Após o fim das atividades letivas, apresentamos os programas para a Ocupação dos Tempos Livres, para os meses de junho e julho.

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Após o fim das atividades letivas, apresentamos os programas para a Ocupação dos Tempos Livres, para os meses de junho e julho."

Transcrição

1 O T L Ocupação de Tempos Livres COLÉGIO MARISTA DE CARCAVELOS junho / julho 2015 Após o fim das atividades letivas, apresentamos os programas para a Ocupação dos Tempos Livres, para os meses de junho e julho. Os programas dos OTL s foram organizados e pensados de acordo com o projeto educativo da escola e centrados no princípio da educação integral do aluno, aliando o desporto à cultura e às atividades lúdicas, não esquecendo a formação pedagógica. É conveniente a leitura de todo o regulamento que lhe apresentamos nas páginas seguintes, assim como das atividades programadas. Chamamos a sua atenção para o facto de poderem ocorrer alterações ao programa. O cumprimento dos prazos de inscrição é importante para uma eficaz organização das atividades, salvaguardando os interesses de todos. O colégio apresenta-se como responsável pela organização, desenvolvimento e supervisão das atividades. O responsável pelo programa é a empresa Despertar Conceitos. O professor Nuno Lacerda e a professora Marta Gisela, encontram-se à disposição de todos os encarregados de educação para esclarecer quaisquer dúvidas ou para receber todas as sugestões que considerem importantes, através do

2 Regulamento Capítulo I - Inscrições 1. As atividades dos OTL s/ 2015 terão início no dia 15 de junho e terminarão a 24 de julho. 2. Os interessados deverão inscrever-se na secretaria do colégio até ao dia 5 de junho. Após este prazo, à inscrição nos OTL s acresce 20 euros/programa, ficando a frequência do mesmo sujeita a vaga. 3. Os programas estão organizados por quinzena: 1ª Quinzena (1ª e 2ª semanas) de 15 de junho a 26 de junho; 2ª Quinzena (3ª e 4ª semanas) de 29 de junho a 10 de julho; 3 Quinzena (5ª e 6ª semanas) de 13 de julho a 24 de julho; 4. Os interessados poderão inscrever-se por quinzena e, em casos excecionais, por semana. Caso o(a) encarregado(a) de educação pretenda que o seu educando frequente os OTL s à semana, deverá expor o motivo, por escrito, aos responsáveis pela programação da colónia, ficando o pedido sujeito à aprovação dos mesmos. 5. Todos os custos inerentes à concretização das atividades e o seguro, estão incluídos no montante da inscrição à exceção da alimentação, do transporte casa/colégio e colégio/casa e do prolongamento após as 18 horas. 6. No ato de inscrição o(a) encarregado(a) de educação deverá assinalar na ficha de inscrição se opta pela alimentação fornecida pelo colégio ou se opta por trazer a mesma de casa. A primeira opção implica o pagamento de um valor adicional, conforme estipulado no preçário do colégio e especificado na ficha de inscrição. 7. O prolongamento para além das 18 horas, para os alunos do colégio e externos, implicará o pagamento de um suplemento, conforme estipulado no preçário do colégio. 8. A requisição do serviço de transporte casa/colégio e colégio/casa, para os alunos do colégio e externos, deverá ser feita na secretaria não sendo da responsabilidade direta dos responsáveis pelo programa dos OTL s. 9. Por motivos de organização, não será reembolsado o valor correspondente aos dias de falta do aluno. 10. O pagamento das atividades de OTL s poderá ser feito na totalidade do valor, ou então de forma parcial, aquando da inscrição, e até à sexta-feira anterior à realização da quinzena. 11. Os alunos encontram-se abrangidos por um seguro específico. Os alunos externos ao colégio terão de pagar o seguro escolar acrescido ao valor da inscrição. 12. É obrigatório o preenchimento e a entrega da ficha de inscrição na secretaria, para formalizar a inscrição dos(as) alunos(as) nos OTL s/2015. No momento da inscrição, o(a) encarregado(a) de educação deve proceder à entrega de uma fotocópia do cartão de cidadão ou do bilhete de identidade e do cartão de utente do seu educando. 13. No ato da inscrição, os pais deverão informar e escrever na respetiva ficha todos os cuidados a ter com os seus educandos, tais como alergias e doenças que inspirem cuidados diferenciados (asma, irritações de pele, ). 14. A necessidade de adaptar cada programa ao número de alunos inscritos poderá obrigar à introdução de algumas alterações. Respeitar-se-á, porém, a natureza e o espírito das atividades programadas.

3 15. Os encarregados de educação devem consultar, a partir do dia 10 de junho, as informações detalhadas sobre os programas, ementas e listas de frequência dos OTL s, afixadas no placar do 1º ciclo e junto da secretaria. Caso o aluno não conste das referidas listas deverá contactar os responsáveis pelos OTL s. 16. Os OTL S só funcionarão com um número mínimo de 30 inscrições. Capítulo II - Funcionamento 17. O horário das atividades deverá ser respeitado. 18. A receção dos alunos será feita pelos responsáveis dos OTL s a partir das 8h30m, sempre dentro das instalações do colégio. No entanto, a partir das 7h30, o colégio disponibiliza uma vigilante para receber os alunos, junto do 1º ciclo. 19. O regresso das atividades que decorrem às sextas-feiras está previsto para as 17h00m. 20. As atividades programadas terminam às 17h00m, exceto em situações previamente combinadas. Após este horário os alunos ficarão com as vigilantes do colégio. 21. Os pais devem informar os responsáveis sobre medicamentos que as crianças estão a tomar. Os medicamentos devem estar devidamente identificados. 22. A criança que na véspera ou no próprio dia estiver com transtornos intestinais, otites, amigdalites ou outras doenças, não poderá frequentar os OTL s, sob risco de piorar o seu estado de saúde. 23. Nos dias em que houver modalidades desportivas, as crianças deverão apresentar-se com ténis calçados e, se possível, trazer mais um par de meias e uma t-shirt suplementar. Capítulo III - Direitos e Deveres 24. Os direitos e deveres estabelecidos no regulamento interno são aplicados a todos os alunos que frequentam os OTL s. 25. Os alunos deverão respeitar todas as orientações dos professores e monitores. 26. Os alunos deverão apresentar-se no colégio, todos os dias, pontualmente, até às 8h45m, à exceção do programa de praia/ surf/ bodyboard/ skimming/paddle. Nos dias destinados a esta atividade, os alunos devem apresentar-se na sede do Surfing Clube de Portugal (Praia de S. Pedro). 27. Os alunos terão de usar sempre t-shirt dos OTL s (ou t-shirt desportiva do colégio) e boné do colégio devendo trazer os seus haveres devidamente identificados. 28. Os alunos do 1º ciclo terão de usar o fato de banho do colégio (à venda no colégio). 29. É obrigatório o uso de protetor solar sempre que estiverem programadas atividades que tenham muita exposição solar (a primeira camada de protetor deverá ser aplicada em casa). 30. Nos dias em que as atividades incluam praia ou piscina os alunos deverão trazer uma mochila com toalha, sandálias/chinelos, uma muda de roupa completa, protetor solar e touca (fato de banho do colégio para os alunos do 1º ciclo). 31. A direção do colégio não se responsabiliza pela perda de qualquer objeto de valor (jogos eletrónicos, aparelhos de áudio, telemóveis, etc.). 32. Os alunos deverão participar em todas as atividades programadas. Quando, por algum motivo não o puderem fazer, o(a) encarregado(a) de educação deverá comunicar esse facto ao responsável de grupo.

4 Capítulo IV - Medidas disciplinares OTL S MARISTAS Aplicam-se a todos os alunos que frequentam os OTL s as normas e procedimentos disciplinares estabelecidos no regulamento interno. Capítulo V - Disposições finais 34. As situações não previstas neste regulamento serão objeto de análise por parte da coordenação dos OTL`S e por parte da direção do colégio. PROGRAMA 1ª QUINZENA - ESTÁGIO DE FUTEBOL 15 TERÇA 16 QUARTA APRESENTAÇÃO / JOGOS LÚDICOS FUTEBOL TREINO DRIBLE/DESARME / CONTENÇÃO FUTEBOL TREINO PASSE/RECEPÇÃO / COBERTURA DEFENSIVA TREINO TORNEIO TORNEIO INTER- JOGOS DE FINALIZAÇÃO DE SKILLS GRUPOS ÁGUA CAÇA AO TESOURO 22 PROGRAMA 1ª QUINZENA - ESTÁGIO DE FUTEBOL TERÇA QUARTA TORNEIO DE TREINO FUTEBOL PENALTIES / FUTEBOL CONDUÇÃO BOLA BATALHA DE / PROGRESSÃO GUARDA-REDES JOGO FORMAL TORNEIO JOGO ESCOLA DE PROJEÇÃO VÍDEO INTER-GRUPOS FUTEBOL FUTEBOL

5 15 PROGRAMA 1ª QUINZENA MULTI TERÇA 16 QUARTA PROGRAMA 1ª QUINZENA / BODYBOARD/ SKIMMING/ * 15 TERÇA* QUARTA* * 19 APRESENTAÇÃO JOGOS DE JOGOS LÚDICOS GRUPO/ / / WORKSHOP WORKSHOP WORKSHOP CIRCENSES JOGOS DE CAÇA AO CIRCENSES CIRCENSES DE ÁGUA MAGIA MALABARISMO TESOURO BALONISMO BODYBOARD/ BODYBOARD/ BODYBOARD/ JOGOS DE BODYBOARD/ SKIMMING/ SKIMMING/ SKIMMING/ ÁGUA SKIMMING/ *ENTREGA DOS ALUNOS A PARTIR DAS 8H30 NA DE S. PEDRO (SEDE DO SURFING CLUBE DE *RECOLHA DOS ALUNOS ATÉ ÀS 17H00 NA DE S. PEDRO (SEDE DO SURFING CLUBE DE 22 PROGRAMA 1ª QUINZENA MULTI TERÇA 23 QUARTA / JOGOS WORKSHOP TRADICIONAIS PROJEÇÃO CIRCENSES CIRCENSES CIRCENSES DE UM DE MAGIA MALABARISMO FILME BALONISMO PROGRAMA 1ª QUINZENA / BODYBOARD/ SKIMMING/ * 22 TERÇA* QUARTA* * BODYBOARD/ BODYBOARD/ BODYBOARD/ BODYBOARD/ SKIMMING/ SKIMMING/ SKIMMING/ SKIMMING/ *ENTREGA DOS ALUNOS A PARTIR DAS 8H30 NA DE S. PEDRO (SEDE DO SURFING CLUBE DE *RECOLHA DOS ALUNOS ATÉ ÀS 17H00 NA DE S. PEDRO (SEDE DO SURFING CLUBE DE

6 PROGRAMA - 2ª QUINZENA - 29 DE JUNHO A 10 DE JULHO DE TERÇA 30 QUARTA DINÂMICAS DE GRUPO / DE / WORKSHOP CASCAIS WORKSHOP JOGOS DE ÁGUA PARQUE EXP. PLÁSTICA EXP. PLÁSTICA PROJEÇÃO DE MARECHAL GRUPO 1 GRUPO 2 UM FILME / CAÇA AO CARMONA JOGOS DE TESOURO (JOGOS CIRCENSES CIRCENSES GRUPO TRADICIONAIS) GRUPO 2 GRUPO 1 PROGRAMA - 2ª QUINZENA - 29 DE JUNHO A 10 DE JULHO DE * TERÇA 30* QUARTA 1* 2 3* CANOAGEM/ DE CASCAIS BODYBOARD/ BODYBOARD/ BODYBOARD/ CASCAIS BODYBOARD/ SKIMMING/ SKIMMING/ SKIMMING/ (MUSEUS) SKIMMING/ *ENTREGA DOS ALUNOS A PARTIR DAS 8H30 NA DE S. PEDRO (SEDE DO SURFING CLUBE DE *RECOLHA DOS ALUNOS ATÉ ÀS 17H00 NA DE S. PEDRO (SEDE DO SURFING CLUBE DE PROGRAMA - 2ª QUINZENA - 29 DE JUNHO A 10 DE JULHO DE TERÇA 7 QUARTA JOGOS DE COOPERAÇÃO JOGOS / WORKSHOP OLIMPÍCOS / WORKSHOP EXP. PLÁSTICA EXP. PLÁSTICA DA GRUPO 1 JOGOS DE GRUPO 2 ALAGOA ÁGUA CIRCENSES GRUPO 2 CIRCENSES GRUPO 1 PROGRAMA - 2ª QUINZENA - 29 DE JUNHO A 10 DE JULHO DE * TERÇA 7* QUARTA 8 9* 10 BODYBOARD/ BODYBOARD/ BODYBOARD/ JOGOS DE ÁGUA SKIMMING/ SKIMMING/ SKIMMING/ *ENTREGA DOS ALUNOS A PARTIR DAS 8H30 NA DE S. PEDRO (SEDE DO SURFING CLUBE DE *RECOLHA DOS ALUNOS ATÉ ÀS 17H00 NA DE S. PEDRO (SEDE DO SURFING CLUBE DE

7 PROGRAMA ÚNICO - 3ª QUINZENA - 13 DE JULHO A 24 DE JULHO DE TERÇA 14 QUARTA SAÍDA MAFRA JOGOS OLÍMPICOS FOTO PAPER JOGOS DE ÁGUA JOGOS TRADICIONAIS SAÍDA MAFRA PROGRAMA ÚNICO - 3ª QUINZENA - 13 DE JULHO A 24 DE JULHO DE TERÇA 21 QUARTA DA ALAGOA PROJEÇÃO CAÇA AO JOGOS DE DE UM FILME TESOURO (VAI E DE ROBÓTICA ÁGUA / JOGOS DE VEM) TABULEIRO

COLÉGIO MARISTA DE CARCAVELOS ANO LETIVO 2015/2016 OTL VERÃO 2016 TERÇA 14 QUARTA 15. Apresentação. Praia. Jogos de apresentação

COLÉGIO MARISTA DE CARCAVELOS ANO LETIVO 2015/2016 OTL VERÃO 2016 TERÇA 14 QUARTA 15. Apresentação. Praia. Jogos de apresentação COLÉGIO MARISTA DE CARCAVELOS ANO LETIVO 2015/2016 OTL VERÃO 2016 PROGRAMA DA 1ª QUINZENA 13 14 15 16 17 Receção Receção Receção Receção Apresentação Jogos de apresentação Quinta da Alagoa Parque desportivo

Leia mais

REGULAMENTO INTERNO BOSCH SUMMER CAMPUS VERÃO 2015

REGULAMENTO INTERNO BOSCH SUMMER CAMPUS VERÃO 2015 REGULAMENTO INTERNO BOSCH SUMMER CAMPUS VERÃO 2015 CAPITULO I NATUREZA, FINS E OBJETIVOS A empresa de consultoria e assessoria de eventos PORMENOR MÁGICO, com sede em Guimarães juntamente com a empresa

Leia mais

REGULAMENTO INTERNO 2012-2013

REGULAMENTO INTERNO 2012-2013 REGULAMENTO INTERNO 2012-2013 2 1. Admissão e lotação 1.1. O colégio admite crianças com idades entre os 4 meses e os 6 anos. 1.2. A lotação da creche (dos 4 meses aos 3 anos) é de 56 crianças distribuídas

Leia mais

Normas de Funcionamento do Projeto FÉRIAS ATIVAS OBJECTIVO E ÂMBITO DE APLICAÇÃO

Normas de Funcionamento do Projeto FÉRIAS ATIVAS OBJECTIVO E ÂMBITO DE APLICAÇÃO Normas de Funcionamento do Projeto FÉRIAS ATIVAS OBJECTIVO E ÂMBITO DE APLICAÇÃO As presentes Normas têm por objetivo regulamentar as questões de funcionamento das Atividades a realizar nos períodos de

Leia mais

0.3 Turnos de Colónias de Férias de Verão 2012

0.3 Turnos de Colónias de Férias de Verão 2012 INFORMAÇÃO DETALHADA O Campo de férias de Verão dos Pupilos é um programa de férias escolares, repleto de emoções e atividades lúdico-pedagógicas, para jovens entre os 6 e os 15 anos de idade. Temos sempre

Leia mais

ASSUNTO: CLUBE DE FÉRIAS 2013 DO QUEEN ELIZABETH'S SCHOOL

ASSUNTO: CLUBE DE FÉRIAS 2013 DO QUEEN ELIZABETH'S SCHOOL Exmos. Senhores Pais/Encarregados de Educação ASSUNTO: CLUBE DE FÉRIAS 2013 DO QUEEN ELIZABETH'S SCHOOL O ano letivo termina em 24 de junho, mas manter-se-á o Colégio aberto nos dias 25, 26, 27 e 28 de

Leia mais

Plano de Férias de Verão

Plano de Férias de Verão Plano de Férias de Verão 1ª Semana Heróis 15/6 16/6 17/6 5.ª Feira 18/6 19/6 Recepção às crianças Atelier de expressão plástica Cartoons Acampamento de Heróis 38 12h00/13h00 Almoço Almoço (Autocarro +

Leia mais

ACADEMIA PIONEIROS Férias

ACADEMIA PIONEIROS Férias sempre a mexer (regime OCUPAÇÃO ABERTA) Regulamento Interno Férias 2013 Art.º 1 - Informações Gerais 1. As Férias Academia decorrem nas instalações da Academia Pioneiros e seus parceiros, em regime fechado;

Leia mais

Regulamento Interno Academia Pioneiros

Regulamento Interno Academia Pioneiros Regulamento Interno Academia Pioneiros Art.º 1 - Informações Gerais 1. A Academia Pioneiros decorre nas suas próprias instalações, em regime fechado; 2. Cabe à Direção dos Pioneiros de Bragança Futsal

Leia mais

Normas de participação

Normas de participação Natal na desportiva Programa de ocupação de tempos livres Normas de participação I. Apresentação e objetivos 1. Entidade promotora e organizadora - município de Loures 1 a) O Programa de ocupação de tempos

Leia mais

REGULAMENTO INTERNO. Av. Costa Pinto, nº 440 2750-329 Cascais Tel: 21 482 15 21 Email: achupeta@sapo.pt

REGULAMENTO INTERNO. Av. Costa Pinto, nº 440 2750-329 Cascais Tel: 21 482 15 21 Email: achupeta@sapo.pt REGULAMENTO INTERNO Av. Costa Pinto, nº 440 2750-329 Cascais Tel: 21 482 15 21 Email: achupeta@sapo.pt OBJECTIVOS DA CHUPETA "Proporcionar o atendimento individualizado da criança num clima de segurança

Leia mais

CENTRO DE ESTUDO E DESPORTO

CENTRO DE ESTUDO E DESPORTO NOTA INTRODUTÓRIA Desde há muito que entendemos, no Clube de Ténis de Sassoeiros, que à formação académica dos nossos jovens deverá corresponder uma formação desportiva que contribua para o seu crescimento

Leia mais

REGULAMENTO DOS CAMPOS DE FÉRIAS DO MUNICÍPIO DE VILA POUCA DE AGUIAR

REGULAMENTO DOS CAMPOS DE FÉRIAS DO MUNICÍPIO DE VILA POUCA DE AGUIAR REGULAMENTO DOS CAMPOS DE FÉRIAS DO MUNICÍPIO DE VILA POUCA DE AGUIAR MUNICÍPIO DE REGULAMENTO DOS CAMPOS DE FÉRIAS ORGANIZADOS PELO MUNICÍPIO DE VILA POUCA DE AGUIAR PREÂMBULO A organização de campos

Leia mais

CENTRO DE FÉRIAS DESPORTIVAS DE VERÃO N OS MOCHOS

CENTRO DE FÉRIAS DESPORTIVAS DE VERÃO N OS MOCHOS CENTRO DE FÉRIAS DESPORTIVAS DE VERÃO N OS MOCHOS - 2015 - PROJETO DINAMIZADO PELA ASSOCIAÇÃO ACADÉMICA DE ESPINHO REGULAMENTO Espinho, 4 de Maio de 2015 INDICE 1. Entidade responsável pela organização

Leia mais

Nome Ano Turma Nº Idade Data de Nascimento Email

Nome Ano Turma Nº Idade Data de Nascimento Email CAMPOSDEFÉRIAS2015 CAMPOS DE FÉRIAS Nome Ano Turma Nº Idade Data de Nascimento Tel Email 15/6 22/6 29/6 06/7 13/7 20/7 KIDCAMPO STREETGYMN/ STREETDANCE MUSICENTRO FUTEBOL EQUITAÇÃO VOLEIBOL BASQUETEBOL

Leia mais

NORMAS DE FUNCIONAMENTO Aspetos organizativos

NORMAS DE FUNCIONAMENTO Aspetos organizativos As férias desportivas pretendem ser um espaço de Educar em Tempo Livre, através de atividades físicomotoras e expressivas. Estas atividades têm o propósito de possibilitar às crianças e jovens, durante

Leia mais

MUNICÍPIO DO BARREIRO ASSEMBLEIA MUNICIPAL

MUNICÍPIO DO BARREIRO ASSEMBLEIA MUNICIPAL MUNICÍPIO DO BARREIRO ASSEMBLEIA MUNICIPAL EDITAL Nº 11/10 - - - Frederico Fernandes Pereira, Presidente da Assembleia Municipal do Barreiro, torna pública que, por deliberação deste órgão autárquico na

Leia mais

Regulamento Interno das Componentes de Apoio à Família da AJEC. I. Funcionamento e Âmbito de Aplicação

Regulamento Interno das Componentes de Apoio à Família da AJEC. I. Funcionamento e Âmbito de Aplicação Regulamento Interno das Componentes de Apoio à Família da AJEC I. Funcionamento e Âmbito de Aplicação O presente Regulamento Interno tem por objetivo regulamentar o funcionamento do projeto Componente

Leia mais

GINÁSIO DA ATFCUL REGULAMENTO

GINÁSIO DA ATFCUL REGULAMENTO GINÁSIO DA ATFCUL REGULAMENTO A Associação de Trabalhadores da Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa (ATFCUL) coloca ao dispor de todos os associados a partir de Fevereiro 2016 um Ginásio para

Leia mais

ABERTAS AS INSCRIÇÕES PARA A COLONIA DE FÉRIAS DA UFAC

ABERTAS AS INSCRIÇÕES PARA A COLONIA DE FÉRIAS DA UFAC ABERTAS AS INSCRIÇÕES PARA A COLONIA DE FÉRIAS DA UFAC As atividades da Colônia de Férias da UFAC serão realizadas no período de 15 a 19 de julho de 2013, das 8h às 12h, e divididas por faixa etária em

Leia mais

REGIMENTO II FÉRIAS DESPORTIVAS 2015

REGIMENTO II FÉRIAS DESPORTIVAS 2015 REGIMENTO II FÉRIAS DESPORTIVAS 2015 PROJETO CONTINUAR SEMPRE A MEXER PROJETO NOVOS HORIZONTES 1 Capítulo I Disposições Gerais Artigo I Âmbito As normas definidas no presente Regimento Interno visam estabelecer

Leia mais

Regulamento Interno de Funcionamento da Creche 2014-2015

Regulamento Interno de Funcionamento da Creche 2014-2015 Regulamento Interno de Funcionamento da Creche 2014-2015 Capitulo I Disposições Gerais Norma I - Âmbito de Aplicação A Creche do Estabelecimento de Ensino Particular e Cooperativo, designado por Passinhos

Leia mais

Creche. Regulamento Interno

Creche. Regulamento Interno Creche Regulamento Interno Os Pimentinhas Creche CAPÍTULO I DISPOSIÇÕES GERAIS Artigo 1.º (Identificação do estabelecimento e sua natureza) 1 - «Os Pimentinhas Creche, Jardim de Infância e ATL», adiante

Leia mais

REGULAMENTO INTERNO do NINHO DO SOL Berçário e Creche

REGULAMENTO INTERNO do NINHO DO SOL Berçário e Creche REGULAMENTO INTERNO do NINHO DO SOL Berçário e Creche PREÂMBULO O presente regulamento regula a organização e o modo de funcionamento do NINHO DO SOL Berçário e Creche, Lda. Este regulamento interno será

Leia mais

Norma IV Funcionamento da Componente de Apoio à Família

Norma IV Funcionamento da Componente de Apoio à Família Norma I Enquadramento Institucional A ABLA é uma IPSS e ONGD de inspiração cristã evangélica criada em 1984 por beneméritos alemães. A Associação dispõe de múltiplas respostas sociais para todas as gerações

Leia mais

DE FUNCIONAMENTO. CAPíTULO. NORMAl Âmbito de Aplicação

DE FUNCIONAMENTO. CAPíTULO. NORMAl Âmbito de Aplicação ACTIVIDADES DE TEMPOS LIVRES, Ld.a:. Rua Pedro Monteiro. noiootelefone: 239836584 Email: atlpeguenaserei@hotmail.com Site: www.apeguenasereia.com REGULAMENTO INTERNO DE FUNCIONAMENTO CAPíTULO I DISPOSiÇÕES

Leia mais

Regulamento da Creche da Assembleia da República

Regulamento da Creche da Assembleia da República Regulamento da Creche da Assembleia da República Despacho n.º 855/2005, de 23 de novembro de 2004 publicado no Diário da República, II Série, n.º 9, de 13 de janeiro de 2005 com as alterações introduzidas

Leia mais

Praznik Foz do Arelho. Campos de férias 2015

Praznik Foz do Arelho. Campos de férias 2015 Praznik Foz do Arelho Campos de férias 2015 1. A Praznik A Praznik dedica-se, desde 2002, à organização e animação de eventos. As nossas áreas de actividade incluem festas infantis, baby sitting, espectáculos,

Leia mais

Casa do Artesanato, das Artes e Ofícios Tradicionais

Casa do Artesanato, das Artes e Ofícios Tradicionais Junta de Freguesia de Sacavém Largo 1º de Maio,nº1 2685-099 Sacavém Tel: 21 949 70 20 Fax: 21 949 70 25 E-mail: geral@jfsacavem.pt Site: www.jfsacavem.pt Casa do Artesanato, das Artes e Ofícios Tradicionais

Leia mais

Atelier de Saúde REGULAMENTO INTERNO

Atelier de Saúde REGULAMENTO INTERNO Serviços de Saúde e Bem-estar Atelier de Saúde REGULAMENTO INTERNO REGULAMENTO INTERNO DE FUNCIONAMENTO DO EUZINHO ATELIER DE SAÚDE ARTIGO 1º Denominação e Natureza 1. O EUzinho Atelier de Saúde é um programa

Leia mais

Regulamento Interno da Creche

Regulamento Interno da Creche Regulamento Interno da Creche Capitulo I Disposições gerais Artigo 1º (âmbito de aplicação) 1. O presente regulamento visa definir as regras de organização e funcionamento da creche integrada no Externato

Leia mais

ANEXO II REGULAMENTO DE UTILIZAÇÃO DO CARTÃO ELETRÓNICO DE IDENTIFICAÇÃO

ANEXO II REGULAMENTO DE UTILIZAÇÃO DO CARTÃO ELETRÓNICO DE IDENTIFICAÇÃO ANEXO II REGULAMENTO DE UTILIZAÇÃO DO CARTÃO ELETRÓNICO DE IDENTIFICAÇÃO Artigo 1.º Âmbito e função 1. O cartão eletrónico de identificação tem por função identificar todos os utentes (alunos, pessoal

Leia mais

Município de Leiria Câmara Municipal

Município de Leiria Câmara Municipal REGULAMENTO DO SERVIÇO DE COMPONENTE DE APOIO À FAMÍLIA PRÉ ESCOLAR E DO SERVIÇO DE REFEIÇÕES NO 1.º CICLO DO ENSINO BÁSICO, DE GESTÃO DIRECTA DO MUNICÍPIO DE LEIRIA Aprovado em reunião de Câmara a 30

Leia mais

Âmbito. Objetivos. Inscrições. Artigo 1º. Artigo 2º. Artigo 3º

Âmbito. Objetivos. Inscrições. Artigo 1º. Artigo 2º. Artigo 3º Artigo 1º Âmbito 1. O CASPAE, IPSS, Coimbra é uma Instituição Particular de Solidariedade Social que tem por missão cumprir o dever moral de solidariedade e de justiça dos indivíduos, promovendo respostas

Leia mais

GINÁSIO CLUBE DE SANTO TIRSO

GINÁSIO CLUBE DE SANTO TIRSO GINÁSIO CLUBE DE SANTO TIRSO NATAÇÃO REGULAMENTO DE UTILIZAÇÃO DAS PISCINAS Art.º 1 (Objeto) 1 O presente regulamento estabelece as normas gerais de utilização e funcionamento das Piscinas do Clube, que

Leia mais

Regulamento Interno do ATL Juvenil Aprender Mais

Regulamento Interno do ATL Juvenil Aprender Mais Página 1 de 6 Regulamento Interno do Sede Fórum Luís de Camões, sala 9 Brandoa 2650-197 Amadora Tel: 21 476 02 06 Fax: 21 476 25 48 Telm: 91 054 14 04 E-mail: abcd.brandoa@sapo.pt Escola Básica 2, 3 Sophia

Leia mais

Regulamento do 3º Passeio de BTT WÜRTH Sintra

Regulamento do 3º Passeio de BTT WÜRTH Sintra Regulamento do 3º Passeio de BTT WÜRTH Sintra Artigo 1º (Âmbito) 1.1. O presente regulamento aplica-se ao evento desportivo 3º Passeio de BTT WÜRTH Sintra de caráter não competitivo, que irá realizar-se

Leia mais

REGULAMENTO DO CARTÃO MAGNÉTICO

REGULAMENTO DO CARTÃO MAGNÉTICO REGULAMENTO DO CARTÃO MAGNÉTICO 1. Objeto e Âmbito O cartão escolar é um cartão de leitura magnética, utilizado por todos os alunos, professores e funcionários do Agrupamento e tem como objetivo aumentar

Leia mais

REGULAMENTO PARA A CONCESSAO DE APOIO A ENTIDADES E ORGANISMOS QUE PROSSIGAM FINS DE INTERESSE PUBLICO NA UNIÃO DAS FREGUESIAS DEQUELUZ E BELAS

REGULAMENTO PARA A CONCESSAO DE APOIO A ENTIDADES E ORGANISMOS QUE PROSSIGAM FINS DE INTERESSE PUBLICO NA UNIÃO DAS FREGUESIAS DEQUELUZ E BELAS REGULAMENTO PARA A CONCESSAO DE APOIO A ENTIDADES E ORGANISMOS QUE PROSSIGAM FINS DE INTERESSE PUBLICO NA UNIÃO DAS FREGUESIAS DEQUELUZ E BELAS CAPÍTULO I Disposições gerais Artigo 1.º Objeto O presente

Leia mais

REGULAMENTO FINANCEIRO 2015/2016. Cursos de Especialização Tecnológica Cursos de 1º e 2º Ciclo

REGULAMENTO FINANCEIRO 2015/2016. Cursos de Especialização Tecnológica Cursos de 1º e 2º Ciclo REGULAMENTO FINANCEIRO 2015/2016 Cursos de Especialização Tecnológica Cursos de 1º e 2º Ciclo CANDIDATURAS 1. O pagamento da taxa de candidatura (quando aplicável) só se efetua uma única vez, desde que

Leia mais

SÁBADOS 6 AOS 24 MESES DOS 13 AOS 36 MESES SEG. / QUA. / SEX. TER. / QUI. SÁBADOS. 17h00 às 17h40 09h00 às 09h40 09h00 às 09h45

SÁBADOS 6 AOS 24 MESES DOS 13 AOS 36 MESES SEG. / QUA. / SEX. TER. / QUI. SÁBADOS. 17h00 às 17h40 09h00 às 09h40 09h00 às 09h45 RIO TINTO RIO TINTO NATAÇÃO ATIVIDADES AQUÁTICAS ORIENTADAS 6 AOS 36 MESES 6 AOS 24 MESES DOS 13 AOS 36 MESES 11h15 às 11h45 11h45 às 12h15 3 AOS 5 ANOS 17h00 às 17h40 09h00 às 09h40 09h00 às 09h45 17h40

Leia mais

CAPITULO I. 1. Este Regulamento Interno define o regime de funcionamento do Externato Pica-Pau.

CAPITULO I. 1. Este Regulamento Interno define o regime de funcionamento do Externato Pica-Pau. A educação é um processo social, é desenvolvimento. Não é a preparação para a vida, é a própria vida. John Dewey CAPITULO I Artigo 1º - DISPOSIÇÕES GERAIS 1. Este Regulamento Interno define o regime de

Leia mais

S E D E : E S C O L A B Á S I C A E S E C U N D Á R I A D E V I L A P O U C A D E A G U I A R GIAE. Gestão Integrada. para a Administração Escolar

S E D E : E S C O L A B Á S I C A E S E C U N D Á R I A D E V I L A P O U C A D E A G U I A R GIAE. Gestão Integrada. para a Administração Escolar S E D E : E S C O L A B Á S I C A E S E C U N D Á R I A D E V I L A P O U C A D E A G U I A R GIAE Gestão Integrada para a Administração Escolar Regulamento de Utilização Mod. AEVPA - Direção Página 1

Leia mais

Escola Básica e Secundária Sacadura Cabral. REGULAMENTO DE UTILIZAÇÃO DO CARTÃO MAGNÉTICO GIAE Gestão Integrada para Administração Escolar

Escola Básica e Secundária Sacadura Cabral. REGULAMENTO DE UTILIZAÇÃO DO CARTÃO MAGNÉTICO GIAE Gestão Integrada para Administração Escolar Agrupamento de Escolas Escola Básica e Secundária Sacadura Cabral Celorico da Beira REGULAMENTO DE UTILIZAÇÃO DO CARTÃO MAGNÉTICO GIAE Gestão Integrada para Administração Escolar 1. Objeto e Âmbito O presente

Leia mais

Despacho nº 9265-B/2013

Despacho nº 9265-B/2013 Regulamento Interno da Componente de Apoio à Família (CAF) dos Jardim-deinfância e das Escola Básica 1 (EB1) da União de Freguesias de Nogueiró e Tenões 444 Ano Letivo 2014/15 Enquadramento...Quando as

Leia mais

REGULAMENTO DOS CURSOS DO CENTRO DE ESTUDOS EM DIREITO DO ORDENAMENTO, DO URBANISMO E DO AMBIENTE

REGULAMENTO DOS CURSOS DO CENTRO DE ESTUDOS EM DIREITO DO ORDENAMENTO, DO URBANISMO E DO AMBIENTE CAPÍTULO I CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM DIREITO DO ORDENAMENTO, DO URBANISMO E DO AMBIENTE Artigo 1.º (Constituição do Curso) 1. O Curso de Especialização em Direito do Ordenamento, do Urbanismo e do Ambiente

Leia mais

O complexo das Piscinas Municipais de Pombal inclui as seguintes instalações:

O complexo das Piscinas Municipais de Pombal inclui as seguintes instalações: I DISPOSIÇÕES GERAIS Preâmbulo O presente regulamento estabelece as normas gerais e as condições de cedência e utilização do complexo de piscinas municipais de Pombal, subordinando-se às disposições legais

Leia mais

Regulamento das Piscinas Municipais da Batalha

Regulamento das Piscinas Municipais da Batalha 1 Regulamento das Piscinas Municipais da Batalha Rev. 02 2014 Índice Preâmbulo... 3 2 Capítulo I Disposições Gerais Artigo 1º - Instalações... 3 Artigo 2º - Objeto e Finalidade... 3 Artigo 3º - Propriedade

Leia mais

FICHA DE INFORMAÇÃO NORMALIZADA GERAL INFORMAÇÃO PRÉ-CONTRATUAL

FICHA DE INFORMAÇÃO NORMALIZADA GERAL INFORMAÇÃO PRÉ-CONTRATUAL A. ELEMENTOS DE IDENTIFICAÇÃO 1. Identificação da instituição de crédito 1.1. Denominação 1.2. Endereço 1.3. Contactos BEST Banco Electrónico de Serviço Total, S.A. Praça Marquês de Pombal, 3 3º, 1250-161

Leia mais

JUNTA DE FREGUESIA DE BAGUIM DO MONTE

JUNTA DE FREGUESIA DE BAGUIM DO MONTE Introdução O presente regulamento pretende ser um instrumento regulador da actividade da Biblioteca da Junta de Freguesia de Baguim do Monte. O principal objectivo é salvaguardar o interesse comum de todos

Leia mais

CAPÍTULO VIII APROVEITAMENTO DE BENS DESTINADOS A UTILIZAÇÃO DO PÚBLICO

CAPÍTULO VIII APROVEITAMENTO DE BENS DESTINADOS A UTILIZAÇÃO DO PÚBLICO TABELA DE TAXAS E LICENÇAS CAPÍTULO VIII APROVEITAMENTO DE BENS DESTINADOS A UTILIZAÇÃO DO PÚBLICO Utilização das instalações do complexo municipal de piscinas de Santa Marta de Penaguião (Art. 5º do Regulamento

Leia mais

Regulamento de Educação Física

Regulamento de Educação Física Regulamento de Educação Física 1.Utilização das instalações As instalações desportivas (pavilhão, campo de Voleibol, polivalente exterior) são utilizadas prioritariamente, segundo a seguinte ordem: 1.

Leia mais

Pavilhão Desportivo Municipal REGULAMENTO INTERNO DE UTILIZAÇÃO. Regulamento de Acesso

Pavilhão Desportivo Municipal REGULAMENTO INTERNO DE UTILIZAÇÃO. Regulamento de Acesso 2013 Pavilhão Desportivo Municipal pag 1 Regulamento de Acesso 2 2.0 Regulamento Especifico de Utilização das Salas de Musculação e Cardio-Fitness 3 3.0 Regulamento Especifico de Utilização Salas de Desporto

Leia mais

REGULAMENTO INTERNO DE FUNCIONAMENTO DO SERVIÇO DE APOIO DOMICILIARIO

REGULAMENTO INTERNO DE FUNCIONAMENTO DO SERVIÇO DE APOIO DOMICILIARIO REGULAMENTO INTERNO DE FUNCIONAMENTO DO SERVIÇO DE APOIO DOMICILIARIO CAPÍTULO I DISPOSIÇÕES GERAIS NORMA I Âmbito de Aplicação O Centro Social e Polivalente de Ourentã, (C.S.P.O.) designado por Instituição

Leia mais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS GIL VICENTE ESCOLA GIL VICENTE EDUCAÇÃO FÍSICA PLANO ANUAL DE ATIVIDADES

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS GIL VICENTE ESCOLA GIL VICENTE EDUCAÇÃO FÍSICA PLANO ANUAL DE ATIVIDADES AGRUPAMENTO DE ESCOLAS GIL VICENTE ESCOLA GIL VICENTE EDUCAÇÃO FÍSICA PLANO ANUAL DE ATIVIDADES Ano Letivo 2011 / 2012 AO LONGO DE TODO O ANO LETIVO Atividades de sensibilização da comunidade r para a

Leia mais

CIRCULAR Nº 01/2014 DATA: 24/07/14. ASSUNTO: Conferência e prova de enxoval. Exmo(a). Sr.(a) Encarregado de Educação:

CIRCULAR Nº 01/2014 DATA: 24/07/14. ASSUNTO: Conferência e prova de enxoval. Exmo(a). Sr.(a) Encarregado de Educação: CIRCULAR Nº 01/2014 DATA: 24/07/14 ASSUNTO: Conferência e prova de enxoval Exmo(a). Sr.(a) Encarregado de Educação: O enxoval previsto para os Alunos do Colégio Militar integra atualmente os artigos considerados

Leia mais

REGULAMENTO DA GESTÃO E FUNCIONAMENTO DA PISCINA MUNICIPAL DE ALCOCHETE

REGULAMENTO DA GESTÃO E FUNCIONAMENTO DA PISCINA MUNICIPAL DE ALCOCHETE CÂMARA MUNICIPAL DE ALCOCHETE REGULAMENTO DA GESTÃO E FUNCIONAMENTO DA PISCINA MUNICIPAL DE ALCOCHETE Aprovado em sessão da Assembleia Municipal de 28 de Dezembro de 2011 Página 1 DISPOSIÇÕES GERAIS CAPÍTULO

Leia mais

CAMPO DE FÉRIAS REGULAMENTO INTERNO

CAMPO DE FÉRIAS REGULAMENTO INTERNO CAMPO DE FÉRIAS REGULAMENTO INTERNO Última revisão: maio de 2015 ÍNDICE I GENERALIDADES...2 1. LEGISLAÇÃO APLICÁVEL 2 2. ÂMBITO DE APLICAÇÃO 2 3. PRINCÍPIOS GERAIS DA ATIVIDADE DOS CAMPOS DE FÉRIAS 2 II

Leia mais

REGULAMENTO INTERNO CAMPOS DE FÉRIAS

REGULAMENTO INTERNO CAMPOS DE FÉRIAS REGULAMENTO INTERNO CAMPOS DE FÉRIAS PREÂMBULO O Projeto Pedagógico da União de Freguesias de Sacavém e Prior Velho foi elaborado ao abrigo da Legislação em vigor (Decreto-Lei 32/2011, de 07 de Março),

Leia mais

FICHA DE INFORMAÇÃO NORMALIZADA GERAL INFORMAÇÃO PRÉ-CONTRATUAL

FICHA DE INFORMAÇÃO NORMALIZADA GERAL INFORMAÇÃO PRÉ-CONTRATUAL A. ELEMENTOS DE IDENTIFICAÇÃO 1. Identificação da instituição de crédito 1.1. Denominação 1.2. Endereço 1.3. Contactos BEST Banco Electrónico de Serviço Total, S.A. Praça Marquês de Pombal, 3 3º, 1250-161

Leia mais

CÂMARA MUNICIPAL DE MONTEMOR-O-VELHO. Regulamento da Utilização do Centro de Alto Rendimento (CAR) NOTA JUSTIFICATIVA

CÂMARA MUNICIPAL DE MONTEMOR-O-VELHO. Regulamento da Utilização do Centro de Alto Rendimento (CAR) NOTA JUSTIFICATIVA Regulamento da Utilização do Centro de Alto Rendimento (CAR) NOTA JUSTIFICATIVA O Desporto de Alto Rendimento reveste-se de especial interesse público na medida em que constitui um importante fator de

Leia mais

ENSINO SECUNDÁRI O (11º e 12º ano)

ENSINO SECUNDÁRI O (11º e 12º ano) Governo dos Açores Escola Básica e Secundária de Velas ENSINO SECUNDÁRI O (11º e 12º ano) 2014 NORMAS GERAIS PARA A REALIZAÇÃO DOS EXAMES FINAIS NACIONAIS/PROVAS DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA DO ENSINO

Leia mais

REGULAMENTO CARTÃO IDENTIFICAÇÃO

REGULAMENTO CARTÃO IDENTIFICAÇÃO REGULAMENTO DO CARTÃO DE IDENTIFICAÇÃO Artigo 1.º Agrupamento Vertical de Escolas D. Dinis Principais funcionalidades do sistema informático para a gestão integrada para a administração escolar (GIAE)

Leia mais

MANUAL DE PROCEDIMENTOS. Seguro Escolar

MANUAL DE PROCEDIMENTOS. Seguro Escolar MANUAL DE PROCEDIMENTOS Seguro Escolar Agrupamento de Escolas Nº 1 de Abrantes Setembro de 2014 O Seguro Escolar constitui um sistema de proteção destinado a garantir a cobertura financeira da assistência,

Leia mais

JUNTA DE FREGUESIA DO CACÉM Rua Nova do Zambujal, n.º 9 2735-302 AGUALVA-CACÉM Telefone 219129380 Fax 219129389 jfcacem@mail.telepac.

JUNTA DE FREGUESIA DO CACÉM Rua Nova do Zambujal, n.º 9 2735-302 AGUALVA-CACÉM Telefone 219129380 Fax 219129389 jfcacem@mail.telepac. REGULAMENTO INTERNO CAMPO DE FÉRIAS NÃO RESIDENCIAL CACÉM EM FÉRIAS Nota introdutória É objectivo geral da Junta de Freguesia do Cacém prover a ocupação de tempos livres de crianças e jovens durante o

Leia mais

Centro Educacional Sesc Cidadania

Centro Educacional Sesc Cidadania SERVIÇO SOCIAL DO COMÉRCIO SESC / REGIONAL GOIÁS EDITAL DE ADMISSÃO DE ESTUDANTES PARA ESCOLA CENTRO EDUCACIONAL SESC CIDADANIA ELIAS BUFAIÇAL NETO 2015 O Serviço Social do Comércio - Sesc, instituição

Leia mais

CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO DO ENSINO BÁSICO

CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO DO ENSINO BÁSICO CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO DO ENSINO BÁSICO Considerando que a Portaria nº 9 /2013, de 11 de fevereiro revogou a Portaria nº 29/2012, de 6 de março referente à avaliação das aprendizagens e competências no

Leia mais

TENNIS CLUB DA FIGUEIRA DA FOZ Escola de Ténis

TENNIS CLUB DA FIGUEIRA DA FOZ Escola de Ténis De acordo com o art.º 2º dos estatutos deste clube, o Tennis Club da Figueira da Foz tem uma que se rege pelo presente regulamento. 1. A funciona nas instalações do clube, sito na Avenida 25 de Abril,

Leia mais

Componente de Apoio à Família

Componente de Apoio à Família Capítulo 056 Componente de Apoio à Família MR.003.01.Vers.1.0.a Página 1 de 11 Conteúdo 1. Introdução... 3 2. Planeamento e organização... 3 3. Funcionamento... 4 3.1. Períodos da CAF... 4 3.2. Horários

Leia mais

Regulamento de Utilização de Cartões Magnéticos de Identificação

Regulamento de Utilização de Cartões Magnéticos de Identificação Regulamento de Utilização de Cartões Magnéticos de Identificação REGULAMENTO DA UTILIZAÇÃO DOS CARTÕES MAGNÉTICOS DE IDENTIFICAÇÃO Artigo 1.º Âmbito e função 1. O Cartão Magnético de Identificação tem

Leia mais

C O L É G I O D O A M O R D E D E U S

C O L É G I O D O A M O R D E D E U S C O L É G I O D O A M O R D E D E U S N.ª Ref.ª: 311/3 * 20.08.2015 Assunto: Informações diversas: Ano Escolar 2015/2016 A todos os Pais e Encarregados de Educação Exmo/a Senhor/a Encarregado/a Educação,

Leia mais

ANEXO I REGULAMENTO DA CRECHE

ANEXO I REGULAMENTO DA CRECHE ANEXO I Norma I Âmbito de aplicação 1. O presente Regulamento visa definir as regras de organização e funcionamento da Creche integrada no Centro Social Paroquial de Carnide. 2. A Creche destina-se a crianças

Leia mais

ANEXO I REGULAMENTO GERAL DE AVALIAÇÃO

ANEXO I REGULAMENTO GERAL DE AVALIAÇÃO ANEXO I REGULAMENTO GERAL DE AVALIAÇÃO Artigo 1.º Modalidades 1 São as seguintes as modalidades de avaliação: a) De diagnóstico; b) Modular. 2 A avaliação de diagnóstico é aplicada no início do ano letivo,

Leia mais

Capítulo 1 - Atividades de Animação e de Apoio à Família (AAAF)

Capítulo 1 - Atividades de Animação e de Apoio à Família (AAAF) Capítulo 1 - Atividades de Animação e de Apoio à Família (AAAF) Norma I Enquadramento Institucional A ABLA é uma IPSS e ONGD de inspiração cristã evangélica criada em 1984 por beneméritos alemães. A Associação

Leia mais

Curso de Monitores/Animadores de Colónias/Campos de Férias 2016

Curso de Monitores/Animadores de Colónias/Campos de Férias 2016 Curso de Monitores/Animadores de Colónias/Campos de Férias 2016 Caro Participante, A Pranima organiza este ano nas férias escolares da Páscoa o Curso de Monitores Intensivo 2016. Nesta carta vamos dar-te

Leia mais

Santa Casa da Misericórdia BOMBARRAL. Regulamento Interno Centro de Recursos de Ajudas Técnicas

Santa Casa da Misericórdia BOMBARRAL. Regulamento Interno Centro de Recursos de Ajudas Técnicas Santa Casa da Misericórdia BOMBARRAL Regulamento Interno Centro de Recursos de Ajudas Técnicas CAPITULO I DISPOSIÇÕES GERAIS ARTIGO 1 º CENTRO DE Recursos DE AJUDAS TÉCNICAS O Centro de Recursos de Ajudas

Leia mais

V Inscrições 1. No acto da inscrição o participante deverá entregar toda a documentação solicitada e devidamente preenchida.

V Inscrições 1. No acto da inscrição o participante deverá entregar toda a documentação solicitada e devidamente preenchida. I Entidade Organizadora AFUM Associação de Funcionários da Universidade do Minho (AFUM), Campus de Gualtar, 4710-057 Braga, Contribuinte n.º 503595772, número de registo 65/DRN. II Objectivo e caracterização

Leia mais

Natal na desportiva NORMAS DE PARTICIPAÇÃO

Natal na desportiva NORMAS DE PARTICIPAÇÃO Natal na desportiva 2015 NORMAS DE PARTICIPAÇÃO CML/DRIC/2015 Alvará 694 I. Apresentação e objetivos 1. Entidade Promotora e Organizadora - Município de Loures 1 a) O Programa de Ocupação de Tempos Livres

Leia mais

G I A E (GESTÃO INTEGRADA DE ADMINISTRAÇÃO ESCOLAR)

G I A E (GESTÃO INTEGRADA DE ADMINISTRAÇÃO ESCOLAR) G I A E (GESTÃO INTEGRADA DE ADMINISTRAÇÃO ESCOLAR) REGIMENTO DE UTILIZAÇÃO 1. Introdução O presente regimento define e regula o funcionamento do Sistema de Gestão Integrada para a Administração Escolar,

Leia mais

CATL-Oficina da Criança

CATL-Oficina da Criança Santa Casa da Misericórdia Mértola Centro Infantil Toda A CRIANÇA É UM ARTISTA AO SEU MODO. Precisamos oferecer um monte de possibilidades muitos materiais, muitas linguagens, pois possuir muitas linguagens

Leia mais

Norma 02/2015 Provas Finais 4º e 6º anos

Norma 02/2015 Provas Finais 4º e 6º anos Norma 02/2015 Provas Finais 4º e 6º anos Todas estas instruções têm de ser lidas e esclarecidas pelo diretor de turma ou professor titular de turma, na sala de aula, antes do final do 3.º período, devendo

Leia mais

Instituto Ciências da Saúde. da Universidade Católica Portuguesa PROGRAMA ERASMUS ESTÁGIO REGULAMENTO

Instituto Ciências da Saúde. da Universidade Católica Portuguesa PROGRAMA ERASMUS ESTÁGIO REGULAMENTO Instituto Ciências da Saúde da Universidade Católica Portuguesa PROGRAMA ERASMUS ESTÁGIO REGULAMENTO 1 CAPÍTULO I Disposições Gerais Artigo 1º (Objeto) O presente regulamento rege a mobilidade internacional

Leia mais

REGULAMENTO DE PESCA DESPORTIVA NA ALBUFEIRA DE VASCOVEIRO

REGULAMENTO DE PESCA DESPORTIVA NA ALBUFEIRA DE VASCOVEIRO REGULAMENTO DE PESCA DESPORTIVA NA ALBUFEIRA DE VASCOVEIRO Julho 2013 PREÂMBULO A Barragem de Vascoveiro foi construída com o objetivo de fornecer água à cidade de Pinhel e a algumas freguesias do Concelho.

Leia mais

ATIVIDADES DE ANIMAÇÃO E APOIO À FAMÍLIA (AAAF) CAPITULO I DISPOSIÇÕES GERAIS. Artigo 93.º/E

ATIVIDADES DE ANIMAÇÃO E APOIO À FAMÍLIA (AAAF) CAPITULO I DISPOSIÇÕES GERAIS. Artigo 93.º/E ATIVIDADES DE ANIMAÇÃO E APOIO À FAMÍLIA (AAAF) CAPITULO I DISPOSIÇÕES GERAIS Artigo 93.º/E Âmbito O presente Título destina-se a regular o funcionamento dos serviços de atividades de animação e apoio

Leia mais

ÍNDICE. 1 - Disposições Gerais... 3. 2 - Ensino Básico... 4. 3 - Ensino Secundário... 4. 4 - Alunos com Necessidades Educativas Especiais...

ÍNDICE. 1 - Disposições Gerais... 3. 2 - Ensino Básico... 4. 3 - Ensino Secundário... 4. 4 - Alunos com Necessidades Educativas Especiais... MUNICÍPIO DE VILA FRANCA DE XIRA NORMAS DE PROCEDIMENTO DE CANDIDATURA AO SUBSÍDIO DE TRANSPORTE ÍNDICE 1 - Disposições Gerais... 3 2 - Ensino Básico... 4 3 - Ensino Secundário... 4 4 - Alunos com Necessidades

Leia mais

Local: Praia do Porto da Barra, Salvador-BA. Dias: 25, 26 e 27 de outubro de 2013. Promotora e total responsável pelo evento: Rinha Comunicação Total.

Local: Praia do Porto da Barra, Salvador-BA. Dias: 25, 26 e 27 de outubro de 2013. Promotora e total responsável pelo evento: Rinha Comunicação Total. Circuito Open de Polo Aquático Campeonato de Polo Aquático realizado em águas abertas, com abrangência nacional e apoio da CBDA - Confederação Brasileira de Desportos Aquáticos. Local: Praia do Porto da

Leia mais

creche & jardim de infância projecto de regulamento interno Educação Infantil Lda. Rua Monte dos Burgos, 329 4250-316 Porto

creche & jardim de infância projecto de regulamento interno Educação Infantil Lda. Rua Monte dos Burgos, 329 4250-316 Porto creche & jardim de infância projecto de regulamento interno Educação Infantil Lda. CAPÍTULO I Estabelecimento, natureza e objectivos 1- O Espaço Brincar e Inventar é um estabelecimento de ensino de apoio

Leia mais

121216 - Agrupamento de Escolas de Santo António

121216 - Agrupamento de Escolas de Santo António Matrículas 2014/2015 Educação pré-escolar Prazo de inscrição: 22/04/2014 a 17/06/2014 Idade dos alunos a inscrever: 5/6 anos, 4 anos e 3 anos completos até 15 de setembro de 2014. A matrícula de crianças,

Leia mais

REGULAMENTO INTERNO CRECHE

REGULAMENTO INTERNO CRECHE REGULAMENTO INTERNO CRECHE Abril 2014 Elaborado por: Aprovado por: Direção Data de elaboração: 26/03/2014 Edição: 01 Pág.: 2/ 14 Capítulo I Natureza e Missão Artigo 1º Missão Tendo como inspiração a Doutrina

Leia mais

REGULAMENTO CIRCUITO SQUASH HOTEL SRA. DO CASTELO 14/15

REGULAMENTO CIRCUITO SQUASH HOTEL SRA. DO CASTELO 14/15 REGULAMENTO CIRCUITO SQUASH HOTEL SRA. DO CASTELO 14/15 O Circuito Mangualdense de Squash (Circuito Hotel Senhora do Castelo) organizado pelo Let&Stroke Secção de Squash da Casa do Povo de Mangualde, contará

Leia mais

ANO LETIVO 2013/2014 CRITÉRIOS GERAIS DE AVALIAÇÃO

ANO LETIVO 2013/2014 CRITÉRIOS GERAIS DE AVALIAÇÃO ANO LETIVO 2013/2014 CRITÉRIOS GERAIS DE AVALIAÇÃO Ensino Básico Os conhecimentos e capacidades a adquirir e a desenvolver pelos alunos de cada nível e de cada ciclo de ensino têm como referência os programas

Leia mais

1-O 10º BTT TÁBUA - MK MAKINAS é promovida e organizada pela MK MAKINAS Associação de Desportos e realiza-se no dia 07 de Junho de 2015.

1-O 10º BTT TÁBUA - MK MAKINAS é promovida e organizada pela MK MAKINAS Associação de Desportos e realiza-se no dia 07 de Junho de 2015. Organização 1-O 10º BTT TÁBUA - MK MAKINAS é promovida e organizada pela MK MAKINAS Associação de Desportos e realiza-se no dia 07 de Junho de 2015. 2-Esta é uma associação sem fins lucrativos, com o objetivo

Leia mais

PROCEDIMENTOS E RECOMENDAÇÕES POLO-AQUATICO 2015-2016

PROCEDIMENTOS E RECOMENDAÇÕES POLO-AQUATICO 2015-2016 PROCEDIMENTOS E RECOMENDAÇÕES POLO-AQUATICO 2015-2016 Com o iniciar de mais uma época desportiva e procurando esclarecer de uma forma clara todos os agentes desportivos participantes nas provas nacionais

Leia mais

REGULAMENTO DA BOLSA DE MANUAIS ESCOLARES

REGULAMENTO DA BOLSA DE MANUAIS ESCOLARES Preâmbulo O presente regulamento cumpre o estipulado nos artigos n.º 7.º, 7.º-A, 7.º-B e 13.º-A do Despacho n.º 11886-A/2012, de 6 de setembro (que altera o despacho n.º 18987/2009, de 17 de agosto, com

Leia mais

REGULAMENTO ESPECÍFICO BASQUETEBOL 2013-2014

REGULAMENTO ESPECÍFICO BASQUETEBOL 2013-2014 REGULAMENTO ESPECÍFICO BASQUETEBOL 2013-2014 Índice 1. Introdução 2 2. Escalões etários 3 3. Constituição das Equipas 4 4. Regulamento Técnico Pedagógico 5 5. Classificação, Pontuação e Desempate 6 6.

Leia mais

Regulamento Geral de Formação

Regulamento Geral de Formação Regulamento Geral de Formação Índice Introdução... 2 Apresentação do Instituto Kiros Portugal... 2 Pré-Requisitos... 2 Metodologia de Inscrição e de Seleção dos Alunos... 3 Condições de Pagamento... 4

Leia mais

REGULAMENTO DO PROGRAMA OLIVAIS EM FÉRIAS ANO 2015

REGULAMENTO DO PROGRAMA OLIVAIS EM FÉRIAS ANO 2015 REGULAMENTO DO PROGRAMA OLIVAIS EM FÉRIAS ANO 2015 Contactos da Junta de Freguesia Morada: Rua General Silva Freire, Lote C 1849-029 Lisboa Telefone: 21 854 06 90 Fax: 21 852 06 87 / 21 248 79 25 E-mail:

Leia mais

REGULAMENTOS Rock n Roll Maratona de Lisboa EDP

REGULAMENTOS Rock n Roll Maratona de Lisboa EDP REGULAMENTOS Rock n Roll Maratona de Lisboa EDP REGULAMENTO GERAL 1. Numa organização do Maratona Clube de Portugal, vai realizar-se no dia 18 de outubro, com partida às 8:30, uma prova de atletismo denominada

Leia mais

Faculdade La Salle Mantida pela Sociedade Porvir Científico Credenciada pela Portaria Ministerial nº. 2.653 de 07/12/01 D.O.U. de 10/12/01.

Faculdade La Salle Mantida pela Sociedade Porvir Científico Credenciada pela Portaria Ministerial nº. 2.653 de 07/12/01 D.O.U. de 10/12/01. EDITAL Nº. 03/2009 Art. 1º O Diretor Geral da FACULDADE LA SALLE, na forma do disposto no art. 44, Inciso II da Lei de Diretrizes e Bases Nº 9.394, de 20/12/96, Portaria Ministerial Normativa MEC Nº 2.941,

Leia mais

Regulamento Liga Futsal AEFEUP 2015/2016. Regulamento da Liga Futsal AEFEUP 2015/2016 1

Regulamento Liga Futsal AEFEUP 2015/2016. Regulamento da Liga Futsal AEFEUP 2015/2016 1 Regulamento da Liga Futsal AEFEUP 2015/2016 1 Regulamento Liga Futsal AEFEUP 2015/2016 Regulamento da Liga Futsal AEFEUP 2015/2016 2 Índice Artigo 1.º - Inscrições...3 Artigo 2.º - Formato da Liga de Futsal...4

Leia mais