EQUILÍBRIO IÔNICO Solução [H+] (mol.l-1) CORRETO CORRETO III III

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "EQUILÍBRIO IÔNICO Solução [H+] (mol.l-1) CORRETO CORRETO III III"

Transcrição

1 EQUILÍBRIO IÔNICO 1- (PUCRS) Para a identificação do caráter ácido ou básico de um meio, usam-se substâncias indicadoras, como a fenolftaleína e o tornassol. Assim, um indicador ácido-base apresenta, em solução aquosa, o equilíbrio HIn + H 2 O H 3 O + + In vermelho amarelo Com base no comportamento do indicador, ao ser colocado em contato com substâncias ácidas ou básicas, é correto afirmar que A) um suco de limão apresentaria coloração amarela. B) o vinagre, que tem ph maior do que 7, desloca o equilíbrio para a esquerda. C) a soda cáustica, pelo seu ph elevado, desloca o equilíbrio para a direita, tornando a solução amarela. D) o ácido acetilsalicílico, em solução aquosa, deixa a solução indicadora amarela. E) a água de cal, que tem ph menor do que 7, desloca o equilíbrio para a esquerda. 2- (UFCSPA) Na coluna à direita são apresentados valores de ph ou poh dos líquidos especificados na coluna da esquerda. água do mar poh = 5,8 leite bovino poh = 7,6 café poh = 9,0 sangue humano ph = 7,3 Com base nessas informações, pode-se afirmar que A) a água do mar é ácida. B) o leite bovino é mais ácido que o café. C) o sangue humano é mais ácido que o leite bovino. D) a água do mar é mais alcalina que o sangue humano. E) o café é alcalino. 3- (UFJF) Alguns animais aquáticos apresentam limites de resistência em relação ao ph da água onde habitam. Por exemplo, a faixa de ph de sobrevivência de camarões é 5,5-5,8 e a dos caramujos é 7,0-7,5. Considere as concentrações de H + nas soluções A, B e C apresentadas na tabela a seguir. Solução [H + ] (mol.l -1 ) A = 1,0 x 10-7 B < 1,0 x 10-7 C > 1,0 x 10-7 Sobre a sobrevivência desses animais nessas soluções, é CORRETO afirmar que: A) somente os camarões sobreviveriam na solução A. B) os camarões sobreviveriam na solução B. C) os caramujos sobreviveriam na solução C. D) somente os caramujos sobreviveriam na solução A. E) ambos os animais sobreviveriam em qualquer das três soluções A, B ou C. 4- (UFMG) Considere certa quantidade de água e suco de limão, misturados, contida em um copo. Analise estas três afirmativas concernentes a esse sistema: I. O sistema é ácido. II. O ph do sistema é maior que 7. III. No sistema, a concentração dos íons H + é maior que a dos OH. A partir dessa análise, é CORRETO afirmar que A) apenas as afirmativas I e II estão certas. B) apenas as afirmativas I e III estão certas. C) apenas as afirmativas II e III estão certas. D) as três afirmativas estão certas. 5- (UNIOESTE) Observe a sentença abaixo, escrita por um estudante: Em uma solução, o ph é linearmente proporcional à concentração dos íons H + na solução. Assim, uma solução que possui concentração de H + de 10-7 mol L -1 é mais ácida do que uma solução que possui concentração de H + de 10-6 mol L -1. 1

2 Conceitualmente foram cometidos quantos erros? A) 5 B) 3 C) 2 D) 1 E) 0 6- (UFPR) A respeito da hidrólise salina, dizemos que ela ocorre quando o cátion ou o ânion de um sal reage com a água produzindo íons hidrogênio ou hidróxido, alterando, desta forma, o ph do meio. Esta alteração de ph pode ser observada adicionando-se um indicador adequado ao meio, como o azul de bromotimol que apresenta coloração amarela em meio ácido, verde em meio neutro e azul em meio básico. Um estudante realizou um experimento para comprovar a ocorrência da hidrólise em alguns sais e irá preencher a tabela a seguir: Substância Coloração NH 4 Cl NaNO 3 Na 2 S KCN FeCl 3 A sequência de cor, de cima para baixo, encontrada pelo aluno, deverá ser: A) azul, verde, amarelo, amarelo, azul. B) azul, amarelo, verde, verde, azul. C) amarelo, verde, azul, amarelo, azul. D) verde, amarelo, azul, azul, amarelo. E) amarelo, verde, azul, azul, amarelo. 7- (UFMG) A 10,0 ml de uma solução aquosa 0,100 mol/l de ácido clorídrico, HCl (aq), adicionou-se água pura, em quantidade suficiente para se obterem 100,0 ml de solução diluída. Considerando-se essas informações, é CORRETO afirmar que o ph da solução resultante é A) 1. B) 2. C) 6. D) (UFSM) Um solo que apresenta [H + ] igual a 1x10-4 mol.l -1 possui o ph e o poh. Para neutralizá-lo, devem-se usar compostos de natureza. A) ácida B) alcalina C) ácida D) neutra E) alcalina. 9- (UFSM) Sabendo que a água do mar tem ph entre 8,2 e 8,3, analise as afirmativas. I- A concentração de íons H + é aproximadamente 1x10-8 mol.l -1. II- A solução é básica. III- A soma do ph com o poh é igual a 8. Estão corretas: A) Apenas I. B) Apenas II. C) Apenas III. D) Apenas I e II. E) Apenas II e III. 10) (UCS) Indicadores de substâncias que apresentam propriedade de adquirir cor em função do meio ácido, básico ou neutro em que se encontra. Um professor de química fez três experimentos diferentes, misturando solução aquosa de ácido clorídrico com solução aquosa de hidróxido de sódio de molaridades iguais, nas quantidades mostradas no quadro abaixo. A seguir, acrescentou o mesmo indicador em cada experimento, obtendo os resultados registrados na última linha do quadro. Experimento 1 Experimento 2 Experimento 3 REAGENTES COR DO INDICADOR 2 ml de ácido clorídrico + 1 ml de hidróxido de sódio 2 ml de ácido clorídrico + 2 ml de hidróxido de sódio 2 ml de ácido clorídrico + 3 ml de hidróxido de sódio AMARELO VERDE AZUL 2

3 Considerando esses três experimentos, o indicador utilizado pelo professor, quando acrescentado a uma solução aquosa de bicarbonato de sódio, tornar-se-á. A) Incolor. B) Rosa. C) Amarelo. D) Verde. E) Azul. 11- (UCS) Um jogador de futsal tomou dois copos de água após o primeiro tempo do jogo. Em decorrência disso, 50mL do seu suco gástrico (com ph = 1) diluíram-se nos 450mL da água ingerida. O ph do suco gástrico diluído na solução resultante logo após a ingestão da água pelo jogador é A) 2,0 B) 3,0 C) 4,0 D) 5,0 E) 6,0 12- (UCS) O termo ph (potencial hidrogenionico) foi criado em 1909, pelo bioquímico dinamarquês Soren Peter Sorensen. A escala do ph normalmente apresenta valores que variam de zero a 14. Calcule o ph a 25 C da mistura resultante da adição de 1,0 ml de uma solução aquosa 0,10 mol/l de ácido clorídrico com 100 ml de uma solução aquosa 1 mol/l em ácido clorídrico. O ph da mistura resultante, em valores arredondados, é: A) 0. B) 1. C) 2. D) 3. E) No vinagre existe o equilíbrio químico HAc (l) + H 2 O (l) H + (aq) + Ac (aq) Qual das seguintes substâncias pode ser adicionada, SEM ALTERAR, esse equilíbrio? A) água B) HCl C) NH 4 OH D) NH 4 Ac E) KCl 14- O equilíbrio H 2 CO 3 H + + HCO 3 pode ser deslocado para a direita por meio da: A) adição de H +. B) adição de HCO 3. C) adição de Na +. D) adição de OH. E) adição de Cl. 15- (UFFRJ) Sabe-se que uma determinada solução aquosa apresenta uma concentração de hidroxila igual a 1, mol/l. identifique o ph dessa solução: A) 3,00. B) 4,80. C) 8,40. D) 11,00. E) 13, (Mackenzie) A concentração de íons hidrogênio num suco de laranja que possui ph = 4,0 é: A) mol/litro. B) mol/litro. C) mol/litro. D) mol/litro. E) mol/litro. 17- (UFMG) A água da chuva em uma região poluída tem ph igual a 3,0. Considere estas duas misturas e seu respectivo ph: - Suco de limão: ph = 2,2. - Suco de tomate: ph = 4,3. Com base nessas informações, é CORRETO afirmar que: A) A concentração de H + na chuva é igual a 0,001 mol/l. B) A chuva é mais ácida que o suco de limão. C) A chuva é menos ácida que o suco de tomate. D) A concentração de OH nas duas misturas é igual a zero. 18- (VUNESP) A 25 ºC, o ph de uma solução de ácido clorídrico, de concentração 0,10 mol/l, admitindo-se dissociação total do ácido, é: A) B) C) 1. D) 7. E) 13. 3

4 19- (Mackenzie) Dado o ph de algumas soluções a 25 ºC 2,0 Suco gástrico 10,0 Preparado para tintura de cabelos 5,0 Urina 8,0 Solução aquosa de bicarbonato de sódio Consultando a tabela de ph, verifica-se que: A) A urina é mais ácida que o suco gástrico. B) A concentração de íons OH - é igual a 10-6 mol/l na solução de bicarbonato de sódio. C) O preparado usado na tintura de cabelos é neutro. D) A solução de bicarbonato de sódio é mais ácida que a do suco gástrico. 20- (Mackenzie) O ph de uma solução aquosa 0,01 molar de NaOH, (α = 100%), é igual a: A) 1. B) 12. C) 3. D) 2. E) Considerando que o ph do sangue humano é em média em torno de 7,5 a 25 C, podemos afirmar que: A) O sangue é levemente ácido a 25 C. B) Ao adicionarmos gotas de uma base forte ao sangue coletado, o ph do sangue diminui. C) O sangue é mais ácido que a água a 25 C. D) A [OH-] no sangue é maior que a de [H + ]. E) O sangue é neutro a 25 C. 22- Assinale a alternativa que indica o volume de solução aquosa de ácido clorídrico 0,05 mol L -1 que, ao reagir com 30 ml de uma solução aquosa 1,0 mol L -1 de NaOH, originará uma solução com ph igual a 7. A) 200 ml. B) 350 ml. C) 600 ml D) 1600 ml. E) 500 Ml. 23- (PUC-RIO) O estômago produz suco gástrico constituído de ácido clorídrico, muco, enzimas e sais. O valor de ph no interior do estômago deriva, principalmente, do ácido clorídrico presente. Sendo o ácido clorídrico um ácido forte, a sua ionização é total em meio aquoso, e a concentração de H + em quantidade de matéria nesse meio será a mesma do ácido de origem. Assim, uma solução aquosa de ácido clorídrico em concentração 0,01 mol L/l terá ph igual a: A) 2 B) 4 C) 5 D) 7 E) (PUC-MG) Considere duas soluções aquosas A e B de mesmo volume e de ph 3,0 e 5,0 respectivamente. Analise as afirmações a seguir: I. A solução A é ácida. II. A solução B é básica. III. A mistura de A com B é ácida. São afirmativas CORRETAS: A) I e II apenas. B) I e III apenas. C) II e III apenas. D) I, II e III. 25- (PUC-MG) Para se diminuir o ph de uma solução aquosa, pode-se misturar a ela uma solução de: A) suco de limão. B) sal de cozinha. C) bicarbonato de sódio. D) soda cáustica. 26- (Mackenzie) Na China, cientistas descobriram que tempestades de areia podem mudar o ph da água da chuva de 2,0 para 4,0, graças à presença de carbonatos em pó na areia que circula nessas tempestades. Nesse caso, a concentração hidrogeniônica na água da chuva: A) passa a ser 100 vezes menor. B) passa a ser 100 vezes maior. C) passa a ser 2 vezes maior. D) passa a ser 20 vezes maior. E) não se altera. 4

5 27- (PUC-MG) Os solos argilosos são neutros ou levemente ácidos. Os solos calcários são básicos, e os solos arenosos são ácidos ou neutros. Hortênsias plantadas em solo de ph inferior a 7 são rosas e azuis em ph superior a 7. Tendo em vista as informações dadas, é INCORRETO afirmar que: A) as hortênsias podem ser utilizadas como indicadoras de ph de um solo. B) em solos arenosos, as hortênsias são rosas. C) em solos calcários, as hortênsias são azuis. D) em solos argilosos, as hortênsias são azuis e rosas. 28- (UECE) O conceito de ph foi introduzido na química pelo químico dinamarquês Soren Peter Lauritz Sorensen, em 1909, para facilitar a caracterização da acidez de uma substância. Assinale a alternativa que contém o ph da solução que se obtém ao ser feita a dissolução de 5,6 g de KOH em um litro de água. K= 39, O=16, H=1 A) 1,0 B) 3,0 C) 11,0 D) 13,0 29- (PUCRS) A água da chuva em uma região poluída tem ph igual a 3,0. O volume, em litros, de uma solução de hidróxido de sódio de concentração 0,01 mol/l necessário para neutralizar completamente 100 ml de água da chuva é A) 0,1 B) 0,01 C) 0,001 D) 0,002 E) 0, (UNIFOR) O íon ferro (III) em solução aquosa é hidrolisado, formando o hidróxido de ferro e a espécie Z. Fe 3+ (aq) + 3 H 2 O (l) Fe(OH) 3 (s) + Z Quando se tem uma solução de ferro (III) em água, o ph da solução resultante e a espécie Z devem ser, respectivamente, A) menor que 7 e H + (aq) B) menor que 7 e OH (aq) C) igual a 7 e H 2 O (l) D) igual a 7 e H + (aq) E) maior que 7 e OH (aq) 31- Na água puríssima, a razão entre os valores de ph e poh, a qualquer temperatura é 1 1 A) 1 B) C) D) 7 E) (UNIFOR) Cianeto de amônio em água forma CN (aq) e NH + 4 (aq). Esses íons em água sofrem hidrólise: CN + H 2 O HCN + OH NH H 2 O NH 3 + H 3 O + Sabendo-se que, a 25ºC, a constante de ionização do HCN é igual a 4,8 x e a constante de ionização do NH 3 + H 2 O (NH 4 OH) é igual a 1,8 x 10 5, pode-se afirmar que em uma solução aquosa de cianeto de amônio, A) [H 3 O + ] > [OH ] e a solução é ácida. B) [H 3 O + ] < [OH ] e a solução é básica. C) [H 3 O + ] = [OH ] e a solução é neutra. D) [H 3 O + ] > [OH ] e a solução é básica. E) [H 3 O + ] < [OH ] e a solução é ácida. 33- (UNIFOR) Considere certa quantidade de água pura, no estado líquido, à temperatura de 25 C. Nestas condições, o produto iônico da água (Kw) vale 1,0 x Esse valor aumenta com o aumento de temperatura e diminui com a diminuição da temperatura. Sendo assim, pode-se afirmar que, na água líquida pura, I. a 40 C, o ph é maior do que 7. II. há maior concentração de íons OH - (aq) a 0 C do que a 25 C. III. [H + (aq)] = [OH-(aq)], independentemente da temperatura. É correto o que se afirma SOMENTE em A) I B) II C) III D) I e II E) II e III 5

6 34- (UNIFOR) Considere a seguinte tabela: Para saber o ph de uma solução adicionou-se a quatro tubos de ensaio contendo uma pequena quantidade da solução em cada um, algumas gotas de indicadores, anotando a cor resultante na solução. Pode-se afirmar, em relação ao ph da referida solução, que A) é menor que 3,0 B) está entre 3,3 e 4,2 C) está entre 4,6 e 6,0 D) está entre 6,0 e 7,0 E) é igual a 7,0 35- (UFCSPA) A fluoretação da água potável e a utilização de dentifrícios com fluoreto estanoso, SnF 2, são recursos utilizados para aumentar a resistência dos dentes ao processo de formação de cáries. A provável reação que ocorre é a conversão da hidroxiapatita em fluoroapatita no esmalte dos dentes, conforme a reação simplificada: Ca 5 (PO 4 ) 3 OH + F Ca 5 (PO 4 ) 3 F + OH O processo é eficaz porque A) a fluoroapatita é mais resistente a impactos. B) o F é uma base mais forte que o OH. C) a fluoroapatita é mais resistente ao ataque por ácidos. D) a formação de fluoroapatita implica deterioração do esmalte dental. E) o fluoreto presente originalmente no esmalte dos dentes é reposto. 36- A 60 C o produto iônico da água, [H + ].[OH - ], é igual a 1, Em relação a soluções aquosas nesta temperatura são feitas as seguintes afirmações: I- Soluções ácidas são aquelas que têm ph < 6,5. II- Soluções neutras têm ph = 6,5. III- Soluções básicas têm ph > 6,5. IV- ph + poh tem que ser igual a 13,0. Das afirmações acima estão corretas: A) Apenas V. B) Apenas I e III. C) Apenas II e IV. D) Todas. E) Nenhuma. 6

7 37- (ITA) Juntando 1,0 litro de uma solução aquosa de HCl com ph = 1,0 a 10,0 litros de uma solução aquosa de HCl com ph = 6,0, qual das opções abaixo contém o valor de ph que mais se aproxima do ph de 11,0 litros da mistura obtida? A) ph 0,6 B) ph 1,0 C) ph 2,0 D) ph 3,5 E) ph 6,0 38- (PUCRS) Os ácidos, apresentados na tabela a seguir, possuem diferentes constantes de ionização. Considerando soluções aquosas de igual molaridade dos ácidos, é correto afirmar que A) o ph é menor na solução de ácido acético. B) a concentração de moléculas não-ionizadas é maior na solução de ácido úrico. C) a concentração de íons H 3 O + é maior na solução de ácido fórmico. D) o ph da solução de ácido fórmico é maior que o da solução de ácido úrico. E) a concentração de íons H 3 O + é menor na solução de ácido úrico. 39- (PUCRS) Existem várias maneiras de medir o ph de uma solução. A mais simples consiste na utilização de indicadores, que são substâncias que apresentam colorações bem definidas, dependendo da acidez ou da alcalinidade da solução. O papel tornassol vermelho, por exemplo, adquire coloração azul quando o meio é básico. O caráter de várias amostras foi testado com papel tornassol vermelho, que adquiriu coloração azul apenas quando a solução era de: A) NH 4 ClO 3 B) H 2 S C) CO 2 D) MgCl 2 E) NaHCO (PUCRS) Para neutralizar 10 litros de água de lavanderia com ph igual a 12, são necessários litros de uma solução de ácido sulfúrico 0,1 mol/l. A) 0,25 B) 0,50 C) 1,0 D) 1,5 E) 2,0 41- (PUCRS) Jardineiros sabem que o controle do ph do solo é importante para o bom desenvolvimento das plantas. Um exemplo é a cor de alguns tipos de flores, como dálias e hortênsias, que muda de acordo com o ph do solo. As hortênsias, por exemplo, são azuladas em solo ácido e rosadas em solos neutros ou básicos. Em um jardim cujo solo apresenta ph = 5,0, um jardineiro, para obter hortênsias de cor rosa, deveria ajustar esse ph com A) CaCO 3 B) H 3 PO 4 C) Al 2 (SO 4 ) 3 D) H 2 SO 4 E) NH 4 Cl 42- (PUCCAMP) Hortênsias rosas e também azuis. Serão espécies diferentes de flores? Que nada! São apenas cores da química! Deixe-me explicar. Acontece que as hortênsias são muito sensíveis às mudanças de ph do solo e, assim como os indicadores químicos, mudam de cor conforme a acidez do meio. Aliás, você já se perguntou como um indicador muda sua coloração? É simples: os indicadores são ácidos orgânicos fracos (HInd) que, em água, sofrem ionização: HInd H + (aq) + Ind (aq). Enquanto a forma HInd apresenta uma certa cor, o ânion Ind apresenta outra. Assim, em meio ácido, o equilíbrio é deslocado para a esquerda, acentuando a coloração do HInd. Já em meio alcalino (básico), os íons OH consomem os H +, deslocando o equilíbrio para a direita, o que intensifica a cor do Ind. As hortênsias se comportam da mesma maneira porque há um indicador na suas pétalas! Elas são azuladas em solos ácidos e rosadas nos alcalinos. Mas como é que se faz para alterar o ph do solo? Adicionando-se ácido sulfúrico e soda cáustica? Acho que as flores iriam gostar muito... É só adicionar diferentes tipos de sal. Isso mesmo! Os sais também podem alterar a acidez. Essa é a química. Uma ciência muito colorida. (Luís Fernando Pereira. Folha de S. Paulo, novembro/2004) 7

8 Uma pessoa quer manter duas jardineiras com hortênsias, de modo que uma delas tenha flores de cor azulada e a outra flores de cor rosada: Para isso poderá acrescentar à terra das jardineiras I e II, inicialmente neutra, respectivamente, A) (NH 4 ) 2 CO 3 e CaSO 4 B) Na 2 SO 4 e CaCl 2 C) Na 2 CO 3 e (NH 4 ) 2 SO 4 D) (NH 4 ) 2 SO 4 e CaCO 3 E) NaCl e NH 4 Cl 43- (PUCCAMP) Os indicadores ácido-base podem também ser bases orgânicas fracas, por exemplo: IndOH(aq) Ind + (aq) + OH (aq) cor 1 cor 2 Suponha que uma solução aquosa desse indicador apresente a cor 1. Sendo assim, I. acrescentando-se ácido clorídrico à solução do indicador, a cor 1 se intensifica. II. na solução do indicador em questão não existem íons Ind + (aq). III. acrescentando-se uma base à solução do indicador, há diminuição da concentração de íons H + (aq) da água, e de Ind + (aq). É correto o que se afirma SOMENTE em A) I B) II C) III D) I e III E) II e III 44- (UFSM) O mar é uma fonte de água, mas sua purificação ainda é muito cara, pois uma quantidade enorme de sais está dissolvida nessa água. A água pura tem [H + ] = [OH ] = 10 7 e ph = 7. A água do mar tem ph entre 8,2 e 8,3. Assinale as afirmativas em relação à água do mar. I. A concentração de íons H + é aproximadamente 1x10 8. II. A solução é básica. III. A soma do ph com o poh é igual a 8. Está(ao) correta(s) A) apenas I. B) apenas II. C) apenas III. D) apenas I e II. E) apenas II e III. 45- (UFPR) O íon cromato (CrO 2 4 ) de cor amarela e o ío dicromato (Cr 2 O 2 7 ) de cor laranja podem ser utilizados em processos de eletrodeposição para produzir peças cromadas. A fórmula a seguir apresenta o equilíbrio químico dessas espécies em meio aquoso: CrO 2 4 (aq) + 2 H + (aq) Cr 2 O 2 7 (aq) + H 2 O (l) Com base no equilíbrio químico acima, considere as seguintes afirmativas: I. O aumento na concentração de íons H + do meio promove a intensificação da cor laranja na solução. II. A adição de um ácido forte ao meio intensifica a coloração amarela na solução. III. A adição de íons hidroxila (OH ) ao meio provoca uma reação com os íons (H + ), formando água e intensificando a cor amarela da solução. IV. A cor exibida pela solução não apresenta dependência da concentração dos íons H + do meio. Assinale a alternativa correta. A) Somente a afirmativa I é verdadeira. B) Somente as afirmativas! e III são verdadeiras. C) Somente as afirmativas II e IV são verdadeiras. D) Somente as afirmativas I e III são verdadeiras. E) Somente as afirmativas II, III e IV são verdadeiras. 1-C 2-D 3-D 4-B 5-C 6-E 7-B 8-E 9-D 10-E 11-A 12-A 13-E 14-D 15-D 16-C 17-A 18-C 19-B 20-B 21-D 22-C 23-A 24-B 25-A 26-A 27-D 28-D 29-B 30-A 31-A 32-B 33-C 34-C 35-C 36-D 37-C 38-C 39-E 40-B 41-A 42-D 43-C 44-D 45-B 8

Lista de Exercícios 4 Indústrias Químicas Resolução pelo Monitor: Rodrigo Papai de Souza

Lista de Exercícios 4 Indústrias Químicas Resolução pelo Monitor: Rodrigo Papai de Souza Lista de Exercícios 4 Indústrias Químicas Resolução pelo Monitor: Rodrigo Papai de Souza 1) a-) Calcular a solubilidade do BaSO 4 em uma solução 0,01 M de Na 2 SO 4 Dissolução do Na 2 SO 4 : Dado: BaSO

Leia mais

Professora Sonia - Química para o Vestibular Questões Resolvidas Hidrólise Salina (com respostas e resoluções no final)

Professora Sonia - Química para o Vestibular Questões Resolvidas Hidrólise Salina (com respostas e resoluções no final) Questões Resolvidas Hidrólise Salina (com respostas e resoluções no final) 01. (Uftm) Em soluções aquosas de acetato de sódio, o íon acetato sofre hidrólise: 3 l 3 CH COO (aq) + H O( ) CH COOH (aq) + OH

Leia mais

TITULAÇÃO ÁCIDO-BASE

TITULAÇÃO ÁCIDO-BASE Introdução a Analise Química - II sem/2013 Profa Ma Auxiliadora - 1 Universidade Federal de Juiz de Fora Instituto de Ciências Exatas Departamento de Química Disciplina QUIO94 - Introdução à Análise Química

Leia mais

Produto Iônico da Água (Kw)

Produto Iônico da Água (Kw) Produto Iônico da Água (Kw) EXERCÍCIOS DE APLICAÇÃO 01 (UNB-DF) Na atmosfera, parte do dióxido de enxofre - que é altamente solúvel em água - acaba por dissolver-se nas nuvens ou mesmo nas gotas de chuva,

Leia mais

REAÇÕES QUÍMICAS ORGANIZAÇÃO: Márcia Adriana Warken Magalhães ORIENTAÇÃO: Prof a Márcia Cunha 2001

REAÇÕES QUÍMICAS ORGANIZAÇÃO: Márcia Adriana Warken Magalhães ORIENTAÇÃO: Prof a Márcia Cunha 2001 CENTRO DE ENGENHARIAS E CIÊNCIAS EXATAS CURSO DE QUÍMICA - LICENCIATURA INSTRUMENTAÇÃO PARA O ENSINO DE QUÍMICA SÉRIE: EXPERIÊNCIAS DEMONSTRATIVAS REAÇÕES QUÍMICAS ORGANIZAÇÃO: Márcia Adriana Warken Magalhães

Leia mais

ÁCIDOS E BASES. + (aq) + OH - (aq)

ÁCIDOS E BASES. + (aq) + OH - (aq) ÁCIDOS E BASES O conhecimento sobre termodinâmica, particularmente sobre as constantes de equilíbrio é de grande importância na discussão quantitativa das forças de ácidos e bases o que permite desenvolver

Leia mais

ATENÇÃO: O DESENVOLVIMENTO TEÓRICO DAS QUESTÕES É OBRIGATÓRIO

ATENÇÃO: O DESENVOLVIMENTO TEÓRICO DAS QUESTÕES É OBRIGATÓRIO IX Olimpíada Capixaba de Química 2011 Prova do Grupo II 2 a série do ensino médio Fase 02 Aluno: Idade: Instituição de Ensino: Coordenador da Instituição de Ensino: ATENÇÃO: O DESENVOLVIMENTO TEÓRICO DAS

Leia mais

TURMA EMESCAM - QUÍMICA 1º SEMESTRE

TURMA EMESCAM - QUÍMICA 1º SEMESTRE TURMA EMESCAM - QUÍMICA 1º SEMESTRE Prof. Borges TESTES - DESCOLAMENTO DE EQUILÍBRIO 1. (Enem) Os refrigerantes têm-se tornado cada vez mais o alvo de políticas públicas de saúde. Os de cola apresentam

Leia mais

Exercícios de ph Turma Evolução

Exercícios de ph Turma Evolução . A forma dos fios do cabelo (liso ou ondulado) se deve à forma das estruturas proteicas da queratina. Promovendo reações químicas nas ligações dissulfeto (RSSR) presentes na proteína, é possível alterar

Leia mais

COLÉGIO NOSSA SENHORA DA PIEDADE. Programa de Recuperação Paralela. 2ª Etapa 2014. 3ª Série Turma: FG

COLÉGIO NOSSA SENHORA DA PIEDADE. Programa de Recuperação Paralela. 2ª Etapa 2014. 3ª Série Turma: FG COLÉGIO NOSSA SENHORA DA PIEDADE Programa de Recuperação Paralela 2ª Etapa 2014 Disciplina: QUÍMICA Professora: Maria Luiza 3ª Série Turma: FG Caro aluno, você está recebendo o conteúdo de recuperação.

Leia mais

Química - Grupo J - Gabarito

Química - Grupo J - Gabarito - Gabarito 1 a QUESTÃO: (2,0 pontos) Avaliador Revisor Informe a que volume deve ser diluído com água um litro de solução de um ácido fraco HA 0.10 M, de constante de ionização extremamente pequena (K

Leia mais

Equilíbrio Ácido-Básico. Água : solvente das reações químicas

Equilíbrio Ácido-Básico. Água : solvente das reações químicas Equilíbrio Ácido-Básico Água : solvente das reações químicas Introdução Polaridade molecular: moléculas que possuem uma maior concentração de cargas numa parte da molécula. Os elétrons são compartilhados

Leia mais

FICHA DE TRABALHO DE FÍSICA E QUÍMICA A MAIO 2011

FICHA DE TRABALHO DE FÍSICA E QUÍMICA A MAIO 2011 FICHA DE TRABALHO DE FÍSICA E QUÍMICA A MAIO 2011 APSA Nº21 11º Ano de Escolaridade 1- Classifique, justificando, as soluções aquosas dos sais que se seguem como ácidas, básicas ou neutras. a) CaCO 3 b)

Leia mais

2º ANO QUÍMICA 1 PROFª ELAINE CRISTINA. Educação para toda a vida. Colégio Santo Inácio. Jesuítas

2º ANO QUÍMICA 1 PROFª ELAINE CRISTINA. Educação para toda a vida. Colégio Santo Inácio. Jesuítas 2º ANO QUÍMICA 1 1 mol 6,02.10 23 partículas Massa (g)? Massa molar Cálculo do número de mols (n) Quando juntamos duas espécies químicas diferentes e, não houver reação química entre elas, isto é, não

Leia mais

SOLUÇÕES. 3) (UNIFOR) O gráfico seguinte dá a solubilidade em água do açúcar de cana em função da temperatura.

SOLUÇÕES. 3) (UNIFOR) O gráfico seguinte dá a solubilidade em água do açúcar de cana em função da temperatura. SOLUÇÕES 1) (FEI) Tem-se 500g de uma solução aquosa de sacarose (C 12 H 22 O 11 ), saturada a 50 C. Qual a massa de cristais que se separam da solução, quando ela é resfriada até 30 C? Dados: Coeficiente

Leia mais

TITULAÇÃO DE ÁCIDO-BASE

TITULAÇÃO DE ÁCIDO-BASE Universidade Federal de Juiz de Fora Instituto de Ciências Exatas Departamento de Química Introdução a Analise Química - II sem/2012 Profa Ma Auxiliadora - 1 Disciplina QUIO94 - Introdução à Análise Química

Leia mais

P2 - PROVA DE QUÍMICA GERAL - 11/10/08

P2 - PROVA DE QUÍMICA GERAL - 11/10/08 P2 - PROVA DE QUÍMICA GERAL - 11/10/08 Nome: Gabarito Nº de Matrícula: Turma: Assinatura: Questão Valor Grau Revisão 1 a 2,5 2 a 2,5 3 a 2,5 4 a 2,5 Total 10,0 Constantes: R 8,314 J mol -1 K -1 0,0821

Leia mais

Atividade 03 - AVALIAÇÃO AMBIENTAL DAS ÁGUAS PRÓXIMAS A ATIVIDADES MINERADORAS DE CALCÁRIO

Atividade 03 - AVALIAÇÃO AMBIENTAL DAS ÁGUAS PRÓXIMAS A ATIVIDADES MINERADORAS DE CALCÁRIO Atividade 03 - AVALIAÇÃO AMBIENTAL DAS ÁGUAS PRÓXIMAS A ATIVIDADES MINERADORAS DE CALCÁRIO Prof. Dr. Anelise Marlene Schmidt Técnico Químico Guilherme Pacheco Casa Nova André Luiz Cordeiro Ferreira, CSTM

Leia mais

TIPOS DE MÉTODOS ELETROANALÍTICOS

TIPOS DE MÉTODOS ELETROANALÍTICOS CONDUTOMETRIA TIPOS DE MÉTODOS ELETROANALÍTICOS CONDUTOMETRIA Baseia-se em medições de condutância das soluções iônicas (seio da solução). A condução de eletricidade através das soluções iônicas é devida

Leia mais

Química Avançada 06 - Soluções

Química Avançada 06 - Soluções Química Avançada 06 - Soluções Nome: Turma: 1) (UFF-adaptada) O ácido nítrico é um importante produto industrial. Um dos processos de obtenção do ácido nítrico é fazer passar amônia e ar, sob pressão,

Leia mais

S O L U Ç Õ E S PROF. AGAMENON ROBERTO < 2011 >

S O L U Ç Õ E S PROF. AGAMENON ROBERTO < 2011 > S O L U Ç Õ E S PROF. AGAMENON ROBERTO < 011 > SOLUÇÕES MISTURAS Quando juntamos duas espécies químicas diferentes e, não houver reação química entre elas, isto é, não houver formação de nova(s) espécie(s),

Leia mais

As questões de 31 a 34 referem-se ao texto abaixo.

As questões de 31 a 34 referem-se ao texto abaixo. QUÍMICA As questões de 31 a 34 referem-se ao texto abaixo. Em diversos países, o aproveitamento do lixo doméstico é quase 100%. Do lixo levado para as usinas de compostagem, após a reciclagem, obtém-se

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO ACRE PROGRAMA DE EDUCAÇÃO TUTORIAL PET/Agronomia. TUTOR: Dr. Ribamar Silva PETIANO: Rafael de Melo Clemêncio

UNIVERSIDADE FEDERAL DO ACRE PROGRAMA DE EDUCAÇÃO TUTORIAL PET/Agronomia. TUTOR: Dr. Ribamar Silva PETIANO: Rafael de Melo Clemêncio UNIVERSIDADE FEDERAL DO ACRE PROGRAMA DE EDUCAÇÃO TUTORIAL PET/Agronomia TUTOR: Dr. Ribamar Silva PETIANO: Rafael de Melo Clemêncio Estabelecido entre uma substância e seus íons; Reação reversível Reagente

Leia mais

Lista de exercícios sobre funções inorgânicas.

Lista de exercícios sobre funções inorgânicas. Lista de exercícios sobre funções inorgânicas. 1. X é uma substância gasosa nas condições ambientes. Quando liquefeita, praticamente não conduz corrente elétrica, porém forma solução aquosa que conduz

Leia mais

Química Frente IV Físico-química Prof. Vitor Terra Lista 12 Equilíbrio Químico Equilíbrio Iônico I K i e ph

Química Frente IV Físico-química Prof. Vitor Terra Lista 12 Equilíbrio Químico Equilíbrio Iônico I K i e ph Química Frente IV Físico-química Prof. Vitor Terra Lista 12 Equilíbrio Químico Equilíbrio Iônico I K i e ph RESUMO Ionização de monoácidos e monobases fracos HA H + + A K a = [H+ ][A ] [HA] COH C + + OH

Leia mais

1) Faça o balanceamento das equações abaixo:

1) Faça o balanceamento das equações abaixo: PROFESSORA: GIOVANA CARABALLO MELATTI DATA: / /2015 COMPONENTE CURRICULAR: QUÍMICA LISTA DE EXERCÍCIOS DE SALA ALUNO: LISTA DE EXERCÍCIOS REVISÃO 1) Faça o balanceamento das equações abaixo: a) C 2 H 6

Leia mais

Química Analítica Avançada: Volumetria de Neutralização. Prof a Lilian Silva 2011

Química Analítica Avançada: Volumetria de Neutralização. Prof a Lilian Silva 2011 Química Analítica Avançada: Volumetria de Neutralização Prof a Lilian Silva 2011 INTRODUÇÃO À VOLUMETRIA TITULAÇÃO Processo no qual uma solução padrão ou solução de referência é adicionada a uma solução

Leia mais

ácido 1 base 2 base 1 ácido 2

ácido 1 base 2 base 1 ácido 2 Experimento 7 ESTUDO DE ÁCIDOS E BASES EM MEIO AQUOSO OBJETIVOS Reforçar a aprendizagem do conceito de ácidos e bases por meio de experimentos simples em meio aquoso. Identificar substâncias ácidas e básicas

Leia mais

PROVA DE QUÍMICA - 1998 Segunda Etapa

PROVA DE QUÍMICA - 1998 Segunda Etapa PROVA DE QUÍMICA - 1998 Segunda Etapa QUESTÃO 01 Num laboratório químico, havia três frascos que continham, respectivamente, um alcano, um álcool e um alqueno. Foram realizados experimentos que envolviam

Leia mais

DE RECUPERAÇÃO QUÍMICA

DE RECUPERAÇÃO QUÍMICA SÉRIE: º ANO LISTA DE RECUPERAÇÃO IV Bimestre Matéria Abordada: Equilíbrio Químico, Deslocamento de Equilíbrio Químico, Equilíbrio Iônico, Hidrólise Salina, ph e poh. 01 - (FUVEST SP) A uma determinada

Leia mais

Professor Carlos banco de dados

Professor Carlos banco de dados 14688. (Ufpe 2001) O sal propanoato de cálcio é usado na preservação de pães, bolos e queijos, pois impede o crescimento de bactérias e fungos ("bolor" ou "mofo"). Assinale a alternativa que descreve esse

Leia mais

X -2(3) X -2 x (4) X - 6 = -1 X 8 = -1 X = 5 X = 7

X -2(3) X -2 x (4) X - 6 = -1 X 8 = -1 X = 5 X = 7 2001 1. - Uma camada escura é formada sobre objetos de prata exposta a uma atmosfera poluída contendo compostos de enxofre. Esta camada pode ser removida quimicamente envolvendo os objetos em questão com

Leia mais

Volumetria ácido-base (continuação) Prof a Alessandra Smaniotto QMC 5325 - Química Analítica - Farmácia Turmas 02102A e 02102B

Volumetria ácido-base (continuação) Prof a Alessandra Smaniotto QMC 5325 - Química Analítica - Farmácia Turmas 02102A e 02102B Volumetria ácido-base (continuação) Prof a Alessandra Smaniotto QMC 5325 - Química Analítica - Farmácia Turmas 02102A e 02102B Curvas de titulação ² A curva de titulação é a representação gráfica de como

Leia mais

UFMG - 2004 3º DIA QUÍMICA BERNOULLI COLÉGIO E PRÉ-VESTIBULAR

UFMG - 2004 3º DIA QUÍMICA BERNOULLI COLÉGIO E PRÉ-VESTIBULAR UFMG - 2004 3º DIA QUÍMICA BERNOULLI COLÉGIO E PRÉ-VESTIBULAR Química Questão 01 Os metais alcalinos, ao reagirem com água, produzem soluções dos respectivos hidróxidos e gás hidrogênio. Esta tabela apresenta

Leia mais

Quando juntamos duas espécies químicas diferentes e, não houver reação química entre elas, isto é, não houver formação de nova(s) espécie(s), teremos

Quando juntamos duas espécies químicas diferentes e, não houver reação química entre elas, isto é, não houver formação de nova(s) espécie(s), teremos SOLUÇÕES Quando juntamos duas espécies químicas diferentes e, não houver reação química entre elas, isto é, não houver formação de nova(s) espécie(s), teremos uma MISTURA Quando na mistura tiver apenas

Leia mais

Dissociação e Ionização. Dissociação iônica

Dissociação e Ionização. Dissociação iônica 2ª Fase - Funções da química inorgânica Investigando caminhos As substâncias sejam da Química Orgânica ou Inorgânica são divididas em grupos denominados funções químicas. As substâncias que pertencem a

Leia mais

Equilíbrio Químico. PROF. NÚRIA Kc, Kp, Ka, Ki, Kb E ph

Equilíbrio Químico. PROF. NÚRIA Kc, Kp, Ka, Ki, Kb E ph Equilíbrio Químico PROF. NÚRIA Kc, Kp, Ka, Ki, Kb E ph 1 - "O conceito de equilíbrio é fundamental na química, mas não é exclusivo da química. Vivemos em uma situação social e econômica que constitui equilíbrio

Leia mais

Química Geral 3º ANO

Química Geral 3º ANO Química Geral 3º ANO Teoria de Arrhenius Teoria Ácido-Base Teoria de Arrhenius Teoria Ácido-Base Ácido são substâncias que, dissolvidas em água, se ionizam liberando, na forma de cátions, exclusivamente

Leia mais

Equilíbrio Químico do íon bicarbonato: Efeito da concentração. Introdução. Materiais Necessários

Equilíbrio Químico do íon bicarbonato: Efeito da concentração. Introdução. Materiais Necessários Intro 01 Introdução O equilíbrio químico do íon bicarbonato faz parte de uma série de sistemas como formação das cavernas, equilíbrio no sangue e no oceano. Como a concentração de CO 2 pode afetar o equilíbrio

Leia mais

ÁCIDOS. Função Inorgânica

ÁCIDOS. Função Inorgânica ÁCIDOS Função Inorgânica LEMBRANDO CONCEITOS: PH POTENCIAL HIDROGENIÔNICO É a medida de acidez de uma solução aquosa, cuja escala de medidas vai de 0 a 14. ALGUNS VALORES DE PH: Substância ph Coca-cola

Leia mais

Segundo a Portaria do Ministério da Saúde MS n.o 1.469, de 29 de dezembro de 2000, o valor máximo permitido (VMP) da concentração do íon sulfato (SO 2

Segundo a Portaria do Ministério da Saúde MS n.o 1.469, de 29 de dezembro de 2000, o valor máximo permitido (VMP) da concentração do íon sulfato (SO 2 11 Segundo a Portaria do Ministério da Saúde MS n.o 1.469, de 29 de dezembro de 2000, o valor máximo permitido (VMP) da concentração do íon sulfato (SO 2 4 ), para que a água esteja em conformidade com

Leia mais

Química B Extensivo V. 3

Química B Extensivo V. 3 Química B Extensivo V. 3 01) Alternativa correta: D Exercícios A água pura (destilada ) não é condutora de eletricidade pois não há presença de sais lá, mas a partir do momento que se adiciona alguma substância

Leia mais

FUNÇÕES INORGÂNICAS. Ácido, Base, Sal e Óxido. Paulo Migoto

FUNÇÕES INORGÂNICAS. Ácido, Base, Sal e Óxido. Paulo Migoto FUNÇÕES INORGÂNICAS Ácido, Base, Sal e Óxido Paulo Migoto Caderno II Frente II ÁCIDOS E BASES (HIDRÓXIDOS) Aulas 10 a 12 Paulo Migoto Funções químicas Função química corresponde a um conjunto de substâncias

Leia mais

Operações com soluções 2: Mistura de Soluções de Mesmo Soluto

Operações com soluções 2: Mistura de Soluções de Mesmo Soluto Operações com soluções 2: Mistura de Soluções de Mesmo Soluto Quando misturamos soluções de mesmo soluto, obtemos uma nova solução de concentração intermediária às das soluções misturadas. Nesse caso,

Leia mais

QUÍMICA PRIMEIRA ETAPA - 1997 - TARDE

QUÍMICA PRIMEIRA ETAPA - 1997 - TARDE QUÍMICA PRIMEIRA ETAPA - 1997 - TARDE QUESTÃO 01 Um estudante listou os seguintes processos como exemplos de fenômenos que envolvem reações químicas: I adição de álcool à gasolina. II fermentação da massa

Leia mais

PADRÃO DE RESPOSTA - QUÍMICA - Grupo A

PADRÃO DE RESPOSTA - QUÍMICA - Grupo A PADRÃO DE RESPOSTA - QUÍMICA - Grupo A 1 a QUESTÃO: (2,0 pontos) Avaliador Revisor Num recipiente de 3,0 L de capacidade, as seguintes pressões parciais foram medidas: N 2 = 0,500 atm; H 2 = 0,400 atm;

Leia mais

Prof a. Dr a. Luciana M. Saran

Prof a. Dr a. Luciana M. Saran HCl 0,1N FCAV/UNESP CURSO: Agronomia DISCIPLINA: Química Analítica Fundamentos da Análise Titrimétrica (Volumétrica) NaOH 0,1N Prof a. Dr a. Luciana M. Saran Fenolftaleína 1 O QUE É? ANÁLISE TITRIMÉTRICA

Leia mais

UE Departamento de Química e Instituto de Ciências Agrárias Mediterrânicas Júlio Morais

UE Departamento de Química e Instituto de Ciências Agrárias Mediterrânicas Júlio Morais UE Departamento de Química e Instituto de Ciências Agrárias Mediterrânicas Júlio Morais O valor do ph FALAMOS DE QUÊ, QUANDO NOS REFERIMOS AO ph? Assim mesmo, com p minúsculo e H maiúsculo, ph designa

Leia mais

Para facilitar o estudo da Química, as substâncias são divididas em grupos, chamados de funções químicas!!!!

Para facilitar o estudo da Química, as substâncias são divididas em grupos, chamados de funções químicas!!!! Para facilitar o estudo da Química, as substâncias são divididas em grupos, chamados de funções químicas!!!! As principais funções inorgânicas são: ácidos, bases, sais e óxidos. Ácidos Uma características

Leia mais

3213-0597 / 3243-1739 www.cursofiq.com.br

3213-0597 / 3243-1739 www.cursofiq.com.br 3213-0597 / 3243-1739 www.cursofiq.com.br Profª Helena Bonaparte Soluções : Concentração, diluição, misturas e neutralização. Unidades de concentração das soluções De acordo com a IUPAC, a quantidade de

Leia mais

A resposta correta deve ser a letra B.

A resposta correta deve ser a letra B. ITA - 1999 1- (ITA-99) Assinale a opção CORRETA em relação à comparação das temperaturas de ebulição dos seguintes pares de substâncias: a) Éter dimetílico > etanol; Propanona > ácido etanóico; Naftaleno

Leia mais

PROCESSO SELETIVO 2006 QUESTÕES OBJETIVAS

PROCESSO SELETIVO 2006 QUESTÕES OBJETIVAS 3 PROCESSO SELETIVO 2006 QUESTÕES OBJETIVAS QUÍMICA 01 - O dispositivo de segurança que conhecemos como air-bag utiliza como principal reagente para fornecer o gás N 2 (massa molar igual a 28 g mol -1

Leia mais

5. (Fuvest) A 250 C, a constante de equilíbrio de dimerização do ciclopentadieno é 2,7(mol/L).

5. (Fuvest) A 250 C, a constante de equilíbrio de dimerização do ciclopentadieno é 2,7(mol/L). 1. (Ita) Determine a massa de hidróxido de potássio que deve ser dissolvida em 0,500 ml de água para que a solução resultante tenha um ph 13 a 25 C. 2. (Fuvest) Para remover uma mancha de um prato de porcelana

Leia mais

Composição média por litro: Calorias: 651 kcal Cálcio: 1160 mg Vitamina B1: 1,7 mg Carboidratos: 45 g Proteínas: 31,7 g

Composição média por litro: Calorias: 651 kcal Cálcio: 1160 mg Vitamina B1: 1,7 mg Carboidratos: 45 g Proteínas: 31,7 g MOLARIDADE Para que haja uma aula o professor primeiramente necessita optar pela área que irá trabalhar e em seguida escolher o tema. Até aqui nada de novo. Isto acontece com todos os professores não importando

Leia mais

QUÍMICA - 3 o ANO MÓDULO 13 SAIS

QUÍMICA - 3 o ANO MÓDULO 13 SAIS QUÍMICA - 3 o ANO MÓDULO 13 SAIS Ácido ídrico eto oso ito ico ato Sal nome do ácido de origem eto ito ato nome do cátion da base de origem +y B x +x A y Como pode cair no enem O etanol é considerado um

Leia mais

química 2 Questão 37 Questão 38 Questão 39 alternativa C na alternativa B. Sabendo-se que a amônia (NH 3)

química 2 Questão 37 Questão 38 Questão 39 alternativa C na alternativa B. Sabendo-se que a amônia (NH 3) química 2 Questão 37 Questão 38 abendo-se que a amônia (N 3) é constituída por moléculas polares e apresenta boa solubilidade em água. o diclorometano (2 2) não possui isômeros. ua molécula apresenta polaridade,

Leia mais

Prof. Jair Alberto. Funções Inorgânicas. Prof. Busato. Química

Prof. Jair Alberto. Funções Inorgânicas. Prof. Busato. Química Prof. Jair Alberto Funções Inorgânicas Funções químicas Função química corresponde a um conjunto de substâncias que apresentam propriedades químicas semelhantes. As substâncias inorgânicas podem ser classificadas

Leia mais

QUESTÃO 01 Analise este gráfico, em que se mostra o resultado de um experimento de decomposição térmica de uma substância orgânica:

QUESTÃO 01 Analise este gráfico, em que se mostra o resultado de um experimento de decomposição térmica de uma substância orgânica: QUESTÃO 01 Analise este gráfico, em que se mostra o resultado de um experimento de decomposição térmica de uma substância orgânica: 1. Considere que, durante esse experimento, a diminuição de massa se

Leia mais

EXAME QUALIFICAÇÃO UERJ 2015. MATERIAL RETIRADO DO SITE: http://www.revista.vestibular.uerj.br/

EXAME QUALIFICAÇÃO UERJ 2015. MATERIAL RETIRADO DO SITE: http://www.revista.vestibular.uerj.br/ EXAME QUALIFICAÇÃO UERJ 2015 MATERIAL RETIRADO DO SITE: http://www.revista.vestibular.uerj.br/ 01. Observe na tabela a distribuição percentual dos principais elementos químicos cujos átomos, combinados,

Leia mais

Funções Inorgânicas. Base Peróxido Básico

Funções Inorgânicas. Base Peróxido Básico PROFESSOR: EQUIPE DE QUÍMICA BANCO DE QUESTÕES - QUÍMICA ORGÂNICA - 1ª SÉRIE - ENSINO MÉDIO - PARTE 4 ============================================================================================= Funções

Leia mais

TRATAMENTO DA ÁGUA. Professora: Raquel Malta Química 3ª série - Ensino Médio

TRATAMENTO DA ÁGUA. Professora: Raquel Malta Química 3ª série - Ensino Médio TRATAMENTO DA ÁGUA Professora: Raquel Malta Química 3ª série - Ensino Médio Água poluída: água inadequada para beber ou para fazer nossa higiene. Diversas substâncias naturalmente presentes na água são

Leia mais

MASSA ATÔMICA. 1u corresponde a 1,66.10-24 g, que equivale aproximadamente à massa de um próton ou de um nêutron.

MASSA ATÔMICA. 1u corresponde a 1,66.10-24 g, que equivale aproximadamente à massa de um próton ou de um nêutron. Cálculos Químicos MASSA ATÔMICA Na convenção da IUPAC (União Internacional de Química Pura e Aplicada) realizada em 1961, adotou-se como unidade padrão para massa atômica o equivalente a 1/12 da massa

Leia mais

Físico-Química Experimental I Bacharelado em Química Engenharia Química

Físico-Química Experimental I Bacharelado em Química Engenharia Química Físico-Química Experimental I Bacharelado em Química Engenharia Química Prof. Dr. Sergio Pilling Prática 2 Soluções & Titulação Condutométrica. Revisão sobre preparação de soluções (concentração, molaridade,

Leia mais

Em 1908, N. Bjerrum, em sua tese

Em 1908, N. Bjerrum, em sua tese EXPERIMENTAÇÃO NO ENSINO DE QUÍMICA Orlando Fatibello-Filho Lúcia Daniela Wolf Mônica Helena M.T. Assumpção e Oldair D. Leite Neste artigo é proposto um experimento simples realizado com material de fácil

Leia mais

BASES. 01) Equacione a reação de dissociação das seguintes bases: a) KOH b) Ba(OH) 2 c) Fe(OH) 3 d) Pb(OH) 4

BASES. 01) Equacione a reação de dissociação das seguintes bases: a) KOH b) Ba(OH) 2 c) Fe(OH) 3 d) Pb(OH) 4 BASES 01) Equacione a reação de dissociação das seguintes bases: a) KOH b) Ba(OH) 2 c) Fe(OH) 3 d) Pb(OH) 4 02) Classifique as bases contidas na tabela abaixo: Ácidos Qto ao nº de OH Qto a solubilidade

Leia mais

ROTEIRO DE ESTUDOS DE QUÍMICA 1 etapa/14 2 Série Ensino Médio

ROTEIRO DE ESTUDOS DE QUÍMICA 1 etapa/14 2 Série Ensino Médio ROTEIRO DE ESTUDOS DE QUÍMICA 1 etapa/14 2 Série Ensino Médio Aluno (a): Turma n Mol Massa de átomos molécula, íons, mol e determinação de fórmula química Aspectos quantitativos das reações químicas. Relações

Leia mais

MECANISMOS BÁSICOS DE CORROSÃO

MECANISMOS BÁSICOS DE CORROSÃO Centro Universitário de Brasília Disciplina: Química Tecnológica Geral Professor: Edil Reis MECANISMOS BÁSICOS DE CORROSÃO No estudo dos processos corrosivos devem ser sempre consideradas as variáveis

Leia mais

Propriedades coligativas

Propriedades coligativas Química Aula de Revisão 9 3 os anos Décio ago/09 Nome: Nº: Turma: Propriedades coligativas Objetivo O objetivo dessa ficha é dar continuidade à revisão do 3º ano Química, dos assuntos mais significativos.

Leia mais

Revisão: Química inorgânica Soluções aquosas

Revisão: Química inorgânica Soluções aquosas QUÍMICA è Revisão: Química inorgânica Hidróxidos fortes família 1A e 2A (exceto Ca e Mg) Ácidos fortes nº de oxigênios nº de hidrogênios > 2, principalmente nítrico (HNO 3 ), clorídrico (HCl) e sulfúrico

Leia mais

BASES NOMENCLATURA INDICADORES ÁCIDO-BASE

BASES NOMENCLATURA INDICADORES ÁCIDO-BASE BASES NOMENCLATURA INDICADORES ÁCIDO-BASE 1.NOMENCLATURA DAS BASES Para cátions que formam uma única base: Principais cátions com suas respectivas valências: Os cátions que formam uma única base são: metais

Leia mais

UNESP- 2013- Vestibular de Inverno

UNESP- 2013- Vestibular de Inverno UNESP- 2013- Vestibular de Inverno 1-Compostos de crômio têm aplicação em muitos processos industriais, como, por exemplo, o tratamento de couro em curtumes e a fabricação de tintas e pigmentos. Os resíduos

Leia mais

Ácidos e bases. Aula 8 Ácidos e Bases / ph. Par ácido-base conjugado. Ácidos e bases

Ácidos e bases. Aula 8 Ácidos e Bases / ph. Par ácido-base conjugado. Ácidos e bases Aula 8 Ácidos e Bases / ph Prof. Ricardo Aparicio - IQ/Unicamp - 1s/2009 QG107 (Biologia) - 1s/2009 Definição de Brønsted-Lowry (1923) definição mais abrangente que a de Arrhenius ácidos e bases = ácidos

Leia mais

EQUILÍBRIO QUÍMICO 1

EQUILÍBRIO QUÍMICO 1 EQUILÍBRIO QUÍMICO 1 1- Introdução Uma reação química é composta de duas partes separadas por uma flecha, a qual indica o sentido da reação. As espécies químicas denominadas como reagentes ficam à esquerda

Leia mais

QUI 326 Primeira lista de exercícios 1/2013

QUI 326 Primeira lista de exercícios 1/2013 Exercícios de revisão QUI 326 Primeira lista de exercícios 1/2013 1) Balanceie as equações abaixo: a) Cu + HNO 3 Cu (NO 3 ) 2 + NO +H 2 O b) CrO 3 + SnCl 2 + HCl CrCl 3 + SnCl 4 + H 2 O c) PbO 2 + HCl

Leia mais

COLÉGIO NOSSA SENHORA DE LOURDES 2ª SÉRIE Ensino Médio -2015. Roteiro de estudos para recuperação trimestral

COLÉGIO NOSSA SENHORA DE LOURDES 2ª SÉRIE Ensino Médio -2015. Roteiro de estudos para recuperação trimestral COLÉGIO NOSSA SENHORA DE LOURDES 2ª SÉRIE Ensino Médio -2015 Disciplina: Professor (a): QUÍMICA LUÍS FERNANDO Roteiro de estudos para recuperação trimestral Conteúdo: Referência para estudo: Sites recomendados:

Leia mais

Especial Específicas UNICAMP

Especial Específicas UNICAMP Especial Específicas UNICAMP Material de Apoio para Monitoria 1. Hoje em dia, com o rádio, o computador e o telefone celular, a comunicação entre pessoas à distância é algo quase que banalizado. No entanto,

Leia mais

A limpeza de pisos de mármore normalmente é feita com solução de ácido clorídrico comercial (ácido muriático).

A limpeza de pisos de mármore normalmente é feita com solução de ácido clorídrico comercial (ácido muriático). 61 b A limpeza de pisos de mármore normalmente é feita com solução de ácido clorídrico comercial (ácido muriático). Essa solução ácida ataca o mármore, desprendendo gás carbônico, segundo a reação descrita

Leia mais

Funções Inorgânicas. Letícia R. Teixeira. Este documento tem nível de compartilhamento de acordo com a licença 3.0 do Creative Commons.

Funções Inorgânicas. Letícia R. Teixeira. Este documento tem nível de compartilhamento de acordo com a licença 3.0 do Creative Commons. Letícia R. Teixeira Este documento tem nível de compartilhamento de acordo com a licença 3.0 do Creative Commons. http://creativecommons.org.br http://creativecommons.org/licenses/by-sa/3.0/br/legalcode

Leia mais

FUNÇÕES INORGÂNICAS. Ácido, Base, Sal e Óxido. Professora: Wellington Dias

FUNÇÕES INORGÂNICAS. Ácido, Base, Sal e Óxido. Professora: Wellington Dias FUNÇÕES INORGÂNICAS Ácido, Base, Sal e Óxido Professora: Wellington Dias Funções químicas Função química corresponde a um conjunto de substâncias que apresentam propriedades químicas semelhantes. As substâncias

Leia mais

Equilíbrio iônico K w. /ph e poh. Equilíbrio Iônico I. Conceito de ph e poh. Equilíbrio iônico na água. Série. Ensino. Pré-Universitário Professor(a)

Equilíbrio iônico K w. /ph e poh. Equilíbrio Iônico I. Conceito de ph e poh. Equilíbrio iônico na água. Série. Ensino. Pré-Universitário Professor(a) Série Rumo ao ITA Nº 05 Ensino Pré-Universitário Professor(a) Aluno(a) Antonino Fontenelle Sede Nº TC Turma Turno Data / / Química Equilíbrio Iônico I Equilíbrio iônico K w /ph e poh Equilíbrio iônico

Leia mais

Química em Solventes não Aquosos. Prof. Fernando R. Xavier

Química em Solventes não Aquosos. Prof. Fernando R. Xavier Química em Solventes não Aquosos Prof. Fernando R. Xavier UDESC 2013 Reações químicas podem acontecer em cada uma das fases ordinárias da matéria (gasosa, líquida ou sólida). Exemplos: Grande parte das

Leia mais

UNIVERSIDADE ABERTA DO BRASIL UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAIBA - UFPB VIRTUAL LICENCIATURA EM CIÊNCIAS BIOLÓGICAS A DISTÂNCIA

UNIVERSIDADE ABERTA DO BRASIL UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAIBA - UFPB VIRTUAL LICENCIATURA EM CIÊNCIAS BIOLÓGICAS A DISTÂNCIA UNIVERSIDADE ABERTA DO BRASIL UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAIBA - UFPB VIRTUAL LICENCIATURA EM CIÊNCIAS BIOLÓGICAS A DISTÂNCIA DISCIPLINA BIOQUÍMICA ESTRUTURAL Ministrante: Prof. Dr. Carlos Alberto de Almeida

Leia mais

UNICAMP - 2006. 2ª Fase QUÍMICA BERNOULLI COLÉGIO E PRÉ-VESTIBULAR

UNICAMP - 2006. 2ª Fase QUÍMICA BERNOULLI COLÉGIO E PRÉ-VESTIBULAR UNICAMP - 2006 2ª Fase QUÍMICA BERNOULLI COLÉGIO E PRÉ-VESTIBULAR Química Questão 01 O medicamento dissulfiram, cuja fórmula estrutural está representada a seguir, tem grande importância terapêutica e

Leia mais

ELETROQUÍMICA (Parte II)

ELETROQUÍMICA (Parte II) ELETROQUÍMICA (Parte II) I ELETRÓLISE A eletrólise é um processo de oxirredução não espontâneo, em que a passagem da corrente elétrica em uma solução eletrolítica (solução com íons), produz reações químicas.

Leia mais

RELATÓRIO DAS ACTIVIDADES LABORATORIAIS

RELATÓRIO DAS ACTIVIDADES LABORATORIAIS RELATÓRIO DAS ACTIVIDADES LABORATORIAIS NOME DA ACTIVIDADE LABORATORIAL 1.4. - Determinação de Ca²+ e Mg²+ em alimentos por formação de complexos OBJECTIVOS Pretende- se com esta actividade determinar

Leia mais

PROPRIEDADES COLIGATIVAS

PROPRIEDADES COLIGATIVAS PROPRIEDADES COLIGATIVAS 1) Qual das seguintes soluções aquosas apresenta maior ponto de ebulição? A) uréia 2,0 molar. B) glicose 1,5 molar. C) NaCl 1,5 molar. D) CH 3 COOH 1,0 molar. E) sacarose 2,5 molar.

Leia mais

Aluno(a): Instituição de Ensino: Município: Coordenador da Instituição de Ensino: ATENÇÃO: O DESENVOLVIMENTO TEÓRICO DAS QUESTÕES É OBRIGATÓRIO

Aluno(a): Instituição de Ensino: Município: Coordenador da Instituição de Ensino: ATENÇÃO: O DESENVOLVIMENTO TEÓRICO DAS QUESTÕES É OBRIGATÓRIO IX Olimpíada Capixaba de Química 2011 Prova do Grupo I 1 a série do ensino médio Fase 01 Aluno(a): Instituição de Ensino: Município: Coordenador da Instituição de Ensino: ATENÇÃO: O DESENVOLVIMENTO TEÓRICO

Leia mais

Polaridade de moléculas

Polaridade de moléculas Polaridade de moléculas 01. (Ufscar) É molécula polar: a) C 2 H 6. b) 1,2-dicloroetano. c) CH 3 Cl. d) p-diclorobenzeno. e) ciclopropano. 02. (Mackenzie) As fórmulas eletrônicas 1, 2 e 3 a seguir, representam,

Leia mais

Professor Carlos Exercícios de ph e poh

Professor Carlos Exercícios de ph e poh 11183. (Ufrj 99) "Piero Volpi, o médico do lnternazionale de Milão, afirmou ontem, em depoimento perante o promotor Raffaele Guariniello, de Turim, que Ronaldinho pode ter sofrido uma crise convulsiva

Leia mais

QUESTÕES DE QUÍMICA DA UNICAMP PROVA DE 2014.

QUESTÕES DE QUÍMICA DA UNICAMP PROVA DE 2014. QUESTÕES DE QUÍMICA DA UNICAMP PROVA DE 2014. 1- Prazeres, benefícios, malefícios, lucros cercam o mundo dos refrigerantes. Recentemente, um grande fabricante nacional anunciou que havia reduzido em 13

Leia mais

REAÇÕES DE NEUTRALIZAÇÃO TOTAL

REAÇÕES DE NEUTRALIZAÇÃO TOTAL REAÇÕES DE NEUTRALIZAÇÃO TOTAL Reação da salificação com neutralização total do ácido e da base Todos os H + ionizáveis do ácido e todos os OH - da base são neutralizados. Nessa reação, forma-se um sal

Leia mais

Exercícios sobre ConcentraÇões das soluções - Parte 2

Exercícios sobre ConcentraÇões das soluções - Parte 2 Exercícios sobre ConcentraÇões das soluções - Parte 2 01. (Fatec) Caso sejam acrescentados 3,0 g de bicarbonato de sódio a 50 ml de HCl 0,25 mol/l, a massa desse sal que deve SOBRAR SEM REAGIR será próxima

Leia mais

VI OLIMPÍADA BAIANA DE QUÍMICA 2011

VI OLIMPÍADA BAIANA DE QUÍMICA 2011 VI OLIMPÍADA BAIANA DE QUÍMICA 2011 RESPONDA AS QUESTÕES DE 1 a 30, MARCANDO UMA DAS ALTERNATIVAS DE ACORDO COM O QUE SE PEDE QUESTÃO 1 Peso 2 A dissolução do cloreto de amônio, NH 4 Cl(s), em água ocorre

Leia mais

Química. Resolução das atividades complementares. Q53 Ácidos de Arrhenius

Química. Resolução das atividades complementares. Q53 Ácidos de Arrhenius Resolução das atividades complementares 4 Química Q53 Ácidos de Arrhenius p 35 1 (UFRGS-RS) Admitindo-se 100% de ionização para o ácido clorídrico em solução diluída, pode-se afirmar que essa solução não

Leia mais

Química. Resolução das atividades complementares. Q9 Diluição e concentração

Química. Resolução das atividades complementares. Q9 Diluição e concentração Resolução das atividades complementares 1 Química Q9 Diluição e concentração p. 45 1 (UFSM-RS) A soda cáustica (NaOH) é uma das bases mais usadas pela indústria química na preparação de compostos orgânicos,

Leia mais

LISTA COMPLEMENTAR DE EXERCÍCIOS. Ensino Médio 3º ano. Cinética Química Equilíbrio Químico Equilíbrio Iônico

LISTA COMPLEMENTAR DE EXERCÍCIOS. Ensino Médio 3º ano. Cinética Química Equilíbrio Químico Equilíbrio Iônico LISTA COMPLEMENTAR DE EXERCÍCIOS Ensino Médio 3º ano Cinética Química Equilíbrio Químico Equilíbrio Iônico Prof. Ricardo Finkler 2011 1) A velocidade de uma reação química depende: I. Do número de colisões

Leia mais

Tópico Especial ITA CORES DE COMPOSTOS

Tópico Especial ITA CORES DE COMPOSTOS Autor: Eurico Dias (eurico@gmail.com) Professor de Química e Matemática, Membro Fundador do Projeto Futuro Militar e Projeto Medicina, Colaborador do Projeto Rumo ao ITA. Ex-aluno do ITA (Turma 06) Tópico

Leia mais

PORTAL DE ESTUDOS EM QUÍMICA PROF. PAULO CESAR (www.profpc.com.br) SAIS. 01) Defina reação de neutralização e como pode ser representada?

PORTAL DE ESTUDOS EM QUÍMICA PROF. PAULO CESAR (www.profpc.com.br) SAIS. 01) Defina reação de neutralização e como pode ser representada? SAIS 01) Defina reação de neutralização e como pode ser representada? 02) Explique formação de um sal e como é representada a equação de sua formação? 03) Qual o conceito teórico de sal segundo Arrhenius?

Leia mais

IONIZAÇÃO DOS ÁCIDOS NOMENCLATURA DOS ÂNIONS

IONIZAÇÃO DOS ÁCIDOS NOMENCLATURA DOS ÂNIONS IONIZAÇÃO DOS ÁCIDOS NOMENCLATURA DOS ÂNIONS EXERCÍCIOS DE APLICAÇÃO 01 Escrever a equação de ionização (total) dos ácidos abaixo em solução aquosa, nomeando seu respectivo ânion. a) HCl b) HBrO 3 c) H

Leia mais

Zona de Transição. Azul de Timol (A) (faixa ácida) 1,2 2,8 Vermelho Amarelo. Tropeolina OO (B) 1,3 3,2 Vermelho Amarelo

Zona de Transição. Azul de Timol (A) (faixa ácida) 1,2 2,8 Vermelho Amarelo. Tropeolina OO (B) 1,3 3,2 Vermelho Amarelo ALGUNS EXERCÍCIOS SÃO DE AUTORIA PRÓPRIA. OS DEMAIS SÃO ADAPTADOS DE LIVROS CITADOS ABAIXO. Indicador Zona de Transição Cor Ácida Cor Básica Azul de Timol (A) (faixa ácida) 1,2 2,8 Vermelho Amarelo Tropeolina

Leia mais