAVES TRANSES Todas as manifestações do psiquismo humano, boas ou más, fazem ressonância na mente do ser encarnado ou desencarnado. As

Leia mais

Palestra Virtual. Tema: O Egoísmo. Palestrante: Amália Silveira. Promovida pelo IRC-Espiritismo http://www.irc-espiritismo.org.br

Palestra Virtual. Tema: O Egoísmo. Palestrante: Amália Silveira. Promovida pelo IRC-Espiritismo http://www.irc-espiritismo.org.br Palestra Virtual Promovida pelo http://www.irc-espiritismo.org.br Tema: O Egoísmo Palestrante: Amália Silveira Rio de Janeiro 22/01/1999 Organizadores da palestra: Moderador: Luno (nick: )

Leia mais

O Centro Espírita e seus Trabalhadores

O Centro Espírita e seus Trabalhadores FidelidadESPÍRITA Abril 2007 O Centro Espírita e seus Trabalhadores por Therezinha Oliveira 42 Uma publicação do Centro de Estudos Espíritas Nosso Lar Campinas/SP Abril 2007 FidelidadESPÍRITA Toda religião

Leia mais

Estudo Numerológico Escolha de nome de bebê

Estudo Numerológico Escolha de nome de bebê Estudo Numerológico Escolha de nome de bebê Os metafísicos afirmam que a alma escolhe a família antes do nascimento e, intui os pais na escolha do nome que possa refletir suas capacidades. O momento em

Leia mais

(Manoel P. de Miranda, Temas da vida e da morte, 4.ed., p. 135). Escola de Evangelização Mediunidade. de Pacientes. Aula 03 1 / 8

(Manoel P. de Miranda, Temas da vida e da morte, 4.ed., p. 135). Escola de Evangelização Mediunidade. de Pacientes. Aula 03 1 / 8 JESUS E A MEDIUNIDADE LOUCURA, DIFICULDADES FINANCEIRAS ESTÃO ASSOCIADAS À PRÁTICA MEDIÚNICA? As disposições pessoais para os desequilíbrios são inatas no homem, que neles estão em gérmem. Desse modo,

Leia mais

GRUPO ESPÍRITA NOSSO CANTINHO

GRUPO ESPÍRITA NOSSO CANTINHO GRUPO ESPÍRITA NOSSO CANTINHO CURSO SOBRE MEDIUNIDADE BASEADO NO COEM Centro Espírita Luz Eterna Curitiba - PR Slides preparados por Genivaldo Gasparini e Eduardo T. Costa PAULÍNIA, SP 2012 ALLAN KARDEC

Leia mais

SENDO UMA PESSOA MANSA E CONTROLADA.

SENDO UMA PESSOA MANSA E CONTROLADA. SENDO UMA PESSOA MANSA E CONTROLADA. Chegamos à reta final de nossa caminha de transformação, restando apenas os dois últimos gomos do Fruto do Espírito. Estes dois últimos gomos, são os mais difíceis

Leia mais

1ª) o CORPO ou SER MATERIAL, análogo ao dos animais e animado pelo mesmo princípio vital; ENCARNADO que tem no corpo a sua habitação;

1ª) o CORPO ou SER MATERIAL, análogo ao dos animais e animado pelo mesmo princípio vital; ENCARNADO que tem no corpo a sua habitação; CURSO PASSE 2 EDITORA 1 / 8 1ª) o CORPO ou SER MATERIAL, análogo ao dos animais e animado pelo mesmo princípio vital; 2ª) a ALMA, ESPÍRITO ENCARNADO que tem no corpo a sua habitação; 2 / 8 3ª) o princípio

Leia mais

A PSICOLOGIA CORPORAL NA SALA DE AULA

A PSICOLOGIA CORPORAL NA SALA DE AULA 1 A PSICOLOGIA CORPORAL NA SALA DE AULA Glória Maria Alves Ferreira Cristofolini RESUMO Sala de aula, lugar de construção do saber, de alegrias e sensibilidades. É assim que penso o verdadeiro sentido

Leia mais

FEDERAÇÃO ESPÍRITA BRASILEIRA Estudo Aprofundado da Doutrina Espírita Livro IV Espiritismo, o Consolador Prometido por Jesus Módulo I Esperanças e

FEDERAÇÃO ESPÍRITA BRASILEIRA Estudo Aprofundado da Doutrina Espírita Livro IV Espiritismo, o Consolador Prometido por Jesus Módulo I Esperanças e FEDERAÇÃO ESPÍRITA BRASILEIRA Estudo Aprofundado da Doutrina Espírita Livro IV Espiritismo, o Consolador Prometido por Jesus Módulo I Esperanças e Consolações Objetivos Explicar como se manifesta a ação

Leia mais

ANO 1, REVISTA Nº 9, NOVEMBRO/2015 EDITORIAL

ANO 1, REVISTA Nº 9, NOVEMBRO/2015 EDITORIAL ANO 1, REVISTA Nº 9, NOVEMBRO/2015 EDITORIAL Nosso convidado deste mês é exímio conhecedor da Umbanda no Brasil e aceitou debater questões polêmicas que envolvem as relações entre ela e a doutrina espírita,

Leia mais

AS COMUNICAÇÕES MEDIÚNICAS

AS COMUNICAÇÕES MEDIÚNICAS CVDEE Centro Virtual de Divulgação e Estudo do Espiritismo Estudos sobre Mediunidade AS COMUNICAÇÕES MEDIÚNICAS INTRODUÇÃO Nos momentos iniciais da Codificação Espírita, quando começaram a chegar até Allan

Leia mais

20 Anos de Tradição Carinho, Amor e Educação.

20 Anos de Tradição Carinho, Amor e Educação. Colégio Tutto Amore Colégio Sapience Carinho, Amor e Educação. Trabalhamos com meio-período e integral em todos os níveis de ensino. www.tuttoamore.com.br Nossa História No ano de 1993 deu-se o ponto de

Leia mais

CURSO DE ANÁLISE DE RECURSOS DE INFRAÇÃO DE TRÂNSITO RELATÓRIO DE ATIVIDADES CONSOLIDADO

CURSO DE ANÁLISE DE RECURSOS DE INFRAÇÃO DE TRÂNSITO RELATÓRIO DE ATIVIDADES CONSOLIDADO CURSO DE ANÁLISE DE RECURSOS DE INFRAÇÃO DE TRÂNSITO RELATÓRIO DE ATIVIDADES CONSOLIDADO RECIFE/PE Realização: 03 a 0 de novembro de 2010. RELATÓRIO CONSOLIDADO Página 1 de 28/12/2010 1. Dados gerais Município

Leia mais

Companheiros Espíritas Unidos Informativo nº 125 Ano XI Outubro de 2013

Companheiros Espíritas Unidos Informativo nº 125 Ano XI Outubro de 2013 Companheiros Espíritas Unidos Informativo nº 125 Ano XI Outubro de 2013 Editorial Durante os meses de abril a setembro, o Mensageiro do C.E.U. (Informativos 119 a 124) tem apresentado aos leitores algumas

Leia mais

que cria vagas para professores de Ensino Religioso no âmbito do ensino fundamental no

que cria vagas para professores de Ensino Religioso no âmbito do ensino fundamental no Ensino Religioso nas Escolas Publicas: ainda sem o debate suficiente Tramita na Câmara de Vereadores do Rio o projeto de lei, de iniciativa do Executivo, que cria vagas para professores de Ensino Religioso

Leia mais

O Coordenador da Reunião Mediúnica

O Coordenador da Reunião Mediúnica Os Coordenadores e Esclarecedores Da Reunião de Educação Mediúnica Coordenação das Reuniões de Educação Mediúnica O Coordenador da Reunião Mediúnica Ao coordenador de reunião mediúnica compete importantes

Leia mais

MEDIUNIDADE E SUA PRÁTICA

MEDIUNIDADE E SUA PRÁTICA UNIDADE 1 MEDIUNIDADE E SUA PRÁTICA AULA 7 Concentração 1 2 Concentração é o ato pelo qual fechamos as portas da mente ao exterior e orientamos nossa atividade interiormente, para determinado objetivo

Leia mais

Se pudéssemos resumir em tópicos alguns conceitos apresentados na Palestra poderíamos citar os seguintes:

Se pudéssemos resumir em tópicos alguns conceitos apresentados na Palestra poderíamos citar os seguintes: Palestra de Philip Kotler Por Helton Haddad Além de ser um valioso aprendizado em termos de conhecimentos, este evento nos traz a certeza de cada vez mais, as empresas precisam agilizar e acelerar suas

Leia mais

Cada célula do ser vivo contém imensa

Cada célula do ser vivo contém imensa ECTOPLASMA Cada célula do ser vivo contém imensa variedade de características vitais e vibracionais, organizacionais no todo ou em partes específicas, que dependem das condições física, mental e vibracional

Leia mais

GEM - GRUPO DE ESTUDO DA MEDIUNIDADE

GEM - GRUPO DE ESTUDO DA MEDIUNIDADE GEM - GRUPO DE ESTUDO DA MEDIUNIDADE / Data:09/10-Junho-2013. Aula 21 Irradiação mental Conhecer os elementos e meios básicos para a ação da irradiação mental de forma adequada e segura. 1 FLUÍDO 1. Fluido

Leia mais

01/ 08. Lar. Escola de Evangelização de Família Conduta no. Pacientes. Aula 02

01/ 08. Lar. Escola de Evangelização de Família Conduta no. Pacientes. Aula 02 PERDÃO EM FAMÍLIA A MISERICÓRDIA A misericórdia é o complemento da brandura, porquanto aquele que não for misericordioso não poderá ser brando e pacífico. Ela consiste no esquecimento e no perdão das ofensas.

Leia mais

AS RELAÇÕES AMOROSAS E OS TRAÇOS DE CARÁTER

AS RELAÇÕES AMOROSAS E OS TRAÇOS DE CARÁTER 1 AS RELAÇÕES AMOROSAS E OS TRAÇOS DE CARÁTER Eloá Andreassa Resumo: As relações amorosas continuam sendo mais que um objetivo na vida das pessoas, é uma necessidade, um sonho, até uma esperança. Porém,

Leia mais

Solidariedade Um Ato de Amor

Solidariedade Um Ato de Amor exta-feira, 26 de março de 2010 Projeto Solidariedade 2010 por Pedrina Silva do Carmo, breve aqui! Postado por Juliano Ferreira às 13:44 Nenhum comentário:links para esta postagem Marcadores: Projeto Solidariedade

Leia mais

Profa. Ma. Andrea Morás. Unidade I

Profa. Ma. Andrea Morás. Unidade I Profa. Ma. Andrea Morás Unidade I COMUNICAÇÃO EMPRESARIAL Comunicação empresarial Definição: Compreende um conjunto complexo de atividades, ações, estratégias, produtos e processos desenvolvidos para reforçar

Leia mais

REGIMENTO INTERNO Nº 010/88 COORDENAÇÃO DE EDUCAÇÃO ESPÍRITA - CAD / EDU CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO - CAD GRUPO DA FRATERNIDADE IRMÃ SCHEILLA - GFEIS

REGIMENTO INTERNO Nº 010/88 COORDENAÇÃO DE EDUCAÇÃO ESPÍRITA - CAD / EDU CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO - CAD GRUPO DA FRATERNIDADE IRMÃ SCHEILLA - GFEIS REGIMENTO INTERNO Nº 010/88 COORDENAÇÃO DA MOCIDADE ESPÍRITA MARIA JOÃO DE DEUS - EDU / CME COORDENAÇÃO DE EDUCAÇÃO ESPÍRITA - CAD / EDU CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO - CAD GRUPO DA FRATERNIDADE IRMÃ SCHEILLA

Leia mais

Parte Terceira Capítulo XII Da perfeição moral

Parte Terceira Capítulo XII Da perfeição moral Parte Terceira Capítulo XII Da perfeição moral Caracteres do homem de bem Questão: 918 O homem de bem tira boas coisas do bom tesouro do seu coração e o mau tira as más do mau tesouro do seu coração; porquanto,

Leia mais

CUIDEMOS DA NOSSA VINHA... me puseram por guarda de vinhas; a vinha, porém, que me pertence, não a guardei. - (Cantares 1:6)

CUIDEMOS DA NOSSA VINHA... me puseram por guarda de vinhas; a vinha, porém, que me pertence, não a guardei. - (Cantares 1:6) CUIDEMOS DA NOSSA VINHA... me puseram por guarda de vinhas; a vinha, porém, que me pertence, não a guardei. - (Cantares 1:6) Expositor: Jorge Himitian INTRODUÇÃO: Não podemos fazer a obra sobre as ruínas

Leia mais

18º ENCONTRO ESPÍRITA SOBRE MEDIUNIDADE

18º ENCONTRO ESPÍRITA SOBRE MEDIUNIDADE 18º ENCONTRO ESPÍRITA SOBRE MEDIUNIDADE CONCLUSÃO DOS ESTUDOS REALIZADOS COM BASE NAS MENSAGENS DE ANTONIO DE AQUINO E NA ENTREVISTA COM ALTIVO FÉ E MEDITAÇÃO Fé adesão absoluta do espírito àquilo que

Leia mais

REFLEXÕES ESPÍRITAS - Os sãos não precisam de médico.

REFLEXÕES ESPÍRITAS - Os sãos não precisam de médico. Autor: André Martinez REFLEXÕES ESPÍRITAS - Os sãos não precisam de médico. Tema: Capítulo XXIV de O EVANGELHO SEGUNDO O ESPIRITISMO de Allan Kardec A candeia debaixo do alqueire itens 11 e 12 OS SÃOS

Leia mais

Evangelização Espírita Ismênia de Jesus Plano de Aula 1º Ciclo. Título: Reencarnação

Evangelização Espírita Ismênia de Jesus Plano de Aula 1º Ciclo. Título: Reencarnação Plano de Aula 12 Centro Espírita Ismênia de Jesus Evangelização Espírita Ismênia de Jesus Plano de Aula 1º Ciclo Educadora: Andréa, Rafael e Erenilton Dia: 04/05/2015 Horário: 20 às 21hs Título: Reencarnação

Leia mais

Parentes de hoje: amigos ou inimigos do passado?

Parentes de hoje: amigos ou inimigos do passado? Parentes de hoje: amigos ou inimigos do passado? Apresentação disponível em www.searadomestre.com.br Adriana Pizzutti dos Santos Vamos considerar parentes: Família de orientação Família de procriação Colaterais

Leia mais

Curso da OAM (Obreiros do Amor e Misericórdia) 1º módulo (24/Fev a 30/Jun)

Curso da OAM (Obreiros do Amor e Misericórdia) 1º módulo (24/Fev a 30/Jun) Curso da OAM (Obreiros do Amor e Misericórdia) 1º módulo (24/Fev a 30/Jun) - ORIENTAÇÕES E AGENDA DO CURSO - CASA DE CURA - QUEM É DEUS? - O QUE É ESPIRITISMO - O QUE É FLUIDO - TIPOS DE ESPÍRITOS COORDENADORES

Leia mais

Elaboração do Plano de Aula

Elaboração do Plano de Aula Elaboração do Plano de Aula Componentes do Plano de Aula Identificação Objetivos Conteúdos Estratégias Avaliação Cronograma Bibliografia Identificação Universidade Curso Série Ano Disciplina Professor

Leia mais