Como tornar a ansiedade nossa aliada?

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Como tornar a ansiedade nossa aliada?"

Transcrição

1 Edifício do Colégio dos Jesuítas Rua do Castanheiro, Funchal E mail: Workshop: 6 e 13 de Janeiro de 2010 Como tornar a ansiedade nossa aliada? A Ansiedade nos Exames * Informação Complementar *

2 Como tornar a ansiedade nossa aliada? Ansiedade, o que é? Quantas são as vezes que já nos sentimos nervosos e tensos com uma sensação de mal-estar perante determinadas situações que nos parecem ser ameaçadoras ou difíceis de gerir? A essa emoção chamamos ANSIEDADE. A ansiedade não é necessariamente negativa, pelo contrário! Se atravessas uma rua e vês um carro a dirigir-se para ti a grande velocidade, é a ansiedade que permite que fujas para o passeio e, consequentemente, não sejas atropelado. Deste modo, em algumas situações, sentir um certo nível de ansiedade é desejável e até útil, pois activa determinados recursos que nos permitem resolver de forma mais apta as situações com que nos deparamos. A ansiedade é muitas vezes confundida com o medo, mas tanto a ansiedade como o medo distinguem-se pelo tipo de respostas que geram. Enquanto a ansiedade se traduz na resposta a uma ameaça, muitas vezes desconhecida, ou a algo que não sabemos bem o que é, e que pode ter origem em sentimentos e pensamentos disfuncionais (por exemplo, ficar ansioso quando se está num grupo de amigos, por achar que não há nada de interessante para dizer), o medo, por sua vez, é uma resposta que o organismo dá a um perigo real, actual e imediato (por exemplo, quando vejo um cão raivoso atirar-se a mim fujo). Tanto as reacções de medo como as de ansiedade desempenham uma função importante na protecção do nosso organismo perante eventuais perigos ou ameaças. Serviço de Consulta Psicológica (SCP UMa) Página 2

3 Que situações nos deixam normalmente ansiosos? Todos nós já sentimos uma certa ansiedade perante variadas situações. Não é de estranhar ficarmos ansiosos, tensos e agitados quando temos um relatório importante para entregar, uma apresentação oral para fazer, um exame que se aproxima, um primeiro encontro, uma discussão com os pais, professores, amigos ou namorado, uma entrevista de primeiro emprego, andar de avião ( ). Nestes casos, sentirmo-nos ansiosos é uma reacção natural perante tamanhas exigências, tarefas, desafios e/ou situações que nos parecem fugir do controlo. O grito de Edvard Munch Como saber se estou ansioso? A ansiedade manifesta-se a diferentes níveis: cognitivo, emocional, fisiológico e comportamental. Importa, por isso, estarmos conscientes e atentos às suas manifestações no corpo, sendo assim possível activar medidas de gestão da ansiedade sentida. Nível Cognitivo Nível Emocional Nível Fisiológico Nível Comportamental Temos uma preocupação Frustração Dores e tensão Mexemos nervosamente constante muscular as mãos Imaginamos sempre o pior Irritação e nervosismo Palpitação e tremores Falamos com dificuldade Interpretamos situações desconhecidas e incertas como ameaçadoras. Medo Arritmias cardíacas Andamos muito agitados ou imóveis Desencorajamento e desesperança Aumento da sudação Podemos ter vontade chorar Sintomas depressivos Respiramos ofegantemente Temos dificuldade em executar as actividades Tonturas Roer as unhas Náuseas/indigestão Sensação de desmaio Adaptado de G.P.A.P. (2007) i Serviço de Consulta Psicológica (SCP UMa) Página 3

4 Quando é que a ansiedade se torna um problema maior? Geralmente, estes sintomas de ansiedade são passageiros e breves. Por exemplo, é muito comum sentirmos ansiosos e tensos no início de uma apresentação oral, mas à medida que a mesma decorre, a ansiedade vai diminuindo progressivamente, acabando por desaparecer. Noutras situações, a ansiedade parece efectivamente nunca desaparecer, mantendo-se durante longos períodos de tempo, sendo excessiva e/ou manifestando-se em situações em que a ameaça é mesmo imaginária. Nestes casos, em específico, a ansiedade passa a ser problemática e motivo de preocupação, uma vez que afecta o bem-estar da pessoa e interfere de forma negativa no seu funcionamento do dia-a-dia. Assim perante estas situações, não é de estranhar a necessidade das pessoas recorrerem à ajuda especializada de um psicólogo, de modo a ajudá-las a diminuir e a controlar melhor a ansiedade. O que fazer quando estou ansioso? Há várias coisas que poderás fazer de modo a controlar a tua ansiedade: A. Aprender a relaxar Relaxar é uma ferramenta essencial que te ajuda a aliviar a ansiedade. Para tal, poderás experimentar: - Respirar fundo e lentamente - Espreguiçar ao acordar e/ou várias vezes ao longo do dia - Andar, correr, nadar ou outras actividades físicas B. Distraíres-te Afastar os pensamentos que te preocupam pode ajudar-te a diminuir os teus níveis de ansiedade. Como poderás fazer isto? Tenta concentrar-te no que está acontecer à tua volta ou tenta manter-te ocupado com outras actividades como ouvir música, ver televisão, arrumar o quarto. Também poderás contar de 10 até 0. Se conseguires deixar de pensar nas coisas que te afligem durante algum tempo vais sentir-te melhor. Serviço de Consulta Psicológica (SCP UMa) Página 4

5 C. Enfrentar as situações que te deixam nervoso Evitar as situações que te deixam ansioso contribui para aumentar ainda mais a tua ansiedade. Por exemplo, se uma pessoa tem medo de falar em público, ou mesmo de ir a uma festa, se ela nunca tentar fazer isso nunca perderá a ansiedade de fazer tais coisas. Deste modo, tentar dominar, passo a passo, as situações que nos deixam ansiosos, é uma boa estratégia para diminuir os níveis de ansiedade. D. Pensar de forma mais optimista Mudar a forma como pensas acerca das situações pode ajudar-te a controlar a tua ansiedade. Pensar sempre de forma negativa apenas contribui para aumentar os níveis de ansiedade. Tenta pensar de forma mais positiva e optimista no teu dia-a-dia. E. Comunicar com os outros Falar acerca do que nos preocupa, em vez de guardar tudo para nós, é uma boa forma de aliviar a tensão, uma vez que quando partilhamos os nossos problemas sentimo-nos mais aliviados. A outra pessoa pode, inclusive, ajudar-nos a ver o problema de uma outra forma. Tenta, por isso, falar com um amigo, familiar ou namorado sobre as tuas preocupações e problemas! F. Planear as actividades do dia-a-dia. Organizar as actividades que temos para fazer pode ajudar a diminuir a ansiedade. Por exemplo, poderá ser útil fazer o calendário semanal com as actividades que tens que concretizar. G. Cultivar bons hábitos de vida no dia-a-dia Ter uma boa noite de sono e uma alimentação cuidada pode ajudar-nos a diminuir a tensão e a ansiedade. Evita as bebidas excitantes como o álcool ou outras drogas, que ao contrário do que muitas pessoas pensam, apenas nos ajudam a ficar mais ansioso do que já estamos. Serviço de Consulta Psicológica (SCP UMa) Página 5

6 A Ansiedade nos Exames Como geri-la? A ansiedade e os exames A época dos exames é um período complicado e de grande ansiedade para muitos estudantes. Muitos são os exames para fazer e matéria para estudar, que o tempo parece não ser o suficiente! Não é, por isso, de estranhar que nos sintamos de certo modo ansiosos, nervosos e inquietos com tamanhas exigências! A ansiedade nos exames é, assim, uma resposta normal a uma situação de avaliação que é percebida como sendo potencialmente ameaçadora ou difícil de gerir! Nestas situações, sentir um certo nível de ansiedade é até desejável, na medida em que nos pode motivar a estudar mais e a ter uma melhor performance no dia do exame. Porém, quando essa ansiedade atinge níveis elevados (ex: ter uma branca no exame ), pode interferir de forma negativa com o nosso desempenho. Como é que a ansiedade se manifesta? A ansiedade nos exames pode expressar-se de variadas maneiras de pessoa para pessoa. A nível fisiológico, podemos manifestar vários tipos de sintomas, nomeadamente: palpitações, aumento da frequência cardíaca, boca seca, suores, tremores, dificuldades de respiração ou falta de ar, fraqueza, dormência ou formigueiros de mãos, pés ou outras partes do corpo e a sensação de "bolo na garganta". Quando estamos ansiosos também é frequente termos dificuldade em concentrarmo-nos e muitas vezes apresentamos pensamentos irracionais e negativos (ex: não vou ser capaz de fazer o exame ; nunca consigo ser bem sucedido ). Por vezes, quando ficamos ansiosos temos a tendência para roer as unhas, andar rápido ou comer e beber em excesso, bem como nos sentirmos mais irritados, frustrados e tristes. Serviço de Consulta Psicológica (SCP UMa) Página 6

7 O que é que faz com que me sinta ansioso no exame? São vários os motivos que podem desencadear a ansiedade em situações de exame. Muitas vezes, temos o hábito de estudar apenas nas vésperas do exame quando faltam poucos dias. Isto pode contribuir para aumentar a ansiedade relativamente ao exame, uma vez que não tivemos tempo suficiente para nos prepararmos bem. Também o facto de já termos tido uma má experiencia num exame anterior, pode fazer com que fiquemos mais ansiosos e preocupados com a possibilidade de que o mesmo possa repetir-se novamente. Para além disto, a forma como pensamos e encaramos a situação de avaliação pode influenciar os nossos níveis de ansiedade. O facto de nos preocuparmos em demasiado com o exame; o querer ser o melhor; o querer ter tudo certo ou ainda o achar que não se é capaz de fazer o exame só destabiliza e gera mais ansiedade, bem como pode despoletar sentimentos de desesperança e de baixa auto-estima. Como é que a ansiedade face aos exames me poderá afectar? - Interfere no modo de estudo e na preparação para o exame. - Diminui a confiança face aos exames. - Diminui o desempenho no exame. - Pode levar a ter uma branca no exame. - Diminui a capacidade de concentração durante o exame. - Pode dificultar a compreensão das questões colocadas no exame. - Dificulta a capacidade de recordar de palavras-chave e conceitos importantes. - Não permite mostrar o quanto se sabe sobre determinado tema. - Pode fazer com que apenas nos lembremos do conteúdo da matéria após o exame. - Pode resultar na obtenção de uma fraca pontuação no exame. Serviço de Consulta Psicológica (SCP UMa) Página 7

8 O que poderei fazer para controlar a ansiedade face aos exames? Há várias coisas que poderás fazer que te ajudarão a diminuir a ansiedade que sentes antes, durante e após o exame. Na tabela seguinte, são apresentadas algumas sugestões: Antes do exame Planeia um horário de estudo, distribuindo o trabalho ao longo dos dias, deixando tempo para rever os resumos antes do exame Elimina distractores (Tv, telemóvel...) e deixa as preocupações pessoais para depois Recompensa-te por cumprires o horário de trabalho Tem presente os teus objectivos a médio e longo prazo, para não perderes a motivação Faz intervalos de 5 a 10 minutos por cada hora de estudo Não faças dietas de emagrecimento nesta época e mantém um número razoável de horas de sono Procura ter conhecimento dos exames dos anos anteriores para ter uma ideia das questões que podem surgir Dia do exame Chega ao local de exame com alguma antecedência para evitar atrasos de última hora Para não aumentares os níveis de ansiedade evita discutir a matéria antes dos exames Podes rabiscar algumas notas que consideres importantes no exame, mesmo antes de o ler Lê o exame até ao fim, de modo a analisares o que é pedido, executando-o cuidadosamente Começa por responder às questões mais fáceis, que aumentam a tua confiança, e depois passe para as mais complicadas Não te deixes influenciar pelo desempenho dos teus colegas. Respostas longas não são, necessariamente, sinónimas de qualidade Se bloqueares, não desistas. Faz uma pausa, respira fundo e quando a ansiedade diminuir, escreve algumas palavras que te façam lembrar de outras, até que te recordes do que estudaste Depois do exame Depois de acabares o exame, não penses mais no mesmo e concentrate no próximo Quando saírem os resultados procura saber as respostas que erraste ou deixaste incompletas. Assim, serás capaz de conhecer os possíveis erros interpretativos que cometeste, o que te ajudará no próximo exame Tabela adaptada de G.P.A.P. (2007) i Serviço de Consulta Psicológica (SCP UMa) Página 8

9 Se com estas dicas continuares a sentir-te muito ansioso e achares que a ansiedade está a impedir-te de realizar as actividades do dia-a-dia, pode ser importante recorreres à ajuda especializada de um psicólogo, que te poderá ajudar a solucionar o teu problema. Se quiseres marcar uma consulta de psicologia ou quiseres obter mais informação sobre a ansiedade, contacta o Serviço de Consulta Psicológica (SPC-UMa). i G.P.A.P. (2007). Gabinete de Psicologia e Apoio Psicopedagógico da Universidade do Algarve. Retrieved , from Serviço de Consulta Psicológica (SCP UMa) Página 9

Conhece os teus Direitos. A caminho da tua Casa de Acolhimento. Guia de Acolhimento para Jovens dos 12 aos 18 anos

Conhece os teus Direitos. A caminho da tua Casa de Acolhimento. Guia de Acolhimento para Jovens dos 12 aos 18 anos Conhece os teus Direitos A caminho da tua Casa de Acolhimento Guia de Acolhimento para Jovens dos 12 aos 18 anos Dados Pessoais Nome: Apelido: Morada: Localidade: Código Postal - Telefone: Telemóvel: E

Leia mais

DEPRESSÃO. Tristeza vs Depressão «Será que estou deprimido?» «Depressão?! O que é?»

DEPRESSÃO. Tristeza vs Depressão «Será que estou deprimido?» «Depressão?! O que é?» DEPRESSÃO Tristeza vs Depressão «Será que estou deprimido?» Em determinados momentos da nossa vida é normal experienciar sentimentos de «grande tristeza». Para a maioria das pessoas, tais sentimentos surgem

Leia mais

FORMAÇÃO NO ÂMBITO DO PEFF/A 1ªSESSÃO

FORMAÇÃO NO ÂMBITO DO PEFF/A 1ªSESSÃO FORMAÇÃO NO ÂMBITO DO PEFF/A 1ªSESSÃO 28 DE NOVEMBRO - 21 HORAS RECONHECER AS SUAS EMOÇÕES 1-TESTE DE AUTO-AVALIAÇÃO Indique até que ponto cada uma das seguintes afirmações o descreve. Seja franco e 1

Leia mais

A ANSIEDADE NOS EXAMES

A ANSIEDADE NOS EXAMES A ANSIEDADE NOS EXAMES Como tornar a Ansiedade nossa aliada? Ano Letivo 2014-2015 Ansiedade... O que é? Ansiedade... O que é? Quantas são as vezes que já nos sentimos nervosos e tensos com uma sensação

Leia mais

Gabinete de Aconselhamento Vocacional e Psicológico FCT/UNL

Gabinete de Aconselhamento Vocacional e Psicológico FCT/UNL Sugestões Para o Teu Estudo Não há regras rígidas para um estudo efectivo e bem sucedido, pelo que cada pessoa deve desenvolver a sua própria abordagem ao mesmo. Contudo, no geral, o acto de estudar envolve

Leia mais

Dia + Contigo 2015. Porque a TUA SAÚDE MENTAL importa! Estamos CONTIGO!

Dia + Contigo 2015. Porque a TUA SAÚDE MENTAL importa! Estamos CONTIGO! Dia + Contigo 2015 Porque a TUA SAÚDE MENTAL importa! Estamos CONTIGO! A Saúde Mental é um estado de bem-estar emocional e psicológico, mediante o qual o indivíduo é capaz de fazer uso das suas capacidades

Leia mais

Vou embora ou fico? É melhor ir embora Estratégias de Evitamento

Vou embora ou fico? É melhor ir embora Estratégias de Evitamento Vou embora ou fico? É melhor ir embora Estratégias de Evitamento A única coisa a ter medo, é do próprio medo The only thing you have to fear is fear itself (Franklin D. Roosevelt) Alguma vez deixou de

Leia mais

Neurociência e Saúde Mental

Neurociência e Saúde Mental 1 DICAS PARA MELHORAR O SONO Dormir bem pode fazer toda a diferença para ir bem em uma prova, ser mais criativo no trabalho e manter uma boa memória. O sono é essencial para manter uma rotina saudável,

Leia mais

Preparação da época de exames

Preparação da época de exames Preparação da época de exames Sugestões para os estudantes Imagem de http://jpn.icicom.up.pt/imagens/educacao/estudar.jpg A preparação para os Exames começa no início do Semestre O ritmo de exposição da

Leia mais

"A ansiedade competitiva"

A ansiedade competitiva "A ansiedade competitiva" Dr. Rolando Andrade, Psicólogo da Seleção Nacional/Liberty Seguros "A mais injusta das condições da guerra está no facto de que as proezas são atribuídas a todos e as derrotas

Leia mais

Gabinete de Apoio ao Aluno e à Comunidade Educativa (GACE)

Gabinete de Apoio ao Aluno e à Comunidade Educativa (GACE) Núcleos de Estudo Caderno de Apoio Núcleos de Estudo 1 Podes dizer-me, por favor, que caminho devo seguir para sair daqui? [perguntou a Alice] Isso depende muito de para onde é que queres ir disse o Gato.

Leia mais

Este manual dirige-se aos jovens que, vendo o futebol como muito mais do que um mero jogo, se voluntariam para ajudar a treinar os seus colegas.

Este manual dirige-se aos jovens que, vendo o futebol como muito mais do que um mero jogo, se voluntariam para ajudar a treinar os seus colegas. Este manual dirige-se aos jovens que, vendo o futebol como muito mais do que um mero jogo, se voluntariam para ajudar a treinar os seus colegas. Manual elaborado pela equipa técnica do projeto MAIS JOVEM.

Leia mais

Saúde E Segurança oculus.com/warnings

Saúde E Segurança oculus.com/warnings Saúde E Segurança oculus.com/warnings * Estas advertências de saúde e segurança são atualizadas periodicamente para garantir que estão sempre corretas e completas. Acede a oculus.com/warnings para obteres

Leia mais

Ansiedade em crianças e adolescentes

Ansiedade em crianças e adolescentes Ansiedade em crianças e adolescentes A ansiedade é uma parte normal do desenvolvimento das crianças. Contudo, algumas crianças/jovens sentem ansiedade de uma forma mais intensa e frequente do que a maioria

Leia mais

Trabalhar para viver. Psicóloga, Choi Soi Chan

Trabalhar para viver. Psicóloga, Choi Soi Chan Psicóloga, Choi Soi Chan Trabalhar desde a entrada até à saída do serviço..., levar trabalho para concluir em casa depois de sair do serviço..., o trabalho não tem fim..., trabalhar tanto de dia como de

Leia mais

CONHECENDO A PSICOTERAPIA

CONHECENDO A PSICOTERAPIA CONHECENDO A PSICOTERAPIA Psicólogo Emilson Lúcio da Silva CRP 12/11028 2015 INTRODUÇÃO Em algum momento da vida você já se sentiu incapaz de lidar com seus problemas? Se a resposta é sim, então você não

Leia mais

O meu filho e o psicólogo

O meu filho e o psicólogo O meu filho e o psicólogo Oficina de Psicologia www.oficinadepsicologia.com As 10 questões de muitos pais antes de marcarem consulta do seu filho 1)O meu filho não é maluco! Algumas crianças bem como alguns

Leia mais

1- É importante conhecer os nossos pensamentos?

1- É importante conhecer os nossos pensamentos? DEFEITOS NO PENSAMENTO. E AGORA? Nosso pensamento ocorre de modo contínuo e automático, continuamos produzindo pensamentos até quando dormimos. São eles que determinam se teremos emoções e comportamentos

Leia mais

Perturbação de Hiperactividade e Défice de Atenção e Auto-Estima

Perturbação de Hiperactividade e Défice de Atenção e Auto-Estima Perturbação de Hiperactividade e Défice de Atenção e Auto-Estima Paulo José Costa Assistente de Psicologia Clínica Serviço de Pediatria do CHL, EPE (Leiria) www.paulojosecosta.com paulojosecosta@gmail.com

Leia mais

CONQUISTAR A PROCRASTINAÇÃO

CONQUISTAR A PROCRASTINAÇÃO CONQUISTAR A PROCRASTINAÇÃO O que é a procrastinação? Sei que devia trabalhar, mas parece que nunca consigo começar! Que chatice! Quem me dera não ter de fazer este relatório idiota! Só mais um joguinho

Leia mais

TESTE DE CONSCIÊNCIA EMOCIONAL. (Adaptado de Jonh Gottman e Joan DeClaire, em A Inteligência Emocional na Educação) IRA

TESTE DE CONSCIÊNCIA EMOCIONAL. (Adaptado de Jonh Gottman e Joan DeClaire, em A Inteligência Emocional na Educação) IRA TESTE DE CONSCIÊNCIA EMOCIONAL (Adaptado de Jonh Gottman e Joan DeClaire, em A Inteligência Emocional na Educação) O seguinte teste foi concebido para o ajudar a encarar a sua própria vida emocional, o

Leia mais

Objetivo. Aumentar sua Qualidade de Vida, utilizando a Ansiedade de forma Saudável e Produtiva.

Objetivo. Aumentar sua Qualidade de Vida, utilizando a Ansiedade de forma Saudável e Produtiva. Objetivo Aumentar sua Qualidade de Vida, utilizando a Ansiedade de forma Saudável e Produtiva. Definição da palavra Ansiedade Comoção aflitiva de quem receia que uma coisa suceda ou não. Sofrimento de

Leia mais

Transição para a parentalidade após um diagnóstico de anomalia congénita no bebé: Resultados do estudo

Transição para a parentalidade após um diagnóstico de anomalia congénita no bebé: Resultados do estudo 2013 Transição para a parentalidade após um diagnóstico de anomalia congénita no bebé: Resultados do estudo Ana Fonseca, Bárbara Nazaré e Maria Cristina Canavarro Pontos de interesse especiais: Porque

Leia mais

O Conselho da Europa é uma organização internacional com 47 países membros. O seu trabalho afecta a vida de 150 milhões de crianças e jovens.

O Conselho da Europa é uma organização internacional com 47 países membros. O seu trabalho afecta a vida de 150 milhões de crianças e jovens. Os Serviços de Saúde Amigos das Crianças Crianças e Jovens: digam-nos o que pensam! O Conselho da Europa é uma organização internacional com 47 países membros. O seu trabalho afecta a vida de 150 milhões

Leia mais

Entrevista A2. 2. Que idade tinhas quando começaste a pertencer a esta associação? R.: 13, 14 anos.

Entrevista A2. 2. Que idade tinhas quando começaste a pertencer a esta associação? R.: 13, 14 anos. Entrevista A2 1. Onde iniciaste o teu percurso na vida associativa? R.: Em Viana, convidaram-me para fazer parte do grupo de teatro, faltava uma pessoa para integrar o elenco. Mas em que associação? Na

Leia mais

Afinal de contas, o que é ansiedade? Mas ser ansioso não é normal? Ansiedade é uma doença?

Afinal de contas, o que é ansiedade? Mas ser ansioso não é normal? Ansiedade é uma doença? Afinal de contas, o que é ansiedade? Mas ser ansioso não é normal? Ansiedade é uma doença? Ansiedade = falta de confiança na vida No senso comum, ansiedade é igual a aflição, angústia, nervosismo, perturbação

Leia mais

GUIA PRÁTICO PARA PROFESSORES

GUIA PRÁTICO PARA PROFESSORES GUIA PRÁTICO PARA PROFESSORES Ansiedade de desempenho nos alunos Sugestões práticas da: Nota introdutória Falamos-lhe hoje da ansiedade em situações de desempenho e avaliação. Tem-se observado uma crescente

Leia mais

Curso Profissional de Técnico de Apoio Psicossocial- 2º ano Módulo nº5- Semiologia Psíquica Portefólio de Psicopatologia Ana Carrilho- 11ºB

Curso Profissional de Técnico de Apoio Psicossocial- 2º ano Módulo nº5- Semiologia Psíquica Portefólio de Psicopatologia Ana Carrilho- 11ºB Curso Profissional de Técnico de Apoio Psicossocial- 2º ano Módulo nº5- Semiologia Psíquica Portefólio de Psicopatologia Ana Carrilho- 11ºB A ansiedade social é provavelmente o menos conhecido e o mais

Leia mais

Perturbação da Ansiedade de Separação

Perturbação da Ansiedade de Separação Bibliografia e Recursos úteis (1996). DSM-IV Manual de diagnóstico e estatística das perturbações mentais. Lisboa: Climepsi Editores. Perturbação da Ansiedade de Separação Kendall, P. C. (2011). Child

Leia mais

Data: Tradução e adaptação brasileira, 2001, Casa do Psicólogo Livraria e Editora Ltda. BHS é um logotipo da Psychological Corporation.

Data: Tradução e adaptação brasileira, 2001, Casa do Psicólogo Livraria e Editora Ltda. BHS é um logotipo da Psychological Corporation. Nome: stado ivil: Idade: Sexo: Ocupação: _ scolaridade: ste questionário consiste em 20 afirmações. Por favor, leia as afirmações cuidadosamente, uma por uma. Se a afirmação descreve a sua atitude na última

Leia mais

REPRESENTAÇÕES SOCIAIS DA GRAVIDEZ: A EXPERIÊNCIA DA MATERNIDADE EM INSTITUIÇÃO DADOS SÓCIO-DEMOGRÁFICOS. Idade na admissão.

REPRESENTAÇÕES SOCIAIS DA GRAVIDEZ: A EXPERIÊNCIA DA MATERNIDADE EM INSTITUIÇÃO DADOS SÓCIO-DEMOGRÁFICOS. Idade na admissão. REPRESENTAÇÕES SOCIAIS DA GRAVIDEZ: A EXPERIÊNCIA DA MATERNIDADE EM INSTITUIÇÃO Código Entrevista: 2 Data: 18/10/2010 Hora: 16h00 Duração: 23:43 Local: Casa de Santa Isabel DADOS SÓCIO-DEMOGRÁFICOS Idade

Leia mais

Comunicação Não-Violenta

Comunicação Não-Violenta Comunicação Não-Violenta Setembro 2014, São Paulo Palestrante: Sven Fröhlich Archangelo XII Congresso Latino-Americano de PNL Julgamentos Egoista, incompetente, dono da verdade, mentirosa, grosseiro,

Leia mais

CONSUMO DE ÁLCOOL & ESTUDANTES UNIVERSITÁRIOS

CONSUMO DE ÁLCOOL & ESTUDANTES UNIVERSITÁRIOS CONSUMO DE ÁLCOOL & ESTUDANTES UNIVERSITÁRIOS O álcool é a «droga recreativa» mais utilizada em contexto universitário. Estudos recentes revelam que mais de metade dos estudantes universitários tiveram,

Leia mais

DICAS PARA UM ESTUDO EFICAZ

DICAS PARA UM ESTUDO EFICAZ 1 DICAS PARA UM ESTUDO EFICAZ PRESSUPOSTOS DA TÉCNICA Muitos problemas de insucesso escolar devem-se ao facto de os alunos não saberem estudar de modo eficiente. Existem alguns aspetos que devem ser levados

Leia mais

Guia de Meditação. Uma viagem de autodescoberta. Semana 4

Guia de Meditação. Uma viagem de autodescoberta. Semana 4 Guia de Meditação Uma viagem de autodescoberta Semana 4 Ter uma vida com a Meditação Self -mastery and god-discovery Are the only two things That each human being on earth Must take seriously. Everything

Leia mais

CENTRO NACIONAL EUROPASS

CENTRO NACIONAL EUROPASS CENTRO NACIONAL EUROPASS 1 Realize de seguida o seu diagnóstico e saiba qual a sua competência para Gerir o Stress: MOSTRA O QUE VALES EM TODA A EUROPA 2 O que é gerir o stress? É encontrar um equilíbrio

Leia mais

Motivar os Professores

Motivar os Professores Motivar os Professores Ramiro Marques Conferência Realizada no Dia da Escola Escola Superior de Educação de Santarém 11 de Novembro de 2003 Uma das formas de motivar o jovem professor é: Ouvi-lo com atenção

Leia mais

GERIR ENERGIA: A VERDADE SOBRE A GESTÃO DO TEMPO

GERIR ENERGIA: A VERDADE SOBRE A GESTÃO DO TEMPO GERIR ENERGIA: A VERDADE SOBRE A GESTÃO DO TEMPO Gestão do tempo como gestão das energias Ninguém gere o tempo. Não conseguimos colocar as 17 horas antes das 15. 2004 só chega depois de 2003. Gerimos energias,

Leia mais

PERTURBAÇÃO DA ANSIEDADE DE SEPARAÇÃO

PERTURBAÇÃO DA ANSIEDADE DE SEPARAÇÃO PERTURBAÇÃO DA ANSIEDADE DE SEPARAÇÃO Informação aos pais O que é a Perturbação da Ansiedade de Separação? A Perturbação da Ansiedade de Separação caracteriza-se principalmente por um mal-estar excessivo,

Leia mais

Direção geral. Tem dores? Vamos agir juntos!

Direção geral. Tem dores? Vamos agir juntos! Direção geral Tem dores? Vamos agir juntos! Tem dores? Tem receio de sofrer por causa duma intervenção cirúrgica ou de um exame? Um dos seus familiares está preocupado com este problema? Este folheto informa-o

Leia mais

Superando Seus Limites

Superando Seus Limites Superando Seus Limites Como Explorar seu Potencial para ter mais Resultados Minicurso Parte VI A fonte do sucesso ou fracasso: Valores e Crenças (continuação) Página 2 de 16 PARTE 5.2 Crenças e regras!

Leia mais

Cefaleia Cefaleia tipo tensão tipo tensão

Cefaleia Cefaleia tipo tensão tipo tensão Cefaleia tipo tensão Cefaleia tipo tensão O que é a cefaleia tipo tensão? Tenho dores de cabeça que duram vários dias de cada vez e sinto-me como se estivesse a usar um chapéu muito apertado - mais como

Leia mais

Livro com atividades para colorir, desenhar, construir, e muito mais! Este livro pertence a

Livro com atividades para colorir, desenhar, construir, e muito mais! Este livro pertence a Livro com atividades para colorir, desenhar, construir, e muito mais! Este livro pertence a CENTRO DE PSICOLOGIA APLICADA DO EXÉRCITO NÚCLEO DE APOIO PSICOLÓGICO E INTERVENÇÃO NA CRISE Edição - Julho 2014

Leia mais

Tem dores? Vamos agir juntos! Gerir a dor é a nossa prioridade

Tem dores? Vamos agir juntos! Gerir a dor é a nossa prioridade Tem dores? Vamos agir juntos! Gerir a dor é a nossa prioridade Introdução Sabia isto? Estudos realizados demonstram que uma boa gestão da dor diminui as complicações da operação e favorece a recuperação.

Leia mais

Caros amigos e alunos, este espaço destaquei para que vocês possam perceber alguns testes em relação ao autoconhecimento, inteligência, autoestima,

Caros amigos e alunos, este espaço destaquei para que vocês possam perceber alguns testes em relação ao autoconhecimento, inteligência, autoestima, Testes em Geral Caros amigos e alunos, este espaço destaquei para que vocês possam perceber alguns testes em relação ao autoconhecimento, inteligência, autoestima, raciocínio lógico, empatia entre outros.

Leia mais

7 7 E8BOOK7CURSO7DE7 ORATÓRIA7

7 7 E8BOOK7CURSO7DE7 ORATÓRIA7 HTTP://WWW.SUPEREDESAFIOS.COM.BR/SEGREDO/FORMULANEGOCIOONLINE E8BOOKCURSODE ORATÓRIA Prof.DaniloMota Prof.&Danilo&Mota& &Blog&Supere&Desafios& 1 Introdução:Tempodeouvir,tempodefalar. Não saber ouvir bem,

Leia mais

Navegar NA NET SEM PROBLEMAS

Navegar NA NET SEM PROBLEMAS r Navegar NA NET a SEM PROBLEMAS rr r rrr r rr r REDES SOCIAIS Atualmente a Internet faz parte das nossas vidas e todos utilizamos ou conhecemos alguém que utiliza uma ou várias Redes Sociais, que são

Leia mais

OBJETIVOS. Compreender a importância de uma boa organização do estudo; Ser capaz de rentabilizar o estudo de uma forma mais efetiva;

OBJETIVOS. Compreender a importância de uma boa organização do estudo; Ser capaz de rentabilizar o estudo de uma forma mais efetiva; OBJETIVOS Definir objetivos de estudo a nível pessoal; Compreender a importância de uma boa organização do estudo; Ser capaz de rentabilizar o estudo de uma forma mais efetiva; Sensibilizar os E.E. para

Leia mais

Agrupamento de Escolas Martim de Freitas. António Arnaut (Pátria Memória Antiga)

Agrupamento de Escolas Martim de Freitas. António Arnaut (Pátria Memória Antiga) Vai Martim A caminho de Toledo. Não vai triste nem vai ledo Vai apenas a pensar, olhando as estrelas do céu, que as chaves que o Rei lhe deu do castelo de Coimbra a ele as deve entregar. Vai cumprir o

Leia mais

Sessão de Abertura Muito Bom dia, Senhores Secretários de Estado Senhor Presidente da FCT Senhoras e Senhores 1 - INTRODUÇÃO

Sessão de Abertura Muito Bom dia, Senhores Secretários de Estado Senhor Presidente da FCT Senhoras e Senhores 1 - INTRODUÇÃO Sessão de Abertura Muito Bom dia, Senhores Secretários de Estado Senhor Presidente da FCT Senhoras e Senhores 1 - INTRODUÇÃO Gostaria de começar por agradecer o amável convite que a FCT me dirigiu para

Leia mais

Transcrição de Entrevista n º 24

Transcrição de Entrevista n º 24 Transcrição de Entrevista n º 24 E Entrevistador E24 Entrevistado 24 Sexo Feminino Idade 47 anos Área de Formação Engenharia Sistemas Decisionais E - Acredita que a educação de uma criança é diferente

Leia mais

Faculdade de Ciências Sociais e Humanas Universidade Nova de Lisboa

Faculdade de Ciências Sociais e Humanas Universidade Nova de Lisboa Este questionário contém perguntas sobre as tuas experiências e tipo de aprendizagem na disciplina de Ciências Naturais. Não há respostas correctas nem erradas, apenas as que correspondem à forma como

Leia mais

R E L A T Ó R I O D E E N G E N H A R I A D E S O F T W A R E ( 2 0 0 5 / 2 0 0 6 )

R E L A T Ó R I O D E E N G E N H A R I A D E S O F T W A R E ( 2 0 0 5 / 2 0 0 6 ) R E L A T Ó R I O D E E N G E N H A R I A D E S O F T W A R E ( 2 0 0 5 / 2 0 0 6 ) Tendo iniciado no presente ano lectivo 2005/2006 o funcionamento da plataforma Moodle na Universidade Aberta, considerou-se

Leia mais

RESOLUÇÃO DE CONFLITOS

RESOLUÇÃO DE CONFLITOS RESOLUÇÃO DE CONFLITOS Todas as relações interpessoais implicam duas pessoas distintas e únicas, pelo que é natural que possam ocorrer situações em que não se está de acordo, em que se têm opiniões e pontos

Leia mais

Quem Desiste num momento de crise é porque realmente é um fraco!

Quem Desiste num momento de crise é porque realmente é um fraco! Paixão do Povo de Cristo x Paixão de Cristo Texto Base: provérbios 24.10 na Linguagem de Hoje: Quem é fraco numa crise, é realmente fraco. Na Bíblia A Mensagem : Quem Desiste num momento de crise é porque

Leia mais

Percurso de 1 hora e meia, nem muito forte, nem muito suave, mas tens de suar e manter o ritmo cardíaco no regime aeróbico (de 70 a 80%).

Percurso de 1 hora e meia, nem muito forte, nem muito suave, mas tens de suar e manter o ritmo cardíaco no regime aeróbico (de 70 a 80%). PLANO DE TREINO Para competir é necessário algo mais do que pedalar, é necessário um plano de treino específico para XC. Este plano inclui treino de força no ginásio e horas a pedalar em estrada e montanha,

Leia mais

Categorias Subcategorias Unidades de registo. Situação. Sai da escola e ia para casa da minha mãe (F1) Experiência de assalto

Categorias Subcategorias Unidades de registo. Situação. Sai da escola e ia para casa da minha mãe (F1) Experiência de assalto Categorias Subcategorias Unidades de registo Experiência de assalto Situação Sai da escola e ia para casa da minha mãe (F1) Estava a ir para a escola (F2) Estava a sair da escola e quando cheguei à porta

Leia mais

COMO TER TEMPO PARA COMEÇAR MINHA TRANSIÇÃO DE CARREIRA?

COMO TER TEMPO PARA COMEÇAR MINHA TRANSIÇÃO DE CARREIRA? COMO TER TEMPO PARA COMEÇAR MINHA TRANSIÇÃO DE CARREIRA? Um guia de exercícios para você organizar sua vida atual e começar a construir sua vida dos sonhos Existem muitas pessoas que gostariam de fazer

Leia mais

Fundação Cardeal Cerejeira Depressão na Pessoa Idosa

Fundação Cardeal Cerejeira Depressão na Pessoa Idosa Fundação Cardeal Cerejeira Depressão na Pessoa Idosa Rui Grilo Tristeza VS Depressão A tristeza é a reacção que temos perante as perdas afectivas na nossa vida; A perda de alguém por morte é tristeza e

Leia mais

A Importância da Família na Educação

A Importância da Família na Educação A Importância da Família na Educação Não caminhes à minha frente Posso não saber seguir-te. Não caminhes atrás de mim Posso não saber guiar-te. Educadora Social Dra. Joana Valente Caminha antes a meu lado

Leia mais

PRONATEC PROGRAMA NACIONAL DE ACESSO AO ENSINO TÉCNICO E EMPREGO. Lócus de controle

PRONATEC PROGRAMA NACIONAL DE ACESSO AO ENSINO TÉCNICO E EMPREGO. Lócus de controle Lócus de controle As pessoas tendem a buscar explicações sobre sua conduta, seus resultados e suas conseqüências com o objetivo de predizer, compreender, justificar e controlar o mundo. Todos buscamos

Leia mais

Aprendendo a vencer a Ansiedade

Aprendendo a vencer a Ansiedade Rua Conde de Bonfim 232/301 Tijuca Rio de Janeiro RJ Tel:2234-2399 Email: eliane@epvpsicologia.com Home Page:www.epvpsicologia.com Aprendendo a vencer a Ansiedade Um guia para os pais sobre a ansiedade

Leia mais

1. Eu tenho problema em ter minhas necessidades satisfeitas. 1 2 3 4 5 6

1. Eu tenho problema em ter minhas necessidades satisfeitas. 1 2 3 4 5 6 FIAT Q Questionário de Relacionamento Interpessoal Glenn M. Callaghan Department of Psychology; One Washington Square, San Jose University, San Jose CA 95192-0120 Phone 08) 924-5610 e fax (408) 924 5605.

Leia mais

Adolescência. i dos Pais

Adolescência. i dos Pais i dos Pais Adolescência Quem sou eu? Já não sou criança, ainda não sou adulto, e definitivamente não sou apenas um filho, pareço ser outra coisa que assume um lugar social! É a questão colocada por muitos

Leia mais

O PERCURSO ACADÉMICO NA FBAUL E AS PERSPECTIVAS FUTURAS

O PERCURSO ACADÉMICO NA FBAUL E AS PERSPECTIVAS FUTURAS O PERCURSO ACADÉMICO NA FBAUL E AS PERSPECTIVAS FUTURAS QUE OPORTUNIDADES PÓS-LICENCIATURA ESPERAM? EXPECTATIVAS QUE INQUIETAÇÕES TÊM OS ALUNOS DE DC? MADALENA : M QUAL É A TUA PERSPECTIVA DO MERCADO

Leia mais

Questionário Sociodemográfico e Clínico

Questionário Sociodemográfico e Clínico Questionário Sociodemográfico e Clínico dados pessoais do sujeito: data: local: contacto telef.: nome: idade: naturalidade: estado civil: S C UF D V outros: escolaridade (nº anos c/ sucesso): habilitações

Leia mais

Psicologia Educacional I. Violência nas escolas

Psicologia Educacional I. Violência nas escolas Psicologia Educacional I Violência nas escolas Objectivos Analisar algumas das causas que levam à violência nas escolas. Analisar a forma como esta se manifesta, nomeadamente nas relações professor/aluno,

Leia mais

GRITO CONTRA AS DROGAS

GRITO CONTRA AS DROGAS 7.º A GRITO CONTRA AS DROGAS As drogas são boas no início mas no fim, apanhas o vicio. Ficas intoxicado não te preocupes eu estou ao teu lado. Não tomes drogas ou ficas nas lonas não queiras ficar pedrado

Leia mais

Índice. - Introdução... 3. - Economize em Gastos... 7 com Supérfluos. - Controle Seus Sentimentos... 11

Índice. - Introdução... 3. - Economize em Gastos... 7 com Supérfluos. - Controle Seus Sentimentos... 11 1 Índice - Introdução... 3 - Economize em Gastos... 7 com Supérfluos - Controle Seus Sentimentos... 11 - Quite suas Dívidas, mesmo... 14 que Seja Necessário Fazer um Empréstimo - Não Siga a Massa, Existem...

Leia mais

STRESS SUMÁRIO. Oficina de Psicologia Cláudia Sintra Vieiria. Um monstrinho do dia-a-dia

STRESS SUMÁRIO. Oficina de Psicologia Cláudia Sintra Vieiria. Um monstrinho do dia-a-dia SUMÁRIO Estratégias para lidar com o Stress através de novas abordagens terapêuticas como a DBT (Dialectical Behaviour Therapy) Oficina de Psicologia Cláudia Sintra Vieiria STRESS Um monstrinho do dia-a-dia

Leia mais

O verdadeiro sentido da existência deste Manual é ajudar-te a entender os valores da Hi INTERACTIVE e como podes enquadrar-te connosco.

O verdadeiro sentido da existência deste Manual é ajudar-te a entender os valores da Hi INTERACTIVE e como podes enquadrar-te connosco. CULTURE MANUAL Hi, THERE Hi Bem-vindo à Hi INTERACTIVE. Esta não é uma empresa como as outras. Aqui, o nosso objectivo é a perfeição, desafiamos a comum forma de pensar e encorajamos a criatividade. Este

Leia mais

ACTIVIDADES DE RELAXAÇÃO

ACTIVIDADES DE RELAXAÇÃO ACTIVIDADES DE RELAXAÇÃO Momentos de bem-estar, a pensar em si. ACAPO Associação dos Cegos e Amblíopes de Portugal Delegação do Algarve Ano 2011 A relaxação actua como um mecanismo regulador das emoções

Leia mais

Guia prático para professores

Guia prático para professores Guia prático para professores Não, Não e NÃO! Comportamentos de Oposição e de Desafio em sala de aula Sugestões práticas da: Nem todas as crianças são iguais, já ouvimos dizer muitas vezes.. Desde cedo,

Leia mais

JANELA DE JOHARI (RELACIONAMENTO INTERPESSOAL)

JANELA DE JOHARI (RELACIONAMENTO INTERPESSOAL) % ABERTURA JANELA DE JOHARI (RELACIONAMENTO INTERPESSOAL) Esta avaliação é constituída de 20 questões possíveis de ocorrer em uma empresa. Cada questão é composta por duas afirmativas. Você deve analisar

Leia mais

ESTRUTURA CEREBRAL 1. SISTEMA LÍMBICO PROBLEMAS DO SISTEMA LÍMBICO PROFUNDO

ESTRUTURA CEREBRAL 1. SISTEMA LÍMBICO PROBLEMAS DO SISTEMA LÍMBICO PROFUNDO ESTRUTURA CEREBRAL As informações de atividade cerebral aqui comentadas estão baseadas no SPECT - tomografia computadorizada de emissão de fóton único. É um estudo de medicina nuclear que olha diretamente

Leia mais

OS SEIS ERROS MENTAIS QUE MAIS ATRAPALHAM SEU JOGO

OS SEIS ERROS MENTAIS QUE MAIS ATRAPALHAM SEU JOGO OS SEIS ERROS MENTAIS QUE MAIS ATRAPALHAM SEU JOGO Tênis é em grande parte um jogo mental. Um bom tenista deve ser mentalmente forte para conseguir lidar com as adversidades e manter um jogo consistente.

Leia mais

A PSICOTERAPIA ANALÍTICO FUNCIONAL (FAP)

A PSICOTERAPIA ANALÍTICO FUNCIONAL (FAP) A PSICOTERAPIA ANALÍTICO FUNCIONAL (FAP) Casos Maringá 2011 Instituto de Psicoterapia e Análise do Comportamento tel/fax: (43) 3324-4740 fconte@sercomtel.com.br Erros podem ajudar. Ex. T atendia sempre

Leia mais

Palestra Virtual. Tema: Reuniões Mediúnicas. Palestrante: Carlos Feitosa. Promovida pelo IRC-Espiritismo http://www.irc-espiritismo.org.

Palestra Virtual. Tema: Reuniões Mediúnicas. Palestrante: Carlos Feitosa. Promovida pelo IRC-Espiritismo http://www.irc-espiritismo.org. Palestra Virtual Promovida pelo IRC-Espiritismo http://www.irc-espiritismo.org.br Tema: Reuniões Mediúnicas Palestrante: Carlos Feitosa Rio de Janeiro 04/10/2002 Organizadores da Palestra: Moderador: "_Alves_"

Leia mais

Desenvolvimento do Coaching Ferramentas Poderosas Ação vs Adiamento Página 1

Desenvolvimento do Coaching Ferramentas Poderosas Ação vs Adiamento Página 1 Desenvolvimento do Coaching Ferramentas Poderosas Ação vs Adiamento Página 1 Ação vs Adiamento Seja o que for que pense ou acredite que consegue fazer, comece. A ação tem magia, graciosidade e poder em

Leia mais

Aprender a Estudar. Imagem de http://www.culturamix.com/cultura/livros/fotos-livros

Aprender a Estudar. Imagem de http://www.culturamix.com/cultura/livros/fotos-livros Aprender a Estudar Imagem de http://www.culturamix.com/cultura/livros/fotos-livros Cada pessoa tem dentro dele um fragmento de boas notícias. A boa notícia é que cada um de nós não sabe o quão extraordinário

Leia mais

Liberdade e Autonomia no Estudo

Liberdade e Autonomia no Estudo Liberdade e Autonomia no Estudo Externato Infante D. Henrique Serviço de Psicologia gab.psicologia@alfacoop.pt 2011/2012 Quando eu era aluno (a) DANTES. Mudam-se os tempos mudam-se as vontades. Luís Vaz

Leia mais

Como lidar com a perda...

Como lidar com a perda... Psicóloga, Chou Im Keng Nascer, envelhecer e morrer, são etapas que fazem parte da vida. O nascimento de uma vida traz alegria e esperança, porém, quando perdermos um familiar ou companheiro, a tristeza

Leia mais

OBJETIVO VISÃO GERAL SUAS ANOTAÇÕES

OBJETIVO VISÃO GERAL SUAS ANOTAÇÕES OBJETIVO Assegurar a satisfação do cliente no pós-venda, desenvolvendo um relacionamento duradouro entre o vendedor e o cliente, além de conseguir indicações através de um sistema de follow-up (acompanhamento).

Leia mais

Exemplos de como praticá-los no Aconselhamento sobre o Tratamento Antiretroviral - TARV

Exemplos de como praticá-los no Aconselhamento sobre o Tratamento Antiretroviral - TARV 6 SABERES BÁSICOS DA COMUNICAÇÃO INTERPESSOAL Exemplos de como praticá-los no Aconselhamento sobre o Tratamento Antiretroviral - TARV Algumas habilidades de comunicação interpessoal foram identificadas

Leia mais

Dia Mundial da Saúde Mental - 10 de Outubro

Dia Mundial da Saúde Mental - 10 de Outubro Não Há Saúde Sem Saúde Mental Dia Mundial da Saúde Mental - 10 de Outubro 1 a 17 de Outubro de 2010 Exposição promovida pelo Departamento de Psiquiatria e Saúde Mental O QUE É A SAÚDE MENTAL? É sentir-nos

Leia mais

Psicose pós-parto. A psicose pós-parto é um quadro de depressão pós-parto mais grave e mais acentuado, pois na psicose pós-parto existe o

Psicose pós-parto. A psicose pós-parto é um quadro de depressão pós-parto mais grave e mais acentuado, pois na psicose pós-parto existe o Psicose pós-parto Pode ir desde uma leve tristeza que desaparece com o passar dos dias até um grau mais grave de depressão onde é necessária uma rápida intervenção médica. Este estágio é chamado de psicose

Leia mais

Mudando a pergunta para entender o problema que está por trás do pedido do cliente

Mudando a pergunta para entender o problema que está por trás do pedido do cliente Mudando a pergunta para entender o problema que está por trás do pedido do cliente Fernando Del Vecchio Outubro 01, 2009 Tradução para português: Raquel Costa Pinto Esclarecimento: O presente diálogo é

Leia mais

Promoção de Experiências Positivas em Crianças e Jovens. Manual para os participantes PROGRAMA DE COMPETÊNCIAS DE VIDA. (Grupo até aos 10 anos)

Promoção de Experiências Positivas em Crianças e Jovens. Manual para os participantes PROGRAMA DE COMPETÊNCIAS DE VIDA. (Grupo até aos 10 anos) Promoção de Experiências Positivas em Crianças e Jovens PROGRAMA DE COMPETÊNCIAS DE VIDA Manual para os participantes (Grupo até aos 10 anos) RUI GOMES I 2010 RUI GOMES I 2010 NOTA BIOGRÁFICA RUI GOMES

Leia mais

Transcriça o da Entrevista

Transcriça o da Entrevista Transcriça o da Entrevista Entrevistadora: Valéria de Assumpção Silva Entrevistada: Ex praticante Clarice Local: Núcleo de Arte Grécia Data: 08.10.2013 Horário: 14h Duração da entrevista: 1h COR PRETA

Leia mais

FOLHETO INFORMATIVO: INFORMAÇÃO PARA O UTILIZADOR

FOLHETO INFORMATIVO: INFORMAÇÃO PARA O UTILIZADOR FOLHETO INFORMATIVO: INFORMAÇÃO PARA O UTILIZADOR Montelucaste Generis 10 mg Comprimidos Montelucaste de sódio Leia atentamente este folheto antes de tomar este medicamento -Conserve este folheto. Pode

Leia mais

6 Estimular a Criatividade

6 Estimular a Criatividade OZARFAXINARS N.2 DEZEMBRO 2005 121 6 Estimular a Criatividade Como aspecto menos valorizado pela Escola, a criatividade pode estimular novas formas de o jovem se relacionar com o mundo, desenvolvendo atitudes

Leia mais

A seguir enumeramos algumas caracteristicas do TBH:

A seguir enumeramos algumas caracteristicas do TBH: OQUEÉOTRANSTORNOBIPOLARDO HUMOR(TBH)? O transtorno bipolar do humor (também conhecido como psicose ou doença maníaco-depressiva) é uma doença psiquiátrica caracterizada por oscilações ou mudanças de humor

Leia mais

Palavras do autor. Escrever para jovens é uma grande alegria e, por que não dizer, uma gostosa aventura.

Palavras do autor. Escrever para jovens é uma grande alegria e, por que não dizer, uma gostosa aventura. Palavras do autor Escrever para jovens é uma grande alegria e, por que não dizer, uma gostosa aventura. Durante três anos, tornei-me um leitor voraz de histórias juvenis da literatura nacional, mergulhei

Leia mais

A última relação sexual

A última relação sexual PARTE G QUESTIONÁRIO AUTO-PREENCHIDO (V1 - M) As próximas perguntas são sobre a sua vida sexual. É muito importante que responda, pois só assim poderemos ter informação sobre os hábitos sexuais da população

Leia mais

Marketing Pessoal. Uma visão de si mesmo

Marketing Pessoal. Uma visão de si mesmo Marketing Pessoal Uma visão de si mesmo 1 O Curriculo O currículo é uma peça importante para a sua apresentação profissional, então seja profissional na sua apresentação. 2 O currículo UM BOM CURRÍCULO......apresenta

Leia mais

AFETA A SAÚDE DAS PESSOAS

AFETA A SAÚDE DAS PESSOAS INTRODUÇÃO Como vai a qualidade de vida dos colaboradores da sua empresa? Existem investimentos para melhorar o clima organizacional e o bem-estar dos seus funcionários? Ações que promovem a qualidade

Leia mais

Gestão do Tempo e Organização Para do Estudo

Gestão do Tempo e Organização Para do Estudo Gestão do Tempo e Organização Para do Estudo Imagem de http://1.bp.blogspot.com/_-ar6qi-zc2q/tqelormfebi/aaaaaaaaars/l369jl-qmpy/s1600/administracao_do_tempo.gif Ninguém gere o tempo: gerimos a nossa energia

Leia mais

Recupere. sono. o ritmo. Conselhos para pessoas que sofrem de insónia

Recupere. sono. o ritmo. Conselhos para pessoas que sofrem de insónia Recupere do sono o ritmo Conselhos para pessoas que sofrem de insónia Prefácio O sono é fundamental na vida de todos nós. Dormir não é um luxo, mas sim uma necessidade fisiológica que devemos respeitar.

Leia mais

COMO SE PREPARA UMA REPORTAGEM i DICAS PARA PREPARAR UMA REPORTAGEM

COMO SE PREPARA UMA REPORTAGEM i DICAS PARA PREPARAR UMA REPORTAGEM COMO SE PREPARA UMA REPORTAGEM i DICAS PARA PREPARAR UMA REPORTAGEM Ver, ouvir, compreender e contar eis como se descreve a reportagem, nas escolas de Jornalismo. Para haver reportagem, é indispensável

Leia mais

Manifeste Seus Sonhos

Manifeste Seus Sonhos Manifeste Seus Sonhos Índice Introdução... 2 Isso Funciona?... 3 A Força do Pensamento Positivo... 4 A Lei da Atração... 7 Elimine a Negatividade... 11 Afirmações... 13 Manifeste Seus Sonhos Pág. 1 Introdução

Leia mais