Crédito para imóveis usados recua em São Paulo (DCI 03/01/2012)... [+] Mais detalhes

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Crédito para imóveis usados recua em São Paulo (DCI 03/01/2012)... [+] Mais detalhes"

Transcrição

1 Usuário, você está recebendo as novidades da ABECIP Terça-Feira, 3 de Janeiro de 2012 Crédito para imóveis usados recua em São Paulo (DCI 03/01/2012)... MBA Financiamento, Negócios e Empreendimentos Imobiliários A segunda turma do MBA Financiamento, Negócios e Empreendimentos Imobiliários, realizado em parceria entre a Abecip, Secovi-SP e UBS, terá início em março de O curso é voltado para gestores e profissionais que queiram buscar melhor qualificação ou aperfeiçoar seus conhecimentos em financiamento e negócios imobiliários. Principais Conteúdos Abordados Economia Brasileira - Estratégia Empresarial - Ética e Responsabilidade Social - Governança Corporativa - Sustentabilidade Ambiental - Liderança e Gestão de Equipes - Matemática Financeira Aplicada - Contabilidade - Avaliação de Imóveis - Planejamento Urbano - Economia Regional - A Economia. O Setor Imobiliário e os Financiamentos - O Mercado Imobiliário no Brasil e no Mundo - (Valuation) Avaliação de Empresas e Empreendimentos - Produtos de Crédito Imobiliário - Sistema Financeiro e o Mercado de Imobiliário - Tributação nas Operações Imobiliárias - Gestão de Cadeia de Valor - Tópicos Especiais. Palestras e Visitas - Projeto Aplicativo. Mais informações, clique aqui Conceitos e aspectos operacionais do financiamento para aquisição de imóveis Data: 13/02 e 14/02 das 9h00 às 18h00 Local: Al. Casa Branca, 35-4º Andar (Estação Metro Trianon MASP) Objetivo(s)

2 Analisar detalhadamente as atividades e requisitos envolvidos na concessão de financiamentos para aquisição de imóveis pelo Sistema Financeiro; Fazer breve revisão dos conceitos de matemática financeira, indispensáveis para o entendimento destas operações, possibilitando tomadas de decisões na melhor escolha do produto; Analisar os elementos financeiros envolvidos que influenciam na forma de pagamento do financiamento pelo comprador do imóvel; Comparar as diversas alternativas disponíveis no mercado que viabilizam a compra de um imóvel. Corpo Docente Mauricio Antonio Rosa é Pós-graduado em Real Estate - Economia Setorial e Mercados pela Escola Politécnica da USP, em Banking pela Universidade Presbiteriana Mackenzie, em Finanças pela Universidade São Francisco e graduado em Direito pela FMU - Faculdades Metropolitanas Unidas. É especialista no mercado imobiliário onde atua há mais de 25 anos. Como executivo no Banco Nossa Caixa exerceu a função de Gerente de Departamento de Negócios Imobiliários, sendo responsável por todas as áreas relacionadas ao processo de Crédito Imobiliário. Na ABECIP atuou como Superintendente Técnico respondendo por todas as áreas técnicas relacionadas ao mercado imobiliário. Foi também membro titular dos Conselhos Deliberativo e Fiscal da entidade. Nessa Associação, teve significativa participação como Diretor Setorial nas seguintes comissões técnicas: CONASEG - Comissão Nacional de Seguros, CONAFE - Comissão Nacional de Estudos Econômicos e Financeiros e da COMPLAC - Comissão de Planejamento e Controle Foi conselheiro suplente no Conselho Curador do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço - CCFGTS e no Conselho das Cidades. Atualmente é consultor imobiliário. Conteúdo Programático I. O NEGÓCIO AQUISIÇÃO E OS SEGMENTOS ENVOLVIDOS Industria Imobiliária; Mercado Imobiliário; Sistema de Consórcio; Sistema Financeiro ( SFH, SFI e Modalidades de Financiamento). II. FINANCIAMENTO PARA AQUISIÇÃO Natureza e características; Operações no SFH ( Enquadramento); O que é contratado: Compra e venda, Garantias, Seguros e outros e Financiamento. III. FLUXO OPERACIONAL DA FORMALIZAÇÃO Captação do negócio; Análise do crédito: conceitos, análise objetiva (credit score), análise subjetiva e cadastro positivo; Avaliação do imóvel; Análise jurídica: conceitos, elementos de análise e o que deve ser analisado; Análise do FGTS: modalidades de utilização, caracterísitcas e enquadramento; Emissão e assinatura do contrato; Registro do contrato e liberação dos recursos. IV. MATEMÁTICA FINANCEIRA

3 Conceito de juros e taxa de juros Valor presente e Valor futuro Regime de capitalização Juros simples e compostos Fator de capitalização e descapitalização Taxas equivalentes Taxas nominais e efetivas Fluxo de caixa Séries de pagamentos ( antecipadas e postecipadas) Tabela Price Sistema de Amortização Constante - SAC Valor presente líquido Taxa interna de retorno V. ELEMENTOS DO FINANCIAMENTO Avaliação do imóvel e valor da compra e venda Percentual máximo financiado Prazo e tarifas Taxa de juros Sistema de amortização (TP, SACRE) Tarifas e CET Comprometimento de renda e atualização da prestação e dívida VI. ANÁLISE DE SENSIBILIDADE DOS ELEMENTOS DO FINANCIAMENTO Percentual máximo a ser financiado ( Garantia X Saldo Devedor) Prazo da operação X Valor da 1ª Prestação Taxa de juros X Valor da 1ª Prestação Tarifas X CET Sistema de amortização ( SAC X Tabela Price) Atualização e saldo devedor ( Geração de resíduo ) VII. ANÁLISE COMPARATIVA ENTRE: FINANCIAMENTO, CONSÓRCIO E FINANCIAMENTO DIRETO PELA CONSTRUTORA Natureza Formalização Custo formalização ( Tarifas e taxas) Indexação Condições e riscos Análise financeira ( Total pago, VPL, TIR etc.) VIII. A ESCOLHA DA MELHOR OPÇÃO PARA COMPRAR UM IMÓVEL Carga Horária 16 horas Taxa de Inscrição INVESTIMENTO: Associados: R$800,00 Não-associados: R$900,00 * No valor das inscrições estão inclusos os custos do material didático, certificado de participação e coffee break.

4 O megainvestidor americano Sam Zell está de volta ao setor imobiliário residencial brasileiro. Depois de se desfazer da Gafisa, de boa parte do portfólio da Bracor e em processo de desinvestimento da Brazilian Finance & Real Estate, o bilionário está comprando o controle da Thá, um grupo paranaense com atuação nas áreas de incorporação, engenharia e vendas de imóveis. A operação está sendo feita por meio da Equity International, braço de "private equity" de Zell que em outubro levantou US$ 650 milhões para seu quinto fundo de investimento. Procurada pela reportagem, a Equity International afirmou que tem como política não comentar operações até que "estejam totalmente fechadas". Formas de pagamento 1.Boleto bancário: Será gerado automaticamente aos associados após a realização do curso 2.Depósito em conta corrente: Deverá ser efetuado pelos candidatos não associados até o último dia útil anterior a data prevista para a realização do curso. Os comprovantes de pagamento devem ser enviados aos cuidados de Depto. Financeiro para o FAX 0xx(11) ou por meio do Dados do Instituto: IBRAFI - Instituto Brasileiro de Estudos Financeiros e Imobiliários CNPJ: / Isento de: Imposto de Renda, Pis e Cofins Dados Bancários: Banco Bradesco Agência: Conta Corrente: Importante 1.A confirmação da realização do curso será feita por na semana em que ele será ministrado; 2.Em caso de não recebimento do de confirmação, favor entrar em contato com a Área de Educação Corporativa (11) Após o envio do de confirmação de realização do curso, não será aceito cancelamento de inscrição, somente a substituição do participante, desde que comunicada pelo NOTICIÁRIO DE IMPRENSA NACIONAL Megainvestidor Sam Zell compra controle do grupo paranaense Thá (Valor Online - São Paulo/SP - EMPRESAS - P. B1-03/01/2012) Carolina Mandl e Marli Lima De São Paulo e de Curitiba

5 O Valor teve acesso a um enviado por Sandro Westphal, presidente da Thá, aos funcionários na sexta-feira, falando da transação com o fundo. "É nesse espírito renovado que anuncio que a partir de 2012 temos um novo acionista-controlador no grupo Thá, o Equity International", afirmou o executivo na mensagem de fim de ano. Por meio da assessoria de imprensa, a Thá afirmou que não se pronunciaria neste momento. Há cinco anos, a Thá chegou a ensaiar abertura de capital e lançamento de ações, mas desistiu do projeto A Equity International assume agora um grupo de 116 anos, com ação bastante diversificada. Além da incorporação de imóveis residenciais - negócio conhecido por Zell no Brasil desde 2005, quando ingressou no capital da Gafisa -, a Thá tem uma empresa de engenharia e de vendas imobiliárias, que são ramos novos para a Equity International no país. Por aqui, ainda estão no portfólio de Zell uma pequena fatia da empresa de shopping center BR Malls, alguns imóveis da Bracor (de imóveis empresariais para aluguel), a AGV (logística) e a GuardeAqui (armazenagem de móveis), último investimento feito pelo bilionário no Brasil, em fevereiro de Ao longo do ano passado, a Equity fez uma série de desinvestimentos no país, vendendo a Gafisa e quase todo o portfólio da Bracor. Na semana passada, o fundo também anunciou que deve sair da Brazilian Finance, voltada para o financiamento imobiliário, em uma operação de venda para o banco PanAmericano. Zell tinha interesse em permanecer na companhia, mas encontrava dificuldade, já que o mandato do fundo é para investimentos imobiliários. Em entrevista ao Valor em fevereiro do ano passado, Thomas McDonald disse acreditar que os preços no país estavam altos, atingindo um patamar parecido com o que o México vivenciou cinco anos atrás. Apesar disso, o executivo falava que ainda tinha apetite para o Brasil. Na Thá, o Equity International vai passar a explorar também a prestação de serviços, que se dá por meio dos segmentos de engenharia e imobiliária. Essas áreas prestam serviços tanto para o grupo quanto para terceiros, o que fez com que a Thá acabasse ultrapassando as fronteiras do Paraná. Entre os clientes estão, por exemplo, as varejistas Walmart e Carrefour. No segmento de incorporação residencial, a atuação da Thá ainda está restrita à região Sul. Além do Paraná, o grupo tem erguido prédios em Santa Catarina. Há cinco anos, a Thá chegou a ensaiar abertura de capital e lançamento de ações no mercado, mas desistiu do projeto no meio do caminho. O presidente da empresa, Westphal, achava que precisava crescer mais para não prejudicar a operação. Por isso, uma associação com fundo de participações também já era estudada há bastante tempo, pelo menos desde Em 2007, quando fez captação via eurobônus, a Thá teve contato com investidores na Europa e nos Estados Unidos, tornando seu nome conhecido no cenário internacional. Em setembro de 2010, Westphal foi a Nova York para conversar com investidores americanos e chineses sobre apoio em futuros lançamentos imobiliários. Em fevereiro do ano passado, o grupo vendeu 60% da imobiliária Thá para a Lopes, após dez meses de negociação. Em comunicado, informou que o negócio poderia chegar a R$ 45 milhões. O grupo já está na quinta geração da família Thá, de origem italiana, mas a administração da empresa acabou sendo profissionalizada há sete anos. Westphal, que é funcionário da Thá há quase 15 anos, está no comando do grupo faz três anos. Em seu site, a Thá informa que em 2009 faturou R$ 708 milhões. A PDG Realty cumpriu sua meta para 2011, com lançamentos de R$ 9 bilhões, 28,6% acima do observado em O volume ficou no piso da projeção estabelecida pela companhia, que girava entre R$ 9 bilhões e R$ 10 bilhões. No quarto trimestre, o ritmo de lançamentos foi um pouco menor, com expansão de 20,5%, totalizando R$ 2,54 bilhões. Embaladas pela forte demanda por imóveis no país, as vendas contratadas da incorporadora cresceram 14,7% em 2011, totalizando R$ 7,48 bilhões. Segundo relatório operacional divulgado pela empresa, o ritmo de contratação foi mais acelerado nos últimos três meses do ano. De outubro a dezembro, as vendas contratadas somaram R$ 2,04 bilhões, uma expansão de 16,1% sobre o resultado do quarto trimestre de A velocidade de vendas (medida pelo indicador de vendas sobre oferta, ou VSO) recuou de 30% no último trimestre de 2010 para 27% no mesmo período de Porém, apesar do recuo, a PDG acredita que o porcentual ainda da pode ser considerado muito positivo. Isso porque o resultado ao fim de 2010 ainda refletia o VSO de 33% no terceiro trimestre PDG cumpre piso da meta de lançamentos em 2011 (Valor Econômico - São Paulo/SP - EU & INVESTIMENTOS - P. D3-03/01/2012) Paola de Moura Do Rio

6 daquele ano, quando, em meio à demanda aquecida, a companhia ainda estava com estoque baixo de imóveis, em função da diminuição dos investimentos em Em 2011 como um todo, a velocidade de vendas ficou em 57%. Entre as vendas contratadas no último trimestre de 2011, R$ 677 milhões foram de lançamentos do próprio período, enquanto R$ 1,36 bilhão correspondem a lançamentos dos trimestres anteriores. Das vendas contratadas no ano, 36% foram para o segmento econômico e 35% referem-se a empreendimentos voltados a consumidores de média renda. NOTICIÁRIO DE IMPRENSA REGIONAL Aluguel deve aumentar 5,1% na RMC (Todo Dia - Campinas/SP - NEGÓCIOS - 03/01/2012) O IGP-M (Índice Geral de Preços - Mercado), o mais usado para reajustar a maioria dos contratos imobiliários, fechou 2011 com alta de 5,1%. É justamente esse percentual que deve reajustar os alugueis, já que o índice é adotado para o reajuste dos valores após os 12 meses de vigência em mais de 60% dos contratos de aluguel da RMC (Região Metropolitana de Campinas), segundo dados da Habicamp (Associação das Empresas do Setor Imobiliário e da Habitação de Campinas e Região). O presidente da entidade, Francisco de Oliveira Lima Filho, não acredita que esse aumento no valor do aluguel vai diminuir a procura pela locação de imóveis, sobretudo pela valorização do setor imobiliário. "Esse aumento é passível de pagar e não vai refletir em nada para o locatário. O reajuste está dentro da inflação", afirmou. Com orçamento mais leve, jovem busca consórcios (Gazeta do Povo Online - Curitiba/PR - ECONOMIA - 03/01/2012) Cintia Junges, especial para a Gazeta do Povo Público que ainda mora com os pais aproveita as poucas despesas e os juros baixos para garantir estabilidade, um imóvel ou um carro novo Eles querem aproveitar a vida e os benefícios da juventude sem deixar de lado o futuro e a tão sonhada estabilidade financeira. Esse é o motivo que tem levado cada vez mais jovens a optar por consórcios. Sem pressa, eles são atraídos pelo juro zero e por parcelas flexíveis que cabem no orçamento. Dados da Associação Brasileira de Administradoras de Consórcio (Abac) apontam um crescimento de 120% no número de pessoas entre os 20 e 30 anos que adquiriram cotas de consórcio entre 2006 e Ainda de acordo com a Abac, os jovens já representam 22% do total de consorciados do país. "Esse número deve aumentar, consolidando um novo perfil de consumidor jovem, mais consciente da importância de poupar e investir", acredita José Roberto Luppi, presidente regional da ABAC Paraná. Perfil A mudança no perfil dos consumidores surpreendeu as administradoras de consórcio, que tinham como público-alvo pessoas acima dos 35 anos. Na Racon, uma das maiores empresas do

7 segmento no país, o aumento dos jovens na cartela de clientes começou a ser percebido há cerca de quatro anos. "Uma pesquisa interna confirmou a crescente procura de jovens e mulheres por cotas de consórcio, sobretudo de imóveis", afirma Gilberto Marenda Pereira, gerente da Racon Curitiba, onde as pessoas de 21 a 30 anos já são 20% dos clientes. Na maioria dos casos, são jovens que almejam a independência financeira, mas estão adiando a saída da casa dos pais. Livres das despesas familiares, eles aproveitam para investir e planejar o futuro. Representantes das administradoras são unânimes em afirmar que a influência dos pais é decisiva para que os jovens se tornem consorciados. "Geralmente eles procuram o consórcio motivados pelas experiências positivas vindas de casa, onde a cultura da poupança planejada está sendo passada de pai para filho", diz Mário Munhoz, gerente do Consórcio Servopa. Encarregado de compras de uma construtora em Curitiba, Yuri Gomes de Castro, 21 anos, optou por investir em um consórcio depois de ver a mãe ser contemplada em grupos de carros e imóveis. Aos 18 anos ele começou a pagar o consórcio do carro e, em setembro, passou a investir em uma carta de crédito de R$ 100 mil, para a compra de um imóvel. Com uma renda média mensal de R$ 3 mil, Castro vai pagar uma parcela de cerca de R$ 585, durante 150 meses. Se tiver sorte, pode ser contemplado em breve. "A preocupação com o futuro aumentou depois do nascimento da minha filha. Se for sorteado logo, pretendo fazer outro consórcio, mas o segredo é não ter pressa", diz Castro, que mora com os pais. Cotas pequenas são as líderes de vendas As cotas mais procuradas pelos consumidores ainda são as de menor valor. Na Rancon Curitiba, a demanda por cartas de crédito de imóveis chega a 70% entre o público jovem, com um valor médio investido de R$ 90 mil. A participação do público feminino também é crescente na administradora. Gilberto Marenda Pereira, gerente da unidade de Curitiba, diz que as mulheres já são titulares de 60% dos contratos e influenciam decisivamente o fechamento de 80% das cotas de imóveis. "As mulheres são naturalmente mais preocupadas com a formação de patrimônio, futuro e estabilidade financeira", afirma Pereira. Populares No Consórcio Servopa, a maior procura é por automóveis populares novos, cujas cartas de crédito variam de R$ 25 mil a R$ 42 mil, explica o gerente Mário Munhoz. Já na Ademilar, administradora direcionada para o ramo de imóveis, a oferta é de cotas que vão de R$ 42 mil até R$ 600 mil. Cartas de crédito de aproximadamente R$ 150 mil, utilizadas para adquirir apartamentos de um quarto, são as mais procuradas por pessoas de 25 a 30 anos, faixa etária que representa metade dos consorciados da administradora, segundo a superintendente Tatiana Reichmann. PDG: Lançamentos somam R$ 2,542 bi no 4T11, alta de 20,5% (Agência Leia - São Paulo/SP - ÚLTIMAS NOTÍCIAS - 03/01/2012) Os lançamentos da construtora PDG Realty atingiram R$ 2,542 bilhões no quarto trimestre de 2011, representando um crescimento de 20,5% em relação ao mesmo período de 2010, de acordo com dados operacionais divulgados há pouco. No ano passado, a PDG lançou R$ 9,008 bilhões, superando em 28,6% o volume de 2010, atingindo o guidance de lançamentos para o ano passado. Segundo a nota, 36% das unidades econômicas lançadas em 2011 foram elegíveis ao Minha Casa Minha Vida e, no último trimestre, 88%. "Concluímos o ano com o valor médio da unidade econômica de R$ 166,6 mil", acrescenta a companhia. As vendas contratadas da PDG alcançaram R$ 2,040 bilhões no último trimestre do ano passado, alta de 16,1% em relação ao quarto trimestre de Durante 2011, as vendas contratadas foram de R$ 7,481 bilhões, crescimento de 14,7% em relação a Laelya Longo / Agência Leia

8 POUPANÇA Poupança diária Clique aqui para visualizar o saldo diário CURSOS Inscrições abertas para o curso: Novas Perspectivas de Recuperação do Crédito Imobiliário Dias: 16/1/2012 e 19/1/2012 Horário: 18:00 à 22:00 [+] Inscreva-se Inscrições abertas para o curso: Patrimônio de Afetação de Incorporações Imobiliárias: segurança e garantia para todos Dias: 13/2/2012 e 16/2/2012 Horário: 18:00 à 22:00 [+] Inscreva-se TODOS OS DIREITOS RESERVADOS ABECIP - ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DAS ENTIDADES DE CRÉDITO IMOBILIÁRIO E POUPANÇA Av. Brigadeiro Faria Lima, 1485, 13º andar Torre Norte Cep São Paulo SP (011)

MBA Financiamento, Negócios e Empreendimentos Imobiliários Início: março 2012... [+] Mais detalhes

MBA Financiamento, Negócios e Empreendimentos Imobiliários Início: março 2012... [+] Mais detalhes Usuário, você está recebendo as novidades da ABECIP Quinta-Feira, 5 de Janeiro de 2012 MBA Financiamento, Negócios e Empreendimentos Imobiliários Início: março 2012... Conceitos e aspectos operacionais

Leia mais

Análise de Viabilidade para Estruturação de Loteamentos

Análise de Viabilidade para Estruturação de Loteamentos A LDUARTE ENGENHARIA, em parceria com a EXECUT Consultoria & Treinamentos, traz a Salvador, Aracaju e Fortaleza o curso Análise de Viabilidade para Estruturação de Loteamentos. Este curso tem como pilares

Leia mais

Apresentação de Resultados do 2º trimestre de 2011. Agosto, 2011

Apresentação de Resultados do 2º trimestre de 2011. Agosto, 2011 Apresentação de Resultados do 2º trimestre de 2011 Agosto, 2011 2 Destaques Operacionais DESTAQUES OPERACIONAIS DO 2T11 & 1S11 2T11 LANÇAMENTOS PRO RATA PDG ALCANÇARAM R$2,05 BILHÕES NO 2T11, REPRESENTANDO

Leia mais

Prévia Operacional 1º Trimestre de 2015

Prévia Operacional 1º Trimestre de 2015 PRÉVIA DOS RESULTADOS OPERACIONAIS 1T15 No 1T15, lançamentos consolidados atingem R$313,6 milhões, com vendas brutas de R$604,5 milhões. Encerrando o 1T15 com vendas líquidas de R$423,3 milhões. PARA DIVULGAÇÃO

Leia mais

FUNDO DE INVESTIMENTO IMOBILIÁRIO COM FOCO EM TÍTULOS DE CRÉDITO IMOBILIÁRIO ESTRUTURADO REIT RIVIERA FII

FUNDO DE INVESTIMENTO IMOBILIÁRIO COM FOCO EM TÍTULOS DE CRÉDITO IMOBILIÁRIO ESTRUTURADO REIT RIVIERA FII FUNDO DE INVESTIMENTO IMOBILIÁRIO COM FOCO EM TÍTULOS DE CRÉDITO IMOBILIÁRIO ESTRUTURADO REIT RIVIERA FII Crédito lastreado em imóveis, alta rentabilidade e fluxo de caixa constante, com a solidez do concreto.

Leia mais

Apresentação dos resultados do 2T09 & 1S09. Agosto/2009

Apresentação dos resultados do 2T09 & 1S09. Agosto/2009 Apresentação dos resultados do 2T09 & 1S09 Agosto/2009 Destaques 2T09 & 1S09 DESTAQUES OPERACIONAIS 2T09 VENDAS CONTRATADAS LÍQUIDAS PRO RATA PDG REALTY DE R$710 MILHÕES, REPRESENTANDO UM CRESCIMENTO DE

Leia mais

INSTITUTO ADM&TEC SELEÇÃO PÚBLICA SIMPLIFICADA PARA O CURSO SUPERIOR SEQUENCIAL DE FORMAÇÃO ESPECÍFICA EM GESTÃO IMOBILIÁRIA 2015

INSTITUTO ADM&TEC SELEÇÃO PÚBLICA SIMPLIFICADA PARA O CURSO SUPERIOR SEQUENCIAL DE FORMAÇÃO ESPECÍFICA EM GESTÃO IMOBILIÁRIA 2015 INSTITUTO ADM&TEC SELEÇÃO PÚBLICA SIMPLIFICADA PARA O CURSO SUPERIOR SEQUENCIAL DE FORMAÇÃO ESPECÍFICA EM GESTÃO IMOBILIÁRIA 2015 DISCIPLINA: PORTUGUÊS PROVA DE 2ª FASE FUNDOS IMOBILIÁRIOS Os Fundos de

Leia mais

Apresentação dos resultados do 4T09 & 2009. Março/2010

Apresentação dos resultados do 4T09 & 2009. Março/2010 Apresentação dos resultados do & Março/2010 Destaques & DESTAQUES OPERACIONAIS DO E VENDAS CONTRATADAS LÍQUIDAS ATINGIRAM R$753 MILHÕES NO E R$2,67 BILHÕES EM, REPRESENTANDO UM CRESCIMENTO DE 47% EM RELAÇÃO

Leia mais

Filipe F. Pontual Diretor Executivo - ABECIP

Filipe F. Pontual Diretor Executivo - ABECIP Filipe F. Pontual Diretor Executivo - ABECIP Fortaleza CE, Brasil 4 de outubro de 2013 Pauta Descolamento recente: Renda X Preço dos Imóveis Uma Breve História o Pré estabilização o Pós estabilização Crédito

Leia mais

Análise de Viabilidade de Empreendimentos Imobiliários

Análise de Viabilidade de Empreendimentos Imobiliários A LDUARTE ENGENHARIA, em parceria com a EXECUT Consultoria & Treinamentos, traz a Salvador e Aracaju o curso Análise de Viabilidade de Empreendimentos Imobiliários. O curso fundamenta-se na Engenharia

Leia mais

Anexo à Política de Investimentos 2010 a 2014

Anexo à Política de Investimentos 2010 a 2014 Anexo à Política de Investimentos 2010 a 2014 Diretrizes para Investimentos em Imóveis (aprovadas pelo CDE em sua 18ª reunião realizada nos dias 14 a 16 de dezembro de 2009 Índice Anexo à Política de Investimentos...1

Leia mais

Segue abaixo demonstrativo gráfico da evolução dos recursos já integralizados, e do patrimônio imobiliário sob gestão da TRX Realty:

Segue abaixo demonstrativo gráfico da evolução dos recursos já integralizados, e do patrimônio imobiliário sob gestão da TRX Realty: Comentários Iniciais Passado o primeiro semestre do ano, é o momento para realizarmos um balanço dos principais acontecimentos deste período e apresentar nossas expectativas para o 2º semestre. Nas sessões

Leia mais

O EVENTO PÚBLICO-ALVO. CARGA HORÁRIA: 24h

O EVENTO PÚBLICO-ALVO. CARGA HORÁRIA: 24h O EVENTO A Gestão do Patrimônio Público de Bens Permanentes e de Consumo é uma nova obrigação legal, contábil e de administração em todas as esferas de governo e organizações públicas. Exige uma estrutura

Leia mais

Texto para Coluna do NRE-POLI na Revista Construção e Mercado Pini Agosto 2012

Texto para Coluna do NRE-POLI na Revista Construção e Mercado Pini Agosto 2012 Texto para Coluna do NRE-POLI na Revista Construção e Mercado Pini Agosto 2012 REFLEXO DA BAIXA DOS JUROS NO MERCADO DE REAL ESTATE Eco, MBA R.E., Mestre em Eng. Civil, Alfredo Eduardo Abibi Filho Dir.

Leia mais

FINANCIAMENTO IMOBILIÁRIO

FINANCIAMENTO IMOBILIÁRIO FINANCIAMENTO IMOBILIÁRIO INFORMAÇÕES INICIAIS - Eduardo G. Quiza Skype: eduardoquiza quiza@invespark.com.br (41) 3250-8500 - Real Estate: Fundamentos para análise de Investimentos. Elsevier, 2010. 2 MBA

Leia mais

REPASSE IMOBILIÁRIO FINANCIAMENTO IMOBILIÁRIO

REPASSE IMOBILIÁRIO FINANCIAMENTO IMOBILIÁRIO Prezado Cliente, Com o objetivo de concretizar o negócio, os bancos oferecem condições especiais de financiamento para pessoas física, quando Imóvel Residencial e Comercial e com regras distintas para

Leia mais

Apresentação de Resultados do 3º trimestre de 2011. Novembro, 2011

Apresentação de Resultados do 3º trimestre de 2011. Novembro, 2011 Apresentação de Resultados do 3º trimestre de 2011 Novembro, 2011 2 Destaques & Eventos Recentes PDG é eleita melhor empresa da América Latina no Institutional Investor Awards 2011; Extensão do contrato

Leia mais

Anexo à Política de Investimentos 2009 a 2013

Anexo à Política de Investimentos 2009 a 2013 Anexo à Política de Investimentos 2009 a 2013 Diretrizes para Investimentos em Imóveis Índice 1. Contratação de Corretores, Avaliadores e Consultores Imobiliários... 3 2. Critérios para Aquisições e Alienações...

Leia mais

ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DAS ENTIDADES DE CRÉDITO IMOBILIÁRIO E POUPANÇA. Octavio de Lazari Junior Presidente - ABECIP. São Paulo 07 de Março de 2013

ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DAS ENTIDADES DE CRÉDITO IMOBILIÁRIO E POUPANÇA. Octavio de Lazari Junior Presidente - ABECIP. São Paulo 07 de Março de 2013 ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DAS ENTIDADES DE CRÉDITO IMOBILIÁRIO E POUPANÇA Octavio de Lazari Junior Presidente - ABECIP São Paulo 07 de Março de 2013 Pauta A Abecip Cenário Macro Poupança Crédito Imobiliário

Leia mais

Diretrizes para Investimentos em Imóveis

Diretrizes para Investimentos em Imóveis Diretrizes para Investimentos em Imóveis 21ª reunião do CAP - 15/12/2010 11ª reunião ordinária do CDE - 16/12/2010 Anexo à Política de Investimentos 2011 a 2015 Índice 1. Contratação de Corretores, Avaliadores

Leia mais

FUSÕES E AQUISIÇÕES, AVALIAÇÃO DE EMPRESAS E CAPTAÇÃO DE RECURSOS. Ingresso Julho 2015. Informações: (51) 3218-1400 - www.espm.

FUSÕES E AQUISIÇÕES, AVALIAÇÃO DE EMPRESAS E CAPTAÇÃO DE RECURSOS. Ingresso Julho 2015. Informações: (51) 3218-1400 - www.espm. FUSÕES E AQUISIÇÕES, AVALIAÇÃO DE EMPRESAS E CAPTAÇÃO DE RECURSOS Ingresso Julho 2015 Informações: (51) 3218-1400 - www.espm.br/cursosdeferias FUSÕES & AQUISIÇÕES, AVALIAÇÃO DE EMPRESAS E CAPTAÇÃO DE RECURSOS

Leia mais

Relatório Trimestral 2º Trimestre de 2013

Relatório Trimestral 2º Trimestre de 2013 TRX REALTY LOGÍSTICA RENDA I TRXL11 - FII - RELATÓRIO TRIMESTRAL 2º TRIMESTRE DE 2013 Caixa TRX Logística Renda FII - CXTL11 Relatório Trimestral 2º Trimestre de 2013 1 ÍNDICE Caixa TRX Logística Renda

Leia mais

Apresentação Institucional

Apresentação Institucional Apresentação Institucional Av. Paulista -SP Eco s Natureza Clube- SP UP Residence Macaé (RJ) Porto Pinheiros- SP Terraço Empresarial Jd Sul - SP Set Cabral -Curitiba Connect Campos de Goytacazes(RJ) In

Leia mais

APIMEC-SUL/SC CURSO DE INTRODUÇÃO AO MERCADO DE CAPITAIS

APIMEC-SUL/SC CURSO DE INTRODUÇÃO AO MERCADO DE CAPITAIS APIMEC-SUL/SC CURSO DE INTRODUÇÃO AO MERCADO DE CAPITAIS FLORIANÓPOLIS JUNHO DE 2006 2 CURSO DE INTRODUÇÃO AO MERCADO DE CAPITAIS 1. INTRODUÇÃO A Associação dos Analistas e Profissionais de Investimento

Leia mais

CRÉDITO IMOBILIÁRIO. Parcerias com Imobiliárias INTERNA

CRÉDITO IMOBILIÁRIO. Parcerias com Imobiliárias INTERNA INTERNA CRÉDITO IMOBILIÁRIO Parcerias com Imobiliárias Este documento foi classificado pelo Departamento de Empréstimos e Financiamentos, e o acesso está autorizado, exclusivamente, aos Colaboradores da

Leia mais

Caixa TRX Logística Renda FII - CXTL11. Relatório Trimestral 1º Trimestre de 2014

Caixa TRX Logística Renda FII - CXTL11. Relatório Trimestral 1º Trimestre de 2014 Caixa TRX Logística Renda FII CXTL11 Relatório Trimestral 1º Trimestre de 2014 índice Caixa TRX Logística Renda FII CXTL11 Relatório Trimestral 1º Trimestre de 2014 DADOS DO FUNDO 3 RENTABILIDADE 10 OBJETIVO

Leia mais

Sciesp. Clipping 17.06. A s s e s s o r i a d e I m p r e n s a i m p r e n s a @ s c i e s p. c o m. b r ( 1 1 ) 3 8 8 9-5 8 9 9 Página 1

Sciesp. Clipping 17.06. A s s e s s o r i a d e I m p r e n s a i m p r e n s a @ s c i e s p. c o m. b r ( 1 1 ) 3 8 8 9-5 8 9 9 Página 1 Sciesp Clipping 17.06 A s s e s s o r i a d e I m p r e n s a i m p r e n s a @ s c i e s p. c o m. b r ( 1 1 ) 3 8 8 9-5 8 9 9 Página 1 DESTAK FGTS amplia teto da renda para imóvel com juro menor Famílias

Leia mais

MODELO DE PLANO DE CONTAS

MODELO DE PLANO DE CONTAS 26 MODELO DE PLANO DE CONTAS SINTÉTICA ANALÍTICA TÍTULO 1 ATIVO 1.1 CIRCULANTE 1.1.1 DISPONÍVEL 1.1.1.1 Caixa 1.1.1.2 Bancos Conta Movimento 1.1.1.3 Aplicações de Liquidez Imediata 1.1.2 CRÉDITOS DE VENDAS

Leia mais

A GP no mercado imobiliário

A GP no mercado imobiliário A GP no mercado imobiliário A experiência singular acumulada pela GP Investments em diferentes segmentos do setor imobiliário confere importante diferencial competitivo para a Companhia capturar novas

Leia mais

Menos imobilizado, mais caixa

Menos imobilizado, mais caixa Menos imobilizado, mais caixa 30 ESPECIAL Captações de recursos Com os CRIs, é possível aliviar o peso do ativo imobilizado no balanço, usufruir um imóvel construído sob medida e liberar recursos para

Leia mais

Coletiva de Imprensa - ABECIP. Índice

Coletiva de Imprensa - ABECIP. Índice Coletiva de Imprensa - ABECIP Índice 1. Ambiente Macroeconômico 2. Mercado Imobiliário 3. Financiamento Imobiliário - SBPE 4. Inadimplência 5. Ativos Financeiros 6. Poupança SBPE 7. Expectativas 2013 2

Leia mais

PDG Realty Apresentação Corporativa

PDG Realty Apresentação Corporativa PDG Realty Apresentação Corporativa AGENDA QUEM SOMOS; VISÃO GERAL; DIVERSIFICAÇÃO GEOGRÁFICA; RESULTADOS; EXPOSIÇÃO AO SEGMENTO ECONÔMICO; PROGRAMA "MINHA CASA MINHA VIDA; CONTATOS. 2 AGENDA QUEM SOMOS;

Leia mais

Apresentação da Companhia. Setembro de 2010

Apresentação da Companhia. Setembro de 2010 Apresentação da Companhia Setembro de 2010 Comprovada capacidade de execução Visão geral da Inpar Empreendimentos por segmento (1) Modelo de negócios integrado (incorporação, construção e venda) Comercial

Leia mais

Mercado de Capitais e o Investimento Imobiliário. 1 Fórum de Investimentos Imobiliários

Mercado de Capitais e o Investimento Imobiliário. 1 Fórum de Investimentos Imobiliários Mercado de Capitais e o Investimento Imobiliário 1 Fórum de Investimentos Imobiliários Abril, 2014 Mercado Imobiliário e Mercado de Capitais Relembrando o Passado Recente Maior renda da população Evolução

Leia mais

O que é o FGTS? Quem tem direito ao FGTS? Qual o valor do depósito?

O que é o FGTS? Quem tem direito ao FGTS? Qual o valor do depósito? O que é o FGTS? O FGTS - Fundo de Garantia do Tempo de Serviço - é um fundo composto por depósitos bancários em dinheiro, compulsório, vinculado, realizado pelo empregador em favor do trabalhador, visando

Leia mais

APRESENTAÇÃO FGV APRESENTAÇÃO TRECSSON BUSINESS

APRESENTAÇÃO FGV APRESENTAÇÃO TRECSSON BUSINESS APRESENTAÇÃO FGV Criado em 1999, o FGV Management é o Programa de Educação Executiva Presencial da Fundação Getulio Vargas, desenvolvido para atender a demanda do mercado por cursos de qualidade, com tradição

Leia mais

Consórcio. Imobiliário. na prática. Por que o consórcio é muito mais interessante do que o financiamento? Livre-se dos Juros!

Consórcio. Imobiliário. na prática. Por que o consórcio é muito mais interessante do que o financiamento? Livre-se dos Juros! Consórcio Imobiliário na prática Por que o consórcio é muito mais interessante do que o financiamento? Livre-se dos Juros! 1 Sobre a empresa A A+ Consórcios iniciou suas atividades com o objetivo de gerir

Leia mais

RELEASE DE RESULTADOS 3T14 I 9M14

RELEASE DE RESULTADOS 3T14 I 9M14 RELEASE DE RESULTADOS 3T14 I 9M14 Contate RI: Adolpho Lindenberg Filho Diretor Financeiro e de Relações com Investidores Telefone: +55 (11) 3041-2700 ri@lindenberg.com.br www.grupoldi.com.br/relacao DIVULGAÇÃO

Leia mais

CFIAe. CFIAe:Um sonho, um ideal, uma moradia digna 1

CFIAe. CFIAe:Um sonho, um ideal, uma moradia digna 1 CFIAe 1 SUMÁRIO I CATEGORIA E FINALIDADE DA CFIAe 3 II MISSÃO DA CFIAe 3 III VISÃO DE FUTURO 3 IV VALORES 4 V PRODUTOS CFIAe 5 VI BENEFICIÁRIOS CFIAe 5 VII FACILIDADES ENCONTRADAS NO SITE CFIAe 6 VIII

Leia mais

Características. Carga Horária Carga horaria de 24 horas presenciais. Pré-Requisitos Formação acadêmica.

Características. Carga Horária Carga horaria de 24 horas presenciais. Pré-Requisitos Formação acadêmica. 1 Características Sobre o curso Nos últimos 03 anos, o mercado imobiliário abriu suas portas aos investidores, e o mercado de fundos imobiliários saltou de R$ 11 bilhões para R$ 28 bilhões de valor de

Leia mais

Osvaldo Correa Fonseca Diretor Geral da ABECI P Rio de Janeiro, 16/ 5/ 2007

Osvaldo Correa Fonseca Diretor Geral da ABECI P Rio de Janeiro, 16/ 5/ 2007 Osvaldo Correa Fonseca Diretor Geral da ABECI P Rio de Janeiro, 16/ 5/ 2007 ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DAS ENTIDADES DE CRÉDITO IMOBILIÁRIO E POUPANÇA Av. Brigadeiro Faria Lima 1.485 13º Andar São Paulo CEP

Leia mais

Divulgação de resultados 3T13

Divulgação de resultados 3T13 Brasil Brokers divulga seus resultados do 3º Trimestre do ano de 2013 Rio de Janeiro, 13 de novembro de 2013. A Brasil Brokers Participações S.A. (BM&FBovespa: BBRK3) uma empresa com foco e atuação no

Leia mais

APRESENTAÇÃO FGV APRESENTAÇÃO TRECSSON BUSINESS

APRESENTAÇÃO FGV APRESENTAÇÃO TRECSSON BUSINESS APRESENTAÇÃO FGV Criado em 1999, o FGV Management é o Programa de Educação Executiva Presencial da Fundação Getulio Vargas, desenvolvido para atender a demanda do mercado por cursos de qualidade, com tradição

Leia mais

Ingresso Março 2014 Informações: (51) 3218-1400 - www.espm.br/mba

Ingresso Março 2014 Informações: (51) 3218-1400 - www.espm.br/mba Ingresso Março 2014 Informações: (51) 3218-1400 - www.espm.br/mba MBA em Finanças e Governança Corporativa Desenvolver conhecimentos e habilidades que possibilitem ao profissional dominar os conteúdos

Leia mais

Kinea Renda Imobiliária

Kinea Renda Imobiliária Introdução O é um fundo que busca aplicar recursos em empreendimentos corporativos e centros de distribuição de excelente padrão construtivo, de forma diversificada e preferencialmente prontos. Uma oportunidade

Leia mais

Mercado de Títulos Ligados ao Setor Imobiliário para Fundos de Pensão

Mercado de Títulos Ligados ao Setor Imobiliário para Fundos de Pensão Mercado de Títulos Ligados ao Setor Imobiliário para Fundos de Pensão Marielle Brugnari dos Santos Gerência de Produtos Imobiliários Junho/20111 Desenvolvimento do Mercado Imobiliário Cédula de Crédito

Leia mais

Especial Lucro dos Bancos

Especial Lucro dos Bancos Boletim Econômico Edição nº 90 novembro de 2014 Organização: Maurício José Nunes Oliveira Assessor econômico Especial Lucro dos Bancos 1 Tabela dos Lucros em 2014 Ano Banco Período Lucro 2 0 1 4 Itaú Unibanco

Leia mais

Curso de Especialização em MBA EXECUTIVO EM GESTÃO DE NEGÓCIOS IMOBILIÁRIOS E TURISMO

Curso de Especialização em MBA EXECUTIVO EM GESTÃO DE NEGÓCIOS IMOBILIÁRIOS E TURISMO Curso de Especialização em MBA EXECUTIVO EM GESTÃO DE NEGÓCIOS IMOBILIÁRIOS E TURISMO ÁREA DO CONHECIMENTO: Administração. NOME DO CURSO: Curso de Pós-Graduação Lato Sensu, especialização em MBA Executivo

Leia mais

Indique o Banrisul - banco 041 - para crédito da restituição do Imposto de Renda e aproveite as vantagens que só cliente Banrisul tem.

Indique o Banrisul - banco 041 - para crédito da restituição do Imposto de Renda e aproveite as vantagens que só cliente Banrisul tem. Guia IR 2012 No Banrisul, o leão não assusta. Indique o Banrisul - banco 041 - para crédito da restituição do Imposto de Renda e aproveite as vantagens que só cliente Banrisul tem. O Banrisul antecipa

Leia mais

Texto para Coluna do NRE-POLI na Revista Construção e Mercado Pini Outubro 2014

Texto para Coluna do NRE-POLI na Revista Construção e Mercado Pini Outubro 2014 Texto para Coluna do NRE-POLI na Revista Construção e Mercado Pini Outubro 2014 A Evolução do Funding e as Letras Imobiliárias Garantidas Filipe Pontual Diretor Executivo da ABECIP O crédito imobiliário

Leia mais

Resultados 2005 Resultados 2005

Resultados 2005 Resultados 2005 Resultados 2005 Resultados 2005 Resultados 1T06 Bovespa: RSID3 NYSE (ADR): RSR2Y Receita Líquida alcança R$ 85,2 milhões VGV totaliza R$ 94,3 milhões Vendas contratadas crescem 63% São Paulo, 11 de maio

Leia mais

Release de Resultado 3T08

Release de Resultado 3T08 PORTO SEGURO ANUNCIA LUCRO LÍQUIDO DE R$75,0 MILHÕES OU R$0,33 POR AÇÃO NO E R$211,6 MILHÕES OU R$0,92 POR AÇÃO NO 9M08. São Paulo, 7 de Novembro de 2008 Porto Seguro S.A. (BOVESPA: PSSA3), anuncia os

Leia mais

GUIA PRÁTICO COMO FINANCIAR SUA CASA PRÓPRIA PELO PROGRAMA MINHA CASA MINHA VIDA

GUIA PRÁTICO COMO FINANCIAR SUA CASA PRÓPRIA PELO PROGRAMA MINHA CASA MINHA VIDA GUIA PRÁTICO COMO FINANCIAR SUA CASA PRÓPRIA PELO PROGRAMA MINHA CASA MINHA VIDA INTRODUÇÃO O que você vai encontrar neste guia Todos os anos, milhões de brasileiros realizam o sonho da casa própria graças

Leia mais

Perspectivas para o Setor da Construção Civil em 2015. Celso Petrucci Economista-chefe do Secovi-SP

Perspectivas para o Setor da Construção Civil em 2015. Celso Petrucci Economista-chefe do Secovi-SP Perspectivas para o Setor da Construção Civil em 2015 Celso Petrucci Economista-chefe do Secovi-SP Mercado Imobiliário Brasileiro - VGL 2011-7% 2012 13% 2013 R$ 85,6 bilhões R$ 79,7 bilhões R$ 90,4 bilhões

Leia mais

A SITUAÇÃO ECONÔMICA E AS PERSPECTIVAS PARA O MERCADO DE FINANCIAMENTO HABITACIONAL

A SITUAÇÃO ECONÔMICA E AS PERSPECTIVAS PARA O MERCADO DE FINANCIAMENTO HABITACIONAL A SITUAÇÃO ECONÔMICA E AS PERSPECTIVAS PARA O MERCADO DE FINANCIAMENTO HABITACIONAL SITUAÇÃO ECONÔMICA Em que pé nós estamos? Maturidade e crescimento Início da crise Bolha imobiliária Copa do Mundo Eleição

Leia mais

Lucro Presumido. Compensação da Cofins com a CSL

Lucro Presumido. Compensação da Cofins com a CSL Lucro Presumido Manifesto pelo Lucro Presumido: Esta opção é formalizada no decorrer do ano- calendário, se manifesta com o recolhimento no mês de abril, correspondente ao primeiro trimestre. A opção do

Leia mais

MBA EM FINANÇAS E GOVERNANÇA CORPORATIVA MANUAL DO CANDIDATO. Ingresso Agosto 2013 ESPM-SUL. Rua Guilherme Schell, 350 Santo Antônio Porto Alegre/RS.

MBA EM FINANÇAS E GOVERNANÇA CORPORATIVA MANUAL DO CANDIDATO. Ingresso Agosto 2013 ESPM-SUL. Rua Guilherme Schell, 350 Santo Antônio Porto Alegre/RS. MBA EM FINANÇAS E GOVERNANÇA CORPORATIVA MANUAL DO CANDIDATO Ingresso Agosto 2013 ESPM-SUL Rua Guilherme Schell, 350 Santo Antônio Porto Alegre/RS. Informações: Central de Candidatos: (51) 3218-1400 Segunda

Leia mais

Lista de Exercícios 1

Lista de Exercícios 1 Universidade Federal do Paraná Curso de Engenharia Elétrica Disciplina de Engenharia Econômica TE142 2º Semestre de 2011 Professor James Alexandre Baraniuk Lista de Exercícios 1 1. Um jovem de 20 anos

Leia mais

EMPRESAS BRADESCO SEGUROS, PREVIDÊNCIA E CAPITALIZAÇÃO

EMPRESAS BRADESCO SEGUROS, PREVIDÊNCIA E CAPITALIZAÇÃO L2 0 0 6 R E L AT Ó R I O A N U A EMPRESAS BRADESCO SEGUROS, PREVIDÊNCIA E CAPITALIZAÇÃO Prêmio de Seguros Participação no Mercado (em %) Mercado 74,2% Fonte: Susep e ANS Base: Nov/2006 Bradesco 25,8%

Leia mais

Veículo: Jornal da Tarde Data: 11/07/09. Boa hora para comprar

Veículo: Jornal da Tarde Data: 11/07/09. Boa hora para comprar Veículo: Jornal da Tarde Data: 11/07/09 Boa hora para comprar A dificuldade de alugar um imóvel pode ser a oportunidade para se tentar comprar a casa própria. A afirmação é de Alcides Leite, professor

Leia mais

C rédito Imobiliário Assessoria Imobiliária Repasse

C rédito Imobiliário Assessoria Imobiliária Repasse C rédito Imobiliário Assessoria Imobiliária Repasse Informações Gerais e Listas de Documentos ATENÇÃO As regras deste informativo são apenas orientativas e a qualquer momento podem ser alteradas, sem aviso

Leia mais

CRÉDITO IMOBILIÁRIO NO BRASIL Crescimento Sustentável. ESTRATÉGIA DO BRADESCO Posicionamento/Estratégia

CRÉDITO IMOBILIÁRIO NO BRASIL Crescimento Sustentável. ESTRATÉGIA DO BRADESCO Posicionamento/Estratégia CRÉDITO IMOBILIÁRIO NO BRASIL Crescimento Sustentável ESTRATÉGIA DO BRADESCO Posicionamento/Estratégia 1 DE 28 1 Crédito Imobiliário no Brasil Crescimento contínuo e sustentável nos últimos anos, aumento

Leia mais

Nota de Crédito PJ. Janeiro 2015. Fonte: BACEN Base: Novembro de 2014

Nota de Crédito PJ. Janeiro 2015. Fonte: BACEN Base: Novembro de 2014 Nota de Crédito PJ Janeiro 2015 Fonte: BACEN Base: Novembro de 2014 mai/11 mai/11 Carteira de Crédito PJ não sustenta recuperação Após a aceleração verificada em outubro, a carteira de crédito pessoa jurídica

Leia mais

O Brasil Plural é um Grupo Financeiro fundado em 2009 que possui escritórios no Rio de Janeiro, São Paulo e Nova York. Nossos sócios possuem um amplo

O Brasil Plural é um Grupo Financeiro fundado em 2009 que possui escritórios no Rio de Janeiro, São Paulo e Nova York. Nossos sócios possuem um amplo O Brasil Plural é um Grupo Financeiro fundado em 2009 que possui escritórios no Rio de Janeiro, São Paulo e Nova York. Nossos sócios possuem um amplo histórico de sucesso no mercado de capitais brasileiro

Leia mais

MBA Financiamento, Negócios e Empreendimentos Imobiliários Início: março 2012... [+] Mais detalhes

MBA Financiamento, Negócios e Empreendimentos Imobiliários Início: março 2012... [+] Mais detalhes Usuário, você está recebendo as novidades da ABECIP Terça-Feira, 17 de Janeiro de 2012 MBA Financiamento, Negócios e Empreendimentos Imobiliários Início: março 2012... Conceitos e aspectos operacionais

Leia mais

prestação. Resp. $93.750,00 e $5.625,00.

prestação. Resp. $93.750,00 e $5.625,00. UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA DEPARTAMENTO DE MATEMÁTICA DISCIPLINA MAT191 - MATEMÁTICA FINANCEIRA PROFESSORES: ENALDO VERGASTA, GLÓRIA MÁRCIA, JODÁLIA ARLEGO LISTA 3 1) Um bem é vendido a vista por $318.000,00

Leia mais

ABECIP / SECOVI / ORDEM DOS ECONOMISTAS DO BRASIL IMPLEMENTAÇÃO DO SECURITIZAÇÃO NO BRASIL 05/08/2010

ABECIP / SECOVI / ORDEM DOS ECONOMISTAS DO BRASIL IMPLEMENTAÇÃO DO SECURITIZAÇÃO NO BRASIL 05/08/2010 ABECIP / SECOVI / ORDEM DOS ECONOMISTAS DO BRASIL IMPLEMENTAÇÃO DO S.F.I. SECURITIZAÇÃO NO BRASIL 05/08/2010 A IMPORTÂNCIA DO SFI NO BRASIL LEGISLAÇÃO REGULAMENTAÇÃO ARCABOUÇO LEGAL PRONTO Base Legal Fonte

Leia mais

Texto para Coluna do NRE-POLI na Revista Construção e Mercado Pini Junho 2009

Texto para Coluna do NRE-POLI na Revista Construção e Mercado Pini Junho 2009 Texto para Coluna do NRE-POLI na Revista Construção e Mercado Pini Junho 2009 O papel do private equity na consolidação do mercado imobiliário residencial Prof. Dr. Fernando Bontorim Amato O mercado imobiliário

Leia mais

Os fatos atropelam os prognósticos. O difícil ano de 2015. Reunião CIC FIEMG Econ. Ieda Vasconcelos Fevereiro/2015

Os fatos atropelam os prognósticos. O difícil ano de 2015. Reunião CIC FIEMG Econ. Ieda Vasconcelos Fevereiro/2015 Os fatos atropelam os prognósticos. O difícil ano de 2015 Reunião CIC FIEMG Econ. Ieda Vasconcelos Fevereiro/2015 O cenário econômico nacional em 2014 A inflação foi superior ao centro da meta pelo quinto

Leia mais

Aula 1 Conteúdo Programático

Aula 1 Conteúdo Programático Planejamento Financeiro Aula Conteúdo Programático Profa. Claudia Abramczuk Aula : controles financeiros básicos Aula 2: principais demonstrativos financeiros Aula 3: ferramentas utilizadas para tomada

Leia mais

Crédito Imobiliário HSBC

Crédito Imobiliário HSBC Crédito Imobiliário HSBC A compra de um imóvel é sempre um passo muito importante na vida de qualquer pessoa. E para você ter a certeza de que está fazendo um bom negócio, o banco HSBC desenvolveu um conjunto

Leia mais

Balanço Anual dos Fundos Imobiliários 2010

Balanço Anual dos Fundos Imobiliários 2010 Balanço Anual dos Fundos Imobiliários 2010 Autor: Sérgio D. O. Belleza Filho Colaborou: Henrique P.S. de Carvalho FUNDO IMOBILIÁRIO Consultoria de Investimentos Ltda. 1 APRESENTAÇÃO O Relatório BALANÇO

Leia mais

Sumario. 1. Contrato 1.1 Assinatura 1.2 Recebimento 1.3 Cessão de Direitos Transferência 1.4 Distrato Reincidir

Sumario. 1. Contrato 1.1 Assinatura 1.2 Recebimento 1.3 Cessão de Direitos Transferência 1.4 Distrato Reincidir CARTILHA DO CLIENTE 1. Contrato 1.1 Assinatura 1.2 Recebimento 1.3 Cessão de Direitos Transferência 1.4 Distrato Reincidir Sumario 2. Planta e Acabamento 2.1 Opções de planta 2.2 Opções de Kit de Acabamento

Leia mais

Julho/2010. Diretoria de Empréstimos e Financiamentos

Julho/2010. Diretoria de Empréstimos e Financiamentos Crédito Imobiliário Julho/2010 Agenda 1. Números do Mercado e BB 2. Aquisição PF - SFH 3. Financiamento à Produção PJ 4. Programa Minha Casa, Minha Vida - PMCMV 5. Atuação Estratégica Mercado Atacado 2

Leia mais

PRÉVIA DOS RESULTADOS OPERACIONAIS 4T13

PRÉVIA DOS RESULTADOS OPERACIONAIS 4T13 Lançamentos consolidados atingem R$ 1,6 bilhão no trimestre, uma expansão de 9% ante o 4T12 Vendas Líquidas alcançam R$ 1,3 bilhão, reportando uma evolução de 45% em comparação ao ano anterior PARA DIVULGAÇÃO

Leia mais

O que é Finanças? instituições, mercados e instrumentos envolvidos na transferência de fundos entre pessoas, empresas e governos.

O que é Finanças? instituições, mercados e instrumentos envolvidos na transferência de fundos entre pessoas, empresas e governos. Demonstrações Financeiras O Papel de Finanças e do Administrador Financeiro Professor: Roberto César O que é Finanças? Podemos definir Finanças como a arte e a ciência de administrar fundos. Praticamente

Leia mais

Soluções. para sua Empresa

Soluções. para sua Empresa Atendimento Outras Soluções Investimentos Soluções para Parceiros e Empregados Soluções para sua Empresa Linhas de Crédito Seguros e Cartões Soluções em Recebimentos Soluções em Pagamentos Soluções sob

Leia mais

Rossi Residencial S/A Reunião Apimec SP 23 de novembro de 2005. Praça Capital - Campinas

Rossi Residencial S/A Reunião Apimec SP 23 de novembro de 2005. Praça Capital - Campinas Rossi Residencial S/A Reunião Apimec SP 23 de novembro de 2005 Praça Capital - Campinas 1 Setor imobiliário Oportunidade de investimento Fator de Risco Crédito Renda Tendência Crescimento da oferta Crescimento

Leia mais

Internet Banking - Serviços Bancários - Tabela de Tarifas Vigência 01.11.2015 SERVIÇOS ESPECIAIS. Unidade e/ou Forma de Cobrança.

Internet Banking - Serviços Bancários - Tabela de Tarifas Vigência 01.11.2015 SERVIÇOS ESPECIAIS. Unidade e/ou Forma de Cobrança. Serviços de Simples/ Vinculada/ Desconto Comercial/Vendor/ sem Registro/ Indexada 10,00 Por título registrado/pago Escritural 6,00 Por título Escritural Interna com Registro 5,70 (a) 6,17 (b) Por título

Leia mais

Informativo sobre Feirão de imóveis

Informativo sobre Feirão de imóveis Informativo sobre Feirão de imóveis 2013 Realização: PROCON Campinas - DICAS DE AQUISIÇÃO DE IMÓVEIS: 1- Pesquise o preço do imóvel Se for o caso, procure outros imóveis à venda no mesmo prédio, condomínio

Leia mais

Fonte: AZ Investimentos / Andima. Fonte: AZ Investimentos / Andima

Fonte: AZ Investimentos / Andima. Fonte: AZ Investimentos / Andima ANÁLISE CAPTAÇÃO DE RECURSOS VIA OFERTAS PUBLICAS DE AÇÕES Por: Ricardo Zeno 55 21 3431 3831 27 de Fevereiro, 2008 Em 2007, o destaque foi para as emissões de Renda Variável, o volume total das ofertas

Leia mais

Boletim Econômico Edição nº 89 novembro de 2014 Organização: Maurício José Nunes Oliveira Assessor econômico

Boletim Econômico Edição nº 89 novembro de 2014 Organização: Maurício José Nunes Oliveira Assessor econômico Boletim Econômico Edição nº 89 novembro de 2014 Organização: Maurício José Nunes Oliveira Assessor econômico Crise não afeta lucratividade dos principais bancos no Brasil 1 Lucro dos maiores bancos privados

Leia mais

Crédito imobiliário. Entenda melhor o assunto e conheça o novo serviço EBM.

Crédito imobiliário. Entenda melhor o assunto e conheça o novo serviço EBM. Crédito imobiliário. Entenda melhor o assunto e conheça o novo serviço EBM. Índice O momento ideal para comprar imóveis Números da Habitação PRIMEIROS PASSOS PARA A AQUISIÇÃO DE UM IMÓVEL 4 6 8 22 24 EBMCRED

Leia mais

ELABORAÇÃO DE EDITAIS,

ELABORAÇÃO DE EDITAIS, ELABORAÇÃO DE EDITAIS, TERMOS DE REFERÊNCIA E PROJETOS BÁSICOS Os cuidados necessários no planejamento das licitações O direito de preferência para bens e serviços produzidos no Brasil As regras de sustentabilidade

Leia mais

Material Explicativo sobre Fundo de Investimento Imobiliário (FII)

Material Explicativo sobre Fundo de Investimento Imobiliário (FII) Material Explicativo sobre Fundo de Investimento Imobiliário (FII) 1. Definições Gerais Os Fundos de Investimento Imobiliário (FIIs) são veículos de investimento que agrupam investidores com o objetivo

Leia mais

Administrando o Fluxo de Caixa

Administrando o Fluxo de Caixa Administrando o Fluxo de Caixa O contexto econômico do momento interfere no cotidiano das empresas, independente do seu tamanho mercadológico e, principalmente nas questões que afetam diretamente o Fluxo

Leia mais

CLIPPING - 17/07/2015 a 23/07/2015

CLIPPING - 17/07/2015 a 23/07/2015 CLIPPING - 17/07/2015 a 23/07/2015 ESTADÃO...2 Empresários e governo estudam nova tabela para o Minha Casa...2 FOLHA DE SÃO PAULO...3 Aluguel residencial novo em SP fica mais barato pela primeira vez...3

Leia mais

Securitização De Créditos Imobiliários

Securitização De Créditos Imobiliários Securitização De Créditos Imobiliários Operações Imobiliárias A 1. O que é securitização de créditos imobiliários? Securitização é um processo estruturado, coordenado por uma instituição especializada

Leia mais

INVENT CURSO: FINANÇAS APLICADAS À VENDAS & MARKETING COM O USO DA HP12-C. Adriano Maluf Amui (INVENT / Esfera Gestão)

INVENT CURSO: FINANÇAS APLICADAS À VENDAS & MARKETING COM O USO DA HP12-C. Adriano Maluf Amui (INVENT / Esfera Gestão) TRADE MARKETING COM O USO DA HP12-C 1o. Trimestre de 2009 20 de janeiro de 2009, São Paulo Adriano Maluf Amui ( / Esfera Gestão) Luis Antonio Bertolo ( / FAFICA) 20 de janeiro de 2009, São Paulo 01 / CONTEXTUALIZAÇÃO

Leia mais

Release de Resultados - 4T11 2011

Release de Resultados - 4T11 2011 Release de Resultados - 4T11 2011 Cyrela gera caixa operacional de R$ 130 milhões (1) no 4T11 São Paulo, 26 de março de 2012 - A Cyrela Brazil Realty S.A. Empreendimentos e Participações ( CBR ou Companhia

Leia mais

O que é o FGTS? Quem tem direito ao FGTS? Qual o valor do depósito?

O que é o FGTS? Quem tem direito ao FGTS? Qual o valor do depósito? a O que é o FGTS? O FGTS - Fundo de Garantia do Tempo de Serviço - é um fundo composto por depósitos bancários em dinheiro, compulsório, vinculado, realizado pelo empregador em favor do trabalhador, visando

Leia mais

ETR PROPERTIES FUNDO DE INVESTIMENTO IMOBILIARIO FII CNPJ 18.259.637/0001-62 RELATÓRIO DO ADMINISTRADOR

ETR PROPERTIES FUNDO DE INVESTIMENTO IMOBILIARIO FII CNPJ 18.259.637/0001-62 RELATÓRIO DO ADMINISTRADOR ETR PROPERTIES FUNDO DE INVESTIMENTO IMOBILIARIO FII CNPJ 18.259.637/0001-62 RELATÓRIO DO ADMINISTRADOR 2º SEMESTRE/2014 1 SUMÁRIO I. DESCRIÇÃO DOS NEGÓCIOS REALIZADOS NO SEMESTRE... 3 II. PROGRAMA DE

Leia mais

Release de Resultados do 1T10

Release de Resultados do 1T10 Release de Resultados do 1T10 Fale com R.I Relações com Investidores Tel: (11) 3366-5323 / 3366-5378 www.portoseguro.com.br, gri@portoseguro.com.br Porto Seguro S.A. Alameda Ribeiro da Silva, 275 1º andar

Leia mais

GESTÃO FINANCEIRA para FICAR NO Azul

GESTÃO FINANCEIRA para FICAR NO Azul GESTÃO FINANCEIRA para ficar no azul índice 03 Introdução 04 Capítulo 1 O que é gestão financeira? 06 Capítulo 2 Gestão financeira e tomada de decisões 11 13 18 Capítulo 3 Como projetar seu fluxo financeiro

Leia mais

CONSÓRCIO DE IMÓVEIS

CONSÓRCIO DE IMÓVEIS INSTRUÇÕES PARA PROPOSTA DE UTILIZAÇÃO DO CRÉDITO a) Preencha na sua totalidade a proposta de utilização do crédito e a encaminhe juntamente com os documentos solicitados do comprador, vendedor e imóvel

Leia mais

em parceria com MANUAL DO CANDIDATO ESPM Rua Joaquim Távora, 1240 Vila Mariana São Paulo - SP Informações

em parceria com MANUAL DO CANDIDATO ESPM Rua Joaquim Távora, 1240 Vila Mariana São Paulo - SP Informações em parceria com MANUAL DO CANDIDATO ESPM Rua Joaquim Távora, 1240 Vila Mariana São Paulo - SP Informações Central de Candidatos: (11) 5081-8200 (opção1) Segunda a sexta 9h às 21h Sábado 9h às 13h candidato@espm.br

Leia mais

Resultados 2T13 e 1S13

Resultados 2T13 e 1S13 Resultados 2T13 e 1S13 Relações com Investidores RSID3: R$ 2,87 por ação OTC: RSRZY Total de ações: 428.473.420 Valor de mercado: R$ 1,3 bilhão Teleconferência 15 de Agosto de 2013 Em Português com Tradução

Leia mais

CRÉDITO IMOBILIÁRIO E POLÍTICA HABITACIONAL

CRÉDITO IMOBILIÁRIO E POLÍTICA HABITACIONAL CRÉDITO IMOBILIÁRIO E POLÍTICA HABITACIONAL. O déficit habitacional brasileiro é da ordem de 7 milhões de unidades. A demanda por crescimento demográfico do número de famílias é da ordem de 700 MIL unidades

Leia mais

RB CAPITAL RENDA II FUNDO DE INVESTIMENTO IMOBILIÁRIO FII APRESENTAÇÃO AOS INVESTIDORES. Março/2012

RB CAPITAL RENDA II FUNDO DE INVESTIMENTO IMOBILIÁRIO FII APRESENTAÇÃO AOS INVESTIDORES. Março/2012 RB CAPITAL RENDA II FUNDO DE INVESTIMENTO IMOBILIÁRIO FII APRESENTAÇÃO AOS INVESTIDORES Março/2012 Agenda Introdução A Oferta Características do portfolio final do Fundo Rendimento das Cotas Contatos &

Leia mais