CONHECIMENTO QUE TRANSFORMA. CADERNO 5 MEDICINA

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "CONHECIMENTO QUE TRANSFORMA. CADERNO 5 MEDICINA"

Transcrição

1 CONHECIMENTO QUE TRANSFORMA. CADERNO 5 MEDICINA PROVAS: LÍNGUA PORTUGUESA BIOLOGIA QUÍMICA FÍSICA MATEM ÁTIC A LÍNGUA ESTRANGEIRA 1. ESTA PROVA CONTÉM 70 (SETENTA) QUESTÕES DE MÚLTIPLA ESCOLHA, UMA PROPOSTA DE PRODUÇÃO DE TEXTO E 34 PÁGINAS NUMERADAS. 2. COM RELAÇÃO À PROVA DE LÍNGUA ESTRANGEIRA, RESOLVA AS QUESTÕES REFERENTES À LÍNGUA DE SUA OPÇÃO. 3. NÃO PERCA TEMPO EM QUESTÕES CUJA RESPOSTA LHE PAREÇA DIFÍCIL. VOLTE A ELAS SE LHE SOBRAR TEMPO. 4. A PROVA TERÁ 05 (CINCO) HORAS DE DURAÇÃO, INCLUINDO O TEMPO DESTINADO À TRANSCRIÇÃO DE SUAS RESPOSTAS. 5. ESTE CADERNO DEVERÁ SER DEVOLVIDO AO FISCAL, JUNTAMENTE COM A FOLHA DE RESPOSTA DO COMPUTADOR. 6. VOCÊ PODE TRANSCREVER SUAS RESPOSTAS NA ÚLTIMA FOLHA DESTE CADERNO E A MESMA PODERÁ SER DESTACADA.

2 2 Prezado(a) candidato(a): Assine e coloque seu número de inscrição no quadro abaixo. Preencha, com traços firmes, o espaço reservado a cada opção na folha de resposta. Nº de Inscrição Nome PROVA DE LÍNGUA PORTUGUESA INSTRUÇÃO: As questões de 1 a 6 referem-se ao texto a seguir. Leia-o atentamente antes de responder a elas. O PEIXE NEMO E O MAIS MÉDICOS Rogério Cezar de Cerqueira Leite 1º A indústria farmacêutica apresenta uma característica peculiar. Ela vende para um, o doente, que é quem paga, mas quem escolhe o medicamento é outro, o médico. 2º Essa condição fez com que a indústria farmacêutica internacional desenvolvesse uma estratégia sui generis que, não obstante, imita um comportamento comum entre animais inferiores, a simbiose. 3º Observo em meu aquário o peixe-palhaço percola Nemo colher um vôngole e levá-lo à boca de sua anêmona, antes mesmo que ele próprio se alimente. Em troca, recebe da anêmona um animal com tentáculos venenosos proteção contra eventuais predadores. Essa troca de favores chamamos simbiose. 4º A promoção de medicamentos se faz de porta em porta, nos consultórios médicos. Todo mundo sabe que os inúmeros congressos médicos nos mais pitorescos locais do mundo, de Paris a Cancun, são patrocinados pelas empresas produtoras de medicamentos, inclusive com passagens e estadia pagas. 5º O que não era percebido até recentemente é a importância e o volume de recursos repassados diretamente a médicos como remuneração pela promoção de medicamentos. Pois bem, embora sejam esses recursos diminutos em comparação com os gastos globais dessas empresas com propaganda, em que se incluem as conferências técnico-turísticas, elas ultrapassam só nos Estados Unidos uma centena de milhões de dólares por ano. 6º E onde fica a ética? E o ensinamento de Hipócrates? A prática quotidiana e a necessidade de sobrevivência geram padrões de comportamento que, por sua vez, estabelecem dogmas, tabus, que enfim são incorporados como princípios éticos à cultura de cada sociedade. 7º Aos poucos, os médicos acabam por sepultar sua própria percepção dos conflitos de interesse que regem essa maléfica simbiose. Três empresas multinacionais do setor farmacêutico foram há pouco multadas e 18 de seus funcionários presos na China por adotarem essa prática. 8º Recentemente, o médico britânico e Nobel de medicina Richard J. Roberts acusou as farmacêuticas de evitar a cura em prol da dependência, um fato já conhecido. Se você cura o doente, você deixa de faturar. Se você simplesmente o mantém vivo, você fatura indefinidamente. Uma estratégia também adotada por animais parasitas. Quantas corporações médicas denunciaram essa condição maléfica? 9º Médicos e suas associações já se opuseram, se não publicamente, pelo menos nos bastidores, a iniciativas positivas do Estado. Isso ocorreu com a instalação do SUS e com as poucas iniciativas de produção de medicamentos em laboratórios estatais. Agora acontece com o programa Mais Médicos, que, para as condições atuais da saúde no Brasil, é imprescindível. Tudo que pareça interferir com a tradicional simbiose médicoprodutoras de medicamentos, mesmo que tangencialmente, passa a ser hostilizado. 10º Quantos dos médicos que se declaram contra o programa repudiaram ofertas de passagens e estadias em gostosas conferências? Quantos colocam o interesse da sociedade brasileira acima dos seus próprios e de sua corporação? (Extraído de: Folha de S.Paulo, 19 nov )

3 3 Q UESTÃO 1 Quanto ao título, tendo em conta sua relação com o texto, é CORRETO afirmar: a) Insinua-se que há presença de uma atitude simbiótica tanto no comportamento do peixe-palhaço quanto no programa Mais Médicos. b) Sugere-se que certos médicos e peixes-palhaço têm uma conduta questionável. c) Critica-se o corporativismo da classe médica e a ética do lucro a todo custo por parte da indústria farmacêutica. d) Contrapõe-se a proposta do programa Mais Médicos a uma certa atitude simbiótica por parte da classe médica. Q UESTÃO 2 I. [...] embora sejam esses recursos diminutos em comparação com os gastos globais dessas empresas com propaganda, em que se incluem as conferências técnico-turísticas, elas ultrapassam só nos Estados Unidos uma centena de milhões de dólares por ano. (5º ) II. Quantos dos médicos que se declaram contra o programa repudiaram ofertas de passagens e estadias em gostosas conferências? (10º ) III. Uma estratégia também adotada por animais parasitas. (8º ) IV. E onde fica a ética? E o ensinamento de Hipócrates? (6º ) Tendo em conta as passagens acima transcritas, pode-se dizer que o discurso do autor assume um tom irônico em: a) I e II b) I e IV c) II e III d) I e III Q UESTÃO 3 O texto tem como objetivo central: a) Denunciar relações de compadrio entre a indústria farmacêutica e a classe médica brasileira. b) Posicionar-se favoravelmente ao programa Mais Médicos e a outras iniciativas do Estado Brasileiro. c) Cobrar da classe médica coerência e ética. d) Condenar certa atitude corporativista no seio da classe médica. Q UESTÃO 4 I. O autor vê no gesto do peixe-palhaço com relação à anêmona uma atitude de subserviência movida por interesses escusos. II. O autor não chega a se manifestar explicitamente a favor do programa Mais Médicos, mas sua posição pode ser inferida a partir de suas críticas à classe médica e a indústria farmacêutica. III. As perguntas ao final do 8º e do 10º destinam-se a provocar um efeito no leitor e traduzem a orientação dada à argumentação desenvolvida pelo autor. Tendo em conta as afirmativas acima, são INCORRETAS: a) I e II, apenas. b) I e III, apenas. c) II e III, apenas. d) I, II e III.

4 4 Q UESTÃO 5 I. As perguntas no início do 6º são retóricas. II. As aspas foram empregadas no 2º com a função de sinalizar ironia e perplexidade. III. Os travessões, no 3º, poderiam, sem prejuízo do sentido, ser substituídos por vírgulas. Tendo em conta as afirmativas acima, são CORRETAS: a) I e III, apenas. b) I e II, apenas. c) II e III, apenas. d) I, II e III. Q UESTÃO 6 Assinale a alternativa em que a reformulação do trecho transcrito entre parênteses implique erro ou mudança de sentido. a) O que não se percebia até há pouco é a importância e o volume de recursos diretamente repassados a médicos a título de remuneração pela promoção de medicamentos. (O que não era percebido até recentemente é a importância e o volume de recursos repassados diretamente a médicos como remuneração pela promoção de medicamentos. 5º ) b) As empresas produtoras de medicamentos têm um traço sui generis. (A indústria farmacêutica apresenta uma característica peculiar. 1º ) c) Se se cura o doente, deixa-se de lucrar. (Se você cura o doente, você deixa de faturar. 8º ) d) Tudo quanto interfira, ainda que aparentemente, na tradicional simbiose entre médicos e indústria farmacêutica, apesar de superficialmente, passa a ser alvo de hostilidades. (Tudo que pareça interferir com a tradicional simbiose médico-produtoras de medicamentos, mesmo que tangencialmente, passa a ser hostilizado. 9º ) Q UESTÃO 7 Examine atentamente as duas charges a seguir. Disponível em: <http://www.morrodaspalmas.com.br/>. Acesso em: 18 fev Disponível em: Acesso em: 18 fev I. Ambas as charges têm como propósito central criticar a frequentemente ilegível letra dos médicos. II. Da mesma forma que ocorre na primeira charge, um dos objetivos da segunda é apontar deficiências na interação médico/paciente, tanto na modalidade oral quanto na escrita. III. Apenas na segunda charge o autor toma posição quanto ao programa Mais Médicos. Tendo em conta as afirmativas acima, relativas às charges que as antecedem, são INCORRETAS: a) I e II, apenas. b) II e III, apenas. c) I e III, apenas. d) I, II e III.

5 5 INSTRUÇÃO: As questões de 8 a 10 estão relacionadas com o gráfico a seguir. Examine-o atentamente antes de responder a elas. Comparação entre números de citações por artigos científicos na área de Medicina produzidos por quatro países. USA BRASIL ESPANHA DINAMARCA (Disponível em: <http://cienciabrasil.blogspot.com.br/>. Acesso em: 25 fev ) Q UESTÃO 8 I. O gráfico mostra a frequência de citações de artigos científicos produzidos por quatro países durante quase duas décadas. II. De um modo geral, quanto mais recente o trabalho, mais baixo seu índice de citações. III. No comparativo, a Dinamarca, a partir de 2003, lidera o ranking de artigos científicos de Medicina mais citados. Considerando as afirmativas acima, são CORRETAS: a) I e II, apenas. b) I e III, apenas. c) II e III, apenas. d) I, II e III. Q UESTÃO 9 I. De 1996 até 2003, o número de citações por artigo permanece superior a 10 para trabalhos espanhóis e brasileiros, e superior a 20 para trabalhos norte-americanos e dinamarqueses. II. De 2008 para 2009, o decréscimo no índice de citação por artigo é mais acentuado quando se trata de trabalhos dinamarqueses. III. Em 2009, o desempenho dos quatro países converge para o mesmo ponto. Considerando as afirmativas acima, são INCORRETAS: a) I e II, apenas. b) I e III, apenas. c) II e III, apenas. d) I, II e III.

6 6 Q UESTÃO 10 I. Durante a maior parte do tempo a que se refere o gráfico, os quatro países aí representados mantêm suas posições hierárquicas inalteradas, competindo de perto, por um lado, Brasil e Espanha e, por outro, Estados Unidos e Dinamarca. II. Em 2008, os valores de citação por artigo para o Brasil, a Espanha, a Dinamarca e os Estados Unidos foram, respectivamente, de 3, 4, 5,5 e 9. III. Estados Unidos e Dinamarca apresentam idênticos índices de citação por artigo científico em Medicina nos anos de 1996, 1999, 2000 e Considerando as afirmativas acima, são INCORRETAS: a) I e II, apenas. b) I e III, apenas. c) II e III, apenas. d) I, II e III. INSTRUÇÃO: As questões de 11 a 13 referem-se à tirinha a seguir. Examine-a atentamente antes de responder a elas. (Disponível em: <http://clubedamafalda.blogspot.com.br/>. Acesso em: 22 mar ) Q UESTÃO 11 Assinale a alternativa INCORRETA. a) A tirinha tematiza a ética nas relações de trabalho. b) A criança suspeita, desde o início, que a justificativa do pai é um pretexto para faltar ao trabalho. c) A reação do pai à última fala da filha pode ser lida como surpresa. d) A criança constrói generalização a partir da situação particular apresentada no primeiro quadrinho. Q UESTÃO 12 São elementos que participam do humor nessa tirinha, EXCETO. a) A incompatibilidade entre a sofisticação do raciocínio desenvolvido no último quadrinho e a faixa etária da criança que o formula. b) A reação do pai ao comentário final da filha. c) O fato de a filha não aceitar a explicação dada pelo pai. d) A crítica do autor, inferível pelo leitor, a determinadas categorias profissionais.

7 7 Q UESTÃO 13 Assinale a alternativa que apresenta conclusão CORRETA a que o leitor pode chegar a partir da leitura da tirinha. a) O pai está entediado por causa das muitas perguntas e reflexões da filha. b) Trabalhadores de certas categorias profissionais faltam muito ao trabalho. c) O texto traz evidência de que o pai está sendo insincero. d) A ingenuidade da criança surpreende o pai, que acreditava que suas explicações haviam sido compreendidas. INSTRUÇÃO: As questões 14 e 15 referem-se ao poema a seguir. Leia-o atentamente antes de responder a elas. O dia abriu seu para-sol bordado Mário Quintana O dia abriu seu para-sol bordado De nuvens e de verde ramaria. E estava até um fumo, que subia, Mi-nu-ci-o-sa-men-te desenhado. Depois surgiu, no céu arqueado, A Lua a Lua! em pleno meio-dia. Na rua, um menininho que seguia Parou, ficou a olhá-la admirado Pus meus sapatos na janela alta, Sobre o rebordo Céu é que lhes falta Pra suportarem a existência rude! E eles sonham, imóveis, deslumbrados, Que são dois velhos barcos, encalhados Sobre a margem tranquila de um açude Extraído de: QUINTANA, Mário. Prosa e verso. Porto Alegre: Globo, Q UESTÃO 14 I. O eu poético se manifesta na figura dos sapatos. II. Trata-se de um texto essencialmente descritivo. III. A imagem do para-sol sugere o céu arqueado, em cujo tecido estão bordadas nuvens, ramagens e uma fumaça que sobe. Considerando as afirmativas acima, relativas a aspectos formais do poema, são CORRETAS: a) I e II, apenas. b) I e III, apenas. c) II e III, apenas. d) I, II e III. Q UESTÃO 15 Assinale a alternativa INCORRETA. a) O ponto de exclamação é usado duas vezes no poema, exprimindo sentimento de pasmo e lástima, respectivamente. b) No quarto verso, o hífen tem função de produzir a pronúncia silabada do advérbio. c) A forma gráfica mi-nu-ci-o-sa-men-te representa o significado dessa palavra no poema. d) Na terceira estrofe, as reticências sinalizam a supressão de parte do enunciado.

8 8 P R O D U Ç Ã O D E T E X T O É quase unânime a impressão que os brasileiros têm quando retornam ao País após concluir uma pósgraduação no exterior. Eles são categóricos ao afirmar que se trata de uma experiência necessária. Isso porque a realização de estudos lá fora traz não apenas ganhos acadêmicos, mas também aprendizado cultural, pessoal e, claro, profissional. Estudar no exterior é uma das melhores coisas que dá para fazer por você e pelo País. Algumas coisas só fazem sentido quando você está lá fora, diz o médico Daniel Branco, de 38 anos, que cursou MBA com ênfase em Sistemas de Saúde e Finanças em Wharton, na Pensilvânia, nos EUA. (Disponível em: <http://www.estadao.com.br/noticias/>. Acesso em: 25 fev ) T endo em conta as inúmeras possibilidades de bolsas de estudos ofertadas por governos e instituições estrangeiras tais como, dentre muitas outras, o Centro Norueguês para a Cooperação Internacional na Educação, a Fundação Alexander von Humboldt, da Alemanha e a Fundação de Pesquisa Flandres, da Bélgica. Você, aluno de uma universidade brasileira em fase final da graduação, deverá redigir uma carta a uma instituição de estímulo à pesquisa, em que será necessário: a) apresentar-se e descrever seu projeto de formação no exterior bem como as razões pelas quais a instituição a que você se dirige deverá escolhê-lo(a); b) discutir, fundamentadamente, os ganhos que sua formação poderá representar para o Brasil após seu retorno. Obs.: em seu texto, use o padrão culto da língua.

9 9 R A S C U N H O D O T E X T O

10 10 PROVA DE BIOLOGIA Q UESTÃO 16 A figura retrata a evolução da incidência de AIDS no Brasil, por região, em um período de 10 anos (entre 2001 e 2011). A taxa de incidência caiu no Sudeste de 22,9 para 21,0 casos por 100 mil habitantes. Nas outras regiões, a taxa cresceu: de 27,1 para 30,9 no Sul; de 9,1 para 20,8 no Norte; de 14,3 para 17,5 no Centro-Oeste; e 7,5 para 13,9 no Nordeste. Quanto à forma de transmissão entre os maiores de 13 anos de idade, prevalece a sexual. As transmissões sanguíneas foram bastante reduzidas pela triagem clínica e sorológica dos doadores de sangue. A transmissão vertical (criança infectada durante a gestação, o parto ou por meio da amamentação) caiu de 40% para menos de 3% devido ao uso profilático do AZT (inibidor da enzima transcriptase reversa), administrado na mãe durante o pré-natal (via oral) e no período anteparto (via endovenosa), e no recém-nascido (via oral). INÍCIO DO PERÍODO QUEDA AUMENTO Fonte: Departamento de DST, Aids e Hepatites Virais do Ministério da Saúde Com base nas informações, é correto afirmar, EXCETO: a) O maior aumento proporcional na incidência ocorreu na região Sul devido ao aumento no diagnóstico sorológico. b) O aumento na prevenção pode ter sido responsável pela redução da incidência da AIDS na região Sudeste no período acima referido. c) A redução da transmissão vertical pode ter sido devido, em parte, ao efeito do AZT, que reduz a carga viral no sangue e no leite materno. d) A triagem clínica pode revelar que um indivíduo pertence a um ou mais grupos de risco de contaminação, mesmo que apresente teste sorológico negativo.

11 11 Q UESTÃO 17 Peixes ósseos marinhos apresentam potencial osmótico menor do que aquele do ambiente onde vivem, mas tubarões e outros peixes cartilaginosos retêm 2,5% de ureia na corrente sanguínea, taxa muito elevada se comparada com 0,03% normal para outros vertebrados. O gráfico apresenta o potencial osmótico de um salmão marinho e de um tubarão em relação ao potencial osmótico da água do mar. POTENCIAL OSMÓTICO (conforme percentual da água do mar) Outros sais K + Na + Água do mar Salmão marinho Tubarão Concentração de ureia no sangue Com base nas informações e sabendo que os peixes devem trocar água, solutos e gases dissolvidos diretamente com o meio em que habitam, é INCORRETO afirmar: a) O tubarão não perde água por osmose através da superfície corporal, pois é isotônico em relação ao meio. b) Para manter a concentração salina de seu organismo em ambiente marinho, o salmão deve apresentar urina abundante. c) O salmão deve beber água do mar para repor a água perdida por osmose através da superfície do corpo. d) A excreção ativa de sais através das guelras é um dos mecanismos utilizados pelo salmão para eliminar o excesso de sais absorvido pelo organismo. Q UESTÃO 18 Na sucessão ecológica primária, os colonizadores iniciais e habitantes tardios da comunidade tendem a ter diferentes estratégias de crescimento e reprodução. As espécies iniciais capitalizam sobre sua capacidade de dispersão para colonizar habitats recentemente criados ou perturbados de forma rápida. As espécies de clímax se dispersam e crescem mais lentamente que as iniciais, mas sua tolerância às condições de sobrevivência em ambientes com maior nível competitivo, com maior densidade e diversidade da comunidade, tende a ser maior do que a das espécies iniciais. Considerando-se um processo de reflorestamento natural de uma área cuja vegetação foi destruída por queimada, são normalmente esperadas as seguintes características diferenciais entre as plantas sucessoriais, EXCETO: Característica Inicial Tardia a) número de sementes muitas poucas b) tamanho da semente pequena grande c) velocidade de crescimento alta baixa d) tolerância à sombra alta baixa

12 12 Q UESTÃO 19 A artrite gotosa, ou simplesmente gota, é uma das doenças mais antigas de que se tem registro na medicina. É doença causada por microcristais de urato, que se acumulam em certas partes do corpo. Esse acúmulo recebe o nome de tofos. Sobre esse assunto, marque a alternativa INCORRETA. a) A artrite e a dor da gota decorrem de processos inflamatórios crônicos que ocorrem principalmente em articulações de pés e mãos. b) A maior produção de ácido úrico é feita pelo fígado, e o restante vem da degradação de purinas principalmente de carnes vermelhas. c) A doença é predominantemente masculina, afetando também as mulheres somente após a menopausa por causa das altas taxas de estrógenos no sangue. d) Parte do ácido úrico produzido no fígado é eliminado pelos rins, enquanto que o restante permanece no sangue e em outros líquidos corporais. Q UESTÃO 20 Dois pares de genes alelos (Aa e Bb) com segregação independente são responsáveis pelas quatro cores básicas (vermelha, amarela, marrom e verde) dos pimentões maduros. O produto do alelo A degrada a clorofila dos frutos em amadurecimento, enquanto o do alelo a é inativo. O produto do alelo B produz pigmento vermelho, enquanto o do alelo b produz pigmento amarelo, que é mascarado pelo pigmento verde da clorofila. Os possíveis resultados da ação das enzimas produzidas por esses alelos são mostrados no esquema abaixo. Enzima do alelo A Enzima do alelo B FRUTOS MADUROS Vermelho Enzima do alelo b Amarelo FRUTO IMATURO Verde Enzima do alelo a Enzima do alelo B Enzima do alelo b Marrom Verde Os cruzamentos a seguir podem produzir todos os quatro fenótipos, EXCETO: a) o cruzamento entre duas plantas produtoras de pimentões vermelhos. b) entre uma planta produtora de pimentões vermelhos e outra produtora de pimentões verdes. c) entre uma planta produtora de pimentões amarelos e outra produtora de pimentões marrons. d) entre uma planta produtora de pimentões verdes e outra produtora de pimentões amarelos.

13 13 Q UESTÃO 21 Um dos primeiros relatos de diabetes data do ano 70 d.c., na Grécia, em que os afetados eram retratados como pessoas que apresentavam grande volume de urina e sentiam muita sede. Hoje o termo diabetes faz referência a diferentes distúrbios orgânicos como os descritos a seguir. Diabetes Mellitus Tipo 1 É resultante da destruição, por autoanticorpos, das células betapancreáticas levando à deficiência na produção de insulina. Diabetes Mellitus Tipo 2 Nesse distúrbio, a insulina pode ser produzida normalmente, porém sua ação está dificultada pela resistência insulínica no tecido alvo. Diabetes Insipidus Distúrbio caracterizado por sede excessiva, aumento no volume e na frequência urinária e desidratação devido à deficiência do hormônio antidiurético (ADH) ou de receptores renais para esse hormônio. Com base nas informações e em seus conhecimentos sobre o assunto, é INCORRETO afirmar que: a) apenas dois dos distúrbios descritos têm como característica a hiperglicemia. b) a deficiência de ADH induz o aumento da permeabilidade nos túbulos coletores renais. c) a incapacidade de reabsorver toda a glicose filtrada nos rins afeta o trabalho osmótico renal. d) a osmolaridade plasmática é regulada pela sensação de sede e pela secreção de ADH, que também apresenta efeito vasoconstritor. Q UESTÃO 22 Na natureza, os organismos transformam energia e processam materiais. Executando isso, adquirem energia e nutriente do meio e se livram de produtos de rejeitos indesejados. Fazendo isso, eles modificam as condições do meio ambiente e os recursos disponíveis para outros organismos, contribuindo para os fluxos de energia e para o ciclo de elementos no mundo natural. As interações descritas entre organismo e meio ambiente correspondem ao conceito de: a) habitat b) ecossistema c) nicho ecológico d) efeito resgaste

14 15 Q UESTÃO 25 Quimiorreceptores no bulbo cerebral são sensíveis à pressão parcial de dióxido de carbono (PCO 2 ), enquanto quimiorreceptores localizados na aorta e carótida são sensíveis ao oxigênio no sangue (PO 2 ). Esses receptores respondem à variação na concentração desses gases na corrente sanguínea controlando a atividade dos músculos respiratórios, afetando a taxa respiratória pulmonar. O gráfico representa as variações na taxa respiratória em função de variações na porcentagem de CO 2 e de O 2 no ar inalado. Percentagem de CO 2 no ar inalado ( ) Taxa respiratória (litros por minuto) Percentagem de O 2 no ar inalado ( ) Com base nas informações e outros conhecimentos sobre o assunto, é INCORRETO afirmar: a) O aumento de O 2 no sangue venoso estimula receptores sensíveis ao PO 2 determinando aumento da taxa respiratória para até 35 litros por minuto. b) A taxa respiratória é mais influenciada pelo aumento da PCO 2 do que pelo decréscimo do PO 2 sanguíneo. c) O aumento de atividade física deve ter efeito estimulante sobre os dois tipos de receptores, para PO 2 e para PCO 2. d) Os receptores aórticos e carotídeos podem estimular aumentos na taxa respiratória durante a exposição a altitudes elevadas.

15 17 Q UESTÃO 28 Há muito tempo já se sabia que certos alimentos são necessários para manter a saúde ou para evitar algumas doenças. Uma das primeiras constatações de doença por carência alimentar remonta à Grécia antiga, onde Hipócrates, o pai da Medicina, já observava que a dieta com fígado de boi ajudava na cura da cegueira noturna. A partir do século XVIII, entretanto, demonstrou-se que a suplementação alimentar com frutas cítricas evitava o escorbuto, e no século XIX foi determinado que a ingestão de arroz integral (em substituição ao arroz branco) prevenia a ocorrência de beribéri. Descobriu-se também que o fígado cru de boi prevenia e tratava a anemia perniciosa, e que o óleo de fígado de bacalhau era excelente para evitar o raquitismo. Mas foi somente no século XX que as causas de várias doenças, hoje reconhecidas como hipovitaminoses, foram bioquímica e fisiologicamente determinadas. As pesquisas desenvolvidas possibilitaram a distinção entre as vitaminas A e D, a descoberta do ácido ascórbico, da biotina, da vitamina K, do ácido fólico, o isolamento da vitamina E e da vitamina B12. Assinale a alternativa que apresenta uma relação INCORRETA entre os itens apresentados. VITAMINA FONTES NO ORGANISMO HUMANO A VITAMINA É ESSENCIAL PARA... a) (D) Calciferol Gorduras animais. Também produzida pelos humanos. estimular a síntese do colágeno que forma a estrutura de ossos e cartilagens. b) (C) Ascorbato Frutas e hortaliças cruas. a formação adequada do tecido conjuntivo e prevenção da oxidação de componentes celulares. c) (B 12 ) Cobalamina Animal, pois não são produzidas pelos vegetais. a formação, integridade e maturação das hemácias. d) (K) Filoquinona e menaquinonas Vegetais e bactérias intestinais. a reação que altera e capacita proteínas como a protrombina a se ligarem ao cálcio.

16 18 Q UESTÃO 29 Fóssil pré-histórico revela evolução de peixe para animais de quatro patas Fósseis de um animal que viveu há 375 milhões de anos revelam características anatômicas e funcionais transicionais de uma espécie de peixe para os primeiros tetrápodes terrestres. O peixe apresentava quatro grandes nadadeiras com ossos articulados formando ombros, cotovelos e punhos que poderiam permitir seu apoio e deslocamento no solo. Vivendo e caçando em ambientes de águas pouco profundas, o animal tinha guelras, escamas e nadadeiras, mas também um pescoço móvel, costelas robustas e pulmões primitivos. Fonte: Extraído de Globo.com - Ciência e Saúde 15/01/2014. Disponível em: Além da tetrapodia (que definiu o grupo ao qual pertencem anfíbios, répteis, aves e mamíferos), outras aquisições evolutivas foram selecionadas por favorecer a colonização do ambiente terrestre pelos vertebrados. São aquisições evolutivas dos tetrápodes atuais em relação aos peixes, EXCETO: a) Circulação sanguínea dupla a partir dos anfíbios. b) Excreção de ureia a partir de mamíferos vivíparos. c) Respiração cutânea e pulmonar em anfíbios adultos. d) Fecundação interna e desenvolvimento direto a partir de répteis. Q UESTÃO 30 A frase Pensar global, plantar local, tema de um congresso de Fisiologia Vegetal, sugere que os investigadores botânicos pesquisem e discutam o impacto das alterações climáticas no comportamento e sobrevivência das plantas, as doenças e pragas que as afetam, a utilização das plantas na alimentação e saúde humana e animal, e ainda a questão da biodiversidade. A esse respeito, foram feitas as seguintes afirmações: I. A propagação de uma planta pode depender de animais que, por sua vez, podem depender de outras espécies de plantas cuja sobrevivência pode afetar a primeira. II. A vegetação é crítica para o desenvolvimento e a manutenção da fertilidade do solo em muitos ecossistemas tropicais. III. Mudanças no clima do planeta podem afetar a distribuição geográfica de plantas e de animais associados. IV. A área plantada para garantir direta ou indiretamente a alimentação humana teria de ser muito aumentada caso os humanos consumissem mais produtos vegetais do que animais. V. A decomposição de detritos orgânicos é fundamental para gerar nutrientes para as plantas em ecossistemas terrestres. São afirmativas CORRETAS: a) I, II, III e IV. b) II, III, IV e V. c) I, II, III e V. d) I, III, IV e V.

17 19 Q UESTÃO 31 Um professor de biologia explicava o perigo do veneno injetado pela ferroada do escorpião Tityus serrulatus (muito comum no Sudeste do país), principalmente para crianças pequenas. Quando informados de que a única terapia segura consistia na rápida administração de soro contra o veneno de escorpião (dito antiescorpiônico), alguns estudantes perguntaram se não seria melhor desenvolver e aplicar uma vacina. Sobre os soros e as vacinas, assinale a afirmativa INCORRETA. a) Apenas as vacinas têm capacidade imunizadora para o organismo de animais que as recebem. b) Os soros não são eficientes por longos períodos de tempo após sua administração, podendo inclusive estimular a produção de anticorpos contra eles. c) Vacinar grandes contingentes populacionais contra eventos pouco frequentes como os acidentes com escorpiões pode representar desvio de recurso que poderiam ser melhor utilizados em saúde pública. d) O organismo vacinado demora algum tempo para estimular o desenvolvimento de memórias imunológicas necessárias para combater agentes tóxicos específicos. Q UESTÃO 32 HEMOFILIA B É TRATADA COM TERAPIA GÊNICA A primeira experiência clínica bem sucedida com terapia gênica acaba de ser anunciada em pacientes com hemofilia B. Trata-se de uma forma mais rara de hemofilia que afeta 1 em cada indivíduos do sexo masculino, sendo um caráter recessivo ligado ao sexo, que afeta a produção do fator IX de coagulação sanguínea. Os cientistas inseriram uma cópia normal do gene do fator IX da hemofilia B em um vírus especial, o adenovírus AAV8. Esse vírus tem a característica natural de direcionar-se para o fígado quando injetado, o que permitiu que ele fosse administrado na veia. Uma única injeção com o vírus tornou os pacientes capazes de produzir o fator IX em quantidade suficiente para que quatro, dentre seis pacientes, pudessem interromper completamente o tratamento convencional, isto é, as injeções de concentrado de fator IX. Os outros dois, que receberam uma dose menor do vírus, puderam aumentar os intervalos entre as injeções do fator. Fonte: Extraído de entrevista da Dra. Mayana Zatz, à revista Veja em 15/12/2011. Com base nas informações e outros conhecimentos sobre o assunto, é INCORRETO afirmar: a) Para que uma mulher seja afetada por essa hemofilia, seu pai deve ser afetado e sua mãe pelo menos portadora do alelo defeituoso. b) Uma mulher portadora tem um risco de 50% de transmitir o cromossomo com o gene defeituoso para seus descendentes de ambos os sexos. c) Apesar da alteração no seu genoma, o adenovírus AAV8 usado na terapia deve manter sua capacidade infectante específica para os hepatócitos. d) Quatro dos pacientes submetidos à terapia gênica foram curados e não correm mais o risco de transmitir o gene defeituoso para seus descendentes. Q UESTÃO 33 Tanto os vertebrados quanto os invertebrados transportam oxigênio para seus tecidos através de estruturas funcionais, características de cada grupo animal. Sobre essa temática, marque a alternativa INCORRETA. a) Os insetos difundem oxigênio para seus tecidos corporais através do sistema traqueal. b) A circulação contracorrente das guelras de peixes aumenta a eficiência da captação de oxigênio. c) Nas aves, o fluxo unidirecional do ar em oposição ao do sangue possibilita maior entrega de oxigênio necessário para suas atividades vitais. d) A hematose pulmonar é dificultada pela grande vascularização alveolar, que recebe sangue venoso vindo do coração.

18 20 Q UESTÃO 34 A hipofosfatemia é um distúrbio determinado por um alelo dominante ligado ao cromossomo X que, afetando a reabsorção renal de fosfato, resulta em baixos níveis de fosfato no sangue e deposição reduzida de minerais nos ossos, produzindo fenótipo de estrutura esquelética semelhante ao produzido pelo raquitismo por deficiência vitamínica. O heredograma representa uma família com alguns membros afetados por esse caráter. 1 2 Normais Afetados Analisando-se as informações, é correto afirmar, EXCETO: a) Na população, a frequência de mulheres afetadas é normalmente maior que a de homens afetados. b) A hipofosfatemia pode ser mais grave nos homens afetados do que nas mulheres afetadas heterozigotas. c) A chance de o casal 7 x 8 ter filhas ou filhos afetados é a mesma, ou seja, 100%. d) A chance de o casal 3 x 4 ter filhas afetadas é a mesma que para o casal 7 x 8. Q UESTÃO 35 O gráfico representa a degradação que se processa na direção indicada pela seta (de 1 para 2) de diferentes moléculas (A, B, C e D) presentes nos alimentos, ao longo de diferentes compartimentos do tubo digestório humano. 1 2 Boca Estômago Duodeno Jejuno e íleo Intestino grosso Assinale a afirmativa INCORRETA. a) A e D podem ser dois polissacarídeos de origem vegetal, sendo o primeiro estrutural e o segundo energético. b) A degradação de B é realizada por enzimas com capacidade emulsionante produzidas pelo fígado e liberadas no duodeno. c) A degradação de C produz oligopeptídeos e posteriormente aminoácidos, mas somente os últimos são normalmente absorvidos no intestino delgado. d) Diferentes enzimas atuam sobre C e outras sobre D em diferentes porções do tubo digestório.

19 21 PROVA DE QUÍMICA Q UESTÃO 36 Considere as afirmativas: I. Ácidos de Arrhenius são espécies químicas capazes de doar pares de elétrons livres. II. O cloreto de sódio é um sal capaz de liberar íons OH- em solução aquosa. III. O cloreto de hidrogênio sofre dissociação na água de modo a obter o ácido clorídrico. IV. Por ser o flúor um elemento químico mais eletronegativo que o bromo, explica-se o fato de o ácido fluorídrico ser mais forte que o ácido bromídrico. V. O hidróxido de magnésio reage com o ácido clorídrico para formar o clorato de magnésio. Assinale a alternativa que corresponde às afirmativas INCORRETAS. a) I, II e III, apenas. b) II, IV e V, apenas. c) I, II, III e V, apenas. d) I, II, III, IV e V. Q UESTÃO 37 Quatro substâncias foram submetidas a um estudo, em que foram determinadas as propriedades volume, massa, temperatura de fusão e ebulição (tabela abaixo). Substância Volume (ml, a 20 C) Massa (g) Temp. fusão ( C) Temp. ebulição ( C) M N O 50 0, P 50 39,45-114,3 78,4 Com relação às propriedades observadas para essas substâncias, é CORRETO afirmar: a) A substância N possui a menor densidade. b) As substâncias M e O são gasosas a 90 C. c) A 100 C, O e P estarão no estado gasoso. d) Se as substâncias M e P fossem líquidas e insolúveis uma na outra, o sistema formaria duas fases em que a substância M seria a fase superior.

20 22 Q UESTÃO 38 Sobre o composto que apresenta a estrutura de linha abaixo, fazem-se as seguintes afirmativas: I. É um hidrocarboneto alifático e ramificado. II. Apresenta 6 carbonos sp 3 e 4 carbonos sp 2. III. Possui fórmula molecular C 15 H 28. IV. A nomenclatura correta, segundo a IUPAC, é 3-etil-7-metil-4-propil-nona-2,6-dieno V. Possui interação intermolecular do tipo ligação de hidrogênio. São VERDADEIRAS: a) I, III e IV, apenas. b) II, III e IV, apenas. c) I, II, III e IV. d) I, III, IV e V. Q UESTÃO 39 O dicromato de amônio ((NH 4 ) 2 Cr 2 O 7 ), quando aquecido, sofre decomposição formando nitrogênio gasoso (N 2 ), água (H 2 O) e óxido de cromo III (Cr 2 O 3 ). Considerando uma decomposição completa de 50,4g de (NH 4 ) 2 Cr 2 O 7, assinale o volume de gás N 2 liberada na reação, medindo-se em CNTP (273,15 K e 1 atm). a) 4,48 L b) 4,88 L c) 5,33 L d) 6,32 L Q UESTÃO 40 O zinco, quando entra em contato com o ácido clorídrico, sofre uma reação química que leva à formação de cloreto de zinco aquoso e hidrogênio gasoso. Zn (s) + 2HCl (aq) ZnCl 2(aq) + H 2(g) Assinale a quantidade, em gramas, de zinco que é necessária para reagir com o HCl (aq) e formar 51,4 L de hidrogênio em CNTP (273K e 1 atm). a) 100 g b) 137 g c) 150 g d) 140 g

21 23 Q UESTÃO 41 Observe cada par de ligações. I. Pb O ou C O II. C=O ou C=N III. B Cl ou In Cl IV. P Se ou P O Assinale a afirmativa CORRETA. a) C O, C=N, B Cl e P Se são as ligações mais curtas em cada par. b) C O, C=O, B Cl e P O são as ligações mais curtas em cada par. c) Pb O, C=N, In Cl e P O são as ligações mais curtas em cada par. d) Pb O, C=O, B Cl e P Se são as ligações mais curtas em cada par. Q UESTÃO 42 São exemplos de substâncias compostas, EXCETO: a) H 2 O b) O 3 c) HCl d) Fe 2 (SO 4 ) 3 Q UESTÃO 43 G. N. Lewis propôs, no ano de 1916, que os átomos também formavam ligações a partir do compartilhamento de elétrons. Esse tipo de ligação ficou conhecida como ligação covalente. Assinale a alternativa que contém apenas substâncias formadas por ligação covalente. a) HCl (g), NH 3, CO 2, C (diamante). b) CO 2, CH 4, NaCl, H 2 O. c) CH 3 CH 2 OH, SO 2, Na 2 S, Ag. d) C (grafite), CO 2, NH 3, KCl. Q UESTÃO 44 O Noretindrona é utilizado como contraceptivo oral e encontra-se representado pela estrutura: Sobre essa substância, é CORRETO afirmar que: a) é um hidrocarboneto aromático com fórmula molecular C 20 H 20 O 2. b) possui um grupo aldeído e fórmula molecular C 20 H 26 O 2. c) possui um grupo etinil e fórmula molecular C 20 H 26 O 2. d) é um hidrocarboneto com fórmula molecular C 20 H 24 O 2.

22 24 Q UESTÃO 45 Os elementos metálicos, não metálicos, gases nobres e o hidrogênio são organizados na tabela periódica de acordo com seu respectivo número atômico. Considerando-se as propriedades dos elementos químicos, é INCORRETO afirmar: a) Os não metais da família 7A formam ligações iônicas com os elementos da família 1A. b) Os gases nobres apresentam grande energia de ionização. c) O hidrogênio forma uma substância composta com o sódio (NaH). d) Os metais da família 1A apresentam grande energia de ionização. Q UESTÃO 46 Considere a reação: Ca + ( s) + 2H 2O( l) Ca( OH ) 2( aq) H 2( g) Numa certa temperatura, 12,03 g de cálcio reagiram em 45 segundos. A velocidade de consumo de cálcio em mol/min -1 é: a) 0,1 b) 0,2 c) 0,3 d) 0,4 Q UESTÃO 47 Considere uma reação que possui uma energia de ativação de 22 kj e uma variação de entalpia de 43 kj. A sua reação inversa possui como energia de ativação e entalpia, respectivamente: a) -22 kj, +43 kj. b) -22 kj, +65 kj. c) +65 kj, +43 kj d) + 65 kj, -22 kj. Q UESTÃO 48 Considere as soluções aquosas abaixo: I. solução de sulfato de cobre (CuSO 4 ) 0,1 mol/l. II. solução de cloreto de potássio (KCl) 0,4 mol/l. III. solução de sulfato de zinco (ZnSO 4 ) 0,2 mol/l. IV. solução de glicose (C 6 H 12 O 6 ) 0,1 mol/l. Considerando que as espécies iônicas estão completamente ionizadas, assinale a afirmativa CORRETA. a) A solução III possui o menor ponto de ebulição. b) Durante a ebulição, a pressão de vapor é idêntica para as quatro soluções. c) A solução II tem ponto de ebulição mais baixo do que o ponto de ebulição da solução I. d) A solução I possui o menor ponto de congelamento.

23 25 Q UESTÃO 49 Assinale o equilíbrio que será deslocado para a direita com aumento de temperatura. 1 a) SO3 ( g) SO2( g) + O2( g) H = + 98kJ 2 1 b) NO( g) + O2( g) NO2( g) H = 56kJ 2 c) 4 HCl + O 2H O + Cl energia ( g ) 2( g) 2 ( g) 2 2( g) + 1 d) H 2( g) + O2( g) energia H 2O( g) 2 Q UESTÃO 50 É INCORRETO afirmar que a constante de equilíbrio de uma reação química depende: a) da temperatura na qual é realizada a reação. b) da concentração final dos produtos. c) da concentração final dos reagentes. d) da velocidade da reação. Q UESTÃO 51 Assinale a solução aquosa que possui ph = 11. a) 0,11 mol L -1 NaOH b) 0,001 mol L -1 NaOH c) 0,11 mol L -1 HCl d) 0,001 mol L -1 HCl Q UESTÃO 52 A faixa de viragem do indicador de ph fenolftaleína é representada a seguir. É INCORRETO afirmar que, após adição de algumas gotas desse indicador, uma solução aquosa 0,1 mol L -1 de a) NaCl é incolor. b) HCl é incolor. c) NaOH é rosa. d) KOH é roxa.

24 26 Q UESTÃO 53 Considere a tabela dos potenciais padrões de redução, em solução a 298 K. Fe 2+ /Fe Cd 2+ /Cd Zn 2+ /Zn Cu 2+ /Cu -0,44 V -0,40-0,76 V +0,34 V É CORRETO afirmar que: a) Cu 2+ é o agente mais oxidante. b) Zn é o agente menos redutor. c) Cd é mais redutor que Fe. d) Zn 2+ é mais oxidante que Fe 2+. Q UESTÃO 54 Uma pilha é realizada, nas condições padrões, a partir dos pares redox Ni 2+ / Ni (E = -0,23 V) e Pb 2+ / Pb (E = - 0,13 V). Sua força eletromotriz (fem) é: a) -0,10 V b) -0,36 V c) +0,10 V d) +0,36 V Q UESTÃO 55 Considere o equilíbrio correspondendo ao processo de interconversibilidade entre ozônio e oxigênio, o qual acontece na estratosfera e é responsável principal da absorção da radiação ultravioleta solar. 2O3( g) 3O2( g) A forma correta de expressar a constante K, desse equilíbrio, é: a) b) c) d) K = K = K = K = 2 [ O] [ O] 3 3 [ O2 ] [ ] 2 2 O 3 3 [ O2 ] [ O ] [ O2 ] 3[ O ] 3 2 3

25 28 PROVA DE FÍSICA Q UESTÃO 56 Uma esfera metálica, oca e hermeticamente fechada, contém ar em seu interior. Ela se encontra flutuando, em equilíbrio, parcialmente submersa em um líquido. Se o ar for retirado de seu interior, é CORRETO afirmar que ela: a) permanecerá no mesmo nível, pois seu volume não foi modificado e nem foi alterada a densidade do líquido. b) afundará mais, pois sua densidade aumenta. c) diminuirá seu volume submerso, pois sua densidade diminui. d) seu volume submerso poderá aumentar ou diminuir dependendo dos valores das densidades do ar e do líquido. Q UESTÃO 57 Um depósito de água possui, em seu fundo, uma válvula de segurança com uma área de 120 cm 2. A válvula abrese pela ação da água quando esta atinge uma altura de 4,0 m acima do nível da válvula. Considerando a densidade da água como ρ = 1,0 x 10 3 Kg/m 3 e g = 10m/s 2, assinale o valor da força exercida pela água, necessária para abrir a válvula. a) 480 N b) 120 N c) 48 N d) 24 N Q UESTÃO 58 Um carro move-se em trajetória retilínea com velocidade constante. Seus pneus, montados sobre as rodas, têm um diâmetro de 50 cm e giram com uma velocidade angular ω = 40 rad/s. Assinale a distância percorrida por esse veículo ao final de um minuto. a) 200 m b) 600 m c) 1200 m d) 2400 m Q UESTÃO 59 Ao nível do mar, quando se fornece calor à água, sua temperatura atinge no máximo o valor de 100 C. É CORRETO afirmar: a) Quando a água atinge a temperatura de 100 C, o c alor recebido pela água é exatamente igual ao calor que ela perde para o meio ambiente, impedindo sua temperatura de subir. b) Após atingir a temperatura de 100 C, o calor rec ebido pela água fará com que ela mude de fase, transformando-se em vapor a 100 C. c) Ao nível do mar é possível que a água atinja temperaturas acima de 100 C, basta que a quantidade de calor recebida por ela seja maior que o calor que ela perde para o meio d) A temperatura da água não passa de 100 C devido ao movimento de convecção causado pelas diferenças de densidade entre a água fria e quente.

26 29 Q UESTÃO 60 Um chuveiro elétrico foi projetado para funcionar corretamente quando ligado em 220 V. Se ele for ligado a uma rede elétrica de 110 V, é CORRETO afirmar que: a) sua resistência elétrica irá reduzir pela metade fazendo com que ele aqueça menos a água. b) a resistência do chuveiro irá se reduzir pela metade e sua potência não será modificada. c) a resistência do chuveiro irá dobrar de valor, já que a voltagem de 110 V é a metade da voltagem de 220 V para a qual ele foi projetado. d) sua resistência elétrica não muda de valor e sua potência ficará quatro vezes menor. PROVA DE MATEMÁTICA Q UESTÃO 61 Cabelo virou um mercado internacional, mas tudo depende das pessoas quererem doar ou vender. Além disso, o crescimento natural é lento e limita o aumento da oferta. Os fios de alguém saudável crescem 0,35 mm por dia. Para o cabelo ser aproveitado em perucas e apliques, o comprimento deve estar entre 20 e 25cm para homens e entre 50 e 55cm para mulheres. Com base nessas informações, o tempo mínimo necessário para uma doadora poder fornecer um novo aplique, em meses, é aproximadamente igual a: a) 36 b) 40 c) 44 d) 48 Q UESTÃO 62 Em toda produção industrial, é comum que alguns itens fabricados estejam fora dos padrões estabelecidos e tenham de ser descartados. Certo laboratório, produtor de comprimidos e cápsulas, estima que 5% dos comprimidos fabricados são menores que o tamanho padronizado e que 3% das cápsulas produzidas são mais finas que a espessura padronizada. O restante da produção atende aos padrões estabelecidos. Do total da produção, 60% são comprimidos e 40% são cápsulas. Escolhendo-se aleatoriamente um item produzido por esse laboratório, a probabilidade de o mesmo ser de tamanho e espessura padronizados é de: a) 95,6% b) 95,8% c) 96,0% d) 96,2% Q UESTÃO 63 Um casal deseja adquirir um apartamento e recorre a um banco para financiar esse imóvel. Após a análise das formas de crédito e da realização dos cálculos, o comprador opta por um financiamento no qual, ao término do prazo, o valor total pago será igual ao dobro do valor inicial financiado. Sabendo-se que o banco aplicou uma taxa de juros compostos de 8% ao ano, o prazo em que esse casal pagará seu apartamento é, em anos, igual a: a) 10 b) 15 c) 20 d) 25 Adote:.

27 30 Q UESTÃO 64 A figura representa a pintura de Kazimir Malevich que tem como título Retângulo Preto, Triângulo Azul e serve como um exemplo do abstracionismo geométrico do início do século XX, conhecido na Rússia como Suprematismo. Essa figura serviu de inspiração para que um arquiteto projetasse um jardim: na área correspondente ao triângulo, deveriam ser plantadas flores; a área restante seria gramada. Considere que o Triângulo Azul é equilátero e tem lados medindo 32m, que o Retângulo Preto tem dimensões 30 m 60 m e que um dos lados do Retângulo Preto intercepta os pontos médios de dois lados do Triângulo Azul. A partir dessas informações, é CORRETO afirmar que a área a ser coberta de grama mede, em metros quadrados: a) b) c) d) Q UESTÃO 65 Para cada jogada de certo jogo de tabuleiro, são lançados dois dados, um branco e outro preto. Os dados são honestos e têm a forma de um cubo, com um único número em cada face. Enquanto o dado branco tem as faces numeradas por 2, 1, 0,1, 2 e 3, o preto apresenta faces numeradas por 3, 2, 1, 0,1 e 2. Pelas regras do jogo, o jogador avança ou retrocede, no tabuleiro, quando o produto dos números obtidos nos dados for positivo ou negativo, respectivamente. Em uma jogada, o número de produtos distintos resultantes que levam a um retrocesso é: a) 6 b) 9 c) 12 d) 13

28 31 PROVA DE ESPANHOL Lea el texto atentamente y a continuación escoja la alternativa adecuada para cada una de las siguientes cuestiones. LA HORA ENTRE EL PERRO Y EL LOBO El Lobo de Wall Street está arrasando en la taquilla de los cines españoles. Es decir, que miles de nosotros hemos vuelto al lugar del crimen. Allí donde todo empezó en los felices 90 y donde todo acabó en septiembre de Desde allí nos inundaron de billetes baratos para después dejarnos en la miseria. Cuando se estrenó Wall Street, la vimos con otros ojos. Bendita inocencia la que nos llevaba a creer que el trabajo de operadores financieros como Gordon Gekko no afectaba a nuestras vidas. Ahora sabemos que sí. Lo hemos aprendido a base de paro, miseria, desahucios. Sabemos que lo que empieza en Wall Street puede acabar en el cierre de una fábrica o en el desahucio de una mujer y su hijo con síndrome de Down. Scorsese ha rodado una película hiperbólica retratando al operador financiero Jordan Belfort como un degenerado adicto al dinero que vende basura financiera y vive en la basura moral. Su estiércol huele a billetes, a yates, a limusinas, a prostitutas, a drogas. La crítica ha dicho que Scorsese exagera con este retrato de Wall Street. Pero lo que el director ha llevado al cine lo describe también John Coates, ex empleado de Goldman Sachs y ahora investigador en neurociencias de Cambridge, en su libro La biología de la toma de riesgos. Coates describe cómo el metabolismo de los operadores financieros es una auténtica bomba cargada de hormonas esteroides, testosterona, dopamina, cortisol y otras sustancias químicas cuando se sientan delante del ordenador. Con el cerebro al rojo vivo, dice el autor, viven un momento de transformación que los franceses llaman desde la Edad Media la hora entre el perro y el lobo. (Méndez, Lúcia: in Adaptado) Q UESTI ON 66 El autor del texto afirma, en relación a la película, que su tema principal trata de la a) situación social y económica actual. b) crisis que acabó en c) escena de un crimen. d) psicología de los operadores financieros. Q UESTI ON 67 El tema que Scorsese quiere presentar en su película es la a) situación que arrasó a Wall Street y a España. b) facilidad que hubo de encontrar billetes baratos. c) influencia del mundo financiero en lo cotidiano. d) influencia americana en la economía mundial. Q UESTI ON 68 La crítica especializada opina que la película a) acierta en el retrato de un operador financiero de Wall Street viciado en conseguir dinero a cualquier precio. b) se excede en el análisis de la importancia financiera de Wall Street. c) se asemeja al libro La biología de la toma de riesgos describiendo el metabolismo de los operadores financieros. d) se basa en la intuición de la expresión francesa que afirma una transformación de los seres humanos llamada la hora entre el perro y el lobo.

29 32 Q UESTI ON 69 La palabra desahucio (línea 7) tiene el sentido de a) interés exagerado por deudas en las compras de viviendas. b) impuesto y gravámenes fiscales en las viviendas familiares. c) ahorro para la compra de viviendas familiares. d) expropiación y expulsión de moradores de sus viviendas. Q UESTI ON 70 La palabra basura (línea 9) puede ser sustituida, sin cambiar el sentido de la frase, por a) intención. b) suciedad. c) ahorro. d) impedimento. PROVA DE INGLÊS Read the following passage and choose the option which best completes each question, according to the text: Students Should Be Tested More, Not Less Testing is terrible for learning. This often repeated saying has become accepted as true without proof. Opposition to testing and its associated ills has led to an over-generalization of the word test and an unjustifiable reputation as the personification of all that is wrong with education. Henry Roediger, a cognitive psychologist at Washington University, compared test results of students who used common study methods reading material, highlighting, and writing notes with the results from students repeatedly tested on the same material. Roediger found that taking a test on material can have a greater positive effect on future retention of that material than spending an equivalent amount of time restudying it. Remarkably, this remains true even when performance on the test is far from perfect and no feedback is given on missed information. Some tests, however, are more effective in eliciting this positive effect than others. Standardized tests, like IQ tests, are designed to measure developed knowledge or abilities. They are summative, as they measure students sum total knowledge or ability at a fixed point in time. Summative tests are not intended to shape future teaching. Formative assessments, on the other hand, are designed to discover what students do and do not know in order to shape teaching. They are not meant to simply measure knowledge, but to expose gaps in knowledge so teachers may adjust future instruction accordingly. At the same time, students are alerted to these gaps, which allows them to shape their efforts to learn the information they missed. Roediger asserts that educators ought to be using formative assessments early and often in the classroom to strengthen learning throughout the unit rather than waiting until the end and giving a summative assessment. (FROM: Acesso: 28/01/2014. Adapted.) Q UESTI ON 66 People generally believe that testing is terrible for learning because a) this saying has been frequently repeated. b) students think tests are extremely difficult. c) testing is responsible for bad education. d) most teachers prefer tests to exercises.

30 33 Q UESTI ON 67 Henry Roediger concluded that taking a test can have a greater positive effect than spending an equivalent amount of time restudying a material even if a) learners find the test complex and difficult. b) later feedback on the test is given to students. c) students performance on the test is not good. d) teachers prefer doing exercises to doing tests. Q UESTI ON 68 The main objective of summative tests is to a) find out what the students do not know yet. b) measure developed knowledge or abilities. c) compare and study students performance. d) expose the gaps in the educational system. Q UESTI ON 69 The words on the other hand in Formative assessments, on the other hand, (paragraph 3) conveys an idea of a) conclusion. b) addition. c) finality. d) contrast. Q UESTI ON 70 According to Roediger, to have a more effective learning educators should use a) formative assessments at the end of units. b) formative assessments during the units. c) summative assessments during the units. d) summative assessments instead of formative ones.

31 34 VESTIBULAR PUC MINAS BETIM 2º SEMESTRE DE 2014 CURSO: MEDICINA PARA VOCÊ DESTACAR E CONFERIR O SEU GABARITO CONHECIMENTO QUE TRANSFORMA.

SISTEMA EXCRETOR (URINÁRIO) RIO) Rins: morfologia e funcionamento Regulação hormonal Distúrbios mais comuns Excreção de compostos nitrogenados

SISTEMA EXCRETOR (URINÁRIO) RIO) Rins: morfologia e funcionamento Regulação hormonal Distúrbios mais comuns Excreção de compostos nitrogenados SISTEMA EXCRETOR (URINÁRIO) RIO) Rins: morfologia e funcionamento Regulação hormonal Distúrbios mais comuns Excreção de compostos nitrogenados Regulação osmótica SISTEMA URINÁRIO HUMANO adrenal Veia cava

Leia mais

47 Por que preciso de insulina?

47 Por que preciso de insulina? A U A UL LA Por que preciso de insulina? A Medicina e a Biologia conseguiram decifrar muitos dos processos químicos dos seres vivos. As descobertas que se referem ao corpo humano chamam mais a atenção

Leia mais

PROVA DE QUÍMICA - 1998 Segunda Etapa

PROVA DE QUÍMICA - 1998 Segunda Etapa PROVA DE QUÍMICA - 1998 Segunda Etapa QUESTÃO 01 Num laboratório químico, havia três frascos que continham, respectivamente, um alcano, um álcool e um alqueno. Foram realizados experimentos que envolviam

Leia mais

Planejamento de PIE- Guilherme de Almeida. 2º EM Biologia Frente B. Prof. Jairo José Matozinho Cubas

Planejamento de PIE- Guilherme de Almeida. 2º EM Biologia Frente B. Prof. Jairo José Matozinho Cubas Planejamento de PIE- Guilherme de Almeida 2º EM Biologia Frente B Prof. Jairo José Matozinho Cubas 3º Trimestre: Fisiologia animal e humana: a)fisiologia e relações entre sistemas respiratório e circulatório

Leia mais

No exemplo dado, a molécula sinal representa: a) um neurotransmissor. b) uma enzima. c) um hormônio. d) um anticorpo.

No exemplo dado, a molécula sinal representa: a) um neurotransmissor. b) uma enzima. c) um hormônio. d) um anticorpo. 10 P R O V A D E B I O L O G I A Q U E S T Ã O 1 6 O ambiente no qual vivemos está repleto de sinais. Nossos órgãos de sentido respondem à luz, aos odores, ao tato e ao som. Porém, quando nos referimos

Leia mais

PROVA DE BIOLOGIA I. A charge refere-se a um problema que afeta cada vez mais pessoas em várias regiões do nosso planeta.

PROVA DE BIOLOGIA I. A charge refere-se a um problema que afeta cada vez mais pessoas em várias regiões do nosso planeta. 26 PROVA DE BIOLOGIA I QUESTÃO 40 A charge refere-se a um problema que afeta cada vez mais pessoas em várias regiões do nosso planeta. Vai um baldinho aí? Fonte: conexaoambiental.zip.net/arch2007-11-01_2007-.

Leia mais

ATENÇÃO: O DESENVOLVIMENTO TEÓRICO DAS QUESTÕES É OBRIGATÓRIO

ATENÇÃO: O DESENVOLVIMENTO TEÓRICO DAS QUESTÕES É OBRIGATÓRIO IX Olimpíada Capixaba de Química 2011 Prova do Grupo II 2 a série do ensino médio Fase 02 Aluno: Idade: Instituição de Ensino: Coordenador da Instituição de Ensino: ATENÇÃO: O DESENVOLVIMENTO TEÓRICO DAS

Leia mais

UFMG - 2004 3º DIA QUÍMICA BERNOULLI COLÉGIO E PRÉ-VESTIBULAR

UFMG - 2004 3º DIA QUÍMICA BERNOULLI COLÉGIO E PRÉ-VESTIBULAR UFMG - 2004 3º DIA QUÍMICA BERNOULLI COLÉGIO E PRÉ-VESTIBULAR Química Questão 01 Os metais alcalinos, ao reagirem com água, produzem soluções dos respectivos hidróxidos e gás hidrogênio. Esta tabela apresenta

Leia mais

~ 1 ~ PARTE 1 TESTES DE ESCOLHA SIMPLES. Olimpíada de Química do Rio Grande do Sul 2011

~ 1 ~ PARTE 1 TESTES DE ESCOLHA SIMPLES. Olimpíada de Química do Rio Grande do Sul 2011 CATEGORIA EM-2 Nº INSCRIÇÃO: Olimpíada de Química do Rio Grande do Sul 2011 Questão 3: O chamado soro caseiro é uma tecnologia social que consiste na preparação e administração de uma mistura de água,

Leia mais

PROVA DE CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS

PROVA DE CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS VESTIBULAR 2007 2.ª FASE 15 DE SETEMBRO DE 2007 VESTIBULAR 2007 2.ª FASE 15 DE SETEMBRO DE 2007 PROVA DE CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS INSTRUÇÕES Para a realização desta prova, você recebeu este caderno contendo

Leia mais

ATIVIDADES EM QUÍMICA Recuperação paralela de conteúdos

ATIVIDADES EM QUÍMICA Recuperação paralela de conteúdos Nova Friburgo, de de 2014. Aluno (a): Gabarito Professor(a): ATIVIDADES EM QUÍMICA Recuperação paralela de conteúdos Nº: Turma:100 Assuntos: Estrutura atômica; Tabela Periódica; Propriedades periódicas;

Leia mais

As questões de 31 a 34 referem-se ao texto abaixo.

As questões de 31 a 34 referem-se ao texto abaixo. QUÍMICA As questões de 31 a 34 referem-se ao texto abaixo. Em diversos países, o aproveitamento do lixo doméstico é quase 100%. Do lixo levado para as usinas de compostagem, após a reciclagem, obtém-se

Leia mais

Lista de Exercícios 4 Indústrias Químicas Resolução pelo Monitor: Rodrigo Papai de Souza

Lista de Exercícios 4 Indústrias Químicas Resolução pelo Monitor: Rodrigo Papai de Souza Lista de Exercícios 4 Indústrias Químicas Resolução pelo Monitor: Rodrigo Papai de Souza 1) a-) Calcular a solubilidade do BaSO 4 em uma solução 0,01 M de Na 2 SO 4 Dissolução do Na 2 SO 4 : Dado: BaSO

Leia mais

PlanetaBio Resolução de Vestibulares FUVEST 2006 2ª fase www.planetabio.com

PlanetaBio Resolução de Vestibulares FUVEST 2006 2ª fase www.planetabio.com 1-O esquema abaixo representa as principais relações alimentares entre espécies que vivem num lago de uma região equatorial. Com relação a esse ambiente: a) Indique os consumidores primários. b) Dentre

Leia mais

química FUVEST ETAPA Resposta QUESTÃO 1 QUESTÃO 2 c) Determine o volume adicionado da solução

química FUVEST ETAPA Resposta QUESTÃO 1 QUESTÃO 2 c) Determine o volume adicionado da solução Química QUESTÃO 1 Um recipiente contém 100 ml de uma solução aquosa de H SO 4 de concentração 0,1 mol/l. Duas placas de platina são inseridas na solução e conectadas a um LED (diodo emissor de luz) e a

Leia mais

Segundo a Portaria do Ministério da Saúde MS n.o 1.469, de 29 de dezembro de 2000, o valor máximo permitido (VMP) da concentração do íon sulfato (SO 2

Segundo a Portaria do Ministério da Saúde MS n.o 1.469, de 29 de dezembro de 2000, o valor máximo permitido (VMP) da concentração do íon sulfato (SO 2 11 Segundo a Portaria do Ministério da Saúde MS n.o 1.469, de 29 de dezembro de 2000, o valor máximo permitido (VMP) da concentração do íon sulfato (SO 2 4 ), para que a água esteja em conformidade com

Leia mais

Questão 1 Questão 2. Questão 3. Resposta. Resposta

Questão 1 Questão 2. Questão 3. Resposta. Resposta Questão 1 Questão 2 O esquema abaixo representa as principais relações alimentares entre espécies que vivem num lago de uma região equatorial. a) O câncer é uma doença genética, mas na grande maioria dos

Leia mais

CONCURSO DE ADMISSÃO AO CURSO DE FORMAÇÃO E GRADUAÇÃO QUÍMICA CADERNO DE QUESTÕES 2014/2015

CONCURSO DE ADMISSÃO AO CURSO DE FORMAÇÃO E GRADUAÇÃO QUÍMICA CADERNO DE QUESTÕES 2014/2015 Informações de Tabela Periódica CONCURSO DE ADMISSÃO AO CURSO DE FORMAÇÃO E GRADUAÇÃO QUÍMICA CADERNO DE QUESTÕES 2014/2015 Folha de Dados Elemento H C N O F Al Cl Zn Sn I Massa atômica (u) 1,00 12,0 14,0

Leia mais

Regulação dos níveis iônicos do sangue (Na +, K +, Ca 2+, Cl -, HPO 4. , K +, Mg 2+, etc...)

Regulação dos níveis iônicos do sangue (Na +, K +, Ca 2+, Cl -, HPO 4. , K +, Mg 2+, etc...) Regulação dos níveis iônicos do sangue (Na +, K +, Ca 2+, Cl -, HPO 4 2-, K +, Mg 2+, etc...) Regulação do equilíbrio hidrossalino e da pressão arterial; Regulação do ph sanguíneo (H +, HCO 3- ); Síntese

Leia mais

A A A A A A A A A A A A A A A BIOLOGIA

A A A A A A A A A A A A A A A BIOLOGIA BIOLOGI 1 Nos últimos 10.000 anos, o nível de evaporação da água do Mar Morto tem sido maior que o de reposição. Dessa forma, a concentração de sais tem aumentado, já que o sal não evapora. principal fonte

Leia mais

Sistema circulatório. Componentes: - Vasos sanguíneos. - Sangue (elementos figurados e plasma) - Coração

Sistema circulatório. Componentes: - Vasos sanguíneos. - Sangue (elementos figurados e plasma) - Coração Fisiologia Humana Sistema circulatório Componentes: - Sangue (elementos figurados e plasma) - Vasos sanguíneos - Coração Vasos sanguíneos Artérias Vasos com paredes espessas e elásticas por onde circula

Leia mais

QUESTÃO 40 PROVA DE BIOLOGIA II. A charge abaixo se refere às conseqüências ou características da inflamação. A esse respeito, é INCORRETO afirmar:

QUESTÃO 40 PROVA DE BIOLOGIA II. A charge abaixo se refere às conseqüências ou características da inflamação. A esse respeito, é INCORRETO afirmar: 22 PROVA DE BIOLOGIA II QUESTÃO 40 A charge abaixo se refere às conseqüências ou características da inflamação. A esse respeito, é INCORRETO afirmar: a) Se não existisse o processo inflamatório, os microorganismos

Leia mais

Prova de Química e Biologia

Prova de Química e Biologia Provas Especialmente Adequadas Destinadas a Avaliar a Capacidade para a Frequência dos Cursos Superiores do IPVC dos Maiores de 23 Anos Prova de Química e Biologia Prova modelo Prova Específica de Química

Leia mais

2a. prova Simulado 5 Dissertativo 27.09.06 QUÍMICA INSTRUÇÕES PARA REALIZAÇÃO DO SIMULADO

2a. prova Simulado 5 Dissertativo 27.09.06 QUÍMICA INSTRUÇÕES PARA REALIZAÇÃO DO SIMULADO Simulado 5 Padrão FUVEST Aluno: N o do Cursinho: Sala: QUÍMICA INSTRUÇÕES PARA REALIZAÇÃO DO SIMULADO 1. Aguarde a autorização do fiscal para abrir o caderno de questões e iniciar a prova. 2. Duração da

Leia mais

2a. prova Simulado 5 Dissertativo 26.09.06 BIOLOGIA INSTRUÇÕES PARA REALIZAÇÃO DO SIMULADO

2a. prova Simulado 5 Dissertativo 26.09.06 BIOLOGIA INSTRUÇÕES PARA REALIZAÇÃO DO SIMULADO Simulado 5 Padrão FUVEST Aluno: N o do Cursinho: Sala: BIOLOGIA INSTRUÇÕES PARA REALIZAÇÃO DO SIMULADO 1. Aguarde a autorização do fiscal para abrir o caderno de questões e iniciar a prova. 2. Duração

Leia mais

QUESTÃO 01 Analise este gráfico, em que se mostra o resultado de um experimento de decomposição térmica de uma substância orgânica:

QUESTÃO 01 Analise este gráfico, em que se mostra o resultado de um experimento de decomposição térmica de uma substância orgânica: QUESTÃO 01 Analise este gráfico, em que se mostra o resultado de um experimento de decomposição térmica de uma substância orgânica: 1. Considere que, durante esse experimento, a diminuição de massa se

Leia mais

Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias de Jaboticabal FCAV - UNESP. CURSO: Agronomia. DISCIPLINA: Química Geral

Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias de Jaboticabal FCAV - UNESP. CURSO: Agronomia. DISCIPLINA: Química Geral Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias de Jaboticabal FCAV - UNESP CURSO: Agronomia DISCIPLINA: Química Geral ASSUNTO: Soluções e Unidades de Concentração 1 1. TIPOS MAIS COMUNS DE SOLUÇÃO Solução

Leia mais

Sistemas Excretores. Professor Fernando Stuchi

Sistemas Excretores. Professor Fernando Stuchi Sistemas Excretores Definição Para manutenção da vida de um organismo animal, todo alimento e substancia que são digeridas, as células absorvem os nutrientes necessários para o fornecimento de energia.

Leia mais

Questão 89. Questão 91. Questão 90. alternativa A. alternativa E

Questão 89. Questão 91. Questão 90. alternativa A. alternativa E Questão 89 O esquema representa o sistema digestório humano e os números indicam alguns dos seus componentes. Nível de açúcar no sangue mg/100ml 200 150 100 50 B A 0 1 2 3 4 5 Número de horas após a alimentação

Leia mais

Polaridade de moléculas

Polaridade de moléculas Polaridade de moléculas 01. (Ufscar) É molécula polar: a) C 2 H 6. b) 1,2-dicloroetano. c) CH 3 Cl. d) p-diclorobenzeno. e) ciclopropano. 02. (Mackenzie) As fórmulas eletrônicas 1, 2 e 3 a seguir, representam,

Leia mais

TRABALHO DE RECUPERAÇÃO FINAL DE CIÊNCIAS 8º ANO

TRABALHO DE RECUPERAÇÃO FINAL DE CIÊNCIAS 8º ANO Aluno(a): NOTA: Professor(a): Denise Data: 06/01/15 Valor: 20,0 TRABALHO PARA RECUPERAÇÃO FINAL: Para fazer este trabalho você deverá consultar as apostilas 3 e 4 que são, respectivamente, do terceiro

Leia mais

COMENTÁRIO DA PROVA DE BIOLOGIA

COMENTÁRIO DA PROVA DE BIOLOGIA COMENTÁRIO DA PROVA DE BIOLOGIA A prova de Biologia da UFPR apresentou uma boa distribuição de conteúdos ao longo das nove questões. O grau de dificuldade variou entre questões médias e fáceis, o que está

Leia mais

SÓ ABRA QUANDO AUTORIZADO.

SÓ ABRA QUANDO AUTORIZADO. UNIVERSIDADE FEDERAL DE MINAS GERAIS BIOLOGIA 2 a Etapa SÓ ABRA QUANDO AUTORIZADO. Leia atentamente as instruções que se seguem. 1 - Este Caderno de Prova contém cinco questões, constituídas de itens e

Leia mais

Luz Solar. 1. Cite duas doenças que podem ser prevenidas com a luz solar? 3. Cite alguns benefícios da luz solar para os seres humanos.

Luz Solar. 1. Cite duas doenças que podem ser prevenidas com a luz solar? 3. Cite alguns benefícios da luz solar para os seres humanos. Luz Solar 1. Cite duas doenças que podem ser prevenidas com a luz solar? Raquitismo e Osteoporose 2. Em qual dia da criação, Deus criou a luz? 1 dia 3. Cite alguns benefícios da luz solar para os seres

Leia mais

A) Escreva a equação que representa a semi-reação de redução e seu respectivo potencial padrão.

A) Escreva a equação que representa a semi-reação de redução e seu respectivo potencial padrão. QUÍMICA QUESTÃ 01 Aparelhos eletrônicos sem fio, tais como máquinas fotográficas digitais e telefones celulares, utilizam, como fonte de energia, baterias recarregáveis. Um tipo comum de bateria recarregável

Leia mais

VI OLIMPÍADA BAIANA DE QUÍMICA 2011

VI OLIMPÍADA BAIANA DE QUÍMICA 2011 VI OLIMPÍADA BAIANA DE QUÍMICA 2011 RESPONDA AS QUESTÕES DE 1 a 30, MARCANDO UMA DAS ALTERNATIVAS DE ACORDO COM O QUE SE PEDE QUESTÃO 1 Peso 2 A dissolução do cloreto de amônio, NH 4 Cl(s), em água ocorre

Leia mais

Resolução Comentada - Química

Resolução Comentada - Química Resolução Comentada - Química UFTM 2013 1 Fase Vestibular UFTM 2013 1 Resolução Prova de Química Tipo 1 Questão 76 A soja é considerada um dos alimentos mais completos em termos de propriedades nutricionais,

Leia mais

OSMORREGULAÇÃO um exemplo de regulação hormonal

OSMORREGULAÇÃO um exemplo de regulação hormonal OSMORREGULAÇÃO um exemplo de regulação hormonal A composição química do nosso meio interno está continuamente sujeita a modificações (principalmente devido ao metabolismo celular), pelo que é importante

Leia mais

a) Qual a configuração eletrônica do cátion do alumínio isoeletrônico ao gás nobre neônio?

a) Qual a configuração eletrônica do cátion do alumínio isoeletrônico ao gás nobre neônio? Questão 1: O Brasil é o campeão mundial da reciclagem de alumínio, colaborando com a preservação do meio ambiente. Por outro lado, a obtenção industrial do alumínio sempre foi um processo caro, consumindo

Leia mais

Revisão: Química inorgânica Soluções aquosas

Revisão: Química inorgânica Soluções aquosas QUÍMICA è Revisão: Química inorgânica Hidróxidos fortes família 1A e 2A (exceto Ca e Mg) Ácidos fortes nº de oxigênios nº de hidrogênios > 2, principalmente nítrico (HNO 3 ), clorídrico (HCl) e sulfúrico

Leia mais

DURAÇÃO DA PROVA: 03 HORAS

DURAÇÃO DA PROVA: 03 HORAS INSTRUÇÕES: PRCESS SELETIV 2013/2 - CPS PRVA DISCURSIVA DE QUÍMICA CURS DE GRADUAÇÃ EM MEDICINA 1. Só abra a prova quando autorizado. 2. Veja se este caderno contém 5 (cinco) questões discursivas. Caso

Leia mais

AGRUPAMENTO de ESCOLAS Nº1 de SANTIAGO do CACÉM Ano Letivo 2013/2014 PLANIFICAÇÃO ANUAL

AGRUPAMENTO de ESCOLAS Nº1 de SANTIAGO do CACÉM Ano Letivo 2013/2014 PLANIFICAÇÃO ANUAL AGRUPAMENTO de ESCOLAS Nº1 de SANTIAGO do CACÉM Ano Letivo 2013/2014 PLANIFICAÇÃO ANUAL Documento(s) Orientador(es): Currículo Nacional do Ensino Básico Competências essenciais 2º CICLO CIÊNCIAS NATURAIS

Leia mais

Samba, suor e cerveja!

Samba, suor e cerveja! A UU L AL A Samba, suor e cerveja! O carnaval está chegando e você não vê a hora de sambar ao ritmo da bateria das escolas de samba ou de ir atrás do trio elétrico. Tanto calor e tanto exercício vão dar

Leia mais

Ciências da Natureza e Suas Tecnologias. Comentário de Biologia: Resposta: E

Ciências da Natureza e Suas Tecnologias. Comentário de Biologia: Resposta: E Comentário de Biologia: a) (F) É impraticável que se deixe de utilizar aparelhos elétricos à pilha. Além disto, o problema não está no uso, mas na destinação que se dá às pilhas. Na medida em que elas

Leia mais

Reações Químicas Reações Químicas DG O QUE É UMA REAÇÃO QUÍMICA? É processo de mudanças químicas, onde ocorre a conversão de uma substância, ou mais, em outras substâncias. A + B REAGENTES C +

Leia mais

ALIMENTAÇÃO Preventiva. Volume I

ALIMENTAÇÃO Preventiva. Volume I ALIMENTAÇÃO Preventiva Volume I By porque evoluir é preciso Que o teu alimento seja seu medicamento Hipócrates Pai da medicina moderna Não coma, nutra-se! Existem muitas informações importantes disponíveis,

Leia mais

05/10/2013 SISTEMA CIRCULATÓRIO. Evolução do sistema circulatório. Fisiologia do Sistema Circulatório ou Cardiovascular

05/10/2013 SISTEMA CIRCULATÓRIO. Evolução do sistema circulatório. Fisiologia do Sistema Circulatório ou Cardiovascular SISTEMA CIRCULATÓRIO Prof.Msc.MoisésMendes professormoises300@hotmail.com www.moisesmendes.com Fisiologia do Sistema Circulatório ou Cardiovascular Esse sistema é constituído por um fluido circulante (o

Leia mais

Profa. Maria Fernanda - Química nandacampos.mendonc@gmail.com

Profa. Maria Fernanda - Química nandacampos.mendonc@gmail.com Profa. Maria Fernanda - Química nandacampos.mendonc@gmail.com Testes para identificar a gravidez Como é possível identificar se uma mulher está grávida? Após os sintomas apresentados acima, normalmente

Leia mais

QUÍMICA Prova de 2 a Etapa

QUÍMICA Prova de 2 a Etapa QUÍMICA Prova de 2 a Etapa SÓ ABRA QUANDO AUTORIZADO. Leia atentamente as instruções que se seguem. 1 - Este Caderno de Prova contém sete questões, constituídas de itens e subitens, e é composto de dezesseis

Leia mais

Vitaminas Função: reguladora Atuação: ativando enzimas fundamentais nos processos metabólicos dos seres vivos. BIOLOGIA 3ª série Profª Reisila Mendes

Vitaminas Função: reguladora Atuação: ativando enzimas fundamentais nos processos metabólicos dos seres vivos. BIOLOGIA 3ª série Profª Reisila Mendes Vitaminas Função: reguladora Atuação: ativando enzimas fundamentais nos processos metabólicos dos seres vivos. BIOLOGIA 3ª série Profª Reisila Mendes Classificação Lipossolúveis (A, D E e K) Não possuem

Leia mais

PROCESSO SELETIVO 2006 QUESTÕES OBJETIVAS

PROCESSO SELETIVO 2006 QUESTÕES OBJETIVAS 3 PROCESSO SELETIVO 2006 QUESTÕES OBJETIVAS QUÍMICA 01 - O dispositivo de segurança que conhecemos como air-bag utiliza como principal reagente para fornecer o gás N 2 (massa molar igual a 28 g mol -1

Leia mais

Especial Específicas UNICAMP

Especial Específicas UNICAMP Especial Específicas UNICAMP Material de Apoio para Monitoria 1. Hoje em dia, com o rádio, o computador e o telefone celular, a comunicação entre pessoas à distância é algo quase que banalizado. No entanto,

Leia mais

UFJF CONCURSO VESTIBULAR 2011-2 GABARITO DA PROVA DISCURSIVA DE QUÍMICA

UFJF CONCURSO VESTIBULAR 2011-2 GABARITO DA PROVA DISCURSIVA DE QUÍMICA UFJF CNCURS VESTIBULAR 2011-2 GABARIT DA PRVA DISCURSIVA DE QUÍMICA Questão 1 Sabe-se que compostos constituídos por elementos do mesmo grupo na tabela periódica possuem algumas propriedades químicas semelhantes.

Leia mais

UNESP- 2013- Vestibular de Inverno

UNESP- 2013- Vestibular de Inverno UNESP- 2013- Vestibular de Inverno 1-Compostos de crômio têm aplicação em muitos processos industriais, como, por exemplo, o tratamento de couro em curtumes e a fabricação de tintas e pigmentos. Os resíduos

Leia mais

Exercícios sobre Propriedades coligativas - Osmose

Exercícios sobre Propriedades coligativas - Osmose Exercícios sobre Propriedades coligativas - Osmose 01. (Pucsp) Osmose é a difusão do solvente através de uma membrana semipermeável do meio menos concentrado para o meio mais concentrado. A pressão osmótica

Leia mais

3ªsérie B I O L O G I A

3ªsérie B I O L O G I A 3.1 QUESTÃO 1 Três consumidores, A, B e C, compraram, cada um deles, uma bebida em embalagem longa vida, adequada às suas respectivas dietas. As tabelas abaixo trazem informações nutricionais sobre cada

Leia mais

PLANIFICAÇÃO A MÉDIO/LONGO PRAZO CIÊNCIAS DA NATUREZA 6º ANO

PLANIFICAÇÃO A MÉDIO/LONGO PRAZO CIÊNCIAS DA NATUREZA 6º ANO PLANIFICAÇÃO A MÉDIO/LONGO PRAZO CIÊNCIAS DA NATUREZA 6º ANO Competências essenciais Conteúdos Materiais N.º de aulas (45 min.) Compreender que a vida dos seres é assegurada pela realização de funções

Leia mais

Resolução: 0,86ºC. x = 0,5 mol etanol/kg acetona. 0,5 mol 1000 g de acetona. 200 g de acetona. y = 0,1 mol de etanol. 1 mol de etanol (C 2 H 6 O) 46 g

Resolução: 0,86ºC. x = 0,5 mol etanol/kg acetona. 0,5 mol 1000 g de acetona. 200 g de acetona. y = 0,1 mol de etanol. 1 mol de etanol (C 2 H 6 O) 46 g (ACAFE) Foi dissolvida uma determinada massa de etanol puro em 200 g de acetona acarretando em um aumento de 0,86 C na temperatura de ebulição da acetona. Dados: H: 1 g/mol, C: 12 g/mol, O: 16 g/mol. Constante

Leia mais

Padrão de respostas às questões discursivas

Padrão de respostas às questões discursivas Padrão de respostas às questões discursivas A seguir encontram-se as questões das provas discursivas da 2ª ETAPA do Vestibular UFF 2011, acompanhadas das respostas esperadas pelas bancas. GABARITO BIOLOGIA

Leia mais

Exercícios complementares. Biologia I. Capítulo I. Geovane souza

Exercícios complementares. Biologia I. Capítulo I. Geovane souza Exercícios complementares Biologia I Capítulo I Geovane souza QUESTÃO 1 Os adubos inorgânicos industrializados, conhecidos pela sigla NPK, contêm sais de três elementos químicos: nitrogênio, fósforo e

Leia mais

Unidade 4 Funções da nutrição

Unidade 4 Funções da nutrição Sugestões de atividades Unidade 4 Funções da nutrição 8 CIÊNCIAS Nutrição. As proteínas, encontradas em alimentos como leite, ovos, carne, soja e feijão, são fundamentais para nossa saúde. Justifique essa

Leia mais

Exercícios 3º ano Química -

Exercícios 3º ano Química - Exercícios 3º ano Química - Ensino Médio - Granbery 01-ufjf-2003- Cada vez mais se torna habitual o consumo de bebidas especiais após a prática de esportes. Esses produtos, chamados bebidas isotônicas,

Leia mais

Introdução. Muitas reações ocorrem completamente e de forma irreversível como por exemplo a reação da queima de um papel ou palito de fósforo.

Introdução. Muitas reações ocorrem completamente e de forma irreversível como por exemplo a reação da queima de um papel ou palito de fósforo. Introdução Muitas reações ocorrem completamente e de forma irreversível como por exemplo a reação da queima de um papel ou palito de fósforo. Existem também sistemas, em que as reações direta e inversa

Leia mais

Sistema tampão. Um sistema tampão é constituído por um ácido fraco e sua base conjugada HA A - + H +

Sistema tampão. Um sistema tampão é constituído por um ácido fraco e sua base conjugada HA A - + H + Sistema tampão Um sistema tampão é constituído por um ácido fraco e sua base conjugada HA A - + H + Quando se adiciona um ácido forte na solução de ácido fraco HX X - + H + HA A - H + X - H + H + HA A

Leia mais

a) intestino. b) cloaca. c) moela. d) esôfago. e) bico.

a) intestino. b) cloaca. c) moela. d) esôfago. e) bico. BIOLOGIA Um agricultor verificou que havia muita perda em sua lavoura de trigo, pois o vento derrubava várias plantas. Um vizinho o aconselhou a produzir sementes que dessem origem a plantas com entrenós

Leia mais

Por que os peixes não se afogam?

Por que os peixes não se afogam? Por que os peixes não se afogam? A UU L AL A Dia de pescaria! Juntar os amigos para pescar num rio limpinho é bom demais! Você já reparou quanto tempo a gente demora para fisgar um peixe? Como eles conseguem

Leia mais

A resposta correta deve ser a letra B.

A resposta correta deve ser a letra B. ITA - 1999 1- (ITA-99) Assinale a opção CORRETA em relação à comparação das temperaturas de ebulição dos seguintes pares de substâncias: a) Éter dimetílico > etanol; Propanona > ácido etanóico; Naftaleno

Leia mais

Cadeia alimentar 3º ano

Cadeia alimentar 3º ano Cadeia alimentar 3º ano O equilíbrio ecológico depende diretamente da interação, das trocas e das relações que os seres vivos estabelecem entre si e com o ambiente. Os seres respiram, vivem sobre o solo

Leia mais

Anatomia e Fisiologia Humana

Anatomia e Fisiologia Humana Componentes Vias Respiratórias A) Cavidades ou Fossas Nasais; B) Boca; C) Faringe; D) Laringe; E) Traqueia; F) Brônquios; G) Bronquíolos; H) Pulmões Cavidades ou Fossas Nasais; São duas cavidades paralelas

Leia mais

Distribuição esquemática de íons de um sal dissolvido em água

Distribuição esquemática de íons de um sal dissolvido em água UNESP 2011/2 1-Soluções são misturas homogêneas de duas ou mais substâncias. A água é um solvente muito eficaz para solubilizar compostos iônicos. Quando um composto iônico se dissolve em água, a solução

Leia mais

LIGAÇÕES QUÍMICAS TEORIA CORPUSCULAR

LIGAÇÕES QUÍMICAS TEORIA CORPUSCULAR LIGAÇÕES QUÍMICAS 5 TEORIA CORPUSCULAR 1 INTRODUÇÃO O fato de os gases nobres existirem na natureza como átomos isolados, levou os cientistas KOSSEL e LEWIS a elaborar um modelo para as ligações químicas.

Leia mais

Biofísica. Patrícia de Lima Martins

Biofísica. Patrícia de Lima Martins Biofísica Patrícia de Lima Martins 1. Conceito É uma ciência interdisciplinar que aplica as teorias, a metodologia, conhecimentos e tecnologias da Matemática, Química e Física para resolver questões da

Leia mais

Química Geral I. Experimento 3 Tendências Periódicas

Química Geral I. Experimento 3 Tendências Periódicas Universidade Estadual do Norte Fluminense Centro de Ciência e Tecnologia Laboratório de Ciências Químicas Química Geral I Experimento 3 Tendências Periódicas 1 - OBJETIVOS Relacionar a reatividade química

Leia mais

(A) uréia (B) ácido úrico (C) ácido pirúvico (D) gás carbônico (A) 0,1 (B) 0,6 (C) 1,8 (D) 2,4

(A) uréia (B) ácido úrico (C) ácido pirúvico (D) gás carbônico (A) 0,1 (B) 0,6 (C) 1,8 (D) 2,4 QUESTÃO Observe, abaixo, o esquema simplificado de como acontece, em diversos animais, o catabolismo 22 do aminoácido alanina. Nos animais ovíparos, como as aves e os répteis, o principal produto de excreção

Leia mais

A limpeza de pisos de mármore normalmente é feita com solução de ácido clorídrico comercial (ácido muriático).

A limpeza de pisos de mármore normalmente é feita com solução de ácido clorídrico comercial (ácido muriático). 61 b A limpeza de pisos de mármore normalmente é feita com solução de ácido clorídrico comercial (ácido muriático). Essa solução ácida ataca o mármore, desprendendo gás carbônico, segundo a reação descrita

Leia mais

UFSC. Química (Amarela) 31) Resposta: 43. Comentário

UFSC. Química (Amarela) 31) Resposta: 43. Comentário UFSC Química (Amarela) 1) Resposta: 4 01. Correta. Ao perder elétrons, o núcleo exerce maior atração sobre os elétrons restantes, diminuindo o raio. Li 1s2 2s 1 Li+ 1s 2 Raio atômico: átomo neutro > íon

Leia mais

EXCREÇÃO COMPARADA. Profº Moisés Myra Araújo, por www.bioloja.com

EXCREÇÃO COMPARADA. Profº Moisés Myra Araújo, por www.bioloja.com EXCREÇÃO COMPARADA Profº Moisés Myra Araújo, por www.bioloja.com EXCREÇÃO Através da excreção são eliminadas substâncias tóxicas do organismo (como resíduos nitrogenados provenientes do metabolismo de

Leia mais

Água e Solução Tampão

Água e Solução Tampão União de Ensino Superior de Campina Grande Faculdade de Campina Grande FAC-CG Curso de Fisioterapia Água e Solução Tampão Prof. Dra. Narlize Silva Lira Cavalcante Fevereiro /2015 Água A água é a substância

Leia mais

Dra. Kátia R. P. de Araújo Sgrillo Sgrillo.ita@ftc.br

Dra. Kátia R. P. de Araújo Sgrillo Sgrillo.ita@ftc.br Dra. Kátia R. P. de Araújo Sgrillo Sgrillo.ita@ftc.br A água é a substância mais abundante nos seres vivos, perfazendo 70% ou mais da massa da maioria dos organismos. A água permeia todas as porções de

Leia mais

TERMOQUÍMICA. O que é o CALOR? Energia térmica em transito

TERMOQUÍMICA. O que é o CALOR? Energia térmica em transito TERMOQUÍMICA Termoquímica PROF. Prof. DAVID David TERMOQUÍMICA O que é o CALOR? Energia térmica em transito TERMOQUÍMICA Estuda as quantidades de calor liberadas ou absorvidas durante as reações químicas

Leia mais

FISIOLOGIA RENAL EXERCÍCIOS DE APRENDIZAGEM

FISIOLOGIA RENAL EXERCÍCIOS DE APRENDIZAGEM EXERCÍCIOS DE APRENDIZAGEM FISIOLOGIA RENAL 01. A sudorese (produção de suor) é um processo fisiológico que ajuda a baixar a temperatura do corpo quando está muito calor ou quando realizamos uma atividade

Leia mais

Lista de Exercícios Herança Sexual

Lista de Exercícios Herança Sexual Meus queridos alunos, preparei para vocês uma lista de atividades abordando o conteúdo estudado por nós esta semana. Espero que vocês aproveitem o final de semana para resolver esses exercícios segundo

Leia mais

SISTEMA URINÁRIO. Prof. Me. Leandro Parussolo

SISTEMA URINÁRIO. Prof. Me. Leandro Parussolo SISTEMA URINÁRIO Prof. Me. Leandro Parussolo SISTEMA URINÁRIO Conjunto de órgãos e estruturas responsáveis pela filtração do sangue e consequente formação da urina; É o principal responsável pela eliminação

Leia mais

CICLOS BIOGEOQUÍMICOS

CICLOS BIOGEOQUÍMICOS CICLOS BIOGEOQUÍMICOS O fluxo de energia em um ecossistema é unidirecional e necessita de uma constante renovação de energia, que é garantida pelo Sol. Com a matéria inorgânica que participa dos ecossistemas

Leia mais

PlanetaBio Resolução de Vestibulares UNICAMP 2011 1ª fase www.planetabio.com TEXTO PARA AS QUESTÕES 1 E 2

PlanetaBio Resolução de Vestibulares UNICAMP 2011 1ª fase www.planetabio.com TEXTO PARA AS QUESTÕES 1 E 2 TEXTO PARA AS QUESTÕES 1 E 2 O vazamento de petróleo no Golfo do México, em abril de 2010, foi considerado o pior da história dos EUA. O vazamento causou o aparecimento de uma extensa mancha de óleo na

Leia mais

Biomassa de Banana Verde Integral- BBVI

Biomassa de Banana Verde Integral- BBVI Biomassa de Banana Verde Integral- BBVI INFORMAÇÕES NUTRICIONAIS Porção de 100g (1/2 copo) Quantidade por porção g %VD(*) Valor Energético (kcal) 64 3,20 Carboidratos 14,20 4,73 Proteínas 1,30 1,73 Gorduras

Leia mais

PROGRAMAÇÃO CURRICULAR DE CIÊNCIAS

PROGRAMAÇÃO CURRICULAR DE CIÊNCIAS PROGRAMAÇÃO CURRICULAR DE CIÊNCIAS 6 ano 1 volume CONTEÚDOS OBJETIVOS 1.Astronomia: estudando o céu Estrelas e constelações Sistema Solar e exploração do Universo - Movimentos da - Terra e da Lua Reconhecer

Leia mais

BATERIA DE EXERCÍCIOS 8º ANO

BATERIA DE EXERCÍCIOS 8º ANO Professor: CRISTINO RÊGO Disciplina: CIÊNCIAS Assunto: FUNDAMENTOS DE GENÉTICA Belém /PA BATERIA DE EXERCÍCIOS 8º ANO 1. A importância da digestão para o nosso corpo é: a) desenvolver nosso organismo.

Leia mais

CONTEÚDOS DE QUÍMICA POR BIMESTRE PARA O ENSINO MÉDIO COM BASE NOS PARÂMETROS CURRICULARES DO ESTADO DE PERNAMBUCO

CONTEÚDOS DE QUÍMICA POR BIMESTRE PARA O ENSINO MÉDIO COM BASE NOS PARÂMETROS CURRICULARES DO ESTADO DE PERNAMBUCO DE QUÍMICA POR BIMESTRE PARA O ENSINO MÉDIO COM BASE NOS PARÂMETROS CURRICULARES DO ESTADO DE PERNAMBUCO GOVERNADOR DE PERNAMBUCO Paulo Henrique Saraiva Câmara SECRETÁRIO DE EDUCAÇÃO E ESPORTES Frederico

Leia mais

REELABORAÇÃO DA AVALIAÇÃO BIMESTRAL DE CIÊNCIAS

REELABORAÇÃO DA AVALIAÇÃO BIMESTRAL DE CIÊNCIAS REELABORAÇÃO DA AVALIAÇÃO BIMESTRAL DE CIÊNCIAS 2 O BIMESTRE O bocejo geralmente ocorre quando estamos respirando suavemente, sob a ação de poucos estímulos. É o que ocorre quando estamos nos preparando

Leia mais

01) (ACAFE) O grupo de átomos que é encontrado na forma monoatômica pelo fato de serem estáveis é:

01) (ACAFE) O grupo de átomos que é encontrado na forma monoatômica pelo fato de serem estáveis é: 01) (ACAFE) O grupo de átomos que é encontrado na forma monoatômica pelo fato de serem estáveis é: a) Halogênios b) Calcogênios c) Metais Alcalinos Terrosos d) Metais Alcalinos e) Gases Nobres 02) (UFF-RJ)

Leia mais

Questão 61. Questão 63. Questão 62. alternativa B. alternativa B. alternativa D

Questão 61. Questão 63. Questão 62. alternativa B. alternativa B. alternativa D Questão 61 A limpeza de pisos de mármore normalmente é feita com solução de ácido clorídrico comercial (ácido muriático). Essa solução ácida ataca o mármore, desprendendo gás carbônico, segundo a reação

Leia mais

CPV seu pé direito também na medicina

CPV seu pé direito também na medicina seu pé direito também na medicina UNICAMP 2 a fase 18/Janeiro/2011 BIOLOGIA 01. Doenças graves como o botulismo, a lepra, a meningite, o tétano e a febre maculosa são causadas por bactérias. As bactérias,

Leia mais

Pág. 1. COMISSÃO PERMANENTE DE SELEÇÃO - COPESE PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO - PROGRAD CONCURSO VESTIBULAR 2009 2ª Fase PROVA DE QUÍMICA

Pág. 1. COMISSÃO PERMANENTE DE SELEÇÃO - COPESE PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO - PROGRAD CONCURSO VESTIBULAR 2009 2ª Fase PROVA DE QUÍMICA Questão 1: As bebidas alcoólicas contêm etanol e podem ser obtidas pela destilação do álcool (ex. whiskey e vodka) ou pela fermentação de uma variedade de produtos como frutas e outros vegetais (ex. vinho

Leia mais

GOIÂNIA, / / 2015 PROFESSOR: MARIO NETO

GOIÂNIA, / / 2015 PROFESSOR: MARIO NETO GOIÂNIA, / / 2015 PROFESSOR: MARIO NETO DISCIPLINA: CIÊNCIAS NATURAIS SÉRIE: 2º ALUNO(a): No Anhanguera você é + Enem 1) Elabore o roteiro de estudos: a. Quais são as vias excretoras do nosso corpo? b.

Leia mais

Aluno(a): Instituição de Ensino: Município: Coordenador da Instituição de Ensino: ATENÇÃO: O DESENVOLVIMENTO TEÓRICO DAS QUESTÕES É OBRIGATÓRIO

Aluno(a): Instituição de Ensino: Município: Coordenador da Instituição de Ensino: ATENÇÃO: O DESENVOLVIMENTO TEÓRICO DAS QUESTÕES É OBRIGATÓRIO IX Olimpíada Capixaba de Química 2011 Prova do Grupo I 1 a série do ensino médio Fase 01 Aluno(a): Instituição de Ensino: Município: Coordenador da Instituição de Ensino: ATENÇÃO: O DESENVOLVIMENTO TEÓRICO

Leia mais

Profa Fernanda Galante Fundamentos de Química e Biologia Molecular/ Nutrição Material 3 1 LIGAÇÕES QUIMICAS

Profa Fernanda Galante Fundamentos de Química e Biologia Molecular/ Nutrição Material 3 1 LIGAÇÕES QUIMICAS Profa Fernanda Galante Fundamentos de Química e Biologia Molecular/ Nutrição Material 3 1 LIGAÇÕES QUIMICAS REGRA DO OCTETO Cada átomo tem um número de elétrons diferente e estes e - (elétrons) estão distribuídos

Leia mais